Você está na página 1de 45

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.

2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

1. Patologias de Pintura;

2. Correções de problemas.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Patologia de Aplicação é qualquer anormalidade que venha a ocorrer

abaixo ou acima do filme da tinta e que provoque o desgaste acelerado

do processo de pintura. Normalmente acontece a partir de um processo

errado de aplicação e a escolha de um sistema de pintura não adequado

para a superfície.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

É a responsável pela origem de quase todas as patologias de pintura.

 Umidade positiva;
 Umidade negativa.

É um problema estrutural ou de projeto que deve ser tratado,


atacando-se a fonte.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Umidade Positiva
De cima para baixo e de fora para dentro da casa.

Exemplos:
 Chuva;
 Telhado;
 Caixa d´água.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Umidade Negativa
De baixo para cima e de dentro da parede ou piso para fora.

Exemplos:
 Solo;
 Baldrame;
 Barranco;
 Etc.
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

“Não existe sistema de pintura que resolva o

problema de infiltração. Portanto, buscar

soluções eficazes de impermeabilização”.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Preparação
da
Produto
Superfície
1ª. Principal Falha do Pintor

Aplicação
2ª. Principal Falha do Pintor

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Outros fatores que influenciam na degradação do filme da tinta

Influência do meio ambiente


Temperaturas e suas variações;
Tempo;
Radiações;
Gases;
Ataque biológico.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Outros fatores que influenciam na degradação do filme da tinta

Influência da Superfície
 Porosidade;
 Baixa coesão;
 Fissuramento;
 Baixa aderência (desplacamento e bolhas);
 Enfraquecimento (térmico e químico);
 Contração e dilatação;
 Alcalinidade (Ph).

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Outros fatores que influenciam na degradação do filme da tinta

Influência do filme da tinta


Fissuramento;
Flexibilidade;
Calcinação do filme;
Qualidade do produto.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Outros fatores que influenciam na degradação do filme da tinta

Influência da Aplicação (pintor)


Aplicação;
Mau uso;
Experiência do profissional;
Processo incorreto.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Veremos a seguir as
principais patologias de
pintura e suas correções !

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Mofo ou Bolores
Os mofos, também chamados de bolores, são espécies de fungos (matéria viva) que se
desenvolve em matéria orgânica e se multiplicam rapidamente. Podem causar problemas para
alérgicos e visualmente deixam o ambiente feio. O crescimento do mofo só é possível com a
presença de umidade.
Correções:
 Remover a fonte de umidade;
 Aplicar solução sanitária sobre o mofo;
 Lavar com água para remoção da solução e aguardar a
secagem;
 Aplicar Fundo Preparador para Paredes;
 Repintar.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Eflorescência
São machas que aparecem na superfície da tinta em decorrência do acúmulo de
matérias alcalinas do substrato. O aparecimento da eflorescência acontece com a
presença de umidade ou cura (secagem) incorreta da superfície de alvenaria.

Correções:
 Remover a fonte de umidade;

 Remover partes soltas e mal aderidas;

 Aplicar uma demão de Fundo Preparador para Paredes;

 Nivelar com Massa Acrílica;

 Repintar com Tinta Acrílica Premium.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Bolhas

Raspada de Massas Presença de pó na


superfície Presença de umidade
Niveladoras

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Correções
Bolhas

 Remover partes soltas e mal aderidas;


 Corrigir com argamassa partes profundas (acima de 3 mm);
 Aplicar uma demão de Fundo Preparador para Paredes ou
Fundo Branco Fosco (dependendo do caso);
 Nivelar com Massa Corrida ou Acrílica;
 Repintar com Tinta Acrílica Premium.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Descascamento da Pintura
O descascamento da pintura acontece em pintura feita sobre pó, partes soltas, mal aderidas

ou por preparação inadequada da superfície. Pode acontecer também por falta de lixamento da

superfície que apresenta brilho.

Correções:

 Remover partes soltas e mal aderidas;


 Efetuar o lixamento;
 Aplicar uma demão de Fundo Preparador para Paredes;
 Nivelar com Massa Acrílica (caso necessário);
 Repintar com Tinta Acrílica Premium.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Desagregamento
Aparece devido o enfraquecimento da argamassa causado por infiltração. Pode também

aparecer por contaminação do material usado no traço da argamassa (areia) ou até mesmo pelo

traço incorreto desta mesma argamassa.

Correções:
 Remover a fonte de umidade;
 Remover partes soltas e mal aderidas;
 Corrigir com argamassa partes profundas (acima de 3 mm);
 Aplicar uma demão de Fundo Preparador para Paredes;
 Nivelar com Massa Acrílica;
 Repintar com Tinta Acrílica Premium

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Amarelecimento do Gesso
O amarelecimento do gesso e em geral das placas de gesso se dá pela migração do
óleo desmoldante* para superfície da tinta látex.

*O desmoldante é usado nas formas na hora da fabricação das placas de gesso.

Correções:

 Lixar e remover todo o pó do lixamento;


 Aplicar uma demão de Fundo Branco Fosco Base Solvente
ou Esmalte Sintético Fosco Base Solvente;
 Nivelar com Massa Corrida Premium;
 Repintar com Tinta Acrílica Premium.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Saponificação
A saponificação ocorre com a escolha errada do sistema de pintura,
com a aplicação de esmalte sintético sobre a alvenaria. Materiais alcalinos
do substrato reagem com a resina da tinta causando a patologia.
Correções:
 Remover a fonte de umidade;
 Remover todo Esmalte Sintético da superfície;
 Corrigir com argamassa partes profundas (acima de 3 mm);
 Aplicar uma demão de Fundo Preparador para Paredes;
 Nivelar com Massa Acrílica;
 Repintar com Esmalte Base Água ou Tinta Acrílica Semibrilho
Premium.
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Manchas por Extrações de Solúveis
A extração de materiais solúveis em água das tintas látex pode acontecer se a parede externa for
molhada acidentalmente por mangueira ou chuva de forma desigual antes da secagem total do
filme. Neste caso, a remoção torna-se incompleta ou irregular.

É mais evidente em cores escuras e acabamentos foscos. Portanto, em casos


Correções:
críticos procure escolher uma tinta mais clara e com acabamento acetinado.
Em áreas internas também podem ocorrer extrações de solúveis devido à
condensação do ambiente.

 Lave imediatamente toda a superfície da tinta com água;


 Em áreas internas, aplique um pano úmido em toda
superfície;
 Certifique-se que a parede foi molhada por igual.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Manchas de Aplicação
Manchas de aplicação podem ocorrem por vários motivos:
 Falta de homogeneização da tinta;
 Diluição incorreta da tinta;
 Ferramenta em má condição de uso;
 Em texturas roladas (picos) por causa de movimentos
incorretos (“pentear”);
 Em tintas por causa de movimentos incorretos (“repasse”);
 Pintura sobre superfície muito quente (área externa);
 Experiência de aplicação do pintor.
Nestes casos, sugerimos que o pintor faça a correção do processo e aplicação da pintura levando em conta a
ABNT NBR 13245.
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Manchas por Esbranquiçamentos
Em geral ocorrem com cores escuras e foscas devido a um contato com a
superfície da tinta. Portanto, evite usar essas cores e acabamentos em locais
com muito movimento de pessoas.

Em casos críticos, o ideal é escolher uma


tinta com acabamento acetinado e
semibrilho.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Fissuras, Trincas ou Rachaduras
Fissuras Trincas Rachadura

Estado em que uma


Estado em que uma Estado em que uma determinada superfície ou
determinada parede ou parte determinada superfície ou parte dela apresenta uma
dela apresenta aberturas finas e parte dela se apresenta partida abertura de tal tamanho que
alongadas na sua superfície. e ou separada em partes. ocasiona interferências
indesejáveis.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Trincas Dinâmicas
A trinca possui uma ação dinâmica, ou
seja, sua espessura altera conforme a
movimentação da estrutura ou variação
de temperatura, portanto o tratamento de
trinca necessariamente precisa de um
sistema flexível que absorva essas variações
e isole o acabamento (pintura), não
permitindo o reaparecimento da trinca.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Tratamento de trinca

Fundo Preparador

Remover a pintura 10 cm de Preencher a abertura com produto


Abrir a trinca em cada lado do eixo da trinca; para selar a trinca;

“V” Remover o pó e aplicar Fundo


Preparador para Paredes.
Aguardar 24 horas para secagem;
Se for necessário, repetir a
aplicação.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Tratamento de trinca

Aplicar 1 Demão de Fundo Aplicar 2 Demão de Fundo Nivelar com massa;

Elastômerico; Elastômerico, fixando uma tela Aguardar secagem;

Aguardar secagem. de polyester; Pintar com acabamento da sua


escolha.
Aguardar secagem.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Diferença de Tonalidade
Este é um dos principais problemas relacionados à pintura para quase todos os
fabricantes de tintas e podem acontecer devido a vários motivos:

Cor e tonalidade
qual a diferença?

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Diferença de Tonalidade

 Lote - sugerimos ao pintor que verifique o lote na compra de 2 ou mais


latas de tinta da mesma cor e acabamento.
 Luz do ambiente (metameria) - observe que a leitura da cor em loja difere
da cor na parede muito em função do tipo de iluminante (luz) usada. Dê
preferência às luzes puras. Incandescentes e frias influem sobre as
tonalidades.
 Retoque - procure evitar o retoque, caso necessário refaça a pintura na
parede inteira.
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Diferença de Tonalidade
 Recorte (tempo entre pinturas) - faça o recorte no mesmo tempo ou ritmo que a
pintura. Evite fazer o recorte de todo a ambiente e depois pintar, pois isso fará com
que o recorte e a pintura tenham tempo diferente de secagem.
 Homogeneização - promova a homogeneização correta da tinta.
 Sistema Tintométrico - Falta de manutenção preventiva (limpeza diária dos bicos,
etc.); necessidade de atualização de software; problemas de abastecimento de
colorantes.

Obs.: Evite a compra da mesma cor de tinta preparada no sistema tintométrico em duas lojas
diferentes.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Secagem faz parte de um comportamento natural de qualquer liquido, mas


como cada liquido reage de forma diferente eles também tem tempos de
secagem diferentes.
Muitos fatores podem interferir nestes tempos de secagem, como:

 Umidade;
 Temperatura;
 Vento;
 Diluição mal fundamentada;
 Diluição com solvente errado (diluente);
 Aplicação (número de demãos).
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Existem vários tipos de secagem e variam de acordo ao tipo de tinta.

Em tintas imobiliárias estão presentes 3 tipos de secagem:

1. Secagem das tintas Látex - Secagem por coalescência (Evaporação);

2. Secagem das tintas Esmaltes, Óleos e Vernizes - Secagem oxidativa;

3. Secagem das Tintas Epóxi - Secagem por catalise (agente de cura).

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Secagem das tintas Base Água (Látex) – Secagem por coalescência (Evaporação)
É a secagem das tintas base água (látex, látex acrílico e esmalte base água). Consiste
basicamente na evaporação da água do filme da tinta, diminuindo o espaço entre as
partículas e proporcionando a fusão dos componentes.
É um processo rápido e irreversível em torno de 6 horas, fatores climáticos e de aplicação
podem comprometer o processo.
Água
(H²O)

Filme da tinta Evaporação

Substrato
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Secagem das tintas Esmaltes, Óleos e Vernizes – Secagem oxidativa
É a secagem onde o filme reage com o oxigênio do ambiente para secar.
É um processo químico com “captadores” de oxigênio no ambiente (aditivos) para reagirem
com a resina, onde o uso de solvente inadequado compromete todo o processo. É mais
demorado e pode ser “reversível”, em torno de 12 horas, fatores climáticos e de aplicação
podem comprometer o processo.
Oxigênio
(O²)

Filme da tinta Captadores de oxigênio (aditivos)

Substrato
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA
Secagem das Tintas Epóxi – Secagem por catalise (agente de cura)

Os produtos que secam por catalise possuem o componente A e o componente B e são


vendidos em alguns casos separadamente.
São produtos que oferecem maior durabilidade, é um processo químico (catalise) e o uso
de solvente inadequado compromete todo o processo. É uma secagem muito rápida com
inicio em torno de 30 minutos e secagem final em 4 horas.
Neste caso, fatores climáticos e aplicação causarão pouca interferência, mas é preciso
conhecer muito bem a aplicação destes produtos.

Componente A e B
Filme da tinta
Substrato
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Diluição
É o processo de acerto da viscosidade de aplicação da tinta.
Toda a tinta já vem de fabrica com a indicação correta do uso de solvente,
o uso incorreto pode acarretar:

 Demora da secagem do filme da tinta;


 Baixa durabilidade do filme da tinta.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Solvente e Diluente

Há uma grande diferença entre esses dois produtos e que são tratados de modo geral
com se fossem a mesma coisa.

 Solvente
È o produto especifico para diluição de uma respectiva tinta, como já informado está
em função da resina.

 Diluente
È uma grande mistura de vários solventes, sem critérios (peso molecular) a fim de
aproveitar sobras.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Temperatura, umidade e vento


Intemperismo tem grande responsabilidade a secagem do filme da tinta, podendo acelerar
ou retardar o processo.

A ABNT NBR 13245 - Preparação de superfície informa que:

“Não é recomendado pintar em dias frios e úmidos com acima de 65% de umidade relativa do ar com temperatura

máxima de 40 oC e minima de 05 oC”

Portanto, nada de pintar em dias frios e chuvosos!

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Aplicação – Tempo entre as demãos e número de demãos

Quanto mais demão mais camadas, certo?


Portanto, é preciso aguardar o tempo correto entre essas demãos.

“A tinta seca por camadas!”


O excesso de demãos além de comprometer a secagem compromete também o
acabamento!

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

Superfície do Substrato
A superfície do substrato também é muito importante para a secagem,
algumas características devem ser levadas em conta da hora da
aplicação, como:

 Alcalinidade (aguardar cura de 28 dd);


 Madeiras resinosas (promover lavagem);
 Temperatura e umidade da superfície.

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

O que devemos fazer para corrigir


e assim evitarmos problemas de
patologias na pintura?

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
PATOLOGIAS DE PINTURA

NBR 13.245 Preparação


da CORRIGIR
Produto
Superfície

Aplicação
CORRIGIR

Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015
Material do Programa Pintor Profissional ABRAFATI - Não permitida reprodução - Versão 08.2015

Interesses relacionados