Você está na página 1de 116

CONCORRÊNCIA Nº 41429213

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE


ENGENHARIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE
OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DA FASE 2
DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE
SÃO PAULO – METRÔ.
PRIMEIRA PARTE
CONDIÇÕES ESPECÍFICAS

1. EDITAL E OBJETO

1.1 Este Edital é referente à CONCORRÊNCIA Nº 41429213 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS


TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO
EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DA FASE 2 DA
LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.,
elaborada em conformidade com a Lei Estadual nº 6.544/89 e a Lei Federal nº 8.666/93, com
suas alterações.

1.1.1 Esta Concorrência será efetuada em 02 (dois) lotes, conforme detalhado abaixo e nas condições
descritas neste Edital:

LOTE Nº 01 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E


ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA
BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E DO COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES
HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO E SÃO PAULO-MORUMBI E DO
PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

LOTE Nº 02 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E


ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO –
VCA DE ACESSO AO PÁTIO (EXCLUSIVE) E O TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE
EMERGÊNCIA DAVID MATARAZZO, INCLUINDO A ESTAÇÃO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA
LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

1.2 Compõem este Edital:

. Índice;
. Primeira Parte - Condições Específicas;
. Segunda Parte - Condições Gerais;
. Terceira Parte - Minuta de Contrato;
. Quarta Parte - Anexos.

1.3 O Edital completo pode ser obtido gratuitamente por meio da Internet, no site
www.metro.sp.gov.br, ou retirado no Protocolo da Gerência de Contratações e Compras, situado
na Rua Boa Vista, 175 – 2º Andar – São Paulo, Capital, no período de 04/04/11 a 03/05/11, das
9h as 11h30 e das 13h30 as 16h30, mediante pagamento de R$ 10,00 para aquisição da versão
em CD-R.

1.3.1 A COMPANHIA DO METRÔ não se responsabiliza pelo texto e anexos de editais obtidos ou
conhecidos de forma e local diverso do disposto no item 1.3 acima.

1.4 A Proposta Técnica, a Proposta Comercial e os Documentos para Habilitação deverão ser
entregues em Sessão Pública de Recebimento a ser realizada na Sala de Licitações da Gerência
de Contratações e Compras – GCP, situada na Rua Boa Vista, 175 - 2º Andar - São Paulo,
Capital, designada para o dia 04/05/11, às 09 horas, com tolerância de 15 (quinze) minutos.

1.5. Esta licitação é do tipo "TÉCNICA E PREÇO".

1.6. Os serviços serão executados sob o regime de empreitada por Preço Unitário.

1.7 As PROPONENTES poderão apresentar propostas para um ou mais lotes, desde que atendidas
as exigências específicas de cada lote.

1.8 O Contrato a ser firmado entre a COMPANHIA DO METRÔ e a PROPONENTE selecionada terá
vigência de 33 (trinta e três) meses, contados da data de sua assinatura, condicionada sua
eficácia à publicação no DOE, na forma da lei.
1.9 O valor do orçamento estimado pela COMPANHIA DO METRÔ para esta licitação é de
R$ 38.856.753,08 (Trinta e oito milhões, oitocentos e cinquenta e seis mil, setecentos e cinquenta
e três reais e oito centavos), referente à data de publicação do Edital no Diário Oficial do Estado
de São Paulo – DOE, conforme a Planilha de Orçamento Estimado integrante deste Edital,
dividido por lotes, a saber:

LOTE Nº 01: R$ 17.913.485,12 (dezessete milhões, novecentos e treze mil, quatrocentos e


oitenta e cinco reais e doze centavos); e

LOTE Nº 02: R$ 20.943.267,96 (vinte milhões, novecentos e quarenta e três mil, duzentos e
sessenta e sete reais e noventa e seis centavos).

1.9.1. A data-base dos preços é o dia 1 do mês da entrega das propostas.

1.10. O cronograma de desembolso máximo por período é o seguinte:

Exercício de 2011 – 15%


Exercício de 2012 – 45%
Exercício de 2013 – 36%
Exercício de 2014 – 04%

2. QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

2.1 Para efeito do disposto no item f.3.4.2 das Condições Gerais deste Edital, as PROPONENTES
deverão comprovar Patrimônio Líquido de, no mínimo, os valores abaixo estipulados, conforme o
lote para o qual participem, referente ao último exercício fiscal.

Para participação no LOTE Nº 01: R$ 1.430.000,00 (um milhão, quatrocentos e trinta mil reais);

Para participação no LOTE Nº 02: R$ 1.670.000,00 (um milhão, seiscentos e setenta mil reais).

2.2 No caso de Consórcio, o valor do Patrimônio Líquido a ser comprovado pela soma dos
Patrimônios Líquidos das empresas que o compõem, na proporção de suas respectivas
participações, é de, no mínimo, os valores abaixo estipulados, conforme o lote para o qual
participem, referente ao último exercício fiscal.

Para participação no LOTE Nº 01: R$ 1.850.000,00 (um milhão, oitocentos e cinquenta mil reais);

Para participação no LOTE Nº 02: R$ 2.170.000,00 (dois milhões, cento e setenta mil reais);

2.3 As PROPONENTES individuais ou em consórcio que apresentarem propostas para mais de um


lote deverão comprovar o somatório dos respectivos Patrimônios Líquidos acima apontados.

2.3.1 Caso a PROPONENTE apresente PROPOSTAS COMERCIAIS para os dois lotes, e ambas
fiquem classificadas em 1º lugar, aplicar-se-á o seguinte critério: i) se o Patrimônio Líquido for
insuficiente para habilitação nos dois lotes, a mesma será selecionada apenas naquele em que o
Patrimônio Líquido atender ao estabelecido nos itens 2.1 (proponente individual) e 2.2
(Consórcios); ii) se o valor do Patrimônio Líquido for suficiente para habilitação seja no lote 1 ou
no lote 2, a mesma será habilitada somente para o lote de maior valor.

3. CAPACITAÇÃO TÉCNICA

Os documentos a seguir deverão ser apresentados pela PROPONENTE individual, ou pelos


membros do Consórcio por meio da composição de suas qualificações técnicas.

3.1 Certidão atualizada de Pessoa Jurídica expedida pelo Conselho Regional de Engenharia,
Arquitetura e Agronomia – CREA para efeito do disposto na Lei Federal nº 5.194 de 24/12/66.

3.1.1 Atestado(s) de capacidade técnica emitido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado, em
nome da PROPONENTE individual, ou de membros do Consórcio, devidamente certificados pela
entidade profissional competente, Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia –
CREA, que comprove(m) ter ela executado ou estar executando serviço pertinente e compatível
em características com o objeto da presente licitação.
3.2 Entende-se por pertinente e compatível, em características, os serviços de complexidade técnica
semelhante aos do objeto deste Edital, observado o disposto abaixo:

3.2.1 TIPO – 1 projeto básico ou executivo de obra civil de estação metroviária ou ferroviária, com área
igual ou superior a 3.000 m², enterrada em “VCA- Vala à céu aberto” ou subterrânea em “ NATM
– New Austrian Tunnelling Method”.

3.2.2 TIPO – 2 projeto básico ou executivo de arquitetura / acabamento de edificações com área
construída igual ou superior a 3.000 m2 de uso comercial ou industrial, dotadas de elementos de
comunicação visual e de acessibilidade.

3.2.3 TIPO – 3 projeto de obra civil de túnel rodoviário ou metroviário ou ferroviário pelo método
“NATM – New Austrian Tunnelling Method”, com seção igual ou superior a 25 m2 em rocha ou
em solo.

3.2.4 TIPO – 4 serviços relacionados a Acompanhamento Técnico de Obras – ATO em obras civil de
túneis pelo método “NATM – New Austrian Tunnelling Method”, ou estações enterradas em VCA
– Vala à Céu Aberto, referentes a obras metroviárias ou rodoviárias ou ferroviários.

3.2.5 Para efeito do disposto no subitem 3.2.2 será(ão) aceito(s) atestado(s) emitido(s) em nome de
profissional pertencente ao quadro da PROPONENTE, na data da entrega da proposta,
acompanhado(s) da(s) respectiva(s) Certidão(ões) de Acervo Técnico (CAT).

3.2.5.1 Para efeito do disposto neste subitem as Certidão(ões) de Acervo Técnico (CAT) de serviços
referentes a Projeto de Arquitetura deverão pertencer a Arquitetos.

3.2.6 A comprovação do vínculo profissional com a empresa PROPONENTE poderá se dar mediante
contrato social, registro na carteira profissional, ficha do empregado ou contrato de trabalho,
sendo possível a contratação de profissional autônomo, apresentando cópia do contrato de
prestação de serviços autônomo e declaração de que se responsabiliza tecnicamente pela
execução dos serviços.

3.3 O(s) atestado(s) deverá(ão) conter as seguintes informações:

. Caracterização dos serviços realizados;

. Nome e identificação do signatário/data de emissão.

3.4 Um mesmo atestado poderá ser apresentado para ambos os Lotes.

3.5 Quaisquer informações acima relacionadas, não constantes do atestado, deverão ser
complementadas pelos seguintes documentos: cópias do Contrato a que se refere o atestado;
Ordens de Serviço e/ou outros pertinentes.

3.5.1 Em nenhuma hipótese os documentos referidos acima substituirão o atestado.

3.5.2 No caso de alterações societárias e nos casos de fusão, incorporação ou desmembramento de


empresas, somente serão considerados os atestados de que, inequívoca e documentalmente, a
empresa comprove a transferência definitiva de acervo técnico.

4. ENTREGA DE DOCUMENTOS

4.1 Todos documentos exigidos nestas Condições Especificas deverão ser entregues na sessão
pública de recebimento das Propostas Técnicas, Comercial e dos Documentos para Habilitação,
estes encartados juntamente com os documentos citados no item F das Condições Gerais deste
Edital.
5. PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS

5.1 Caso as PROPONENTES necessitem de esclarecimentos complementares, deverão solicitá-los


por meio de correspondência entregue em mãos, acompanhada de Disquete ou CD-R contendo o
arquivo com as questões formuladas em processador de texto MS-Word ou OpenOffice, à
Gerência de Contratações e Compras (GCP), na Rua Boa Vista, 175 – 3º andar, nesta Capital,
até as 11h30 do dia 27/04/11, identificando o item ao qual se refere a solicitação de
esclarecimento.

5.1.1 A COMPANHIA DO METRÔ não responderá questões que tenham sido formuladas de forma
diferente daquela estabelecida no item 5.1.

5.2 As respostas da COMPANHIA DO METRÔ aos esclarecimentos solicitados conforme subitem


5.1 acima serão apresentadas em 02/05/11 a todas as PROPONENTES, por meio de email a ser
enviado ao endereço eletrônico indicado pela PROPONENTE por ocasião da aquisição do Edital.
A COMPANHIA DO METRÔ não se responsabilizará por endereços eletrônicos apontados
incorretamente e, consequentemente, pelo não-recebimento, via email, da Ata de
Esclarecimentos contendo perguntas formuladas por proponentes e respectivas respostas na
data aqui definida.

5.2.1 Caso a PROPONENTE não receba a Ata de Esclarecimentos na data fixada no Edital, no
endereço eletrônico cadastrado por ocasião da aquisição do Edital, ela poderá obter cópia do
documento na Rua Boa Vista, 175 – 3º andar, no dia 03/05/11.

6. JULGAMENTO E SELEÇÃO

6.1 As condições relativas ao julgamento e seleção das propostas encontram-se no item “E”, "G" e
"H" das Condições Gerais.

7. CONTRATAÇÃO

7.1 Não será permitida a subcontratação total ou parcial do objeto do Contrato.

7.2 No caso de o objeto da licitação ser adjudicado a um consórcio, este deverá apresentar o
Instrumento de Constituição do Consórcio, elaborado nos termos do Compromisso de
Constituição de Consórcio referido nas Condições Específicas devidamente registrado na Junta
Comercial de São Paulo, juntamente com a prestação de garantia de execução contratual, no
prazo máximo de 10 (dez) dias contados do recebimento de comunicação neste sentido.

São Paulo, 31 de 03 de 2011

ALEXANDRA LEONELLO GRANADO


Gerente de Contratações e Compras
SEGUNDA PARTE
CONDIÇÕES GERAIS

A. OBJETO

a.1 A presente Concorrência destina-se à contratação de empresa para atender o objeto descrito na
Minuta do Contrato que integra este Edital.

B. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

b.1 Poderão participar desta Concorrência, as empresas que:

b.1.1 Não tenham sido declaradas inidôneas por Ato do Poder Público;

b.1.2 Não estiverem impedidas de licitar ou contratar com a Administração Pública do Estado de São
Paulo ou com qualquer de seus órgãos descentralizados.

b.1.3 Atendam plenamente às condições e exigências estabelecidas neste Edital.

b.2 Será permitida a participação de empresas na forma de consórcio.

b.2.1 Em se tratando de consórcio, a participação fica condicionada, além das exigências contidas neste
edital, ao atendimento dos requisitos a seguir:

b.2.2 Apresentação de compromisso público ou particular de constituição do consórcio e procuração nos


termos do item f.1 e f.1.1 destas Condições Gerais.

b.2.3 Não será permitida a participação de empresa consorciada por meio de mais de um consórcio ou
isoladamente.

b.2.4 O Consórcio somente se extinguirá após o cumprimento integral de todas as obrigações


contratuais e mediante expressa anuência da COMPANHIA DO METRÔ.

C. FORMA DE APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS E DA PROPOSTA.

c.1 As Propostas Técnicas, as Propostas Comerciais e os Documentos para Habilitação exigidos


nessa Concorrência deverão ser apresentados em 3 (três) volumes, fechados, distintos e
identificados com a denominação social da empresa PROPONENTE, e com as seguintes
referências:

VOLUME 1 – PROPOSTA TÉCNICA:

CONCORRÊNCIA Nº 41429213 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS


CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ. LOTE ___

Razão Social da PROPONENTE

VOLUME 1 – PROPOSTA TÉCNICA

VOLUME 2 – PROPOSTA COMERCIAL:

CONCORRÊNCIA Nº 41429213 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS


CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ. LOTE ___

Razão Social da PROPONENTE

VOLUME 2 – PROPOSTA COMERCIAL


VOLUME 3 – DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO:

CONCORRÊNCIA Nº 41429213 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS


CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

Razão Social da PROPONENTE

VOLUME 3 – DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO

c.1.1 O VOLUME I – PROPOSTA TÉCNICA deverá ser entregue separadamente, em tantos envelopes
quanto forem os lotes para os quais esteja concorrendo a PROPONENTE.

c.1.2 O VOLUME II – PROPOSTA COMERCIAL deverá ser entregue separadamente, em tantos


envelopes quanto forem os lotes para os quais esteja concorrendo a PROPONENTE.

c.1.3 O VOLUME III – HABILITAÇÃO deverá ser único, independentemente da PROPONENTE estar
concorrendo para um ou mais lotes.

c.2 Os volumes citados acima deverão conter os seguintes documentos:

VOLUME I – PROPOSTA TÉCNICA

. Índice;
. Carta de Apresentação, conforme modelo Anexo deste Edital;
. Proposta Técnica; e
. Demais Documentos referentes a Proposta Técnica, quando houver.

VOLUME II – PROPOSTA COMERCIAL

. Índice;
. Carta de Apresentação, conforme modelo de proposta, Anexo deste Edital;
. Planilha de Serviços e Preços; e
. Demais Documentos referentes a Proposta Comercial, quando houver.

VOLUME III – DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO

. Índice;
. Carta de Apresentação, conforme modelo Anexo deste Edital;
. Documentação relativa a habilitação jurídica, capacitação técnica, qualificação econômico-
financeira e regularidade fiscal;
. Declarações exigidas no item f.6 destas Condições Gerais; e
. Compromisso público ou particular de constituição do consórcio e Instrumento de Procuração à
empresa líder, no caso de participação de empresas em consórcio.

A descrição detalhada de todos os documentos necessários encontra-se no item “F” destas


condições gerais do Edital.

c.3 Os preços contidos na Proposta Comercial deverão:

I) ser cotados obrigatoriamente em Real (R$), na condição de preço a vista, conforme Decreto
Estadual nº 43.914/99, tendo como referência a data-base estabelecida nas Condições
Especificas;

II) contemplar todos os tributos, taxas, encargos e demais custos de qualquer natureza inerentes
ao atendimento das condições dispostas na Minuta do Contrato, sendo certo que qualquer
divergência relativa à correta indicação da sua composição é de inteira responsabilidade da
PROPONENTE, que arcará com os ônus daí decorrentes;

III) referir-se estritamente à quantidade e a respectiva unidade, fixadas por item, para efeito de
apresentação da proposta.
c.4 O Volume I - Proposta Técnica, o Volume II - Proposta Comercial e o Volume III - Documentos
para Habilitação deverão:

I) apresentar numeração sequencial e específica para cada volume, aposta de forma legível,
independentemente de ser mais de um caderno, inclusive folhas de separação, catálogos,
desenhos ou similar, se houver, de forma que o número da última folha reflita a quantidade de
folhas de cada volume.

II) ter todas as folhas da 1ª Via de todos os volumes deverão estar devidamente identificadas e
rubricadas pela PROPONENTE.

III) ser apresentados em 5 (cinco) vias encadernadas separadamente.

c.5 Para efeito de apresentação, a 1ª Via de cada volume, deverá conter além da identificação citada
no item c.1. destas Condições Gerais, o subtítulo "1ª Via", podendo todos os documentos que o
integrarem ser apresentados em sua forma original ou sob qualquer forma de cópia, desde que
devidamente autenticada e perfeitamente legível. As demais vias serão cópias da primeira via,
dispensando-se, para estas, novas autenticações.

c.6 Os modelos constantes deste Edital deverão ser obedecidos, para efeito de padronização.

c.7 Não serão aceitas, posteriormente à entrega das Propostas Técnicas e Comercial , modificações e
complementações das mesmas sob alegação de insuficiência de dados e/ou informações.

c.8 Os documentos relacionados nestas condições e aqueles exigidos nas Condições Específicas
deverão ser apresentados em linguagem clara, sem emendas, rasuras ou entrelinhas.

c.9 Somente serão consideradas as propostas que abranjam a totalidade do objeto desta licitação
referente ao lote para o qual foi apresentada a proposta.

c.10 Na Proposta Técnica não poderá haver menção ou referência ao conteúdo dos Volume II –
Proposta Comercial ou Volume III- Documentos de Habilitação, sob pena de desclassificação.

c.11 A proposta apresentada deverá ter validade de 60 (sessenta) dias, contados da data fixada para
recebimento e abertura da mesma e, nesse período, todas as condições deverão ser mantidas.

c.11.1 O prazo de validade das propostas será suspenso na hipótese de interposição de recurso
administrativo.

D. SESSÃO DE RECEBIMENTO E ANÁLISE DOS VOLUMES: I – PROPOSTA TÉCNICA, II –


PROPOSTA COMERCIAL E III - DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO

d.1 As Propostas Técnicas, Comercial e os Documentos para Habilitação serão recebidos em ato
público, no local, data e horário indicados no Aviso e nas condições específicas deste Edital de
Concorrência, com tolerância de 15 minutos, sendo considerados como não recebidos
documentos ou propostas entregues em local e horário diferentes, tampouco os encaminhados
por fac-símile ou outros meios eletrônicos.

d.2 As PROPONENTES se farão representar nessa sessão e para todos os demais atos desta
licitação, por pessoa portadora de Carta de Credenciamento ou Procuração delegando-lhes
poderes específicos. As Cartas de Credenciamento dos seus representantes legais, ou as
Procurações serão entregues no início de cada sessão.

d.2.1 É vedada a participação de uma única pessoa como representante de mais de um PROPONENTE.

d.3 Nessa mesma sessão dar-se-á a abertura dos Volumes I - Propostas Técnicas que serão
rubricados por todos os presentes:

I) os Volumes II - Proposta Comercial e Volumes III - Documentos para Habilitação, sem serem
abertos, serão colocados em invólucros separados que serão lacrados e rubricados por
todos os presentes, ficando os mesmos sob a guarda da COMPANHIA DO METRÔ, para
serem abertos em data a ser oportunamente definida na publicação do resultado de
classificação das Propostas Técnicas.
II) no dia, hora e local indicados na publicação do resultado, em sessão pública, na presença
das PROPONENTES, será aberto o invólucro dos Volumes II – Proposta Comercial das
proponentes que tiveram suas Propostas Técnicas classificadas. Os mesmos serão
rubricados por todos os presentes e distribuídos às respectivas gerências competentes da
COMPANHIA DO METRÔ para ulterior análise regrada no item “E”.

III) no dia, hora e local indicados na publicação do resultado, em sessão pública, na presença
das PROPONENTES, será aberto o invólucro dos Volumes III – Documentos para
Habilitação das 3 (três) proponentes com maior Nota Final (NF). Os mesmos serão
rubricados por todos os presentes e distribuídos às respectivas gerências competentes da
COMPANHIA DO METRÔ para ulterior análise regrada no item “E”.

IV) a classificação das Propostas Técnicas, das Propostas Comerciais e a seleção das
propostas serão divulgadas por meio de Aviso Publicado no Diário Oficial do Estado de São
Paulo – DOE e no Quadro de Avisos da COMPANHIA DO METRÔ ou por meio de
notificação específica aos interessados.

IV.i) a análise das Propostas Técnica e Comercial e dos Documentos para Habilitação poderá
ocorrer na mesma sessão ou em data oportuna, a critério da COMPANHIA DO METRÔ, se
os proponentes desistirem expressamente de interpor recurso, o que será definido na própria
sessão de recebimento.

d.4 Ao final do certame serão devolvidos às respectivas PROPONENTES todos os Volumes das
PROPONENTES que tiveram suas propostas desclassificadas.

d.5 Serão lavradas atas circunstanciadas de todas as sessões de recebimento e abertura das
propostas e dos documentos a serem devidamente assinadas pelos representantes credenciados
das PROPONENTES presentes, da COMPANHIA DO METRÔ e demais presentes.

E. CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS E COMERCIAIS

e.1. Poderão ser desclassificadas tecnicamente as Propostas que deixarem de apresentar qualquer
documento ou informação exigidos na Proposta Técnica ou o fizerem em desacordo com as
condições prescritas neste Edital.

e.2. Constituída por um conjunto de documentos e informações, a Proposta Técnica deverá detalhar e
dela constar os Planos Técnicos – PT abaixo discriminados.

e.2.1 A avaliação das Propostas Técnicas será feita por Plano Técnico e serão levados em consideração
a clareza e a objetividade da Proposta, sua consistência e o atendimento às especificações do
Edital, a confiabilidade e a experiência da PROPONENTE nos Planos Técnicos PT.1 e PT.2.

e.3. CÁLCULO DAS NOTAS

e.3.1. Para efeito de julgamento, as Propostas Técnicas serão classificadas na ordem decrescente da
pontuação obtida, pela média ponderada adotando-se o seguinte critério objetivo:

1) PT.1 – ÍNDICE DE DOCUMENTOS E CRONOGRAMA FÍSICO

Pontuação máxima para o critério = 100 pontos, ponderação = 30%.

A PROPONENTE deverá apresentar obrigatoriamente os seguintes elementos:

1.1) CONHECIMENTO DO OBJETO -Apresentação de Índice de Documentos (ID) restrito a


relação e quantificação dos Desenhos (DE) a serem elaborados para os Projetos Executivos
de Obras Civis em conformidade com o escopo dos serviços e atividades constantes do
ANEXO XV.

Pontuação máxima para este subcritério = 50 pontos

A pontuação será atribuída conforme segue:

- 50 pontos, caso a PROPONENTE apresente Índice de Documentos Técnicos


considerando todas as atividades,
- redução de 05 pontos por atividade não contemplada.

1.2) PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES : A PROPONENTE deverá demonstrar o planejamento


das atividades para a elaboração dos Projetos Executivos vinculados às instalações a serem
projetadas relacionadas no Anexo XV, por meio da apresentação de Cronograma Físico,
detalhando as atividades na forma de E.A.P - Estrutura Analítica de Projetos, indicando datas
marco de entregas de Desenhos (DE).

Pontuação máxima para este subcritério = 50 pontos

A pontuação será atribuída conforme segue:

- 50 pontos, caso a PROPONENTE apresente Cronograma Físico considerando todas as


atividades necessárias, referentes às instalações a serem projetadas.

- redução de 05 pontos por atividade , caso a PROPONENTE apresente Cronograma Físico


não considerando todas as atividades necessárias, referentes às instalações a serem
projetadas.

2) PT.2 – QUALIFICAÇÕES E COMPETÊNCIA DA EQUIPE TÉCNICA

Pontuação máxima para o critério = 100 pontos, ponderação = 70%.

A PROPONENTE deverá, obrigatoriamente, apresentar os seguintes elementos, a fim de


demonstrar a Suficiência e as Qualificações e Competência da Equipe Técnica.

2.1) EQUIPE ESTIMADA – Pontuação máxima 10 (dez) pontos. A PROPONENTE deverá


apresentar relação explícita e declaração formal da disponibilidade dos profissionais com
curso superior responsáveis pela prestação dos serviços licitados, sob as penas cabíveis, em
conformidade com o Anexo XVII - DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE PESSOAL
TÉCNICO COM CURSO SUPERIOR, e com o Anexo XVI - CRITÉRIO PARA
ENQUADRAMENTO NAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, integrantes deste Edital, devendo
constar profissionais para todas as formações e experiências pertinentes e compatíveis
requeridas, correspondendo à “EQUIPE ESTIMADA POR CATEGORIA PROFISSIONAL, por
Lote, indicada na tabela a seguir:

EQUIPE ESTIMADA POR CATEGORIA

LOTE 1 LOTE 2 PONTUAÇÃO


APRESENTA APRESENTA
CATEGORIA NÚMERO DE NÚMERO DE NÚMERO DE
CARGO
PROFISSIONAL PROFISSIONAIS PROFISSIONAIS PROFISSIONAIS
MÍNIMO IGUAL AO SUPERIOR AO
MÍNIMO MÍNIMO

AT Assessor técnico 2 3 1 2

PT-13 Coordenador de projetos 3 4 2 3

Engenheiro Civil, Arquiteto,


PT-11 Geólogo ou Engenheiro 10 12 2 3
Eletricista de Projetos Sênior
Engenheiro Civil, Arquiteto,
PT-09 Geólogo ou Engenheiro 8 8 1 2
Eletricista de Projetos Pleno

A equipe apresentada será considerada insuficiente e consequentemente a proposta será


desqualificada, caso a proponente não apresente, por Lote de interesse, pelo menos:

- as quantidades mínimas por categorias profissionais indicadas na tabela EQUIPE


ESTIMADA POR CATEGORIA”;
- 1 (um) profissional com formação em Engenharia Civil para as categorias profissionais
“AT” e “PT-13”;
- 50% (cinquenta por cento) dos profissionais com formação em Engenharia Civil para as
categorias profissionais PT-11 e PT-09 (arredondado para o número inteiro
imediatamente superior).
- 1 (um) profissional com formação em Arquitetura, 1 (um) profissional com formação em
Geologia e 1 (um) profissional com formação em Engenharia Elétrica, para as categorias
profissionais PT-11 e PT-09;

Serão avaliados e pontuados os 5 profissionais, indicados para cada uma das funções a
seguir: Assessor Técnico, Coordenador, Engenheiro Civil Sênior, Arquiteto Sênior e Geólogo
Sênior ( um profissional de cada função), os quais deverão estar perfeitamente indicados no
Anexo XVII (item A). Cada um dos profissionais indicados deverão apresentar currículo de
acordo com o modelo constante no Anexo XX – Modelo de Currículo.

2.2) Assessor Técnico (AT) – pontuação máxima 21 (vinte e um) pontos, computados da seguinte
forma:

Serão atribuídos pontos por experiência específica, indicadas na tabela abaixo, em


assessoria técnica a projetos de arquitetura ou projeto de obras civis. Para efeito deste item
serão considerados no máximo 3 (três) experiências, indicadas pela PROPONENTE para
pontuação no Anexo XX.

LOTES 01 E 02

Experiência Específica Pontuação


Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias subterrâneas (NATM)
5
em região urbana (*)
Túneis metroviários ou ferroviários ou rodoviários executados em NATM em
4
região urbana (*), com seção mínima de 25,0 m2
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias enterradas (VCA) em
3
região urbana (*)
(*) entende-se por “região urbana” o local que contenha edificações, sistema viário urbano e
redes de utilidades públicas.

Será acrescido um máximo de 5 (cinco) pontos referente ao Tempo de Experiência do


profissional no cargo indicado, mediante apresentação de listagem de suas atividades em
assessoria técnica em projetos, contendo o período de realização (em meses) dos serviços,
com indicação do início e fim de cada uma delas. O Tempo de Experiência considerado será a
somatória dos tempos das atividades, incluindo os períodos relativos às Experiências
Específicas, mesmo que concomitantes.

A pontuação a ser acrescida será atribuída conforme segue:

Tempo de Experiência como Assessor Técnico (AT)


≥ 36 meses e < 72 meses ≥ 72 meses e < 120 meses ≥120 meses
3 4 5

Será acrescido 1 (um) ponto para o profissional com curso de pós-graduação concluído, com
título de Mestre, na área da formação exigida no CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS
CATEGORIAS PROFISSIONAIS – ANEXO XVI.

2.3) Coordenador (PT-13) – pontuação máxima 21 (vinte e um) pontos, computados da seguinte
forma:

Serão atribuídos pontos por experiência específica indicados na tabela abaixo, na


coordenação ou como líder de equipe de projeto de arquitetura ou projeto de obras civis.
Para efeito deste item serão considerados no máximo 3 (três) experiências, indicadas pela
PROPONENTE para pontuação no Anexo XX.
LOTES 01 E 02

Experiência Específica Pontuação


Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias subterrâneas
5
(NATM) em região urbana (*)
Túneis metroviários ou ferroviários ou rodoviários executados em
4
NATM em região urbana (*), com seção mínima de 25,0 m2
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias enterradas
3
(VCA) em região urbana (*)

Será acrescido um máximo de 5 (cinco) pontos referente ao Tempo de Experiência do


profissional no cargo indicado, mediante apresentação de listagem de suas atividades em
coordenação ou como líder de equipe de projeto, contendo o período de realização (em
meses) dos serviços, com indicação do início e fim de cada uma delas. O Tempo de
Experiência considerado será a somatória dos tempos das atividades, incluindo os períodos
relativos às Experiências Específicas, mesmo que concomitantes.

A pontuação a ser acrescida será atribuída conforme segue:

Tempo de Experiência como Coordenador (PT-13)


≥ 36 meses e < 72 meses ≥ 72 meses e < 120 meses ≥120 meses
3 4 5

Será acrescido 1 (um) ponto para o profissional com curso de pós-graduação concluído, com
título de Mestre, na área da formação exigida no CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS
CATEGORIAS PROFISSIONAIS – ANEXO XVI.

2.4) Engenheiro Civil Sênior (PT-11) – pontuação máxima de 16 (dezesseis) pontos, computados
da seguinte forma:
Serão atribuídos pontos por experiência específica, indicadas na tabela abaixo, em projetos
de estruturas enterradas (VCA) ou subterrâneas (NATM). Para efeito deste item serão
considerados no máximo 3 (três) experiências, indicadas pela PROPONENTE para pontuação
no Anexo XX.

LOTES 01 E 02

Experiência Específica Pontuação


Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias subterrâneas
4
(NATM) em região urbana (*)
Túneis metroviários ou ferroviários ou rodoviários executados em
3
NATM em áregião urbana (*), com seção mínima de 25,0 m2
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias enterradas
2
(VCA) em região urbana (*)

Será acrescido um máximo de 3 (três) pontos referente ao Tempo de Experiência do


profissional no cargo indicado, mediante apresentação de listagem de suas atividades em
elaboração de projetos como Engenheiro Sênior, contendo o período de realização (em
meses) dos serviços, com indicação do início e fim de cada uma delas. O Tempo de
Experiência considerado será a somatória dos tempos das atividades, incluindo os períodos
relativos às Experiências Específicas, mesmo que concomitantes.

A pontuação a ser acrescida será atribuída conforme segue:

Tempo de Experiência como Engenheiro Civil Sênior (PT-11)


≥ 18 meses e < 36 meses ≥ 36 meses e < 60 meses ≥ 60 meses
1 2 3
Será atribuído 1 (um) ponto adicional para o profissional com curso de pós-graduação
concluído na área da formação exigida no CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS
CATEGORIAS PROFISSIONAIS – ANEXO XVI.

2.5) Arquiteto Sênior (PT-11) – pontuação máxima de 16 (dezesseis) pontos, computados da


seguinte forma:

Serão atribuídos pontos por experiência, indicadas na tabela abaixo, em projetos de


arquitetura ou projetos de acabamento. Para efeito deste item serão considerados no
máximo 3 (três) experiências.

LOTES 01 E 02

Experiência Pontuação
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias subterrâneas
4
(NATM) em região urbana (*)
Túneis metroviários ou ferroviários ou rodoviários executados em
3
NATM região urbana (*), com seção mínima de 25,0 m2
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias enterradas
2
(VCA) região urbana (*)

Será acrescido um máximo de 3 (três) pontos referente ao Tempo de Experiência do


profissional no cargo indicado, mediante apresentação de listagem de suas atividades em
elaboração de projetos como Arquiteto Sênior, contendo o período de realização (em
meses) dos serviços, com indicação do início e fim de cada uma delas. O Tempo de
Experiência considerado será a somatória dos tempos das atividades, incluindo os períodos
relativos às Experiências Específicas, mesmo que concomitantes.

A pontuação a ser acrescida será atribuída conforme segue:

Tempo de Experiência como Arquiteto Sênior (PT-11)


≥ 18 meses e < 36 meses ≥ 36 meses e < 60 meses ≥ 60 meses
1 2 3

Será acrescido 1 (um) ponto para o profissional com curso de pós-graduação concluído, com
título de Mestre, na área da formação exigida no CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS
CATEGORIAS PROFISSIONAIS – ANEXO XVI.

2.6) Geólogo Sênior (PT-11) – pontuação máxima de 16 (dezesseis) pontos, computados da


seguinte forma:

Serão atribuídos pontos por experiência específica, indicadas na tabela abaixo, em


geotecnia aplicada em projetos de obras civis. Para efeito deste item serão considerados
no máximo 3 (três) experiências indicadas pela PROPONENTE para pontuação no Anexo
XX.
LOTES 01 E 02

Experiência Específica Pontuação


Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias subterrâneas
4
(NATM) em região urbana (*)
Túneis metroviários ou ferroviários ou rodoviários executados em
3
NATM em região urbana (*), com seção mínima de 25,0 m2
Estações metroviárias ou ferroviárias ou rodoviárias enterradas
2
(VCA) região urbana (*)
Será acrescido um máximo de 3 (três) pontos referente ao Tempo de Experiência do
profissional no cargo indicado, mediante apresentação de listagem de suas atividades em
elaboração de projetos como Geólogo Sênior, contendo o período de realização (em
meses) dos serviços, com indicação do início e fim de cada uma delas. O Tempo de
Experiência considerado será a somatória dos tempos das atividades, incluindo os períodos
relativos às Experiências Específicas, mesmo que concomitantes.

A pontuação a ser acrescida será atribuída conforme segue:

Tempo de Experiência como Geólogo Sênior (PT-11)


≥ 18 meses e < 36 meses ≥ 36 meses e < 60 meses ≥ 60 meses
1 2 3
Será acrescido 1 (um) ponto para o profissional com curso de pós-graduação concluído, com
título de Mestre, na área da formação exigida no CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS
CATEGORIAS PROFISSIONAIS – ANEXO XVI.

3) A NOTA TÉCNICA FINAL (NT) será obtida da seguinte forma


NT = (PT.1 x 0,30 + PT.2 x 0,70)
onde:
PT.1 = (1.1+1.2)
PT.2 = (2.1 + 2.2 + 2.3 + 2.4 + 2.5 +2.6)
e.3.2. Para cálculo das pontuações serão considerados os dígitos até a 2ª (segunda) casa decimal,
desprezando-se as demais frações.
e.3.3. Quando todas as propostas forem desclassificadas, o METRÔ poderá fixar às PROPONENTES o
prazo de 8 (oito) dias úteis para apresentação de outras propostas escoimadas das causas
referidas neste item.

e.4 Serão desclassificadas as propostas técnicas que:

- Não apresentarem o Anexo XVII – DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE PESSOAL


TÉCNICO COM CURSO SUPERIOR, ou o apresentarem com insuficiência de profissionais
conforme estabelecido no subitem 2.1 do item “e”
- Obtiverem NOTA TÉCNICA (NT) inferior a 65 pontos; ou
- Deixarem de pontuar em 02 (dois) subcritérios.

e.5 CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS COMERCIAIS E CÁLCULO DA PONTUAÇÃO

e.5.1 Serão atribuídas notas às propostas comerciais, mediante aplicação da seguinte fórmula:

 VP - VI 
NC =100 - 40 ×   onde:
 VS - VI 
Nc= Nota da Proposta Comercial;
Vp= Valor total proposto na Proposta Comercial;
Vi= Menor valor total proposto dentre as propostas tecnicamente classificadas;
Vs= Maior valor total proposto dentre as propostas tecnicamente classificadas.

e.5.2 A valorização total final das propostas de cada PROPONENTE será igual à média ponderada das
notas obtidas nas propostas técnica e comercial, conforme fórmula a seguir:

NF =  70 × NT +30 × NC 
 
onde:
 100 

NF = Nota Final;
NT = Nota Técnica;
NC = Nota Comercial.
e.5.3 Para o cálculo de NF, a aproximação será feita até a segunda casa decimal, desprezando-se as
demais frações.

e.6 Serão desclassificadas:

i) Eventuais propostas alternativas, ou seja, mais de uma oferta apresentada pela mesma
PROPONENTE com condições técnicas e preços opcionais.
ii) Propostas que não forem apresentadas com a Planilha de Serviços e Preços devidamente
preenchidas em sua totalidade, conforme modelos anexos deste Edital.
iii) Propostas desconformes e incompatíveis, cuja conformidade e compatibilidade será verificada
com os requisitos e as especificações deste Edital e, conforme o caso, com os preços do
orçamento da COMPANHIA DO METRÔ e ainda, que apresentem irregularidades, vícios ou
defeitos que impossibilitem seu entendimento ou contenham preços excessivos ou
manifestamente inexeqüíveis ou inaceitáveis.
Para fins de referência, são considerados preços aceitáveis aqueles apresentados em níveis
compatíveis com o de mercado.

e.6.1 No caso de erro(s) aritmético(s), será(ão) considerado(s) pela COMPANHIA DO METRÔ, para fins
de seleção e contratação, o(s) valor(es) retificado(s).

e.6.2 A COMPANHIA DO METRÔ poderá, a qualquer tempo, solicitar às PROPONENTES a composição


de preços unitários de serviços e/ou preços de materiais/equipamentos/insumos, bem como os
demais esclarecimentos que julgar necessários.

e.6.3 Nessa oportunidade o proponente deverá demonstrar a exequibilidade desses preços através de
suas composições e respectivas justificativas técnicas que comprovem que os preços dos insumos
e salários são coerentes com os de mercado e que os coeficientes de produtividade são
compatíveis com a execução do objeto ora licitado.

e.6.4. Na hipótese de desclassificação de propostas, os envelopes fechados das fases subsequentes


serão devolvidos às proponentes desclassificadas, desde que não tenha havido recurso ou após a
sua denegação. Os documentos ficarão disponíveis às empresas durante 30 (trinta) dias contados
da data da divulgação do resultado, quando então serão destruídos.

e.6.5 As Propostas serão classificadas pela ordem decrescente dos valores de NF, a partir do maior NF,
cuja Proposta será considerada a 1ª classificada.

e.6.6 A COMPANHIA DO METRÔ, selecionará e classificará as propostas que obtiverem as 03 (três)


maiores Notas Finais (NF), para a abertura do Volume 03 – Documentos de Habilitação.

F. DESCRIÇÃO DETALHADA DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA HABILITAÇÃO - VOLUME III

O documento a seguir deverá ser apresentado no caso de participação de empresas na


forma de Consórcio:

f.1 Compromisso público ou particular de constituição do consórcio, subscrito pelos consorciados,


onde conste com clareza e precisão, os compromissos dos mesmos entre si e em relação ao
objeto da licitação, contendo as seguintes cláusulas:

a) denominação do consórcio;
b) composição do consórcio indicando o percentual de participação de cada empresa
consorciada;
c) organização do consórcio
d) objetivo do consórcio
e) indicação da empresa líder que representará o consórcio perante a COMPANHIA DO METRÔ
f) declaração expressa de responsabilidade solidária das empresas compromissadas pelos atos
praticados pelo consórcio que compuserem.

f.1.1 Procuração dos membros do Consórcio outorgando à empresa líder poderes para representá-los
na presente Concorrência.
Os documentos a seguir deverão ser apresentados pela PROPONENTE individual ou por
meio de cada um dos membros do Consórcio:

f.2 HABILITAÇÃO JURÍDICA

f.2.1 Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social, em vigor, acompanhado de prova dos
administradores em exercício, devidamente registrados na Junta Comercial ou Cartório de Registro
competente.

f.2.2 Decreto de autorização, tratando-se de sociedade empresária estrangeira em funcionamento no


país, ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando
a atividade assim o exigir.

f.3 QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

f.3.1 Para Empresário Individual e qualquer tipo de Sociedade Empresária:


Certidão Negativa de Pedido de Falência, Concordata e Recuperações Judiciais e Extrajudiciais
expedida pelo Distribuidor Judicial da Comarca (Varas Cíveis) da cidade onde a empresa for
sediada, com data de, no máximo, 180 (cento e oitenta) dias anteriores à data de sua entrega à
COMPANHIA DO METRÔ.

f.3.2 Para Sociedade Simples ou outras que não se enquadrem no item acima:
Certidão expedida pelo Distribuidor Judicial da Varas Cíveis em geral (Execução Patrimonial) da
Comarca onde a empresa está sediada, em São Paulo denominada “Certidão de Ações Cíveis e
de Família, exceto Executivos Fiscais”, datada de, no máximo, 180 (cento e oitenta) dias anteriores
à data de sua entrega à COMPANHIA DO METRÔ.

f.3.3 Em havendo qualquer ação judicial distribuída, a PROPONENTE deverá apresentar a certidão
atualizada que aponte a situação do processo.

f.3.4 Balanço Patrimonial e demonstrativos contábeis do último exercício social, já exigíveis e


apresentados na forma da lei, que comprovem a boa situação financeira da PROPONENTE,
vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios.

f.3.4.1 A comprovação da boa situação econômico-financeira das PROPONENTES será avaliada segundo
critérios estabelecidos no Anexo XII - Critérios para Avaliação da Capacidade
Econômico-Financeira, constante deste Edital. No caso de consórcio, as empresas consorciadas
serão avaliadas individualmente.

f.3.4.2 Comprovação do Patrimônio Líquido conforme estabelecido nas Condições Específicas – Primeira
Parte deste Edital.

f.4 REGULARIDADE FISCAL

f.4.1 Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ, nos moldes da IN – RFB
748/07, com as alterações promovidas pela IN – RFB 854/08.

f.4.2 Certificado de regularidade perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, que esteja
dentro do prazo de validade nele atestado.

f.4.3 Prova de regularidade fiscal perante à Seguridade Social (INSS), consistente na Certidão Negativa
ou Positiva com Efeito de Negativa de Débito emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil.

f.4.4 Prova de regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional, mediante a apresentação de certidão
conjunta emitida pela Secretaria da Receita Federal (SRF) e Procuradoria-Geral da Fazenda
Nacional (PGFN), relativamente aos tributos administrados pela SRF e à Dívida Ativa da União,
administrada pela PGFN.

f.4.5 Prova de regularidade fiscal perante a Fazenda Municipal, consistente na certidão de tributos
mobiliários do domicílio ou da sede da PROPONENTE, que esteja dentro do prazo de validade
nela atestado.

f.4.6 Na hipótese de não constar prazo de validade nas certidões apresentadas, serão aceitas aquelas
emitidas até 180 (cento e oitenta) dias imediatamente anteriores à data de sua apresentação.
f.5 CAPACITAÇÃO TÉCNICA
Deverão ser apresentados os documentos estabelecidos nas CONDIÇÕES ESPECÍFICAS –
Primeira Parte deste Edital.

f.6 DECLARAÇÕES

f.6.1 SITUAÇÃO REGULAR PERANTE O MINISTÉRIO DO TRABALHO


Comprovação de situação regular perante o Ministério do Trabalho a que se refere o inciso VI do
Artigo 27 da Lei Estadual nº 6.544, de 22 de novembro de 1.989, acrescentado pelo artigo 2º da Lei
Estadual 9.797, de 07 de outubro de 1.997, consistente na apresentação de Declaração elaborada
conforme modelo anexo.

f.6.2 ATENDIMENTO À LEI ESTADUAL Nº 10.218/99


Comprovação de situação de regularidade com relação o disposto na Lei Estadual nº 10.218/99,
consistente na apresentação da Declaração elaborada conforme modelo anexo.

f.6.3 ATENDIMENTO À CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO


Comprovação de situação regular perante o Ministério do Trabalho a que se refere o § único do
artigo 117 da Constituição do Estado de São Paulo, consistente na apresentação da Declaração
elaborada conforme modelo anexo.

f.6.4 DECLARAÇÃO REFERENTE À LEI ESTADUAL Nº 12.799/08 – CADIN ESTADUAL


Declaração do proponente, elaborada em papel timbrado e subscrita por seu representante legal,
de ciência de que registro(s) no CADIN ESTADUAL (Lei Estadual nº 12.799/08) impede(m) a
contratação com esta Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, conforme modelo anexo.

G PROCEDIMENTO HABILITATÓRIO

g.1 Serão analisados os documentos de habilitação das proponentes cujas propostas tenham obtido
até as 3 (três) primeiras Notas Finais (NF) e, se for o caso, a análise dos documentos de
habilitação se estenderá a tantos proponentes classificados quantos forem os inabilitados. A
análise será feita com base nos documentos apresentados para esse fim relativos a:

- Habilitação Jurídica;
- Qualificação Econômico-Financeira;
- Regularidade Fiscal;
- Capacitação técnica;
- Declarações exigidas no item f.6 destas Condições Gerais.

g.2 A COMPANHIA DO METRÔ poderá, a qualquer tempo, solicitar maiores esclarecimentos e


comprovação dos documentos apresentados, bem como realizar visitas às instalações da
PROPONENTE e aos locais onde tenha executado serviços similares aos do objeto desta
Concorrência.

g.3 Serão inabilitadas as PROPONENTES que:

g.3.1 Não comprovarem possuir as condições necessárias para habilitação jurídica, regularidade fiscal,
qualificação econômico-financeira, qualificação técnica, bem como não apresentarem as
declarações exigidas no item f. 6, conforme descrito nestas Condições Gerais.

g.3.2 Não atenderem ao disposto no item B destas Condições Gerais.

g.3.3. Não apresentarem o Índice de Liquidez Corrente e o Índice de Endividamento de acordo com os
critérios estabelecidos no Anexo deste Edital.

g.4 Os Documentos de Habilitação (Volume III) das PROPONENTES desclassificadas deverão ser
retirados pelas mesmas em até 30 (trinta) dias, a contar da data da divulgação do resultado do
julgamento das propostas, desde que não tenha havido recurso ou depois da sua denegação, após
o que estes serão fragmentados.

g.5 À critério da Comissão de Licitação, admitir-se-á o saneamento de falhas, desde que os elementos
faltantes possam ser apresentados no prazo máximo de 3 (três) dias, sob pena de inabilitação do
proponente e aplicação da multa de 1 % (um por cento) do valor do Contrato, com previsão legal
no § 5º do Art. 40 da Lei 6.544/89.
g.6 A inabilitação de qualquer membro de um Consórcio ensejará a inabilitação do Consórcio. A
habilitação de empresas membros de um Consórcio não as habilita a participarem da Concorrência
na condição de empresa individual.

g.7 Se for o caso, será marcada nova sessão divulgada por Aviso do qual constarão data, horário e
local para a abertura dos Volumes III – Documentos para Habilitação – de tantas PROPONENTES
classificadas quantas forem as inabilitadas no julgamento previsto no item g.1.

H SELEÇÃO

h.1 Será selecionada a proposta da empresa 1ª classificada que tiver sido julgada habilitada.

h.2. No caso de empate entre duas ou mais propostas, a seleção far-se-á por sorteio nos termos da
legislação em vigor. A convocação para o sorteio será feita por publicação no Diário Oficial do
Estado de São Paulo - DOE e por Aviso afixado no Quadro de Avisos da COMPANHIA DO
METRÔ.

h.3 A denominação social da PROPONENTE que tiver sua proposta selecionada será divulgada por
Aviso a ser publicado no Diário Oficial do Estado e afixada no Quadro de Avisos da COMPANHIA
DO METRÔ, ou por intimação direta aos representantes das PROPONENTES constantes na Ata
circunstanciada da sessão.

h.4 A PROPONENTE selecionada para um dos lotes que tenha apresentado a mesma equipe ou pelo
menos um profissional no Plano de Trabalho PT - 2 - QUALIFICAÇÕES E COMPETÊNCIA DA
EQUIPE TÉCNICA do outro lote não poderá ser selecionada para esse outro lote.

I. RECURSO ADMINISTRATIVO

i.1 Eventuais recursos cabíveis, em conformidade com a Lei Federal 8.666/93 e suas alterações,
deverão ser endereçados ao Presidente da COMPANHIA DO METRÔ no prazo de até 5 (cinco)
dias úteis, contados da intimação da decisão da qual se recorre.

i.2 As proponentes serão comunicadas da interposição de recurso por meio de publicação na


Imprensa Oficial.

i.2.1 Uma vez publicado na imprensa oficial o comunicado acerca da interposição de recurso, as
proponentes terão o prazo de até 5 (cinco) dias úteis para apresentar as respectivas impugnações,
em conformidade com o §3º, do Artigo 109, da Lei 8.666/93.

i.2.2 A oportunidade reservada a todos os proponentes para que postulem a revisão do ato
concretiza-se na impugnação ao recurso, em prazo que preclui antes do exercício do juízo de
retratação. Assim, ainda que a interessada não tenha apresentado, no prazo a que se refere o
item i.2.1 acima, impugnação ao recurso posteriormente acolhido pela autoridade que se retrata,
tem-se por encerrada a fase recursal.

i.2.3 A retratação da autoridade, realizada de ofício, que habilita proponente inicialmente inabilitada ou a
desabilita, reabrirá a fase recursal apenas no tocante à questão nova aduzida.

i.3 O recurso, subscrito por representante legal ou procurador com poderes específicos ou por pessoa
credenciada, deverá ser protocolado na Gerência de Contratações e Compras, situada na Rua Boa
Vista, 175 – 2º Andar – São Paulo, Capital, identificado como segue:

RECURSO ADMINISTRATIVO RELATIVO À CONCORRÊNCIA Nº 41429213

OBJETO:PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA


ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO
DE OBRA DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO
PAULO – METRÔ

At. do sr. Presidente da COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

J. HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO

j.1 Não havendo interposição de recurso ou concluído o processamento de recurso(s) interposto(s), a


autoridade competente, mediante verificação da regularidade dos atos praticados, homologará o
procedimento licitatório e adjudicará o objeto da Concorrência à PROPONENTE vencedora.
K. CONTRATAÇÃO

k.1 Adjudicado e homologado o objeto da licitação à PROPONENTE vencedora, esta terá o prazo
máximo de 10 (dez) dias contados do recebimento de comunicação neste sentido, para prestação
da Garantia de Execução Contratual de 5% (cinco por cento) do valor total do Contrato.

k.1.1 O prazo estabelecido no item k.1 poderá ser prorrogado por até 10 (dez) dias, se solicitada a
prorrogação pela PROPONENTE selecionada, desde que ocorra motivo justificado para tanto,
aceito a critério da COMPANHIA DO METRÔ.

k.1.2 A garantia estipulada neste item será prestada mediante caução em dinheiro, títulos da dívida
pública, seguro-garantia ou fiança bancária, cabendo à PROPONENTE optar por uma dessas
modalidades, estando entretanto, os termos do seguro-garantia e os da fiança bancária sujeitos à
prévia aprovação pela COMPANHIA DO METRÔ, bem como se a opção se der por títulos da
dívida pública, à análise e exigência de comprovação de sua validade atual quanto a liquidez e
valor.

k.1.2.1 A garantia prestada na modalidade de fiança bancária ou seguro-garantia, deverá estar,


obrigatoriamente, com a(s) assinatura(s) com firma reconhecida e acompanhada de cópia
autenticada da respectiva procuração outorgada pela Instituição.

k.1.3 A garantia, se prestada por fiança bancária, deverá ter seu valor expresso em REAL, e se
aplicável, com atualização automática de seu valor, na mesma época, forma e periodicidade,
estabelecidas na Cláusula Reajuste da Minuta do Contrato – Segunda Parte deste Edital, devendo
ser apresentada conforme modelo anexo ao edital vinculado.
k.1.4 A documentação e valores que caracterizam a prestação inicial de garantia deverão ser
apresentados na Gerência de Contratações e Compras - GCP, situada na Rua Boa Vista, 175 - 2º
Andar - São Paulo, Capital.
k.1.5 Em conjunto com a comunicação mencionada no item k.1, serão encaminhadas as 3 (três) vias do
contrato para assinatura pela PROPONENTE selecionada, as quais deverão ser devolvidas
juntamente com a prestação da Garantia de Execução Contratual.
k.2 Na eventualidade de a PROPONENTE, regularmente convocada a assinar o Contrato, a prestar a
Garantia de Execução Contratual e a apresentar o documento exigido no item k.5 e estando sua
proposta dentro do prazo de validade, se recusar a assinar ou aceitar o Contrato, a prestar a
Garantia de Execução Contratual e a apresentar o documento exigido no item k.5 no prazo fixado
no item k.1 sem justificativa feita por escrito e também por escrito aceita pela COMPANHIA DO
METRÔ, ser-lhe-á aplicada multa de 5% (cinco por cento) do valor do Contrato.
k.2.1 Aplicada a multa, a PROPONENTE deverá pagá-la em até quarenta e oito horas, contadas do
recebimento do documento de cobrança respectivo, no Departamento de Tesouraria da
COMPANHIA DO METRÔ, situado na Rua Boa Vista, 175 – 3º andar –, São Paulo, Capital, sob
pena de, não o fazendo, sujeitar-se aos procedimentos judiciais cabíveis.
k.2.2 Nesse caso, a COMPANHIA DO METRÔ poderá, ainda, convocar as PROPONENTES
remanescentes, na ordem de classificação, para assinar o Contrato em igual prazo e nas mesmas
condições da proposta vencedora.
k.3 Em atendimento ao artigo 6º e §1º da Lei Estadual 12.799/08, a assinatura do Instrumento
Contratual fica vinculada à inexistência de qualquer dívida perante qualquer ente da Administração
Direta e Indireta, após a prévia consulta ao CADIN ESTADUAL.
k.4 Assinado o Instrumento contratual, a CONTRATADA obriga-se a manter, durante toda a sua
execução, as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação.
k.5 A contratada que apresentou Certidão expedida por CREA de outro Estado fica obrigada, no
momento da assinatura do Contrato, a apresentar o visto do CREA de São Paulo, válido, pelo
menos, por 180 (cento e oitenta dias).
k.6 Em cumprimento ao disposto na Resolução nº 08/08 e Instrução nº 01/08 do Tribunal de Contas
do Estado, deverá ser assinado, juntamente com o Instrumento contratual, o Termo de Ciência e de
Notificação conforme consta do Anexo XIII.

L. CONDIÇÕES COMPLEMENTARES
l.1 Toda a documentação fornecida pela COMPANHIA DO METRÔ às PROPONENTES somente
poderá ser utilizada para elaboração de propostas, sendo vedada a sua reprodução, divulgação
e/ou utilização, total ou parcial, para quaisquer outros fins que não os expressos neste Edital, sob
pena de responsabilização pelo uso indevido desses documentos.
l.2 A COMPANHIA DO METRÔ poderá, a qualquer tempo, revogar, adiar ou mesmo anular esta
Concorrência nos termos da Lei Federal nº 8.666/93, com suas alterações, garantido a ampla
defesa e o contraditório.
l.3 A qualquer tempo, a COMPANHIA DO METRÔ poderá, de acordo com a fase de licitação,
desqualificar a PROPONENTE, ou desclassificar a proposta da PROPONENTE, sem que a esta
caiba direito a indenização ou reembolso de despesas a qualquer título, na hipótese de vir a tomar
conhecimento de fato ou circunstância que desabone sua idoneidade comercial ou comprometa
sua capacidade financeira, técnica, de produção ou administrativa.
l.4 A PROPONENTE obriga-se a comunicar à COMPANHIA DO METRÔ, a qualquer tempo, antes ou
durante a contratação, qualquer fato ou circunstância superveniente que sejam impeditivos das
condições de habilitação ou classificação, imediatamente após a ocorrência.
l.5 A seleção da proposta não exime a PROPONENTE da responsabilidade quanto ao pleno
atendimento das especificações dos serviços da COMPANHIA DO METRÔ, na aceitação final do
objeto do futuro contrato.
TERCEIRA PARTE

MINUTA DO CONTRATO

CONTRATO NO _________________

CÓDIGO FORNECEDOR _________

Pelo presente Instrumento feito em 3 (três) vias de igual teor e para um único efeito, de um lado a
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ, CNPJ n o 62.070.362/0001-06, com sede
em São Paulo, situada na Rua Augusta,1.626, doravante denominada simplesmente COMPANHIA DO
METRÔ, e de outro XXXXXXXXXXXXXX, CNPJ no com sede em , na
no , doravante denominada simplesmente CONTRATADA, legalmente representadas e ao final
assinadas, ajustam e convencionam as obrigações e compromissos recíprocos que assumem, nos termos
da Lei Estadual no 6.544/89, da Lei Federal no 8.666/93 com suas alterações e das demais disposições
legais aplicáveis, mediante as Cláusulas seguintes:

1. OBJETO

LOTE Nº 01

1.1. O objeto do presente Contrato é a Prestação de Serviços de Engenharia para ELABORAÇÃO DO


PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO
TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E DO
COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO
E SÃO PAULO-MORUMBI E DO PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

1.2. Os serviços serão executados sob o regime de empreitada por PREÇO UNITÁRIO, por desenho
aprovado.

OU
LOTE Nº 02

1.1. O objeto do presente Contrato é a Prestação de Serviços de Engenharia para ELABORAÇÃO


DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO
TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO – VCA DE ACESSO AO PÁTIO (EXCLUSIVE) E O
TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE EMERGÊNCIA DAVID MATARAZZO, INCLUINDO A
ESTAÇÃO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

1.2. Os serviços serão executados sob o regime de empreitada por PREÇO UNITÁRIO, por desenho
aprovado.

2. DOCUMENTOS INTEGRANTES

2.1 Integram este Instrumento, todos os documentos da Concorrência nº 41429213, e mais os


seguintes:

2.1.1 Planilha de Serviços e Preços – Anexo ____;

2.1.2 Escopo dos Serviços – Anexo ____;

2.1.3 Instruções para Medição dos Itens da Planilha de Serviços e Preços – Anexo _____;

2.1.4 Documentos Técnicos – Anexo ____;

2.1.5 Declaração de Cessão de Direito Patrimonial – Anexo - __.

2.1.6 Critério para Enquadramento nas Categorias Profissionais – Anexo ___.

2.2 No caso de divergências entre o Contrato e seus anexos, prevalecerá o disposto neste Contrato.

2.2.1 Se a divergência for entre anexos, prevalecerá aquele de data mais recente.
3. PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS

3.1 A prestação de serviços objeto deste Contrato consiste na elaboração do projeto executivo de
obras e acompanhamento técnico de obra da Fase 2 da Linha 4 - Amarela mediante a emissão
de Ordem(ns) de Serviço, conforme o Lote nº XX (01 ao 02) descrito no Escopo dos Serviços –
Anexo _____.

4. VIGÊNCIA/PRAZOS

4.1 O prazo de vigência do presente Contrato é de 33 (trinta e três) meses, a contar da data de sua
assinatura.

4.1.1. Os serviços objeto do presente Contrato têm prazo de execução de 29 (vinte e nove) meses,
contados a partir da emissão da primeira Ordem de Serviço (OS).

4.1.2. O prazo para a emissão da primeira Ordem de Serviço é de 30 (trinta) dias, a contar da data de
assinatura deste Contrato.

4.1.3. Até 30 (trinta) dias da conclusão dos serviços para entrega do Relatório Final, referido no subitem
21.1.1 deste Instrumento.

4.1.4. Até 15 (quinze) dias contados da entrega do Relatório Final para sua aprovação e emissão do
Termo de Aceitação Provisória (TAP).

4.1.5 Até 45 (quarenta e cinco) dias contados da emissão do Termo de Aceitação Provisória (TAP)
para emissão do Termo de Aceitação Definitiva (TAD).

4.2 O contrato somente poderá ser prorrogado nas hipóteses estabelecidas na legislação em vigor.

4.3 A inobservância dos prazos estipulados neste Contrato somente será admitida pela COMPANHIA
DO METRÔ quando fundamentada nos motivos de força maior, nos termos do artigo 393 do
Código Civil Brasileiro, ou por motivos imputáveis à COMPANHIA DO METRÔ, os quais deverão
ser comprovados sob pena de a CONTRATADA incorrer nas penalidades estipuladas neste
Contrato.

4.4 A hipótese de que trata o item antecedente somente será considerada mediante solicitação
escrita e fundamentada da CONTRATADA, no prazo máximo de 10 (dez) dias contados da
ocorrência do fato gerador do atraso, e também, por escrito, aceita pela COMPANHIA DO
METRÔ.

5. PREÇOS

5.1 O valor total deste Contrato é de R$........... (extenso), na data-base de ....., conforme Planilha de
Serviços e Preços – Anexo ____.

5.2 Os preços deste Contrato contemplam toda mão-de-obra, materiais, transportes, equipamentos,
acessórios, tributos, encargos de natureza previdenciária, fiscal e trabalhista, incluindo benefícios
sociais e os demais custos inerentes ao objeto contratual.

5.3 PROJETO: O preço inclui a elaboração de desenho em conformidade com o Escopo dos
Serviços - Anexo ___, revisões em função de comentários e elaboração de demais documentos
correspondentes, abrangendo Memorial de Cálculo, Memorial Descritivo, Tabela de
Coordenadas, Lista de Material, Planilha de Quantidades, Relatórios Técnicos, entre outros.

6. MEDIÇÃO

6.1 Os serviços objeto deste Contrato serão apontados por medições mensais, em observância às
disposições contidas no Anexo XVIII – Instruções para Medição dos Itens da Planilha de Serviços
e Preçosdeste instrumento, utilizando-se do SISMED – Sistema de Medição, a ser fornecido pela
COMPANHIA DO METRÔ juntamente com a Ordem de Serviço, bem como o modelo do
respectivo relatório, que deverão conter todos os eventos realizados no mês da apuração, e que
tenham sido aprovados pela COMPANHIA DO METRÔ.
6.2 As medições serão feitas diretamente pela CONTRATADA, devendo ser numeradas
sequencialmente, discriminando o número deste Contrato, o objeto, os serviços realizados e as
respectivas quantidades bem como os locais de sua realização.

6.3 Procedidas as medições, os seus resultados deverão ser encaminhados pela CONTRATADA à
COMPANHIA DO METRÔ, até o dia 5 (cinco) do mês subsequente ao mês apurado, para exame
e aprovação ou rejeição, o que deverá ocorrer em até 10 (dez) dias contados da data de entrega
da medição.

6.3.1 As medições deverão ser encaminhadas em 2 (duas) vias, juntamente com a cópia em mídia
magnética gerada pelo aplicativo SISMED diretamente ao gestor do Contrato, nos termos da
carta de gestão mencionada na Cláusula Comunicações adiante, ou através de correio eletrônico
no endereço http://extranet.metrosp.com.br.

6.3.2 Os serviços que não tenham constado nas medições correspondentes aos meses em que foram
realizados deverão ser apresentados em medição posterior, pelo valor da época de sua
realização, obedecidas as demais condições contratuais.

6.4 No caso de rejeição de parte da medição, por responsabilidade da CONTRATADA, deverá ser
observado o seguinte:

6.4.1 A parcela não rejeitada seguirá o processamento normal, conforme estabelecido nesta Cláusula.

6.4.2 A parcela de medição rejeitada pela COMPANHIA DO METRÔ será devolvida à CONTRATADA
para cancelamento ou correção. Neste caso os prazos estabelecidos nesta Cláusula serão
contados novamente, a partir da sua reapresentação.

6.4.3 A devolução total ou parcial das medições e/ou dos documentos de cobrança não aprovados,
bem como os prazos para sua reapresentação e reexame, em hipótese alguma será motivo para
suspensão da execução dos serviços contratados.

7. COBRANÇA

7.1 Os documentos de cobrança deverão ser entregues em duas vias, diretamente a/c do Gestor do
Contrato, com antecedência mínima de 10 (dez) dias da data de seus vencimentos.

7.2 Nesses documentos, deverão ser indicados o número do Contrato e o mês de referência. Nos
documentos de cobrança deverão ainda constar o número da Ordem de Serviço, o número da
medição e quando for o caso, os locais de realização dos serviços.

7.3 No caso de a CONTRATADA apresentar documentos de cobrança com erros, se recebidos, a


COMPANHIA DO METRÔ fará a devolução dos mesmos por documento protocolado, solicitando
o envio de nova documentação e, neste caso, os prazos serão contados a partir de sua
apresentação.

7.4 Caso a CONTRATADA incorra em atraso na entrega de qualquer documento de cobrança e/ou
medição, a COMPANHIA DO METRÔ postergará a respectiva data de vencimento pelo mesmo
número de dias correspondente ao período de tal atraso. Excetuam-se os atrasos decorrentes de
caso fortuito ou de força maior previstos no Artigo 393 do Código Civil Brasileiro, desde que
devidamente comprovados.

7.4.1 Ocorrendo atraso na apresentação de ambos, documento de cobrança e medição, a respectiva


data de vencimento será postergada em função do documento que apresentar maior período de
atraso.

7.5 A Nota Fiscal/Fatura/Recibo de Prestação de Serviços deverá ser emitida de acordo com as
exigências estabelecidas no artigo 219 e §§ do Decreto Federal nº 3.048, de 06/05/99, e suas
regulamentações, devendo ainda a CONTRATADA, nos termos do mesmo Decreto e de
Instruções do Ministério da Previdência Social – Secretaria da Receita Previdenciária (MPS/SRP)
em vigor à época da prestação do serviço/faturamento, fornecer, juntamente com tal documento,
cópia da GFIP – Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e
Informações à Previdência Social, correspondente ao mês da prestação de serviços.
7.5.1 Nos casos de inobservância, discrepância ou incorreção na indicação de valores, conforme
estabelecido no referido Decreto, ou em casos de glosas aplicadas, a COMPANHIA DO METRÔ
efetuará o ajuste necessário, comunicando tal fato à CONTRATADA.

8. REAJUSTE

8.1 Os preços constantes do presente Contrato poderão ter seus valores reajustados a partir de 1
(um) ano da data-base, com periodicidade de 12 meses, em conformidade com a legislação que
dispõe sobre o Plano Real e o Sistema Monetário Nacional, e observados os termos do Decreto
Estadual 48.326, de 12/12/03, aplicando-se a fórmula de reajuste abaixo:

I
P = Po x ( ------ )
Io

P = Valor reajustado;

Po = Valor a ser reajustado;

Io = Índice da coluna 39 – A0157980 – FGV – Serviço de Consultoria, relativo ao mês


anterior à data-base dos preços;

I = mesmo índice, porém relativo ao mês anterior ao da aplicação do reajuste.

8.2 Na hipótese de vir a ser editada legislação conflitante com o quanto disposto nesta Cláusula, as
partes concordam desde já com a sua adequação aos dispositivos legais pertinentes.

8.3 Caso até a emissão do documento de cobrança não seja conhecido o índice de reajuste
correspondente, e a fim de permitir que o cálculo do mesmo seja feito na data de sua aplicação,
adotar-se-á, de forma provisória, o índice calculado com base na última variação mensal
disponível, projetada pelo número de meses faltantes, até a data de sua aplicação, sem prejuízo
da observância da periodicidade do reajuste previsto nesta Cláusula.

8.3.1 Quando da publicação dos índices definitivos, far-se-á a apuração e a realização do


correspondente ajuste financeiro da diferença a maior ou a menor, considerada a mesma data do
vencimento do documento de cobrança que tenha dado origem à ocorrência e sujeito à mesma
regra prevista na Cláusula - Pagamento deste Contrato.

8.4 Na eventualidade de qualquer dos indicadores referidos nesta Cláusula deixar de existir, a
COMPANHIA DO METRÔ passará, de imediato, à aplicação dos indicadores substitutivos, nos
termos da legislação aplicável.

8.4.1 Caso não seja oficializado um índice substitutivo, a COMPANHIA DO METRÔ e a CONTRATADA
definirão, de comum acordo, o novo indicador, se assim permitir a legislação.

8.5 Os valores de reajuste deverão ser indicados, separadamente do valor do principal, no corpo do
documento de cobrança que deverá estar acompanhado da respectiva memória de cálculo.

9. PAGAMENTO

9.1 O pagamento à CONTRATADA se fará no 30º (trigésimo) dia subsequente à realização dos
serviços que constem de medições mensais, desde que estas tenham sido aprovadas pela
COMPANHIA DO METRÔ.

9.2 Os pagamentos serão efetuados por meio de crédito em conta corrente junto ao Banco do Brasil
S/A, na forma do Decreto Estadual 55.357 de 18/01/2010.

9.3 A CONTRATADA deverá informar, por escrito, o número dessa conta corrente, o número e nome
da agência respectiva, em até 10 (dez) dias contados da data da assinatura deste Contrato, por
correspondência dirigida à COMPANHIA DO METRÔ a/c do Departamento de Tesouraria,
situado na Rua Boa Vista, 175 – 3º Andar – São Paulo, Capital.

9.4 A CONTRATADA dará como quitadas todas as duplicatas ou outros documentos de cobrança
sacados contra a COMPANHIA DO METRÔ, pela simples efetivação do crédito correspondente
em sua conta corrente.
9.5 Caso ocorram atrasos nos pagamentos, por motivos imputáveis à COMPANHIA DO METRÔ, os
valores devidos serão atualizados com base na variação do IPC - Índice de Preços ao
Consumidor do Município de São Paulo, publicado pela Fundação Instituto de Pesquisas
Econômicas - FIPE, calculado “pro rata tempore” desde a data do vencimento até a data do
efetivo pagamento, conforme fórmula abaixo. Excetuam-se os atrasos decorrentes de caso
fortuito ou de força maior nos termos do artigo 393 do Código Civil Brasileiro:

(n/m) (y/z)
VDA = VDO x ( IPC-FIPE 1 ) x ( IPC-FIPE 2 ) x ( IPC-FIPE 3 ) , onde:
IPC-FIPE 0 IPC-FIPE 1 IPC-FIPE 2

VDA = Valor atualizado do pagamento em atraso;

VDO = Valor em atraso;

IPC-FIPE 0 = IPC-FIPE correspondente ao 3º (terceiro) mês anterior ao mês de vencimento da


obrigação;

IPC-FIPE 1 = IPC-FIPE correspondente ao 2º (segundo) mês anterior ao mês vencimento da


obrigação;

IPC-FIPE 2 = IPC-FIPE correspondente ao 3º (terceiro) mês anterior ao mês de pagamento da


obrigação;

IPC-FIPE 3 = IPC-FIPE correspondente ao 2º (segundo) mês anterior ao mês de pagamento da


obrigação;

n= número de dias contados da data do vencimento da obrigação, exclusive, até o


último dia do mês do vencimento da obrigação, inclusive;

m= número de dias do mês do vencimento da obrigação;

y= número de dias contados do primeiro dia do mês do pagamento da obrigação, até


o dia do pagamento da obrigação;

z= número de dias do mês do pagamento da obrigação.

9.5.1. No caso do pagamento ocorrer no mesmo mês do vencimento, a fórmula a ser aplicada é:

(n/m)
VDA = VDO x ( IPC-FIPE 1 ) , onde:
IPC-FIPE 0

VDA = Valor atualizado do pagamento em atraso;

VDO = Valor e atraso;

IPC-FIPE 0 = IPC-FIPE correspondente ao 3º (terceiro) mês anterior ao mês do vencimento da


obrigação/pagamento da obrigação;

IPC-FIPE 1 = IPC-FIPE correspondente ao 2º (segundo) mês anterior ao mês do vencimento da


obrigação/pagamento da obrigação;

n= número de dias contados da data do vencimento da obrigação, exclusive, até a


data do efetivo pagamento da obrigação ;

m= número de dias do mês do vencimento da obrigação/pagamento da obrigação.

9.6 Fica expressamente estabelecido que a COMPANHIA DO METRÔ não aporá aceite em
duplicatas, triplicatas e/ou letras de câmbio, e que somente liquidará os títulos que portem, no
verso, a condição ”Vinculado à Verificação e ao Cumprimento de Cláusulas Contratuais -
Contrato nº ....” , firmadas pelo emitente e eventuais endossatários.
10. TRIBUTOS

10.1 Todos os tributos e demais encargos devidos em decorrência direta ou indireta da execução do
objeto deste Contrato, serão de exclusiva responsabilidade da CONTRATADA, que os recolherá
sem direito a reembolso. A COMPANHIA DO METRÔ, quando ela for a fonte retentora,
descontará e recolherá, nos prazos de lei, dos pagamentos que efetuar, a parte que for devida
pela CONTRATADA, segundo a legislação vigente.

10.2 Havendo, após a data-base dos preços, alteração, isenção, extinção de tributos ou encargos
legais, ou instituição de outros que, direta e comprovadamente, repercutam sobre os preços
contratados, a COMPANHIA DO METRÔ procederá conforme abaixo:

10.2.1 Caso haja diferença a maior, a COMPANHIA DO METRÔ somente procederá ao pagamento
após a aceitação da comprovação, feita pela CONTRATADA, dos ônus daí decorrentes.

10.2.2 Na hipótese de a CONTRATADA, ou a COMPANHIA DO METRÔ, vir a beneficiar-se de isenções


ou reduções junto ao Fisco, proceder-se-á à revisão dos custos do Contrato, cujas alterações
fiscais reflitam diretamente na composição dos preços.

10.2.3 Não serão considerados para os fins desta Cláusula, as alterações de tributos ou encargos legais
que incidam sobre os insumos que compõem os serviços objeto deste Contrato.

10.3 A CONTRATADA deverá comprovar o recolhimento de tributos e demais encargos devidos, direta
ou indiretamente, por conta deste Instrumento, sempre que solicitado pela COMPANHIA DO
METRÔ, sob pena de aplicação das sanções previstas na Cláusula Multas e Penalidades deste
Instrumento.

10.4 Quando por disposição legal, a COMPANHIA DO METRÔ for a responsável pelo recolhimento de
tributos decorrentes deste Contrato e, por exclusiva responsabilidade da CONTRATADA, vier a
responder por acréscimo e/ou outros encargos em decorrência de erro no faturamento ou do não
cumprimento das condições que possibilitem o correto recolhimento dos tributos devidos, aqueles
valores atualizados, serão descontados de quaisquer créditos da CONTRATADA perante à
COMPANHIA DO METRÔ, ou por cobrança pela emissão de Nota de Débito.

10.5 A COMPANHIA DO METRÔ em cumprimento a Lei Federal 9.711/98, regulamentada pelo Decreto
Federal nº 3.048, de 06/05/99, e Instruções do Ministério da Previdência Social – Secretaria da
Receita Previdenciária (MPS/SRP) em vigor à época da prestação do serviço/faturamento,
efetuará a retenção e o recolhimento ao INSS da contribuição à Seguridade Social sobre os
valores devidos por conta do presente Contrato, na forma e prazos no mesmo estabelecidos.

11. COORDENAÇÃO DOS SERVIÇOS

11.1 Cada parte designará, por escrito, um Representante (Gestor) devidamente habilitado, para
adotar as providências necessárias ao bom andamento dos SERVIÇOS, através dos quais serão
feitos os contatos entre as partes.

11.1.1 O Representante (Gestor) nomeado pela COMPANHIA DO METRÔ ou seu preposto, terá livre
acesso à documentação relativa ao desempenho, controle e ao cumprimento dos prazos.

11.2 Deverá ser implantado pela CONTRATADA um sistema de informações gerenciais, que através
de relatórios, reuniões de coordenação e contatos interpessoais assegure o suporte necessário à
avaliação do desempenho dos SERVIÇOS e a tomada de decisões, no prazo de até 20 dias após
a emissão da primeira Ordem de Serviço.

11.3 Não poderão ser executados, nem serão pagos quaisquer serviços sem que tenha sido emitida a
Ordem de Serviço correspondente.

11.3.1 A CONTRATADA emitirá, quando solicitada pela COMPANHIA DO METRÔ, uma proposta de
abertura de Ordem de Serviço, com base no Planejamento Geral dos Trabalhos, encaminhando-a
através de correspondência.

11.3.2 A Ordem de Serviço aprovada pela COMPANHIA DO METRÔ deverá ser cumprida pela
CONTRATADA, observadas todas as condições nela ajustadas.
11.3.3 Caso os serviços necessitem ser revisados por motivos imputáveis à CONTRATADA, os mesmos
deverão ser executados sem ônus para a COMPANHIA DO METRÔ.

11.3.4 As Ordens de Serviço a serem apresentadas pela CONTRATADA, após aprovadas pela
COMPANHIA DO METRÔ, constituirão parte integrante do presente contrato, não prevalecendo
contudo no caso de eventuais divergências sobre o quanto disposto neste instrumento e seus
anexos, independente das datas em que sejam aprovadas.

11.4 A COMPANHIA DO METRÔ fornecerá antes da abertura de cada Ordem de Serviço, todas as
informações necessárias para a realização dos serviços.

11.5 A abertura da Ordem de Serviço, que conterá a aprovação da CONTRATADA e da COMPANHIA


DO METRÔ, significará além da autorização para início dos trabalhos, que a CONTRATADA
possui todas as informações necessárias para a consecução dos serviços objeto da mesma.

12 OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA

12.1 A CONTRATADA obriga-se, durante toda a execução do Contrato, em compatibilidade com as


obrigações por ela assumidas, a manter todas as condições de habilitação exigidas na
Concorrência que deu origem ao presente Instrumento, comunicando imediatamente qualquer
fato ou circunstância superveniente que altere tais condições.

12.2. A CONTRATADA obriga-se a cumprir todos os requisitos de segurança da informação,


cumprindo e respeitando a preservação, o sigilo, a integridade, os direitos autorais, os aspectos
legais, os diversos tipos de acessos a sistemas e a dados, sob pena de, não o fazendo, ser-lhe
aplicadas as penalidades previstas neste Instrumento contratual, independentemente de sujeitar-
se aos procedimentos judiciais cabíveis.

12.3 A CONTRATADA obriga-se a responder pelo pagamento de todos e quaisquer ônus, tributos e
multas oriundas deste contrato, inclusive os de origem fiscal, previdenciária e/ou trabalhista.

12.3.1 A CONTRATADA assume toda responsabilidade pelos ônus decorrentes das leis trabalhistas,
previdenciárias e encargos sociais, mantendo a COMPANHIA DO METRÔ à margem de
quaisquer ações judiciais, reivindicações ou reclamações, devendo excluí-la de qualquer pleito,
sendo a CONTRATADA, em quaisquer circunstâncias nesse particular, considerada como única
empregadora.

12.3.2 Na hipótese de a COMPANHIA DO METRÔ vir a ser incluída no pólo passivo de reclamação
trabalhista, serão retidos os pagamentos devidos à CONTRATADA, nos valores correspondentes
aos pedidos, os quais serão devolvidos somente após o trânsito em julgado das referidas ações
no caso de a COMPANHIA DO METRÔ não vir a ser condenada, respeitando-se o direito ao
contraditório e a ampla defesa.

12.3.3 O não atendimento aos itens acima poderá acarretar na aplicação de Suspensão Cadastral por
02 (dois) anos, em razão do inadimplemento contratual, com fulcro no inciso III do artigo 87 da Lei
8.666/93, com suas alterações, com a consequente anotação no Cadastro de Fornecedores e
registro no sítio eletrônico www.sanções.sp.gov.br.

12.4 A CONTRATADA é a responsável pelos danos causados diretamente à COMPANHIA DO


METRÔ ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo na execução dos serviços, não
excluindo ou reduzindo tal responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pela
COMPANHIA DO METRÔ.

12.5 A CONTRATADA é responsável pela execução do objeto deste Instrumento em plena


conformidade com as especificações e normas técnicas pertinentes, obrigando-se a reparar,
refazer ou repor qualquer parte da execução do serviço, que venha a apresentar defeitos ou
incorreções, resultantes de vícios na execução ou nos materiais empregados, no prazo que lhe
for fixado pela COMPANHIA DO METRÔ, sem ônus adicionais e sem prejuízo do disposto na
Cláusula Multas e Penalidades deste Instrumento.

12.6 Caso sejam constatadas situações que possam caracterizar transgressão a normas técnicas, ou
a regulamentos, ou a leis em vigor, caberá à CONTRATADA comunicar imediatamente à
COMPANHIA DO METRÔ, por escrito, sobre tal possibilidade, a fim de que as eventuais
irregularidades possam ser sanadas em tempo hábil.
12.7 A CONTRATADA zelará, no que lhe compete, pelo correto encaminhamento dos documentos de
cobrança e demais documentos relativos a este Contrato, inclusive certificando-se da
identificação do destinatário, de forma a evitarem-se extravios que possam implicar morosidade
ou até a suspensão na liquidação de compromissos e obrigações por parte da COMPANHIA DO
METRÔ.

12.8 A CONTRATADA se responsabiliza pela conduta que seus empregados deverão ter durante as
horas de trabalho em recinto da COMPANHIA DO METRÔ, assegurando, outrossim, que os
mesmos manterão o devido respeito e cortesia no relacionamento com os empregados da
COMPANHIA DO METRÔ, bem como no sentido de que sejam observadas, rigorosamente, as
exigências emanadas da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e sobretudo as
contidas na legislação em vigor.

12.8.1 Os empregados da CONTRATADA, quando da realização de serviços nas dependências da


COMPANHIA DO METRÔ, deverão estar devidamente identificados com crachá em lugar visível.

12.9 Os funcionários alocados ao serviço deverão ter vínculo profissional com a CONTRATADA, o
qual poderá se dar mediante contrato social, registro na carteira profissional, ficha de empregado
ou contrato de trabalho, inclusive autônomos que preencham os requisitos e se responsabilizem
tecnicamente pela execução dos serviços.

12.10 A CONTRATADA deverá observar as normas de segurança e saúde do trabalho, constantes da


CLT, da Portaria nº 3.214/78, do Ministério do Trabalho, especialmente as previstas na NR 18,
Especificação Contratual - EC - 21-003 da COMPANHIA DO METRÔ, bem como outras
disposições relacionadas com a matéria. A inobservância do quanto aqui exposto ensejará a
rescisão do Contrato.

12.10.1 A CONTRATADA, além dos postulados legais vigentes, no âmbito federal, estadual ou municipal,
obriga-se a cumprir, rigorosamente as instruções contidas na Especificação Contratual EC –
21-003 integrante deste Contrato, emitida pela COMPANHIA DO METRÔ, sob pena de, além de
incorrer nas penalidades legais e contratuais estabelecidas, ter anotação em seu cadastro pelo
descumprimento de quaisquer normas de segurança.

12.11 Obriga-se a CONTRATADA a apresentar cópia da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)


referente ao presente contrato, em conformidade com a Lei Federal nº 6496 de 07/12/77,
devidamente expedida pelo CREA, até a data da emissão da Primeira Ordem de Serviço, bem
como de eventuais alterações quando ocorrerem.

12.12 Obriga-se a CONTRATADA a elaborar toda a documentação técnica de acordo com a


IP-9.00.00.00/3A0-001 e submetê-la à verificação da COMPANHIA DO METRÔ.

12.13 Obriga-se a CONTRATADA a entregar duas ou três cópias em papel de toda a documentação
gerada em atendimento ao escopo deste contrato em cada entrega e acompanhada do respectivo
original e, também em mídia eletrônica, devidamente identificada na entrega final. Os
documentos gerados em formato A4 deverão ser entregues nas extensões “ *.odt ” ( BrOffice ) e “
*.PDF ”, e os desenhos deverão ser entregues nas extensões “ *.dwg ” ( AutoCAD ) e “ *.PLT ”
para fins de plotagem.

12.14 A CONTRATADA é responsável pela análise da suficiência quantitativa e qualitativa dos


elementos fornecidos pela COMPANHIA DO METRÔ, notadamente aquelas referentes às
Investigações Geológicas/ Geotécnicas. Caso sejam necessárias maiores ou melhores
informações, as mesmas deverão ser solicitadas por escrito à COMPANHIA DO METRÔ, com as
devidas justificativas.

12.15 A CONTRATADA obriga-se a proceder o descarte de todo e qualquer material referente a este
Contrato, na forma fragmentada de modo a garantir a total descaracterização do mesmo. Esta
obrigação é válida tanto para os descartes que possam ocorrer durante o desenvolvimento dos
trabalhos como para os descartes que possam ocorrer a qualquer tempo, após o encerramento
dos trabalhos, de materiais mantidos em seu poder.

13. FISCALIZAÇÃO

13.1 A COMPANHIA DO METRÔ exercerá ampla e completa fiscalização sobre os serviços,


diretamente ou por prepostos designados, sustando qualquer atividade em execução que,
comprovadamente, não esteja sendo realizada, de acordo com o objeto contratado.
13.2 Para efeito de fiscalização a CONTRATADA ficará obrigada a:

13.2.1 Prestar informações e esclarecimentos solicitados pela COMPANHIA DO METRÔ ou pelo


preposto por ela designado, garantindo-lhe o acesso, a qualquer tempo, aos documentos
relativos aos serviços executados ou em execução, bem como às suas dependências;

13.2.2 Atender prontamente às reclamações, exigências ou observações feitas pela COMPANHIA DO


METRÔ ou pelo preposto por ela designado, refazendo ou corrigindo, quando for o caso e às
suas expensas, as partes dos serviços que não obedeçam aos respectivos projetos,
especificações, normas ou Ordens de Serviços;

13.2.3 Sustar qualquer serviço em execução que não esteja, comprovadamente, sendo executado com
boa técnica ou que ponha em risco a segurança pública ou de bens de terceiros,
independentemente de solicitação da COMPANHIA DO METRÔ;

13.3 Para exercer completa fiscalização sobre a execução dos serviços, a COMPANHIA DO METRÔ
terá amplos poderes, inclusive para:

13.3.1 Ordenar a imediata retirada, de suas instalações, de empregado da CONTRATADA que estiver
sem uniforme ou sem equipamento de segurança individual necessário, ou ainda, que embaraçar
ou dificultar a ação fiscalizadora, ou cuja permanência na área for considerada inconveniente em
razão de comportamento inadequado ou de inaptidão técnica para a execução dos serviços;

13.3.2 Exigir, da CONTRATADA, a estrita obediência às especificações e normas contratuais;

13.3.3 Rejeitar ou sustar a execução de serviços insatisfatórios e exigir que estes sejam refeitos na
extensão que entender necessária;

13.3.4 Vetar a utilização de materiais, equipamentos, métodos de trabalho ou de processos executivos


que estejam, a seu juízo, em desacordo com as exigências e padrões técnicos e administrativos
estipulados pelo presente Contrato;

13.3.5 Examinar, quando julgar conveniente os documentos referentes à quitação regular da


CONTRATADA para com a Previdência Social.

13.4 A ação ou omissão, total ou parcial, de fiscalização da Companhia do Metro não restringe e nem
exime a CONTRATADA da total responsabilidade pelos encargos e serviços que são de sua
atribuição e competência, nem mesmo das obrigações assumidas neste Instrumento.

14. MULTAS E PENALIDADES

14.1 No caso de inadimplemento parcial ou total deste Contrato pela CONTRATADA, a COMPANHIA
DO METRÔ, dependendo da gravidade do fato, e ressalvados os casos previstos no parágrafo
único do artigo 393 do Código Civil Brasileiro, poderá independentemente de a qualquer momento
exercer, o seu direito de rescindir este Contrato, aplicar, cumulativa ou isoladamente, as
seguintes penas:

14.1.1 Advertência e respectiva anotação no Cadastro;

14.1.2 Multa de 0,2% (dois décimos por cento) do valor correspondente à parcela não realizada, por dia
que exceda o prazo estabelecido, limitado a 12% (doze por cento), caso se verifiquem atrasos na
execução dos serviços;

14.1.3 Multa de 0,5 % (cinco décimos por cento) do valor total atualizado deste Contrato mencionado
na Cláusula Preços e o dobro no caso de reincidência, pelo não cumprimento de quaisquer outras
cláusulas ou condições deste Contrato, exceto para aquelas cujas sanções e procedimentos de
regularização são os especificamente estabelecidos.

14.1.4 Multa de 5% (cinco por cento) do valor total atualizado deste Contrato, por desistência ou
descumprimento total do seu objeto;

14.1.5 Multa de 5% (cinco por cento) do valor do saldo atualizado deste Contrato, por desistência de
conclusão do objeto contratado.
14.1.6 Multa de 0,1 % (um décimo por cento) do valor total atualizado deste Contrato mencionado na
Cláusula Preços, por dia que exceda o prazo estabelecido para a apresentação de complemento
de Garantia Contratual, limitado a 12 % (doze por cento).

14.2 Aplicadas as multas, a COMPANHIA DO METRÔ as descontará do primeiro pagamento que fizer
à CONTRATADA, logo após a sua imposição.
14.3 No caso de não existirem pagamentos previstos, efetivamente configurados, a CONTRATADA
deverá efetuar a quitação da multa em até quarenta e oito horas contadas do recebimento do
documento de cobrança respectivo, no Departamento de Tesouraria da COMPANHIA DO
METRÔ, situado na Rua Boa Vista, 175 – 3º andar, São Paulo - Capital, sujeitando-se, em não o
fazendo, aos procedimentos judiciais cabíveis.

14.4 O não pagamento da multa no prazo estipulado importará, ainda, na atualização do valor a ser
pago, com base na variação do IPC - Índice de Preços ao Consumidor do Município de São
Paulo, publicado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE, calculado “pro rata
tempore” desde a data do vencimento até a data do efetivo pagamento, conforme fórmulas
previstas nos itens 9.5 e 9.5.1 da Cláusula Pagamento deste Contrato.

14.5 O pagamento das multas estabelecidas nesta Cláusula, ou o seu desconto como aqui
especificado, não exime a CONTRATADA do fiel cumprimento das obrigações e
responsabilidades contraídas neste Instrumento e nem da reparação de eventuais danos, perdas
ou prejuízos diretos ou indiretos que vierem a ser causados à COMPANHIA DO METRÔ, a seus
empregados, prepostos, usuários e/ou a terceiros em decorrência da execução do objeto deste
Contrato.

15. GARANTIA DE EXECUÇÃO CONTRATUAL

15.1 Para o fiel cumprimento das obrigações ora assumidas, a CONTRATADA prestou garantia de 5 %
(cinco por cento) do valor total deste Contrato, com prazo de validade que abrange todo o período
de vigência do mesmo.
15.1.1 O valor de cobertura de tal garantia poderá ser reduzido, caso seja de interesse da
CONTRATADA, na proporção da realização do Contrato e na mesma época do reajustamento de
preços, passando a ser exigível sobre o saldo atualizado do mesmo, desde que especificamente
atestado pelo Gestor designado pela COMPANHIA DO METRÔ para este Instrumento e que não
reste qualquer pendência relativamente à parte já executada do Contrato.

15.1.2 Poderá haver substituição entre as modalidades de garantia previstas no Edital, quais sejam:
caução em dinheiro, títulos da dívida pública, seguro-garantia ou fiança bancária, durante a
vigência deste Contrato, desde que previamente aprovada pela COMPANHIA DO METRÔ.

15.1.3 A garantia, se prestada por fiança bancária, deverá ter seu valor expresso em Real e, se
aplicável, com atualização automática de seu valor, na mesma época, forma e periodicidade
estabelecidas na Cláusula Reajuste deste Contrato, devendo ser apresentada conforme modelo
anexo ao Edital vinculado.

15.1.4 Em caso de aditamento ao Contrato que implique prorrogação de prazo, majoração ou


complementação em seu valor, a CONTRATADA deverá providenciar, em até 30 (trinta) dias da
data de emissão do respectivo Aditamento, a devida complementação da garantia, de forma a
manter seu prazo de validade compatível com o de vigência do Contrato ou a equivalência já
estabelecida de 5% (cinco por cento), sob pena de ser adotado o procedimento previsto em
15.1.6 e sem prejuízo na aplicação das penalidades previstas contratualmente.

15.1.4.1 Nesta situação, caso seja de interesse da CONTRATADA, a garantia também poderá ser prestada
sobre o saldo atualizado a realizar, considerado para tal o somatório do valor reajustado do saldo
remanescente do contrato e aditivo(s), desde que efetivamente atestado pelo Gestor do
Contrato e que não reste qualquer pendência relativamente à parte já executada.

15.1.4.2 As complementações de garantia previstas no item 15.1.4 deverão ser entregues no


Departamento de Controle de Compromissos – COM, situado na Rua Boa Vista, 175 – 6º andar –
Bloco B.

15.1.5. Quando se tratar da modalidade caução em dinheiro, ou Seguro-Garantia, obriga-se a


CONTRATADA, independente de qualquer comunicação prévia da COMPANHIA DO METRÔ, a
apresentar sua devida complementação até o último dia do mês da aplicação do reajuste.
15.1.6 A não apresentação do complemento da garantia de execução contratual, qualquer que seja a
modalidade prestada como garantia, implicará na retenção dos créditos da CONTRATADA
vincendos a partir de seu inadimplemento, até o limite do valor previsto para a complementação,
caracterizando-se, assim, a prestação de garantia como caução em dinheiro.

15.2 A COMPANHIA DO METRÔ devolverá à CONTRATADA o(s) valor(es) retido(s) por conta da
aplicação das regras de retenção aqui estabelecidas, em até 10 (dez) dias após a data da
apresentação do complemento ou da renovação da garantia, sem correção ou acréscimo de
qualquer natureza.

15.3 A COMPANHIA DO METRÔ poderá fazer uso da Garantia de Execução Contratual para o
pagamento das multas previstas neste Instrumento e, não sendo esta suficiente, responderá a
CONTRATADA pela diferença e pela reposição e/ou complementação da garantia a ser mantida,
observadas as condições estabelecidas neste Instrumento.

15.3.1 A Garantia de Execução Contratual, sempre que possível, responde pela exequibilidade das
multas.

15.3.2 Não sendo suficiente a garantia prestada, a CONTRATADA será responsável pelas diferenças que
vierem a ser apuradas e pela reposição e/ou complementação de garantia a ser mantida,
observadas as condições estabelecidas neste Instrumento.

15.3.3 Atendidos todos os termos deste Contrato que se refiram à garantia prestada, em até 30 dias
após a emissão do Termo de Aceitação Definitiva - TAD, conforme previsto no item 18.1.3,
haverá a devolução do total ou de eventual saldo da mesma, conforme for o caso.

15.3.4 A garantia, quando prestada em dinheiro, ou seu saldo, será devolvida atualizada com base na
variação do IPC - Índice de Preços ao Consumidor do Município de São Paulo, publicado pela
Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE, calculado “pro rata tempore” desde a data
do depósito até a data da efetiva devolução da garantia, exceto para a situação prevista em
15.1.6, conforme fórmulas previstas nos itens 9.5 e 9.5.1 da Cláusula Pagamentos deste
Contrato.

16. RESCISÃO

16.1 Constitui motivo de rescisão do presente Contrato, unilateralmente pela COMPANHIA DO


METRÔ, além das situações previstas em Lei, quando, por ato da CONTRATADA, se verifique
qualquer das ocorrências relacionadas a seguir:

16.1.1 Não cumprimento ou cumprimento irregular das cláusulas contratuais, especificações, projetos
ou prazos, observadas as disposições deste Instrumento;

16.1.2 Atraso injustificado para início da execução do objeto deste Contrato.

16.1.3 A subcontratação total ou parcial do serviço contratado.

16.1.4. Associação, fusão, cisão ou incorporação, da CONTRATADA, desde que não comunicada de
imediato a COMPANHIA DO METRÔ, a qual poderá ou não anuir com a continuidade deste
Contrato.

16.1.5. Cessão ou transferência total ou parcial do objeto deste Contrato sem prévia comunicação à
COMPANHIA DO METRÔ, a qual poderá ou não anuir com a condição proposta.

16.1.6. Alteração social ou modificação da finalidade ou da estrutura da CONTRATADA, que prejudique


a execução do objeto deste Contrato, e desde que não comunicado à COMPANHIA DO METRÔ,
a qual poderá anuir ou não com a continuidade deste Instrumento.

16.1.7. A dissolução, a decretação de falência ou a instauração de insolvência civil da CONTRATADA.

16.1.8 Em qualquer hipótese de rescisão contratual, passarão à propriedade da COMPANHIA DO


METRÔ os serviços já elaborados ou em elaboração pela CONTRATADA até a data da decisão
rescisória.
16.2 Rescindido o Contrato nos casos acima, a CONTRATADA ficará sujeita às seguintes sanções e
consequências, além daquelas previstas na legislação licitatória e neste Contrato:

16.2.1 Suspensão temporária do cadastro, de participação em licitações e impedimento para contratar


com a COMPANHIA DO METRÔ, pelo prazo de 2 anos;

16.2.2 Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto
perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação
perante a própria autoridade que aplicou a penalidade;

16.2.3 Responsabilização da CONTRATADA inadimplente por prejuízos causados à COMPANHIA DO


METRÔ, com retenção de eventuais créditos decorridos e/ou execução da garantida contratual
estabelecida na Cláusula Garantia de Execução Contratual, até o limite dos prejuízos causados.

17. PROPRIEDADE E AUTORIA DO PROJETO

17.1 A COMPANHIA DO METRÔ será proprietária exclusiva de todos os materiais preliminares, não
se limitando mas incluindo, levantamentos, medições, memoriais de cálculo, croquis, fitas,
vídeos, disquetes, fotos, relatórios, mapas, desenhos, diagramas, planos estatísticos,
memorando, enfim, quaisquer documentos elaborados pela CONTRATADA no cumprimento
deste contrato, obrigando-se a mesma a entregá-los à COMPANHIA DO METRÔ sempre que
solicitado.

17.1.1 Quando do encerramento definitivo do presente instrumento, a CONTRATADA deverá ter


entregue à COMPANHIA DO METRÔ todo o produto, documento e material de propriedade
desta, bem como declaração de Cessão de Direito Patrimonial constante do Anexo ___ do Edital.

17.2 Em função deste contrato, a CONTRATADA desde já cede, em caráter irrevogável e por tempo
indeterminado à COMPANHIA DO METRÔ, todos os direitos autorais e patrimoniais sobre os
produtos intermediários e finais decorrentes da prestação dos serviços aqui ajustada, afora
aqueles de natureza personalíssima, como tal definidos no artigo 49, da Lei nº 9.610 de 19.02.98.

17.2.1 Fica vedada à CONTRATADA, a divulgação parcial ou total, por quaisquer meios e a qualquer
tempo, bem como a utilização dos produtos, documentos e materiais, objeto deste contrato, sem
prévia e formal autorização da COMPANHIA DO METRÔ.

17.2.2 Todos os produtos, documentos e materiais, intermediários ou finais, decorrentes dos SERVIÇOS
objeto deste contrato, somente serão recebidos pela COMPANHIA DO METRÔ quando
encaminhados pelo representante da CONTRATADA.

18. SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DOS SERVIÇOS

18.1 A COMPANHIA DO METRÔ poderá determinar a suspensão, total ou parcial, da execução dos
serviços, mediante aviso por escrito à CONTRATADA, com antecedência mínima de 15 (quinze)
dias.

18.2 Na ocorrência do acima previsto, a COMPANHIA DO METRÔ indicará, a título orientativo, o prazo
estimado e as condições da suspensão.

18.3 Em tal caso, a COMPANHIA DO METRÔ pagará à CONTRATADA somente a importância devida
por força e nos termos da Cláusula Pagamentos deste Instrumento, pelos serviços realizados até
a data da efetiva paralisação das atividades, conforme previsto nesta Cláusula.

18.4 Decorridos 120 (cento e vinte) dias da data da suspensão determinada pela COMPANHIA DO
METRÔ, a CONTRATADA deverá formalizar, por escrito, em até 15 (quinze) dias, eventual
interesse na rescisão contratual ou em suspender as suas obrigações até que seja normalizada a
situação. O seu silêncio, após este prazo, será considerado como opção pela suspensão de suas
obrigações.

18.5 A comunicação para reinicio dos serviços deverá ser feita por escrito pela COMPANHIA DO
METRÔ, com uma antecedência mínima de 15 (quinze) dias em relação à data prevista para tal,
período no qual deverá ser revisto o planejamento geral dos trabalhos e readequadas as Ordens
de Serviço, sem contudo ferir qualquer cláusula ou condição definida neste Instrumento.
19. ALTERAÇÕES CONTRATUAIS

19.1 Qualquer alteração deste Contrato, bem como dos seus anexos, somente será válida quando
formalizada por aditamento.

20. COMUNICAÇÕES

20.1 Todas as comunicações recíprocas, relativas a este Contrato, somente serão consideradas como
efetuadas se entregues por correspondências endereçadas aos Gestores respectivos, à exceção
dos documentos mencionados na Cláusula Pagamento.

20.1.1 A COMPANHIA DO METRÔ indica através de correspondência anexa ao presente Contrato o


nome do responsável pela gestão deste Instrumento.

20.1.2 A CONTRATADA deverá, no prazo de até 15 (quinze) dias da assinatura deste instrumento,
apresentar por escrito o nome do preposto respectivo, obedecendo o modelo da carta de gestão
entregue pela COMPANHIA DO METRÔ.

20.2 Toda e qualquer notificação ou comunicação relativa a este Contrato deverá ser feita por escrito e
somente será considerada se efetuada por fac-símile, telex ou por correspondência com
protocolo de recebimento.

20.3 Em todo e qualquer documento deverá constar, obrigatoriamente, o número deste Contrato.

21. ACEITAÇÃO

21.1 Os serviços objeto deste Contrato serão aceitos pela COMPANHIA DO METRÔ, conforme
determinado nesta Cláusula, mantidos os direitos e obrigações contratuais, desde que
executados, com fiel observância ao disposto neste contrato, conforme segue:

21.1.1 Até 30 (trinta) dias contados da data da conclusão dos serviços, a CONTRATADA entregará à
COMPANHIA DO METRÔ um Relatório Final.

21.1.2 Até 15 (quinze) dias contados da entrega do Relatório Final, a COMPANHIA DO METRÕ
procederá a aprovação do Relatório Final e emitirá o Termo de Aceitação Provisória – TAP.

21.1.3 Até 45 (quarenta e cinco) dias contados da data da emissão do Termo de Aceitação Provisória –
TAP e, constatada a inexistência de qualquer pendência técnica e financeira, a COMPANHIA DO
METRÔ emitirá o Termo de Aceitação Definitiva – TAD.

21.1.4 A COMPANHIA DO METRÔ considerará aceito definitivamente o serviço após decorrido o prazo
anteriormente referido, sem que haja rejeição do mesmo e procedida a verificação da qualidade e
quantidade especificadas, ressalvados os direitos previstos na lei e neste Instrumento.

22. NOVAÇÃO

22.1 Se qualquer das partes contratantes permitir, por tolerância, o descumprimento no todo ou em
parte de qualquer das cláusulas ou condições do presente Contrato ou de seus anexos, tal fato
não implicará novação das obrigações ora assumidas.

23. VINCULAÇÃO AO EDITAL

23.1 O presente Contrato está vinculado do Edital da CONCORRÊNCIA nº 41429213 e à proposta da


CONTRATADA.

24. FORO

24.1 As partes signatárias deste Instrumento elegem, com exclusão de qualquer outro, por mais
privilegiado que seja, o Foro da Fazenda Pública da Comarca da Cidade de São Paulo para
dirimir quaisquer litígios referentes a este Contrato.
E, por se acharem justas e acordadas, firmam as partes, nas vias de início referidas, perante as
testemunhas abaixo, o presente Contrato, que terá sua eficácia condicionada à sua publicação no Diário
Oficial do Estado de São Paulo - DOE, para que se produzam os efeitos legais.

São Paulo,

Pela COMPANHIA DO METRÔ

Pela CONTRATADA

TESTEMUNHAS __________________________ _______________________________


QUARTA PARTE
ANEXOS

1. ANEXO I - MODELO DE CARTA DE CREDENCIAMENTO

2. ANEXO II - MODELO DE CARTA DE HABILITAÇÃO

3. ANEXO III - MODELO DE PROPOSTA TÉCNICA

4. ANEXO IV- MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL

5. ANEXO V - MODELO DE PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS

6. ANEXO VI - PLANILHA DE ORÇAMENTO ESTIMADO

7. ANEXO VII - MODELO DE FIANÇA BANCÁRIA

8. ANEXO VIII - MODELO DE DECLARAÇÃO (MINISTÉRIO DE TRABALHO)

9. ANEXO IX - MODELO DE DECLARAÇÃO (LEI 10.218)

10. ANEXO X - MODELO DE DECLARAÇÃO DE ATENDIMENTO À CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE


SÃO PAULO (§ ÚNICO DO ARTIGO 117 DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO
PAULO).

11. ANEXO XI - MODELO DE DECLARAÇÃO (LEI ESTADUAL Nº 12.799/08 – CADIN ESTADUAL)

12. ANEXO XII - CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE ECONÔMICO -FINANCEIRA

13. ANEXO XIII- TERMO DE CIÊNCIA E DE NOTIFICAÇÃO

14. ANEXO XIV - ESPECIFICAÇÃO CONTRATUAL EC-21-003

15. ANEXO XV - ESCOPO DOS SERVIÇOS

16. ANEXO XVI- CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS

17. ANEXO XVII - DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE PESSOAL TECNICO COM CURSO


SUPERIOR

18.. ANEXO XVIII - INSTRUÇÕES PARA MEDIÇÃO DA PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS

19. ANEXO XIX - MODELO DE DECLARAÇÃO DE CESSÃO DE DIREITO PATRIMONIAL

20. ANEXO XX - MODELO DE CURRÍCULO

21. ANEXO XXI - DOCUMENTOS TÉCNICOS


ANEXO I

CARTA DE CREDENCIAMENTO

(local e data )

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
A/c Gerência de Contratações e Compras

CONCORRÊNCIA Nº .... - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE .............

Prezados Senhores

(NOME DA PROPONENTE), por seu(s) representante(s) legal(is) infra assinado(s), CREDENCIA,


delegando poderes totais para representá-la perante essa empresa, em todos os atos da Concorrência
referenciada, inclusive para desistir ou interpor recursos administrativos, exceto para a assinatura do
Contrato:

( Qualificar credenciado(s) com nome e RG.)

Atenciosamente

_________________________________________________
assinatura do(s) representante(s) legal(is) da PROPONENTE
ANEXO II

CARTA DE HABILITAÇÃO
(EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE)

(Local e data *)

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
A/c Gerência de Contratações e Compras

CONCORRÊNCIA Nº .... - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ................

Prezados Senhores

[Denominação social da PROPONENTE], na Concorrência por seu(s) representante(s) legal(is) acima


referenciada, apresenta os documentos exigidos para a sua Habilitação, nas condições estabelecidas no
Edital, cujos termos aceita incondicionalmente inclusive, os da Minuta do Contrato e seus anexos.

Declara não haver fatos supervenientes impeditivos para a habilitação desta empresa, bem como que a
mesma não é nem foi considerada inidônea por órgão Federal, Estadual ou Municipal, ou impedida de
licitar e contratar por qualquer órgão ou entidade da Administração Pública do Estado de São Paulo.

______________________________________________
(assinatura(s) do(s) representante(s) legal(is)
da PROPONENTE, ou pessoa credenciada ou procurador
com poderes específicos.

• a data da proposta deverá ser aquela marcada para o recebimento dos Documentos para Habilitação e
da proposta Comercial.
ANEXO III

PROPOSTA TÉCNICA
( EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE )

( local e data )

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
Rua Boa Vista, 175 - 2º Andar
São Paulo - SP

CONCORRÊNCIA Nº - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ................................... LOTE _____

Prezados Senhores

[Denominação social da PROPONENTE], na Concorrência por seu(s) representante(s) legal(is) acima


referenciada, apresenta os documentos referentes a Proposta Técnica, nas condições estabelecidas no
Edital, cujos termos aceita incondicionalmente inclusive, os da Minuta do Contrato

DADOS DA PROPONENTE :
Denominação Social completa :...............................................................................................
Endereço:................................................................................................................................
CNPJ nº:........................................... Inscrição Estadual nº....................................................
Nome da pessoa para contato:.................................. telefone/ramal :....................................

.......................................................................................................
assinatura e nome do(s) representante(s) legal(is) ou
procurador(es) ou pessoa(s) credenciada(s)
ANEXO IV

PROPOSTA COMERCIAL
( EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE )

( local e data )

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
Rua Boa Vista, 175 - 2º Andar
São Paulo - SP

CONCORRÊNCIA Nº ... - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ...................................

Prezados senhores,

Examinadas as condições da Concorrência e de seus anexos, a (nome da PROPONENTE) propõe atender


o objeto desta licitação, nas condições estabelecidas a seguir [ e na planilha de serviços e preços: ]

Informar:

a) O valor total para a prestação do serviço é de R$ ______ ( ________ reais).

Os preços ofertados referem-se ao dia 01 (um) de (mês/ano da apresentação da proposta).

Declara que aceita incondicionalmente as condições estabelecidas na presente Concorrência.

Declara, sob as penalidades legais, que não foi declarada inidônea por ato do Poder Público, nem está
impedia de licitar ou contratar com a Administração Pública do Estado de São Paulo ou com qualquer de
seus órgãos descentralizados.

Esta proposta é válida pelo prazo de 60 (sessenta) dias, a contar da data estabelecida para seu
recebimento pela COMPANHIA DO METRÔ.

Declara também, que a COMPANHIA DO METRÔ colocou à disposição todas as informações para
elaboração da proposta, bem como os locais onde serão realizados os serviços.

Declara mais, que, se esta proposta for a selecionada, comparecerá dentro de 10 (dez) dias, contados da
respectiva comunicação, para firmar o consequente Instrumento contratual, estando ciente das
penalidades aplicáveis no caso do não-comparecimento.

DADOS DA PROPONENTE :
Denominação Social completa :...............................................................................................
Endereço:................................................................................................................................
CNPJ nº:........................................... Inscrição Estadual nº....................................................
Nome da pessoa para contato:.................................. telefone/ramal :....................................

........................................................................................................
assinatura e nome do(s) representante(s) legal(is) ou
procurador(es) ou pessoa(s) credenciada(s)
ANEXO V
PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS – CONCORRÊNCIA Nº 41429213 – LOTE 1
(Preenchimento obrigatório em papel timbrado da proponente)
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS
1
CIVIS
Assessor Técnico 4,25 Hxh
Coordenador de Projetos 6,80 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,45 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,00 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
8,50 Hxh
Projetos Júnior
Técnico de Equipamentos / Edificações 17,00 Hxh
Projetista 17,00 Hxh
Preço total por desenho
TOTAL ITEM 1 1.076 desenho

PROJETO EXECUTIVO DE
2
INFRAESTRUTURA
Coordenador de Projetos 3,50 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,00 Hxh
Projetos Júnior
Projetista 17,50 Hxh
Preço total por desenho
TOTAL ITEM 2 791 desenho

3 ACOMPANHAMENTO DE OBRA - ATO


CONSOLIDAÇÃO DAS ATIVIDADES
3.1 DESENVOLVIDAS NAS FRENTES DE
OBRA PELA EQUIPE DE ATO
Assessor Técnico 44,80 Hxh
Coordenador de Projetos 64,00 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
320,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
83,20 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
128,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.1 29 Rel. Tec.

PROPONENTE: (carimbo e assinatura do representante da proponente)


FOLHA

3.2 RETROANÁLISE
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
Assessor Técnico 16,80 Hxh
Coordenador de Projetos 24,00 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
120,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
31,20 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
48,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.2 29 Rel. Tec.

PESQUISA DE EDIFICAÇÕES E
3.3 ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DE NOVAS
CONSTRUÇÕES
Assessor Técnico 11 Hxh
Coordenador de Projetos 16 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
80,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
20,80 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
32,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.3 20 Rel. Tec.

3.4 VISTORIA CAUTELAR


Assessor Técnico 0,35 Hxh
Coordenador de Projetos 0,50 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
2,50 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
0,65 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
1,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.4 70 Rel. Tec.
OBJETO: LOTE Nº 01 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO
TÉCNICO DE OBRA DO TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E
DO COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO E SÃO PAULO- TOTAL
MORUMBI E DO PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

DATA-BASE (obs.: deve referir-se ao dia 1 do mês de apresentação da proposta) 01/___/___

PROPONENTE:
(carimbo e assinatura do representante da proponente) FOLHA
PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS – CONCORRÊNCIA Nº 41429213 – LOTE 2
(Preenchimento obrigatório em papel timbrado da proponente)
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS
1
CIVIS
Assessor Técnico 4,25 Hxh
Coordenador de Projetos 6,80 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,45 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,00 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
8,50 Hxh
Projetos Júnior
Técnico de Equipamentos / Edificações 17,00 Hxh
Projetista 17,00 Hxh
Preço total por desenho
TOTAL ITEM 1 1.462 desenho

PROJETO EXECUTIVO DE
2
INFRAESTRUTURA
Coordenador de Projetos 3,50 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,00 Hxh
Projetos Júnior
Projetista 17,50 Hxh
Preço total por desenho
TOTAL ITEM 2 202 desenho

3 ACOMPANHAMENTO DE OBRA - ATO


CONSOLIDAÇÃO DAS ATIVIDADES
3.1 DESENVOLVIDAS NAS FRENTES DE
OBRA PELA EQUIPE DE ATO
Assessor Técnico 44,80 Hxh
Coordenador de Projetos 64,00 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
320,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
83,20 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
128,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.1 29 Rel. Tec.

PROPONENTE:
(carimbo e assinatura do representante da proponente) FOLHA
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
3.2 RETROANÁLISE
Assessor Técnico 16,80 Hxh
Coordenador de Projetos 24,00 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
120,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
31,20 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
48,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.2 29 Rel. Tec.

PESQUISA DE EDIFICAÇÕES E
3.3 ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DE NOVAS
CONSTRUÇÕES
Assessor Técnico 11 Hxh
Coordenador de Projetos 16 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
80,00 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
20,80 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
32,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.3 35 Rel. Tec.

3.4 VISTORIA CAUTELAR


Assessor Técnico 0,35 Hxh
Coordenador de Projetos 0,50 Hxh
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
2,50 Hxh
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
0,65 Hxh
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
1,00 Hxh
Projetos Júnior
Preço total por relatório
TOTAL ITEM 3.4 190 Rel. Tec.
OBJETO: LOTE Nº 02 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO
TÉCNICO DE OBRA DO TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO – VCA DE ACESSO AO PÁTIO (EXCLUSIVE)
E O TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE EMERGÊNCIA DAVID MATARAZZO, INCLUINDO A ESTAÇÃO VILA TOTAL
SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

DATA-BASE (obs.: deve referir-se ao dia 1 do mês de apresentação da proposta) 01/___/___

PROPONENTE:
FOLHA
(carimbo e assinatura do representante da proponente)
ANEXO VI
PLANILHA DE ORÇAMENTO ESTIMADO – CONCORRÊNCIA Nº 41429213 – LOTE 1
(Preenchimento obrigatório em papel timbrado da proponente)
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS
1
CIVIS
Assessor Técnico 4,25 Hxh 275,87 1.172,45
Coordenador de Projetos 6,80 Hxh 211,68 1.439,42
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,45 Hxh 126,43 1.826,91
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,00 Hxh 89,15 1.515,55
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
8,50 Hxh 73,39 623,82
Projetos Júnior
Técnico de Equipamentos / Edificações 17,00 Hxh 41,35 702,95
Projetista 17,00 Hxh 59,69 1.014,73
Preço total por desenho 8.295,83
TOTAL ITEM 1 1.076 desenho 8.295,83 8.926.313,08

PROJETO EXECUTIVO DE
2
INFRAESTRUTURA
Coordenador de Projetos 3,50 Hxh 211,68 740,88
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh 126,43 2.212,53
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh 89,15 1.560,13
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,00 Hxh 73,39 1.027,46
Projetos Júnior
Projetista 17,50 Hxh 59,69 1.044,58
Preço total por desenho 6.585,58
TOTAL ITEM 2 791 desenho 6.585,58 5.209.193,78

3 ACOMPANHAMENTO DE OBRA - ATO


CONSOLIDAÇÃO DAS ATIVIDADES
3.1 DESENVOLVIDAS NAS FRENTES DE
OBRA PELA EQUIPE DE ATO
Assessor Técnico 44,80 Hxh 275,87 12.358,98
Coordenador de Projetos 64,00 Hxh 211,68 13.547,52
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
320,00 Hxh 126,43 40.457,60
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
83,20 Hxh 89,15 7.417,28
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
128,00 Hxh 73,39 9.393,92
Projetos Júnior
Preço total por relatório 83.175,30
TOTAL ITEM 3.1 29 Rel. Tec. 83.175,30 2.412.083,70

FOLHA

3.2 RETROANÁLISE
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
Assessor Técnico 16,80 Hxh 275,87 4.634,62
Coordenador de Projetos 24,00 Hxh 211,68 5.080,32
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
120,00 Hxh 126,43 15.171,60
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
31,20 Hxh 89,15 2.781,48
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
48,00 Hxh 73,39 3.522,72
Projetos Júnior
Preço total por relatório 31.190,74
TOTAL ITEM 3.2 29 Rel. Tec. 31.190,74 904.531,46

PESQUISA DE EDIFICAÇÕES E
3.3 ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DE NOVAS
CONSTRUÇÕES
Assessor Técnico 11,20 Hxh 275,87 3.089,74
Coordenador de Projetos 16,00 Hxh 211,68 3.386,88
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
80,00 Hxh 126,43 10.114,40
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
20,80 Hxh 89,15 1.854,32
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
32,00 Hxh 73,39 2.348,48
Projetos Júnior
Preço total por relatório 20.793,82
TOTAL ITEM 3.3 20 Rel. Tec. 20.793,82 415.876,40

3.4 VISTORIA CAUTELAR


Assessor Técnico 0,35 Hxh 275,87 96,55
Coordenador de Projetos 0,50 Hxh 211,68 105,84
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
2,50 Hxh 126,43 316,08
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
0,65 Hxh 89,15 57,95
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
1,00 Hxh 73,39 73,39
Projetos Júnior
Preço total por relatório 649,81
TOTAL ITEM 3.4 70 Rel. Tec. 649,81 45.486,70
OBJETO: LOTE Nº 01 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO
TÉCNICO DE OBRA DO TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E
DO COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO E SÃO PAULO- TOTAL 17.913.485,12
MORUMBI E DO PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

(*) Obs.: Refere-se a data de publicação do Edital no DOE: 01/___/___ FOLHA


PLANILHA DE ORÇAMENTO ESTIMADO – CONCORRÊNCIA Nº 41429213 – LOTE 2
(Preenchimento obrigatório em papel timbrado da proponente)
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS
1
CIVIS
Assessor Técnico 4,25 Hxh 275,87 1.172,45
Coordenador de Projetos 6,80 Hxh 211,68 1.439,42
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,45 Hxh 126,43 1.826,91
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,00 Hxh 89,15 1.515,55
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
8,50 Hxh 73,39 623,82
Projetos Júnior
Técnico de Equipamentos / Edificações 17,00 Hxh 41,35 702,95
Projetista 17,00 Hxh 59,69 1.014,73
Preço total por desenho 8.295,83
TOTAL ITEM 1 1.462 desenho 8.295,83 12.128.503,46

PROJETO EXECUTIVO DE
2
INFRAESTRUTURA
Coordenador de Projetos 3,50 Hxh 211,68 740,88
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh 126,43 2.212,53
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
17,50 Hxh 89,15 1.560,13
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
14,00 Hxh 73,39 1.027,46
Projetos Júnior
Projetista 17,50 Hxh 59,69 1.044,58
Preço total por desenho 6.585,58
TOTAL ITEM 2 202 desenho 6.585,58 1.330.287,16

3 ACOMPANHAMENTO DE OBRA - ATO


CONSOLIDAÇÃO DAS ATIVIDADES
3.1 DESENVOLVIDAS NAS FRENTES DE
OBRA PELA EQUIPE DE ATO
Assessor Técnico 89,60 Hxh 275,87 24.717,95
Coordenador de Projetos 128,00 Hxh 211,68 27.095,04
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
640,00 Hxh 126,43 80.915,20
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
166,40 Hxh 89,15 14.834,56
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
256,00 Hxh 73,39 18.787,84
Projetos Júnior
166.350,5
Preço total por relatório
9
166.350,5
TOTAL ITEM 3.1 29 Rel. Tec. 4.824.167,11
9

FOLHA

3.2 RETROANÁLISE
PREÇO (R$)
TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO QUANT UN
UNITÁRIO Por
Por item
desenho
Assessor Técnico 33,60 Hxh 275,87 9.269,23
Coordenador de Projetos 48,00 Hxh 211,68 10.160,64
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
240,00 Hxh 126,43 30.343,20
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
62,40 Hxh 89,15 5.562,96
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
96,00 Hxh 73,39 7.045,44
Projetos Júnior
Preço total por relatório 62.381,47
TOTAL ITEM 3.2 29 Rel. Tec. 62.381,47 1.809.062,63

PESQUISA DE EDIFICAÇÕES E
3.3 ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DE NOVAS
CONSTRUÇÕES
Assessor Técnico 11,20 Hxh 275,87 3.089,74
Coordenador de Projetos 16,00 Hxh 211,68 3.386,88
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
80,00 Hxh 126,43 10.114,40
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
20,80 Hxh 89,15 1.854,32
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
32,00 Hxh 73,39 2.348,48
Projetos Júnior
Preço total por relatório 20.793,82
TOTAL ITEM 3.3 35 Rel. Tec. 20793,82 727.783,70

3.4 VISTORIA CAUTELAR


Assessor Técnico 0,35 Hxh 275,87 96,55
Coordenador de Projetos 0,50 Hxh 211,68 105,84
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
2,50 Hxh 126,43 316,08
Projetos Sênior
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
0,65 Hxh 89,15 57,95
Projetos Pleno
Engenheiro, Arquiteto ou Geólogo de
1,00 Hxh 73,39 73,39
Projetos Júnior
Preço total por relatório 649,81
TOTAL ITEM 3.4 190 Rel. Tec. 649,81 123.463,90
OBJETO: LOTE Nº 02 - ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E
ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO – VCA
DE ACESSO AO PÁTIO (EXCLUSIVE) E O TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE TOTAL 20.943.267,96
EMERGÊNCIA DAVID MATARAZZO, INCLUINDO A ESTAÇÃO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA
4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

(*) Obs.: Refere-se a data de publicação do Edital no DOE: 01/___/___ FOLHA


ANEXO VII

FIANÇA BANCÁRIA

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
SÃO PAULO - SP.

Prezados senhores,

Ref.: FIANÇA BANCÁRIA

1. Pelo presente Instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO ............., com sede na Cidade
de .............Estado de......, à rua.......... nº....., inscrito no CNPJ do MF sob nº............, por seus
representantes legais abaixo assinados, se declara fiador e principal pagador, até o limite de
R$ ........... (extenso ), da empresa............. estabelecida na cidade de .............. estado de ................ à
rua ............. nº..., inscrita no CNPJ do MF sob nº...., em garantia à fiel, completa, cabal e perfeita
execução pela CONTRATADA dos termos do Contrato de nº ..........., celebrado entre a empresa
afiançada e essa Companhia, cujo objeto é CONCORRÊNCIA Nº .... - .......

1.1 O valor limite acima estabelecido será automaticamente atualizado na mesma época, forma e
periodicidade determinadas na Cláusula Reajuste do Contrato afiançado.

2. A fiança ora concedida visa assegurar o cumprimento, por parte da afiançada, de toda e qualquer
cláusula e/ou condição relativa ao Contrato supra indicado, podendo o valor de tal fiança ser recebido
por essa Companhia, a qualquer tempo, independentemente de autorização ou mera concordância da
afiançada, ou ainda de ordem judicial, bem como de qualquer prévia justificação.

3. Este Banco, neste ato, renuncia expressamente aos benefícios do artigo 827, do Código Civil
Brasileiro, e declara, sob as penas da Lei que:

3.1 Está legal e estatutariamente autorizado a emitir a presente carta de fiança;

3.2 Esta fiança acha-se devidamente contabilizada, satisfazendo todas as exigências da legislação
bancária e regulamentações do Banco Central aplicáveis;

3.3 O valor da presente fiança se contém dentro dos limites permitidos por aquela instituição federal.

4. A presente Fiança Bancária vigorará pelo prazo de 33 (trinta e três) meses, contado a partir da data de
assinatura do Contrato ora afiançado, estando sua liberação, em qualquer caso, condicionada a
comunicação, por escrito, dessa Companhia.

Data e assinaturas autorizadas, do Banco, com firmas reconhecidas


(anexar a respectiva Procuração)
ANEXO VIII

DECLARAÇÃO DE REGULARIDADE PERANTE O MINISTÉRIO DO TRABALHO


(ARTIGO 2º DO DECRETO ESTADUAL Nº 42.911, DE 06/03/98)
( EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE )

À
COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ
A/C Gerência de Contratações e Compras

Prezados Senhores

Eu (nome completo), representante legal da empresa (DENOMINAÇÃO SOCIAL DA


PROPONENTE), interessada em participar no processo licitatório nº ..... da COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ, declaro sob as penas da lei, que, nos termos do inciso VI
do artigo 27 da Lei nº 6.544 de 22 de novembro de 1989, (DENOMINAÇÃO SOCIAL DA PROPONENTE)
encontra-se em situação regular perante o Ministério do Trabalho, no que se refere à observância do
disposto no inciso XXXIII do artigo 7º da Constituição Federal.

São Paulo, de de 20...

_________________________________________________
assinatura do(s) representante(s) legal(is)
(com carimbo da empresa)
ANEXO IX

DECLARAÇÃO
(ARTIGO 1° DA LEI ESTADUAL N° 10.218, DE 12.02.99)
( EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE )

Eu (nome completo), representante legal da empresa (DENOMINAÇÃO SOCIAL DA


PROPONENTE), interessada em participar no processo licitatório nº .... da COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ, declaro sob as penas da lei, que nenhum diretor (ou
gerente) desta empresa foi condenado por quaisquer dos crimes ou contravenções previstos no artigo 1º
da Lei Estadual nº 10.218. de 12/02/99, nos prazos que trata seu § 1º.

Declaro também que comunicarei à Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô,


durante o período em que esta empresa estiver incluída no Cadastro de Fornecedores, a ocorrência de
condenação de qualquer de seus empregados, decorrente de prática dos referidos crimes ou
contravenções, de que venha a ter conhecimento.

São Paulo, de de 20...

------------------------------------------------------
assinatura do(s) representante(s) legal(is)
(com carimbo da empresa)
ANEXO X

DECLARAÇÃO
(§ ÚNICO DO ARTIGO 117 DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO)
( EM PAPEL TIMBRADO DA PROPONENTE )

Eu, ( nome completo ), representante legal da empresa ( nome da pessoa jurídica), interessada em
participar no processo licitatório nº .... da COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ,
declaro, sob as penas da lei, que (nome da PROPONENTE) observa as Normas de Segurança e Saúde no
Trabalho, nos termos do parágrafo único do artigo 117 da Constituição do Estado de São Paulo.

São Paulo, de de 20...

____________________________________
assinatura do(s) representante(s) legal(is)
(com carimbo da empresa)
ANEXO XI

DECLARAÇÃO
(REF. LEI ESTADUAL Nº 12.799/08 – CADIN ESTADUAL)

Eu ….......... (nome completo), representante legal da empresa …...................(nome da pessoa jurídica),


CNPJ nº......................................., DECLARO, sob as penas da lei, ter ciência de que a existência de
registro no CADIN ESTADUAL, exceto se suspenso, impede a contratação com a Companhia do
Metropolitano de São Paulo - Metrô, de acordo com a Lei Estadual nº. 12.799/08, sem prejuízo das demais
cominações legais.

São Paulo, em ____ de ________________ de 20__

_______________________________________
Assinatura do representante legal
RG do representante legal: _________________
ANEXO XII

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA

A apuração da boa situação econômico-financeira da proponente será efetuada com base nos índices
financeiros abaixo, juntamente com os critério de habilitação descritos:

1) ÍNDICE DE LIQUIDEZ CORRENTE (LC)

Fórmula:

Ativo Circulante
LC = ---------------------------------------- > = 1,00
Passivo Circulante

Conceito:

Demonstra a capacidade da empresa em honrar seus compromissos de curto prazo com os seus
direitos realizáveis, também de curto prazo.

Critério de Habilitação:

O quociente deve ser maior ou igual a 1,00 (um inteiro).

Para a apuração do índice de cada PROPONENTE serão consideradas 2 (duas) casas decimais
após a vírgula.

2) ÍNDICE DE ENDIVIDAMENTO (ED)

Fórmula:

Passivo Circulante + Passivo Não-circulante


ED = ------------------------------------------------------------------------ < = 0,50
Ativo Total

Conceito:

Indica o grau de endividamento da empresa ou a dependência de recursos de terceiros no total de


ativo.

Critério de Habilitação:

O quociente deve ser menor ou igual a 0,50.

Para a apuração do índice de cada PROPONENTE serão consideradas 2 (duas) casas decimais
após a vírgula.
ANEXO XIII
TERMO DE CIÊNCIA E DE NOTIFICAÇÃO

ESTADO DE SÃO PAULO

Órgão ou Entidade:

Contrato nº (de origem):

Objeto:

Contratante: COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ

CONTRATADA:

Advogado(s)*:

Na qualidade de Contratante e Contratado, respectivamente, do Termo acima identificado, e cientes do seu


encaminhamento ao TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO, para fins de instrução e julgamento, damo-nos
por CIENTES e NOTIFICADOS para acompanhar todos os atos da tramitação processual, até julgamento
final e sua publicação e, se for o caso e de nosso interesse, para, nos prazos e nas formas legais e
regimentais, exercer o direito da defesa, interpor recursos e o mais que couber.

Outrossim, declaramos estar cientes, doravante, de que todos os despachos e decisões que vierem a ser
tomados, relativamente ao aludido processo, serão publicados no Diário Oficial do Estado, Caderno do
Poder Legislativo, parte do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, de conformidade com o artigo 90
da Lei Complementar nº 709, de 14 de janeiro de 1993, iniciando-se, a partir de então, a contagem dos
prazos processuais.

São Paulo, de de 20....

------------------------------------------------------------------
Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô

-----------------------------------------------
CONTRATADA

(*) Facultativo. Indicar quando já constituído.


ANEXO XIV

ESPECIFICAÇÃO CONTRATUAL EC-21-003


EC-21-003 FOLHA: 1/4
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho

1 OBJETIVO

Definir as responsabilidades da Companhia do Metropolitano de São Paulo -METRÔ e das


empresas contratadas, de suas subcontratadas e visitantes, para o cumprimento às legislações, e
instruções normativas referentes à Saúde,Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, durante a
vigência do instrumento contratual.

2 DEFINIÇÕES

2.1 POLÍTICA DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE DO TRABALHO

Estabelece as diretrizes , que norteiam as atividades de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do


Trabalho e que se constitui no compromisso institucional para com os empregados, terceiros,
comunidades vizinhas, consumidores dos produtos, serviços e com a preservação do meio
ambiente.

2.2 PLANO DE TRABALHO E PROGRAMA DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE DO


TRABALHO

Documentos que registram o conjunto de ações para o atendimento às instruções normativas do


METRÔ, bem como às legislações vigentes, referentes à Saúde, Segurança e Meio Ambiente do
Trabalho.

2.3 INSTRUÇÕES NORMATIVAS

Documentos elaborados pelo METRÔ e que têm por finalidade de estabelecer critérios para a
execução de processos e/ou atividades técnicas, operacionais e/ou administrativas que devem
ser implementadas e observadas no cumprimento do instrumento contratual.

2.4 RELATÓRIO DE INSPEÇÃO DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE DO TRABALHO

Documento emitido pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do


Trabalho – SESMT do METRÔ, após a realização de cada inspeção.

2.5 GESTOR

Unidade do METRÔ responsável pela gestão do instrumento contratual.

3 RESPONSABILIDADES

3.1 CONTRATADA

3.1.1 Apresenta ao GESTOR, antes do início das atividades, cópias do Plano de Trabalho e de todos
os programas instituídos pelas legislações e por instruções normativas do METRÔ, pertinentes à
Unidade de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, relativas ao objeto do instrumento
contratual.
EC-21-003 FOLHA: 2/4
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho

3.1.2 Responde pela implementação, monitoramento e controle do Plano de Trabalho e dos Programas
de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, no âmbito das áreas de atuação
estabelecidas no instrumento contratual, propondo ações prevencionistas em conformidade com
as legislações vigentes e instruções normativas do METRÔ.

3.1.3 Adota medidas para antecipar, reconhecer, avaliar, regularizar e controlar a ocorrência de riscos
existentes ou que venham a existir, visando a preservação da integridade física e da saúde de
seus empregados,de suas subcontratadas e visitantes, considerando-se a proteção do ambiente
de trabalho e dos recursos naturais.

3.1.4 Cumpre os preceitos legais relativos às Normas Regulamentadoras (Nrs), da Portaria nº


3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE e suas atualizações, bem como às
legislações do âmbito federal, estadual e municipal, pertinentes aos assuntos de Saúde,
Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, de acordo com o objeto do instrumento contratual.

3.1.5 Comunica de imediato ao GESTOR, em qualquer circunstância, a ocorrência de acidente do


trabalho, bem como providencia e apresenta toda documentação pertinente à legislação
específica e as solicitadas pelo METRÔ.

3.1.6 Encaminha ao GESTOR, sempre que solicitado, comprovante de realização de exames de saúde
ocupacional dos seus empregados e de suas subcontratadas, indicando os profissionais ou
instituições de saúde responsáveis pela execução.

3.1.7 Responsabiliza-se pela execução do Plano de Trabalho e dos Programas de Saúde, Segurança e
Meio Ambiente do Trabalho de suas subcontratadas.

3.1.8 Instala e viabiliza as manutenções pertinentes nos Equipamentos de Proteção Coletiva – EPCs,
de acordo com o objeto do instrumento contratual.

3.1.9 Fornece, orienta e fiscaliza o uso de Equipamentos de Proteção Individual - EPI, pelos seus
empregados, de suas subcontratadas e visitantes, considerando os riscos das atividades e do
ambiente de trabalho, mantendo, à disposição do METRÔ, os comprovantes de entrega dos EPIs,
bem como das orientações quanto à sua utilização e conservação.

3.1.10 Atende à convocação do GESTOR, para prestar informações e participar de reuniões técnicas e
deliberativas sobre as questões de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho.

3.1.11 Acompanha o GESTOR durante a inspeção de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho,
relativa ao objeto do instrumento contratual.

3.1.12 Recebe do GESTOR, o Relatório de inspeção de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do


Trabalho e quando constatadas irregularidades, implementa, de imediato, as ações de correção
solicitadas.
EC-21-003 FOLHA: 3/4
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho

3.1.13 Impede ou responde por atos ou omissões dos empregados, subcontratadas e visitantes quanto a
degradação do Meio Ambiente, nos termos da legislação vigente.

3.1.14 Apresenta ao GESTOR, para análise e aprovação, o Plano de Remoção, Destino e/ou
Tratamento de resíduos sólidos, líquidos e gasosos, gerados em conseqüência da execução dos
serviços objeto do instrumento contratual;

3.1.15 Apresenta ao GESTOR, relatório sobre os treinamentos específicos, contemplados na Portaria n.º
3214/78 do MTE e suas atualizações, aplicados aos seus empregados e de suas subcontratadas.

3.2 GESTOR

3.2.1 Recebe, antes do início das atividades, cópia do Plano de Trabalho e dos Programas de Saúde,
Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, instituídos pelas legislações pertinentes, bem como os
relativos às instruções normativas do METRÔ, objeto do instrumento contratual.

3.2.2 Encaminha, para análise do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina


do Trabalho – SESMT do METRÔ, cópia dos Planos de Trabalho e dos Programas de Saúde,
Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, objeto do instrumento contratual.

3.2.3 Mantém cópia do Plano de Trabalho e dos Programas de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do
Trabalho, dos Relatórios de Avaliação dos Riscos Ambientais, dos Relatórios de Auditoria de
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, bem como dos documentos relativos aos
acidentes do trabalho ocorridos na vigência do instrumento contratual.

3.2.4 Elabora ou revisa, em conjunto com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em


Medicina do Trabalho – SESMT do METRÔ, as instruções normativas relativas ao objeto do
instrumento contratual.

3.2.5 Encaminha à contratada as recomendações resultantes das inspeções de Saúde, Segurança e


Meio Ambiente do Trabalho.

3.2.6 Inspeciona e fiscaliza o cumprimento, por parte da CONTRATADA, das exigências legais e
técnicas contidas nas Cláusulas Contratuais, instruções normativas e dos Relatórios de inspeção
de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho.

3.2.7 Convoca reuniões periódicas com representantes da CONTRATADA, para avaliar a aplicação do
Plano de Trabalho e Programas de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, a adoção de
medidas preventivas e de correção de irregularidades.
EC-21-003 FOLHA: 4/4
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho

3.2.8 Convoca o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho -


SESMT do METRÔ e da contratada para analisar causas de eventuais acidentes do trabalho.

3.2.9 Paralisa ou embarga, total ou parcialmente, quaisquer atividades, instalações e/ou equipamentos,
sempre que ficar caracterizada uma situação de risco iminente ou uma condição que coloque em
risco a integridade dos empregados, subcontratadas e visitantes, comunicando, de imediato, ao
Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho do METRÔ.
Notifica a CONTRATADA para a regularização necessária.

3.2.10 Notifica a Contratada, através de carta ou ofício, pelo descumprimento parcial ou total de
obrigações contratuais previstas ou constantes em instruções normativas do METRÔ, relativas a
Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, bem como com relação a aplicação das
penalidades cabíveis.

3.2.11 Comunica à Unidade de Contratações e Compras do METRÔ, o inadimplemento parcial ou total


das obrigações contratuais previstas ou das constantes nesta instrução normativa, requerendo a
aplicação de advertência ou rescisão do instrumento contratual.

3.2.12 Comunica à Unidade de Custos e Controle do METRÔ o descumprimento de ações referentes a


Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, requerendo a aplicação de multa contratual.

3.2.13 Recebe, para avaliação, do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina


do Trabalho – SESMT do METRÔ, o resultado da Avaliação dos Riscos Ambientais – PPRA do
METRÔ.

4 REFERÊNCIA

4.1 Lei n.º 6.514, de 22 de dezembro de 1977.

4.2 Normas Regulamentadoras (NRs) aprovadas pela Portaria n.º 3.214 de 8 de junho de 1978.

4.3 Outros Diplomas Legais editados por órgãos governamentais (Federal, Estadual ou Municipal),
referentes a Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho.

5 DISPOSIÇÕES GERAIS

5.1 O fornecimento de quaisquer informações sobre eventuais acidentes e condições de trabalho


será privativo da Companhia do Metropolitano de São Paulo - METRÔ.
ANEXO XV

ESCOPO DOS SERVIÇOS

1. DESCRIÇÃO DOS LOTES DE PROJETOS

1.1 LOTE 1

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA A ELABORAÇÃO


DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO
TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E DO
COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO E SÃO
PAULO-MORUMBI E DO PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA
DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

- Estação Higienópolis

• estruturas internas do túnel de ligação, corpo da estação e Poço nº 1 do acesso Mackenzie;


• Poço nº 2 do acesso Mackenzie; escavação, revestimentos primários/secundários e estruturas internas;
• complemento do acesso Mackenzie: estruturas acima da superfície;
• complemento do acesso Ouro Preto: estruturas acima da superfície;
• acabamento, comunicação visual e paisagismo da estação.

- Estação Oscar Freire

• estruturas internas do corpo da estação, Poço 1 do acesso Jardins e do túnel de ligação;


• Poço 2 do acesso Jardins: escavação, revestimentos primário/secundário e estruturas internas;
• complemento do acesso Jardins: estruturas acima da superfície;
• acesso Clínicas - Poço 1 e Poço 2: escavação, revestimentos primário/secundário e estruturas internas;
• Complemento do acesso Clínicas: estruturas acima da superfície;
• acabamento, comunicação visual e paisagismo da estação.

- Estação Fradique Coutinho

• acesso Fradique Coutinho;


• acabamento, comunicação visual e paisagismo da estação.

- Estação São Paulo – Morumbi

• estrutura interna do corpo da estação;


• complemento do acesso Sul e do túnel de ligação Norte/Sul;
• túnel de ligação acesso Sul/Norte;
• acesso Norte;
• Salas Técnicas;
• Terminal de Ônibus;
• acabamento, comunicação visual e paisagismo da estação.

- Pátio Vila Sônia

• complemento dos Blocos A e B/M;


• Bloco F;
• serviços gerais de infraestrutura.

- Terminal de Ônibus Vila Sônia

- Base de Manutenção Cunha Gago


1.2 LOTE 2

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA A


ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE
OBRA DO TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO – VCA DE ACESSO AO PÁTIO (EXCLUSIVE) E O
TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE EMERGÊNCIA DAVID MATARAZZO, DA FASE 2 DA LINHA
4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ

• Túnel em Vala a Céu Aberto - VCA de 159m;


• Túnel NATM duplo, de 1.188m;
• Ventilação e Saída de Emergência Vila Sônia;
• Estação Vila Sônia;
• Túnel em Vala a Céu Aberto - VCA de transição de 59m;
• Túnel singelo de 500m;
• Ventilação e Saída de Emergência Edmundo Lins;
• Saída de Emergência David Matarazzo.

2. DETALHAMENTO DOS SERVIÇOS PARA OS LOTES 1 E 2

2.1 PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS

Deverá ser elaborada toda a documentação técnica em conformidade com a IP-9.00.00.00/3A0-001. A sua
elaboração deverá ser precedida da apresentação do Índice de Documentos (ID) e do Planejamento de
Elaboração e Entrega dos Documentos.

Todos os desenhos deverão ter “as-built”, considerando as incorporações das adequações realizadas pelo
ATO através de Instrução Complementar de Serviço (ICS), definida na IC-4.00.00.00/3G3-601. Os
desenhos que não sofreram adequações também deverão seguir o mesmo procedimento, indicando “As-
built” no campo Descrição.

2.1.1 OBRA BRUTA

O projeto executivo de obra bruta compreende as seguintes atividades:

2.1.1.1 Locação (C2)

• Elaboração de plantas e perfil, contendo locação, com indicação de quilometragem e estacas para cada
um dos subtrechos;
• Elaboração de tabelas com dados geométricos das seções e locação dos eixos das obras, com cotas e
coordenadas;
• Elaboração de desenhos contendo locação da estação, acessos e demais equipamentos constantes no
projeto básico.

2.1.1.2 Geotecnia (C3)

• Elaboração do programa de investigações geotécnicas complementares, indicando locais, tipos de


sondagens e ensaios a serem efetuados;
• Elaboração de seções geológica-geotécnicas longitudinais e transversais baseadas nos perfis individuais
de sondagens e em ensaios, com indicação do traçado das vias, estações e das edificações, em planta
e em seções, na matriz extraída dos desenhos do levantamento topográfico planialtimétrico e semi-
cadastral;
• Elaboração de relatório geotécnico resultante da interpretação das investigações e ensaios realizados,
analisando o comportamento do maciço (resistência e deformabilidade) em função dos métodos
construtivos de escavação, do tipo de fundação adotado, bem como do comportamento das edificações
lindeiras.

2.1.1.3 Cadastro, Remanejamento e Sustentação de Utilidades Públicas (D1/D2/D3)

• Atualizar os cadastros de rede de utilidades públicas junto aos órgãos oficiais responsáveis e/ou
concessionárias.
• Execução de cadastro unificado das redes de utilidades públicas,
• Levantamento e cadastramento das instalações de utilidade pública,
• Elaboração dos projetos de remanejamento de interferências,
• Elaboração de projetos de sustentação de interferências;
• Preparo de elementos e aprovação do projeto junto às Concessionárias de serviços.

2.1.1.4 Sistema Viário (F2/F3/F4/F5/F6)

• Compreende estudo do sistema viário na região abrangida pelo projeto, com elaboração de plantas,
perfis, seções transversais, projeto de terraplenagem e pavimentação. Prevê-se também, a elaboração
de método construtivo, incluindo-se desenhos referentes ao desvio de tráfego, necessários às diversas
etapas de implantação da obra e desenhos de sinalização horizontal e vertical.
• Preparo de elementos e aprovação do projeto junto aos orgãos competentes, respeitando suas normas e
especificações.

2.1.1.5 Revestimentos (G3/G4/H5)

• Dimensionamento do suporte primário e secundário nas diversas seções dos túneis e poços;
• Detalhamento dos elementos de suporte primário dos poços e túneis;
• Detalhamento dos reforços nos encontros entre túneis e poços;
• Memorial de cálculo das soluções de projeto estudadas e adotadas com análise do comportamento do
maciço frente à escavação em termos de deformações e tensões.

2.1.1.6 Escoramento (H1/H2)

• Planta de locação do estaqueamento, detalhamento do método construtivo, prevendo as interferências e


seqüências construtivas das valas, cortes e detalhes de escoramento e demais elementos do sistema de
contenção;
• Memoriais de cálculo estrutural e de verificação da estabilidade das paredes de contenção e do
escoramento.

2.1.1.7 Escavação e Método Construtivo (A1/G2/G3/G4/I2/I3)

Compreendem obras provisórias e definitivas necessárias para a implantação das estruturas permanentes,
compreendendo:

• Elaboração de desenhos detalhando o método e a seqüência de execução das obras, e nas interfaces
(interseções de poços com túneis);
• desenhos de métodos construtivos, com plantas de escavação, quando necessárias;
• Detalhamento das fases de escavação de seções de poços, túneis e valas não escoradas;
• Elaboração de projetos de tratamento dos solos para as frentes de escavação e projetos de
rebaixamento do nível d'água, eventualmente necessários para a estabilidade das escavações;
• projeto de controle d'água subterrânea;
• Memoriais de cálculo apresentando dimensionamento dos elementos estruturais e dos demais serviços
provisórios;
• Relatório técnico de tratamento e sistema de controle d'agua subterrâneo.
• Memorial de cálculo justificativo e especificações técnicas complementares às existentes na
COMPANHIA DO METRÔ.

2.1.1.8 Terraplenagem (G6)

• Elaboração de plantas e cortes de terraplenagem incluindo eventuais remoções de solo, necessidade


de empréstimo ou bota-fora, para posterior execução da infraestrutura metroviária na região das vias,
• Elaboração de memoriais de cálculo de estabilidade das escavações e outros.

2.1.1.9 Fundações (I1)

• Verificação e definição do tipo de fundação adequado diante do comportamento do subsolo local, das
condições de deformabilidade e cargas das estruturas.
• Elaboração dos desenhos de fundações (inclusive armação);
• Memorial de cálculo justificativo das fundações;
• Complementação dos projetos de fundações com os dados e detalhes de construção ("As Built" da
fundação).
2.1.1.10 Drenagem (I5)

Compreende a execução de estudos hidrológicos de bacias, cálculos de vazões, dimensionamento e


locação de dispositivos de drenagem com elaboração de plantas e detalhes dos elementos de drenagem
para o metrô (superficial, intermediária e profunda) e para o sistema viário, contemplando sua integração
com o sistema local.

2.1.1.11 Instrumentação (I7)

• Projeto de instrumentação das edificações, do maciço, de túneis, poços e valas a céu aberto contendo
tipos de instrumentos, locação, freqüência de leituras e valores críticos dos pinos de convergência,
placas, tassômetros e outros instrumentos necessários;
• Elaboração de relatório de instrumentação com tipos de instrumentos, locação, finalidade, valores limites
e critérios de leitura.
• Interpretação, análise e acompanhamento da instrumentação, no que se refere a edificações lindeiras,
maciço, túneis, poços, e valas a céu aberto, com o uso de ferramenta de suporte adequado, SACI ou
similar, que servirá de subsídio para a elaboração do relatório de consolidação.

2.1.1.12 Estruturas (J2/J3/J5/K3/K4/K5)

2.1.1.12.1 Concreto Armado

Detalhamento do projeto estrutural contendo:

• Interação do cálculo estrutural com o processo construtivo, análise estrutural devido aos carregamentos
durante as fases construtivas (primaria e definitiva), e dimensionamento final das estruturas em geral;

• Elaboração dos desenhos, relatórios técnicos, especificações e demais documentos (desenhos de


forma, armação, pré-moldados, aparelhos de apoio, dentre outros).
• Memoriais de cálculo apresentando dimensionamento dos elementos estruturais.

2.1.1.12.2 Concreto Protendido

Detalhamento do projeto estrutural contendo:

• Desenhos de formas, armadura passiva, cablagem e detalhes de ancoragem;


• Planos de protensão estabelecendo parâmetros de resistência e módulo de deformação do concreto,
fases de protensão, alongamentos, etc...;
• Especificações de materiais e serviços;
• Memoriais de cálculo apresentando dimensionamento dos elementos estruturais.

2.1.1.12.3 Estruturas Metálicas

Detalhamento do projeto em plantas, cortes e detalhes de todos os elementos contendo:

• Elaboração de projeto para coberturas metálicas, cobertura de valas, pontes, passarelas e grelhas
metálicas;
• Memoriais de cálculo apresentando dimensionamento dos elementos estruturais;

Os projetos de estruturas (concreto armado, concreto projetado, estruturas metálicas), deverão ser
compatibilizados com os projetos de infra-estrutura.

Deverão prever drenagem permanente, e as seções transversais deverão atender, entre outros, o espaço
destinado ao gabarito dinâmico, passagem(s) de emergência(s), drenagem, superestrutura da via
permanente, bandejamento para cabos e demais infra- estruturas.

2.1.1.13 Impermeabilização (M1)

Detalhamento do projeto de impermeabilização contendo:

• O detalhado do sistema de impermeabilização dos túneis, estações, edificações, coberturas e


reservatórios, compatibilizando com os projetos de acabamento e sistemas.
• A elaboração de relatório técnico com justificativa do sistema adotado, detalhes, recomendações, etc.
2.1.1.14 Corrente de fuga (P9)

Elaboração do projeto detalhado para instalação de barras chatas, destinadas à minimização das correntes
de fuga.

2.1.1.15 Geométrico da Via Permanente (U1, U2, U3, U8)

Deverão se elaborados os seguintes serviços:

• projeto planialtimétrico de locação do eixo da via,


• projeto de informações características e restrição de velocidade civil,
• planta e seções de gabarito de livre passagem, borda das plataformas das estações e borda da
passagem de emergência.

2.1.1.16 Manual de Manutenção

Manual detalhado do plano de manutenção das estruturas e de cada uma das suas partes componentes,
definindo a vida útil dos materiais utilizados, face a freqüência da utilização da obra.

2.1.1.17 Documentos Complementares (MC/MD/OR/RT/TC/LM …)

• Memoriais de cálculo com justificativas de quantidades de materiais e serviços, apresentando o cálculo


das quantidades a serem lançadas nas planilhas de quantidades de obra civil, infraestrutura,
acabamento, paisagismo, comunicação visual, dentre outras, bem como os pressupostos e hipóteses;
• Com base nos cálculos e estimativas apresentadas nos Memoriais de Cálculo justificativos de
quantidades, deverão ser preenchidas, para cada unidade de construção, as Planilhas de Quantidades
de Materiais e Serviços – Orçamento (OR), com a codificação e descrição estabelecida pela
COMPANHIA DO METRÔ, considerando as Normas de Medição correspondentes, acompanhadas de
comparação, durante o desenvolvimento dos projetos, com as quantidades de materiais e serviços,
apuradas nos projetos pré-executivos, evidenciando as eventuais diferenças.
• Memoriais descritivos de implantação da obra civil apresentando as estruturas e métodos construtivos,
contendo as dificuldades principais em cada trecho;
• Memorial descritivo do projeto executivo de obra civil descrevendo os critérios e modelos de cálculo
adotados no dimensionamento das diversas estruturas do projeto civil, na análise de estabilidade das
escavações, de recalques, deformações, revestimento, etc;
• Demais elementos técnicos complementares definidos na IP-9.00.00.00/3A0-001, tais como tabelas de
coordenadas, listas de materiais, dentre outros.

2.1.2 INFRAESTRUTURA

Elaboração do projeto executivo de infra-estrutura para a(s) estação(ões) e para o(s) trecho(s) de via(s),
desenvolvidos com base nos projetos de arquitetura (B3), de estruturas (J2) e dos diagramas unifilares dos
diversos sistemas, incluindo planilhas de serviços e quantidades, compreendendo:

2.1.2.1 Desenhos de Ocupação de espaços (A3)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes e memoriais descritivos para subsídiar a elaboração dos projetos
de furos e embutidos, bem como para permitir a visualização das interfaces quando da elaboração dos
projetos de caminhamento de cabos de todos os sistemas.

2.1.2.2 Furos, embutidos e enterrados (J6)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes e memoriais descritivos , com a finalidade de planejar os furos e
embutidos necessários para os caminhamentos dos bancos de dutos e tubulações dos diversos sistemas
elétricos, eletrônicos e hidráulicos.

2.1.2.3 “Lay Out” das Salas Técnicas (P0)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes e memoriais descritivos com a finalidade de estabelecer a
disposição dos equipamentos nas salas técnicas, tomando como referência os projetos de civil e
arquitetura e os desenhos dimensionais dos equipamentos.
2.1.2.4 Iluminação / luminotécnica (P7)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes e memoriais descritivos, obedecendo as normas vigentes de
níveis de iluminamento para cada ambiente de atividades, conforme definido nas Concepção de Sistemas
(CS) do Metrô e norma da ABNT NBR – 5413. (o projeto deverá abranger no mínimo: (i) fixações das
luminárias, (ii) caminhamento dos eletrodutos, perfilados e eletrocalhas, (iii) configuração dos painéis de
iluminação e tomadas.

2.1.2.5 Monitoração Eletrônica

Deverá ser elaborado Memorial Descritivo e Justificativo de Monitoração Eletrônica, visando a


determinação do posicionamento e seus quantitativos.

2.1.2.6 Instalações Hidráulicas (S5)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes, isométricas e memoriais descritivos das instalações de água
potável, águas pluviais, esgoto, incêndio e bombeamento, nas estações, pátio, vias, túneis e poços. O
projeto deverá considerar inclusive os materiais a serem utilizados, cobre, ferro fundido, ferro galvanizado,
etc.. Deverá ser elaborado também o pré-dimensionamento de ligação de água e de esgoto.

2.1.2.7 Combate a Incêndio (S7)

Compreende o conjunto de documentos necessários à aprovação do projeto junto ao Corpo de Bombeiros


do Estado de São Paulo, em conformidade com a Norma para Sistemas de Trânsito em Trilho Fixo e
Ferroviários de Passageiros NFPA – 130 da National Fire Protection Association, e o Decreto Estadual no
46076/2001 e suas Instruções Técnicas, sendo constituído de:

• Desenhos em planta e detalhes, contendo a representação dos elementos necessários para a


prevenção e combate a incêndio (hidrantes, extintores, sistema de detecção de incêndio, iluminação de
emergência e Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas SPDA, Formulários de Segurança),
incluindo os equipamentos fixos necessários à operação e manutenção das estações, túneis, saídas de
emergência e poços de ventilação;
• Desenhos em planta e detalhes com indicação gráfica das rotas de fuga, tomadas e escape de ar e
cálculos de caminhamentos e tempos de escape das pessoas nas estações, túneis e saídas de
emergência, bem como, da comunicação visual correspondente,
• Memorial descritivo e justificativo de prevenção e combate a incêndio e rotas de fuga.

Caberá à CONTRATADA o recolhimento da Anotação de Responsabilidade Técnica - ART, a aprovação


do projeto junto ao Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e a obtenção e encaminhamento à
Companhia do Metropolitano de São Paulo do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – AVCB.

2.1.2.8. Bandejamento para Cabos (Z1)

Deverão ser elaboradas plantas, detalhes e memoriais descritivos de bandejamento nas estações, vias e
pátio, com detalhes e listas de materiais, utilizando como referência o projeto de ocupação de espaços.

2.1.2.9 Malha de terra da média tensão / sistema de proteção contra descargas atmosféricas
(SPDA)/ aterramento / barra chata (Z2/P9)

Elaboração do projeto detalhado (plantas, detalhes e memoriais descritivos) para instalação de malha de
terra da média tensão, proteção contra descargas atmosféricas (SPDA), aterramento e de barras chatas,
destinadas à minimização das correntes de fuga.

2.1.3 Documentos Complementares (MC/MD/OR/RT/TC/LM)

Deverão ser elaborados os seguintes tipos de documentos:

• Memoriais de cálculo com justificativas de quantidades de materiais e serviços, apresentando o cálculo


das quantidades a serem lançadas nas planilhas de quantidades de obra civil, infraestrutura,
acabamento, paisagismo, comunicação visual, dentre outras, bem como os pressupostos e hipóteses;
• Com base nos cálculos e estimativas apresentadas nos Memoriais de Cálculo justificativos de
quantidades, deverão ser preenchidas, para cada unidade de construção, as Planilhas de Quantidades
de Materiais e Serviços – Orçamento (OR), com a codificação e descrição estabelecida pela
COMPANHIA DO METRÔ, considerando as Normas de Medição correspondentes, acompanhadas de
comparação, durante o desenvolvimento dos projetos, com as quantidades de materiais e serviços,
apuradas nos projetos pré-executivos, evidenciando as eventuais diferenças.
• Memoriais descritivos de implantação da obra civil apresentando os métodos construtivos e contendo as
dificuldades principais de cada item;
• Memorial descritivo do projeto executivo descrevendo os critérios e modelos de cálculo adotados no
dimensionamento dos diversos itens;
• Demais elementos técnicos complementares definidos na IP-9.00.00.00/3A0-001, tais como tabelas de
coordenadas, listas de materiais, dentre outros.

2.1.4 PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA

2.1.4.1 Projeto Executivo de Arquitetura/Acabamento (B3)

O projeto executivo de arquitetura/acabamento deverá ser desenvolvido a partir do projeto básico de


arquitetura, projetos executivos de formas, furos e embutidos, infra-estrutura, traçado da via permanente,
sistema viário, diretrizes, IC-4.00.00.00/3B3-001, LM-9.00.00.00/3B3-001 e projetos padrões de arquitetura,
representadas em:

• planta de situação e convenção gráfica;


• planta geral de situação;
• plantas de todos os níveis , cortes e elevações;
• ampliações e detalhes;
• luminotécnica;
• relação de elementos (planilha de quantidades).

2.1.4.2 Projeto Executivo de Comunicação Visual (B5)

O projeto executivo de comunicação visual deverá ser desenvolvido a partir da conclusão da 1ª etapa dos
projetos executivos de arquitetura/acabamento, e deverá ter como base os Manuais Técnicos de
Identidade Visual da CMSP, as diretrizes, os projetos padrão, a IC-4.00.00.00/3B3-001, a
LM-9.00.00.00/3B3-001 e as informações técnicas e operacionais. O Projeto Executivo de Comunicação
Visual deverá ser composto de:

• plantas;
• cortes;
• elevações e ampliações;
• detalhamento gráfico de placas;
• relação de elementos (planilha de quantidades);
• mapas de arredores.

2.1.4.3 Projeto Executivo de Paisagismo e Reurbanização (N3)

O projeto executivo de paisagismo e reurbanização deverá ser desenvolvido a partir do projeto básico de
arquitetura, sistema viário, ET-9.00.00.00/3N3-001 e IP-9.00.00.00/1N3-001.

O detalhamento do projeto compreende o fornecimento de desenhos de paisagismo em escala adequada


com as informações de arruamentos, canteiros, acabamentos, forração vegetal, locação de árvores,
arbustos e equipamentos urbanos ( caixa de correio, cabines telefônicas, abrigo de ônibus, bancas de
jornais, lixeiras, etc...), acompanhadas de especificações e tabelas de quantidades.

2.1.4.4 Projeto Padrão

Elaboração ou adequação dos projetos padrão de acabamento da CMSP, quando necessário.

2.1.4.5 Documentos Complementares (MC/MD/OR/LM ...)

Deverão ser elaborados os seguintes tipos de documentos:

• Memoriais de cálculo com justificativas de quantidades de materiais e serviços, apresentando o cálculo


das quantidades a serem lançadas nas planilhas de quantidades de obra civil, infraestrutura,
acabamento, paisagismo, comunicação visual, dentre outras, bem como os pressupostos e hipóteses;
• Com base nos cálculos e estimativas apresentadas nos Memoriais de Cálculo justificativos de
quantidades, deverão ser preenchidas, para cada unidade de construção, as Planilhas de Quantidades
de Materiais e Serviços – Orçamento (OR), com a codificação e descrição estabelecida pela
COMPANHIA DO METRÔ, considerando as Normas de Medição correspondentes, acompanhadas de
comparação, durante o desenvolvimento dos projetos, com as quantidades de materiais e serviços,
apuradas nos projetos pré-executivos, evidenciando as eventuais diferenças.
• Memoriais descritivos dos materiais aplicados, localizações e quantidades;
• Listas de materiais referente aos projetos executivos de arquitetura / acabamento, comunicação visual e
paisagismo / reurbanização;
• Demais elementos técnicos complementares definidos na IP-9.00.00.00/3A0-001, tais como tabelas de
coordenadas, listas de materiais, dentre outros.

2.2 ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA (ATO)

Os serviços serão desenvolvidos no local da obra e com apoio da equipe de elaboração do projeto
executivo, com a emissão de Relatórios, abrangendo:

2.2.1 Estações, Poços, Túneis em NATM, Valas a Céu Aberto e outros

2.2.1.1 Consolidação das Atividades Desenvolvidas nas Frentes de Obra pela Equipe de ATO

Relatório mensal de consolidação das atividades desenvolvidas nas frentes de obra pela(s) equipe(s) de
ATO, em atendimento à IC-4.00.00.00/3G3-001 – Acompanhamento Técnico de Obra – ATO e outros
serviços necessários a implantação do empreendimento. O trabalho deverá ser desenvolvido pelas equipes
de campo e de escritório, atendendo a todos os turnos de implantação da obra, devendo conter no mínimo:

• mapeamento geológico de todas as frentes de obra, com fotos, diagramas, esquemas, e outros
documentos necessários ao entendimento;
• anexar croqui de seção longitudinal de acompanhamento com indicação das progressivas diárias de
escavação dos túneis;
• análise das condições geológicas/geotécnicas de frente e sua relação com as previsões de projeto,
baseadas nas sondagens mecânicas;
• relação das Instruções Complementares de Serviço (ICS) emitidas no período, descrevendo a finalidade
para a qual cada uma delas foi concebida e desempenho das mesmas;
• resumo das decisões tomadas no período;
• relação das alterações de projetos introduzidas e desempenho das mesmas;
• acompanhamento de desempenho do maciço, das estruturas lindeiras e entorno, baseado na
instrumentação, e a sua relação com os níveis de atenção e alerta definidos no projeto;
• anexar gráficos de leituras de instrumentação;
• registro de fatos notórios ou ocorrências relacionadas ao andamento ou ao desempenho das obras,
acompanhadas de fotos, diagramas, esquemas, e outros documentos necessários ao entendimento;
• anexar Instruções Complementares de Serviço (ICS) emitidas;
• anexar atas de reunião emitidas no período;
• anexar relação da equipe alocada no período.
• Acompanhamento de serviços referentes a implantação do empreendimento: remanejamento de redes
de utilidades públicas, investigações de maciços, estruturas de concreto e/ou metálicas, dentre outros.

2.2.1.2 Retroanálise

Relatório mensal de Retroanálise que consiste de estudo e interpretação de resultados da instrumentação


de campo e de laboratório como forma de aferir os parâmetros de resistência e deformabilidade do maciço
geológico, inicialmente assumidos para o Projeto Executivo devendo conter ainda:
• memoriais comparativos dos parâmetros utilizados no desenvolvimento do projeto executivo e aqueles
observados no campo;
• registro de fatos notórios ou ocorrências relacionadas ao andamento ou ao desempenho das obras,
acompanhadas de fotos, diagramas, esquemas, e outros documentos necessários ao entendimento;
• procedimentos de cálculo adotados na retroanálise;
• reavaliações constantes dos limites de alerta e atenção em função do comportamento do maciço;
• conclusão da retroanálise;
• anexar atas de reunião emitidas no período;
• anexar relação da equipe alocada no período.
2.2.1.3 Pesquisa de Edificações e Análise de Influência de Novas Construções

2.2.1.3.1. Pesquisa de Edificações Lindeiras

Relatórios de pesquisa atualizada das edificações lindeiras, que estejam dentro da área de influência da
obra, compreendendo:

• verificação da existência de estruturas que possam influenciar na metodologia executiva e na


estabilidade das obras;
• verificação da existência de fossas cisternas e poços aterrados ou não;
• croqui de situação em planta mostrando o imóvel considerado, os imóveis e as quadras vizinhas;
• fotos do imóvel;
• relação de pessoas / empresas consultadas acompanhadas de nome, endereço e telefone;
• levantamento do imóvel destacando:
• ano de construção;
• tipo de uso;
• estado de conservação;
• tipo e descrição das fundações;
• tipo e descrição das estruturas, incluindo coberturas;
• nº de pavimentos;
• elementos singulares;
• diagnóstico de capacidade de resposta do imóvel frente à implantação da obra.
• análise e recomendações sobre os limites de deformações passíveis de serem introduzidos no maciço e
na superfície e as decorrentes previsões teóricas, incluindo aquelas relacionadas ao preenchimento de
fossas cisternas e poços;
• análise e recomendações da necessidade de subfundações de edificações lindeiras;
• anexar atas de reunião emitidas no período;
• anexar relação da equipe alocada no período.

2.2.1.3.2 Análise de Influência de Novas Construções Lindeiras nas estruturas provisórias e/ou
permanentes do Metrô.

Relatórios de análise da influência de edificações lindeiras (existente, em construção ou à construir) às


estruturas provisórias e/ou permanentes do Metrô, contendo:
• Croqui de situação em planta e corte, mostrando o imóvel considerado e as estruturas do Metrô;
• Descrição do imóvel lindeiro, contendo:
• ano de construção;
• tipo de uso;
• estado de conservação;
• tipo e descrição das fundações;
• tipo e descrição das estruturas, incluindo coberturas;
• nº de pavimentos;
• elementos singulares.
• Análise das influências de cargas induzidas pela edificação lindeira em análise, nas estruturas
provisórias e/ou permanentes do Metrô;
• Indicação dos métodos de análise utilizados;
• Conclusão da análise;
• Recomendações das restrições construtivas ao projeto da nova construção de modo a minimizar ou
eliminar (caso a obra do Metrô esteja implantada) a introdução de esforços adicionais às estruturas
provisórias e/ou permanentes do Metrô;
• Croquis indicando em planta e corte as posições relativas das estruturas lindeiras e do Metrô;
• anexar atas de reunião emitidas no período;
• anexar relação da equipe alocada no período.

2.2.1.4 Vistoria Cautelar

Os relatórios deverão ser elaborados e emitidos antes do início das obras, para os imóveis situados dentro
da área de influência das obras. Os imóveis a serem periciados deverão ser definidos pelo projeto
executivo.

2.2.1.4.1 Definição

Perícias Cautelares consistem no exame visual minucioso dos imóveis lindeiros às obras do Metrô ,
incluindo o registro fotográfico e descrição dos danos existentes nas suas partes internas e externas.
Entenda-se por imóvel o bem objeto da perícia cautelar, indicado para exame pelo gestor do contrato,
constituído por terreno, edificações, benfeitorias e outros (praças, estatuas...)

2.2.1.4.2 Condições Gerais

Deverão ser identificados e vistoriados os imóveis localizados na área de influência das obras
metroviárias, passíveis de sofrerem danos em decorrência delas, de modo a:
• resguardar os direitos das partes envolvidas em relação a danos existentes ou que venham a ocorrer
nos imóveis , antes do início das obras;
• verificar visualmente as condições de estabilidade do terreno e edificações;
• informar ao gestor do contrato sobre imóveis que se encontrem em condições aparentes de
instabilidade, a fim de evitar riscos à integridade física de seus moradores, bem como outras
conseqüências indesejáveis.

De acordo com a alínea C do artigo 7º e 8º da seção IV do capítulo I da Lei Federal nº 5194, de 24/12/66 e
o artigo 7º da Resolução 218, de 29/6/73 do CONFEA, a execução desta modalidade de perícia, é da
competência de profissional graduado em Engenharia Civil.

2.2.1.4.3 Procedimento

O trabalho de campo constitui-se em visita ao imóvel, para:


• examinar e anotar a distribuição, tipo e acabamento das edificações;
• registrar, por meio de fotografia e descrição, os danos aparentes existentes;
• examinar visualmente a estabilidade do terreno e das edificações ;
• anotar nome, endereço e dados do proprietário;
• anotar nome do ocupante do imóvel, caso haja.

O trabalho de escritório constitui-se na elaboração de laudo técnico, contendo:


• endereço completo do imóvel;
• nome do proprietário e do ocupante do imóvel;
• descrição sumária do imóvel (de quem da rua olha para a edificação), destacando:
características das edificações (edifício, casa, salão comercial ou outro);

estilo arquitetônico;

número de pavimentos;

tipo de estrutura;

idade da construção;

composição (distribuição dos compartimentos);

acabamento: paredes, pisos, forros, esquadrias e demais detalhes;

relação descritiva dos danos existentes no imóvel, acompanhada dos respectivos registros

fotográficos;
• parecer técnico conclusivo indicando:
a) os elementos construtivos que visualmente apresentam potencial de instabilidade;
b) as condições gerais de estabilidade da edificação, tendo como referência o exame visual.
• assinatura do profissional que vistoriou o imóvel e respectivo nº de registro no CREA..

3. ELEMENTOS A SEREM FORNECIDOS PELA COMPANHIA DO METRÔ

Para o desenvolvimento dos projetos deverão ser fornecidos a projetista os seguintes documentos:

• Levantamento topográfico;
• Perfis individuais das sondagens, próximas aos locais correspondentes;
• Projetos-padrão existentes dos elementos de drenagem, arquitetura, comunicação visual, paisagismo e
outros;
• Projeto básico;
• Norma de Medição dos Serviços de Obras Civis;
• Manual técnico de identidade visual da CMSP;
• IP-9.00.00.00/3A0-001 – Instrução de projeto com diretrizes para elaboração da documentação técnica
de engenharia civil, arquitetura, geotecnia, topografia, desapropriações e via permanente
• MAN-08-101 – Manual para aplicação dos códigos de trechos, subtrechos e unidades de construção
utilizados em documentos técnicos.
• IC-4.00.00.00/3B3-001 – Diretrizes para os Projetos Executivos de arquitetura/acabamento e de
comunicação visual/sinalização metroviária da Linha 4 - Amarela;
• ET-9.00.00.00/3N3-001 – Especificação Técnica para implantação de projetos de urbanização e
paisagismo;
• IP-9.00.00.00/1N3-001 – Diretrizes para elaboração de projetos de urbanização e paisagismo;
• LM-9.00.00.00/3B3-001 – Lista de Materiais de acabamento utilizados na Rede Básica;
• Especificações Técnicas;
• Instruções de Projeto;
• Instruções Complementares.
ANEXO XVI

CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO NAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS

PARA OS LOTES 1 E 2

FORMAÇÃO
PERTINENTE E
COMPATÍVEL
CATEGORIA EXPERIÊNCIA PERTINENTE E COMPATÍVEL
CARGO COM A
PROFISSIONAL COM A ATIVIDADE A SER DESENVOLVIDA.
ATIVIDADE A
SER
DESENVOLVIDA

Engenheiros Civis, Arquitetos ou Geólogos com


Curso Superior de experiência mínima de 120 meses em atividades
Engenharia Civil relacionadas diretamente a projetos civis,
Assessor ou
AT e,
Técnico Arquitetura ou
Geologia durante esse período, deve constar no mínimo 36
meses como Assessor Técnico na elaboração de
projetos.
Engenheiros Civis, Arquitetos ou Geólogos com
Curso Superior de experiência mínima de 120 meses em atividades
Engenharia Civil relacionadas diretamente a projetos civis,
Coordenador ou
PT-13 e,
de Projetos Arquitetura ou
Geologia durante esse período, deve constar no mínimo 36
meses como Coordenador ou Líder de Projetos na
elaboração de projetos.
PT-11 Engenheiro, Curso Superior de Engenheiros Civis com experiência mínima de 60
Arquiteto ou Engenharia Civil meses em atividades relacionadas diretamente a
Geólogo de ou projetos civis,
Projetos Arquitetura ou
Sênior Geologia ou e,
Engenharia durante esse período, deve constar no mínimo 18
Elétrica meses como Engenheiro Sênior, na elaboração de
projetos de estruturas ou escavações subterrâneas
ou métodos construtivos ou infraestrutura urbana
ou geotecnia.

Arquitetos com experiência mínima de 60 meses


em atividades relacionadas diretamente a projetos
civis,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 18
meses como Arquiteto Sênior em projetos de
arquitetura ou acabamento ou comunicação visual
de estações metroviárias ou ferroviárias ou
rodoviárias ou aeroportuárias

Geólogos com experiência mínima de 60 meses


em atividades relacionadas diretamente a projetos
civis,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 18
meses como Geólogo Sênior em projetos de
escavações subterrâneas ou geotecnia.

Engenheiros Eletricistas com experiência mínima


FORMAÇÃO
PERTINENTE E
COMPATÍVEL
CATEGORIA EXPERIÊNCIA PERTINENTE E COMPATÍVEL
CARGO COM A
PROFISSIONAL COM A ATIVIDADE A SER DESENVOLVIDA.
ATIVIDADE A
SER
DESENVOLVIDA

de 60 meses em atividades relacionadas


diretamente a projetos elétricos,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 18
meses como Engenheiro Sênior, na elaboração de
projetos de sistemas elétricos (corrente de fuga,
malha de terra e sistemas de proteção contra
descargas atmosféricas).

PT-09 Engenheiro, Curso Superior de Engenheiros Civis com experiência mínima de 48


Arquiteto ou Engenharia Civil meses em atividades relacionadas diretamente a
Geólogo de ou projetos civis,
Projetos Arquitetura ou
Pleno Geologia ou e,
Engenharia durante esse período, deve constar no mínimo 12
Elétrica meses como Engenheiro Pleno, na elaboração de
projetos de estruturas ou escavações subterrâneas
ou métodos construtivos ou infraestrutura urbana
ou geotecnia.

Arquitetos com experiência mínima de 48 meses


em atividades relacionadas diretamente a projetos
civis,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 12
meses como Arquiteto Pleno em projetos de
arquitetura ou acabamento ou comunicação visual
de estações metroviárias ou ferroviárias ou
rodoviárias ou aeroportuárias

Geólogos com experiência mínima de 48 meses


em atividades relacionadas diretamente a projetos
civis,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 12
meses como Geólogo Pleno em projetos de
escavações subterrâneas ou geotecnia.

Engenheiros Eletricistas com experiência mínima


de 48 meses em atividades relacionadas
diretamente a projetos elétricos,
e,
durante esse período, deve constar no mínimo 12
meses como Engenheiro Pleno, na elaboração de
projetos de sistemas elétricos (corrente de fuga,
malha de terra e sistemas de proteção contra
descargas atmosféricas).

PT-08 Engenheiro, Curso Superior de Engenheiros Civis, Arquitetos ou Geólogos com


Arquiteto ou Engenharia Civil experiência mínima de 24 meses em atividades
Geólogo de ou
FORMAÇÃO
PERTINENTE E
COMPATÍVEL
CATEGORIA EXPERIÊNCIA PERTINENTE E COMPATÍVEL
CARGO COM A
PROFISSIONAL COM A ATIVIDADE A SER DESENVOLVIDA.
ATIVIDADE A
SER
DESENVOLVIDA
Arquitetura ou relacionadas diretamente a projetos civis, ou
Projetos Geologia ou Engenheiros Eletricista com experiência mínima de
Junior Engenharia 24 meses em atividades relacionadas diretamente
Elétrica a projetos elétricos.
Técnico de
Equipament Curso de Ensino Técnicos com experiência mínima de 48 meses em
PT-07 os/Edificaçõ médio com atividades relacionadas diretamente a projetos
es formação técnica civis.

Curso de Ensino
médio com Projetistas com experiência mínima de 48 meses
PT-05 Projetista em atividades relacionadas diretamente a projetos
formação técnica
civis.
ANEXO XVII

DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE PESSOAL TÉCNICO COM CURSO SUPERIOR

(Com base no Anexo XVI - CRITÉRIO PARA ENQUADRAMENTO DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS,
a proponente deverá apresentar relação do pessoal técnico com curso superior (AT, PT-13, PT-11 e
PT-09), adequado e disponível para a realização do objeto da licitação, bem como declaração formal de
disponibilidade de todos eles, conforme modelo abaixo)

OS PROFISSIONAIS CONSTANTES DA RELAÇÃO ABAIXO, DECLARAM SUA DISPONIBILIDADE


PARA O CUMPRIMENTO DO OBJETO

LOTE __
(identificar o Lote para o qual está sendo proposta a relação)

Nome Formação Pertinente e Experiência Pertinente e Categoria Profissional


Compatível Compatível Proposta
A - PROFISSIONAIS A SEREM PONTUADOS (incluir currículo)
1 (AT) - ASSESSOR TÉCNICO

2 (PT-13) - COORDENADOR

3 (PT-11) - ENG. CIVIL SÊNIOR

4 (PT-11) - ARQUITETO SÊNIOR

5 (PT-11) - GEÓLOGO SÊNIOR

B - DEMAIS PROFISSIONAIS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS “AT”, “PT-13”, “PT-11” e “PT-09”,


LISTADOS NESTA ORDEM
6
7
8
9
.
.
.
n

______________________________________________
(assinatura(s) do(s) representante(s) legal(is)
da PROPONENTE, ou pessoa credenciada ou procurador com poderes específicos.
ANEXO XVIII

INSTRUÇÕES PARA MEDIÇÃO DOS ITENS DA PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS

PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA (ATO)

1. ITEM 1 – PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS

• Serviço: Projeto Executivo de Obras Civis.


• Preliminares: O preço inclui a elaboração de desenho em conformidade com o ESCOPO DE
TRABALHO, revisões em função de comentários e elaboração de demais documentos
correspondentes, abrangendo Memorial de Cálculo, Memorial Descritivo, Tabela de Coordenadas,
Lista de Material, Planilha de Quantidades, Relatórios Técnicos, entre outros.
• Medição: Será medido por unidade (un) de desenho,nos termos da IP.9.00.00.00/3A0-001, da
seguinte forma:

i.30% liberado após entrega de documento consistente;


ii.60% liberado por documento aprovado, e
iii.10% liberado após entrega final do documento, na sua condição final de “as built”, inclusive
com os arquivos digitais correspondentes.

OBS : DOCUMENTO CONSISTENTE : Aquele que não apresenta erros de concepção de projeto e
esteja suficientemente claro e compatibilizado com o restante do projeto, de forma a permitir sua
análise completa( por disciplina). Pode gerar comentários relativos à apresentação e/ou
insuficiência de pequenas informações que deverão ser atendidos na revisão subsequente.

2. ITEM 2 – PROJETO EXECUTIVO DE INFRAESTRUTURA

• Serviço: Projeto executivo de infraestrutura.


• Preliminares: O preço inclui a elaboração de desenho em conformidade com o ESCOPO DE
TRABALHO, revisões em função de comentários e elaboração de demais documentos
correspondentes, abrangendo Memorial de Cálculo, Memorial Descritivo, Tabela de Coordenadas,
Lista de Material, Planilha de Quantidades, Relatórios Técnicos, entre outros.
• Medição: Será medido por unidade (un) de desenho,nos termos da IP.9.00.00.00/3A0-001, da
seguinte forma:

i.30% liberado após entrega de documento consistente;


ii. 60% liberado por documento aprovado, e
iii.10% liberado após entrega final do documento, na sua condição final de “as built”, inclusive
com os arquivos digitais correspondentes.

OBS : DOCUMENTO CONSISTENTE : Aquele que não apresenta erros de concepção de projeto e
esteja suficientemente claro e compatibilizado com o restante do projeto, de forma a permitir sua
análise completa( por disciplina). Pode gerar comentários relativos à apresentação e/ou
insuficiência de pequenas informações que deverão ser atendidos na revisão subsequente.

3. ITEM 3.1 – CONSOLIDAÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NAS FRENTES DE OBRA


PELA EQUIPE DE ATO

• Serviço: Consolidação das Atividades Desenvolvidas nas Frentes de Obra pela Equipe de ATO.
• Preliminares: O preço inclui a elaboração mensal de relatório, em conformidade com o ESCOPO
DE TRABALHO, e todos os serviços necessários para subsidiar a preparação do relatório.
• Medição: Será medido por unidade (un) de relatório técnico, sendo:
i.70% do preço unitário na entrega do relatório técnico para análise;
ii.25% do preço unitário na aprovação do relatório técnico e
iii.5% do preço unitário na entrega de arquivo eletrônico e original de cada relatório aprovado.

4. ITEM 3.2 – RETROANÁLISE

• Serviço: Retroanálise.
• Preliminares: O preço inclui a elaboração mensal de relatório, em conformidade com o ESCOPO
DE TRABALHO, e todos os serviços necessários para subsidiar a preparação do relatório.
• Medição: Será medido por unidade (un) de relatório técnico, sendo:

i.70% do preço unitário na entrega do relatório técnico para análise;


ii.25% do preço unitário na aprovação do relatório técnico e
iii.5% do preço unitário na entrega de arquivo eletrônico e original de cada relatório aprovado.

5. ITEM 3.3 – PESQUISA DE EDIFICAÇÕES E ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DE NOVAS


CONSTRUÇÕES

• Serviço: Pesquisa de Edificações e Análise de Influência de Novas Construções.


• Preliminares: O preço inclui a elaboração de relatório, em conformidade com o ESCOPO DE
TRABALHO, e todos os serviços necessários para subsidiar a preparação do relatório.
• Medição: Será medido por unidade (un) de relatório técnico, sendo:

i.70% do preço unitário na entrega do relatório técnico para análise;


ii.25% do preço unitário na aprovação do relatório técnico e
iii.5% do preço unitário na entrega de arquivo eletrônico e original de cada relatório aprovado.

6. ITEM 3.4 – VISTORIA CAUTELAR

• Serviço: Vistoria Cautelar.


• Preliminares: O preço inclui a elaboração de relatório, em conformidade com o ESCOPO DE
TRABALHO, e todos os serviços necessários para subsidiar a preparação do relatório.
• Medição: Será medido por unidade (un) de relatório técnico, sendo:

i.70% do preço unitário na entrega do relatório técnico para análise;


ii.25% do preço unitário na aprovação do relatório técnico e
iii.5% do preço unitário na entrega de arquivo eletrônico e original de cada relatório aprovado.
ANEXO XIX

MODELO DE DECLARAÇÃO DE CESSÃO DE DIREITO PATRIMONIAL

Eu .............(nome completo)....... , profissional competente da equipe técnica da empresa ..........(nome da


pessoa jurídica)......... , declaro como autor do projeto objeto desta licitação, ceder e transferir, para a
construção, ampliação, adequação e reforma, nos termos do contrato de nº ___________, meus direitos
patrimoniais de autor dos projetos discriminados no objeto e detalhados no escopo......., bem como a
utilização do projeto que poderá eventualmente ser adaptado, ou revisado para implantação no mesmo
terreno, ou em outros terrenos destinados para este fim, ou em virtude de replanejamento das Obras da
Companhia do Metropolitano de São Paulo, ou determinação da Secretaria dos Transportes
Metropolitanos, na forma de expansão e aplicação da legislação em vigor e da que vier a vigorar no futuro.

Data
Assinatura do Autor
Identificação do Autor
ANEXO XX

MODELO DE CURRÍCULO

Nome:
Cargo Proposto:

TEMPO DE EXPERIÊNCIA em atividades relacionadas diretamente a projetos civis: _____ meses

PÓS-GRADUAÇÃO
Instituição:
Curso / Título:
Área:

EXPERIÊNCIAS ESPECÍFICAS

Experiencia nº 1:

Contratante:
Descrição do Serviço:

Período de Realização:
Disciplina / Atividade:

Experiencia nº 2:

Contratante:
Descrição do Serviço:

Período de Realização:
Disciplina / Atividade:

Experiencia nº 3:

Contratante:
Descrição do Serviço:

Período de Realização:
Disciplina / Atividade:
TEMPO DE EXPERIÊNCIA DO PROFISSIONAL NO CARGO INDICADO
(RELACIONAR APENAS AS EXPERIÊNCIAS PERTINENTES E COMPATÍVEIS DO PROFISSIONAL NECESSÁRIAS AO
CUMPRIMENTO DAS EXIGÊNCIAS PARA O CARGO PROPOSTO, CONFORME ANEXO XVIII – CRITÉRIO PARA
ENQUADRAMENTO NAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS)

1 Contratante

Descrição

Cargo
Período Inicio: Fim: Total: (em meses)

2 Contratante

Descrição

Cargo
Período Inicio: Fim: Total: (em meses)

3 Contratante

Descrição

Cargo
Período Inicio: Fim: Total: (em meses)

(...)

n Contratante

Descrição

Cargo
Período Inicio: Fim: Total: (em meses)

TEMPO TOTAL DE EXPERIÊNCIA NO CARGO PROPOSTO (em meses): _________

São Paulo, ___ de ___________ de 2011

______________________________________
(assinatura do profissional indicado)
Nome completo do membro da Equipe
ANEXO XXIII

DOCUMENTOS TÉCNICOS

Em arquivos apartados pelo Link

https://extranet.metrosp.com.br/licitacao/41429213/

LOTE 1
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA ELABORAÇÃO
DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA DO
TERMINAL DE ÔNIBUS VILA SÔNIA E DA BASE DE MANUTENÇÃO CUNHA GAGO E DO
COMPLEMENTO DAS ESTAÇÕES HIGIENÓPOLIS, OSCAR FREIRE, FRADIQUE COUTINHO E SÃO
PAULO-MORUMBI E DO PÁTIO VILA SÔNIA, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA
DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.

Código do Documento RV Descrição


001 000-B/562 D PROJETO PADRÃO
PROJ.BÁSICO GERAL – MET.CONSTRUTIVO E SEQ. DE EXEC. - CORTE
002 DE-4.06.05.00/4A1-401 B
TRANSVERSAL
ARQUITETURA – ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO PLANTA NÍVEL 758,66 -
003 DE-4.06.05.00/4B2-304 F
PASSARELA
ARQUITETURA – ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO PLANTA NÍVEL 751,50 –
004 DE-4.06.05.00/4B2-305 F
PLATAFORMA
ARQUITETURA – ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO PLANTA PORÃO DE
005 DE-4.06.05.00/4B2-306 F
CABOS E EXAUSTÃO
006 DE-4.06.05.00/4B2-309 H ARQUITETURA – ACESSOS MACKENZIE – PLANTA NÍVEIS 765.90, 755.58, 751.58
007 DE-4.06.05.00/4B2-310 H ARQUITETURA – ACESSOS MACKENZIE – CORTES 1 E 2 ELEVAÇÃO 1

ARQUITETURA – ACESSOS OURO PRETO PLANTAS NÍVEIS 758.76, 755.66, 751.50 E


008 DE-4.06.05.00/4B2-317 G
PORÃO DE CABOS
009 DE-4.06.05.00/4B2-318 H ARQUITETURA – ACESSOS OURO PRETO – CORTE 7 ELEVAÇÃO 2
010 DE-4.06.05.00/4B3-001 0 ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO
011 DE-4.06.05.00/4B3-002 0 ACESSO MACKENZIE
012 DE-4.06.05.00/4B3-003 0 ACESSO MACKENZIE
013 DE-4.06.05.00/4B3-004 0 ACESSO MACKENZIE
014 DE-4.06.05.00/4B3-005 0 ACESSO MACKENZIE
015 DE-4.06.05.00/4B3-006 0 ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO
016 DE-4.06.05.00/4B3-007 0 ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO
017 DE-4.06.05.00/4B3-008 0 ACESSOS MACKENZIE E OURO PRETO
018 DE-4.06.05.00/4B3-009 0 ACESSO OURO PRETO
019 DE-4.06.05.00/4B3-010 0 ACESSO OURO PRETO
020 DE-4.06.05.00/4B3-011 0 ACESSO OURO PRETO
021 DE-4.06.05.00/4B3-012 0 ACESSO MACKENZIE
022 DE-4.06.05.00/4B3-013 0 ACESSO OURO PRETO – ELEVAÇÕES 1,2 E 3
023 DE-4.06.05.00/4B3-014 0 ACESSO MACKENZIE – CORTES 1E2
024 DE-4.06.05.00/4B3-015 0 ACESSO MACKENZIE E OURO PRETO – CORTE 3
025 DE-4.06.05.00/4B3-016 0 PLATAFORMA – CORTE 4
026 DE-4.06.05.00/4B5-001 0 ACESSO MACKENZIE E OURO PRETO – PLANTA NÍVEL 782,22 – ACESSOS
027 DE-4.06.05.00/4B5-002 0 ACESSO MACKENZIE – PLANTA NÍVEL 765,90 – TÚNEL DE LIGAÇÃO
028 DE-4.06.05.00/4B5-003 0 ACESSO MACKENZIE E OURO PRETO PLANTA NÍVEL 755,66 – PASSARELA
029 DE-4.06.05.00/4B5-004 0 ACESSO MACKENZIE E OURO PRETO PLANTA NÍVEL 751,50 – PLATAFORMA
ACESSO MACKENZIE – PLANTA NÍVEL 771,31 / 776,78 / 795,16 / 799,10 E
030 DE-4.06.05.00/4B5-005 0
COBERTURA
031 DE-4.06.05.00/4B5-006 0 ACESSO MACKENZIE – PLANTA NÍVEIS 782,22 / 787,32 / 791,24
032 DE-4.06.05.00/4B5-007 0 ACESSO OURO PRETO - PLANTA NÍVEIS 776,78 / 771,34 / 765,98
033 DE-4.06.05.00/4B5-008 0 ACESSO OURO PRETO - PLANTA NÍVEIS 782,22 / 787,32 / 790,72
034 DE-4.06.05.00/4B5-009 0 ACESSO OURO PRETO - PLANTA NÍVEIS 795,82 / 799,22 / 804,32
035 DE-4.06.05.00/4B5-010 0 CORTE GERAL – ELEVAÇÃO – ACESSO MACKENZIE/OURO PRETO
036 DE-4.06.05.00/4B5-011 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 1
037 DE-4.06.05.00/4B5-012 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 2
038 DE-4.06.05.00/4B5-013 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 3
PROJ.BÁSICO DE REURBANIZ.-PAISAGISMO -EST.HIGIENÓPOLIS ACESSO
039 DE-4.06.05.00/4N3-001 0
MACKENZIE /OURO PRETO IMPLANTAÇÃO,ELEVAÇÕES, DETALHES E TABELAS
PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – CORPO DA ESTAÇÃO – FORMAS – PLANTA PORÃO
040 DE-4.06.05.01/4J2-401 B
DE CABOS
PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – CORPO DA ESTAÇÃO – FORMAS – PLANTA DA
041 DE-4.06.05.01/4J2-402 B
PLATAFORMA
042 DE-4.06.05.01/4K1-401 0 ESTRUTURAS METÁLICAS – MEZANINO – PLANTA, CORTES E DETALHES
MEZANINO METÁLICO – LOCALIZAÇÃO E DETALHAMENTO DOS INSERTOS
043 DE-4.06.05.01/5K1-001 0
METÁLICOS
PROJ.BÁSICO DE MOVIMENTO DE TERRA – ESCAVAÇÃO DE POÇOS – MÉTODO
044 DE-4.06.05.04/4G4-401 0
CONSTRUTIVO
PROJ.BÁSICO DE FUNDAÇÕES E DRENAGENS – SIST. DE CONTROLE DE NÍVEL
045 DE-4.06.05.04/4I2-401 A
D'ÁGUA – POÇO, PLANTA E PERFIL
046 DE-4.06.05.04/4J2-301 0 ACESSO MACKENZIE – FORMA – REVESTIMENTO PRIMÁRIO
047 DE-4.06.05.04/4J2-302 0 ACESSO MACKENZIE – FORMA – PLANTA E CORTE

PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – ACESSO MACKENZIE - FORMAS – PLANTAS NÍVEIS


048 DE-4.06.05.04/4J2-401 B
782,15-771,27-765,83-776,71- E 760,39

PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – ACESSO MACKENZIE - FORMAS – PLANTAS NÍVEIS


049 DE-4.06.05.04/4J2-402 C
782,15-771,27-765,83-776,71- E 760,39
PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – ACESSO MACKENZIE - FORMAS – CORTES 1-1 E
050 DE-4.06.05.04/4J2-403 D
2-2
051 DE-4.06.05.04/4J2-405 B PROJ.BÁSICO DE CONCRETO - FORMAS – PLANTA E CORTE
ACESSO MACKENZIE – ESTR.METÁLICAS – PERGOLADO – PLANTA, SEÇÕES E
052 DE-4.06.05.04/4K3-401 0
DETALHES
PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – TÚNEL DE LIGAÇÃO DOS ACESSOS – FORMAS
053 DE-4.06.05.05/4J2-401 C
NÍVEIS MEZANINO / PLATAFORMA E PORÃO DE CABOS

PROJ.BÁSICO DE CONCRETO – SALAS TÉCN. – FORMAS – PLANTAS NÍVEIS 812,11


054 DE-4.06.05.08/4J2-401 C
– 807,26 – 803,74 – 798,64 – 795,24 – 790,14 – 786,74
SALAS TEC E OPER. - ACESSO OURO PRETO-PLANTAS NIVEIS 787,25 -790,65-
055 DE-4.06.05.08/4J2-402 C
795,75
SALAS TEC E OPER. - ACESSO OURO PRETO-ESTR.METÁLICAS-ESCADA
056 DE-4.06.05.08/4K1-401 A
EMERGÊNCIA -PLANTA-SEÇÕES E DETALHES
PROJ.BÁSICO DE DESAPROPRIAÇÃO – ÁREAS PARA DECRETO DE UTILIDADES
057 DE-4.06.05.09/4E1-401 B
PÚBLICAS – PLANTAS
058 DE-4.06.05.09/4H1-401 D SIST. DE CONTENÇÃO – PLANTA CORTES E DETALHES – 2ª ETAPA
059 DE-4.06.05.09/4H1-402 D SIST. DE CONTENÇÃO – PLANTA CORTES E DETALHES – 2ª ETAPA
060 DE-4.06.05.09/4H2-401 C SIST. DE CONTENÇÃO – DETALHES GERAIS
061 DE-4.06.05.09/4I1-401 B FUNDAÇÕES- REFORÇO DAS FUNDAÇÕES – EDIFÍCIO CONSOLATA
AC, OURO PRETO – REFORÇO – EDIDIF.CONSOLATA-FUNDAÇÃO -LOCAÇÃO DOS
062 DE-4.06.05.09/4I1-402 A
BLOCOS
AC, OURO PRETO – REEFORÇO – EDIDIF.CONSOLATA-FUNDAÇÃO -FORMA DOS
063 DE-4.06.05.09/4I1-403 0
BLOCOS BL.A, BL.B, BL.D, BL.G, BL.H, BL.I.BL.L

AC, OURO PRETO – REEFORÇO – EDIDIF.CONSOLATA-FUNDAÇÃO -FORMA DOS


064 DE-4.06.05.09/4I1-404 0
BLOCOS BL.F, BL.J E BL.K
CONCRETO – ACESSO OURO PRETO – FORMAS PLANTAS NÍVEIS 798,28 – 794,98 –
065 DE-4.06.05.09/4J2-401 E
794,76 – 791,84 – 786,74

CONCRETO – ACESSO OURO PRETO – FORMAS PLANTAS NÍVEIS 786,74 – 773,31 –


066 DE-4.06.05.09/4J2-402 D
773,99 – 770,09 – 765,83 – 758,56 – 755,59
067 DE-4.06.05.09/4J2-403 D CONCRETO – ACESSO OURO PRETO – FORMAS CORTE 1-1 E CORTE 2-2
ESCAVAÇÃO SUBTERRÂNEA – MÉTODO CONSTRUTIVO – SEÇÕES TRANSVERSAIS
068 DE-4.06.05.10/4G3-401 A
E LONGITUDINAIS
ESCAVAÇÃO SUBTERRÂNEA – SEÇÕES DE ESCAV. E REVEST.PRIMÁRIO –
069 DE-4.06.05.10/4G3-402 A
DEFINIÇÕES GEOMÉTRICAS – REVST. PRIMÁRIO E SECUNDÁRIO
070 DE-4.06.05.10/4H5-401 0 SIST. DE CONTENÇÃO – CAMBOTA TELIÇADA – ELEVAÇÃO E DETALHES
071 DE-4.10.01.00/4A1-601 0 SEQ.EXECUÇÃO
072 DE-4.10.01.00/4B2-504 A ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO - PLANTA DO MEZANINO
073 DE-4.10.01.00/4B2-505 B ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO - PLANTA DA PLATAFORMA

ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO - PLANTA DOS DUTOS DE


074 DE-4.10.01.00/4B2-506 B
EXAUSTÃO E CABOS
075 DE-4.10.01.00/4B2-507 A ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO – CORTES A, B, C, D, E
076 DE-4.10.01.00/4B2-508 A ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO – CORTES F, G, H, I, J

ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTA DO MEZANINO E


077 DE-4.10.01.00/4B2-513 A
PLATAFORMA – DETALHES

ACESSOS JARDINS E CLÍNICAS E CORPO DA ESTAÇÃO – DETALHES DOS CORTES


078 DE-4.10.01.00/4B2-515 A
A-A, B-B – DETALHES
079 DE-4.10.01.00/4B3-001 0 COBERTURA DOS ACESSOS – PLANTA
080 DE-4.10.01.00/4B3-002 0 SALAS TÉCNICAS – PLANTA
081 DE-4.10.01.00/4B3-003 0 PORÃO DE CABOS – PLANTA
082 DE-4.10.01.00/4B3-004 0 ACESSOS/PLANTA
083 DE-4.10.01.00/4B3-005 0 PATAMAR 1 – NÍVEL 765,52 – PLANTA
084 DE-4.10.01.00/4B3-006 0 PATAMAR 2E3 – 760,24 – PLANTA
085 DE-4.10.01.00/4B3-007 0 MEZANINO – PLANTA
086 DE-4.10.01.00/4B3-008 0 MEZANINO – PLANTA
087 DE-4.10.01.00/4B3-009 0 PLATAFORMA – PLANTA
088 DE-4.10.01.00/4B3-010 0 PLATAFORMA – PLANTA
089 DE-4.10.01.00/4B3-011 0 PORÃO DE CABOS – PLATAFORMA – PLANTA
090 DE-4.10.01.00/4B3-012 0 CORTES C E E – CORTE
091 DE-4.10.01.00/4B3-013 0 CORTE J – CORTES
092 DE-4.10.01.00/4B3-014 0 FACHADAS – VISTA
093 DE-4.10.01.00/4B3-015 0 AMPLIAÇÕES SANITÁRIOS E VESTIÁRIOS – PLANTA/CORTES
094 DE-4.10.01.00/4B3-016 0 CORTE A – CORTES
095 DE-4.10.01.00/4B3-017 0 CORTE A – CORTES
096 DE-4.10.01.00/4B3-018 0 CORTE J – CORTE
097 DE-4.10.01.00/4B3-019 0 FACHADAS / VISTA
098 DE-4.10.01.00/4B5-001 0 ACESSO PINHEIROS 775,30 – JARDINS NÍVEIS 783,80 / 779,00 / 775,30
099 DE-4.10.01.00/4B5-002 0 ACESSO CLINICAS – JARDINS NÍVEIS 770,80 / 765,52 / 760,24 / 754,96
100 DE-4.10.01.00/4B5-003 0 ACESSO CLINICAS JARDINS – MEZANINO NÍVEL 750,08
101 DE-4.10.01.00/4B5-004 0 PLATAFORMA NÍVEL 746,00
102 DE-4.10.01.00/4B5-005 0 CORTES ELEVAÇÕES
103 DE-4.10.01.00/4B5-006 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 1
104 DE-4.10.01.00/4B5-007 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 2
105 DE-4.10.01.00/4G4-601 A ESC.POÇOS, SEQ. CONSTRUT.REVEST.PRIMÁRIO
106 DE-4.10.01.00/4H5-601 0 CAMBOTAS TRELIÇ.SEÇÕES CORPO EST. E TÚNEL DE LIGAÇÃO
107 DE-4.10.01.00/4I2-601 0 REBAIXAMENTO NÍVEL D'AGUA
108 DE-4.10.01.00/4I7-601 0 INSTRUMENTAÇÃO -ACESSO CLINICAS
PROJ.BÁSICO DE REURBANIZ.-PAISAGISMO -EST.OSCAR FREIRE -ACESSOS 1 E 2
109 DE-4.10.01.00/4N3-001 0
-IMPLANTAÇÃO,ELEVAÇÕES, DETALHES E TABELAS
110 DE-4.10.01.01/4J2-601 A FORMAS -PLATAFORMA:PLANTA , CORTES E DETALHES
111 DE-4.10.01.01/4K1-001 A ESTRUTURAS METÁLICAS – MEZANINO – PLANTA, CORTES E DETALHES
112 DE-4.10.01.01/5K1-001 0 MEZANINO METÁLICO - LOCALIZAÇÃO E DETALHAMENTO DOS INSERTOS
113 DE-4.10.01.02/4J2-601 0 FORMAS -ESCORAMENTO PROVISÓRIO
114 DE-4.10.01.02/4J2-602 A FORMAS – PLANTAS NÍVEIS 745,68/749,68 E CAIXA D'AGUA
115 DE-4.10.01.02/4J2-603 0 FORMAS -PLANTA NÍVEIS 754,96 A 770,80
116 DE-4.10.01.02/4J2-604 0 FORMAS -CORTES A E B
117 DE-4.10.01.03/4G3-601 A ESC.SUBTER. REVEST.PRIMÁRIO ECUN. SEÇÃO TIPO B
118 DE-4.10.01.03/4G3-602 A ESC.SUBTER. REVEST.PRIMÁRIO ECUN. SEÇÃO TIPO A
119 DE-4.10.01.03/4G3-603 0 ESC.SUBTER. REVEST.PRIMÁRIO ECUN. SEÇÃO TIPO A,B
120 DE-4.10.01.04/4J2-601 A FORMAS -PLANTAS NÍVEIS 745,68/749,68 E GEOMETRIA AC
121 DE-4.10.01.04/4J2-602 0 FORMAS -PLANTAS NÍVEIS 754,96 A 779,00
122 DE-4.10.01.04/4J2-603 0 FORMAS – CORTES A E B
123 DE-4.10.01.04/4J3-601 0 ARMAÇÃO TIPICA
124 DE-4.10.01.05/4J2-601 A FORMAS -PLANTAS DO PORÃO DE CABOS S.TEC.COBERTURA
125 DE-4.10.01.05/4J2-602 0 FORMAS – CORTES A, B E C.
126 DE-4.10.03.00/4B2-401 D IMPLANTAÇÃO GERAL – ALTERNATIVA II
127 DE-4.10.03.00/4B2-402 D PLANTA DA COBERTURA – ALTERNATIVA II
128 DE-4.10.03.00/4B2-403 D PLANTA DAS SALAS TÉCNICAS ALTERNATIVA II
129 DE-4.10.03.00/4B2-404 D PLANTA DO PORÃO DE CABOS – ALTERNATIVA II
130 DE-4.10.03.00/4B2-405 D PLANTA DA SUPERFÍCIE – ALTERNATIVAII
131 DE-4.10.03.00/4B2-406 D PLANTA DO INTERNEDIÁRIO – ALTERNATIVA II
132 DE-4.10.03.00/4B2-407 D PLANTA DO MEZANINO – ALTERNATIVA II
133 DE-4.10.03.00/4B2-408 D PLANTA DA PLATAFORMA – ALTERNATIVA II
134 DE-4.10.03.00/4B2-409 D PLANTA DO PORÃO DE CABOS E CANAL DE EXAUSTÃO ALTERNATIVA II
135 DE-4.10.03.00/4B2-410 D PLANTA DO SISTEMA DE EXAUSTÃO – ALTERNATIVA II
136 DE-4.10.03.00/4B2-411 D CORTES AA, BB, CC, DD EE EE – ALTERNATIVA II
137 DE-4.10.03.00/4B2-412 D CORTES FF E GG E ELEVAÇÕES 1 À 8 – ALTERNATIVA II
138 DE-4.10.03.00/4B3-001 0 COBERTURA
139 DE-4.10.03.00/4B3-002 0 PLANTA – SALAS TÉCNICAS
140 DE-4.10.03.00/4B3-003 0 COBERTURA – ACESSO OSCAR FREIRE
141 DE-4.10.03.00/4B3-004 0 PLANTA – ACESSOS
142 DE-4.10.03.00/4B3-005 0 PLANTA
143 DE-4.10.03.00/4B3-006 0 PLANTA MEZANINO
144 DE-4.10.03.00/4B3-007 0 PLANTA – PLATAFORMA – PARTE 01
145 DE-4.10.03.00/4B3-008 0 PLANTA - PLATAFORMA – PARTE 2
146 DE-4.10.03.00/4B3-009 0 PLANTA
147 DE-4.10.03.00/4B3-010 0 PLANTA
148 DE-4.10.03.00/4B3-011 0 PLANTA
149 DE-4.10.03.00/4B3-012 0 CORTES
150 DE-4.10.03.00/4B3-013 0 CORTES
151 DE-4.10.03.00/4B3-014 0 PROJETO BÁSICO DE ACABAMENTO
152 DE-4.10.03.00/4B3-015 0 PROJETO BÁSICO DE ACABAMENTO
153 DE-4.10.03.00/4B5-001 0 ACESSO FRADIQUE COUTINHO E RUA DOS PINHEIROS - PLANTA NIVEL 736,810
154 DE-4.10.03.00/4B5-002 0 ACESSO ELEVAÇÃO RUA DOS PINHEIROS – ACESSO
155 DE-4.10.03.00/4B5-003 0 CORTE GERAL
156 DE-4.10.03.00/4B5-004 0 PLANTA PLATAFORMA – NÍVEL 721,290
157 DE-4.10.03.00/4B5-005 0 PLANTA MEZANINO
158 DE-4.10.03.00/4B5-006 0 PLANTA INTERMEDIÁRIO – NÍVEL 732,650
159 DE-4.10.03.00/4B5-007 0 PLANTA SALAS TÉCNICAS
160 DE-4.10.03.00/4B5-008 0 PLANTA PORÃO DE CABOS
161 DE-4.10.03.00/4B5-009 0 PLANTA SISTEMA DE EXAUSTÃO
162 DE-4.10.03.00/4B5-010 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 1
163 DE-4.10.03.00/4B5-011 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 2
164 DE-4.10.03.00/4B5-012 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 3
REMANEJAMENTO DE INTERFERÊNCIAS – GERAL DAS INSTALAÇÕES – PLANTA –
165 DE-4.10.03.00/4D2-401 A
ALTERNATIVA II
PROJ.BÁSICO DE REURBANIZ.-PAISAGISMO -EST.FRAD.COUTINHO-ACESSOS
166 DE-4.10.03.00/4N3-001 0 PINHEIROS E FRADIQUE COUTINHO- IMPLANTAÇÃO,ELEVAÇÕES, DETALHES E
TABELAS
MÉTODOS CONSTRUTIVOS – FASES DE IMPLANTAÇÃO – FASES 1 E 2 –
167 DE-4.10.03.01/4A1-401 0
ALTERNATIVA II
VALAS A CÉU ABERTO ESCORADAS – VCA'S – LOCAÇÃO DAS PAREDES
168 DE-4.10.03.01/4H1-401 A
DIAFRAGMA – ALTERNATIVA II

SISTEMA DE CONTENÇÃO – ESCORAMENTO PARA EXECUÇÃO DA LAJE DE TETO –


169 DE-4.10.03.01/4H1-402 0
FASES 1 E 3 – ALTERNATIVA II

SISTEMA DE CONTENÇÃO – ESCAORAMENTO PARA EXECUÇÃO DA LAJE DE TETO


170 DE-4.10.03.01/4H1-403 0
– FASES 2 E 4 – ALTERNATIVA II

SISTEMA DE CONTENÇÃO – ESCAORAMENTO PARA EXECUÇÃO DA LAJE DE TETO


171 DE-4.10.03.01/4H1-404 0
– FASES 3,4 E 5 – ALTERNATIVA II
172 DE-4.10.03.01/4H2-401 0 VALAS A CÉU ABERTO ESCORADAS – VCA'S – DETALHAMENTO – ALTERNATIVA II
173 DE-4.10.03.01/4J2-401 A FORMAS – PLANTA DA LAJE DE FUNDO ENTE EIXOS 01 A 12 – ALTERNATIVA II
FORMAS – PLANTA DA LAJE DE FUNDO ENTE EIXOS 11 A 21(EL. 719,09) –
174 DE-4.10.03.01/4J2-402 A
ALTERNATIVA II
FORMAS – PLANTA DAS LAJES DA PLATAFORMA E MEZNINO ENTRE EIXOS 01 A 12
175 DE-4.10.03.01/4J2-403 A
– ALTERNATIVA II
FORMAS – PLANTA DAS LAJES DA PLATAFORMA E MEZNINO ENTRE EIXOS 11 A
176 DE-4.10.03.01/4J2-404 A
21(EL. 721,22) – ALTERNATIVA II
177 DE-4.10.03.01/4J2-405 A FORMAS – CORTE F/O / P E Q
178 DE-4.10.03.01/4J2-406 A FORMAS – PLANTA DO MEZANINO ENTRE EIXOS 11 A 21 (EL.726,62)
179 DE-4.10.03.01/4J2-407 A FORMAS – PLANTA DA COBERTURA ENTE EIXOS 01 A 12 E CORTE DD
180 DE-4.10.03.01/4J2-408 A FORMAS – PLANTA DO INTERMEDIÁRIO ENTRE EIXOS 11 A 21 (EL.732,58)
181 DE-4.10.03.01/4J2-409 A FORMAS –CORTE AA
182 DE-4.10.03.01/4J2-410 A FORMAS –CORTE E
183 DE-4.10.03.01/4J2-411 A FORMAS –PLANTA PISO SUPERFÍCIE – EL. 737,38
184 DE-4.10.03.01/4J2-412 A FORMAS –PLANTA E CORTES DO SISTEMA DE EXAUSTÃO ENTRE EIXOS 12 A 15
FORMAS –PLANTA -COBERT. ACESSO – EIXOS 11 A 21/A E B – EL. 741D,01 –
185 DE-4.10.03.01/4J2-413 A
PLANTA -COBERT. SALAS TÉC. – EIXOS 12 A 17/D E E – EL.752,30

FORMAS –PLANTA -PORÃO CABOS-ENTRE EIXOS 12 A 17/D E E- EL. 743,68 E


186 DE-4.10.03.01/4J2-414 A
PLANTA -SALAS TÉCN. ENTE EIXOS 12 A 17/D E E – EL. 746,08
187 DE-4.10.03.01/4J2-415 A FORMAS - CORTES G, H E I
VALAS A CÉU ABERTO ESCORADAS – VCA'S – ARMAÇÃO DAS PAREDES
188 DE-4.10.03.01/4J3-401 A
DIAFAGMA 1, 4 E 6
VALAS A CÉU ABERTO ESCORADAS – VCA'S – ARMAÇÃO DAS PAREDES
189 DE-4.10.03.01/4J3-402 A
DIAFAGMA 2, 3, 5, 8 E 10
190 DE-4.10.03.01/4J3-403 A VALAS A CÉU ABERTO ESCORADAS – VCA'S – ARMAÇÃO DAS BARRETES BAR. 1 E
BAR.7
191 DE-4.10.03.01/4M1-401 B IMPERMEABILIZAÇÃO – CORTES AA, BB E CC
192 DE-4.10.03.01/4M1-402 A IMPERMEABILIZAÇÃO – CORTES AA, BB E CC
193 DE-4.10.04.01/4B2-601 0 ARQUITETURA – LOCAÇÃO E COBERTURA
194 DE-4.10.04.01/4B2-602 0 ARQUITETURA – PLANTA PAVIM.TERREO E SUP.
195 DE-4.10.04.01/4B2-603 0 ARQUITETURA – CORTES E ELEVAÇÃO
196 DE-4.10.04.01/4I1-601 0 FUNDAÇÕES – LOCAÇÃO E FORMA
197 DE-4.10.04.01/5B3-001 0 PLANTA DE LOCAÇÃO E COBERTURA
198 DE-4.10.04.01/5B3-002 0 PLANTA DO PAVIMENTO TÉRREO
199 DE-4.10.04.01/5B3-003 0 PLANTA DO PAVIMENTO SUPERIOR
200 DE-4.10.04.01/5B3-004 0 CORTES ELEVAÇÕES
201 DE-4.10.04.01/5B3-005 0 CORTES ELEVAÇÕES
202 DE-4.10.04.01/5B3-006 0 AMPLIAÇÕES
POÇOS NORTE E SUL E CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTAS DA PASSARELA E
203 DE-4.16.01.00/2B2-304 B
INTERMEDIÁRIO
204 DE-4.16.01.00/2B2-305 B POÇOS NORTE E SUL E CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTA DA PLATAFORMA
205 DE-4.16.01.00/2B2-306 B CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTA DO TÚNEL DE LIGAÇÃO E DO CANAL DE CABOS
206 DE-4.16.01.00/2B2-312 B POÇOS NORTE E SUL E CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTAS DA PASSARELA
POÇOS NORTE E SUL E CORPO DA ESTAÇÃO – PLANTAS DE ACESSOS E
207 DE-4.16.01.00/2B2-313 B
PLATAFORMA
208 DE-4.16.01.00/2B2-314 B TÚNEL DE LIGAÇÃO E CANAL DE CABOS – PLANTAS
POÇO SUL, POÇO NORTE / SALAS OPERACIONIAS E SALAS TÉCNICAS – CORTE 1
209 DE-4.16.01.00/2B2-315 C
– PARTE 1
POÇO SUL, POÇO NORTE / SALAS OPERACIONIAS E SALAS TÉCNICAS – CORTE 1
210 DE-4.16.01.00/2B2-316 B
– PARTE 2
TÚNEL DE LIGAÇÃO, TÚNEL DE CONEXÃO E CORPO DA ESTAÇÃO – CORTES 11,
211 DE-4.16.01.00/2B2-326 B
12, 13 E 14
212 DE-4.16.01.00/4A1-401 B GERAL-MET.CONSTUT.E SEQ. DE EXECUÇÃO -2ª ETAPA-PLANTAS, CORTES
213 DE-4.16.01.00/4B3-001 0 IMPLANTAÇÃO
214 DE-4.16.01.00/4B3-002 0 ACESSO NORTE – AMPLIAÇÃO SANITÁRIO E SALA DISPONÍVEL
215 DE-4.16.01.00/4B3-003 0 ACESSO TERMINAL DE ÔNIBUS – ACESSO SUL

PLANTA NÍVEL 725,04 – ACESSO NORTE E ACESSO TERMINAL – SALAS


216 DE-4.16.01.00/4B3-004 0
OPERACIONAIS E BLOQUEIOS AMPLIAÇÃO REFEITÓRIO.
217 DE-4.16.01.00/4B3-005 0 AMPLIAÇÃO SANITÁRIOS E VESTIÁRIOS FUNCIONÁRIOS – NÍVEL 725,40
ACESSO SUL E SAÍDA DE EMERGÊNCIA - TÚNEL DE LIGAÇÃO – AMPLIAÇÃO
218 DE-4.16.01.00/4B3-006 0
SANITÁRIO DEFICIENTE
219 DE-4.16.01.00/4B3-007 0 PLANTA NÍVEL 718,18 – INTERMEDIÁRIO E PASSARELA
220 DE-4.16.01.00/4B3-008 0 PLANTA NÍVEL PLATAFORMA
221 DE-4.16.01.00/4B3-009 0 PLATAFORMA – NÍVEL 707,68 – PLANTA PORÃO DE CABOS – NÍVEL 703,96
PLANTA PORÃO DE CABOS – NÍVEL 736,88 – PLANTAS SALAS TÉCNICAS - NÍVEL
222 DE-4.16.01.00/4B3-010 0
740,11
223 DE-4.16.01.00/4B3-011 0 PLANTA COBERTURA – DETALHE CAIXA D´ÁGUA
224 DE-4.16.01.00/4B3-012 0 ELEVAÇÃO SALAS TÉCNICAS E ACESSO NORTE
225 DE-4.16.01.00/4B3-013 0 CORTE 1 – PARTE 1 – PASSARELA
226 DE-4.16.01.00/4B3-014 0 CORTE 1 – PARTE 2 – POÇO MORUMBI E ACESSO NORTE
227 DE-4.16.01.00/4B3-015 0 CORTE 6 – 7 – POÇO SUL – ACESSO SUL
228 DE-4.16.01.00/4B3-016 0 CORTES 8 – 9 – 10 – POÇO SUL – TÚNEL DE LIGAÇÃO/ACESSO TERMINAL
229 DE-4.16.01.00/4B3-017 0 CORTE 2 – POÇO MORUMBI
230 DE-4.16.01.00/4B5-001 0 PLANTA ACESSO E TERMINAL DE ÔNIBUS
231 DE-4.16.01.00/4B5-002 0 PLANTA MEZANINO
232 DE-4.16.01.00/4B5-003 0 PLANTA PASSARELA
233 DE-4.16.01.00/4B5-004 0 PLANTA PLATAFORMA
234 DE-4.16.01.00/4B5-005 0 PLANTA PLATAFORMA
235 DE-4.16.01.00/4B5-006 0 PLANTA SALAS TÉCNICAS E PORÃO DE CABOS
236 DE-4.16.01.00/4B5-007 0 CORTE GERAL
237 DE-4.16.01.00/4B5-008 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 1
238 DE-4.16.01.00/4B5-009 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 2
239 DE-4.16.01.00/4B5-010 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 3
240 DE-4.16.01.00/4B5-011 0 DETALHAMENTO GRÁFICO – PARTE 4

PROJ.BÁSICO DE REURBANIZ.-EST.SÃO PAULO-MORUMBI-PAISAGISMO -ACESSOS


241 DE-4.16.01.00/4N3-001 0
NORTE E SUL – IMPLANTAÇÃO,ELEVAÇÕES, DETALHES E TABELAS

PROJ.BÁSICO DE REURBANIZ.-EST.SÃO PAULO-MORUMBI-PAISAGISMO -ACESSOS


242 DE-4.16.01.00/4N3-002 0
1 E 2- ELEVAÇÕES

CORPO DA ESTAÇÃO- FORMAS – PLANTAS NÍVEIS 707,61 (PLATAFORMA) E 705,83


243 DE-4.16.01.01/4J2-302 C
(PORÃO DE CABOS)
244 DE-4.16.01.01/4K1-301 C CORPO DA ESTAÇÃO- ESTRUTURA METÁLICA DO MEZANINO
MEZANINO METÁLICO – LOCALIZAÇÃO E DETALHAMENTO DOS INSERTOS
245 DE-4.16.01.01/5K1-001 0
METÁLICOS
POÇO MORUMBI NORTE – CADASTRO UNIFICADO DAS CONCESSIONÁRIAS
246 DE-4.16.01.02/4D1-401 B
-PLANTA
247 DE-4.16.01.02/4G4-401 A POÇO MORUMBI NORTE –MOVIMENTO DE TERRA-PLANTA,CORTES E DETALHES
POÇO MORUMBI NORTE –SISTEMA DE CONTROLE DE NÍVEL D'ÁGUA-PLANTA E
248 DE-4.16.01.02/4I2-401 C
PERFIL
POÇO MORUMBI NORTE FUNDAÇÕES E DRENAGENS-INSTRUMENTAÇÃO DO
249 DE-4.16.01.02/4I7-401 A
POÇO-PLANTAS E CORTES

POÇO MORUMBI NORTE FUNDAÇÕES E DRENAGENS-INSTRUMENTAÇÃO-


250 DE-4.16.01.02/4I7-402 C
EDIFICAÇÕES LINDEIRAS -PLANTA
251 DE-4.16.01.02/4J2-401 A POÇO MORUMBI NORTE – FORMA -POÇO -REVESTIMENTO PRIMÁRIO E REFORÇO
252 DE-4.16.01.02/4J2-402 B POÇO MORUMBI NORTE – FORMA -PLANTAS
253 DE-4.16.01.02/4J2-403 B POÇO MORUMBI NORTE – FORMAS -CORTE A
254 DE-4.16.01.02/4J2-404 B POÇO MORUMBI NORTE – FORMA -CORTE B
255 DE-4.16.01.02/4K3-401 A COBERTURA METÁLICA DO POÇO-PLANTA DE LOCAÇÃO CORTES E DETALHE
TÚNEL -LIGAÇÃO ACESSO NORTE/ SUL -ESCAVAÇÃO SUBTER. SEQUÊNCIA DE
256 DE-4.16.01.03/4G3-401 C
EXEC. DAS ESCAVAÇÕES 1/2.SEÇÃO. 1º E 2º REBAIXOS

TÚNEL DE LIGAÇÃO ACESSO NORTE/ SUL -ESCAVAÇÃO SUBTERRÂNEA SEÇÕES


257 DE-4.16.01.03/4G3-402 C
DE ESCAVAÇÃO E REVEST.PRIMÁRIO-SEÇÃO TIPO 01

TÚNEL DE ÇLIG. ACESSO NORTE/SUL-IST DE CONTENÇÃO -CAMBOTA TRELIÇADA-


258 DE-4.16.01.03/4H5-401 D
SEÇÃO TIPO1 E NICHO DO ELEVADOR
ACESSO NORTE/SUL – TRATAMENTO DO MACIÇO SEÇÕES TRANSVERSAIS E
259 DE-4.16.01.03/4I3-401 C
LONGITUDINAIS
ACESSO NORTE/SUL – FORMA REVESTIMENTO SECUNDÁRIO – SEÇÕES TIPO 01 E
260 DE-4.16.01.03/4J2-401 C
02
261 DE-4.16.01.04/4H1-401 B VCA-ACESSO NORTE-CONCRETO-ESCORAMENTO-PLANTAS E CORTES
VCA-ACESSO NORTE-CONCRETO-FORMAS-NÍVEL 730,04(TÉRREO) -DETALHE DOS
262 DE-4.16.01.04/4J2-401 B
BLOCOS
VCA-ACESSO NORTE-CONCRETO-FORMAS-NÍVEL 724,74(MEZANINO SUPERIOR)-
263 DE-4.16.01.04/4J2-402 B
DETALHE DOS BLOCOS
264 DE-4.16.01.04/4J2-403 B VCA-ACESSO NORTE-CONCRETO-PLANTA DE LOCAÇÃO DAS ESTACAS
265 DE-4.16.01.04/4J2-404 B VCA-ACESSO NORTE-CONCRETO-FORMAS – CORTES AA/BB

SALAS TEC. ACESSO NORTE-FORMAS-NÍVEL 736,81-PORÃO DE CABOS; 740,04-


266 DE-4.16.01.05/4J2-401 B
SALAS TEC ; NÍVEL 743,81-COBERTURA

SALAS TEC. ACESSO NORTE-COBERTURA METÁLICA DAS SALAS TEC.-PLANTA E


267 DE-4.16.01.05/4K3-401 A
LOCAÇÃO, CORTES E DETALHES
SALAS TEC. ACESSO NORTE-COBERTURA METÁLICA DO TERMINAL -PLANTA DE
268 DE-4.16.01.05/4K3-402 A
LOCAÇÃO E CORTES
TÚNEL DE LIG.MORUMBI-COBERTURA METÁLICA DO ACESSO-PLANTA DE
269 DE-4.16.01.05/4K3-403 0
LOCAÇÃO E CORTES
TÚNEL-LIGAÇÃO ACESSO SUL/NORTE ESCAVAÇÃO SUBTERRÂNEA
270 DE-4.16.01.06/4G3-401 B
SEQ.EXEC.DAS ESCAVAÇÕES-SEÇÕES TRANSV. E LONGIT.

TÚNEL DE LIGAÇÃO ACESSO SUL/NORTE SIST.CONTENÇÃO-CAMBOTA


271 DE-4.16.01.06/4H5-401 A
TRELIÇADA-ELEVAÇÕES E DETALHES
TÚNEL DE LIGAÇÃO ACESSO SUL/NORTE -FORMA -REVESTIMENTO
272 DE-4.16.01.06/4J2-401 B
PRIMÁRIO/SECUNDÁRIO-CORTES
273 DE-4.16.01.08/4J2-302 B POÇO MORUMBI SUL – FORMAS – CORTES A, B ,C D, F, G, E H
274 DE-4.16.01.08/4J2-303 B POÇO MORUMBI SUL – FORMAS – PLANTAS
275 DE-4.16.01.10/4H1-401 0 VCA-ACESSO SUL-ESTRUT.DE CONTENÇÃO DO VCA-PLANTA E CORTES -

ÁREAS DE INTERFERÊNCIAS À SEREM REMANEJADAS- CONSTRUÇÃO-TERML


276 DE-4.18.00.00/3D2-001 0
ÔNIBUS E AC.HEITOR PRAZERES
277 DE-4.18.00.00/4I5-601 A DRENAGEM SUPERFICIAL -2ª ETAPA – PLANTA 1/3
278 DE-4.18.00.00/4I5-602 A DRENAGEM SUPERFICIAL -2ª ETAPA – PLANTA 2/3
279 DE-4.18.00.00/4I5-603 A DRENAGEM SUPERFICIAL -2ª ETAPA – PLANTA 3/3
280 DE-4.18.00.00/4I5-604 0 DRENAGEM SUPERFICIAL -2ª ETAPA – PATIO VIAS 2 ETAPA PERFIL...
GALERIAS ELÉTRICAS, BANCOS DE DUTOS E CAIXAS DE PASSAGEM ÁEREA
281 DE-4.18.00.00/6J6-003 B
EXTERNA IMPLANTAÇÃO
282 DE-4.18.00.00/6U5-690 E CONJUNTO DO PARA-CHOQUE TIPO CAIXÃO DE AREIA
283 DE-4.18.00.81/4B2-001 0 GERAL – ACABAMENTOS E RELAÇÃO DE FOLHAS
284 DE-4.18.00.81/4B2-002 0 GERAL – IMPLANTAÇÃO
285 DE-4.18.00.81/4B2-003 0 NÍVEL AV. ELISEU DE ALMEIDA – PLANTA PASSARELA E ACESSOS
286 DE-4.18.00.81/4B2-004 0 NÍVEL AV. ELISEU DE ALMEIDA – PLANTA PASSARELA E ACESSOS A EIXO C
287 DE-4.18.00.81/4B2-005 0 NÍVEL ESTACIONAMENTO DE TRENS – PLANTA DA PASSARELA A EIXO E
288 DE-4.18.00.81/4B2-006 0 NÍVEL ESTACIONAM. TRENS – PLANTA DO EIXO E A K
289 DE-4.18.00.81/4B2-007 0 NÍVEL ESTACIONAM. TRENS – PLANTA DO EIXO K A Q
290 DE-4.18.00.81/4B2-008 0 NÍVEL ESTACIONAM. TRENS – PLANTA DO EIXO Q A TA
291 DE-4.18.00.81/4B2-009 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DA PASSARELA
292 DE-4.18.00.81/4B2-010 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DA PASSARELA A EIXO E
293 DE-4.18.00.81/4B2-011 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DO EIXO E A K
294 DE-4.18.00.81/4B2-012 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DO EIXO K A Q
295 DE-4.18.00.81/4B2-013 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DO EIXO Q A TA – PARTE 01
296 DE-4.18.00.81/4B2-014 0 NÍVEL PASSARELA – PLANTA DO EIXO Q A TA – PARTE 02
297 DE-4.18.00.81/4B2-015 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA PASSARELA COBERTURA
298 DE-4.18.00.81/4B2-016 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA PASSARELA COBERTURA A EIXO E
299 DE-4.18.00.81/4B2-017 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA EIXO E A K
300 DE-4.18.00.81/4B2-018 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA EIXO K A Q
301 DE-4.18.00.81/4B2-019 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA EIXO Q A TA – PARTE 1
302 DE-4.18.00.81/4B2-020 0 NÍVEL TERMINAL DE ONIBUS – PLANTA EIXO Q A TA – PARTE 2
303 DE-4.18.00.81/4B2-021 0 NÍVEL COBERTURA – PLANTA DA PASSARELA A EIXO E
304 DE-4.18.00.81/4B2-022 0 NÍVEL COBERTURA– PLANTA DO EIXO E A K
305 DE-4.18.00.81/4B2-023 0 NÍVEL COBERTURA – PLANTA DO EIXO K A Q
306 DE-4.18.00.81/4B2-024 0 CORTE TRANSVERSAL – CORTE AA, BB E CORTE PARCIAL GG
307 DE-4.18.00.81/4B2-025 0 CORTE TRANSVERSAL – CORTE CC E DD
308 DE-4.18.00.81/4B2-026 0 CORTE LONGITUDINAL – CORTE EE
309 DE-4.18.00.81/4B2-027 0 GERAL – ELEVAÇÃO 04
310 DE-4.18.00.81/4B2-028 0 GERAL – ELEVAÇÕES 03 E CORTE PARCIAL FF
311 DE-4.18.00.81/4B2-029 0 GERAL – ELEVAÇÃO 02
312 DE-4.18.00.81/4B2-030 0 RESERVATÓRIO DE ÁGUA – PLANTAS, CORTES E ELEVAÇÃO
313 DE-4.18.00.81/4B2-031 0 CORTE LONGITUDINAL – CORTE HH-A E HH-B
314 DE-4.18.00.81/4B2-032 0 CORTE LONGITUDINAL – CORTE PARCIAL II-A E II-B
315 DE-4.18.00.81/4B2-033 0 CORTE LONGITUDINAL – CORTE PARCIAL JJ-A, JJ-B, KK-A E KK-B
316 DE-4.18.00.81/4B2-034 0 CORTE LONGITUDINAL – CORTE PARCIAL LL,MM-A E MM-B
SONDAGEM À PERCURSÃO E SONDAGEM MISTA – PLANTA LOCAÇÃO E SEÇÕES
317 DE-4.18.00.81/4C3-001 0
GEOL-GEOTÉC.
318 DE-4.18.00.81/4D1-001 0 GERAL – INTERFERÊNCIA – CADASTRO
319 DE-4.18.00.81/4D1-002 0 GERAL – INTERFERÊNCIA – CADASTRO
320 DE-4.18.00.81/4D2-001 0 GERAL – INTERFERÊNCIA – REMANEJAMENTO
321 DE-4.18.00.81/4D2-002 0 GERAL – INTERFERÊNCIA – REMANEJAMENTO
322 DE-4.18.00.81/4F4-001 0 NÍVEL TERMIINAL – PAVIMENTO – EIXOS A ATÉ E
323 DE-4.18.00.81/4F4-002 0 NÍVEL TERMIINAL – PAVIMENTO – EIXOS E ATÉ K
324 DE-4.18.00.81/4F4-003 0 NÍVEL TERMIINAL – PAVIMENTO – EIXOS K ATÉ Q
325 DE-4.18.00.81/4F4-004 0 NÍVEL TERMIINAL – PAVIMENTO – EIXOS Q ATÉ TA
326 DE-4.18.00.81/4I1-001 0 NIVEL EILSEU DE ALMEIDA – LOCAÇÃO DE ESTACAS – PASSARELA
327 DE-4.18.00.81/4I1-002 0 NIVEL EILSEU DE ALMEIDA – LOCAÇÃO DE ESTACAS – PASSARELA
328 DE-4.18.00.81/4I1-003 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – LOCAÇÃO DE ESTACAS – TERMINAL
329 DE-4.18.00.81/4I1-004 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – LOCAÇÃO DE ESTACAS – TERMINAL
330 DE-4.18.00.81/4I1-005 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – LOCAÇÃO DE ESTACAS – TERMINAL
331 DE-4.18.00.81/4I1-006 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – LOCAÇÃO DE ESTACAS – TERMINAL
332 DE-4.18.00.81/4I1-007 0 NÍVEL ELISEU DE ALMEIDA – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – PASSARELA
333 DE-4.18.00.81/4I1-008 0 NÍVEL ELISEU DE ALMEIDA – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – PASSARELA
334 DE-4.18.00.81/4I1-009 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – TERMINAL – EIXOS A A G
335 DE-4.18.00.81/4I1-010 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – TERMINAL – EIXOS G A K
336 DE-4.18.00.81/4I1-011 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – TERMINAL – EIXOS K A Q
337 DE-4.18.00.81/4I1-012 0 NÍVEL ESTAC.TRENS – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – TERMINAL – EIXOS Q A TA
338 DE-4.18.00.81/4J2-001 0 NÍVEL ELISEU DE ALMEIDA – FORMAS – PASSARELA
339 DE-4.18.00.81/4J2-002 0 NÍVEL ELISEU DE ALMEIDA – FORMAS – PASSARELA
NÍVEL ESTAC.TRENS / PLATAFORMAS – FORMAS DAS PLATAFORMAS – EIXOS A
340 DE-4.18.00.81/4J2-003 0
ATÉ E
NÍVEL ESTAC.TRENS / PLATAFORMAS – FORMAS DAS PLATAFORMAS – EIXOS E
341 DE-4.18.00.81/4J2-004 0
ATÉ K
NÍVEL ESTAC.TRENS / PLATAFORMAS – FORMAS DAS PLATAFORMAS – EIXOS K
342 DE-4.18.00.81/4J2-005 0
ATÉ Q
NÍVEL ESTAC.TRENS / PLATAFORMAS – FORMAS DAS PLATAFORMAS – EIXOS Q
343 DE-4.18.00.81/4J2-006 0
ATÉ TA
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL PASSARELA – FORMAS – EIXOS A
344 DE-4.18.00.81/4J2-007 0
ATÉ E
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL PASSARELA – FORMAS – EIXOS E
345 DE-4.18.00.81/4J2-008 0
ATÉ K
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL PASSARELA – FORMAS – EIXOS K
346 DE-4.18.00.81/4J2-009 0
ATÉ Q
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL PASSARELA – FORMAS – EIXOS Q
347 DE-4.18.00.81/4J2-010 0
ATÉ TA
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL TERMINAL – FORMAS – EIXOS A ATÉ
348 DE-4.18.00.81/4J2-011 0
E
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL TERMINAL – FORMAS – EIXOS E ATÉ
349 DE-4.18.00.81/4J2-012 0
K
350 DE-4.18.00.81/4J2-013 0 PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL TERMINAL – FORMAS – EIXOS K ATÉ
Q
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – NÍVEL TERMINAL – FORMAS – EIXOS Q ATÉ
351 DE-4.18.00.81/4J2-014 0
TA
352 DE-4.18.00.81/4J2-015 0 PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – FORMAS ESCADAS
353 DE-4.18.00.81/4J2-016 0 PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – FORMAS ESCADAS
354 DE-4.18.00.81/4J2-017 0 PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – FORMAS CX D'AGUA ELEVADA
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – CORTE TRANSVERSAL –
355 DE-4.18.00.81/4J2-018 0
TERMINAL
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – CORTE LONGITUDINAL – EIXOS A
356 DE-4.18.00.81/4J2-019 0
ATÉ E
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – CORTE LONGITUDINAL – EIXOS E
357 DE-4.18.00.81/4J2-020 0
ATÉ K
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – CORTE LONGITUDINAL – EIXOS K
358 DE-4.18.00.81/4J2-021 0
ATÉ Q
PROJ.BÁSICO CIVIL TERML. V.SÔNIA – GERAL – CORTE LONGITUDINAL – EIXOS Q
359 DE-4.18.00.81/4J2-022 0
ATÉ TA
NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – PLANTA COBERTURA – TERÇAS – EIXOS A
360 DE-4.18.00.81/4K3-001 0
AO Q
361 DE-4.18.00.81/4K3-002 0 NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – PLANTA COBERTURA – EIXOS A AO Q
NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – PLANTA DA CORDA INTERIOR – EIXOS A AO
362 DE-4.18.00.81/4K3-003 0
Q
NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – CORTE TRANSV. DOS ARCOS 1, CORTE
363 DE-4.18.00.81/4K3-004 0
LONGIT. DA VM1 E DETALHES

NÍVEL PASSARELA – ESTRUT.METÁLICA – COBERT. PASSAR. ACESSO – PLANTA


364 DE-4.18.00.81/4K3-005 0
TERÇAS E DETALHES
NÍVEL PASSARELA – ESTRUT.METÁLICA – COBERT. PASSAR. ACESSO – PLANTA
365 DE-4.18.00.81/4K3-006 0
VIGAS E DETALHES
NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – CORTE TRANSV. DOS ARCOS 1A E CORTE
366 DE-4.18.00.81/4K3-007 0
LONGIT. DA VM2
367 DE-4.18.00.81/4K3-008 0 NÍVEL COBERTURA – TERM.ONIBUS – CORTE LONGITUDINAL DA VM3
368 DE-4.18.00.81/4N2-001 0 GERAL – PAISAGISMO
369 DE-4.18.01.00/4B2-601 0 OFICINA DE MANUTENÇÃO PL.PAV.TERREO E MEZANINO
370 DE-4.18.01.00/4B2-602 0 OFICINA DE MANUTENÇÃOCORTES AA, BB, CC
371 DE-4.18.01.00/4B2-603 0 OFICINA DE MANUTENÇÃO ELEVAÇÕES 1 A 4
372 DE-4.18.01.00/4B3-601 0 BLOCO A-VALAS DE MANUTENÇÃO – PLANTAS
373 DE-4.18.01.00/4B3-602 0 BLOCO A-ELEVAÇÕES
374 DE-4.18.01.00/4B3-603 0 BLOCO A-CORTES
375 DE-4.18.01.00/4B3-604 0 BLOCO A-SALAS TÉCNICAS – PLANTAS LAYOUT DO TÉRREO
376 DE-4.18.01.00/4B3-605 0 BLOCO A-SALAS TÉCNICAS – PLANTAS LAYOUT DO MEZANINO
377 DE-4.18.01.00/4J2-501 0 BLOCO A - OFICINA DE MANUTENÇÃO – FORMAS DAS FUNDAÇÕES – 1ª ETAPA
BLOCO A - OFICINA DE MANUTENÇÃO – FORMAS NÍVEIS 743,50 E 747,80 – 1ª
378 DE-4.18.01.00/4J2-502 0
ETAPA
379 DE-4.18.01.00/4J2-503 0 BLOCO A - OFICINA DE MANUTENÇÃO – FORMAS – 1ª ETAPA
380 DE-4.18.01.00/4J2-504 0 BLOCO A - OFICINA DE MANUTENÇÃO – FORMAS – BRISES – 1ª ETAPA
381 DE-4.18.01.00/4J2-505 0 BLOCO A - OFICINA DE MANUTENÇÃO – CORTES – 1ª ETAPA
382 DE-4.18.02.00/4B2-201 0 BLOCO B/M PLANTA NÍVEL 731,35 (1º GARAGEM)
383 DE-4.18.02.00/4B2-202 0 BLOCOS B/M PLANTA NÍVEL 734.95 (2º GARAGEM)
384 DE-4.18.02.00/4B2-203 0 BLOCOS B/M PLANTA NÍVEL TÉRREO (NÍVEL DO PÁTIO)
385 DE-4.18.02.00/4B2-204 0 BLOCOS B/M PLANTA NÍVEL 742,90
386 DE-4.18.02.00/4B2-205 0 BLOCOS B/M CORTE BB
387 DE-4.18.02.00/4B2-206 0 BLOCOS B/M CORTE DD
388 DE-4.18.02.00/4B2-207 0 BLOCOS B/M CORTES AA CC
389 DE-4.18.02.00/4B3-601 0 BLOCO BM-PLANTA NÍVEL 731,35
390 DE-4.18.02.00/4B3-602 0 BLOCO BM-PLANTA NÍVEL 734,95
391 DE-4.18.02.00/4B3-603 0 BLOCO BM-PLANTA NÍVEL 738,60
392 DE-4.18.02.00/4B3-604 0 BLOCO BM-PLANTA NÍVEL 742,90
393 DE-4.18.02.00/4B3-605 0 BLOCO BM-SANITÁRIOS E VESTIÁRIOS FEMININOS E MASCULINOS
394 DE-4.18.02.00/4B3-606 0 BLOCO BM-ELEVAÇÕES E PLANTA DE COBERTURA DE VIDRO
395 DE-4.18.02.00/4B3-607 0 BLOCO BM-CORTES
396 DE-4.18.02.00/4J2-301 A IMPLANTAÇÃO DA CAIXA DE ELEVADOR ADICIONAL DA FASE II – FORMAS
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – LOCAÇÃO DE
397 DE-4.18.02.00/4J2-501 0
ESTACAS
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS NÍVEL
398 DE-4.18.02.00/4J2-502 0
731,35
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS NÍVEL
399 DE-4.18.02.00/4J2-503 0
734,85
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS NÍVEL
400 DE-4.18.02.00/4J2-504 0
DO PÁTIO
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS NÍVEL
401 DE-4.18.02.00/4J2-505 0
742,80
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS
402 DE-4.18.02.00/4J2-506 0
COBERTURA (746,35)
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS CORTES
403 DE-4.18.02.00/4J2-507 0
AEB
BLOCOS B/M – ADMINISTRAÇÃO / VESTIÁRIO – AMBULATÓRIO – FORMAS CORTES
404 DE-4.18.02.00/4J2-508 0
CED
BLOCOS B/M – ESTUDO IMPLANTAÇÃO DO NOVO ELEVADOR – PLANTA NÍVEL
405 DE-4.18.02.01/4B2-301 0
731,35(2ºSUBSOLO) – PLANTA NÍVEL 734,95(1ºSUBSOLO)

BLOCOS B/M – ESTUDO DE IMPLANTAÇÃO DO NOVO ELEVADOR – PLANTA NÍVEL


406 DE-4.18.02.01/4B2-302 0
TÉRREO 739,25 (NÍVEL DO PÁTIO) – PLANTA NÍVEL 742,90

BLOCOS B/M – ESTUDO DE IMPLANTAÇÃO DO NOVO ELEVADOR – CORTE 1 –


407 DE-4.18.02.01/4B2-303 0
LONGITUDINAL / CORTE 2 – TRANSVERSAL
408 DE-4.18.06.00/3B2-601 0 PLANTA PAV.TERREO E MEZANINO
409 DE-4.18.06.00/3B2-602 0 CORTES AA, BB, CC, ELEVAÇÕES 1 A 4
BLOCO F-ALMOXARIFADO – PAVIMENTO TÉRREO E MEZANINO PLANTAS E
410 DE-4.18.06.00/4B3-601 0
AMPLIAÇÕES
411 DE-4.18.06.00/4B3-602 0 BLOCO F-ALMOXARIFADO – CORTES
412 DE-4.18.06.00/4B3-603 0 BLOCO F-ALMOXARIFADO – ELEVAÇÕES 1E2
413 DE-4.18.06.00/4B3-604 0 BLOCO F-ALMOXARIFADO – ELEVAÇÕES 3E4
414 ET-4.00.00.00/3B3-601 A VEDAÇÕES
415 ET-4.00.00.00/3B3-603 A PISOS REVESTIDOS COM BORRACHA
416 ET-4.00.00.00/3B3-605 A PISOS REVESTIDOS COM CERÂMICA
417 ET-4.00.00.00/3B3-607 A PISOS REVESTIDOS COM PEDRAS NATURAIS
418 ET-4.00.00.00/3B3-609 A PISOS REVESTIDOS COM VINIL
419 ET-4.00.00.00/3B3-611 0 REVESTIMENTOS DE PISOS DE ALTA RESISTENCIA
420 ET-4.00.00.00/3B3-613 0 PISOS DE TACOS DE MADEIRA
421 ET-4.00.00.00/3B3-615 A REVESTIMENTO VERTICAL COM AZULEJOS
422 ET-4.00.00.00/3B3-617 A REVESTIMENTOS VERTICAIS COM CERÂMICAS ESMALTADAS
423 ET-4.00.00.00/3B3-619 A TRATAMENTOS E PINTURAS
424 ET-4.00.00.00/3B3-621 A ESQUADRIAS
425 ET-4.00.00.00/3B3-623 A PAINÉIS DE VIDRO E POLICARBONATO
426 ET-4.00.00.00/3B3-625 A PLANO GERAL DE FERAGENS E MESTRAGEM
427 ET-4.00.00.00/3C2-601 0 SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS
428 ET-4.00.00.00/3C9-601 0 DEMOLIÇÕES
429 ET-4.00.00.00/3D2-601 0 REMANEJAMENTO DE UTILIDADES PÚBLICAS
430 ET-4.00.00.00/3F4-601 0 PAVIMENTAÇÃO
431 ET-4.00.00.00/3F6-601 0 SINALIZAÇÃO E DESVIO DE TRÁFEGO
432 ET-4.00.00.00/3G1-601 0 JAZIDAS, ARMAZÉNS E BOTA-FORA
433 ET-4.00.00.00/3G3-602 0 TÚNEIS EM NATM
434 ET-4.00.00.00/3G5-601 0 DESMONTE DE ROCHA COM EXPLOSIVO
435 ET-4.00.00.00/3G6-601 0 CORTES E ATERROS
436 ET-4.00.00.00/3H1-601 0 PAREDE DIAFRAGMA
437 ET-4.00.00.00/3H1-602 0 TIRANTES EM SOLO
438 ET-4.00.00.00/3H1-605 0 TIRANTES OU CHUMBADORES EM ROCHA
439 ET-4.00.00.00/3H1-607 0 ESCAVAÇÕES A CÉU ABERTO
440 ET-4.00.00.00/3I1-601 0 FUNDAÇÕES
441 ET-4.00.00.00/3I2-601 0 REBAIXAMENTO E CONTROLE DA ÁGUA SUBTERRÂNEA
442 ET-4.00.00.00/3I3-601 0 ENFILAGENS PARA TÚNEIS
443 ET-4.00.00.00/3I3-603 0 COLUNAS DE SOLO-CIMENTO
444 ET-4.00.00.00/3I5-601 0 DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS
445 ET-4.00.00.00/3I7-601 A INSTRUMENTAÇÃO
446 ET-4.00.00.00/3J4-601 0 REVESTIMENTO EM CONCRETO PROJETADO
447 ET-4.00.00.00/3J4-603 0 CONCRETO CONVENCIONAL ARMADO OU PROTENDIDO
448 ET-4.00.00.00/3J4-605 0 EDIFICAÇÕES
449 ET-4.00.00.00/3J5-601 0 CONCRETO PRÉ-MOLDADO
450 ET-4.00.00.00/3K1-601 0 ESTRUTURAS METÁLICAS
451 ET-4.00.00.00/3M1-601 0 SISTEMAS IMPERMEABILIZANTES
452 ET-4.00.00.00/3W9-601 0 SONDAGENS E ENSAIOS GEOTÉCNICOS
453 ET-9.00.00.00/3N3-001 A DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE URBANISMO E PAISAGISMO

SERV. COMPLEMENTARES DE REMANEJ. INTERF.: TERML. ROD. VILA SÔNIA;


454 IC-4.00.00.00/3A0-601 0
ACESSO HEITOR PRAZERES; ESTR.METÁLICAS DE MEZANINO
455 IC-4.00.00.00/3A0-602 0 PLANO DE GARANTIA DA QUALIDADE
456 IC-4.00.00.00/3A0-603 0 PLANO DE AVALIAÇÃO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

DIRETRIZES PARA OS PROJETOS EXECUTIVOS DE ARQUITETURA/ACABAMENTO


457 IC-4.00.00.00/3B3-601 0
E COMUNICAÇÃO VISUAL
458 IC-4.00.00.00/3B3-603 0 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE AQUITETURA
459 IC-4.00.00.00/3C4-601 0 INSTALAÇÃO DE CANTEIROS DE OBRAS
460 IC-4.00.00.00/3C9-601 0 ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO
461 IC-4.00.00.00/3C9-603 0 SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO EM OBRAS SUBTERRÂNESAS
462 IC-4.00.00.00/3F6-601 0 DIRETRIZES PARADESVIO DE TRÁFEGO
463 IC-4.00.00.00/3G3-601 0 ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA-ATO
464 IC-4.00.00.00/3G9-601 0 DIRETRIZES PARA O PROJETO DE TÚNEIS
DIRETRIZES PARA O CÁLCULO DAS OBRAS EXECUTADAS PELO MÉTODO DA
465 IC-4.00.00.00/3H9-601 0
TRINCHEIRA
466 IC-4.00.00.00/3N4-601 A CONTROLE DE IMPACTOS AO MEIO AMBIENTE
467 IC-9.00.00.00/3E4-001 0 PERÍCIAS CAUTELARES E INDENIZATÓRIAS
468 IP-4.00.00.00/3A0-602 0 “AS BUILT” - COMO CONSTRUÍDO
PROCEDIMENTO PARA DIMENSIONAMENTO DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS –
469 IP-4.00.00.00/3F4-601 0
MÉTODO DA RESILIÊNCIA
470 IP-4.00.00.00/3F4-602 0 DIMENSIONAMENTO DE PAVIMENTOS SEMI-RÍGIDOS - MÉTODO DA RESILIÊNCIA
471 IP-4.00.00.00/3I5-601 0 INSTRUÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE DRENAGEM SUPERFÍCIAL
472 IP-9.00.00.00/1N3-001 A DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE URBANIZAÇÃO E PAISAGISMO
DIRETRIZES P/ ELABORAÇÃO DE DOCUM. TÉC DE
473 IP-9.00.00.00/3A0-001 2
ENG.CIVIL/ARQUIT/GEOTECN/TOPOGRAF/DESPROPR. E VIA PERMANENTE
474 IP-9.00.00.00/3Z0-002 A DIRETRIZES ELABORAÇÃO LAY OUT SALAS TÉCNICAS

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVOS DE INFRA -


475 IP-9.00.00.00/3Z0-003 C
ESTRUTURA PARA INSTALAÇÃO DE SISTEMAS
476 LM-9.00.00.00/3B3-001 0 DIRETRIZES DE MATERIAIS DE ACABAMENTOS UTILIZADOS NA REDE BÁSICA
477 OR-4.18.00.81/4A9-001 0 TERMINAL VILA SÔNIA – PROJETO BÁSICO ACABAMENTO
478 PP-9.00.00.00/5B3-020 B PROJETO PADRÃO
479 PP-9.00.00.00/5B3-021 0 PROJETO PADRÃO
480 PP-9.00.00.00/5B3-022 B PROJETO PADRÃO
481 PP-9.00.00.00/5B3-023 A PROJETO PADRÃO
482 PP-9.00.00.00/5B3-024 0 PROJETO PADRÃO
483 PP-9.00.00.00/5B3-025 C PROJETO PADRÃO
484 PP-9.00.00.00/5B3-026 0 PROJETO PADRÃO
485 PP-9.00.00.00/5B3-027 A PROJETO PADRÃO
486 PP-9.00.00.00/5B3-028 C PROJETO PADRÃO
487 PP-9.00.00.00/5B3-1000 A PROJETO PADRÃO
488 PP-9.00.00.00/5B3-1016 A PROJETO PADRÃO
489 PP-9.00.00.00/5B3-1017 0 PROJETO PADRÃO
490 PP-9.00.00.00/5B3-1018 0 PROJETO PADRÃO
491 PP-9.00.00.00/5B3-1019 0 PROJETO PADRÃO
492 PP-9.00.00.00/5B3-1020 0 PROJETO PADRÃO
493 PP-9.00.00.00/5B3-1021 B PROJETO PADRÃO
494 PP-9.00.00.00/5B3-1022 0 PROJETO PADRÃO
495 PP-9.00.00.00/5B3-150 A PROJETO PADRÃO
496 PP-9.00.00.00/5B3-151 0 PROJETO PADRÃO
497 PP-9.00.00.00/5B3-152 B PROJETO PADRÃO
498 PP-9.00.00.00/5B3-153 B PROJETO PADRÃO
499 PP-9.00.00.00/5B3-154 C PROJETO PADRÃO
500 PP-9.00.00.00/5B3-155 0 PROJETO PADRÃO
501 PP-9.00.00.00/5B3-156 B PROJETO PADRÃO
502 PP-9.00.00.00/5B3-157 B PROJETO PADRÃO
503 PP-9.00.00.00/5B3-158 B PROJETO PADRÃO
504 PP-9.00.00.00/5B3-161 0 PROJETO PADRÃO
505 PP-9.00.00.00/5B3-162 0 PROJETO PADRÃO
506 PP-9.00.00.00/5B3-163 0 PROJETO PADRÃO
507 PP-9.00.00.00/5B3-251 A PROJETO PADRÃO
508 PP-9.00.00.00/5B3-253 A PROJETO PADRÃO
509 PP-9.00.00.00/5B3-254 C PROJETO PADRÃO
510 PP-9.00.00.00/5B3-255 B PROJETO PADRÃO
511 PP-9.00.00.00/5B3-257 B PROJETO PADRÃO
512 PP-9.00.00.00/5B3-262 E PROJETO PADRÃO
513 PP-9.00.00.00/5B3-266 B PROJETO PADRÃO
514 PP-9.00.00.00/5B3-267 0 PROJETO PADRÃO
515 PP-9.00.00.00/5B3-268 0 PROJETO PADRÃO
516 PP-9.00.00.00/5B3-270 0 PROJETO PADRÃO
517 PP-9.00.00.00/5B3-271 0 PROJETO PADRÃO
518 PP-9.00.00.00/5B3-272 A PROJETO PADRÃO
519 PP-9.00.00.00/5B3-273 0 PROJETO PADRÃO
520 PP-9.00.00.00/5B3-274 0 PROJETO PADRÃO
521 PP-9.00.00.00/5B3-277 0 PROJETO PADRÃO
522 PP-9.00.00.00/5B3-279 0 PROJETO PADRÃO
523 PP-9.00.00.00/5B3-280 C PROJETO PADRÃO
524 PP-9.00.00.00/5B3-281 D PROJETO PADRÃO
525 PP-9.00.00.00/5B3-282 B PROJETO PADRÃO
526 PP-9.00.00.00/5B3-283 0 PROJETO PADRÃO
527 PP-9.00.00.00/5B3-284 0 PROJETO PADRÃO
528 PP-9.00.00.00/5B3-285 0 PROJETO PADRÃO
529 PP-9.00.00.00/5B3-286 A PROJETO PADRÃO
530 PP-9.00.00.00/5B3-287 A PROJETO PADRÃO
531 PP-9.00.00.00/5B3-288 A PROJETO PADRÃO
532 PP-9.00.00.00/5B3-289 A PROJETO PADRÃO
533 PP-9.00.00.00/5B3-290 A PROJETO PADRÃO
534 PP-9.00.00.00/5B3-291 A PROJETO PADRÃO
535 PP-9.00.00.00/5B3-293 A PROJETO PADRÃO
536 PP-9.00.00.00/5B3-294 A PROJETO PADRÃO
537 PP-9.00.00.00/5B3-297 A PROJETO PADRÃO
538 PP-9.00.00.00/5B3-298 A PROJETO PADRÃO
539 PP-9.00.00.00/5B3-299 A PROJETO PADRÃO
540 PP-9.00.00.00/5B3-300 A PROJETO PADRÃO
541 PP-9.00.00.00/5B3-301 B PROJETO PADRÃO
542 PP-9.00.00.00/5B3-302 A PROJETO PADRÃO
543 PP-9.00.00.00/5B3-305 0 PROJETO PADRÃO
544 PP-9.00.00.00/5B3-306 0 PROJETO PADRÃO
545 PP-9.00.00.00/5B3-307 0 PROJETO PADRÃO
546 PP-9.00.00.00/5B3-308 0 PROJETO PADRÃO
547 PP-9.00.00.00/5B3-309 0 PROJETO PADRÃO
548 PP-9.00.00.00/5B3-310 0 PROJETO PADRÃO
549 PP-9.00.00.00/5B3-311 A PROJETO PADRÃO
550 PP-9.00.00.00/5B3-312 A PROJETO PADRÃO
551 PP-9.00.00.00/5B3-313 0 PROJETO PADRÃO
552 PP-9.00.00.00/5B3-314 0 PROJETO PADRÃO
553 PP-9.00.00.00/5B3-315 0 PROJETO PADRÃO
554 PP-9.00.00.00/5B3-316 0 PROJETO PADRÃO
555 PP-9.00.00.00/5B3-317 0 PROJETO PADRÃO
556 PP-9.00.00.00/5B3-318 0 PROJETO PADRÃO
557 PP-9.00.00.00/5B3-319 0 PROJETO PADRÃO
558 PP-9.00.00.00/5B3-320 0 PROJETO PADRÃO
559 PP-9.00.00.00/5B3-321 0 PROJETO PADRÃO
560 PP-9.00.00.00/5B3-322 0 PROJETO PADRÃO
561 PP-9.00.00.00/5B3-323 0 PROJETO PADRÃO
562 PP-9.00.00.00/5B3-450 A PROJETO PADRÃO
563 PP-9.00.00.00/5B3-451 E PROJETO PADRÃO
564 PP-9.00.00.00/5B3-452 0 PROJETO PADRÃO
565 PP-9.00.00.00/5B3-453 A PROJETO PADRÃO
566 PP-9.00.00.00/5B3-550 A PROJETO PADRÃO
567 PP-9.00.00.00/5B3-552 B PROJETO PADRÃO
568 PP-9.00.00.00/5B3-553 C PROJETO PADRÃO
569 PP-9.00.00.00/5B3-554 B PROJETO PADRÃO
570 PP-9.00.00.00/5B3-600 A PROJETO PADRÃO
571 PP-9.00.00.00/5B3-601 C PROJETO PADRÃO
572 PP-9.00.00.00/5B3-602 0 PROJETO PADRÃO
573 PP-9.00.00.00/5B3-605 0 PROJETO PADRÃO
574 PP-9.00.00.00/5B3-608 B PROJETO PADRÃO
575 PP-9.00.00.00/5B3-609 D PROJETO PADRÃO
576 PP-9.00.00.00/5B3-612 C PROJETO PADRÃO
577 PP-9.00.00.00/5B3-613 0 PROJETO PADRÃO
578 PP-9.00.00.00/5B3-614 A PROJETO PADRÃO
579 PP-9.00.00.00/5B3-615 A PROJETO PADRÃO
580 PP-9.00.00.00/5B3-616 0 PROJETO PADRÃO
581 PP-9.00.00.00/5B3-617 0 PROJETO PADRÃO
582 PP-9.00.00.00/5B3-618 0 PROJETO PADRÃO
583 PP-9.00.00.00/5B3-619 0 PROJETO PADRÃO
584 PP-9.00.00.00/5B3-620 0 PROJETO PADRÃO
585 PP-9.00.00.00/5B3-621 0 PROJETO PADRÃO
586 PP-9.00.00.00/5B3-622 A PROJETO PADRÃO
587 PP-9.00.00.00/5B3-800 0 PROJETO PADRÃO
588 PP-9.00.00.00/5B3-801 A PROJETO PADRÃO
589 PP-9.00.00.00/5B3-802 0 PROJETO PADRÃO
590 PP-9.00.00.00/5B3-803 0 PROJETO PADRÃO
591 PP-9.00.00.00/5B3-809 B PROJETO PADRÃO
592 PP-9.00.00.00/5B3-810 A PROJETO PADRÃO
593 PP-9.00.00.00/5B3-813 0 PROJETO PADRÃO
594 PP-9.00.00.00/5B3-815 0 PROJETO PADRÃO
595 PP-9.00.00.00/5B3-818 0 PROJETO PADRÃO
596 PP-9.00.00.00/5B3-819 0 PROJETO PADRÃO
597 PP-9.00.00.00/5B3-820 A PROJETO PADRÃO
598 PP-9.00.00.00/5B3-821 0 PROJETO PADRÃO
599 PP-9.00.00.00/5B3-822 0 PROJETO PADRÃO
600 PP-9.00.00.00/5B3-823 A PROJETO PADRÃO
601 PP-9.00.00.00/5B3-824 0 PROJETO PADRÃO
602 PP-9.00.00.00/5B3-825 0 PROJETO PADRÃO
603 PP-9.00.00.00/5B3-826 A PROJETO PADRÃO
604 PP-9.00.00.00/5B3-827 0 PROJETO PADRÃO
605 PP-9.00.00.00/5B3-904 B PROJETO PADRÃO
606 PP-9.00.00.00/5B3-906 A PROJETO PADRÃO
607 PP-9.00.00.00/5B3-907 A PROJETO PADRÃO
608 PP-9.00.00.00/5B3-908 A PROJETO PADRÃO
609 PP-9.00.00.00/5B3-909 0 PROJETO PADRÃO
610 PP-9.00.00.00/5B3-911 0 PROJETO PADRÃO
611 PP-9.00.00.00/5B3-912 A PROJETO PADRÃO
612 PP-9.00.00.00/5B3-914 0 PROJETO PADRÃO
613 PP-9.00.00.00/5B3-915 A PROJETO PADRÃO
614 PP-9.00.00.00/5B3-916 B PROJETO PADRÃO
615 PP-9.00.00.00/5B3-918 0 PROJETO PADRÃO
616 PP-9.00.00.00/5B3-922 0 PROJETO PADRÃO
617 PP-9.00.00.00/5B3-923 0 PROJETO PADRÃO
618 PP-9.00.00.00/5B3-924 0 PROJETO PADRÃO
619 PP-9.00.00.00/5B3-926 A PROJETO PADRÃO
620 PP-9.00.00.00/5B3-927 A PROJETO PADRÃO
621 PP-9.00.00.00/5B3-930 0 PROJETO PADRÃO
622 PP-9.00.00.00/5B3-932 0 PROJETO PADRÃO
623 PP-9.00.00.00/5B3-933 0 PROJETO PADRÃO
624 PP-9.00.00.00/5B3-956 C PROJETO PADRÃO
625 PP-9.00.00.00/5B5-017 C PROJETO PADRÃO
626 PP-9.00.00.00/5B5-023 D PROJETO PADRÃO
627 PP-9.00.00.00/5B5-024 D PROJETO PADRÃO
628 PP-9.00.00.00/5B5-025 A PROJETO PADRÃO
629 PP-9.00.00.00/5B5-028 B PROJETO PADRÃO
630 PP-9.00.00.00/5B5-053 0 PROJETO PADRÃO
631 PP-9.00.00.00/6B3-001 I PROJETO PADRÃO
632 PP-9.00.00.00/6B3-002 H PROJETO PADRÃO
633 PP-9.00.00.00/6B3-003 K PROJETO PADRÃO
634 PP-9.00.00.00/6B3-004 E PROJETO PADRÃO
635 PP-9.00.00.00/6B3-005 C PROJETO PADRÃO
636 PP-9.00.00.00/6B3-006 G PROJETO PADRÃO
637 PP-9.00.00.00/6B3-008 0 PROJETO PADRÃO
638 PP-9.00.00.00/6B3-050 G PROJETO PADRÃO
639 PP-9.00.00.00/6B3-053 C PROJETO PADRÃO
640 PP-9.00.00.00/6B3-1012 0 PROJETO PADRÃO
641 PP-9.00.00.00/6B3-1013 B PROJETO PADRÃO
642 PP-9.00.00.00/6B3-1024 K PROJETO PADRÃO
643 PP-9.00.00.00/6B3-1026 0 PROJETO PADRÃO
644 PP-9.00.00.00/6B3-1027 0 PROJETO PADRÃO
645 PP-9.00.00.00/6B3-1028 0 PROJETO PADRÃO
646 PP-9.00.00.00/6B3-1030 G PROJETO PADRÃO
647 PP-9.00.00.00/6B3-1031 0 PROJETO PADRÃO
648 PP-9.00.00.00/6B3-1032 A PROJETO PADRÃO
649 PP-9.00.00.00/6B3-1033 C PROJETO PADRÃO
650 PP-9.00.00.00/6B3-1034 A PROJETO PADRÃO
651 PP-9.00.00.00/6B3-1035 B PROJETO PADRÃO
652 PP-9.00.00.00/6B3-1036 0 PROJETO PADRÃO
653 PP-9.00.00.00/6B3-1037 A PROJETO PADRÃO
654 PP-9.00.00.00/6B3-1038 A PROJETO PADRÃO
655 PP-9.00.00.00/6B3-1046 I PROJETO PADRÃO
656 PP-9.00.00.00/6B3-1047 B PROJETO PADRÃO
657 PP-9.00.00.00/6B3-1048 K PROJETO PADRÃO
658 PP-9.00.00.00/6B3-1049 L PROJETO PADRÃO
659 PP-9.00.00.00/6B3-1050 C PROJETO PADRÃO
660 PP-9.00.00.00/6B3-1093 B PROJETO PADRÃO
661 PP-9.00.00.00/6B3-1100 B PROJETO PADRÃO
662 PP-9.00.00.00/6B3-1123 0 PROJETO PADRÃO
663 PP-9.00.00.00/6B3-1128 0 PROJETO PADRÃO
664 PP-9.00.00.00/6B3-1129 A PROJETO PADRÃO
665 PP-9.00.00.00/6B3-150 O PROJETO PADRÃO
666 PP-9.00.00.00/6B3-151 H PROJETO PADRÃO
667 PP-9.00.00.00/6B3-152 C PROJETO PADRÃO
668 PP-9.00.00.00/6B3-154 0 PROJETO PADRÃO
669 PP-9.00.00.00/6B3-155 0 PROJETO PADRÃO
670 PP-9.00.00.00/6B3-156 A PROJETO PADRÃO
671 PP-9.00.00.00/6B3-157 A PROJETO PADRÃO
672 PP-9.00.00.00/6B3-200 F PROJETO PADRÃO
673 PP-9.00.00.00/6B3-250 J PROJETO PADRÃO
674 PP-9.00.00.00/6B3-255 H PROJETO PADRÃO
675 PP-9.00.00.00/6B3-260 G PROJETO PADRÃO
676 PP-9.00.00.00/6B3-261 F PROJETO PADRÃO
677 PP-9.00.00.00/6B3-264 B PROJETO PADRÃO
678 PP-9.00.00.00/6B3-268 C PROJETO PADRÃO
679 PP-9.00.00.00/6B3-269 C PROJETO PADRÃO
680 PP-9.00.00.00/6B3-273 L PROJETO PADRÃO
681 PP-9.00.00.00/6B3-274 D PROJETO PADRÃO
682 PP-9.00.00.00/6B3-279 H PROJETO PADRÃO
683 PP-9.00.00.00/6B3-280 C PROJETO PADRÃO
684 PP-9.00.00.00/6B3-281 K PROJETO PADRÃO
685 PP-9.00.00.00/6B3-283 B PROJETO PADRÃO
686 PP-9.00.00.00/6B3-284 D PROJETO PADRÃO
687 PP-9.00.00.00/6B3-285 H PROJETO PADRÃO
688 PP-9.00.00.00/6B3-287 F PROJETO PADRÃO
689 PP-9.00.00.00/6B3-292 C PROJETO PADRÃO
690 PP-9.00.00.00/6B3-293 B PROJETO PADRÃO
691 PP-9.00.00.00/6B3-294 D PROJETO PADRÃO
692 PP-9.00.00.00/6B3-295 C PROJETO PADRÃO
693 PP-9.00.00.00/6B3-296 C PROJETO PADRÃO
694 PP-9.00.00.00/6B3-297 C PROJETO PADRÃO
695 PP-9.00.00.00/6B3-298 B PROJETO PADRÃO
696 PP-9.00.00.00/6B3-310 G PROJETO PADRÃO
697 PP-9.00.00.00/6B3-311 G PROJETO PADRÃO
698 PP-9.00.00.00/6B3-312 D PROJETO PADRÃO
699 PP-9.00.00.00/6B3-313 B PROJETO PADRÃO
700 PP-9.00.00.00/6B3-314 C PROJETO PADRÃO
701 PP-9.00.00.00/6B3-315 D PROJETO PADRÃO
702 PP-9.00.00.00/6B3-316 F PROJETO PADRÃO
703 PP-9.00.00.00/6B3-317 D PROJETO PADRÃO
704 PP-9.00.00.00/6B3-319 C PROJETO PADRÃO
705 PP-9.00.00.00/6B3-320 B PROJETO PADRÃO
706 PP-9.00.00.00/6B3-327 D PROJETO PADRÃO
707 PP-9.00.00.00/6B3-328 B PROJETO PADRÃO
708 PP-9.00.00.00/6B3-329 E PROJETO PADRÃO
709 PP-9.00.00.00/6B3-330 A PROJETO PADRÃO
710 PP-9.00.00.00/6B3-331 D PROJETO PADRÃO
711 PP-9.00.00.00/6B3-333 A PROJETO PADRÃO
712 PP-9.00.00.00/6B3-337 F PROJETO PADRÃO
713 PP-9.00.00.00/6B3-338 B PROJETO PADRÃO
714 PP-9.00.00.00/6B3-339 D PROJETO PADRÃO
715 PP-9.00.00.00/6B3-340 0 PROJETO PADRÃO
716 PP-9.00.00.00/6B3-346 0 PROJETO PADRÃO
717 PP-9.00.00.00/6B3-347 0 PROJETO PADRÃO
718 PP-9.00.00.00/6B3-348 0 PROJETO PADRÃO
719 PP-9.00.00.00/6B3-349 B PROJETO PADRÃO
720 PP-9.00.00.00/6B3-350 B PROJETO PADRÃO
721 PP-9.00.00.00/6B3-351 B PROJETO PADRÃO
722 PP-9.00.00.00/6B3-352 A PROJETO PADRÃO
723 PP-9.00.00.00/6B3-353 B PROJETO PADRÃO
724 PP-9.00.00.00/6B3-354 B PROJETO PADRÃO
725 PP-9.00.00.00/6B3-355 0 PROJETO PADRÃO
726 PP-9.00.00.00/6B3-358 A PROJETO PADRÃO
727 PP-9.00.00.00/6B3-450 F PROJETO PADRÃO
728 PP-9.00.00.00/6B3-451 H PROJETO PADRÃO
729 PP-9.00.00.00/6B3-452 G PROJETO PADRÃO
730 PP-9.00.00.00/6B3-453 L PROJETO PADRÃO
731 PP-9.00.00.00/6B3-454 E PROJETO PADRÃO
732 PP-9.00.00.00/6B3-455 H PROJETO PADRÃO
733 PP-9.00.00.00/6B3-456 B PROJETO PADRÃO
734 PP-9.00.00.00/6B3-457 D PROJETO PADRÃO
735 PP-9.00.00.00/6B3-462 D PROJETO PADRÃO
736 PP-9.00.00.00/6B3-469 B PROJETO PADRÃO
737 PP-9.00.00.00/6B3-471 A PROJETO PADRÃO
738 PP-9.00.00.00/6B3-473 A PROJETO PADRÃO
739 PP-9.00.00.00/6B3-474 B PROJETO PADRÃO
740 PP-9.00.00.00/6B3-475 E PROJETO PADRÃO
741 PP-9.00.00.00/6B3-476 D PROJETO PADRÃO
742 PP-9.00.00.00/6B3-500 B PROJETO PADRÃO
743 PP-9.00.00.00/6B3-501 E PROJETO PADRÃO
744 PP-9.00.00.00/6B3-502 E PROJETO PADRÃO
745 PP-9.00.00.00/6B3-503 D PROJETO PADRÃO
746 PP-9.00.00.00/6B3-550 H PROJETO PADRÃO
747 PP-9.00.00.00/6B3-551 D PROJETO PADRÃO
748 PP-9.00.00.00/6B3-554 A PROJETO PADRÃO
749 PP-9.00.00.00/6B3-555 A PROJETO PADRÃO
750 PP-9.00.00.00/6B3-556 B PROJETO PADRÃO
751 PP-9.00.00.00/6B3-557 A PROJETO PADRÃO
752 PP-9.00.00.00/6B3-600 H PROJETO PADRÃO
753 PP-9.00.00.00/6B3-604 C PROJETO PADRÃO
754 PP-9.00.00.00/6B3-605 C PROJETO PADRÃO
755 PP-9.00.00.00/6B3-607 F PROJETO PADRÃO
756 PP-9.00.00.00/6B3-614 G PROJETO PADRÃO
757 PP-9.00.00.00/6B3-618 B PROJETO PADRÃO
758 PP-9.00.00.00/6B3-619 C PROJETO PADRÃO
759 PP-9.00.00.00/6B3-620 A PROJETO PADRÃO
760 PP-9.00.00.00/6B3-621 B PROJETO PADRÃO
761 PP-9.00.00.00/6B3-624 D PROJETO PADRÃO
762 PP-9.00.00.00/6B3-629 F PROJETO PADRÃO
763 PP-9.00.00.00/6B3-630 C PROJETO PADRÃO
764 PP-9.00.00.00/6B3-632 E PROJETO PADRÃO
765 PP-9.00.00.00/6B3-635 B PROJETO PADRÃO
766 PP-9.00.00.00/6B3-636 B PROJETO PADRÃO
767 PP-9.00.00.00/6B3-638 C PROJETO PADRÃO
768 PP-9.00.00.00/6B3-639 D PROJETO PADRÃO
769 PP-9.00.00.00/6B3-642 D PROJETO PADRÃO
770 PP-9.00.00.00/6B3-647 D PROJETO PADRÃO
771 PP-9.00.00.00/6B3-648 C PROJETO PADRÃO
772 PP-9.00.00.00/6B3-649 A PROJETO PADRÃO
773 PP-9.00.00.00/6B3-650 C PROJETO PADRÃO
774 PP-9.00.00.00/6B3-651 B PROJETO PADRÃO
775 PP-9.00.00.00/6B3-652 B PROJETO PADRÃO
776 PP-9.00.00.00/6B3-653 B PROJETO PADRÃO
777 PP-9.00.00.00/6B3-656 B PROJETO PADRÃO
778 PP-9.00.00.00/6B3-666 0 PROJETO PADRÃO
779 PP-9.00.00.00/6B3-667 0 PROJETO PADRÃO
780 PP-9.00.00.00/6B3-668 0 PROJETO PADRÃO
781 PP-9.00.00.00/6B3-669 0 PROJETO PADRÃO
782 PP-9.00.00.00/6B3-674 A PROJETO PADRÃO
783 PP-9.00.00.00/6B3-676 A PROJETO PADRÃO
784 PP-9.00.00.00/6B3-677 0 PROJETO PADRÃO
785 PP-9.00.00.00/6B3-678 A PROJETO PADRÃO
786 PP-9.00.00.00/6B3-679 0 PROJETO PADRÃO
787 PP-9.00.00.00/6B3-800 D PROJETO PADRÃO
788 PP-9.00.00.00/6B3-802 F PROJETO PADRÃO
789 PP-9.00.00.00/6B3-803 C PROJETO PADRÃO
790 PP-9.00.00.00/6B3-804 K PROJETO PADRÃO
791 PP-9.00.00.00/6B3-805 D PROJETO PADRÃO
792 PP-9.00.00.00/6B3-806 D PROJETO PADRÃO
793 PP-9.00.00.00/6B3-807 E PROJETO PADRÃO
794 PP-9.00.00.00/6B3-808 A PROJETO PADRÃO
795 PP-9.00.00.00/6B3-811 F PROJETO PADRÃO
796 PP-9.00.00.00/6B3-812 C PROJETO PADRÃO
797 PP-9.00.00.00/6B3-813 A PROJETO PADRÃO
798 PP-9.00.00.00/6B3-815 F PROJETO PADRÃO
799 PP-9.00.00.00/6B3-816 D PROJETO PADRÃO
800 PP-9.00.00.00/6B3-817 A PROJETO PADRÃO
801 PP-9.00.00.00/6B3-822 D PROJETO PADRÃO
802 PP-9.00.00.00/6B3-825 E PROJETO PADRÃO
803 PP-9.00.00.00/6B3-827 G PROJETO PADRÃO
804 PP-9.00.00.00/6B3-836 A PROJETO PADRÃO
805 PP-9.00.00.00/6B3-843 B PROJETO PADRÃO
806 PP-9.00.00.00/6B3-846 A PROJETO PADRÃO
807 PP-9.00.00.00/6B3-847 B PROJETO PADRÃO
808 PP-9.00.00.00/6B3-848 A PROJETO PADRÃO
809 PP-9.00.00.00/6B3-849 A PROJETO PADRÃO
810 PP-9.00.00.00/6B3-850 A PROJETO PADRÃO
811 PP-9.00.00.00/6B3-851 C PROJETO PADRÃO
812 PP-9.00.00.00/6B3-852 A PROJETO PADRÃO
813 PP-9.00.00.00/6B3-853 B PROJETO PADRÃO
814 PP-9.00.00.00/6B3-854 A PROJETO PADRÃO
815 PP-9.00.00.00/6B3-855 A PROJETO PADRÃO
816 PP-9.00.00.00/6B3-856 0 PROJETO PADRÃO
817 PP-9.00.00.00/6B3-857 0 PROJETO PADRÃO
818 PP-9.00.00.00/6B3-900 H PROJETO PADRÃO
819 PP-9.00.00.00/6B3-901 F PROJETO PADRÃO
820 PP-9.00.00.00/6B3-915 E PROJETO PADRÃO
821 PP-9.00.00.00/6B3-916 D PROJETO PADRÃO
822 PP-9.00.00.00/6B3-917 F PROJETO PADRÃO
823 PP-9.00.00.00/6B3-918 D PROJETO PADRÃO
824 PP-9.00.00.00/6B3-919 C PROJETO PADRÃO
825 PP-9.00.00.00/6B3-920 E PROJETO PADRÃO
826 PP-9.00.00.00/6B3-923 A PROJETO PADRÃO
827 PP-9.00.00.00/6B3-924 B PROJETO PADRÃO
828 PP-9.00.00.00/6B3-925 C PROJETO PADRÃO
829 PP-9.00.00.00/6B3-927 E PROJETO PADRÃO
830 PP-9.00.00.00/6B3-938 0 PROJETO PADRÃO
831 PP-9.00.00.00/6B3-945 A PROJETO PADRÃO
832 PP-9.00.00.00/6B3-946 A PROJETO PADRÃO
833 PP-9.00.00.00/6B3-949 B PROJETO PADRÃO
834 PP-9.00.00.00/6B5-215 G PROJETO PADRÃO
835 PP-9.00.00.00/6B5-233 A PROJETO PADRÃO
836 PP-9.00.00.00/6B5-400 0 PROJETO PADRÃO
837 PP-9.00.00.00/6B5-401 0 PROJETO PADRÃO
838 PP-9.00.00.00/6B5-402 0 PROJETO PADRÃO
839 PP-9.00.00.00/6B5-403 0 PROJETO PADRÃO
840 PP-9.00.00.00/6B5-404 0 PROJETO PADRÃO
841 PP-9.00.00.00/6B5-405 0 PROJETO PADRÃO
842 PP-9.00.00.00/6B5-406 0 PROJETO PADRÃO
843 PP-9.00.00.00/6B5-407 0 PROJETO PADRÃO
844 PP-9.00.00.00/6B5-408 0 PROJETO PADRÃO
845 PP-9.00.00.00/6B5-409 0 PROJETO PADRÃO
846 PP-9.00.00.00/6B5-410 0 PROJETO PADRÃO
847 PP-9.00.00.00/6B5-411 0 PROJETO PADRÃO
848 PP-9.00.00.00/6B5-412 0 PROJETO PADRÃO
849 PP-9.00.00.00/6B5-413 0 PROJETO PADRÃO
850 PP-9.00.00.00/6B5-414 0 PROJETO PADRÃO
851 PP-9.00.00.00/6B5-415 0 PROJETO PADRÃO
852 PP-9.00.00.00/6B5-416 0 PROJETO PADRÃO
853 PP-9.00.00.00/6B5-417 0 PROJETO PADRÃO
854 PP-9.00.00.00/6B5-418 0 PROJETO PADRÃO
855 PP-9.00.00.00/6B5-419 0 PROJETO PADRÃO
856 PP-9.00.00.00/6B5-420 0 PROJETO PADRÃO
857 PP-9.00.00.00/6B5-421 0 PROJETO PADRÃO
858 PP-9.00.00.00/6B5-422 0 PROJETO PADRÃO
859 PP-9.00.00.00/6B5-423 0 PROJETO PADRÃO
860 PP-9.00.00.00/6B5-424 0 PROJETO PADRÃO
861 PP-9.00.00.00/6B5-425 0 PROJETO PADRÃO
862 PP-9.00.00.00/6B5-426 0 PROJETO PADRÃO
863 PP-9.00.00.00/6B5-430 0 PROJETO PADRÃO
864 PP-9.00.00.00/6B5-431 0 PROJETO PADRÃO
865 PP-9.00.00.00/6B5-432 0 PROJETO PADRÃO
866 PP-9.00.00.00/6B5-434 0 PROJETO PADRÃO
867 PP-9.00.00.00/6B5-435 0 PROJETO PADRÃO
868 PP-9.00.00.00/6B5-436 0 PROJETO PADRÃO
869 PP-9.00.00.00/6B5-437 0 PROJETO PADRÃO
870 PP-9.00.00.00/6B5-438 0 PROJETO PADRÃO
871 PP-9.00.00.00/6B5-439 0 PROJETO PADRÃO
872 PP-9.00.00.00/6B5-440 0 PROJETO PADRÃO
873 PP-9.00.00.00/6B5-441 0 PROJETO PADRÃO
874 PP-9.00.00.00/6B5-442 0 PROJETO PADRÃO
875 PP-9.00.00.00/6B5-443 0 PROJETO PADRÃO
876 PP-9.00.00.00/6B5-444 0 PROJETO PADRÃO
877 PP-9.00.00.00/6B5-445 0 PROJETO PADRÃO
878 PP-9.00.00.00/6B5-447 0 PROJETO PADRÃO
879 PP-9.00.00.00/9B5-059 0 PROJETO PADRÃO
880 PP-9.00.00.00/9B5-060 0 PROJETO PADRÃO
881 PP-9.00.00.00/9B5-072 0 PROJETO PADRÃO
PROVA DE CARGA DOS INSERTOS DE ANCORAGEM DOS PENDURAIS DO
882 RT-4.06.05.01/4K1-001 0
MEZANINO METÁLICO DA ESTAÇÃO HIGIENÓPOLIS

PROVA DE CARGA DOS INSERTOS DE ANCORAGEM DOS PENDURAIS DO


883 RT-4.10.01.01/4K1-001 0
MEZANINO METÁLICO DA ESTAÇÃO OSCAR FREIRE
PROVA DE CARGA DOS INSERTOS DE ANCORAGEM DOS PENDURAIS DO
884 RT-4.16.01.01/4K1-001 0
MEZANINO METÁLICO DA ESTAÇÃO MORUMBI

DOCUMENTOS TÉCNICOS

(em arquivos apartados)

LOTE 2
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA PARA
ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE OBRAS CIVIS E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO
DE OBRA DO TRECHO ENTRE A VALA A CÉU ABERTO – VCA DE ACESSO AO PÁTIO
(EXCLUSIVE) E O TÚNEL NATM DUPLO APÓS A SAÍDA DE EMERGÊNCIA DAVID
MATARASSO, DA FASE 2 DA LINHA 4 – AMARELA DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE
SÃO PAULO – METRÔ.

Código do Documento RV Descrição

001 000-B/562 D PROJETO PADRÃO

ÁREAS DE INTERFERÊNCIAS À SEREM REMANEJADAS- CONSTRUÇÃO-TERML ÔNIBUS E AC.HEITOR


002 DE-4.18.00.00/3D2-001 0
PRAZERES

003 DE-4.20.00.00/3A1-001 0 MÉT.CONSTRUT. E SEQ. EXEC. DO LOTE DE OBRA

004 DE-4.20.00.00/4A1-002 A MÉT.CONSTRUT. E SEQ. EXEC. DO LOTE DE OBRA

005 DE-4.20.00.00/4C3-001 B TÚNEIS- LOCAÇÃO DE SONDAGENS E PERFIL GEOLÓGICO-GEOTÉCNICO

006 DE-4.20.00.00/4C3-002 B TÚNEIS- LOCAÇÃO DE SONDAGENS E PERFIL GEOLÓGICO-GEOTÉCNICO

007 DE-4.20.00.00/4C3-003 B TÚNEIS- LOCAÇÃO DE SONDAGENS E PERFIL GEOLÓGICO-GEOTÉCNICO

008 DE-4.20.00.00/4C3-004 B TÚNEIS- LOCAÇÃO DE SONDAGENS E PERFIL GEOLÓGICO-GEOTÉCNICO

009 DE-4.20.00.00/4D1-001 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS

010 DE-4.20.00.00/4D1-002 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

011 DE-4.20.00.00/4D1-003 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

012 DE-4.20.00.00/4D1-004 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

013 DE-4.20.00.00/4D1-005 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

014 DE-4.20.00.00/4D1-006 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA


015 DE-4.20.00.00/4D1-007 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

016 DE-4.20.00.00/4D1-008 0 CADASTRO UNIFICADO DE UTILIDADES PÚBLICAS-PLANTA

017 DE-4.20.00.00/4E1-001 0 ÁREAS PARA DECRETO DE UTILIDADE PÚBLICA

018 DE-4.20.00.00/4F4-001 C PAVIMENTAÇÃO – SEÇÕES TÍPICAS E DETALHES

019 DE-4.20.00.00/4G3-001 A METODO CONSTRUTIVO – ESC.SUBTERRÂNEA

020 DE-4.20.00.00/4G3-002 A METODO CONSTRUTIVO – ESC.SUBTERRÂNEA

021 DE-4.20.00.00/4G3-003 A METODO CONSTRUTIVO – ESC.SUBTERRÂNEA

022 DE-4.20.00.00/4G3-004 A METODO CONSTRUTIVO – ESC.SUBTERRÂNEA

023 DE-4.20.00.00/4I2-001 B REBAIXAMENTO DO LENÇOL FREÁTICO – TÚNEIS

024 DE-4.20.00.00/4I2-002 B REBAIXAMENTO DO LENÇOL FREÁTICO – TÚNEIS

025 DE-4.20.00.00/4I2-003 B REBAIXAMENTO DO LENÇOL FREÁTICO – TÚNEIS

026 DE-4.20.00.00/4I2-004 B REBAIXAMENTO DO LENÇOL FREÁTICO – TÚNEIS

027 DE-4.20.00.00/4I5-001 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

028 DE-4.20.00.00/4I5-002 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

029 DE-4.20.00.00/4I5-003 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

030 DE-4.20.00.00/4I5-004 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

031 DE-4.20.00.00/4I5-005 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

032 DE-4.20.00.00/4I5-006 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – PLANTA E PERFIL

033 DE-4.20.00.00/4I5-007 0 DRENAGEM DA VIA PERMANENTE – DETALHES

034 DE-4.20.00.00/4I7-001 E TÚNEIS – INSTRUMENTAÇÃO

035 DE-4.20.00.00/4I7-002 D TÚNEIS – INSTRUMENTAÇÃO

036 DE-4.20.00.00/4I7-003 E TÚNEIS – INSTRUMENTAÇÃO

037 DE-4.20.00.00/4I7-004 D TÚNEIS – INSTRUMENTAÇÃO

038 DE-4.20.01.00/4A1-001 0 VCA -PÁTIO/TÚNEL NATM – MET.CONSTRUT.

VCA PÁTIO/TÚNEL NATM-PAR. DIAFRAGMA E ESCORAMENTOS FL.1 – PLANTA E CORTE


039 DE-4.20.01.00/4H1-001 0
LONGITUDINAL

VCA PÁTIO/TÚNEL NATM-PAR. DIAFRAGMA E ESCORAMENTOS FL.2 – PLANTA E CORTE


040 DE-4.20.01.00/4H1-002 0
LONGITUDINAL

041 DE-4.20.01.00/4H1-003 0 VCA PÁTIO/TÚNEL NATM-PAR. DIAFRAGMA E ESCORAMENTOS – CORTES TRANSVERSAIS

042 DE-4.20.01.00/4J2-001 A VCA DO PÁTIO / TÚNEL NATM – PLANTA E PERFIL 1 / 2 – FORMAS

043 DE-4.20.01.00/4J2-002 A VCA DO PÁTIO / TÚNEL NATM – PLANTA E PERFIL 2 / 2 – FORMAS

044 DE-4.20.01.00/4J2-003 A VCA DO PÁTIO / TÚNEL NATM – CORTES – FORMAS

TÚNEIS –ESCAVAÇÃO SUBT. SEQ.EXECUÇÃO DAS ESCAV. – CORTE – TÚNEL VIA DUPLA – ENTREVIA
045 DE-4.20.02.00/4G3-001 B
4,50M

046 DE-4.20.02.00/4G3-002 C TÚNEIS –SEÇÃO ESCAV. E REVESTIMENTO PRIMÁRIO – CORTE – TÚNEL VIA DUPLA – ENTREVIA 4,50M

047 DE-4.20.02.00/4H5-001 A TÚNEIS –CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DUPLO – ENTREVIAS DE 4,50M

048 DE-4.20.02.00/4J2-001 B TÚNEIS –FORMA TÚNEL VIA DUPLO – CORTE E DETALHE – ENTREVIA 4,50M

049 DE-4.20.02.74/4B2-001 B VSE – VILA SÔNIA – IMPLANTAÇÃO

050 DE-4.20.02.74/4B2-002 B VSE – VILA SÔNIA – PLANTAS

051 DE-4.20.02.74/4B2-003 B VSE – VILA SÔNIA – PLANTAS E ELEVAÇÕES

052 DE-4.20.02.74/4B2-004 B VSE – VILA SÔNIA – CORTES

053 DE-4.20.02.74/4H1-001 B LOCAÇÃO DAS PAREDES DIAFRAGMA – PLANTA E CORTES - POÇO VSE- VILA SÔNIA

054 DE-4.20.02.74/4H1-002 B ESTRUTURA DE CONTENÇÃO – TIRANTES -POÇO VSE VILA SÔNIA

055 DE-4.20.02.74/4H1-003 B ESTRUTURA DE CONTENÇÃO – METODO CONSTRUTIVO – CORTES -POÇO VSE VILA SÔNIA

056 DE-4.20.02.74/4J2-001 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - PLANTAS NÍVEIS 721,00 E 723,05 – FORMAS

057 DE-4.20.02.74/4J2-002 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - PLANTAS NÍVEIS 726,200 E 729,35 – FORMAS

058 DE-4.20.02.74/4J2-003 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - PLANTAS NÍVEIS 732,50E 735,655 – FORMAS
059 DE-4.20.02.74/4J2-004 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - PLANTAS NÍVEIS 738,45 E 756,95 – CORTE EE – FORMAS

060 DE-4.20.02.74/4J2-005 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - CORTES AA E CC – FORMAS

061 DE-4.20.02.74/4J2-006 A POÇO DE VSE – VILA SÔNIA - CORTES BB / DD

METOD.CONSTRUT. E SEQ,. DE EXECUÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DO SIST.VIÁRIO EST./TERML.


062 DE-4.20.03.00/4A9-001 0
V.SÔNIA – ETAPA 1

METOD.CONSTRUT. E SEQ,. DE EXECUÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DO SIST.VIÁRIO EST./TERML.


063 DE-4.20.03.00/4A9-002 0
V.SÔNIA – ETAPA 2

METOD.CONSTRUT. E SEQ,. DE EXECUÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DO SIST.VIÁRIO EST./TERML.


064 DE-4.20.03.00/4A9-003 0
V.SÔNIA – ETAPA 3

065 DE-4.20.03.00/4B2-001 A COBERTURA – PLANTA

066 DE-4.20.03.00/4B2-002 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 759,02

067 DE-4.20.03.00/4B2-003 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 753,42

068 DE-4.20.03.00/4B2-004 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 750,62

069 DE-4.20.03.00/4B2-005 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 744,32

070 DE-4.20.03.00/4B2-006 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 738,56

071 DE-4.20.03.00/4B2-007 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 730,72

072 DE-4.20.03.00/4B2-008 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 726,08

073 DE-4.20.03.00/4B2-009 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 724,06

074 DE-4.20.03.00/4B2-010 A EST.V.SÔNIA PLANTA NÍVEL 722,11

075 DE-4.20.03.00/4B2-011 A EST.V.SÔNIA CORTES AA BB CC

076 DE-4.20.03.00/4B2-012 A EST.V.SÔNIA CORTES DD EE FF

077 DE-4.20.03.00/4B2-013 A EST.V.SÔNIA CORTES GG HH

078 DE-4.20.03.00/4B2-014 0 EST.V.SÔNIA GERAL- CORTES II E ELEVAÇÕES 1 E 2

079 DE-4.20.03.00/4B2-015 0 EST.V.SÔNIA GERAL E ACESSO SUL CORTES J K L E ELEVAÇÕES 3,4,5,6 E 7

080 DE-4.20.03.00/4B2-016 0 EST.V.SÔNIA PORÃO DE CABOS SALAS TÉCNICAS E SALAS OPERACIONAIS – AMPLIAÇÕES

081 DE-4.20.03.00/4D2-001 A REMAJ. INTERF. ES.TV.SÔNIA – PLANTA

PROJ.GEOM.VERTICAL DO SIST.VIÁRIO/ADEQUAÇÃO VIÁRIA DA AV.PR.FRANC. MORATO PISTA


082 DE-4.20.03.00/4F3-001 A
CENTRO-BAIRRO EST.0+0,000 A EST.25+0,000

ADEQ. VIÁRIA AV.P.FR.MORATO PISTA CENTRO-BAIRRO EST.0+0,000 A EST.18+15.348 E RAMO “A”-EST.


083 DE-4.20.03.00/4F3-002 0
0+0,000 A EST. 10+1,493

084 DE-4.20.03.00/4F4-001 B PAVIMENTAÇÃO –LOCALIZAÇÃO DOS TIPOS DE PAVIMENTO – PLANTA

085 DE-4.20.03.00/4F5-001 0 ADEQUAÇÃO VIÁRIA DA AV.PROF.F.MORATO E ACESSO AO TREML. VILA SÔNIA – SEÇÕES TÍPICAS

086 DE-4.20.03.00/4I5-001 A DREMAGEM DA EST.V.SÔNIA – PLANTA E CORTES

087 DE-4.20.03.00/4I5-002 A DRENAGEM DA PASSAGEM INFERIOR DE ÔNIBUS PLANTA, CORTES E DETALHES

088 DE-4.20.03.00/4I5-003 A DISPOSITIVO DE DREMAGEM DA EST.V.SÔNIA – PLANTA E CORTES

089 DE-4.20.03.01/4G3-001 A TÚNEIS –ESCAVAÇÃO SUBT. SEQ.EXECUÇÃO DAS ESCAVAÇÕES – CORTE – TÚNEL DA ESTAÇÃO

090 DE-4.20.03.01/4G3-002 C TÚNEIS DE ACESSO À PLATAFORMA – SEÇÃO DE ESCAVAÇÃO

091 DE-4.20.03.01/4G3-003 A PLANTAS E CORTE TÚNEIS -EST. V.SÔNIA

092 DE-4.20.03.01/4G3-004 B SEÇÃO DE SECAVAÇÃO E REVEST. PRIMÁRIO – TÚNEL DA ESTAÇÃO

093 DE-4.20.03.01/4G3-005 C TÚNEL DE ACESSO À PLATAFORMA – SEÇÃO DE ESCAVAÇÃO E REVET.PRIMÁRIO

094 DE-4.20.03.01/4H5-001 C TÚNEIS –CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DA ESTAÇÃO

095 DE-4.20.03.01/4H5-002 B TÚNEIS –CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DE ACESSO A PLATAFORMA

096 DE-4.20.03.01/4J2-001 B FORMA – CORTE E DETALHE – TÚNEL DA ESTAÇÃO

097 DE-4.20.03.01/4J2-002 C TÚNEIS DE ACESSO À PLATAFORMA – FORMAS – CORTES E DETALHES

098 DE-4.20.03.01/4J2-003 B EST.V.SÔNIA – PLANTA DE NÍVEL 724,06E CORTE AA FORMAS

099 DE-4.20.03.01/4J2-004 B EST.V.SÔNIA – PLANTA DE NÍVEL 724,06 E 721,72CORTE AA FORMAS

100 DE-4.20.03.01/4J2-005 A EST.V.SÔNIA – PLANTA DE NÍVEL 724,06 E CORTE BB FORMAS

101 DE-4.20.03.01/4J2-006 B EST.V.SÔNIA – PLANTA DE NÍVEL 726,01 E 730,65 CORTE BB E GG – FORMAS


102 DE-4.20.03.01/4J2-007 B EST.V.SÔNIA – CORTES CC, C1-C1, DD E DETALHE 1 – FORMAS

103 DE-4.20.03.01/4J2-008 B EST.V.SÔNIA – CORTES EE, FF E F1-F1 – FORMAS

TÚNEIS-TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO – PLANTA NA ELEVAÇÃO 726,05M -REVESTIMENTO


104 DE-4.20.03.01/4J2-009 0
PRIMÁRIO

TÚNEIS-TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO – PLANTA NA ELEVAÇÃO 726,05M -REVESTIMENTO


105 DE-4.20.03.01/4J2-010 0
SECUNDÁRIO

106 DE-4.20.03.01/4J2-011 0 TÚNEIS-TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO –SEÇÃO AA

107 DE-4.20.03.01/4J2-012 0 TÚNEIS-TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO –SEÇÃO BB

108 DE-4.20.03.01/4J2-013 0 TÚNEIS-TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO –SEÇÃO CC

109 DE-4.20.03.01/4J2-014 0 TÚNEIS-FORMA -TIMPANO DE FECHAMENTO DA ESTAÇAO –CORTE E DETALHE

ESTRUTURA DE CONTENÇÃO – EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES –


110 DE-4.20.03.02/4A1-001 0
MET.CONSRUTIVO FL.1/2

ESTRUTURA DE CONTENÇÃO – EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES –


111 DE-4.20.03.02/4A1-002 0
MET.CONSRUTIVO FL.2/2

EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – LÇOCAÇÃO DAS PAREDES DIAFRAGMA –
112 DE-4.20.03.02/4H1-001 A
PLANTA

EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – LÇOCAÇÃO DAS PAREDES DIAFRAGMA –
113 DE-4.20.03.02/4H1-002 A
CORTES

114 DE-4.20.03.02/4H1-003 A EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – TIRANTES

EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – MURO 1A, 1B E MURO 2 – ESCORAMENTO
115 DE-4.20.03.02/4H1-004 B
METÁLICO – PLANTA

EST.V.SÔNIA – AC.HEITOR PRAZERES – MURO 1A, 1B E MURO 2 – LOCAÇÃO DAS PAREDES


116 DE-4.20.03.02/4H1-005 B
DIAFRAGMA E ESTACÕES

EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – ACESSO AO TERMINAL-ESCORAMENTO


117 DE-4.20.03.02/4H1-006 A
METÁLICO – PLANTA

EST.VILA SÔNIA – ACESSO HEITOR DOS PRAZERES – ACESSO AO TERMINAL-ESCORAMENTO


118 DE-4.20.03.02/4H1-007 A
METÁLICO – CORTES

EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTAS NÍVEIS 721,58 , 722,41 , 725,10 , 725,63 , E DETALHE 1 –
119 DE-4.20.03.02/4J2-001 B
FORMAS

120 DE-4.20.03.02/4J2-002 A EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTAS NÍVEIS 720,63 E 730,65 – DETALHES 1 A 4 – FORMAS

121 DE-4.20.03.02/4J2-003 A EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 735,77 – FORMAS

122 DE-4.20.03.02/4J2-004 A EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 744,25 – FORMAS

123 DE-4.20.03.02/4J2-005 A EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 749,60 – FORMAS

124 DE-4.20.03.02/4J2-006 B EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 750,75 – FORMAS

125 DE-4.20.03.02/4J2-007 B EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 760,63 – FORMAS

126 DE-4.20.03.02/4J2-008 B EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO – PLANTA NÍVEL 764,13 – FORMAS

127 DE-4.20.03.02/4J2-009 B EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO –CORTE B – FORMAS

128 DE-4.20.03.02/4J2-010 A EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO –CORTE A E C – FORMAS

129 DE-4.20.03.02/4J2-011 B EST.V.SÔNIA – CONCRETO ARMADO –CORTE D E E – FORMAS

ESTRUT.CONCRETO EST.V.SÔNIA-ACESSO HEITOR DOS PRAZERES-CORTE F E DETALHES 1 A 4 –


130 DE-4.20.03.02/4J2-012 A
FORMAS

ESTRUT. CONCRETO EST.V.SÔNIA-ACESSO HEITOR DOS PRAZERES PAR. 2A E MURO – ELEVAÇÕES E


131 DE-4.20.03.02/4J2-013 A
PLANTA

132 DE-4.20.03.02/4J2-014 B ESTRUTURA DE CONCRETO EST.V.SÔNIA-ACESSO HEITOR DOS PRAZERES PAR.2A E MURO – CORTES

133 DE-4.20.03.03/4G3-001 A ESCAVAÇÃO SUBTERRÂNEA SEQUENCIA DE EXEC.DAS ESCAVAÇÕES – CORTE – TÚNEL DE LIGAÇÃO

134 DE-4.20.03.03/4G3-002 A SEQUENCIA DE ESCAVAÇÃO REVESTIMENTO PRINÁRIO – TÚNEL DE LIGAÇÃO

135 DE-4.20.03.03/4H5-001 A CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DE LIGAÇÃO

136 DE-4.20.03.03/4J2-001 A TÚNEL DE LIGAÇÃO

137 DE-4.20.03.04/4H1-001 0 EST.V.SÔNIA -ACESSO TABORDA – LOCAÇÃO DAS PAREDES DIAFRAGMA – PLANTA E CORTES
138 DE-4.20.03.04/4H1-002 0 EST.V.SÔNIA - ACESSO TABORDA – TIRANTES

139 DE-4.20.03.04/4H1-003 0 EST.V.SÔNIA - ACESSO TABORDA – MET.CONSTRUTIVO

140 DE-4.20.03.04/4J2-001 B EST.VILA SÔNIA – ACESSO TABORDA – PLANTA NÍVEIS 722 A 741,63 – FORMAS

141 DE-4.20.03.04/4J2-002 B EST.VILA SÔNIA – ACESSO TABORDA – PLANTA NÍVEIS 745,57 A 758,24; DETALHES 1, 2 E 3 - FORMAS

142 DE-4.20.03.04/4J2-003 B EST.VILA SÔNIA – ACESSO TABORDA – CORTES A,B,F,G – FORMAS

143 DE-4.20.03.04/4J2-004 A ACESSO TABORDA CORTES C, C1,D, E, H – DETALHE 4 – FORMAS

144 DE-4.20.03.05/4G3-001 C TÚNEIL DE ACESSO TABORDA . SEQ.EXECUÇÃO DAS ESCAVAÇÕES –PLANTAS E CORTES

145 DE-4.20.03.05/4G3-002 D TÚNEL DE ACESSO TABORDA –SEÇÃO DE ESCAVAÇÃO E REVEST. PRIMÁRIO – TÚNEL DE ACESSO

146 DE-4.20.03.05/4H5-001 C TÚNEL DE ACESSO TABORDA –CAMBOTAS METÁLICAS

147 DE-4.20.03.05/4J2-001 D TÚNEL DE ACESSO TABORDA – FORMA – CORTE E DETALHE

TÚNEIS –ESCAVAÇÃO SUBT. SEQ.EXECUÇÃO DAS ESCAV. – CORTE – TÚNEL VIA DUPLA – ENTREVIA
148 DE-4.20.04.00/4G3-001 B
4,50M

149 DE-4.20.04.00/4G3-002 C SEÇÃO DE SECAVAÇÃO E REVEST. PRIMÁRIO – TÚNEL VIA DUPLA – ENTREVIA 4,50M

150 DE-4.20.04.00/4H5-001 A CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DUPLO ENTREVIAS DE 4,50M

151 DE-4.20.04.00/4J2-001 B FORMA TÚNEL VIA DUPLA – ENTREVIA 4,50M – CORTE E DETALHE

152 DE-4.20.04.01/4B2-001 A TÚNEL DE LIGAÇÃO VIAS 1 / 2 COM VIA 3 (INJEÇÃO) PLANTA E CORTES

153 DE-4.20.04.01/4G3-001 B TÚNEL DE LIGAÇÃO / SAÍDA DE EMERG. ESC.SUBTERRÂNEA – SEQUENC. EXECUÇÃO- CORTES

154 DE-4.20.04.01/4H5-001 A TÚNEL DE LIGAÇÃO / SAÍDA DE EMERG.- CAMBOTA METÁLICA – ARMAÇÃO

155 DE-4.20.04.01/4H5-002 A TÚNEL DE LIGAÇÃO / SAÍDA DE EMERG.- CAMBOTAS METÁLICAS – ARMAÇÃO

156 DE-4.20.04.01/4J2-001 A TÚNEL DE LIGAÇÃO / SAÍDA DE EMERG.- FORMA – CORTES E DETALHES

157 DE-4.20.05.00/4G3-001 B TÚNEIS –ESCAVAÇÃO SUBT. SEQ. DE EXECUÇÃO DAS ESCAVAÇÕES – CORTE TÚNEL SINGELO

158 DE-4.20.05.00/4G3-002 C SEÇÃO DE SECAVAÇÃO E REVEST. PRIMÁRIO – TÚNEL SINGELO

159 DE-4.20.05.00/4H5-001 B CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL SINGELO

160 DE-4.20.05.00/4J2-001 B TÚNEL SINGELO – CORTE E DETALHE

161 DE-4.20.06.74/4A1-001 0 PVSE-EDMUNDO LINS – MET.CONSTRUT. DA ESTRUT. DE CONTENÇÃO

162 DE-4.20.06.74/4A1-002 0 PVSE-EDMUNDO LINS – MET.CONSTRUT. DA ESTRUT. DE CONTENÇÃO

163 DE-4.20.06.74/4A1-003 0 PVSE-EDMUNDO LINS – MET.CONSTRUT. DA ESTRUT. DE CONTENÇÃO

164 DE-4.20.06.74/4A1-004 0 PVSE-EDMUNDO LINS – MET.CONSTRUT. DA ESTRUT. DE CONTENÇÃO

VSE-ED.LINS –MET.CONSTRUT. E SEQ. DE EXECUÇÃO P/IMPLANTAÇÃO DESVIO DE TRAFEGO VCA


165 DE-4.20.06.74/4A9-001 0
ETAPA 1 E 2

VSE-ED.LINS –MET.CONSTRUT. E SEQ. DE EXECUÇÃO P/IMPLANTAÇÃO DE DESVIO DE TRAFEGO VCA


166 DE-4.20.06.74/4A9-002 0
ETAPA 3 E 4

EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. - IMPLANTAÇÃO E PLANTA DE


167 DE-4.20.06.74/4B2-001 0
COBERTURA

168 DE-4.20.06.74/4B2-002 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. - PLANTA NÍVEIS 733,22 E 729,72

169 DE-4.20.06.74/4B2-003 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. - PLANTA NÍVEIS 726,22 E 722,72

170 DE-4.20.06.74/4B2-004 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. -E PLANTA NÍVEIS 719,22

171 DE-4.20.06.74/4B2-005 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. -CORTES AA E BB

172 DE-4.20.06.74/4B2-006 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. -CORTE CC

173 DE-4.20.06.74/4B2-007 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. -CORTE CC

174 DE-4.20.06.74/4B2-008 0 EDMUNDO LINS – VENTILAÇÃO C/TRAVESSIA E SAÍDA DE EMERG. -CORTES DD E EE

175 DE-4.20.06.74/4D2-001 A REMAJ. INTERF. VSE EDMUNDO LINS – PLANTA

176 DE-4.20.06.74/4F2-001 0 DESVIO DE TRÁFEGO P IMPLANTAÇÃO DO TÚNEL DE TRANSIÇÃO E VSE EDMUNDO LINS

177 DE-4.20.06.74/4F3-001 0 DESVIO DE TRÁFEGO P IMPLANTAÇÃO DO TÚNEL DE TRANSIÇÃO E VSE EDMUNDO LINS

LOCALIZAÇÃO-TIPOS DE PAVIMENTO - AV.PROF.FRANC.MORATO P/DESVIO TRAFEGO E POSIÇÃO


178 DE-4.20.06.74/4F4-001 A
DEFINITIVA – PLANTA

179 DE-4.20.06.74/4H1-001 0 PVSE-EDMUNDO LINS – LOCAÇÃO DAS PAREDES DIAFRAGMA DE CONTENÇÃO

180 DE-4.20.06.74/4H1-002 0 PVSE-EDMUNDO LINS –TIRANTES – CORTES


181 DE-4.20.06.74/4H1-003 0 PVSE-EDMUNDO LINS –TIRANTES – CORTES

182 DE-4.20.06.74/4I5-001 0 DRENAGEM SUPERFICIAL NA ÁREA DA VCA/VSE-ED.LINS PLANTA

183 DE-4.20.06.74/4J2-001 B EDMUNDO LINS – PLANTA NÍVEIS 718,30 ; 719,17; CORTE 1 E DETALHE 1 – FORMAS

184 DE-4.20.06.74/4J2-002 C EDMUNDO LINS – PLANTA NÍVEIS 722,67 E 726,17 – FORMAS

185 DE-4.20.06.74/4J2-003 C EDMUNDO LINS – PLANTA NÍVEIS 729,67 E 733,17 – FORMAS

186 DE-4.20.06.74/4J2-004 C EDMUNDO LINS – PLANTA NÍVEIS 736,67 ; 739,12 ; 740,17 E743,47 – FORMAS

187 DE-4.20.06.74/4J2-005 B EDMUNDO LINS – PLANTA CORTES AA, BB E CC – FORMAS

188 DE-4.20.06.74/4J2-006 C EDMUNDO LINS – PLANTA CORTES DD , EE E GG – FORMAS

ESC. SUBTER. -SEQUÊNC. EXEC. DAS ESCAV.– TÚNEL VIA DUPLA-CORTES -SEÇÃO TIPO 1 ENTREVIAS
189 DE-4.20.07.00/4G3-001 B
3,75M

190 DE-4.20.07.00/4G3-002 C ESCAVAÇÃO E REVESTIMENTO PRIMARIO – TÚNELV IA DUPLA-SEÇÃO TIPO1 ENTREVIA 3,75M

ESC. SUBTER. -SEQUÊNC. EXEC. DAS ESCAV.– TÚNEL VIA DUPLA-CORTES -SEÇÃO TIPO2 ENTREVIAS
191 DE-4.20.07.00/4G3-003 A
3,75M

SEÇÃO DE ESCAVAÇÃO E REVESTIMENTO PRIMÁRIO – TÚNEL VIA DUPLA – SEÇÃO TIPO 2 –


192 DE-4.20.07.00/4G3-004 C
ENTREVIA 3,75M

193 DE-4.20.07.00/4H5-001 A CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DUPLO-ENTREVIA 3,75M

194 DE-4.20.07.00/4H5-002 A CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DUPLO-ENTREVIA 4,50M

195 DE-4.20.07.00/4J2-001 B FORMA TÚNEL VIA DUPLA – SEÇÃO TIPO1 – CORTE E DETALHE

196 DE-4.20.07.00/4J2-002 B FORMA TÚNEL VIA DUPLA – SEÇÃO TIPO2 – CORTE E DETALHE

197 DE-4.20.07.00/4J2-003 0 TÚNEIS -FORMA-TÚNEL NATM 3,75-TIMPANO DE FECHAMENTO -PLANTA CORTE E DETALHE

198 DE-4.20.07.00/4J2-004 0 TÚNEIS -TIMPANO DE INTERLIGAÇÃO DO TÚNEL DE VIA-ENTREVIAS 3,75M E 4,50M

199 DE-4.20.07.73/3G3-002 0 SEÇÃO DE SECAVAÇÃO E REVEST. PRIMÁRIO – TÚNEL

200 DE-4.20.07.73/3G4-001 0 SE-DAVID MATARASSO – LOCAÇÃO DO POÇO – PLANTA E CORTES

201 DE-4.20.07.73/3G4-002 0 SE-DAVID MATARASSO – LOCAÇÃO DO POÇO – PLANTA E CORTES

202 DE-4.20.07.73/3J2-001 0 SE-DAVID MATARASSO – PLANTAS NÍVEIS 720,185 A 724,81 – FORMAS

203 DE-4.20.07.73/3J2-002 0 SE-DAVID MATARASSO – PLANTA NÍVEIS 474,70 A 754,93 – FORMAS

204 DE-4.20.07.73/3J2-003 0 SE-DAVID MATARASSO – PLANTA NÍVEIS 728,31 A 745,93 – FORMAS

205 DE-4.20.07.73/3J2-004 0 SE-DAVID MATARASSO – CORTES A E B – FORMAS

206 DE-4.20.07.73/3J2-005 0 FORMA – CORTE E DETALHE – TÚNEL

207 DE-4.20.07.73/4B2-001 B SE-DAVID MATARASSO – SAÍDA DE EMERGÊNCIA E COBERTURA

208 DE-4.20.07.73/4B2-002 B SE-DAVID MATARASSO – SAÍDA DE EMERGÊNCIA- PLANTAS

209 DE-4.20.07.73/4B2-003 B SE-DAVID MATARASSO – SAÍDA DE EMERGÊNCIA – CORTE AA

210 DE-4.20.07.73/4B2-004 B SE-DAVID MATARASSO – SAÍDA DE EMERGÊNCIA – CORTES E ELVAÇÕES

211 DE-4.20.07.73/4G3-001 B SEQ. DE EXECUÇÃO DAS ESCAVAÇÕES – CORTES

212 DE-4.20.07.73/4H5-001 A CAMBOTAS METÁLICAS – TÚNEL DUPLO

213 DE-4.20.07.73/4J2-006 0 TÚNEIS -FORMA-TÚNEL DE LIGAÇÃO-TIMPANO DE FECHAMENTO -PLANTA, CORTE E DETALHE

214 ET-4.00.00.00/3B3-601 A VEDAÇÕES

215 ET-4.00.00.00/3B3-603 A PISOS REVESTIDOS COM BORRACHA

216 ET-4.00.00.00/3B3-605 A PISOS REVESTIDOS COM CERÂMICA

217 ET-4.00.00.00/3B3-607 A PISOS REVESTIDOS COM PEDRAS NATURAIS

218 ET-4.00.00.00/3B3-609 A PISOS REVESTIDOS COM VINIL

219 ET-4.00.00.00/3B3-611 0 REVESTIMENTOS DE PISOS DE ALTA RESISTENCIA

220 ET-4.00.00.00/3B3-613 0 PISOS DE TACOS DE MADEIRA

221 ET-4.00.00.00/3B3-615 A REVESTIMENTO VERTICAL COM AZULEJOS

222 ET-4.00.00.00/3B3-617 A REVESTIMENTOS VERTICAIS COM CERÂMICAS ESMALTADAS

223 ET-4.00.00.00/3B3-619 A TRATAMENTOS E PINTURAS

224 ET-4.00.00.00/3B3-621 A ESQUADRIAS


225 ET-4.00.00.00/3B3-623 A PAINÉIS DE VIDRO E POLICARBONATO

226 ET-4.00.00.00/3B3-625 A PLANO GERAL DE FERAGENS E MESTRAGEM

227 ET-4.00.00.00/3C2-601 0 SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS

228 ET-4.00.00.00/3C9-601 0 DEMOLIÇÕES

229 ET-4.00.00.00/3D2-601 0 REMANEJAMENTO DE UTILIDADES PÚBLICAS

230 ET-4.00.00.00/3F4-601 0 PAVIMENTAÇÃO

231 ET-4.00.00.00/3F6-601 0 SINALIZAÇÃO E DESVIO DE TRÁFEGO

232 ET-4.00.00.00/3G1-601 0 JAZIDAS, ARMAZÉNS E BOTA-FORA

233 ET-4.00.00.00/3G3-602 0 TÚNEIS EM NATM

234 ET-4.00.00.00/3G5-601 0 DESMONTE DE ROCHA COM EXPLOSIVO

235 ET-4.00.00.00/3G6-601 0 CORTES E ATERROS

236 ET-4.00.00.00/3H1-601 0 PAREDE DIAFRAGMA

237 ET-4.00.00.00/3H1-602 0 TIRANTES EM SOLO

238 ET-4.00.00.00/3H1-605 0 TIRANTES OU CHUMBADORES EM ROCHA

239 ET-4.00.00.00/3H1-607 0 ESCAVAÇÕES A CÉU ABERTO

240 ET-4.00.00.00/3I1-601 0 FUNDAÇÕES

241 ET-4.00.00.00/3I2-601 0 REBAIXAMENTO E CONTROLE DA ÁGUA SUBTERRÂNEA

242 ET-4.00.00.00/3I3-601 0 ENFILAGENS PARA TÚNEIS

243 ET-4.00.00.00/3I3-603 0 COLUNAS DE SOLO-CIMENTO

244 ET-4.00.00.00/3I5-601 0 DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS

245 ET-4.00.00.00/3I6-601 0 INFRAESTRUTURA DE VIA PERMANENTE

246 ET-4.00.00.00/3I7-601 A INSTRUMENTAÇÃO

247 ET-4.00.00.00/3J4-601 0 REVESTIMENTO EM CONCRETO PROJETADO

248 ET-4.00.00.00/3J4-603 0 CONCRETO CONVENCIONAL ARMADO OU PROTENDIDO

249 ET-4.00.00.00/3J4-605 0 EDIFICAÇÕES

250 ET-4.00.00.00/3J5-601 0 CONCRETO PRÉ-MOLDADO

251 ET-4.00.00.00/3K1-601 0 ESTRUTURAS METÁLICAS

252 ET-4.00.00.00/3M1-601 0 SISTEMAS IMPERMEABILIZANTES

253 ET-4.00.00.00/3W9-601 0 SONDAGENS E ENSAIOS GEOTÉCNICOS

254 ET-9.00.00.00/3N3-001 A DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE URBANISMO E PAISAGISMO

SERV.COMPLEM. -REMANEJ. INTERFERÊNCIAS: TERML.V.SÔNIA; AC. HEITOR PRAZERES;


255 IC-4.00.00.00/3A0-601 0
ESTR.METÁLICAS DE MEZANINO

256 IC-4.00.00.00/3A0-602 0 PLANO DE GARANTIA DA QUALIDADE

257 IC-4.00.00.00/3A0-603 0 PLANO DE AVALIAÇÃO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

DIRETRIZES PARA OS PROJETOS EXECUTIVOS DE ARQUITETURA/ACABAMENTO E COMUNICAÇÃO


258 IC-4.00.00.00/3B3-601 0
VISUAL

259 IC-4.00.00.00/3B3-603 0 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE AQUITETURA

260 IC-4.00.00.00/3C4-601 0 INSTALAÇÃO DE CANTEIROS DE OBRAS

261 IC-4.00.00.00/3C9-601 0 ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

262 IC-4.00.00.00/3C9-603 0 SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO EM OBRAS SUBTERRÂNESAS

263 IC-4.00.00.00/3F6-601 0 DIRETRIZES PARADESVIO DE TRÁFEGO

264 IC-4.00.00.00/3G3-601 0 ACOMPANHAMENTO TÉCNICO DE OBRA-ATO

265 IC-4.00.00.00/3G9-601 0 DIRETRIZES PARA O PROJETO DE TÚNEIS

266 IC-4.00.00.00/3H9-601 0 DIRETRIZES PARA O CÁLCULO DAS OBRAS EXECUTADAS PELO MÉTODO DA TRINCHEIRA

267 IC-4.00.00.00/3N4-601 A CONTROLE DE IMPACTOS AO MEIO AMBIENTE

268 IC-9.00.00.00/3E4-001 0 PERÍCIAS CAUTELARES E INDENIZATÓRIAS

269 IP-4.00.00.00/3A0-602 0 “AS BUILT” - COMO CONSTRUÍDO


270 IP-4.00.00.00/3F4-601 0 PROCEDIMENTO PARA DIMENSIONAMENTO DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS – MÉTODO DA RESILIÊNCIA

271 IP-4.00.00.00/3F4-602 0 DIMENSIONAMENTO DE PAVIMENTOS SEMI-RÍGIDOS - MÉTODO DA RESILIÊNCIA

272 IP-4.00.00.00/3I5-601 0 INSTRUÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE DRENAGEM SUPERFÍCIAL

273 IP-9.00.00.00/1N3-001 A DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE URBANIZAÇÃO E PAISAGISMO

DIRETRIZES P/ ELABORAÇÃO DE DOC. TÉC DE ENG.CIVIL/ARQUIT/GEOTECN/TOPOGRAF/DESPROPR. E


274 IP-9.00.00.00/3A0-001 2
VIA PERMA

275 IP-9.00.00.00/3Z0-002 A DIRETRIZES ELABORAÇÃO LAY OUT SALAS TÉCNICAS

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVOS DE INFRA - ESTRUTURA PARA


276 IP-9.00.00.00/3Z0-003 C
INSTALAÇÃO DE SISTEMAS

277 LM-9.00.00.00/3B3-001 0 DIRETRIZES DE MATERIAIS DE ACABAMENTOS UTILIZADOS NA REDE BÁSICA

278 OR-4.20.02.74/3B5-001 0 PROJETO BÁSICO DE COMUNICAÇÃO VISUAL VSE - VILA SÔNIA

279 OR-4.20.02.74/4A9-002 0 ACABAMENTO VSE VILA SÔNIA

280 OR-4.20.03.00/3B3-001 0 ACABAMENTO - ESTAÇÃO VILA SÔNIA

281 OR-4.20.03.00/3B5-001 0 ESTAÇÃO VILA SÔNIA - COMUNICAÇÃO VISUAL

282 OR-4.20.06.74/3B5-001 0 PROJETO BÁSICO DE COMUNICAÇÃO VISUAL VSE - EDMUNDO LINS

283 OR-4.20.06.74/4A9-004 0 ACABAMENTO VSE EDMUNDO LINS

284 OR-4.20.07.73/3B5-001 0 COMUNICAÇÃO VISUAL VSE - DAVID MATARASSO

285 OR-4.20.07.73/4A9-002 0 ACABAMENTO VSE DAVID MATARASSO

286 PP-9.00.00.00/5B3-020 B PROJETO PADRÃO

287 PP-9.00.00.00/5B3-021 0 PROJETO PADRÃO

288 PP-9.00.00.00/5B3-022 B PROJETO PADRÃO

289 PP-9.00.00.00/5B3-023 A PROJETO PADRÃO

290 PP-9.00.00.00/5B3-024 0 PROJETO PADRÃO

291 PP-9.00.00.00/5B3-025 C PROJETO PADRÃO

292 PP-9.00.00.00/5B3-026 0 PROJETO PADRÃO

293 PP-9.00.00.00/5B3-027 A PROJETO PADRÃO

294 PP-9.00.00.00/5B3-028 C PROJETO PADRÃO

295 PP-9.00.00.00/5B3-1000 A PROJETO PADRÃO

296 PP-9.00.00.00/5B3-1016 A PROJETO PADRÃO

297 PP-9.00.00.00/5B3-1017 0 PROJETO PADRÃO

298 PP-9.00.00.00/5B3-1018 0 PROJETO PADRÃO

299 PP-9.00.00.00/5B3-1019 0 PROJETO PADRÃO

300 PP-9.00.00.00/5B3-1020 0 PROJETO PADRÃO

301 PP-9.00.00.00/5B3-1021 B PROJETO PADRÃO

302 PP-9.00.00.00/5B3-1022 0 PROJETO PADRÃO

303 PP-9.00.00.00/5B3-150 A PROJETO PADRÃO

304 PP-9.00.00.00/5B3-151 0 PROJETO PADRÃO

305 PP-9.00.00.00/5B3-152 B PROJETO PADRÃO

306 PP-9.00.00.00/5B3-153 B PROJETO PADRÃO

307 PP-9.00.00.00/5B3-154 C PROJETO PADRÃO

308 PP-9.00.00.00/5B3-155 0 PROJETO PADRÃO

309 PP-9.00.00.00/5B3-156 B PROJETO PADRÃO

310 PP-9.00.00.00/5B3-157 B PROJETO PADRÃO

311 PP-9.00.00.00/5B3-158 B PROJETO PADRÃO

312 PP-9.00.00.00/5B3-161 0 PROJETO PADRÃO

313 PP-9.00.00.00/5B3-162 0 PROJETO PADRÃO

314 PP-9.00.00.00/5B3-163 0 PROJETO PADRÃO


315 PP-9.00.00.00/5B3-251 A PROJETO PADRÃO

316 PP-9.00.00.00/5B3-253 A PROJETO PADRÃO

317 PP-9.00.00.00/5B3-254 C PROJETO PADRÃO

318 PP-9.00.00.00/5B3-255 B PROJETO PADRÃO

319 PP-9.00.00.00/5B3-257 B PROJETO PADRÃO

320 PP-9.00.00.00/5B3-262 E PROJETO PADRÃO

321 PP-9.00.00.00/5B3-266 B PROJETO PADRÃO

322 PP-9.00.00.00/5B3-267 0 PROJETO PADRÃO

323 PP-9.00.00.00/5B3-268 0 PROJETO PADRÃO

324 PP-9.00.00.00/5B3-270 0 PROJETO PADRÃO

325 PP-9.00.00.00/5B3-271 0 PROJETO PADRÃO

326 PP-9.00.00.00/5B3-272 A PROJETO PADRÃO

327 PP-9.00.00.00/5B3-273 0 PROJETO PADRÃO

328 PP-9.00.00.00/5B3-274 0 PROJETO PADRÃO

329 PP-9.00.00.00/5B3-277 0 PROJETO PADRÃO

330 PP-9.00.00.00/5B3-279 0 PROJETO PADRÃO

331 PP-9.00.00.00/5B3-280 C PROJETO PADRÃO

332 PP-9.00.00.00/5B3-281 D PROJETO PADRÃO

333 PP-9.00.00.00/5B3-282 B PROJETO PADRÃO

334 PP-9.00.00.00/5B3-283 0 PROJETO PADRÃO

335 PP-9.00.00.00/5B3-284 0 PROJETO PADRÃO

336 PP-9.00.00.00/5B3-285 0 PROJETO PADRÃO

337 PP-9.00.00.00/5B3-286 A PROJETO PADRÃO

338 PP-9.00.00.00/5B3-287 A PROJETO PADRÃO

339 PP-9.00.00.00/5B3-288 A PROJETO PADRÃO

340 PP-9.00.00.00/5B3-289 A PROJETO PADRÃO

341 PP-9.00.00.00/5B3-290 A PROJETO PADRÃO

342 PP-9.00.00.00/5B3-291 A PROJETO PADRÃO

343 PP-9.00.00.00/5B3-293 A PROJETO PADRÃO

344 PP-9.00.00.00/5B3-294 A PROJETO PADRÃO

345 PP-9.00.00.00/5B3-297 A PROJETO PADRÃO

346 PP-9.00.00.00/5B3-298 A PROJETO PADRÃO

347 PP-9.00.00.00/5B3-299 A PROJETO PADRÃO

348 PP-9.00.00.00/5B3-300 A PROJETO PADRÃO

349 PP-9.00.00.00/5B3-301 B PROJETO PADRÃO

350 PP-9.00.00.00/5B3-302 A PROJETO PADRÃO

351 PP-9.00.00.00/5B3-305 0 PROJETO PADRÃO

352 PP-9.00.00.00/5B3-306 0 PROJETO PADRÃO

353 PP-9.00.00.00/5B3-307 0 PROJETO PADRÃO

354 PP-9.00.00.00/5B3-308 0 PROJETO PADRÃO

355 PP-9.00.00.00/5B3-309 0 PROJETO PADRÃO

356 PP-9.00.00.00/5B3-310 0 PROJETO PADRÃO

357 PP-9.00.00.00/5B3-311 A PROJETO PADRÃO

358 PP-9.00.00.00/5B3-312 A PROJETO PADRÃO

359 PP-9.00.00.00/5B3-313 0 PROJETO PADRÃO

360 PP-9.00.00.00/5B3-314 0 PROJETO PADRÃO


361 PP-9.00.00.00/5B3-315 0 PROJETO PADRÃO

362 PP-9.00.00.00/5B3-316 0 PROJETO PADRÃO

363 PP-9.00.00.00/5B3-317 0 PROJETO PADRÃO

364 PP-9.00.00.00/5B3-318 0 PROJETO PADRÃO

365 PP-9.00.00.00/5B3-319 0 PROJETO PADRÃO

366 PP-9.00.00.00/5B3-320 0 PROJETO PADRÃO

367 PP-9.00.00.00/5B3-321 0 PROJETO PADRÃO

368 PP-9.00.00.00/5B3-322 0 PROJETO PADRÃO

369 PP-9.00.00.00/5B3-323 0 PROJETO PADRÃO

370 PP-9.00.00.00/5B3-450 A PROJETO PADRÃO

371 PP-9.00.00.00/5B3-451 E PROJETO PADRÃO

372 PP-9.00.00.00/5B3-452 0 PROJETO PADRÃO

373 PP-9.00.00.00/5B3-453 A PROJETO PADRÃO

374 PP-9.00.00.00/5B3-550 A PROJETO PADRÃO

375 PP-9.00.00.00/5B3-552 B PROJETO PADRÃO

376 PP-9.00.00.00/5B3-553 C PROJETO PADRÃO

377 PP-9.00.00.00/5B3-554 B PROJETO PADRÃO

378 PP-9.00.00.00/5B3-600 A PROJETO PADRÃO

379 PP-9.00.00.00/5B3-601 C PROJETO PADRÃO

380 PP-9.00.00.00/5B3-602 0 PROJETO PADRÃO

381 PP-9.00.00.00/5B3-605 0 PROJETO PADRÃO

382 PP-9.00.00.00/5B3-608 B PROJETO PADRÃO

383 PP-9.00.00.00/5B3-609 D PROJETO PADRÃO

384 PP-9.00.00.00/5B3-612 C PROJETO PADRÃO

385 PP-9.00.00.00/5B3-613 0 PROJETO PADRÃO

386 PP-9.00.00.00/5B3-614 A PROJETO PADRÃO

387 PP-9.00.00.00/5B3-615 A PROJETO PADRÃO

388 PP-9.00.00.00/5B3-616 0 PROJETO PADRÃO

389 PP-9.00.00.00/5B3-617 0 PROJETO PADRÃO

390 PP-9.00.00.00/5B3-618 0 PROJETO PADRÃO

391 PP-9.00.00.00/5B3-619 0 PROJETO PADRÃO

392 PP-9.00.00.00/5B3-620 0 PROJETO PADRÃO

393 PP-9.00.00.00/5B3-621 0 PROJETO PADRÃO

394 PP-9.00.00.00/5B3-622 A PROJETO PADRÃO

395 PP-9.00.00.00/5B3-800 0 PROJETO PADRÃO

396 PP-9.00.00.00/5B3-801 A PROJETO PADRÃO

397 PP-9.00.00.00/5B3-802 0 PROJETO PADRÃO

398 PP-9.00.00.00/5B3-803 0 PROJETO PADRÃO

399 PP-9.00.00.00/5B3-809 B PROJETO PADRÃO

400 PP-9.00.00.00/5B3-810 A PROJETO PADRÃO

401 PP-9.00.00.00/5B3-813 0 PROJETO PADRÃO

402 PP-9.00.00.00/5B3-815 0 PROJETO PADRÃO

403 PP-9.00.00.00/5B3-818 0 PROJETO PADRÃO

404 PP-9.00.00.00/5B3-819 0 PROJETO PADRÃO

405 PP-9.00.00.00/5B3-820 A PROJETO PADRÃO

406 PP-9.00.00.00/5B3-821 0 PROJETO PADRÃO


407 PP-9.00.00.00/5B3-822 0 PROJETO PADRÃO

408 PP-9.00.00.00/5B3-823 A PROJETO PADRÃO

409 PP-9.00.00.00/5B3-824 0 PROJETO PADRÃO

410 PP-9.00.00.00/5B3-825 0 PROJETO PADRÃO

411 PP-9.00.00.00/5B3-826 A PROJETO PADRÃO

412 PP-9.00.00.00/5B3-827 0 PROJETO PADRÃO

413 PP-9.00.00.00/5B3-904 B PROJETO PADRÃO

414 PP-9.00.00.00/5B3-906 A PROJETO PADRÃO

415 PP-9.00.00.00/5B3-907 A PROJETO PADRÃO

416 PP-9.00.00.00/5B3-908 A PROJETO PADRÃO

417 PP-9.00.00.00/5B3-909 0 PROJETO PADRÃO

418 PP-9.00.00.00/5B3-911 0 PROJETO PADRÃO

419 PP-9.00.00.00/5B3-912 A PROJETO PADRÃO

420 PP-9.00.00.00/5B3-914 0 PROJETO PADRÃO

421 PP-9.00.00.00/5B3-915 A PROJETO PADRÃO

422 PP-9.00.00.00/5B3-916 B PROJETO PADRÃO

423 PP-9.00.00.00/5B3-918 0 PROJETO PADRÃO

424 PP-9.00.00.00/5B3-922 0 PROJETO PADRÃO

425 PP-9.00.00.00/5B3-923 0 PROJETO PADRÃO

426 PP-9.00.00.00/5B3-924 0 PROJETO PADRÃO

427 PP-9.00.00.00/5B3-926 A PROJETO PADRÃO

428 PP-9.00.00.00/5B3-927 A PROJETO PADRÃO

429 PP-9.00.00.00/5B3-930 0 PROJETO PADRÃO

430 PP-9.00.00.00/5B3-932 0 PROJETO PADRÃO

431 PP-9.00.00.00/5B3-933 0 PROJETO PADRÃO

432 PP-9.00.00.00/5B3-956 C PROJETO PADRÃO

433 PP-9.00.00.00/5B5-017 C PROJETO PADRÃO

434 PP-9.00.00.00/5B5-023 D PROJETO PADRÃO

435 PP-9.00.00.00/5B5-024 D PROJETO PADRÃO

436 PP-9.00.00.00/5B5-025 A PROJETO PADRÃO

437 PP-9.00.00.00/5B5-028 B PROJETO PADRÃO

438 PP-9.00.00.00/5B5-053 0 PROJETO PADRÃO

439 PP-9.00.00.00/6B3-001 I PROJETO PADRÃO

440 PP-9.00.00.00/6B3-002 H PROJETO PADRÃO

441 PP-9.00.00.00/6B3-003 K PROJETO PADRÃO

442 PP-9.00.00.00/6B3-004 E PROJETO PADRÃO

443 PP-9.00.00.00/6B3-005 C PROJETO PADRÃO

444 PP-9.00.00.00/6B3-006 G PROJETO PADRÃO

445 PP-9.00.00.00/6B3-008 0 PROJETO PADRÃO

446 PP-9.00.00.00/6B3-050 G PROJETO PADRÃO

447 PP-9.00.00.00/6B3-053 C PROJETO PADRÃO

448 PP-9.00.00.00/6B3-1012 0 PROJETO PADRÃO

449 PP-9.00.00.00/6B3-1013 B PROJETO PADRÃO

450 PP-9.00.00.00/6B3-1024 K PROJETO PADRÃO

451 PP-9.00.00.00/6B3-1026 0 PROJETO PADRÃO

452 PP-9.00.00.00/6B3-1027 0 PROJETO PADRÃO


453 PP-9.00.00.00/6B3-1028 0 PROJETO PADRÃO

454 PP-9.00.00.00/6B3-1030 G PROJETO PADRÃO

455 PP-9.00.00.00/6B3-1031 0 PROJETO PADRÃO

456 PP-9.00.00.00/6B3-1032 A PROJETO PADRÃO

457 PP-9.00.00.00/6B3-1033 C PROJETO PADRÃO

458 PP-9.00.00.00/6B3-1034 A PROJETO PADRÃO

459 PP-9.00.00.00/6B3-1035 B PROJETO PADRÃO

460 PP-9.00.00.00/6B3-1036 0 PROJETO PADRÃO

461 PP-9.00.00.00/6B3-1037 A PROJETO PADRÃO

462 PP-9.00.00.00/6B3-1038 A PROJETO PADRÃO

463 PP-9.00.00.00/6B3-1046 I PROJETO PADRÃO

464 PP-9.00.00.00/6B3-1047 B PROJETO PADRÃO

465 PP-9.00.00.00/6B3-1048 K PROJETO PADRÃO

466 PP-9.00.00.00/6B3-1049 L PROJETO PADRÃO

467 PP-9.00.00.00/6B3-1050 C PROJETO PADRÃO

468 PP-9.00.00.00/6B3-1093 B PROJETO PADRÃO

469 PP-9.00.00.00/6B3-1100 B PROJETO PADRÃO

470 PP-9.00.00.00/6B3-1123 0 PROJETO PADRÃO

471 PP-9.00.00.00/6B3-1128 0 PROJETO PADRÃO

472 PP-9.00.00.00/6B3-1129 A PROJETO PADRÃO

473 PP-9.00.00.00/6B3-150 O PROJETO PADRÃO

474 PP-9.00.00.00/6B3-151 H PROJETO PADRÃO

475 PP-9.00.00.00/6B3-152 C PROJETO PADRÃO

476 PP-9.00.00.00/6B3-154 0 PROJETO PADRÃO

477 PP-9.00.00.00/6B3-155 0 PROJETO PADRÃO

478 PP-9.00.00.00/6B3-156 A PROJETO PADRÃO

479 PP-9.00.00.00/6B3-157 A PROJETO PADRÃO

480 PP-9.00.00.00/6B3-200 F PROJETO PADRÃO

481 PP-9.00.00.00/6B3-250 J PROJETO PADRÃO

482 PP-9.00.00.00/6B3-255 H PROJETO PADRÃO

483 PP-9.00.00.00/6B3-260 G PROJETO PADRÃO

484 PP-9.00.00.00/6B3-261 F PROJETO PADRÃO

485 PP-9.00.00.00/6B3-264 B PROJETO PADRÃO

486 PP-9.00.00.00/6B3-268 C PROJETO PADRÃO

487 PP-9.00.00.00/6B3-269 C PROJETO PADRÃO

488 PP-9.00.00.00/6B3-273 L PROJETO PADRÃO

489 PP-9.00.00.00/6B3-274 D PROJETO PADRÃO

490 PP-9.00.00.00/6B3-279 H PROJETO PADRÃO

491 PP-9.00.00.00/6B3-280 C PROJETO PADRÃO

492 PP-9.00.00.00/6B3-281 K PROJETO PADRÃO

493 PP-9.00.00.00/6B3-283 B PROJETO PADRÃO

494 PP-9.00.00.00/6B3-284 D PROJETO PADRÃO

495 PP-9.00.00.00/6B3-285 H PROJETO PADRÃO

496 PP-9.00.00.00/6B3-287 F PROJETO PADRÃO

497 PP-9.00.00.00/6B3-292 C PROJETO PADRÃO

498 PP-9.00.00.00/6B3-293 B PROJETO PADRÃO


499 PP-9.00.00.00/6B3-294 D PROJETO PADRÃO

500 PP-9.00.00.00/6B3-295 C PROJETO PADRÃO

501 PP-9.00.00.00/6B3-296 C PROJETO PADRÃO

502 PP-9.00.00.00/6B3-297 C PROJETO PADRÃO

503 PP-9.00.00.00/6B3-298 B PROJETO PADRÃO

504 PP-9.00.00.00/6B3-310 G PROJETO PADRÃO

505 PP-9.00.00.00/6B3-311 G PROJETO PADRÃO

506 PP-9.00.00.00/6B3-312 D PROJETO PADRÃO

507 PP-9.00.00.00/6B3-313 B PROJETO PADRÃO

508 PP-9.00.00.00/6B3-314 C PROJETO PADRÃO

509 PP-9.00.00.00/6B3-315 D PROJETO PADRÃO

510 PP-9.00.00.00/6B3-316 F PROJETO PADRÃO

511 PP-9.00.00.00/6B3-317 D PROJETO PADRÃO

512 PP-9.00.00.00/6B3-319 C PROJETO PADRÃO

513 PP-9.00.00.00/6B3-320 B PROJETO PADRÃO

514 PP-9.00.00.00/6B3-327 D PROJETO PADRÃO

515 PP-9.00.00.00/6B3-328 B PROJETO PADRÃO

516 PP-9.00.00.00/6B3-329 E PROJETO PADRÃO

517 PP-9.00.00.00/6B3-330 A PROJETO PADRÃO

518 PP-9.00.00.00/6B3-331 D PROJETO PADRÃO

519 PP-9.00.00.00/6B3-333 A PROJETO PADRÃO

520 PP-9.00.00.00/6B3-337 F PROJETO PADRÃO

521 PP-9.00.00.00/6B3-338 B PROJETO PADRÃO

522 PP-9.00.00.00/6B3-339 D PROJETO PADRÃO

523 PP-9.00.00.00/6B3-340 0 PROJETO PADRÃO

524 PP-9.00.00.00/6B3-346 0 PROJETO PADRÃO

525 PP-9.00.00.00/6B3-347 0 PROJETO PADRÃO

526 PP-9.00.00.00/6B3-348 0 PROJETO PADRÃO

527 PP-9.00.00.00/6B3-349 B PROJETO PADRÃO

528 PP-9.00.00.00/6B3-350 B PROJETO PADRÃO

529 PP-9.00.00.00/6B3-351 B PROJETO PADRÃO

530 PP-9.00.00.00/6B3-352 A PROJETO PADRÃO

531 PP-9.00.00.00/6B3-353 B PROJETO PADRÃO

532 PP-9.00.00.00/6B3-354 B PROJETO PADRÃO

533 PP-9.00.00.00/6B3-355 0 PROJETO PADRÃO

534 PP-9.00.00.00/6B3-358 A PROJETO PADRÃO

535 PP-9.00.00.00/6B3-450 F PROJETO PADRÃO

536 PP-9.00.00.00/6B3-451 H PROJETO PADRÃO

537 PP-9.00.00.00/6B3-452 G PROJETO PADRÃO

538 PP-9.00.00.00/6B3-453 L PROJETO PADRÃO

539 PP-9.00.00.00/6B3-454 E PROJETO PADRÃO

540 PP-9.00.00.00/6B3-455 H PROJETO PADRÃO

541 PP-9.00.00.00/6B3-456 B PROJETO PADRÃO

542 PP-9.00.00.00/6B3-457 D PROJETO PADRÃO

543 PP-9.00.00.00/6B3-462 D PROJETO PADRÃO

544 PP-9.00.00.00/6B3-469 B PROJETO PADRÃO


545 PP-9.00.00.00/6B3-471 A PROJETO PADRÃO

546 PP-9.00.00.00/6B3-473 A PROJETO PADRÃO

547 PP-9.00.00.00/6B3-474 B PROJETO PADRÃO

548 PP-9.00.00.00/6B3-475 E PROJETO PADRÃO

549 PP-9.00.00.00/6B3-476 D PROJETO PADRÃO

550 PP-9.00.00.00/6B3-500 B PROJETO PADRÃO

551 PP-9.00.00.00/6B3-501 E PROJETO PADRÃO

552 PP-9.00.00.00/6B3-502 E PROJETO PADRÃO

553 PP-9.00.00.00/6B3-503 D PROJETO PADRÃO

554 PP-9.00.00.00/6B3-550 H PROJETO PADRÃO

555 PP-9.00.00.00/6B3-551 D PROJETO PADRÃO

556 PP-9.00.00.00/6B3-554 A PROJETO PADRÃO

557 PP-9.00.00.00/6B3-555 A PROJETO PADRÃO

558 PP-9.00.00.00/6B3-556 B PROJETO PADRÃO

559 PP-9.00.00.00/6B3-557 A PROJETO PADRÃO

560 PP-9.00.00.00/6B3-600 H PROJETO PADRÃO

561 PP-9.00.00.00/6B3-604 C PROJETO PADRÃO

562 PP-9.00.00.00/6B3-605 C PROJETO PADRÃO

563 PP-9.00.00.00/6B3-607 F PROJETO PADRÃO

564 PP-9.00.00.00/6B3-614 G PROJETO PADRÃO

565 PP-9.00.00.00/6B3-618 B PROJETO PADRÃO

566 PP-9.00.00.00/6B3-619 C PROJETO PADRÃO

567 PP-9.00.00.00/6B3-620 A PROJETO PADRÃO

568 PP-9.00.00.00/6B3-621 B PROJETO PADRÃO

569 PP-9.00.00.00/6B3-624 D PROJETO PADRÃO

570 PP-9.00.00.00/6B3-629 F PROJETO PADRÃO

571 PP-9.00.00.00/6B3-630 C PROJETO PADRÃO

572 PP-9.00.00.00/6B3-632 E PROJETO PADRÃO

573 PP-9.00.00.00/6B3-635 B PROJETO PADRÃO

574 PP-9.00.00.00/6B3-636 B PROJETO PADRÃO

575 PP-9.00.00.00/6B3-638 C PROJETO PADRÃO

576 PP-9.00.00.00/6B3-639 D PROJETO PADRÃO

577 PP-9.00.00.00/6B3-642 D PROJETO PADRÃO

578 PP-9.00.00.00/6B3-647 D PROJETO PADRÃO

579 PP-9.00.00.00/6B3-648 C PROJETO PADRÃO

580 PP-9.00.00.00/6B3-649 A PROJETO PADRÃO

581 PP-9.00.00.00/6B3-650 C PROJETO PADRÃO

582 PP-9.00.00.00/6B3-651 B PROJETO PADRÃO

583 PP-9.00.00.00/6B3-652 B PROJETO PADRÃO

584 PP-9.00.00.00/6B3-653 B PROJETO PADRÃO

585 PP-9.00.00.00/6B3-656 B PROJETO PADRÃO

586 PP-9.00.00.00/6B3-666 0 PROJETO PADRÃO

587 PP-9.00.00.00/6B3-667 0 PROJETO PADRÃO

588 PP-9.00.00.00/6B3-668 0 PROJETO PADRÃO

589 PP-9.00.00.00/6B3-669 0 PROJETO PADRÃO

590 PP-9.00.00.00/6B3-674 A PROJETO PADRÃO


591 PP-9.00.00.00/6B3-676 A PROJETO PADRÃO

592 PP-9.00.00.00/6B3-677 0 PROJETO PADRÃO

593 PP-9.00.00.00/6B3-678 A PROJETO PADRÃO

594 PP-9.00.00.00/6B3-679 0 PROJETO PADRÃO

595 PP-9.00.00.00/6B3-800 D PROJETO PADRÃO

596 PP-9.00.00.00/6B3-802 F PROJETO PADRÃO

597 PP-9.00.00.00/6B3-803 C PROJETO PADRÃO

598 PP-9.00.00.00/6B3-804 K PROJETO PADRÃO

599 PP-9.00.00.00/6B3-805 D PROJETO PADRÃO

600 PP-9.00.00.00/6B3-806 D PROJETO PADRÃO

601 PP-9.00.00.00/6B3-807 E PROJETO PADRÃO

602 PP-9.00.00.00/6B3-808 A PROJETO PADRÃO

603 PP-9.00.00.00/6B3-811 F PROJETO PADRÃO

604 PP-9.00.00.00/6B3-812 C PROJETO PADRÃO

605 PP-9.00.00.00/6B3-813 A PROJETO PADRÃO

606 PP-9.00.00.00/6B3-815 F PROJETO PADRÃO

607 PP-9.00.00.00/6B3-816 D PROJETO PADRÃO

608 PP-9.00.00.00/6B3-817 A PROJETO PADRÃO

609 PP-9.00.00.00/6B3-822 D PROJETO PADRÃO

610 PP-9.00.00.00/6B3-825 E PROJETO PADRÃO

611 PP-9.00.00.00/6B3-827 G PROJETO PADRÃO

612 PP-9.00.00.00/6B3-836 A PROJETO PADRÃO

613 PP-9.00.00.00/6B3-843 B PROJETO PADRÃO

614 PP-9.00.00.00/6B3-846 A PROJETO PADRÃO

615 PP-9.00.00.00/6B3-847 B PROJETO PADRÃO

616 PP-9.00.00.00/6B3-848 A PROJETO PADRÃO

617 PP-9.00.00.00/6B3-849 A PROJETO PADRÃO

618 PP-9.00.00.00/6B3-850 A PROJETO PADRÃO

619 PP-9.00.00.00/6B3-851 C PROJETO PADRÃO

620 PP-9.00.00.00/6B3-852 A PROJETO PADRÃO

621 PP-9.00.00.00/6B3-853 B PROJETO PADRÃO

622 PP-9.00.00.00/6B3-854 A PROJETO PADRÃO

623 PP-9.00.00.00/6B3-855 A PROJETO PADRÃO

624 PP-9.00.00.00/6B3-856 0 PROJETO PADRÃO

625 PP-9.00.00.00/6B3-857 0 PROJETO PADRÃO

626 PP-9.00.00.00/6B3-900 H PROJETO PADRÃO

627 PP-9.00.00.00/6B3-901 F PROJETO PADRÃO

628 PP-9.00.00.00/6B3-915 E PROJETO PADRÃO

629 PP-9.00.00.00/6B3-916 D PROJETO PADRÃO

630 PP-9.00.00.00/6B3-917 F PROJETO PADRÃO

631 PP-9.00.00.00/6B3-918 D PROJETO PADRÃO

632 PP-9.00.00.00/6B3-919 C PROJETO PADRÃO

633 PP-9.00.00.00/6B3-920 E PROJETO PADRÃO

634 PP-9.00.00.00/6B3-923 A PROJETO PADRÃO

635 PP-9.00.00.00/6B3-924 B PROJETO PADRÃO

636 PP-9.00.00.00/6B3-925 C PROJETO PADRÃO


637 PP-9.00.00.00/6B3-927 E PROJETO PADRÃO

638 PP-9.00.00.00/6B3-938 0 PROJETO PADRÃO

639 PP-9.00.00.00/6B3-945 A PROJETO PADRÃO

640 PP-9.00.00.00/6B3-946 A PROJETO PADRÃO

641 PP-9.00.00.00/6B3-949 B PROJETO PADRÃO

642 PP-9.00.00.00/6B5-215 G PROJETO PADRÃO

643 PP-9.00.00.00/6B5-233 A PROJETO PADRÃO

644 PP-9.00.00.00/6B5-400 0 PROJETO PADRÃO

645 PP-9.00.00.00/6B5-401 0 PROJETO PADRÃO

646 PP-9.00.00.00/6B5-402 0 PROJETO PADRÃO

647 PP-9.00.00.00/6B5-403 0 PROJETO PADRÃO

648 PP-9.00.00.00/6B5-404 0 PROJETO PADRÃO

649 PP-9.00.00.00/6B5-405 0 PROJETO PADRÃO

650 PP-9.00.00.00/6B5-406 0 PROJETO PADRÃO

651 PP-9.00.00.00/6B5-407 0 PROJETO PADRÃO

652 PP-9.00.00.00/6B5-408 0 PROJETO PADRÃO

653 PP-9.00.00.00/6B5-409 0 PROJETO PADRÃO

654 PP-9.00.00.00/6B5-410 0 PROJETO PADRÃO

655 PP-9.00.00.00/6B5-411 0 PROJETO PADRÃO

656 PP-9.00.00.00/6B5-412 0 PROJETO PADRÃO

657 PP-9.00.00.00/6B5-413 0 PROJETO PADRÃO

658 PP-9.00.00.00/6B5-414 0 PROJETO PADRÃO

659 PP-9.00.00.00/6B5-415 0 PROJETO PADRÃO

660 PP-9.00.00.00/6B5-416 0 PROJETO PADRÃO

661 PP-9.00.00.00/6B5-417 0 PROJETO PADRÃO

662 PP-9.00.00.00/6B5-418 0 PROJETO PADRÃO

663 PP-9.00.00.00/6B5-419 0 PROJETO PADRÃO

664 PP-9.00.00.00/6B5-420 0 PROJETO PADRÃO

665 PP-9.00.00.00/6B5-421 0 PROJETO PADRÃO

666 PP-9.00.00.00/6B5-422 0 PROJETO PADRÃO

667 PP-9.00.00.00/6B5-423 0 PROJETO PADRÃO

668 PP-9.00.00.00/6B5-424 0 PROJETO PADRÃO

669 PP-9.00.00.00/6B5-425 0 PROJETO PADRÃO

670 PP-9.00.00.00/6B5-426 0 PROJETO PADRÃO

671 PP-9.00.00.00/6B5-430 0 PROJETO PADRÃO

672 PP-9.00.00.00/6B5-431 0 PROJETO PADRÃO

673 PP-9.00.00.00/6B5-432 0 PROJETO PADRÃO

674 PP-9.00.00.00/6B5-434 0 PROJETO PADRÃO

675 PP-9.00.00.00/6B5-435 0 PROJETO PADRÃO

676 PP-9.00.00.00/6B5-436 0 PROJETO PADRÃO

677 PP-9.00.00.00/6B5-437 0 PROJETO PADRÃO

678 PP-9.00.00.00/6B5-438 0 PROJETO PADRÃO

679 PP-9.00.00.00/6B5-439 0 PROJETO PADRÃO

680 PP-9.00.00.00/6B5-440 0 PROJETO PADRÃO

681 PP-9.00.00.00/6B5-441 0 PROJETO PADRÃO

682 PP-9.00.00.00/6B5-442 0 PROJETO PADRÃO


683 PP-9.00.00.00/6B5-443 0 PROJETO PADRÃO

684 PP-9.00.00.00/6B5-444 0 PROJETO PADRÃO

685 PP-9.00.00.00/6B5-445 0 PROJETO PADRÃO

686 PP-9.00.00.00/6B5-447 0 PROJETO PADRÃO

687 PP-9.00.00.00/9B5-059 0 PROJETO PADRÃO

688 PP-9.00.00.00/9B5-060 0 PROJETO PADRÃO

689 PP-9.00.00.00/9B5-072 0 PROJETO PADRÃO

_____________/////______________

_____________/////______________