Você está na página 1de 20

Responsável pelo Conteúdo:

Profa Ms Rosângela Maura Correa Bonici

Revisão Textual:
Profa Vera Lidia de Sa Cicaroni
 Desconto

 Desconto Simples

 Desconto racional simples ou


“por dentro” (DRS)

 Desconto Bancário ou Comercial ou


“por fora” (DBS ou DCS)

 Desconto Composto

 Desconto Racional Composto (DRC)

Nesta unidade de ensino estudaremos o conceito de desconto, os


tipos de descontos existentes no mercado financeiro e como calculá-
los usando o método convencional (algébrico) e a calculadora HP-
12C. No material complementar você encontrará a indicação de um
site com um emulador de HP-12C, que é uma calculadora virtual, e
de outro com o guia do usuário HP-12C, caso precise.

Caro aluno,
Nesta unidade você estudará o conceito de desconto e também aprenderá como calculá-lo. O
conteúdo teórico, além de apresentar exercícios resolvidos algebricamente, também mostra
como resolvê-los usando a calculadora HP-12C. Para que sua aprendizagem seja completa,
leia sempre o conteúdo teórico, assista ao vídeo da aula e ouça o Power-Point narrado. Esses
materiais são complementares e visam proporcionar a melhor aprendizagem possível. Se
mesmo assim tiver dúvidas, entre em contato com seu tutor; ele poderá auxiliá-lo.

5
CURIOSIDADES SOBRE DESCONTO DE DUPLICATAS

DEFINIÇÃO

Desconto de duplicata é um empréstimo destinado a antecipar os valores a receber das


vendas a prazo, financiadas através da emissão de duplicatas mercantis ou de serviços,
emitidas pela empresa vendedora para as empresas clientes.

BENEFICIÁRIOS

Pessoas jurídicas, emitentes de duplicatas mercantis e/ou de serviços.

CARACTERÍSTICAS

Valor: Valor da(s) duplicata(s) entregue(s) e capacidade de pagamento do cliente, conforme


limite de crédito definido pela instituição financeira.

Prazo: Conforme prazo da duplicata. Quando mais de uma duplicata for entregue, será
calculado o prazo médio para desconto.

Encargos

 Taxa - pré-fixada: cobrada antecipadamente sobre o valor da(s) duplicata(s) entregue(s).

 IOF: Incidente sobre o valor líquido do desconto (valor das duplicatas, menos taxa de
desconto).

 Taxa de Abertura de Crédito - TAC: cobrada pela instituição para cada contrato,
conforme sua tabela de tarifas.

 Tarifa de cobrança: cobrada pela instituição, por duplicata, conforme sua tabela de tarifas.

FORMA DE LIBERAÇÃO

O valor líquido do desconto é liberado em conta corrente.

6
FORMA DE PAGAMENTO

Na data de liquidação das duplicatas, os valores recebidos amortizam automaticamente o


valor do empréstimo. Caso o sacado não efetue o pagamento da duplicata no prazo de
vencimento, a instituição financeira cobrará o valor correspondente da empresa emissora com
base no Direito de regresso.

GARANTIAS

A própria duplicata endossada entregue para desconto. Nota Promissória anexa ao borderô
de desconto com aval dos sócios ou de terceiros que possam apresentar algum bem.

FORMALIZAÇÃO

Nesta operação não existe contrato, a própria duplicata é o instrumento contratual, que, uma
vez endossada, é anexada a um borderô e entregue à instituição financeira.

Fonte: <http://apps.fiesp.com.br/spcred/descontoduplicatas.asp>. Acesso em 22 Jul. 2011.

7
O documento comprobatório de uma dívida é chamado de título de crédito. A nota
promissória, as duplicatas, as letras de câmbio, os cheques, os certificados de depósito, as
cadernetas de poupança, entre outros, são exemplos de títulos de crédito.

Títulos de crédito, como nota promissória, duplicata e letra de câmbio, podem sofrer
uma operação financeira denominada desconto, que consiste em o portador resgatar o título
antes do vencimento, recebendo, por ele, um valor menor do que receberia se aguardasse até
a data de seu vencimento. Portanto podemos dizer que o desconto é o abatimento feito no
valor de uma dívida quando ela é paga antes do seu vencimento.

Esses títulos de crédito têm um valor declarado chamado de valor nominal ou


valor da face. O valor recebido pelo portador do título, após a operação de desconto, é
chamado de valor atual ou valor líquido. Podemos classificar os tipos de desconto em:
desconto simples e desconto composto.

Desconto Simples

Vamos estudar o desconto racional simples ou “por dentro” e o desconto bancário ou


comercial ou “por fora”.

Desconto racional simples ou “por dentro” (DRS)

No Brasil, o desconto racional simples é pouco praticado, por ser desfavorável às


instituições financeiras, que são os órgãos que praticam essa operação. Ele favorece quem
solicita o desconto. Apesar de ser pouco usual, é importante que o conheçamos. Para calcular
o desconto racional simples, usamos as seguintes fórmulas:

8
FÓRMULA PARA CÁLCULO DO DESCONTO RACIONAL SIMPLES
DRS = desconto racional simples
DRS = VN - VL VN = valor nominal (declarado na face do título)
VL = valor líquido (recebido após a operação)

ou

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO DESCONTO RACIONAL SIMPLES


DRS = desconto racional simples
VN . i . n VN = valor nominal (declarado na face do título)
DRS 
(1  i . n) i = taxa de desconto
n = prazo do desconto
A taxa (i) e o prazo (n) devem estar na mesma unidade de tempo.

Para encontrar o valor líquido, devemos usar:

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO VALOR LÍQUIDO (DRS)


VL = valor líquido (recebido após a operação)
VN VN = valor nominal (declarado na face do título)
VL 
(1  i . n) d = valor do desconto
n = prazo do desconto
A taxa (i) e o prazo (n) devem estar na mesma unidade de tempo.

Para todos os cálculos, usamos, quando necessário, seis casas decimais e


arredondamentos.

Vamos ver um exemplo de como calcular o desconto racional:

Exemplo 1: Um título de valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes do seu


vencimento, à taxa de juro simples de 2,5% ao mês. Qual o desconto racional simples? Qual o
valor líquido recebido?

9
Cálculo do Desconto Racional Simples (DRS)
Dados Solução algébrica
VN =25000 VN . i . n 25000.0,025.2
DRS  
n = 2 meses (1  i . n) 1  0,025.2
i = 2,5% ao mês (0,025) 25000.0,025.2 1250
DRS = ?    1190,48
1  0,025.2 1,05
VL = ? DRS  1190,48

DRS = VN – VL
1190,48 = 25000 – VL
VL = 23.809,52

Solução HP 12-C

f [REG] (limpa todas os registros armazenados na memória)


25000
ENTER

0,025
Xent 2 X

1
ENTER

0,025 ent
ENTER

2
X ent + 

1190,48
CHS

25000
ent
+

R$ 23809,52

Desconto Bancário ou Comercial ou “por fora” (DBS ou DCS)

Esta modalidade é muito utilizada nas operações comerciais, principalmente nas operações
bancárias, tendo em vista que, para as instituições financeiras, esta operação é muito mais
interessante, do ponto de vista financeiro, do que a operação de Desconto Racional Simples.

10
O desconto bancário ou comercial ou por fora é calculado usando as seguintes fórmulas:
FÓRMULA PARA CÁLCULO DO DESCONTO BANCÁRIO SIMPLES
DBS = desconto bancário simples
VN = valor nominal (declarado na face do título)
DBS  VN . i . n i = taxa de desconto
n = prazo do desconto
A taxa (i) e o prazo (n) devem estar na mesma unidade de tempo.

Para calcular o valor líquido, fazemos:

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO VALOR LÍQUIDO (DBS)


VL = valor líquido (recebido após a operação)
VL  VN  DBS VN = valor nominal (declarado na face do título)
DBS = desconto bancário simples

Vamos ver um exemplo de aplicação.

Exemplo 2: Um título no valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes do seu


vencimento, à taxa de juro simples de 2,5% ao mês. Qual o valor do desconto bancário
simples? E o valor líquido recebido?

CÁLCULO DO DESCONTO BANCÁRIO SIMPLES (DBS)


Dados Solução algébrica
VN =25000 DBS  VN . i . n  DBS  25000.0,025.2
n = 2 meses DBS  1250
i = 2,5% ao mês (0,025)
DBS = ? VL  VN  DBS  VL  25000  1250
VL = ? VL  23750,00

11
Solução HP 12-C

f [REG] (limpa todas os registros armazenados na memória)


25000
ENTER
0,025
Xent
2
X

1250,00
CHS

25000
ent
+

R$ 23750,00

Se compararmos os valores do desconto racional simples (exemplo 1)


e do desconto bancário simples (exemplo 2), temos que:

Desconto racional Desconto bancário


simples simples
Fonte:
R $ 1.190,48 R$ 1.250,00 derbymotta.blogspot.com

Do ponto de vista da instituição financeira, é mais vantajoso trabalhar com o desconto


bancário simples, pois o desconto é maior.
Do ponto de vista do dono do título, é mais vantajoso trabalhar com o desconto
racional simples, pois o desconto é menor, o que produz um valor líquido maior.

Desconto Composto

No desconto composto, a taxa de desconto incide sobre o valor nominal (VN). Vimos,
anteriormente, que, conceitualmente, o desconto é o valor nominal (VN) menos o valor
líquido (VL), ou seja, D = VN – VL. Esse conceito também se aplica ao cálculo do desconto
composto.
Vamos estudar o desconto racional composto e o desconto bancário composto.
12
Desconto Racional Composto (DRC)
Para calcular o desconto racional composto, vamos fazer:

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO DESCONTO RACIONAL COMPOSTO


DRC= desconto racional composto
DRC  VN  VL VN = valor nominal (declarado na face do título)
VL = valor líquido (recebido após a operação)

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO VALOR LÍQUIDO (DRC)


VL = valor líquido (recebido após a operação)
VN VN = valor nominal (declarado na face do título)
VL 
(1  i) n i = taxa de desconto
n = prazo do desconto
A taxa (i) e o prazo (n) devem estar na mesma unidade de tempo.
Lembre-se: como a referência é o juro composto, se precisar fazer acertos, mexa no
período e nunca na taxa de desconto.

Vamos ver um exemplo de aplicação?

Exemplo 3: Determinar o valor do desconto racional composto de um título de valor


nominal de R$ 5.000,00, sendo descontado 3 meses antes do seu vencimento, considerando
uma taxa de juro composto de R$ 3,5% ao mês.

CÁLCULO DO DESCONTO RACIONAL COMPOSTO (DRC)


Dados Solução algébrica
VN =5000 DRC  VN  VL (primeiro temos que calcular o VL)
n = 3 meses VN 5000
VL   VL 
i = 3,5% ao mês (0,035) (1  i ) n
(1  0,035) 3
DRC = ? 5000
 VL   VL  4509,71
1,108718
DRC  VN  VL  DRC  5000  4509,71  490,29

Solução HP 12-C

13
f [REG] (limpa todas os registros armazenados na memória)

5000
FV

3,5 ent
i

3
n

- 4509,71
en
PV
t
5000 +

R$ 490,29

Desconto comercial ou bancário composto (DBC)


Para calcular o desconto comercial ou bancário composto, devemos usar a fórmula:

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO DESCONTO BANCÁRIO COMPOSTO


DBC= desconto bancário composto
DBC  VN  VL VN = valor nominal (declarado na face do título)
VL = valor líquido (recebido após a operação)

FÓRMULA PARA CÁLCULO DO VALOR LÍQUIDO (DBC)


VL = valor líquido (recebido após a operação)
VL  VN .(1  i) n VN = valor nominal (declarado na face do título)
i = taxa de desconto
n = prazo do desconto
A taxa (i) e o prazo (n) devem estar na mesma unidade de tempo.
Lembre-se: como a referência é o juro composto, se precisar fazer acertos, mexa no período e
nunca na taxa de desconto.

Vamos ver um exemplo de aplicação.

14
Exemplo 4: Uma duplicata no valor de R$ 25.000,00, com 60 dias para o seu vencimento, é
descontada a uma taxa de 2,5% ao mês, de acordo com o conceito de desconto bancário
composto. Calcule o valor líquido que foi creditado na conta e o valor do desconto concedido.

CÁLCULO DO DESCONTO BANCÁRIO COMPOSTO (DBC)


Dados Solução algébrica
VN =25000 DBC  VN  VL (primeiro temos que calcular o VL)
n = 60 dias (2 meses) VL  VN .(1  i) n  VL  25000.(1  0,025) 2
i = 2,5% ao mês (0,025)  VL  23765,63
DBC = ?
DBC  VN  VL  DRC  25000  23765,63  1234,38

Solução HP 12-C

f
[REG] (limpa todas os registros armazenados na memória)
25000
ENTER

1 ent
ENTER

0,025 ent
- 2 YX x

en
23765,63
t
CHS

25000 +

R$ 1234,38

15
Matemática Essencial – Site que traz teoria sobre desconto simples e composto.

Disponível em
<http://pessoal.sercomtel.com.br/matematica/financeira/curso/curso.htm#mfin13
>.Acesso em 22 jul. 2011.

Calculadora on-line - Site que permite calcular automaticamente descontos


simples e compostos.

Disponível em < http://www.calculadoraonline.com.br/financeira>.Acesso em 22


jul. 2011.

Matemática Financeira – resumos concursos – Site que traz muitos resumos de


teoria sobre Matemática Financeira Microsoft Excel. Disponível em <
http://www.resumosconcursos.com/lista_arquivos_indice.php?Idgrupo=40>.
Acesso em 22 jul. 2011.

EPx - Web HP 12C Emulator – Site que traz a calculadora HP-12C virtual.

Disponível em <http://epx.com.br/ctb/hp12c.php>. Acesso em 31 Mai. 2011.

HP 12C Calculadora Financeira – Site que traz o manual da calculadora HP 12C.


Disponível em <http://epx.com.br/ctb/hp12c.php>. Acesso em 31 Mai. 2011.

16
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________

17
PUCCINI, A. L. Matemática Financeira: objetiva e aplicada. 8 ed. São Paulo: Saraiva,
2009.

CRESPO, A. A. Matemática Comercial e Financeira. 13 ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

BRANCO, A. C. C. Matemática Financeira Aplicada: método algébrico, HP-12C,


Microsoft Excel. 2 ed. rev. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

VERAS. L. L. Matemática Financeira: uso de calculadoras financeiras, aplicações no


mercado financeiro, introdução à engenharia econômica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2005.

18