Você está na página 1de 12

Orixás,

Signos e
Santos
Por que na Umbanda
rezamos para Santos Católicos?
Destacamos de início que dentro da religião de Umbanda não existe apenas uma forma de expres-
sar sua fé e em razão disso nela não cabem dogmas e nem tudo pode ser visto como via de regra.
Por isso o que trazemos aqui são conhecimentos fincados nos estudos de tutores da plataforma
Umbanda EAD, de estudiosos das religiões, bem como a leitura dos livros citados.

ESTUDE OS ORIXÁS

2
Quem são os Orixás na Umbanda?
Os Orixás são as divindades de Deus. Mas, o que as divindades representam? Em uma definição do
dicionário Michaelis online encontramos as seguintes descrições:
di. vin. da. de. sf (latim divinitate) 1 qualidade do divino. 2 natureza divina. 3 essência divina.

Nesta classificação simplificada do que elas manifestam, começamos compreender o que as divin-
dades de Deus (na Umbanda chamados de Orixás) representam na fé de seus adeptos.

Se as divindades são a essência divina, elas também são Deus que para se fazer presente em diver-
sos aspectos da vida se manifesta individualizado em diferentes formas de se relacionar.

Os Orixás não são humanos e sendo assim, também não podem ser os santos presentes na igreja
católica, já que estes foram pessoas – em sua maioria mártires – que viveram na terra e depois do
desencarne receberam o título de santos.
3
Veja abaixo a tabela e os Orixás correspondentes aquele mistério divino:

ASPECTOS POSITIVOS DOS ORIXÁS


OXALÁ FÉ

OIÁ RELIGIOSIDADE

OXUM AMOR

OXUMARÉ RENOVAÇÃO

OXÓSSI CONHECIMENTO

OBÁ CONCENTRAÇÃO

XANGÔ JUSTIÇA

EGUNITÁ RAZÃO

OGUM LEI

IANSÃ DIRECIONAMENTO

OBALUAIIÊ EVOLUÇÃO

NANÃ DECANTAÇÃO

IEMANJÁ CRIATIVIDADE

OMULU GERAÇÃO

ESTUDE OS ORIXÁS

4
Mas qual a relação do umbandista
com os santos católicos?

As divindades como a essência de Deus manifestam as qualidades individualizadas do Criador e é


por isso que quando pedimos por justiça por exemplo, rezamos à Xangô.

A energia que advém desse mental planetário é diferente dos outros Orixás e suas vibrações traba-
lham no sentido do equilíbrio da vida, porém, todas essas vibrações têm origem na essência divina
do criador, portanto são em si uma das “faces” de Deus.

O mesmo acontece em outras culturas e religiões que possuem diferentes representações para
cada qualidade de Deus.

Por isso, a mesma divindade e/ou qualidade ao qual nós chamamos de Oxum vai se manifestar
quando o católico ou o umbandista clama pelo amor que irradia de Deus. A benção pode ser solici-
5
tada em frente a uma imagem de Maria ou apenas diante de uma vela, mas a vibração sentida é a
do amor que emana de Deus que para nós é Mãe Oxum.

Entendemos Deus como único e presente em todas as manifestações de fé, porém, cada uma delas
vai personificar essas manifestações de uma forma.

A razão pelo qual o Umbandista reza para o Santo e para o Orixá – a exemplo disso podemos citar o
altar umbandista, os pontos cantados e até mesmo alguns mitos – é a herança de um sincretismo
religioso presente também na origem da religião, que se tornou algo próprio da Umbanda devido a
forte expressão que carrega.

“Oxum não é Maria, mas ambas têm as mesmas qualidades e convivem juntas e em harmonia. So-
zinhas elas já ajudam, juntas ajudam muito mais.” Umbanda e o Sentido da Vida, Alexandre Cumino,
Ed. Madras

Já o sentido disso está na identificação que cada representação traz, se reza-se para São Jorge
pedindo pela abertura de caminhos ou pela aplicação da Lei Maior a manifestação de Deus que to-
mará a frente é a mesma de quando o pedido é direcionado a Ogum e assim também acontece com
outras divindades de outras crenças.

ESTUDE OS ORIXÁS

6
Astrologia e Umbanda

O que são Signos Zodiacais?

Os signos são qualidades. Se formarmos uma circunferência imaginária, dividida em 12 pedaços de


30º olhados da terra, por onde vamos avistar os planetas, esta circunferência são os signos e que,
não são as constelações.

Planetas são potenciais energéticos, mesmo não tendo provas científicas sobre isso, sabe-se por
meio de estudos análogos, de observações e empíricos, que eles carregam magnetismo para mover
estruturas.

Os signos são as posições que os planetas ocupam no nosso mapa. Os mapas astrais por sua vez,
são movimentados pela energia dos planetas.
7
Orixá não é Signo

Os Signos do Zodíaco são interpretados pelos Mapas Astrais, que são um modelo matemático-
simbólico, que visa interpretar a posição do sol, da lua, dos planetas e como esses astros podem
influenciar e atuar em cada campo da vida de uma pessoa.

Um mapa astral pode ser codificado por alguém que tenha se aprofundado em Astrologia que se-
gundo a Astróloga Patrícia Ungarelli se conceitua como o estudo dos astros, considerada uma ci-
ência humana inserida nas ciências ocultas. Para entender o seu mapa além de um astrólogo você
também precisa saber a data, o local e horário exato do seu nascimento.

Segundo a Astrologia os corpos celestes (todo corpo físico do espaço) exercem influência em nos-
sa maneira de ser e desta forma, a posição em que esses astros se encontravam no momento da
nossa vinda à vida define algumas das nossas qualidades (signos).

ESTUDE OS ORIXÁS

8
Mapa Astral

Mapa Astral como definição é a fotografia do céu em um determinado momento definindo aquele
evento, seja (nascimento) uma pessoa ou um evento no tempo e no espaço.

“Existe toda uma simbologia nele, em seu desenho e ele mostrará as posições dos planetas no
nosso sistema solar naquele momento. Nós podemos pontuar outros objetos também, asteroides,
sistemas, pontos, mas basicamente uma leitura astral são formas de interpretar aquele mapa.” Pa-
trícia Ungarelli

A Patrícia também explicou pra gente que apesar de sempre nos referirmos sobre a “energia” de
determinado signo, eles em si não carregam nenhuma energia e que o que acontece é que cada um
terá um planeta que o “energiza”.

Ungarelli define que pensando nessa correspondência entre signo e planeta nós estaríamos falando
de potenciais arquétipos (personalidades) e se nós pudéssemos olhar por ai, a função dos planetas
de doar para esse signo a sua energia particular, faz dos signos qualidades.
9
Ela explica que os signos são como uma lâmpada de luz branca que ao colocar um papel colorido
sobre ela, adere aquela coloração. Sendo assim, o signo de cada pessoa irá aderir as qualidades do
planeta que o rege e por sua vez, irá transferir um pouco dessas qualidades a pessoa.

Com isso nós já entendemos que diferente dos Orixás, os signos não podem ser classificados como
Divindades ou irradiações puras de Deus que doam à nós, essências, fatores, natureza, delineando
nossa personalidade.

E mais, que o que a leitura do mapa astral faz é mostrar algumas de nossas inclinações, onde, por
meio desse cálculo matemático que considera os elementos de cada signo, extrai-se as caracterís-
ticas frequentemente presentes na personalidade dos indivíduos e/ou eventos.

“Cada signo tem um elemento terra, água, ar ou fogo, cada um tem um ritmo que pode ser: cardinal,
fixo ou mutável em sua forma de atuar. Por isso, cada signo apresenta então uma qualidade, ou
seja, o signo de Áries por exemplo tem a qualidade de impulso, da iniciativa, sendo fogo com ritmo
cardinal, de impulsividade e assim acontece com os outros signos cada um deles tendo uma clas-
sificação. Cada um deles vai representar uma qualidade e dai nós podemos falar.. comportamentos
ou características.” Patrícia Ungarelli

ESTUDE OS ORIXÁS

10
Orixás e Planetas

É nesse sentido que a Patrícia realizou um estudo, disponibilizado na plataforma Umbanda EAD,
onde ela faz uma analogia entre as energias existentes nos signos doadas pelos planetas e quais
Orixás podem estar possivelmente relacionado a elas.

“Eu não estabeleço uma relação direta porque não é possível dizer: o Orixá é um planeta e também
não é possível estabelecer um planeta para um Orixá. No meu estudo eu descubro alguns planetas
para um Orixá. Porque o fundamento da Umbanda e o fundamento da Astrologia vem de caminhos
e fontes diferentes. Quando as pessoas me perguntam e é uma pergunta recorrente e bem forte
“se ao olhar o mapa nós descobrimos o Orixá de cabeça?” Não, não é possível. Na Astrologia, no
Mapa Astral, a gente pode dizer que uma informação pra ser eficiente, ela precisa vir de um cálculo
matemático. Não tem como ter um cálculo matemático ou uma regra pra dizer que para ser filho de
Ogum tem que ter Marte no meio do céu ou Marte no ascendente, ou ser ariano por exemplo. Essa
regra não vale, porque não bate, não é todo ariano que é filho de Ogum. Se não é todo ariano que é
filho de Ogum, não da pra ter isso como regra, por isso, não dá pra descobrir os Orixás de cabeça,
o adjuntó ou o de frente pelo mapa. Isso não bate porque os signos são só qualidades, não são
energias, não são potenciais energéticos, não vibram, não atraem no aspecto de movimentação do
mapa. Quem movimenta o mapa é planeta.” Patrícia Ungarelli
11
Esse eBook possui direitos autorais.

Estão expressamente proibidas

quaisquer outras formas de

utilização ou reprodução tais como:

editar, adicionar, reduzir e praticar

qualquer ato de comercialização.

A violação de quaisquer desses

direitos exclusivos do titular,

acarretará a sanções previstas na

Lei 5988 de 14/12/1973 artigos

184 e 186 do Código Penal e Lei de

Direitos Autorais (Lei 9610/1998).

12