Você está na página 1de 2

DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES

CIRCUITOS DE COMUNICAÇÃO
PROF. GIL PINHEIRO

MODULADOR AM
1 Objetivo
Estudar o funcionamento de um modulador AM dos tipos AM-DSB-SC e AM-DSB-WC
utilizando um misturador duplamente balanceado a diodos.

2 Introdução
O circuito a ser testado é um duplamente balanceado a diodos similar ao utilizado em
equipamentos de rádio.
O misturador a diodos é um circuito passivo que possui três portas (RF, LO e IF), as
quais podem ser utilizadas como entradas ou saídas. Esse tipo de misturador é um circuito
muito versátil, podendo operar como misturador, modulador, detector de fase, modulador em
quadratura, detector AM-síncrono, demodulador DSB-SC.
Esta prática é similar ao misturador de entrada de um receptor (de rádio, celular, ...),
onde uma entrada portadora será aplicada na porta RF, o sinal modulante (de baixa
frequëncia) será aplicado na porta IF e a saída LO do misturador, conterá os sinais de soma
e diferença de freqüências (portadora modulada).
Um misturador ideal forneceria apenas dois sinais na saída IF, respectivamente a soma
e a diferença de freqüências. Porém, deverão ser avaliados os sinais espúrios presentes na
saída do modulador.

Nota: o gerador de sinais possui uma impedância de saída Rg, da ordem de 50 ohms.

3 Diagrama Esquemático

Lista de Material
Misturador balanceado R3 = 47 ohms

4 Lista de Equipamentos e Acessórios


4.1 – Protoboard
4.2 – Osciloscópio / Analisador de Espectro
4.3 – Gerador de Sinais (V1 = Gerador de Sinal Modulante – entrada IF)
4.4 – Gerador de Sinais (V2 = Gerador de Portadora – entrada RF)
DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES
CIRCUITOS DE COMUNICAÇÃO
PROF. GIL PINHEIRO

4.5 – Cabos BNC

5 Procedimento – Modulador AM-DSB-SC (Amplitude Modulada com banda


lateral dupla e portadora suprimida)
5.1 – Monte o circuito num “Protoboard” e confira as ligações.
5.2 – Ajuste o gerador V1 (sinal modulante – entrada IF) para uma amplitude de 2 V de
pico de saída e freqüência de 50 KHz. O off-set do gerador deve ser 0.
5.3 – Ajuste o gerador V2 (portadora – entrada RF) para uma amplitude de 1V de pico
de saída e freqüência de 1 MHz.
5.4 – Conecte os geradores ao misturador conforme a figura.
5.5 – Conecte o osciloscópio na saída LO do misturador, ajustado como analisador de
espectro
5.6 – Desenhe a forma de onda no domínio do tempo e da frequência, ou salve a
imagem, usando a saída USB. Analise e comente as componentes geradas pelo
modulador (f1+f2, f2-f1, ...), anotando as intensidades relativas de cada uma em dB.

6 Procedimento – Modulador AM-DSB-WC (Amplitude Modulada com banda


lateral dupla e portadora presente)
6.1 – Aproveitando o circuito montado para o item 5, ajuste o off-set de CC do gerador
V1 (sinal modulante – entrada IF) para um valor de 2 V, mantendo a amplitude de 2V
de pico de saída e freqüência de 50 KHz.
6.2 – Desenhe a forma de onda no domínio do tempo e da frequência, ou salve a
imagem, usando a saída USB. Analise e comente as componentes geradas pelo
modulador (f2, f1+f2, f2-f1, ...), anotando as intensidades relativas de cada uma em
dB.

7 Relatório
7.1 – Apresente a análise teórica do circuito.
7.2 – Apresente as aplicações dos misturadores.
7.3 – Apresente a forma de onda obtida, com as intensidades relativas de cada
componente gerada (principais e espúrias) em dB.

Versão 20 / 10 / 2003 2