Você está na página 1de 22

PRIMEIRO PDF DE INTRODUÇÃO

A ANÁLISE PROBABILÍSTICA E AO
NOSSO CATALOGADOR DE OPÇÕES BINÁRIAS

Escrito por: Leonardo Grigorio Araujo


Instagram: @catalogadorob
Olá traders e aspirantes a traders.

Este será um pdf explicativo dos ​padrões ​do catalogador OB que futuramente se
tornará um ebook recheado de informações acerca do mercado financeiro voltado
para ​Opções Binárias / Forex​.

Acreditamos que o conhecimento deve ser ​gratuito​. Reforços e acompanhamentos


de um determinado assunto pode ser cobrado, mas informações de estratégias
‘secretas’ com promessa de lucros exorbitantes é no mínimo ​ridículo​.

Probabilidade ​é um termo interessante a se tratar quando o observamos no sentido


de equilíbrio e desequilíbrio. Sabemos que se temos um teste binário ( seja ele a
quantidade de homens e mulheres no mundo, seja ele após jogarmos uma moeda
para cima ​x​ vezes ou até nas queridas velas ​vermelhas ​e ​verdes ​do mercado )
numa amostra grande deste teste vamos observar um equilíbrio entre as duas
partes.

Um exemplo “lindo” que a natureza mostra claramente é o número de homens e


mulheres no mundo. Devido a crenças culturais (principalmente de regiões como a
ìndia e China) existe um número maior de homens nessas regiões, no entanto a
natureza “castiga”… e devido a uma maior suscetibilidade de morte dos
homens...na idade de 30 este número se equilibra e o número de homens e
mulheres fica em torno de 50%. As mulheres ficam em maioria após um tempo para
equilibrar com o passado em que os homens foram maioria.

Outro exemplo ainda sobre o sexo é um aumento significativo do número de


homens nascidos após as guerras. Guerras lutadas por uma maioria absoluta de
soldados do sexo masculino, resultou numa ​diminuição ​deste sexo. Sendo
compensado posteriormente com um ​aumento ​significativo do número de homens
nascidos após as guerras. Cientistas discorrem que a sensação de ​alívio ​pode
afetar hormonalmente as mulheres de forma a resultar em filhos do sexo masculino.
Um pouco de biologia que afeta na matemática para o ​equilíbrio ​da nossa espécie.

Essa explicação é para mostrar o quão ​óbvio ​o equilíbrio é em nossa realidade.


Quer prova maior que essa de que o equilíbrio das coisas funcionam? Olhe em
volta, perceberá que seus dias são equilibrados entre dias bons e ruins. Você pode
até pensar que algum bilionário nunca tem dias tristes, mas eles tem os problemas
deles certamente e pode ter tido uma infância péssima que só agora está se
equilibrando. Se o equilíbrio funciona para essas coisas, certamente funcionará para
o nosso caro mercado financeiro.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


“Mas espera aí… se tudo se equilibra… então minhas operações (que são um
resultado binário de ​WIN ​ou ​LOSS​) vão se equilibrar também e eu nunca vou
ganhar dinheiro desse mercado”.

Exato​! (menos a parte em que você nunca vai ganhar dinheiro do mercado haha)
Eventualmente suas operações vão entrar em equilíbrio ou ao menos bem próximo
dele. Então você não pode controlar o equilíbrio ou desequilíbrio das suas vitórias e
derrotas. Mas pode controlar o ​quanto ​você coloca em cada entrada!

Se após uma sequência de 5 derrotas onde em cada derrota da estratégia você


entrou com R$2, aí você fez uma análise de que o equilíbrio pode estar chegando e
entra com R$10 nas próximas 3 entradas… resultado: 3 vitórias e 5 derrotas.
Lucro: R$20.

Com isso você percebe que o segredo está no gerenciamento adaptado a uma
estratégia que deixa claro para você a ​visão probabilística ​do cenário todo. E qual
estratégia seria a melhor para isso? A estratégia que VOCÊ mesmo faz o backtest
mensal, anual ou nem que seja semanal e tenha confiança total de que num longo
prazo ela vai te trazer um retorno financeiro. O que podemos fazer é te informar de
padrões e ciclos que ocorrem e que podem ser usados como parâmetro para
encaixar o SEU operacional.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrões de Cores

Os padrões de cores são padrões ​recorrentes ​no gráfico e independem dos


quadrantes da corretora. Cada padrão de cor tem sua forma de ser analisado mas
quando entender um, já vai entender facilmente os demais.

Padrões ​Azul​/​Rosa

Os padrões azul e rosa ocorrem da seguinte forma:

VERDE​ - ​VERMELHO ​- ​VERMELHO


ou
VERMELHO ​- ​VERDE ​- ​VERDE

Observe que é uma cor seguida de duas semelhantes mas contrárias a primeira cor.

Agora para definir se ela é rosa ou azul observamos a última cor! Se a última cor for
ao contrário da primeira temos um padrão azul. Se ela for igual, consideramos um
padrão rosa. Segue o exemplo:

VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​= ​AZUL


VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​- ​VERDE ​= ​ROSA

Teste! ​- Ache os Padrões Azul & Rosa desta parte do gráfico:

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Resposta!​ - Observe que o ciclo rosa pode fazer parte de outro ciclo. Mas o azul
nunca entrará dentro de outro azul.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrões ​Laranja ​& ​Verde

Os padrões laranja e verde ocorrem da seguinte forma:

VERDE​ - ​VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERDE


ou
VERMELHO ​- ​VERMELHO ​- ​VERDE ​-​ ​VERMELHO

Observe que são duas core seguidas de uma contrária e a quarta igual as duas
primeiras.

Agora para definir se ela é ​laranja ​ou ​verde ​observamos a última cor! Se a última cor
for igual a terceira temos um padrão ​verde​. Se for diferente, consideramos um
padrão ​laranja​. Segue o exemplo:

VERDE​ - ​VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERDE ​- ​VERDE ​= ​LARANJA


VERDE​ - ​VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERDE​ - ​VERMELHO ​= ​VERDE

Teste! ​- Ache os Laranja & Verde desta parte do gráfico:

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Resposta!​ - Observe que sempre que encontrar uma vela sozinha entre uma
sequência de velas, terá um padrão laranja/verde.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrões ​Quadruplicação​/​Não Quadruplicação

Os padrões de quadruplicação e não quadruplicação ocorrem da seguinte forma:

VERDE​ - ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​-​ VERMELHO


ou
VERMELHO ​- ​VERDE ​- ​VERDE ​-​ VERDE

Observe que é uma cor seguida de três semelhantes mas contrárias a primeira cor.

Agora para definir se ela é quadruplicação ou não quadruplicação observamos a


última cor! Se a última cor for ao contrário da primeira temos uma quadruplicação.
Se ela for igual, consideramos um padrão de não quadruplicação. Segue o exemplo:

VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​-​ VERMELHO ​= ​QUADRUPLICAÇÃO

VERDE ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​- ​VERMELHO ​-​ ​VERDE ​= ​NÃO QUADRUPLICAÇÃO

Teste! ​- Ache os Laranja & Verde desta parte do gráfico:

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Resposta!​ - Basicamente procure um padrão ​azul​!

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


TRIPLICAÇÃO MACRO

Na minha humilde opinião, juntamente com o restante da equipe do Catalogador


OB. Observar triplicação é uma grande perda de tempo e esforço desnecessário. No
entanto, devido ao início deste cenário de análise probabilística em opções binárias
no Brasil, algumas pessoas já assistiram vídeos onde o “instrutor” orienta fazer uma
análise que envolve catalogar uma sequência de padrões, o chamado “triplicação
macro”. Então incluímos em nosso catalogador para que nossos usuários
experimentem e tirem suas próprias conclusões acerca deste padrão.

Nota: Ele funciona da mesma forma que os demais padrões, mas a dificuldade de
catalogação e entradas do mesmo o torna dispensável em nossa opinião.

A triplicação macro pode ocorrer em cima de qualquer catalogação, no entanto é


utilizada em cima da sequência catalogada do padrão azul/rosa.

O que você precisa fazer é basicamente observar os padrões azul e rosa como se
fossem as velas da corretora. E catalogar estes padrões como padrões azul, rosa,
laranja e verde. É uma catalogação em cima de uma catalogação.

Então se temos um padrão azul seguido de três padrões rosa… formará um?
Padrão Azul! Isso mesmo. Se temos dois padrões azuis, um padrão rosa e outros
dois padrões azuis teremos? Um padrão Laranja!

Tá, mas como eu diferencio uma triplicação de uma não triplicação? Segue a
tabelinha:

Padrões ​Azuis ​= Triplicação


Padrões ​Rosas ​= Não Triplicação
Padrões ​Laranjas ​= Não Triplicação
Padrões ​Verdes ​= Triplicação

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Segue a catalogação feita pelo nosso catalogador:

Observe aquele padrão ​rosa ​ali das ​00:42​ sozinho! Indica a formação de um padrão
verde/laranja correto? Pois então, o padrão ​azul ​das 00:47 deixa bem claro que é
um padrão ​laranja ​e portanto é registrado no cenário de triplicação as 00:47 essa
não triplicação​.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrões de Quadrante

Os padrões que envolvem quadrantes são observados na corretora IQ Option ao


fazer uso de suas linhas guias:

Após regular o seu ​timeframe ​(seja M1 ou M5) dê o zoom máximo clicando no “​+​”
da corretora para ver as velas bem de perto o máximo possível. Depois dê apenas
dois cliques no “​-​” e pronto! Verá que terão 6(seis) velas entre as marcações do
timeframe m5. E 5(cinco) velas entre as marcações do timeframe m1.

Pronto, agora temos os nossos quadrantes e faremos as análises destes padrões


utilizando eles.

Contagem das velas dentro dos quadrantes (timeframe m1)

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


MHI

Existem várias variações para MHI. Em nosso catalogador fornecemos 3 ​variações​.


A MHI 1, 2 e 3.

A análise é feita a partir das últimas três velas do último quadrante. E a ​entrada ​é
feita: na ​primeira ​vela do quadrante atual (MHI 1), na ​segunda ​vela do quadrante
atual (MHI 2) e na ​terceira ​vela do quadrante atual (MHI 3).

MHI 1

Entrada na ​primeira ​vela pós quadrante de análise. Primeiro martingale (em caso
de derrota) na ​segunda ​vela e segundo martingale (em caso de duas derrotas) na
terceira ​vela.

Neste exemplo vencemos a operação de primeira se utilizássemos a entrada


baseada no MHI 1.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


MHI 2

Entrada na ​segunda ​vela pós quadrante de análise. Primeiro martingale (em caso
de derrota) na ​terceira ​vela e segundo martingale (em caso de duas derrotas) na
quarta ​vela.

Neste exemplo vencemos a operação após 2 gales se utilizássemos a entrada


baseada no MHI 2.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


MHI 3

Entrada na ​segunda ​vela pós quadrante de análise. Primeiro martingale (em caso
de derrota) na ​terceira ​vela e segundo martingale (em caso de duas derrotas) na
quarta ​vela.

Neste exemplo vencemos a operação na primeira entrada se utilizássemos a


entrada baseada no MHI 3.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrão do Milhão

O padrão do milhão é uma análise bem semelhante ao MHI com a diferença de ser
em cima de todo o quadrante.

A análise do ​milhão ​consiste em observar todas as velas do último quadrante e


entrar na primeira vela do quadrante atual dizendo que aquela primeira vela será da
mesma cor​ que a ​maioria ​do último quadrante.

Exemplo:

Observamos que apenas a segunda e sexta vela do quadrante (em m5) foi
vermelho. Concluindo uma maioria de velas verdes. Nossa entrada então será para
a primeira vela do próximo quadrante.

Neste caso resultaria numa ​vitória d


​ e primeira operando o padrão do Milhão.

Detalhe: ​Em casos onde temos números iguais de velas (3 velas vermelhas e 3
verdes) ​não ​operamos! E o catalogador não contabilizará essas operações.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrão Três Vizinhos

A análise do padrão três vizinhos será sempre na terceira vela do quadrante. Seja
em M5 ou em M1. E consiste em observar a terceira vela e entrar nas próximas
velas dizendo que ela será igual.

Exemplo:

Neste cenário observamos a terceira vela sendo vermelha, portanto a entrada é na


próxima vela (quarta) dizendo que ela será vermelha também. No caso de um loss o
martingale seria na vela seguinte e com o segundo martingale na outra vela!

​ rimeira,​ dado a repetição de cores entre a


Neste exemplo nossa vitória seria de p
terceira ​e q
​ uarta ​vela.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Padrão C3

O padrão C3 é também uma análise na contagem das velas. Entraremos na


primeira ​vela do quadrante dizendo que ela será igual a ​primeira ​vela do ​último
quadrante​.

Em caso de 1 martingale entraremos na terceira vela dizendo que será igual a


terceira vela do último quadrante.

E por fim, em necessidade de um segundo martingale, a entrada será na quinta vela


dizendo que ela será semelhante a quinta da última vela.

Exemplo:

No exemplo acima temos nossa entrada na primeira vela do quadrante vermelha. A


segunda entrada seria uma vela verde e a terceira seria imitando a quinta vela
(vermelha).

Neste exemplo, operando o padrão do milhão venceríamos a operação de primeira!

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Extras sobre o Catalogador OB

DOJIS

Isso é um doji, e é o pior inimigo de quem opera com análise probabilística.

O ​doji ​é uma vela que se iniciou e terminou no mesmo preço. Dito isso, se estamos
operando opções digitais a corretora considera uma ​derrota ​na operação.

Por conta disso, nossas catalogações ​não ​são feitas quando a análise tiver um doji!

Se numa análise do ​MHI​, algum dos quadrantes tem doji… não será contabilizado.

Doji nas catalogações

O doji, por ser uma vela diferente, conta para a catalogação dos padrões. Abaixo
estão alguns exemplos onde os padrões são formados com um doji.

Padrão ​Azul

Padrão ​Rosa
Mas Leonardo... já ouvi falar que é possível catalogar os dojis!
Eu também, e já perdi muito tempo precioso fazendo isso.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Operacional

Certo, agora já sabem fazer a catalogação e dar as entradas em cada padrão


citado. E agora?

É nessa hora que recebo perguntas como: “Leonardo, sempre que eu catalogar um
padrão e ele estiver tendo 100% de assertividade eu entro naquele padrão?”

“Leonardo, é certo eu sempre esperar um hit e depois entrar na próxima entrada do


padrão?”

“Qual o melhor horário para eu operar a estratégia do Milhão?”

Essas e outras perguntas são respondidas com o SEU backtest. O que eu posso te
afirmar com 100% de certeza é que no mercado financeiro não existem certezas.

Se você colocar o ​metatrader ​para fazer um teste dos últimos 5 anos em qualquer
destes padrões, vai perceber o que discutimos la no início deste pdf… todos
padrões chegaram a resultados de ​50%​.

Exemplo​: Se você tivesse operado a estratégia C3 durante estes 5 anos… você


provavelmente voltaria a sua banca inicial (isso desconsiderando o payout).

Padrões funcionam de tempos em tempos e cabe a VOCÊ como trader descobrir


qual é o padrão da vez!

Talvez fazendo a catalogação todos os dias você descubra que ultimamente sempre
que aparecem duas vitórias seguidas no padrão do milhão, a terceira entrada é
vitória com 1 ​martingale​.

Percebendo isso você começa a dar as suas entradas já na segunda entrada após
duas vitórias de primeira, evitando a necessidade de um martingale. No entanto,
logo isso ​não ​vai funcionar. Mas você já aproveitou deste padrão e tirou um ​lucro​,
agora irá em busca de outro.

E de repente você percebe que todo dia 11:30 o ​MHI 2​ esta dando WIN. E então
você faz as suas entradas de acordo com o analisado. E por aí vai!

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Entendam que ​se ​existisse um padrão que pudéssemos seguir ao pé da letra,
grandes corporações teriam acesso a essa informação e certamente iria utilizar dela
até que os demais ​compradores ​e ​vendedores ​(que movimentam o mercado de
forex) se tocassem disso e evitassem operações de loss, fazendo com que o padrão
não funcionasse mais.

Então para ser mais direto: Pare de procurar a ​estratégia milionária ​que você não
vai precisar nem pensar para mandar a sua ordem. Para ganhar dinheiro neste
mercado você precisa ter uma análise ​SIM​, sentar na frente do gráfico por horas e
horas. Aprender tudo que pode para influenciar na sua tomada de decisão. Ter um
gerenciamento ​exemplar e por fim um ​psicológico ​bem trabalhado.

Recomendação extra da equipe Catalogador OB

Muitos clientes nossos que operam fazendo uso do catalogador e com análise
probabilística utilizam apenas a probabilidade como parâmetro para as suas
entradas. No entanto, recomendamos que façam uso também do ​price action​ para
filtrar as suas entradas. Demora um pouco mais em alguns casos mas é uma
maneira mais conservadora para você evitar a perda ​desnecessária ​de algumas
operações.

Exemplo:

Observando este quadrante e pensando em entrar para um padrão do ​milhão​, seria


entrada com vela ​VERMELHA ​devido a ​maioria ​do quadrante.

No entanto, você pode ver que existe uma linha de ​suporte ​desenhado pela
segunda, terceira e quinta vela. Dito isso evitamos a entrada para uma vela
vermelha ​e preservamos assim a nossa banca.

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo


Méritos de descoberta dos Padrões

Existe um “​grupinho​” em opções binárias de traders que se destacaram no cenário


por descobrir um padrão. Geralmente acontece de descobrirem aquele padrão
justamente numa época em que o este estava entrando em equilíbrio, então de fato
funcionando​, e naturalmente o grande público de opções binárias acabou
reconhecendo o trader como o ​guru visionário supremo​.

Nisso ele aproveita o sucesso para comercializar ​cursos​, ​treinamentos​, ​salas de


sinais​ entre outros. Para só então no mês seguinte, a sua grande estratégia do
milênio parar de funcionar devido ao equilíbrio e desequilíbrio que a ​matemática
nos proporciona. Então também se livrem desses ​gurus mirabolantes​, pois você
mesmo pode descobrir por conta própria um padrão que está temporariamente em
alta.

Gostaria, no entanto, de fazer um agradecimento ao ​Gean Marcos​. A pessoa quem


fez a primeira descoberta do MHI e a nomeou homenageando as duas filhas: Maria
Helena e a Izabel. De todos que entramos em contato acerca dos padrões o Gean
Marcos foi o que mais se mostrou prestativo e fez várias recomendações para
variações ​em cima da MHI, inclusive fazendo o uso da análise técnica.

Suas recomendações envolvem acrescentar os seguintes ​indicadores​:

RSI: Segundo RSI:

Linha zero - Periodo : 7 Linha zero - Período : 2


Sobrecompra: 95 Sobrecompra: 99
Sobrevenda: 5 Sobrevenda: 1

Oscilador Estocástico: Fractal:

Período K: 3 Período: 3
Mais Suave: 1
Período D: 3
Sobrecompra: 95
Sobrevenda: 5

Desejamos a vocês ótimas operações, e sigam o nosso instagram para ficarem


atento ao lançamento do nosso eBook: ​https://www.instagram.com/catalogadorob/

Equipe Catalogador OB (catalogador.com.br) - Texto de Leonardo Grigorio Araujo