Você está na página 1de 6

Tópicos de Redação Profª Vânia

DÚVIDAS COMUNS
1. O NÚMERO DE LINHAS
2. AS MARGENS
3. A QUEBRA DE SÍLABA
4. A LETRA
5. AS RETIFICAÇÕES
6. O TÍTULO (Título com verbo / Título sem verbo / Título com pontuação intermediária)
7. AS PARTES (Introdução / Desenvolvimento / Conclusão)

TIPOS DE REDAÇÃO OBJETO PROCESSO

Descrição seres e situações revelação de características


particulares

Narração fato reprodução ou criação

Dissertação idéias organização reflexiva

Tipos de Redação

DISSERTAÇÃO
É o tipo de composição na qual expomos idéias gerais, seguidas de apresentação de
argumentos que a comprovem.
A dissertação é um discurso lógico, ou seja, que segue uma ordenação. Além disso,
deve apresentar uma idéia, um posicionamento sobre determinado assunto. Esse tipo de texto
exige a discussão do tema por meio de argumentos a serem desenvolvidos. O escritor (aluno)
terá de convencer o leitor (examinador) do seu ponto de vista, da sua opinião.
A dissertação pressupõe que o escritor tenha conhecimento sobre o assunto e saiba
refletir e organizar as suas idéias de forma lógica e coerente.

OS PARÁGRAFOS DEVERÃO SER DIVIDIDOS EM:


a) Introdução: na introdução se propõe, isto é, se apresenta o tema que vai ser discutido na dissertação
e as possíveis abordagens sobre esse tema.

b) Desenvolvimento: é onde irá desenvolver-se o ponto de vista do escritor. Para tanto, você deve
argumentar, citar exemplos, fornecer dados, etc. Ele consiste no debate da tese exposta na introdução.

c) Conclusão: deve conter uma mensagem de encerramento, que poderá ser de otimismo, advertência,
referência ao título, citação, sugestão. É um reforço do que foi desenvolvido juntamente com uma
tomada de posição, sem repetições. Antes de qualquer outra consideração, lembre-se de que a

1
conclusão deve ser uma frase nova, isto é, deve acrescentar algo em vez de repetir uma informação, um
dado, um argumento ou uma opinião já mencionada. A conclusão deve retomar o que disse, não repetir.

Observe alguns dos procedimentos adequados para se concluir um texto dissertativo:

Sugestão 1) Retomada da Tese - é a confirmação da idéia central. Reforça a posição apresentada no


início do texto. Contudo, deve-se evitar redundância ou mera repetição da tese;

Sugestão 2) Perspectivas de Solução - partindo de questões levantadas na argumentação, consiste na


proposta ou sugestão de soluções para os problemas discutidos;

Sugestão 3) Com interrogação(retórica) - só deve ser utilizada quando trouxer implícita a crítica
procedente, que instigue a reflexão do leitor. É preciso evitar concluir a redação com perguntas que
repassem ao leitor a incumbência de encontrar respostas que deveriam estar contidas no próprio texto.

LEMBRETES IMPORTANTES
Cada parágrafo deverá conter, no mínimo, dois períodos (Isso vale para os parágrafos de
Introdução, Desenvolvimento e Conclusão).
Período simples: formado por uma única oração.
Período composto: formado por mais de uma oração.
Período inicia com a letra maiúscula e termina com o ponto final.
Dica: Comece a conclusão com um conectivo conclusivo:

Portanto, Em suma,
Logo, Dessa forma,
Desse modo, Em síntese,
Sendo assim,

PRINCIPAIS ERROS DA CONCLUSÃO


Ao concluir o trabalho, retraçando o caminho desde o estabelecimento do tema e passando por todas as
respostas que foram dadas a ele, o autor pede desculpas ao leitor:
1) Isso é apenas minha opinião;
2) Não sou a pessoa mais indicada para falar do assunto;
3) Dentro das minhas limitações, isto é o melhor que pude fazer. Essas colocações só irão estragar o efeito do seu
texto no leitor. Pensa bem, se o autor considera o seu próprio trabalho de pouca importância, estará induzindo o
leitor a pensar a mesma coisa.
Outro erro que deve ser evitado ao máximo em conclusões é a passagem para outro tema ou a apresentação
de um aspecto novo:
1) Muito mais poderia ser dito, como por exemplo...
2) Um outro aspecto do problema que exigiria outro texto é ...
Frases desse tipo deixam no leitor a impressão de que o autor não chegou a conclusão alguma.

A ESTRUTURA DO PERÍODO
Cada período deve estar sintaticamente completo, sem fragmentação ou frases siamesas.
Erro – O uso de “piercings” colocados em diversas partes do corpo tem-se tornado um fato extremamente comum
em adolescentes. Que fazem desse ornamento uma arma perigosa. (fragmento).
Erro – Contatos foram feitos com diversas entidades internacionais, o grupo coordenado pelo Prof. Cerri realizou
biópsia em dezenas de pessoas que usavam piercing na cavidade bucal. (frases siamesas).
Dicas:
1) Ler a proposta com a atenção;
2) Reler a proposta;
3) Fazer uma lista de palavras-chave relacionadas com o assunto da proposta;

2
4) Para enriquecer a redação e mostrar que temos bagagem de leitura e cultura, podemos também fazer uma
outra lista com nome de autores para citarmos. Frases desses autores, ou então, livros ou poesias que tenham a
ver com o tema.
5) Deixar o título por último (nele deverá ter a idéia principal da nossa redação);
Sugere-se que o título seja curto, sem verbo e sem ponto.
6) No rascunho, fazer um esboço da redação.

Estrutura da Redação Dissertativa


Este esquema pode ser utilizado para qualquer dissertação: garante a organização e a coerência da estrutura da
redação.

Introdução ( + ou - 5 linhas) mínimo de 2 frases


1ª frase: Citar o assunto que vai ser tratado.
2ª frase: Colocar duas abordagens, ou seja, enfoque 1 e enfoque 2
(dois aspectos a serem tratados a respeito do assunto).

Desenvolvimento 1 ( + ou - 10 linhas) mínimo de 3 frases

Discussão do enfoque 1

Desenvolvimento 2 ( + ou - 10 linhas) mínimo de 3 frases

Discussão do enfoque 2

Conclusão ( + ou - 5 linhas) mínimo de 2 frases


frase: retomada do assunto da introdução. (retomar não é repetir)
2ª frase: acrescentar algo , um dado, um argumento ou uma opinião.

Dentro do esquema acima, veja a seguinte dissertação.

Introdução

Apesar de todos os avanços científicos das últimas décadas, ainda existe um sério obstáculo a ser
vencido pela humanidade que é a fome que dizima milhões de pessoas por ano no mundo. Isso é
decorrência, principalmente, do aumento do desemprego (enfoque 1) e da má-distribuição de renda.
(enfoque 2)

Desenvolvimento 1 (discute o 1º enfoque )

Infelizmente, a maioria das empresas brasileiras e em nível mundial vêm gradativamente


adotando um processo de robotização, o qual é responsável pelas demissões em massa nos diversos
setores econômicos. Ademais, grande parte da classe de trabalhadores do país não tem qualificação
profissional mínima exigida pelo mercado de trabalho. Desse modo, aumenta dia a dia o número de
desempregados que aos poucos vão sofrendo um processo de marginalização.E, sem emprego não há
condições de manter um padrão de vida digno que garanta moradia, educação, habitação e muito menos
alimentação suficiente para os membros destas famílias.

Desenvolvimento 2 (discute o 2º enfoque )


Além disso, outro fator que contribui para o aumento da fome é a má-distribuição de
renda . Existe um pequeno grupo privilegiado que detém o capital centralizado em detrimento da
população em geral. Neste país, observa-se que a renda é distribuída de forma injusta de modo que o
cidadão comum não participa dos lucros obtidos com seu trabalho nos lucros das empresas. Dessa
maneira, a classe dominante acumula cada vez mais os bens advindos do trabalho assalariado e

2
especulação financeira, tornando o empregado, que deveria bem remunerado, num escravo do sistema
capitalista e da globalização.
Conclusão (retomou a idéia central – o tema - e propôs uma solução para o problema )

Portanto, observa-se que o problema da fome poderia ser amenizado se houvesse mais
campanhas como a "Fome Zero", porém elas não deveriam ter caráter somente assistencialista.Nesse
momento elas podem vir a minimizar essa situação, mas a longo prazo a prioridade seria de dar emprego
a esses milhões de cidadãos que vivem à margem da sociedade abandonados à própria sorte.

Esboço de um texto dissertativo :


A) Interpretação da proposta.
Assunto - Drogas
Delimitação 1 - motivos (2° parágrafo).
Delimitação 2 - formas de prevenção (3° parágrafo).

B) Banco de Idéias.
•D1 - Motivos para o consumo:

• curiosidade; •D2 - Formas de prevenção


• influência do grupo; • educação e controle familiar;
• frustrações pessoais; • campanhas de esclarecimento;
• dificuldades econômicas e ou familiares. • combate ao tráfico.

C) Montagem da Introdução e dos parágrafos de desenvolvimento.

D) Conclusão
• retomar o tema (as drogas);
• reforçar o posicionamento;
• apresentar uma idéia nova.

QUALIDADES E OS DEFEITOS DE UM TEXTO

I - São qualidades que você deve cultivar ao redigir:

a) CONCISÃO:
b) CORREÇÃO: 1) grafia: 2) flexão das palavras: 3) concordância: 4) regência: 5) colocação dos pronomes:
c) CLAREZA:
d) ELEGÂNCIA:

II – Os defeitos de um texto:
a)
b) AMBIGÜIDADE:
c) OBSCURIDADE:
d) PLEONASMO:
e) CACOFONIA:
f) ECO:
g) PROLIXIDADE:
h) CHAVÕES:

3
EXEMPLO DE ABORDAGEM DO TEMA:
O que significa ser homem e ser mulher em seu mundo e para você.
1) NÍVEL EXCELENTE: abordagem integral do tema

O Fim da Guerra dos Sexos


Li nos jornais desta semana que mais de 50% dos candidatos inscritos no concurso Vestibular 2005
da UFRGS são do sexo feminino. Junte-se a isso o fato de que as mulheres são maioria também no
eleitorado brasileiro, além de ocuparem, hoje, cargos que no passado eram exclusividade dos homens, e
teremos, aparentemente, a supremacia feminina. Aparentemente. A realidade das mulheres brasileiras,
com raras exceções, contradiz essa supremacia.
Ser mulher, em nossos dias, significa conviver com as transformações socioculturais ocorridas nos
últimos anos, sem que tenhamos nos livrado das amarras do passado. Passado bastante recente, aliás.
Diz Camille Paglia, ativista gay, que toda mulher é intrinsecamente superior ao homem. Não é difícil
concluir que a maioria da população feminina mundial desconhece a tese de Paglia, uma vez que, além
de contribuírem financeiramente ou mesmo sustentarem sozinhas suas famílias, ocupando cargos em
todas as áreas, continuam encarregadas das mesmas tarefas que, secularmente, lhes foram impostas:
seguem cuidando da educação dos filhos, de famílias doentes, da rotina doméstica, enfim, de todos os
aspectos da vida familiar. Quando falham em alguns desses aspectos, sentem-se fracassadas. É a
“Síndrome da Supermulher."
Os homens, por sua vez, assistem atônitos à velocidade com que essas transformações têm
ocorrido, parecendo não terem entendido, ainda, qual é o lugar que lhe cabe nessa nova sociedade.
Divide, profissionalmente, espaço com a mulher sem maiores problemas, mas na vida pessoal, a julgar
pelas queixas de ambos os lados, homens e mulheres ainda não conquistaram o equilíbrio. As queixas
mais freqüentes, em conversas sociais, são, invariavelmente, as mesmas: mulheres reclamando da falta
de companheirismo e compreensão, por parte de seus companheiros, de sua sobrecarga de
responsabilidades e na desigualdade na divisão das tarefas domésticas. De seu lado, homens que ainda
não assumiras suas responsabilidades na vida familiar, mas que reclamam da ausência e da falta de
tempo da parceira.
Caberia, enfim, a todos nós, homens e mulheres, entendermos que as mudanças que sofremos e
às quais ainda não nos adaptamos são definitivas. Deveríamos, portanto, sem abrir mão de nossos
espaços, buscar compreender nossos papéis no mundo, acabando com a velha "Guerra dos Sexos."

Esta redação trata plenamente do tema proposto no parágrafo introdutório. Aborda a mudança da mulher na sociedade
atual como participante ativa, tanto na vida pública como na vida privada, confrontando essa transformação com o
papel entes pertencente apenas ao homem. A redação reflete sobre o atual curso do processo de mudança da mulher,
os efeitos deste e o significado daquela, desenvolvendo, pois, o tema dentre os diferentes ângulos de abordagens

4
possíveis. Além de a redação evidenciar a compreensão da proposta, outros itens, relativos à abordagem do tema,
fazem-se presentes nesse texto, caracterizando-o como dissertativo.
a) Caráter dissertativo e Estruturação
O caráter dissertativo (defender o ponto de vista) predomina no texto, e partes descritivas ou narrativas
estão a serviço da dissertação.
O texto está bem estruturado (visualmente) - Os parágrafos são semanticamente autônomos, bem divididos,
tendo em sua maioria mais de uma frase cada.
b) Clareza e Organicidade
O ponto de vista do autor sobre o tema é apresentado no início, ou transparece ao longo do tema (expressão
clara do ponto de vista).
O texto transita articuladamente entre geral e particular e próximo e distante. Não há passagens obscuras.
c) Coerência
A abordagem do tema, construída a partir do ponto de vista, se mantém ao longo do texto sem
considerações ou dispersões.
d) Coesão Textual e Qualidade Estilística
O texto apresenta uso adequado e preciso dos nexos, de modalizadores, de tempos verbais, de referências
anafóricas e de substituição lexical. O autor trabalha adequadamente com frases complexas, usa vocabulário
variado e utiliza recursos retóricos.