Você está na página 1de 53

Os Clãs Ciganos de

Luz do Astral
Solange Magrin Ruiz e Marcelo Ruiz
Inspirados pelos Mentores Ciganos
Dom Fernando e Isabelita
4ª Edição - 2017
COPYRIGHT © by
Solange Magrin Ruiz e Marcelo Ruiz
Produção Editorial
Marcelo Ruiz
Ilustração da Capa
Marcelo Ruiz
Todos os Direito são reservados aos autores. É proibida a reprodução total ou parcial
desta obra, de qualquer forma ou por qualquer meio eletrônico, mecânico, inclusive por
meios xerográficos, incluindo ainda o uso da internet, sem a permissão expressa e
impressa dos autores.
Lei 9.610/98
Agradecimentos

Agradecemos a Dhiel, Sara Kali e a todos os Clãs Ciganos de Luz do Astral por sempre
fazerem parte de nossas vidas e principalmente nos amparando e nos conduzindo para o
caminho de fé e de luz.
Agradecemos também a Dom Fernando e a Cigana Isabelita por tanto amor dispensado
a nós. E a nossa amiga Roseli Claro por sempre nos mostrar que caminhávamos nas
estradas da verdade.

Mensagem de Dom Fernando

É com muita honra que dedico este livro à todos aqueles que amam nosso povo, e que
algum dia também já tiveram suas vidas ciganas.
No íntimo de vosso ser, sabeis que sentes essa energia cigana fluindo em ti. Sentes que
um dia já foste um cigano ou cigana e que também honrou nosso nome e nossos
costumes.
Sabes como a vida cigana é vivida, muita liberdade, muitas festividades, muita alegria e
muita fé sempre em nossos corações.
Este livro é a prova de que nós ciganos sempre que por mais difícil que fosse nossos
caminhos, nunca desistíamos e não culpávamos Dhiel por nada de mal que nos
acontecesse.
Podíamos contar somente com nosso conhecimento, para nos proteger, curar, atrair
prosperidade, harmonia, felicidade, concretização e realização em nossas vidas.
Tudo que precisávamos, conseguíamos por nosso próprio esforço e é assim que vejo
hoje.
Temos nosso próprio meio de nos conectarmos com Dhiel e Sara Kali e agora daqui do
lado espiritual, estamos passando para os encarnados o meio cigano de se encontrar com
Deus, a fé cigana. Que através de Sara Kali nossa Santa Cigana muitas pessoas já estão
alcançando seus milagres e suas bênçãos.
Agora com a abertura destes conhecimentos ciganos aqui do astral, muito mais força as
pessoas terão e muito mais rápido conseguirão seus milagres e bênçãos em suas vidas e
de suas famílias.
Poderão invocar os Clãs Ciganos de Luz do Astral para se auto-ajudarem e para ajudar
seus semelhantes nos caminhos da luz..
Basta que se permitam e fiquem sempre de corações abertos para que a energia divina
de Sara Kali e dos Clãs Ciganos de Luz do Astral lhes envolvam por completo.
Deixo um grande abraço a esse jovens ciganos que concretizaram este livro no plano
material.
Que estão conseguindo despertar novamente a fé nas pessoas que já não acreditavam
mais em nada, curando-as e ensinando-as que estão encarnados para evoluir livres, sem
dogmas ou restrições que prendem e escravizam as pessoas que foram criados pelo
homem e não por Dhiel.
Leiam este livro e aprendam como nós ciganos conseguimos evoluir em todos os
sentidos da vida, e ainda livres, alegres, com muito amor, saúde e conhecimentos.
Thie Sara Kali aves, bartalê, bravalê tai sastiesvestô !
Dom Fernando

Mensagem da Cigana Isabelita

É com muita satisfação que eu deixo gravadas estas palavras de agradecimento por este
trabalho realizado. Feito com muito afinco e amor.
Solange e Marcelo foram em busca de vossa ancestralidade e as encontraram,
recordando o compromisso com Sara Kali e aceitando a missão de difundir uma nova
doutrina neste plano terreno e assim criar um grande acampamento de luz, através da
energia cigana.
Toda esta obra revela o que há muito tempo estamos aguardando para ser trazida ao
conhecimento de todos.
Nosso intuito sempre foi o de resgatar nossos irmãos ciganos perdidos aqui na crosta e
encaminhá-los a Grande Tsara no Céu, para que depois de sua cura, possam ser
direcionados aos seus pares encarnados e assim completarem suas missões aqui no
plano físico. Pois todos os que têm um mentor ou mentora cigana é porque já
tinham laços de outras encarnações com eles, por isso o resgate é tão importante, pois
dá uma continuidade ao que muitas vezes não foi concluído em outras vidas.
Isto conseguimos realizar mesmo que lento, mas sempre saímos vitoriosos em nossos
intentos. Agora com a abertura destes conhecimentos ao plano terreno, facilitará nosso
trabalho fazendo com que mais grandioso e rápido ele seja, pois cada encarnado que se
dispuser a nos ajudar, será um forte instrumento de Sara Kali e assim arrebanharemos
um maior número de espíritos ciganos e de encarnados que já foram nossos irmãos em
outros tempos e hoje não se recordam devido ao véu do esquecimento que cobre suas
mentes.
Vejo muitas pessoas perdidas e desorientadas que não se encontram em nenhuma outra
doutrina ou religião e por muitas vezes acabam perdendo sua fé por não ter mais em
quem acreditar.
Ofereço a vocês a oportunidade de levantarem seus rostos e olharem para o céu e lá
vislumbrar o amor de Dhiel que é infinito e de Sara Kali nossa amada mãe que a todos
acolhe.
Deixem que esta semente de luz e amor entre em vossos corações e que o vento os
direcionem para o caminho que devem seguir.
Me volilto Solange mi hermana
Me volilto Marcelo mi cuñado
Cigana Isabelita
Mensagem da Sarita

Em minhas andanças por este imenso mundo, muitos momentos de alegria vivencie,
nosso acampamento, a fogueira, a dança, a música, mais principalmente o amor que
sempre uniu o nosso povo. Passei por muitos episódios tristes também, mas estes não
valem a pena ser comentados, só nos servem de exemplo para que nunca reclamemos de
nossas vidas e saber que apesar das dificuldades conseguimos passar por muitas coisas
sempre de cabeça erguida, orgulhosos de nós mesmos por nossa coragem e fé
inabalável.
Quero salientar aqui que tudo o que o plano astral permite que seja aberto aqui no plano
terreno é porque existe a necessidade de um novo caminho a seguir, pois muita coisa
está mudando e as pessoas estão perdidas sem um direcionamento.
Com isto quero dizer que através da fé em Sara Kali, vocês poderão chegar a Dhiel, pois
este caminho quando trilhado com amor e respeito os leva direto a Ele.
Nosso objetivo não é impor normas, nem tão pouco dogmas, pois somos um povo livre
e acreditamos que um ser deve se ligar a um poder, a uma força se assim eles sentirem
dentro de vossos corações e não por imposição ou medo.
Sara Kali sofreu em vida e por isto mesmo sabe o quanto nosso povo também sofreu ao
longo dos séculos e por isso mesmo ela é a Mãe que acolhe a todos os que chegam a ela
aflitos ou mesmo aqueles que vem para sentir-se amparados por uma energia divina.
Estou muito feliz com a concretização desta nova doutrina, pois sei que muitos serão
resgatados e encaminhados rumo ao caminho certo, não mais passando por tantas
provações. Assim é o Povo Cigano, não esmorece ante os desafios e nunca culpa
ninguém por suas provações, apenas tem muita fé em seus corações e muito amor pela
vida.
Fiquem com o amor de nossa Santa!
Sarita
(Shuvani do Clã dos Ciganos de Luz do Astral)

Mensagem do Beduíno

É com muita honra que eu estou à frente de um dos Clãs Ciganos de Luz do Astral, a
nossa energia e atuação são diretamente na vida do indivíduo, pois o trazemos para o
presente de sua encarnação para que ele possa enxergar a verdade. Não deixando que
viva na ilusão, ou mesmo se escondendo e não assumindo um lugar em sua vida.
Nossa presença se faz sentir imediatamente ao adentrarmos no ambiente que se faz
necessário.
Afastamos todos os obsessores e seres trevosos, com uma rapidez e eficácia que estes
espíritos nem se dão conta do que lhes aconteceu.
E com a abertura de todos estes Clãs Ciganos ao plano da matéria, muitos irão se unir a
nós e numa sintonia de força, determinação e concretização, faremos um grande
trabalho em prol à humanidade carente de auxilio, como também a tantos espíritos
esperando uma oportunidade de serem resgatados e encaminhados e outros ainda
aguardando o momento certo para fazerem parte destes Clãs e junto com seus pares
encarnados fazerem a diferença aqui neste plano terreno e deixando um legado a todos
os que vierem depois.
Pois é isto que estes dois jovens Solange e Marcelo estão fazendo, deixando o seu
legado para os que quiserem participar desta missão e futuramente outros divulgarão e
darão continuidade a um trabalho que foi assumido por eles antes de suas encarnações
atuais.
Aqueles que ouvirem o chamado se agreguem a estes Clãs, pois muitos caminhos
errados que um dia já percorreram não mais o farão.
Fiquem na luz, pois os que vivem nela sempre os verão.
Salam Alayk! ( a paz esteja contigo!)

Comentário do Autor

Escrever este livro para mim foi ótimo, pois todos os leitores poderão compartilhar
destes ensinamentos até então velados para o público em geral.
Apesar de nós já usarmos estes conhecimentos há muitos anos, não era permitido sua
abertura fora de nossa Tsara Gitana, mas a todos aqueles que chegavam até nós, estes
ensinamentos eram utilizados em suas vidas para o seu benefício, sempre com o auxílio
dos mentores Ciganos Dom Fernando e Isabelita.
E foi com muita satisfação que recebi a noticia que já estava permitido por Sara Kali a
abertura destes conhecimentos para todos.
Espero que com este livro muitas pessoas possam se auto-ajudar e voltar a sua fé e amor
a nossa Santa Sara Kali e aos Clãs Ciganos de Luz do Astral!
Bartalê!
Marcelo Ruiz

Índice

Apresentação
Capítulo I
A Mediunidade
O Médium
Tipos de Mediunidade
- Incorporação
- Incorporação Semi- Consciente
- Incorporação Inconsciente
- Canalização
- Clariaudiência
- Vidência e Clarividência
- Psicometria
- Psicografia
- Psicofonia
Capítulo II
Energias
Energização
Padrões Vibratórios
Capítulo III
Obsessão
- De espírito para encarnado
- De espírito para espírito
- De encarnado para encarnado
- De encarnado para espírito
Capítulo IV
Forças da Natureza
Os espíritos sagrados da natureza
Cruz Cigana
Capítulo V
O Povo Cigano
- O Barô
- A Shuvani
- O Purô e a Puri Dai
- A Dança e a Música Cigana
- Rituais e Encantamentos
- Ervas e Flores
- Conjuros Ciganos
- Amuletos e Talismãs
- As Fases da Lua
- Oráculos Ciganos
Capítulo VI
Oráculo com Cristais
Capítulo VII
Numerologia Cigana
Capítulo VIII
Santa Sara - A Única Santa Cigana do Mundo
O Altar Cigano
Orações Ciganas
- Oração a Santa Sara Kali
- Oração do Entardecer
- Oraçao para Cortar inveja
Capítulo IX
Os Clãs Ciganos de Luz do Astral
Fitas Ciganas
Fitas Ciganas e suas Atribuições
Punhais Ciganos
Varinhas Ciganas
Contos Ciganos
Capítulo X
Clã das Ciganas do Amor
- Características do Clã das Ciganas do Amor
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto do Amor
- Oração ao Clã das Ciganas do Amor
Capítulo XI
Clã dos Ciganos Dourados
- Características do Clã dos Ciganos Dourados
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto do Clã dos Ciganos Dourados
- Oração ao Clã dos Ciganos Dourados
Capítulo XII
Clã dos Ciganos e Ciganas Encantadas
- Características do Clã dos Ciganos e Ciganas Encantadas
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto Encantado
- Oração ao Clã dos Ciganos e Ciganas Encantados
Capítulo XIII
Clã das Ciganas da Sorte
- Características do Clã das Ciganas da Sorte
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto da Sorte
- Oração ao Clã das Ciganas da Sorte
Capitulo XIV
Clã dos Ciganos da Cura
- Características do Clã dos Ciganos da Cura
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto de Cura
- Oração ao Clã dos Ciganos da Cura
Capítulo XV
Clã dos Ciganos Andarilhos
- Características do Clã dos Ciganos Andarilhos
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto de um Andarilho
- Oração ao Clã dos Ciganos Andarilhos
Capítulo XVI
Clã dos Ciganos Protetores
Capítulo XVII
Clã dos Ciganos Guardiões
- Características do Clã dos Ciganos Guardiões
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto de um Guardião Cigano
- Oração ao Clã dos Ciganos Guardiões
Capítulo XVIII
Clã dos Beduínos do Deserto
- Características do Clã dos Beduínos do Deserto
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto de um Beduíno
- Oração ao Clã dos Beduínos do Deserto
Capítulo XIX
Clã dos Ciganos Tuaregues - Os Guerreiros do Deserto
- Características do Clã dos Ciganos Tuaregues
- Elementos e Objetos Encantados
- Encantamento e Conjuro
- Conto de um Tuaregue
- Oração ao Clã dos Ciganos Tuaregues

Apresentação

Escrever este livro foi um privilégio para mim, tamanha importância destas informações
que até agora não eram do conhecimento do público em geral.
Através dos mentores ciganos de luz Dom Fernando e a Cigana Isabelita, juntamente
com mestres de luz Sarita e outros que preferiram não se identificar para preservarem a
sua origem e grau dentro das hierarquias de luz do astral, vêm nos revelar estas
informações.
Mas o que importa é que agora este conhecimento está sendo aberto para todos os que
querem adentrar neste mundo mágico e encantador do Povo Cigano, um povo
misterioso que caminham por milênios agregando muitos ensinamentos por todas as
terras em que passaram e aumentando assim sua gama de recursos em prol da
humanidade.
Seja para auxiliar seus médiuns com curas, encantamentos e rituais ou mesmo no
resgate de irmãos ciganos que estavam perdidos na crosta.
Um livro que retrata os segredos deste Povo tão admirado, agora todos revelados para
que vocês leitores possam usar em toda a sua plenitude os conhecimentos para o seu
crescimento espiritual e material, afetivo e de prosperidade em todos os sentidos, com
saúde plena e muita proteção.
Que através deste livro cada leitor use-o como necessitar para sua auto-ajuda, e sem
criar vínculos e dependências duvidosas. Conte apenas com sua força mental, com sua
vontade e principalmente vibrando muita fé.
Fé em Deus, em Sara Kali e nestes Clãs Ciganos de Luz do Astral maravilhosos que se
revelam como estrelas brilhantes no céu claro, para que todos possam admirar sua
beleza, encanto e sabedoria.
Bartalô Drom!
Solange Ruiz

Capítulo I

A Mediunidade

A mediunidade é um mecanismo espiritual que de diversas maneiras o médium pode


fazer contato com os espíritos como: falar, ver, sentir, ouvir. Ou mesmo ser
instrumentos destes espíritos, para que possam de alguma forma passarem
ensinamentos, mensagens e outros tipos de ajuda para os encarnados.
A mediunidade é considerada um dom, costumo dizer dom, pois não são todas as
pessoas que possuem mediunidade. E também não é de uma hora para outra que se
adquire esta faculdade mediúnica. Isto é um estado de evolução espiritual de
encarnação em encarnação e assim a cada passagem neste plano terreno, mais
experiências estas pessoas vão adquirindo.
Para que isto fique bem claro, deixe-me exemplificar. Muitas de nossas vivências foram
como: magos e magas, bruxos e bruxas, sacerdotes e sacerdotisas, feiticeiros e
feiticeiras e com isto era aprendido magias, encantamentos, mentalizações, meditações,
conhecer as forças da natureza, fontes de energia e muito mais e também de que modo
podem ser usadas e trabalhadas estas forças ( terra, fogo, água e ar).
Com estes aprendizados e também com a sua prática, começa a se abrir a sensibilidade,
percepção e intuição no indivíduo de acordo com o tempo de cada um.
Com isto quero dizer que este tempo depende de cada pessoa, pois ninguém é igual ao
outro. Se um tem maior facilidade em se conectar com as forças espirituais ou da
natureza, outros não tem esta mesma rapidez, mas por conseguinte pode se destacar
como excelentes magos, feiticeiros entre outros que através de magias elementais fazem
surtir efeitos maravilhosos em sua vida ou de alguém que por ventura vierem em busca
de auxílio. Então se hoje um indivíduo é considerado médium, saiba que sua caminhada
já foi longa, e vasto também é o seu conhecimento.
O que acontece é que devido a sucessivas encarnações e o uso que foi dado a esta
mediunidade, algumas faculdades mediúnicas vão sendo adormecidas e quando
encarnado novamente, não se lembram de suas experiências anteriores, somente com o
tempo, com o caminhar nesta nova encarnação, vão lentamente abrindo novamente este
dom.
De acordo com os caminhos e a procura por informações sobre assuntos ligados a este
tema, é que começa o despertar de sua alma.
Para alguns que já tem este dom bem aguçado, começa na infância, onde a criança vê
espíritos e não se dão conta disso, para suas mentes livres de conceitos, são apenas
amiguinhos, que na maioria das vezes os pais não acreditam nos filhos, alegando que
são apenas criações de suas pequenas mentes férteis.
Em outros casos só atinge a sua abertura bem mais tarde.
Sarita

O Médium

Este termo “médium”, significa mediador. Pois através do dom da mediunidade ele
media os dois planos: o físico e o espiritual.
O médium consegue fazer esta conexão com o plano astral, é como se uma porta se
abrisse e ele conseguisse passar para o outro lado.
Ser médium não é nenhum fardo como muitos costumam dizer e sim é um presente
divino e conquistado pelo indivíduo devido a sua evolução em encarnações passadas.
Ser médium não é nenhuma novidade, pois quem já não leu nem que seja um pequeno
trecho da bíblia sagrada, onde consta os profetas que falaram com Deus, com os
diversos personagens que viram e falaram com os “Anjos do Senhor”?
Isto ocorreu há mais de 2 mil anos atrás, como o conhecimento destas pessoas eram
diferentes dos nossos atuais e mesmo o tipo de vocabulário, vemos que eles eram
médiuns e que viam e falavam com os espíritos, que para eles eram anjos ou
mensageiros, pois era o que aprendiam e o que conheciam na época, pois fora isto, tudo
era atribuído ao demônio. Mas anterior a bíblia ainda temos os oráculos muito
difundidos na Grécia antiga, onde os habitantes iam a determinados templos onde
sacerdotisas ou sacerdotes entravam em estado alterado de consciência e proferiam
acontecimentos do futuro.
No antigo Egito onde muitos acreditam ser o berço da civilização e que muitos de nós
passamos por lá, tinham técnicas incríveis de tratamentos como a cromoterapia, curas
através de cristais, aromas diversos desenvolvidos por perfumistas da época, decifrar
sonhos, leitura de mão e muito mais.
E o Povo Cigano que com seus oráculos, seus conjuros, seus rituais e encantamentos
caminham a tanto tempo por estas terras trazendo até os dias de hoje a sua sabedoria
milenar.
Tudo isto é para mostrar que os médiuns estão neste planeta há muitos milênios e então
com toda esta evolução, só podia resultar neste grande universo que hoje conhecemos
como espiritualidade.
Sarita

Tipos de Mediunidade

Como dissemos no tópico anterior, médium é o intermediador entre os dois planos


(físico e espiritual).
Entendido isto vamos agora explanar que existem vários tipos de mediunidade. A
pessoa é médium e pode ter um ou mais tipos de mediunidade.
A mediunidade é um dom que Deus nos concedeu para realizarmos determinada missão
aqui no plano material.
Vamos dar alguns exemplos:
Temos a mediunidade de incorporação, canalização, psicofonia, psicometria,
psicografia, clarividência, clariaudiência, vidência e algumas outras, mas vamos nos
concentrar nessas que acabei de citar.

Incorporação

A mediunidade de incorporação é a mais conhecida e quando se diz que a pessoa é


médium logo ela já pensa que tem que incorporar, etc...
Isso não é verdade, pois como explicamos acima médium é o intermediador entre os
planos, certo ? Então se a pessoa é médium não quer dizer que ela tenha esse tipo de
mediunidade, de incorporação. Ela pode ser médium canalizadora, de
psicometria, ou uma médium que vai escrever vários ensinamentos divinos que é a
psicografia, enfim a pessoa pode ter vários tipos de mediunidade diferente.
A incorporação pode se dar de duas maneiras:

Incorporação Semi Consciente

Acontece da maneira mais comum hoje em dia, pois o médium tem o seu mentor
espiritual acoplado ao seu campo mediúnico e a sua mente não fica “desligada”, o
médium consegue escutar, o que o mentor está falando, ou mesmo interagir com o seu
pensamento, mas se for passível não terá domínio de seu corpo e após algum tempo
incorporado não se recordará de muitas coisas, apenas o que for necessário, até mesmo
para o seu aprendizado e usar o que foi ensinado pelo mentor quando não estiver
incorporado.

Incorporação Inconsciente
Hoje em dia é difícil encontrar um médium assim. Este tipo de incorporação se dava
antigamente, há mais de 50 anos, quando foi necessário mostrar manifestações
espirituais, ou até mesmo curas e milagres, em novas religiões ou doutrinas, para que as
pessoas acreditassem no que estavam vendo, pois somente dominando totalmente a
mente do médium, que não tinha qualquer conhecimento daquele fato, religião, ou
evento, os mentores espirituais faziam assim suas curas, proferiam palavras de fé e
quando o médium retornava ao seu estado normal, sem a atuação do mentor, eles nada
lembravam, não sabiam o que haviam feito ou falado.
Encontramos este tipo de incorporação naqueles médiuns que já estão na ativa a mais de
40 ou 50 anos.

Canalização

Esse tipo de mediunidade é muito comum nas pessoas. Quem nunca teve um
pensamento, uma intuição e realmente aconteceu?
Nesse caso tivemos uma canalização de nosso mentor.
Na canalização a informação passa pelo nosso mental, como se fosse um pensamento
nosso.
Neste tipo de mediunidade o mentor se liga ao nosso mental através da nuca e nos
canaliza várias informações.
Sabedores disso podemos a partir de agora ficar mais alertas a essas informações que
são canalizadas por nós.

Clariaudiência

É o dom mediúnico de ouvir a voz dos espíritos.


Esse tipo de mediunidade é raro de acontecer, mas a pessoa precisa estar bem orientada
e equilibrada, pois ela é um canal aberto tanto para Luz quanto para as sombras.
Por isso falamos que o médium que tiver esse dom de escutar os espíritos tem que estar
bem equilibrado e manter sempre seu padrão vibratório positivo, para sempre escutar os
mentores de luz.
É de suma importância entender a clariaudiência, pois muitas pessoas foram internadas
por não serem compreendidas e esclarecidas deste seu dom.

Vidência e Clarividência

Esses dois tipos de mediunidade são de visualizar o plano espiritual.


A vidência se realiza através do chackra do terceiro olho. Então o médium consegue
visualizar o plano espiritual ou espíritos em sua mente. Sem utilizar os olhos físicos.
A clarividência é um tipo de mediunidade em que o médium visualiza os espíritos
como se estivesse vendo uma pessoa encarnada.
Muitas vezes dependendo do grau de intensidade que é visualizado, pode-se até
confundir os espíritos com pessoas. Isso é muito normal nesse tipo de mediunidade.
Psicometria

Esse tipo de mediunidade acontece através do manuseio de objetos pertencentes a


outras pessoas.
Exemplo:
Se o médium segurar algum objeto que contém algum fluido energético de uma outra
pessoa ele consegue descrever quem segurou o objeto, suas características físicas ou
mesmo de personalidade. Até mesmo onde possa estar esta pessoa.
Esse tipo de mediunidade tem ajudado muito policiais de outros paises na busca de
Serial killers e pessoas desaparecidas, através de algum objeto pertencente a pessoa eles
podem visualizar e até chegar a ela.

Psicografia

Essa mediunidade já é bem conhecida. Quem nunca ouviu falar de Franscisco Candido
Xavier ou Chico Xavier um grande médium psicócagrafo?
Então a psicografia é a mediunidade de escrever informações, romances, doutrinas,
mensagens que vem do astral.
Existem dois tipos de psicografia a mecânica e a canalizada.
A psicografia canalizada é através de mensagens e informações que o mentor passa
através do mental do médium e ele transcreve para o papel.
A psicografia mecânica é um dom raro de existir, pois essa mediunidade acontece
quando o espírito toma o braço do médium psicógrafo e escreve a mensagem que sairá
com a sua letra.

Psicofonia

Esse tipo de mediunidade é bem freqüente nos médiuns.


Ela acontece através do chackra laríngeo, onde os mentores se conectam e falam através
do canal de voz do indivíduo passando mensagens e informações. Neste caso a
informação não passa pelo mental do médium.
Estes médiuns falam inspirados por seus mentores que estão conectados ao seu canal de
voz. Muitas vezes por estas informações não passarem por seu mental, eles não se
lembram do que falaram.
Nós ciganos ancestrais não queremos invadir campos alheios e sim explicar e elucidar
as pessoas sobre os conhecimentos gerais da espiritualidade que estão a disposição de
quem quiser adentrar neste tema com amor em seu coração. Pois entendendo esses
conceitos acima, esses tipos de mediunidade que muitos possuem, conseguiram
entender o que acontece consigo mesmo e ajudar pessoas que ainda desconhecem o
poder de Deus. Quebrando assim verdadeiros dogmas e paradigmas desnecessários e
criados pelo homem que querem escravizar a todos.
Estudem e entendam, pois assim não cairão mais em lugares sombrios que querem
apenas usar seus dons mediúnicos para proveito próprio e não divino.
Ciganos Ancestrais
Capítulo II

Energias

Muito do que conhecemos aqui no plano físico é feito de energia, nós somos seres de
energia, há também a energia ígnea
( fogo ), energia eólica ( ar ), energia aquática (água), energia telúrica
( terra ). Tudo também tem seus opostos, ou seja, são duais, podendo usar as duas
polaridades, positiva ou negativa.
Assim acontece com o ser humano, que também é dual, por isso é suscetível a estes dois
padrões.
Vamos esclarecer, se o indivíduo vibrar positivo, ou seja, ter pensamentos e sentimentos
positivos, este ser irá emanar uma energia boa, de amor, de fé, de amizade, de
companheirismo, de fidelidade, enfim energias que são gostosas de sentir, pois se um
emana o outro capta. Mas se o indivíduo vibrar negativo, ou seja, ter pensamentos e
sentimentos ruins, este ser irá emanar uma energia má, de ódio, de inveja, rancor, ego,
soberba, vaidade, ganância, enfim energias muito densas que a pessoa que é sensível
captará logo este tipo de energia, sentindo-se mal, não conseguindo permanecer por
muito tempo próximo ao indivíduo.
E está regra se aplica em outros casos, por exemplo: Se você está em um local que está
com uma energia boa, você se sente bem, gostando de permanecer ali, parece que as
horas nem passam.
Agora se você está em um local com energia negativa, o lugar se torna denso, pesado,
você começa a sentir-se mal, não conseguindo prestar a atenção em nada, somente uma
grande vontade de sair dali. Quem de vocês já não sentiu isto, não é mesmo?
Este assunto é muito gostoso e abrangente, aqui só quis expor alguns casos para que
possam servir de indicativo em determinadas situações e assim vocês farão suas
próprias descobertas e tirarão suas próprias conclusões.
Sarita

Energização

O passe energético hoje é muito usado, é conhecido pela imposição das mãos em que o
médium doa energia vinda do astral, onde se cria uma conexão, tornando-se assim um
canal receptor e transmissor desta energia. Já era comum entre os povos antigos,
principalmente os egípcios que faziam este tratamento nas pessoas da época causando-
lhes bem estar, deixando-as mais leves e equilibradas.
Vemos muito a utilização deste passe energético em doutrinas espirituais e filosofias
orientais. Pessoas que semanalmente vão a estes locais recorrerem aos tratamentos
espirituais, por saberem da eficácia e do benefício que causam em suas vidas. Cada vez
mais vão harmonizando seus campos, seus corpos, sua alma, seu emocional e sua
mente.

Padrões Vibratórios
Como explicamos no capítulo anterior as energias que são emanadas pelo indivíduo a
partir de seus sentimentos ou pensamentos podem ser positivas ou negativas, certo?
Então vemos que os padrões vibratórios são uma escala onde o ser consegue emanar
uma energia a partir do seu sentimento e ou do seu pensamento.
Com isto o indivíduo acaba por criar uma conexão com seres de outras esferas, positivas
ou negativas de acordo com o seu padrão vibratório.
Vamos simplificar, se você está num dia bom, está feliz, agradece por seu dia, por sua
família, enfim está contente, logo uma conexão é criada com seres luminosos, que
costumamos chamar de cordões energéticos, através desta conexão mais e mais o ser se
fortalece na fé, seus caminhos se tornam positivos, cheios de opções, sua vida realmente
começa a ter uma evolução, tanto espiritual, quanto material. Estes seres começam a
proteger-lhes, intuir-lhes e amparando-os.
Estes cordões energéticos positivos ou luminosos, vão engrossando cada vez mais que
esta conexão vai se fortalecendo, não dando a possibilidade de ser rompido por energias
negativas.
Mas se o indivíduo se negativa por algum motivo, xinga, esbraveja, com sentimentos
mesquinhos, está conexão começa afinar-se, este cordão ora tão formoso e luminoso,
agora se encontra comprometido.
Se o indivíduo restabelece o seu padrão vibratório, logo esta conexão também é
restabelecida. Agora se o indivíduo alimenta este sentimento negativo, não conseguindo
mudar o seu padrão vibratório deixando-o negativo por muito tempo, o cordão
energético se afina e se rompe, fazendo o indivíduo perder totalmente a conexão com as
esferas de luz, muitas vezes tampando o seu chackra coronário e perdendo sua fé.
Neste momento o indivíduo está vibrando muito mal e a conexão que ele cria desta vez
são com as esferas negativas, onde só há seres que estão vibrando como ele, revoltados,
agressivos e raivosos.
Esta conexão cria também a ligação através de cordões energéticos, só que desta vez
cordões negros, pois é esta a energia que está sendo emanada.
Aqui cabe bem a frase inesquecível do grande Mestre Jesus: “ORAI E VIGIAI”.
Só assim o indivíduo terá condições de se equilibrar e não se deixar abater por estas
energias que estão transitando a todo o momento em nossas vidas.

Capítulo III

Obsessão

Muito ouvimos falar sobre este assunto, sempre há alguém que relata um caso de
obsessão, filmes foram feitos em cima deste tema.
A obsessão é uma forma de se apossar da mente e da vontade de um indivíduo. Estar
obsediado é ser controlado por uma força negativa, que faz com que a vontade do
obsessor, torne-se a vontade do obsediado.
Muitas vezes se torna um conflito interno muito grande para o indivíduo, pois há
momentos que ele não compactua com pensamentos estranhos que vem a sua mente, ou
mesmo sentimentos distorcidos que assolam seu coração. O indivíduo sente-se mal, tem
insônia, tonturas, medos, inseguranças e outros sintomas.
Outras vezes a obsessão ocorre em outro nível, quando o indivíduo tem o seu padrão
vibratório negativado, pensando em situações ruins, de ódio e vingança. Logo um
espírito negativo afim com esta energia, ou seja, vibra o mesmo que o indivíduo.
O obsessor começa o seu jogo, induzindo o indivíduo ao seu intento. E muitas vezes em
momentos de privação de sentidos se for muito sério a obsessão, pode acontecer
situações de risco para os alvos destas energias.
Vamos mencionar alguns tipos de obsessão:

De Espírito para Encarnado

É quando um espírito negativo se acopla ao campo vibratório e induz o indivíduo a ter


pensamentos e sentimentos desequilibrados.
Ex: obsessores de vícios como bebidas alcoólicas, drogas, cigarros, remédios, sexo,
jogos e etc.
Quanto mais o indivíduo compactua com a vontade do obsessor, mais ele se torna presa
fácil destes espíritos manipuladores. Quando digo compactua, é porque o
indivíduo chegou a um estágio que não consegue lutar contra estes desejos que são mais
fortes que sua vontade. E quanto mais o tempo passar, o seu organismo, o seu corpo
físico também estarão comprometidos.

De Espírito para Espírito

Isto se dá no lado astral, em esferas negativas onde existem espíritos malignos com
capacidade mental muito elevada, comparando com outros espíritos que vivem na
mesma faixa.
Estes espíritos que possuem esta força mental, se ligam por meio de ondas energéticas
as mentes destes mais fracos e os controla, fazendo que sejam verdadeiros escravos, e
através desta obsessão este espírito comete vários erros como: ataques espirituais,
vingativos, perseguições entre outras atitudes, e achando que fizeram tudo por sua
própria vontade.
Claro que isto só é possível nos dois casos que acabei de relatar, pois ambos estavam
com o mesmo magnetismo negativo, então sendo assim atraem seus afins.

De Encarnado para Encarnado

Neste caso é quando um indivíduo tem algum tipo de sentimento distorcido por outro
indivíduo, que pode ser amor ou ódio.
Este indivíduo que é o obsessor se liga ao obsediado por um cordão de energia negativa
e através de seus sentimentos, pensamentos e desejos, vai emanando está energia ao
outro e assim o obsediado começa a ter sensações estranhas, como se estivesse sendo
perseguido, tem medo, começa também a pensar no seu obsessor, pois como estão
ligados, o outro sente a energia do seu algoz. É válido lembrar que a ligação por cordões
pode ocorrer em vários níveis de acordo com o que o obsessor encarnado emanar, por
exemplo pode se ligar através de cordão energético no chackra da 3ª visão, no chackra
cardíaco, chackra umbilical e no chackra básico.
De Encarnado para Espírito

A obsessão neste caso é quando um indivíduo perde um ente querido, e com a dor de
sua perda não consegue parar de pensar, chamar, chorar por quem partiu.
O espírito recém desencarnado muitas vezes ainda não está bem energeticamente, ainda
não sabe qual a sua real situação, tudo está muito confuso.
E o indivíduo não o deixa ser tratado e esclarecido, nestes momentos o espírito por ver,
sentir e ouvir o sofrimento do encarnado também começa a se desequilibrar. Seu padrão
vibratório começa a ficar depressivo, causando assim uma ligação desastrosa, pois o
recém desencarnado pode ficar aqui na crosta, junto com o indivíduo que se ligou a ele,
causando sensações ruins, ficando os dois depressivos, doentes e apáticos.
Sendo assim nenhum dos dois conseguirão sua evolução.

Capítulo IV

As Forças da Natureza

Nós ciganos somos amantes da natureza, amantes da liberdade. Sempre em nossas


andanças cuidamos da natureza para que ela cuide de nós, sempre conectados com a
maravilhosa energia natural que Dhiel nos concedeu e assim por onde caminhamos
oramos e pedimos a estas forças que sentimos e que estão a nossa volta nos limpando,
intuindo e protegendo.
Vivemos da natureza e na natureza. Agradecemos quando estamos nos caminhos da
vida e rezamos para que encontremos algo para beber e comer e logo adiante surge um
riacho límpido e formoso. Pronto para saciarmos nossa sede. E também lindas
árvores com seus deliciosos frutos.
Além desta fé e carinho pela natureza também evocamos suas forças através de rituais
específicos, para sabermos qual caminho seguir sem perigos, afastar todo o mal que
ronda nosso acampamento, criar a energia de muita prosperidade, e para tudo o que
desejarmos.
As forças da natureza são o fogo, a terra, a água e o ar. Cada elemento tem uma função
para nós.
O fogo ele aquece a alma, purifica nossos corações de mágoas e tristezas. Também é
muito usado em rituais para afastar o mal como a inveja, as armadilhas, e perseguições.
O elemento fogo é representado para nós pela cor vermelha, este elemento cauteriza,
neutraliza, queima, purifica, limpa e corta cordões energéticos negativos e miasmas do
indivíduo e do espírito obsessor agressivo e raivoso.
A água nos purifica de sentimentos não correspondidos ou até impossíveis de se realizar
e também é um ótimo oráculo. A água quando usada em conjunto com outros
elementos, ou seja, com ervas, plantas e pedras, se torna um ótimo elemento de
equilíbrio das emoções e limpeza da alma. Nos deixando calmos e tranqüilos.
O elemento água é representado para nós pela cor azul clara, este elemento harmoniza,
equilibra, tranqüiliza, promove a paz mental, emocional e espiritual para que assim haja
o fortalecimento e a retirada de espirito sofredor e melancólico.
A terra por onde pisamos e por onde caminhamos nos dá força para que sempre
continuemos nossos caminhos por mais difíceis que possam ser, nos dá segurança e
determinação e também muita força de concretização.
O elemento terra é representado para nós pela cor marrom, este elemento promove a
coragem, determinação, firmeza, perseverança, força de vontade e segurança para
encarar e superar os desafios. Também é usado para quebrar a ação espiritual
negativa de obsessores inteligentes, astutos e vingativos.
O ar nos direciona, nos impulsiona para que sempre continuemos nossas caminhadas
pelo mundo. A energia do ar agita nossas vidas, por isso não criamos raízes.
O elemento terra é representado para nós pela cor branca, este elemento promove leveza
da alma, engrandece, expande, eleva, dando discernimento e lucidez. Também promove
a compreensão do ser como um todo, impedindo a interferência de obsessores que
conseguem manipular mesmo a distância.
Nos conectamos, evocamos e fazemos conjuros clamando as forças da natureza.
Que o fogo abra nossos caminhos, que a água nos deixe sempre calmos e tranqüilos, que
a terra sempre nos dê muita força e determinação e o ar nos guie e nos leve para onde
Dhiel e Sara Kali assim desejar.

Cruz Cigana

Sempre com muita fé o Povo Cigano reza e faz muitos conjuros e afirmações positivas
de seus desejos para que tudo se realize como esperado. Acreditamos e carregamos o
símbolo da cruz, pois Kristesco foi nosso grande mestre que sempre nos inspirou. Como
somos eternos andarilhos e sempre em meio à natureza e as suas forças, a energia de
cada elemento para nós não era segredo. Agora do lado espiritual muito do que nós
realizávamos por intuição ou mesmo por ensinamentos passados por nossos pais, vemos
que a força que envolvia estes encantamentos é muito superior ao que podíamos
imaginar.
Usando os quatro elementos fazíamos uma cruz e o cigano ou cigana ficava no centro
da cruz e com conjuros específicos, sentíamos toda a magnitude destes elementos em
nosso corpo físico, mental, emocional e espiritual. Ficávamos renovados e prontos para
muitas jornadas nesta terra, rumo ao destino que nos aguardava.

Os Espíritos Sagrados da Natureza

Por onde passamos sempre nos conectamos com as forças do local, pedindo sua licença
para usarmos os elementos da natureza com muito respeito, pois para nós ciganos á
água, a terra, o fogo e o ar têm em seus elementos um Espírito Sagrado.
Estes espíritos sagrados não são fadas, silfos, gnomos, ou salamadras, estes elementais
são pertencentes a uma outra religião antiga.
Estes espíritos sagrados contem a própria energia dos elementos da natureza e tomam
forma a partir de seu próprio elemento.

Capítulo V

O Povo Cigano
Muito já se falou do Povo Cigano, um povo diferenciado, já que vivem em clãs, tem
suas próprias leis, costumes e tradições. Suas danças e músicas que cantam e encantam
por onde quer que passem. Rituais e encantamentos com um poder e força de
concretização inimaginável.
Desperta a curiosidade de muitos, em outros por desconhecerem quem são, desperta
medo e desconfiança.
Enfim um povo muito caliente e alegre, respeitam a Deus, e amam a vida acima de tudo.
Por onde passam deixam amor, felicidade, luz, prosperidade, esperança e muita fé.
Suas roupas coloridas e brilhantes, suas jóias, seus punhais, seus instrumentos musicais
os tornam especiais, pois despertam o encanto nas pessoas.
Atualmente é muito raro encontrar ciganos que vivem acampados, somente algumas
famílias que por opção, ou sem condições de serem sedentários continuam com esta
tradição.
O casamento entre ciganos já não é tão rígido, pois já se aceita o casamento com gadjés.
Tudo tem sua evolução, pois o próprio mundo exige isto das pessoas, assim os costumes
começam a buscar suas evoluções através dos meios que conhecem.
Um exemplo simples disto é que no passado muitos ciganos trabalhavam com a venda
de cavalos, tachos e panelas de cobre. Hoje pela modernização muitos mudaram de
“ramo”, vendem carros, outros trabalham em comércio.
Temos um grande crescimento de nível social entre os ciganos, pois muitos são
advogados, delegados, comerciantes, engenheiros entre muitas outras profissões. Que
hoje se aplicam a muitas ciganas também. Muitas praticam os oráculos como uma
forma de não deixar esquecido o trabalho dos nossos ancestrais e assim perpetuar a
tradição.
Existem muitos simpatizantes do Povo cigano, que todos os anos fazem festas ciganas,
são festas temáticas onde as músicas, as danças e até mesmo os oráculos são
apresentados nesta festa.
Quando se ouve dizer que irá ter uma festa cigana, este evento atrai uma verdadeira
multidão de pessoas para participar, pois é muito alegre e convidativa, a felicidade e a
liberdade afloram em cada um, e pelo menos por algumas horas os convidados sente-se
perfeitos ciganos, fazendo uma viagem no tempo e tornando-se felizes por um dia.

O Barô

Que significa o “grande”, é quem comanda o clã, os demais acatam suas ordens, pois
sempre está pensando a favor de todos, o que é melhor para o seu grupo.
O Barô tem que ser um homem muito justo, sábio, sincero, e acima de tudo passar
confiança a seu povo, pois estão depositando seus caminhos em suas mãos.
A responsabilidade de um Barô é muito grande com o seu povo, ele é o espelho que
todos irão admirar. Neste caso a vaidade, a soberba, ganância e a tirania não entram,
pois se assim acontecer, pelas leis do próprio povo cigano “Kris Romani”, ele será
julgado e será substituído por outro e cabendo uma punição que assim decidirão.
Devido a esta seriedade, companheirismo, amizade, união é que o povo cigano resiste a
milênios por esta terra.

A Shuvani
Ela é a “feiticeira cigana” como muitos costumam chamar, ela detêm muito
conhecimento de magias e encantamentos, remédios, elixires, rituais, passes
energéticos, conhecedora de muitas ervas, flores e sementes.
Conhece e evoca as forças da natureza, o poder da lua. Enfim é uma sacerdotisa de
tempos antigos se formos fazer alguma comparação.

O Purô e a Puri Dai

São os anciãos de um clã, ou seja, para o nosso povo são os sábios, aqueles que tem o
respeito de todos do grupo, suas sábias palavras são sempre ouvidas com muita atenção.
Seus conselhos são valorosos.
Então quando se faz necessário, alguém do grupo vai a suas tendas para pedir suas
palavras de sabedorias de pessoas que já viveram muito e passaram por muitas
experiências e assim são grandes conselheiros.

A Dança e a Música

São fundamentais para o povo cigano, pois a dança como já citei antes é um encanto,
através da dança o indivíduo pode descobrir quem verdadeiramente é. Libertar sua alma
de amarras impostas por dogmas e preceitos estabelecidos deste a infância ou até
mesmo em outras vidas.
Além de movimentar o corpo com movimentos bonitos, sutis e delicados, também
trabalha com as energias tanto do indivíduo como a do próprio ambiente.
A dança eleva a auto-estima, a valorização pela vida, emana alegria, aumenta o amor e
emana uma graciosidade e um encanto em quem está dançando e a todos que estão
admirando a dança.
A música em contra partida, tem a vibração, que de acordo com seu ritmo exalta ou
abranda a energia do ambiente assim como em quem está apresentando a dança.
Também contagia quem está ouvindo e assistindo, despertando recordações e saudades
que muitas vezes não se sabe de onde vem. Mas isto não importa, o que
realmente importa é o que o indivíduo está sentindo e sendo trabalhado, sempre em
níveis diferentes, pois cada ser necessita de energias diversas em seus corpos, que dali
por diante farão com que sintam-se melhores consigo mesmos.

Rituais e Encantamentos

São métodos utilizados há milênios por vários povos da antiguidade e que se refletem
até os dias de hoje. Mas aqui só iremos falar sobre o nosso povo cigano.
Ritual como o próprio nome diz é um rito, onde através de uma seqüência cerimonial
com ervas, flores, frutas e outros elementos, são desencadeadas energias que alteram
uma situação de um estado a outro. Onde irá ter uma ordem certa para ir colocando os
elementos do ritual, se é de dia, ou se é de noite, enfim seguindo uma regra. Desta
forma fazendo com que o problema seja solucionado, pois como já dissemos antes, tudo
é uma questão de energia.
Já o encantamento não tem uma ordem ritualística a ser seguida, simplesmente utiliza-se
de um objeto ou elemento e o encanta. Um exemplo de encantamento: de posse de uma
maçã, o indivíduo a encanta com palavras de amor, união, harmonia e etc. E assim
consagra-a as ciganas do astral para o bom relacionamento com o seu par.

As Ervas e Flores

Muito usadas no dia-a-dia do povo cigano, pois através destes elementos eram feitas
magias, encantamentos, chás, poções e elixires. Nas andanças pelo mundo
vários conhecimentos foram adquiridos e como verdadeiros botânicos estudavam a flora
dos locais por onde passavam.
Sabiam curas as próprias enfermidades através dos rituais e remédios caseiros.
Lembrando que o elemento água é muito importante neste caso, pois com a adição de
ervas e flores para o preparo de chás, poções e banhos, ele tem o importante papel de
condensador das energias das ervas e das flores fixando na água e esta servindo de
condutora para o corpo físico, como na ingestão dos chás e das poções, como condutora
para o campo áurico, no caso dos banhos.

Vamos citar algumas ervas e flores que os ciganos usavam e que se perpetua até os dias
de hoje.

Alecrim - promove o bem estar, dando ânimo. Age como um tonificante e


reenergizador.
Alfazema - promove a harmonização nos ambientes, equilibra conflitos mentais e
emocionais dando calma e tranqüilidade.
Anis estrelado - no físico - adstringente, ótimo para problemas estomacais como a
indigestão e problemas intestinais como flatulência.
Excelente para a conexão espiritual.
Arruda - usada para limpeza, retira energias negativas do campo áurico.
Arnica - usada para aliviar cansaço e dores nas pernas e nos pés e antiinflamatória.
Camomila - promove a tranqüilidade e a paciência, ótimo para chás.
Capim Cidreira - promove calma é relaxante e sedativo. Combate o stress.
Canela - estimulante, atrativo, ótimo para prosperidade.
Cânfora - usada para a limpeza dos ambientes, como também é usada para fazer
inalação em estados de gripes.
Casca de alho - usada para afastar vampiros energéticos e tira energias nocivas do
campo energético.
Cravo da Índia - Afrodisíaco, promove o alívio de dor de dente, purifica o hálito.
Erva Doce - alivio de cólicas intestinais.
Folha de Eucalipto - purifica os campos energéticos, tirando miasmas e larvas astrais.
Folha de Pitanga - promove a auto-estima e o bom humor. Direciona e movimenta os
caminhos do indivíduo.
Gengibre - promove o alívio nas dores de garganta e nos estados de gripe.
Hortelã - promove a limpeza energética e dá proteção, pois inibe a entrada de energias
nocivas através dos chackras.
Jasmim - abertura dos canais mediúnicos, conexão espiritual.
Levante - promove a limpeza do campo energético, promovendo o entusiasmo e o
positivismo.
Louro - ótimo para o alívio de cólicas abdominais, promove a prosperidade em todos os
sentidos.
Manjericão - promove a limpeza energética trazendo bem estar e ânimo.
Noz Moscada - Estimulante e atrativo.
Pinhão Roxo - ótimo para acabar com a ação de espíritos obsessores. Limpeza
energética forte.
Romã - alivia problemas na garganta, promove limpeza. Muito usada em rituais ciganos
para pedidos de gravidez.
Rosa Branca - limpeza do emocional, calmante e ótimo para limpeza dos olhos.
Rosa Amarela - promove atração física aos homens, elevando a auto-estima.
Rosa Vermelha - promove atração física as mulheres, elevando a auto-estima e para
atração e harmonização de casais.
Sálvia - promove ânimo e bem estar.
Verbena - Atrativa.
Obs:- Tudo o que foi exposto aqui não tem a pretensão de substituir quaisquer
tratamentos ou remédios da medicina convencional. Apenas apresentamos os
conhecimentos do nosso povo. Deve-se sempre consultar uma pessoa ou mesmo livros
que conhecem as ervas para saber o seu uso e medidas corretas.

Conjuros Ciganos

Quando nosso povo faz seus encantamentos e rituais, sempre é seguido de um conjuro.
É uma invocação a forças espirituais e naturais a qual estamos solicitando sua ajuda.
Neste livro os conjuros serão sempre em nome de Deus, Sara Kali, dos clãs ciganos de
luz e das forças da natureza.

Amuletos e Talismãs

São objetos que tem grande poder magístico, onde o indivíduo coloca ali sua energia e o
consagra ao povo cigano e tornando-se assim encantado.
Vamos mostrar a diferença entre amuleto e talismã.
Amuletos são objetos já existentes que por séculos e por várias crenças populares
tornaram-se objetos mágicos. Ex: moedas, ferraduras, figas, cruzes, estrela de 5 e 6
pontas entre outros, cada um para uma finalidade.

Moeda: para atrair dinheiro e para a proteção.


Ferradura: para atrair sorte e boa fortuna.
Figa: para afastar a inveja
Cruz: para atrair proteção e afastar o mal, símbolo da fé também.
Estrela de 5 pontas: para atrair proteção.
Estrela de 6 pontas: para ter equilíbrio e sabedoria.
Já os talismãs são confeccionados por nós ciganos, então de posse de alguns elementos,
fazemos nossos talismãs para diversos fins.
EX: talismãs para sorte, fortuna, amor, proteção, saúde entre outros.
Com um pedaço de tecido com a cor específica de acordo com o tipo de talismã que irá
ser feito, coloca-se os elementos necessários dentro e costura o tecido.
Sempre os consagrando a Sara Kali e ao povo Cigano, criando assim uma aura de
energia que irá emanar justamente aquilo que se desejou, atraindo para a vida do
indivíduo o que ele determinou.

As Fases da Lua

Há milênios a lua e suas fases vem sendo usadas em rituais, magias e encantamentos de
diversos povos. Havia até mesmo religiões ligadas a lua que a viam como a deusa, o
feminino sendo exaltado. Também se acreditava em sua força para a
concepção da vida, no crescimento de suas colheitas e até mesmo influencia nas marés,
que são controladas por conta de suas fases. Enfim é muito mágico todos os atributos
que são dados a ela.
Lua Cheia: Abundância, plenitude.
Lua Crescente: Crescimento, prosperidade.
Lua Nova: Novidades, novos acontecimentos e descoberta de algo que está oculto.
Lua Minguante: término, transição, final de situações e ciclos.
Importante lembrar que as fases da Lua, terão sua força na totalidade se os
encantamentos e rituais forem feitos no tempo, ou seja, fora de casa, pois se não seus
raios não atingirão suas magias.

Oráculos Ciganos

Muitos são os oráculos do nosso povo, os mais conhecidos são as cartas ciganas, a
leitura de mão, a borra de café, bola de cristal, jogo de dados, agulhas, vidência na água
entre outros.
Mas com a abertura de conhecimentos do plano Astral para o plano terreno, muitos
outros oráculos foram abertos. Entre eles estão o Oráculo com cristais e a numerologia
cigana.
Todos estes oráculos tem o mesmo objetivo, direcionar e aconselhar o consulente, pois
nos dias de hoje vemos muitas pessoas perdidas, sem um rumo em suas vidas.
Estão aqui sem saber o que fazer, e como na antiguidade estes oráculos serviram para
aconselhar, reis e rainhas, faraós e pessoas comuns que também precisavam de auxílio.
Para o nosso povo os oráculos foram e ainda são usados como fonte de trabalho das
ciganas, que ajudam na renda familiar. Mas para quem os busca serve de bússola para
suas vidas.

Capítulo VI

Oráculo com Cristais

Este oráculo foi passado mediunicamente para Marcelo Ruiz pelo mentor Cigano Dom
Fernando. Este oráculo já era usado por ele em vida.
Através dos cristais era visto o caminho a seguir, quais decisões tomar e assim
direcionar o seu povo. Este episódio está sendo contado no livro “Sangue Gitano”. Este
oráculo é muito simples, porém com uma eficácia muito grande.
Neste oráculo são usados 22 cristais, entre eles: a ágata de fogo, a ametista, o crisopásio,
a hematita, o olho de tigre, a pirita, o quartzo rosa, a sodalita e a turmalina negra.
Vamos indicar o que estes cristais representam no jogo:

Ágata de Fogo - força, garra, determinação, coragem e justiça.


Ametista - espiritualidade, médium, mentores espirituais, proteção divina.
Crisopásio - saúde, bons pensamentos, bons fluidos, otimismo.
Hematita - pessoas que vivem ao redor do consulente.
Olho de Tigre - ter atenção, avisos que vem do astral.
Pirita - negócios, ganhos e lucros.
Quartzo Rosa - emocional, afetividade, amor incondicional.
Sodalita - dom da palavra, expressão, comunicação.
Turmalina Negra - energia negativa, bloqueios, obsessores.
Obs: Ótima pedra contra as energias nocivas, mas no jogo representa esta negatividade.
Através das jogadas vai sendo revelado tudo sobre, amor, negócios, saúde e inimigos.
Outra característica importante deste oráculo é que a cada jogada vão se formando
símbolos como estrelas, triângulos, retas, arcos, quadrados e cruzes que dão um
referencial maior.
Como os cristais têm um grande poder energético, à medida que vão sendo feitas as
jogadas, vão limpando, equilibrando, harmonizando o físico, o mental, o emocional e o
espiritual do consulente.
Além de ir trabalhando e transmutando as energias que estão sendo liberadas no
ambiente.

Capítulo VII

Numerologia Cigana

É uma ciência que estuda os números, isto já é feito à milênios, pois através dos
números podemos indicar as características, as tendências, os vícios, as dificuldades,
desafios, dons mediúnicos, perseguições espirituais, resgates cármicos e o caminho a
seguir rumo a evolução de cada consulente, pois cada número tem uma vibração
específica que nos dá muitas respostas.
Os Ciganos conhecem vários oráculos, muitas rezas, muitas ervas que curam e também
sabemos que muito de seus conhecimentos são um mistério e que só são passados de pai
para filho, ficando sempre dentro do mesmo clã, dentro da mesma família.
A numerologia cigana consiste na interpretação dos números existentes na data de
nascimento do indivíduo e o seu nome não é usado.
Costumamos dizer que é feita uma regressão à vidas passadas, mas conscientes. Assim
de posse destas informações consegue-se melhorar sua vida em todos os aspectos,
quebrando energias de vidas passadas, tirando bloqueios, harmonizando energias
geradas por ligações carmáticas ou até mesmo de espíritos vingativos.
Muitas vezes pessoas passam por determinadas situações que estão ligadas a ela por
fatos que aconteceram em vidas passadas e por não terem sido quebradas ou
harmonizadas na encarnação passada, tudo volta a se repetir como um círculo vicioso e
através da Numerologia Cigana estas energias podem ser apaziguadas e transmutadas,
não mais se repetindo.
Vamos indicar a vibração de cada número e de posse deste conhecimento, faça a sua
interpretação e veja como você está conduzindo sua vida.
Escreva sua data de nascimento e faça a soma dos números para ver o número final e
assim poder avaliar se está no caminho certo.
Vamos citar um exemplo: 27/02/1976

Vemos que o resultado final é o número 7 É uma pessoa carismática e muito querida,
gosta de liberdade. Lembra muito um cigano. Alegre, feliz e ama a vida.
Caso a pessoa não se sente assim, é porque ela tem algum bloqueio que a tirou de sua
evolução nesta encarnação.

Vibração Numérica:

Nº 1 - pessoa criativa, inteligente, impulsiva. Tende a ter vários recomeços.


N° 2 - Sabedoria, Intuição, Paciência. Necessita resgatar antigos conhecimentos.
Nº 3 - Prosperidade, Expansão, Comunicação. Realçar todo o seu poder.
Nº 4 - Autoridade, responsabilidade, concretizador. Constrói seu reino com seu esforço.
Nº 5 - Disciplina, Religiosidade, fé. Cura através das mãos.
Nº 6 - Amor, harmonia, união. Escolhas feitas com o coração, muitas vezes sofre
desilusão.
Nº 7 - Vitória, Liberdade, Carisma. Despertar o seu lado cigano.
Nº 8 - Equilíbrio, Proteção, Imparcial. São líderes e tem poder para quebrar injustiças.
Nº 9 - Sábio, força interior, luz própria. Cura as pessoas através do aconselhamento.
Lachi Bar!
Isto que acabei de explanar é muito superficial, é para que vocês interpretem seus
números finais, pois a interpretação completa de toda a data nos revela muitas
informações importantes. Vejamos um exemplo de interpretação completa de toda a
data.

Vamos citar um exemplo: 27/02/1976

Na interpretação dos números vemos:


Esta pessoa já teve uma vida cigana e foi mago muitas outras vidas, manipulava os dois
lados da magia (luz e sombras).
Possui mãos de cura, ou seja, tem energia para trabalhar o físico e o espiritual das
pessoas, através das mãos..
Vivia isolado e os que necessitavam de seus cuidados, o procuravam nas montanhas.
Era sábio e conhecia muito segredos e mistérios da época em que viveu. Pessoa que
caminhava só, mas tinha luz própria, sempre sabia qual caminho escolher.
Detêm muitos conhecimentos em sua memória imortal, se buscar ensinamentos na parte
mística e esotérica, despertará seus conhecimentos de outras vidas.
Inteligente e criativo é muito ligado à parte espiritual. Se dedicar-se à este lado, será
uma pessoa com grande conexão com o alto e receberá muitas informações de mentores,
podendo auxiliar as pessoas que o procurarem através de seus conhecimentos do
passado.

Vidas Passadas

Serviu à um rei, era conselheiro. Viveu muitos anos ajudando este reino e não queria
receber recompensas por este trabalho.
Viveu uma grande paixão proibida, era um grande desafio, pois a mulher pertencia à
realeza. Teve que se afastar dela, foi como se apagassem sua luz.
Se isolou e foi morrendo aos poucos, desistiu de viver (morreu doente).

Bloqueios

Vê dificuldades em tudo, mesmo quando a situação é simples. Acha sempre que não irá
conseguir realizar seus objetivos.
Sua alma ainda está doente, pelo amor perdido no passado, por isso perde as forças
rapidamente, sempre tem tendência a desistir(seja qual for a situação).
Tem medo de amar, não entrega o coração, pois tem medo de sofrer.

Como Tirar os Bloqueios

Conectando-se a espiritualidade e aprendendo a manipular magias, assim curará sua


alma aos poucos.
Não pode se isolar mais tem que usar a força e a capacidade que tem e juntamente com
a sua fé, que é grande, abrir seu coração e vivenciar com plenitude as situações diárias
da vida.

Desafios

Seus desafio são amar sem medo, ter força para realizar o que deseja. Não ter medo de
perder a pessoa que possa vir à amar.
Acha difícil ganhar dinheiro. Esta insegurança é que não o deixa evoluir materialmente,
pois são fatos ocultos que estão em sua memória, vindo de vidas passadas.

Momento Atual
Está consciente que precisa liberar o coração, precisa amar, pois este será o início de seu
crescimento espiritual e material.
Está resgatando sentimentos e situações do passado. Tenha um pouco mais de frieza na
hora de fazer negócios, usar em paralelo conhecimentos místicos com a vida material,
pois assim terá sucesso garantido.
Com esta interpretação completa temos muitas referencias para auxiliar e direcionar
todos que vierem nos procurar.

Capítulo VIII

Sara Kali - A Única Santa Cigana do Mundo

Uma santa muito venerada e cultuada por milhares de pessoas, sendo ciganos ou não.
A propagação de seu nome tem tido um grande crescimento ao longo do tempo, pois
muitos milagres foram alcançados por muitos através de sua fé nela.
Promessas sendo feitas a está santa tão maravilhosa, uma santa que venceu a fúria das
águas e a injustiça dos homens.
É muito procurada nos casos de dificuldade para engravidar, pois para uma cigana é a
pior coisa que poderia lhes acontecer é não conseguir gerar a vida e dar continuidade ao
nosso povo. Então com sua fé fervorosa a cigana faz uma promessa e diz que dará um
lindo lenço (dalto chucar diklô) a Santa caso consiga a graça da maternidade.
Mas não só as ciganas recorrem a ela neste caso, mulheres do mundo todo, sabedoras
dos milagres da Santa Sara obtidos nestes casos, também fazem suas promessas.
Santa Sara também é a santa dos aflitos, dos injustiçados, dos abandonados. Com seu
amor irradia a todos força, proteção, amparo, direcionamento, e assim a fé de um povo
cresce cada dia mais.
O dia de Sara Kali é comemorado em 24 de maio no mundo todo, tendo um maior
números de pessoas na França, na cidade de Saint Marie de la Mer onde localiza-se sua
cripta, fiéis do mundo todo se reúnem para pedirem suas bênçãos e fazerem seus
agradecimentos.

O Altar Cigano

Muitas pessoas estão fazendo seus altares ciganos em suas casas, é importante dizer que
cigano não é uma religião e sim uma etnia, um povo. Mas através de Santa Sara Kali e
dos mentores espirituais ciganos, consegue-se evoluir espiritualmente e materialmente
através da fé e da confiança nesta Santa cigana e neste povo cigano.
O altar é sagrado, irradiando o tempo todo luz para o ambiente no qual este foi montado.
A partir dos sentimentos emanados enfrente a ele, vai crescendo sua força e energia,
pois quanto mais se crê na força e no poder da santa e dos mentores ciganos, maiores
serão as realizações em vossas vidas.
O altar cigano é muito simples de ser montado, e a sua beleza, harmonia e energia são
incomparáveis.
Para quem quiser fazê-lo, escolha um lugar calmo e harmonioso em sua casa ou
comércio.
Coloque uma toalha ou lenço bonito, brilhante e colorido. Pode também optar por
dourado.
Colocar uma imagem de Santa Sara Kali, não colocar nenhuma outra imagem que não
seja cigana, pois senão haverá conflito de energia e seu altar não emanará a energia pura
cigana.
Coloque frutas, pães, flores do campo, rosas, cristais, moedas, taças com água ou vinho
doce, velas azuis claras, douradas, pratas ou amarelas, (sempre tomar cuidado onde
acender as velas para não haver risco de incêndio).
Consagre tudo a Sara Kali e ao Povo Cigano do Astral e que a partir deste momento eles
protejam seu lar, sua família e você.
Lachi Bar!

Orações Ciganas

O ato de orar é uma comunhão com as forças celestiais, o indivíduo quando reza se
eleva deixando sua conexão mais forte com o divino. Sendo ouvido pelas forças do
astral e não deixando que nenhuma energia contrária atrapalhe este momento.
Por isto que quando se reza é muito importante, pois quebra energias negativas que
muitas vezes estão influenciando o indivíduo, fazendo que ele recobre a sua verdadeira
consciência.

Manglinos Katar a Sara Kali


Oração a Sara Kali

Tu Sara Kali que está no céu, olhe para nós teus filhos que estamos aqui na Terra.
Nos cubra com sua misericórdia e amor.
Que o seu manto envolva a todos nós neste momento, tirando todas as tristezas, as
doenças, as invejas e as mágoas.
Tu que sofreu em vida, sabe o que cada um de nós está passando, nos dê força para
superarmos todas as provações e as dificuldades e que envolvidos por seu amor,
sairemos ilesos de tudo isto.
Tu minha mãe Sara nos conceda, saúde, felicidade, harmonia, prosperidade, amor, fé e
paz de espírito.
Segure em nossas mãos, e como uma mãe bondosa que olha para uma criança, nos leve
para os caminhos que devemos trilhar e nunca nos deixe cair, nos caminhos que nos
levará para longe de ti.
Santa Sara, que nós sejamos dignos do seu amor e de sua proteção, abençoe nossa vida,
a de nossa família, a de nossos amigos e de nossos inimigos, para que assim elem
possam se distanciar de nós e não mais nos direcionar nenhum mal.
Permita que nós beijemos as suas mãos e o seu coração, que nós sejamos seus filhos
abençoados para todo o sempre.
Amém !
Cigana Isabelita
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Oração do Entardecer
Minha Santa Sara querida, peço vossa proteção para a noite que chega.
Que eu seja envolvida pelo poder do vento, levando para longe as impurezas do meu dia
acumuladas em mim.
Que eu seja envolvida pelo poder da água, levando para longe todas as palavras rudes e
mágoas que hoje me causaram tristezas.
Que eu seja envolvida pelo poder da terra, levando para longe todas as incertezas do
meu caminho, deixando-me mais forte a cada dia que passar.
Que eu seja envolvida pelo poder do fogo, levando para longe todos os inimigos do meu
caminho.
Que este fogo sagrado envolva o meu coração, aquecendo-o e nunca deixar a solidão me
visitar.
E este fogo sagrado eu envio à todos os meus familiares e amigos, para aquece-los em
seus íntimos e a felicidade em seus corações se instalar.
E tu Santa Sara seja a mensageira deste presente, a todos aqueles que assim o
merecerem.
E quando mais um dia amanhecer, tu minha mãe, esteja sempre perto de mim, para mais
um dia de desafios eu ultrapassar.
Que assim seja e assim se faça,
Amém!
Cigana Isabelita
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 03.11.2004

Oração Cigana para Cortar a Inveja

Meu Deus, minha Santa Sara, eu vosso filho estou aqui pedindo vossa ajuda para que
corte toda a inveja que esta sendo direcionada a mim.
Que esta pessoa seja envolta por seu manto de amor minha Santa, curando seu coração
de sentimentos tão mesquinhos e negativos.
Que tu minha mãe amada intercedas por mim, com seu poder, com a força dos clãs
ciganos de luz, remova de minha vida todo o infortúnio e a inveja que a mim é
direcionada por motivos que desconheço, então que este sentimento seja todo
transformado em ondas de energias divinas e de amor.
Que este amor volte a esta infeliz pessoa tornando-a mais alegre e feliz, ajudando-a nos
seus sentimentos desajustados e que ela tenha algo de bom para se preocupar e não mais
me inveje.
Que o seu poder harmonize nossas ligações e pensamentos, em uma sintonia de Paz e
Luz.
Santa Sara eu agradeço desde já por sua ajuda.
Sempre me auxilie para que eu não cometa estes mesmos deslizes e que se eu tiver
inveja de alguém, então que a Senhora me cure, me ajudando a ser uma pessoa mais
feliz.
Obrigado Deus, Obrigado Santa Sara.
Amém!
Dom Fernando
Psicografado por Marcelo Ruiz em 03.11.2004
Capítulo IX

Os Clãs Ciganos de Luz do Astral

Os ciganos encarnados se dividem em grupos e subgrupos chamados de clãs.


Estes clãs ciganos que são oriundos de várias regiões do mundo, tem seus nomes de
família para distingui-los. Exemplo: Kalderash, Italiaia, Hoharanó, Kalê entre outros.
No astral, ou seja, na parte espiritual não vemos essas diferenças terrenas e sim que
somos todos iguais e filhos do mesmo Pai, Dhiel. Aqui no astral temos um único
objetivo que é o de ajudar quem quer que seja desde que se permita essa ajuda.
Então somos todos unidos em prol a auxiliar os encarnados a evoluírem em todos os
aspectos, e assim terem uma vida boa e acreditar sempre que a vida é um presente que
Dhiel nos concedeu.
Na parte espiritual nós ciganos também vamos nos dividir em clãs específicos de acordo
com a energia de cada um. Vou explicar melhor:
Cada cigano e cigana quando encarnados tem sua energia voltada para um aspecto da
vida. Exemplo:
Ciganas que são ótimas para resolverem casos amorosos, outras para a leitura da sorte
ajudando no direcionamento, outras ótimas na cura.
E os ciganos não são diferentes, uns são ótimos para realizar negócios, outros para
proteger o acampamento.
Entendido isso vamos citar agora os clãs ciganos de luz que só existem no Astral.
São eles: o clã dos ciganos dourados, ciganos da cura, ciganos andarilhos, ciganas do
amor, ciganas da sorte, ciganos e ciganas encantadas e ciganos protetores.
Todos esses clãs ciganos de luz do astral são comandados por Dhiel e por Sara Kali a
única Santa Cigana do mundo.

Fitas Ciganas

As fitas ciganas são muito usadas por nós ciganos, são muito conhecidas por seus
poderes milagrosos de desagregarem energias condensadas, enfermiças e até mesmo
afastando energias negativas e transmutando outras.
Cada fita transmite sua vibração: harmonizando, equilibrando, fortalecendo, curando,
positivando, acalentando, limpando, purificando, trazendo abundância entre outras.
O uso das fitas Ciganas sempre foram um segredo que só era passado entre gerações por
séculos.
Houve um tempo em que muitos dos ensinamentos do nosso povo foram se fechando
por necessidade e depois mesmo por não termos a quem ensina-los, já que muitos do
nosso povo se agregaram a outros costumes e não mais preservando nossa tradição. Mas
agora através desta obra estes ensinamentos estão sendo abertos ao plano material, pois
está tendo a necessidade de ajudar a muitos, sem distinguir sua raça, credo, cor ou
mesmo condição social.
Vemos simplesmente que todos são filhos de Dhiel e estão buscando um caminho para
alcançar a luz.
Através destes jovens que tem a sua ancestralidade cigana e acima de tudo amor a Dhiel
e Sara Kali, aceitaram por missão passar todo este conhecimento a quem assim o
desejar.
Sarita

As Fitas Ciganas e suas Atribuições

Fita Branca

Função: promove a paz interior, tranquilidade, estabilidade emocional, acalma a alma.


Indicação: tira a ansiedade, tormentos mentais e emocionais, insônia, agitação e stress.

Fita Vermelha

Função: desperta a força de vontade de viver plenamente a vida, entusiasmo, paixão,


equilíbrio nos relacionamentos.
Indicação: depressões, traumas amorosos, sentimentos de solidão e pessoas sem
prazeres.

Fita Azul Clara

Função: traz serenidade, segurança, confiança, equilíbrio emocional, proteção, traz a


sensação de que tudo ficará bem.
Indicação: inseguranças, medos, pessimismo e pessoas que se sentem derrotadas.

Fita Amarela

Função: traz prosperidade, concretização, positiva o padrão mental, equilibra a mente,


idéias novas, vontade de vencer.
Indicação: problemas de ordem financeira, pessoas que não conseguem por em prática a
realização dos seus desejos, pessoas que não se sentem merecedoras da abundância.

Fita Dourada

Função: traz proteção divina, harmonização espiritual, elevação da alma,


desenvolvimento das faculdades mediúnicas.
Indicação: tudo o que for ligado ao aperfeiçoamento do espírito.

Fita Verde

Função: traz cura e equilíbrio físico, vitalidade e restabelece o corpo físico.


Indicação: todos os tipos de problemas de saúde e energias enfermiças (as energias
enfermiças são os sintomas sem a manifestação da doença no corpo físico, pois não é
possível detectar através de exames médicos).

Fita Laranja

Função: traz alegria, entusiasmo, restabelece o corpo, a mente e o espírito.


Indicado: doenças somatizadas por traumas, tristezas e conceitos negativos.

Fita Rosa

Função: promove a auto-estima, a compreensão, a compaixão, a aceitação e o amor


universal, equilibra as emoções.
Indicação: sofrimentos emocionais, baixa-estima, frustrações, sentimento de luto.

Fita Violeta

Função:promove a transmutação, ajuda a mudar conceitos, formas de pensamentos,


positivando-os, bom para cura de problemas de qualquer gênero (material, físico,
mental, emocional, espiritual).
Indicação: miasmas de pensamentos e sentimentos, perturbações mentais, dores no
corpo físico, obsessões e traumas.

Fita Marrom

Função: Com função concretizadora, traz as pessoas para o presente e para a realidade
em que vivem, conscientizando que se deve plantar boas sementes com confiança e fé
para colher o melhor.
Indicação: pessoas que vivem no passado ou no presente sem entender e sem serem
felizes no agora, afasta os espíritos sofredores.

Fita Azul Royal

Função: traz proteção em todos os níveis (físico, mental, emocional e espiritual).


Indicação: corta os cordões energéticos negativos, afasta e encaminha os espíritos
menos esclarecidos.

Punhais Ciganos
O punhal tanto como a adaga tem um significado muito importante para o nosso povo,
pois além de fazer a nossa segurança pessoal, também é muito usado em encantamentos
e rituais específicos como no casamento cigano.
Utilizamos para afastar o mal, cortar magia negativa, riscar símbolos na terra, fazer
rituais de cura e também para fazer cirurgias espirituais.
Para o uso correto dos punhais eles deverão ser consagrados aos poderes dos Clãs
Ciganos de Luz do Astral, para estar imantados com a força e a proteção destes clãs,
caso contrário não terá o seu poder na totalidade.
Lembrando sempre que o poder dos punhais ciganos são sempre para cortar o mal e
nunca para gerar o mal.
Cigano Ivan

Varinhas Ciganas

Muito usadas pelas Shuvanis, que pela energia que emanavam achavam ervas e
sementes próprias para determinados encantamentos, poções, elixires e chás.
Além de ter o uso de “bússola”, também desagregava energias no corpo físico
diretamente ou mesmo dispersar e transmutar energias nocivas de ambientes.
Usadas também para fazer conjuros em determinados rituais, pois atraiam energias
vindas do cosmo e irradiando-as aqui no plano terreno.
Uma característica forte de suas funções é de abrir e fechar portais de acordo com
conjuros secretos.
São confeccionadas em galhos finos de árvores incrustadas com cristais e em sua ponta
também tem um cristal que serve de condutor de energias.
Shuvany Sarita

Contos Ciganos

Nós ciganos como somos muito supersticiosos, acreditamos em lendas, contos,


histórias, sempre contadas por nossos purôs ou por nossos pais.
Sendo assim sempre tem um fundo de verdade em cada tema, pois muitas vezes não são
reveladas as verdadeiras identidades das pessoas que participaram da história para sua
preservação, mas o que importa é a lição que se aprende de cada relato.
Então a cada clã será exposto um lindo conto, para que todos possam viajar nas asas da
imaginação e do encanto e se tornarem parte deles.
Cigana Isabelita

Capítulo X

Clã das Ciganas do Amor

Como o próprio nome já diz são ciganas que irradiam a energia do amor. Como sua
qualidade é o amor, ele se expande em várias áreas, pois existem muitas formas de
amar.
Amor entre casais, entre pais e filhos, entre irmãos e entre amigos.
Este clã de ciganas do amor, ajudam todas as pessoas que estão com diversos problemas
que atinge o emocional.
Sendo assim se o indivíduo estiver sofrendo por amor, elas o ajudarão, se estão em
conflitos emocionais, se estão desequilibrados emocionalmente também, se estão
enfrentando desentendimentos no lar e no trabalho também receberão sua ajuda.
Existem pessoas que já perderam totalmente a fé no amor, não acreditam que alguém
possa vibrar este sentimento, então as ciganas do amor, tem por missão fazer com que
este indivíduo sinta o poder do amor em vossas vidas novamente. Assim elas emanam
este sentimento ao indivíduo e o envolve por inteiro, fazendo-o sentir-se amado e
amparado.
E assim voltam a acreditar que é possível ser feliz, que amar a vida e agradecê-la
diariamente é um ato de amor ao Criador que nos concedeu esta dádiva maravilhosa que
é viver e usufruir tudo o que há de bom nesta terra.
Cigana Isabelita
Barí do Clã das Ciganas do Amor

Característica do Clã das Ciganas do Amor

São ciganas muito bonitas, em geral são morenas com cabelos longos e cacheados de
um castanho a negros intensos.
Tem o olhar muito meigo e envolvente, seu sorriso é muito lindo e expressivo,
derretendo até mesmo o mais duro dos corações.
Usam sempre saias e blusas, ou até mesmo vestidos vermelhos e dourados.
Sempre adornadas com muitas jóias douradas, medalhas com formato de coração ou de
rosas, rosas vermelhas nos cabelos e sempre são vistas com buquês de rosas vermelhas
ou mesmo em um grande roseiral.

Elementos e Objetos Encantados

Este clã trabalha usando rosas vermelhas, fitas vermelhas, leques, punhais, taças, velas
vermelhas, perfumes e óleos aromáticos. Também utilizam licores de anis,
cereja e morango, vinho tinto doce, mel, maçãs e morangos. Muito usada também a
canela em pó ou em casca e essência de verbena.

Encantamento e Conjuro

Para Atrair o Amor

1 maçã vermelha
½ metro de fita vermelha de cetim
1 rosa vermelha ( só as pétalas )
Mel
Canela em pó
1 pedaço de papel branco
Caneta vermelha
1 pires
1 vela vermelha de 7 dias

Ritual

Escreva o seu pedido de amor no papel ( não colocar nomes )


Corte a maçã ao meio na horizontal, coloque o papel no centro e tampe com a outra
metade da maçã.
Enrole a fita vermelha de modo que as duas partes da maçã fiquem unidas e coloque no
pires.
Derrame mel e polvilhe a canela em pó. Cubra com as pétalas de rosa.
Ao lado do encantamento acenda a vela vermelha.
Consagrar este encantamento para ao Clã das Ciganas do Amor e faça o seguinte
conjuro:

“Ciganas do Amor que conhecem todas estas terras, tragam para mim, o amor
verdadeiro do meu destino para que eu possa ser feliz ao seu lado”.
Amém!

Deixe o encantamento em casa até a maçã começar a murchar, só então leve para uma
praça e a deposite lá, longe de espinhos.
But Volimôs ! Muito Amor !

Conto de Amor

Havia há muito tempo atrás uma linda ciganinha, seus olhos muito negros pareciam
pérolas negras a brilhar. Era muito querida por todos do acampamento.
Um dia passeando pelo bosque próximo onde estavam acampados, encontrou um bonito
rapaz, muito envolvente e sedutor.
A ciganinha se encantou com ele de imediato, mas sentiu um certo receio e fugiu.
Como o rapaz não lhe saia do pensamento voltou ao bosque no mesmo local no dia
seguinte, o rapaz não estava lá. A ciganinha voltou triste para o acampamento e
derramou algumas lágrimas, sentia que havia se apaixonado por aquele belo rapaz.
Enquanto permaneceram naquele local, todos os dias a ciganinha voltava ao bosque,
mas nunca mais viu o seu amor.
Então ela prometeu aos céus, que jamais sofreria por amor novamente e que ajudaria
todos que sofressem da mesma causa.
Cigana Isabelita

Oração as Ciganas do Amor

Ciganas do Amor que com o seu dom e energia de irradiar o divino amor, possa
expandir até a minha vida. Que este sentimento invada todo o meu ser, tirando todas
tristezas, mágoas e decepções de antigos amores que não deram certo, pois não eram
para mim.
Que através de sua força todos os meus caminhos do amor sejam abertos a partir de
agora e que mais uma vez eu possa vibrar este mesmo sentimento e voltar a ser feliz.
Que a esperança, a alegria, a harmonia e a união possam fazer parte de meu destino.
Que assim seja, assim se faça e assim está acontecendo.
Amém !
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XI

Clã dos Ciganos Dourados

Este clã é muito solicitado em questões financeiras, negócios, empregos entre outros.
Tudo o que está ligado a prosperidade.
Prosperidade em vários sentidos, como costumo dizer não adianta ter dinheiro e não ter
saúde para usufrui-lo, não adianta ter dinheiro e não ter amizades para compartilhar e se
divertirem juntos, não adianta ter dinheiro e não ter família para crescerem juntos e
compartilhar com teus filhos.
Mas os Ciganos Dourados não são voltados apenas para questões financeiras, mas
também para o que diz respeito a Fé, pois sem a fé, sem um apoio espiritual o indivíduo
se perde em sua própria ganância, soberba e vaidade, por não enxergar que precisa
caminhar na luz, pois só através desta fé é que ele será verdadeiramente rico e
afortunado em todos os sentidos.
Saibam que o dinheiro é apenas a recompensa por trabalhos bem realizados, sendo
assim eles chegam até vocês naturalmente.
Te Avês Bartalê!
Dom Fernando
Barô do Clã dos Ciganos Dourados

Características dos Ciganos Dourados

Este clã tem por característica ciganos muito altos e muito fortes, de uma beleza
expressiva, usam roupas douradas de um brilho intenso. Alguns tem sua pele levemente
dourada, usam jóias e adagas em ouro, tem muitos baús junto a eles.
Nestes baús contém vários elementos, como moedas de ouro, jóias, pedras preciosas,
ervas, pergaminhos, mantos entre outros. Suas tendas são ricamente decoradas, com
muitos tecidos de seda e cetim, tapetes e adornos muito finos que dão um toque especial
a tudo.

Elementos e Objetos Encantados

Este clã utiliza moedas, baús, imãs, cristal de pirita, tacho de cobre, tecidos dourados,
punhais, incensos de canela, cravo e noz moscada. Vinho tinto doce, martini
doce, uva, melão, canela em pó ou casca, girassol e semente de girassol.
Encantamentos e Conjuros

Para Atrair Prosperidade e Fortuna

1 baú pequeno
1 tecido ou lenço dourado
8 moedas douradas
1 vela dourada de 7 dias
1 caixinha de incenso de canela

Ritual

Abra o baú, dobre o lenço dourado e coloque dentro do baú de modo que fique bonito.
Coloque as 8 moedas por cima do lenço que já está dentro do baú.
Ao lado com todo cuidado, acenda a vela dourada e 1 incenso por dia, completando os 7
dias.
Sempre que quiser pode ir acrescentando cada vez mais moedas.
Consagre o encantamento aos Ciganos Dourados e faça o seguinte conjuro:

“Pelo Poder do Clã dos Ciganos Dourados imantem com a sua energia dourada o meu
baú com as minhas moedas e que a prosperidade em todos os sentidos esteja sempre
presente em meu caminho”.
Amém!
Bravalimôs ! Prosperidade !

Conto dos Ciganos Dourados

Numa antiga cidade de Espanha havia um grupo de ciganos que sabiam trabalhar
lindamente com o ouro.
Faziam muitas jóias como pulseiras, anéis com pedrarias, brincos, correntes, medalhões
e muito mais. Eram verdadeiros artistas, tudo o que faziam logo era vendido, pois além
de ser peças únicas, eram de uma beleza inestimável. Em dias de sol, as peças brilhavam
ainda mais, aumentando assim a sua admiração por parte das pessoas.
Por conta de seu trabalho eram ciganos muito prósperos e felizes, pois além do ouro
tinham muitos amigos e viviam em harmonia. Sabiam desfrutar da vida em plenitude.
Para eles o seu trabalho eram pequenas obras de arte e viam com satisfação a felicidade
estampada nos olhos das pessoas que adquiriam suas peças, como elas irradiavam
contentamento.
Por onde passavam despertavam curiosidade e admiração e assim ao longo do tempo
ficaram conhecidos como os Ciganos Dourados.
Oração aos Ciganos Dourados
Ciganos Dourados me auxiliem neste momento de aflição, que eu seja amparado por
sua luz dourada e meus problemas sejam sanados de imediato.
Pela força das moedas a fartura e a prosperidade cheguem até mim.
Que os meus baús também se encham de esperança e proteção.
Que a vaidade e a ganância jamais façam parte de meu íntimo.
Que a fé seja instalada em meu coração e que eu nunca esqueça o poder do brilho do
ouro, pois se o ouro brilha, o seu brilho também cega podendo nos tirar do caminho
certo.
Que eu tenha discernimento e equilíbrio para nada mais faltar em minha vida.
Amém!
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XII

Clã dos Ciganos e Ciganas Encantadas

São ciganos diferenciados por sua energia de encanto e leveza.


Muito sutis encantam a todos com sua presença. Emana uma alegria onde quer que
estejam.
A alegria, felicidade, harmonia, união é irradiada ao mesmo tempo, causando uma
sensação de calma e tranqüilidade nas pessoas e no ambiente.
Este clã emana uma energia que traz a tona à auto-estima, a valorização por si mesmo e
pela vida, fazendo o individuo vibrar fortemente a felicidade.
É como se realmente estivesse em uma outra dimensão, longe dos problemas que muitas
vezes o indivíduo está passando. Sentindo que tudo pode ser solucionado e que nada é
para sempre.
Sarita

Característica dos Ciganos e Ciganas Encantadas

São um grupo bonito de se ver, suas vestes são coloridas, tecidos de diversas
padronagem.
As ciganas encantadas estão sempre dançando com fitas coloridas ou pandeiros, pois
através da dança irradiam uma mescla de energias que causam sensações agradáveis em
quem está por perto.
Os ciganos também não deixam por menos, dançam e cantam com seus violinos e
guitarras, sua alegria se irradia e ilumina os ambientes e as pessoas presentes, deixando-
as em uma vibração muito elevada.

Elementos e Objetos Encantados

As Ciganas deste clã usam fitas coloridas ( nunca fita preta ), pandeiros com fitas a
adorná-los, rosas de diversas cores, flores do campo, cristais de ágatas coloridas,
espelhos, perfumes, óleos aromáticos e incenso de flor de laranjeira.
Os Ciganos usam seus violinos, guitarras, espelhos, diversas ervas, incensos e cristais.
Encantamentos e Conjuro

Para Atrair Felicidade e Harmonia

1 espelho redondo pequeno


7 velas de réchaud coloridas ( vermelha, rosa ou laranja )
Essência de Flor de laranjeira
1 rosa cor de rosa ( só as pétalas )
1 pires
1 cristal de ponta transparente

Ritual

Apoie o espelho no cristal de modo que o espelho fique em pé.


Enfrente ao espelho coloque uma vela de réchaud diariamente, coloque as pétalas de
rosa em volta da vela e derrame a essência de flor de laranjeira sobre as pétalas.
Consagre tudo aos Ciganos e Ciganas Encantadas e faça o seguinte conjuro:

“Ciganos e Ciganas Encantadas que tem encantos mil, tragam para a minha vida a
felicidade e a harmonia sem fim”.

Depois deste período, lavar o espelho e o cristal e pode utilizá-los em outros


encantamentos, as pétalas deposite-as na terra ou em um vaso de flor sem espinhos.
Kelimasky ! Felicidades !

Conto Encantado

Num lindo lugar inimaginável de se localizar, havia ciganos e ciganas que viviam uma
eterna felicidade.
Neste lugar havia muitas festas, com dança e música. Era um povo muito feliz, neste
lugar não havia tristeza, guerra, fome ou doenças.
Não sabiam o que eram sentimentos de raiva, inveja, ódio ou ganância.
Viviam o seu dia-a-dia tranqüilamente até que um dia começaram a sentir algumas
vibrações estranhas, sensações que até então nunca haviam sentindo.
Foram se consultar com os anciãos para saber o que estava acontecendo.
Uma anciã tirou um tecido de cima de uma tina de cristal cheia de água e lhes
disse:
- Observe com atenção a água cristalina e vocês verão o que está acontecendo a um
povo distante daqui.
Quando se concentraram começaram a ver muitas pessoas rezando ao mesmo tempo
pedindo uma ajuda, uma solução para os seus problemas. Muitos eram os casos de
sofrimentos que atingiam aquelas pessoas.
Os Ciganos e Ciganas Encantadas pediram aos anciãos se podiam intervir para abrandar
tanta tristeza, afinal eles só compartilhavam da felicidade.
Os anciãos se entre olharam e concordaram com a ajuda oferecida aquele povo tão
triste.
Então eles se retiraram da tenda dos anciãos e em uma grande sintonia todos os ciganos
e ciganas encantadas cantaram e dançaram para emanar toda a sua alegria.
E neste momento que surge de vossos corações, lindos arco-íris que caíram por sobre as
pessoas invadindo o seu ser, fazendo-as transbordarem de uma felicidade sem fim que
nunca haviam sentindo antes em suas vidas.

Oração aos Ciganos e Ciganas Encantadas

Ciganos e Ciganas Encantadas que irradiam luz e cores, tragam para a minha vida um
lindo arco-íris, que se instale no íntimo de meu ser, lembrando que sou filho de Deus,
que eu sou vida, alegria, felicidade e luz por onde eu passar.
Que os seus encantos possam enfeitar a minha caminhada e nelas as flores e o sol eu
consiga admirar, agradecendo aos céus por todos os dias de minha vida abençoada e que
toda esta felicidade seja irradiada a todos os meus familiares e a todos os meus amigos.
Que eu possa viver sempre sob sua felicidade eterna.
Amém!
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XIII

Clã das Ciganas da Sorte

Este clã cigano trabalha com o dom da vidência, de prever o futuro, desvendando o
presente e direcionando a vida das pessoas.
Ajudam muito no despertar de sua consciência.
Já em vida possuíam esse dom em supremacia, agora do lado espiritual sua vidência se
multiplica, pois elas tem a visão do plano espiritual e do material. Lembrando que as
ciganas da sorte respeitam o livre-arbítrio de cada um.
Nunca interferindo em suas vidas diretamente e sempre intuindo e direcionando.

Características das Ciganas da Sorte

Essas ciganas em sua maioria são jovens e possuem uma estrela de 5 pontas na testa,
representando o símbolo do clã das ciganas da Sorte e também seu dom da vidência.
Suas roupas são leves e coloridas, sempre adornadas com jóias e talismãs de sorte e boa
fortuna.
Possuem cartas, cristais e outros objetos que utilizam para a leitura da Sorte.

Elementos e Objetos Encantados


Os elementos usados por elas são o tarô, as cartas ciganas, cristais de citrino, estrela de
cinco pontas, bola de cristal, vela e fita amarela, essência e incenso de jasmim e
espelho.

Encantamento e Conjuro

Para Direcionamento

1 estrela de cinco pontas dourada em metal


5 velas amarelas
Papel branco
1 pedaço de cetim amarelo

Ritual

Coloque no chão o tecido e escreva seus pedidos no papel e coloque no centro.


Em cima dos pedidos coloque a estrela.
Distribua as velas em forma de estrela de cinco pontas.
Obs: Muito cuidado com o fogo.

Consagre as Ciganas da Sorte e faça o seguinte conjuro:

“Ciganas da Sorte que possuem o dom de prever o futuro, que conhecem meu destino e
sabem o melhor caminho a seguir.
Me conduzam , pois tenho a certeza que estarei sendo orientado por Dhiel e Sara Kali" !
Amém!
Depois que as velas queimarem, retire a estrela dourada e guarde-a sempre junto com
você. E quando precisar de orientação para qualquer sentido de sua vida, coloque a
estrela em sua testa e peça para as Ciganas da Sorte te guiarem novamente.
Lachi bar! (boa Sorte!)

Conto da Sorte

Há muito tempo atrás em uma época desconhecida, viviam ciganas sempre em liberdade
que ao longo dos dias desvendavam o futuro.
Elas possuíam belíssimas bolas de cristais e adornos em ouro, símbolos da vidência.
Estas lindas ciganas não tinham apego a bens materiais e o que mais gostavam era de
prever o futuro das pessoas e ajudá-las em seus caminhos da vida.
Utilizando belos cristais, amuletos e talismãs elas previam com decisão o futuro de
quem as procurassem.
Então muitas pessoas sabedoras desse dom de prever o futuro tentaram por muitas
vezes, roubar seus segredos ocultos e até comprá-los, sendo que dom nenhum pode ser
vendido, passado ou roubado.
As ciganas sabedoras disso sempre tentavam alertar, mas sempre a ganância toma conta
de pessoas com sentimentos mesquinhos que até chegavam a roubar algumas ciganas
para serem suas orientadoras. Pena que sempre a intenção era a pior possível.
As belas ciganas da sorte sempre avisavam que Dhiel concede a todos o que cada um
merece e não tira e nem da nada por acaso.
E que o livre-arbítrio, sempre tem de ser respeitado, pois senão estaríamos intervindo na
vontade alheia e isso nem Dhiel faz.
Com o passar do tempo as ciganas com medo dos gadjes foram deixando de utilizar esse
maravilhoso dom. E os homens como sempre começaram a profanar essa ciganas,
desrespeitando-as e falando que era feitiçaria e coisas do demônio.

Oração ao Clã das Ciganas da Sorte

Ciganas da Sorte que conhecem meu destino.


Que pela Força da Estrela Cigana, mostrem-me sempre o caminho correto a seguir.
Que guiados pela Estrela da Vida ajudem-me a passar por tudo que for obstáculos e
armadilhas e com a Luz da Estrela Cigana brilhando em minha testa saberei desviar das
tentações e nos caminhos certos continuarei.
Que o futuro seja sempre bem orientado por vocês que sabem onde devo seguir e qual
decisão tomar.
Amém!
Psicografado por Marcelo Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XIV

Clã dos Ciganos da Cura

Este clã cigano trabalha na energia da cura.


A cura que estamos falando é em todos os sentidos. Desde a cura do corpo físico, a cura
de uma doença, a cura do corpo espiritual, como também a cura do mental, ou seja,
mudando o padrão de pensamento para o indivíduo conseguir a cura.
Já em vida esses ciganos e ciganas que são pertencentes a este clã realizavam curas em
nossos acampamentos para todo tipo de doença que surgisse. Ungüentos, chás, elixires,
tônicos, encantamentos e rituais que faziam com que determinada doença fosse sanada
como por encanto.
Esses ciganos tinham uma energia de muita fé, conhecimento e determinação no que
faziam e em todos os casos a cura se realizava.
Agora no plano espiritual esse dom se torna muito superior, com muitos aprendizados,
conseguimos realizar verdadeiros milagres na Terra, com cirurgias espirituais, curas de
espíritos encarnados como de desencarnados, curas de padrões mentais e a cura de uma
doença já concretizada no físico.

Características dos Ciganos da Cura


Estes ciganos e ciganas de cura na maioria são mais velhos.
Possuem cajados, alguns tem chapéu, entre muitos outros apetrechos ciganos para
realizar um ótimo trabalho.
São verdadeiros portais de sabedoria, pois possuem um conhecimento milenar que só os
Purôs Ciganos tem.
Suas vestimentas são brancas no geral, adornados com lenços e faixas coloridas. Pode
haver uma variação com camisas ou saias de cores suaves.

Elementos e Objetos Encantados

Os elementos usados por eles são o cajado, a varinha cigana, os cristais, o punhal de
prata, algodão, ervas e chás.

Encantamento e Conjuro

Para Cura e Saúde do Corpo Físico

Anis estrelado
Jasmim
Pétalas de rosa branca
Água quente
Esponja

Ritual

Macerar o anis estrelado com jasmim e pétalas de rosa branca.


Depois jogar um pouco de água quente em cima e deixe repousar, enquanto você toma o
seu banho normal.
Depois ir passando a esponja com a água macerada pelo corpo.

Consagrar tudo aos Ciganos da Cura e faça o seguinte conjuro:

"Peço a Sara Kali e ao Clã Cigano de Cura que purifiquem o meu corpo de toda e
qualquer energia enfermiça e que a cura sempre esteja em minha vida".
Amém!

Conto dos Ciganos de Cura


Por muitos milênios nosso povo anda por essas terras sagradas, aproveitando a vida que
é o bem maior que Dhiel nos concedeu, caminhando pelas estradas sempre com muita fé
e amor.
Bosques, matas, rios, cachoeiras, pássaros, animais, enfim a vida em sua plenitude, nós
ciganos conhecemos muito bem e agradecemos sempre.
A maior busca de um cigano é o conhecimento, pois conhecer é poder e nos traz
sabedoria e com sabedoria a humildade. Desde muito tempo vivemos e sabemos que a
vida é como é e não como queremos que ela seja, então aprendemos com nossos erros e
acertos e seguimos mais uma vez nosso caminho de fé, amor, determinação e cura.
Durante todo esse tempo de caminhadas pela terra sagrada, fomos desvendando seus
conhecimentos, sua energia curadora oculta, que só aquele que vive na natureza pode
desvendar e assim com todo esse conhecimento adquirido aqui na parte física, passamos
oralmente sem nunca deixar nada escrito que pudesse cair em mãos erradas ou profanas.
Passamos para o outro lado da vida, pois a vida continua, levando conosco esses
grandes aprendizados e continuamos nossa jornada rumo a Dhiel e Sara Kali.

Oração aos Ciganos da Cura

Clamo aos Ciganos da Cura, que conhecem todos os segredos dos elementos que
existem na natureza.
Liberem a energia das ervas, que curam, regeneram, purificam e cicatrizam.
Liberem a energia dos cristais, que transmutam, renovam e energizam.
Liberem a energia das flores, que perfumam, acalmam, acolhem e acariciam.
E com a força do punhal cigano todo o mal, toda energia enfermiça seja cortada e
cauterizada para não mais voltar.
Pelo Poder das chagas de Kristesko e pelo amor vibrante de Sara Kali.
Que minha saúde seja restabelecida a partir deste momento.
Que assim seja, assim se faça e assim está acontecendo!
Amém!
Cigana Isabelita
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XV

Clã dos Ciganos Andarilhos

Este clã cigano trabalha com a energia dos caminhos da vida.


Esta energia direciona, abre os caminhos, muda, leva e traz tudo que precisamos ou
queremos.
Muito procurados nos casos de ajuda profissional, levam a pessoa até o emprego certo,
trazem as mudanças para sua vida.
Quando em vida estes ciganos viviam andando, saiam do acampamento a fim de
realizarem suas vendas, seus negócios. Sempre em busca de algo que lhes ajudaria no
dia-a-dia.
Por mais que estivessem cansados nunca desistiam, iam em busca de seus objetivos.
Sua força é um exemplo para todos aqueles que ficam encostados esperando que sua
vida mude, mas nada mudará.
Batiam de porta em porta vendendo suas mercadorias, afiando facas e muitas outras
coisas. Mas não voltavam para o acampamento até terem conseguido o pão para sua
família.
Para estes ciganos não tinham caminhos fechados, ou energias que pudessem para-los.
Cigano Dom Alessandro

Características dos Ciganos Andarilhos

Estes ciganos andarilhos usam roupas azuis escuras, botas de couro preto, e facas em
sua cintura, têm o dom da palavra e são persistentes quando querem algo, ou quando
estão ajudando alguém que os evocou.
Possuem muita destreza para abrir os caminhos, para direcionar e para trazer algo até o
acampamento.

Elementos e Objetos Encantados

São velas azuis escuras, facas, vinho tinto seco, fita azul escura, moedas e ferradura.

Encantamento e Conjuro

Para Abrir os Caminhos

1 garrafa de vinho tinto seco


Fita azul escura
3 moedas douradas
3 punhais pequenos de chumbo ou de ferro

Ritual

Amarrar a fita no gargalo da garrafa de vinho aberta, colocar as moedas em triângulo


em volta da garrafa e ao lado de cada moeda coloque os punhais.
Obs.
Coloque as pontas dos punhais apontadas para fora.

Consagre tudo aos Ciganos Andarilhos e faça o seguinte conjuro:

"Ciganos Andarilhos que sabem por onde andar e a quem procurar, abram os meus
caminhos e me tragam... (fazer o pedido)
Que pela sua destreza e força eu seja mais audacioso e corajoso e que nada e nenhuma
interferência atrapalhe meus caminhos".
Amém!

Depois de 7 dias, lave e guarde as moedas e os punhais, o vinho deve ser levado em
uma praça.
Lacho Drom ! ( Boa Caminhada!)

Conto de um Andarilho

Diz uma lenda cigana contada por um Barô, que um cigano andarilho nunca desiste de
sua busca e que sempre continua até encontrar seu negócio.
Existiu um cigano que possuía esta característica. Ele saia cedo do acampamento e ia
para as vilas próximas fazer suas andanças e seus negócios. Sempre com muita destreza
ele conseguia o seu almejo.
O Barô contava que uma vez o acampamento estava muito longe das vilas e este cigano
que precisava trazer o pão para sua família sempre saia em caminhada. Ele andou num
dia 80 milhas até conseguir realizar seu intento.
Este cigano andarilho ficou conhecido pelo seu esforço, por sua fé, pois por mais difícil
que fosse, ele nunca colocava dificuldade em seu caminho e ia aonde quer que fosse
para realizar seus objetivos.
Ele ficou sendo o exemplo para este acampamento cigano e ainda é lembrado por nós
aqui do Astral. Pois ele é quem foi o Barô do Clã dos Ciganos Andarilhos aqui no
Astral por muito tempo, até que Dhiel quis que ele caminhasse novamente pelas terras
sagradas.
Fica nossa homenagem a este cigano que nunca desistiu e por mais que existam pedras
em seus caminhos ele nunca desistirá.
As dificuldades sempre existirão em suas vidas, mas com força de vontade e fé tudo é
possível ser mudado.
Nunca desistam e sempre caminhem, não criem dificuldades para vocês onde elas não
existem.

Oração aos Ciganos Andarilhos

Oprê Romá !
Estou em busca de novos caminhos e de novos horizontes, sempre com muita fé em
Sara Kali e nos Ciganos Andarilhos.
Me levem, me mostrem, me indiquem o caminho, para onde Vocês me guiarem, tenho a
certeza de que serão ótimos para seguir.
Me ensine a destreza de fazer bons negócios e a coragem de nunca sentir medo ou
vergonha, timidez ou falta de vontade para sempre conseguir meus intentos.
Sempre caminhando e conseguindo vitórias e conquistas, esta é a vida que eu quero ter.
Amém!
Psicografado por Solange Magrin Ruiz em 11.10.2004

Capítulo XVI
Clã dos Ciganos Protetores

Este clã se subdivide em três.


São eles os Ciganos Guardiões, os Beduínos e os Tuaregues (Ciganos do Deserto).
São clãs que trazem a proteção, concretização, realização, abertura de caminhos,
direcionamentos, desfazem magias negativas, desobsessão e limpeza na vida do
indivíduo de forma tranqüila e com uma eficácia enorme.
Eles emanam uma energia mais forte que os demais clãs, no sentido de sentir sua
presença energética no mesmo instante.
Traz ao indivíduo força, determinação, clareza.
Desperta a objetividade, fazendo com que o indivíduo enxergue a verdade.
Beduíno Omar

Capítulo XVII

Clã dos Ciganos Guardiões

São ciganos muito fortes e destemidos, são muito altos e muitas vezes com feição
carrancuda, sempre estão muito compenetrados em seus afazeres.
Estes ciganos são chamados de guardiões, pois em vida guardavam os acampamentos
ciganos para que nenhuma pessoa adentrasse sem ordens do Barô, só por convite de
alguém do clã.
Protegiam contra roubos de seus pertences, como até mesmo de raptos de ciganas que
eram comuns em tempos remotos.
Hoje do lado espiritual tem a mesma função, que é de proteger, então protegem as casas,
os comércios, carros e o dia-a-dia do indivíduo, também dando proteção pessoal.
Cigano IVAN

Característica dos Ciganos Guardiões

Usam sempre calças pretas e suas camisas variam de cor preta para azul marinho.
Usam lenços escuros na cabeça. Sempre acompanhados de suas adagas na cintura,
impõem respeito para quem se aproximar.

Elementos e Objetos Encantados

Este clã usa punhais e adagas, drusas de ametista, hematitas, essência de anis, incensos
de anis e de sal grosso, fitas e velas azuis escuras, espelhos e vinho tinto seco.

Encantamento e Conjuro

Para Proteção e Limpeza do Ambiente


3 drusas de ametista
3 espelhos pequenos e redondos
3 incensos de sal grosso

Ritual

Ao lado da porta de entrada de casa ou do comércio (do lado de dentro), coloque as


ametistas em triângulo, um espelho encostado em cada ametista de forma que todos
fiquem virados para o lado de dentro do triângulo e no centro acenda os 3 incensos.
Consagre tudo aos Ciganos Guardiões e faça o seguinte conjuro:

"Pelo poder e força dos Ciganos Guardiões que protegem tudo o que é valioso, protejam
minha casa, fazendo a limpeza energética necessária e não deixando nada e nem
ninguém do mal entrar".
Amém!

Pode deixar este encantamento sempre montado e ir renovando os incensos e o seu


conjuro.
As cinzas do incenso podem ser sopradas para fora do ambiente.
Quando achar necessário lave as drusas e os espelhos e podem utilizá-los para outros
encantamentos também.
Lachi Bar!

Conto dos Ciganos Guardiões

Havia um grande acampamento cigano nos arredores de Sevilha, lá reinava a


abundância, a prosperidade, a alegria, a beleza e a união.
Cada um tinha sua função no acampamento, cada qual desempenhava o seu papel e tudo
corrida feliz como esperado.
Havia o Cigano Ivan, bravo, forte, carrancudo, porém com o coração bondoso e justo.
Ele cuidava do acampamento e comandava alguns ciganos para que o ajudassem na
tarefa. Ficavam em determinados pontos, alguns mais para dentro do bosque, outros
mais para perto do riacho e Ivan mais próximo às tendas do acampamento.
Tudo ficava cercado e vigiado para que não houvesse surpresa desagradável. Certa noite
com festa em volta da fogueira foram se aproximando alguns estranhos, em seguida
Ivan e seus companheiros já estavam ao redor dos gadjos e logo os indagaram: -Que
querem aqui?
Viemos apenas conhecer seu povo e suas danças, nada mais. Então depois de revistá-
los, constataram que não traziam nada perigoso consigo e permitiram sua passagem,
pois era comum os cidadãos do local irem apreciar as festividades ciganas. Mesmo
assim sempre ficavam observando os visitantes para que tudo terminasse bem.
Cigano Ivan
Oração aos Ciganos Guardiões

“Clamo aos Ciganos Guardiões que façam a segurança de minha vida e de tudo o que
tenho.
Que sua proteção se estenda a toda a minha família, que o mal nunca chegue a nossa
porta.
Que pelos punhais sagrados dos Ciganos Guardiões todo o mal, o infortúnio, os
inimigos, as bruxarias e feitiçarias sejam cortadas para todo o sempre”.
Amém!

Capítulo XVIII
Clã dos Beduínos (Ciganos do deserto)

É um clã diferenciado, sua atuação é diretamente na vida do indivíduo, fazendo com que
ele sinta a sua presença e energia no mesmo instante.
Trazem o indivíduo para o presente, não deixando que fiquem na ilusão ou preso no
passado. Mostrando o verdadeiro caminho a seguir.
Muito sérios e diretos, fazem desobsessão e encaminham os espíritos sofredores que
estão no campo áurico do indivíduo, sua ação é rápida, que a própria pessoa nem
percebe que tudo já foi realizado, a não ser pela leveza que sente em seu corpo no
instante em que estas energias são retiradas.
Os Beduínos também abrem todos os caminhos na vida do ser, concretizando no plano
material tudo aquilo que o individuo deseja e merece.
Beduíno Omar

Característica do Clã dos Beduínos

Sempre vestidos com uma túnica marrom e com detalhes dourados, enormes espadas
cimitarras em sua cintura, muitas vezes estão a cavalo. Em alguns momentos cobrem
seus rostos deixando apenas seus olhos a mostra. Que por sinal tem um brilho intenso e
penetrante.

Elementos e Objetos Encantados

Usam espadas cimitarras, fita marrom e velas cobre e dourada, pedras granada e âmbar,
essência e incensos de olíbano e âmbar. Chás de canela, menta e hortelã, narguiles com
fumos aromatizados e exóticos, especiarias em geral: canela, cravo, noz moscada e
sândalo.

Encantamento e Conjuro

Para Concretização Material


1 vela cobre de 7 dias
5 pedras de granada (preferência rolada)
5 pedaços de fitas marrons de cetim
Canela em Pó
Papel branco para escrever os pedidos
1 Pires

Ritual

Escreva seus pedidos no papel e coloque no pires. Em cima do papel coloque a vela
cobre.
Polvilhe o pó de canela em volta do pires, coloque os pedaços de fita em volta
formando uma estrela de 5 pontas e em cima de cada pedaço de fita coloque um cristal
de granada.

Consagre tudo ao Clã dos Beduínos do Deserto e faça o seguinte conjuro:

"Pelo Poder dos Beduínos do deserto que meus empreendimentos sejam todos
concretizados no momento certo com solidez e permanência.
Que pela força das areias do deserto, nada e nem ninguém consiga bloquear os meus
caminhos, pois o poder dos Beduínos sempre serão maiores que qualquer desafio".
Amém!
Salama alayko ! Que a Paz esteja contigo !

Após o termino da vela, queime o papel e sopre suas cinzas, lave as granadas e guarde-
as, pois poderá usá-las em outros encantamentos. As fitas estarão consagradas, então as
use amarradas no pulso, ou dentro da carteira, no bolso, na bolsa, enfim onde
quiser. As demais fitas guarde e se for necessário pode usá-las novamente em
encantamentos.

Conto de um Beduíno

Nas dumas de areia do Deserto, encontra-se um beduíno acampado as margens de um


oásis. Seu cavalo bebendo água, cansado depois de uma longa caminhada.
O Beduíno exausto da viagem sob o sol escaldante, agora descansa sentado debaixo de
uma palmeira e tomando um refrescante chá de menta e fumando seu narguile o faziam
relaxar.
Uma pequena tenda montada logo adiante, quando chega a noite no deserto torna-se
muito frio e certos perigos como escorpiões e cobras deixam suas tocas para ir caçar.
Logo o Beduíno acendeu uma fogueira para se aquecer e afugentar estes intrusos.
Solitário e calado segue seu caminho sempre certo, pois mesmo com tantas dificuldades
que se encontra no deserto, também há suas belezas.
No dia seguinte o Beduíno avista um cavalo abandonado e o que parece um corpo caído
ao solo. Imediatamente ele vai até lá para ver o que está acontecendo. Encontra um
homem caído, quase morto pelo calor, sua pele estava queimada e sua boca seca de
tanta sede.
O Beduíno o resgata, levando-o para o oásis. Deu-lhe água, cuidou de suas queimaduras
e cuidou também de seu cavalo igualmente exausto.
Após alguns dias o homem recobra sua consciência. O beduíno pergunta se ele está bem
e o que fazia ali sozinho no deserto.
O homem lhe responde que foi atrás de um tesouro que ouvira falar, deixado por um
faraó a muitos séculos atrás.
O beduíno o olha fortemente nos olhos e lhe diz:
-O maior tesouro que se pode ter é a vida, por tua ilusão quase perdeste a tua, não fosse
a bondade do Grande Criador que está no céu e que a tudo vê. Pense bem meu amigo,
quais são os verdadeiros tesouros que queres, pois tu vejas que mesmo os faraós com
suas riquezas incalculáveis, um dia rumaram para o mundo dos mortos e todo seu
tesouro foi deixado aqui, para que outros incautos arriscassem suas vidas por algo que
não se pode levar daqui e ainda profanando o descanso eterno dos faraós.
O homem ouviu bem as palavras do sábio Beduíno e refletiu. Quando estava
recuperado, o Beduíno indicou-lhe o caminho certo e o homem voltou para casa são e
salvo.
Beduíno Omar

Oração ao Clã dos Beduínos

Pelo poder que existe no céu.


Pela força que existe nas águas do Nilo. Água que nos dá abundância e o alimento.
Pelo calor do deus Sol, que nos dá proteção e luz.
Pelo vento do deserto que nos avisa quando uma tempestade virá.
E pela força das areias do deserto, todos obstáculos, empecilhos e inimigos, sejam
cobertos por esta areia. E que por milênios não consiga o mal se levantar.
Com o Poder de concretização dos Beduínos que a partir deste momento, tudo o que eu
desejo e mereço, venha até as minhas mãos.
Amém!

Capítulo XIX

Clã dos Tuaregues - Os Guerreiros do Deserto

É um clã muito fechado, não conversam, não se mostram. Ficam sempre bem
localizados onde podem ter uma visão de todo o lugar onde estão protegendo para que
nada saia do controle e para nunca serem vistos. Tem uma ação rápida, cortam ataques
espirituais e energéticos não deixando espíritos trevosos se aproximarem do local onde
estão fazendo sua guarda ou mesmo de um individuo em questão.
Nada passa por suas afiadas espadas, nem mesmo por sua visão de falcão que tudo vêm.
São muito fortes e emanam uma energia na mesma intensidade que qualquer pessoa
pode sentir sua presença.
Quando eles têm que adentrarem em um local vem em grupo, todos a cavalo e fazendo
um som característico do povo do deserto. Chegam levantando poeira.
Tuaregue Samir

Características do Clã dos Tuaregues

Vestem-se com túnicas negras e turbantes negros em suas cabeças, espadas longas e
afiadas com brilho reluzentes presas à cintura. Sempre com seus cavalos negros
adornados com arreios em prata.
Tornam-se invisíveis aos olhos do inimigo. O elemento surpresa é sua forte
característica, fazendo assim suas investidas inesperadas, onde desativa e anula qualquer
ação energética, espiritual ou magística.
Aprisionando todos os espíritos trevosos envolvidos nestes ataques.

Elementos e Objetos Encantados

Este clã usa espadas cimitarras, turmalinas negras, fitas e velas azuis escuras, essência e
incensos de anis, cedro e sândalo. Raiz de sândalo e aguardente de milho.

Encantamento e Conjuro

Para quebrar magia negativa

7 turmalinas negras
1 vela azul escura de 7 dias
Essência de anis
Papel branco
1 pires

Ritual

Escreva o seu nome no papel e coloque dentro do pires. Pingue a essência de anis em
cima e coloque a vela de 7 dias.
Em volta do pires coloque as turmalinas em círculo.

Consagre aos Ciganos Tuaregues e faça o seguinte conjuro:


"Pela Força do Clã dos Ciganos Tuaregues e de sua espada guerreira que carrega a
justiça em sua lâmina, que a partir deste momento seja cortada toda a maldade, bruxaria
e feitiçaria dirigida a mim.
Que todos os envolvidos nesta magia negativa, encarnados ou desencarnados sejam
afastados do meu caminho para nunca mais voltar".
Amém!

Depois que acabar a vela, se sentir necessário acenda outra e renove o pedido. Pode
deixar este encantamento montado por um bom tempo.
Lave as pedras e pode reutilizá-las e o papel com o seu nome, queime e sopre as cinzas.

Conto de um Tuaregue

Vivendo no deserto, sabiam dos desafios e das dificuldades que sempre passariam.
Tinham que ficar sempre alertas, pois nunca se sabia ao certo de onde viria o ataque.
Mesmo assim levavam suas vidas sem reclamar de nada.
Acreditavam que tinham o que se esforçavam para trazer para si, nada nos é dado se
assim não merecermos, pensavam.
Um dia perceberam alguns viajantes incautos a se aproximar, viram que não conheciam
os perigos do deserto, pois estavam caminhando em um horário já não mais apropriado.
Eis que surge de repente um bando de assaltantes do deserto, fizeram um cerco em volta
dos viajantes e começaram a lhes roubar o que estavam carregando.
Sabíamos que se permitíssemos isto, eles estariam fadados a morrer por falta de água e
comida. Foi então que ao meu sinal descemos o vale rochoso com nossos cavalos
enquanto entoávamos nosso grito de guerra, assustando assim o inimigo, que ao verem
que éramos em maior número fugiram sem nada levar.
Os viajantes nos agradeceram e demos a eles algumas regras que devem ser seguidas no
deserto se quiser atravessa-lo sem correr riscos desnecessários, pois já existem muitos
perigos naturais nele.

Oração ao Clã dos Ciganos Tuaregues

Ciganos Tuaregues façam a minha proteção, que nenhum mal me atinja, que por todos
os lados eu esteja amparado por vós.
Seja no alto, ou no embaixo, na frente ou atrás, na esquerda ou na direita.
Que de sua visão apurada nada passe desapercebido e em sua espada afiada todo mal
seja cortado.
Amém!