Você está na página 1de 36

APOSTILA MAPINFO RESUMIDA

APOSTILA MAPINFO RESUMIDA JEAN CHARLES SOUSA Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com
JEAN CHARLES SOUSA Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com
JEAN CHARLES SOUSA
Geógrafo
jeangeo.charles@gmail.com

1. LAYER CONTROL

SUMÁRIO

1.1. ALTERAR AS OPÇÕES DE EXIBIÇÃO DE UM NÍVEL

2.

3.

4. SIMBOLOS PERSONALIZADOS

EXPORTAR

IMPORTAR

ADICIONAR

5. CRIAR UMA LINHA POR UNIDADE DE MEDIDA

6. DESLOCAR OBJETOS NO MAPA

7. SELECIONAR UM OBJETO DE FORMA INTERATIVA

8. EXTRAIR COORDENADAS E EXPORTAR PARA O EXCEL

9. CRIAR PONTOS DE UMA TEBELA EXCEL

10. LAYOUT SIMPLES

10.1.

LAYOUT AVANÇADO

11. GEOREFERENCIAMENTO DE IMAGEM RASTER

12. ALTERAR REGISTRO DE IMAGEM GEOREFERENCIADA

13. MAPA TEMÁTICO

13.1.

13.2.

MAPAS DE SUPERFÍCIES DE GRADE GERAR 3D

14. BIBLIOGRAFIA

1

1

3

4

5

6

7

8

9

13

16

18

21

24

25

29

33

34

1. LAYER CONTROL Apostila Mapinfo Resumida A chave para controlar os níveis de mapas é

1. LAYER CONTROL

Apostila Mapinfo Resumida

A chave para controlar os níveis de mapas é a caixa de diálogo Controle de Níveis. A

caixa de diálogo mostra todos os níveis que compõem a janela de Mapa e a situação dos atributos de cada nível. Estes atributos são: visível, editável, selecionável e rótulos automáticos. Os ícones acima de cada coluna de caixas de verificação representam os atributos. As Descrições de Ferramentas aparecem sobre os ícones de atributos quando se move o cursor sobre elas, para ajudá-lo a se familiarizar com cada ícone. É fácil alterar os atributos de um ou mais níveis utilizando as caixas de verificação.Também se pode alterar as configurações de Exibição e de Rótulos; modificar quaisquer mapas temáticos exibidos e reordenar, adicionar ou remover níveis.

Marque essa caixa para exibir um nível Marque essas caixas para rotular um nível automaticamente
Marque essa caixa
para exibir um nível
Marque essas caixas
para rotular um nível
automaticamente
Marque essa caixa
para tornar um
nível editável
Marque essas caixas
para tornar um nível
selecionável

1.1. ALTERAR AS OPÇÕES DE EXIBIÇÃO DE UM NÍVEL

A caixa de diálogo Display permite que se personalize a exibição de cada nível em uma

janela do mapa.

1

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Display Altera o estilo da região, linhas, pontos e etc. Opção para

Apostila Mapinfo Resumida

Apostila Mapinfo Resumida Display Altera o estilo da região, linhas, pontos e etc. Opção para escolher

Display

Apostila Mapinfo Resumida Display Altera o estilo da região, linhas, pontos e etc. Opção para escolher

Altera o estilo da região, linhas, pontos e etc.

Display Altera o estilo da região, linhas, pontos e etc. Opção para escolher qual coluna que

Opção para escolher qual coluna que irá aparecer o nome no mapa

para escolher qual coluna que irá aparecer o nome no mapa Label Opção para definir a

Label

qual coluna que irá aparecer o nome no mapa Label Opção para definir a posição dos

Opção para definir a posição dos nomes no mapa

Label Opção para definir a posição dos nomes no mapa Opção para alterar o estilo da

Opção para alterar o estilo da linha e da letra

no mapa Opção para alterar o estilo da linha e da letra 2 Jean Charles Sousa

2

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

2. EXPORTAR Apostila Mapinfo Resumida Existem duas maneiras de se exportar um arquivo no mapinfo,

2.

EXPORTAR

Apostila Mapinfo Resumida

Existem duas maneiras de se exportar um arquivo no mapinfo, em formato de imagem e formatos vetorias.

I. Para exportar como imagem, os arquivos suportados são:

BMP

WMF

ENF

JPG

JP2

PNG

TIF

TIF (CMYK)

PSD

No menu “FILE” “SAVE WINDOWS AS”, poderá salvar a sua área de trabalho ou o seu layout.

II. Para exportar em formato vetorial os arquivos suportados são:

MIF

TXT

DXF

DBF

CSV

No menu “TABLE” “EXPORT” escolha a tabela e o formato que será exportado.

3

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

3. IMPORTAR Apostila Mapinfo Resumida No menu “TABLE” “IMPORT” busque o arquivo desejado, logo em

3.

IMPORTAR

Apostila Mapinfo Resumida

No menu “TABLE” “IMPORT” busque o arquivo desejado, logo em seguida salve a nova tabela .tab no diretório.

Os arquivos suportados são:

MIF

DXF

MBI

MMI

IMG

GML

XML

4

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 4. ADICIONAR SIMBOLOS PERSONALIZADOS Na barra de ferramenta “DRAWING” clique em

Apostila Mapinfo Resumida

4. ADICIONAR SIMBOLOS PERSONALIZADOS

Na barra de ferramenta “DRAWING” clique em “SYMBOL STYLE” para iniciar o processo de adicionar símbolos personalizados.

iniciar o processo de adicionar símbolos personalizados. Em seguida aparecerá uma janela onde ficam todos os

Em seguida aparecerá uma janela onde ficam todos os símbolos padrões do mapinfo. Nessa janela existem três passos para completar a adição do símbolo.

1° Clique na seta para selecionar a opção “CUSTOM SYMBOLS”

na seta para selecionar a opção “CUSTOM SYMBOLS” 2° Clique no botão “ADD” para buscar a
na seta para selecionar a opção “CUSTOM SYMBOLS” 2° Clique no botão “ADD” para buscar a

2° Clique no botão “ADD” para buscar a imagem desejada.

Clique no botão “ADD” para buscar a imagem desejada. 3° Clique em “RELOAD” para atualizar o

3° Clique em “RELOAD” para atualizar o Mapinfo com o símbolo que foi adicionado.

Para finalizar clique em “OK”. O Mapinfo só aceita imagem em arquivo Bitmap.bmp para essa função.

5

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 5. CRIAR UMA LINHA POR UNIDADE DE MEDIDA O Mapinfo nos possibilita

Apostila Mapinfo Resumida

5. CRIAR UMA LINHA POR UNIDADE DE MEDIDA

O Mapinfo nos possibilita uma ferramenta muito útil para se fazer um desenho, a “COGOLINE”. Ela cria uma linha com medidas corretas. No menu “TOOLS” “RUN MAPBASIC PROGRAM” busque a ferramenta “COGOLINE”, o ícone é um lápis. Para utilizá-la, selecione a ferramenta, em seguida clique no ponto onde começará a linha. Aparecerá uma janela para preencher as propriedades da linha.

Indique a direção da linha Selecione a unidade de distância desejada metros, quilômetros, etc. Coloque
Indique a direção da linha
Selecione a unidade de
distância desejada metros,
quilômetros, etc.
Coloque a distância da linha
Marque a opção “CREATE
LINE” para criar apenas uma
linha e “CREATE POLYLINE”
para criar varias linhas.
Clique aqui para finalizar ou no caso de
várias linhas estender.

6

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

6. DESLOCAR OBJETOS NO MAPA Apostila Mapinfo Resumida O recurso de deslocar faz uma cópia

6. DESLOCAR OBJETOS NO MAPA

Apostila Mapinfo Resumida

O recurso de deslocar faz uma cópia ou move o(s) objeto(s), linha(s), desenho(s) selecionado(s).

Clique no seu mapa para torná-lo ativo. Certifique-se de que um nível esteja editável no controle de nível (layer control)

No menu “OBJECTS” clique no item “OFFSET” para exibir a caixa de diálogo “OFFSET OBJECTS”

para exibir a caixa de diálogo “OFFSET OBJECTS” Preencha o ângulo do objeto a ser movido

Preencha o ângulo do objeto a ser movido ou copiado

Preencha o ângulo do objeto a ser movido ou copiado Preencha a distância e a unidade

Preencha a distância e a unidade do objeto.

ou copiado Preencha a distância e a unidade do objeto. Marque uma das duas opções para

Marque uma das duas opções para copiar ou mover o objeto

Marque uma das duas opções para copiar ou mover o objeto Para prosseguir clique em “NEXT”,

Para prosseguir clique em “NEXT”, e na próxima janela finalize clicando em “OK”.

7

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 7. SELECIONAR UM OBJETO DE FORMA INTERATIVA Selecione os objetos que vão

Apostila Mapinfo Resumida

7. SELECIONAR UM OBJETO DE FORMA INTERATIVA

Selecione os objetos que vão compor o subconjunto com a ferramenta Selecionar, Selecionar por raio.Selecionar por Retângulo e etc. Escolha vários objetos mantendo pressionada a tecla “SHIFT” e clicando nos objetos. Conforme mostra o destaque na figura abaixo.

nos objetos. Confor me mostra o destaque na figura abaixo. No menu “FILE” clique em “SAVE

No menu “FILE” clique em “SAVE COPY AS” e salve a seleção em uma tabela. A tabela pode ser salva com qualquer nome.

A outra forma de salvar a seleção como uma tabela, é fazer a seleção da mesma forma

citado acima, em seguida pressione a tecla “CTRL + C”, no layer control deixe o

cosmect layer editável e pressione novamente no teclado “CTRL + V”, salve a tabela normalmente. O cuidado que se deve tomar para salvar uma tabela dessa forma é com

os dados contidos. O mapinfo não reconhece os dados quando se usa copiar um objeto e transformá-lo em tabela, já do modo acionando no menu a opção “SAVE COPY AS” todos os dados irão.

8

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 8. EXTRAIR COORDENADAS E EXPORTAR PARA O EXCEL Para extrair as coordenadas

Apostila Mapinfo Resumida

8. EXTRAIR COORDENADAS E EXPORTAR PARA O EXCEL

Para extrair as coordenadas o processo é bem simples, vamos usar como exemplo esses oito pontos mostrados na imagem abaixo com projeção UTM SAD 69 FUSO 22.

na imagem ab aixo com projeção UTM SAD 69 FUSO 22. Depois de ter os pontos

Depois de ter os pontos já salvos em .tab, na caixa de ferramenta “TOOLS” clique na opção “RUN MAPBASIC PROGRAN” representada por um boneco correndo, ou no menu “TOOLS” “RUN MAPBASIC PROGRAN”.

ou no menu “TOOLS” “RUN MAPBASIC PROGRAN”. Na caixa de dialogo se lecione a ferramenta “COORDINATE

Na caixa de dialogo selecione a ferramenta “COORDINATE EXTRACTOR.MBX”

9

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Para acioná-lo deve ir no menu “TOOLS” “COORDINAT EXTRACTOR” ” “EXTRACTOR

Apostila Mapinfo Resumida

Apostila Mapinfo Resumida Para acioná-lo deve ir no menu “TOOLS” “COORDINAT EXTRACTOR” ” “EXTRACTOR

Para acioná-lo deve ir no menu “TOOLS” “COORDINAT EXTRACTOR”

“EXTRACTOR COORDINATES

conforme a figura abaixo.

” “EXTRACTOR COORDINATES conforme a figura abaixo. Na caixa de diálogo “COORDINATE EXTRACTOR” selecione

Na caixa de diálogo “COORDINATE EXTRACTOR” selecione a tabela que irá extrair os pontos e na opção “CREATE NEW COLUMNS TO HOLD COORDINATES” e altere o nome que deseja colocar para a coordenada longitude(X) e latitude(Y).

10

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Aparecerá uma tabela mostrando os pont os com as coordenadas. No menu
Apostila Mapinfo Resumida Aparecerá uma tabela mostrando os pont os com as coordenadas. No menu

Apostila Mapinfo Resumida

Apostila Mapinfo Resumida Aparecerá uma tabela mostrando os pont os com as coordenadas. No menu “QUERY”

Aparecerá uma tabela mostrando os pontos com as coordenadas. No menu “QUERY” “SELECT ALL” clique para selecionar todos os pontos,

“SELECT ALL” clique para selecionar todos os pontos, 11 Jean Charles Sousa – Geógrafo

11

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Logo em seguida no menu “TABLE” “EXPORT” clique na opção seleção e

Apostila Mapinfo Resumida

Logo em seguida no menu “TABLE” “EXPORT” clique na opção seleção e na caixa de dialogo “SALVE” coloque para exportar em arquivo DBF.

dialogo “SALVE” coloque pa ra exportar em arquivo DBF. *O Excel abri normalmente o arquivo DBF.

*O Excel abri normalmente o arquivo DBF.

12

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 9. CRIAR PONTOS DE UMA TEBELA EXCEL Existem alguns passos extras no

Apostila Mapinfo Resumida

9. CRIAR PONTOS DE UMA TEBELA EXCEL

Existem alguns passos extras no processo de criação de pontos quando seus dados estão no formato Excel.

Por exemplo, temos essa tabela no Excel com 12 pontos e cada uma com suas coordenadas em UTM SAD 69

com 12 pontos e cada uma com suas coordenadas em UTM SAD 69 Abra o Mapinfo

Abra o Mapinfo e no menu “FILE”, clique em “OPEN”.

Na caixa de listagem Arquivos do tipo, escolha o tipo de tabela que deseja abrir, excel, clique em “OPEN” para exibir a caixa de diálogo apropriada. Nessa janela o mapinfo nos informa as colunas e as linhas que a tabela contém.

nos informa as co lunas e as linhas qu e a tabela contém. 13 Jean Charles

13

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Especifique a parte da planilha que deseja acessar. Pode-se usar o intervalo

Apostila Mapinfo Resumida

Especifique a parte da planilha que deseja acessar. Pode-se usar o intervalo que está sendo exibido ou escolher OUTRO na caixa de listagem e especificar as linhas e colunas a serem incluídas. Essa janela é muito importante pois definimos as propriedades dos pontos, como por exemplo o nome, o tipo etc.

dos pontos, como por exemplo o nome, o tipo etc. Aparecerá uma tabela igual a essa,

Aparecerá uma tabela igual a essa, mostrando que os dados já estão contidos no mapinfo

mostra ndo que os dados já estão contidos no mapinfo Logo em seguida passamos para a

Logo em seguida passamos para a parte final onde definiremos o símbolo dos pontos, a projeção das coordenadas contida na tabela, e a coluna que se encontra a latitude e a longitude, no nosso caso UTM X e UTM Y.

14

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Para finalizar no menu “TABLE” clique em “CLOSE ALL” e busque novamente

Apostila Mapinfo Resumida

Apostila Mapinfo Resumida Para finalizar no menu “TABLE” clique em “CLOSE ALL” e busque novamente a

Para finalizar no menu “TABLE” clique em “CLOSE ALL” e busque novamente a tabela, agora já em arquivo .tab e com os pontos criados.

15

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

10. LAYOUT SIMPLES Apostila Mapinfo Resumida Há uma diferença muito grande quando imprimimos os mapas

10. LAYOUT SIMPLES

Apostila Mapinfo Resumida

Há uma diferença muito grande quando imprimimos os mapas do layout ao invés de imprimir direto da área de trabalho. Podemos manipular escalas, escrever detalhes e observações sem que a letra fique desproporcional, criando toda uma visualização que caracteriza um mapa.

Para se criar um layout o mapa já terá que estar completamente pronto, há duas maneiras de se chamar a janela de layout, pelo menu “WINDOWS” “NEW LAYOUT WINDOWS” ou pela tecla de atalho “F5”.

Como exemplo, vamos criar um layout com os estados do Brasil.

exemplo, vamos criar um layout com os estados do Brasil. 16 Jean Charles Sousa – Geógrafo

16

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida No menu “WINDOWS” “NEW LAYOUT WINDOWS”, marque a opção “ONE FRAME FOR

Apostila Mapinfo Resumida

No menu “WINDOWS” “NEW LAYOUT WINDOWS”, marque a opção “ONE FRAME FOR WINDOWS”

WINDOWS”, marque a opção “ONE FRAME FOR WINDOWS” Quando se vai criar um mapa através de

Quando se vai criar um mapa através de um layout deve se primeiro configurar o papel e impressora que irá imprimir.

No menu “FILE” “PAGE SETUP” configure a impressora e o tamanho do papel não esquecendo de marcar se ficará na forma de paisagem ou retrato.

Para visualizar o mapa e o layout ao mesmo tempo, use o teclado apertando“SHIFT +

F4”

Janela do layout

use o teclado apertando “SHIFT + F4” Janela do layout J a n e l a
use o teclado apertando “SHIFT + F4” Janela do layout J a n e l a

Janela do mapa

Janela do layout J a n e l a d o m a p a 17

17

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Para configurar a escala, clique duas vezes dentro da janela do la

Apostila Mapinfo Resumida

Para configurar a escala, clique duas vezes dentro da janela do layout que se refere ao mapa e digite na opção “SCALE 1 CM=” a escala desejada.

e digite na opção “SCALE 1 CM=” a escala desejada. 10.1. LAYOUT AVANÇADO O layout não

10.1. LAYOUT AVANÇADO

O layout não se limita apenas em criar um mapa simples, ele nos possibilita desenvolver algo mais completo trabalhando com varias janelas de um mesmo mapa, vários tipos de zoom destacando uma região ou algum objeto especifico. Na janela do mapa clique com o botão direito do mouse marcando a opção “CLONE VIEW”,.

ão direito do mouse marcando a opção “CLONE VIEW”, . 18 Jean Charles Sousa – Geógrafo

18

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Dessa forma ele criará outra janela do mapa onde foi acionado o

Apostila Mapinfo Resumida

Dessa forma ele criará outra janela do mapa onde foi acionado o CLONE VIEW.

Quando se cria várias janelas do mapa que esta sendo desenvolvido, pode alterar objetos, regiões, linhas, nomes que compõem o mapa sem danificar as outras janelas. A melhor forma de se fazer isso quando se tem várias janelas é pelo controle de nível (layer control).

Ex:

janelas é pelo controle de nível (layer control). Ex: Para chamar o layout, o processo é

Para chamar o layout, o processo é o mesmo citado acima, mas ao invés de marcar “ONE FRAME FOR WINDOWS” marque a opção “FRAME FOR ALL CURRENT OPEN WINDOWS”

marque a opção “FRAME FOR ALL CURRENT OPEN WINDOWS” 19 Jean Charles Sousa – Geógrafo

19

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Assim todas as janelas do mapa irão para o layout, podendo tr

Apostila Mapinfo Resumida

Assim todas as janelas do mapa irão para o layout, podendo trabalhar com escalas diferentes, destacando a área de interesse, como podemos observar na figura abaixo.

Qualquer janela criada no mapinfo poderá chamá-la no layout, seja ela legenda, tabela, mapbasic etc.

Ex:

no layout, seja ela legenda, tabela, mapbasic etc. Ex: No menu “LAYOUT” contém algumas outras tarefas

No menu “LAYOUT” contém algumas outras tarefas que podem ser feita, como por exemplos a quantidade de papel que será exibido no layout. Marque a opção “OPTIONS” e no campo “WIDTH” preencha a quantidade de papel que deseja para a largura e “HEITGHT” para a quantidade de papel para a altura.

20

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 11. GEOREFERENCIAMENTO DE IMAGEM RASTER No Mapinfo pode-se apenas abrir uma imagem

Apostila Mapinfo Resumida

11. GEOREFERENCIAMENTO DE IMAGEM RASTER

No Mapinfo pode-se apenas abrir uma imagem raster e exibi-la diretamente em uma janela do mapa sem o processo de georeferenciamento manual. Esse procedimento é útil toda vez que não for necessário ter um controle preciso de coordenadas.

Se quiser sobrepor dados vetoriais sobre a imagem raster ou realizar estudos de locais utilizando coordenadas, primeiro será preciso registrá-la para que o Mapinfo possa posicioná-la adequadamente em uma janela do mapa.

No menu “FILE” clique em “OPEN” e especifique um arquivo de imagem raster na opção arquivos do tipo na caixa de dialogo, em seguida clique em “ABRIR”.

na caixa de dialogo, em seguida clique em “ABRIR” . Clique em “REGISTER” para exibir a

Clique em “REGISTER” para exibir a caixa de diálogo “IMAGE REGISTRATION”.

21

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Caixa de listagem Pontos de controle Visualização prévia da imagem raster O

Apostila Mapinfo Resumida

Caixa de listagem Pontos de controle

Mapinfo Resumida Caixa de listagem Pontos de controle Visualização prévia da imagem raster O primeiro passo

Visualização prévia da imagem raster

Pontos de controle Visualização prévia da imagem raster O primeiro passo para georeferenciar uma imagem raster
Pontos de controle Visualização prévia da imagem raster O primeiro passo para georeferenciar uma imagem raster

O primeiro passo para georeferenciar uma imagem raster é definir a projeção. Clique na opção “PROJECTION” para especificar a projeção da imagem.

Para adicionar a coordenada, clique em “ADD” para aparecerá na caixa de listagem uma nova linha. Clique com o mouse na imagem em um ponto que contem as coordenadas Latitude(Y) e Longitude(X). Em seguida a janela “ADD CONTROL POINT” aparecerá.

22

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Indicação do número do ponto. São necessário três pontos para fazer um

Apostila Mapinfo Resumida

Apostila Mapinfo Resumida Indicação do número do ponto. São necessário três pontos para fazer um georeferenciamento
Apostila Mapinfo Resumida Indicação do número do ponto. São necessário três pontos para fazer um georeferenciamento

Indicação do número do ponto. São necessário três pontos para fazer um georeferenciamento correto.

três pontos para fazer um georeferenciamento correto. Local a ser preenchido pela coordenada Long(X). Local a

Local a ser preenchido pela coordenada Long(X).

correto. Local a ser preenchido pela coordenada Long(X). Local a ser preenchido pela coordenada Lat(Y) Para

Local a ser preenchido pela coordenada Lat(Y)

Para o Mapinfo reconhecer o local da imagem pelas coordenadas digitadas, o aconselhável é que o segundo ponto tenha o mesma latitude(Y) ou a mesma Longitude(X) do primeiro ponto. Da mesma forma isso também terá que ser feito do ponto dois para o ponto três.

Para o auxilio no processo de georeferenciamento, poderá alterar o zoom com os sinais

+ e – na janela “IMAGE REGISTRATION”. Para finalizar clique em “OK”.

O Mapinfo cria um arquivo .tab da imagem georeferenciada. Por isso, o arquivo original, no caso a imagem raster, deverá ficar na mesma pasta que o arquivo .tab, gerado após o georeferenciamento. Uma vez que foi feito o georeferenciamento de uma imagem não será preciso refazê-la, apenas busque o arquivo .tab abrindo normalmente como as outras tabelas.

23

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 12. ALTERAR REGISTRO DE IMAGEM GEOREFERENCIADA “No menu “TABLE” “RASTER” MODIFY

Apostila Mapinfo Resumida

12. ALTERAR REGISTRO DE IMAGEM GEOREFERENCIADA

“No menu “TABLE” “RASTER” MODIFY IMAGE REGISTRATION”, abrirá a mesma janela de georeferenciamento com opções de alterar os registros para nova colocação de coordenadas.

alterar os registros para nova colocação de coordenadas. Clique em umas das linhas na caixa de

Clique em umas das linhas na caixa de listagem, selecione “REMOVE” caso queira adicionar novos pontos para a imagem ou “EDIT” para editar as coordenadas já existentes.

24

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

13. MAPA TEMÁTICO Apostila Mapinfo Resumida O mapeamento temático é uma forma poderosa de análise

13. MAPA TEMÁTICO

Apostila Mapinfo Resumida

O mapeamento temático é uma forma poderosa de análise de dados. Seus dados recebem forma gráfica para que possam ser vistos em um mapa.

Para se criar um mapeamento temático com o Mapinfo, utilizando os métodos seguintes: intervalo de valores, símbolos graduados, densidade de pontos, valores individuais e mapeamento contínuo de superfície.

Antes de iniciar seu mapa temático, é preciso decidir qual informação vai exibir, e localizar onde ela está. Pode estar na tabela na qual esta baseando seu mapa, ou em

Se os dados estiverem na mesma tabela onde se baseia o mapa, escolha o campo

desejado diretamente, mas se os dados estiverem em outra tabela, é preciso primeiro

trazer os dados para a tabela na qual o mapa temático esta sendo baseado.

outra

Para criar a colunas com os dados , no menu “TABLE” “MAINTENANCE” clique em “TABLE STRUCTURE”

“MAINTENANCE” clique em “TABLE STRUCTURE” Selecione a tabela que será inserida os dados para gerar o

Selecione a tabela que será inserida os dados para gerar o mapa temático.

25

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Na janela “MODIFY TABLE STRUCTURE”, selecione o tipo e de dado que

Apostila Mapinfo Resumida

Na janela “MODIFY TABLE STRUCTURE”, selecione o tipo e de dado que será colocado, podendo ser, por exemplo, caracteres (dados comuns), flutuante (dados para elevação), datas e etc.

comuns), flutuante (dados para elevação), datas e etc. Feito isso clique em “OK” para finalizar. Existem

Feito isso clique em “OK” para finalizar.

Existem várias maneiras de se colocar dados em uma coluna. Vamos usar como exemplo um mapa temático com diferencias de população do ano de 2000 para o ano de

2005 de alguns estados do Brasil. (os valores a serem usados são aleatórios e não

condizem com a realidade)

O

primeiro exemplo de mapa temático será o e o de gráfico tipo pizza.

O

mapeamento temático com gráfico tipo pizza permite que se examine mais de uma

variável por registro ao mesmo tempo. Como vamos comparar a população do ano de

2000 à 2005, o gráfico tipo pizza é uma ótima opção.

26

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida No menu “MAP” “CREATE THEMATIC MAP”, selecione no primeiro passo de três

Apostila Mapinfo Resumida

No menu “MAP” “CREATE THEMATIC MAP”, selecione no primeiro passo de três passos, o tipo do símbolo que será usado para gerar o temático, nesse caso o tipo pizza. Em seguida clique em “NEXT”.

nesse caso o tipo pizza. Em seguida clique em “NEXT”. Na janela seguinte, passo dois, selecione

Na janela seguinte, passo dois, selecione a tabela e as colunas que serão comparadas e clique em “NEXT”.

as co lunas que serão comparadas e clique em “NEXT”. 27 Jean Charles Sousa – Geógrafo

27

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Na janela do passo três, mostrará como que as figuras ficara m

Apostila Mapinfo Resumida

Na janela do passo três, mostrará como que as figuras ficaram mostradas no mapa podendo alterá-las. Finalize clicando em “OK”

no mapa podendo alterá-las. Finalize clicando em “OK” Esse processo é muito amplo podendo usar outros
no mapa podendo alterá-las. Finalize clicando em “OK” Esse processo é muito amplo podendo usar outros

Esse processo é muito amplo podendo usar outros tipos de símbolos que o Mapinfo fornece e também outros dados.

28

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida 13.1. MAPAS DE SUPERFÍCIES DE GRADE Outra análise para mapeamento temático é

Apostila Mapinfo Resumida

13.1. MAPAS DE SUPERFÍCIES DE GRADE

Outra análise para mapeamento temático é o de superfície de grade (grid), método que exibe os dados como graduações continuas de cores ao longo do mapa, é produzido pela interpolação de dados pontuais de tabela original. Como exemplo, vamos usar curvas de nível com dados altimétricos.

No menu “TABLE” “MAINTENANCE” clique em “TABLE STRUCTURE”, selecione a tabela das curvas de nível e na janela “MODIFY TABLE STRUCTURE” na opção “STYLE” marque “FLOAT”.

Para adicionar os valores altimétricos nas curvas, clique em cada curva com a ferramenta de informação “INFO TOOL” e digite o valor altimétricos.

“INFO TOOL” e digite o valor altimétricos. 29 Jean Charles Sousa – Geógrafo

29

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Digitado todos os valores de altimetria nas cu rvas, o Mapinfo já

Apostila Mapinfo Resumida

Digitado todos os valores de altimetria nas curvas, o Mapinfo já consegue gerar o mapa temático, mas para uma visualização melhor do grid, existe um programa que interage completamente com o Mapinfo, o Vertical Mapper (VM). O VM auxilia o Mapinfo nas criações de grid, a ferramenta mais utilizada é a criação de NÓS (pontos) da curvas de nível. O VM pega a curva de nível já com todos os dados de altimetria e gera pontos com distancia curtas e em cada ponto alem de permanecer os valores altimétricos é acrescentado os valores de latitude(X) e longitude(Y), possibilitando assim melhor precisão no grid e posteriormente o mapa 3D. Observe na figura abaixo.

Curvas de Nível

Pontos da Curva de Nível

na figura abaixo. Curvas de Nível Pontos da Curva de Nível Para gerar os pontos, no

Para gerar os pontos, no menu “VERTICAL MAPPER” “CREAT GRID” “POLY TO POINT”, selecione a tabela das curvas e marque as caixinhas “EXTRACT FROM” indicando que tipo de desenho será extraído os pontos.

30

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida Finalize indicando em que pasta a nova tabela com os pontos será

Apostila Mapinfo Resumida

Finalize indicando em que pasta a nova tabela com os pontos será salva clicando no “BROWSE”

tabela com os pontos será salva clicando no “BROWSE” No menu “MAP” “CREATE THEMATIC MAP”, selecione

No menu “MAP” “CREATE THEMATIC MAP”, selecione no primeiro passo de três passos, a opção “GRID” Em seguida clique em “NEXT”.

a opção “GRID” Em seguida clique em “NEXT”. 31 Jean Charles Sousa – Geógrafo

31

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

Apostila Mapinfo Resumida No passo dois de três selecione a tabela dos pontos e abaixo

Apostila Mapinfo Resumida

No passo dois de três selecione a tabela dos pontos e abaixo a coluna com os dados altimétricos, clique em “NEXT”.

a coluna com os dados altimétricos, clique em “NEXT”. Na janela do passo três, mostrará como

Na janela do passo três, mostrará como que as figuras ficaram mostradas no mapa podendo alterá-las. Finalize clicando em “OK”

no mapa podendo alterá-las. Finalize clicando em “OK” 32 Jean Charles Sousa – Geógrafo

32

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

13.2. GERAR 3D Apostila Mapinfo Resumida Quando se faz todo o processo de introduzir os

13.2. GERAR 3D

Apostila Mapinfo Resumida

Quando se faz todo o processo de introduzir os dados para se gerar o mapa temático, criar o 3D é simples.

No menu “MAP” clique em “3D MAP”

o 3D é simples. No menu “MAP” clique em “3D MAP” Altere a unidade de medida

Altere a unidade de medida do mapa.

clique em “3D MAP” Altere a unidade de medida do mapa. Altere a escala se necessário
clique em “3D MAP” Altere a unidade de medida do mapa. Altere a escala se necessário

Altere a escala se necessário

Visualização do mapa 3D

Altere a escala se necessário Visualização do mapa 3D 33 Jean Charles Sousa – Geógrafo

33

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com

14. BIBLIOGRAFIA , Mapinfo Professional: Apostila Mapinfo Resumida guia do usuário. Traduzido por Geograph Informática

14. BIBLIOGRAFIA

,

Mapinfo

Professional:

Apostila Mapinfo Resumida

guia

do

usuário.

Traduzido

por

Geograph Informática e Servidos Ltda. São Paulo: 2003.

34

Jean Charles Sousa – Geógrafo jeangeo.charles@gmail.com