Você está na página 1de 2

EEEFM WALNYZA BORBOREMA CUNHA LIMA DATA:_____/______/2020

PROFESSOR(A): Robson Pontes DISCIPLINA: Geografia

ALUNO(A): _____________________________________________________ Nº _____

NOTA: TURMAS: 2ª Série E.M. TURNO: ________ ATIVIDADE REMOTA


_________
O imigrante na formação do Brasil contemporâneo O êxodo rural
Além do processo colonizador português, o primeiro O êxodo rural é o movimento de saída da população da
movimento imigratório no Brasil teve início por volta da zona rural para a cidade. Esse movimento começou a
segunda metade do século XVI, com a entrada no país tomar vulto, no Brasil, na década de 1930, acentuando-
de africanos escravizados. O tráfico durou cerca de três se a partir dos anos 1950, com a industrialização nas
séculos, até sua proibição, em 1850, com a Lei Eusébio grandes cidades, em especial no Rio de Janeiro e em
de Queirós. São Paulo.
As consequências do êxodo rural foram facilmente
População brasileira perceptíveis no Brasil. Na década de 1970, a população
A expansão do café, a partir da segunda metade do urbana passou a ser maior do que a população rural.
século XIX, teve duplo significado, pois, além de atrair Por sua vez, as cidades, principalmente as metrópoles,
imigrantes europeus, marcou a passagem do sistema apresentaram crescimento urbano acelerado, dando
escravocrata para o sistema agrário-exportador origem a problemas que se avolumaram no decorrer
capitalista. dos anos, como a favelização, a expansão da periferia,
as inúmeras formas de subemprego, o aumento dos
Os principais grupos de imigrantes percentuais de desempregados e a violência.
Entre os europeus, um dos primeiros grupos imigrantes
a chegar ao Brasil foi o de alemães, em 1824, na Os movimentos emigratórios no Brasil
província do Rio Grande do Sul. Até a década de 1870, A emigração de brasileiros é um fato recente e
os portugueses constituíam o maior contingente de representa uma ruptura histórica em um país que
imigrantes no país. A partir de então, os italianos recebeu até poucas décadas atrás expressivos
tomaram a dianteira. A imigração italiana destacou-se contingentes de imigrantes. A saída de brasileiros para
das demais por ter sido esse o principal grupo a entrar diversos países cresceu nos últimos 25 anos: o número
no Brasil, representando 42% do total dos imigrantes de emigrantes brasileiros deve atingir 3,5 milhões de
(3,3 milhões de pessoas). Boa parte dos imigrantes pessoas, das quais um terço vive clandestinamente, em
(alemães, italianos, espanhóis, sírio-libaneses, aproximadamente trinta países. Segundo dados do
poloneses, japoneses) adaptou-se ao país. Contudo, Ministério das Relações Exteriores, 38% dos brasileiros
procuraram manter a cultura e o modo de vida de seu que partiram foram para os Estados Unidos, 30% para o
país de origem. Paraguai, 13% para o Japão e 11% para a Europa.
Os Estados Unidos são o principal destino dos
A redução da imigração emigrantes brasileiros. Segundo o Ministério das
Vários fatores de ordem internacional contribuíram para Relações Exteriores do Brasil e os centros que atendem
a redução da imigração no século XX, entre eles a imigrantes nos EUA, o número de brasileiros vivendo no
Primeira Guerra Mundial (1914-1918), a crise país é estimado entre 1,5 milhão e 1,8 milhão de
econômica mundial (1929), a Segunda Guerra Mundial pessoas. Desse número, entre 60% e 70% são ilegais.
(1939-1945) e a reconstrução das áreas atingidas pela Os “brasiguaios” “Brasiguaio” é a designação informal
guerra a partir de 1945. dada aos brasileiros e seus descendentes que se
Nas últimas décadas do século XX teve início um estabeleceram em território paraguaio, nas áreas
movimento de entrada ilegal de imigrantes, próximas à fronteira com o
principalmente coreanos e bolivianos. Brasil, a partir da década de 1970. Estima-se em 350
mil o número de brasiguaios, que são em sua maioria
Os fluxos migratórios internos agricultores originários da Região Sul, principalmente
No Brasil, os movimentos internos da população do estado do Paraná.
ocorrem desde o período colonial. Podemos citar como
exemplo, ainda no século XVI, pequenos grupos de Os decasséguis
indivíduos que deixaram a faixa litorânea nordestina “Decasségui” é uma palavra de origem japonesa que
(Zona da Mata) e se dirigiram para o interior (Agreste e significa “trabalhador provisoriamente fora de seu país
Sertão) a fim de criar gado. No século XVIII foi notável o de nascimento”. A expressão foi adotada pela colônia
deslocamento de nordestinos e sulinos, sobretudo nipo-brasileira para designar aqueles que foram para o
paulistas, em direção a Minas Gerais, em uma Japão em busca de trabalho.
verdadeira “corrida ao ouro”. No século XIX, nordestinos Em 1990, o Japão passou a permitir a entrada de
migraram em busca de trabalho nos seringais acreanos. descendentes de japoneses para suprir de mão de obra
a indústria do país e, ao mesmo tempo, solucionar o
No século XX, dois grandes movimentos internos problema dos imigrantes ilegais oriundos de países
tiveram destaque pelas transformações que pobres da Ásia.
proporcionaram – o êxodo rural e as migrações inter- Quase vinte anos depois da abertura da legislação, o
regionais e intrarregionais. número de brasileiros vivendo no Japão chegou a 312
mil. A recessão econômica enfrentada pelo país a partir
de 2008 mudou o cenário para muitos dos milhares de
decasséguis.
Questões propostas:

Questão 01. De acordo com a leitura do texto, quando


teve início os movimentos migratórios no Brasil?

Questão 02. O Censo 2000 deixou de avaliar um dado


importante: pessoas que residem em uma cidade e
trabalham em outra, e fazem o trajeto diariamente.

O nome desse tipo de migração chama-se

A) migração pendular.
B) migração temporária.
C) migração sazonal.
D) imigração.
E) emigração.

Questão 03. Texto 1 – Os DEKASSEGUI

“ A palavra dekassegui surgiu para designar, no


passado, a população de japoneses do norte que
migraram para o sul do arquipélago, em busca de
trabalho durante o período de inverno. Composto dos
ideogramas japoneses “sair” e “ganhar dinheiro”, o
termo tornou-se sinônimo do migrante que alimentava o
desejo de voltar à terra de origem”.

Texto 2 – Os DEKASSEGUI brasileiros

“Diferentemente do uso da expressão no passado, o


termo dekassegui vem sendo utilizado para designar os
brasileiros que têm migrado, na atualidade, para o
Japão, em busca de empregos oferecidos por anúncios
publicados nos principais jornais de São Paulo”.

Adaptado de Veja. no 1613, 01/09/99

Explique as principais características e condições de


migração dos brasileiros para o Japão na década de 90
deste século.