Você está na página 1de 54

UFCD 0782 - Programação em

C/C++ - Estrutura Básica e


Conceitos Fundamentais
Parte 3 – Introdução à Linguagem C++
AVISO

Estes diapositivos servem apenas de suporte e não


contêm toda a matéria leccionada, pelo que não
substituem a sua presença, atenção, participação nas
sessões e realização das actividades propostas!
Sumário

1) História e Evolução do C++

2) Instalação do Compilador

3) Criar um Projecto

4) Conceitos Introdutórios de C++

5) Testar Projecto
1 – História e Evolução do C++
1 – História e Evolução do C++

• Surge na década de 80 com o nome "C com Classes";


• Desenvolvida por Bjarne Stroustrup;
• Inicialmente, tinha como finalidade dotar o C com alguns
mecanismos da programação Orientada aos Objectos;
• Em 1983, adquire o nome de C++. Em C, ++ é um
operador de incremento.
1 – História e Evolução do C++

• O primeiro compilador comercial é lançado em 1985;


• Tem, desde então, sofrido várias melhorias, estando,
atualmente, na versão 11, lançada em 2011;
• Existem vários compiladores, mas nem todos
suportam as mesmas bibliotecas!
1 – História e Evolução do C++
Principais Características
• Possui todos os recursos e funcionalidades da linguagem C;
• Fortemente Tipada - É exigido definir previamente o tipo de dados a
usar;
• Compilada - Todo o código em C++ é convertido para binário;
• Orientada a Objectos - Implementa os mecanismos da Programação
Orientada a Objectos (o C não suporta!).
2 – Instalação do Compilador
2 – Instalação do Compilador

- Sendo o C++ uma linguagem compilada, é


necessário que, além de um editor de código,
possua um compilador instalado!
2 – Instalação do Compilador

Relembrando:
- Um compilador é um programa
que converte as instruções
escritas pelo programador em
código máquina!
2 – Instalação do Compilador

- Neste curso, iremos usar o IDE (Ambiente de


Desenvolvimento Integrado) Code::Blocks
que, além de um editor, agrega um compilador
de C e C++.
2 – Instalação do Compilador

Passo 1 de 8

- Aceder a https://www.fosshub.com/Code-

Blocks.html e selecionar a versão do seu


Sistema Operativo.
2 – Instalação do Compilador

Passo 2 de 8

- No caso do MS Windows 64bits, deve

descarregar a versão assinalada:


2 – Instalação do Compilador

Passo 3 de 8

- Depois de descarregado, inicie o processo de

instalação.
2 – Instalação do Compilador

Passo 4 de 8
2 – Instalação do Compilador

Passo 5 de 8
2 – Instalação do Compilador

Passo 6 de 8
2 – Instalação do Compilador

Passo 7 de 8
2 – Instalação do Compilador

Passo 8 de 8
3 – Criar um Projecto
3 – Criar um Projecto

- Depois de instalado o IDE e Compilador, e antes


de começarmos a trabalhar, deveremos organizar
o nosso trabalho num Projecto, de forma a
fazermos uma gestão dos ficheiros que serão
incluídos no mesmo.
3 – Criar um Projecto

Passo 1 de 6
3 – Criar um Projecto

Passo 2 de 6
3 – Criar um Projecto

Passo 3 de 6
3 – Criar um Projecto

Passo 4 de 6
3 – Criar um Projecto

Passo 5 de 6
3 – Criar um Projecto

Passo 6 de 6
3 – Criar um Projecto

Área de Área de Codificação


Gestão
do
Projecto

Comentários, Consola e outros Painéis


4 – Conceitos Introdutórios de C++
4 – Conceitos Introdutórios de C++

- Um programa em C++ consiste num conjunto de


funções. Uma função é um bloco de código, ao
qual é atribuído um nome e que executa uma
funcionalidade (na UFCD 0784 irá aprender a
trabalhar com funções).
4 – Conceitos Introdutórios de C++

- Um programa em C++ deve,


obrigatoriamente, ter uma função chamada
main . Esta é a função principal, a partir da
qual o programa tem início!
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Regras Básicas
- Todas as linhas devem terminar com ponto e
vírgula (;);
- A linguagem faz distinção entre maiúsculas e
minúsculas (A é diferente de a);
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Regras Básicas

- Todos os blocos de código deverão estar entre

{e}.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Regras Básicas

- Há um conjunto

de palavras
reservadas!
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++


4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Inclui a biblioteca
iostream, que
permite a entrada e
saída de informações.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Significa que vamos


usar um conjunto
específico de
funcionalidades
disponibilizadas pela
biblioteca iostream .
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Indica o tipo de dados


da função. Mais tarde,
iremos ver o que são
tipos de dados.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Nome da função.
Sendo main a principal
e obrigatória, pois é o
ponto de partida do
programa.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Bloco onde
escreveremos todo o
código que faz parte da
função main.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Instrução de saída de
informação.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Operador que indica


que o que se encontra
do seu lado direito,
será mostrado no ecrã.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Texto que será


mostrado no ecrã. O
texto, como veremos,
deve sempre estar
delimitado por aspas.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Indica fim de linha.


Todas as linhas devem
terminar com ;
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Estrutura de um Programa em C++

Informa como correu a


execução do programa.
Zero significa que
correu tudo bem!
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Comentários
- É possível comentar uma ou mais linhas de
código, de maneira a serem ignoradas pelo
compilador. Os comentários são úteis para
organizar o código e para o tornar mais fácil de ler.
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Comentários

- Para comentar apenas

uma linha usa a


instrução //
4 – Conceitos Introdutórios de C++

Comentários
- Para comentar um
bloco, usa /* para
indicar o início e */ o
fim.
5 – Testar Projecto
5 – Testar Projecto
5 – Testar Projecto

1 – Publicar
2 – Executar última versão compilada
3 – Publicar e executar
4 – Apaga última compilação e volta a compilar
5 – Termina o programa em execução
5 – Testar Projecto
5 – Testar Projecto

Janela de Erros
5 – Testar Projecto

Janela de Erros