Você está na página 1de 53

CAPA DE ACE

AGÊNCIA

B1J
N? ACE/ANO

Í2503/85 03
TOTAL f-LS.

J3
SIGILO

FLUXO DO PROCESSO DATA RUBRICA CH SE (SS) ou ANALISTA

ENTRADA NASE(SS)
PSQ ARQ Zbriotfss VALIDADE INICIAL
? f H OZ
SE(SS) RESPONSÁVEL
, •£• 1

NOME LEGÍVEL RUBRICA


REMESSA AO Dl

ACE PROCESSADO

ACESSO INICIAI.

1 1 " 1 1 1... 1 . 1 11 11 1 .

D N?
O ORD TIPO/NP/ÓRGÃO/ANO PRG/ANO
C
U
01
1 / T 2- /C> 0 O
v / ( /
^ O //J^CT/ÈB
/ ^ 1 Z
M 02
E
N 03
T
04
O
S 05

C 06
0
07
M
P 08
0
N 09
E
10
N
T
11
E
S 12

)N
OBSjÈRVAÇÕES E INSTRUÇÕES ADICIONAIS

OA\i/tn í dc- l^ .&(ÍM V^fc^ l Q M^ieo

(J) ACC C&UyL, (ZX^OÕOjC^ÍX^ ~CUO JJ&X JUXJt^, ^. /e3 55. SCQ.

?rOl
V ~ ' ''^U^AP.ZM
-j^-y ^ '.rAjrtL-.^&^L -g / j)&z /5
o ^'. a yocL^0/^r(7
ks i y ^ t ~ / is

^£Ã1.£r/ja.^£Z^ JV^
<f P y .

JCON; i , NC I A L | . 01/02
0 MENSAGEIRO DA PAZ - CASA PUBLICADORA DAS ASSEM­

BLÉIAS DE DEUS (CPAD)

O MENSAGEIRO DA PAZ e d i t a d o p e l o CASA PUBLICADORA

DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS (CPAD) - ó r g ã o o f i c i a l das Assembléias

d c DEUS no BRASIL, impresso nos oficinas localizados o Estrada

V i c e n t e C a r v o l l i o n ^ 1 0 8 3 , C E P 2 1 2 1 0 , C E P 2 0 0 0 1, R I O D E JANEIRO/

RJ, Telefones 391-4535, 391-4336 c 391 -1 91 0, onde funciono tarn -

bem o redação e a administração.

Editodo lio móis de 55 anos, com umo t i r a g e m otuaI

d e 2 0 7 . 0 0 0 e x e m p l a r e s e v e n d i d o a v u l s o p o r Civ 1 . 3 0 0 , ou a t r a v é s

de assinaturas.

Tem como:

Presidente do Convenção Geral - JOSÉ PIMENTEL DE CARVALHO

P r e s i d e n t e do Conselho A d m i n i s t r a t i v o - LUIZ BEZERRA DA COSTA

D i r e t o r E x e c u t i v o - CUSTODIO RANGEL PIRES

D i r e t o r de P u b l i c a ç õ e s - NEMUEL VESSLER

Superintendência - EU DE MARTINS DA SILVA

Divisão do Jornalismo - G E R E M l A S DO C O U T O

Redator - MIGUEL VAZ

Em s u a s m a n c h e t e s , como:"A B Í B L I A DEFENDE A PROSTITUIÇÃO?" p r o c u

r a c r i a r um c l i m a de duvida e sensacionalismo, baseado em p a s s a ­

gens da B í b l i a , u t i l i z a n d o uma t é c n i c a abandonada pelos veículos

de divulgação mais í n t e g r o s , que c o n s i s t i a em desmentir o admitj_

do.

Outro ortigo como: "LADRÃO DEVOLVE OBJETOS ROUBA­

DOS À IGREJA" e um " o p e l o " com i n t u i t o de c r i a r c r e d i b i l idade p £

ro o i g r e j a com base no soLirenaturaI .

O u t r o a r t i g o : "RAPAZ P03SES30 MATA COLEGA E SÓ É

LIBERTO COM A PRESENÇA DE PASTOR". í um r e l a t o oue p r o c u r o v a i o

Z1: B1C - SE-623


W/VT2/0007I/140/87 J / l 91185
J • 1A( | 02/02

r i z a r os l í d e r e s da i g r e j a , com um " a p e l o " também s u b j e t i v o .

Em o u t r o a r t i g o : "TEMPLOS EVANGÉLICOS MÃO P A G A M

IMPOSTOS" c uma defesa que a i g r e j a faz ao seu p a t r i m ô n i o , con­

s i d e r a n d o o Estado como um d i l a p i d a d o r dos bens da i g r e j a come­

tendo ações i n c o n s t i t u c i o n a i s , o que demonstra um posicionamen­

to incoerente com a a t i t u d e da i g r e j a , a qual cobra dízimos dos


seus f i I iados.

Em o u t r o s a r t i g o s como: " P O R GUE E L E G E R 0 3 N O S -

S03 CONSTITUINTES?" os evangélicos também desejam ser ouvidos

q u a n t o a e l a b o r a ç a o d a n o v a C o n s t i t u i ç ã o e "PARA ONDE VAI A A -

GR I C U L T U R A ? " d e m o n s t r a a i n t e n ç ã o d e o p i n a r e m s o b r o a R e f o r m a A

graria, apresentando ao problema uma solução com experiências

internacionais de forma h i s t ó r i c a e amena.

Em "ESTUDOS BÍBLICOS, p r o c u r a r i d i c u l a r i z a r as

outras religiões e enaltecer os evonge1 i cos.

E m I i n h a s g e r a i s o n o t i c i a r i o e d e b o m n í v e I ,t r a

tando oe assuntos locais, nacionais e internacionais abrangendo

ciência e tecnologia. Por outro lado nota-se uma constante preo

cupaçao em p r o v a r a c r e d i b i l i d a d e dos e v a n g é l i c o s , e arrebanhar

novos adeptos. Evidencia—se ainda a pre icupaçao pecuniaria que

c o n s t a t a - s e p e l a v e n d a p o r Cr$ 1 . 3 0 0 d a publicação "MENSAGEIRO

DA P A Z " .
-A # •>'•

27: I EXEMPLAR DO MENSAGEIRO DA PAZ


PUaCfr

JLLHO/ÔM-' f /n
Ü>

MENIAG DA IÇU - V>

DISSE JESUSDEIXO-VOS A PAZ, A MINHA PAZ VOS DOU


ANO LfV — MAIS DE MEIO SÉCULO DISSEMINANDO BÊNÇÃOS — N9 1179

A BÍBLIA DEFENDE A PROSTITUIÇÃO


Elos exigem um melhor posicionamento diante da opinião pública - Ex-abaa? afirma que a Bíblia apoia as prostitutas - Para
ele, o amor existente entre esposo e esposa é semelhante ao sentimento que une a prostituta ao seu cliente. Página 9

Para onde uai Pindamonhangaba: Uma fábrica


a agricultura?
O mesmo milagre produzido
de anzóis para pescar homens
pela alta tecnologia e concentração Oc£sé de Oliveira
de recursos nos áridos desertos de
Israel - que agora florescem exube­
rantemente - pode ser realizado nas
áreas desérticas do Nordeste brasi­
leiro. Sendo uma das prioridades do
Presidente José Sarney, a metódica
implantação da Reforma Agrária e
a incrementação da agricultura po­
derá resolver o problema da fome

\
no Brasil. Página 10
wr.«

Parte dos alunos durante uma das reuniões mais impoirEntes da Escola, que está sob
a direção geral do pastor João Kolenda Lemos e sua esposa Kuth Doris Lemos

Tendo por finalidade prepa­ de 1959, e sob a direção do


rar Obreiros a fim de serem pastor João Kolenda Lemos e
pescadores de homens para o esposa, corresponde exata­
reino de Deus, o Instituto mente ao significado do nome
Bíblico das Assembléias de daquela cidade, que quer di­
Deus, localizado em Pinda- zer: "fábrica de anzóis." Pá­
monhangaba, SP, desde o ano gina 12.

Rapaz possesso mata colega


e só é liberto com a presença de pastor
Ladrão devolve Trancado na sala da Dekgacia e cercado de policiais que o seguravam

objetos roubados fortemente, o ajudante-geral Coeme Santana Monteiro, de 20 anos de idade,


gritava com os olhos injetados: "Quero sangue! quero sangue!" Horas an­

d Igreja tes ele havia matado, a golpes de pé-de-cabra, seu amigo /tomar Gomes dos
Santos, de 19 anos. Toda aquela força policial concentrada ali não foi sufi­
ciente para dominá-lo. Só a intervenção de um pastor evangélico conseguiu
Dias após haver roubado vários libertá-lo daquela possessão demoníaca. Página 17
objetos de uma igreja evangélica,
um ladrão resolveu devolvé-los, 2? domingo
confessando que algo misterioso o
estava impelindo a fazer aquilo. Em
Visão Mundial: Templos evangélicos de agosto,
um país onde as Delegacias de rou­
há dez anos não pagam impostos Dia Nacional de
bos e furtos não conseguem resolver Diante de algumas medidas ar­
nem um terço dos casos registra­
no Brasil bitrárias tomadas pelo Governo do Missões
dos, o que seria capaz de levar um Estado e do Município do Rio de Ja­ O segundo domingo do
ladrão a devolver o produto de seu No próximo mês, a Visão Mun­ neiro - Medidas estas que vém afe­
roubo? Página 17 mês de agosto foi escolhi­
dial - organização internacional tando várias igrejas evangélicas
cristã evangélica, reconhecida estamos publicando alguns textos
do como "Dia Nacional de
como entidade de fins filantrópicos da Constituição Federal e de outras Missões", ocasião em que
e considerada de Utilidade Pública leis que isentam os templos de pa­ serão realizadas nas igre­
I^IMOS OMR Federal - estará completando dez
anos de atividades públicas no Bra­
garem impostos. Cremos que o co­
nhecimento e a observância da le­
jas evangélicas programa­
ções especiais, durante às
'ELO BMSIL sil. Entre os serviços que ela tem
are
gislação tributária fazem-se extre-
escolas dominicais e cul-
i r

MENlAfiEIHO DAI :u -

DISSE JESUS; DEIXO-VOS A PAZ, A MINHA PAZ VOS DOU


ANO LIV — MAIS DE MEIO SÉCULO DISSEMINANDO BÊNÇÃOS — N? 1179

A BÍBLIA DEFENDE A PROSTITUIÇÃO ?


Elas exigem um melhor posicionamento diante da opinião pública - Ex-abade afirma que a Bíblia apoia os prostitutas - Para
ele, o amor existente entre esposo e esposa é semelhante ao sentimento que une a prostituta ao seu cliente. Página 9

Para onde uai Pindamonhangaba: Uma fábrica


a agricultura'? de anzóis para pescar homens
O mesmo milagre produzido Gessé de Oliveira
pela alta tecnologia e concentração
de recursos nos áridos desertos de
Israel - que agora florescem exube­
rantemente - pode ser realizado nas
áreas desérticas do Nordeste brasi­
leiro, Sendo uma das prioridades do
Presidente José Sarney, a metódica
implantação da Reforma Agrária e
a incrementação da agricultura po­
derá resolver o problema da fome
no Brasil. Página 10
«T^Ti

Parte dos alunos durante uma das reuniões mais importantes da Escola, que está sob
a direção geral do pastor João Kolenda Lemos e sua esposa Ruth Doris Lemos

Tendo por finalidade prepa­ de 1959, e sob a direção do


rar Obreiros a fim de serem pastor João Kolenda Lemos e
pescadores de homens para o esposa, corresponde exata­
reino de Deus, o Instituto mente no significado do nome
Bíblico das Assembléias de daquela cidade, que quer di­
Deus, localizado em Pinda­ zer: "fábrica de anzóis." Pá­
monhangaba, SP, desde o ano gina 12.

Rapaz possesso mata colega


e só é liberto com a presença de pastor
Ladrão devolve Trancado na sala da Delegacia e cercado de policiais que o seguravam
fortemente, o ajudante-geral Cosme Santana Monteiro, de 20 anos de idade,
objetos roubados gritava com os olhos injetados: "Quiro sangue! quero sangue!" Horas an­
tes ele havia matado, a golpes de pé-de-cabra, seu amigo Itamar Gomes dos
d Igreja Santos, de 19 anos. Toda aquela força policial concentrada ali não foi sufi­
ciente para dominá-lo. Só a intervenção de um pastor evangélico conseguiu
Dias após haver roubado vários libertá-lo daquela possessão demoníaca. Página 17
objetos de uma igreja evangélica,
um ladrão resolveu devolvê-los,
2? domingo
confessando que algo misterioso o Visão Mundial: Templos evangélicos de agosto,
estava impelindo a fazer aquilo. Em não pagam impostos Dia Nacional de
um pais onde as Delegacias de rou­ há dez anos
bos e furtos não conseguem resolver Diante de algumas medidas ar­
Missões
nem um terço dos casos registra­
dos, o que seria capaz de levar um
no Brasil bitrarias tomadas pelo Governo do
Estado e do Município do Rio de Ja­ O segundo domingo do
ladrão a devolver o produto de seu No próximo més, a Visão Mun­ neiro - Medidas estas que vêm afe­ més de agosto foi escolhi­
roubo? Página 17 dial - organização internacional tando várias igrejas evangélicas -, do como "Dia Nacional de
cristã evangélica, reconhecida estamos publicando alguns textos
como entidade de fins filantrópicos da Constituição Federal e de outras
Missões", ocasião em que
e considerada de Utilidade Pública leis que isentam os templos de pa­ serão realizadas nas igre­
VAMOS ORAR Federal - estará completando dez
anos de atividades públicas no Bra­
garem impostos. Cremos que o co­
nhecimento e a observância da le­
jas evangélicas programa­
ções especiais, durante ás
PELO BFMSIL sil. Entre os serviços que ela tem
prestado d comunidade, destaca-se
gislação tributária fazem-se extre­
mamente necessários no presente
momento de consolidação da Nova
escolas dominicais e cul­
tos. Página Z3
o socorro aos flagelados nordesti­
nos. Página 6 República. Página 6
2

Quando o
inimigo rouba
a semente Em um só Deus, eternamente subsistente em
Irês pessoas: o Pai. o Filho e o Espirito Santo. Dl
6 4; Ml 28.19: Mc 12.29. Na inspiração verbal da
Jesus, o Mestre dos mestres, ensinan­ Nemuel Kessler Bíblia Sagrada, única regra infalível de té norma­
do a uma grande multidão, proferiu a pa­ tiva para a vida e o caráter cristão, 2 Tm 3,14 -17
rábola conhecida como a do semeador: Os evangélicos e os cargos públicos No nascimento virginal de Jesus, em sua morte
vicâria e expiatória, em sua ressurreição corpo­
"Um semeador saiu a semear a sua se­
A ocupação de cargos públicos por pessoas evangélicas, que tenham las­ ral dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa
mente, e, quando semeava, caiu alguma aos céus. Is 7.14: Rm 8.34; At 1.9 Na pecami-
junto do caminho, e foi pisada, e as aves tro espiritual embasado na autenticidade cristã, é um dos meios pelos quais
nosldade do homem que o destituiu da glória de
do céu a comeram; e outra caiu sobre pe­ a Igreja pode exercer sua influência positiva entre a sociedade. Deus, e que somente o arrependimento e a lé na
dra, e, nascida, secou-se ^uís que não ti­ Como tem sido afirmado reiteradas vezes, este posicionamento não pres­ Obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é
nha umidade; e outra caiu em boa terra, supõe um alinhamento político-partidário. A Igreja está acima das institui­ que o pode restaurar a Deus, Rm 3.23; At 3,19
e, nascida, produziu fruto, cento por um... ções. Todavia, implica numa tomada de atitude consciente acerca das res­ Na necessidade absoluta do novo nascimento
A semente é a Palavra de Deus; e os que pela lé em Cristo e pelo poder atuante do Espíri­
ponsabilidades inerentes ao salvo como "sal da terra" e "luz do mundo" to Santo e da Palavra de Deus, para tornar o ho­
estão junto do caminho, estes são os que diante de situações complexas cujas respostas estão além da engenhosid .de mem digno do reino dos céus, Jo 3.3-8 No per­
ouvem; depois vem o diabo e tira-lhes do daqueles que exercem liderança comunitária. dão dos pecados, na salvação presente e perfei­
coração a Palavra, para que se não sal­
Esta ênfase deve ser ainda maior quando se verificam descalabros decor­ ta e na eterna justificação da alma recebidos
vem, crendo", Lc 8.5-8. gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efe­
A semente representa a Palavra de
rentes da falta de sensibilidade espiritual para gerir determinadas áreas do
tuado por Jesus Cristo em nosso favor, At 10.43
Deus, enquanto a terra simboliza os cora­ setor público' (prisões, por exemplo), onde a carência mais evidente não é Rm 10.13; 3.24-26; Hb 7.25; 5,9, No batismo
ções. Assim como "cada cabeça, uma sen­ tanto de ordem social, mas se relaciona, sobretudo, com as angústias do ho­ bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro
tença", da mesma forma, cada coração, mem interior. uma só vez em águas, em nome do Pai. do Filho
uma intenção. A semente cai na terra Como podem os parapsicólogos, envolvidos com o espiritismo, resolver e do Espírito Santo, conforme determinou o Se­
(que é o coração) esta, porém, é vítima nhor Jesus Cristo, Mt 28.19; Rm 6.1-6; Cl 2.12
os problemas da alma, se o próprio exercício da profissão é abominação con­ Na necessidade e na possibilidade que temos
dos (pensamentos) transeuntes, turistas e tra Deus? Em determinada igreja do Rio de Janeiro, uma parapsicóloga fi­ de viver vida santa mediante a Obra expiatória e
moradores e, conseqüentemente, de suas cou prostrada, por quatro horas, endemoninhada, não sendo capaz de ser le­ redentora de Jesus no Calvário, através do po­
contaminações. Cada coração é visitado e der regenerador, inspirador e santifícador do
vantada nem mesmo por um guindaste, tal era a sua força. Só a oração pôde
habitado por uma coisa diferente. Se a Espirito Santo, que nos capacita a viver como
pessoa que ouve o Evangelho de Cristo der libertá-la daquela possessão maligna. fiéis testemunhas do poder de Cristo, Hb 9.14; 1
ouvidos aos conselhos errados, terá a se- Recentemente, por ocasião do Seminário "Rio contra o crime", o pastor Pe 1.15,16. No batismo bíblico com o Espírito
rrsnte pisada, comida pelas aves, e tirada Isael Teixeira, convidado para abordar a problemática da família, como um Santo que nos é dado por Deus mediante a in-
Jj coração pelo diabo! Porque o diabo não dos conferencistas, viu-se impedido de tocar no assunto sob o ângulo religio­ tercessão de Cristo, com a evidência inicial de
quer que você seja salvo! Ele não quer que so. Dentre os temas apresentados para debate, foram discutidos principal­ falar em outras línguas, conforme a Sua vonta­
de. At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7. Na atualidade
você se arrependa! Ele não quer que você mente a ressocialização do indivíduo que está cumprindo pena carcerária e dos dons espirituais distribuídos pelo Espirito
se conserte com Deus! Ele quer que você o a valorização do ser como pessoa humana, através da terapia ocupacional Santo ã Igreia para sua edificação, conforme a
acompanhe para o inferno! dentro do sistema penitenciário. Concluído o ciclo de palestras, o Diretor do Sua soberana vontade,^ Co 12.1-12. Na segun­
O diabo procura tirar a Palavra de da vinda premílenial de Cristo, em duas fases
Departamento do Sistema Penitenciário do Rio de Janeiro (D ESI PE), Dr.
Deus dos corações através dos maus con­ distintas: Primeira - invisível ao mundo, para ar­
selhos entregues pelos maus conselheiros,
Avelino Gomes Moreira, reconheceu, com tristeza, que todas as propostas rebatar a Sua Igreja fiel da Terra, antes da gran­
seus escravos! Deus, porém, não o faz, até então debatidas tinham sido já experimentadas, mas sem nenhum efei­ de tribulação; segunda - visível e corporal, com
nem ordena ninguém a fazê-lo. O cristão to preventivo. Para ele, faltava alguma coisa que lhe era impossível expli­ Sua Igreja gloríficada, para reinar sobre o mun­
verdadeiro nunca comete uma falha dessa car. Esta declaração foi feita diante das cdmeras de televisão. do durante mil anos, 1 Ts 4 16,17; 1 Co 15.51-'
As palavras proferidas por aquela autoridade corroboram a tese ora de­ 54; Ap 20.4; Zc 14.5; Jd 14. Que todos os cris­
natureza. Mas, o inimigo de Deus e de
tãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo,
nossas almas, o destruidor da paz, o entra- fendida de que ps cargos públicos podem ser também proçnchido^ por pes­ para receber a recompensa dos seus feitos em
gador das famílias, o contaminador da so­ soas salvas, que tenham "alguma coisa a mais"para oferecer, desconhecida favor cia causa de Cristo na Terra, 2 Co 5.10, No
ciedade, quer ver a derrota de todos! até mesmo pelos melhores catedráticos. juízo vindouro que justificará os fiéis e condena­
Se você já ouviu o Evangelho de Cristo rá os infiéis. Ap 20.11-15. E na vida eterna de
Tal proposta não se constitui em vagas considerações teóricas, porque a
e até hoje ainda não se tornou um cristão gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tor-
fiel e verdadeiro, saiba que o diabo arre­
experiência já foi testada na prática. 0 Governador íris Resende, de Goiás, mento para os Infiéis, Ml 25.46,
batou a Palavra do teu coração! Destruiu ele próprio evangélico, convidou, ao assumir o cargo, o pastor Jorge Branco
seu nobre ideal de salvação! Acabou com Gouveia, da Assembléia de Deus, para ser o Diretor de Recuperação e Assis­
seu bom pensamento de fazer a vontade tência Médica, Disciplinar e Jurídica do Centro Penitenciário Agrícola do
de Deus! Ouça a Palavra, receba a boa se­
mente outra vez, e não deixe o adversário
roubá-la de sua vida.
Estado de Goiás (CEPAIGO).
A medida, na época muito criticada pelos opositores da administração 0
estadual, resultou em mudanças drásticas no regime interno penitenciário. MENSAGEIRO DA PAZ
Quem recebe a Palavra de Deus, rece­ Antes da chegada do pastor Gouveia, as notícias de motins eram a larmantes Õrgáo Oficial das Assembléias de
be uma preciosidade, recebe palavras de e sempre preocupavam as autoridades. Hoje, com a sua atuação, cplicando Deus no Brasil, destinado à
salvação, recebe conselhos para a vida
eterna! E o diabo não quer que ninguém
tratamento humano fundamentado nos princípios bíblicos, o sistama peni­ evangellzaçâo.
tenha essa preciosidade, essa salvação e tenciário goiano reflete outra realidade, sem revoltas ou qualquer outro ato ANO LV- N» 1179
essa vida eterna! Não, ele não quer! Ele de rebeldia. Recentemente, numa tentativa do pastor Gouveia desligar-se Julho de 1985
deseja que você continue no caminho lar­ do CEPAIGO, os presos exigiram, através de abaixo-assinado, sua perma­ Tiragem; 207.000 exemplares
go, no caminho da perdição, que conduz á nência, o que arrancou elogios de altas autoridades goianas. Número avulso: Cr$ 1.300
derrota espiritual, ao pecado e, conse­ Fica, pois, o exemplo para que os nossos governantes reflitam sobre o Editado pela Casa Publicadora das
qüentemente, ao inferno! Mas, vncê ami­ grande potencial que existe entre os evangélicos e que pode ser direcionado Assembléia de Deus
go, que ouve a doutrina de Cristo, não é
para o bem da coisa pública. J Presidente da Convenção Geral
obrigado a dar ouvidos aos conselhos de José Pimenteí de Carvalho
Satanás e continuar no pecndo! Não! Se Presidente do Conselho Administrativo
Jesus Cristo o libertar, você será verdadei­ Luiz Bezerra da Costa
ramente livre! Glória a Deus! Diretor Executivo
Ouça a Palavra do Senhor e retenha-a Custódio Rangel Pires
em sua vida e não deixe o diabo tirá-la do cabeludo e de unhas grandes durante sete não concorde com o diabo quando ele qui­ Diretor de Publicações
seu coração! Jesus semeou a Palavra em anos. Não repita Judas Iscariotes, que ser arrebalá-la do seu coração. Porque Nemuel Kessler
seu coração, não para ser tirada, mas para deixou o diabo entrar em sua vida e fazê- quando ele o faz, coloca imediatamente Superintendência
lo pecar contra Cristo, recebendo como re­ uma semente maligna e, daí para frente, a Eude Martins da Silva
germinar, crescer e dar fruto digno de ar­ Divisão de Jornalismo
rependimento. Não faça como Eva, que compensa o suicídio e a condenação Não mesma terra que produzia olivas e trigo,
Geremias do Couto
deixou o diabo arrancar-lhe os consolhos comet a o mesmo erro de Ananias e Safira, passa a produzir abrolhos e espinhos. Pre­ Redator
de Deus. Não se oriente pelo exemplo de que não conservaram a doutrina das após­ zado amigo, você está recebendo neste Miguel Vaz
Caim, que não preservou f. santidade. tolos e pecaram contra o Espirito Santo, momento a boa semente da Palavra de
Não imite os milhões do tempo de Noé, sei,do castigados com a morte instantâ­ Deus, o conselho da vida eterna, o manda­ Primeiro Diretor:

que não retiveram a pregação do homem nea! mento da salvação, e a diretriz da santi­ Gunnsr Vlngren, 1930-1832.
Quem rejeita os conselhos de Deus é dade! Redsçâo, Oficinas e Administração: Es­
de Deus. Não seja semelhante aos de So- trada Vicente de Carvalho 1083, CEP
doma e Gomorra, que não guardaram os porque aceita os do diabo. A terra mais Você está ouvindo o Evangelho de
21210, ou Caixa Postsl 331, CEP 20001,
bons ensinamentos do Criador. Não faça o desejável para os semeadores espirituais é Cristo, e pode ser uma boa terra que pro­ Rio de Janeiro, RJ. Telefones 381-4535,
que fizeram os milhares do deserto, que se exatamente o coração do homem. O fato duza bons frutos para o reino de Deus. 381-4336 e 381-1810. Toda correspon­
esqueceram das promessas do Senhor. de este não ter a boa semente da Palavra Aceite as palavras da Bíblia Sagrada, re­ dência para publicação deve ser remetida
Não seja como Miriã, irmã de Moisés, que decorre de estar ocupado com os conselhos ceba Jesus em seu coração e confesse-o é Hedaçio, no endereço acima. As cola­
dasobedeceu a Palavra de Deus. Nâo tome do inimigo. Quando não há lugar para a como Salvador de sua alma e Senhor de borações sâo de responsabilidade dos
o caminho de Saui, o primeiro rei de Is­ santidade, o pecado sempre prevalece. Se sua vida. Seja um fiel filho de Deus a par­ respectivos autores e nâo representam
rael, que se desviou da presença do Se­ não guarda a palavra da verdade, conser­ tir de agora, e não deixe o diabo tirar a Pa­ necessariamente a opinião deste {ornai. A
nhor. Nâo aja como Nabucodonosor, que va a palavra da mentira. Quando não pre­ lavra de Deus do seu coração. colocação do MENSAGEIRO DA PAZ nas
serva a doutrina verdadeira, é porque esta bancas está a cargo da Distribuidora Im-
nâo respeitou a mensagem entregue pelo rensa Uda. fju« d_o Resende 100. tal.
suhhl.il uid
Quando o
inimigo rouba
a semente axromw Em um só Deus. eternamente subsistente em
três pessoas: o Pai. o Filho e o Espirito Santo, Dl
6.4, Ml 28 19; Mc 12.29. Na inspiração verbal da
Jesus, o Mestre dos mestres, ensinan­ Nemuel Kessler Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé norma­
do a uma grande multidão, proferiu a pa­ tiva para a vida e o caráter cristão. 2 Tm 3 14-17.
rábola conhecida como a do semeador; Os evangélicos e os cargos públicos No nascimento virginal de Jesus, em sua morte
"Um semeador saiu a semear a sua se­ vicária e expiatória, em sua ressurreição corpo­
mente, e, quando semeava, caiu alguma A ocupação de cargos públicos por pessoas evangélicas, que tenham las­ ral dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa
junto do caminhg, e foi pisada, e as aves tro espiritual embasado na autenticidade cristã, é um dos meios pelos quais aos céus, Is 7 14; Rm 8 34; At 1,9. Na pecami-
a Igreja pode exercer sua influência positiva entre a sociedade. nosidade do homem que o destituiu da glória de
do céu a comeram; e outra caiu sobre pe­ Deus, e que somente o arrependimento e a fé na
dra, e, nascida, secou-se, pois que não ti­ Como tem sido afirmado reiteradas vezes, este posicionamento não pres­ Obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é
nha umidade; e outra caiu em boa terra, supõe um alinhamento político-partidário. A Igreja está acima das institui­ que o pele restaurar a Deus. Rm 3.23: At 3,19
e, nascida, produziu fruto, cento por um... ções. Todavia, implica numa tomada de atitude consciente acerca das res­ Na necessidade absoluta do novo nascimento
A semente é a Palavra de Deus; e os que ponsabilidades inerentes ao salvo como "sal da terra" e "luz do mundo" pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espiri­
estão junto do caminho, estes são os que to Santo e da Palavra de Deus, para tornar o ho­
diante de situações complexas cujas respostas estão além da engenhosidade mem digno do reino dos céus, Jo 3,3-8, No per­
ouvem; depois vem o diabo e tira-lhes do
daqueles que exercem liderança comunitária. dão dos pecados, na salvação presente e perfei­
coração a Palavra, para que se não sal­
vem, crendo", Lc 8.5-8. Esta ênfase deve ser ainda maior quando se verificam descalabros decor­ ta e na eterna justificação da alma recebidos
A semente representa a Palavra de rentes da falta de sensibilidade espiritual para gerir determinadas áreas do gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efe­
tuado por Jesus Cristo em nosso favor, At 10,43,
Deus, enquanto a terra simboliza os cora­ setor público (prisões, por exemplo), onde a carência mais evidente não é
Rm 10,13, 3.24-26; Hb 7,25; 5.9. No batismo
ções. Assim como "cada cabeça, uma sen­ tanto de ordem social, mas se relaciona, sobretudo, com as angústias do ho­ bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro
tença", da mesma forma, cada coração, mem interior. uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho
uma intenção. A semente cai na terra Como podem os parapsicólogos, envolvidos com o espiritismo, resolver e do Espirito Santo, conforme determinou o Se­
(que é o coração) esta, porém, é vitima os problemas da alma, se o próprio exercício da profissão é abominação con­ nhor Jesus Cristo, Ml 28.19; Rm 6.1-6; Cl 2,12,
dos (pensamentos) transeuntes, turistas e Na necessidade e na possibilidade que temos
tra Deus? Em determinada igreja do Rio de Janeiro, uma para psicóloga fi­ de viver vida santa mediante a Obra expiatória e
moradores e, conseqüentemente, de suas
cou prostrada, por quatro horas, endemoninhada, não sendo capaz de ser le­ redentora de Jesus no Calvário, através do po­
contaminações. Cada coração é visitado e
habitado por uma coisa diferente. Se a vantada nem mesmo por um guindaste, tal era a sua força. Só a oração pôde der regenerador, inspirador e santificador do
libertá-la daquela possessão maligna. Espirito Santo, que nos capacita a viver „jmo
pessoa que ouve o Evangelho de Cristo der fiéis testemunhas do poder de Cristo, Hb 9.14; 1
ouvidos aos conselhos errados, terá a se­ Recentemente, por ocasião do Seminário "Rio contra o crime", o pastor Pe 1.15,16. No batismo bíblico com o Espirito
mente pisada, comida pelas aves, e tirada Isael Teixeira, convidado para abordar a problemática da família, como um Santo que nos é dado por Deus me^.u.rlc a in-
do coração pelo diabo! Porque o diabo não dos conferencistas, viu-se impedido de tocar no assunto sob o ângulo religio­ tercessâo de Cristo, com a evidência inicial de
quer que você seja salvo! Ele não quer que so. Dentre os temas apresentados para debate, foram discutidos principal­ falar em outras línguas, conforme a Sua vonta­
você se arrependa! Ele não quer que você de. Al 1.5; 2.4; 10,44-46; 19.1-7. Na atualidade
mente a ressocialização do indivíduo que está cumprindo pena carcerária e dos dons espirituais distribuídos pelo Espirito
se conserte com Deus! Ele quer que você o a valorização do ser como pessoa humana, através da terapia ocupacional
acompanhe para o inferno! Santo á Igreja para sua edificação, conforme a
dentro do sistema penitenciário. Concluído o ciclo de palestras, o Diretor do Sua soberana vontade,.1 Co 12.1-12, Na segun­
O diabo procura tirar a Palavra de
Deus dos corações através dos maus con­ Departamento do Sistema Penitenciário do Rio de Janeiro (D ESI PE), Dr. da vinda premilenial de Cristo, em duas fases
Avelino Gomes Moreira, reconheceu, com tristeza, que todas as propostas distintas: Primeira - invisível ao mundo, para ar­
selhos entregues pelos maus conselheiros, rebatar a Sua Igreja fiel da Terra, antes da gran­
seus escravos! Deus, porém, não o faz, até então debatidas tinham sido já experimentadas, mas sem nenhum efei­ de tribulação; segunda - visível e corporal, com
nem ordena ninguém a fazê-lo. O cristão to preventivo. Para ele, faltava alguma coisa que lhe era impossível expli­ Sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mun­
verdadeiro nunca comete uma falha dessa car. Esta declaração foi feita diante das cámeras de televisão. do durante mil anos, 1 Ts 4,16,17; 1 Co 15,5'l-'
natureza. Mas, o inimigo de Deus e de As palavras proferidas por aquela autoridade corroboram a tese ora de­ 54; Ap 20.4; Zc 14.5; Jd 14, Que todos os cris­
tãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo,
nossa» almas, o deetruidor da paz, o estra- fendida de queiys cargos públicos podem ser também proçnchido^ por pes­
gador das famílias, o contaminador da so­ para receber a recompensa dos seus feitos em
soas salvas, que tenham "alguma coisa a mais"para oferecer, desconhecida favor da causa de Cristo na Terra, 2 Co 5.10. No
ciedade, quer ver a derrota de todos! até mesmo pelos melhores catedráticos. juízo vindouro que justificará os fiéis e condena­
Se você já ouviu o Evangelho de Cristo rá os infiéis, Ap 20.11-15. E na vida eterna de
e até hoje ainda não se tornou um cristão
Tal proposta não se constitui em vagas considerações teóricas, porque a
gozo o felicidade para os fiéis e de tristeza e tor-
fiel e verdadeiro, saiba que o diabo arre­ experiência já foi testada na prática. U Governador íris Resende, de Goiás,
mento para os infiéis, Mt 25.46,
batou a Palaviü do teu coração! Destruiu ele próprio evangélico, convidou, ao assumir o cargo, o pastor Jorge Branco
seu nobre ideal de salvação! Acabou com Gouveia, da Assem bléia de Deus, para ser o Diretor de Recuperação e Assis­
seu bom pensamento de fazer a vontade tência Médica, Disciplinar e Jurídica do Centro Penitenciário Agrícola do
de Deus! Ouça a Palavra, receba a boa se­
mente outra vez, e não deixe o adversário
roubá-la de sua vida.
Estado de Goiás (CEPAIGO).
A medida, na época muito criticada pelos opositores da administração
estadual, resultou em mudanças drásticas no regime interno penitenciário. CM3
0
Quem recebe a Palavra de Deus, rece­ MENSAGEIRO DA PAZ
Antes da chegada do pastor Gouveia, as notícias de motins eram alarmantes Õrgáo Oficial das Assembléias de
be uma preciosidade, recebe palavras de
e sempre preocupavam as autoridades. Hoje, com a sua atuação, aplicando Deus no Brasil, destinado à
salvação, recebe conselhos para a vida
eterna! E o diabo não quer que ninguém tratamento humano fundamentado nos princípios bíblicos, o sistema peni­ evangellzaçáo,
tenha essa preciosidade, essa salvação e tenciário goiano reflete outra realidade, sem revoltas ou qualquer outro ato ANO LV-N» 1179
essa vida eterna! Não, ele não quer! Ele de rebeldia. Recentemente, numa tentativa do pastor Gouveia desligar-se Julho de 1985
deseja que você continue no caminho lar­ do CEP j IGÜ , os presos exigiram, através de abaixo-assinado, sua perma­ Tiragem; 207.000 exemplares
go, no caminho da perdição, que conduz á nência, o que arrancou elogios de altas autoridades goianas. Número avulso: Cr$ 1.300
derrota espiritual, ao pecado e, conse­ Fica, pois, o exemplo para que os nossos governantes reflitam sobre o Editado pela Casa Publicadora das
qüentemente, ao inferno! Mas, você ami­ grande potencial que existe entre os evangélicos e que pode ser direcionado Assembléia de Deus
go, que ouve a doutrina de Cristo, não é para o bem da coisa pública. Presidente da Convenção Geral
obrigado a dar ouvidos aos conselhos de José Pimentel de Carvalho
Satanás e continuar no pecado! Não! Se Presidente do Conselho Administrativo
Jesus Cristo o libertar, você será verdadei­ Luiz Bezerra da Costa
ramente livre! Glória a Deus! Diretor Executivo
Ouça a Palavra do Senhor e retenha-a Custódio Rangel Pires
em sua vida e não deixe o diabo tirá-la do cabeludo e de unhas grandes durante sete não concorde com o diabo quando ele qui­ Diretor de Publicações
seu coração! Jesus semeou a Palavra em anos. Não repita Judas Iscariotes, que ser arrebatá-la do seu coração. Porque Nemuel Kessler
seu coração, não para ser tirada, mas para deixou o diabo entrar em sua vida e fazê- quando ele o faz, coloca imediatamente Superintendência
germinar, crescer e dar fruto digno de ar­ lo pecar contra Cristo, recebendocomo re­ uma semente maligna e, daí para frente, a Eude Martins da Silva
compensa o suicídio e a condenação. Não Divisão de Jornalismo
rependimento. Não faça como Eva, que mesma terra que produzia olivas e trigo,
cometa o mesmo erro de Ananias e Safira, Geremias do Couto
deixou o diabo arrancar-lhe os conselhos passa a produzir abrolhos e espinhos. Pre­
que não conservaram a doutrina dos após­ Redator
de Deus. Não se oriente pelo exemplo de zado amigo, você está recebendo neste Miguel Vaz
Caim, que não preservou a santidade. tolos e pecaram contra o Espírito Santo, momento a boa semente da Palavra de
Não imite os milhões do tempo de Noé, sendo castigados com a morte instantâ­ Deus, o conselho da vida eterna, o manda­ Primeiro Diretor;
que não retiveram a pregação do homem nea! mento da salvação, e a diretriz da santi­ Gunnsr Vlngren, 1930-1832,
de Deus. Não seja semelhante aos de So- Quem rejeita os conselhos de Deus é dade! Redação, Oficinas e Administração; Es­
porque aceita os do diabo. A terra mais trada Vicente de Carvalho 1083, CEP
doma e Gomorra, que não guardaram os Você está ouvindo o Evangelho de
desejável para os semeadores espirituais é 21210, ou Caixa Postal 331, CEP 20001,
bons ensinamentos do Criador, Não faça o Cristo, e pode ser uma boa terra que pro­ Rio de Janeiro, RJ, Telefones 391-4535,
que fizeram os milhares do deserto, que se exatamente o coração do homem. O fato duza bons frutos para o reino de Deus. 391-4336 e 391-1910. Toda correspon­
esqueceram das promessas do Senhor. de este não ter a boa semente da Palavra Aceite as palavras da Bíblia Sagrada, re­ dência para publicação deve ser remetida
Nflo seja como Miriã, irmã de Moisés, que decorre de estar ocupado com os conselhos ceba Jesus em seu coração e confesse-o * Redação, no endereço acima. Aa cola­
desobedeceu a Palavra de Deus. Não tome do inimigo. Quando não há lugar para a como Salvador de sua alma e Senhor de borações são de responsabilidade doa
o caminho de Saul, o primeiro rei de Is­ santidade, o pecado sempre prevalece. Se sua vida. Seja um fiel filho de Deus a par­ reapectlvoa autores e não representam
rael, que se desviou da presença do Se­ não guarda a palavra da verdade, conser­ tir de agora, e não deixe o diabo tirar a Pa­ necessariamente a opinião deste Jornsl, A
nhor. Não aja como Nabucodonosor, que va a palavra da mentira. Quando não pre­ lavra de Deus do seu coração. colocação do MENSAGEIRO DA PAZ nas
não respeitou a mensagem entregue pelo serva a doutrina verdadeira, é porque esta bancas estã a cargo da Distribuidora Im­
foi substituída pela falsa. prensa Uda. Rua do Resende 100, tel.
profeta Daniel, e, por causa disso, dormiu Raimundo Macedo Pinto (021) 222-4531, Rio de Janeiro, RJ.
no sereno, comeu capim com os bois, ficou Receba a Palavra de Deus, agora, e
mensageiro da paz n» 1179 — lulho de 1985

A Igreja de Jesus Cristo, primeira e única Flagrantes


A Igreja espiritual, como corpo do Se­
nhor Jesus Cristo, pela vontade e beneplá­
cito de Deus, existe desde a eternidade, Ef
Crtetâ - evangélica como outras existentes
tanto na Asia como na Europa.
A respeito da organização e posição
festação neste mundo como um só corpo.
Em qualquer lugar onde houvesse cristãos
reunidos, eles eram ali, juntos, a expres­
Mundiais
EXÉRCITO DA SALVAÇÃO DE ILU-
1.3-5. Entretanto, como grupamento hu­ das igrejas cristãs, ao início da expansão são viva da Assembléia Universal - "a NÓIS PROMOVE ENCONTRO JO­
mano, como edifício, surgiu no dia de do Cristianismo, A. Ladrierre, grande ser­ Igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da VEM - O Exército da Salvação promoverá
Pentecoste. No Antigo Testamento, não vo de Deus e autondade no assunto - em verdade". um Congresso de Mocidade em julho, no
encontramos a palavra: "Igreja". Há mui­ sua obra: "O caminho de Deus em tempos Seus inimigos, por desprezo, davam compus da Universidade Rural de Illinóis,
tos tipos, figuras e símbolos que falam da difíceis", páginas 5 e 6 -, diz o seguinte: nomes "pejorativos", tais como: os "naza­ nos Estados Unidos. Esnera-se cinco mil
Igreja, inclusive na sua eaplendorosa vitó­ "Em cumprimer.ii das promessas do Se­ renos", "seita", "o caminho", etc, At delegados de 85 países, onde a denomina­
ria. nhor, no dia de Pentecoste, o Espírito ção é representada. (/ tmontro, paralelo
24.5; 28.22; 9.2; 24.14.
A Igreja Romana se vangloria e se ao Ano Internacional da Juventude, ofere­
Santo veio sobre aqueles que estavam reu­ Havia, embora em diferentes lugares, cerá ampla variedade de seminários, dos
apresenta como sendo a "Primeira Igre­ nidos em Jerusalém - Atos 2.1-4 - e, desde uma única Assembléia Cristã - a As­ quais fardo parte preletores especializa­
ja", e "a mais antiga", "a mãe de todas as esse momento, a Assembléia da Igreja co­ sembléia de Deus, claramente distinta dos, dentre os quais o general Jarl Wahls-
igrejas". Mas quando lemos a Bíblia e, meçou a existir. Em lugar do templo. como corpo, de tudo que a rodeava, fos­ trom. (La Juventud Oistiens)
particularmente, o Novo Testamento, Deus teve sobre a Terra uma morada - o sem judeus, gentios, como o prova a se­
bem como a História do Cristianismo, ve­ Espírito - Ef 2.22 e desde então nunca guinte passagem: "Não vos tomeis causa LÍDERES RELIGIOSOS APONTAM
rificamos que a Igreja do Senhor não se mais teve outra." de tropeço nem para judeus nem para O MAIOR DESAFIO DO ANO-
chama "romana". Isso porque, no sentido Logo, a Assembléia que o Senhor Jesus gentios, nem tão pouco para a Igreja de Convidados a apontar os mais considerá­
etmológico, a palavra "igreja", originária Cristo prometeu construir, tinha começa­ Deus", 1 Co 10.32. veis desafios pessoais de suas congrega­
do grego, significa "Assembléia". do sua existência. Não em Roma, mas em ções e do mundo, neste ano, líderes religio­
Temos dado ênfase a expressão "As­
A Igreja Cristã - e não "romana", mas Jerusalém. Era cõmposta por todos aque­ sos americanos responderam com comen­
sembléia de Deus", como sendo o nome tários que variaram da pobreza mundial d
como Assembléia, nasceu em Jerusalém les que tinham crido no Senhor Jesus e ti­ pelo qual as comunidades cristãs eram co­ guerra nuclear até a salvação pessoal. O
no dia de Pentecoste, no ano 33, ou pouco nham sido batizados no Espírito Santo. nhecidas, no alvorecer do Cristianismo, jornal "Estados Unidos Hoje", conduziu a
mais. E durante os 37 anos seguintes até à Quando se verificou esse extraordinário porque é conveniente que nos lembremos entrevista com um grupo fechado de líde­
destruição da cidade no ano 70, Jerusalém acontecimento, os apóstolos, com Pedro á de que a palavra Ekklesia, no original, era res religiosos. Os resultados foram publi­
se destacou como centro de operações ou frente, começaram a pregar o Evangelho - usada para designar todas as comunida­ cados em dezembro de 1984. Joseph R.
sede do Cristianismo ("Qual o Caminho" e não rezar missa Atos 2.14. des cristãs, grandes ou pequenas, em to- Flower, secretário-geral das Assembléias
pág. 19, Luisa J. Walker.) Desde então, muitos crêem no Senhor s as cidades. No próprio Novo Testa- de Deus, assim se expressou: "O maior de­
Portanto, o primeiro centro de decisão Jesus, são salvos, batizados e acrescenta­ safio é apresentar Cristo em cada aspecto
r..-iito vemos que Ekklesia é um vermo ti­
e operações do Cristianismo foi Jerusa­ dos á Assembléia (Igreja), Atoa 2.47. Até que ele possa ser aceito individualmente e
rado do grego, significando sempre "As­ assim causar uma mudança na natureza
lém, e não Roma. àquela altura, a Igreja não tinha ultrapas­ sembléia Popular". Porém, como no Cris­ humana. Reconhecemos que há proble­
Quando alguém contesta, afirmando sado os limites de Jerusalém. Mas dentro tianismo, os membros das comunidades mas cruciantes, mas nós acreditamos que,
que outras igrejas surgiram antes da de em breve a obra iria estender-se a outras eram "santos", "fiéis", o termo deixou de enquanto nos envolvemos com pesquisas
Roma, os corifeus romanos retrucam que regiões. Dos judeus passou aos samarita- significar "Assembléia Popular" para ad­ de necessidade terrena, deixamos o mais
tais igrejas eram "católicas". Sim, eram nos e, logo a seguir, aos gentios. Atos 8.10. quirir o sentido mais puro e transcendente importante trabalho que é mostrar Cristo
católicas, mas não no sentido definido por E por toda a parte, onde almas são - "Assembléia de Deus". Isso, além da aos pecadores." (Pentecostal Evangel)
eles, porém no aspecto de que eram uni­ convertidas ao Senhor, congregam-se e "Universal Assembléia e igreja dos primo­
versais, como universal é o Evangelho, a formam Assembléias ou igrejas locais que, PROGRAMA DE REEDUCAÇÃO
gênitos, que estão inscritos nos céus", Hb
mensagem salvadora pregada por Jesus CRISTÃ PARA JOVENS EM GRANA­
no Novo Testamento, não recebem outras 12.23.
Cristo e seus apóstolos que lhe seguiram o DA - Um programa de reeducação cristã,
designações que sejam "as Igrejas de A Igreja - a "Assembléia de Deus" - destinado aos jovens, está em franca ativi­
exemplo. Deus" ou Igrejas de Cristo", com indica­ não mudou, apenas aqueles que no início dade em Granada. O pastor Anthony
Os argumentos jactanciosos da Igreja ção da cidade ou localidade onde se en­ creram no Senhor e foram salvos, aguar­ Grainger, supervisor da União de Pastores
Romana carecem de fundamento. contram. Assim, fala-se das igrejas da Ju- dam o soar da Trombeta e, nós, também, de San George e ministro pentecostal, dis­
Somente a partir do reinado do impe­ déia, de Samaria e da Galiléia (At 9.31); estamos aguardando o som da mesma se que as igrejas estão ensinando sistema­
rador Graciano, no ano 376, quando o da igreja da Antioquia, da Síria, da Cilí- Trombeta, a fim de que, juntoe, nos en- ticamente os fundamentos de fé em pro­
mesmo nomeou Dâmaao, então bispo de cia, da Asia e outras. E aqueles que for­ ccAtremos com o Senhor, noa ares, 1 Ts gramas rigorosos. "Nós temos também
Roma, é que os pastores de Roma passa­ mam essas Assembléias ou igrejas são os promovido a massiva rearticulação da Es­
4.13-16. cola Dominical, como base para que os jo­
ram a se auto-intitular sumo-pontífice. "santos", "os fiéis", "os discípulos", "os Que o Senhor guarde as "Assembléias
Grândes historiadores afirmam que nessa vens voltem a interessar-se pelo estudo da
irmãos", At 26.10; Ef 1.1; At 11.29. de Deus" no Brasil, não permitindo que a
época teve início, de fato, a organização e Bíblia. " Outro ministro pentecostal, Phi­
O Senhor Jesus Cristo disse: "Edifica- superorganização, nem Estatutos sempre lip Chase, disse: "Nós queremos que nos­
preponderância da Igreja de Roma sobre rei a minha Igreja" Portanto ela é una. lacunosos se sobreponham à orientação do sas crianças aprendam a conservar a sua
outras que não tiveram a proteção do im­ Todas as passagens demonstram a unida­ Espírito Santo. fé para o futuro e a permanecer sob as po­
perador, Antes dessa época, com poucas de da Igreja. Note-se que se trata de todas derosas mãos de Deus em meio às crises e
exceções, a Igreja de Roma era uma igreja elas, a Igreja sobre a Terra, de sua mani­ João Pereira de Andrade e Silva incertezas." (Pentecost)

MAIS DE 400 ASSEMBLÉIAS PEN-


TECOSTAIS NO CANADÁ - Nos próxi­
mos 10 anos haverá mais 400 Assembléias
Pentecostais no Canadá, segundo infor­
mou o superintendente geral dessas igre­
jas, James Mac Knight. O objetivo da or­
ganização é abrir 72 novos trabalhos nos
próximos dois anos. Numa recente pesqui­

A carta de Hans
sa realizada pelo Departamento de Ex­
pansão, foi constatado significativo cresci­
mento a partir de 1983. Relatórios recen­
tes indicam cerca de mil congregações no
Canadá e um corpo de membros estimado
em 154 mil arrolados, com 2.700 ministros
credenciados. (Pentecostal Testimony)

CONFERÊNCIAS ESPECIALIZADAS
PREPARAM CONGRESSO INTER­
Certa vez, um menino alemão em­ favor de arranjar para o meu pai algum carta. Todos sentiram grande desejo de NACIONAL - O Comitê Lausanne para a
barcou com sua família para viver na trabalho, a fira de podermos comprar ajudar a todos daquela família e en- Evangelização Mundial está programando
América. Não tendo seu pai encontra­ roupas quentes e alguma coisa para co­ uma série de conferências preparatórias
viar-lhea um pacote com roupas quen­ para o Congresso Internacional que deverá
do trabalho, começaram a sofrer necea- mer. Faze o favor de ouvir-me e escre­ tes, brinquedos para o Hans e, além de acontecer em 1989. Nesses pré-encontros
aidadea. Nesse apuro, o que fez o meni­ ver-me, prontamente, pois temos frio e kudo isso, um cheque em dólares. serão debatidos quatro pontos principais:
no? Escreveu uma carta para Jeaua! fome! Não menciono aqui o que desejo Ao ser enviado o pacote, a senhorita a evangelização dos centros urbanos, a
Maa alguém poderá dizer: Isso não que me mandes, pois espero alguma escreveu uma carta a Hans, dizendo evangelização dos judeus, a evangelização
adianta nada, porque Jesus está no surpresa. Do teu, que a sua correspondência havia sido dos muçulmanos e a formação de lideran­
céu, onde nenhuma carta poderá che­ Hans Brahm." recebida, tendo Jesus ordenado que ça jovens. Durante um período deste ano
gar. Jesus, porém, sabia o conteúdo da Dobrou a carta, colocou-a num pe­ um de seus servos que estavam na Ter­ uma série de pesquisas urbanas, sob a di­
carta e podia respondê-la. Foi o que queno envelope, e dirigiu-a a "A JE­ ra os ajudasse, e que ura pacote se reção do Dr. Roy Bakke, será realizado em
fez. SUS NO CÉU". oito cidades asiáticas. Nesse propósito es­
achava a caminho para eles.
A carta dizia assim: Sucedeu que, na agência do Correio tão incluídas cidades do Japão, Tailândia,
Não havia passado muito tempo, Filipinas, Indonésia, Singapura, Tailân­
"Querido Jesus: de Washington, onde chegou essa car­ , quando essa mesma moça recebeu uma dia e Austrália. A conferência internacio­
"Tenho te rogado, com muito insis­ ta, a moça que estava classificando e carta do pai de Hans, agradecendo-lhe nal do Comitê Lausanne sobre evangeliza­
tência, porém não sei se podes ouvir- carimbando a correspondência, vendo expressivamente pelo inesperado so­ ção de judeus deverá realizar-se em Israel,
me de tão longe. Assim, resolvi escre­ tão interessante correspondência e es­ corro. Pouco depois, tornou a escrever- de 18 a 28 de agosto de 1986. Trezentos de­
ver-te uma carta. Viemos por um ocea­ tranhando o seu destinatário, abriu-a lhe, notificando ter arranjado ura em­ legados deverão comparecer a esse encon­
no muito grande, no verão passado, e e, lendo-a, os seus olhos encheram-se prego. Assim, podemos ver como Jesus tro. A conferência sobre a evangelização
minha mamãe tem estado enferma, de lágrimas! aprovou e confirmou a fé de Hans. de muçulmanos, em 1987, reunirá 150
durante todo esse tempo. Podes man- "A fé deste menino não deve ser líderes ativos nessa área e a conferência
Como é bom confiar nele que nos reco­
dar-pie algo que alivie a nossa crítica destruída", pensou e, naquela mesma sobre liderança jovem atingirá um total de
menda: "PEDI E RECEBEREIS." 300 líderes, segundo se espera. (World
A Igreja de Jesus Cristo, primeira e única riaeranies
A Igreja espiritual, como corpo do Se­ Cristã - evangélica como outras existentes festação neste mundo como um só corpo. Aiuíidiaís
nhor Jesus Cristo, pela vontade e beneplá­ tanto na Asia como na Europa. Em qualquer lugar onde houvesse cristãos
cito de Deus, existe desde a eternidade, Ef A respeito da organização e posição reunidos, eles eram ali, juntos, a expres­ EXÉRCITO SAI VAÇÃO DE ILLI­
1.3-5. Entretanto, como grupamento hu­ das igrejas cristãs, ao inicio da expansão são viva da Assembléia Universal - "a NOIS PROMOVE ENCONTRO JO­
mano, como edifício, surgiu no dia de do Cristianismo, A. Ladrierre, grande ser­ Igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da VEM ' ü Exército da Salvação promoverá
Pentecoste. No Antigo Testamento, nâo vo de Deus e autoridade no assunto - em verdade". um Congresso de Mocidade em julho, no
encontramos a palavra: "Igreja". Há mui­ sua obra: "O caminho de Deus em tempos Seus inimigos, por desprezo, davam campus da Universidade Rural de Illinóis,
difíceis", páginas 5 e 6 diz o seguinte: nomes "pejorativos", tais como: os "naza­ nos Estados Unidos. Espera-se cinco mil
tos tipos, figuras e símbolos que falam da
delegados de 85 países, onde a denomina­
Igreja, inclusive na sua esplendorosa vitó­ "Em cumprimento das promessas do Se­ renos", "seita", "o caminho", etc, At ção é representada. O encontro, paralelo
ria. nhor, no dia de Pentecoste, o Espírito 24.5; 28.22; 9.2; 24.14. ao Ano Internacional da Juventude, ofere­
A Igreja Romana se vangloria e se Santo veio sobre aqueles que estavam reu­ Havia, embora em diferentes lugares, cerá ampla variedade de seminários, dos
apresenta como sendo a "Primeira Igre­ nidos em Jerusalém - Atos 2.1-4 - e, desde uma única Assembléia Cristã - a As­ quais fardo parte preletores especializa­
ja", e "a mais antiga", "a mãe de todas as esse momento, a Assembléia da Igreja co­ sembléia de Deus, claramente distinta dos, dentre os quais o general Jarl Wahls-
igrejas". Mas quando lemos a Bíblia e, meçou a existir. Em lugar do templo, como corpo, de tudo que a rodeava, fos­ trom. (La Juventud Cria ti ana)
particularmente, o Novo Testamento, Deus teve sobre a Terra uma morada - o sem judeus, gentios, como o prova a se­
bem como a História do Cristianismo, ve­ Espírito - Ef 2.22 e desde então nunca guinte passagem; "Nâo vos tomeis causa LÍDERES RELIGIOSOS APONTAM
rificamos que a Igreja do Senhor não se mais teve outra." de tropeço nem para judeus nem para O MAIOR DESAFIO DO ANO-
Logo, a Assembléia que o Senhor Jesus gentios, nem tão pouco para a Igreja de Convidados a apontar os mais considerá­
chama "romana". Isso porque, no sentido
veis desafios pessoais de suas congrega­
etmológico, a palavra "igreja", originária Cristo prometeu construir, tinha começa­ Deus", 1 Co 10.32.
ções e do mundo, neste ano, líderes religio­
do grego, significa "Assembléia". do sua existência. Não em Roma, mas em Temos dado ênfase a expressão "As­ sos americanos responderam com comen­
A Igreja Cristã - e nâo "romana", mas Jerusalém. Era cómposta por todos aque­ sembléia de Deus", como sendo o nome tários que variaram da pobreza mundial d
como Assembléia, nasceu em Jerusalém les que tinham crido no Senhor Jesus e ti pelo qual as comunidades cristãs eram co­ guerra nuclear até a salvação pessoal. O
no dia de Pentecoste, no ano 33, ou pouco nham sido batizados no Espírito Santo. nhecidas, no alvorecer do Cristianismo, jornal "Estados Unidos Hoje", conduziu a
mais. E durante os 37 anos seguintes até à Quando se verificou esse extraordinário porque é conveniente que nos lembremos entrevista com um grupo fechado de líde­
destruição da cidade no ano 70, Jerusalém acontecimento, os apóstolos, com Pedro á de que a palavra Ekklesia, no original, era res religiosos. Os resultados foram publi-
se destacou como centro de operações ou frente, começaram a pregar o Evangelho - usada para designar todas as comunida­ cados em dezembro de 1984. Joseph R
sede do Cristianismo ("Qual o Caminho" e nâo rezar missa -, Atos 2.14. des cristãs, grandes ou pequenas, em to­ Flower, secretário-geral das Assembléias
de Deus, assim se expressou: "O maior de­
pág. 19, Luisa J. Walker.) Desde então, muitos crêem no Senhor das as cidades. No próprio Novo Testa­
safio é apresentar Cristo em cada aspecto
Portanto, o primeiro centro de decisão Jesus, são salvos, batizados e acrescenta­ mento vemos que Ekklesia é um termo ti­ que ele possa ser aceito individualmente e
e operações do Cristianismo foi Jerusa­ dos à Assembléia (Igreja), Atos 2.47. Até rado do grego, significando sempre "As­ assim causar uma mudança na natureza
lém, e não Roma. àquela altura, a Igreja não tinha ultrapas­ sembléia Popular". Porém, como no Cris­ humana. Reconhecemos que há proble­
Quando alguém contesta, afirmando sado os limites de Jerusalém. Mas dentro tianismo, os membros das comunidades mas cru dantes, mas nós acreditamos que,
que outras igrejas surgiram antes da de em breve a obra iria estender-se a outras eram "santos", "fiéis", o termo deixou de enquanto nos envolvemos com pesquisas
Roma, os corifeus romanos retrucam que regiões. Dos judeus passou aos samarita- significar "Assembléia Popular" para ad­ de necessidade terrena, deixamos o mais
tais igrejas eram "católicas". Sim, eram nos e, logo a seguir, aos gentios. Atos 8.10. quirir o sentido mais puro e transcendente importante trabalho que é mostrar Cristo
católicas, mas não no sentido definido por E por toda a parte, onde almas são - "Assembléia de Deus". Isso, além da aos pecadores." (Pentecoslal Evangel)
eles, porém no aspecto de que eram uni­ convertidas ao Senhor, congregam-se e "Universal Assembléia e igreja dos primo­
PROGRAMA DS REEDUCAÇÃO
versais, como universal é o Evangelho, a formam Assembléias ou igrejas locais que, gênitos, que estão inscritos nos céus", Hb CRISTA PARA JOVENS EM GRANA­
mensagem salvadora pregada por Jesus no Novo Testamento, nâo recebem outras 12.23. DA - Um programa de reeducação cristã,
Cristo e seus apóstolos que lhe seguiram o designações que sejam "as Igrejas de A Igreja - a "Assembléia de Deus" - destinado aos jovens, está em franca ativi­
exemplo. Deus" ou "Igrejas de Cristo", com indica­ não mudou, apenas aqueles que no início dade em Granada. O pastor Anthony
Os argumentos jactanciosos da Igreja ção da cidade ou localidade onde se en­ creram no Senhor e foram salvos, aguar­ Grainger, supervisor da União de Pastores
Romana carecem de fundamento. contram. Assim, fala-se das igrejas da Ju- dam o soar da Trombeta e, nós, também, de San George e ministro pentecostal, dis­
Somente a partir do reinado do impe­ déia, de Samaria e da Galiléia (At 9.31); estamos aguardando o som da mesma se que as igrejas estão ensinando sistema­
rador Graciano, no ano 376, quando o da igreja da Antioquia, da Síria, da Cilí- Trombeta, a fim de que. juntoe, noB en­ ticamente os fundamentos de fé em pro­
gramas rigorosos. "Nós temos também
mesmo nomeou Dámaao, então bispo de cia, da Asia e outras. E aqueles que for­ contremos com o Senhor, nos ares, 1 Ts promovido a massiva rearticulaçdo da Es­
Roma, é que os pastores de Roma passa­ mam essas Assembléias ou igrejas são os 4.13-16. cola Dominical, como base para que os jo­
ram a se auto-intitular sumo-pontífice. "santos", "os fiéis", "os discípulos", "os Que o Senhor guarde as "Assembléias vens voltem a interessar-se pelo estudo da
Grândes historiadores afirmam que nessa irmãos", At 26.10; Ef 1.1; At 11.29. de Deus" no Brasil, não permitindo que a Bíblia." Outro ministro pentecostal, Phi­
época teve inicio, de fato, a organização e O Senhor Jesus Cristo disse: "Edifica- superorganização, nem Estatutos sempre lip Chase, disse: "Nós queremos que nos­
preponderância da Igreja de Roma sobre rci a minha Igreja" Portanto ela é una. lacunosos se sobreponham á orientação do sas crianças aprendam a conservar a sua
outras que não tiveram a proteção do im­ Todas as passagens demonstram a unida­ Espírito Santo. fé para o futuro e a permanecer sob as po­
perador. Antes dessa época, com poucas de da Igreja. Note-se que se trata de todas derosas mãos de Deus em meio às crises e
exceções, a Igreja de Roma era uma igreja elas, a Igreja sobre a Terra, de sua mani­ João Pereira de Andrade e Silva incertezas." (Pentecoet)

MAIS DE 400 ASSEMBLÉIAS PEN-


TECOSTAIS NO CANADÁ - Nos próxi­
mos 10 anos haverá mais 400 Assembléias
Pentecostais no Canadá, segundo infor­
mou o superintendente geral dessas igre­
jas, James Mac Knight. O objetivo da or­
ganização é abrir 72 novos trabalhos nos
próximos dois anos. Numa recente pesqui­
sa realizada pelo Departamento de Ex­

A carta de Hans pansão, foi constatado significativo cresci­


mento a partir de 198J. Relatórios recen­
tes indicam cerca de mil congregações no
Canadá e um corpo de membros estimado
em 154 mil arrolados, com 2.700 ministros
credenciados. (Pentecostal Teetimony)

CONFERÊNCIAS ESPECIALIZADAS
PREPARAM CONGRESSO INTER­
Certa vez, um menino alemão em­ favor de arranjar para o meu pai algum NACIONAL - O Comitê Lausanne para a
carta. Todos sentiram grande desejo de
Evangelização Mundial está programando
barcou com sua família para viver na trabalho, a fim de podermos comprar ajudar a todos daquela família e en- uma série de conferências preparatórias
América. Não tendo seu pai encontra­ roupas quentes e alguma coisa para co­ viar-lhes um pacote com roupas quer - para o Congresso Internacional que deverá
do trabalho, começaram a sofrer neces­ mer. Faze o favor de ouvir-me e escre­ tes, brinquedos para o Hans e, além de acontecer em 1989. Nesses pré-encontros
sidades. Nesse apuro, o que fez o meni­ ver-me, prontamente, pois temos frio e íudo isso, um cheque em dólares. serão debatidos quatro pontos principais;
no? Escreveu uma carta para Jesus! fome! Nâo menciono aqui o que desejo Ao ser enviado o pacote, a senhorita a evangelização dos centros urbanos, a
M<« alguém poderá dizer: Isso não que me mandes, pois espero alguma escreveu uma carta a Hans, dizendo evangelização dos judeus, a evangelização
adianta nada, porque Jesus está no surpresa. Do teu, que a sua correspondência havia sido dos muçulmanos e a formação de lideran­
céu, onde nenhuma carta poderá che­ Hans Brahm." recebida, tendo Jesus ordenado que ça jovens. Durante um período deste ano
gar. Jesi.o, porém, sabia o conteúdo da Dobrou a carta, colocou-a num pe­ uma série de pesquisas urbanas, sob a di­
um de seus servos que estavam na Ter­
queno envelope, e dirigiu-a a "A JE­ reção do Dr. Roy Bakke, será realizado em
carta e podia respondê-la. Foi o que ra os ajudasse, e que um pacote se
oito cidades asiáticas. Nesse propósito es­
fez. SUS NO CÉU". achava a caminho para eles. tão incluídas cidades do Japão, Tailândia,
A carta dizia assim: Sucedeu que, na agência do Correio Não havia passado muito tempo, Filipinas, Indonésia, Singapura, Tailân­
"Querido Jesus: de Washington, onde chegou essa car­ quando essa mesma moça recebeu uma dia e Austrália. A conferência internacio­
"Tenho te rogado, com muita insis­ ta, a moça que estava classificando e carta do pai de Hans, agradecendo-lhe nal do Comitê Lausanne sobre evangeliza­
tência, porém não sei se podes ouvir- carimbando a correspondência, vendo expressivamente pelo inesperado so­ ção de judeus deverá realizar-se em Israel,
me de tâo longe. Assim, resolvi escre- tâo interessante correspondência e es­ corro. Pouco depois, tomou a escrever- de 18 a 28 de agosto de 1986. Trezentos de­
ver-te uma carta. Viemos por um ocea­ tranhando o seu destinatário, abriu-a lhe, notificando ter arranjado um em­ legados deverão comparecer a esse encon­
no muito grande, no verão passado, e e, lendo-a, os seus olhos encheram-se prego. Assim, podemos ver como Jesus tro. A conferência sobre a evangelização
minha mamãe tem estado enferma, de lágrimas! de muçulmanos, em 1987, reunirá 150
aprovou e confirmou a fé de Hans.
líderes ativos nessa área e a conferência
durante todo esse tempo. Podes man­ "A fé deste menino nâo deve ser Como é bom confiar nele que nos reco­ sobre liderança jovem atingirá um total de
dar-me algo que alivie a nossa crítica deitruída", pensou e, naquela mesma menda: "PEDI E RECEBEREIS." 300 líderes, segundo se espera. (Worid
situação? E, querido Jesus, faze-me o tarde, falou a vários amigos acerca da Traduzido Evangelizstion)
Julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

NINIAGEIIIO DA PAI
PORCA VIVA NA EVANGELIZACÂO DO BRASIL

108.400 JORNAIS PARA 50 CLIENTES Palavra do leitor


Constituinte
BELÉM fPA). Pr. Firmino da Anunciação Gouveia 10.000 Chamou-me a atenção o editorial úf, MEN­
SALVADOR (BA), Pr. Rodrigo Santana 10 000 SAGEIRO DA PAZ n' 1177, de mair passado,
PROJETO "JESUS PARA TODOS". CUIABÁ (MT). Francisco F. Rodrigos. .. 10 000 que trata da representação evangélica na Cons­ Foi muito oportuno o tema desenvolvido no
SASEDEP, JOINVILLE (SC). Adelor F. Vieira 8.000 tituinte, Foi muito oportuno. Estamos, de fato, editorial do MENSAGEIRO DA PAZ n» 1177,
RECIFE (PE). Pr. José Leôncio da Silva 6 000 diante de uma grande responsabilidade e não de maio passado, pelo pastor Nemuel Kessler.
BELO HORIZONTE (MG), Pr. Oliverio Marciano 3.000 menor desafio, que clamam por uma decisão de Diretor de Publicações da CPAD, visto ser as­
BRÁS (SP), Pr. Jairo Fontes Ferreira 4.000 igual peso. Ou teremos a nossa parcela de par­ sunto de grande interesse nacional: A Consti­
ABREU E LIMA (PE), Pr. Isaac Martins Rodrigues 3.000 ticipação na administração do país. ou a perde­ tuinte.
SANTOS (SP), Pr. João Alves Correia 3.000 remos com conseqüentes prejuízos à obra de Esta é uma hora muito séria para todos os
TUCURUÍ (PA), Pr. Gutemberg Nova Alves 2.100 Deus. É um caso que requer mobilização rápida evangélicos do país. Além de orarmos com fer­
CAMPO GRANDE, Rio (RJ), Pr. Carlos Malaiaia 2.000 da nossa parte. E não se trata, como se escre­ vor. precisamos movimentar-nos, visto que
CUIABÁ (MT), Pr. Sebastião Rodrigues de Souza 2.000 veu. de envolvimento político-partidário. mas. com o poderio e influência da Igreja "oficial",
CURITIBA (PR), Pr. José P. de Carvalho 2.000 sim de uma oportunidade ímpar, rara mesmo: há o risco de que leis discriminatórias sejam in­
MATÁO (SP), Pr. Manoel Tiburtino : 2.000 pela primeira vez, na história do Brasil, deli­ cluídas na nova Constituição. Vale salientar
SANTA RITA (PB), Severino Ludovico Andrade 2,000 neia-se a chance de defendermos nossos legíti­ que assistimos, indefesos, no Governo anterior,
TERESINA (PI), Paulo Belisário de Carvalho 2.000 mos interesses evangélicos no centro das deci­ a criação de um feriado nacional para a "pa­
SÁO LUIS (MA), Pr. Estêvam Ângelo de Souza 1.700 sões do país! Imaginem como será benéfico ter­ droeira do Brasil' por influência da dita cuja.
CORUMBÁ (MS), Pr. Carlos Padilha de Siqueira 1.500 mos pessoas crentes, lavadas pelo sangue de Je­ É hora de os deputados e demais represen­
CUBATÁO (SP), Pr. Josias Almeida Silva 1.500 sus, legislando em favor de nossa causa e pelo tantes evangélicos mostrarem porque são polí­
PORTO ALEGRE (RS), Pr. Nils Taranger 1.500 progresso da pátria! O Evangelho se expandirá ticos e para que alcançaram posições na políti­
IPIRANGA (SP), Pr. Alfredo Reickdal 1.500 com mais facilidade por todo o país e atingirá o ca nacional.
JI-PARANÁ (RO), Severo Antonio Araújo 1.200 exterior com incentivos e facilidades ao envio É t rva de os líderes evangélicos se mobiliza­
SÁO JOSÉ DOS CAMPOS (SP), Pr. Hermes Mendes Barros 1.200 de missionários. rem ao lado de suas igrejas, pois nós. os evangé­
SANTO ANDRÉ (SP), Pr. Luiz de Almeida 1.150 Muitos irmãos que lêem estas linhas já sen­ licos, somos e representamos não pequena par­
MANAUS (AM), Instituto Bíblico das Assembléias de Deus 1.050 tiram na própria pele como é difícil sofrer as cela da população brasileira. Não podemos, por
ANANINDEUA (PA), Itamar C. do Nascimento 1.000 restrições (e por que não dizer, discrimina­ isso, ficar de braços cruzados observando as
ARIQUEMES (RO), Livraria Boas Novas, Serafim C. da Rocha 1.000 ções?) feitas por legisladores avessos á nossa coisas acontecerem.
BOA VISTA (RR), Pr. Fernando Granjeiro de Menezes 1.000 missão! Espíritas, católicos, ateus e outros ini­ Que nossos líderes, nossos políticos e nossos
BRASÍLIA (DF), Pr. Eliseu M. de Oliveira 1.000 migos da genuína fé cristã têm limitado nosso irmãos se conscientizem, com toda a igreja, e
CÁCERES (MT), Benedito da Silva 1,000 campo de ação! Têm nos feito "engolir" suas tomemos uma posição de fé, de reflexão e de
CACHOEIRO DO ÍTAPEMIRIM (ES), Pl^^.nberto Batista da Silva 1.000 "leis" absurdas, como no conhecido caso do 12 amor á nossa causa. Pastor Israel Alues Ferrei­
CAMPO GRANDE (MS), Pr. Eliseu Feitosa de Alencar 1.000 de outubro. Desvarios semelhantes têm-se re­ ra (Mata de São João, BA)
CRUZEIRO DO SUL (AC), Jonas Costa 1.000 petido constantemente: o fermento da "mu­
ERECHIM (RS), Pr. Valério Martins 1.000 lher" está por todo lado. Cruzaremos os braços
FORTALEZA (CE), Pr. Luiz Bezerra da Costa 1.000 diante de tanto mal?
FRANCA (SP), Pr. Edson de Oliveira 1.000 Temos nossa chance agora: "Permite-se que Sou leitor assíduo do jornal MENSAGEIRO
JUNDIAÍ (SP), Pr. Eliseu Queiroz de Souza 1.000 te defendas". At 26.1. Podemos e devemos le­ DA PAZ e gostaria de parabenizar o pastor Ne­
LEBLON, Rio (RJ), Pr. Nelson Pinto 1,000 var nossa influência benéfica às casas legislati­ muel Kessler pelo editorial intitulado "Os nos­
MARlLIA (SP), Pr. Joel Batista Valadares \ v 1.000 , vas. O nosso Deus, que tudo pode (ele é o Todo- sos representantes na Constituinte", publicado
MAUÁ, Vila Guarani (SP), Pr, Joaquim Marcélino da Silva 1.000 poderoso), não desconsidera a obra das nossas na edição de maio.
NOVA IGUAÇU (RJ).. Pr. Narbal Soares 1.000 mãos. pelo contrário, ele conta conosco; "Tirai Concordo com o ponto de vista do editoria­
NOVA LIMA (MG), Sérgio Eleotério Coelho 1,000 a pedra", foi a ordem de Jesus aos homens na lista. Se a constituição deve ser feita pelos di­
PARNAÍBA (PI), Felisberto T. Bastos 1,000 ocasião da ressurreição de Lázaro - Jesus não versos segmentos sociais, por que os evangéli­
PORTO VELHO (RO), Pr. Antonio Dionízio da Silva 1.000 retirou a pedra, ele deixou essa tarefa a cargo cos eximir-se-iam de participar? Se já forma­
RIO BRANCO (AC), Pr, José Rodfigues Muniz 1.000 dos que ali estavam presentes -, Jo 11.39. mos um grande e expressivo número de cida­
RIO DE JANEIRO, São Cristóvão. iJU). Pr, Túlio Barros Ferreira 1.000 Comecemos a orar no sentido de que o Se­ dãos. por que votarmos em homens ligados ao
SÁO BERNARDO DO CAMPO (SP), Pr, José Marques Sobrinho 1.000 nhor escolha os seus servos para que defendam espiritismo, catolicismo ou outra religião qual­
SÁO LOURENÇO DA MATA (PE), Nelson Carneiro 1.000 nossos direitos na Constituinte, atuando como quer, se existem condições de elegermos evan­
SÁO PALTLO, Perus (SP), Benjamim F. Rodrigues 1.000 nossos lídimos representantes nas decisões do gélicos?
SOROCABA (SP), Pr. Luiz Vicente 1,000 país (veja Fp 2.13). Jesus nos fez sal da Terra e Tenho 18 anos e. em breve, votarei pela pri­
luz do mundo. Nos fez cabeça e não cauda. meira vez. Espero dar o meu voto a pessoas que
Ora, sal é para temperar e luz para alumiar; ca­ conheçam a Palavra de Deus, pois sem ela é
beça para dirigir. Estamos procedendo assim?! impossível conduzir esta nação nos caminhos
Não imitemos o avestruz. Vamos orar e agir. do progresso. Itamar Silva de Oliveira (Recife,
"Por que clamas a mim Moisés?: dize aos filhos PES
de Israel que marchem!", Êx 14.15. José Luiz
Estrada Vicente de Carvalho, 1083 Melo (Jaboatào. PE)
_ Vicente de Carvalho
CMD Rio de Janeiro, RJ (CEP 21210) Quero cumprimentar o pastor Nemuel Ao ler o editorial do MENSAGEIRO DA
PAZ n' 1177, de maio, interessou-me a questão
Kessler. Diretor de Publicações da CPAD, pelo
editorial publicado no MENSAGEIRO DA da liberdade religiosa no Brasil. Precisamos
PAZ n,? 1177, de maio passado. eleger candidatos evangélicos. Creio que os
Ao expor seu ponto de vista sobre a questão, pastores devem instruir seus congregados a vo­
tar bem.
o autor tocou num ponto nevrálgico: os repre­
A CPAD ESTA MAIS PERTO DE QUEM MORA sentantes legítimos da classe evangélica no Acho-me satisfeito com a direção da CPAD
Parlamento, por saber, pelas evidências, que seus diretores e
NO INTERIOR DO ESTADO DO RIO E DO ESPÍRITO SANTO assistentes não estão "dormindo no ponto". Ê
Há de se meditar sobre isso! Será que no
AGORA EM NITERÓI seio de nossa congregação não existem pessoas de se lamentar que muitos pastores não leiam
este periódico.
A 100 METROS DA RODOVIÁRIA capazes de nos representar no Parlamento (Câ­
mara Municipal, Assembléia Legislativa e Outro assunto de que gostei muito foi a nota
PARA FACILITAR AS COMPRAS DE QUEM CHEGA DE ÔNIBUS Congresso Nacional)? Há, E não são poucos. sobre a posição do jornal quanto ao Rock - con­
Dessa feita, devemos dar prioridade aos trária por sinal -, publicada na edição de feve­
VOCÊ VAI GOSTAR membros da classe evangélica, pois, só assim, reiro, Augusto da Silva flçara, SC)
teremos representantes legítimos, autênticos
TUDO O QUE VOCE PRECISA NUM SÓ LUGAR em todos os níveis.
ENDEREÇO: RUA SALDANHA MARINHO, 94 TELEFONE: 722-0072 As conquistas do porvir, no campo institu­ GoUas
cional, dependem profundamente da participa­ Venho congratular-me com o jornal MEN-
ção efetiva dos evangélicos, posto que as mu­ SAGÈIRO DA PAZ pelo artigo publicado na
|A LOJA FAVORITA DOS EVANGÉLICOS VEJA COMO CHEGAR A LOJA danças reclamadas começam pelo Legislativo edição de maio, intitulado "Gigante Golits,,
(em todas as esferas: municipal, estadual e fe­ cego e débil mental?"
deral). Imensurável foi o meu júbilo ao ier c com­
Se o nosso povo não se mobilizar em tomo provar que o nosso MENSAGEIROencontra-se
da eleição de seus próprios representantes, a como verdadeiro sentinela, atento e vigilante, e
CENTRO história se repetirá; as aberrações - política, pronto a batalhar contia "o príncipe das potes-
administrativa, social, econômica, jurídica, lades do ar, o espirito que agora opera nos fi­
institucional... - continuarão. lhos da desobediência", Ef 2.2. Como sabemos,
Parabenizamos o nobre editorialista, cujo "Satanás é o pai da mentira e não perde tem­
nome citamos nas linhas pretéritas, pelas colo­ po", como tão bem dissertou o articulista.
cações relevantes que fez. as quais nos condu­ Que o nosso "arauto" conserve-se a insistir,
zem a profunda reflexão analítica. a persistir, sem jamais desistir deste ideal; aba­
Outrossim. possamos encarar com mais zelo ter (para defender) as infames rajadas mali|
MENUOEIIIO DA PAZ
PORCA VIVA NA EVANGELIZACÃO DO BRASIL

108.400 JORNAIS PARA 50 CLIENTES PalcNra do leitor


Constituinte
BELÉM (PA), Pr. Firmino da Anunciação Gouveia 10.000 Chamou-me a atenção o editorial do MEN­
SALVADOR (BA), Pr. Rodrigo Santana 10.000 SAGEIRO DA PAZ n v Í177, de maio passado,
PROJETO "JESUS PARA TODOS", CUIABÁ (MT), Francisco F. Rodrigos 10.000 que trata da representação evangélica na Cons­ Foi muito oportuno o tema desenvolvido no
SASEDEP, JOINVILLE (SC), Adeior F. Vieira 8.000 tituinte. Foi muito oportuno. Estamos, de fato, editorial do MENSAGEIRO LA PAZ n 9 1177,
RECIFE (PE), Pr. José Leôncio da Silva 6.000 diante de uma grande responsabilidade e nâo de maio passado, pelo pastor Nemuel Kessler,
BELO HORIZONTE (MG), Pr. OUverio Marciano 3.000 menor desafio, que clamam por uma decisão de Diretor de Publicações da CPAD, visto ser as­
BRAS (SP), Pr. Jairo Fontes Ferreira.. 4.000 igual peso. Ou teremos a nossa parcela de par­ sunto de grande interesse nacional: A Consti­
ABREU E LIMA (PE), Pr. Isaac Martins Rodrigues 3.000 ticipação na administração do país, ou a perde­ tuinte.
SANTOS (SP), Pr. João Alves Correia 3.000 remos com conseqüentes prejuízos à obra de Esta é uma hora muito séria para todos os
TUCURUl (PA), Pr. Gutemberg Nova Alves 2.100 Deus. É um caso que requer mobilização rápida evangélicos do país. Além de orarmos com fer­
CAMPO GRANDE, Rio (RJ), Pr. Carlos Malafaia 2.000 da nossa parte. E nâo se trata, como se escre­ vor, precisamos movimentar-nos, visto que
CUIABÁ (MT), Pr. Sebastião Rodrigues de Souza 2.000 veu, de envolvimento político-partidário, mas, com o poderio e influência da Igreja "oficial",
CURITIBA (PR), Pr. José P. de Carvalho 2.000 sim de uma oportunidade ímpar, rara mesmo: há o risco de que leis discriminatórias sejam in­
MATAO (SP), Pr. Ma.ioel Tiburtino ; 2.000 pela primeira vez, na história do Brasil, deli- cluídas na nova Constituição. Vale salientar
SANTA RITA (PB), Severino Ludovico Andrade 2.000 neia-se a chance de defendermos nossos legíti­ que assistimos, indefesos, no Governo anterior,
TERESINA (PI), Paulo Belisário de Carvalho 2.000 mos interesses evangélicos no centro das deci­ a criação de um feriado nacional para a "pa­
SAO LUIS (MA), Pr. Estêvam Ângelo de Souza 1.700 sões do país! Imaginem como será benéfico ter­ droeira do Brasil' por influência da dita cuja.
CORUMBÁ (MS), Pr. Carlos Padilha de Siqueira 1.500 mos pessoas crentes, lavadas pelo sangue de Je­ È hora de os deputados e demais represen­
CUBATÁO (SP), Pr. Josias Almeida Silva 1.600 sus, legislando em favor de nossa causa e pelo tantes evangélicos mostrarem porque são polí­
PORTO ALEGRE (RS), Pr. Nils Taranger 1.500 progresso da pátria! O Evangelho se expandirá ticos e para que alcançaram posições na políti­
IPIRANGA (SP), Pr. Alfredo Reickdal 1.500 com mais facilidade por todo o país e atingirá o ca nacional.
JI-PARANÁ (RO), Severo Antonio Araújo 1.200 exterior com incentivos e facilidades ao envio Ê hora de os líderes evangélicos se mobiliza­
SÁO JOSÉ DOS CAMPOS (SP), Pr. Hermes Mendes Barros 1.200 de missionários. rem ao lado de suas igrejas, pois nós, os evangé­
SANTO ANDRÉ (SP), Pr. Luiz de Almeida 1.150 Muitos irmãos que lêem estas linhas já sen­ licos, somos e representamos não pequena par­
MANAUS (AM), Instituto Biblico das Assembléias de Deus 1.050 tiram na própria pele como é difícil sofrer as cela da população brasileira. Nâo podemos, por
ANANINDEUA (PA), Itamar C. do Nascimcn J 1.000 restrições (e por que não dizer, discrimina­ isso, ficar de braços cruzados observando as
ARIQUEMES (RO), Livraria Boas Novas, Serafim C. da Rocha 1.000 ções?) feitas por legisladores avessos à nossa coisas acontecerem.
missão! Espíritas, católicos, ateus e outros ini­ Que nossos líderes, nossos políticos e nossos
BOA VISTA (RR), Pr. Fernando Granjeiro de Menezes 1.000
migos da genuína fe cristã têm limitado nosso irmãos se conscientizem, com toda a igreja, e
BRASÍLIA (DF), Pr. Eliseu M. de Oliveira 1.000
campo de ação! Têm-nos feito "engolir" suas tomemos uma posição de fé, de reflexão e de
CÁCERES (MT), Benedito da Silva 1.000
"leis" absurdas, como no conhecido caso do 12 amor à nossa causa. Pastor Israel Alves Ferrei­
CACHOEIRO DO ITAPEMIR1M (ES), Pr. Umberto Batista da Silva 1.000 ra (Mata de São João, BA)
CAMPO GRANDE (MS), Pr. Eliseu Feitosa de Alencar 1.000 de outubro. Desvarios semelhantes têm-se re­
CRUZEIRO DO SUL (AC), Jonas Costa 1.000 petido constantemente: o fermento da "mu­
ERECH1M (RS), Pr. Valério Martins 1.000 lher" está por todo lado. Cruzaremos os braços
FORTALEZA (CE), Pr. Luiz Bezerra da Costa 1.000 diante de tanto mal?
FRANCA (SP), Pr. Edson de Oliveira 1.000 Temos nossa chance agora: "Permite-seque Sou leitor assíduo do jornal MENSAGEIRO
JUNDIAl (SP), Pr. Eliseu Queiroz de Souza 1.000 te defendas", At 26.1. Podemos e devemos le­ DA PAZ e gostaria de parabenizar o pastor Ne­
LEBLON, Rio (RJ), Pr. Nelson Pinto 1.000 var nossa influência benéfica às casas legislati­ muel Kessler pelo editorial intitulado "Os nos­
MARlLIA (SP), Pr. Joel Batista Valadares .% 1.000 t
vas. O nosso Deus, que tudo pode (ele é o Todo- sos representa.ites na Constituinte", pubi.^ado
MAUA, Vila Guarani (SP), Pr. Joaquim Marcèlino da Silva 1.000
poderoso), nâo desconsidera a obra das nossas na edição de maio.
màos, pelo contrário, ele conta conosco: "Tirai Concordo com o ponto de vista do edito ia-
NOVA IGUAÇU (RJ), Pr. Narbal Soares 1.000 a pedra", foi a ordem de Jesus aos homens na lista. Se a constituição deve ser feita pelos di­
NOVA UMA (MG), Sérgio Eleotério Coelho 1.000
ocasião da ressurreição de Lázaro - Jesus não versos segmentos sociais, por que os evangéh
PARNAlBA (PI). Felisberto T. Bastos 1.000
retirou a pedra, ele deixou essa tarefa a cargo cos eximir-se-iam de participar? Se já forma­
PORTO VELHÓ (RO), Pr. Antonio Dionizio da Silva 1.000
dos que ali estavam presentes -, Jo 11.39. mos um grande e expressivo número de cida­
RIO BRANCO (AC), Pr. José Rodrigues Muniz 1.000 dãos, por que votarmos em homens ligados ao
Comecemos a orar no sentido de que o Se­
RIO DE JANEIRO, São Cristóvão, (RJ), Pr. Túlio Barros Ferreira 1.000 espiritismo, catolicismo ou outra religião qual­
nhor escolha os seus servos para que defendam
SÁO BERNARDO DO CAMPO (SP), Pr. José Marques Sobrinho 1.000 quer, se existem condições de elegermos evan­
nossos direitos na Constituinte, atuando como
SÁO LOURENÇO DA MATA (PE), Nelson Carneiro 1.000
nossos lídimos representantes nas decisões do gélicos?
SÂO PAULO, Perus (SP), Benjamim F. Rodrigues 1.000 Tenho 18 anos e, cm breve, votarei pela pri­
país (veja Fp 2.13). Jesus nos fez sal da Terra e
SOROCABA (SP), Pr. Luiz Vicente 1.000 luz do mundo. Nos fez cabeça e não cauda. meira vez. Espero dar o meu voto a pessoas que
Ora. sal é para temperar e luz para alumiar; ca­ conheçam a Palavra de Deus, pois sem ela é
beça para dirigir. Estamos procedendo assim?! impossível conduzir esta nação nos caminhos
Não imitemos o avestruz. Vamos orar e agir. do progresso. Itamar Silva de Oliveira (Recife,
"Por que clamas a mim Moisés?: dize aos filhos PE)
de Israel que marchem!", Êx 14.16. José Luiz
Estrada Vicente de Carvalho, 1083 Melo (Ja boatão, PE)
Vicente de Carvalho Ao ler o editorial do MENSAGEIRO DA
CBO Rio de Janeiro, RJ (CEP 21210) Quero cumprimentar o pastor Nemuel
Kessler, Diretor de Publicações da CPAD, pelo
PAZ n» 1177, de maio, interessou-me a questão
da liberdade religiosa no Brasil. Precisamos
editorial publicado no MENSAGEIRO DA eleger candidatos evangélicos. Creio que os
PAZ n 9 1177, de maio passado. pastores devem instruir seus congregados a vo­
Ao expor seu ponto de vista sobre a questão, tar bem.
o autor tocou num ponto nevrálgico: os repre­ Acho-me satisfeito com a direção da CPAD
A CPAD ESTÁ MAIS PERTO DE QUEM MORA sentantes legítimos da classe evangélica no por saber, pelas evidências, que seus diretores e
Parlamento. assistentes não estão "dormindo no ponto". Ê
NO INTERIOR DO ESTADO DO RIO E DO ESPÍRITO SANTO Há de se meditar sobre isso! Será que no de se lamentar que muitos pastores não leiam
AGORA EM NITERÓI seio de nossa congregação não existem pessoas este periódico.
capazes de nos representar no Parlamento (Câ­ Outro assunto de que gostei muito foi a nota
A 100 METROS DA RODOVIÁRIA mara Municipal, Assembléia Legislativa e sobre a posição do jornal quanto ao Rock - con­
PARA FACILITAR AS COMPRAS DE QUEM CHEGA DE ÔNIBUS Congresso Nacional)? Há. E não são poucos. trária por sinal publicada na edição de feve­
Dessa feita, devemorj dar prioridade aos reiro. Augusto da Silva (Içara, SC)
VOCÊ VAI GOSTAR membros da classe evangélica, pois, só assim,
teremos representantes legítimos, autênticos
TUDO O QUE VOCÊ PRECISA NUM SÓ LUGAR em todos os níveis.
As conquistas do porvir, no campo institu­ Gollas
ENDEREÇO; RUA SALDANHA MARINHO, 94 TELEFONE: 722-0072 cional. dependem profundamente da participa­ Venho congratular-me com o jornal MEN-
ção efetiva dos evangélicos, posto que as mu­ SAGÊIRO DA PAZ pelo artigo publicado na
VEJA COMO CHEGAR A LOJA danças reclamadas começam pelo Legislativo edição de maio, intitulado "Gigante Golias,
(em todas as esferas: municipal, estadual e fe­ cego e débil mental?"
derai). Imensurável foi o meu júbilo ao ler e com­
Se o nosso povo nâo se mobilizar em tomo provar que o nosso MENSAGEIRO encontra-se
da eleição de seus próprios representantes, a como verdadeiro sentinela, atento e vigilante, e
CENTRO história se repetirá; as aberrações - política, pronto a batalhar contra "o príncipe das potes-
administrativa, social, econômica, jurídica, tades do ar, o espírito que agora opera nos fi­
institucional... - continuarão. lhos da desobediência", Ef 2.2. Como sabemos,
Parabenizamos o nobre editorialista, cujo "Satanás é o pai da mentira e não perde tem­
nome citamos nas linhas pretéritas, pelas colo­ po", como tão bem dissertou o articulista.
cações relevantes que fez, as quais nos condu­ Que o nosso "arauto" conserve-se a insistir,
zem a profunda reflexão analítica. a persistir, sem jamais desistir deste ideal: aba­
Outrossim, possamos encarar com mais zelo ter (para defender) as infames rajadas malig­
esta importante questão: "Os nossos represen­ nas que ininterruptamente são arremessadas
tantes na Constituinte." Vereador Siluio Mar­ contra a Palavra de Deus. Daniel Pereira de M.
ques í(t Araújo (Santa Helena de Goiás, GO) Borges (Santa Cruz, RN)
mensageiro da paz n» 1179 — Julho de 1985 5

CAPED pela primeira vez no Belenzinho

A
Centenas «e irmãos participaram do CAPED realizado ria AD no Belenzinho Pastor José Wellington Bezerra da Cos­
ta, tendo a sua direita o professor Anto­
A AD do Ministério do Belém, locali­ o irmão José Wellington manifestou o de­ nio Gilberto, coordenador geral do CA­
zada na capital paulista, hospedou o CA­ sejo de realizar mais um CAPED em ja­ PED, e á esquerda irmã Wanda Freire
PED, cuja coordenadoria geral está a car­ neiro de 1986.
da Costa
go do pastor e professor Antonio Gilberto. A reunião contou, ainda, com a pre­
Os trabalhos foram abertos com um culto sença do irmão Bruce C. Armstrong, pre­
solene que contou com a participação do sidente do Imperial Group Ltda, e
corpo discente e docente do curso, além de membro da Assembléia de Deus na Geór­
outros irmãos. gia, EUA; pastor David Harrison, presi­
Ao proceder a abertura, o presidente dente do Instituto de Correspondência In­
do Ministério do Belém, pastor José ternacional; pastor Richard Hoover, dire­
Wellington Bezerra da Costa, manifestou tor de Relações Públicas do Instituto de
o seu contentamento por sua igreja estar Correspondência Internacional do Brasil;
hospedando o CAPED. Reafirmou, em se­ pastor Jefferson Taveira, da AD em Para­
guida, seu apoio à Casa Publicadora por ti, RJ, e o irmão Francisco Santos, diretor
mais esta iniciativa. Na oportunidade, fa­ de Marketing da Casa Publicadora das
laram os pastores Gilberto Malafaia e An­ Assembléias de Deus no Brasil.
tonio Gilberto, que agradeceu o irmão Jo­ Cooperadores do CAPED
sé Wellington por ter aberto as portas da Dentre os que cooperaram com o CA­
AD no Belenzinho para aquela realização. PED, destacam-se o evangelista Lelis
O que é o CAPED Washington Marinho, chefe da Coordena­
0 CAPED é um curso de preparação ção; pastor Paulo Freire da Costa, secre­
de professores de Escola Dominical de tário da Coordenação; pastor José de Oli­
curta duração, destinado aos que ae inte­ veira. chefe da Secretaria; José Siqueira, Pelos seu» relevantes serviços em prol
ressam pelo ensino da Palavra de Deus. O chefe da Equipe de Avaliação; evangelista do ensino, o professor Antonio Gilberto
curso é financiado e está sob a jurisdição Joel Freire da Costa, responsável pela é homenageado com uma placa de prata
do Conselho Administrativo da CPAD. Equipe Técnica de Som, e José Carlos pelo pastor José Wellington
• Diviile-se o CAPED em cinco unida­ Chimirre e irmã Rosana, auxiliares dire­
des, com o seguinte currículo: Bibliologia, tos do professor Antonio Gilberto. Professora Helena Figueiredo com uma das
Teologia Sistemática, Escola Dominical, As matérias foram ministradas pelos alunas do CAPED
Pedagogia e Psicologia Educacional. seguintes professores: Helena Figueiredo,
Sobre o propósito do curso, vale lembrar Albertina Malafaia, Antonio Figueiredo,
estas palavras do professor João Pereira
de Andrade e Silva: "O CAPED é uma
Antonio Dionízio, Gilberto Malafaia, An­
tonio Gilberto e Roberto Inácio. Decretado
iniciativa altamente auspiciosa para
aqueles que se interessam pelo amadure­
cimento intelectual do nosso povo. O cur­
Repercussões
O CAPED realizado no Belenzinho re­
percutiu entre os participantes. Disse o
Dia da Assembléia de Deus"
so não será um simples guia do estudante: pastor norte-americano, Jimmy Swilley: Sob inspiração do Deputado Edésio sentação. A Casa Publicadora das As­
nele sáo debatidos problemas e apresenta­ "Achamos o CAPED excelente. Estamos Frias, autor da propositurn n" 880/82, e sembléias de Deus esteve representada
das matérias de real transcedência, mes­ impressionados e orgulhosos pelo trabalho séu assessor, pastor Otoni de Paula, foi pelo jornalista Miguel Vaz, no impedi­
mo para abalizados professores de Escola que Deus está fazendo aqui no Brasil. Nos realizado em 30 de abril, no Palácio Tira- mento do pastor Nemuel Kessler, diretor
Dominical." Estados Unidos, também, há um trabalho dentes, no Rio de Janeiro, a comemoração de Publicações.
Encerramento semelhante ao CAPED." do "Dia das Assembléias de Deus no Rio Na oi jsião foi entregue ao pastor Moi­
O culto em ação de graças pelo encer­ A irmã Wanda Freire da Costa, super­ de Janeiro", oriundo do projeto aprovado sés Soares da Fonseca, uma placa come­
ramento do CAPED teve uma freqüência visora geral dos Círculos de Oração na pela Assembléia Legislativa em 30 de ju­ morativa, em nome de todos os deputa­
bem acentuada. Vários pregadores fala­ Grande São Paulo, afirmou: "0 CAPED nho de 1982, sob o n' 792/84 e sancionado dos, com um dos lideres mais antigos do
ram na ocasião, entre os quais o evangelis­ foi uma bênção para todos os participan­ pelo Governador do Estado em 19 de ou­ ministério das Assembléias de Deus.
ta Ozias Gomes de Oliveira e o pastor tes. Eu, particularmente, fui muito bene­ tubro de 1984, que insere aquela data (30 Falando ã nossa reportagem, o Depu­
Jimmy R. Swilley, da AD em Atlanta, ficiada pelo que aprendi. O corpo docente de abril) no calendário de eventos do Es­ tado Edésio Frias disse que no próximo
Geórgia, EUA, e presidente da Associação é muito capaz e as aulas foram ministra­ tado, ano as comemorações deverão ser realiza­
dos Ministros Evangélicos, que representa das com muita unção do Espírito Santo. O Deputado Edésio Frias posicionou- das numa igreja evangélica, com a presen­
23 denominações evangélicas norte- O CAPED realizado no Belenzinho foi um se neste procedimento devido ao que de­ ça do maior número de deputados que se
americanas. Disse o irmão Swilley: "Tra­ êxito total." nominou "incontestes méritos da As­ puder reunir. Disse ainda que a As­
go uma saudação do Conselho Geral das Acerca dos muitos depoimentos pres­ sembléia de Deus no Estado do Rio de Ja­ sembléia de Deus está representada em
Assembléias de Deus nos Estados Unidos, tados, comprovando a eficiência do curso, neiro", Entre muitos outros projetos apro­ cada membro no trabalho revolucionário
do qual faço parte. Para nós, é um prazer afiançou o pastor Antonio Gilberto: "os vados e em vias de aprovação, o parla­ da pregação do Evangelho e endereçou ás
imenso presenciar o que Deus está fazen testemunhos por escrito e falado atentam mentar é autor do que gerou a lei 810/84, igrejas um pedido de que "continuem de
do no Brasil." melhor do que tudo, que o resultado do autorizando o ingresso a qualquer hora de joelhos pelo povo brasileiro".
Finalmente, falaram os pastores Anto­ CAPED foi positivo, por atingir seus obje­ pastores evangélicos nos hospitais da rede E o seguinte o texto da lei n" 792,
nio Gilberto e José Wellington Bezerra da tivos. O CAPED foi marcado pela espiri­ do Estado. publicada no Diário Oficial de 23/10/84:
Costa. Agradecendo a equipe capedeana, tualidade." Realizada às 15 horas, a solenidade O Governador do Estado do Rio de Ja­
contou com a presença de vários Obreiros neiro
da Assembléia de Deus e outras denomi­ "Faço saber que a Assembléia legisla­
nações, entre pastores, evangelistas, tiva decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art, 1 Fica criado o Dia das Igrejas
ALGUÉM JA LHE EXPLICOU presbíteros, diáconos e também de inte­
lectuais que foram alvo de homenagens Evangélicas Assembléias de Deus no Rio
de Janeiro, a ser comemorado anualmente
A BÍBLIA TODA? prestadas pelos parlamentares. Compare­
ceram, entre outros, os pastores Moisés no dia 30 de abril.

AGORA ISTO Soares, Luiz Vieira. Augustinho Valério,


Edilson Lobo, o cantor e professor de Vio­
lão Adelino Moreira, que representou o
Art, 2 Esta Lei entrará em vigor na
data de sua publicação, revogadas as di>
posições em contrário.
FICOU MAIS FÁCIL Deputado Gutemberg Chaves, impedido Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1984,
CAPED pela primeira vez no Belenzinho

-
n kV
Centenas de irmãos participaram do CAPED realizado ria AD no Belenzinho
Pastor José Wollington Bezerra da Cos­
A AD do Ministério do Belém, locali­ ta, tendo a sua direita o professor Anto­
o irmão José Wellington manifestou o de­ nio Gilberto, coordenador geral do CA­
zada na capital paulista, hospedou o CA­ sejo de realizar mais um CAPED em ja­
PED, cuja coordenadoria geral está a car­ PED, e à esquerda irmã Wanda Freire
neiro de 1986. da Costa
go do pastor e professor Antonio Gilberto. A reunião contou, ainda, com a pre­
Os trabalhos foram abertos com um culto sença do irmão Bruce C. Armstrong, pre­
solene que contou com a participação do sidente do Imperial Group Ltda. e
corpo discente e docente do curso, além de membro da Assembléia de Deus na Geór­
outros irmãos.
gia, EUA; pastor David Harrison, presi­
Ao proceder a abertura, o presidente dente do Instituto de Correspondência In­
do Ministério do Belém, pastor José ternacional; pastor Richard Hoover, dire­
Wellington Bezerra da Costa, manifestou tor de Relações Públicas do Instituto de
o seu contentamento por sua igreja estar Correspondência Internacional do Brasil;
hospedando o CAPED. Reafirmou, em se­ pastor Jefferson Taveira, da AD em Para­
guida, seu apoio à Casa Publicadora por ti, RJ, e o irmão Francisco Santos, diretor
mais esta iniciativa. Na oportunidade, fa­ de Marketing da Casa Publicadora das
laram os pastores Gilberto Malafaia e An­ Assembléias de Deus no Brasil.
tonio Gilberto, que agradeceu o irmão Jo­ Cooperadores do CAPED
sé Wellington por ter aberto as portas da Dentre os que cooperaram com o CA­
AD no Belenzinho para aquela realização. PED, destacam-se o evangelista Lelis
O que é c CAPED vVashington Marinho, chefe da Coordena­
O CAPED é um curso de preparação ção; pastor Paulo Freire da Costa, secre­
de professores de Escola Dominical de tário da Coordenação; pastor José de Oli­
curta duração, destinado aos que se inte­
veira, chefe da Secretaria; José Siqueira,
ressam pelo ensino da Palavra de Deus. O chefe da Equipe de Avaliação; evangelista Pelos seus relevantes serviços em prol
curso é financiado e está sob a jurisd'f fio Joel Freire da Costa, responsável pela do ensino, o professor Antonio Gilberto
do Conselho Administrativo da CPAD. Equipe Técnica de Som, e José Carlos é homenageado com uma placa de prata
Divide-se o CAPED em cinco unidfl. ( himirre e irmã Rosana, auxiliares dire­ pelo pastor José Wellington
dp, com o seguinte currículo: Bibliologia, tos do professor Antonio Gilberto.
Teologia Sistemática, Escola Dominical, As matérias foram ministradas pelos Professora Helena Figueiredo com uma das
Pedagogia e Psicologia Educacional. seguintes professores: Helena Figueiredo, alunas do CAPED
Sobre o propósito do curso, vale lembrar Albertina Malafaia, Antonio Figueiredo,
estas palavras do professor João Pereira
de Andrade e Silva: "O CAPED /, uma
iniciativa altamente auspiciosa parn
Antonio Dionizio, Gilberto Malafaia, An­
tonio Gilberto e Roberto Inácio.
Repercussões
Decretado
aqueles que se interessam pelo amadure­
cimento intelectual do nosso povo. O cur­
so não será um simples guia do estudante:
O CAPED realizado no Belenzinho re­
percutiu entre os participantes. Disse o
Dia, da Assembléia de Deus 99

pastor norte-americano, Jimmy Swilley:


nele são debatidos problemas e apresenta­ "Achamos o CAPED excelente. Estamos Sob inspiração do Deputado Edésio sentação. A Casa Publicadora das As­
das matérias de real transcedência, mes­ impressionados e orgulhosos pelo trabalho Frias, autor da propositura n" 680/82, e sembléias de Deus esteve representada
mo para abalizados professores de Escola que Deus está fazendo aqui no Brasil. Nos seu assessor, pastor Otoni de Paula, foi pelo jornalista Miguel Vaz, no impedi­
Dominical." realizado em 30 de abril, no Palácio Tira-
Estados Unidos, também, há um trabalho mento do pastor Nemuei Kessler, diretor
Encerramento semelhante ao CAPED." dentes, no Rio de Janeiro, a comemoração de Publicações.
O culto em ação de graças pelo encer­ A irmã Wanda Freire da Costa, super­ do "Dia das Assembléias de Deus no Rio Na ocasião foi entregue ao pastor Moi­
ramento do CAPED teve uma freqüência visora geral dos Círculos de Oração na de Janeiro", oriundo do projeto aprovado sés Soares da Fonseca, uma placa come­
bem acentuada. Vários pregadores fala­ Grande São Paulo, afirmou: "O CAPED pela Assembléia Legislativa em 30 de ju­ morativa, em nome de todos os deputa­
ram na ocasião, entre os quais o evangelis­ foi uma benção para todos os participan­ nho de 1982, sob o n" 792/84 e sancionado dos, com um dos líderes mais antigos do
ta Ozias Gomes de Oliveira e o pastor tes. Eu, particularmente, fui muito bene­ pelo Governador do Estado em 19 de ou­ ministério das Assembléias de Deus.
Jimmy R. Swilley, da AD em Atlanta, ficiada pelo que aprendi. O corpo docente tubro de 1984, que insere aquela data (30 Falando à nossa reportagem, o Depu­
Geórgia, EUA, e presidente da Associação é muito capaz e as aulas foram ministra­ de abril) no calendário de eventos do Es­ tado Edésio Frias disse que no próximo
dos Ministros Evangélicos, que representa tado.
das com muita unção do Espirito Santo. ano as comemorações deverão ser realiza­
23 denominações evangélicas norte- O CAPED realizado no Belenzinho foi um O Deputado Edésio Frias posicionou- das numa igreja evangélica, com a presen­
americanas. Disse o irmão Swilley: "Tra­ êxito total." se neste procedimento devido ao que de­ ça do maior número de deputados que se
go uma saudação do Conselho Geral das nominou "incontestes méritos da As­ puder reunir. Disse ainda que a As­
Acerca dos muitos depoimentos pres­
Assembléias de Deus nos Estados Unidos, tados, comprovando a eficiência do curso, sembléia de Deus no Estado do Rio de Ja­ sembléia de Deus está representada em
do qual faço parte. Para nós, é um prazer afiançou o pastor Antonio Gilberto: "os neiro' Entre muitos outros projetos apro­ cada membro no trabalho revolucionário
imenso presenciar o que Deus está fazen­ testemunhos por escrito e falado atentam vados e em vias de aprovação, o parla­ da pregação do Evangelho e endereçou ás
do no Brasil." mentar é autor do que gerou a lei 810/84,
melhor do que tudo, que o resultado do igrejas um pedido de que "continuem de
Finalmente, falaram os pastores Anto­ CAPED foi positivo, por atingir seus obje­ autorizando o ingresso a qualquer hora de joelhos pelo povo brasileiro".
nio Gilberto e José Wellington Bezerra da tivos. O CAPED foi marcado pela espiri­ pastores evangélicos nos hospitais da rede E o seguinte o texto da lei n" 792,
Costa. Agradecendo a equipe capedeana, tualidade." do Estado.
publicada no Diário Oficial de 23/10/84:
Realizada às 15 horas, a solenidade O Governador do Estado do Rio de Ja-
contou com a presença de vários Obreiros neiro
da Assembléia de Deus e outras denomi­ "Faço saber que a Assembléia legisla­
nações, entre pastores, evangelistas,
ALGUÉM JÁ LHE EXPLICOU presbíteros. diáconos e também de inte­
lectuais que foram alvo de homenagens
tiva decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art ' Fica criado o Dia das Igrejas

A BÍBLIA TODA? prestadas pelos parlamentares. Compare­


ceram, entre outros, os pastores Moisés
hvangeticas Assembléias de Deus no Rio
de Janeiro, a ser comemorado anualmente
no dia 30 de abril.
AGORA ISTO Soares, Luiz Vieira, Augustinho Valério,
Edilson Lobo, o cantor e professor de Vio­
Art. 2 Esta Lei entrará em vigor na
data de sua publicação, revogadas as dis­
FICOU MAIS FÁCIL lão Adelino Moreira, que representou o
Deputado (rutemberg Chaves, impedido
posições em contrário.
Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1984
de comparecer, e ainda o Deputado Josias Leonel Brizola
D Avia, que falou em nome da sua repre­
6 Julho de 1985 — mensageiro da oaz n» 1179

i emplos evangélicos não Visão Mundial:


pagam impostos há dez anos no 3rasil
Alertamos os pastores para a falta de
respeit • que o Estado e o Município do
Rio de Janeiro vêm cometendo contra as
não pode ir de encontro a Constituição Fe­
deral. Portanto, o mesmo ocorre nos ou­
tros Estados da Federação.
m Representando
Visão Mundial, o
seu iDiretor Inter­
igrejas evangélicas. Isto porque, mesmo nacional, Dr. Tom
Artigo 3' - Código Tributário do Esta­ Houston, à direita,
sabendo da proibição existente em todas do do Rio de Janeiro - "Os impostos esta­
as legislações tributárias, que contam juntamente com o
duais não incidem sobre: Diretor Nacional,
com respaldo constitucional, insistem, Inciso II - templos de qualquer culto
abusivamente, na cobrança de impostos Dr. Manfred
das construções e até das averbações dos Grellert, centro, re­
Artigo 3' - Código Tributário do Mu-
templos evangélicos, não perdoando nem ceberam o Diploma
nicip'T do Rio de Janeiro - "Os impostos
mesmo o famoso IPTU - Imposto Predial de Honra ao Mérito
municipais não incidem sobre:
e Territorial Urbano. Inciso II templos de qualquer cul­
No inicio de 1984, fomos procurado por to...".
um jornalista que desejava o nosso depoi­ As citações dos Códigos Tributários do
mento para a Campanha "O Rio Contra o Estado e do Município do Rio de Janeiro
Crime", o que fizemos com prazer. Mas, nada mais são do que a repetição da lei
aproveitando a oportunidade, falei-lhe da maior. Dá-se o mesmo em todos os Esta­ mm i
falta de apoio por parte das autoridades dos e Municípios do Brasil.
governamentais que. cobrando os referi­ Para disciplinar a aplicação dos textos
dos impostos das igrejas evangélicas, dei­ de lei citados, foi sancionada em quatro
xam de cumprir determinação inserida na de julho de 1957, pelo então presidente
Constituição Federal. Juscelino Kubitschek. a lei n" 3193, publi­
Imaginem os irmãos, o quanto sofre­ cada no Diário Oficial da União em seis de
mos, em algumas esferas do governo, por julho de 195'Í, que está vigindo até hoje.
exigirmos os nossos direitos. Sou testemu­ A Visão Mundial teve importante papel no auxilio
Acivscentamos, ainda, que os templos, aos flagelados do Nordeste
nha disto. Entretanto, não me tenho es­ quando dc suas construções, estão isentos Dr. Tom Houston no momento em
morecido. E, agora, trazemos a todos os de pagamentos de licença, pela lei de pos­ Em 1979 a atuação da entidade con­
que recebia a homenagem presta­
pastores uma pequena colaboração, no tura municipal, que isenta, também, da à entidade evangélica centrou-se mais no Sul e Sudeste, com ên­
sentido de lhes esclarecer acerca da através da lei 1574 e do Decreto 3800/80, fase ao desenvolvimento integral das pes­
cobrança de impostos dos templos evan­ do conhecido e tradicional "Habite-se". A Visão Mundial estará completando soas. ou seja nos âmbitos espiritual, social
gélicos. Assim sendo, todos os pastores devem em agosto dez anos de atividades no Bra­ e físico. Nesse ano foram ainda abertos
Eis os textos que nos garantem a isen­ suspender o pagamento de qualquer im- sil. Esta é uma entidade filantrópica de novos projetos em Sergipe.
ção dói retrocitados impostos: pusto, caso venham fazendo, porque a orientação cristã e que presta inúmeros O pastor Manfred Grellert. que já ha­
Artigo 19 - Constituição Federal - "E Constituição Federal nos garante, e de­ serviços às populações carentes do país. via dirigido uma igreja em Recife, assu­
vedado à União, aos Estados, ao Distrito vem requerer dos órgãos competentes a Homenagem miu, em 1980. a direção da Visão Mun­
Federal e aos Municípios: isenção dos seguintes impostos, entre ou­ Os trabalhos desenvolvidos pela Visão dial, que passou então a concentrar maior
Inciso III - Instituir impostos sobre: tros: escritura, predial, territorial, licença Mundial em prol dos brasileiros carentes atenção nos problemas do Nordeste. Etn
Alínea b) os templos de qualquer cul­ para construção, habite-se etc. Ainda de resultou, em recente ocasião, numa home­ 1981 já haviam 195 projetos no país, com a
to...". acordo com o § P do Regulamento n» 1, do nagem da Câmara Municipal de Belo Ho­ manutenção de 12 mil crianças.
Artigo 16 - Constituição do Estado do Decreto n' 1601 / 78, os templos religiosos rizonte. em que a entidade recebeu Diplo­ Em 1983, a Visão Mundial recebeu o
Rio de Janeiro - !'Ê vedado ao Estado: estão excluídos da obrigação do pagamen­ ma de Honra ao Mérito. tftulo .de Entidade de Fins Filantrópicos,
Inciso VII - Instituir imposto sobre: to do imposto para licença de localização. A solenidade estiveram presentes, concedido pelo MEC. Dos 253 projetos
Alínea b) os templos de qualquer cul­ Portanto, pastores, mesmo não sendo além de diversas autoridades civis e ecle­ conveniados. 92 se localizavam no Nor­
to ou serviço por eles mantidos, se a res­ do Legislativo e não pretendo postular ne siásticas, o Presidente Internacional da deste. Na mesma época foram realizados
pectiva renda for aplicada exclusivamen­ nhum cargo eletivo, era meu dever infor­ Visão Mundial, Dr. Tom Houston, e o di­ programas de emergência paru socorrer
te na manutenção do próprio templo ou de má-los e esclarecê-los a esse respeito, na retor Nacional desta organização, Dr. vitimas das enchentes em comunidades
suas obras assistenciais". qualidade de advogado que pertence a Manfred Grellert. do sul do país e em Belo Horizonte.
Citamos aqui a Constituição do Esta­ Igreja do Senhor Jesus na face da terra. O vereador Jadyr Elon Braga, autor da O Ministério do Trabalho, em 1981,
do dn Rio de Janeiro, para mosl rnr que ela Pastor Isael Cortaz Teixeira resolução destacou que a entidade, só em concedeu à Visão Mundial o título de Uti­
Belo Horizonte, vem atuando em 68 proje­ lidade Pública Federal. Nesse mesmo ano
tos conveniados junto a comunidades ca­ diversos projetos visando atenuar os elei­
S\ rentes do município, prestando-lhes di­
versos tipos de serviços. Em seus dez anos
tos da seca no Nordeste foram, ainda, de­
senvolvidos.

POHTADA
de atividades a Visão Mundial já benefi­
ciou mais de três mil famílias em Belo Ho­
rizonte. SOM
Os projetos
A Visão Mundial filia-se à World Vi­ SONORIZAÇÃO

WIMAMCORA sion Internacional, organização fundada Atenção pastores, dirigentes e maes­


em 1950 e com atuação em mais de 70 paí­ tros Agora ficou fácil sonorizar sua
ses. Nestes dez anos de exercício no Bra­ Igreja, somos distribuidores das
sil, conta com 361 projetos sociais que be­
neficiam diretamente 32.703 crianças em •STANER • EMC|
lodo o território nacional. • GIANINI •LESON
Seus pi os visam atender ás neces­ "•sDELTA • vox
sidades básicas da criança, por meio de • WEZO • NOVIK
assistência médica e nutricional, ativida­ Ampiwicãdores. N^sas de Spm, Cx.
des sociais, educação e promoção doo va­ AcústVas. Microfohes. Colunas de
lores cristãos. Som, ICaixas Amplificadoras. Tre-
A Visão Mundial ter. enfatizado, nos mendâp. Tunderj;__gfl«|ik^Toca-Djd?cos. ^
TapedeKb, UlUWlrras, Vio­
últimos anos, a participação de toda a co­ lões.
munidade nos projetos, com vistas a um Somos .importadores dos Microfones
maior aproveitamento. Profissionais de Alta e Baixa impe-
dância da marca Vox e Piezo, Órgãos
Histórico
#CcLKlia A Visão Mundial se estabeleceu no
Eletrônicos e instrumentos em geral.

Brasil em 1975. Seu prir. leiro diretor foi Tudo facilitado em 4 vezes sem juros
itiitaçttea (leorge Doepp, há dez anua na direção do Presbltero Erdílio R/ de Almeida

dapde Fundo Cristão para crianças do Brasil,


que, auxiliado pelo pastor Francisco Paes.
Tel. (021) 290-6311 e 232r3004
Vendas para todo o Brasil

abriu um escritório em Belo Horizonte. E ouça o programa "Jesus, o


MINANCORA MG. onde até hoje funciona a sede da en­ Príncipe da Paz", na Rádio Difusora
Duque de Caxias, de segunda a sex­
& CIA - LTDA Caixa Postal, 7 1 tidade no país. ta-feira, às 10 horas, e o programa
Fone: (047) *22-31 85 - 89.200 JOINVILLE Em 1976 iniciou-se o Programa Famí­ ^^Eyangelho no Lar", na Rádio Boas
lia para Família uma busca de respostas N|vas, aos sábados, às 8.00hs, na
apresentação do evangelista Jaime
ao problema do menor através do apoio a Soares e do presbltero Erdlliò de Al­
famílias carentes, com 60 igrejas inscritas, meida.
beneficiando diretamente 2.007 famílias.

IO! ela Lei 2.701. de 28/12/76. a Visão


Mundial recebeu o título de Utilidade
Loja: Rua da Constituição, 57
- Rio de Janeiro. RJ - CRP 20060
Templos evangélicos não Visão Mundial:
pagam impostos há dez anos no Brasil
Representando
Alertamos os pastores para a falta de ) po Visão Mundial, o
respcil • que o Estado e o Município do deral. Portanto, o mesmo ocorre nos ou­ seu Diretor Inter­
Rio de Janeiro vêm cometendo contra as tros Estados da Federação. nacional, Dr. Tom
igrejas evangélicas. Isto porque, mesmo Artigo 3» Código Tributário do Esta­
sabendo da proibição existente em todas Houston, á direita,
do do Rio de Janeiro - "Os impostos esta­ juntamente com o
as legislações tributárias, que contam duais não incidem sobre:
com respaldo constitucional, insistem, Diretor Nacional,
Inciso II - templos de qualquer culto Dr. Manfred
abusivamente, na cobrança de impostos
das construções e até das averbações dos Grellert, centro, re­
Artigo 3» Código Tributário do Mu­ ceberam o Diploma
templos evangélicos, não perdoando nem nicípio do Rio de Janeiro - "Os impostos
mesmo o famoso IPTU - Imposto Predial de Honra ao Mérito
municipais não incidem sobre:
e Territorial Urbano. Inciso II - templos de qualquer cul­
No inicio de 1984, fomos procurado por to...".
um jornalista que desejava o nosso depoi­ As citações dos Códigos Tributários do
mento para a Campanha "0 Rio Contra o Estado e do Município do Rio de Janeiro
Crime", o que fizemos com prazer. Mas, nada mais são dv que a repetição da lei
aproveitando a oportunidade, falei-lhe da maior. Dá-se o mesmo em todos os Esta­
falta de apoio por parte das autoridades dos e Municípios do Brasil.
governamentais que, cobrando os referi­ Para disciplinar a aplicação dos textos
dos impostos das igrejas evangélicas, dei­ de lei citados, foi sancionada em quatro
xam de cumprir determinação inserida na de julho de 1957, pelo então presidente
Constituição Federal. Juscelino Kubitschek, a lei n" 3193, publi­
Imaginem os irmãos, o quanto sofre­ cada no Diário Oficial da União em seis de
mos, em algumas esferas do governo, por
exigirmos os nossos direitos. Sou testemu­
nha disto. Entretanto, não me tenho es­
julho de 1957, que está vigindo até hoje.
Acrescentamos, ainda, que os templos, V A Visão Mundial teve importante papel no auxilio
aos flagelados do Nordeste
quando de suas construções, estão isentos Dr. Tom Houston no momento em
morecido. E, agora, trazemos a todos os de pagamentos de licença, pela lei de pos­ Em 1979 a atuação da entidade con­
que recebia a homenagem presta­
pastores uma pequena colaboração, no tura municipal, que isenta, também, da à entidade evangélica centrou-se mais no Sul e Sudeste, com ên­
sentido de lhes esclarecer acerca da através da lei 1574 e do Decreto 3800/80, fase ao desenvolvimento integral das pes­
cobrança de impostos dos templos evan­ do conhecido e tradicional "Habite-se". A Visão Mundial estará completando soas, ou seja nos âmbitos espiritual, social
gélicos. Assim sendo, todos os pastores devem em agosto dez anos de atividades no Bra­ e físico. Nesse ano foram ainda abertos
Eis os textos que nos garantem a isen­ suspender o pagamento de qualquer im­ sil. Esta é uma entidade filantrópica de novos projetos em Sergipe.
ção dos retrocitados impostos: posto, caso venham fazendo, porque a orientação cristã e que presta inúmeros O pastor Manfred Grellert, que já ha­
Artigo 19 - Constituição Federal - "É Constituição Federal nos garante, e de­ serviços às populações carentes do país. via dirigido uma igreja em Recife, assu­
vedado à União, aos Estados, ao Distrito vem requerer dos órgãos competentes a Homenagem miu, em 1980, a direção da Visão Mun­
Federal e aos Municípios: isenção dos seguintes impostos, entre ou­ Os trabalhos desenvolvidos pela Visão dial, que passou então a concentrar maior
Inciso III - Instituir impostos sobre: tros: escritura, predial, territorial, licença Mundial em prol dos brasileiros carentes atenção nos problemas do Nordeste. Etn
Alínea b) os templos de qualquer cul­ para construção, habite-se etc. Ainda de resultou, em recente ocasião, numa home­ 1981 já haviam 195 projetos no país, com a
to...". acordo com o § Iv do Regulamento n" 1, do nagem da Câmara Municipal de Belo Ho­ manutenção de 12 mil crianças.
Artigo 16 - Constituição do Estado do Decreto n" 1601 / 78, os templos religiosos rizonte, em que a entidade recebeu Diplo­ Em 1983, a Visão Mundial recebeu o
Rio de Janeiro - :'É vedado ao Estado: estão excluídos da obrigação do pagamea- ma de Honra ao Mérito. títuloJde Entidade de Fins P ^íianrrnpícoH.
Inciso VII - Instituir imposto sobre: to do imposto para licença de localização. À solenidade estiveram presentes, concedido pelo MEC. Dos 253 projetos
Alínea b) os templos de qualquer cul­ Portanto, pastores, mesmo não sendo além de diversas autoridades civis e ecle­ conveniados, 92 se localizavam no Nor­
to ou serviço por eles mantidos, se a res­ do Legislativo e não pretendo postular ne siásticas, o Presidente Internacional da deste. Na mesma época foram realizados
pectiva renda for aplicada exclusivamen nhum cargo eletivo, era meu dever infor­ Visão Mundial, Dr. Tom Houston, e o di­ programas de emergência para socorrer
te na manutenção do próprio templo ou de má-los e esclarecê-los a esse respeito, na retor Nacional desta organização, Dr. vítimas das enchentes em comunidades
suas obras assistenciais". qualidade de advogado que pertence a Manfred Grellert. do sul do país e em Belo Horizonte.
Citamos aqui a Constituição do Esta­ Igreja do Senhor Jesus na face da terra. O vereador Jadyr Elon Braga, autor da O Ministério do Trabalho, em 1984.
do d" Rio de Janeiro, para mostrar que elo Pastor Isael Cortaz Teixeira resolução destacou que a entidade, só em concedeu à Visão Mundial o titulo de Uti­
Belo Horizonte, vem atuando em 68 proje­ lidade Pública Federal. Nesse mesmo ano
tos conveniados junto a comunidades ca­ diversos projetos visando atenuar os efei­
S\ rentes do município, prestando-lhes di­
versos tipos de serviços. Em seus dez anos
tos da seca no Nordeste foram, ainda, de­
senvolvidos.
de atividades a Visão Mundial já benefi­

vomm ciou mais de trés mil famílias em Belo Ho­


rizonte.
Os projetos
A Visão Mundial filia-se á World Vi­
SOM
SONORIZAÇÃO

WWTCORA sion Internacional, organização fundada


em 1950 e com atuação em mais de 70 paí­
ses. Nestes dez anos de exercício no Bra­
sil, conta com 361 projetos sociais que be­
neficiam diretamente 32,703 crianças em
todo o território nacional.
Atenção pastores, dirigentes^ maes­
tros. Agora ficou fácil sonorizar sua
Igreja, sorhos distribuidores das li-

• STANER
• GIANINI
• EMC
• LESON
Seus projetos visam atender às neces­ • DELTA • VOX
sidades básicas da criança, por meio de • PIEZO • NOVIK
assistência médica e nutricional, ativida­ Amplificadores. Mesas de Som. Cx.
des sociais, educação e promoção dos va­ Acústicas. Microfones. Colunas dé
lores cristãos. Som, Caixas Amplificadoras. Tre-
A Visão Mundial tem enfatizado, nos mendào. Tunder. Som. Toca-Discos,
Tapedeks. Guitarras. Baixos e Vio-
últimos anos, a participação de toda a co­
munidade nos projetos, com vistas a um Somos importadores dos Microfones
maior aproveitamento. Profissionais de Alta e Baixa impe-

Cwtíia Histórico
A Visão Mundial se estabeleceu no
dância da marca Vox e Piezo, órgãos
Eletrônicos e instrumentos em geral.

Brasil em 1975. Seu primeiro diretor foi Tudo facilitado em 4'•vezes sem juros

(leorge Doepp, há dez anos na direção do Presbltero Erdlllo R. dexAlmeida

da pdp Fundo Cristão para crianças do Brasil,


que. auxiliado pelo pastor Francisco Paes.
Tel. (021) 290-6311 e 232-3004
Vendas para lodo o Brasil

abriu um escritório em Belo Horizonte. E, ouça o programa "Jesus, o


MINANCORA MG, onde até hoje funciona a sede da en­ Prlhctpe da Paz", na Rádio Difusora
Duque de Caxias, de segunda á sex­
& CIA — LTDA Caixa Postal, 7 tidade no país. ta-feira. às 10 horas, e o programa
Fone: (047) 22-31 85 - 89.200 JOINVILLE Em 1976 iniciou-se o Programa Famí­ "Evangelho no Lar", na Rádio Boas
lia para Família uma busca de respostas Nòvas. aos sábados, às S.OOhs. na
apresentação do evangelista Jaime
ao problema do menor através do apoio a "Soares e do presbltero Erdlllo de Al­
famílias carentes, com 60 igrejas inscritas, meida.
beneficiando diretamente 2,007 famílias.

l^MOS ORAR PELO BRASIL Pela Lei 2.701, de 28/12/76. a Visão


Mundial recebeu o título de Utilidade
Pública Municipal e pela Lei 6.931. de
Loja: Rua da Constituição, 57
Rio de Janeiro, RJ - CRP 20080

Utilidade Pública Estadual. L


mensageiro da paz n» 1179 — julho de 1985 4^

"O meu negócio é agradar a Deus 99

(Jeremias do Couto
Jimmy Swaggart é um dos evangelistas mais conhecidos em todo o mundo. para mim dirigir-me neste assunte a Deus concedeu à Igreja. Ora. se Deus
Seu ministério está presente em 165 países, através de mil emissoras, com uma uma comunidade com outra cultura, tem colocado sua mão sobre alguém
mensagem franca em que denuncia todas as contradições do mundo moderno em outro país. Só posso falar o que a para que exerça a obra do evangelista,
diante da imutável Palavra de Deus. Casado com Francis Swaggart, o casal Bíblia diz: a própria ação desse indivíduo vai
tem um filho, /d com grandes responsabilidades na obra dirigida pelo pai. Jim­ "Admoesto-te pois, antes de tudo, que abrindo caminhos e portas. Eu creio
my Swaggart planeja vir ao Brasil em maio de 87, para realizar uma série de se façam deprecações, orações, inter» que os líderes espirituais, os pastores
cruzadas nas principais cidades do país. cessões, e ação de graças por todos os aqui no Brasil, devem preparar lugar
homens", 1 Tm 2.1. Esta deve ser a específico para a realização desse mi­
nossa posição. nistério. Deus há de abençoar tais lide­
ja local, com o auxilio e apoio dos pas­ ranças que assim cooperarem com os
tores, nos é, realmente, imprescindí­ "Se Deus tem colocado nossos Obreiros, resolvendo os proble­
vel.
GC - Suas mensagens têm sido ca­
sua mão sobre alguém para mas que, às vezes, se associam com
que exerça a obra do evan­ esse tipo de trabalho. Esta pergunta é
racterizadas pelas denúncias de de­ a mesma que se faz nos Estados Uni­
terminados posicionamentos. O ir­ gelista, a própria ação des­ dos. Dezenas de evangelistas que estão
mão não teme com isso trazer even­ se indivíduo vai abrindo ca­ começando o seu ministério me per­
tuais prejuízos ao seu ministério?
JS - O meu negócio não é agradar aos minho e portas" guntam: "Como é que eu devo iniciar,
pastor?" E não é fácil 1 O ministério do
homens, mas a Deus. Do mesmo modo evangelista caminha paralelamente ao
como os profetas, tenho o compromisso GC - Há uma expectativa muito de missionário. Requer-se um grau de
de pregar: "Assim disse o Senhor." Ao grande no Brasil quanto à sua próxi­ consagração e dedicação que nem to­
preparar-me para trazer uma mensa­ ma viagem para realizar cruzada"' dos têm. Mas se Deus tem colocado sua
gem, nunca digo a mim mesmo: "Co­ nas principais cidades do nosso R .AS, mão sobre a vida da pessoa chamada,
mo será que a palavra vai ser aceita isto porque foi cancelada aquela que ele há de preparar oportunidades para
pelo povo?", porque minha responsabi­ estava prevista para o ano de 82. O o exercício do ministério.
lidade não é ser aceito ou não pelo po­ que o irmão poderia dizer a respeito?
vo, mas pregar a Palavra do Senhor. O JS - Estamos considerando a possibili­ "Os melhores dias do
verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo, dade de vir ao Brasil em maio de 1987.
uma vez por outra, sempre ofende a al­ A razão do cancelamento das cruzadas, avivamento pentecostal
guém. Por outro lado, Satanás tem em outra ocasião, se deveu especifica­ ainda estão à nossa frente'
sido muito astuto e procura distorcer o mente a uma ordem de Deus. Eu esta­
ensino bíblico para realizar os seus pró­ va orando, certa manhã, quando o Se­ GC - Quando eu morava nos Estados
GC - Como o irmão está vendo o tra­
prios fins. E ele está interessado, até nhor orientou-me a agir desse modo. E Unidos, apreciava muito os seus pro­
balho pentecostal no Brasil?
mesmo, em enganar os verdadeiros eu gostaria de explicar o motivo. O gramas diários de estudos bíblicos.
JS - Eu não conheço bem a obra aqui,
crentes, para que estes aceitem a men­
mas no decorrer dos anos tenho sido in­
tira satânica. Assim, quando pregamos
formado sobre muitas coisas e o nosso
a Palavra de Deus e batemos bem em
próprio ministério tem investido boa
cima da cabeça do prego, não só os des­
soma de recursos em prol da obra pen­
crentes são atingidos, mas também os
tecostal brasileira. Não obstante os próprios crentes que nunca tinham
problemas financeiros, econômicos e pensado com tanta franqueza sobre o
sociais pelos quais vem passando o assunto. Se Deus nunca nos tivesse
Brasil e a maioria dos países em todo o dito que pregássemos do modo como
mundo, inclusive os EUA, eu estou temos feito, já teríamos sido destruídos
sentindo que os melhores dias do a vi­ há muito tempo, pois, nos Estados
vamente pentecostal para a Igreja do Unidos, qualquer um que resiste ã reli­
Senhor ainda estão à nossa frente. gião organizada, formal e, também, á
GC - Há quanto tempo o ministério imprensa, como temos resistido, há de
Jimmy Swaggart está investindo no enfrentar problemas. E aqui incluímos
Brasil? as igrejas modernistas, que recebem
JS - Nós estamos trabalhando atual­ toda a nossa desaprovação. Assim, se funcionário que cuidava de nosso de­ principalmente sobre escatologia.
mente em 165 países do mundo. Faz não estamos falando de acordo com partamento de vídeo tinha poucos co­ Quando esses programas serão mi­
cinco anos que a obra começou aqui no Deus, é provável que não tenhamos nhecimentos espirituais e, de fato, nós nistrados no Brasil e qual a sua posi­
Brasil, principalmente através do mais condições de terminar aquele ser­ o demitimos poucas semanas depois do ção sobre a doutrina das últimas coi­
vídeo, com um programa semanal e ou­ mão. Eu tive que chegar a uma conclu­ cancelamento. Havíamos descoberto sas?
tro diário, recentemente implantado. são definitiva de consagrar-me inteira­ que a participação dele tinha prejudi­ JS - Já assinamos contrato para colo­
Temos, também, ajudado na constru­ mente a Deus, chegando mesmo a di­ cado tanto nossa vinda ao Brasil que car no ar o programa "Estudos da Pa­
ção de duas creches, onde pagamos 50 zer: "Senhor, eu falarei qualquer coisa era melhor cancelar a viagem. E foi lavra", de segunda a sexta-feira, das
por cento das despesas e a igreja pagou que me ordenares, ainda que perca tu­ esta a orientação de Deus. A razão 6.45hs da manhã até às 7.15hs. E eu
a outra parte. Mantemos convênio com do." Atualmente, temos programas em principal foi, realmente, esse elemento oro a Deus para que seja uma grande
a Assembléia de Deus em Belém, PA, mais de mil emissoras em todo o mun­ que nos estava causando problemas. bênção para o povo brasileiro. Concer­
onde temos estudantes bolsistas ajuda­ do, mas eu disse a Deus: "Senhor, mes­ Não houve nada com a liderança da nente aos últimos dias, Deus falou-me
dos pelo nosso ministério. mo que percamos estas emissoras e eu Igreja no Brasil. Da próxima vez em alguma coisa ao coração há alguns me­
volte a pregar nas praças, na esquina que Deus permitir realizarmos campa­ ses, isto na época da reeleição do presi­
"Do mesmo .modo como da rua, do modo como iniciei o meu nhas aqui, com o apoio dos nossos ir­ dente Reagan, nos Estados Unidos,
os profetas, tenho o com- ministério, eu estarei pronto para te mãos, então nos sentiríamos honrados fato que se relaciona com outras situa­
promisso de pregar; ' Assim obedecer a abandonar aquilo que tu me em enviar o nosso Diretor Internacio­ ções políticas pelo mundo afora. O que
ordenares a pregar." nal, homem de Deus que já foi missio­ Deus me disse foi o seguinte: O juízo há
disse o Senhor'" nário no Peru, e ele estaria liderando de vir sobre os Estados Unidos, como
"Se Deus nunca nos ti­ toda a fase preparatória. E eu lhe posso também todo o planeta. Mas se a Igre­
GC - O irmão tem algum plano <$e vesse dito que pregássemos assegurar, em nome de Jesus, de que ja nele confiar esse julgamento há de
ampliar ainda mais a obra de assis­ não ocorrerá a repetição do mesmo ser adiado, ainda, por algum tempo.
tência social? como temos feito, já tería­ problema. Tenho certeza de que o Todas as coisas, como a parte financei­
JS - Mesmo que também trabalhemos mos sido destruídos há MENSAGEIRO DA PAZ muito nos ra, econômica e política, estavam con­
na área de assistência social, o irmão muito tempo" ajudará neste sentido e, desde já, so­ tribuindo para o juízo de Deus. Mas es­
há de convir que o nosso alvo principal mos agradecidos. Por acaso, aquela foi sas questões estão sendo arrumadas,
é usar este meio para realizar uma obra a única cruzada cancelada, em âmbito tendo-se em vista a melhor e maior cei­
espiritual. Planejamos um envolvi­ GC - Que tipo de atitude o irmão su­ internacional, desde o inicio do nosso fa das almas que o mundo jamais viu.
mento ainda maior na construção de gere para as lideranças evangélicas ministério. Deus me falou que milhões de católi­
escolas, digamos do Primeiro Grau, no Brasil diante de determinadas GC - Que palavra o irmão daria, do cos, literalmente, chegarão a ter um
com a previsão de seis horas de estu­ circunstâncias, até mesmo de gover­
alto de sua experiência, aos diversos conhecimento salvador do Senhor Je­
dos. Mas nosso principal avanço sem­ no, que exijam posições firmes?
evangelistas itinerantes que enfren­ sus. Ele me disse que milhões atrás da
pre tem sido através dos meios de co­ JS - A situação brasileira é diferente tam dificuldades de toda sorte? cortina de ferro também haverão de
municação. Nosso objetivo é cobrir daquela dos Estados Unidos, onde JS - Eu creio que o Brasil deve ser uma aceitar a Cristo. E este será o último
todo o território brasileiro com o minis­ sempre cobramos muito as posições terra muito fértil para a obra do evan­ grande avivamento, quando então o
tério por meio de vídeo. Ainda assim dos nossos líderes, estejam ou não ocu­ gelista itinerante. E este ministério é Senhor nos abrirá as portas para nos
reconhecemos que o ministério da igre­ pando cargos. Todavia, seria difícil um dos cinco dons ministeriais que deixar entrar no Santo dos santos.
"O mau negócio é agradar a Deus'
(Jeremias do Couto
Jimmy Swaggart é um dos evangelUtas mait conhecidos em todo o mundo. para mim dlrigir-me neste assunto a Deus concedeu à Igreja. Ora, se Deus
Seu ministério está presente em 165 países, através de mil emissoras, com uma uma comunidade com outra cultura, tem colocado sua mão sobre alguém
mensagem franca em que denuncia todas as contradições do mundo moderno em outro país. Só posso falar o que a para que exerça a obra do evangelista,
diante da imutável Palavra de Deus. Casado com Francis Swaggart, o casal Bíblia diz: a própria ação desse Indivíduo vai
tem um filho, já com grandes responsabilidades na obra dirigida pelo pai. Jim­ "Admoesto-te pois, antes de tudo, que abrindo caminhos e portas. Eu creio
my Swaggart planeja vir ao Brasil em maio de 87, para realizar uma série de se façam deprecações, orações, Inter- que os líderes espirituais, os pastores
cruzadas nas principais cidades do país. cessões, e ação de graças por todos os aqui no Brasil, devem preparar lugar
homens", 1 Tm 2.1. Esta deve ser a especifico para a realização desse mi­
nossa posição. nistério. Deus há de abençoar tais lide­
ja local, com o auxílio e apoio dos pas­
ranças que assim cooperarem com os
tores, nos é, realmente, imprescindí­ "Se Deus tem colocado nossos Obreiros, resolvendo os proble­
vel.
GC - Suas mensagens têm sido ca­
sua mão sobre alguém para mas que, às vezes, se associam com
que exerça a obra do evan­ esse tipo de trabalho. Esta pergunta é
racterizadas pelas denúncias de de­ a mesma que se faz nos Estados Uni­
terminados twsicionamentos. O ir­ gelista, a própria ação des­ dos. Dezenas de evangelistas que estão
mão não teme com isso trazer even­ se indivíduo vai abrindo ca­ começando o seu ministério me per­
tuais prejuízos ao seu ministério?
JS - O meu negócio não é agradar aos minho e portas" guntam: "Como é que eu devo iniciar,
pastor?" E não é fácil! O ministério do
homens, mas a Deus. Do mesmo modo
evangelista caminha paralelamente ao
como os profetas, tenho o compromisso GC - Há uma expectativa muito de missionário. Requer-se um grau de
de pregar: "Assim disse o Senhor." Ao grande no Brasil quanto à sua próxi­ consagração e dedicação que nem to­
preparar-me para trazer uma mensa­ ma viagem para realizar cruzada» dos têm. Mas se Deus tem colocado sua
gem, nunca digo a mim mesmo: "Co­ nas principais cidades do nosso pais, mão sobre a vida da pessoa chamada,
mo será que a palavra vai ser aceita isto porque foi cancelada aquela que ele há de preparar oportunidades para
pelo povo?", porque minha responsabi­ estava prevista para o ano de 82. O o exercício do ministério.
lidade não é ser aceito ou não pelo po­ que o irmão poderia dizer a respeito?
vo, mas pregar a Palavra do Senhor. O JS - Estamos considerando a possibili­ "Os melhores dias do
verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo, dade de vir ao Brasil em maio de 1987.
uma vez por outra, sempre ofende a al­ A razão do cancelamento das cruzadas, avivamento pentecostal
guém. Por outro lado, Satanás tem em outra ocasião, se deveu especifica­ ainda estão à nossa frente"
sido muito astuto e procura distorcer o mente a uma ordem de Deus. Eu esta­
ensino bíblico para realizar os seus pró­ va orando, certa manhã, quando o Se­ GC - Quando eu morava nos Estados
GC - Como o irmão está vendo o tra­
balho pentecostal no Brasil? prios fins. E ele está interessado, até nhor orlentou-me a agir desse modo. E Unidos, apreciava muito os seus pro­
JS - Eu não conheço bem a obra aqui, mesmo, em enganar os verdadeiros eu gostaria de explicar o motivo. O gramas diários de estudos bíblicos,
crentes, para que estes aceitem a men­
mas no decorrer dos anos tenho sido in­
tira satânica. Assim, quando pregamos
formado sobre muitas coisas t o nosso
a Palavra de Deus e batemos bem em
próprio ministério tem investido boa
soma de recursos em prol da obra pen­ cima da cabeça do prego, não só os des­
crentes são atingidos, mas também os
tecostal brasileira. Não obstante os
próprios crentes que nunca tinham
problemas financeiros, econômicos e
pensado com tanta franqueza sobre o
sociais pelos quais vem passando o
assunto. Se Deus nunca nos tivesse
Brasil e a maioria dos países em todo o
dito que pregássemos do modo como
mundo, inclusive os EUA, eu estou
temos feito, já teríamos sido destruídos
sentindo que os melhores dias do a vi­
há muito tempo, pois, nos Estados
vamente pentecostal para a Igreja do
Unidos, qualquer um que resiste á reli­
Senhor ainda estão à nossa frente.
gião organizada, formal e, também, á
GC - Há quanto tempo o ministério
imprensa, como temos resistido, há de
Jimmy Swaggart está investindo no
enfrentar problemas. E aqui incluímos
Brasil?
as igrejas modernistas, que recebem
JS - Nós estamos trabalhando atual­ funcionário que cuidava de nosso de­
toda a nossa desaprovação. Assim, se principalmente sobre escatologia.
mente em 165 países do mundo. Faz
não estamos falando de acordo com partamento de vídeo tinha poucos co­ Quando esses programas serão mi­
cinco anos que a obra começou aqui no
Deus, é provável que não tenhamos nhecimentos espirituais e, de fato, nós nistrados no Brasil e qual a sua posi •
Brasil, principalmente através do
mais condições de terminar aquele ser­ o demitimos poucas semanas depois do çào sobre a doutrina das últimas coi­
vídeo, com um programa semanal e ou­
mão. Eu tive que chegar a uma conclu­ cancelamento. Havíamos descoberto sas?
tro diário, recentemente implantado.
são definitiva de consagrar-me inteira­ que a participação dele tinha prejudi­ JS - Já assinamos contrato para colo­
Temos, também, ajudado na constru­
mente a Deus, chegando mesmo a di­ cado tanto nossa vinda ao Brasil que car no ar o programa "Estudos da Pa­
ção de duas creches, onde pagamos 50
zer: "Senhor, eu falarei qualquer coisa era melhor cancelar a viagem. E foi lavra", de segunda a sexta-feira, das
por cento das despesas e a igreja pagou
que me ordenares, ainda que perca tu­ esta a orientação de Deus. A razão 6.45hs da manhã até às 7.15hs. E eu
a outra parte. Mantemos convênio com
do." Atualmente, temos programas em principal foi, realmente, esse elemento oro a Deus para que seja uma grande
a Assembléia de Deus em Belém, PA,
mais de mil emissoras em todo o mun­ que nos estava causando problemas. bênção para o povo brasileiro. Concer­
onde temos estudantes bolsistas ajuda­
do, mas eu disse a Deus: "Senhor, mes­ Não houve nada com a liderança da nente aos últimos dias, Deus falou-me
dos pelo nosso ministério.
mo que percamos estas emissoras e eu Igreja no Brasil. Da próxima vez em alguma coisa ao coração há algi ns me­
"Do mesmo modo como volte a pregar nas praças, na esquina que Deus permitir realizarmos campa­ ses, Isto na época da reeleição r.o presi­
da rua, do modo como iniciei o meu nhas aqui, com o apoio dos nossos ir­ dente Reagan, nos Estados Unidos,
os profetas, tenho o com­ ministério, eu estarei pronto para te mãos, então nos sentiríamos honrados fato que se relaciona cur" outras situa­
promisso de pregar: 'Assim obedecer a abandonar aquilo que tu me em enviar o nosso Diretor Internacio­ ções políticas pelo mundo afora. O que
disse o Senhor"' ordenares a pregar." nal, homem de Deus que já foi missio­ Deus me disse foi o seguinte: O juízo há
nário no Peru, e ele estaria liderando de vir sobre os Estados Unidos, como
"Se Deus nunca nos ti­ toda a fase preparatória. E eu lhe posso também todo o planeta. Mas se a Igre­
GC - O irmão tem algum plano de
ampliar ainda mais a obra de assis­ vesse dito que pregássemos assegurar, em nome de Jesus, de que ja nele confiar esse julgamento há de
não ocorrerá a repetição do mesmo ser adiado, ainda, por algum tempo.
tência social? como temos feito, já tería­ problema. Tenho certeza de que o Todas as coisas, como a parte financei­
JS - Mesmo que também trabalhemos mos sido destruídos há MENSAGEIRO DA PAZ muito nos ra, econômica e política, estavam con­
na área de assistência social, o irmão muito tempo" ajudará neste sentido e, desde já, so­ tribuindo para o juízo de Deus. Mas es­
há de convir que o nosso alvo principal mos agradecidos. Por acaso, aquela foi sas questões estão sendo arrumadas,
é usar este meio para realizar uma obra a única cruzada cancelada, em âmbito
GC - Que tipo de atitude o irmão su­ tendo-se em vista a melhore maior cei­
espiritual. Planejamos um envolvi­ internacional, desde o início do nosso
gere para as lideranças evangélicas fa das almas que o mundo jamais viu.
mento ainda maior na construção dc ministério.
no Brasil diante de determinadas Deus me falou que milhões de católi­
escolas, digamos do Primeiro Grau, GC - Que palavra o irmão daria, do
circunstâncias, até mesmo de gover­ cos, literalmente, chegarão a ter um
com a previsão de seis horas de estu­ alto de sua experiência, aos diversos
no, que exijam posições firmes? conhecimento salvador do Senhor Je­
dos. Mas nosso principal avanço sem­ evangelistas itinerantes que enfren­ sus. Ele me disse que milhões atrás da
pre tem sido através dos meios de co­ JS - A situação brasileira é diferente tam dificuldades de toda sorte? cortina de ferro também haverão de
municação. Nosso objetivo é cobrir daquela dos Estados Unidos, onde JS - Ku creio que o Brasil deve ser uma aceitar a Cristo. E este será o último
todo o território brasileiro com o minis­ sempre cobramos muito as posições terra muito fértil para a obra do evan­ grande avivamento, quando então o
tério por meio de vídeo. Ainda assim dos nossos líderes, estejam ou não ocu­ gelista Itlnerante. E este ministério é Senhor nos abrirá as portas para nos
reconhecemos que o ministério da igre­ pando cargos. Todavia, seria difícil um dos cinco dons ministeriais que deixar entrar no Santo dos santos.
i

julho de 1985 — mensageiro da paz n' 1179

Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a

Alô, pessoal!
osjsm palavra de Deus permanece em vós, e tendes
vencido o maligno, 1 Jo 2.14.

Você gostaria de conhecer o nome de uma das páginas


mais dinâmicas do MENSAGEIRO DA PAZ?
Ei* a nossa página, trazendo novidades. Nào deixe de apreciá-la e envie,
também, a sua colaboração. "Nós, os jovens" é de toda a juventude. Vamos tor­ Então responda as questões abaixo.
nar a nossa seçáo cada vez mais viva e presente nos grandes fatos. Esteja conos­ 1. Que não tem princípio nem fim
co. Estamos com você. 7. Aquele que trabalha em louça de
2. Diz-se daquele que perdeu os pais, barro
ou um deles 8. A sétima das dez pragas do Egito
3. Foi traído por Dalila 9. Mãe de José e Benjamim
Cá, entre nós 4. O lugar da crucificação de Cristo
5. Ultimo rei de Babilônia
10. Falados por Deus e escritos por ele
em duas tábuas de pedra
6. Bordão de pastor, com a extremi­ 11.0 médico amado
Caro jovem: Sei que escreveram um resumo da dade superior arqueada
Vivi a idade que você tem. Conheço história do começo do movimento. Es­
Colaboração de Rosane
os seus problemas. Sei que você está creveram o Livro dos Atos dos meus
atravessando uma fase da sua vida. Apóstolos. Os" meus outros apóstolos:
Você não será sempre um jovem. Um Paulo, Tiago e João escreveram umas
dia, mais cedo do que você pensa, você cartas para as Igrejas. As instruções e
terá outra idade. Seu rosto será dife­ os ensinos ali contidos são ótimos para
rente então. Seu gosto, seus planos e a Igreja em todos os tempos.
ideais serão diferentes. Quero ser seu Leia as minhas palavras. Leia a his­
amigo hoje e sempre. Ficarei com você tória do começo do nosso movimento.
até o fim. Não importam os problemas As epístolas ou cartas devem ser lidas e
que você tem. Tudo vai mudar para a mensagem aplicada aos diferentes
melhor, se você e eu andarmos juntos. grupos.
K bom ter um amigo! Quero ser seu Meu nome é bem conhecido. Ande­
amigo sempre, até o fim. Sou jovem mos juntos e você chegará comigo na
como você. Talvez tenha vivido alguns casa de nosso Pai!
anos mais do que você. Morri jovem. Ore comigo:
Com apenas 33 anos fui pendurado Pai nosso que estás no céu,
numa cruz. Morri ali por você. Não fi­ santificado seja o teu nome;
quei no túmulo. Ressuscitei. Estou venha o teu reino, seja feita
vivo e presente com você. Posso ajudá- a tua vontade, assim na terra como COMO SURGIRAM OS BOTÕES
lo a atravessar os seus problemas e so­ no céu;
frimentos. Posso ajudá-lo a vencer to­ o pão nosso de cada dia; dá-nos ho­ O botão de lapela nos paletós data seadas, lançando a moda que chegou
dos os sofrimentos desta vida. Nem a je; da época em que o príncipe Alberto foi aos nossos dias.
morte poderá roubar a sua vida, por­ perdoa-nos as nossas dívidas, noivo da rainha Vitória, .«6'fnglaterra. Os botões que enfeitam as mangas
que "eu sou a ressurreição e a vida". assim como nós perdoamos aos nos­ Conta-se que havendo esta oferecido
sos dos paletós usavam-se antigamente
Vamos andar juntos. Deixei um um ramalhete ao seu futuro consorte, o
povo na terra. Eles são chamados cris­ acima do cotovelo. Foi Frederico, o
devedores; e não nos deixes príncipe, num gesto de galantería, ti­
tãos. Meus seguidores. Procure-os. Grande, quem fez a alteração até hoje
cair em tentação; mas livra-nos do rou um canivete -do bolso e abriu uma
Cresça com eles. mal, em vigor. Para punir os seus soldados,
casa na lapela do seu paletó, aí enfian­ mandou descer os botões nos uniformes
Siga minhas instruções. Elas estão pois teu é o reino, o poder e a glória do uma das flores. Tanto bastou para
resumidas em um livro chamado para evitar que esses limpassem o na­
para sempre. Amém! que, no dia seguinte, os alfaiates lon­
Bíblia. Comece com os Evangelhos. riz com a manga então desguarnecida.'
drinos começassem a fazer lapelas ca- Colaboração de Deroci da Silva
São quatio: Mateus, Marcos, Lucas e Jesus Cristo
João. Eles foram meus seguidores des­
de o começo. Estivemos juntos aqui na MEU RECADO
terra, Eles viram os milagres, ouviram Colaboração do Rev. Guilhermino
meus ensinos e escreveram relatos para Cunha, da Catedral Presbiteriana Hoje, o mundo está repleto de jo­
a vida dos seguidores no futuro. vens. È um grande grupo alegre e entu­
do Rio de Janeiro
siasta que faz parte da bonita época da
vida chamada juventude, pois é uma
Inse cheia de sonhos, cheia de ilusão,
Exercite sua mente de ideais, em que todos se preocupam
com uma só coisa: SER FELIZ.
Você, meu jovem, sente-se feTizT 1
Você que não tem Cristo, é feliz? Ah!
VOCÊ CONHECE O LIVRO DE ATOS não acredito. Talvez você pense que a
felicidade verdadeira existe sem Cris­
to, mas há momentos em sua vida que
1. Nome que traduzido é filho da Con­ 6. Sinal do Espírito Santo no Cenáculo um vazio enorme toma conta de você,
solação 7. Nome de um fariseu que diz: "Estou na fossa..."
Ü. O que Jesus Cristo não viu 8. O que foi lançado para se escolher o Então, onde foi parar a sua felicida­
3. Quantidade de homens que segui­ novo apóstolo de?
ram Teudas 9. Cidade em que Pedro fez o seu pri­ Eu tenho um recado para você. Se
4. Um nome dos principais da Sinago­ meiro discurso Jesus estiver com você, então não ha­
ga
verá "fossa" ou "vazio", porque mes­
5. Um dlácono mártir Colaboração de Edson Santos Silva Jovens denominacionais de todo
mo quando tudo não estiver exatamen­
te como você gostaria, para sentir-se o Brasil preparam grandes
feliz, você terá um amigo bem junto, a acontecimentos para este ano.
quem poderá contar os seus problemas, Se você deseja participar,
as suas desilusões. escreva-nos. \
("aro jovem, para uma grande deci­
são é necessária uma grande coragem.
Decidir-se por Cristo é decidir-se por JUVENTUDE JÁ
toda a eternidade. Portanto, não vaci­
le, eis o grande momento. Caixa Postal 331
20001 - Rio dc Janeiro, RJ
Juaseneide Alves Batista ™

JUVENTUDE E DEBATE
Queremos ouvir sua opinião. Costu­ meiro grande debate para saber o que
ma se dizer por ai que dos debates nas­ você pensa sobre a salvação. Anote o
cem as grandes idéias. Mas queremos tema e envie sua opinião para o Depar-
debater para ajudar e orientar. Preci­ tamento de Jornalismo da CPAD.
samos conhecer normas para um bom É difícil aoiüvcr
_______ ísm VUÊÊUÊKtÊÊIKÊiUKÊUÊÊÊÊÊÊÊÊÊIÊÊÊÊÊ&ÊÊÊtÊÊÊÊÊi

Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a


palavra de Deus permanece em vós, e tendes
vencido o maligno, 1 Jo 2.14.

Alô, pessoal! Você gostaria de conhecer o nome de uma das páginas


mais dinâmicas do MENSAGEIRO DA PAZ?
Eie a nossa página, trazendo novidades. Nào deixe de apreciá-la e envie,
Então responda as questões abaixo.
também, a sua colaboração. "Nós, os jovens" é de toda a juventude. Vamos tor­
nar a nossa seção cada vez mais viva e presente nos grandes fatos. Esteja conos­ 1. Que não tem princípio nem fim 7. Aquele que trabalha era louça de
co. Estamos com você. 2. Diz-se daquele que perdeu os pais, barro
ou um deles 8. A sétima das dez pragas do Egito
3. Foi traído por Dalila 9. Mãe de José e Benjamin.
Cá, entre nós 4. O lugar da crucificação de Cristo
5. UUimo rei de Babilônia
10. Falados por Deus e escritos por ele
em duas tábuas de pedra
6. Bordão de pastor, com a extremi­ 11. O médico amado
Caro jovem: Sei que escreveram um resumo da dade superior arqueada Colaboração de Rosane
Vivi a idade que você tem. Conheço história do começo do movimento. Es­
os seus problemas. Sei que você está creveram o Livro dos Atos dos meus
atravessando uma fase da sua vida. Apóstolos. Os" meus outros apóstolos:
Você nào será sempre um jovem. Um Paulo, Tiago e João escreveram umas
dia, mais cedo do que você pensa, você cartas para as Igrejas. As instruções e
terá outra idade. Seu rosto será dife­ os ensinos ali contidos são ótimos para
rente então. Seu gosto, seus planos e a Igreja em todos os tempos.
ideais serão diferentes. Quero ser Seu Leia as minhas palavras. Leia a his­
amigo hoje e sempre. Ficarei com você tória do começo do nosso movimento.
até o fim. Não importam os problemas As epístolas ou cartas devem ser lidas e
que você tem. Tudo vai mudar para a mensagem aplicada aos diferentes
melhor, se você e eu andarmos juntos. grupos.
É bom ter um amigo! Quero ser seu Meu nome é bem conhecido. Ande­
amigo sempre, até o fim. Sou jovem mos juntos e você chegará comigo na
como você. Talvez tenha vivido alguns casa de nosso Pai!
anos mais do que você. Morri jovem. Ore comigo:
Com apenas 33 anos fui pendurado Pai nosso que esiás no céu,
numa cruz. Morri ali por você. Não fi­ santificado seja o teu nome;
quei no túmulo. Ressuscitei. Estou venha o teu reino, seja feita
vivo e presente com você. Posso ajudá- a tua vontade, assim na terra como COMO SURGIRAM OS BOTÕES
lo a atravessar os seus problemas e so­ no céu;
frimentos. Posso ajudá-lo a vencer to­ o pão nosso de cada dia; dá-nos ho­ O botão de lapela nos paletós data seadas, lançando a moda que chegou
dos os sofrimentos desta vida. Nem a je; da época em que o príncipe Alberto foi aos nossos dias.
morte poderá roubar a sua vida, por­ perdoa-nos as nossas dívidas, noivo da rainha Vitória, na Inglaterra. Os botões que enfeitam as mangas
que "eu sou a ressurreição e a vida". assim como nós perdoamos aos nos­ Conta-se que havendo esta oferecido dos paletós usavam-se antigamente
Vamos andar juntos. Deixei um sos um ramalhete ao seu futuro consorte, o acima do cotovelo. Foi Frederico, o
povo na terra. Eles são chamados cris- devedores; e nào nos deixes príncipe, num gesto de galanteria, ti­ (irande, quem fez a alteração até hoje
tâos. Meus seguidores. Procure-os. cair em tentação; mas livra-nos do rou um canivete tio bolso e abriu uma em vigor. Para punir os seus soldados,
Cresça com eles. mal, casa na lapela do seu paletó, aí enfian­ mandou descer os botões nos uniformes
Siga minhas instruções. Elas estão pois teu é o reino, o poder e a glória do uma das flores. Tanto bastou para para evitar que esses limpassem o na­
resumidas em um livro chamado para sempre. Amém! que, no dia seguinte, os alfaiates lon­ riz com a manga então desguarnecida.'
Bíblia. Comece com os Evangelhos. drinos começassem a fazer lapelas ca- Colaboração de Deroci da Silva
São quatro: Mateus, Marcos, Lucas e Jesus Cristo
João. Eles foram meus seguidores des­
de o começo. Estivemos juntos aqui na
MEU RECADO
terra, Eles viram os milagres, ouviram Colaboração do Rev. Guilhermino Hoje, o mundo está repleto de jo­
meus ensinos e escreveram relatos para Cunha, da Catedral Presbiteriana vens. È um grande grupo alegre e entu­
a vida dos seguidores no futuro. do Rio de Janeiro siasta que faz parte da bonita época da
vida chamada juventude, pois é uma
fase cheia de sonhos, cheia de ilusão,
Exercite sua mente de ideais, em que todos se preocupam
com uma só coisa: SER FELIZ.
Você, meu jovem, sente-se feliz?
Você que nao tem Cristo, é feliz? Ah!
não acredito. Talvez você pense que a
VOCÊ CONHECE O LIVRO DE ATOS felicidade verdadeira existe sem Cris­
to, mas há momentos em sua vida que
1. Nome que traduzido é filho da Con ­ 6. Sinal do Espírito Santo no Cenáculo um vazio enorme toma conta de você,
solação 7. Nome de um fariseu que diz: "Estou na fossa..."
2. O que Jesus Cristo nào viu 8. O que foi lançado para se escolher o Kntào, onde foi parar a sua felicida­
3. Quantidade de homens que segui­ novo apóstolo de?
ram Teudas 9. Cidade em que Pedro fez o seu pri­ Eu tenho ura recado para você. Se
4. Um nome dos principais da Sinago- meiro discurso Jesus estiver com você, então não ha­
Ka verá "fossa" ou "vazio", porque mes­
5. Um diácono mártir Colaboração de Edson Santos Silva mo quando tudo nào estiver exatamen­ Jovens denominacionais de todo
te como você gostaria, para sentir-se o Brasil preparam grandes
feliz, você terá ura amigo bem junto, a acontecimentos para este ano.
quem poderá contar os seus problemas, Se você deseja participar,
as suas desilusões. escreva-nos.
( aro jovem, para uma grande deci­
são é necessária uma grande coragem.
Decidir-se por Cristo é decidir-se por JUVENTUDE JÁ
toda a eternidade. Portanto, não vaci­
Caixa Postal 331
le, eis o grande momento.
20001 - Rio de Janeiro, RJ
Jusseneide Alves Batista

JUVENTUDE ÉDEBATE
Queremos ouvir sua opinião. Costu­ meiro grande debate para saber o que
ra a-se dizer por ai que dos debates nas­ você pensa sobre a salvação. Anote o
cem as grandes idéias. Mas queremos tema e envie sua opinião para o Depar­
debater para ajudar e orientar. Preci­ tamento de Jornalismo da CPAD,
samos conhecer normas para um bom É difícil ao jovem ser crente?
viver cristão. Eis, portanto, o nosso pri­
: ,, ,. K• „ '/ ' i \ 'V ' 1
- Wn&.' A ' "* '' j •

mensageiro da paz n» 1179 — Julho de 1905

Prostitutas fazem congresso na Itália


NOVOS LANÇAMENTOS Foi realizado na Itália, recentemente,
o 2" Congresso Nacional das Prostitutas
que usam e abusam das imagens do sexo
Acham que não conseguirão vender um
Italianas. Durante os trabalhos, o ex- produto sequer sem explorar a presença
DA SUA CPAD abade (?) Franzoni recordou um texto
bíblico em que Cristo disse aos .fariseus
que as prostitutas os precederiam no Rei­
de mulheres seminuas e cenas de prosti­
tuição e até de homossexualismo. Através
de novelas e filmes, carregados de mensa­
no dos Céus. Mais adiante, falando sobre gens atentatórias à moral, seguem cum­
o amor que deve existir entre esposo e es­ prindo seu trabalho sujo, nojento, menti­
posa, afirmou que esse mesmo sentimento roso e sem quaisquer escrúpulos: inculcar
O PREÇO DO AVIVAMENTO nâo pode estar ausente entre a prostituta imoralidades, lançar fossas negras em
e seu cliente. honradas famílias e inverter valores já sa-
A Igreja, hoje, necessita de um avlvamento Esse congresso, respaldado pelo cralizados pelo Evangelho.
que altere todo o curso do comportamento príncipe das trevas, dá-nos uma clara Nâo há dúvida, que as prostitutas de­
humano e que venha dar uma nova dimen­ idéia da situação moral do mundo moder­ vem ser tratadas com amor. Concordamos
são de vida às famílias, à sociedade e a ela no que, sem dúvida alguma, jaz no malig­ plenamente! Mas, com o amor de Deus,
própria, a fim de vivermos um cristianismo no. demonstrado de maneira eloqüente e inso­
vivo e prático. Para alcançar esta realidade Em primeiro lugar, Franzoni, para jus­ fismável no sacrifício de Cristo na cruz do
o leitor dispõe neste livro de: comentários, tificar seu libertino e diabólico ponto de Calvário.
experiências e expressões revolucionárias vista, torce uma piedosa passagem bíbli­ Os evangélicos, temos tratado essas
de muitos homens de Deus, referentes ao ca. Jesus, na realidade, afirmou que as pobres e desgraçadas mulheres com esse
avlvamento. prostitutas precederiam os fariseus hipó­ amor, evangelizando-as e tirando muitas
120 páginas Esta ó uma obra capaz de transformar vi­ critas no Reino de Deus. Só que o Senhor delas da sarjeta, do submundo. Nós as so­
Autor: Raimundo F. de Oliveira das e despertar reações espirituais. referia-se às prostitutas arrependidas, re­ corremos, justamente, quando despreza­
midas e lavadas em seu sangue. Referia-se das por homens como Franzoni que se in­
àquelas que ouvem e acatam estas sim­ teressam apenas pela sua beleza e pelo
ples, mas tocantes palavras: "...vai e nâo seu físico. Tão logo desaparecem esses do­
peques mais...", Jo 8.11. Referia-se à Ma­ tes, efêmeros como a flor, chutam-nas,
UM MINISTÉRIO NAO ria Madalena que, depois de se converter, maltratam-nas como se fossem descartá­
CENSURADO transformou-se em uma virtuosa mulher. veis. Tragicamente, muitas delas suici­
O mesmo Senhor, também, disse energi­ dam-se ou se embrenham nas selvas da
A obra propõe fortalecer o ministério da­ camente: "...fora ficarão os fornicários e toxicomania.
queles que exercem um cargo de liderança os adúlteros...", Ap 21.8. Hoje, homens como Franzoni amai­
na Igreja, e, ainda, motlva-os a serem mais Quanto à sua afirmação de que o mes­ nam os males da prostituição, amanhã,
vigilantes e cuidadosos em suas vidas espi­ mo sentimento que permeia um casamen­ farão o mesmo com relação ao estupro, pe­
rituais, tornando-se um exemplo para o re­ to deve existir em uma relação sexual ilí­ culatos, roubos, assassinatos em massa
banho. cita, o que responder? Para ele, uma roe- etc. Sâo esses os que pugnam pela legali­
retriz é tão virtuosa quanto uma abnega­ zação do aborto e defendem, apaixonada­
O que fazer para alcançar um ministério Ir­ da dona-de-casa que, diuturnamente, mente, o homossexualismo. Por que eles,
repreensível? luta pelo bem-estar de seu marido e filhos. então, nâo fazem alguma coisa em prol
Qual a posição que deve tomar o obrelro Quer dizer que nâo há como diferenciar das milhares de mulheres que se encon­
56 páginas diante de: tributações, dificuldades e tumul­ entre uma mulher honesta e uma mere- tram jogadas no submundo de nossa so­
Autor; Nestor H. Mesquita tos na Igreja? triz, que ali está talvez por infelicidade, ciedade e dos que se acham condenados
mas que trás em si mesma a destruição de pela AIDS!
lares e transmissão de doenças venéreas? Na hora de socorrer essas desgraçadas
O aparecimento de homens como criaturas, omitem-se. É justamente, nes­
Franzoni é cumprimento profético. Deles ses momentos, que os evangélicos entra­
A IGREJA DO disse Paulo: "...atrevidos, enfatuado», an­ mos em ação. Sim, os evangélicos, taxa­
NOVO TESTAMENTO tes amigos dos prazeres que amigos de dos, injustamente, de retrógrados e rea­
Deus, lendo forma de piedade, negando- cionários. O Exército de Salvação, por
O livro apresenta um relato bíblico sobre a Ihe, entretanto, o poder. ...estes penetram exemplo, tem realizado um meritório tra­
sorrateiramente nas casas e conseguem balho junto as prostitutas e homossexuais
Igreja: sua doutrina (cela e batismo), seu
cativar mulherinhas sobrecarregadas de e. muitas destas pobres vítimas, já se en­
plano de salvação, sua organlzaçflo (minis­
pecados, conduzidas de várias paixões, contram perfeitamente engajadas na so­
térios), sua missão sobre a segunda vinda
que aprendem sempre e jamais podem ciedade e testemunhando do amor de
de Cristo e a apostasia antes desse evento.
chegar ao conhecimento da verdade", 2 Deus. É dessa forma que demonstramos
A Igreja do Novo Testamento é um livro de
Tm 3.4-7. Tivessem poder suficiente e amor a essas pessoas aprisionadas por Sa-
estudos valiosos, e de grande utilidade pa­
prostituiriam todas as mulheres do mun­ tanás e acorrentadas por homens inescru-
ra: classes bíblicas, escolas dominicais,
do. Confundem meretrício com santuário, pulosos.
Institutos bíblicos e também para todos os
104 páginas honradez com prostituição.
cristãos que desejam crescer na fé e no co­
Descaradamente, os Franzonis não C de Andrade
Autor: Avelino F. Fernandes nhecimento da Palavra de Deus.
cessam de invadir os lares por intermédio
de propagandas apelativas e programas

Como fazer para receber aeu pedido


ATENÇÃO:
Kstamos agora em
1 - Preencha todo o eeu cupom especial novo endereço:
2 - Recorte e envie para: Casa Publlcadora das Aeeemblélae de Deus CURSO PARA
Caixa Poetai 331 - CEP 20001 - Rio de Janeiro, RJ VIOLÃO AUDIO-
3 - Aguarde. Em breve voe* receberá um aviso do correio para retirar o EIS O CURSO PARA VIOLÃO VISUAL "EMMI" -
seu pedido Caixa Postal. 78Ô64
QUE VOCÊ ÇSPERAVA LWKH) Mesquita. ILl
4 - Leve um documento de Identidade e retire o mala rápido possível,
pagando o valor do seu pedido
- Um curto para acompanhamento de vlolào, audio-vleual, navro, inédito no Brasil.
IMPORTANTE: Com este cupom especial você desfruto de um desconto Método revolucionário. Prático. Você estuda eem sair de casa.
especial sobre o valor atual de cada livro. Acompanha as lições através de fitas K-7. Já na I* liçáo você aprende a acompanhar a I*
música. Explicações pausadas e bem detalhadas.

rc
- Curso com 24 lições.
As musicas sáo corinhos (multo Inéditos) e hinos, que sáo cantados e acompanhados no
violáo. Acompanha o livro-texto do curso.
CUPOM ESPECIAL DE PEDIDO ^ - ATENÇÃO! Como brinde você ganha o livro de corinhos "Cânticos Espirituais", do
mesmo autor deste Curso para Violáo, com 72 corinhos. com músicas arranjadas para
vozes e piano; e com as cifras do violáo. para você praticar.
- O preço: um curso completo pelo preço de uma mensalidade.
ENVIE HCJ£ MESMO ESTE CUPOM - Aproveita e envie ainda hoje o cupom abaixo.

PREENCHER EM LETRA DE EORMA


SIM EIX)l Desejo receber "O Prõço do Avlvamento, Igreja do Novo
Testamento. Um Ministério nâo censurado" pelo Reembolso Postal, CURSO PARA VIOLÁO AUDIO VISUAL "EMMI"
pelos quais pagarei apenas Cr$ 25.000.
Caixa Postal 78.564 26100 Mesquita. R.1
/'(•(•» enUiar me D curso(s) para violão Audio-Visual "EMMI" ao preço de Cr$ 50.000
maíl despesas com reembolso, cujo pagamento efetuarei somente ao retirar do correio.
N Nome:
Endereço:
Bairro: - CEP: _
NOME:
ENDEREÇO:
Cidade: .Estado: CEP: CIDADE; ESTADO:
Data: /_ Assinatura: IC.RE.IA A QUE PERTENCE:
NOVOS LANÇAMENTOS Foi realizado na Itália, recentemente,
o 2» Congresso Nacional das Prostitutas
que usam e abusam das imagens do sexo.
Achara que não conseguirão vender um
Italianas. Durante os trabalhos, o ex- produto sequer sem explorar a presença
DA SUA CPAD abade (?) Franzoni recordou um texto
bíblico em que Cristo disse aos .fariseus
que as prostitutas os precederiam no Rei­
de mulheres seminuas e cenas de prosti­
tuição e até de homossexualismo. Através
de novelas e filmes, carregados de mensa­
no dos Céus. Mais adiante, falando sobre gens atentatórias à moral, seguem cum­
o amor que deve existir entre esposo e es­ prindo seu trabalho sujo, nojento, menti­
posa, afirmou que esse mesmo sentimento roso e sem quaisquer escrúpulos; inculcar
O PREÇO DO AVIVAMENTO não pode estar ausente entre a prostituta imoralidades, lançar fossas negras era
e seu cliente. honradas famílias e inverter valores já sa-
A Igreja, hoje, necessita de um avlvamento Esse congresso, respaldado pelo cralizados pelo Evangelho.
que altere todo o curso do comportamento príncipe das trevas, dá-nos uma clara Não há dúvida, que as prostitutas de­
humano e que venha dar uma nova dimen­ idéia da situação moral do mundo moder­ vem ser tratadas com amor. Concordamos
são de vida às famílias, à sociedade e a ela no que, sem dúvida alguma, jaz no malig­ plenamente! Mas, com o amor de Deus.
própria, a fim de vivermos um cristianismo no. demonstrado de maneira eloqüente e inso­
vivo e prático. Para alcançar esta realidade Em primeiro lugar, Franzoni, para jus­ fismável no sacrifício de Cristo i a cruz do
o leitor dispõe neste livro de: comentários, tificar seu libertino e diabólico ponto de Calvário.
experiências e expressões revolucionárias vista, torce uma piedosa passagem bíbli­ , Os evangélicos, temos tratado essas
de muitos homens de Deus, referentes ao ca. Jesus, na realidade, afirmou que as pobres e desgraçadas mulheres cora esse
avlvamento. prostitutas precederiam os fariseus hipó­ amor, evangelizando-as e tirando muitas
120 páginas Esta é uma obra capaz de transformar vi­ critas no Reino de Deus. Só que o Senhor delas da sarjeta, do submundo. Nós as so­
Autor: Raimundo F. de Oliveira das e despertar reações espirituais. referia-se às prostitutas arrependidas, re­ corremos, justamente, quando despreza­
midas e lavadas em seu sangue. Referia-se das por homens como Franzoni que se in­
àquelas que ouvem e acatam estas sim­ teressam apenas pela sua beleza e pelo
ples, mas tocantes palavras: "...vai e não seu físico. Tão logo desaparecem esses do­
peques mais...", Jo 8.11. Referia-se à Ma­ tes, efêmeros como a flor, chutam-nas,
UM MINISTÉRIO NAO ria Madalena que, depois de se converter, raaltratara-nas como se fossem descartá­
CENSURADO transformou-se era uma virtuosa mulher. veis. Tragicamente, muitas delas suici-
O mesmo Senhor, também, disse energi­ dara-se ou se embrenham nas selvas da
A obra propõe fortalecer o ministério da­ camente: "...fora ficarão os fornicários e toxicomania.
queles que exercem um cargo de liderança os adúlteros...", Ap 21.8. Hoje, homens como Franzoni amai­
na Igreja, e, ainda, motiva-os a serem mais Quanto á sua afirmação de que o mes­ nara os males da prostituição, amanhã,
vigilantes e cuidadosos em suas vidas espi­ mo sentimento que permeia um casamen­ farão o raesrao cora relação ao estupro, pe­
rituais, tornando-se um exemplo para o re­ to deve existir em uma relação sexual ilí­ culatos, roubos, assassinatos era massa
banho. cita, o que responder? Para ele, uma ipe- etc. São esses os que pugnara pela legali­
retriz é tão virtuosa quanto uma abnega­ zação do aborto e defendera, apaixonada­
O que fazer para alcançar um ministério ir­ da dona-de-casa que, diutumamente, mente, o homossexualismo. Por que eles,
repreensível? luta pelo bem-estar de seu marido e filhos. então, não fazem alguma coisa era prol
Qual a posição que deve tomar o obreiro Quer dizer que não há como diferenciar das milhares de mulheres que se encon­
56 páginas diante de: tributações, dificuldades e tumul­ entre uma mulher honesta e uma mere- tram jogadas no submundo de nossa so­
Autor: Nestor H. Mesquita tos na igreja? triz, que ali está talvez por infelicidade, ciedade e dos que se achara condenados
mas que trás era si raesraa a destruição de pela A/DS7
lares e transmissão de doenças venéreas? Na hora de socorrer essas desgraçadas
O aparecimento de homens como criaturas, omitem-se. Ê justamente, nes­
Franzoni é curapríraento profético. Deles ses momentos, que os evangélicos entra-
A IGREJA DO disse Paulo: "...atrevidos, enfatuadoe, an­ mo# em ação. Sim, os evangélicos, taxa­
NOVO TESTAMENTO tes amigos dos prazeres que amigos de dos, injustamente, de retrógrados e rea­
Deus, tendo forma de piedade, negando- cionários. O Exército de Salvação, por
O livro apresenta um relato bíblico sobre a
Ihe, entretanto, o poder. ...estes penetram exemplo, tem realizado ura meritório tra­
sorrateiramente nas casas e conseguem balho junto as prostitutas e homossexuais
igreja: sua doutrina (ceia e batismo), seu
cativar mulherinhas sobrecarregadas de e. muitas destas pobres vítimas, já se en­
piano de salvação, sua organização (minis­
pecados, conduzidas de várias paixões, contrara perfeitamente engajadas na so­
térios), sua missão sobre a segunda vinda
que aprendera serapre e jamais podem ciedade e testemunhando do amor de
de Cristo e a apostasia antes desse evento.
chegar ao conhecimento da verdade", 2 Deus. Ê dessa forma que demonstramos
A Igreja do Novo Testamento é um livro de
Tm 3.4-7. Tivessem poder suficiente e amor a essas pessoas aprisionadas por Sa-
estudos valiosos, e de grande utilidade pa­
prostituiriam todas as mulheres do mun­ tanás e acorrentadas por homens inescru-
ra: classes bíblicas, escolas dominicais.
do. Confundem meretrício com santuário, pulosos.
Institutos bíblicos e também para todos os
104 páginas honradez cora prostituição.
cristãos que desejam crescer na fé e no co­
Descaradamente, os Franzonis não C de Andrade
Autor: Avelino F. Fernandes nhecimento da Palavra de Deus.
cessara de invadir os lares por intermédio
de propagandas apelativas e programas

Como fazer para receber seu pedido


ATENÇÀO:
Estamos agora em
1 - Preenche todo o seu cupom especial novo endereço:
2 - Recorte e envie para: Casa Publlcadore das Assembléias de Deus CURSO PARA
Caixa Poetai 331 - CEP 20001 - Rio de Janeiro, RJ VIOLÃO AUDIO­
3 - Aguarde. Em breve voe* receberá um aviso do correio para retirar o EIS O CURSO PAátA VIOLÀ(^ VISUAL "KMMI" -
seu pedido Caixa Postal. 78 í >64
4 - Leve um documento de Identidade e retire o mais rápido possível,
QUE VOCÊ ESPERAVA 2til(K> Mesquita. It)

pagando o valor do seu pedido


- l'm curso para acompanhamento de violào. audio-vleual. eacro, inédito no Brasil.
IMPORTANTE: Com esto cupom especial vocô desfruta de um desconto Método revolucionário. Prático. Você estuda sem sair de casa.
especial sobre o valor atual de cada livro. ^.Acompanha as lições através de fitas K-7. Já na I* liçáo você aprende a acompanhar a I*
musica. Kxplicaçdes pausadas e bem detalhadas.

rc
- Curso com 24 lições.
- As músicas sào corinhos (multo Inéditos) e hinos, que sáo cantados e acompanhados no
violào. Acompanha o'llvro-texto'do curso.
CUPOM ESPECIAL DE PEDIDO - ATENÇÃO! Como brinde você .ganha o livro de corinhos "Cânticos Espirituais", do
mesmo auto^deste Curso para Violào. com 72 corinhos. com músicas arranjadas para
vozes e piano; e com as cifras do violão, para você praticar.
- O 1 preço: um curso completo pelo preço de uma mensalidade.
ENVIE HOJE MESMO ESTE CUPOM - Aproveita e envie ainda hoje o cupom abaixo.

PREENCHER KM LETiA DE FORMA


SIM E
IXJl Desejo receber "O Preço do Avlvamento, Ipreja do Novo
Testamento. Um Ministério não censurado" pelo Reembolso Postal, -CURSO PARA VIOLÃO AUDIO VISUAL "EMM1"
pelos quais pagarei apenas Cr$ 25.000.
Caixa Postal 78.564 26100 Mesquita. RJ
Prçn enviar-me • curso!s) para violão Audio-Visual "EMMI" ao preço de Cr$ 50.000
mais despesas com reembolso, cujo pagamento efetuarei somente ao retirar do correio.
Nome:
Endereço: NOME;
Bairro: . CEP: _ ENDEREÇO: _
Cidade: . Estado: CEP: CIDADE:, ESTADO:-
Data: /_ Assinatura: IGREJA A QUE PERTENCE;
10 Julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

Para onde vai a agricultura?


Os problemas enfrentados com a pro­
dução de alimentos, atualmente, sâo
pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou Israel nesse setor, basta dizer que, em centemente: "É o maior problema do
no jardim du Éden para o cultivar e o 1948, havia no país, quatro milhões de ár­ País, mas hoje já é também apreensão in­
gravíssimos. Os precedentes históricos, guardar", Gn 2.15. Enganam-se, portan­ vores. Em 1977, esse número já tinha au­ ternacional. Está na consciência de todos.
raros. Alarmantes e desalentadoras, mos­ to, os que imaginam um Adão preguiçoso, mentado para 103 milhões. Acrescenta-se, É prioridade, mas é mais do que isso, é ne­
tram as estatísticas ser a agricultura insu­ indolente. Sem constranger-se, ocupava- ainda, que a flora israelense está entre as cessidade." Provando ser a região viável,
ficiente para acompanhar o crescimento se do cultivo da terra. mais ricas do mundo. Possui 2250 espé­ acrescentou: "Mas não é a natureza a res­
populacional, hoje, tão acentuado. Em primeiro lugar, alimentaram-se cies, enquanto a inglesa, por exemplo, ponsável pelas injustiças sociais, nem foi
Estarrecida, a opinião pública mun­ nossos pais dos produtos da terra. Disse- apenas 1700. ela que criou as distorções econômicas.
dial acompanhou, recentemente, o drama lhes Deus: "Eis que vos tenho dado todas Com base na experiência de Israel, Esse quadro é produto das opções qve o
de milhares de etíopes famintos, condena­ as ervas que dão semente e se acham na acreditamos na viabilidade do Nordeste País não devia fazer e fez. Não incorrere­
dos a morrerem à mingua. A tragédia só superfície de toda a terra e todas as árvo­ brasileiro. Só que, até agora, as autorida­ mos nos mesmos erros."
não foi maior, por causa da solidariedade res em que há fruto que dê semente; isso des federais não levaram isto muito a sé­ Conclusão
dos países ocidentais e da rápida inter­ vos será para mantimento", Gn 1.29, Pro­ rio. Na Bíblia, deparamo-nos com soluções
venção da Cruz Vermelha Internacional. va-nos isto ser a agricultura prioritária ao Vivendo em um bolsâo de miséria, os para os mais variegados problemas. Infe­
Dificuldades similares enfrenta o Nor­ ser humano. nordestinos não têm experimentado o pro­ lizmente, porém, muitos não a levam a sé­
deste. Luta o Brasil, desesperadamente, Depois do dilúvio, o Senhor liberou, gresso de que gozam seus irmãos das ou­ rio, por considerá-la anacrônica. Provam,
para mitigar a fome de milhões de seus fi­ também, ao homem os produtos pecuá­ tras regiões. Que devemos socorrê-los, não com isto, desconhecerem esta verdade: a
lhos, não obstante ser considerado um dos rios. Argüiu a Noé: "Tudo o que se move, há nenhuma dúvida. Porém, não necessi­ contemporaneidade das Sagradas Escri­
mar ricos países do mundo. Solidária, e vive, ser-vos-á para alimento; como vos tam somente de alimentos e outras doa­ turas é absoluta. As nações que seguem a
mobiliza-se a nação, periodicamente, dei a erva verde, tudo vos dou agora", Gn ções. São medidas paliativas com raros re­ Bíblia testemunham ter experimentado
para enviar gêneros alimentícios aos nor­ 9.3. Mas, tanto a agricultura quanto a pe­ sultados imediatos. as mais ricas bênçãos.
destinos, pacientes sofredores de longos cuária necessitam de um aproveitamento Se as áreas desérticas do Nordeste fos­ O Brasil, para solucionar os seus gra­
estios. racional da terra para o seu desenvolvi­ sem irrigadas, como aconteceu com o Ne- ves problemas, necessita dar mais crédito
Acreditamos, entretanto, que o proble­ mento. guev, o drama daquela população desapa­ às Sagradas Escrituras. Não carecemos só
ma da fome só será resolvido, quando a Porém, não é o que se verifica. Em receria. Nada mais consentâneo, portan­ de tecnologia, mas, principalmente da
agricultura for explorada racionalmente e nosso pais, por exemplo, há enormes áreas to, do que estabelecer um intercâmbio proteção do Senhor. Aparentemente, isto
a terra distribuída de maneira eqüitativa. improdutivas. Exploradas por grileiros e com o govemo de Israel, objetivando a ir­ constitui-se em um gritante simplismo
Na Bíblia, deparamo-nos com soluções posseiros, não passam, ás vezes, de focos rigação do Nordeste que, sem dúvida al­ No entanto, é o caminho certo para resol
que, apesar de simples, poriam término de contenda, Se devidamente aproveita­ guma, há de florescer tanto quanto os de­ vermos as nossas mais cruciantes ques
na questão, angustiante e vexatória, da das, no entanto, produziriam alimentos sertos da Judéia. tões, principalmente, aquelas relaciona
carência de alimentos. em abundância e, desta forma, ajudariam O presidente José Sarney, a propósito, das à terra. Isto poderá ser feito sem guer
Do Senhor * a Terra a sanar o problema da fome no mundo estabeleceu como uma das prioridades de ras, revelações, ou quaisquer comoções so
Determinou o Senhor ao homem po­ No entanto, não basta tão somente seu governo, a solução dos angustiantes ciais.
voar a Terra. Em seu discurso no Areópa- cultivar a terra. Toma-se indispensável problemas nordestinos. Afirmando ser o Feliz a nação cujo Deus é o Senhor!
go, acentuou Paulo: "...(Deus) de um só tratá-la adequadamente para que não Nordeste um estado de espírito, disse re­ Claudionor de Andrade
fez toda raça humana para habitar sobre perca sua força produtiva. Por falta de
toda a face da terra, havendo fixado os técnicas convenientes, temos perdido
tempos previamente estabelecidos e os li­
mites da sua habitação...", At 17.26.
enormes áreas férteis, com incalculáveis
prejuízos â nossa economia e á ecologia. A
Ê TEMPO DE LER!
Não quis Deus que a humanidade fi­ erosão é um triste exemplo disto. CUPOM DE PEDIDO N^l
casse apenas na região do Fértil Crescen­ O descanso da terra NOME:
te, mas que colonizasse todo o planeta, Gn A terra não é uma fonte inesgotável de ENDEREÇO:
1.28. Permanecesse lá confinada, rapida­ alimentos. Necessita reconstituir-se orga- CEP: - CIDADE:
mente definharia. Faltar-lhe-iam gêneros nicamente. Caso contrário, perderá, em CÔD-ECT: . ESTADO:
de primeira necessidade e espaço vital breve, todas aa suas potencialidades. Fa­ ATENDIMENTO PELO REEMBOLSO POSTAL
para o seu acomodamento geográfico. cilmente, chegará à exaustão total. Reco­
Tomar-se-ia a vida, por conseguinte, in­ NAO MANDE DINHEIRO AOORA
mendou Deus, por isto, através de Moisés,
sustentável, além de facilitar o advento de o plantio rotativo: "Quando entrardes na
tiranos e ditadores. terra, que vos dou, então a terra guardará Ouent Titulo Preço Valor
0 Todo-poderoso, porém, dividiu a um sábado ao Senhor. Seis anos semearás
terra entre as nações, visando a viabiliza­ o teu campo, e seis anos podarás a tua vi­ -Ainda há Esperança - Antonlo O. Neto g.000.
ção da existência. Explica Adam Clarke: nha, e colherás os seus frutos. Porém, no -Assim Vive Israel - Abraão de Almeida 13.800.
"Cada nação tem sua sorte determinada sétimo ano haverá sábado de descanso so­ -Batismo Bíblico e a Trindade (O) - N. L. Olson 9.400.
por Deus, tão verdadeiramente como os lene para a terra, um sábado ao Senhor; -Bíblia como Fonte Literária (A) - V. Bergo 7, 000.
israelitas tinham a terra de Canaã." -Candidato ao Batismo (O) - Ubiracy Xavier 6 850.
não semearás o teu campo nem podarás a
Após o dilúvio, intentaram os homens -Catacumbas de Roma (As)- Benjamln Scott 17. 200.
tua vinha. 0 que nascer de si mesmo na -Crescimento Contagioso da Igreja - LeRoy Grunet 15. 950.
fixar-se, permanentemente, em Sinear. tua seara não segarás, e as uvas da tua vi­ -Cultura, Fé e Religião - Academia Evangélica Brasileira de Letras 11 700.
Resolveram, por isto, erguer a infausta nha não podada não colherás; ano descan­ -Comunicar 6 Viver - Samuel Ivanov e .350.
Torre de Babel. No entanto, o Senhor so solene será para a terra", Lv 25.2-5. -Daniel e Apocalipse - A. Gilberto 17 850.
Deus, irado, confundiu a linguagem dos Esse costume era observado por vários -Diogê - Miguel Vaz 10.950.
filhos de Noé, obrigando-os a tomarem di­ povos, além dos hebreus. No Mundo Me­ _É uma Bénçâo ser Pobre? - Gary Luther Royer 8.800.
ferentes rumos. Acelerou-se, assim, o po­ diterrâneo, um sistema de rotação bienal -Entre os Vivos e os Mortos - Joanyr de Oliveira 11 700.
voamento da terra. A partir de então, a de terras era observado desde remota an­ -Eu Sei em Quem Tenho Crldo - Lewi Pethrua 14 .450
agricultura desenvolveu-se o bastante tigüidade, segundo Marc Bloch. Aliás, -História das Assembléias de Deus no Brasil - CPAD 28. 400
para garantir a subsistência da raça hu­ Píndaro e Virgílio referem-se à essa técni­ -História do Cristianismo - A. Knight e W. Anglin 27. 250
mana. Caso uma região fosse atingida por -Homem Que Orava (0) - Francisco A. McGaw 9. 000
ca que perenizou o lastro agrícola da civi­
estiagem ou por outras intempéries climá­ -igreja no Novo Testamento (A) - Avelino Fernandes 9. 700.
lização greco-romana. -Jograls e Representações Evangélicas - Maria J.u. Resende 17 200.
ticas, seus habitantes poderiam deixá-la e No Brasil, segundo o especialista em -Juventude Crista e o bexo (A) - Bienal Caoral y,UÜU.
dirigir-se para um país onde houvesse agricultura, Leo Waibel, a rotação do cul­ -Lenl e Seus Filhos - C.E.W. McNalr 16.800.
abundância. tivo da terra já foi bastante praticada no -Manual da Escola Dominical - Antonlo Gilberto 22.100.
A primeira reforma agrária, portanto, Sul. No entanto, atualmente, nota-sc -Manual do Professor de Crianças - Isaac M. Rodrigues 7 ,000.
foi executada pelo próprio Deus. 0 que uma exploração irracional de áreas que, -Marido Pródigo - Tommy Aschratl e Max Cal! 18,100.
muitos não sabem é que, com isto, tornou- após serem exaustivamente cultivadas, -Método de Violão n» 2 - Adelino Moreira 11 ,850
se exeqüível a perpetuação da vida. Abso­ são relegadas ao abandono. Essa prática, -Ministério Nflo Censurado (Um) - Nestor H. Mesquita 6 650-.
luto, não agiu o Senhor arbitrariamente, bastante difundida, está aumentando os -Nove Dons do Espirito Santo (Os) - Estevam A. de Souza 12 350_
porque tudo lhe pertence. Disse ele: "...a -Ouvi um Recado do Céu - Albert W. Brenda 21 350_
terrenos desérticos em nosso país.
terra é minha...", Lv 26.23. Não podemos, -Pequena Enciclopédia Temática da Bíblia - Geztei Gomes 18 800_
A experiência de Israel
pois, dela dispor ao nosso bel prazer. A se­ -Povo Mais Feliz da Terra (O) - Demos Shakarian 16.600-
O Estado de Israel, independente des­ -Preço do Avlvamento (O) - Raimundo de Oliveira 10 950-
melhança do Criador, que os governantes de 1948, foi vencendo, perseverantemente -Quando Vem a Perseguição - Jan Plt 15 950-
distribuam-na eqüitativamente para que as áreas desérticas até que, hoje, o cum­ -Sintetizando a Bíblia - José A. da Silva 23 ,300-
todos possam ter vida digna e produzam o primento desta profecia bíblica é uma -Tesouro de Ana (O) - Cláudia Ribeiro "... 8 600-
suficiente para a sua sobrevivência. As­ realidade, "...u ermo exultará e florescerá -Testemunho dos Séculos (O) - Emílio Conde k '00-
sim, não serão esmagados peloe privilégios como a rosa...", Is 35.1. Isto só se tornou -Vivendo para Contar da Morte - Lura J. Grubb 10, 950_
de poucos em detrimento da maioria. possível, pois o povo israelita faz da Bíblia -HMC - Harpa com Música, papel bíblia, capa
Agricultura - alimento básico do ho­ o seu guia-mor. percaline, flexível, beira pintada 35 ,100_
mem -HSB - Harpa Crista em SI Bemol ' ' 29 ,000_
Israel, constitui-se, nesse particular,
Colocou o Senhor a terra diante do ho­ em um exemplo para o mundo. Afirmou,
mem, para que este a cultivasse e, dos recentemente, o professor israelense Amós DATA TOTAL.
seus frutos, vivesse. Negligenciasse essa Richmond, diretor do Instituto para a In­
sábia determinação da divina economia, vestigação do Deserto: "Temos, agora, a
passaria ingentes necessidades. Tratava- ASSINATURA
oportunidade de converter o deserto em
se de uma ocupação natural, e não de um uma das regiões mais produtivas e atrati- LAMENTAMOS NAO SER POSSÍVEL 1
Para onde vai a agricult
Os problemas enfrentados com a pro­ pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou Israel nesse setor, basta dizer que, em centemente: "Ê o maior problema do
dução de alimentos, atualmente, são no jardim do Éden para o cultivar e o 1948, havia no país, quatro milhões de ár­ País, mas hoje já é também apreensão in­
gravíssimos. Os precedentes históricos, guardar", Gn 2.15. Enganam-se, portan­ vores. Em 1977, esse número já tinha au­ ternacional. Está na consciência de todos.
raros. Alarmantes e desalentadoras, mos­ to, os que imaginam um Adão preguiçoso, mentado para 103 milhões. Acrescenta-se, Ê prioridade, mas é mais do que isso, é ne­
tram as estatísticas ser a agricultura insu­ indolente. Sem constranger-se, ocupava- ainda, que a flora israelense está entre as cessidade." Provando ser a região viávul,
ficiente para acompanhar o crescimento se do cultivo da terra. mais ricas do mundo. Possui 2250 espé­ acrescentou: "Mas não é a natureza a res­
populacional, hoje, tão acentuado. Em primeiro lugar, alimentaram-se cies, enquanto a inglesa, por exemplo, ponsável pelas injustiças sociais, nem foi
Estarrecida, a opinião pública mun­ nossos pais dos produtos da terra. Disse- apenas 1700. ela que criou as distorções econômicas.
dial acompanhou, recentemente, o drama lhes Deus: "Eis que vos tenho dado todas Com base na experiência de Israel, Esse quadro é produto das opções qve o
de milhares de etíopes famintos, condena­ as ervas que dão semente e se acham na acreditamos na viabilidade do Nordeste País não devia fazer e fez. Não incorrere­
dos a morrerem à míngua. A tragédia só superfície de toda a terra e todas as árvo­ brasileiro. Só que, até agora, as autorida­ mos nos mesmos erros."
não foi maior, por causa da solidariedade res em que há fruto que dê semente; isso des federais não levaram isto muito a sé­ Conclusão
dos países ocidentais e da rápida inter­ vos será para mantimento", Gn 1.29. Pro­ rio. Na Bíblia, deparamo-nos com soluções
venção da Cruz Vermelha Internacional. va-nos isto ser a agricultura prioritária ao Vivendo em um bolsâo de miséria, os para os mais variegados problemas. Infe­
Dificuldades similares enfrenta o Nor­ ser humano. nordestinos não têm experimentadoo pro­ lizmente, porém, muitos não a levam a sé­
deste. Luta o Brasil, desesperadamente, Depois do dilúvio, o Senhor liberou, gresso de que gozam seus irmãos das ou­ rio, por considerá-la anacrônica. Provam,
para mitigar a fome de milhões de seus fi­ também, ao homem cr. produtos pecuá­ tras regiões. Que devemos socorrê-los, não com isto, desconhecerem esta verdade: a
lhos, não obstante ser considerado um dos rios. Argíiiu a Noé: "Tudo o que se move, há nenhuma dúvida. Porém, não necessi­ contemporaneidade das Sagradas Escri­
mar ricos países do mundo. Solidária, e vive, ser-vos-á para alimento; como vos tam somente de alimentos e outras doa­ turas é absoluta. As nações que seguem a
mobiliza-se a nação, periodicamente, dei a erva verde, tudo vos dou agora", Gn ções. São medidas paliativas com raros re­ Bíblia testemunham ter experimentado
para enviar gêneros alimentícios aos nor­ 9.3. Mas, tanto a agricultura quanto a pe­ sultados imediatos, as mais ricas bênçãos.
destinos, pacientes sofredores de longos cuária necessitam de um aproveitamento Se as áreas desérticas do Nordeste fos­ O Brasil, para solucionar os seus gra­
estios. racional da terra para o seu desenvolvi­ sem irrigadas, como aconteceu com o Ne- ves problemas, necessita dar mais crédito
Acreditamos, entretanto, que o proble­ mento. guev, o drama daquela população desapa­ às Sagradas Escrituras. Não carecemos só
ma da fome só será resolvido, ouando a Porém, não é o que se verifica. Em receria. Nada mais consentâneo, portan­ de tecnologia, mas, principalmente da
agricultura for explorada racionalmente e nosso país, por exemplo, há enormes áreas to, do que estabelecer um intercâmbio proteção do Senhor. Aparent .'mente, isto
a terra distribuída de maneira eqüitativa. improdutivas. Exploradas por grileiros e com o governo de Israel, objetivando a ir­ constitui-se em um gritante simplismo.
Na Bíblia, deparamo-nos com soluções posseiros, não passam, ás vezes, de focos rigação do Nordeste que, sem dúvida al­ No entanto, é o caminho certo para resol­
que, apesar de simples, poriam término de contenda. Se devidamente aproveita­ guma, há de florescer tanto quanto os de­ vermos as nossas mais cruciantes ques­
na questão, angustiante e vexatória, da das, no entanto, produzirnm alimentos sertos da Judéia. tões, principalmente, aquelas relaciona­
carência de alimentos. em abundância e, desta forma, ajudariam O presidente José Samey, a propósito, das á terra. Isto poderá ser feito sem guer­
Do Senhor é a Terra a sanar o problema da fome no mundo estabeleceu como uma das prioridades de ras, revelações, ou quaisquer comoções so­
Determinou o Senhor ao homem po­ No entanto, não basta tão somente seu govemo, a solução dos angustiantes ciais.
voar a Terra. Em seu discurso no Areópa- cultivar a terra. Toma-se indispensável problemas nordestinos. Afirmando ser o Feliz a nação cujo Deus é o Senhor!
go, acentuou Paulo: "...(Deus) de um só tratá-la adequadamente para que não Nordeste um estado de espírito, disse re­ Claudionor de Andrade
fez toda raça humana para habitar sobre perca sua força produtiva. Por falta de
toda a face da terra, havendo fixado os técnicas convenientes, temos perdido
tempos previamente estabelecidos e os li­ enormes áreas férteis, com incalculávf j E TEMPO DE LER!
mites da sua habitação...", At 17.26. prejuízos á nossa economia e à ecologia. A
Não quis Deus que a humanidade fi­ erosão é um triste exemplo disto.
CUPOM DE PEDIDO N»l
casse apenas na região do Fértil Crescen­ NOME:
O descenso da terra
te, mas que colonizasse todo o planeta, Gn ENDEREÇO:
A terra não é uma fonte inesgotável de
1.28. Permanecesse lá confinada, rapida­ CEP; . CIDADE;
alinr.entos. Necessita reconstituir-se orga-
CÔD-ECT: _ ESTADO:
mente definharia. Faltar-lbe-iam gêneros nicamente. Caso contrário, perderá, em
de primeira necessidade e espaço vital breve, todas as suas potencialidades. Fa­ ATENDIMENTO PELO REEMBOLSO POSTAL
para o seu acomodamento geográfico. cilmente, chegará á exaustão total. Reco­ NAO MANDE DINHEIRO AQORA
Tomar-se-ia a vida, por conseguinte, in­ mendou Deus, por isto, através de Moisés,
sustentável, além de facilitar o advento de o plantio rotativo: "Quando entrardes na
tiranos e ditadores. terra, que vos dou, então a terra guardará Quant. Titulo Praeo
•I Valor
w VnPV
O Todo-poderoso, porém, dividiu a um sábado ao Senhor. Seis anos semearás
terra entre as nações, visando a viabiliza­ o teu campo, e seis anos podarás a tua vi­ -Ainda há Esperança - Antonlo O. Neio 9,000_
ção da existência. Explica Aa.-mi Ciarke: nha, e colherás os seus frutos. Porém, no _Asslm Vive Israel - Abraão de Almeida 13.800—
-Ballsmo Bíblico e a Trindade (O) - N. L. Olson 9,400_
"Cada nação tem sua sorte determinada sétimo ano haverá sábado de descanso so­
-Bíblia como Fonte Literária (A) - V. Bergo 7.000_
por Deus, tão verdadeiramente como os lene para a terra, um sábado ao Senhor;
-Candidato ao Batismo (O) - Ubiracy Xavier 6.650—
israelitas tinham a terra de Canaã." não semearás o teu campo nem podarás a -Catacumbas de Roma (As)- Benjamin Scott 17,200—
Após o dilúvio, intentaram os homens tua vinha. O que nascer de si mesmo na -Crescimento Contagioso da Igreja - LeRoy Qruner 15.950_
fixar-se, permanentemente, em Sinear. tua seara não segarás, e as uvas da tua vi­ _Cui ira. Fé e Religião - Academia Evangélica Brasileira de Letras 11,700—
Resolveram, por isto, erguer a infausta nha não podada não colherás; ano descan­ _Coi. ilear é Viver - Samuel Ivanov 6.350_
Torre de Babel. No entanto, o Senhor so solene será para a terra", Lv 25.2-5. -Daniel e Apocalipse - A. Gilberto 17,850_
Deus, irado, confundiu a linguagem dos Esse costume era observado por vários -Diogê - Miguel Vaz 10.950—
filhos de Noé, obrigando-os a tomarem di­ povos, além dos hebreus. No Mundo Me­ —É uma Bênção ser Pobre? - Gary Luther Royer 8,600—
ferentes rumos. Acelerou-se, assim, o po­ diterrâneo, um sistema de rotação bienal -Entre os Vivos a os Mortos - Joanyr de Oliveira 11.700—
voamento da terra. A partir de então, a de terras e ra observado desde remota an­ -Eu Sei em Quem Tenho Crido - Lewi Pethrus 14.450—
agricultura desenvolveu-se o bastante -História das Assembléias de Deus no Brasil - CPAD 28.400—
tigüidade, segundo Marc Bloch. Aliás,
-História do Cristianismo - A, Knlght e W, Anglin 27.250—
para garantir a subsistência da raça hu­ Píndaro e Virgílio referem-se à essa técni­ -Homem Que Orava (O) - Francisco A, McGaw 9,000—
mana. Caso uma região fosse atingida por ca que perenizou o lastro agrícola da civi­ -Igreja no Novo Testamento (A) - Avelino Fernandes 9,700_
estiagem ou por outras intempéries climá­ lização greco-romana. -Jograls e Representações Evangélicas - Maria J.u. Resende 17.200—
ticas, seus habitantes poderiam deixá-la e No Brasil, segundo o especialista em -Juventude Crista e o bexo (A) - Bienal Caorai u.OOu_
dirigir-se para um país onde houvesse agricultura, Leo Waibel, a rotação do cul­ _Leni e Seus Filhos - C.E.W, McNair 16,800—
abundância. tivo da terra já foi bastante praticada no -Manual da Escola Dominical - Anlonk) Gilberto 22,100—
A primeira reforma agrária, portanto, Sul. No entanto, atualmente, nota-se -Manual do Professor de Crianças - Isaac M, Rodrigues 7,000-
foi executada pelo próprio Deus. O que uma exploração irracional de áreas que, -Marido F^ôdigo - Tommy Aschralt o Max Call 18.100—
muitos não sabem é que, com isto, tomou- após serem exaustivamente cultivadas, -Método de Violão n» 2 - Adelino Moreira 11.850—
se exeqüível a perpetuação da vida. Abso­ -Ministério Não censurado (Um) - Nestor H, Mesquita 6.650—
são relegadas ao abandono. Essa prática,
-Nove Dons do Espirito Santo (Os) - Estevam A, de Souza 12,350—
luto, não agiu o Senhor arbitrariamente, bastante difundida, está aumentando os
-Ouvi um Recado do Céu - Aiberl W. Branda 21.350-
porque tudo lhe pertence. Disse ele: "...a terrenos desérticos em nosso país. -Pequena Enciclopédia Temática da Bíblia - Geziel Gomes 18.800_
terra é minha...", Lv 25.23. Não podemos, A experiência de Israel —Povo Mais Feliz da Terra (O) - Demos Shakarlan 16,600-
pois, dela dispor ao nosso bel prazer. A se­ O Estado de Israel, independente des­ —Preço do Avivamento (O) - Raimundo de Oliveira 10,950-
melhança do Criador, que os governantes de 1948, foi vencendo, perseverantemente —Quando Vem a Perseguição - Jan Plt 15,950-
distribuam na eqíiitativamente para que as áreas desérticas até que, hoje, o cum­ —Sintetizando a Bíblia - José A. da Silva 23,300_
todos possam ter vida digna e produzam o primento desta profecia bíblica é uma —Tesouro de Ana (O) - Cláudia Ribeiro 8.600-
suficiente para a sua sobrevivência. As­ realidade: "...o ermo exultará e florescerá —Testemunho dos Séculos (O) - Emílio Conde 14.100-
sim, não serão esmagados pelos privilégios como a rosa...", Is 35.1. Isto só se tornou —Vivendo para Contar da Morte - Lura J. Grubb 10.950-
de poucos em detrimento da maioria. possível, pois o povo israelita faz da Bíblia _HMC - Harpa com Música, papel bíblia, capa
Agricultura - alimento bágico do ho- percaline, flexível, beira pintada 35,100-
o seu guia-mor.
—HSB - Harpa Cristã em SI Bemoi 29.000-
B^em Israel, constitui-se, nesse particular,
Cvocou o Senhor a terra diante do ho­ em um exemplo para o mundo. Afirmou,
mem, para que este a cultivasse e, dos recentemente, o professor israelense Amós DATA -/_ TOTAL.
seus frutos, vivesse. Negligenciasse essa Richmond, diretor do Instituto para a In­
sábia determinação da divina economia, vestigação do Deserto: "Temos, agora, a ASSINATURA
passaria ingentes necessidades. Tratava- oportunidade de converter o deserto em
se de uma ocupação natural, e não de um uma das regiões mais produtivas e atrati­ LAMENTAMOS NAO SER POSSÍVEL ATENDER A PEDIDOS INFERIORES A Cr» 10.000
castigo oriundo do pecado cometido no É- vas do Oriente Médio..." 11 79 PREÇOS VALIDOS ATÉ 31.09.85
den. Registram as Escrituras: "Tomou. Para se fer uma idéia do progresso de
mensageiro da paz n» 1179 — Julho de 1985 11

soa

Entre os vivos Os nove dons Igrejas sem Pentecoste


e os mortos do Espírito brilho para todos
Santo
Comentar o livro de Joanyr de Oli­
veira toma-se mais um privilégio do Reconhecendo que a Igreja como Durante as muitas décadas trans­
que uma tarefa, uma vez que o autor Acompanhando a linha de publica­ instituição divina é pura e imaculada, corridas desde a primeira edição do li­
por si mesmo se define no conceito há ções avivalistas que mantêm indormi- operante e eficaz, o autor aponta, en­ vro em apreço, trazido à luz pelo sau­
muitos anos firmado como jornalista e da a Igreja do Senhor, o pastor Este­ tretanto, as carências espirituais de al­ doso ex-diretor do MENSAGEIRO DA
escritor, cujas obras em cada gênero gumas igrejas locais, desde que a pró­ PAZ, Emílio Conde, os estudantes de
vam Ângelo de "Souza vem a lume com
que se apresentam são conclusivas esta obra de sumo interesse pentecos- pria Escritura não se esquivou de fazer Paracbtologia têm era mãos uraa obra
quanto ao seu valor literário e exegéti- tal, que não somente conserva acesas ^ssa denúncia, através do apóstolo que se afigura írapar na sua abrangên­
co. Sua incursão nos vários estilos que as doutrinas apostólicas, como tam­ João cujas descrições no Livro do Apo­ cia, desde que substanciada em fatos
oferece ao público, embora não preten­ bém esclarece aos que dela não tenham calipse apontam as deficiências das históricos e alicerçados pelo testemu­
da extinguir a veia dos demais escrito­ pleno conhecimento. sete igrejas da Ásia que representam o nho dos que receberam a bênção do ba­
res, demonstra um domínio peculiar, De uma necessidade cotidiana, a estado da comunidade cristã em todas tismo com o Espírito Santo.
principalmente na área evangélica. matéria toma forma didática, informa­ as épocas. O livro de Emílio Conde, além de
tiva e exegética, moldando o caráter Emílio Conde revela que a Igreja fartamente informativo, se mostra pro­
Depois de "Minha Lira" e "A igreja
espiritual dos crentes e descrevendo verdadeira permanece fiel nos seus re­ fundamente didático, fornecendo ao
que desejamos", cuja proposta é avivar
minuciosamente os dons dentro da sua presentantes fiéis, que escolhem "so­ leitor as diretrizes para o alcance desse
o sentimento fundamentalista do lei­
realidade e utilidade para a igreja frer com os irmãos" do que ter por mo­ privilégio da igreja pentecostal.
tor, ele avança pelos problemas sociais
a dentro em "O grito submerso", que, atual como "meios pelos quais os mentos o gozo do pecado. Ele alude aos Segundo o autor, a descida do Espí­
aliás, está muito á flor das ondas, ten­ membros do corpo de Cristo são habili­ que não se conformam com o mundo, rito Santo, justamente cinqüenta dias
tando despertar consciências para o tados e equipados para a realização da nem aderem às suas vaidades, não as­ após a celebração do livramento de Is­
obra de Deus". O autor revela na sua similam os seus costumes. Antes bus­ rael - a Páscoa (passagem, ou saída),
momento sempre presente da despro-
introdução que "sem os dons do Espíri­ cam permanentemente a graça de transformou a expressão pentecoste
teção do homem.
Deus através da oração e da consagra­ numa propriedade peculiar da Igreja.
A fase atual do romance evangélico to, ao invés da Igreja ser um organismo
ção. Assim, o crente, ao receber o batismo
levou Joanyr de Oliveira a relembrar vivo e poderoso, seria apenas uma or­
ganização humana e religiosa". Ao lado dessa revelação, Emílio passa a ser pentecostal, porque recebeu
em livro passagens da vida de persona­ Conde sente-se obrigado, entretanto, a o "pentecoste".
gens autênticos, vividas em cenários Mostrando que o retraimento dos
dons espirituais em algumas partes e é- trazer a lume as incongruências de al­ Emílio Conde considera que no dia
autênticos, que ele mescla com a sua gumas organizações locais, cujo desní­ de Pentecoste, quando os quase 120 fo­
proposital feição literária em "Entre os pocas não se deu como resultado do
afastamento de Deus de entre o seu po­ vel se torna notório ao observador aten­ ram revestidos com poder do alto, "a
vivos e os mortos", agora em mãos do to. E conclama o testemunho alheio, igreja foi apresentada ao mundo, movi­
público ledor. vo, ele alude a outros lugares onde os
mesmos dons eram operantea nos mes­ afirmando que "todos os que possuem da perante o Senhor que lhe pôe o seu
Narrando a vivência da Igreja no mos períodos. alguma parcela de responsabilidade na selo, derramando o Espírito Santo, por
interior dos Estados, o autor traz à Ainda que o pastor Estevam Ângelo obra de Deus estão convictos de que a cujo sinal foi ela reconhecida e temida.
tona dois personagens que assumem a Igreja dos nossos dias não é o luzeiro Nesse dia, o Espírito Santo desceu, en­
não careça de suporte para a sua auto­
responsabilidade do texto - Zé Marre­ dos dias apostólicos e que algo está fal­ cheu os corações, alegrou os salvos,
ridade hermenêutica e apologética, o
co e Lauro. O primeiro, um homicida tando para o seu perfeito funcionamen­ amedrontou os maus e glorificou a
presente livro se constitui numa afir­
que simplesmente matava quando sen­ to". "A igreja", diz ele, "possui o mes­ Deus"
mação de sua didática no que concerne
tia ímpetos de matar, e o segundo, um mo nome de cristã, mas não tem a mes­ Na obra em foco, o autor acredita
ao ensino teológico aos nossos estudan­
ex-ativista que se encontra com Cristo ma vida; entretanto a vida é mais im­ nuraa "dispensação do Espírito San­
tes da Bíblia e também aos pregadores,
e, á semelhança de Paulo, aprende a portante que o nome." Mas faz questão to", desde que divide a Palavra de
auer doutos, quer leigos, os quais nele
sofrer pela causa do Senhor. de frisar que não atende a nenhuma Deus em três dispensações - a do Pai, a
encontram reforço para as suas prega­
particularização e que o termo igreja do Filho e a do Espírito Santo. A pri­
Ze Marreco, que retrata os muitos ções.
que emprega, pode "aplicar-se cora meira - nos seus estudos, abrangeria
baderneiros que desde o princípio da Revestindo a matéria de um envol­
justeza à igreja, à comunidade e ao in­ todo o Antigo Testamento, terminando
igreja no Brasil foram assalariados ou tório próprio, o nobre pastor discorre
divíduo" cora o profeta Malaquias; a do Filho
simplesmente induzidos a colaborar sobre cada um dos dons, mostrando a
sua eficácia no progresso espiritual da Igrejas sem brilho é, e pretende ser, seria o período desde a anunciação do
com os representantes da inquisição, um grito, ura libelo que desde as pri­ nascimento de Cristo até a sua ascen­
na tentativa de reprimir o entusiasmo Igreja e do crente em particular.
meiras edições vera propugnando pela são; a terceira teria o seu começo no
evangelístico dos que aceitavam a fé Na sua extensa Introdução ele res­ volta aos passos da Igreja primitiva. pentecoste e permanece operante até a
em Jesus, deve ter ainda seus represen­ ponde às perguntas que poderiam ser Ele procura analisar "os fatores que volta de Cristo. 0 autor considera esta
tantes em muitas localidades do inte­ feitas em tomo do assunto, tais como: iluminavam e davam projeção à Igreja "última dispensação", a mais gloriosa
rior dos Estados onde a falta de instru­ "São os dons do Espírito para a Igreja primitiva", à luz dos fatores atuais, porque "nela temos uraa ...compreen­
ção, além da peita, ou ainda a indução atualmente?" Classificando a Igreja para estabelecer o verdadeiro brilho da são mais ampla da obra expiatória do
idolátrica e demoníaca, se utilizam de atual como "a Igreja dos últimos dias", Igreja apostólica, em confronto cora a Calvário".
almas encarceradas pelo diabo para ele acredita que mais do que nunca es­ falta de esplendor nas comunidades Reafirmando a personalidade do
prejudicar a obra de Deus. Felizmente, ses dons se fazem necessários para cristãs dos nossos dias, que, segundo Espírito Santo e seus atributos, o autor
como tantos outros seus pares, com os manter alerta o povo de Deus e que Emílio Conde, não foi comissionada de Igrejas sem brilho e Asas do ideal
mesmos ou mais crimes na consciên­ este contato permanente com os dons para "rastejar na negligência". mostra que ele é a terceira pessoa da
cia, encontra o arrependimento e o re­ espirituais constitui o subsídio sufi­ Emílio Conde, descrevendo a Igreja Trindade com a mesma onipotência,
morso, a salvação em Cristo, no que o ciente para os que aguardam a vinda onipresença e onisciência.
de sua época e que, aliás, se retrata em
livro cumpre a sua função evangeliza- do Senhor, como "identidade da genuí­ muitas comunidades hodiemas, trans­
dora. na mensagem do Evangelho" Pentecoste para todos é ura livro
forma o seu libelo numa repreensão para os que ainda não receberam e,
Zé Marreco se mostra muito autên­ O autor aponta algumas causas pe­ atual aos crentes que incorrera nas portanto, não compreendem o batismo
tico na sua conversão, embora ainda las quais os dons não são manifestos mesmas irapropriedades dos seus ante­ com o Espírito Santo e sua necessidade
tomado do seu espírito de liderança, hoje, como nos dias apostólicos. Segun­ cessores. Ele mostra que a conduta na vida do crente, como também uma
quando leva outros a "aceitarem" o do ele, essas causas seriam: Increduli­ particular impinge à comunidade ati­ reafirmação para os que já foram reves­
Evangelho. dade, que impossibilita a muitos cren­ tudes e exemplos que não a podem ele­ tidos dessa bênção e a utilizam na pre­
tes de recebê-los simplesmente porque var à altura da Igreja primitiva. E que gação cotidiana, no ensino e na doutri­
A história de Lauro, que em algu­ julgam ter passado o tempo da sua
mas partes tem sabor de autobiografia, a falsificação do culto é que toma tais nação dos novos convertidos. Nele se
operação; desinteresse, estado das igre­ comunidades, tais igrejas, em grupos mostra não somente a atualidade como
é mais extensa, mostrando inclusive
jas que estão satisfeitas sem os dons es­ desprovidos de brilho, de reflexo que a universalidade do batismo com o
facetas muito pessoais, com alguns es­
pirituais, procurando substitui-los por atraiam o pecador à casa de Deus.
tágios á guisa de reportagem, mais Espírito Santo e a atuação dos dons es­
métodos e formalidades; falta de santi­ Em Igrejas sem brilho, o leitor vai
para a denúncia do que para a ficção. pirituais como condutor da obra de
dade, segundo ele, caracterizada pela encontrar o elo que talvez lhe esteja evangelização e da vida cristã.
"Entre os vivos e os mortos" fará o irreverência no culto, desajustes nos la­ faltando para considerar a necessidade
leitor cantar e sorrir diante da transfor­ res, falta de oração e consagração, de se posicionar outra vez ao lado dos É, sem dúvida um livro atual, que
mação que Deus opera nos que aten­ além da participação nos costumes que realmente desejara servir fielmen­ tende a manter o poder de Deus em
dem ao seu chamado. mundanos. te a Cristo. ação na igreja.
ÜSWQS ÂQÜÜ
Entre os vivos Os nove dons Igrejas sem Pentecoste
e os mortos do Espírito brilho para todos
Santo
Comentar o livro de Joanyr de Oli­
veira toma-se mais um privilégio do
Reconhecendo que a Igreja como Durante as muitas décadas trans­
corridas desde a primeira edição do li­
instituição divina é pura e imaculada,
que uma tarefa, uma vez que o autor Acompanhando a linha de publica­ vro em apreço, trazido à luz pelo sau­
operante e eficaz, o autor aponta, en­
por si mesmo se define no conceito há ções avivalistas que mantêm indormi- doso ex-diretor do MENSAGEIRO DA
tretanto, as carências espirituais de al­
muitos anos firmado como jornalista e da a Igreja do Senhor, o pastor Este- PAZ, Emílio Conde, os estudantes de
gumas igrejas locais, desde que a pró­
escritor, cujas obras em cada gênero vam Ângelo de "Souza vem a lume com Paracletologia têm em mãos uma obra
pria Escritura não se esquivou de fazer
que se apresentam são conclusivas esta obra de sumo interesse pentecos- que se afigura ímpar n%sua abrangên­
^ssa denúncia, através do apóstolo
quanto ao seu valor literário e sxegéti- tal, que não somente conserva acesas cia, desde que substanciada em fatos
João cujas descrições no Livro do Apo­
co. Sua incursão nos vários estilos que as doutrinas apostólicas, como tam­ históricos e alicerçados pelo testemu­
calipse apontam as deficiências das
oferece ao público, embora não preten­ bém esclarece aos que dela não tenham nho dos que receberam a bênção do ba­
sete igrejas da Ásia que representam o
da extinguir a veia dos demais escrito­ pleno conhecimento. tismo com o Espírito Santo.
estado da comunidade cristã em todas
res, demonstra um domínio peculiar, De uma necessidade cotidiana, a O livro de Emílio Conde, além de
as épocas.
principalmente na área evangélica. matéria toma forma didática, informa­ fartamente informativo, se mostra pro­
Emílio Conde revela que a Igreja
Depois de "Minha Lira" e "A igreja tiva e exegética, moldando o caráter verdadeira permanece fiel nos seus re­ fundamente didático, fomecendo ao
que desejamos", cuja proposta é avivar espiritual dos crentes e descrevendo presentantes fiéis, que escolhem "so­ leitor as diretrizes para o alcance desse
o sentimento fundamentalista do lei- minuciosamente os dons dentro da sua frer com os irmãos" do que ter por mo­ privilégio da igreja pentecostal.
U>i, ele avança pelos problemas sociais realidade e utilidade para a igreja mentos o gozo do pecado. Ele alude aos Segundo o autor, a descida do Espí­
a dentro em "O grito submerso", que, atual como "meios pelos quais os que não se conformam com o mundo, rito Santo, justamente cinqüenta dias
aliás, está muito à flor das ondas, ten­ membros do corpo de Cristo são habili­ após a celebração do livramento de Is­
nem aderem ás suas vaidades, não as­
tando despertar consciências para o tados e equipados para a realização da rael - a Páscoa (passagem, ou saída),
similam os seus costumes. Antes bus­
momento sempre presente da despro- obra de Deus". O autor revela na sua cam permanentemente a graça de transformou a expressão pentecoste
teção do homem. introdução que "sem os dons do Espíri­ Deus através da oração e da consagra­ numa propriedade peculiar da Igreja.
to, ao invés da Igreja ser um organismo ção. Assim, o crente, ao receber o batismo
A fase atual do romance evangélico vivo e poderoso, seria apenas uma or­ Ao lado dessa revelação, Emílio passa a ser pentecostal, porque recebeu
levou Joanyr de Oliveira a relembrar ganização humana e religiosa".
em livro passagens da vida de persona­ Conde sente-se obrigado, entretanto, a o "pentecoste".
Mostrando que o retraimento dos trazer a lume as incongruências de al­ Emílio Conde considera que no dia
gens autênticos, vividas em cenários dons espirituais em algumas partes e é- gumas organizações locais, cujo desní­ de Pentecoste, quando os quase 120 fo­
autênticos, que ele mescla com a sua pocas não se deu como resultado do vel se torna notório ao observador aten­ ram revestidos com poder do alto, "a
proposital feição literária era "Entre os afastamento de Deus de entre o seu po­ to. E conclama o testemunho alheio, igreja foi apresentada ao mundo, movi­
vivos e os mortos", agora em mãos do vo, ele alude a outros lugares onde os da perante o Senhor que lhe pôft o seu
público ledor. afirmando que "todos os que possuem
mesmos dons eram operantes nos mes­ alguma parcela de responsabilidade na selo, derramando o Espirito Santo, por
Narrando a vivência da Igreja no mos períodos. obra de Deus estão convictos de que a cujo sinal foi ela reconhecida e temida.
interior dos Estados, o autor traz á Ainda que o pastor Estevam Ângelo Nesse dia, o Espirito Santo desceu, en­
Igreja dos nossos dias não é o luzeiro
tona dois personagens que assumem a não careça de suporte para a sua auto­ dos dias apostólicos e que algo está fal­ cheu os corações, alegrou os salvos,
responsabilidade do texto - Zé Marre­ ridade hermenêutica e apologética, o tando para o seu perfeito funcionamen­ amedrontou os maus e glorificou a
co e Laun. O primeiro, um homicida presente livro se constitui numa afir­ to". "A igreja", diz ele, "possui o mes­ Deus"
que simf lesraente matava quando sen­ mação de sua didática no que concerne mo nome de cristã, mas não tem a mes­ Na obra era foco, o autor acredita
tia ímpetos de maiar, e o segundo, um ao ensino teológico aos nossos estudan­ numa "dispensação do Espírito San­
ma vida; entretanto a vida é mais im­
ex-ativicía que oe encontra com Cristo tes da Bíblia e também aos pregadores, portante que o nome." Mas faz questão to", desde que divide a Palavra de
e, a semelhança de Paulo, aprende a quer doutos, quer leigos, os quais nele de frisar que não atende a nenhuma Deus em três dispensações - a do Pai, a
sofrer pela causa do Senhor. encontram reforço para as suas prega­ particularização e que o termo igreja do Filho e a do Espirito Santo. A pri­
Ze Marreco, que retrata os muitos ções. que emprega, pode "aplicar-se com meira - nos seus estudos, abrangeria
baderneiros que desde o princípio da Revestindo a matéria de um envol­ todo o Antigo Testamento, terminando
justeza á igreja, à comunidade e ao in­
igreja no Brasil foram assalariados ou tório próprio, o nobre pastor discorre com o profeta Malaquias; a do Filho
divíduo"
simplesmente induzidos a colaborar sobre cada um dos dons, moscrando a Igrejas sem brilho é, e pretende ser, seria o período desde a anunciação do
com os representantes da inquisição, sua eficácia no progresso espiritual da um grito, um libelo que desde as pri­ nascimento de Cristo até a sua ascen­
na tentativa de reprimir o entusiasmo Igreja e do crente em particular. meiras edições vem propugnando pela são; a terceira teria o seu começo no
evangelístico dos que aceitavam a fé Na sua extensa introdução ele res­ volta aos passos da Igreja primitiva. pentecoste e permanece operante até a
em Jesus, deve ter ainda seus represen­ ponde às perguntas que poderiam ser Ele procura analisar "os fatores que volta de Cristo. O autor considera esta
tantes em muitas localidades do inte­ feitas em torno do assunto, tais como; iluminavam e davam projeção à Igreja "última dispensação", a mais gloriosa
rior dos Estados onde a falta de instru­ "São os dons do Espírito para a Igreja primitiva", á luz dos fatores atuais, porque "nela temos uma ...compreen­
ção, além da peita, ou ainda a indução atualmente?" Classificando a Igreja para estabelecer o verdadeiro brilho da são mais ampla da obra expiatória do
idolátrica e demoníaca, se utilizam de atual como "a Igreja dos últimos dias", Igreja apostólica, em confronto cora a Calvário".
almas encarceradas pelo diabo para ele acredita que mais do que nunca es­ falta de esplendor nas comunidades Reafirmando a personalidade do
prejudicar a obra de Deus. Felizmente, ses dons se fazem necessários para cristãs dos nossos dias, que, segundo Espírito Santo e seus atributos, o autor
como tantos outros seus pares, com os manter alerta o povo de Deus e que Emílio Conde, não foi comissionada de Igrejas sem brilho e Asas do ideal
mesmos ou mais crimes na consciên­ este contato permanente com os dons para "rastejar na negligência". mostra que ele é a terceira pessox da
cia, encontra o arrependimento e o re­ espirituais constitui o subsídio sufi­ Emílio Conde, descrevendo a Igreja Trindade com a mesma onipotência,
morso, a salvação em Cristo, no que o ciente para os que aguardam a vinda de sua época e que, aliás, se retrata em onipresença e onisciência.
livro cumpre a sua função evangeliza- do Senhor, como "identidade da genuí­ muitas comunidades hodiemas, trans­ Pentecoste para todos é um livro
dora. na mensagem do Evangelho" forma o seu libelo numa repreensão para os que ainda não receberam e,
Zé Marreco se mostra muito autên­ O autor aponta algumas causas pe­ atual aos crentes que incorrem nas portanto, não compreendem o batismo
tico na sua conversão, embora ainda las quais os dons não são manifestos mesmas impropriedades doe seus ante­ com o Espírito Santo e sua necessidade
tomado do seu espirito de liderança, hoje, como nos dias apostólicos. Segun­ cessores. Ele mostra que a conduta na vida do crente, como também uma
quando leva outros a "aceitarem" o do ele, essas causas seriam: Increduli­ particular impinge à comunidade ati­ reafirmação para os que já foram reves­
Evangelho. dade, que impossibilita a muitos cren­ tudes e exemplos que não a podem ele­ tidos dessa bênção e a utilizam na pre­
tes de recebê-los simplesmente porque var à altura da Igreja primitiva. E que gação cotidiana, no ensino e na doutri­
A história de Lauro, que em algu julgam ter passado o tempo da sua a falsificação do culto é que toma tais nação dos novos convertidos. Nele se
mas partes tem sabor de autobiografia, operação; desinteresse, estado das igre­ comunidades, tais igrejas, em grupos mostra não somente a atualidade como
é mais extensa, mostrando inclusive jas que estão satisfeitas sem os dons es­ desprovidos de brilho, de reflexo que a universalidade do batismo com o
facetas muito pessoais, com alguns es pirituais, procurando substituí-los por atraiam o pecador á casa de Deus. Espirito Santo e a atuação dos dons es­
tágios á guisa de reportagem, mais métodos e formalidades; falta de santi­ Em Igrejas sem brilho, o leitor vni pirituais como condutor da obra de
para a denúncia do que para a ficção. dade, segundo ele, caracterizada pela encontrar o elo que talvez lhe esteja evangelização e da vida cristã.
"Entre os vivos e os mortos" fará o irreverência no culto, desajustes nos la­ faltando para considerar a necessidade
leitor cantar e sorrir diante da transfor­ res, falta de oração e consagração, de se posicionar outra vez ao lado dos É, sem dúvida um livro atual, que
mação que Deus opera nos que aten­ além da participação nos costumes que realmente desejam servir fielmen­ tende a manter o poder de Deus em
mundanos, te a Cristo. ação na igreja.
dem ro seu chamado.

V
Pindamonhangaba: Uma fábrica
Fundado em 18 de março de 1959, oca­ diatos. Foi assim com o IBAD. Para que fos­ nisterial. O jovem brasileiro fora convidado
sião em que foi proferida a aula inaugural se estabelecido em 1959, o Senhor começou para ser o pregador da noite e quando, pela
do seu primeiro ano letivo, o Instituto Bíbli­ a agir desde o início do século, quando uma primeira vez, dirigiu o seu olhar para o pia­
co das Assembléias de Deus, localizado em família de imigrantes alemães transferiu-se no da igreja, sua atenção foi despertada por
Pindamonhangaba, SP, vem, há 26 anos, paia o Brasil, radicando-se no Rio Grande aquela jovem cujos dedos ágeis executavam
recebendo alunos de todas as partes do Bra­ do Sul. Lá estavam, entre outros, os filhos acordes que mais pareciam a música dos se­
sil, em busca de maior conhecimentoda Pa­ J.P. Kolenda e sua ír.rtã Marta. Os anos se res angelicais. O coração de João Kolenda
lavra de Deus e de preparação sistemática passaram até que a juventude chegou e não demorou muito para reagir. Logo, ouviu
para o bom desempenho do ministério. Marta casou-se com um jovem brasileiro, de uma voz diferente dizer-lhe no profundo de
0IBAD, como se tornou conhecido, fói o cuja união nasceram diversas crianças, en­ sua alma: "Esta é a pessoa que tem todas as
pioneiro das Assembléias de Deus no Brasil, tre as quais João Kolenda Lemos. qualidades para ser sua companheira por
como instituição teológica organizada, e es­ Depois de tantos anos em terras brasilei­ toda a vida."
tá sob a direção do pastor João Kolenda Le­ ras, os pais de Marta resolveram mudar-se Daí até o casamento não houve muitos
mos e sua esposa, Ruth Doris Lemos, funda­ para os Estados Unidos, levando os demais encontros entre ambos, dada a distância
dores do seminário. Eles contam com o filhos e deixando no Brasil somente a filha que os separava.cerca de três mil quilôme­
apoio de um corpo diretivo constituído de casada. Na outra América, J.P. Kolenda, já tros. Ela na Califórnia e João Kolenda no
diversos pastores, os quais, desde o princí­ adulto, travou conhecimento com a obra Central Bible College. Mas uma coisa ficou
pio, tornaram-se em firmes colunas de sus­ pentecostal, da qual veio tomar-se um dos muito clara, quando os dois assumiram o
tentação da obra em todas as fases do seu expoentes no Estado de Michigan. Ao mes­ compromisso do matrimônio. Eles tinham
desenvolvimento. mo tempo, no Brasil, João Kolenda Lemos, os mesmos ideais, servir à obra de Deus, e se
Mas o Instituto Bíblico, hoje uma orga­ seu sobrinho, crescia até que, na juventude, assim não fosse, jamais teriam dado conti­
nização consolidada e funcionando em pré­ foi convocado para servir como evangelista nuidade a um namoro que não os levaria a
dio próprio, numa área de mais de 20 mil autorizado. Nessa época, brotou em seu co­ cumprir os propósitos de seus corações. Vista parcial do prédio em fase flmU de acabamento
metros quadrados, teve início em circuns­ ração o desejo de estudar a Palavra de for­ Ruth Doris e João Kolenda Lemos casaram-
tâncias adversas, enfrentando até mesmo ma sistemática. Mas como? É ele próprio
oposição de pessoas bem intencionadas que, quem conta:
por não compreenderem, ainda, toda a - Em 1946, já como evangelista autori­
grandeza do empreendimento, temiam des­ zado, meu grande ideal era preparar-me
vios de rumo na ortodoxia espiritual da igre­ para servir melhor no ministério, o que me
ja. Verifica-se, agora, que essas inquieta­ levou a procurar uma instituição de ensino.
ções foram apenas o reflexo de uma época, Naquela época, no Brasil, entre as As­
sem maiores conseqüências para o futuro, sembléias de Deus, havia grandes reservas
pois o IBAD aí está, com cerca de 150 alunos quanto aos seminários ou qualquer coisa pa­
em regime de internato, demonstrando toda recida. Fui, então, para os Estados Unidos.
sua pujança na formação de novos Obreiros. A presença de minha família por parte de
Que o digam os missionários, pastores, mãe, naquele país, facilitou a minha ida.
evangelistas, presbíteros, professores da Es­ Todavia, minha viagem teve unicamente o
cola Dominical e outros trabalhadores espa­ propósito de levar-me ao Central Bible
lhados pelo Brasil afora e em outros países, College, onde permaneci como interno du­
que tiveram sua formação teológica em Pin­ rante quatro anos.
damonhangaba.
João Kolenda Lemos conheceu sua espo­
O casal Lemos sa já no último ano de seus estudos teológi­
A maneira como Deus age para que os cos, por ocasião de um culto numa das igre­
seus planos sejam concretizados, nem sem­ jas da costa oeste dos Estados Unidos, onde
pre corresponde aos nossos interesses ime­ a irmã Doris prestava sua contribuição mi­ Casal Lemos sendo entrevistado para o MENSAGEIRO DA PAZ

Por que eleger os nossos imm m

constituintes?
Mobiliza-se o pais para a eleição da Elegeremos os nossos constituintes de consenso que tenham respaldo de
próxima Assembléia Nacional Consti­ para que assegurem a nossa liberdade todo o povo evangélico. E, acima de tu­
tuinte. Acirram-se, com o passar dos de anunciar a mensagem da cruz, para do, que estejam aptos para nos repre­
dias, os debates em tomo da elabora­ que sejam os porta-vozes proféticos da sentar com sapiência e coragem. Se
ção da futura Constituição do Brasil. Igreja ante os poderes constituídos. candidatos avulsos forem lançados,
Todos os segmentos da sociedade pro­ Que, à semelhança dos santos profetas nosso poder de votos diminuirá sensí­
curam, de uma ou de outra forma, in­ hebreus, contenham as investidas dos vel e drasticamente e, por conseguinte,
fluir na redação de nossa futura Carta que querem barrar a expansão do ficaremos sem representantes na As­ Da esquerda para direita, Helba Galvio, Nemuel Keuler e
Magna. Evangelho em nosso torrão pátrio. Por sembléia Nacional Constituinte, e em Joio Kolenda Lemos, na sala da biblioteca
Os evangélicos representamos par­ que não dizer, uma vez mais, ser a Igre­ outras casas legislativas.
cela considerável do povo brasileiro ja Católica a maior interessada em de­ Deixemos de lado nossas divergên­
(haja vista as Assembléias de Deus ter o avanço do Reino de Deus entre cias e mesquinhas vaidades e pense­
contarem com mais de 10 milhões de um povo tão sofrido e do Evangelho tão mos única e exclusivamente na Igreja
membros e congregados). Logo, não carente? de Cristo que não pode herdar, de for­
poderíamos ficar, sob hipótese alguma, Quando o Senhor enviou Moisés a ma alguma, as desastrosas conseqüên­
neutros nessas discussões. Delas hão de Faraó, não foi para implorar-lhe qual­ cias de nosso orgulho. Ajamos em con­
depender os destinos de nossa nação. quer favor. Do poderoso monarca egíp­ junto: somos membros uns dos outros
Mas, qual a finalidade da As­ cio, Jeová, por intermédio de seu servo, em particular.
sembléia Nacional Constituinte? exigiu a liberdade dos israelitas que vi­ Dias atrás, o senador Galvão Mo­
Elaborar uma nova Constituição viam escravizados no pais do Nilo! desto, do PDS rodonense, apresentou
que se coadune com a realidade políti­ Recentemente, aliás, em uma cida­ projeto de lei, instiuindo o 3» domingo
ca e social do país. Eleitos pelo voto di­ de do Nordeste, determinado sacerdote de junho como dia nacional de jejum e
reto, seus componentes terão o sagrado católico disse a um pastor que os evan­ oração. O que isto representa? O resul­ *
dever de a todos assegurar os mesmos gélicos, dentro em breve, não poderão tado de nossa união, porque, esquecen- —
direitos e deveres, através de leis justas mais pregar ao ar livre, porque a futura do-nos de insignificantes quilizar resol­ Sala de oração dos alunos do IBAD
que representem o interesse maior da Constituição proibirá reuniões de cará­ vemos apresentar, conjuntamente,
sociedade. ter religioso em praças e outros logra­ essa reinvindicação que inclui, tam­
Muitos evangélicos, neste momen­ douros públicos. bém, o estreitamento das relações bra-
to, estão perguntando: Por que eleger Será isso verdade ou uma velada Gilcíro -israelense.
nossos constituintes? Esclarecemos, ameaça ao povo de Deus? Não o sabe­ Conscientes da responsabilidade
em primeiro lugar e de uma vez por to­ mos. Mas, não tenham dúvida, perma­ quanto a eleição da próxima As­
das: nosso interesse não é que sejam neceremos atentos. A liberdade tem sembléia Nacional Constituinte, pas­
eleitos para pedir qualquer bem mate­ um preço - é a eterna vigilância. tores como o irmão João Batista da Sil­
rial ao governo - nosso Deus é o dono Só garantiremos nossas liberdades va, de Natal, RN; Sebastião R. de Sou­
da prata e do ouro; deles nada aguar­ e direitos que, abaixo de Deus, têm za. de Cuiabá, MS; Isaac Martins Ro­
damos, também, para a construção de propiciado a expansão do Evangelho drigues, de Abreu e Lima, PE, entre
templos - a Igreja, peregrina noiva de em terras brasileiras, se deixarmos de outros, estão liderando um movimento
Cristo, não se envergonharia de esperar lado nossos interesses particulares e de oração, procurando, também, aler­
pelo Esposo nascatacumbas e caver- termos uma visão global da Obra. É tar a comunidade evangélica, acerca
Pindamonhangaba: Umajaonci
Fundado em 18 de março de 1959, oca­ diatos. Foi assim com o IBAD. Para que fos­ nisterial. O jovem brasileiro fora convidado
sião em que foi proferida a aula inaugural se estabelecido em 1959, o Senhor começou para ser o pregador da noite e quando, pela
do sei^primeiro ano letivo, o Instituto Bíbli­ a agir desde o início do século, quando uma primeira vez, dirigiu o seu olhar para o pia­
co das Assembléias de Deus, localizado em família de imigrantes alemães transferiu-se no da igreja, sua atenção foi despertada por
Pindamonhangaba, SP, vem, há 26 anos, para o Brasil, radicando-se no Rio Grande aquela jovem cujos dedos ágeis executavam
recebendo alunos de todas as partes do Bra­ do Sul. Lá estavam, entre outros, os filhos acordes que mais pareciam a música dos se­
sil, em busca de maior conhecimento da Pa­ J.P. Kolenda e sua irmã Marta. Os anos se res angelicais. O coração de João Kolenda
lavra de Deus e de preparação sistemática passaram até que a juventude chegou e não demorou muito para reagir. Logo, ouviu
para o bom desempenho do ministério. Marta casou-se com um jovem brasileiro, de uma voz diferente dizer-lhe no profundo de
XI'
OIBAD, como se tomou conhecido, fôi o cuja união nasceram diversas crianças, en­ sua alma: "Esta é a pessoa que tem todas as
pioneiro das Assembléias de Deus no Brasil, tre as quais João Kolenda Lemos. qualidades para ser sua companheira por
como instituição teológica organizada, e es­ Depois de tantos anos em terras brasilei­ toda a vida,"
tá sob a direção do pastor João Kolenda Le­ ras, os pais de Marta resolveram mudar-se Daí até o casamento não houve muitos
mos e sua esposa, Ruth Doris Lemos, funda­ para os Estados Unidos, levando os demais encontros entre ambos, dada a distância
dores do seminário. Eles contam com o filhos e deixando no Brasil somente a filha que os separava cerca de três mil quilôme­
apoio de um corpo diretivo constituído de casada. Na outra América, J.P. Kolenda, já tros. Ela na Califórnia e João Kolenda no
diversos pastores, os quais, desde o princí­ adulto, travou conhecimento com a obra Central Bible College. Mas uma coisa ficou
pio, tornaram-se em firmes colunas de sus­ pentecostal, da qual veio tomar-se um dos muito clara, quando os dois assumiram o
tentação da obra em todas as fases do seu expoentes no Estado de Michigan. Ao mes­ compromisso do matrimônio. Eles tinham
desenvolvimento. mo tempo, no Brasil, João Kolenda Lemos, os mesmos ideais, servir à obra de Deus, e se
Mas o Instituto Bíblico, hoje uma orga­ seu sobrinho, crescia até que, na juventude, assim não fosse, jamais teriam dado conti­
nização consolidada e funcionando em pré­ foi convocado pata servir como evangelista nuidade a um namoro que não os levaria a
dio próprio, numa área de mais de 20 mil autorizado. Nessa época, brotou em seu co­ cumprir os propósitos de seus corações. Vista parcial do prédio em fase final de acabamento
metros quadrados, teve início em circuns­ ração o desejo de estudar a Palavra de for­ Ruth Doris e João Kolenda Lemos casaram-
tâncias adversas, enfrentando até mesmo ma sistemática. Mas como? Ê ele próprio
oposição de pessoas bem intencionadas que, quem conta:
por não compreenderem, ainda, toda a - Em 1946, já como evangelista autori­
grandeza do empreendimento, temiam des­ zado, meu grande ideal era preparar-me
vios de rumo na ortodoxia espiritual da igre­ para servir melhor no ministério, o que me
ja. Verifica-se, agora, que essas inquieta­ levou a procurar uma instituição de ensino.
ções foram apenas o reflexo de uma época, Naquela época, no Brasil, entre as As­
sem maiores conseqüências para o futuro, sembléias de Deus, havia grandes reservas
pois o IBAD aí está, com cerca de 150 alunos quanto aos seminários ou qualquer coisa pa­
em regime de intemato, demonstrando toda recida. Fui, então, para os Estados Unidos.
sua pujança na formação de novos Obreiros. A presença de minha família por parte de
Que o digam os missionários, pastores, mãe, naquele país, facilitou a minha ida.
evangelistas, presbíteros, professores da Es­ Todavia, minha viagem teve unicamente o
cola Dominical e outros trabalhadores espa­ propósito de levar-me ao Central Bible
lhados pelo Brasil afora e em outros países, College, onde permaneci como intemo du­
que tiveram sua formação teológica em Pin­ rante quatro anos.
damonhangaba.
João Kolenda Lemos conheceu sua espo­
O casal Lemos sa já no último ano de seus estudos teológi­
A maneira como Deus age para que os cos, por ocasião de um culto numa das igre­
seus planos sejam concretizados, nem sem­ jas da costa oeste dos Estados Unidos, onde
pre corresponde aos nossos interesses ime­ a irmã Doris prestava sua contribuição mi­ Casal Lemos sendo entrevistado para o MENSAGEIRO DA PAZ

Por que eleger os nossos üiwwt ittiimmn tnw

>
'
^
' f> >-

constituintes?
Mobiliza-se o país para a eleição da Elegeremos os nossos constituintes de consenso que tenham respaldo de
próxima Assembléia Nacional Consti­ para que assegurem a nossa liberdade todo o povo evangélico. E, acima de tu­
tuinte. Acirram-se, com o passar dos de anunciar a mensagem da cruz, para do, que estejam aptos para nos repre­
dias, os debates em tomo da elabora­ que sejam os porta-vozes proféticos da sentar com sapiência e coragem. Se
ção da futura Constituição do Brasil. Igreja ante os poderes constituídos. candidatos avulsos forem lançados,
Todos os segmentos da sociedade pro­ Que, à semelhança dos santos profetas nosso poder de votos diminuirá sensí­
curam, de uma ou de outra forma, in­ hebreus, contenham as investidas dos vel e drasticamente e, por conseguinte,
fluir na redação de nossa futura Carta que querem barrar a expansão do ficaremos sem representantes na As­ Da esquerda para direita, Helba Galvio, Nemuel Keesler e ^
Magna. Evangelho em nosso torrão pátrio. Por sembléia Nacional Constituinte, e em Joio Kolenda Lemos, na sala da biblioteca
Os evangélicos representamos par­ que não dizer, uma vez mais, ser a Igre­ outras casas legislativas.
cela considerável do povo brasileiro ja Católica a maior interessada em de­ Deixemos de lado nossas divergên­
(haja vista as Assembléias de Deus ter o avanço do Reino de Deus entre cias e mesquinhas vaidades e pense­
contarem com mais de 10 milhões de um povo tão sofrido e do Evangelho tão mos única e exclusivamente na Igreja
membros e congregados). Logo, não carente? de Cristo que não pode herdar, de for­
poderíamos ficar, sob hipótese alguma, Quando o Senhor enviou Moisés a ma alguma, as desastrosas conseqüên­
neutros nessas discussões. Delas hão de Faraó, não foi para implorar-lhe qual­ cias de nosso orgulho. Ajamos em con­
depender os destinos de nossa nação. quer favor. Do poderoso monarca egíp­ junto: somos membros uns dos outros
Mas, qual a finalidade da As­ cio, Jeová, por intermédio de seu servo, em particular.
sembléia Nacional Constituinte? exigiu a liberdade dos israelitas que vi­ Dias atrás, o senador Galvão Mo­
Elaborar uma nova Constituição viam escravizados no país do Nilo! desto, do PDS rodonense, apresentou
que se coadune com a realidade políti­ Recentemente, aliás, em uma cida­ projeto de lei, instiuindo o 3' domingo
ca e social do país. Eleitos pelo voto di­ de do Nordeste, determinado sacerdote de junho como dia nacional de jejum e
reto, seus componentes terão o sagrado católico disse a um pastor que os evan­ oração. O que isto representa? O resul­
dever de a todos assegurar os mesmos gélicos, dentro em breve, não poderão tado de nossa união, porque, esquecen­
direitos e deveres, através de leis justas mais pregar ao ar livre, porque a futura do-nos de insignificantes quilizar resol­ Sala de oração dos alunos do IBAD
que representem o interesse maior da Constituição proibirá reuniões de cará­ vemos apresentar, conjuntamente,
sociedade. ter religioso em praças e outros logra­ essa reinvindicação que inclui, tam­
Muitos evangélicos, neste momen­ douros públicos. bém, o estreitamento das relações bra-
to, estão perguntando: Por que eleger Será isso verdade ou uma velada sileiro-israelense.
nossos constituintes? Esclarecemos, ameaça ao povo de Deus? Não o sabe­ Conscientes da responsabilidade
em primeiro lugar e de uma vez por to­ mos. Mas, não tenham dúvida, perma­ quanto a eleição da próxima As­
das: nosso interesse não é que sejam neceremos atentos. A liberdade tem sembléia Nacional Constituinte, pas­
eleitos para pedir qualquer bem mate­ um preço - é a eterna vigilância. tores como o irmão João Batista da Sil­
rial ao governo - nosso Deus é o dono Só garantiremos nossas liberdades va, de Natal, RN; Sebastião R. de Sou­
da prata e do ouro; deles nada aguar­ e direitos que, abaixo de Deus, têm za, de Cuiabá, MS; Isaac Martins Ro­
damos, também, para a construção de propiciado a expansão do Evangelho drigues, de Abreu e Lima, PE, entre
templos - a Igreja, peregrina noiva de em terras brasileiras, se deixarmos de outros, estão liderando um movimento
Cristo, não se envergonharia de esperar lado nossos interesses particulares e de oração, procurando, também, aler­
pelo Esposo nascatacumbas e caver­ termos uma visão global da Obra. É tar a comunidade evangélica, acerca
nas, como já aconteceu nos primórdios mister que os nossos lideres, em cada das nossas responsabilidades quanto a Uma das reuniões mais importantes de Pinda é o cuit
do Cristianismo. Estado, se unam e lancem candidatos elaboração da nossa Carta Magna. missionário
rica de anzóis para pescar homens
8€ em 11 de junho de 1950, indo pastorear
uma igreja na peninsuia norte do Estado de
Michigan até transferirem-se para o Brasil
em 27 de junho de 1951.

A fündaçáo do Instituto Bíblico


O casal desembarcou no Rio de Janeiro
em 30 de junho do mesmo ano, após três
dias de viagem desde Miami, Flórida, com
escalas na República Dominicana e em Be­
lém, PA. O primeiro impacto da irmã Doris
em terras brasileiras foi o calor. Ela mesma
o diz:
- Embora fosse um dia de inverno, fazia
muito calor e eu jamais experimentara tem­
peratura tâo alta. Mas foi uma nova e boa
experiência para mim. Logo passei a gostar
deste país e me senti imediatamente identi­
ficada com os brasileiros. Quando o avião se
preparava para pousar, pude ver as águas
do Oceano Atlântico que me pareceram Õ frand j coral em uma das suas apresenta­
translúcidas e o céu mais azul. ções Um dos grupos de estudo, pertencente à turm* do primeiro ano
1 de acabamento Os planos do casal eram implantar, de
início, a instituição teológica pioneira das
Assembléias de Deus no Brasil, mas a pro­ regidos pela irmã Doris, que recebeu de
posta teve de ser amadurecida por algum Deus a inspiração de preparar um doa me­
tempo, já que não encontrava, ainda, maior lhores repertórios de música sacra, t,;ue po­
receptividade entre a liderança da igreja. dem ser ouvidos pelo povo evangélico no
Brasil.
Era praticamente impossível, naquelas cir­
cunstâncias, começar uma obra que iria exi­ O pastor João Kolenda Lemos dá a se­
gir participação efetiva de tv-dos na sua con­ guinte orientação para os que desejam ma­
solidação. tricular-se no Instituto Bíblico:
Assim, o irmão João Kolenda veio para a - O candidato deve escrever pedindo sua
Casa Publicadora, onde permaneceu de inscrição. Depois de receber os formulários e
1951 a 1955. Durante este período, traba­ preenchê-los, como matrícula, recomenda­
lhou como tesoureiro da CPAD, coopero" ção e responsabilidade financeira, o proces­
com o programa "Voz das Assembléias do so leva mais ou menos de 15 dias a um mês
Deus" e prestou sua colaboração na área re- para que seja formalizado. Nós só recebe­
datorial do periódico existente na época, o mos alunos que sejam crentes no Senhor Je­
MENSAGEIRO DA PAZ, além da revisão sus, membros da igreja, maiores de dezoito
dos trabalhos produzidos na CPAD. anos, preferivelmente com o 2» grau. Ofere­
Foi, também, naquela época que surgi­ Quarteto masculino, uma das marcas da boa música de Pinda cemos três tipos de cursos: de dois, três e
ram as primeiras revistas infantis para a quatro anos, este o Bacharel em Teologia.
Escola Dominical, criadas pelo pastor José Para o curso de três e quatro anos, exige-se o
No primeiro ano, a escola funcionou muel Kessler, foi abrilhantado por todoe os
' Pimentel de Carvalho e que tiveram os co­ 2^ grau. Para o curso básico em teologia, de
numa casa duplex, alugada para este fim, e departamentos musicais da Escola, desde o dois anos, recebemos alunos apenas com o
mentários escritos por Ruth Doris Lemos que se localizava na rua São João Bosco 476.
mais a irmã Cacilda Brito. A esposa do pas­ grande coral até o dueto masculino, todos l 9 grau.
O início se deu com oito alunos, cujos no­ G. Couto
tor Kolenda teve, ainda, significativa parti­ mes, por questão de justiça, devem ser men­
cipação na área musical da Assembléia de cionados. São eles: Doraci, Altamiro (de
Deus de São Cristóvão, regendo um coral
misto de jovens, quarteto masculino, trio fe­
minino, além de supervisionar o mesmo tipo
saudosa memória), Noé, Judite, Alcides,
Sebastião Pereira, Orlando e Juraci.
Não foi fácil manter o IBAD naquele
PARA MANEJAR BEM UMA
liUltUh de trabalho no programa "Voz das As­
sembléias de Deus". Mas o seu sonho maior
era a fundação do Instituto Bíblico.
princípio. O casal foi obrigado a trabalhar
fora, ele com tradução e a irmã Doris diri­ ESPADA PRIMEIRO É PRECISO
gindo o Departamento de Inglês da Univer­
Isto só veio a acontecer em 1959, depois
do primeiro período de férias do casal, nos
sidade de Taubaté, com aulas das 19 às 23
horas, todos os dias, para que tivessem fun­
TOMAR POSSE DELA
EUA, ocasião em que nasceu o primeiro fi­ dos suficientes e com isto suprissem todas Esta obra é o resultado do esforço de mui­
lho, Mark Lemos. Algumas mudanças de as necessidades da obra em seus primór- tos anos do saudoso Missionário O.S. Boyer,
concepção ensejaram a oportunidade de dios, tais como alimento, aluguel e manu­
criar-se a "Comissão do Instituto Bíblico", para colher os pensamentos de alguns dos
tenção.
formada, entre outros, pelos seguintes pas­ mais eminentes e humildes servos de Deus.
No ano seguinte, o IBAD foi transferido
tores; João de Oliveira, de saudosa memó­ para o atual endereço, na rua São João Bos­ Na preparação destes estudos foram consul­
ria, José Antonio de Carvalho, Luís Rodri­ co 1114. A mudança foi no dia 7 de março de tados os melhores trabalhos bíblicos do meio
gues de Sousa, Francisco Assis Gomes, José 1960, período em que as duas filhas gêmeas ev. qéiico mundial. Este comentário é indis-
Ezequiel da Silva, Túlio Barros Ferreira, do casal, Raquel e Re beca, tinham apenas pens. 'el para: Pastores, Obreiros, Professo­
ilvâo, Nemuel Kessler e
Alfredo Reikdal e J.P. Kolenda, este já no 17 dias de idade. Uma das salas da casa ali res de Escola Dominical, Leigos e Estudantes
liblioteca
Brasil há alguns anos, em atendimento á existente, hoje já demolida, foi adaptada da Bíblia em gerai.
chamada divina para retomar á terra que o para capela e, com uma comitiva do Rio de
acolhera como garoto, aos quatro anos de Janeiro, liderada pela irmã Lídia Nelson,
idade, no início do século. realizou-se o culto de abertura dessa nova ESPADA CORTANTE - Volume II
A escolha de Pindamonhangaba para a fase. (Lucas, João e Atos dos Apósto­
localização do Instituto Bíblico não foi feita
ao mero sabor das circunstâncias, mas obe­ O Instituto hoje los) 854 páginas e capa plástica
deceu critérios seletivos, não obstante ter Hoje, o Instituto Bíblico das As­ preta
sido uma das últimas de uma lista com 45 sembléias de Deus é uma instituição conhe­
cidades. È o próprio pastor João Kolenda cida em todo o Brasil e que recebe, inclusi­
quem fala a respeito: ve, alunos do exterior. Dentre 150 internos Preço Normal: Cr$ 75.000 Preço Especial: Cr$ 55.000
- Os critérios principais foram de ordem que lá se encontram este ano, veiifica-se
política, econômica e social. Quanto à pri­ pela primeira vez a presença de três índios Importante Além de desfrutar de um expressivo desconto, você rece­
meira, no seu aspecto estrutural, teria de pertencentes à tribo terena, preparando-se berá inteiramente grátis o livro - Sinopse Histórica das Assembléias de
ser uma cidade cuja porta estivesse aberta. para servir melhor á Obra de Deus.
Deus, do pr. Alcebíades P. Vasconcelos
Jamais poderíamos procurar um lugar onde Em recente visita, liderada pelo pastor
não encontrássemos o respaldo necessário. Nemuel Kessler (que filmou todas as ati­
E o pastor João de Oliveira, na época diri­ vidades da Escola), para o Projeto Pró-
Memória da qual fizeram parte o pastor Ge-
CUPOM ESPECIAL-,
gindo a igreja aqui. abriu as portas para a
remias do Couto e o irmão Isael de Araújo, Preencha, recorte e envie hoje mesmo para;
instalação do Instituto. Do ponto de vista
econômico e social, Pindamonhangaba pôde-se constatar o progresso do IBAD. IBAD - INSTITUTO BlBLICO DAS ASSEMBLÉIAS
DE DEUS
apresentava os melhores níveis de vida do Com o prédio em fase final de acabamento,
SIM Csd Desejo receber "ES­ Caixa Postal 62 CEP 12400, Pindamonhangaba -
Brasil. Além disso tinha um clima excelente oferecendo melhores condições de conforto
e era um lugar de fácil acesso, tanto pela aos alunos, a escola conta, hoje, com efi­ PADA CORTANTE" - Vol. II
ciente estrutura de apoio, onde se insere a pelo Reembolso Postei, pela
Estrada de Ferro, como através das rodo­ Ouant. Esp. Corl. Preço Total
vias Fernão Dias e Presidente Dutra. biblioteca com mais de seis mil volumes e qual pagarei apenas Cr$ 55.000
o exemplar. (Opçào do leitor) Volume 1 56.000
A escolha da cidade paulista não podaria uma administração apoiada na assessoria
do pastor Mark Kolenda Lemos, filho do ca­ Volume 11 55.000
ter sido mais feliz até mesmo porque o pró­
prio nome do município dá uma idéh exata sal, que, ao lado da esposa, Helba Galvão, Nome:
do que representa a fundação do Instituto vem prestando relevantes serviços ao Insti­ Endereço:
Bíblico. Pindamonhangaba é uma expres­ tuto. O mesmo se pode dizer do evangelista
são indígena que significa "fábrica de an­ Cláudio Rogério dos Santos, genro do pastor
Bairro: _ CEP:
zóis", e a finalidade daquela casa de ensino João Kolenda Lemos, que exerce o seu mi­ Cidade: Estado:
não é outra senão a de preparar novos nistério junto a área acadêmica da Escola.
i de anzóis para pescar homens
se em 11 de junho de 1950, indo pastorear
uma igreja na península norte do Estado de
Michigan até transferirem-se para o Brasil
em 27 de junho de 1951.

A fündaçio do Instituto Bíblico


O casal desembarcou no Rio de Janeiro
em 30 de junho do mesmo ano, após três
dias de viagem desde Miami, Flórida, com
escalas na República Dominicana e em Be­
lém, PA. O primeiro impacto da irmã Doris
em terras brasileiras foi o calor. Ela mesma
o diz:
- Embora fdsse um dia de inverno, fazia
muito calor e eu jamais experimentara tem­
peratura táo alta. Mas foi uma nova e boa
experiência para mim. Logo passei a gostar
deste país e me senti imediatamente identi­
ficada com os brasileiros. Quando o avião se
preparava para pousar, pude ver as águas
do Oceano Atlântico que me pareceram O grande coral em uma das suas apresenta
translúcidas e o céu mais azul. çdes Um dos grupos de estudo, pertencente à turma do primeiro ano
Os planos do casal eram implantar, de
início, a instituição teológica pioneira das
Assembléias de Deus no Brasil, mas a pro­ regidos pela irmã Doris, que recebeu de
posta teve de ser amadurecida por algum Deus a inspiração de preparar um dos me­
tempo, já que nâo encontrava, ainda, maior lhores repertórios de música sacra, que po­
receptividade entre a liderança da igreja. dem ser ouvidos pelo povo evangélico no
Era praticamente impossível, naquelas cir­ Brasil.
cunstâncias, começar uma obra que iria exi­ O pastor João Kolenda Lemos dá a se­
gir participação efetiva de todos na sua con­ guinte orientação para os que desejam ma­
solidação. triculasse no Instituto Bíblico:
Assim, o irmão João Kolenda veio para a - O candidato deve escrever pedindo sua
Casa Publicadora, onde permaneceu de inscrição. Depois ;le receber os formulários e
1951 a 1955. Durante este período, traba­ preenchê-los, como matrícula, recomenda­
lhou como tesoureiro da CPAD, cooperou ção e responsabilidade financeira, o proces­
com o programa "Voz das Assembléias de so leva mais ou menos de 15 dias a um mês
Deus" e prestou sua colaboração na área re- para que seja formalizado. Nós só recebe­
datorial do periódico existente na época, o mos alunos que sejam crentes no Senhor Je­
MENSAGEIRO DA PAZ, além da revisão sus, membros da igreja, maiores de dezoito
dos trabalhos produzidos na CPAD. anos, preferivelmente com o 2» grau. Ofere­
Foi, também, naquela época que surgi­ Quarteto masculino, uma das marcas da boa música de Pinda cemos três tipos de cursos: de dois, três e
ram as primeiras revistas infantis para a quatro anos, este o Bacharel em Teologia.
Escola Dominical, criadas pelo pastor José Para o curoo de três e quatro anos, exige-se o
No primeiro ano, a escola funcionou muel Kessler, foi abrilhantado por todoe os
' Pimentel de Carvalho e que tiveram os co­ 2' grau. Para o curso básico em teologia, de
numa casa duplex, alugada para este fim, e departamentos musicais da Escola, desde o
mentários escritos por Ruth Doris Lemos dois anos, recebemos alunos apenas com o
que se localizava na rua São João Bosco 476. grande coral até o dueto masculino, todos 1' grau.
mais a irmã Cacilda Brito. A esposa do pas­ O início se deu com oito alunos, cujos no­
tor Kolenda teve, ainda, significativa parti­ G. Couto
mes, por questão de justiça, devem ser men­
cipação na área musical da Assembléia de cionados. São eles: Doraci, Altamiro (de
Deus de São Cristóvão, regendo um coral
misto de jovens, quarteto masculino, trio fe­
minino, além de supervisionar o mesmo tipo
saudosa memória), Noé, Judite, Alcides,
Sebastião Pereira, Orlando e Juraci.
Nâo foi fácil manter o IBAD naquele
PARA MANEJAR BEM UMA
•de trabalho no programa "Voz das As­
sembléias de Deus". Mas o seu sonho maior
era a fundação do Instituto Bíblico.
princípio. O casal foi obrigado a trabalhar
fora, ele com tradução e a irmã Doris diri­
gindo o Departamento de Inglês da Univer­
ESPADA PRIMEIRO É PRECISO
Isto só veio a acontecer em 1959, depois
do primeiro período de férias do casal, nos
sidade de Taubaté, com aulas das 19 às 23
horas, todos os dias, para que tivessem fun­
TOMAR POSSE DELA
EUA, ocasião em que nasceu o primeiro fi­ dos suficientes e com isto suprissem todas Esta obra é o resultado do esforço de mui­
lho, Mark Lemos. Algumas mudanças de as necessidades da obra em seus primór-
concepção ensejaram a oportunidade de
tos anos do saudoso Missionário O.S, Boyer,
dios, tais como alimento, aluguel e manu­ para colher os pensamentos de alguns dos
criar-se a "Comissão do Instituto Bíblico", tenção.
formada, entre outros, pelos seguintes pas­ No ano seguinte, o IBAD foi transferido
mais eminentes e humildes servos de Deus.
tores; João de Oliveira, de saudosa memó­ para o atual endereço, na rua São João Bos­ Na preparação destes estudos foram consul­
ria, José Antonio de Carvalho, Luís Rodri­ co 1114. A mudança foi no dia 7 de março de tados os melhores trabalhos bíblicos do meio
gues de Sousa, Francisco Assis Gomes, José 1960, período em que as duas filhas gêmeas evangélico mundial. Este comentário é indis­
Ezequiel da Silva. Túlio Barros Ferreira, do casal, Raquel e Re beca, tinham apenas pensável para: Pastores, Obreiros, Professo­
Alfredo Reikdal e J.P. Kolenda, este já no 17 dias de idade. Uma das salas da casa ali res de Escola Dominical, Leigos e Estudantes
Brasil há alguns anos, em atendimento à existente, hoje já demolida, foi adaptada da Bíblia em geral.
chamada divina para retomar á terráqueo para capela e, com uma comitiva do Rio de
acolhera como garoto, aos quatro anos de Janeiro, liderada pela irmã Lídia Nelson,
idade, no início do século. realizou-se o culto de abe/t ura dessa nova ESPADA CORTANTE - Volume II
A escolha de Pindamonhangaba para a fase. (Lucas, João e Atos dos Apósto­
localização do Instituto Bíblico não foi feita
ao mero sabor das circunstâncias, mas obe­ O Instituto hoje los) 854 páginas e capa plástica
deceu critérios seletivos, não obstante ter Hoje, o Instituto Bíblico das As­ preta
sido uma das últimas de uma lista com 45 sembléias de Deus é uma instituição conhe­
cidades. É o próprio pastor João Kolenda cida em todo o Brasil e que recebe, inclusi­
quem fala a respeito. ve, alunos do exterior. Dentre 150 internos | Preço Normal: Cr$ 75.000 Preço Especial: Cr$ 55.000 j
- Os critérios principais foram de ordem que lá se encontram este ano, verifica-se
política, econômica e social. Quanto à pri­ pela primeira vez a presença de três índios Cortante - Além de desfrutar de um expressivo desconto, você rece­
meira, no seu aspecto estrutural, teria de pertencentes á tribo terena, preparando-se ará inteiramente grátis o livro - Sinopse Histórica das Assembléias de
ser uma cidade cuja porta estivesse aberta. para servir melhor â Obra de Deus.
Deus, do pr. Alcebíades P. Vasconcelos
Jamais poderíamos procurar um lugar onde Em recente visita, liderada pelo pastor
não encontrássemos o respaldo necessário. Nemuel Kessler (que filmou todas as ati­
E o pastor João de Oliveira, na época diri­
gindo a igreja aqui, abriu as portas para a
vidades da Escola), para o Projeto Pró-
Memória da qual fizeram parte o pastor Ge-
CUPOM ESPECIAL
Preencha, recorte e envie hoje mesmo para:

ti.
instalação do Instituto. Do ponto de vista remias do Couto e o irmão Isael de Araújo,
econômico e social, Pindamonhangaba pôde-se constatar o progresso do IBAD. IBAD - INSTITUTO BÍBLICO DAS ASSEMBLÉIAS
DE DEUS
apresentava os melhores níveis de vida do Com o prédio em fase final de acabamento,
Brasil. Além disso tinha um clima excelente oferecendo melhores condições de conforto SIM LVJ Desejo receber "ES­ Caixa Postal 62 CEP 12400, Pindamonhangaba -
e era um lugar de fácil acesso, tanto pela aos alunos, a escola conta, hoje, com efi­ PADA CORTANTE" - Vol. II
Estrada de Ferro, como através das rodo­ ciente estrutura de apoio, onde se insere a pelo Reembolso Postal, pela
Quanl. Esp. Cort. Preço Total
vias Fernão Dias e Presidente Dutra. biblioteca com mais de seis mil volumes e qual pagarei apenas Cr$ 55.000
o exemplar. (Opção do leitor) Volume 1 56.000
A escolha da cidade paulista não poderia uma administração apoiada na assessoria
ter sido mais feliz até mesmo porque o pró­ do pastor Mark Kolenda Lemos, filho do ca­ Volume II 55.000
prio nome do município dá uma idé' \ exata sal, que, ao lado da esposa, Helba Galvão, Nome: _
do que representa a fundação do Instituto vem prestando relevantes serviços ao Insti­
Endereço:
Bíblico. Pindamonhangaba é uma expres­ tuto. O mesmo se pode dizer do evangelista
são indígena que significa "fábrica de an­ Cláudio Rogério dos Santos, genro do pastor Bairro: _ _ CEP:
zóis". e a finalidade daquela casa de ensino João Kolenda Lemos, que exerce o seu mi­ Cidade; __ Estado:.
nâo é outra senão a de preparar novos nistério junto a área acadêmica da Escola.
Obreiros para que se tornem, de fato, pesca­ O culto do qual a equipe da CPAD parti­ Preço válido até 31/07/85
dores de homens. cipou, ocasião em que pregou o pastor Ne­
14 Julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

Qual é o As quatro etapas


teu preço?
"Então disse Jacá: Vende-me a tua primo-
genitura. E disse Esaü: Eis que estou pronto a
morrer, e para que me seruirá togo a primogeni-
turaf", Gn 25.31,32.
Esaü usou a linguagem de uma criatura
cuja visão não ultrapassa as margens limitadas
do obra missionária
A obra missionária está no coração de nossa geração se os primeiros cristãos não sua vinda, nos mínimos detalhes, como
das necessidades imediatas. Estamos diante de
Deus! A Bíblia é um livro missionário de tivessem visão missionária? É bem possí­ constatamos nas profecias messiânicas do
um quadro curioso, pois representa a longa his­ Gênesis a Apocalipse. Ela nos revela em vel que, se não fosse a obra missionária, o Velho Testamento. Desprezar tal planeja­
tória da humanidade, pintada com as cores vi­ todas as suas páginas, que Deus está em Evangelho, atualmente, não passasse de mento na tarefa missionária é erro de ca­
vas do caráter do homem. Adquirindo o sufi­ busca do homem perdido. Entretanto, uma filosofia morta e esquecida. Você já tastróficas conseqüências. No versículo
ciente para comer hoje, por que se incomodar vale lembrar que ele usa homens na reali­ pensou nisso? "Onde não há visão o povo supracitado, verificamos a estratégia bá­
com o dia de amanhã? Satisfeitas as necessida­ zação de sua obra na terra. A Bíblia está perece." Vede as terras... O campo mis­ sica da obra missionária:
des materiais, para que se preocupar com os va­ repleta de nomes de destemidos servos do sionário não está restrito unicamente a 1. Jerusalém - terra natal,
lores espirituais? Senhor, usados no cumprimento do pro­ Jerusalém. É preciso ver a Judéia, Sama-
Tivesse Esaú valorizado a bênção e o privi­
2. Judéia e Samaria - cidades e nações
pósito divino. ria e os confins da terra, At 1.8. vizinhas,
légio dos primogênitos da família patriarcal,
certamente não teria tão frivolamente vendido O fato é que o Senhor Deus não usará É "ato inegável que quanto mais alto 3. Confins da terra - povos, línguas e
a sua valiosa herança por um prato de lenti­ máquinas, robôs, nem mesmo anjos, para subirmos em uma montanha, mais ampla nações distantes e não alcançados.
lhas! E quantas vantagens tinham os primogê­ cumprir a grande-comissào. Ele usou, usa será nossa visão do território que nos cer­ Um bom plano missionário deve en­
nitos! Entre elas podemos citar: Primazia na e sempre usará o homem! Ele escolheu vo­ ca. Isso se repete no campo espiritual, em volver alvos concretos, prioridades prees-
tribo, herdando em porção dobrada tudo quan­ cê para tão sublime missão! Seja você lei­ sé tratando de missões. Quanto mais per­ tabelecidas, escolha de estratégicas e me­
to possuía o pai, Dt 21.17; liderança da família; go ou erudito. Se você estiver cheio do to de Deus, maior visão dos campos tere­ todologia etc. O fato é que não podemos
sucessão do pai no trono, 2 Cr 21.3; honras e Espirito e revestido de poder, estará apto mos. O fato é que será impossível ganhar­ desprezar tão importante área do campo
condecorações na sua linhagem, Êx 34.20; he­ para ganhar almas para Cristo. A Bíblia mos o mundo para Cristo enquanto não missionário.
rança da terra prometida, com direito a repar­
ti-la para si e para seus filhos, Jo 14.1; ances-
diz: "... a quem enviarei? quem há de ir expandirmos nossa visão e levantarmos os Ação
tralidade do Messias, Lc 2.7; Rm 8.29. por nós", Is 6.8. E ainda: "...como ouvirão nossos olhos. "Convém que eu faça as obras daquele
Esta era apenas uma parte das vantagens se não há quem pregue?", Rm 10.14-16. Conscientização que me enviou, enquanto é dia, a noite
que envolviam o titulo {^-primogênito. Porém, Esses e outros textos nos confirmam tal "... e ai de mim se não anunciar o vem, quando ninguém pode trabalhar",
os olhos sensuais e intereiwiros de Esaú não verdade. Eu e você somos o instrumento Evangelho", 1 Co 9.16. Jo 9.4.
podiam apreciar o valor e a beleza de tais privi­ de Deus hoje, agora. Paulo, apóstolo dos gentios, além de Pouco ou nada nos valerá termos vi­
légios. Vendeu todo este direito por um simples Meditemos, a seguir, nas quatro eta­ sua grande cultura e de suas Qualidades são, estarmos conscientes da nossa res­
prato de lentilha. Que decepção! pas que envolvem o movimento missioná­ natas, possuía uma profunda experiência
No entanto, a história da humanidade está ponsabilidade e termos ótimos planos, se
rio. com Deus, o que o tornou no maior missio­ não houver ação. Talvez os grandes em­
repleta desses tristes fatos. Temos presenciado,
estarrecidos, criaturas que se vendem e se en­
Visão nário de todos os tempos. Paulo era um preendimentos missionários ainda este­
tregam por nada. Homens e mulheres que ne­ "... levantai os vossos olhos e vede as homem conscientizado de sua vocação. jam engavetados nos escritórios das orga­
gociam o seu caráter. Amigos como Judas que terras que já estão brancas para a ceifa", Sinto isso quando leio estas palavras: "Ai nizações missionárias, ou não passaram
traiu a Jesus, por trinta miseráveis moedas, Mt Jo 4.35. de mim se não anunciar o Evangelho." de planos distantes da realidade atual. De
26.14-15. Pobres e desprezíveis mercadores, Em Provérbios 29.18, lemos: "Onde Temos muitos cristãos emocionados, ou­ que nos valerão os belos sermões missio­
descendentes de Esaú. náo há visão o povo perece." Em termos tros parcialmente convencidos, alguns sob nários, os profundos estudos bíblicos, os'
A sinceridade não abriga dolo nem malícia. de evangelização e missões, basta usar­ influência de terceiros, mas Deus está grandes e inspirativos livros missionários?'
Além disso, tem seus reflexos na vida mental e mos um raciocínio lógico para constatar a buscando homens conscientes de sua mis­
espiritual do homem. O impuro nada vê, nada De que nos valerão os simpósios e confe-'
percebe e nada de bem pode mostrar ao seu se­
veracidade desta afirmação bíblica. Um são, principalmente no que tange à obra rências sobre missões se nos faltar ação,
melhante. povo sem visão está restrito em seu pró­ missionária. Um cristão consciente é um prática?
Numa peça de Shakespeare, quando os as­ prio campo, está confortnado com os pou­ crente estável, não vacila, tem convicção Creio que temos teoria suficiente para
sassinos de um dos personagens do famoso dra­ cos e quase nenhum resultado, não pensa própria, não se deixa levar por aqueles formar os melhores missionários do mun­
maturgo inglês tentaram dirigir uma prece a em avçnçar e ir em busca das almas que estão somente interessados no retro­ do! Milhões de almas mergulham sem esr
Deus, ela lhes ficou presa na garganta, porque, Se não evangelizarmos, não estaremos cesso da obra missionária. Que cada um perança no inferno a cada ano. Enquanto
com as mãos manchadas de sangue e o coração investindo em missões. A tendência natu­ de nós esteja consciente da missão que nos isto, alguns estão envolvidos em suas teo­
impuro, não podiam traduzir pensamentos ou ral é o decréscimo, a estagnação. Em con­ confiou o Senhor.
sentimentos na presença de Deus, que é puro e
rias. Quando resolveram partir para a
seqüência da paralização, surge a possibi­ Planejamento prática, será tarde demais. Creio que o
santo, a ponto de exigir dos de duplo ânimo
esta condição: "Limpai as mãos pecadores; e
lidade de extinção e desaparecimento. "...e ser-me-eis testemunhas, tanto em Espírito Santo quer levantar um exército
vós de duplo ânimo, purificai os vossos cora­ Tudo por falta de visão missionária. Jerusalém, como em toda a Judéia e Sa- de missionários para ganhar o mundo
ções. Senti as vossas misérias, lamentai e cho­ Imaginemos se Paulo não fosse um maria, e até aos confins da terra", At 1.8. para Cristo enquanto é dia. Amém!
rai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vos­ apóstolo de visão. Será que ele teria ido ao O planejamento estratégico faz parte
so gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Se­ encontro dos gentios? Como estaríamos, da obra missionária, O próprio Deus antes
nhor, e ele vos exaltará", Tg 4.7-10. hoje, se isso não ocorresse? O que seria de de enviar seu Filho, já havia planejado Andeíson Caleh Soares de Almeida
A terra está cheia de descendentes de Esaú,
prontos a se venderem a qualquer preço. A in­
gratidão entre as criaturas tomou-se prover- mados em um corpo, domine em vossos cora­ Aquino: "Eu preferi admitir que um boi voasse to, muito sofreu devido o seu caráter puro e
bial. Conta-nos a história de Rorna que o gover­ ções: e sede agradecidos", Cl 3.15. a acreditar que um religioso pudesse mentir..." espírito justo, Êx 37.20,21. Herodea encerrou
no de Júlio César era pacífico e reparador. A O nosso século foi chamado de Tartufo por Por isso Jesus disse categoricamente: "Seja João Batista na prisão de Makeros e o degolou
imensa muh.dão doa cidadãos o via como um Montegazza, no seu livro "O Século Tartufo", o vosso falar sim, sim, não, não." Com isso ele numa noite de festa e bebedeira, Mt 14.6-12.
grande homem, menos alguns republicanos por causa da hipocrisia humana. Muitos ho­ exigiu de cada criatura caráter Integro, honesto Sócrates, sábio e moralista, foi condenado a be­
exaltados. Temos em Bruto a personificação da mens, hoje, não sustentam em pé o que afir­ e verdadeiro. ber cícuta, por ser acusado de corromper a mo-
ingratidão, pois a ele o imperador tinha dado mam sentados. Qual é o teu preço? O que estás ganhando cidade grega. Tiradentes, o protomártir de nos­
ricoe presentes e confiado missões nobres para o Conta-se que na cela de um convento, o teó­ com os mexericos e as contendas? Qual é o teu sa independência, foi enforcado pelo seu ideal
bem comum. Bruto se encarregara da própria logo Tomás de Aquino, enquanto se achava preço? O que pretendes com as conversações patriótico, mas Silvério dos Reis, o delator,
segurança pessoal de César. Aproveitando-se debruçado sobre os livros, foi chamado por um insípidas, invejas e outros pecados. Qual é o teu contentou-se com a isenção de alguns impostos.
da confiança que desfrutava, planejou a morte frade folgazão para ver lã fora um boi que voa­ preço? Qual o teu preço? O Senhor Jesus Cristo
de seu senhor. va. Calmamente, vai o teólogo ao átrio do mos­ Caim trocou a paz de espírito pela cruel in­ quer que retenhamos o que dele recebemos.
César foi informado da conspiração, mas teiro e olha para os céus, seriamente! Admiran­ veja, tomando-se o primeiro criminoso da his­ Disse Ele: "Guarda o que tens, para que nin­
não acreditou. Juntamente com a sua mulher, do da aparente credulidade de Aquino, o frade tória, quando se insurgiu contra seu irmão guém tome a tua coroa", Ap 3.11.
Calpúmia, em pleno mês de março do ano 44 desatou a rir. Diante do fato, disse Tomás de Abel, Gn 4.8. José do Egito, protótipo de Cris- Elleeu Feitoea de Alencar
A.C., entra no senado e todos se erguem em si­
nal de respeito. De repente, Cimbar - um dos
cúmplices - agarra as dobras da toga do impe­ «Z*»*'" A
rador. Era um sinal combinado entre os assas­ NOSSO CATÁLOGO CONTINUA
sinos. Todos os conjurados puxam da espada. CRESCENDO PARA MELHOR
Césai procura livrar-se, quando Bruto o apu­ ATENDER AOS IRMÃOS
nha-la pelas costas. Virando-se. César ainda
pôde pronunciar: "E tu também meu filho!"
enquanto tombava morto aos pés da estátua de Escreva para ÊXODO Ltda - Caixa Postal 3231 - Sáo Paulo - SP
Pompeu. Qual é o teu preço?
Prestemos atenção a estas importantes pa­ Preço por unidade Cr$ 18.800 mais taxa de correio - Preço Especial para Revendedores: Acima de 40 unidades, desconto
lavras de Jesus: "Pois que aproveita ao homem de 15%. Preço válido até 30/08/85. Após esta data haverá um acréscimo de 20%. Não mande dinheiro ou cheque. Pague
ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?", somente ao retirar sua encomenda no correio. Envie o recorte abaixo devidamente preenchido
Mc 8.36.
Quantos vivem apenas para os interesses NOME _
mesquinhos desta vida e, por tais interesses,
caluniam, difamam e assassinam velhos ami­ RUA N'_ . CX. POSTAL-
gos, benfeitores e correligionários políticos! CIDADE ESTADO_ CEP..
Quantos há que fazem, espiritualmente falan­
do, até mesmo aos irmãos na fé e companheiros Desejo receber pelo reembolso postal (preencha os quadrinhos com as quantidades desejadas)
de ministério! Qual é o leu preço? Jesus revelou
que a alma humana tem um valor acima de to- LP K-7 LP K-7
Qual é o As quatro etapas
teu preço?
"Entào disse Jacó: Vende me a tua primo-
fienitura. E disse Esaú; Eis que estou pronto a
morrer, e para que me servirá logo a primogeni-
turaf", Gn 25.31,32.
Eaaú usou a linguagem de uma criatura
cuja visào nào ultrapassa as margens limitadas
da obra missionária
A obra missionária está no coração de nossa geração se os primeiros cristãos não sua vinda, nos mínimos detalhes, como
Deus! A Híblia é um livro missionário de tivessem visão missionária? É bem possí­ constatamos nas profecias messiânicas do
das necessidades imediatas. Estamos diante de
Gênesis a Apocalipse. Ela nos revela em vel que, se nâo fosse a obra missionária, o Velho Testamento. Desprezar tal planeja­
um quadro curioso, pois representa a longa his­
tória da humanidade, pintada com as cores vi­ todas as suas páginas, que Deus está em Evangelho, atualmente, não passasse de mento na tarefa missionária é erro de ca-
vas do caráter do homem. Adquirindo o sufi­ busca do homem perdido. Entretanto, uma filosofia morta e esquecida. Você já tast-^ess conseqüências. No versículo
ciente para comer hoje, por que se incomodar vale lembrar que ele usa homens na reali­ pensou nisso? "Onde nâo há visão o povo supracitado, verificamos a estratégia bá­
com o dia de amanhã? Satisfeitas as necessida­ zação de sua obra na terra. A Biblia está perece." Vede as terras... O campo mis­ sica da obra missionária:
des materiais, para que se preocupar com os va­ repleta de nomes de destemidos servos do sionário não está restrito unicamente a 1. Jerusalém - terra natal,
lores espirituais? Senhor, usados no cumprimento do pro­ •lerusalém. É preciso ver a Judéia, Sama- 2. Judéia e Samaria cidades e nações
Tivesse Esaú valorizado a bênção e o privi­ pósito divino. ria e os confins da terra, At 1.8. vizinhas,
légio dos primogênitos da família patriarcal,
O fato é que o Senhor Deus nâo usará É fato inegável que quanto mais alto 3. Confins da terra - povos, línguas e
certamente nào teria tão frivolamente vendido
a sua valiosa herança por um prato de lenti­ máquinas, robôs, nem mesmo anjos, para subirmos em uma montanha, mais ampla nações distantes e nâo alcançados.
lhas! E quantas vantagens tinham os primogê­ cumprir a grande-comlssâo. Ele usou, usa será nossa visão do território que nos cer­ Um bom plano missionário deve en­
nitos! Entre elas podemos citar: Primazia na e sempre usará o homem! Ele escolheu vo­ ca. Isso se repete no campo espiritual, em volver alvos concretos, prioridades prees-
tribo, herdando em porção dobrada tudo quan­ cê para tão sublime missão! Seja você lei­ sé tratando de missões. Quanto mais per­ tahelecidas, escolha de estratégicas e me­
to possuía o pai, Dt 21.17; liderança da família; go ou erudito. Se você estiver cheio do to de Deus, maior visão dos campos tere­ todologia etc. O fato é que nâo podemos
sucessão do pai no trono, 2 Cr 21.3; honras e Espírito e revestido dg poder, estará apto mos. O fato é que será impossível ganhar­ desprezar tão importante área do campo
condecorações na sua linhagem, Êx 34.20; he­ para ganhar almas para Cristo. A Bíblia mos o mundo para Cristo enquanto não missionário.
rança da terra prometida, com direito a repar­
diz: "... a quem enviarei? quem há de ir expandirmos nossa visão e levantarmos os Ação
ti-la para si e para seus filhos, Jo 14.1; ances-
tralidade do Messias, Lc 2.7; Rm 8.29. por nós", Is 6.8. E ainda: "...como ouvirão nossos olhos. "Convém que eu faça as obras daquele
Esta era apenas uma parte das vantagens se não há quem pregue?", Rm 10.14-16. Conscientização que me enviou, enquanto é dia, a noite
que envolviam o titulo de primogênito. Porém, Esses e outros textos nos confirmam tal "... e ai de mim se não anunciar o vem, quando ninguém pode trabalhar",
os olhos sensuais e interesseiros de Esaú não verdade. Eu e você somos o instrumento Evangelho", 1 Co 9.16. Jo 9.4.
podiam apreciar o valor e a beleza de tais privi­ de Deus hoje, agora. Paulo, apóstolo dos gentios, além de Pouco ou nada nos valerá termos vi­
légios. Vendeu todo este direito por um simples Meditemos, a seguir, nas quatro eta­ sua grande cultura e de suas Qualidades são, estarmos conscientes da nossa res­
prato de lentilha. Que decepção! pas que envolvem o movimento missioná­ natas, possuía uma profunda experiência ponsabilidade e termos ótimos planos, se
No entanto, a história da humanidade está rio. com Deus, o que o tornou no maior missio­ não houver ação. Talvez os grandes em­
repleta desses tristes fatos. Temos presenciado,
estarrecidos, criaturas que se vendem e se en­
Visáo nário de todos os tempos. Paulo era um preendimentos missionários ainda este­
tregam por nada. Homens e mulheres que ne­ "... levantai os vossos olhos e vede as homem conscientizado de sua vocação. jam engavetados nos escritórios das orga­
gociam o seu caráter. Amigos como Judas que terras que já estão brancas para a ceifa", Sinto isso quando leio estas palavras: "Ai nizações missionárias, ou nâo passaram
traiu a Jesus, por trinta miseráveis moedas, Mt Jo 4.35. de mim se não anunciar o Evangelho." de planos distantes da realidade atual. De
26.14-16. Pobres e desprezíveis mercadores, Em Provérbios 29.18, lemos: "Onde Temos muitos cristãos emocionados, ou­ que nos valerão os belos sermões missio­
descendentes de Esaú. não há visão o povo perece." Em termos tros parcialmente convencidos, alguns sob nários, os profundos estudos bíblicos, os"
A sinceridade nâo abriga dolo nem malícia. de evangelização e missões, basta usar­ influência de terceiros, mas Deus está grandes e inspirativos livros missionários?
Além disso, tem seus reflexos na vida mental e mos um raciocínio lógico para constatar a buscando homens conscientes de sua mis­ De que nos valerão os simpósios e confe­
espiritual do homem. O impuro nada vê, nada são, principalmente no que tange á obra
veracidade desta afirmação bíblica. Um rências sobre missões se nos faltar ação,
percebe e nada de bem pode mostrar ao seu se­
melhante. povo sem visão está restrito em seu pró­ missionária. Um cristão consciente é um prática?
Numa peça de Shakespeare, quando os as­ prio campo, está conformado com os pou­ crente estável, não vacilo, tem convicção Creio que temos teoria suficiente para
sassinos de um dos personagens do famoso dra­ cos e quase nenhum resultado, nào pensa própria, não se deixa levar por aqueles formar os melhores missionários do mun­
maturgo inglês tentaram dirigir uma prece a em avançar e ir em busca das almas. que estão somente interessados no retro­ do! Milhões de almas mergulham sem es,
Deus, ela lhes ficou presa na garganta, porque, Se não evangelizarmos, nâo estaremos cesso da obra missionária. Que cada um perança no inferno a cada ano. Enquanto
com as mãos manchadas de sangue e o coração investindo em missões. A tendência natu­ de nós esteja consciente da missão que nos isto, alguns estão envolvidos em suas teo-
impuro, nào podiam traduzir pensamentos ou ral ê o decréscimo, a estagnação. Em con- confiou o Senhor. rias. Quando resolveram partir para a
sentimentos na presença de Deus, que é puro e seqüêmqa da paralização, surge a possibi­ Planejamento prática, será tarde demais. Creio que o
santo, a ponto de exigir dos de duplo ânimo "...e ser-me-eis testemunhas, tanto em
lidade de^extinção e desaparecimento. Espírito Santo quer levantar um exército
esta condição: "Limpai as mãos pecadores; e
Tudo por falta de visão missionária. Jerusalém, como em toda a .ludéia e Sa- de missionários para ganhar o mundo
vós de duplo ânimo, purificai os vossos cora­
ções. Senti as vossas misérias, lamentai e cho­ Imaginemos se Paulo não fosse um maria, e até aos confins da terra", At 1.8. para Cristo enquanto é dia. Amém!
rai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vos­ apóstolo de visão. Será que ele teria ido ao O planejamento estratégico faz parte
so gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Se­ encontro dos gentios? Como estaríamos, da obra missionária. O próprio Deus antes
nhor, e ele vos exaltará", Tg 4.7-10. hoje, se isso não ocorresse? O qiie seria de de enviar seu Filho, já havia planejado Anderson Caleb Soares de Almeida
A terra está cheia de descendentes de Esaú,
prontos a se venderem a qualquer preço. A in­
gratidão entre as criaturas tomou-se prover- madoa em um corpo, domine em vossos cora­ Aquino: "Eu preferi admitir que um boi voasse to. muito sofreu devido o seu caráter puro e
bial. Conta-nos a história de Roma que o gover­ ções: e sede agradecidos", Cl 3.16. a acreditar que um religioso pudesse mentir..." eapírito justo, Êx 37.20,21, He rodes encerrou
no de Júlio César era pacífico e reparador. A O nosso século foi chamadü de Tartufo por Por isso Jesus disse categoricamente: "Seja João Batista na prisão de Makeroa e o degolou
imensa multidão doa cidadãos o via como um Montegazza, no seu livro "0 Século Tartufo", o vosso falar sim, sim, não, não." Com isso ele numa noite de feata e bebedeira, Mt 14.6-12.
grande homem, menos alguns republicanos por causa da hipocrisia humana. Muitos ho­ exigiu de cada criatura caráter íntegro, honesto Sócrates, sábio e moralista, foi condenado a be­
exaltados. Temos em Bruto a personificação da mens, hoje, nâo sustentam em pé o que afir­ e verdadeiro. ber cicuta, por ser acusado de corromper a mo-
ingratidão, pois a ele o imperador tinha dado mam sentados. Qual é o teu preço? O que estás ganhando cidada grega. Tiradentes, o protomártir de nos­
ricos presentes e confiado missões nobres para o Conta-se que na cela de um convento, o teó­ com os mexericos e as contendas? Qual é o teu sa independência, foi enforcado pelo seu ideal
bem comum. Bruto se encarregara da própria logo Tomás de Aquino, enquanto se achava preço? O que pretendes com as conversações patriótico, mas Silvério dos Reis, o delator,
segurança pessoal de César. Aproveitando-se debruçado sobre os livros, foi chamado por um insípidas, invejas e outros pecados. Qual é o teu contentou-se com a isenção de alguns impostos.
da confiança que desfrutava, planejou a morte frade folgazão para ver lá fora um boi que voa­ preço? Qual o teu preço? O Senhor Jesus Cristo
de seu senhor. va. Calmamente, vai o teólogo ao étrio do mos­ Caim trocou a paz de espírito pela cruel in­ quer que retenhamos o que dele recebemos.
César foi informado da conspiração, mas teiro e olha para os céus, seriamente! Admiran­ veja, tornando-se o primeiro criminoso da his­ Disse Ele: "Guarda o que tens, para que nin­
não acreditou. Juntamente com a sua mulher, do da aparente credulidade de Aquino, o frade tória, quando se insurgiu contra seu irmão guém tome a tua coroa", Ap 3.11.
Calpúrnia, em pleno mês de março do ano 44 desatou a rir. Diante do fato, disse Tomás de Abel, Gn 4.8. José do Egito, protótipo de Cris­ Elleeu Feltota de Alencar
A.C., entra no senado e todos se erguem em si­
nal de respeito. De repente, Cimbar - um dos ~

cúmplices - agarra as dobras da toga do impe­


rador. Era um sinal combinado entre oe assas­ NOSSO CATÁLOGO CONTINUA
£ 1.
sinos. Todos os conjurados puxam da espada. CRESCENDO PARA MELHOR
César procura livrar-se, quando Bruto o apu­ ATENDER AOS IRMÃOS
nha-la pelas costas. Virando-se, César ainda •ÉÚH
pôde pronunciar: "E tu também meu filho!" IrdB
enquanto tombava morto aos pés da estátua de Escreva para ÊXODO Ltda - Caixa Postal 3231 - São Paulo - SP
Pompeu. Qual é o teu preço?
Preço por unidade Cr$ 18.800 mais taxa de correio - Preço Especial para Revendedores: Acima de 40 unidades, desconto
Prestemos atenção a estas importantes pa­
lavras de Jesus: "Pois que aproveita ao homem de 15%. Preço válido até 30/08/85. Após esta data haverá um acréscimo de 20%. Nào mande dinheiro ou cheque. Pague
ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?", somente ao retirar sua encomenda no correio. Envie o recorte abaixo devidamente preenchido
Mc 8.36.
Quantos vivem apenas para os interesses NOME
mesquinhos desta vida e. por tais interesses,
caluniam, difamam e assassinam velhos ami­
RUA _ N'_ . CX. POSTAL.
gos, benfeitores e correligionários políticos! CIDADE. ESTADO- CEP_
Quantos há que fazem, espiritualmente falan­
do, até mesmo aos irmãos na fé e companheiros Desejo receber pelo reembolso postal (preencha os quadrinhos com as quantidades desejadas)
de ministério! Qual é o teu preço? Jesus revelou
LP K-7 LP K-7
que a alma humana tem um valor acima de to­
dos os cálculos convencionados e a gratidão é Davi Montenegro (Canto Livre) • • Ozelas de Paula (Minha Alegria) a •
um dos principais deveres dos cristãos: "E a
paz de Deus. para a qual também foetea cha
Afonso Augusto (Deixa Deus) • O Ozelas de Pa (Tens) ••
mensageiro da paz n' 1179 — Julho de 1985 15

çáo da igreja em 25 de novembro de 1984. e con­


NOVO BRASIL - GO CASCAVEL - PR LIBERDADE - MG ta com o auxilio de eficiente corpo de Obreiros.
Foi inaugurado em Novo Brasil, GO, o novo Por haver completado 25 anos de perma­ Há congregações nas seguintes fazendas: Santa
Sob a presidência do pastor José Pereira de
templo da Assembléia de Deua naquele municí­ nência na cidade de Liberdade. MG, o evange­ Maria. Trés Pontes e no bairro Dezessete São
Almeida e a direção do presbítero Carlos Soa­
pio» sob a direção do presbítero Orçalino Anto- res, a AD do bairro de Sào Cristóvão, em Cas­ lista Antônio Pedrosa Filho, responsável pela realizados, ainda, cultos semanais em casas
nio da Cruz, que foi construído em hora oportu­ AD local, que está vinculada ao campo de Ca- particulares. A Escola Dominical funciona aos
cavel, PR. promoveu a inauguração oficial do
na, isto porque o anterior já não tinha mais xambu, MG, foi contemplado com o Diploma domingos, a partir das 13 horas. O coral é regi­
Conjunto Vocal e Instrumental Vida Real, cujo
condições de abrigar a obra de Deus naquela lo­ de Cidadão Libertinense. Em decorrência do do pela irmã Rosa Maria Silva de Oliveira e o
maestro é o irmão João da Silva. Participou da
calidade. Através do esforço de alguns irmãos título recebido, o irmão Antonio Pedrosa ce­ grupo de crianças pelas irmãs Luzinete Guedes
programação o vocal da igreja do bairro da Ne­
locais, o novo templo pode ser erguido e conta va. Estiveram presentes vários Obreiros e o lebrou culto em ação de graças, que contou com da Rocha e Anália Rosa Gonçalves. A mocida
hoje, com cerca de 60 congregados, doe quais 45 a presença de diversos pastores, do Prefeito Ary de, com cultos aos terceiros domingos do mès. é
pregador oficial foi o pastor José Pereira de Al­
sào membros. Foi, também, aberto um traba­ de Souza Carvalho, dos vereadores da Câmara liderada pelo diácono Ataide Teixeira e seu
meida. Carlos Soares
lho em Sáo José da Lagim e adquirida a apare­ Municipal, dos funcionários do Banco Real e de grupo vocal é regido pela irmá Maria Noémia
lhagem para os cultos. Deus tem curado diver­ dos Reis. O Círculo de Oração realiza reuniões
sas pessoas, entre elas, o irmáo João Vieira da ITAPARICA - PE outras autoridades. Pastor Sebastião Vieira
ás quintas-feiras, às 14 horas, e está sob a res­
Cunha, que sofria de esgotamento mental. Or­ A AD em Itaparica, PE, realizou culto de ponsabilidade da irmá Tereza Campos Casemi-
çalino Antonio da Cruz gratidão pela formatura de seu dirigente, o ro. esposa do dirigente. A igreja mantém, ain
evangelista Jayme Alexandre dos Santos. Na da. cultos ao ar-livre todos os domingos á tarde,
oportunidade, teve também lugar o enlace ma­ na principal praça da cidade, próximo à Prefei
trimonial dos jovens Cláudio e Eunice. O irmáo tura e Câmara Municipal Eliézer: Cohen
Jayme bacharelou-se em Letras, em cerimônia
oficiada pelo pastor José Leôncio da Silva, pre­
sidente das AD em Pernambuco, ocasião em SÃO PAULO - SP
que recebeu da igreja o anel de formatura. Esti­
veram presentes, entre outros, os pastores José A^AD em Bom Retiro. São Paulo. SP. come
Ferreira, de Ibimirim, PE, e Adelmo Silva, de morou mais um aniversário do seu pastor, o ir
Paulo Afonso, BA: os evangelistas Valdomiro mão Francisco Inácio da Silva, com culto em
José, de Recife, PE, e José Pastor, de Arcover- ação de graças, dirigido pelo pastor Paulo Frei
de, PE, além de diversos outros Obreiros. A de­ re da Costa Júnior, que representou o pastor
coração do templo esteve a cargo da irmã Da- José VVellington Bezerra da Costa, responsável
grimaura, de Santana do Ipanema, AL. Parti­ pelo campo. Estiveram presentes o pastor Ca
m tarino Pires, de Curitiba. PR. que representou
ciparam, também, o conjunto Família Unida e
O novo templo ergue-se como testemunho do irmãos visitantes. o pastor José Pimentel de Carvalho, e o pastor
esforço e dedicação do povo de Deus em Novo O homenageado, com a Bíblia na mão, ao Antero da Silva, de Botucatu; os evangelistas
Brasil lado do Dr. José H. Souza Carvalho, que dis­ Mario Antonio, de Tapirai, e Paulo Tschiya.
cursou em nome do Prefeito entre outros. Na parte musical, abrilhantaram
o programa a cantora Vaninha e seu pai, Fran­
AQUIDAUANA - MS GOIÂNIA - GO cisco Dutra, e o conjunto das igrejas do Minis­
A AD em Limão Verde, dirigida pelo irmão tério do Belém Paulo Freire da Costa Júnior
Bruno Quirino e vinculada ao campo da AD em A AD de Campinas, em Goiânia, GO. pas­
Aquidauana, MS, pastoreada pelo irmão Bene­ toreada pelo irmáo Albino G. Boaventura. rea­
dito A. de Abreu, realizou o batismo de sete no­ lizou recentemente o batismo de 170 novos
vos soldados de Cristo. O ato foi oficiado pelo crentes, de mais de 70 congregações ligadas à-
evangelista João Cabreira, nas águas do riacho quele trabalho. O ato foi oficiado pelo referido
João Dias. Participou como preletor o evange­ irmão, presidente do campo, em companhia do
lista João Urbano; que também é gerente do vice-presidente, Óides José do Carmo. Valde-
Banco do Brasil na cidade. Na ocasião, regis- mar Lopes
trou-se a presença da banda de música da igre-
ja-sede. Os novos crentes batizados são índios JABOATÃO - PE
da tribo Terena. Bruno Quirino
Homenageado pela igreja, o evangelista Foi realizado na AD em Jaboatão, PE. culto
Jayme Alexandre pretende usar os seus no­ em ação de graças pela entrega do título de Ci­
MARABÁ - PA vos conhecimentos para a glorificaçáo do dadão Benemérito da Cidade de Jaboatão ao
nome do Senhor pastor José Laurentino de Macèdo. A homena­
A AD em Curionópolie, Marabá, PA, dirigi­ gem pafftiu da Câmara dos Vereadores em reco­
nhecimento pelos serviços prestados ao municí­
da pelo evangelista Elias de Araújo Cavalcan­
te, realizou o batismo de 65 novos crentes. Na
PORTO NACIONAL - GO pio através da construção de templos e do
O pastor homenageado, Francisco Inácio,
ladeado por sua espoea e pelo pastor Paulo
ocasião duas almas aceitaram ao Senhor Jesus Realizou-se em Serranópolis, congregação anúncio do Evangelho. Fez a outorga o Presi­ Freire da Costa Júnior
como Salvador. Elias de Araújo Cavalcante vinculada a Porto Nacional, GO. o lançamento dente da Câmara, vereador Amaro Basilio, que
é auxiliar de trabalho na mencionada igreja. O
da pedra fundamental do futuro templo naque­
la localidade. Oficiou o ato o pastor Francisco orador oficial do culto foi o pastor Amaro Go­ TEODORO SAMPAIO - SP
R. Novais, responsável pelo campo, auxiliado mes, de Gameleira. PE. Além do ministério lo­ Cerca de 4500 pessoas reuniram-se para a
por vários Obreiros e irmãos. No Setor Aeropor­ cal, estiveram presentes os pastores Noé de inauguração do novo templo-sede da AD em
to foi inaugurada uma Casa de Oração, oportu­ Paula, da Igreja Presbiteriana, João Muniz Teodoro Sampaio, SP. que fica no Pontal do
nidade em que estiveram cooperando os pasto­ Sobrinho, da Igreja Congregacional; os presbi Estado de São Paulo e tem como presidente o
res VVilton Dias e Ezequias Dias. de Paraíso do teros Odilon Bezerra, que representou o pastor pastor Joel José dos Santos. Estiveram presen­
Norte, GO. Foi, ainda, realizado o batismo de José Leôncio, presidente da Al) em Pernambu tes as pastores Paulo Lucas Sacramento, Vi­
•M novos crentes. 12 irmãos foram batizados no co. e Ginaldo Gomes, além de diversos vereado cente Guedes Duarte e José Lito Guedes, de
Espírito Santo e '22 pessoas decidiram-se por res e outras autoridades. O homenageado agra Presidente Prudente. SP; Geraldo Mendonça e
Cristo. O pastor Hélio Martins, de Goiânia. deveu no titulo e disse considerar-se Cidadão Efraim Mendonça, de Itumbiara. GO; Paulo
GO. ministrou estudos bíblicos. Abrilhantou o do Céu desde que aceitou a Jesus, pelo que é Silva, de Presidente Venceslau. SP; Antonio
trabalho, na parte do louvor, o evangelista e grato ao Senhor. Na oportunidade, fez também Lins de Albuquerque, de Presidente Epitácio,
cantor Expedito Rodrigues, de Goiânia, GO o apelo, quando convidou a todos os ainda não SP; Narciso Elias, de Poracatu. PR; Fernando
Francisco Ribeiro Novais crentes a também se tornarem, por meio de Marques, de Santo Anastácio e o pastor Eucli-
Cristo. Cidadãos do Céu. Antonio José de Oli­ des, da Bolívia, que representou o pastor Carlos
veira Padilha. Compareceram, ainda, caravanas de
Teodoro Sampaio. Presidente Prudente. Dra-
cena. Santo Anastácio, Presidente Vence. lau,
O batismo em Curionópolie contou com Presidente Epitácio e Pirapozinho, entre ou
grande afluência e participação dos crentes iras. Houve batismo, na ocasião, e culto ao ar
locais livre na Praça Marilia, em frente á Prefeitura
O evento contou com a presença do Prefeito Jo
BELO HORIZONTE - MG sé Natalicio dos Santos, juntamente com os ve­
readores Paulo Alves Pires, José Dantas. Ade­
A AD em Boa Vista. Belo Horizonte, MG,
mir Infante Gutierrez, Flauzilino Araújo dos
pastoreada pelo irmão Nícodemos de Souza,
Santos, Domingos Ginéz, e também o Enge
inaugurou mais um novo templo. Esta igreja
nheiro Edmir Madeira e o Sr. José Mano, que
contava com oito subcongregaçòes e, com mais
muito ajudaram na construção do templo Joel
esta. passa a ter nove ao todo. Compareceu, en­
José dos Santos
tre outros, o pastor Anselmo Silvestre, respon­
sável pelo campo da AD em Belo Horizonte,
MG Denilson Maia Dentre os eventos que U.?ram lugar cm Por­
to Nacional, úestaca-se a inauguração da
Casa de Oração do Setor Aeroporto

JEQUIÉ - BA O pastor José Laurentino de Macèdo, rece­


be, das mãos do Presidente da Câmara Mu­
Sob o tema: "chamei-te pelo teu nome. tu
nicipal, vereador Amaro Basilio, o título de
és meu" (Is 43.1b). a mocidade da AD em Je-
reconhecimento pelo seu trabalho em Jaboa­
quié, BA, pastoreada pelo irmáo Cícero Dan­
tão
tas. realizou a sua l" COMADAJE. Muitas al
mas foram salvas, irmãos batizados com o
Espírito Santo e diversas maravilhas operadas CASTILHO - SP
durante a programação. O pregador oficial foi o
pastor Genésio Pinto dos Santos, de Goiânia, A Al) em Castilho, SP. dirigida pelo presbí­
GO. Participaram na parte do louvor os canto tero André Casemiro. sob a supervisão do pas
res João Neto. Amazita e Sandrinha. Vários tor Antonio Pires da Silva Filho, da AI) de An
outros irmãos de cidades vizinhas estiveram dradina, SP. e vinculada ao ministério do Ipi
Mal» um novo templo em Minas: pastores também presente.--, mirt cU-.. os pastores Fijj La. ^ào Paulo. SP.
çáo da igreja em
NOVO BRASIL - GO CASCAVEL - PR LIBERDADE - MG ta com o auxil
Há congregações nas seguintes fazendas: Santa
Foi inaugurado em Novo Brasil, GO, o novo Sob a presidência do pastor José Pereira de Por haver completado 25 anos de perma
Maria. Três Pontes e no bairro Dezessete Sào
templo da Assembléia de Deus naquele municí­ Almeida e a direção do presbitero Carlos Soa­ néncia na cidade de Liberdade. MG, o evange­
realizados, ainda, cultos semanais em casas
pio, sob a direção do presbitero Orçalino Anto- res, a AD do bairro de São Cristóvão, em Cas­ lista Antônio Pedrosa Filho, responsável pela
particulares. A Escola Dominical funciona aos
nio da Cruz, que foi construído em hora oportu­ cavel, PR, promoveu a inauguração oficial do AD local, que está vinculada ao campo de Ca-
domingos, a partir das 13 horas O coral é regi
na, isto porque o anterior já nâo tinha mais Conjunto Vocal e Instrumental Vida Real, cujo xambu, MG, foi contemplado com o Diploma
do pela irmã Rosa Maria Silva de Oliveira e o
condições de abrigar a obra de Deus naquela lo­ maestro é o irmão João da Silva. Participou da de Cidadão Libertinense. Em decorrência do
grupo de crianças pelas irmãs Luzinete Guedes
calidade. Através do esforço de alguns irmãos programação o vocal da igreja do bairro da Ne­ título recebido, o irmão Antonio Pedrosa ce­
da Rocha e Anália Rosa Gonçalves A mocida
locais, o novo templo pode ser erguido e conta va. Estiveram presentes vários Obreiros e o lebrou culto em ação de graças, que contou com
de, com cultos aos terceiros domingos do mês. é
hoje, com cerca de 60 congregados, dos quais 45 pregador oficial foi o pastor José Pereira de Al­ a presença de diversos pastores, do Prefeito Ary
liderada pelo diácono Ataíde Teixeira e seu
sào membros. Foi, também, aberto um traba­ meida. Carlos Soares de Souza Carvalho, dos vereadores da Câmara
grupo vocal é regido pela irmã Maria Noêmia
lho em São José da Lagim e adquirida a apare­ Municipal, dos funcionários do Banco Real e de
dos Reis. O Círculo de Oração realiza reuniões
lhagem para os cultos. Deus tem curado diver­ outras autoridades. Pastor Sebastião Vieira
sas pessoas, entre elas, o irmão João Vieira da
ITAPARICA - PE ás quintas-feiras, às 14 horas, e está sob a res­
A AD em Itaparica, PE, realizou culto de ponsabilidade da irmã Tereza Campos Casemi-
Cunha, que sofria de esgotamento mental. Or­
gratidão pela formatura de seu dirigente, o ro. esposa do dirigente A igreja mantém, ain
çalino Antonio ds Cruz
evangelista Jayme Alexandre dos Santos. Na da. cultos ao ar-livre todos os domingos à tarde,
oportunidade, teve também lugar o enlace ma­ na principal praça da cidade, próximo à Prefei
trimonial dos jovens Cláudio e Eunice. O irmão tura e Câmara Municipal Eliézer Cohen
Jayme bacharelou-se em Letras, em cerimônia
oficiada pelo pastor José Leôncio da Silva, pre­
sidente das AD em Pernambuco, ocasião em SÀO PAULO - SP
que recebeu da ig^t-ja o anel de formatura. Esti­
veram presentes, entre outros, os pastores José A AD em Bom Retiro, São Paulo. SP. come
Ferreira, dejbimirim, PE, e Adelmo Silva, de morou mais um aniversário do seu pastor, o ir
Paulo Afonso, BA: os evangelistas Valdomiro mão Francisco Inácio da Silva, com culto em
José, de Recife, PE, e José Pastor, de Arcover- ação de graças, dirigido pelo pastor Pa^o Frei
re da Costa Júnior, que representou o pastor
de, PE, além de diversos outros Obreiros. A de­
coração do templo esteve a cargo da irmã Da- José VVellington Bezerra da Costa, responsável
grimaura, de Santana do Ipanema, AL. Parti­ pelo campo. Estiveram presentes o pastor Ca
ciparam, também, o conjunto Família Unida e tarino Pires, de Curitiba. PR, que representou
O novo templo ergue-se como testemunho do irmãos visitantes. o pastor José Pimentel de Carvalho, e o pastor
O homenageado, com a Bíblia na mào, ao Antero da Silva, de Botucatu; os evangelistas
esforço e dedicação do povo de Deus em Novo lado do Dr. José H. Souza Carvalho, que dis­
Brasil Mário Antonio. de Tapiraí, e Paulo Tschiya,
*Ü cursou em nome do Prefeito entre ou tios. Na parte musical, abrilhantaram
o programa a cantora Vaninha e seu pai, Fran­
AQUIDAUANA - MS GOIÂNIA - GO cisco Dutra, e o conjunto das igrejas do Minis­
A AD em Limão Verde, dirigida pelo irmão tério do Belém. Paulo Freire da Costa Júnior
A AD de Campinas, em Goiânia, GO, pas­
Bruno Quirino e vinculada ao campo da AI) em
toreada pelo irmão Albino G. Boaventura, rea­
Aquidauana, MS, pastoreada pelo irmào Bene­
lizou recentemente o batismo de 170 novos
dito A. de Abreu, realizou o batismo de sete no­
crentes, de mais de 70 congregações ligadas á-
vos soldados de Cristo. O ato foi oficiado pelo
quele trabalho. O ato foi oficiado pelo referido
evangelista João Cabreira, nas águas do riacho
irmão, presidente do campo, em companhia do
João Dias. Participou como preletor o evange­
vice-presidente, óides José do Carmo. Valde-
lista João Urbano; que também é gerente do
mar Lopes
Banco do Brasil na cidade. Na ocasião, regis­
trou-se a presença da banda de música da igre-
ja-sede. Os novos crentes batizados sào índios JABOATÃO - PE
da tribo Terena. Bruno Quirino
Homenageado pela Igreja, o evangelista Foi realizado na AD em Jaboatáo, PE, culto
Jayme Alexandre pretende usar os seus no­ em ação de graças pela entrega do título de Ci­
MARABÁ - PA vos conhecimentos para a glorificaçáo do dadão Benemérito da Cidade de Jaboatáo ao
pastor José Laurentino de Macêdo. A homena­
nome do Senhor
A AD em Curionópolis, Marabá, PA, dirigi­ gem partiu da ('Amara doa Vereadores cm reco­
nhecimento pelos serviços prestr tos ao municí­
da pelo eva. gelista Elias de Araújo Cavalcan­
te, realizou o batismo de 65 novos crentes. Na
PORTO NACIONAL - GO pio através da construção de templos e do
O pastor homenageado, Francisco Inácio,
ladeado por sua esposa e pelo pastor Paulo
ocasião duas almas aceitaram ao Senhor Jesus Realizou-se em Serranópolis, congregação anúncio do Evangelho. Fez a outorga o Presi­ Freire da Costa Júnior
como Salvador. Elias de Araújo Cavalcante vinculada o Porto Nacional, GO, o lançamento dente da Câmara, vereador Amaro Basílio, que
é auxiliar de trabalho na mencionada igreja. O
da pedra fundamental do futuro templo naque­
orador oficial do culto foi'o pastor Amaro Go­
TEODORO SAMPAIO - SP
la localidade. Oficiou o ato o pastor Francisco
R. Novais, responsável pelo campo, auxiliado mes, de Gameleira, PE. Além do ministério lo­ Cerca de 4500 pessoas reuniram-se para a
por vários Obreiros e irmãos. No Setor Aeropor­ cal, estiveram presentes os pastores Noé de inauguração do novo templo-sede da AD em
to foi inaugurada uma Casa de Oração, oportu­ Paula, da Igreja Presbiteriana. João Muniz Teodoro Sampaio, SP, que fica no Pontal do
nidade em que estiveram cooperando os pasto­ Sobrinho, da Igreja Congregacional; os p. .,bí Estado de São Paulo e tem como presidente o
res Wilton Dias e Ezequias Dias. de Paraíso do teros Odilon Bezerra, que representou o pastor pastor Joel José dos Santos. Estiveram presen
Norte, GO. Foi. ainda, realizado o batismo de .José Leôncio, presidente da AD em Pernambu­ tes os pastores Paulo Lucas Sacramento. Vi
43 novos crentes. 12 irmãos foram batizados no co, e (linaldo Gomes, além de diversos vereado cente Guedes Duarte e José Lito Guedes, de
Espírito Santo e 22 pessoas decidiram-se por res e outras autoridades. O homenageado agra­ Presidente Prudente, SP; Geraldo Mendonça e
Cristo. O pastor Hélio Martins, de Goiânia. deceu ao título e disse considerar-se Cidadão Kfraim Mendonça, de Itumbiara, GO; Paulo
GO, ministrou estudos bíblicos. Abrilhantou o do Céu desde que aceitou a Jesus, pelo que é Silva, de Presidente Venceslau. SP; Antonio
trabalho, na parte do louvor, o evangelista t grato ao Senhor. Na oportunidade, fez também Lins de Albuquerque, de Presidente Epitácio,
cantor Expedito Rodrigues, de Goiânia, GO. o apelo, quando convidou a todos os ainda não SP, Narciso Elias, de Poracatu, PR; Fernando
Francisco Ribeiro Novais crentes a também se tornarem, por meio de Marques, de Santo Anastácio e o pastar Eucli
('risto. ('idadãos do Céu. Antonio José de Oli­ des, da Bolívia, que representou o pastor Carlos
veira Padílha. Compareceram, ainda, caravanas de
Teodoro Sampaio. Presidente Prudente, Dra-
cena. Santo Anastácio. Presidente Venceslau.
O batismo em Curionópolis contou com Presidente Epitácio e Pirapozinho. entre ou
grande afluência e participação dos crentes tras. Houve batismo, na ocasião, e culto ao ar
locais livre na Praça Marília, em frente é Prefeitura
O evento contou com a presença do Prefeito Jo­
BELO HORIZONTE - MG sé Natalicio dos Santos, juntamente com os ve
readores Paulo Alves Pires, José Dantas, Ade
A AD em Boa Vista, Belo Horizonte, MG, inir Infante Gutierrez, Flauzilino Araújo dos
pastoreada pelo irmào Nicodemos de Souza, Santos. Domingos Ginez. e também o Enge­
inaugurou mais um novo templo. Esta igreja nheiro Edmir Madeira e o Sr. José Mano, que
contava com oito subcongregaçòes e, com mais muito ajudaram na construção do templo. Joel
esta, passa a ter nove ao todo. Compareceu, en­ José dos Santos
tre outros, o pastor Anselmo Silvestre, respon­
sável pelo campo da AD em Belo Horizonte,
MG. Denilson Mala Dentre os eventos que tiveram lugar em Por­
to Nacional, destaca-se a inauguração da
Casa de Oração do Setor Aeroporto

JEQUIÉ - BA O pastor José Laurentino de Macêdo, rece­


be, das mãos do Presidente da Câmara Mu­
Sob o tema: "chamei-te p( Io teu nome, tu nicipal, vereador Amaro Basílio, o título de
és meu" (Is 43.1b), a mocidade dr. AD em Je- reconhecimento pelo seu trabalho em Jaboa­
quié, BA. pastoreada pelo irmão Cícero Dan­ táo
tas, realizou a sua l* COMADAJE. Muitas al
mas foram salvas, irmãos batizados com o
Espírito Santo e diversas maravilhas operadas CASTILHO - SP
durante a programação. O pregador oficial foi o
pastor Genésio Pinto dos Santos, de Goiânia. A AD em Castilho, SP. dirigida pelo presbi­
GO. Participaram na parte do louvor os canto­ tero André Casemiro. sob a supervisão do pas
res João Neto, Amazita e Sandrinha. Vários tor Antonio Pires da Silva Filho, da AD de An
outros irmãos de cidades vizinhas estiveram dradina. SP. e vinculada ao ministério do Ipi­
Mais um novo templo em Minas: pastores também presentes, entre eles, os pastores Fili­ ranga. Sào Paulo. SP, presidido pelo pastor Al O novo templo da AD em Teodoro Sampaio
Anselmo Silvestre e Nicodemos de Souza pe das Virgens, de Ipiau, e Otávio Rendeiro, de fredo Reikdal, continua em sua marcha espiri­ foi bastante freqüentado na oportunidade de
descerram a fita simbólica Uruçuca Antonio Lopes Macedo tual O irmão André Casemiro assumiu a dire- sua inauguração
Julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

RIBEIRÃO PRETO - SP RIO DE JANEIRO - RJ ITACARÉ - BA CARMO DA MATA - MG


Sob o tema "Irás tu com este varão?", ba­ A União Evangélica da Polícia Militar do Foi recentemente inaugurado, em Itacaré, A AD de Carmo da Mata, MG, dirigida pelo
seado em Gn 24.58, a AD em Ribeirão Preto, Estado do Rio de Janeiro (UEPMERJ), com BA, o primeiro templo da AD naquela cidade, evangelista I^evi Bueno, esteve realizando a
SP, pastoreada pelo irmão Antonio Silva San­ sede provisória na Rua Evaristo da Veiga, 78, em cerimônia presidida pelo pastor Denerval campanha evangelística "Cristo Para Você"
tana, realizou"a 6' Confraternização da Moci- no centro do Rio (QG da PMERJ), realizou, por Cerqueira, Vice-Presidente em Salvador. Coo­ Como resultado, converteram-se 34 almas Pre­
dade daquela igreja (COMADERP). Foram ocasião do aniversário da PMERJ, culto em peraram o pastor Balbino Ramos e o evangelis­ garam a Palavra de Deus o pastor responsável
ministrados estudos bíblicos, em que atuaram ação de graças no seu Quartel-general. A dire­ ta VVolmar Alcântara Estiveram presentes pelo campo, irmão Luis C. Vilarinho, e o evan
como preletores os pastores Napoleào Ribeiro toria da organização, eleita em Assembléia Ge­ uma caravana de Uruçuca, presidida pelo gelista Isolino Rodrigues. Aproveitando o ense­
Falcão, de Goiânia, GO; Elandi Mariano, de ral realizada no dia 20 de abril, para o triênio presbítero Laurenço da Silva e outra de Maraú, jo. foi efetuado o batismo em águas de 16 novos
Votuporanga, SP, e Luiz Carlos dos Santos, de 85-87, passou a ser constituída pelos seguintes sede do trabalho de Itacaré. O responsável pelo soldados de Jesus e a pré-inauguração do tem­
Capinópolis, MG. Estiveram cooperando a irmãos: Presidente: Cap PM Ref Paulo Cabral campo de Maraú e Itacaré, na Bahia, é o irmão plo, com a presença dos pastores Silvano Vidal,
banda musical de São José do Rio Preto, e ca­ Saldanha; V' Vice-presidente: Cap PM Adílio Otávio L. Rendeiro. Otávio Luiz de A. Ren­ Iraci P. Rocha, Valdemar de Anunciação, Hilá­
ravanas de Santo André, e Votuporanga no Machado da Silva; 2' Vice-presidente; Maj PM deiro rio Grignani. Cooperaram o Deputado Esta
mesmo Estado. Antonio Silva Santana Ely Gonçalves; 1" Secretário: Subten PM Elio- dual Milton Sales e o Prefeito da cidade. Sr
nesio Valente; 2^ Secretário: 2^ Sgt PM Osmar Senilio Piassi. A parte musical ficou a cargo do
Islabão Hackbart; l 9 Tesoureiro: Cap PM Da­ trio "Novas de Alegrias" e do conjunto musical
RBSEMBLÇIR
niel Corrêa Campos; 2» Tesoureiro: à 9 Sgt PM "Apocalipse", de Lagoa da Prata. MG. Geral­
DE
Ref Ayas Crispim de Souza; l 9 Diretor de do Pereira
Evangelismo: 2^' Sgt PM Liodir Barreto de DEUS
Aguiar; 2" Diretor de Evangelismo: Sd PM
Ubirady da Silva Lessa; V Diretor Social: Sub­ CAPELINHA - MG
ten PM Joel Antônio Pariz; 2 9 Diretor Social: A AD em Capelinha, MG, pastoreada pelo
Sd PM Fineias Dias Valadão Filho; Diretor de irmão Gerson de Paula Lima, e sob a presidên­
Música: Subten PM Aventino Quintino da Sil­ cia do pastor Anselmo Silvestre, de Belo Hori­
va; Diretor de Publicidade: Cb PM José Aga- zonte, MG, comemorou, com culto em ação de
V**: medes Moreira (este membro da AD na Penha, graças, a reforma do templo-sede. Na ocasião,
Rio, RJ); Diretor Patrimonial: 1» Sgt PM José foi apresentado programa especial, por ocasião
Vieira Rodrigues, e Diretor Cultural: Cap PM do "Dia das mães". Durante as festividades, 40
U .21 José Carlos Gonçalves da Silva. novos crentes desceram às águas batismais e
O novo templo em Itacaré é o resultado do
A glória de Deus se fez presente entre os par- esforço dos irmãos daquela região baiana quatro almas aceitaram a Jesus como seu único
licipantüs da 6» COMADERP e suficiente Salvador, ituth de Paula Lima
FRANCISCO BELTRÃO-PR
ANDRADINA - SP
ARAÇATUBA - SP Em conjunto com a AD de Francisco Bel­
O conjunto Shalom, da AD em Andradina,
trão, PR, a Atividade Missionária Evangelísti-
Foi realizado na AD em Araçatuba, SP, pre­ ca Mundial - AMEM , realizou, naquele mu­ SP, dirigida pelo pastor Antonio Pires da Silva
sidida pelo pastor José Vital de Oliveira Filho, nicípio, a campanha evangelística "Cristo é o Filho e ligada a AD no Ipiranga, cujo presiden­
o Pré-encontro de Mocidade na região. Os tra­ Mesmo", no bairro da Cango. Verificaram-se te é o pastor Alfredo Reikdal, comemorou re­
balhos estiveram a cargo dos pastores José Vi­ muitas decisões por Cristo, curas divinas e re­ centemente o seu terceiro aniversário de exis­
tal e Daniel Carlos de Oliveira. Foi convidado conciliações. A AMEM completa três anos de tência. Após uma série de dificuldades venci­
para preletor o evangelista Pedro Barbosa, de trabalho neste mês de julho e, durante esse das, como arrecadação de fundos para aquisi­
Auriflora, SP. No final, muitos foram renova­ período, vários núcleos foram abertos em diver­ ção dos aparelhos, o conjunto, com apoio do
dos e batizados com o Espírito Santo e várias sas cidades do país, como Teófilo Otoni, Ca- pastor Antonio Pires, foi finalmente inaugura­
decisões por Cristo foram verificadas. choeiro de Itapemirim, Curitiba, Belém e Cor- do em maio de 1982. Esse conjunto vocal-
deirópolis. No momento, sua sede acha-se ins­ instrumental da mocidade começou com ape­
talada em Francisco Beltrão, no Paraná. Seu nas nove jovens e hoje conta com quase 80 inte­
MARTINÒPOLIS - SP diretor geral é o pastor Zenil Moraes, que, após grantes.
Foi lançada, em Regente Feijó, SP, a pedra dez anos na obra missionária, em países como
fundamental de um novo templo a ser construí­ Equador, Ghana e Bolívia, veio assumir o pas- CAFARNAUM - BA
do naquele local, para abrigo do povo de Deus. torado da AD naquela região. Sua posse deu-se
A Assembléia de Deus em Cafarnaum, BA,
Estiveram presentes o pastor José Caires de Li­ em março e foi oficiada pelo pastor Miguel Car­
pastoreada pelo irmão Jário Pereira dos Reis e
ma, presidente do campo, o presbítero Antonio doso, presidente da Convenção das igrejas do
presidida pelo pastor Rodrigo Silva Santana,
Edmundo dos Santos, vice-presidente do cam­ Ministério de Madureira no Paraná. Zenil Mo-
obteve ou seguintes resultados no primeiro se­ Mostrando a "Espada do Espirito", a Pala­
po; o evangelista José Viana Leite, dirigente lo­
mestre de 1985. Batismo em águas de 52 novos vra de Deus, os irmãos de Capelinha, MG,
cal, e outros irmãos, membros e visitantes. O vrentes, várias decisões, muitos testemunhos comemoram a reforma do templo-sede
trabalho em Regente Feijó pertence ao campo
de curas divina, batismos no Espírito Santo e.
de Martinópolis e vincula-se ao Ministério de
também, a inauguração do templo de Canal de
Madureira.
Cafarnaum, BA, tendo, ainda, dois templos em PARAGOMINAS - PA
fase de construção. O irmão Jário tem conquis­
Realizou-se recentemente o 3" Encontro de
PRESIDENTE tado a confiança de todo o campo ministerial
Jovens da UMADEP (União de Mocidade da
Laudelino Profiro de Novais
VENCESLAU - SP AD em Paragominas, PA), igreja pastoreada
pelo irmão Joaquim Pereira dos Santos Filho.
Sob o tema "Levanta-te e resplandece" (Is CACOAL - RO Estiveram presentes caravanas do Pará e Ma­
60.1), a AD em Presidente Venceslau, SP, pas­ ranhão. Como resultado, verificaram-se 72 de­
toreada pelo irmão Paulo Silva, realizou a 2' Desenvolvendo o tema: "Videira Verdadei­
cisões, curas divinas e batismos com o Espírito
Confraternização da Mocidade. Os trabalhos ra", baseado no Evangelho de João 15.1, o
Santo. Foram realizados cerca de 20 cultos, dos
tiveram lugar na Escola Antonio Marinho de Circulo de Oração "Heroínas de Sião", sob a
quais participaram cerca de cinco mil pessoas,
Carvalho Filho (IE), ocasião em que 86 irmãos A campanha "Cristo é o Menino" trouxe direção da irmã Dolores Vrena, da Assembléia
ocasião em que, também, se distribuiu literatu­
receberam o batismo com o Espírito Santo, 28 nova motivação á igreja de Francisco Bel­ de Deus em Caçoai, RO, pastoreada pelo irmão
ra evangelística. O presidente da UMADEP é o^
pessoas aceitaram a Jesus como Salvador e trão Nels dos Santos, comemorou, com programa
Dr. Raimundo José dos Santos, que, juntamen­
muitos outros receberam a cura de suas enfer­ çâo especial, o seu IO 9 aniversário. O aconteci­
te com os vices Benedito Oliveira e Carlos Ma­
mento contou com a presença das irmãs da
midades. Houve estudos bíblicos, ministrados
pelo pastor Orlando Camilo Pacheco, de Itajaí,
CARATINGA - MG sede e das congregações, apresentando hinos e
rinho, organizaram equipes Arautos. Gideões.
Mensageiros, Atalaias e Avivamento» - com as
SC. Na parte de cânticos, destacou-se a presen­ A AD em Ubaporanga, Caratinga, MG, pas­ poesias. Cooperaram, também, a banda, o co­
quais deram consecução ao trabalho de Deus.
ça do cantor e locutor João Kalebe de O. Rodri­ toreada pelo irmão José Egídioda Silveira, rea­ ral vocal e Obreiros do campo. Ministrou a Pa­
Antonio Teimo de Oliveira Lima
gues, de Florianópolis, SC, além de conjuntos lizou cultos de avivamento e estudos bíblicos, lavra de Deus o pastor Ilário Gomes dos Santos,
vocais de jovens, bandas e conjuntos musicais. estes ministrados pelo pastor José Campos de Porto Velho, RO. Jonair Alves da Silva
Durante os dias da confraternização compare­ Paul, co-pastor do campo, e pelo presbítero CAPELINHA - MG
ceram caravanas de 28 cidades dos Estados de Emanuel Aquino dos Reis, da Vila do Bugre,
A Al) de Ribeirão das Folhas, dirigida pela
São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. No lapu, MG. Também a AD em Dom Cavati,
MG, pastoreada pelo irmão João Cunha Dome- irmã Geralda, e ligada ao campo de Capelinha,
último dia o público presente chegou a cerca de
MG, presidido pelo pastor Gerson de Paula Li
três mil pessoas. Com a participação das ban­ las, e ligada a Caratinga, oficiou o batismo de
ma, realizou batismo de 18 novos crentes. Su­
das musicais de Araçatuba e Dracena foi reali­ 18 novos crentes, que passaram a integrar o rol
pervisiona a congregação o presbítero Otaviano
zado desfile pelas ruas da cidade. Prestigiaram de membros daquela igreja. Entre outras, esti­
Rodrigues. O campo de Capelinha conta com
o evento muitas autoridades, entre elas, o se­ veram presentes as congregações de Reta do
18 congregações, algumas das quais não são
nhor Tácito C. de Carvalho e Silva, Prefeito Onça, Jerusalém, Taruaçu e Dom Carloto.
Urias Fideles de Almeida servidas de condução. Apesar das dificuldades,
Municipal de Presidente Venceslau. Edivaldo
o trabalho segue triunfante. Simone Apareci­
P. Correia
da de Oliveira
SÃO DOMINGOS - MA As irmãs do Círculo de Oração "Heroínas de
Siào", estão unidas â "Videira Verdadei­
Comemorando o 45" aniversário de seu pas­ ra". que é Jesus
tor. irmão Artur Santos Ferreira, a Assembléia
de Deus em São Domingos, MA, realizou um
dia de festividades. 'Pela manhã, a programa­ JACUPIRANGA - SP
ção coiiritou de uma surpresa ao pastor. A tar­ A AD em Vila Tatu, Jacupiranga. SP, diri­
de, culto de evangelização com a mocidade da gida pelo evangelista Cyrilo Pereira, realizou
igreja, em uma das praças da cidade e, à noite, trabalho de avivamento, ocasião em que o
culto em ação de graças, ocasião em que os ir­ evangelista Enéias de Araújo, do grupo "Cristo
mãos prestaram sua homenagem ao líder do re­ é a Resposta", da igreja de Santos, cujo presi­
banho, com a apresentação de jograis, poesias e dente é o pastor João Alves Corrêa, esteve pre­
recitação de versículos bíblicos. Foi lido. tam­ gando a Palavra de Deus. Nos quatro dias de
bém. o histórico da atuação do pastor Artur na­ trabalho, diversas pessoas foram batizadas
quela igreja. Participaram dos louvores as can­ com o Espírito Santo, outras curadas e conver­
toras Iraci, da AD em Imperatriz, MA, e a irmã tidas ao Evangelho. Estiveram presentes o pas­
Raquel, da AD em Ribeirão Preto. SP. Ao tér­ tor Samuel, com um grupo de irmãos de Cajati.
mino das festividades, o pastor externou a sua além de outros. As congregações de Capelinha.
Sob o tema "Irás tu com este varáo?", ba­ A União Evangélica da Policia Militar do Foi recentemente inaugurado, em itacaré, A AD de Carmo da $iata, wu». aingioa peiu
seado em Gn 24.58, a AD em Ribeirão Preto, Estado do Rio de Janeiro (ÚEPMERJ), com BA, o primeiro templo da AD naquela cidade, evangelista Levi Bueno, esteve realizando a
SP, pastoreada pelo irmão Antonio Silva San­ sede provisória na Rua Evaristo da Veiga, 78, em cerimônia presidi.; pelo pastor Denerval campanha evangelistica "Cristo Para Você"
tana, realizou a 6' Confraternização da Moci- no centro do Rio (QG da PMERJ), realizou, por Cerqueira, Vice-PresÍQdnte em Salvador. Coo- Como resultado, converteram-se 34 almas. Pre­
dade daquela igreja (COMADERP). Foram ocasião do aniversário da PMERJ, culto em peraram o pastor Balbino Ramos e o evangelis­ garam a Palavra de Deus o pastor responsável
ministrados estudos bíblicos, em que atuaram ação de graças no seu Quartel-general. A dire­ ta Wolmar Alcântara. Estiveram p/esentes pelo campo, irmão Luís C. Vilarinho, e o evan­
como preletores os pastores Napoleào Ribeiro toria da organização, eleita em Assembléia Ge­ uma caravana de Uruçuca, presidida pelo gelista Isolino Rodrigues. Aproveitando o ense­
Falcão, de Goiânia. GO; Elandi Mariano, de ral realizada no dia 20 de abril, para o triénio presbitero Laurenvo da Silva e outra de Maraú, jo. foi efetuado o batismo em águas de 16 novos
Votuporanga, SP, e Luiz Carlos dos Santos, de 85-87, passou a ser constituída pelos seguintes
Capinópolis, MG. Estiveram cooperando a sede do trabalho de Itacaré. O responsável pelo soldados de Jesus e a pré-inauguração do tem­
irmãos.- Presidente: Cap PM Ref Paulo Cabral campo de Maraú e itacaré, na Bahia, é o irmão
banda musical de São José do Rio Preto, e ca­ Saldanha; 1' Vice-presidente: Cap PM Adílio plo. com a presença dos pastores Silvano Vidal.
ravanas de Santo André, e Votuporanga no Otávio L. Rendeiro. Otávio Luiz de A. Ren­ Iraci P. Rocha, Valdemar de Anunciação, Hilá­
Machado da Silva; 2» Vice-presidente; Maj PM deiro
mesmo Estado. Antonio Silva Santana Ely Gonçalves; 1' Secretário: Subten PM Elio- rio (Irignani. Cooperaram o Deputado Esta­
nesio Valente; 2» Secretário: 2' Sgt PM Osmar dual Milton Sales e o Prefeito da cidade, Sr
Islabão Hackbarl; 1» Tesoureiro: Cap PM Da­ Senilio Piassi. A parte musical ficou a cargo do
VI trio "Novas de Alegrias" e do conjunto musical
niel Corrêa Campos; 2» Tesoureiro: 3» Sgt PM flSSEMBLOR
Ref Ayas Crispim de Souza; 1» Diretor de DE "Apocalipse", de Lagoa da Prata. MG Geral­
Evangelismo: 2» Sgt PM Liodir Barreto de DEUS do Pereira
Aguiar; 2^ Diretor de Evangelismo: Sd PM
Ubírady da Silva Lessa, 1" Diretor Social: Sub­
ten PM Joel Antônio Pariz; 2» Diretor Social:
CAPELINHA - MG
Sd PM Fineias Dias Valadão Filho; Diretor de A Aí) em ( apelinha, MG, pastoreada pelo
Música: Subten PM Aventino Quintino da Sil­ irmão Gerson de Paula Lima, e sob a presidên­
va; Diretor de Publicidade: Cb PM José Aga- cia do pastor Anselmo Silvestre, de Belo Hori
medes Moreira (esfe membro da AD na Penha, zonfe, MG. comemorou, com culto em ação de
Rio, RJ); Diretor Patrimonial: 1» Sgt PM José graças, a reforma do templo-sede. Na ocasião,
Vieira Rodrigues, e Diretor Cultural: Cap PM foi apresentado programa especial, por ocasião
José Carlos Gonçalves da Silva. do "Dia das mães". Durante as festividades. 41)
A glória dcs Oeus se fez presente entre os par- O novo templo em Itacaré é o resultado do novos crentes desceram ás águas batismais e
tidpantos di- 6» COMADERP esforço dos irmãos daquela regiáo baiana quatro almas aceitaram a Jesus como seu único
FRANCISCO BELTRÃO-PR e suficiente Salvador. Ruth de Paula Lima

ARAÇATUBA - SP Em conjunto com a AD de Francisco Bel­


ANDRADINA - SP
trão, PR, a Atividade Missionária Evangelisti- O conjunto Shalom, da AD em Andradina,
Foi realizado na AD em Araçatuba, SP, pre­ ca Mundial - AMEM -, realizou, naquele mu­ SP, dirigida pelo pastor Antonio Pires da Silva
sidida pelo pastor José Vital de Oliveira Filho, nicípio, a campanha evangelistica "Cristo é o Pilho e ligada a AD no Ipiranga, cujo presiden­
o Pré-encontro de Mocidade na região. Os tra­ Mesmo", no bairro da Cango. Verificaram-se te é o pastor Alfredo Reikdal, comemorou re­
balhos estiveram a cargo dos pastores José Vi­ muitas decisões por Cristo, curas divinas e re­ centemente o seu terceiro aniversário de exis­
tal e Daniel Carlos de Oliveira. Foi convidado conciliações. A AMEM completa três anos de tência. Após uma série de dificuldades venci­
para preletor o evangelista Pedro Barbosa, de trabalho neste mês de julho e, durante esse das, como arrecadação de fundos para aquisi­
Auriflora, SP. No final, muitos foram renova­ período, vários núcleos foram abertos em diver­ ção dos aparelhos, o conjunto, com apoio do
dos e batizados com o Espírito Santo e várias sas cidades do país, como Teófilo Otoni, Ca- pastor Antonio Pires, foi finalmente inaugura­
decisões por Cristo foram verificadas. choeiro de [tapemirim, Curitiba, Belém e Cor- do em maio de 1982. Esse conjunto vocal-
deirópolis. No momento, sua sede acha-se ins­ instrumental da mocidade começou com ape­
MARTINÓPOLIS - SP talada em Francisco Beltrão, no Paraná. Seu
diretor geral é o pastor Zenil Moraes, que, após
nas nove jovens e hoje conta com quase 80 inte­
grantes.
Foi lançada, em Kegente Feijó, SP, a pedra dez anos na obra missionária, em países como
fundamental de um novo templo a ser construí­
do naquele local, para abrigo do povo de Deus.
Equador, Ghana e Bolívia, veio assumir o pas- CAFARNAUM - BA
torado da AD naquela região. Sua posse deu-se
Estiveram presentes o pastor .José Caires de Li­ em março e foi oficiada pelo pastor Miguel Car­ A Assembléia de Deus em Cafarnaum, BA,
ma, presidente do campo, o presbitero Antonio doso, presidente da Convenção das igrejas do pastoreada pelo irmão Jário Pereira dos Reis è
Edmundo dos Santos, vice-presidente do cam­ Ministério de Madureira no Paraná. Zenij Mo- presidida pelo pastor Rodrigo Silva Santana,
po; o evangelista José Viana Leite, dirigente lo­ obteve os seguintes resultados no primeiro se­ Mostrando a "Espada do Espirito", a Pala­
cal, e outros irmãos, membros e visitantes. 0 mestre de 1985. Batismo em águas de 52 novos vra de Deus, os irmãos de Capelinha, MG,
trabalho em Regente Feijó pertence ao campo crentes, várias decisões, muitos testemunhos comemoram a reforma do templo-sede
de Martinópolis e vincula-se ao Ministério de de curas divina, batismos no Espírito Santo e,
Madureira. também, a inauguração do templo de Canal de
S|í Jt ,• . ^ Cafarnaum, BA, tendo, ainda, dois templos em PARAGOMINAS - PA
fase de construção. O irmão Jârio tem conquis­
PRESIDENTE 1É>t|p
M'- tado a confiança de todo o campo ministerial, Realizou-se recentemente o 3' Encontro de
. •iSB8 , nr.
VENCESLAU - SP fjmm .
Laudelino Profiro de Novais Jovens da UMADEP (União de Mocidade da

Sob o lema "Levanta-te e resplandece" (Is


60.1), a AD em Presidente Venceslau, SP, pas­
• s CACOAL - RO
AD em Paragominas, PA), igreja pastoreada
pelo irmão Joaquim Pereira dos Santos Filho.
Estiveram presentes caravanas do Pará e Ma­
toreada pelo irmão Paulo Silva, realizou a 2' Desenvolvendo o tema: "Videira Verdadei­ ranhão. Como resultado, verificaram-se 72 de­
Confraternização da Mocidade. Os trabalhos ra", baseado no Evangelho de João 15.1. o cisões, curas divinas e batismos com o Espirito
tiveram lugar na Escola Antonio Marinho de Circulo de Oração "Heroínas de Sião", sob a Santo. Foram realizados cerca de 20 cultos, dos
Carvalho Filho (IE), ocasião em que 86 irmãos A campanha "Cristo é o Mesmo" trouxe direção da irmã Dolores Vrena, da Assembléia quais participaram cerca de cinco mil pessoas,
receberam o batismo com o Espirito Santo, 28 nova motivação à igreja de Francisco Bel­ de Deus em Caçoai, RO, pastoreada pelo irmão ocasião em que, também, se distribuiu literatu­
pessoas aceitaram a Jesus como Salvador e trão Nels dos Santos, comemorou, com programa­ ra evangelistica. O presidente da UMADEP é o
muitos outros receberam a cura de suas enfer­ ção especial, o seu IO" aniversário. O aconteci­ Dr. Raimundo José dos Santos, que, juntamen­
midades. Houve estudos bíblicos, ministrados te com os vices Benedito Oliveira e Carlos Ma­
pelo pastor Orlando Camilo Pacheco, de Itajai, CARATINGA - MG mento contou com a presença das irmãs da
sede e das congregações, apresentando hinos e rinho, organizaram equipes - Arautos, (iidenex.
SC. Na parte de cânticos, destacou-se a presen­ A AD em Ubaporanga, Caratinga, MG, pas­ poesias. Cooperaram, também, a banda, o co­ Mensafieíros. Atalaias e Auivamenlos - com as
ça do cantor e locutor João Kalebe de O. Rodri­ toreada pelo irmão José Egídio da Silveira, rea­ ral vocal e Obreiros do campo. Ministrou a Pa­ quais deram consecução ao trabalho de Deus.
gues, de Florianópolis, SC, além de conjuntos lizou cultos de avivamento e estudos bíblicos, lavra de Deus o pastor Ilário Gomes dos Santos, Antonio Teimo de Oliveira Lima
vocais de jovens, bandas e conjuntos musicais. estes ministrados pelo pastor José Campos de Porto Velho, RO. Jonair Alves da Silva
Durante os dias da confraternização compare­
ceram caravanas de 28 cidades dos Estados de
Paul, co-pastor do campo, e pelo presbitero
Emanuel Aquino dos Reis, da Vila do Bugre,
CAPELINHA - MG
São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. No lapu, MG. Também a AD em Dom Cavati, A AD de Ribeirão das Folhas, dirigida pela
último dia o público presente chegou a cerca de MG. pastoreada pelo irmão João Cunha Dome- irmã Geralda, e ligada ao campo de Capelinha,
Irés mil pessoas. Com a participação das ban­ las, e ligada a Caratinga, oficiou o batismo de MG, presidido pelo pastor Gerson de Paula Li
das musicais de Araçatuba e Dracena foi reali­ 18 novos crentes, que passaram a integrar o rol ma. realizou batismo de 18 novos crentes. Su
zado desfile pelas ruas da cidade. Prestigiaram de membros daquela igreja. Entre outras, esti­ pervisiona a congregação o presbitero Otaviano
o evento muitas autoridades, entre elas, o se veram presentes as congregações de Reta do Rodrigues. (I campo de Capelinha conta com
nhor Tácito C. de Carvalho e Silva, Prefeito Onça, Jerusalém, Taruaçu e Dom Carloto. 18 congregações, algumas das quais não são
Municipal de Presidente Venceslau. Edivaldo Urias Fideies de Almeida servidas de condução. Apesar das dificuldades,
P. Correia O trabalho segue triunfanie. Simone Apareci­
da de Oliveira
SÃO DOMINGOS - MA As irmàs do Círculo de Oraçáo "Heroínas de
Comemorando o 45» aniversário de seu pas­ Siào", estào unidas à "Videira Verdadei­
tor, irmão Artur Santos Ferreira, a Assembléia ra". que é Jesus
de Deus em São Domingos, MA, realizou um
dia de festividades. Pela manhã, a programa­ JACUPIRANGA - SP
ção constou de uma surpresa ao pastor. A tar­ A AD em Vila Tatu. Jacupiranga. SP. diri­
de, culto de evangelizaçâo com a mocidade da gida pelo evangelista Cyrilo Pereira, realizou
igreja, em uma das praças da cidade e. à noite, trabalho de avivamento, ocasião em que o
culto em ação de graças, ocasião em que os ir­ evangelista Enéias de Araújo, do grupo "Cristo
mãos prestaram sua homenagem ao líder do re­ é a Resposta", da igreja de Santos, cujo presi­
banho, com a apresentação de jograis, poesias e dente é o pastor João Alves Corrêa, esteve pre­
recitação de versículos bíblicos. Foi lido, tam­ gando a Palavra de Deus. Nos quatro dias de
bém. o histórico da atuação do pastor Artur na­ trabalho, diversas pessoas foram batizadas
quela igreja. Participaram dos louvores as can­ com o Espírito Santo, outras curadas e conver
toras Iraci, da AD em imperatriz, MA, e a irmã lidas ao Evangelho. Estiveram presentes o pas­
Raquel, da AD em Ribeirão Pretp. SP. Ao tér tor Samuel, com um grupo de irmãos de Cajati.
mino das festividades, o pastor externou a sua além de outros. As congregações de Capelinha.
2' Cjnft-Bternizaçáo de Mocidade em Presi­ alegria e agradeceu a demonstração do amor
dente Venceslau: a igreja saiu em marcha Anta (íorda. Barra do Azeite, entre outras, de­ A obra de Deus prossegue em Capelinha,
cristão para com ele. Francisco Soares Perei- ram a sua cooperação no evento. 18 irmãos fo­
pela* ruas da cidade MG: batismo de novos crentes em Ribeirão
ram batizados em águas. Cyrilo Pereira das Folhas
mensageiro da paz n» 1179 — julho de 1985 17

Rapaz possesso mata


colega e so é liberto com híf^rp^e
a presença do pastor SENEP
Estará sendo realizado na AD de Bangu,
estará realizando, no perío de 25 a 28 des­
te mês, sua 11» Confraternização da
Rio de Janeiro, RJ, o 21' SENEP (Seminá­ UMADMEC, com base no tema: "O tempo
Possesso por um espírito demoníaco, o Na última vez, porém, a possessão de­ rio Nacional de Evangelismo Pleno), sob a da decisão é agora", Jr 21.8. Entre os prele-
ajudante-geral Cosme Santana Monteiro, moníaca levou-o a matar seu próximo, e coordenação do pastor Geziel Gomes. A tores estarão o pastor Geziel Gomes e os
de 20 anos de idade e solteiro, matou, a ele só foi libertado quando um servo de abertura se dará no dia 10/07 à noite, e o evangelistas Anézio Sarmento, Ozéias Car­
golpes de pé-de-cabra, seu amigo e tam­ Deus lhe visitou com o revestimento do curso prosseguirá nos dias 11, 12 e 13/01, das doso e Anízio Nascimento. Serão realizados
bém ajudante-geral Itamar Gomes dos poder do alto e expulsou todo mal em 8 ás 18 horas. A AD em Bangu se localiza na estudos bíblicos, maratonas, oração, consa­
Santos de 19 anos de idade. "Ele revirava nome de Jesus. Av. Santa Cruz, 3411 e qualquer informação gração e cultos de avivamento.
pode ser obtida pelo telefone (021) 331-2678,
os olhos, não ouvia nada do que faláva­ 0 diabo fez com que um fosse morto e
com os secretários do Seminário, irmãos Es-
mos. Estava em completo transe. Por isso o outro destruído. Um passou para a eter­
cobar e Anízio. A inscrição é de 20.000 e dá
tivemos que amarrá-lo com cordas, a fim nidade, quem sabe sem salvação? O outro direito a apostilas e certificado. As refeições A AD em Campo Grande, Rio de Janei­
de trazê-lo até a delegacia", disseram seus foi privado da liberdade, encarcerado, serão pagas à parte e a hospedagem não será ro, RJ, presidida pelo pastor Carlos Mala-
companheiros. abandonado. E não é isso que o inimigo cobrada. faia, realizará, de 25 a 28 deste mês, sua 13*
Na delegacia de Carapicuíba, seus gri­ veio fazer e está fazendo? Matar, roubar e Confraternização de Mocidade. Estarão
tos atraíram a atenção de todos. "Quero destruir é a sua tarefa, mas, graças a pregando durante o evento os pastores Hi­
Deus, que Jesus se manifestou para desfa­ AMEM dekazu Takayama, de Curitiba, PR; Eliel
sangue, quero sangue", gritava com os
A Atividade Missionária Evangelística Soares, de Santo André, SP; e o evangelista
olhos injetados, na sala do delegado. Fo­ zer as obras do adversário.
Mundial - AMEM através de seu Serviço Paulo César Lima, do Rio de Janeiro, RJ. A
ram cerca de 12 horas o período em que A história de Cosme é um retrato fiel Postal de Evangelização - SPE -, envia se­ AD em Campo Grande localiza-se na Av.
Cosme permaneceu possuído pelo diabo. do que vem a ser a obra do príncipe das manalmente a não crentes, viciados, famí­ Cesário de Melo, 2466. O telefone é (021)
A polícia, os guardas, os cacetetes, nada trevas. No entanto, quantos estão por aí a lias desunidas ou separadas, crentes desani­ 391-0584.
oôde fazê-lo voltar ao normal, até que um seguir o mesmo caminho 1 O caminho da mados ou afastados da comunhão e novos
pastor evangélico veio e expulsou aquele escravidão, da destruição, do furto, dos convertidos, cartas com mensagem específi­
demônio e Cosme ficou liberto. assaltos, dos homicídios, da violência, do ca para cada caso, em todo o território na­
cional e países de idioma espanhol. Quem A AD em Santa Cruz, Rio de Janeiro,
Horas mais tarde, já acalmado, Cosme pecado, da morte: o espaçoso caminho RJ, presidida pelo pastor Sebastião José da
que conduz à perdição, Mt 7.13,14. São desejar participar, deverá remeter corres­
não acreditava haver matado seu parceiro Silva, estará realizando no períod J de 17 a
pondência á direção geral da AMEM, Caixa
de trabalho e de alojamento, com quem "cavalos de Satanás" e estão privados da 21 deste mês a sua 9* Confraternização da
Postal 343, CEP 85.600, Francisco Beltrão,
havia dividido muitas horas alegres de sua liberdade. Mas o poder regenerador PR. Os nomes e endereços deverão estar UMADESC (União de Mocidf.de das ADs
sua vida. "Não fui eu, juro. Não fui eu do Senhor Jesus continua sendo eficaz completos e legíveis. A AMEM necessita de Santa Cruz). O tema do evento é: "0 ter­
quem matou o Itamar. Nada sei sobre esse contra qualquer tipo de prisão: "E conhe- também que lhe sejam enviados folhetos ra, terra, terra, ouve a palavra do Senhor",
crime", repetia ele, entre lágrimas, na de­ cereis a verdade e a verdade vos libertará. evangelísticos, selos postais, envelopes e pa­ com base em Jr 22.29. A programação con­
Se pois o filho vos libertar, verdadeira­ tará, entre outros, com os seguintes preleto-
legacia. péis ofício ou tamanho carta.
res: Pedro Quezada, Anésio Sarmento, Davi
Cosme esteve freqüentando, alguns mente sereis livres", Jo 8.32,36.
Rocha, Paulo Ventura e Elias Gomes.
anos antes, uma tenda de Candomblé, em O pastor retornou outras vezes á dele­ Hinos para banda
companhia de sua irmã gêmea, Damiana, gacia em companhia de outros irmãos e O irmão Luiz Simões, membro da AD no
que, se fosse homem, ter-se-ia chamado juntos oraram por Cosme que se sentia já Belém. SP, avisa aos interessados que dis­ Realizar-se-á, de 11 a 14 deste mês, a 17*
Damião. Nessa tenda, contou Cosme, "in­ bastante aliviado. Consciente de ter sido o põe de arranjos especiais para bandas de Confraternização de Mocidade da As­
corporei vários espíritos. Depois, deixei de demônio quem o levou a praticar o crime, música. Av. Dom Pedro I, 920 - 11» andar, sembléia de Deus de São Cristóvão - CO-
freqüentar o terreiro, mas mesmo assim, Cosme agora só espera que Deus lhe per­ apto. 1130 - 01552 - Ipiranga, São Paulo, MADESC, sob o tema: "Mobilizados pelo
continuei recebendo o espírito de Exu". doe o ato cometido. SP. Espírito Santo." Entre outros preletores, es­
Nas ocasiões em que o espirito maligno O delegado, por sua vez, comovido, or­ tará pregando o pastor Gilvan Rodrigues, de
denou que Cosme fosse trancafiado no xa­ ('ampina Grande, PB. Haverá estudos
se manifestava, era necessário que seus Procurando
bíblicos para os jovens (diurnos) e cultos
colegas o amarrassem, "até que o encosto drez dos presos convertidos, para que Maria da Conceição Bula Alves, irmã de
evangelísticos à noite.
o abandonasse" nada de mau lhe acontecesse. Sebastião Pedro Bula, está à procura de
seus primos e primas, filhos de sua tia Luzia

Ladrão devolve objetos


Angello, que é irmã gêmea de Tereza Vitó-
No período de 10 a 14 deste mês, a AD
rio Angello e filha de Rafael Angello e Cata­
em Recife, PE, estará realizando a sua 4*
rina Escoth, todos de Minas Gerais. Qual­
Confraternização de Mocidade, sob o tema:
quer informação pode ser enviada para o se­
"Certamente eu serei contigo", Êx 3.12. Se­

roubados à igreja
guinte endereço: Rua Emília Nunes Costa,
rão ministrados estudos bíblicos pela ma­
192, apto. 404, Duque de Caxias, RJ. CEP
nhã e à tarde. A noite haverá cultos evan­
25000. Tel. 771-5688.
gelísticos. Os preletores convidados são os
pastores Waldir Bícego, Hidekazu Takaya­
Marciano Torres Farias procura Esteia ma, José Leõncio e Gilvan Rodrigues.
"Até aqui tenho anunciado as tuas Ao cabo de 23 dias, num domingo, o
maravilhas", SI 71.17. padre local procurou o irmão Francisco e Regina Ferreira de Albuquerque, de quem,
Havia apenas 14 dias que o evangelista lhe disse que alguém o buscara para con­ já há 17 anos, não tem notícias. O endereço
para qualquer comunicação é: Av. Manoel
Francisco Lemuel Ajala Dourado tinha fessar o roubo e que era conseqüência dis­ da Costa Lima, 1574, Vila Piratininga, Sob o tema "Buscai as coisas que são de
assumido a direção da AD em São Gonça- so o tal se achava muito perturbado e ar­ Campo Grande, MS. cima", com base em Cl 3.1, a AD em Jar­
lo do Amarante, CE, quando, em sua ca­ rependido. Tinha a pessoa desejo de de­ dim América, Rio de Janeiro, RJ, pastorea­
sa, recebeu a notícia de que na noite ante­ volver o produto do roubo, mas não que­ da pelo irmão Geraldo Corrêa, estará reali­
rior alguém havia entrado no templo e ria, todavia, identificar-se; motivo pelo Ação de graças zando no período de 25 a 28 deste mês, a 15*
roubado os aparelhos de som e o relógio de qual solicitou ao seu líder religioso que o No período de 5 a 7 deste mês, às 19:30 Confraternização de Mocidade.
hs., a congregação em Abritador, vinculada
parede que ali estava. fizesse. a AD de Santo Aleixo, Magé, RJ, presidida
Para o trabalho, essa perda represen­ Após o término do culto, no domingo á pelo pastor Sylvio Gaudard, estará reali­ Programa radiofônico
tava muito, visto que os irmãos não ti­ noite, o padre chegou trazendo de volta os zando culto em ação de graças pela passa­ Foi recentemente lançado ao ar pelo ir­
nham qualquer possibilidade de comprar aparelhos. Os irmãos ficaram todos a rir gem do seu 15» aniversário de atividades. mão Jaci Lopes, da AD do Ipiranga, São
outra aparelhagem e, além do mais, esta­ na presença do Senhor, alguns choravam Paulo, SP, o programa "Vivendo com Je­
vam todos envolvidos na construção da de alegria em ver a resposta de Deus às sus", pela Rádio Clube de Santo André,
Encontro ZYK 1490 KHZ, com ampla divulgação dos
casa pastoral, sem as mínimas condições suas orações; não era tanto pelos objetos Estará sendo realizado na AD de Carmo periódicos da CPAD. O horário é aos sába­
de dividir a renda com outros gastos. Al­ recuperados, mas por saber que Jesus é do Rio Verde, GO, presidida pelo pastor dos, das 6:30 às 6:40 hs. A secretária do pro­
gumas pessoas aconselharam o dirigente Maravilhoso! Cleusino José Teodoro, nos dias 26, 27 e 28 grama é a jovem Conceição Lopes.
da igreja a registrar queixa na polícia. Po­ Com esta conquista obtida aos pés do deste mês, o 2» ELMOG - Encontro de
rém, no culto seguinte, t le reuniu os cren­ Senhor, a congregação em São Gonçalo Líderes de Mocidade do Estado de Goiás e
tes e apresentou-lhes o ocorrido. Assim, aprendeu a lição de que toda queixa do DF. Inscrições pelo telefone 727-1253, com Casa de Recuperação
propuseram-se a "ar-esentar queixa lá crente deve ser registrada lá em cima, nos Ilenice, ou na própria AD, à Rua 03, n ç 62 - A Casa de Recuperação Lírio dos Vales -
em cima", pois é, com certeza, de onde céus. 76740 - Carmo do Rio Verde, GO. situada na rua Elias Arsenio, 1051, Jardim
vera o socorro. Cruzeiro do Sul, CEP 13560, São Carlos,
Cruzada SP, tel. (0162) 72-5969 -, que tem por obje­
Estará sendo realizado nos dias 31 de tivo atender moças e senhoras viciadas em
agosto, às 18 horas, e I o de setembro, às 14 drogas, álcool e com problemas de conduta
horas, na Praça do Pacificador, em Duque (prostituição), solicita aos irmãos de todo o
Alô irmãos de Caxias, RJ. a 1* Grande Cruzada EJA- Brasil, na pessoa de sua presidente, Lourdes
DECERJ. Estará pregando durante o even­ Maria de J.P. Oliveira, apoio e ajuda na
Ouçam e participem do programa "Mensageiro da Paz" com o comunicado!1 to o pastor Hidekazu Takayama, de Curiti­ manutenção do trabalho que vem desenvol­
- Francisco Santos pela Rádio Boas Novas 1.320 KHZ AM de segunda a ba, PR. A cruzada conta com o apoio da Rá­ vendo na causa do Mestre.
sexta - 17:30 às 10:00 dio Difusora Duque de Caxias, sob a direção
do irmão Raimundo Nóbrega de Almeida;
da CPAD e da UMADER. Novo Endereço
Pastor Elienai Cabral. Rua Dr. José
CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS Lourenço, 3260 - Aldeota (Igreja). Caixa
PUBLICANDO A VERDADE PARA PRC Confraternizaç
Rapaz possesso mata
colega e só é liberto com ini
a presença do pastor SENEP
Estará sendo realizado na AD de Bangu,
estará realizando, no período de 25 a 28 des­
vie mês, sua 11* Confraternização da
Rio de Janeiro, RJ, o 21' SENEP (Seminá­ UMADMEC. com base no tema: "O tempo
Possesso por um espirito demoniaco, o Na última vez, porém, a possessão de­ rio Nacional de Evangelismo Pleno), sob a da decisão é agora", Jr 21.8. Entre os prele-
ajudante-geral Cosme Santana Monteiro, moníaca levou-o a matar seu próximo, e coordenação do pastor Geziel Gomes. A tores estarão o pastor Geziel Gomes e os
de 20 anos de idade e solteiro, matou, a ele só foi libertado quando um servo de abertura se dará no dia 10/07 á noite, e o evangelistas Anézio Sarmento, Ozéias Car­
golpes de pé-de-cabra, seu amigo e tam­ Deus lhe visitou com o revestimento do curso prosseguirá nos dias 11,12 e 13/07, das doso e Anízio Nascimento. Serão realizados
bém ajudante-geral Itamar Gomes dos poder do alto e expulsou todo mal em 8 às 18 horas. A AD em Bangu se localiza na estudos bíblicos, maratonas, oração, consa­
nome de Jesus. Av. Santa Cruz, 3411 e qualquer informação gração e cultos de avivamento.
Santos de 19 anos de idade. "Ele revirava
pode ser obtida pelo telefone (021) 331-2678,
os olhos, não ouvia nada do que faláva­ O diabo fez com que um fosse morto e
com os secretários do Seminário, irmãos Es-
mos. Estava em completo transe. Por isso o outro destruído. Um passou para a eter­ cobar e Anízio. A inscrição é de 20.000 e dá
tivemos que amarrá-lo com cordas, a fim nidade, quem sabe sem salvação? O outro direito a apostilas e certificado. As refeições A AD em Campo Grande, Rio de Janei­
de trazê-lo até a delegacia", disseram seus foi privado da liberdade, encarcerado, serão pagas à parte e a hospedagem não será ro, RJ, presidida pelo pastor Carlos Mala-
companheiros. abandonado. E não é isso que o inimigo cobrada. faia, realizará, de 25 a 28 deste mês, sua 13*
Na delegacia de Carapicuiba, seus gri­ veio fazer e está fazendo? Matar, roubar e Confraternização de Mocidade. Estarão
tos atraíram a atenção de todos. "Quero destruir é a sua tarefa, mas, graças a pregando durante o evento os pastores Hi­
Deus, que Jesus se manifestou para desfa­ AMEM dekazu Takayama, de Curitiba, PR; Eliel
sangue, quero sangue", gritava com os
A Atividade Missionária Evangelística Soares, de Santo André, SP; e o evangelista
olhos injetados, na sala do delegado. Fo­ zer as obras do adversário.
Mundial - AMEM através de seu Serviço Paulo César Lima, do Rio de Janeiro, RJ. A
ram cerca de 12 horas o período em que A história de Cosme é um retrato fiel Postal de Evangelização - SPE -, envia se­ AD em Campo Grande local ia-se na Av.
Cosme permaneceu possuído pelo diabo. do que vem a ser a obra do príncipe das manalmente a não crentes, viciados, famí­ Cesário de Melo, 2466. O telefone é (021)
A polícia, os guardas, os cacetetes, nada trevas. No entanto, quantos estão por aí a lias desunidas ou separadas, crentes desani­ 391-0584.
oôde fazê-lo voltar ao normal, até que um seguir o mesmo caminho! O caminho da mados ou afastados da comunhão e novos
pastor evangélico veio e expulsou aquele escravidão, da destruição, do furto, dos convertidos, cartas cora mensagem específi­
demônio e Cosme ficou liberto. assaltos, dos homicídios, da violência, do ca para cada caso, em todo o território na­
cional e países de idioma espanhol. Quem A AD em Santa Cruz, Rio de Janeiro,
Horas mais tarde, já acalmado, Cosme pecado, da morte: o espaçoso caminho RJ, presidida pelo pastor Sebastião José da
que conduz à perdição, Mt 7.13,14. São desejar participar, deverá remeter corres­
não acreditava haver matado seu parceiro Silva, estará realizando no período de 17 a
pondência à direçáo geral da AMEM, Caixa
de trabalho e de alojamento, com' quem "cavalos de Satanás" e estão privados da 21 deste mês a sua 9* Confraternização da
Postal 343, CEP 85.600, Francisco Beltrão,
havia dividido muitas horas alegres de sua liberdade. Mas o poder regenerador PR. Os nomes e endereços deverão estar UMADESC (União de Mocidade das ADs
sua vida. "Não fui eu, juro. Não fui eu do Senhor Jesus continua sendo eficaz completos e legíveis. A AMEM necessita de Santa Cruz). O tema do evento é: "0 ter­
quem matou o Itamar. Nada sei sobre esse contra qualquer tipo de prisão: "E conhe- também que lhe sejam enviados folhetos ra, terra, terra, ouve a palavra do Senhor",
crime", repetia ele, entre lágrimas, na de­ cereis a verdade e a verdade vos libertará. evangelísticos, selos postais, envelopes e pa­ com base em Jr 22.29. A programação con­
Se pois o Filho vos libertar, verdadeira­ péis ofício ou tamanho carta. tará, entre outros, com os seguintes preleto-
legacia.
res: Pedro Quezada, Anésio Sarmento, Davi
Cosme esteve freqüentando, alguns mente sereis livres", Jo 8.32,36.
Rocha, Paulo Ventura e Elias Gomes.
anos antes, uma tenda de Candomblé, em O pastor retomou outras vezes á dele­ Hino* para banda
companhia de sua irmã gêmea, Damiana, gacia em companhia de outros irmãos e O irmão Luiz Simões, membro da AD no
que, se fosse homem, ter-se-ia chamado juntos oraram por Cosme que se sentia já Belém, SP, avisa aos interessados que dis­ Realizar-se-á, de 11 a 14 deste mês, a 17*
Damião. Nessa tenda, contou Cosme, "in­ bastante aliviado. Consciente de ter sido o põe de arranjos especiais para bandas de Confraternização de Mocidade da As­
corporei vários espíritos. Depois, deixei de demônio quem o levou a praticar o crime, música. Av. Dom Pedro I, 920 - 11' andar, sembléia de Deus de São Cristóvão - CO-
freqüentar o terreiro, mas mesmo assim, Cosme agora só espera que Deus lhe per­ apto. 1130 - 01552 - Ipiranga, São Paulo, MADESC, sob o tema: "Mobilizados pelo
continuei recebendo o espírito de Exu". doe o ato cometido. SP. Espirito Santo." Entre outros preletores, es­
Nas ocasiões em que o espirito maligno O delegado, por sua vez, comovido, or­ tará pregando o pastor Gilvan Rodrigues, de
denou que Cosme fosse trancafiado no xa­ Campina Grande, PB. Haverá estudos
se manifestava, era necessário que seus Procurando bíblicos para os jovens (diurnos) e cultos
colegas o amarrassem, "até que o encosto drez dos presos convertidos, para que Maria da Conceição Bula Alves, irmã de
evangelísticos à noite.
o abandonasse" nada de mau lhe acontecesse. Sebastião Pedro Bula, está à procura de
seus primos e primas, filhos de sua tia Luzia
Angello, que é irmã gêmea de Tereza Vitó-

Ladrão devolve objetos rio Angello e filha de Rafael Angello e Cata­


rina Escoth, todos de Minas Gerais. Qual­
quer informação pode ser enviada para o se­
No período de 10 a 14 deste mês, a AD
em Recife, PE, estará realizando a sua 4*
Confraternização de Mocidade, sob o tema:
"Certamente eu serei contigo", Êx 3.12. Se­

roubados à igreja
guinte endereço: Rua Emília Nunes Costa,
rão ministrados estudos bíblicos pela ma­
192, apto. 404, Duque de Caxias, RJ. CEP
nhã e à tarde. A noite haverá cultos evan­
25000. Tel. 771-5688.
gelísticos. Os preletores convidados são os
pastores Waldir Bícego, Hidekazu Takaya­
Marciano Torres Farias procura Esteia ma, José Leõncio e Gilvan Rodrigues.
"Até aqui tenho anunciado as tuas Ao cabo de 23 dias, num domingo, o
maravilhas", SI 71.17. padre local procurou o irmão Francisco e Regina Ferreira de Albuquerque, de quem,
lhe disse que alguém o buscara para con­ já há 17 anos, não tem notícias. O endereço
Havia apenas 14 dias que o evangelista
para qualquer comunicação é: Av. Manoel
Francisco Lemuel Ajala Dourado tinha fessar o roubo e que em conseqüência dis­ da Costa Lima, 1574, Vila Piratininga, Sob o tema "Buscai as coisas que são de
assumido a direção da AD em Sâo Gonça- so o tal se achava muito perturbado e ar­ Campo Grande, MS. cima", com base em Cl 3.1, a AD em Jar­
lo do Amarante, CE, quando, em sua ca­ rependido. Tinha a pessoa desejo de de­ dim América, Rio de Janeiro, RJ, pastorea­
sa, recebeu a notícia de que na noite ante­ volver o produto do roubo, mas nâo que­ da pelo irmão Geraldo Corrêa, estará reali­
rior alguém havia entrado no templo e ria, todavia, identificar-se; motivo pelo Açáo de graças zando no período de 25 a 28 deste mês, a 15*
No período de 5 a 7 deste mês, às 19:30 Confraternização de Mocidade.
roubado os aparelhos de som e o relógio de qual solicitou ao seu líder religioso que o
hs., a congregação em Abritador, vinculada
parede que ali estava. fizesse. a AD de Santo Aleixo, Magé, RJ, presidida
Para o trabalho, essa perda represen­ Após o término do culto, no domingo á pelo pastor Sylvio Gaudard, estará reali­ Programa radiofônico
tava muito, visto que os irmãos nâo ti­ noite, o padre chegou trazendo de volta os zando culto em ação de graças pela passa­ Foi recentemente lançado ao ar pelo ir­
nham qualquer possibilidade de comprar aparelhos. Os irmãos ficaram todos a rir gem do seu 15 9 aniversário de atividades. mão Jaci Lopes, da AD do Ipiranga, São
outra aparelhagem e, além do mais, esta­ na presença do Senhor, alguns choravam Paulo, SP, o programa "Vivendo com Je­
de alegria em ver a resposta de Deus às sus", pela Rádio Clube de Santo André,
vam todos envolvidos na construção da Encontro ZYK 1490 KHZ, com ampla divulgação dos
casa pastoral, sem as mínimas condições suas orações; nào era tanto pelos objetos Estará sendo realizado na AD de Carmo periódicos da CPAD. O horário é aos sába­
de dividir a renda com outros gastos. Al­ recuperados, mas por saber que Jesus é do Rio Verde, GO, presidida pelo pastor dos, das 6:30 às 6:40 hs. A secretária do pro­
gumas pessoas aconselharam o dirigente Maravilhoso! Cleusino José Teodoro, nos dias 26, 27 e 28 grama é a jovem Conceição Lopes.
da igreja a registrar queixa na polícia. Po­ Com esta conquista obtida aos pés do deste mês, o 2» ELMOG - Encontro de
rém, no culto seguinte, ele reuniu os cren­ Senhor, a congregação em São Gonçalo Líderes de Mocidade do Estado de Goiás e
tes e apresentou-lhes o ocorrido. Assim, aprendeu a lição de que toda queixa do DF. Inscrições pelo telefone 727-1253, com Casa de Recuperação
propuseram-se a "apresentar queixa lá crente deve ser registrada lá em cima, nos Ilenice, ou na própria AD, à Rua 03, n' 62 - A Casa de Recuperação Lírio dos Vales -
em cima", pois é, com certeza, de onde céus. 76740 - Carmo do Rio Verde, GO. situada na rua Elias Arsenio, 1051, Jardim
vem o socorro. Cruzeiro do Sul, CEP 13560, São Carlos,
SP, tel. (0162) 72-5969 -, que tem por obje­
Cruzada
tivo atender moças e senhoras viciadas em
Estará sendo realizado nos dias 31 de
agosto, às 18 horas, e l 9 de setembro, às 14 drogas, álcool e com problemas de conduta
horas, na Praça do Pacificador, em Duque (prostituição), solicita aos irmãos de todo o
Alô irmãos de Caxias, RJ, a V Grande Cruzada EJA- Brasil, na pessoa de sua presidente, Lourdes
Maria de J.P. Oliveira, apoio e ajuda na
DECERJ. Estará pregando durante o even­
Ouçam e participem do programa "Mensageiro da Paz" com o comunicador to o pastor Hidekazu Takayama, de Curiti­ manutenção do trabalho que vem desenvol­
- Francisco Santos pela Rádio Boas Novas 1.320 KHZ AM de segunda a ba, PR. A cruzada conta com o apoio da Rá­ vendo na causa do Mestre.
sexta - 17:30 às 18:00 dio Difusora Duque de Caxias, sob a direção
do irmão Raimundo Nóbrega de Almeida;
da CPAD e da UMADER. Novo Endereço
Pastor Elienai Cabral. Rua Dr. José
CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS Lourenço, 3260 - Aldeota (Igreja). Caixa
PUBLICANDO A VERDADE PARA PRODUZIR VIDA Confraternização Postal 2896 Aldeota - CEP 60.000 - Forta­
A AD de Madureira, Rio de Janeiro, RJ, leza. CE. Tel. (085)234-5299.
18 julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

"X .
Q.
V .v,

... ::V - -
fiomacoo
• Laser usado no combate ao câncer
• Droga elimina 24 tipos de resfriado
• Israel troca prisioneiros com os árabes
• China acaba com hábito de cuspir nas ruas

Comer pouco ou demais: srrw

Zf,". ; p
doença nervosa
rzaczi*
Dois tipos de enfermidades, freqüente­ importância, mesmo por causa da simples
mente consideradas como uma forma de mudança de lugar.
"suicídio a prazo", disseminaram-se no O objetivo da terapia é o aumento de
último decênio, em países como os EUA, a um quilo por semana, com uma alimenta­
Grã-Bretanha e a República Federal da ção diária de 2.500 calorias, distribuídas
Alemanha com a rapidez de uma epide­ por seis refeições. Se quiser, o paciente
mia: a anorexia - ou falta de apetite - e a pode pedir mais comida, mas a quantida­
bulimia, ou seja, a fome insaciável. de indicada é o mínimo obrigatório. diretor de Israel, os objetos - inclusive uma es­
Estes distúrbios de comportamento Quando estiverem faltando apenas
Arqueologia pécie de guardanapo de Unho, quase completo,
nada têm em comum, aparentemente. dois quilos para o atingimento do peso máscaras de madeira e contas de madeira com
Arqueólogos, que investigam uma caverna pintura ainda brilhante - representam talvez a
Mas seus sintomas são muitas vezes ob­ mínimo - ou seja, dez por cento abaixo do no deserto de Judá, revelaram ter descoberto mais importante descoberta arqueológica em
servados sucessivamente num só e mesmo peso ideal -, inicia-se a segunda fase do algumas das mais antigas esculturas de madei­
paciente. Israel nos últimos quatro ou cinco anos. Outras
tratamento, deixando-se ao doente plena ra pintada e dos mais antigos tecidos de Unho, importantes descobertas arqueológicas em Is­
A anorexia acomete principalmente liberdade para escolher a qualidade e a afirmando que esses objetos datam de quase rael foram os pergaminhos no iV ar Morto e as
pessoas do sexo feminino, particularmen­ quantidade de suas refeições. nove mil anos atrás. Segundo Meir Meir, vice- Minas de Cobre.
te no início da puberdade, sendo muitas Atingido o peso ideal, tem início a ter­
vezes provocada por dietas de emagreci- ceira fase, com a compra - pelo próprio
mento demasiado rígidas. O paciente - paciente - dos alimentos que ele mesmo Caminhada Mania
em 90 por cento dos casos, do sexo femini­ poderá preparar na cozinha. Para este
no - simplesmente não consegue voltar á fim, ele recebe diariamente uma soma em Seis jovens de 12 a 22 anos, para provar a Milhares de agentes do serviço sanitário de
normalidade, após atingido seu peso existência de Deus, decidiram atravessar a re­ Pequim, China, com gorros e uniformes bran­
dinheiro.
ideal. gião mais árida da Austrália, numa marcha de cos, foram espalhados em diversos pontos da
Um programa paralelo de psicoterapia 1700 quilômetros a pé. sem alimento ou água,
Não raro, ele se contenta com 200 a £apital para tentar acabar com o tradicional
dedica-se principalmente á terapia fami­ desafiando as advertências da Polícia sobre os hábito chinês de cuspir nas ruas. Logo no pri­
300 calorias diárias, sentindo verdadeiro liar, também levando em consideração a riscos de tal aventura e as críticas de alguns meiro dia, foi registrado um total de 10 mil
prazer em passar fome. Chega mesmo a terapia individual e de grupos. Conside­ líderes religiosos. "Acreditamos que Deus usará multas ás pessoas que, apesar das propaganda?
comprazer-se no sentimento de leveza li­ rando-se curada, geralmente após alguns nossa caminhada como um poderoso testemu­ dizendo que "cuspir não é coisa de civilizado",
gado ao jejum, orgulhando-se de dominar meses de tratamento, a pessoa enferma nho em seu nome. Queremos colocar as pessoas teimaram em continuar com a velha mania.
suas inclinações. recebe baixa do hospital com a recomen­ ante a realidade da existência de Deus e por Em alguns locais da cidade, os agentes não só
Atrofia-se assim a formação dos seios dação expressa de filiar-se a ura grupo de isso escolhemos, deliberadamente, as condições multaram como também obrigaram os cuspl-
da adolescente, retardando-se o início das mais difíceis", disse o líder do grupo, Malcolm dores a limpar suas disparadas.
autoajuda, para não recair no velho hábi­
VVrest.
menstruações e prejudicando o próprio to de nutrição.
processo de crescimento. Observa-se, E aqui principia, para o paciente, a Orçamento
além disso, uma transformação da perso­ pior fase, dado o caráter compulsório tan­ Cobaias
nalidade, aliada por vezes aos primeiros to da anorexia quanto da bulimia. A doen­ Vinte milhões de pessoas já foram mortas
sintomas de uma esquizofrenia. Em dez a A utilização de cobaias foi defendida em em conflitos armados, nos 40 anos de existência
ça nada mais é do que uma medida diver-
documento do Conselho de Organizações Inter­ da ONU. E, para cada 100 mil habitantes do
quinze por cento dos casos, o desfecho é sionista, para desviar a atenção de outros
nacionais de Ciências Médicas (Cioms), da Or­ mundo há 100 médicos, enquanto que, para a
mortal. problemas. Eis por que ainda não estão mesma quantidade de pessoas, existem cerca
ganização Mundial de Saúde (OMS), divulga­
Os pensamentos do paciente estão devidamente esclarecidas as causas de do em Genebra, ressaltando que as experiên­ de 600 soldados. Cada país numa média global,
continuamente tomados pela preocupa­ transtornos nutricionais. cias com animais permitem que se aumente o gasta 50 vezes mais com um militar do que com
ção de "nada deixar transparecer", levan­ Os médicos vêem sua origem numa conhecimento sobre a natureza da vida e o um estudante. Esse é o trágico balanço que foi
do-os a um comportamento adaptado tan­ disfunção do hipotálamo, região do siste­ aperfeiçoamento dos métodos de prevenção, apresentado por Shah Kibria, secretário-
to na escola como no lugar de trabalho. As ma nervoso central situada abaixo do lie- diagnóstico e tratamento das enfermidades. Os executivo da Comissão Econômica e Social das
pessoas de seu relacionamento conside­ céfalo. Para os psicólogos, o problema está diretores do Cioms disseram que, em seu docu­ Nações Unidas, em conferência realizada em
ram-no, em geral, inteligente. mento, essas normas "pretendem proporcionar Bangcoc, Tailândia.
no relacionamento com a mãe, enquanto
Um vestuário amplo serve para dissi­ os teóricos do comportamento preferem aos meios acadêmicos, governamentais e indus­
mular sua delgadeza. As refeições em co­ explicar o fenômeno com o simples apren­ triais critérios úteis á elaboração de seus pró­
prios códigos relativos à utilização de cobaias".
Resfriado
mum são evitadas, na medida do possível, dizado errôneo do comportamento nutri-
com desculpas, como "já comi" ou "estou O professor Guy Diana e mais uma equipe
cional.
com o estômago irritado". E quando se As pesquisas dão conta da ocorrência Espionagem de pesquisadores do Instituto Sterling-
Winthrop, de Nova Iorque, EUA, descobriram,
senta à mesa, pouco depois se levanta, predominante desta enfermidade em por acaso, ao tentarem desenvolver um pestici­
alegando ter de buscar rapidamente algu­ famílias da classe média superior, com Por ter tentado passar 129 documentos com da, uma nova droga, o WIN 51711, que detém a
ma coisa. uma estrutura marcada pela dominação segredos de Estado para a URSS, o ex-oficial
reprodução e propagação do vírus que causam o
Receando ser descobertos, estes doen­ da Marinha dos EUA, John Anthony Walker,
materna. Há, pois, motivo para acreditar resfriado. A nova fórmula revelou-se eficaz con­
do 47 anos, está preso e poderá ser condenado á
tes começam a retrair-se cada vez mais, que existia algum nexo entre eate fenôme­ tra 34 de 40 tipos de resfriado em testes de labo­
prisão perpétua no Estado de Maryland. A
isolando-se da família e dificultando as­ no e o chamado "complexo de Cinderela", ratório. Ao todo, são conhecidas 120 diferentes
notícia foi dada pelo diretor do FBI, William
sim um reconhecimento da enfermidade a formas de resfriado, mas, até hoje, não se des­
ou seja, o receio sentido em relação à au­ Webster, que não ofereceu detalhes sobre o ma­
tempo. Descoberta em estágio avançado, cobriu um remédio específico contra o mal.
tonomia pessoal. terial apreendido com o ex-oficial. Este, duran­
a doença passa então a ser combatida com Os acometidos de bulimia "engolem" te a sua carreira, teve oportunidade de obter os
medidas drásticas, obrigando-se o adoles­ muita coisa, evitando dirigir sua indigna­ documentos, disse Webster, que acrescentou Sabotagem
cente a comer á força. ção contra outras pessoas, enquanto os ter prendido o acusado no momento em que
este ia entregar os papéis aos soviéticos. Segundo informou o jornal "Frankfurter
Mas estes esforços são quase sempre pacientes de anorexia se recusam a tor- Allgemeine Zeitung", de Bonn, Alemanha, 800
inúteis, porque o adolescente continua re- nar-se adultos. soldados do Pacto de Vareóvia já estão prepara­
cusando-se a alimentar-se, provocando A bulimia é mais freqüente no caso de Laser dos para se infiltrar, camuflados de soldados da
vômitos ou tomando um laxinte. Em ca­ adolescentes do sexo feminino, de peso Otan ou como civis, na Europa Ocidental e rea­
sos mais graves, a pessoa afetada tem de normal, após o período da puberdade, Um raio laser de alta energia foi usado no lizar ações de sabotagem, no caso de séria
ser transportada para o hospital, onde - também ocorrendo na idade dos treze tratamento de 12 pacientes que sofriam de cân­ ameaça de guerra. O jornal acrescentou que a
na Unidade de Tratamento Intensivo - é anos. As meninas sentem-se do repente cer no esôfago, normalmente fatal, e restabele­ URSS dispõe no momento de dez comandos al­
submetida á alimentação compulsória, acometidas de uma vontade irresistível de ceu sua capacidade de engolir e alimentar-se. tamente selecionados e treinados, chamados de
escapando assim ao perigo de vida. Embora não represente uma cura, a terapia de­ Brigadas Especiais de Reconhecimento
comer alimentos com alto teor calórico.
volve a tais doentes uma vida relativamente ("Spetsnaz"), com cerca de 600 homens, aoe
Em caso de enfermos adultos, o médi­ Levadas por semelhante acesso, são normal, relataram os especialistas responsáveis quais se somariam outros duzentos dos países
co normalmente condiciona o interna- capazes de ingerir 20 pedaços de torta um pela descoberta - todos médicos da Universida­ do Pacto de Varsóvia. Os soldados do "Spets­
mento hospitalar ao seu consentimento após o outro, só parando de comer no mo­ de da Califórnia, de San Francisco (UCSF) e do naz" devem falar línguas estrangeiras sem so
prévio. Do ponto de vista médico, o trata- mento em que adormecem ou são obriga- Hospital Geral de São Francisco - ao jornal taque e saber usar armamentos utiliza'
7
/formação
• Laser usado no combate ao câncer
• Droga elimina 24 tipos de resfriado
• Israel troca prisioneiros com os árabes
• China acaba com hábito de cuspir nas ruas

Comer pouco ou demais:


doença nervosa
Dois tipos de enfermidades, freqüente­ importância, mesmo por causa da simples
mente consideradas como uma forma de mudança de lugar.
'suicídio a prazo", disseminaram-se no O objetivo da terapia é o aumento de
último decênio, em países como os EUA, a um quilo por semana, com uma alimenta­
Grã-Bretanha e a República Federal da ção diária de 2.500 calorias, distribuídas
Alemanha com a rapidez de uma epide­ por seis refeições. Se quiser, o paciente
mia: a anorexia - ou falta de apetite - e a pode pedir mais comida, mas a quantida­
bulimia, ou seja, a fome insaciável. de indicada é o mínimo obrigatório. diretor de Israel, os objetos - inclusive uma es­
Estes distúrbios de comportamento Quando estiverem faltando apenas
Arqueologia pécie de guardanapo de linho, quase completo,
nada têm em comum, aparentemente. dois quilos para o atingimento do peso máscaras de madeira e contas de madeira com
Arqueólogos, que investigam uma caverna pintura ainda brilhante - representam talvez a
Mas seus sintomas são muitas vezes ob­ mínimo - ou seja, dez por cento abaixo do no deserto de Judá, revelaram ter descoberto mais importante descoberta arqueológica em
servados sucessivamente num só e mesmo peso ideal inicia-se a segunda fase do algumas das mais antigas esculturas de madei­ Israel nos últimos quatro ou cinco anos. Outras
paciente. tratamento, deixando-se ao doente plena ra pintada e dos mais antigos tecidos de Unho, importantes descobertas arqueológicas em Is­
A anorexia acomete principalmente liberdade para escolher a qualidade e a afirmando que esses objetos datam de quase rael foram os pergaminhos no Mar Morto e as
pessoas do sexo feminino, particularmen­ quantidade de suas refeições. nove mil anos atrás. Segundo Meir Meir, vice- Minas de Cobre.
te no início da puberdade, sendo muitas Atingido o peso ideal, tem inicio a ter­
vezes provocada por dietas de emagreci- ceira fase, com a compra - pelo pro no
mento demasiado rígidas. O paciente - paciente - dos alimentos que ele r .c Caminhada Mania
em 90 por cento dos casos, do sexo femini­ poderá preparar na cozinha. Para este
no - simplesmente não consegue voltar à fim, ele recebe diariamente uma soma em Seis jovens de 12 a 22 anos, para provar a Milhares de agentes do serviço sanitário de
existência de Deus, decidiram atravessar a re­ Pequim, China, com gorros e uniformes braiv
normalidade, após atingido seu peso dinheiro. gião mais árida da Austrália, numa marcha de cos, foram espalhados em diversos pontos da
ideal. Um programa paralelo de psicoterapia 1700 quilômetros a pé, sem alimento ou água, ^apitai para tentar acabar com o tradicional
Não raro, ele se contenta com 200 a dedica-se principalmente à terapia fami­ desafiando as advertências da Polícia sobre os hábito chinês de cuspir nas ruas. Logo no pri­
300 calorias diárias, sentindo verdadeiro liar, também levando em consideração a riscos de tal aventura e as criticas de alguns meiro dia, foi registrado um total de 10 mil
prazer em passar fome. Chega mesmo a terapia individual e de grupos. Conside­ líderes religiosos. "Acreditamos que Deus usará multas ás pessoas que. apesar das propagandas
comprazer-se no sentimento de leveza li­ rando-se curada, geralmente após alguns nossa caminhada como um poderoso testemu­ dizendo que "cuspir não é coisa de civilizado",
gado ao jejum, orgulhando-se de dominar meses de tratamento, a pessoa enferma nho em seu nome. Queremos colocar as pessoas teimaram em continuar com a velha mania.
suas inclinações. recebe baixa do hospital com a recomen­ ante a realidade da existência de Deus e por Em alguns locais da cidade, os agentes não só
Atrofia-se assim a formação dos seios dação expressa de filiar-se a um grupo de isso escolhemos, deliberadamente, as condições multaram como também obrigaram os cuspi-
mais difíceis", disse o líder do grupo, Malcolm dores a limpar suas cusparadas.
da adolescente, retardando-se o início das autoajuda, para não recair no velho hábi­ VVrest.
menstruações e prejudicando o próprio to de nutrição.
processo de crescimento. Observa-se, E aqui principia, para o paciente, a Orçamento
além disso, uma transformação da perso­ pior fase, dado o caráter compulsório tan­ Cobaias
nalidade, aliada por vezes aos primeiros to da anorexia quanto da bulimia. A doen­ Vinte milhões de pessoas já foram mortas
A utilização de cobaias foi defendida em em conflitos armados, nos 40 anos de existência
sintomas de uma esquizofrenia. Em dez a ça nada mais é do que uma medida diver- da ONU. E, para cada 100 mil habitantes do
quinze por cento dos casos, o desfecho é documento do Conselho de Organizações Inter­
sionista, para desviar a atenção de outros mundo há 100 médicos, enquanto que, para a
nacionais de Ciências Médicas (Cioms), da Or­
mortal. problemas. Eis por que ainda não estão ganização Mundial de Saúde (OMS), divulga­ mesma quantidade de pessoas, existem cerca
Os pensamentos do paciente estão devidamente esclarecidas as causas de do em Genebra, ressaltando que as experiên­ de 600 soldados. Cada país numa média global,
continuamente tomados pela preocupa­ transtornos nutricionais. cias com animais permitem que se aumente o gasta 50 vezes mais com um militar do que com
ção de "nada deixar transparecer", levan- Os médicos vêem sua origem numa conhecimento sobre a natureza da vida e o um estudante. Esse é o trágico balanço que foi
do-os a um comportamento adaptado tan­ disfunção do hipotálamo, região do siste­ aperfeiçoamento dos métodos de prevenção, apresentado por Shah Kibria, secretário-
to na escola como no lugar de trabalho. As ma nervoso central situada abaixo do die- diagnóstico e tratamento das enfermidades. Os executivo da Comissão Econômica e Social das
pessoas de seu relacionamento conside­ diretores do Cioms disseram que, em seu docu­ Nações Unidas, em conferência realizada em
céfalo. Para os psicólogos, o problema está
mento, essas normas "pretendem proporcionar Bangcoc, Tailândia.
ram-no, em geral, inteligente. no relacionamento com a mãe, enquanto
Um vestuário amplo serve para dissi­ aos meios acadêmicos, governamentais e indus­
os teóricos do comportamento preferem
triais critérios úteis à elaboração de seus pró­
mular sua delgadeza. As refeições em co­ explicar o fenômeno com o simples apren­
prios códigos relativos á utilização de cobaias".
Resfriado
mum são evitadas, na medida do possível, dizado errôneo do comportamento nutri-
O professor Guy Diana e mais uma equipe
com desculpas, como "já comi" ou "estou cional. de pesquisadores do Instituto Sterling
com o estômago irritado". E quando se As pesquisas dão conta da ocorrência Espionagem VVinthrop, de Nova Iorque, EUA, descobriram,
senta á mesa, pouco depois se levanta, predominante desta enfermidade em por acaso, ao tentarem desenvolver um pestici­
alegando ter de buscar rapidamente algu­ famílias da classe média superior, com Por ter tentado passar 129 documentos com da, uma nova droga, o WIN 51711, que detém a
ma coisa. segredos de Estado para a URSS, o ex-oficial
uma estrutura marcada pela dominação reprodução e propagação do vírus que causam o
da Marinha dos EUA, John Anthony Walker, resfriado. A nova fórmula revelou-se eficaz con­
Receando ser descobertos, estes doen­ materna. Há, pois, motivo para acreditar de 47 anos, está preso e poderá ser condenado à tra 34 de 40 tipos de resfriado em testes de labo­
tes começam a retrair-se cada vez mais, que existia algum nexo entre este fenôme­ prisão perpétua no Estado de Maryland. A
isolando-se da família e dificultando as­ no e o chamado "complexo de Cinderela", ratório. Ao todo, são conhecidas 120 diferentes
notícia foi dada pelo diretor do FBI, William formas de resfriado, mas, até hoje, não se des­
sim um reconhecimento da enfermidade a ou seja, o receio sentido em relação à au­ ' Vebster, que não ofereceu dUtúhes sobre o ma­ cobriu um remédio específico contra o mal.
tempo. Descoberta em estágio avançado, tonomia pessoal. terial apreendido com o ex-oficial. Este, duran­
a doença passa então a ser combatida com Os acometidos de bulimia "engolem" te a sua carreira, teve oportunidade de obter os
medidas drásticas, obrigando-se o adoles­ muita coisa, evitando dirigir sua indigna­ documentos, disse Wtbster, que acrescentou Sabotagem
cente a comer á força. ção contra outras pessoas, enquanto os ter prendido o acusado no momento em que
este ia entregar os papéis aos soviéticos. Segundo informou o jornal "Frankfurter
Mas estes esforços são quase sempre pacientes de anorexia se recusam a tor- AUgemeine Zeitung", de Bonn, Alemanha, 800
inúteis, porque o adolescente continua re­ nar-se adultos. soldados do Pacto de Varsóvia já estão prepara­
cusando-se a alimentar-se, provocando A bulimia é mais freqüente no caso de Laser dos para se infiltrar, camuflados de soldados da
vômitos ou tomando um laxante. Em ca­ adolescentes do sexo feminino, de peso Otan ou como civis, na Europa Ocidental e rea
sos mais graves, a pessoa afetada tem de normal, após o período da puberdade, Um raio laser de alta energia foi usado no lizar ações de sabotagem, no caso de séria
ser transportada para o hospital, onde - também ocorrendo na idade dos treze tratamento de 12 pacientes que sofriam de cân­ ameaça de guerra. O jornal acrescentou que a
na Unidade de Tratamento Intensivo - é anos. As meninas sentem-se de repente cer no esôfago, normalmente fatal, e restabele­ URSS dispõe no momento de dez comandos al­
submetida á alimentação compulsória, ceu sua capacidade de engolir e alimentar-se. tamente selecionados e treinados, chamados de
acometidas de uma vontade irresistível de
Embora não represente uma cura, a terapia de­ Brigadas Especiais de Reconhecimento
escapando assim ao perigo de vida. comer alimentos com alto teor calórico.
volve a tais doentes uma vida relativamente ("Spetsnaz"), com cerca de 600 homens, aos
Em caso de enfermos adultos, o médi­ Levadas por semelhante acesso, são normal, relataram os especialistas responsáveis quais se somariam outros duzentos dos países
co normalmente condiciona o intema- capazes de ingerir 20 pedaços de torta um pela descoberta - todos médicos da Universida­ do Pacto de Varsóvia. Os soldados do "Spets­
mento hospitalar ao seu consentimento após o outro, só parando de comer no mo­ de da Califórnia, de San Francisco (UCSF) e do naz" devem falar línguas estrangeiras sem so­
prévio. Do ponto de vista médico, o trata­ mento em que adormecem ou são obriga­ Hospital Geral de São Francisco - ao jornal taque e saber usar armamentos utilizados pelos
mento em regime hospitalar é de suma das a vomitar. "Annals of Internai Medicine". militares ocidentais.
mensageiro da paz n' 1179 — julho de 1985 19

Próximo CAPED será no Espírito Santo


Cumprindo mais uma etapa de sua dos mestres. Os inscritos pagarão apenas sendo permitida a entrada de crianças e
abençoada marcha na promoção do ensi­ urna taxa no valor de Cr$ 15.000 pelo ma­ de pessoas não matriculadas no recinto do
terial didático para o aluno fazer o curso, curso.
no da Palavra de Deus, através do Brasil,
tais como: Manual da Escola Bíblica Do­ • O lema do CAPED: "Para que o ho­ P
a Casa Publicadora estará realizando
mais um CAPED, no período de 28 de ju­ minical, Guia de Estudo, certificado, fi­ mem de Deus seja perfeito, e perfeitamen­
lho a 04 de agosto, na Assembléia de Deus chas e outros materiais. Quem depender te instruído para toda a boa obra" 2 Tm
em lúna, ES, pastoreada pelo irmão José de hospedagem e alimentação deve acer­ 3.17.
tar esses detalhes com a igreja hospedeira, O CAPED já treinou inúmeros Obrei­
Bruno.
O CAPED é um curso bíblico intensivo que cobrará, à parte, a taxa por esses ser­ ros, homens e mulheres, que estão melhor
(uma semana de duração) com o currículo viços. Informações serão dadas através do servindo na seara do Mestre. Agora che­
de cinco matérias, destinado principal­ telefone supracitado ou pessoalmente no gou a sua vez. Não deixe passar essa opor­
mente a professores da Escola Dominical. ato da inscrição. tunidade de fazer O CAPED! Inscreva-se
Obreiros e crentes em géral também são • Trabalhos estradasse do curso: É logo! Entre em contato com a secretaria
convidados a participar, a fim de que pos­ um dos requisitos indispensáveis á obten­ do curso, no endereço acima e garanta sua
sam melhorar os seus conhecimentos ção do certificado de aproveitamento. Es­ vaga.
bíblicos e aprofundar ainda mais a sua ses trabalhos são volumosos s deverão ser • Importante: Os candidatos deverão
vida espiritual. iniciados pelo candidfuo logo tpós a se fazer acompanhar de Carta de Reco­
A seguir damos as informações gerais matrícula. Por essa razão cada un, deve mendação de suas igrejas, bem como levar
sobre o curso em lúna. Espírito Santo. matricular-se o mais i edo possível. N.'uita voupa de cama e de frio. Salão nobre onde será realizado o curso
• Local do curso: Salão Nobre da gente já perdeu p cu so por deixar para a
Prefeitura de lúna, situado à Rua Desem­ última hora. O maífial de estudo e as
bargador Epaminondas do Amaral, 70. instruções necessárias ao preparo dos di­
• Data do curso: 28 de julho a 04 de tos trabalhos são fornecidos aos candida­
agosto de 1985. Culto de abertura no dia tos no ato da inscrição.
28, à noite, e de encerramento com a en­ • Modalidade do curso: O CAPED é
trega d" certificados aos concluintes no constituído de 32 aulas distribuídas por
dia 04, pela manhã. cinco unidades de ensino, que são;
• Candidatos ao curso: Professores Bibliologia: Uma visão global da
da Escola Bíblica Dominical. Obreiros e Bíblia.
membros da igreja em geral. É necessário Teologia Sistemática: Estudo de dou­
que o candidato tenha no mínimo 15 anos trinas fundamentais.
de idade e seja membro em comunhão Escola Bíblica Dominical: Sua organi­
com a igreja. zação, administração e crescimento.
• Local de inscrição no curso: Tem­ Pedagogia: A arte e a ciência de ensi­
plo da Assembléia de Deus, situado à Rua nar bem.
São Cristóvão, 155, Quilombo, Cx. Postal Psicologia Educacional: O estudo da
18 - I0NA, ES. CEP 29390. FONE (027) personalidade.
545-1206. Freqüência às aulas: É necessária
A Casa Publicadora nada cobra pelo uma freqüência mínima de 75% às aulas,
curso, apesar dos muitos gastos envolvi­ para a obtenção do certificado de aprovei­
dos. Seu objetivo principal é ajudar aque­ tamento conferido pela CPAD. As aulas
les que desejam melhor servir ao Mestre são exclusivas dos alunos do curso, não Diretoria da Convenção no Espirito Santo com os Obreiros da CPAD

Crescem os grupos familiares


em Santa Rita AGORA
A AD de Santa Rita, PB, pastoreada NO BRASIL
pelo irmão Severino Ludovico de Andra­
de, está desenvolvendo diversas frentes de
trabalho na evangelização da cidade, tan­
1
to da zona rural, como da urbana. Para o
evangelismo em massa, a igreja adquiriu
um automóvel com equipamentos de som.
O evangelismo pessoal está sendo feito
através de 80 grupos familiares já implan­
tados e de irmãos que evangelizam con­
juntos habitacionais, presídios e hospi­
tais. Também evangeliza-se por meio da
mensagem imprensa. Cerca de dois mil
exemplares do MENSAGEIRO DA PAZ Na solenidade de inauguração, estive­
são distribuídos gratuitamente todo mês ram presentes o Secretário de Educação e
em repartições públicas, bancos, colégios, Cultura, Joaquim Dias Ramos; o Verea­ NOVAS DE ALEGRIA
bibliotecas, consultórios, escritórios, ca­ dor Giderval de Andrade Costa, e os ir­
sas, etc. Milhares de folhetos são distri­ mãos Rosival Saboia, que representou o A Revista Evangélica
buídos mensalmente nos trens, ônibus,
feiras-livres e logradouros públicos a vi­
pastor Antonio Fernandes das Chagas; Portuguesa
Josué Martins, e o professor Manoel da
ciados e outros grupos de pessoas. Silva, diretor do educandário. mais conceituada na EUROPA!
A igreja construiu também um edu- No ano de 1984, cerca de 300 novos
candário evangélico, que foi denominado
"Instituto Evangélico Francisco Ludovico
convertidos foram batizados em águas - o
dobro de 1983. Foram construídos tam­
r
de Andrade". O mesmo foi inaugurado no bém dois templos e uma casa pastoral na CUPOM DE ASSINATURA
dia 2/04/85, e, além das crianças crentes, zona rural. Gilvanete de Andrade Costa
abriga crianças não evangélicas. Silva

Liderança das Convenções do Rio NA


de Janeiro apela aos pastores Nome
End
Cidade Esl
CEP
Tel
A liderança das três Convenções do ção. Todo material armazenado será Desejo receber a revista "Novae de Alegria" por
Estado do Rio de Janeiro, a fim de ajudar imediatamente recolhido por serviço de avião • (10 dólares) ou via normal • 6 dólares
determinada Associação Evangélica que transporte exclusivo para esse fim. Qual­ (Marque com um X a modalidade deseiada)
se dispõe a realizar grandes empreendi­ quer contato pode ser feito pelos telefones: ATENÇÀOI Pague a sua assinatura em cruzeiros di­
mentos em favor das famílias cristãs e (021) 280-8185 (CEADER); (021) 580-9878 retamente por cheque ou vale postal à:
crianças carentes, apela aos senhores pas­ (4" e 5'); 580-7939; (021) 269-4349 (Pastor CPAD - Caixa Postal 331, CEP 20001 - Rio de Ja­
tores da região no sentido de solicitarem Pedro Pereira). Primeiro posto de Reco­ neiro — RJ
aos membros de suas igrejas doações de lhimento: Estrada da Cacuia. 475, Ilha do Junte sempre este cupom
jornais e revistas antigos, papelões, resto- Governador, RJ. Tel (021) 396-8829. (Ou-
oximo sera no tLspinto
Cumprindo mais uma etapa de sua dos mestres. Os inscritos pagarão apenas sendo permitida a entrada de crianças e
abençoada marcha na promoção do ensi­ uma taxa no valor de Cr$ 15.000 pelo ma­ de pessoas não matriculadas no recinto do
no da Palavra de Deus, através do Brasil, terial didático para o aluno fazer o curso, curso.
a Casa Publicadora estará realizando
mais um CAPED, no período de 28 de ju­
lho a 04 de agosto, na Assembléia de Deus
tais como: Manual da Escola Bíblica Do­
minical, Guia de Estudo, certificado, fi­
chas e outros materiais. Quem depender
• O lema do CAPED: "Para que o ho­
mem de Deus seja perfeito, e perfeitamen­
te instruído para toda a boa obra" 2 Tm
, f "h
em lúna, ES, pastoreada pelo irmão José de hospedagem e alimentação deve acer­ 3.17.
Bruno. tar esses detalhes com a igreja hospedeira, O CAPED já treinou inúmeros Obrei­
O CAPED é um curso bíblico intensivo que cobrará, à parte, a taxa por esses ser­ ros, homens e mulheres, que estão melhor
(uma semana de duração) com o currículo viços. Informações serão dadas através do servindo na seara do Mestre. Agora che­
de cinco matérias, destinado principal­ telefone supracitado ou pessoalmente no gou a sua vez. Não deixe passar essa opor­
mente a professores da Escola Dominical. ato da inscrição. tunidade de fazer O CAPED! Inscreva-se
Obreiros e crentes em géral também são • Trabalhos extraciasse do curso: E logo! Entre em contato com a secretaria
convidados a participar, a fim de que pos­ um dos requisitos indispensáveis á obten­ do curso, no endereço acima e garanta sua
sam melhorar os seus conhecimentos ção do certificado de aproveitamento. Es­ vaga.
bíblicos e aprofundar ainda mais a sua ses trabalhos são volumosos e deverão ser • Importante: Os candidatos deverão
vida espiritual. iniciados pelo candidato logo após a se fazer acompanhar de Carta de Reco­
A seguir damos as informações gerais matricula. Por essa razão cada um deve mendação de suas igrejas, bem como levar
sobre o curso em lúna. Espirito Santo. matricular-se o mais cedo possível. Muita roupa de cama e de frio. Salào nobre onde será realizado o curso
• Local do curso: Salão Nobre da gente já perdeu p curso por deixar para a
Prefeitura de lúna, situado á Rua Desem­ última hora. O material de estudo e as
bargador Epaminondas do Amaral, 70. instruções necessárias ao preparo dos di­
• Data do curso: 28 de julho a 04 de tos trabalhos são fornecidos aos candida­
agosto de 1985. Culto de abertura no dia tos no ato da inscrição.
28, à noite, e de encerramento com a en­ • Modalidade do curso: O CAPED é
trega de certificados aos concluintes no constituído de 32 aulas distribuídas por
dia 04, pela manhã. cinco unidades de ensino, que são:
• Candidatos ao curso: Professores Bibliologia: Uma visão global da
da Escola Bíblica Dominical, Obreiros e Bíblia.
membros da igreja em geral. É necessário Teologia Sistemática: Estudo de dou­
que o candidato tenha no mínimo 15 anos trinas fundamentais.
de idade e seja membro em comunhão Escola Bíblica Dominical: Sua organi­
com a igreja. zação, administração e crescimento.
• Local de inscrição no curso: Tem­ Pedagogia: A arte e a ciência de ensi­
plo da Assembléia de Deus, situado à Rua nar bem.
São Cristóvão, 155, Quilombo, Cx. Postal Psicologia Educacional: O estudo da
18 - IÜNA, ES. CEP 29390. FONE (027) personalidade.
545-1206. Freqüência ás aulas: E necessária
A Casa Publicadora nada cobra pelo uma freqüência mínima de 75% às aulas,
curso, apesar dos muitos gastos envolvi­ para a obtenção do certificado de aprovei­
dos. Seu objetivo principal é ajudar aque­ tamento conferido pela CPAD. As aulas
les que desejam melhor servir ao Mestre são exclusivas dos alunos do curso, não Diretoria da Convenção no Espirito Santo com os Obreiros da CPAD

Crescem os grupos familiares


em Santa Rita AGORA
A AD de Santa Rita, PB, pastoreada
pelo irmão Severino Ludovico de Andra­
NO BRASIL
de, está desenvolvendo diversas frentes de
trabalho na evangelização da cidade, tan­
to da zona rural, como da urbana. Para o
evangelismo em massa, a igreja adquiriu
um automóvel com equipamentos de som.
O evangelismo pessoal está sendo feito
através de 80 grupos familiares já implan­
tados e de irmãos que evangelizam con­
juntos habitacionais, presídios e hospi­
tais. Também evangeliza-se por meio da
mensagem imprensa. Cerca de dois mil
exemplares do MENSAGEIRO DA PAZ Na solenidade de inauguração, estive­
são distribuídos gratuitamente todo mês ram presentes o Secretário de Educação e
em repartições públicas, bancos, colégios, Cultura, Joaquim Dias Ramos; o Verea­ NOVAS DE ALEGRIA
bibliotecas, consultórios, escritórios, ca­ dor Giderval de Andrade Costa, e os ir­
sas, etc. Milhares de folhetos são distri­ mãos Rosival Saboia, que representou o A Revista Evangélica
buídos mensalmente nos trens, ônibus, pastor Antonio Fernandes das Chagas;
feiras-livres e logradouros públicos a vi­ Josué Martins, e o professor Manoel da
Portuguesa
ciados e outros grupos de pessoas. Silva, diretor do educandário. mais conceituada na EUROPA!
A igreja construiu também um edu- No ano de 1984, cerca de 300 novos
candário evangélico, que foi denominado
"Instituto Evangélico Francisco Ludovico
de Andrade". O mesmo foi inaugurado no
convertidos foram batizados em águas - o
dobro de 1983. Foram cdhstruídos tam­ r CUPOM DE ASSINATURA
n
bém dois templos e uma casa pastoral na
dia 2/04/85, e, além das crianças crentes, zona rural. Gilvanete de Andrade Costa
abriga crianças não evangélicas. Silva

Liderança das Convenções do Rio NA


de Janeiro apela aos pastores Nome
End CEP
Cidade Est Tel
A liderança das três Convenções do ção. Todo material armazenado será Desejo receber a revista "Novas de Alegria" por
Estado do Rio de Janeiro, a fim de ajudar imediatamente recolhido por serviço de avião • (10 dólares) ou via normal • 6 dólares
determinada Associação Evangélica que transporte exclusivo para esse fim. Qual­ (Marque com um X a modalidade desejada)
se dispõe a realizar grandes empreendi­ quer contato pode ser feito pelos telefones: ATENÇÃOI Pague a sua assinatura em cruzeiros di­
mentos em favor das famílias cristãs e (021) 280-8185 (CEADER); (021) 580-9878 retamente por cheque ou vale postal à:
crianças carentes, apela aos senhores pas­ (4» e 5'); 580-7939; (021) 269-4349 (Pastor CPAD - Caixa Postal 331, CEP 20001 - Rio de Ja­
tores da região no sentido de solicitarem Pedro Pereira). Primeiro posto de Reco­ neiro - RJ
aos membros de suas igrejas doações de lhimento: Estrada da Cacuia, 475, Ilha do Junte sempre este cupom
jornais e revistas antigos, papelões, resto- Governador. RI, Tel (021) 396-8829. (Ou­
lhos gráficos, e quaisquer objetos que pos­ tros pontos de referência serão dados pelo
sam ser revendidos em favor da organiza­ rádio e por este periódico.)
\
\

20 julho de 1985 — mensageiro da paz n» 1179

Tabernáculo e suas
para a Igreja hoje (
8. O Dia da Expiaçáo Abraão de Almeida
O sistema de ofertas, que revelava o caminho para encontram e se harmonizam perfeitamente. Nada se­
Deus por meio de sacrifícios, alcançava o seu clímax não a justiça perfeita podia agradar a Deus; a nada se­
no dia 10 do sétimo mês, quando o sumo sacerdote, so­ não a graça perfeita pode convir ao pecador. Mas onde
zinho, entrava no santuário e sacrificava um novilho poderiam estes atributos se encontrarem? Somente na
como oferta pelo pecado e um carneiro como oferta Cruz. É ali que a misericórdia e a verdade se encontra­
queimada. Depois, tomava dois bodes e lançava sortes ram; a justiça e a paz se beijaram (Salmo 85.10). É as­
sobre eles, para saber qual deles deveria ser sacrifica­ sim que a alma do pecador crente encontra paz. Vê
do como oferta pelo pecado. O outro, chamado úe lue a justiça de Deus e a sua justificação repousam
bode emissário, seria enviado ao deserto. i^bre o mesmo fundamento, isto é, a obra consumada
Depois de o sumo sacerdote sacrificar um novilho por Cristo. Quando o homem, sob a influência podero­
por si mesmo e por sua casa, um dos bodes era então sa da verdade de Deus, toma o seu lugar como peca­
sacrificado pelos pecados do povo, e seu sangue asper- dor, Deus pode, no exercício da graça, tomar o seu
gido para purificação do altar e de todo o Tabernácu­ como Salvador, e então toda a questão se acha solu­
lo. Pondo as mãos sobre o bode vivo, o bode emissário, cionada, porque havendo a Cruz respondido a todas as
o sumo sacerdote confessava os pecados de toda a na­ exigências da justiça divina, os rios da graça podem
ção, e, em seguida, enviava o animal ao deserto, como correr sem impedimento. Quando o Deus justo e o pe­
expiação pelos pecados do povo. Mackintosh comenta cador se encontram sobre uma plataforma salpicada
o significado desses dois bodes, dizendo: "Aqui temos, de sangue tudo está solucionado para sempre - solu­
pois, a segunda idéia ligada com a morte de Cristo, a cionado de maneira a glorificar a Deus perfeitamente
saber, o perdão completo e final do povo. Se a morte e salvar o pecador para toda a eternidade. Seja Deus
de Cristo constitui o fundamento da glória de Deus, verdadeiro, ainda que todo o homem seja mentiroso; e
constitui também a base do perfeito perdão dos peca­ sim é. Os dois bodes, do dia da expiação, dão-nos o
dos dos que põem nela a sua confiança. Este segundo duplo aspecto de um único ato. Em um deles, vemos
objetivo é apenas uma aplicação secundária e inferior como é mantida a glória de Deus; no outro, como são
da expiação, embora os nossos corações néscios sejam tirados os pecados. Um é tão perfeito quanto o outro.
propensos a considerá-la como o aspecto mais elevado Pela morte de Cristo, nós somos inteiramente perdoa­
da Cruz, isto é um erro. A glória de Deus está em pri­ dos e Deus é perfeitamente glorificado.
meiro lugar; a nossa salvação em segundo. Manter a - "Existe um só ponto no qual Deus não foi glorifi­
glória de Deus era o objetivo principal e querido do co­ cado na Cruz? - Nem um sequer. Tampouco há um só
ração de Cristo. Ele seguiu este objetivo do princípio ponto no qual não estamos perfeitamente perdoados.
ao fim, com propósito definido e resoluta fidelidade. Digo 'nós', porque ainda que a congregação de Israel
'Por isso o Pai me ama, porque dou a minha vida para seja o objetivo primeiro visado na admirável ordena­
tornar a tomá-la' (João 10.17). 'Agora é glorificado o ção do bode expiatório; todavia pode-se dizer sem re­
Filho do homem, e Deus é glorificado nele. Se Deus é serva que todr. a alma que crê no Senhor Jesus Cristo
glorificado nele, também Deus o glorificará em si mes- está tão perfeitamente perdoada como Deus é perfei­
tamente glorificado pelo sacrifício da Cruz. - Quantos
pecados de Israel levava o bode expiatório? - Todos.
Palavra preciosa! Não ficava nenhum. - E para onde
os levava ele? - A uma terra solitária, uma terra onde
nunca poderiam ser encontrados, porque não havia
ninguém para os procurar. - Seria possível ser um sa­
crifício mais perfeito? Seria possível obter um quadro
mais real do sacrifício consumado por Cristo sob o seu quando o homem é levado inteiramente ao ponto mais
aspecto primário e secundário?" baixo da sua condição moral diante de Deus e está
9. O propiciatório pronto a aceitar o lugar que a verdade de Deus lhe de­
Esta peça, feita de ouro puro, representa o trono de signa, então reconhece que Deus se revelou como o
Deus (Isaías 6.2). Era um trono de misericórdia, pois a Justo justificador. Isto deve dar paz ã consciência; e
palavra propiciatório significa "onde Deus nos é não apenas paz, mas concede a capacidade de comun­
propício", nos é favorável. "Ele é a propiciação pelos gar com Deus e de ouvir os seus santos preceitos no co­
nossos pecados, e não somente pelos nossos próprios, nhecimento daquela relação em que a graça divina
mas ainda pelos do mundo inteiro" (1 João 2.2). nos introduziu!" (
mo, e logo o há de glorificar' (João 13.31,32). 'Ouvi- O Propiciatório era guardado pelos querubins, 10. Unção e aspersáo
me, ilhas, e escutai, vós povos de longe: O Senhor me símbolos do poder de Deus: "tendo expulso o homem, A Bíblia também fala da unção e da aspersão do
chamou desde o ventre, desde as entranhas de minha colocou diante do jardim do Éden os querubins com o Tauernáculo e diz que só foi enchido de glória divina
mãe fez menção do meu nome. E fez a minha boca cintilar da espada fulgurante, para guardar o caminho depois de ter sido ungido de azeite santo e aspergido
como uma espada aguda, com a sombra da sua mão da árvore da vida" (Gênesis 3.24). Nos querubins res­ com sangue: "Então Moisés pegou o óleo da unção,
me cobriu: e me pôs como uma frecha limpa, e me es­ plandecia o fogo da glória de Deus, fazendo sombra ungiu o Tabernáculo e tudo o que nele havia, para
condeu na sua aljava, E me disse: Tu és meu servo Is­ sobre o Propiciatório. Deus habitava entre os queru­ consagrá-lo. Aspergiu sete vezes o altar, e ungiu-o com
rael, aquele por quem hei de ser glorificado* (Isaías bins, por isso o autor da carta aos Hebreus (9.5), todos os utensílios, bem como a bacia com o suporte,
49.1-3). quando descreve as peças principais do Tabernáculo, consagrando-os" (Levítico 8.10-11). "Tomando um
"A glória de Deus era, pois, o objetivo supremo do diz: "E sobre ela os querubins da glória que com a sua pouco do sangue com o dedo, o sacerdote Eleazar, res-
Senhor Jesus Cristo na vida e na morte. Viveu e mor­ sombra cobriam o propiciatório. Dessas coisas, toda­ pingará sete vezes em direção à fachada da tenda de
reu para glorificar o nome de seu Pai. - A Igreja perde via, não falaremos agora pormenorizadamente". Ora, reunião".
alguma coisa com isto? - De modo nenhum. - E Is­ se os querubins faziam sombra sobre o propiciatório é O número de aspersão (sete) indica unção e asper­
rael? - Tampouco. - Mas, e os gentios? - Também porque estava sobre eles o "Shekmál", ou fogo terrí­ são plenas. Somente na pessoa de um Salvador ungido
não. Sua salvação e bem-aventurança não podiam es­ vel, fogo de Deus, que neles resplandecia. e crucificado pode Deus habitar entre os homens. Je­
tar melhor asseguradas do que sendo parte da glória Considerados em seu conjunto, a Arca e o Propi­ sus foi primeiramente ungido no início do seu ministé­
de Deus. Escutai a resposta divina dada a Cristo, o ciatório constituem uma admirável figura do Senhor rio, logo após ter sido batizado no rio Jordão por João
verdadeiro Israel, na passagem sublime que acabamos Jesus Cristo em sua adorável pessoa e em sua perfeita Batista. Ali, o Espírito Santo desceu sobre Ele, ungin-
de citar. 'Pouco é que seja o meu servo para restaura­ obra. Mackintosh, a esse respeito comenta: do-o, e finalmente Ele foi aspergido com sangue,
res as tribos de Jacó, e tomares a trazer os guardados "Havendo engrandecido a Lei, na sua vida, e tor­ quando, no Madeiro, teve o seu sangue purificador
de Israel; também te dei para luz dos gentios, para se­ nando-a honrosa, veio a ser, por meio da morte, a pro­ derramado tanto da sua fronte, pelos espinhos da co­
res a minha salvação até a extremidade da terra'. piciação ou propiciatório para todo aquele que crê. A roa, como das suas mãos e dos seus pés cravados com
- "E não é preciso sabermos que Deus é glorificado misericórdia de Deus só podia repousar numa base de os cravos de bronze, que falam do juízo, do julgamento
pela abolição dos nossos pecados? Podemos pergun­ perfeita justiça: '...a graça reina pela justiça para a dos nossos pecados: "Todos os utensílios do Taberná­
tar: - 'Onde estão os nossos pecados?' - Foram tira­ vida eíerna por Jesus Cristo, nosso Senhor' (Romanos culo em todo o seu serviço e todas as suas estacas e to­
dos. - Como? - Pelo sacrifício de Cristo na Cruz, pelo 5.21). O único lugar próprio para o encoi. ro entre das as estacas do áirio, serão de bronze" (Êxodo
— f r > i t n x v a a p fp r i i i H t i z l í ' Av
Estudos Bíblicos
Tabemáculo e suas
para a Igreja hoje (
8. O Dia da Expiaçào Abraão de Almeida
O sistema de ofertas, que revelava o caminho para encontram e se harmonizam perfeitamente. Nada se­
Deus por meio de sacrifícios, alcançava o seu clímax não a justiça perfeita podia agradar a Deus; a nada se­
no dia 10 do sétimo mês, quando o sumo sacerdote, so­ não a graça perfeita pode convir ao pecador. Mas onde
zinho, entrava no santuário e sacrificava um novilho poderiam estes atributos se encontrarem? Somente na
como oferta pelo pecado e um carneiro como oferta Cruz. E ali que a misericórdia e a verdade se encontra­
queimada. Depois, tomava dois bodes e lançava sortes ram; a justiça e a paz se beijaram (Salmo 85.10). E as­
sobre eles, para saber qual deles deveria ser sacrifica­ sim que a alma do pecador crente encontra paz. Vê
do como oferta pelo pecado. O outro, chamado de que a justiça de Deus e a sua justificação repousam
bode emissário, seria enviado ao deserto. sobre o mesmo fundamento, isto é, a obra consumada
Depois de o sumo sacerdote sacrificar um novilho por Cristo. Quando o homem, sob a influência podero­
por si mesmo e por sua casa, um dos bodes era então sa da verdade de Deus, toma o seu lugar como peca­
sacrificado pelos pecados do povo, e seu sangue asper- dor, Deus pode, no exercício da graça, tomar o seu
gido para purificação do altar e de todo o Tabemácu­ como Salvador, e então toda a questão se acha solu­
lo. Pondo as mãos sobre o bode vivo, o bode emissário, cionada, porque havendo a Cruz respondido a todas as
o sumo sacerdote confessava os pecados de toda a na­ exigências da justiça divina, os rios da graça podem
ção, e, em seguida, enviava o animal ao deserto, como correr sem impedimento. Quando o Deus justo e o pe­
expiação pelos pecados do povo. Mackintosh comenta cador se encontram sobre uma plataforma salpicada
o significado desses dois bodes, dizendo: "Aqui temos, de sangue tudo está solucionado para sempre - solu­
pois, a segunda idéia ligada com a morte de Cristo, a cionado de maneira a glorificar a Deus perfeitamente
saber, o perdão completo e final do povo. Se a morte e salvar o pecador para toda a eternidade. Seja Deus
de Cristo constitui o fundamento da glória de Deus, verdadeiro, ainda que todo o homem seja mentiroso; e
constitui também a base do perfeito perdão dos peca­ sim é. Os dois bodes, do dia da expiação, dão-nos o
dos dos que põem nela a sua confiança. Este segundo duplo aspecto de um único ato. Em um deles, vemos
objetivo é apenas uma aplicação secundária e inferior como é mantida a glória de Deus; no outro, como são
da expiação, embora os nossos corações néscios sejam tirados os pecados. Um é tão perfeito quanto o outro.
propensos a considerá-la como o aspecto mais elevado Pela morte de Cristo, nós somos inteiramente perdoa­
da Cruz, isto é um erro. A glória de Deus está em pri­ dos e Deus é perfeitamente glorificado.
meiro lugar; a nossa salvação em segundo. Manter a - "Existe um só ponto no qual Deus não foi glorifi­
glória de Deus era o objetivo principal e querido do co­ cado na Cruz? - Nem um sequer. Tampouco há um só
ração de Cristo. Ele seguiu este objetivo do principio ponto no qual não estamos perfeitamente perdoados.
ao fim, com propósito definido e resoluta fidelidade. Digo 'nós', porque ainda que a congregação de Israel
'Por isso o Pai me ama, porque dou a minha vida para seja o objetivo primeiro visado na admirável ordena­
tornar a tomá-la' (João 10.17). 'Agora é glorificado o ção do bode expiatório; todavia pode-se dizer sem re­
Filho do homem, e Deus é glorificado nele. Se Deus é serva que toda a alma que crê no Senhor Jesus Cristo
glorificado nele, também Deus o glorificará em si mes- está tão perfeitamente perdoada como Deus é perfei­
tamente glorificado pelo sacrifício da Cruz. - Quantos
pecados de Israel levava o bode expiatório? - Todos.
Palavra preciosa! Não ficava nenhum. - E para onde
os levava ele? - A uma terra solitária, uma terra onde
nunca poderiam ser encontrados, porque não havia
ninguém para os procurar. - Seria possível ser um sa­
crifício mais perfeito? Seria possível obter um quadro
mais real do sacrifício consumado por Cristo sob o seu quando o homem é levado inteiramente ao ponto mais
aspecto primário e secundário?" baixo da sua condição moral diante de Deus e está
9. O propiciatório pronto a aceitar o lugar que a verdade de Deus lhe de­
Esta peça, feita de ouro puro, representa o trono de signa, então reconhece que Deus se revelou como o
Deus (Isaías 6.2). Era um trono de misericórdia, pois a Justo justificador. Isto deve dar paz à consciência; e
palavra propiciatório significa "onde Deus nos é não apenas paz, mas concede a capacidade de comun­
propício", nos é favorável. "Ele é a propiciação pelos gar com Deus e de ouvir os seus santos preceitos no co­
nossos pecados, e não somente pelos nossos próprios, nhecimento daquela relação em que a graça divina
mas ainda pelos do mundo inteiro" (1 João 2.2). nos introduziu!"
mo, e logo o há de glorificar' (João 13.31,32). 'Ouvi O Propiciatório era guardado pelos querubins, 10. Unçào e aspersão
me, ilhas, e escutai, vós povos de longe: O Senhor me símbolos do poder de Deus; "tendo expulso o homem, A Bíblia também fala da unção e da aspersão do
chamou desde o ventre, desde as entranhas de minha colocou diante do jardim do Éden os querubins com o Tabemáculo e diz que só foi enchido de glória divina
mãe fez menção do meu nome. E fez a minha boca cintilar da espada fulgurante, para guardar o caminho depois de ter sido ungido de azeite santo e aspergido
como uma espada aguda, com a sombra da sua mão da árvore da vida" (Gênesis 3.24). Nos querubins res­ com sangue: "Então Moisés pegou o óleo da unção,
me cobriu: e me pôs como uma frecha limpa, e me es­ plandecia o fogo da glória de Deus, fazendo sombra ungiu o Tabemáculo e tudo o que nele havia, para
condeu na sua aljava. E me disse: Tu és meu servo Is­ sobre o Propiciatório. Deus habitava entre os queru­ consagrá-lo. Aspergiu sete vezes o altar, e ungiu-o com
rael, aquele por quem hei de ser glorificado' (Isaías bins, por isso o autor da carta aos Hebreus (9.5), todos os utensílios, bem como a bacia com o suporte,
49.1-3). quando descreve as peças principais do Tabemáculo, consagrando-os" (Levítico 8.10-11). "Tomando um
"A glória de Deus era, pois, o objetivo supremo do diz: "E sobre ela os querubins da glória que com a sua pouco do sangue com o dedo, o sacerdote Eleazar, res-
Senhor Jesus Cristo na vida e na morte. Viveu e mor­ sombra cobriam o propiciatório. Dessas coisas, toda­ pingará sete vezes em direção à fachada da tenda de
reu para glorificar o nome de seu Pai. - A Igreja perde via, não falaremos agora pormenorizadamente". Ora, reunião".
alguma coisa com isto? - De modo nenhum. - E Is­ se os querubins faziam sombra sobre o propiciatório é O número de aspersão (sete) indica unção e asper­
rael? - Tampouco. - Mas, e os gentios? - Também porque estava sobre eles o "Shekínãl", ou fogo terrí­ são plenas. Somente na pessoa de um Salvador ungido
não. Sua salvação e bem-aventurança não podiam es­ vel, fogo de Deus, que neles resplandecia. e crucificado pode Deus habitar entre os homens. Je­
tar melhor asseguradas do que sendo parte da glória Considerados em seu conjunto, a Arca e o Propi­ sus foi primeiramente ungido no início do seu ministé­
de Deus. Escutai a resposta divina dada a Cristo, o ciatório constituem uma admirável figura do Senhor rio, logo após ter sido batizado no rio Jordão por João
verdadeiro Israel, na passagem sublime que acabamos Jesus Cristo em sua adorável pessoa e ern sua perfeita Batista. Ali, o Espírito Santo desceu sobre Ele, ungin-
de citar. 'Pouco é que seja o meu servo para restaura­ obra. Mackintosh, a esse respeito comenta: do-o, e finalmente Ele foi aspergido com sangue,
res as tribos de Jacó, e tomares a trazer os guardados "Havendo engrandecido a Lei, na sua vida, o tor­ quando, no Madeiro, teve o seu sangue purificador
de Israel; também te dei para luz dos gentios, para se­ nando-a honrosa, veio a ser, por meio da morte, a pro­ derramado tanto da sua fronte, pelos espinhos da co­
res a minha salvação até a extremidade da terra'. piciação ou propiciatório para todo aquele que crê. A roa, como das suas mãos e dos seus pés cravados com
- "E não é preciso sabermos que Drnis é glorificado misericórdia de Deus só podia repousar numa base de os cravos de bronze, que falam do juízo, do julgamento
pela abolição dos nossos pecados? Podemos pergun­ perfeita justiça: '...a graça reina pela justiça para a dos nossos pecados: "Todos os utensílios do Tabemá­
tar: - 'Onde estão os nossos pecados?' - Foram tira­ vida eterna por Jesus Cristo, nosso Senhor' (Romanos culo em todo o seu serviço e todas as suas estacas e to­
dos. - Como? - Pelo sacrifício de Cristo .ia Cruz, pelo 5.21). O único lugar próprio para o encontro entre das as estacas do átrio, serão de bronze" (Êxodo
qual Deus foi glorificado para toda a eternidade. As­ Deus e o homem é aquele onde a graça e a justiça se 27.19).
21
mensageiro da paz n» 1179 — Julho de 1985

feternrhos
• udo Daniel sofreu um grave Meu filho Jeremias foi curado de hérnia pela Minha perna inchava muito e meu pai me Eu sofria pneumonia e precisava ser
aciv... Cuegando a ficar com os rins total­ graça do Senhor Jesus e para glória do seu no­ levava nos braços para o médico. Rogamos ao internada, mas o Círculo de Oração intercedeu
mente paralisados. Os médicos já náo garan­ me. Raimundo A. Peniche - Belém, PA. (2121) Senhor e ele me curou daquelas terríveis dores. ao Senhor em meu favor e fui curada pelo poder
tiam sua vida. Recorremos ao Senhor e ele nâo Estive também com problemas escolares, mas de Deus. Maria Joana F. Borges - Goiânia, GO.
tardou em curá-lo. Toda honra e glória ao nome o Senhor veio em meu auxilio. Raquel Dias de (3050G)
de Jesus para sempre! Ruth dos Santos Diniz - Meu filho Joás nâo era crente, mas eu orei Oliveira - Sapopemba, SP. (3639)
Porto Velho, RO. (1299) incessantemente por ele até que o Senhor o sal­
vou e batizou com o Espírito Santo. Louvado Meu filho Elizcu sofreu desidratação e os
seja o nome do Senhor. Rosa Bezerra Soares - Fui acometida de uma enfermidade nas médicos diziam não ter mais jeito. Mas coloca­
Sofri uma doença na cabeça, que sangrava Belém, PA. (2172) pernas que me causava muita aflição. Recorri mos a fé em ação e o Senhor Jesus que tudo
muito. Em razão disso, deveria submeter-me a aos médicos, mas não logrei êxito. Clamei ao pode curou o menino. Raquel Tavares Palheiro
uma cirurgia. Mas, clamei ao Senhor e ele me Senhor e ele teve misericórdia de mim e fui cu­ - Votuporanga, SP. (3215)
curou completamente. Maria Martins Belo - Sofri problemas de nervos, mas o Senhor me rada pelo seu poder. Rosa Vieira Tavares e Sou­
Porto Velho, RO. (1299-B) curou completamente. Ele tem sido nosso forte za - Taguatinga, DF (3654)
refúgio e nunca nos abandona. Rosinete B. Go­ Durante a gravidez do meu primeiro filho,
mes - Belém, PA. (2435) Sofri problemas no estômago e 11 médicos consultei aos médicos e me receitaram injeções
Dois anos sofri enfermidade nos pés, sem que disseram-me não ter mais recursos. Fiquei mui­ que poderiam prejudicar a criança. Eu e meu
os médicos pudessem resolver. Recorri ao Mé­ to abatida, perdi 28 quilos e a situação parecia esposo resolvemos confiar no Senhor e a meni­
dico dos médicos e ele me curou. Aleluia! Hon­ realmente crítica. Transportei o problema para na. que já está com um ano de idade, nasceu
Tive uma enfermidade no joelho e os médicos
ra e glória ao seu nome. Laura Ramos - Porto o Senhor Jesus e ele me curou na Assembléia de forte e sadia. Rosa Brito de Oliveira Bernardes
me receitaram injeções e comprimidos, mas
Velho, RO. (1299 C) Deus em Vila Torres Galvão. Por isso sou grata - Barra do Itapemirim, ES. (3303)
aceitei Jesus e ele me curou sem necessidade
ao meu Senhor que ouviu as nossas orações. Se-
dos medicamentos.TZuòms Pereira - Sdo Lou-
verina Veloso da Silva - Abreu e Lima, PE
renço, MG. (2583)
(337)
Meu netinho Waddson tinha um sinal nas Minha filha Joelma sofreu meningite e os
costas e os médicos estavam esperando que ele remédios de nada valeram, mas um irmão aqui
crescesse para operá-lo. Sofreu também de Perdi meus dois primeiros filhos, mas confiei na igreja orou por ela e o Senhor Jesus Cristo a
problemas nasal e nâo podia dormir. Entreguei Sofri perda de consciência, envenenamento e curou, para honra e glória do seu nome. A me­
no Senhor e ele me deu saúde e outros dois fi­
os dois problemas nas màos do Senhor e ele fi- perigo de vida no meu serviço. Todavia, o Se­ nina tem agora sete anos, é perfeita e muito in­
lhos. Honra e glória ao Senhor. Ruth Nasci­
completamente curado daqueles males. nhor me livrou de todos esses problemas, glória teligente. Raimundo Moura da Silva - Sdo Mi­
OlfcC mento Pacheco - Dracena, SP. (2620)
Rosrdite de Deus Sales - Itabuna, BA. (1322) a Jesus. Sérgio Perri - Rio de Janeiro, RJ. (364) guel do Araguaia, GO. (3453)

Desmaiei duas vezes com problemas


Fui acometida de mioma pelo qual devia ser Sofri infecção no pulmão esquerdo e os Sofrendo da coluna recorri á medicina, sem
cardíacos, mas recorri ao Senhor e estou com­
operada e não poderia ter filhos. Porém, a igre­ médicos desistiram de tratar-me. Mas aprouve resultado. Confiei somente no Senhor e ele me
pletamente restabelecida. Glória seja dada ao
ja orou em meu favor e nasceu-me um lindo ao Senhor Jesus curar-me completamente. Gló­ curou daquela enfermidade. Lindauria da Silva
Senhor. Rosisauria da Silva Vieira - Impera­
menino, o que me faz agradecer a Deus a sua ria ao seu nome. Izaura da Silva - Joinville, Vieira - Imperatriz, MA. (281IA)
triz, MA. (2811)
misericórdia. Rosa G. Tenório - Cuiabá, MT. SC. (399)
(1340)
Minha filha Maria da Penha estava muito Minha filha Ester, aos dois meses de nascida,
Sofri de apendicite, mas fui curada pelo sofreu uma ferida no rosto que a deixaria defor­
enferma e os médicos não tiveram recursos
Perdi todos os meus documentos e roguei a Senhor Jesus. Quando estive gestante e passei mada. Supliquei ao Senhor e ele repreendeu
para tratá-la. Contudo oramos ao Senhor e a
ajuda das irmãs do Círculo de Oração, para que muito mal, ele teve misericórdia de mim. De­ aquela enfermidade. Raimundo Barbosa de
menina foi inteiramente curada. Neusa Lima
o Senhor Jesus me fizesse encontrá-los nova­ pois fui hospitalizada e, ouvindo uma pregação Oliveira - Ananindeua, PA. (2651)
Costa - Brasília, DF. (2631)
mente. De fato, pela sua misericórdia, recebi do pastor Geziel Gomes, o Senhor me curou.
todoe de volta quatro dias depois. Roseli Lúcia Meu filho Roque também esteve enfermo, sem
Gonçalves - Juiz de Fora, MG. (1543) recursos médicos, mas o Médico dos médicos o Sofri hemorragia por 40 dias e os médicos me
Agradeço ao Senhor pela cura de meu filho curou completamente. São muitas as bênçãos
Roger Davi, que esteve desenganado pelos mé­ disseram para ir a um hospital de cancerosos, a
que o Senhor Jesus tem operado no meu lar.
dicos com várias enfermidades: sinusite, pneu­ fim de submeter-se a tratamento sério. Não
Raimundo Costa da Silva - Curumbá, MT. pude ir. mesmo porque eu confiava em |jue Je­
Durante a primeira gestação contrai ihfecçào monia, bactérias no sangue e meningite. Seiva (:m2)
renal. Sofri muito e perdi a criança. A médica Frank Ferrer - Lins, SP. (103) sus me poderia curar. A doença foi se agravan­
me disse que por aqueles quatro anos eu não do e eu me preparava para ir novamente ao mé­
poderia engravidar, mas dois anos depois fiquei dico. quando recebi a visita do pastor que orou
novamente gestante e a doença agravou-se ain­ Ijm irmão, membro da igreja, foi mordido por por mim, juntamente com a igreja, e no mesmo
Sofri de problemas internos, quando estava uma cobra venenosa e teria apenas doze horas
da mais. No meu leito encontrei, no MENSA­ instante fui curada. Glória e honra ao Senhor.
em viagem á procura de emprego. No hotel de vida. Ele andou uns 60 metros, sua vista es­
GEIRO DA PAZ, um testemunho de uma irmã Rosa Maria da Silva Cunha - Manaus, ' M.
onde me hospedei as dores me fizeram rolar cureceu e sua perna amortecida. Ao chegar em
cujo caso era igual ao meu. Então confiei no Se­ (2952)
pelo chão. Então clamei ao Senhor e a enfermi­ casa, reuniu os filhos para uma oração por sua
nhor e minha filha já está grande e estudando e dade foi removida. Nivaldo Bispo Ximenes -
já tenho outro filhinho, pela graça de Deus. vida e o Senhor atendeu. Quando o pastor Luís
Arcos, MG. (215) Pereira de Lima chegou para levá-lo ao Pronto
Ruth Ferreira da Silva Reis - Macapá, AP. Meus netos estavam desviados do caminho do
(1625) Socorro, já fazia 48 horas que a serpente o tinha
Senhor, mas roguei as orações das irmãs do
mordido. Os médicos disseram que ele era um
Fui atropelada por um animal e quebrei o Círculo de Oração e eles voltaram á casa pater­
homem muito feliz e ele respondeu que era
braço, que por um ano inteiro ficou sem forças. na e foram batizados com o Espírito Santo. Be-
crente e que o Senhor tinha cortado o veneno
Minha filha Laodicéia sofreu epilepsia Então recorri ao Senhor e ele me restituiu a navenuta Luis F. - Goiânia, GO. (3050)
da serpente. Maria íris O. Lima - Macapá, AP.
durante cinco anos e os médicos desistiram do saúde. Nilo Martins de Souza - Mantena, MG. (3372)
seu tratamento. Em grande afiição recorremos
(357)
ao Senhor e ele a curou completamente. Rai­ Meu irmão era viciado em jogo, mas o Senhor
mundo Alves de Souza - Salinau, MG. (1691) o libertou através da oração do Círculo de Ora­
Meu filho Oséias, com oito meses de idade,
Em dezembro de 1983, minha filha Erika, com ção. Jesus salvou também a minha mãe pela
sofreu anemia profunda, numa época em que
cinco meses de idade, foi internada em um hos­ intercessão das irmãs desse departamento. Cel-
estávamos desligados da igreja. Era o nosso pri­
Fui acometida da rubèola e os médicos pital com sarampo e pneumonia. O meu refúgio ma Divina - Goiânia, GO. (3060A)
meiro filho e ficamos atribulados. Mas rogamos
disseram que a criança corria riscos. Pedi á foi pedir a misericórdia do Senhor. Realmente a misericórdia do Senhor, voltamos ao seio da
igreja e ao Círculo de Oração que intercedesse ele me atendeu e curou a menina. Neusa Flores igreja e o nosso filho foi restabelecido pelo po­
por mim e minha filhinha nasceu normal e com Eu era muito enferma e não podia sequer ficar
Garcia Astolfo - Sumaré, SP. (371) der de Deus. Eu também estive muito enferma,
saúde. Seu nome é Denise. Regina Aparecida de pé. Os médicos haviam desanimado de tra­
com problemas internos, mas o Senhor Jesus
da Silva Abreu - Batatais, SP. (1932) tar-me, mas o Senhor Jesus teve misericórdia
me deu saúde. Regina Aparecida de França -
Minha esposa Odair Felicíssima sofreu câncer Carapicuíba, SP. (3490) de mim e me rurou. Eremita A. dos Santos -
e foi tratada em Belo Horizonte, Uberlândia e Goiânia, GO. (3050B)
Meu filho estava desviado dos caminhos do Uberaba, onde fiquei 45 dias. Voltei para casa e Em razão de um mioma, estava impedida de
Senhor e não tinha um emprego certo, vivendo Durante quatro anos sofri bronquite asmática
sete meses depois ela teve uma febre. Voltamos ter filhos. Mas, graças a Deus, minhas orações
na vaidade deste mundo. Eu orava constante­ e os médicos nâo me puderam curar. Roguei ao
então ao médico que me disse ter o câncer vol­ foram ouvidas e o Senhor me curou e me conce­
mente por ele e Jesus fez a obra no seu coração. Senhor o seu socorro e ele me libertou. Maria
tado e de maneira incurável. Nem sequer pas­ deu uma filha para glória do seu nome. Rose-
Hoje, ele está ao meu lado servindo ao Senhor e Margarida - Tucuruí, PA. (921)
sou outros remédios, mas me incentivou a que mair Matta Carneiro - São Gonçalo, RJ. (3522)
trabalha. Rotalva Alves dos Sontos - Sto. Bár­
buscasse o Deus que eu servia. Angustiado, en­
bara d Veste, SP. (1720)
trei no banheiro do hospital e ali roguei ao Se­
nhor que não deixasse minha esposa morrer, Minha filha foi raptada e esteve nas mãoe dos Minha filha sofreu grande infecção no ouvido
para que servisse de testemunho ao povo. Le­ raptores por cinco dias, mas o Senhor ouviu as e, apesar dos muitos medicamentos, nenhum
Sofri de uma inflamação na garganta e deveria
vei-a para casa e o Senhor a curou para glória nossas orações, inclusive do Círculo de Oração resultado foi obtido. Então, passamos a rogar o
operar, mas confiei no Senhor Jesus e ele me
curou completamente. Minha irmã sofreu de do seu nome. Abraão Benedito de Souza - Co- e a menina foi devolvida pela graça de Deus. socorro do céu e o Senhor atendeu aos nossos
problemas físicos e Jesus a curou. Glória seja rumbaCba, GO. (2259) Jordelina A. Cabral - Goiânia, GO. (3050D) rogos e a curou completamente. Ela foi, aind,
dada ao seu nome. Roseli de Souza - Maud, SP. atacada de meningite e os médicos deram-lhe
(1999) Meu filho Irineu esteve gravemente enfermo, apenas três horas de vida, mas o Senhor a cu­
mas oramos em seu favor ajudados pelo pastor Sou viúva e não tinha uma casa para morar. rou também desta enfermidade. Eu mesma so­
da igreja. 0 Senhor Jesus ouviu nossas orações Pedi ao Círculo de Oração que intercedesse em fri um problema na cabeça, mas dc igual modo
e curou o menino. Rubenita Araújo Bonifácio meu favor e o Senhor me concedeu uma resi­ confiei no Senhor e recebi a cura. Maria Rosa
Meu neto sofreu uma queda de três metros de
Alves - Piracuruca, PI. (3672) dência. Glória a Jesus. Beraldina Cordeiro - Pires Pacheco - Quatro Marcos, MT (1247)
altura. Foi apanhado como morto e eu clamei o
sangue de Jesus e pedi ao Senhor que tivesse Goiânia, GO. (3050E)
misericórdia dele, dando-lhe vida. Para glória Desviei-me dos caminhos do Senhor e muito
dc Jesus o menino voltou a si, como se nada ti­ Minha filha Elisamara com poucos meses de sofri com as zombarias de Satanás. Comecei a
vesse acontecido. Levamos ao médico e as ra- nascida sofreu uma grande febre; então orei ao Minha filha devia ser operada do ouvido, mas clamar pelo perdâq de Deus pelas madrugadt
diogiafias nada acusaram. Glória a Jesus. Rai-
lestemunhos

Meu cunhado Daniel sofreu um grave Meu filho Jeremias foi curado de hérnia pela Minha perna inchava muito e meu pai me Eu sofria pneumonia e precisava ser
acidente, chegando a ficar com os rins total­ graça do Senhor Jesus e para glória do seu no­ levava nos braços para o médico. Rogamos ao internada, mas o Círculo de Oração intercedeu
mente paralisados. Os médicos já nào garan­ me. Raimundo A. Peniche - Belém, PA. (2121) Senhor e ele me curou daquelas terríveis dores. ao Senhor em meu favor e fui curada pelo poder
tiam sua vida. Recorremos ao Senhor e ele nào Estive também com problemas escolares, mas de Deus. Maria Joana F. Borges - Goiânia, GO.
tardou em curá-lo. Toda honra e glória ao nome o Senhor veio em meu auxílio. Raquel Dias de (3050G)
de Jesus para sempre! Ruth dos Santos Diniz - Meu filho Joás não era crente, mas eu orei Oliveira - Sapopemba, SP. (3639)
Porto Velho, RO. (1299) incessantemente por ele até que o Senhor o sal­
vou e batizou com o Espírito Santo. Louvado Meu filho Elizeu sofreu desidratação e os
seja o nome do Senhor. Rosa Bezerra Soares - Fui acometida de uma enfermidade nas médicos diziam nào ter mais jeito. Mas coloca­
Sofri uma doença na cabeça, que sangrava Belém. PA. (2172) pernas que me causava muita aflição. Recorri mos a fé em ação e o Senhor Jesus que tudo
muito. Em razào disso, deveria submeter-me a aos médicos, mas nào logrei êxito. Clamei ao pode curou o menino. Raquel Tavares Palheiro
uma cirurgia. Mas, clamei ao Senhor e ele me Senhor e ele teve misericórdia de mim e fui cu­ - Votuporanga, SP. (3215)
curou completamente. Maria Martins Belo - Sofri problemas de nervos, mas o Senhor me rada pelo seu poder. Rosa Vieira Tavares e Sou­
Porto Velho, RO. (1299-B) curou completamente. Ele tem sido nosso forte za - Taguatinga, DF. (3654)
refúgio e nunca nos abandona. Rosinete B. Go­ Durante a gravidez do meu primeiro filho,
mes - Belém, PA. (2435) Sofri problemas no estômago e 11 médicos consultei aos médicos e me receitaram injeções
Dois anos sofri enfermidade nos pés. sem que disseram-me nào ter mais recursos. Fiquei mui­ que poderiam prejudicar a criança. Eu e meu
os médicos pudessem resolver. Recorri ao Mé­ to abatida, perdi 28 quilos e a situação parecia esposo resolvemos confiar no Senhor e a meni­
dico dos médicos e ele me curou. Aleluia! Hon­ Tive uma enfermidade no joelho e os médicos realmente crítica. Transportei o problema parv na, que já está com um ano de idade, nasceu
ra e glória ao seu nome. Laura Ramos - Porto me receitaram injeções e comprimidos, mas o Senhor Jesus e ele me curou na Assem bléia de forte e sadia. Rosa Brito de Oliveira Bernardes
Velho. RO. (1299-C) aceitei Jesus e ele me curou sem necessidade Deus em Vila Torres Galvão. Por isso sou grata - Barra do Itapemirim, ES. (3303)
dos medicamentos. Tíuòens Pereira - Sdo Lou- ao meu Senhor que ouviu as nossas orações. Se-
renço, MG. (2583) verina Veloso da Silva - Abreu e Lima, PE.
Meu netinho Waddson tinha um sinal nas (337)
Minha filha Joelma sofreu meningite e os
costas e os médicos estavam esperando que ele remédios de nada valeram, mas um irmão aqui
crescesse para operá-lo. Sofreu também de Perdi meus dois primeiros filhos, mas confiei na igreja orou por ela e o Senhor Jesus Cristo a
problemas nasal e nào podia dormir. Entreguei no Senhor e ele me deu saúde e outros dois fi­ Sofri perda de consciência, envenenamento e curou, para honra e glória do seu nome. A me­
os dois problemas nas mãos do Senhor e ele fi- lhos. Honra e glória ao Senhor. Ruth Nasci­ perigo de vida no meu serviço. Todavia o Se­ nina tem agora sete anos, é perfeita e muito in­
coi^i completamente curado daqueles males. mento Pacheco - Üracena, SP. (2620) nhor me livrou de todos esses prohleritx . glória teligente. Raimundo Moura da Silva - Sdo Mi­
Rosfdite de Deus Sales - Itabuna, BA. (1322) a Jesus. Sérgio Perri - Rio de Janeir tfj. (364)
guel do Araguaia, GO. (3453)

Desmaiei duas vezes com problemas


Fui acometida de mioma pelo qual devia ser cardíacos, mas recorri ao Senhor e estou com­ Sofri infecçâo no pulmão esquerdo e os Sofrendo da coluna recorri à medicina, sem
operada e nào poderia ter filhos. Porém, a igre­ pletamente restabelecida. Glória seja dada ao médicos desistiram de tratar-me. Mas aprouve resultado. Confiei somente no Senhor e ele me
ja orou em meu favor e nasceu-me um lindo Senhor. Rosisauria da Silva Vieira - Impera­ ao Senhor Jesus curar-me completamente. Gló­ cuiou daquela enfermidade. Lindauria da Silva
menino, o que me faz agradecer a Deus a sua triz, MA. (2811) ria ao seu nome. Izaura da Silva - Joinville, Vieira - Imperatriz, MA. (281IA)
misericórdia. Rosa G. Tenório - Cuiabá, MT. SC. (399)
(1340)
Minha filha Maria da Penha estava muito Minha filha Ester, aos dois meses de nascida,
enferma e os médicos não tiveram recursos Sofri de apendicite, mas fui curada pelo sofreu uma ferida no rosto que a deixaria defor­
Perdi todos os meus documentos e roguei a para tratá-la. Contudo oramos ao Senhor e a Senhor Jesus. Quando estive gestante e passei mada. Supliquei ao Senhor e ele repreendeu
ajuda das irmàs do Círculo de Oração, para que menina foi inteiramente curada. Neusa Lima muito mal, ele teve misericórdia de mim. De­ aquela enfermidade. Raimundo Barbosa de
o Senhor Jesus me fizesse encontrá-los nova­ Costa - Brasília, DF. (2631) pois fui hospitalizada e, ouvindo uma pregação Oliveira - Anonindeua. PA. (2651)
mente. De fato, pela sua misericórdia, recebi do pastor Geziel Gomes, o Senhor me curou.
todoe de volta quatro dias depois. Roseli Lúcia Meu filho Roque também esteve enfermo, sem
Gonçalves - Juiz de Fora, MG. (1543) recursos médicos, mas o Médico dos médicos o
Agradeço ao Senhor pela cura de meu filho Sofri hemorragia por 40 dias e os médicos me
curou completamente. São muitas as bênçãos
Roger Davi, que esteve desenganado pelos mé­ disseram para ir a um hospital de cancerosos, a
que o Senhor Jesus tem operado no meu lar.
dicos com várias enfermidades: sinuaite. pneu­ Raimundo Costa da Silva - Curumbá, MT. fim de submeter-se a tratamento sério. Não
Durante a primeira gestação contrai infecçâo monia, bactérias no sangue e meningite. Neiva pude ir, mesmo porque eu confiava em que Je­
renal. Sofri muito e perdi a criança. A médica (3362)
Franh Ferrer - Lins, SP. (103) sus me poderia curar. A doença foi se agravan­
me disse que por aqueles quatro anos eu nào do e eu me preparava para ir novamente ao mé­
poderia engravidar, mas dois anos depois fiquei dico, quando recebi a visita do pastor que orou
novamente gestante e a doença agravou-se ain­ Um irmão, membro da igreja, foi mordido por por mim, juntamente com a igreja, e no mesmo
Sofri de problemas internos, quando estava
da mais. No meu leito encontrei, no MENSA­ uma cobra venenosa e teria apenas doze horas instante fui curada. Glória e honra ao Senhor.
em viagem á procura de emprego. No hotel
GEIRO DA PAZ, um testemunho de uma irmà de vida. Ele andou uns 60 metros, sua vista es­ Rosa Maria da Silva Cunha - Manaus, AM
onde me hospedei as dores me fizeram rolar
cujo caso era igual ao meu. Então confiei no Se­ cureceu e sua perna amortecida. Ao chegar em (2952)
pelo chào. Então clamei ao Senhor e a enfermi­
nhor e minha filha já está grande e estudando e casa, reuniu os filhos para uma oração por sua
dade foi removida. Nivaldo Bispo Ximenes -
já tenho outro filhinho, pela graça de Deus. vida e o Senhor atendeu. Quando o pastor Luís
Arcos, MG. (215)
Ruth Ferreira da Silva Reis - Macapá, AP. Pereira de Lima chegou para levá-lo ao Pronto
(1625) Socorro, já fazia 48 horas que a serpente o tinha Meus netos estavam desviados do caminho do
mordido. Os médicos disseram que ele era um Senhor, mas roguei as orações das irmãs do
F ui atropelada por um animal e quebrei o homem muito feliz e ele respondeu que era Círculo de Oração e eles voltaram á casa pater­
braço, que por um ano inteiro ficou sem forças. crente e que o Senhor tinha cortado o veneno na e foram batizados com o Espírito Santo. Be-
Minha filha Laodicéia sofreu epilepsia
Entào recorri ao Senhor e ele me restituiu a da serpente. Maria íris O Lima - Macapá, AP. navenuta Luis F. - Goiânia, GO. (3050)
durante cinco anos e os médicos desistiram do
saúde. Nilo Martins de Souza - Mantena, MG. (3372)
seu tratamento. Em grande aflição recorremos
(357)
ao Senhor e ele a curou completamente. Rai­
mundo Alves de Souza - Salinas, MG. (1691) Meu irmão era viciado em jogo, mas o Senhor
Meu filho Oséias, com oito meses de idade, o libertou através da oração do Círculo de Ora­
Em dezembro de 1983, minha filha Erika, com sofreu anemia profunda, numa época em que ção. Jesus salvou também a minha mãe pela
cinco meses de idade, foi internada em um hos­ estávamos desligados da igreja. Era o nosso pri­ intercessào das irmãs desse depart amento. Cel-
li ui acometida da rubéola e os médicos
pital com sarampo e pneumonia. O meu refúgio meiro filho e ficamos atribulados. Mas rogamos ma Divina - Goiânia, GO. (3050A)
disseram que a criança corria riscos. Pedi á
foi pedir a misericórdia do Senhor. Realmente a misericórdia do Senhor, voltamos ao seio da
igreja e ao Círculo de Oração que intercedesse
ele me atendeu e curou a menina. Neusa Flores igreja e o nosso filho foi restabelecido pelo po­
por mim e minha filhinha nasceu normal e com
Garcia Astolfo - Sumaré, SP. (371) der de Deus. Eu também estive muito enferma, Eu era muito enferma e não podia sequer ficar
saúde. Seu nome é Denise. Regina Aparecida
da Silva Abreu - Batatais, SP. (1932) com problemas internos, mas o Senhor Jesus de pé. Os médicos haviam desanimado de tra­
me deu saúde. Regina Aparecida de França - tar-me, mas o Senhor Jesus teve misericórdia
Minha esposa Odair Felicíssima sofreu câncer CarapicuCba, SP. (3490) de mim e me curou. Eremita A. dos Santos -
e foi tratada em Elelo Horizonte, Uberlândia e Goiânia, GO. (3050B)
Meu filho estava desviado dos caminhos do
Senhor e não tinha um emprego certo, vivendo Uberaba, onde fiquei 46 dias. Voltei para casa e Em razào de um mioma, estava impedida de
na vaidade deste mundo. Eu orava constante­ sete meses depois ela teve uma febre. Voltamos ter filhos. Mas, graças a Deus, minhas orações Durante quatro anos sofri bronquite aemática
mente por ele e Jesus fez a obra no seu coração. então ao médico que me disae ter o câncer vol­ foram ouvidas e o Senhor me curou e me conce­ e os médicos não me puderam curar. Roguei ao
Hoje, ele esLá ao meu lado servindo ao Senhor e tado e de maneira incurável. Nem sequer pas­ deu uma filha para glória do seu nome. Rose- Senhor o seu socorro e ele me libertou. Maria
trabalha. Rosalva Alves dos Santos - Sta. Bár­ sou outros remédios, mas me incentivou a que mair Matta Carneiro - Sdo Gonçalo, RJ. (3522) Margarida - Tucuruí, PA. (921)
bara d'Oeste, SP. (1720) buscasse o Deus que eu servia. Angustiado, en­
trei no banheiro do hospital e ali roguei ao Se­
nhor que não deixasse minha esposa morrer, Minha filha foi raptada e esteve nas mãos dos Minha filha sofreu grande infecçâo no ouvido
Sofri de uma inflamação na garganta e deveria para que servisse de testemunho ao povo. Le­ raptores por cinco dias, mas o Senhor ouviu as e, apesar dos muitos medicamentos, nenhu;.i
operar, mas confiei no Senhor Jesus e ele me vei-a para casa e o Senhor a curou para glória nossas orações, inclusive do Círculo de Oração resultado foi obtido. Então, passamos a rogar o
curou completamente. Minha irmã sofreu de do seu nome. Abraão Benedito de Souza - Co-
e a menina foi devolvida pela graça de Deus. socorro do céu e o Senhor atendeu aos nossos
problemas físicos e Jesus a curou. Glória seja rumbaiba, GO. (2259) Jordelina A. Cabral - Goiânia, GO. (3050D) rogos e a curou completamente. Ela foi, aind,
dada ao seu nome. Roseli de Souza - Mauá, SP. atacada de meningite e os médicos deram-lhe
(1999) Meu filho Irineu esteve gravemente enfermo, apenas três horas de vida, mas o Senhor a cu­
mas oramos em seu favor ajudados pefo pastor Sou viúva e nào tinha uma casa para morar. rou também desta enfermidade. Eu mesma so­
da igreja. 0 Senhor Jesus ouviu nossas orações Pedi ao Círculo de Oração que intercedesse em fri um problema na cabeça, mas de igual modo
Meu neto sofreu uma queda de três metros de e curou o menino. Rubenita Araújo Bonifácio meu favor e o Senhor me concedeu uma resi­ confiei no Senhor e recebi a cura. Maria Rosa
altura. Foi apanhado como morto e eu clamei o Alves - Piracuruca, PI. (3672) dência. Glória a Jesus. Beraldina Cordeiro - Pires Pacheco - Quatro Marcos, MT. (1247)
sangue de Jesus e pedi ao Senhor que tivesse Goiânia, GO. (3050E)
misericórdia dele, dando-lhe vida. Para glória
Desviei-me dos caminhos do Senhor e muito
de Jesus o menino voltou a si, como se nada ti­ Minha filha Elisamara com poucos meses de sofri com as zombarias de Satanás. Comecei a
vesse acontecido. Levamos ao médico e as ra­ nascida sofreu uma grande febre; então orei ao Minha filha devia ser operada do ouvido, mas clamar pelo perdão de Deus pelas madrugadas
diografias nada acusaram. Glória a Jesus. Rai- Senhor que a curasse e ele prontamente aten­ o Círculo de Oração orou por ela e o Senhor a e ele me deu um livramento maravilhoso. Gló­
munda Gomes Gonçalves - Belo Horizonte, deu. Glória a Deus por essa bênção. Ruth Ba­ curou completamente. Vânia P. Santos - Goiâ­
MG. (2094) ria a Jesus! Maria Lúcia S. Bonfim - Belo Hori­
tista dos Reis - Jaru, RO. (3720) nia. GO. (3050F) zonte. MG. (1731)
22 Julho de 1985 — mensageiro da paz n' 1179

A fidelidade
de Jesus Io A^emoriam
Pr. Antonio Gilberto
O leitor já pensou no que nos acontece­
ria se Jesus não tivesse vindo a este mun­

EXERCÍCIOS BÍBLICOS do? O pecado aqui entrou pela desobe­


diência de Adão, o primeiro homem, e
perdeu-se aquela intimidade que havia no JTIVLNAL
Estes exercícios o professor pode utili­ 7. Este rei atacou a cidade de Damasco Eden. Como descendentes, herdamos
DOS SANTOS
zar nas atividades intra ou extraclasse, de e a tomou. toda a mancha negra do pecado e destituí­
acordo com o nível e faixa etária da sua 8. Homem corajoso e generoso e que foi dos fomos da glória de Deus. Precisáva­
Adentrou os portais eternos o pastor
classe. Exercícios deste tipo ou similares, amigo de Paulo quando este esteve pre­ mos de algo que nos unisse outra vez com
Juvenal dos Santos. Nasceu em 21) de
devidamente adaptados e aplicados são so em Roma. aquele que é santo. Então Deus nos pro­
junho de 1925 em Rio das Contas, BA;
uma forma de adquirir novos conhecimen­ 9. Daniel recebeu este nome quando es­ meteu o Messias, Gn 3.15.
aceitou a Jesus em 1949, sendo
tos bíblicos ou fixar conhecimentos já ad­ tava en: Babilônia. Durante anos o povo esperou por sua
batizado em águas no mesmo ano; foi
quiridos. F. Pessoas que tiveram dois nomes vinda, enquanto eram feitos sacrifícios de
consagrado a presbítero em 1950 e, em
A. Os primeiros da Bíblia No Oriente, nos tempos antigos, mui­ cordeiros, cujo sangue apenas cobriam o
1956, separado a Ministro do
1. Quem são os primeiros gêmeos da tas pessoas costumavam ter dois no­ pecado. Precisávamos de algo eficaz, onde
Evangelho. Pastoreou diversas igrejas
Bíblia? mes, principalmente quando se tratava o cordeiro tivesse consciência do ato ex­
como Oriente, Santa Terezinha,
2. Quem, pela primeira vez, procurou de pessoas importantes. Mencione o piatório. E na plenitude dos tempos "o
Getulina, Pompéia, Lupércio,
se desculpar diante de Deus? outro nome de: Verbo se fez carne e habitou entre nós",
Paraguaçu Paulista, Sertãozinho,
3. Quem foi o primeiro assassino? 1. Benjamim Jn 1.14. Jesus desceu da sua glória e assu­
Batatais, Serrana, Monguagá,
4. Quem foi o primeiro homem a traba­ 2. Salomão miu nossa natureza humana, em fidelida­
llhabela, São José do Rio Preto,
lhar com ferro e bronze? 3. Jerubaal de á promessa do Pai.
Miracatu, Jacupiranga e, por fim,
5. Qual o homem que pela primeira vez 4. Tabita Durante os anos do seu ministério ter­
Caraguatatuba, onde estava já há dez
ouviu o seu povo alegremente gritar 5. Tomé restre, foi fiel a todos os que nele creram.
meses quando veio a falecer, em 2 de
"Viva o rei!" 6. Levi, o apóstolo Os doentes foram curados, os cegos viram,
setembro de 1984.
6. Quem primeiro viu Jesus ressurreto? 7. Jacó, após lutar com um anjo. os mudos falaram, os endemoninhados fo­
7. Quem foi o primeiro mártir do Novo 8. Simão, filho de Jonas. ram libertos pelo poder da sua Palavra.
Testamento? 9. Lebeu, o apóstolo. Todos os qve o buscaram com fé, recebe­
8. Quem foi o primeiro sumo sacerdo­ 10. Paulo ram a bênção.
te? Respostas. Caso você não consiga as res­ Sua fidelidade se estendeu a todos os
9. Quem falou a primeira mentira re­ postas, consulte-as aqui, e assim, melhore que nem ainda existiam. Quando Pedro
gistrada na Bíblia? seus conhecimentos bíblicos. insistiu para que não fosse a Jerusalém
A, 1 (Jacó e Esaú, Gn 25.23-26) onde padeceria nas mãos dos anciãos e GERALDO JOSÉ
B. Quem nasceu primeiro? 2 (Adão, Gn 3.12) dos escribas (Mt 16.21-13) repreendeu-o,
pois nada o impediria, DE MEDEIROS
1. Enoque ou Esaii? 3 (Caim, Gn 4.18)
2. Noé ou Natâ? 4 (Tubal-Caim, Gn 4.22) Foi fiel no Getsêmani, quando, em
agonia, o seu suor se transformou em Foi recolhido às mansões celestiais o
3. Moisés ou Miriã, sua irmã? 5 0 rei Saul (1 Sm 10.21-24) pastor Geraldo José de Medeiros.
grandes gotas de sangue. Jesus sabia o
4. José ou Benjamim, seu irmão? 6 (Maria Madalena, Mc 16.9) Convertido no dia 26 de fevereiro de
que haveria de passar. Mt 26.38,39,42.
5. Raquel ou Rebeca? 7 (João Batista, Mt 14.10) 1936, lançou-se sem demora ao serviço
8 (Arão, Ex 28.1) Em sua natureza humana sentiria todas
6. Sansão ou Samuel? do Mestre. Em março de 1971, foi
as dores dos cravos, dos espinhos, das chi­
7. Davi ou Daniel? 9 (Satanás, servindo-se da serpente, ao consagrado a pastor. O irmão Geraldo
8. Saul ou Salomão? cotadas. Mas foi fiel. Sendo Deus, não
dizer a Adão e Eva: "Não morrereis", precisava morrer na cruz. Ele era o Se­ José de Medeiros pastoreou igrejas em
9. Gideão ou Golias? Gn 3.14)
nhor de tudo, mas deixou-se humilhar e Passos, Araxá e Belo Horizonte. Nos
10. Abraão ou Arão? últimos anos de sua vida, servia a
B. 1 (Enoque) desprezar-se por amor de nós. Sabia que
C. Local de residência Assembléia de Deus na localidade
2 (Noé) tinha uma missão a cumprir. Que a hu­
Dê o local de residência ou terra natal mineira de Barreiros. Deixa viúva a
3 (Miriã) manidade dependia dele para a remissão
das seguintes pessoas; de pecados. irmã Geralda Araújo de Medeiros, dez
1. Maria e Marta 4 (Benjamim) filhos, genros, noras, netos e bisnetos.
5 (Rebeca) Enquanto o crucificavam e as dores se
2. Tabita Naeme Araújo Medeiros
6 (Sansão) faziam insuportáveis, ele exclamava: "Pai
3. Zaqueu perdoa-lhes porque não sabem o que fa­
4. Raabe 7 (Davi)
zem." Que amor incomparável! MANOEL SABINO SIQUEIRA
5. Abraão 8 (Saul)
Será que temos sido fiéis a esse Jesus Entrou no descanso eterno o pastor
6. Paulo 9 (Gideão)
da mesma forma em que ele o foi para co­ Manoel Sabino Siqueira, que por
7. Pedro e André 10 (Abraão)
C. 1 (Betânia, Jo 11.1) nosco? Quantos em suas provações diárias muitos anos serviu ao Ministério da
8. José (o que sepultou a Jesus) renegam a Cristo? Outros, por qualquer
2 (Jope, At 9.36) AD em Bento Ribeiro, notadamente á
9. Simâo, o curtidor motivo saem da igreja e esquecem todas
3 (Jericó, Lc 19.1,2) Igreja em Araruama, RI. Obreiro
10. Davi as suas benignidades.
4 (Jericó, Js 2.1) jubilado, mas incansável e com o
D. Crianças, adolescentes e jovens Quando Jesus morreu, o véu do templo
5 (Ur, Gn 11.31) coração voltado para a evangelização,
1. Foi encontrado flutuando num rio. se rasgou de alto a baixo, informando que
6 (Tarso, At 21,39) pastor Manoelzinho (assim era
2. Estando em Jerusalém, ele deixou a barreira deixou de existir e que através conhecido), sempre era achado
por um pouco seus pais e passou a ar­ 7 (Betsaida, Jo 1.44)
desse Jesus o homem volta a ter comu­ espalhando a preciosa semente. Deixou
gumentar com os líderes religiosos. 8 (Arimatéia, Mt 27.57)
nhão com Deus, viúva a irmã Alzira Siqueira, fiel serva
3. Sua mãe lhe fazia uma túnica 9 (Jope, At 9.43)
Após sua morte, os discípulos se dis­ do Senhor, sua filha Adely, esposa do
anualmente e a levava onde ele estava. 10 (Belém, 1 Sm 16.18,19)
persaram com medo dos judeus. Durante presbítero Jeremias da Silva, quatro
4. Realizou um ato heróico com uma D. 1 (Moisés, Êx 2.5,10)
os três dias que se sucederam houve gran­ netos e brilhante testemunho de fé em
funda e uma pedra, 2 (Jesus, Lc 2.41-47)
de desilusão e tristeza, pois não se Cristo. Harácin da Silva Júnior
5. Este jovem foi colocado por seu pai 3 (Samuel, 1 Sm 2.19)
lembraram de que Jesus prometera res­
sobre um altar. 4 (Davi, 1 Sm 17.49)
5 (Isaque, Gn 22.7-10) suscitar. E ao despontar o primeiro dia da PETRONILIA GOMES BARBOSA
6. Este menino tomou-se rei aos 8 semana, ouviu-se um estrondo. Os guar­
anos de idade. 6 (Josias, 2 Rs 22.1) Passou para o Senhor a irmã Petronilia
das se assustaram quando a pedra do se- Gomes Barbosa. Nasceu em 27 de
7. Este menino andou no deserto com 7 (Ismael, Gn 21.14)
pulcro foi removida e Jesus ressurgiu com fevereiro de 1884 em São Gonçalo, CE;
sua mãe e depois tornou-se o pai do 8 (José, Gn 37.18-28)
poder e grande glória. Porque ele é fiel. entregou-se a Jesus em janeiro de 1936,
povo árabe. 9 (Benjamim, Gn 35.18)
^ Qual não foi a alegria dos seus seguido­ em Fortaleza, e foi batizada no dia 1 de
8. Um jovem vendido como escravo 10 (Jacó, Gn 25.28)
res ao vê-lo ressurreto? como nós teríamos maio do mesmo ano. A irmã Petronilia
por seus próprios irmãos. E. 1 (Melquisedeque, Gn 14.18)
certeza de uma vida eterna se ele não ti­ permaneceu 48 anos na Casa do
9. O filho mais jovem dentre 12 ir­ 2 (Nabucodonosor, Dn 1.1)
3 (Epafrodito, Fp 2.25) vesse ressuscitado? Mas Jesus é fiel em Senhor. Um dos seus filhos já passou
mãos. tudo o que promete. Antes de ascender
10. De dois gêmeos ele era o predileto. 4 (Quedorlaomer, Gn 14.1) para o Senhor, outro é diácono, e
aos céus prometeu que voltaria para bus­ Odilon Barbosa Gomes é pastor em
5 (Mesulemete, 2 Rs 21.18,19)
E. Nomes próprios extensos car sua Igreja. Quase dois mil anos se pas­ Barreiras, BA. (luiomar Comeu
5 (Mefibosete, 2 Sm 4.4)
Todos entes personagens têm nomes saram, mas ele vai voltar e esse dia pode
7 (Senaqueribe, 2 Rs 18.13)
bastante extensos. Veja quem são. ser hoje. Porque Jesus é fiel. JOSÉ BENEDITO ALVES
8 (Onesíforo, 2 Tm 1.16-18)
1. Foi profeta e sacerdote na antiga ci­ 9 (Beltessazar, Dn 1.7) Aos 84 anos de idade, foi reçolhido ás
dade de Jerusalém. Marion Vaz
F. 1 (Benoni, Gn 35.18) regias mansões o irmão José Benedito
2. Foi o mais importante rei de Babilô­ 2 (Jedidias, 2 Sm 12.25) Alves, pai do pastor Lázaro Benedito
nia. 3 (Gideão, Jz 7,1) Alves, vice-presidente da AD em
3. Foi um bom colaborador do apóstolo 4 (Dorcas, At 9.36) Cuiabá, MT. O irmão José servia ao
Paulo.
4. Foi rei de Elão no tempo de Abraão.
5 (Dídimo, Jo 20.24)
6 (Mateus, Mt 10.3)
I^MOS OMR Senhor desde 1958. Muito fez pelo
Reino de Deus na cidade paulista de
5. Esta mulher foi esposa do rei Ma- 7 (Israel, Gn 32.28) Igarapava. A cerimônia fúnebre foi
nawés. 8 (Pedro, Mt 16.17 oficiada pelo pastor de Cuiabá, irmão
A fidelidade
Io A^erooriam
de Jesus
Pr. Antonio Gilberto
O leitor já pensou no que nos acontece­
ria se Jesus não tivesse vindo a este mun­
do? O pecado aqui entrou pela desobe­
EXERCÍCIOS BÍBLICOS diência de Adão, o primeiro homem, e
perdeu-se aquela intimidade que havia no JUVENAL
Estes exercícios o professor pode utili­ 7. Este rei atacou a cidade de Damasco Éden. Como descendentes, herdamos DOS SANTOS
zar nas atividades intra ou extraclasse, de e a tomou. toda a mancha negra do pecado e destituí­
acordo com o nível e faixa etária da sua 8. Homem corajoso e generoso e que foi dos fomos da glória de Deus. Precisáva­ Adentrou os portais eternos o pastor
classe. Exercícios deste tipo ou similares, amigo de Paulo quando este esteve pre­ mos de algo que nos unisse outra vez com Juvenal dos Santos. Nasceu em 20 de
devidamente adaptados e aplicados sâo so em Roma. aquele que é santo. Então Deus nos pro­ junho de 1925 em Rio das Contas, BA;
uma forma de adquirir novos conhecimen­ 9. Daniel recebeu este nome quando es­ meteu o Messias, Gn 3.15.
aceitou a Jesus em 1949, sendo
tos bíblicos ou fixar conhecimentos já ad­ tava em Babilônia. Durante anos o povo esperou por sua
batizado em águas no mesmo ano; foi
quiridos. F. Pessoas que tiveram dois nomes vinda, enquanto eram feitos sacrifícios de consagrado a presbítero em 1950 e, em
No Oriente, nos tempos antigos, mui­ cordeiros, cujo sangue apenas cobriam o 1956, separado a Ministro do
A. Os primeiros da Bíblia
tas pessoas costumavam ter dois no­ pecado. Precisávamos de algo eficaz, onde Evangelho. Pastoreou diversas igrejas
1. Quem sâo os primeiros gêmeos da
mes, principalmente quando se tratava o cordeiro tivesse consciência do ato ex­ como Oriente, Santa Terezinha,
Bíblia?
de pessoas importantes. Mencione o piatório. E na plenitude dos tempos "o (íetulina. Pompéia, Lupércio,
2. Quem, pela primeira vez, procurou
outro nome de: Verbo se fez carne e habitou entre nós", Paraguaçu Paulista, Sertãozinho,
se desculpar diante de Deus?
1. Benjamim Jo 1.14. Jesus desceu da sua glória e assu­ Batatais, Serrana, Monguagá,
3. Quem foi o primeiro assassino?
2. Salomão miu nossa natureza humana, em fidelida­ Ilhabela, Sâo José do Rio Preto,
4. Quem foi o primeiro homem a traba­
3. Jerubaal de à promessa do Pai. Miracatu, Jacupiranga e, por fim,
lhar com ferro e bronze?
4. Tabita Durante os anos do seu ministério ter­ ('araguatatuba, onde estava já há dez
5. Qual o homem que pela primeira vez
5. Tomé restre, foi fiel a todos os que nele creram. meses quando veio a falecer, em 2 de
ouviu o seu povo alegremente gritar
6. Levi, o apóstolo Os doentes foram curados, os cegos viram, setembro de 1984.
"Viva o rei!"
7. Jacó, após lutar com um anjo. os mudos falaram, os endemoninhados fo­
6. Quem primeiro viu Jesus ressurreto?
8. Simão, filho de Jonas. ram libertos pelo poder da sua Palavra.
7. Quem foi o primeiro mártir do Novo
9. Lebeu, o apóstolo. Todos os que o buscaram com fé, recebe­
Testamento?
10. Paulo ram a bênção.
8. Quem foi o primeiro sumo sacerdo­
Sua fidelidade se estendeu a todos os
te? Respostas. Caso você não consiga as res­
que nem ainda existiam. Quando Pedro
9. Quem falou a primeira mentira re­ postas, consulte-as aqui, e assim, melhore
insistiu para que não fosse a Jerusalém
gistrada na Bíblia? seus conhecimentos bíblicos.
onde padeceria nas mãos dos anciãos e GERALDO JOSÉ
A. 1 (Jacó e Esaú, Gn 25.23-26)
2 (Adão, Gn 3.12) dos escribas (Mt 16.21-13) repreendeu-o,
B. Quem nasceu primeiro? pois nada o impediria. DE MEDEIROS
1. Enoque ou Esaú? 3 (Caim, Gn 4.18)
Foi fiel no Getsêmani, quando, em
2. Noé ou Natâ? 4 (Tubal-Caim, Gn 4.22) Foi recolhido às mansões celestiais o
agonia, o seu suor se transformou em
3. Moisés ou Miriã, sua irmã? 5 0 rei Saul (1 Sm 10.21-24) pastor Geraldo José de Medeiros.
grandes gotas de sangue. Jesus sabia o
4. José ou Benjamim, seu irmão? 6 (Maria Madalena, Mc 16.9) Convertido no dia 26 de fevereiro de
que haveria de passar, Mt 26.38,39,42.
5. Raquel ou Rebeca? 7 (João Batista, Mt 14.10) 1936, lançou-se sem demora ao serviço
Em sua natureza humana sentiria todas
6. Sansâo ou Samuel? 8 (Arão, Êx 28.1) do Mestre. Em março de 1971, foi
as dores dos cravos, dos espinhos, das chi­
7. Davj ou Daniel? 9 (Satanás, servindo-se da serpente, ao cotadas. Mas foi fiel. Sendo Deus, nâo consagrado a pastor. O irmão Geraldo
8. Saul ou Salomão? dizer a Adão e Eva: "Não morrereis", precisava morrer na cruz. Ele era o Se­ José de Medeiros pastoreou igrejas em
9. Gideão ou Golias? Gn 3.14) Passos, Araxá e Belo Horizonte. Nos
nhor de tudo, mas deixou-se humilhar e
10. Abraão ou Arão? desprezar-se por amor de nós. Sabia que últimos anos de sua vida, servia a
C. Local de residência B. 1 (Enoque) Assembléia de Deus na localidade
tinha uma missão a cumprir. Que a hu­
Dê o local de residência ou terra natal 2 (Noé) mineira de Barreiros. Deixa viúva a
manidade dependia dele para a remissão
das seguintes pessoas: 3 (Miriã) irmã Geralda Araújo de Medeiros, dez
de pecados.
1. Maria e Marta 4 (Benjamim) filhos, genros, noras, netos e bisnetos.
Enquanto o crucificavam e as dores se
2. Tabita 5 (Rebeca) Naeme Araújo Medeiros
faziam insuportáveis, ele exclamava: "Pai
3. Zaqueu 6 (Sansâo)
perdoa-lhes porque não sabem o que fa­
4. Raabe 7 (Davi)
zem." Que amor incomparável! MANOEL SABINO SIQUEIRA
5. Abraão 8 (Saul)
Será que temos sido fiéis a esse Jesus Entrou no descanso etemo o pastor
6. Paulo 9 (Gideão)
da mesma forma em que ele o foi para co­ Manoel Sabino Siqueira, que por
7. Pedro e André 10 (Abraão)
nosco? Quantos em suas provações diárias muitos anos serviu ao Ministério da
8. José (o que sepultou a Jesus) C. 1 (Betãnia, Jo 11.1)
renegam a Cristo? Outros, por qualquer AD em Bento Ribeiro, notadamente à
9. Simão, o curtidor 2 (Jope, At 9.36)
motivo saem da igreja e esquecem todas Igreja em Araruama, RI. Obreiro
10. Davi 3 (Jericó, Lc 19.1,2)
as suas benignidades. jubilado, mas incansável e com o
D. Crianças, adolescentes e jovens 4 (Jericó, Js 2.1) Quando Jesus morreu, o véu do templo coração voltado para a evangelização,
1. Foi encontrado flutuando num rio. 5 (Ur, Gn 11.31)
se rasgou de alto a baixo, informando que pastor Manoelzinho (assim era
2. Estando em Jerusalém, ele deixou 6 (Tarso, At 21.39)
a barreira deixou de existir e que através conhecido), sempre era achado
por um pouco seus pais e passou a ar­ 7 (Betsaida, Jo 1.44)
desse Jesus o homem volta a ter comu­ espalhando a preciosa semente. Deixou
gumentar com os líderes religiosos. 8 (Arimatéia, Mt 27.67)
nhão com Deus. viúva a irmã Alzira Siqueira, fiel serva
3. Sua mãe lhe fazia uma túnica 9 (Jope, At 9.43)
Após sua morte, os discípulos se dis­ do Senhor, sua filha Adely, esposa do
anualmente e a levava onde ele estava. 10 (Belém, 1 Sm 16.18,19)
persaram com medo dos judeus. Durante presbítero Jeremias da Silva, quatro
4. Realizou um ato heróico com uma D. 1 (Moisés, Êx 2.5,10)
os três dias que se sucederam houve gran­ netos e brilhante testemunho de fé em
funda e uma pedra. 2 (Jesus, Lc 2.41-47)
de desilusão e tristeza, pois não se Cristo. Horácio da Silva Júnior
5. Este jovem foi colocado por seu pai 3 (Samuel, 1 Sm 2.19)
lembraram de que Jesus prometera res­
sobre um altar. 4 (Davi, 1 Sm 17.49)
suscitar. E ao despontar o primeiro dia da PETRONILIA GOMES BARBOSA
6. Este menino tomou-se rei aos 8 5 (Isaque, Gn 22.7-10)
semana, ouviu-se um estrondo. Os guar­ Passou para o Senhor a irmã Petronilia
anos de idade. 6 (Josias, 2 Rs 22.1)
das se assustaram quando a pedra do se- Gomes Barbosa. Nasceu em 27 de
7. Este menino andou no deserto com 7 (Ismael, Gn 21.14)
pulcro foi removida e Jesus ressurgiu com fevereiro de 1884 em São Gonçalo, CE;
sua mãe e depois tomou-se o pai do 8 (José, Gn 37.18-28) poder e grande glória. Porque ele é fiel.
9 (Benjamim, Gn 35.18) entregou-se a Jesus em janeiro de 1936,
povo árabe. Qual não foi a alegria dos seus seguido­
10 (Jacó, Gn 25.28) em Fortaleza, e foi batizada no dia 1 de
8. Um jovem vendido como escravo res ao vê-lo ressurreto? como nós teríamos
E. 1 (Melquisedeque, Gn 14.18) maio do mesmo ano. A irmã Petronilia
por seus próprios irmãos. certeza de uma vida eterna se ele não ti­
2 (Nabucodonosor, Dn 1.1) permaneceu 48 anos na Casa do
9. O filho mais jovem dentre 12 ir­ vesse ressuscitado? Mas Jesus é fiel em
3 (Epafrodito, Fp 2.25) Senhor. Um dos seus filhos já passou
mãos. tudo o que promete. Antes de ascender
4 (Quedorlaomer, Gn 14.1) para o Senhor, outro é diácono, e
10. De dois gêmeos ele era o predileto. aos céus prometeu que voltaria para bus­
5 (Mesulemete, 2 Rs 21.18,19) Odilon Barbosa Gomes é pastor em
E. Nomes próprios extensos car sua Igreja. Quase dois mil anos se pas­ Barreiras, BA. Guiomar Gomes
5 (Mefibosete, 2 Sm 4.4)
Todos estes personagens têm nomes saram, mas ele vai voltar e esse dia pode
7 (Senaqueribe, 2 Rs 18.13)
bastante extensos. Veja quem são. ser hoje. Porque Jesus é fiel. JOSÉ BENEDITO ALVES
8 (Onesíforo, 2 Tm 1.16-18)
1. Foi profeta e sacerdote na antiga ci­ 9 (Beltessazar, Dn 1.7) Aos 84 anos de idade, foi recolhido às
dade de Jerusalém. Marion Vaz
F. 1 (Benoni, Gn 35.18) régias mansões o irmão José Benedito
2. Foi o mais importante rei de Babilô­ 2 (Jedidias, 2 Sm 12.25) Alves, pai do pastor Lázaro Benedito
nia. 3 (Gideão, Jz 7.1) Alves, vice-presidente da AD em
3. Foi um bom colaborador do apóstolo 4 (Dorcas, At 9.36) Cuiabá, MT. O irmão José servia ao
Paulo. Senhor desde 1958. Muito fez pelo
4. Foi rei de Elão no tempo de Abraão.
5 (Dídimo, Jo 20.24) l^MOS OMR Reino de Deus na cidade paulista de
6 (Mateus, Mt 10.3)
5. Esta mulher foi esposa do rei Ma- 7 (Israel, Gn 32.28) Igarapava. A cerimônia fúnebre foi
nassés. oficiada pelo pastor de Cuiabá, irmão
6. Trata-se de um príncipe que era
8 (Pedro, Mt 16.17) PELO BRASIL Sebastião Rodrigues de Souza.
9 (Tadeu, Mt 10.3)
aleijado. 10 (Saulo, At 13.9) Luis Carlos Milhomen
mensageiro da paz n» 1179 — julho de 1985
23

"Mas recebereis a virtude do Espirito Santo, que


ha de vir sobre vós: e ser-me-eis testemunhas,
tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e
Samaria, e até aos confins da terra", At 1.8.

Missões: Na Convenção Geral de Belo Hori­


zonte, MG, o segundo domingo do mês
O país é controlado pelo Coronel
Kadafi, um homem que com toda cer­ Perna de
programa de agosto foi escolhido como "Dia Na­
cional de Missões", ocasião em que são
teza possui algum distúrbio mental,
pois, caso contrário, não submeteria
borracha salva
permanente realizadas programações especiais nos
cultos e nas escolas dominicais. E, se
possível, nos cultos ao ar livre. Ficou
seu país a tantos confrontos com outras
nações. Possuidor de um zelo profundo
pela cultura tradicional islâmica, este missionário
A Secretaria Nacional de Miasôes, convencionado, igualmente, que uma líder da revolução Líbia vem tentanto Certo missionário sueco foi evange-
por ser um órgáo convencional, procura oferta especial será destinada a Secre­ unificar os países árabes sob uma só lizar uma tribo de antropófagos na À-
nâo somente incentivar, mas buscar taria Nacional de Missões para atender bandeira; entretanto, para atingir este
seus compromissos. frica. Chegando lá, logo foi preso pelos
critérios básicos para a realização da propósito são necessárias algumas pre­ nativos e levado à presença do chefe,
obra missionária. Mantendo constante No próximo mês de agosto, portan­ missas, dentre as quais destacamos que muito alegre exclamou: "Oba!
correspondência com todos os Obreiros to, teremos uma outra grande oportu­ duas: subversão e destruição de tudo Hoje temos carne de animal branco."
no exterior, objetiva uma espécie de nidade para apresentarmos a mensa­ aquilo que vem do Oeste (em sua con­
gem missionária, como já vem ocorren­ O missionário foi então amarrado a
supervisão, a fim de que tenhamos um cepção o Cristianismo vem do Oeste e
do há vários anos. Outrossim, as ofer­ uma árvore, enquanto preparavam
compromisso com os países visados, de deve ser destruído). uma fogueira para assá-lo.
forma a não haver seqüelas, quer na tas destinadas á SENAMI poderão ser A situação espiritual deste país é
depositadas em qualquer agência do Depois de tudo preparado, o chefe
imagem do missionário ou da igreja negra. Há violenta oposição a tudo o
BRADESCO - conta n» 61.868-3 - disse: "Assem um pedaço do animal
que o enviou. que se opõe ao Islamismo, e nenhuma
Agência 087 - Madureira, Rio de Ja­ branco para eu provar; se a carne for
Igualmente, busca soluções dentro forma de evangelização é permitida; é
neiro, RJ. Poderão ser enviadas, ainda, boa, logo comeremos tudo." Foram
de seus limites, para os problemas cir­ um país que clama desesperadamente com uma faca e tiraram um bom peda­
cunstanciais e, por vezes os criados à Secretaria, neste endereço: Estrada por Obreiros. Não quer você atender ao
Vicente de Carvalho, 1083 - Rio de Ja­ ço de "bife" da perna do missionário e
pelos missionários. A Senami mantém apelo desse povo?
um registro dos missionários e recebe, neiro, RJ. Cep: 21.210. levaram ao fogo, sendo grande a quan­
Façamos, pois, da mensagem mis­ tidade de fumaça que levantou.
da maioria deles, relatórios de suas ati­
sionária uma prática constante em O "bife assado" foi então levado ao
vidades. Isto possibilita-lhe incentivá-
los, orientá-los e inteirar-se das dificul­
dades que enfrentam.
nossas igrejas e, principalmente, em
nossos corações. Lembremo-nos sem­
Índia chefe, que, ao mordê-lo, começou a
cuspir e a gritar desesperadamente:
"Soltem este animal branco, não quero
Missões - programa permanente é pre de que MISSÕES É PROGRAMA A índia é um vasto e belo país, onde vê-lo nunca mais aqui."
uma campanha que a Senami inicia PERMANENTE. há muitos que vivem na miséria, total­ O missionário ao ser solto saiu cor­
com a finalidade de incentivar e, aci­ mente separados de Deus. O nosso ob­
ma de tudo, despertar o caráter bíbli­
co, espiritual e de fé, desta obra que Equador jetivo principal é chamarmos a atenção
e motivar oa cristãos do Brasil a fim de
rendo e glorificando a Deus dizendo:
"Graças a Deus que aquele nativo cor­
tou um pedaço justamente da minha
não deve parar apesar daa dificulda­ que orem pela índia. Se quiaermos orar perna de borracha!"
des. A finalidade do programa, pois, é de maneira inteligente é necessário es­
buscar soluções à medida que surgirem tarmos bem informados.
os obstáculos. Se na vida comum dos
povos esta prática é peculiar (veja o
momento brasileiro e como se evoluí­
Mais de 80'. da população da índia
são praticantes do Hinduísmo, uma re­
Boa resposta
ligião que é tanto um sistema social Certo vagabundo, sob a influência
ram os contatos, acordos, negociações como uma filosofia. Os muçulmanos
etc.), quanto mais na igreja que tem do álcool, aproximou-se do grande
constituem a segunda maior comuni­ evangelista Dwight Moody.
por alvo: ganhar almas para Cristo. dade religiosa desse pais, o que o clas­
Dentro das normas estabelecidas "Senhor Moody" - disse ele - "foi o
sifica em quarto lugar no mundo quan­ senhor que me salvou!"
pelos simpósios, se surgirem proble­ to a adeptos do Islã.
mas, não há dúvidas de que chegare­ Moody, observando o seu rosto com
Com novos convertidos sendo batiza­ O Cristianismo é inexpressivo na a barba há muito por fazer, o cabelo
mos ao aprimoramento desta obra tão índia; existem regiões em que há uma
importante, e acima de tudo, desejada dos, a obra missionária em Ambato, desgrenhado, os olhos congestionados e
Equador, coiitinua a crescer média de uma igreja para cada duas as roupas sujas e rasgadas, replicou:
por Deus. É questão de compreender­ mil aldeias. Por serem a minoria e por
mos biblicamente, o apelo do apóstolo - "É verdade, parece que fui eu
O missionário brasileiro, Marionil- temerem os hindus e muçulmanos ra­
Paulo aos Romanos: "...mas transfor- do Bentes, está trabalhando, há três mesmo quem o salvou. Se você tivesse
dicais, os evangélicos não têm sido tes­
mai-vos pela renovação do vosso enten­ anos, na localidade equatoriana de sido salvo pelo Senhor Jesus, com cer­
temunhas eficientes de Jesus. Até bem
dimento, para que experimenteis qual Ambato. Sob sua gestão, já foi inaugu­ teza não se encontraria agora nessa si­
pouco tempo, todo trabalho evangelís-
seja a boa, agradável e perfeita vonta­ rado um templo em Tisaleo, na Cordi­ tuação".
tico era feito por missionários estran­
de de Deus." lheira dos Andes, a quatro mil metros geiros.
Kemuel Sotero Pinheiro
de altura, sendo a primeira construção
evangélica na região. Recentemente,
O remédio
(Sec, Nac. Missões) foi realizado, em San Francisco Orien­
te, batismo de sete novos convertidos, Numerosas contra o pecado
29 domingo
assistido por quase 200 pessoas. No
mês de maio, o missionário Maronildo conversões Que devemos pensar, se pecamos?
Se caímos em pecado temos que

de agosto, Dia
recebeu a visita do pastor Isaac Mar­
tins Rodrigues, de Abreu e Lima, PE,
que constatou o que Deus tem realiza­
em Manila lembrar que Deus nâo somente per­
doou nossos pecados por ocasião de
nossa conversão mas, também, em sua
do em Ambato. O missionário canadense Barry misericórdia e graça ele nos perdoa
Nacional de Líbia Moore e seus assessores filipinos reali­
zaram quatro reuniões evangelísticas
em Manila, capital do país, para uma
toda vez que tropeçamos. Sejamos
exortados a nâo deixar que o sol se po­

Missões A Líbia representa atualmente un.


assistência de 64 mil pessoas, das quais
10 mil fizeram profissão de fé em Cris­
nha sobre a nossa ira, concupiscência,
dúvidas e mentira. Quando cairmos
em falta, procuremos com presteza o
dos maiores desafios à Igreja de Jesus to. Eata resposta foi considerada apre­
A Secretaria Nacional de Missões, perdão do Senhor. A Escritura nos diz
Cristo, pois um país onde não se sabe ciável. "Achamos admirável esse com-
órgão da Convenção Geral das As­ que podemos aproximar-nos de Deus
se existem crentes deveria fazer com parecimento, considerando que essas
sembléias de Deus no Brasil, existe com toda a confiança. Deus quer que
que concentrássemos todas as nossas são, apenas, reuniões preparatórias
para apoiar e orientar as atividades nâo pequemos, todavia, se pecarmos,
forças em evangelizá-lo, pelo menos para uma grande Cruzada de evangeli­
atinentes à obra missionária de nossas
tentando estabelecer entre eles uma zação. Eu não ainda tinha constatado que cheguemos a ele submissos e arre­
igrejas no exterior. Desde a sua cria­ igreja nacional.
tanta fome da Palavra de Deus", disse pendidos.
ção, na Convenção Geral de Santo An­
Localizada no norte da África, em Moore. A primeira das quatro reuniões
dré, SP, até o dia de hoje, a SENAMI SENAMI
área equivalente a do Estados do Ama­ foi realizada pela manhã e a quarta à
tem desincumbido-se de sua tarefa, Secretário Executivo
zonas e Acre juntos, a Líbia possui tarde. Houve uma espécie de cinturão
sempre de acordo com as diretrizes da Kemuel Sotero
uma população de 3.100.000 habilan- envolvendo as áreas ao redor de Mani­
Mesa Diretora e, em particular, do Re­ Secretária Correspondente
tes. formada na sua totalidade por mu­ la, com uma população na região me-
gimento Interno desse órgão, aprovado Isael Teixeira
çulmanos, com excessão de pequenos tropolitana que atinge cerca de 10 mi-
em Vila Velha, ES. grur— -1 Secretário Tesoureiro
"Mas receberei§ a virtude do Espírito Santo, que

fSr
há de vir sobre vós: e ser-me-eis testemunhas,
tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e
Samaria, e até aos confins da terra", At 1.8.

Missões: Na Convenção Geral de Belo Hori­


zonte, MG, o segundo domingo do més
O país é controlado pelo Coronel
Kadafi, um horaera que cora toda cer­ Pèma de
programa de agosto foi escolhido como "Dia Na­
cional de Missões", ocasião em que são
realizadas programações especiais nos
teza possui algum distúrbio mental,
pois, caso contrário, não submeteria borracha salva
permanente cultos e nas escolas dominicais. E, se
possível, nos cultos ao ar livre. Ficou
seu país a tantos confrontos cora outras
nações. Possuidor de ura zelo profundo
pela cultura tradicional islâmica, este missionário
A Secretaria Nacional de Missões, convencionado, igualmente, que uma líder da revolução Líbia vem tentanto Certo missionário sueco foi evange-
por ser um órgão convencional, procura oferta especial será destinada a Secre­ unificar os países árabes sob uma só lizar uma tribo de antropófagos na A-
não somente incentivar, mas buscar taria Nacional de Missões para atender bandeira; entretanto, para atingir este frica. Chegando lá, logo foi preso pelos
critérios básicos para a realização da seus corapromissos. propósito são necessárias algumas pre­ nativos e levado à presença do chefe,
obra missionária. Mantendo constante No próximo mês de agosto, portan­ missas, dentre as quais destacamos que muito alegre exclamou: "Oba!
to, teremos i 1 outra grande oportu­
correspondência com todos os Obreiros duas: subversão e destruição de tudo Hoje temos carne de animal branco."
no exterior, objetiva uma espécie de nidade paru -ntarmos a mensa­ aquilo que vem do Oeste (era sua con­ O missionário foi então amarrado a
supervisão, a fim de que tenhamos um gem missionária, uno já vem ocorren­ cepção o Cristianismo vem do Oeste e uma árvore, enquanto preparavam
compromisso com os países visados, de do há vários anos. Outrossira, as ofer­ deve ser destruído). uma fogueira para assá-lo.
forma a não ha.. seqüelas, quer na tas destinadas à SENAMI poderão ser A situação espiritual deste país é Depois de tudo preparado, o chefe
imagem do missionário ou da igreja depositadas era qualquer agência do negra. Há violenta oposição a tudo o disse: "Assem um pedaço do animal
que o enviou. BRADESCO - conta n' 61.868-3 - que se opõe ao Islaraisrao, e nenhuma branco para eu provar; se a carne for
Igualmente, busca soluções dentro Agência 087 - Madureira, Rio de Ja­ forma de evangelização é permitida; é boa, logo comeremos tudo." Foram
de seus limites, para os problemas cir­ neiro, RJ, Poderão ser enviadas, ainda, um país que clama desesperadamente cora uma faca e tiraram ura bom peda­
cunstanciais e, por vezes os criados á Secretaria, neste endereço: Estrada por Obreiros. Não quer você atender ao ço de "bife" da perna do missionário e
pelos missionários. A Senami mantém Vicente de Carvalho, 1083 - Rio de Ja­ apelo desse povo? levaram ao fogo, sendo grande a quan­
ura registro dos missionários e recebe, neiro, RJ. Cep: 21.210.
tidade de fumaça que levantou.
da maioria deles, relatórios de suas ati­ Façaraos, pois, da mensagem mis­ O "bife assado" foi então levado ao
sionária uma prática constante era
vidades. Isto possibilita-lhe incentivá-
los, orientá-los e inteirar-se das dificul­
dades que enfrentara.
nossas igrejas e, principalmente, era
nossos corações. Lerabrerao-nos sem­
índia chefe, que, ao mordê-lo, começou a
cuspir e a gritar desesperadamente:
"Soltem este animal branco, não quero
Missões - programa permanente é pre de que MISSÕES É PROGRAMA A índia é ura vasto e belo país, onde vê-lo nunca mais aqui."
uma campanha que a Senami inicia PERMANENTE. há rauitos que vivera na miséria, total­ O missionário ao ser solto saiu cor­
com a finalidade de incentivar e, aci­ mente separados de Deus. O nosso ob­ rendo e glorificando a Deus dizendo:
ma de tudo, despertar o caráter bíbli­
co, espiritual e de fé, desta obra que
Equador jetivo principal é chamarmos a atenção
e motivar os cristãos do Brasil a fim de
"Graças a Deus que aquele nativo cor­
tou um pedaço justamente da minha
não deve parar apesar das dificulda­ que orem pela índia. Se quisermos orar perna de borracha!"
des. A finalidade do programa, pois, é de maneira inteligente é necessário es­
buscar soluções à medida que surgirem tarmos bem informados.
os obstáculos. Se na vida comum dos
povos esta prática é peculiar (veja o
Mais de 80' í da população da índia
são praticantes do Hinduisrao, uma re­
Boa resposta
momento brasileiro e como se evoluí­ ligião que é tanto um sistema social Certo vagabundo, sob a influência
ram os contatos, acordos, negociações como uma filosofia. Os muçulmanos do álcool, aproximou-se do grande
etc.), quanto mais na igreja que tem constituem a segunda raaior comuni­ evangelista Dwight Moody.
por alvo: ganhar almas para Cristo. dade religiosa desse país, o que o clas­ "Senhor Moody" - disse ele - "foi o
Dentro das normas estabelecidas sifica em quarto lugar no mundo quan­ senhor que me salvou!"
pelos simpósios, se surgirem proble­ to a adeptos do Islã. Moody, observando o seu rosto com
mas, não há dúvidas de que chegare­ O Cristianismo é inexpressivo na a barba há muito por fazer, o cabelo
Com novos convertidos sendo batiza­
mos ao aprimoramento desta obra tão índia ; existem regiões era que há ura a desgrenhado, os olhos congestionados e
dos, a obra missionária em Ambato,
importante, e acima de tudo, desejada média de uma igreja para cada duas as roupas sujas e rasgadas, replicou:
Equador, continua a crescer
por Deus. É questão de compreender­ mil aldeias. Por serem a minoria e por - "É verdade, parece que fui eu
mos biblicaraente, o apelo do apóstolo O missionário brasileiro, Marionil- temerem os hindus e muçulmanos ra­ mesmo quem o salvou. Se você tivesse
Paulo aos Romanos: "...mas transfor- do Bentes, está trabalhando, há três dicais, os evangélicos não têm sido tes­ sido salvo pelo Senhor Jesus, cora cer­
mai-vos pela renovação do vosso enten­ anos, na localidade equatoriana de temunhas eficientes de Jesus. Até bem teza não se encontraria agora nessa si­
dimento, para que experimenteis qual Ambato. Sob sua gestão, já foi inaugu­ pouco tempo, todo trabalho evangelís- tuação".
seja a boa, agradável e perfeita vonta­ rado um templo em Tisaleo, na Cordi­ tico era feito por missionários estran­
de de Deus." lheira dos Andes, a quatro mil metros geiros.

Kemuel Sotero Pinheiro


de altura, sendo a primeira construção
evangélica na região. Recentemente,
O remédio
(Sec. Nac. Missões) foi realizado, em San Francisco Orien­
te, batismo de sete novos convertidos, Numerosas contra o pecado
2? domingo
assistido por quase 200 pessoas. No
mês de maio, o missionário Marionildo conversões Que devemos pensar, se pecamos?
Se caímos em pecado temos que
recebeu a visita do pastor Isaac Mar­
tins Rodrigues, de Abreu e Lima, PE, em Manila lembrar que Deus não somente per­
doou nossos pecados por ocasião de
de agosto, Dia que constatou o que Deus tem realiza­
do em Ambato. O missionário canadense Barry
nossa conversão mas, também, era sua
misericórdia e graça ele nos perdoa
Nacional de Líbia
Moore e seus assessores filipinos reali­
zaram quatro reuniões evangelísticas
em Manila, capital do país, para uma
toda vez que tropeçamos. Sejamos
exortados a não deixar que o sol se po­

Missões A Líbia representa atualmente um


assistência de 64 mil pessoas, das quais
10 mil fizeram profissão de fé em Cris­
nha sobre a nossa ira, concupiscência,
dúvidas e mentira. Quando cairmos
era falta, procuremos com presteza o
dos maiores desafios à Igreja de Jesus to. Esta resposta foi considerada apre­
A Secretaria Nacional de Missões, Cristo, pois ura país onde não se sabe perdão do Senhor. A Escritura nos diz
ciável. "Achamos admirável esse com-
órgão da Convenção Geral das As­ se existem crentes deveria fazer cora que podemos aproximar-nos de Deus
sembléias de Deus no Brasil, existe parecimento, considerando que essas
que concentrássemos todas as nossas com toda a confiança. Deus quer que
são, apenas, reuniões preparatórias
para apoiar e orientar as atividades forças era evangelizá-lo, pelo raenos não pequemos, todavia, se pecarmos,
para uma grande Cruzada de evangeli­
atinentes à obra missionária de nossas tentando estabelecer entre eles uma que cheguemos a ele submissos e arre­
zação. Eu não ainda tinha constatado
igrejas no exterior. Desde a sua cria­ igreja nacional. pendidos.
tanta fome da Palavra de Deus", disse
ção, na Convenção Geral de Santo An­ Localizada no norte da África, em Moore. A primeira das quatro reuniões SENAMI
dré, SP, até o dia de hoje, a SENAMI área equivalente a do Estados do Ama­ foi realizada pela manhã e a quarta á Secretário Executivo
tem desincumbido-se de sua tarefa, zonas e Acre juntos, a Líbia possui
sempre de acordo com as diretrizes da tarde. Houve uma espécie de cinturão Kemuel Sotero
uma população de 3.100.000 habitan­ envolvendo as áreas ao redor de Mani­ Secretário Correspondente
Mesa Diretora e, era particular, do Re­ tes, formada na sua totalidade por mu­
gimento Interno desse órgão, aprovado la, com uma população na região me­ Isael Teixeira
çulmanos, cora excessão de pequenos tropolitana que atinge cerca de 10 mi­ Secretário Tesoureiro
em Vila Velha, ES. grupos de estrangeiros. lhões de pessoas. Silas Malafaia
_v
NENf AOEIRO DA PAZ

_ , O perigo da
Escape da crise, venha viver! negligência
Há no recôndito da alma de cada ser ga, passando o laço pelo pescoço, e se en­ teus 11.28-30: "Vinde a mim, todos os que "Como escaparemos nós, se não aten­
humano, a esperança de que as coisas vão forcou. Um outro cidadão foi mais drásti­ estais cansados e oprimidos e eu vos ali­ tarmos para uma tão grande salvação, a
melhorar. co ainda: matou a esposa e três filhos, viarei. Tomai sobre vós o meu jugo e qual, começando a ser anunciadc, pelo Se­
As condições precárias dos tempos pondo fim, também, à própria vida. No aprendei de mim, que sou manso e humil­ nhor, foi-nos depois confirmada petos que
atuais tornam a sobrevivência uma labuta Estado de Alagoas, um homem em deses­ de de coração; e encontrarcis descanso a ouviram; testificando também Deus
de quase desespero e o nosso dia-a-dia pero da fome provocada pela seca, não para as vossas almas. Porque o meu jugo é com eles, por sinais, e milagres, e várias
apenas uma vegetação amarga. Em meio tendo como providenciar alimento para a suave e o meu fardo é leve." maravilhas e dons do Espírito Santo, dis­
a tanta adversidade, ser feliz, para a família, resolveu pôr fim ao sofrimento e Que ótima oportunidade você tem ago­ tribuídos por sua vontade?", Hb 2.3,4.
maioria das pessoas, é quase impossível. ao problema matando a mãe, a esposa e ra, de trocar o seu fardo pesado com Je­
Por isso, o desespero tem tomado con­ todos os filhos, não conseguindo, porém, sus, que lhe oferece um fardo leve. Ele lhe Em primeiro lugar, se alguém é exor­
ta de muitos, que, nesse estado de espiri­ acabar com a própria vida, pois foi socor­ dará vida eterna como prometeu em João tado a escapar, está sob a iminência de al­
to, procuram uma saída através do suicí­ rido pelos vizinhos. 10.10: "...eu vim para que tenham vida e gum mal. "Porque todos pecaram e desti­
dio. Nos últimos anos, notadamente a Esses acontecimentos, quando anali­ a tenham em abundância." tuídos estão da glória de Deus" (Rm 3.23)
partir de 1973, esse recurso absurdo tem sados, mostram mais que o desespero pela Caro amigo leitor, venha ser feliz e e o "salário do pecado é a morte", Rm
sido usado com muita freqüência. Em sobrevivência na crise que estamos atra­ desfrutar a gloriosa paz em Jesus Cristo, 6.23. Esta é a condição do homem perante
nossa cidade mesmo, já ocorreram alguns vessando. Mostram o desejo de felicidade juntando-se a milhões de crentes que tes­ Deus: "pecador"
casos e sabemos que não tem sido diferen­ de cada pessoa, Como está cada vez mais temunham de uma nova vida, cheia de es­ Um enfermo só procura o tratamento e
te no resto do mundo, pois nos chegam difícil satisfazer essa vontade, forma-se perança, livre da cilada do inimigo sedu­ o remédio para sua doença, quando reco­
notícias de fatos semelhantes no país e no um vazio, vindo depois o desespero. tor. nhece estar doente. Caso contrário, conti­
resto do mundo. Há uma maneira de se conseguir a feli­ Leia a Bíblia e freqüente as reuniões nuará marchando para as ineviiáveis con­
Um senhor japonês sobrecarregado de cidade nesta vida? de louvor e adoração a Deus na igreja mais seqüências de seu descuido. Paulo disse:
compromissos e vendo o seu comércio Sim. E não somente nesta, como tam­ próxima de sua casa. "Porque eu sei que em mim, isto é, na mi­
caindo dia após dia, não suportou mais. bém na eternidade. E tudo isso de graça. nha carne não habita bem algum: e com
Tomou uma corda e prendeu-a numa vi- E só atender o convite de Jesus em Ma- Abisael de Oliveira Diniz efeito o querer está em mim, mas não con­
sigo realizar o bem. Porque segundo o ho­
mem interior, tenho prazer na lei de Deus.

A importância
r A Mas vejo nos meus membros outra lei que
batalha contra a lei do meu entendimento
e me prende debaixo da lei do pecado que
está nos meus membros. Miserável ho­
da fé O perdedor de bênçãos mem que sou! Quem me livrará do corpo
desta morte?", Rm 7.18, 22-24.
Paulo reconhecia ser pecador e que sua
Através da fé, Josué e Calebe entra­
recompensa era a morte. Reconhecia,
ram na Terra Prometida, não temendo o
Todo crente sincero está interessa­ mandou trazer um animal e o ofereceu. também, ser miserável e, por isso, clamou
que foi visto pêlos espias, antes, porém,
um deles, Calebe, fez calar a todos os te­ do nas bênçãos de Deus, mas nem sem­ O texto diz que mal tinha ele acabado pela solução, pelo livramento. É impor­
pre recebe as que tem pedido. Em mui­ de oferecer o holocausto, eis que Sa­ tante notar que Paulo não clamou por al­
merosos, incentivando o povo a subir e
tos casos, é mais um perdedor do que muel chega. Foi questão de minutos ou go, mas por alguém: "Quem me livrará?"
possuir a Terra, Nm 13.30. "Se pois o Filho vos libertar, verdadeira­
um ganhador de bênçãos. Para se ga­ até mesmo segundos e, por não esperar
nhar algum concurso, prêmio e, princi­ com paciência, perdeu a bênção. mente sereis livres", Jo 8.36. Esta é a res>
Paulo e Estêvão - Estão entre os gi­
palmente, as bênçãos divinas, requer- Há os que pedem uma bênção ao posta ao clamor, não só de Paulo, mas de
gantes da fé do Novo Testamento. Estê­
se habilidade e conhecimento de algu­ Senhor e têm fé para recebê-la. No en­ milhares que reconhecem precisar de um
vão, ao ser apedrejado, não reclamou li­
mas regras e princípios. Destes, o pri­ tanto, não esperam. Impacientam-se e libertador capaz, vivo, real e poderoso. Só
vramento para alcançar uma maior res­ em Cristo há liberdade, só em Cristo há
meiro, é pedir e a Bíblia é explícita a perdem por questão de alguns mo­
surreição, mas glorificou a Deus como salvação: "E em nenhum outro há salva­
quando diz: "Pedi e dar-ser-vos-á", Mt mentos apenas. Isto acontece, mor­
"bravo na fé", Hb 11.35. Paulo, também
7.7. No celeiro de Deus, há muitas bên­ mente, entre os jovens, que são muito ção, porque também debaixo do céu ne­
incluído entre os que, experimentando es-
çãos, de variados tamanhos e formas, impulsivos e, às vezes, se precipitam, nhum outro nome há, dado entre os ho­
cárnios, açoites, cadeias e prisões (Hb mens, pelo qual dávamos ser salvos", At
mas muitos não pedem e conseqüente­ não esperando o tempo de Deus e que­
11.36), deu testemunho de sua fé, e soube
mente deixam de recebê-las. rem resolver eles mesmos os seus 4.12.
reter o que lhe havia de precioso, confian­
Exercer a fé é fundamental! A fé problemas, por parecer que a solução E como escaparemos nós se não aten­
te no poder do Senhor, para guardar o seu
honra e agrada a Deus, porquanto se demora. Entretanto, devemos "sinto­ tarmos para uma tão grande salvação?
depósito até o dia final; deixando um vivo
pedirmos alguma coisa não crendo se a nizar" a mesma freqüência do Senhor Muitos, embora reconheçam-se pecado­
exemplo, afirma ele mesmo a sua vitória
receberemos ou não, estaremos fazen­ ou sincronizar o nosso relógio com o de­ res, buscam por seus próprios esforços a
na carreira de cristão, conservando a fé, 2»
do pouco caso da soberania e bondade le. solução para sua angustiante situação.
Tm 4.7.
de Deus, Hb 11.6. Sempre que quere­ A Palavra de Deus nos diz para en­ Criam atalhos e tentam tapar o sol com a
mos algo de alguém, não começamos tregarmos o nosso caminho ao Senhor, peneira. Surgem as religiões, as leis mo­
A fé é um doe principais mandamen­ rais, as obras de caridade, mas que não
por importuná-lo ou desagradá-lo, confiar nele, pois ele tudo fará. Vemos
tos da Lei: Mt 23.23. Jesus fez uma série podem conduzir o homem a Deus. Porém,
mas, antes, procuramos por ganhar-lhe que estes versículos nos ordenam duas
de advertências aos escribas e fariseus por
a simpatia. coisas: entregar e confiar. A ação é a não é assim que a Bíblia ensina. Todo
omitirem a fé, tornando a obra deles in­
Um outro princípio por demais im­ fase de Deus e muitos não a entendem, bem, feito com interesse, não é caridade, é
completa. Deviam praticar as pequenas
portante e que se constitui em elemen­ mas ele poderá agir tanto em questão trabalho e pede por salário. "Porque pela
coisas, sem omitir as principais, e dentre
to decisório é a paciência. O salmista de dias como de anos. Isso será feito de graça sois salvos, por meio da fé; e isto não
as maiores estava a fé. Davi disse que esperou com paciência acordo com o que for mais útil dentro vem de vós; é dom de Deus. Não vem das
A fé é a base do mandamento e obra de no Senhor e essa foi a causa do Todo- do seu plano. obras, para que ninguém se glorie", Ef
Cristo, Rm 5.1 e 8.1. poderoso ter-se inclinado para o seu Isaque é um exemplo de paciência. 2.9.
A fé é: servo. Tiago registrou: "Ouvistes da Ele já tinha quarenta anos quando se As boas obras, a caridade e demais ati­
1) Dada pelo Espírito, 1 Co 12.9 paciência de Jó e vistes o fim que o Se­ casou com Rebeca. Depois, rogou insis­ tudes louváveis devem ser praticadas e in­
2) Atuada pelo amor, 01 5.6 nhor lhe deu", Tg 5.11; Jó 42.10. tentemente ao Senhor para que lhe centivadas, mas não são meio de salvação.
3) Um dos dons do Espírito Santo, 1 Devemos ser como o lavrador que desse filhos e o Senhor só o atendeu Não passam de um ato voluntário e de
espera com paciência o fruto da terra. quando ele já tinha sessenta anos, Gn gratidão por parte daqueles que já têm
Co 12.9
4) A Palavra que pregamos. Rm 10.8 As vezes, plantamos hoje e queremos 25.20,21,26. por meio da fé a salvação em Cristo. Va­
colher amanhã, oramos hoje e quere­ A palavra para os aflitos, desespe­ mos ajudar, vamos dividir nossas riquezas
Devemos andar por fé mos resposta hoje mesmo... No texto rados e impacientes é: "Descansa no com os menos favorecidos. Vamos fazer
Não é bom que caminhemos sobre as que nos fala da unção do primeiro rei Senhor e espera nele" e "os que espe­ tudo isso, desde que movidos pelo amor e
aparências, pois, "aquilo que se vê não foi de Israel, Saul, encontramos a ordem: ram no Senhor renovarão as suas for­ bondade, e não por ganância, interesses
feito do que é aparente" (Hb 11.3b), e "Tu, porém, descerás adiante de mim ças". O perdedor de bênçãos entristece ou superficialismos morais. Como escapar
sobretudo porque "o justo pela sua fé vi­ a Gilgal e eis que eu descerei a ter con­ a Deus, que tem sincero interesse em se negligenciarmos a salvação em Cristo?
vera (Hc 2.4); portanto a ordem é direta: tigo, para oferecer holocaustos e sa­ outorgar-nos suas incontáveis maravi­ A salvação está confirmada pelos que a
"Andamos por fé, e não por vista", 2 Co crifícios e ofertas pacíficas. Esperarás lhas. Assim como um pai tem alegria ouviram e com o testemunho de Deus
5.7. sete dias até que eu vá ter contigo e te em presentear os seus filhos, o Pai através dos sinais e milagres, e várias ma­
Assim deve proceder o prezado amigo, declare o que hás de fazer", 1 Sm 10.8. amado também deseja abençoar todos ravilhas e dons do Espírito Santo, confor­
para que a sua alma seja transformada Em 1 Sm 13.8, vemos que Saul e o os seus filhos, indistintamente. me a sua vontade.
por Jesus. Faça como Zaqueu, que, pela povo esperaram sete dias. Não vindo, Ê preciso dar crédito á Palavra de
porém, Samuel a Gilgal, o povo se dis­ Deus e não jogar fora o que custou a vida
fé, desceu da árvore e recebeu o Salvador
persou e o rei Saul, já impaciente. Élcio Fernandes Guedes Teixeira de quem muito nos amou e a si mesmo se
em mia casa, tendo sua vida completa-
. O perigo da
Escape da crise, verJia viver, negligência
teus 11.28-30: "Vinde a mim, todos os que "Como escaparemos nos, se não aten­
ga, passando o laço pelo pescoço, e se en­ tarmos para uma tão grande salvação, a
Há no recôndito da alma de cada ser estais cansados e oprimidos e eu vos ali­
forcou. Um outro cidadão foi mais drásti­ (/uai, começando a ser anunciada pelo Se­
humano, a esperança de que as coisas vão viarei. Tomai sobre vós o meu jugo e
co ainda: matou a esposa e três filhos, nhor, foi-nos depois confirmada pelos que
melhorar. pondo fim, também, à própria vida. No aprendei de mira, que sou manso e humil­
As condições precárias dos tempos de de coração; e encontrareis descanso a ouviram; testificando também Deus
Estado de Alagoas, um homem era deses­ com eles, por sinais, e milagres, e várias
atuais tornara a sobrevivência uma labuta para as vossas almas. Porque o meu jugo é
pero da forae provocada pela seca, não maravilhas e dons do Espírito Santo, dis­
de quase desespero e o nosso dia-a-dia suave e o meu fardo é leve.'
tendo como providenciar alimento para a tribuídos por sua vontade?", Hb 2.3,4
apenas uma vegetação amarga. Em meio Que ótima oportunidade você tem ago­
família, resolveu pôr fim ao sofrimento e
a tanta adversidade, ser feliz, para a ra, de trocar o seu fardo pesado com Je­
ao problema matando a mãe, a esposa e Em primeiro lugar, se alguém é exor­
maioria das pessoas, é quase impossível. sus, que lhe oferece um fardo leve. Ele lhe
todos os filhos, não conseguindo, porém, tado a escapar, está sob a iminência de al­
Por isso, o desespero tera tomado con­ dará vida eterna como prometeu em João
acabar com a própria vida, pois foi socor­ gum mal. "Porque todos pecaram e desti­
ta de muitos, que, nesse estado de espiri­ 10.10; "...eu vira para que tenham vida e
rido pelos vizinhos. tuídos estão da glória de Deus (Rm 3.23)
to, procuram uma saída através do suicí­ a tenham em abundância."
Esses acontecimentos, quando anali­ e o "salário do pecado é a morte". Rm
dio. Nos últimos anos, notadamente a Caro amigo leitor, venha ser feliz e
sados, mostram mais que o desespero pela 6.23. Esta é a condição do homem perante
partir de 1973, esse recurso absurdo tem desfrutar a gloriosa paz em Jesus Cristo,
sobrevivência na crise que estamos atra­
sido usado com muita freqüência. Em juntando-se a milhões de crentes que tes­ Deus; "pecador"
vessando. Mostrara o desejo de felicidade
nossa cidade mesmo, já ocorreram alguns temunham de uma nova vida, cheia de es­ Um enfermo só procura o tratamento e
de cada pessoa. Como está cada vez mais
casos e sabemos que não tem sido diferen­ perança, livre da cilada do inimigo sedu­ o remédio para sua doença, quando reco­
difícil satisfazer essa vontade, forma-se
te no resto do raundo, pois nos chegam tor. nhece estar doente. Caso contrário, conti­
um vazio, vindo depois o desespero.
noticias de fatos semelhantes no país e no Leia a Bíblia e freqüente as reuniões nuará marchando para as inevitáveis con­
Há uma maneira de se coi seguir a feli­
resto do mundo. de louvor e adoração a Deus na igreja mais seqüências de seu descuido. Paulo disse:
Um senhor japonês sobrecarregado de cidade nesta vida? "Porque eu sei que em mira, isto é, na mi­
Sim. E não somente nesta, como tam­ próxima de sua casa.
compromissos e vendo o seu comércio nha carne não habita bem algura: e com
bém na eternidade. E tudo isso de graça.
caindo dia após dia, não suportou mais. Abisael de Oliveira Diniz efeito o querer está era mim, mas não con­
É só atender o convite de Jesus em Ma­
Tomou uma corda e prendeu-a numa vi­ sigo realizar o bem. Porque segundo o ho­
mem interior, tenho prazer na lei de Deus.
Mas vejo nos meus membros outra lei que
batalha contra a lei do meu entendimento

A importância e me prende debaixo da lei do pecado que


está nos meus membros. Miserável ho­

da fé O perdedor de bênçãos mem que sou! Quem me livrará do corpo


desta morte?", Rm 7.18, 22-24.
Paulo reconhecia ser pecador e que sua
recompensa era a morte. Reconhecia,
Através da fé, Josué e Calebe entra­ também, ser miserável e, por isso, clarhou
ram na Tetra Prometida, não temendo o Todo crente sincero está interessa­ mandou trazer ura animal e o ofereceu. pela solução, pelo livramento. E impor­
que foi visto pelos espias, antes, porém, do nas bênçãos de Deus, mas nem sem­ O texto diz que mal tinha ele acabado tante notar que Paulo não clamou por al­
ura deles, Calebe, fez calar a todos os te­ pre recebe as que tem pedido. Em mui­ de oferecer o holocausto, eis que Sa­ go, mas por alguém: "Quem me livrará?
merosos, incentivando o povo a subir e tos casos, é mais um perdedor do que muel chega. Foi questão de minutos ou "Se pois o Filho vos libertar, verdadeira­
possuir a Terra, Nm 13.30. um ganhador de bênçãos. Para se ga­ até raesrao segundos e, por não esperar mente sereis livres", Jo 8.36. Esta é a res­
nhar algum concurso, prêmio e, princi­ com paciência, perdeu a bênção. posta ao clamor, não só de Paulo, mas de
Paulo e Estêvão - Estão entre os gi­ palmente, as bênçãos divinas, requer- Há os que pedem uma bênção ao milhares que reconhecem precisar de um
gantes da fé do Novo Testamento. Estê­ se habilidade e conhecimento de algu­ Senhor e têm fé para recebê-la. No en­ libertador capaz, vivo, real e poderoso. Só
vão, ao ser apedrejado, não reclamou li­ mas regras e princípios. Destes, o pri­ tanto, não esperara. Impacientam-se e
em Cristo há liberdade, só em Cristo ha
vramento para alcançar uma maior res­ meiro, é pedir e a Bíblia é explícita a perdem por questão de alguns mo­
salvação: "E em nenhum outro há salva­
surreição, mas glorificou a Deus como quando diz; "Pedi e dar-ser-vos-á , Mt mentos apenas. Isto acontece, mor­
ção, porque também debaixo do céu ne­
"bravo na fé", Hb 11.35. Paulo, também 7,7. No celeiro de Deus, há muitas bên­
mente, entre os jovens, que são muito
nhum outro nome há, dado entre os ho­
incluído entre os que, experimentando es­ çãos, de variados tamanhos e formas, impulsivos e, às vezes, se precipitam, mens, pelo qual dávamos ser salvos", At
cárnio», açoites, cadeias e prisões (Hb mas muitos não pedem e conseqüente­ não esperando o tempo de Deus e que­
rem resolver eles mesmos os seus 4.12.
11.36), deu testemunho de sua fé, e soube mente deixam de recebê-las. E como escaparemos nós se não aten­
reter o que lhe havia de precioso, confian­ Exercer a fé é fundamental! A fé problemas, por parecer que a solução
tarmos para uma tão grande salvação.
te no poder do Senhor, para guardar o seu honra e agrada a Deus, porquanto se demora. Entretanto, devemos "sinto­
Muitos, embora reconheçam-se pecado­
depósito até o dia fina!; deixando um vivo pedirmos alguma coisa não crendo se a nizar" a mesma freqüência do Senhor
res, buscam por seus próprios esforços a
exemplo, afirma ele mesmo a sua vitória receberemos ou não, estaremos fazen­ ou sincronizar o nosso relógio com o de­
solução para sua angustiante situação.
na carreira de cristão, conservando a fé, 2» do pouco caso da soberania e bondade le. Criara atalhos e tentam tapar o sol com a
de Deus, Hb 11.6. Sempre que quere­ A Palavra de Deus nos diz para en­
Tm 4.7. peneira. Surgem as religiões, as leis mo­
mos algo de alguém, não começamos tregarmos o nosso caminho ao Senhor,
rais, as obras de caridade, mas que não
A fé é um dos principais mandamen­ por importuná-lo ou desagradá-lo, confiar nele, pois ele tudo fará. Vemos
podem conduzir o homem a Deus. Porém,
tos da Lei; Mt 23.23. Jesus fez uma série mas, antes, procuramos por ganhar-lhe que estes versículos nos ordenara duas
não é aesim que a Bíblia ensina. Todo
de advertências aos escribas e fariseus por coisas: entregar e confiar. A ação é a
a simpatia. bem, feito com interesse, não é caridade, é
omitirem a fé, tornando a obra deles in­ Um outro princípio por demais im­ fase de Deus e muitos não a entendem,
trabalho e pede por salário. Porque pela
completa. Deviam praticar as pequenas portante e que se constitui em elemen­ mas ele poderá agir tanto em questão
graça sois salvos, por meio da fé; e isto não
coisas, sem omitir as principais, e dentre to decisório é a paciência. O salmista de dias como de anos. Isso será feito de
acordo cora o que for raais útil dentro vem de vós; é dom de Deus. Não vem das
as maiores estava a fé. Davi disse que esperou com paciência obras, para que ninguém se glorie", Ef
A fé é a base do mandamento e obra de no Senhor e essa foi a causa do Todo- do seu plano.
Isnque é ura exemplo de paciência. 2.9.
Cristo, Rm 5.1 e 8.1. poderoso ter-se inclinado para o seu As boas obras, a caridade e demais ati­
servo. Tiago registrou; "Ouvistes da Ele já tinha quarenta anos quando se
casou com Rebeca. Depois, rogou insis­ tudes louváveis devem ser praticadas e in­
A fé é; paciência de Jó e vistes o fim que o Se­ centivadas, mas não são meio de salvação.
1) Dada pelo Espirito, 1 Co 12.9 nhor lhe deu", Tg 5.11; Jó 42.10. tentemente ao Senhor para que lhe
desse filhos e o Senhor só o atendeu Não passam de um ato voluntário e de
2) Atuada pelo amor, Gl 5.6 Devemos ser como o lavrador que gratidão por parte daqueles que já têm
3) Um dos dons do Espírito Santo, 1 espera com paciência o fruto da terra. quando ele já tinha sessenta anos, Gn
por meio da fé a salvação era Cristo. Va­
Às vezes, plantamos hoje e queremos 25.20,21,26.
Co 12.9 mos ajudar, vamos dividir nossas riquezas
4) A Palavra que pregamos, Rm 10.8 A palavra para os aflitos, desespe­
colher amanhã, oramos hoje e quere­ com os menos favorecidos. Vamos fazer
mos resposta hoje mesmo... No texto rados e impacientes é: "Descansa no
Senhor e espora nele" e "os que espe­ tudo isso, desde que movidos pelo amor e
Devemos andar por fé que nos fala da unção do primeiro rei bondade, e não por ganância, interesses
Não é bom que caminhemos sobre as de Israel, Saul, encontramos a ordem: rara no Senhor renovarão as suas for­
ças". O perdedor de bênçãos entristece ou superficialismos morais. Como escapar
aparências, pois, "aquilo que se vê não foi "Tu, porém, descerás adiante de mim
a Deus, que tem sincero interesse em se negligenciarmos a salvação em Cristo 1
feito do que é aparente" (Hb U.3b), e a Oilgal e eis que eu descerei a ter con­
outorgar-nos suas incontáveis maravi­ A salvação está confirmada pelos que a
sobretudo porque "o justo pela sua té vi­ tigo, para oferecer holocaustos e sa­
lhas. Assim como ura pai tem alegria ouviram e com o testemunho de Deus
verá' = Hc 2.4); portanto a ordem é direta: crifícios e ofertas pacíficas. Esperarás
em presentear os seus filhos, o Pai através dos sinais e milagres, e várias ma­
"Andamos por fé, e não por vista , 2 Co sete dias até que eu vá ter contigo e te
amado também deseja abençoar todos ravilhas e dons do Espirito Santo, confor­
5.7. declare o que hás de fazer", 1 Sm 10.8. me a sua vontade.
As-ira deve proceder o prezado amigo, Em 1 Sm 13.8, vemos que Saul e o os seus filhos, indistintamente.
E preciso dar crédito á Palavra de
pani que a sua alma seja transformada povo esperaram sete dias. Não vindo, Deus e não jogar fora o que custou a vida
por Jesus. Faça como Zaqueu, que, pela porém, Samuel a Gilgal, o povo se dis­
Élcio Fernandes Guedes Teixeira de quem muito nos amou e a si mesmo se
fé, desceu da árvore e recebeu o Salvador persou e o rei Saul, já impaciente. entregou por nós.
em sua casa, tendo sua vida completa­
mente mudada. Vejo o que Deus pode fa­ Gilberto Moreira Alves Filho
zer por você;