EMPRESA MODELO LTDA.

PPRA
Atualização 2008
De acordo com NR-9 Redação dada pelas Portarias SSST nº 25, de 29/12/94 - DOU de 30/12/94.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

Avaliação de Riscos Avaliação de Riscos Ambientais Ambientais
EMPRESA MODELO LTDA.
Endereço Colocar endereço CNPJ Inscrição Estadual 0000000-0 00.000.000/0001-00 N.º Total de Funcionários 450 Masculino 420 Feminino 30 Estagiários 07 Terceirizados 12 CNAE Colocar CNAE e descrição. Grau de Risco 04 Data da Avaliação Horário das Medições 2010 09:00 às 15:30 horas 01:00 hora Turnos de Trabalho Intervalos 02 Horários Diversos

A avaliação de riscos ambientais através deste documento intitulado Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA, se destina a descrever as condições de trabalho nos Setores e Grupos Homogêneos de Exposição abaixo relacionados, da empresa EMPRESA MODELO LTDA.., situada na cidade de Curitiba – PR, com o objetivo de atender as exigências previstas na Norma Regulamentadora – NR 9, aprovada pela Portaria N.o 25 de 29/12/1994, do MTE e Decretos, Ordens de Serviço e Instruções Normativas oriundas do Ministério da Previdência Social - MPS e do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS. As avaliações e recomendações constituem-se em parecer técnico das condições em áreas de trabalho da empresa, ficando a adoção de eventuais medidas de correção de inteira responsabilidade da direção da empresa.

Apresentação Apresentação

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
SUMÁRIO
1.Planilhas de Reconhecimento Dos Riscos Ambientais ______________________________________________________________________ 5 2.Planilhas Dos Riscos Ambientais Avaliação Setorial ______________________________________________________________________ 12
2.1 Setor: ADMINISTRATIVO - Recepção ________________________________________________________________________________________ 13 2.2 Setor: ADMINISTRATIVO - Comercial _______________________________________________________________________________________ 15 2.3 Setor: ADMINISTRATIVO - Marketing _______________________________________________________________________________________ 17 2.4 Setor: ADMINISTRATIVO – Faturamento / Financeiro__________________________________________________________________________ 19 2.5 Setor: ADMINISTRATIVO – Projetos / Compras / PCP__________________________________________________________________________ 21 2.6 Setor: PRODUÇÃO – Sala da Produção _______________________________________________________________________________________ 25 2.7 Setor: PRODUÇÃO – Segurança do Trabalho __________________________________________________________________________________ 28 2.8 Setor: PRODUÇÃO – Controle de Qualidade ___________________________________________________________________________________ 31 2.9 Setor: ALMOXARIFADO ___________________________________________________________________________________________________ 34 2.10 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Aço _________________________________________________________________________________________ 38 2.11 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Fundidos _____________________________________________________________________________________ 43 2.12 Setor: PRODUÇÃO - Ferramentaria _________________________________________________________________________________________ 50 2.13 Setor: PRODUÇÃO - Pintura _______________________________________________________________________________________________ 54 2.14 Setor: PRODUÇÃO / MONTAGEM _________________________________________________________________________________________ 60 2.15 Setor: EXPEDIÇÃO _______________________________________________________________________________________________________ 66

3

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Aposentadoria Especial _____________________________________________________________________________________________ 95 9. Implantação de Medidas de Controle e Avaliação de sua Eficácia ___________________________________________________________ 87 7.Planejamento Anual de Prevenção dos Riscos Ambientais __________________________________________________________________ 88 7.22 Setor: PORTARIA ________________________________________________________________________________________________________ 83 3. Considerações Finais _______________________________________________________________________________________________ 96 4 . Metodologia_______________________________________________________________________________________________________ 84 4.18 Setor: MANUTENÇÃO ____________________________________________________________________________________________________ 73 2.19 Setor: TRANSPORTE _____________________________________________________________________________________________________ 77 2. Monitoramento da Exposição aos Riscos _______________________________________________________________________________ 94 8.PPR A .16 Setor: RECEBIMENTO____________________________________________________________________________________________________ 68 2.21 Setor: LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO ________________________________________________________________________________________ 82 2. Registro e Divulgação dos Dados______________________________________________________________________________________ 86 5.17 Setor: PRODUÇÃO – Montagem de Kit / Embalagem___________________________________________________________________________ 70 2.20 Setor: LIMPEZA DA PRODUÇÃO __________________________________________________________________________________________ 79 2.

PPRA
Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

1.Planilhas de Reconhecimento Dos Riscos Ambientais

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
LEVANTAMENTO, ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS
ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS
(Físicos, Químicos ou Biológicos)

CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS

(Físicos, Químicos ou Biológicos)

RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS

ADMINISTRATIVO RECEPÇÃO

ADMINISTRATIVO COMERCIAL

1 2

01

Assistente Administrativo.

Não Detectado.

Não Detectado.

03

Gerente Comercial, Assistente Administrativo de Vendas, Supervisor de Assistência Técnica.

Não Detectado.

Não Detectado.

ADMINISTRATIVO MARKETING

ADMINISTRATIVO FATURAMENTO / FINANCEIRO

3 4

01

Assistente Administrativo.

Não Detectado.

Não Detectado.

01

Assistente Administrativo.

Não Detectado.

Não Detectado.

6

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
LEVANTAMENTO, ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS
ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS
(Físicos, Químicos ou Biológicos)

CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS

(Físicos, Químicos ou Biológicos)

RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS

ADMINISTRATIVO (PROJETOS/ COMPRAS/ PCP) PRODUÇÃO (SALA DA PRODUÇÃO) PRODUÇÃO (SEGURANÇA DO TRABALHO) PRODUÇÃO (CONTROLE DE QUALIDADE)

5 6 7 8

06

Desenhista Projetista, Estagiário, Auxiliar de Compras, Comprador, Programador de PCP, Supervisor de PCP.

Não Detectado.

Não Detectado.

01

Supervisor de Produção.

♦ Físico.

♦ Ruído.

01

Técnico em Segurança do Trabalho.

♦ Físico.

♦ Ruído.

05

Inspetor de Qualidade, Supervisor.

♦ Físico.

♦ Ruído.

7

Operador de Máquinas. ♦ Ruído. Auxiliar de Almoxarife. ♦ Ruído. Químicos ou Biológicos) CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS (Físicos. ♦ Químico. ♦ Físico. Líder Operacional. Operador Preparador. ♦ Ruído. ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS (Físicos. ♦ Ruído. Calor.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais LEVANTAMENTO. ♦ Névoas de Óleo de Corte. Químicos ou Biológicos) RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS ALMOXARIFADO PRODUÇÃO (CÉLULA DE AÇO) (FERRAMENTARIA) 9 10 11 12 02 Almoxarife. ♦ Físico. 8 .PPR A . ♦ Químico. PRODUÇÃO (CÉLULA DE FUNDIDOS) PRODUÇÃO 19 Operador de Torno CNC. ♦ Físico. ♦ Físico. 16 Operador de Máquinas CNC e Líder. ♦ Névoas de óleo de Corte 02 Ferramenteiro. ♦ Químico. Torneiro Mecânico. ♦ Contato com Óleo de Corte.

01 Recebedor de Material.PPR A . ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS (Físicos. ♦ Químico. ♦ Contato com Graxa 02 Expedidora de Material. Montador. Químicos ou Biológicos) RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS PRODUÇÃO (PINTURA) PRODUÇÃO MONTAGEM EXPEDIÇÃO RECEBIMENTO 13 14 15 16 04 Pintor. ♦ Ruído. ♦ Ruído. ♦ Ruído. ♦ Físico. ♦ Físico. ♦ Névoas de Tinta. ♦ Químico.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais LEVANTAMENTO. 18 Líder de Montagem. Químicos ou Biológicos) CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS (Físicos. ♦ Físico. Não Detectado Não Detectado. Auxiliar de Montagem. Pó. 9 . Névoas de Óleo.

01 Motorista. ♦ Ruído. ♦ Químico ♦ Ruído. Umidade. Manuseio de Óleo e Graxa. Químicos ou Biológicos) CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS (Físicos. Químicos ou Biológicos) RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS PRODUÇÃO (MONTAGEM DE KIT/ EMBALAGEM) MANUTENÇÃO TRANSPORTE LIMPEZA DA PRODUÇÃO 17 18 19 20 04 Montador e Auxiliar de Montagem ♦ Físico. 10 . ♦ Ruído. 01 Auxiliar de Serviços Gerais.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais LEVANTAMENTO. ♦ Físico.PPR A . Supervisor de Manutenção. 03 Mecânico de Manutenção. ♦ Químico. Não Detectado Não Detectado. Radiação Não Ionizante ♦ Fumos de Solda. ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS (Físicos. ♦ Produtos Químicos de Limpeza sem Limite de Tolerância na NR-15 e ACGIH. ♦ Físico.

Químicos ou Biológicos) RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO PORTARIA 21 22 23 24 01(terceirizado) Servente TERCEIRIZADO TERCEIRIZADO 03 ( terceirizado) Porteiro. ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS ÁREAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS FUNÇÕES E CARGOS (Físicos.PPR A . Químicos ou Biológicos) CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS (Físicos.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais LEVANTAMENTO. TERCEIRIZADO TERCEIRIZADO - - - - - - - - 11 .

Planilhas Dos Riscos Ambientais Avaliação Setorial .PPRA Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.

aparelho de fax.5.1. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente Falta de apoio para os pés. Providenciar apoio ergonômico para os pés. Descrição do Setor: A Recepção está localizada em construção de alvenaria e concreto armado. GFIP 0 ou 5 13 . RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. controle de compra dos produtos de limpeza e escritório.3.1 Setor: ADMINISTRATIVO .0 metros. O setor possui mesa. 17.5. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. cadeira. máquina de xerox e telefone. teto com forro de madeira.3 da NR-17. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.3.Recepção com divisórias de madeira e vidro. 17. Posto de Trabalho: Mesa e Telefone Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N.2 e 17.PPR A .o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações (X) Descrição Fornecida pela Empresa Assistente Administrativo Realizar atendimento telefônico. pé direito de aproximadamente 3.5.3.5.3. ventilação e iluminação natural através de portas e janelas.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. piso revestido com carpete. paredes 1 MEIO DE CONTROLE EXISTENTE MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.1. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Administrativo – Recepção AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO SETOR / ÁREA Administrativo – Recepção Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 55 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa Teclado MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 269 245 NBR-5413 500 300 - LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 14 .1.PPR A .

no pavimento térreo e concreto armado. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.2 Setor: ADMINISTRATIVO .5. arquivo e telefone. paredes de alvenaria. Supervisor de Assistência Técnica Supervisionar e realizar a vendas dos produtos comercializados pela empresa e dar assistência técnica externamente.5. de digitação adotar 10 min.3. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.3 da NR-17.3.5.2 e 17.o de Funcionários Expostos: 03 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações (X) Descrição Fornecida pela Empresa Gerente Comercial Exercer a gerência dos serviços de comercialização de produtos. Químicos ou Biológicos) 2 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente Movimentos Repetitivos Propensão à Acidentes de Trânsito (durante viagens) RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N.Comercial Descrição do Setor: O setor Comercial está localizado em construção de alvenaria.3. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes. Para cada 50 min. computador. piso de taco. 17. impressora.PPR A . teto com forro de madeira. GFIP 0 ou 5 15 . Assistente Administrativo de Vendas Realizar a venda dos produtos comercializados pela empresa. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. Viabilizar exercícios preventivos. de pausa. Adotar pausas regulares para descanso para os funcionários que trabalham freqüentemente com computadores.7 metros. Providenciar curso de Direção Defensiva. O setor possui mesa.1.. 17.5. pé direito de aproximadamente 2. cadeira.3.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .2. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Administrativo – Comercial AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO SETOR / ÁREA Administrativo – Comercial Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 55 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa 01 Teclado Mesa 02 Teclado Mesa 03 Teclado Mesa 04 Teclado MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 256 188 253 219 208 133 195 166 NBR-5413 500 300 500 300 500 300 500 300 - LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 16 .1.

de digitação adotar 10 min. GFIP 0 ou 5 17 . Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. teto com forro de madeira.3. 17. computador.3. Posto de Trabalho: Máquinas e Bancadas.3.5. Adotar pausas regulares para descanso para os funcionários que trabalham freqüentemente com computadores. impressora. paredes com divisórias.PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Viabilizar exercícios preventivos. 3 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.3. 17. Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N.o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Assistente Administrativo Realizar a elaboração de relatórios técnicos.0 metros. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente Movimentos Repetitivos Postura inadequada RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17.5.5. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.1.5. pé direito de aproximadamente 3. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes. cadeira. ventilação e iluminação natural através de portas e janelas. Para cada 50 min. piso revestido com carpete. de pausa. fazer contato e cadastro de clientes e pós venda.Marketing Descrição do Setor: O setor de Marketing está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. arquivo e telefone.3 Setor: ADMINISTRATIVO .2 e 17. Providenciar apoio ergonômico para os pés. fazer certificado de curso de instalação. O setor possui mesa.3 da NR-17.

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Administrativo – Marketing Atenuação SETOR / ÁREA Administrativo – Marketing AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 325 266 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 55 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa Teclado 500 300 - LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 18 .3.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .1.

0 metros. 17. pé direito de aproximadamente 3. de digitação adotar 10 min. de pausa.PPR A . piso revestido com carpete. impressora.5.3. arquivo e telefone.5. teto com forro de madeira. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.4 Setor: ADMINISTRATIVO – Faturamento / Financeiro Descrição do Setor: O setor de Faturamento está localizado em construção de alvenaria e concreto armado.o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Assistente Administrativo Realizar atividades relacionadas à parte financeira.3. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N.3 da NR-17. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.5. 4 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.3. cadeira. Para cada 50 min.3. paredes com divisórias.1. ventilação artificial através de ventilador. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. Providenciar apoio ergonômico para os pés.2 e 17. Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. ventilação e iluminação natural através de portas e janelas. computador.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. 17. O setor possui mesa. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - OBSERVAÇÕES Movimentos Repetitivos Iluminação Deficiente Postura inadequada (falta de apoio para os pés) RECOMENDAÇÕES Adotar pausas regulares para descanso para os funcionários que trabalham freqüentemente com computadores. GFIP 0 ou 5 19 . Viabilizar exercícios preventivos.5.

PPR A .1.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Faturamento / Financeiro Atenuação SETOR / ÁREA Sala 01 Faturamento AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 169 145 627 323 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 55 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa Teclado 500 300 500 300 - Sala 02 Financeiro Mesa Teclado LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 20 .4.

piso revestido com carpete. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N. teto com forro de isopor. armário e telefone. O setor possui mesa.0 metros.PPR A . utilizando instrumentos apropriados e baseando-se em Estagiário especificações técnicas. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - 21 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. ventilação artificial através de ar condicionado e ventilador. arquivo. Programador de PCP Realizar a supervisão do almoxarifado e expedir recebimento e programação da produção. paredes com divisórias. impressora. pé direito de aproximadamente 3. Comprador Comprar mercadorias diversas.5 Setor: ADMINISTRATIVO – Projetos / Compras / PCP Descrição do Setor: O setor de Projetos/Compras/PCP está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. Elaborar desenhos de projetos de peças. cadeira. Supervisor de PCP 5 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. baseando-se na intensidade da procura no mercado e adquirindo os Auxiliar de Compras produtos dos fabricantes ou de vendedores autorizados. iluminação e ventilação natural através de janelas. computador. para estabelecer as características dos referidos projetos e as bases de sua execução. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.o de Funcionários Expostos: 06 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Desenhista Projetista.

PPR A .5.0 metros.2 e 17. 17. de digitação adotar 10 min. 17. de pausa. Providenciar apoio ergonômico para os pés.5. Para cada 50 min. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.5. arquivo. . impressora. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N. iluminação e ventilação natural através de janelas. pé direito de aproximadamente 3. Viabilizar exercícios preventivos. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. teto com forro de isopor.3. cadeira.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.3. computador.3.1. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.3 da NR-17.o de Funcionários Expostos: 06 5 OBSERVAÇÕES Movimentos Repetitivos Iluminação Deficiente Postura inadequada (falta de apoio para os pés) RECOMENDAÇÕES Adotar pausas regulares para descanso para os funcionários que trabalham freqüentemente com computadores. GFIP 0 ou 5 22 . armário e telefone. piso revestido com carpete.5 Setor: ADMINISTRATIVO – Projetos / Compras / PCP Descrição do Setor: O setor de Projetos/Compras/PCP está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. ventilação artificial através de ar condicionado e ventilador.3. O setor possui mesa. paredes com divisórias.5.

PPR A . PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Projetos / Compras / Pcp Atenuação SETOR / ÁREA Projetos / Compras / Pcp AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 177 242 135 112 135 112 174 151 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 62 70 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa 01 Teclado Mesa 02 Teclado 500 300 500 300 500 300 500 300 - Ambiente C/ ambiente da produção Compras Mesa 01 Teclado Mesa 02 Teclado LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 23 .1.5.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.

PPR A .5. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Projetos AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 075 086 141 142 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa 01 Teclado Mesa 02 Teclado 500 300 500 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 24 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.1.

à limpeza e higienização dos protetores auriculares. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de protetor auricular tipo plugue durante a permanência na produção. 6 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. cadeira. ventilação artificial através de ventilador.o de Funcionários Expostos: 01 Função Supervisor de Produção Descrição da Função de Acordo com : ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Supervisionar as atividades de produção. piso com revestimento emborrachado. dor de cabeça. pé direito de aproximadamente 3. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes. aumento da pressão arterial. paredes com divisórias. diminuição da audição. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N. irritação.0 metros.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.6 Setor: PRODUÇÃO – Sala da Produção Descrição do Setor: A Sala da Produção está localizada em construção de alvenaria e concreto armado. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço.PPR A . 25 . O setor possui mesa. Realizar manutenção periódica dos equipamentos RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. taquicardia. problemas do aparelho digestivo. computador e telefone. teto com forro de isopor. ambiente fechado sem janelas. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído dos setores da produção. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção.

ambiente fechado sem janelas.0 metros. 17. teto com forro de isopor.o de Funcionários Expostos: 01 6 Validade do C.3. computador e telefone.2 e 17.5.A 3732 5674 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. cadeira.A 27/06/2008 05/07/2011 OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. piso com revestimento emborrachado.3 da NR-17. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.5.3. pé direito de aproximadamente 3. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Número do C. ventilação artificial através de ventilador. paredes com divisórias.3. GFIP 1 ou 5 26 .1. O setor possui mesa. 17.PPR A .3.5.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.6 Setor: PRODUÇÃO – Sala da Produção Descrição do Setor: A Sala da Produção está localizada em construção de alvenaria e concreto armado.5.

1.6. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Sala da Produção Atenuação SETOR / ÁREA Sala da Produção AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 186 228 177 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 62 70 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Ambiente Mesa Teclado 300 500 300 - Pico LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 27 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .

à limpeza e higienização dos protetores auriculares. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído dos setores da produção. 7 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. 28 . forro em madeira. paredes revestidas com tijolos. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. ventilação e iluminação natural através de porta. dor de cabeça. piso de concreto regular revestido com carpet. O setor possui mesa. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. diminuição da audição.PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.5 metros. pé direito de aproximadamente 2. taquicardia. Posto de Trabalho: Mesa. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. irritação. aumento da pressão arterial. problemas do aparelho digestivo. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção. cadeira e telefone. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.7 Setor: PRODUÇÃO – Segurança do Trabalho Descrição do Setor: O setor de Segurança do Trabalho está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. durante a permanência na produção. realizar algumas tarefas administrativas.o de Funcionários Expostos: 01 Produção Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Técnico em Segurança do Trabalho Realizar serviços relacionados à segurança do trabalho. Computador e Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. orientando os funcionários quanto ao uso correto dos EPI’s.

5 metros. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.5. paredes revestidas com tijolos.1. O setor possui mesa. 17.3.3. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Número do C. cadeira e telefone.5. pé direito de aproximadamente 2.2 e 17. forro em madeira.7 Setor: PRODUÇÃO – Segurança do Trabalho Descrição do Setor: O setor de Segurança do Trabalho está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. ventilação e iluminação natural através de porta.o de Funcionários Expostos: 01 Produção 7 Validade do C. 17.A 3732 5674 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.3.3.PPR A .3 da NR-17.5.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Posto de Trabalho: Mesa.A 27/06/2008 05/07/2011 OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. GFIP 1 ou 5 29 .5. piso de concreto regular revestido com carpet. Computador e Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 horas N.

5 - LOCAL Mesa Teclado 500 300 - LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 30 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.5 15 60.1.PPR A .7 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 75.5 08 67. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Produção Ambiente Sala c/ Ruído da Produção Atenuação SETOR / ÁREA Produção – Seg. Trabalho AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 161 070 NBR-5413 Tipo De Exposição Ocasional/ Intermitente - Tempo De dB(A) Exposição (horas) Média para 08:00 45 58 - Dose - Tempo Medição (horas) 00:10 - Dose (%) 0.57 - TWA dB(A) 47.7.

Supervisor Realizar a supervisão da equipe de trabalho e cuidar da área de controle e medição dos aparelhos.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. aumento da pressão arterial. microscópio. 31 . telefone. manômetro. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. pé direito de aproximadamente 3. teto com forro de isopor. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. armário. traçador e politriz. piso de concreto regular revestido com cerâmica. Posto de Trabalho: Mesa. durante a permanência na produção. diminuição da audição. cadeira. irritação. sistema de monitoramento. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. durômetro. computador. ventilação artificial através de ar condicionado. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção. dor de cabeça. 8 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. A sala possui mesa. à limpeza e higienização dos protetores auriculares. taquicardia.8 Setor: PRODUÇÃO – Controle de Qualidade Descrição do Setor: O Controle de Qualidade está localizado no interior do barracão com divisórias de eucatex e vidro.PPR A . problemas do aparelho digestivo.0 metros. análise dimensional de peças. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído dos setores da produção.o de Funcionários Expostos: 05 Equipamentos Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Inspetor de Qualidade Realizar testes e separação. bancada. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes. projetor de perfil. Bancada e Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.

8 Setor: PRODUÇÃO – Controle de Qualidade Descrição do Setor: O Controle de Qualidade está localizado no interior do barracão com divisórias de eucatex e vidro. cadeira.0 metros. projetor de perfil.A 3732 5674 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.A 27/06/2008 05/07/2011 EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Número do C. armário. teto com forro de isopor. piso de concreto regular revestido com cerâmica. pé direito de aproximadamente 3. traçador e politriz. durômetro. A sala possui mesa. ventilação artificial através de ar condicionado. telefone. bancada.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.o de Funcionários Expostos: 05 Equipamentos 8 Validade do C. GFIP 1 ou 5 32 . Posto de Trabalho: Mesa. Bancada e Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. microscópio. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes. computador. sistema de monitoramento. manômetro.PPR A .

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Controle de Qualidade Atenuação SETOR / ÁREA Controle de Qualidade AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 688 582 427 493 321 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 60 77 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Ambiente Mesa Teclado Bancada Pia 300 500 300 300 300 - Ambiente Ruído da Produção LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 33 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .8.1.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. diminuição da audição. Uso de carrinho manual para o transporte. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. aumento da pressão arterial. à limpeza e higienização dos protetores auriculares. Posto de Trabalho: Mesa.o de Funcionários Expostos: 02 Prateleiras Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Almoxarife Organizar e/ou executar os trabalhos de almoxarifado. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído dos setores da produção. problemas do aparelho digestivo. computador. 34 . cadeira. piso de concreto regular revestido com cerâmica. O setor possui mesa. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. no interior do barracão de alvenaria e concreto armado. ventilação e iluminação natural através de porta e tijolos vazados. telefone. pé direito de aproximadamente 4. Auxiliar de Almoxarife armazenar e distribuir para a Montagem.PPR A . RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.9 Setor: ALMOXARIFADO Descrição do Setor: O Almoxarifado está localizado em ambiente com divisórias de tela. irritação. Computador e Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. receber material produzido na empresa. prateleiras de ferro e mezanino de madeira com guarda corpo. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. 9 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. dor de cabeça. Eventualmente vai à Produção.0 metros. ventilação artificial através de ventilador. taquicardia.

Adotar pausas regulares para descanso para os funcionários que trabalham freqüentemente com computadores.5. telefone. Viabilizar exercícios preventivos. computador. 17. no interior do barracão de alvenaria e concreto armado.0 metros.1.3.5. cadeira.A 3732 5674 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.2 e 17. luvas de malha e óculos de segurança) Movimentos Repetitivos RECOMENDAÇÕES Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. piso de concreto regular revestido com cerâmica. Computador e Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.3. de pausa. prateleiras de ferro e mezanino de madeira com guarda corpo. 17.3.o de Funcionários Expostos: 02 Prateleiras 9 Validade do C. ventilação artificial através de ventilador. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho.PPR A . pé direito de aproximadamente 4. O setor possui mesa. ventilação e iluminação natural através de porta e tijolos vazados. Posto de Trabalho: Mesa.A 27/06/2008 05/07/2011 OBSERVAÇÕES Iluminação Deficiente Lesão de Membros (uso de calçado de segurança com biqueira. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Número do C. de digitação adotar 10 min.9 Setor: ALMOXARIFADO Descrição do Setor: O Almoxarifado está localizado em ambiente com divisórias de tela.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.3.5. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Para cada 50 min. GFIP 1 ou 5 35 .5. Treinar e conscientizar os funcionários quanto aos riscos e ao uso de EPI’s.3 da NR-17.

PPR A . PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Almoxarifado Atenuação SETOR / ÁREA Almoxarifado AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 350 327 162 272 902 329 280 857 311 NBR-5413 Tipo De Exposição - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 66 78 - Dose - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa Teclado 500 300 300 300 300 300 300 300 300 Ambiente Pico Corredor 03 Início Meio Fim Corredor 02 Início Meio Fim Corredor 01 Início LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 36 .9.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.1.

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 267 597 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Meio Fim 300 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 37 .1.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .9.

esmeril. furadeira horizontal. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. piso de concreto regular. Posto de Trabalho: Máquinas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.PPR A .0 metros. Realizar manutenção periódica dos equipamentos.10 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Aço Descrição do Setor: O setor de Célula de Aço está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. As atividades são realizadas com o torno fechado. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. retífica cremalheira.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. furadeira de bancada. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. diminuição da audição. problemas do aparelho digestivo. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. dor de cabeça. aumento da pressão arterial. processo de usinagem da peça. FONTE GERADORA Ar comprimido. policorte. O setor possui torno revolver. taquicardia. serra de corte para barras. irritação. para cortar. Uso de ar comprimido para aspirar as peças. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. 38 . desbastar ou usinar peças de metal. Líder Realizar a liderança da equipe no setor. 10 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras. fresa. máquina geradora para fazer dentes externos de coroa e ar comprimido. Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. TIPO DE EXPOSIÇÃO Contínuo. atuando nos seus Operador de Máquinas CNC dispositivos. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.o de Funcionários Expostos: 16 22:23 às 07:30 horas Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Operar torno automático previamente equipado e regulado para trabalhos em série. sem riscos de lesões por cavacos. fazer a execução de algumas tarefas e preencher as metas e objetivos alcançados. pé direito de aproximadamente 4.

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
2.10 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Aço Descrição do Setor: O setor de Célula de Aço está localizado em construção de alvenaria e concreto armado; pé direito de aproximadamente 4,0
metros; telhado de zinco com algumas telhas translúcidas; piso de concreto regular; iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. O setor possui torno revolver, serra de corte para barras, policorte, esmeril, retífica cremalheira, fresa, furadeira horizontal, furadeira de bancada, máquina geradora para fazer dentes externos de coroa e ar comprimido. Posto de Trabalho: Máquinas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.o de Funcionários Expostos: 16 22:23 às 07:30 horas

10
MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Fornecer respirador semi-facial com filtro para névoas para os funcionários da Máquina Geradora.

RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS
(Físicos, Químicos ou Biológicos)

FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa

VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação quantitativa de produtos químicos.

FONTE GERADORA Óleo de Corte utilizado no processo de usinagem das peças.

CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Irritação nos olhos e nas vias aéreas superiores; Causa lesão na pele conhecida como "elaioconiose". O óleo de corte contém um potente cancerígeno, que são as nitrosaminas.

TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional/ Intermitente.

Névoas de Óleo de Corte

MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de creme protetor para as mãos, luvas de látex ou de algodão e avental de PVC.

39

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
2.10 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Aço Descrição do Setor: O setor de Célula de Aço está localizado em construção de alvenaria e concreto armado; pé direito de aproximadamente 4,0
metros; telhado de zinco com algumas telhas translúcidas; piso de concreto regular; iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. O setor possui torno revolver, serra de corte para barras, policorte, esmeril, retífica cremalheira, fresa, furadeira horizontal, furadeira de bancada, máquina geradora para fazer dentes externos de coroa e ar comprimido. Posto de Trabalho: Máquinas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.o de Funcionários Expostos: 16 22:23 às 07:30 horas

10
Validade do C.A
27/06/2008 05/07/2011 06/03/2008 13/12/2007 05/10/2006

OBSERVAÇÕES Lesão de Membros (uso de calçado de proteção com biqueira, óculos de proteção avental) Movimentos Repetitivos com os Braços, na Retífica Exigência de Postura Inadequada (Brochadeira)

RECOMENDAÇÕES Providenciar sinalização de segurança; Treinar e conscientizar os funcionários quanto aos riscos de lesões no uso de furadeiras, fresas e prensas. Realizar pausas periódicas e rodízios na atividade. Providenciar local adequado para o desenvolvimento da atividade, impedindo que o funcionário se curve e realize esforço físico no manuseio da peça. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI
Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Creme Protetor de Segurança para as mãos. Luvas de Segurança em Algodão Pigmentada. Avental de Segurança em PVC.

Número do C.A
3732 5674 8602 4276 11794

LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO
De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.

GFIP

1 ou 5

40

PPR A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
2.10.1. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO
AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA
Produção – Cel. De Aço

Atenuação SETOR / ÁREA
Produção – Cel. De Aço

AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 1089 586 615 532 321 436 387 NBR-5413

Ambiente

Tipo De Exposição Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente -

Tempo De dB(A) Exposição (horas) Média para 08:00 06:00 80 -

Dose

-

Tempo Medição (horas) 00:10 -

Dose (%) 1,74 -

TWA dB(A) 55,8 -

NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 83,9 08 75,9 15 68,9 08 72 15 65 -

LOCAL Torno EKM 70 EKM 08 EKM 16 EKM 15 EKM 036 EKM 0002

300 300 300 300 300 300 300 -

LEGENDA:

TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho

NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor

41

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS AG ENTES QUÍMICOS FONTE GERADORA AGENTE QUÍMICO LIMITES DE TOLERÂNCIA NR-15 ACGIH Anexo 11 3 (mg/m ) TWA 3 (mg/m ) 4.7 42 . Névoas de Óleo Mineral NE 1.10.4 STEL 3 (mg/m ) NE RESULTADOS (mg/m ) 3 Óleo de Corte utilizado no processo de usinagem das peças.2.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .

PPR A . Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. TIPO DE EXPOSIÇÃO Contínuo. processo de usinagem da peça. fazer o ajuste das máquinas e controlar a produção. Supervisionar o setor. diminuição da audição. desbastar ou usinar peças de metal. O setor possui 2 tornos CNC. atuando nos seus dispositivos. dor de cabeça. Junto aos centros de usinagem EKM 036 e EKM 001 há uma furadeira e máquina votam Posto de Trabalho: Tornos CNC Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. Junto aos tornos são utilizados mangueiras de ar comprimido para a limpeza das peças. FONTE GERADORA Ar comprimido. pé direito de aproximadamente 4. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. 11 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras. As atividades são realizadas com o torno fechado. problemas do aparelho digestivo. taquicardia.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.o de Funcionários Expostos: 19 22:23 às 07:30 horas Função Operador de Torno CNC Operador de Máquinas Operador Preparador Líder Operacional Descrição da Função de Acordo com : ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Operar torno automático previamente equipado e regulado para trabalhos em série. Uso de ar comprimido para aspirar as peças. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. ventilação artificial através de ventiladores. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço.11 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Fundidos Descrição do Setor: O setor de Célula de Fundidos está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. irritação. 43 . sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais. sem riscos de lesões por cavacos. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. sendo 4 centros de usinagem. Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. para cortar.0 metros. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. aumento da pressão arterial. com sistema de iluminação suplementar e máquina brochadeira. piso de concreto regular.

44 .PPR A . inflamação nos olhos.0 metros. FONTE GERADORA Óleo de Corte utilizado no processo de usinagem das peças nas máquinas: Geradora e Brochadeira. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Irritação nos olhos e nas vias aéreas superiores. que são as nitrosaminas. cansaço. Providenciar local adequado com sistema de exaustão local. irritação da pele. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Luvas CA 1713. Sistema de ventilação natural por porta.11 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Fundidos Descrição do Setor: O setor de Célula de Fundidos está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas.o de Funcionários Expostos: 19 22:23 às 07:30 horas 11 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Fornecer respirador semi-facial com filtro para névoas para os funcionários da Máquina Geradora e Brochadeira. prostração. Queimaduras. com sistema de iluminação suplementar e máquina brochadeira. O setor possui 2 tornos CNC. Junto aos tornos são utilizados mangueiras de ar comprimido para a limpeza das peças. sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. sendo 4 centros de usinagem. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional/ Intermitente Névoas de Óleo de Corte MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de creme protetor para as mãos. Processo realizado na máquina Brochadeira. Junto aos centros de usinagem EKM 036 e EKM 001 há uma furadeira e máquina votam Posto de Trabalho: Tornos CNC Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. avental de PVC. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação quantitativa de produtos químicos. De acordo com a planilha de avaliação de temperatura. Causa lesão na pele conhecida como "elaioconiose".Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. etc. pé direito de aproximadamente 4. piso de concreto regular. ventilação artificial através de ventiladores. conjuntivite. O óleo de corte contém um potente cancerígeno. taquicardia. Calor Quantitativa Ocasional/ Intermitente.

piso de concreto regular. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. GFIP 1 ou 5 45 . Junto aos centros de usinagem EKM 036 e EKM 001 há uma furadeira.A 27/06/2008 05/07/2011 06/03/2008 05/10/2006 04/05/2011 OBSERVAÇÕES Lesão de Membros (uso de luvas.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Creme Protetor de Segurança para as mãos.PPR A . Luvas de Segurança. Avental de Segurança em PVC. ventilação artificial através de ventiladores.0 metros. Número do C. Posto de Trabalho: Tornos CNC Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. com sistema de iluminação suplementar e máquina brochadeira. O setor possui 2 tornos CNC.o de Funcionários Expostos: 19 22:23 às 07:30 horas 11 Validade do C. A empresa deverá diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras e fornecer protetor auricular com atenuação mínima de 13 decibéis. calçado de proteção com biqueira e óculos de proteção) RECOMENDAÇÕES Treinar e conscientizar os funcionários quanto aos riscos e ao uso de EPI’s.A 3732 5674 8602 11794 1713 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. sendo 4 centros de usinagem. pé direito de aproximadamente 4. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes.11 Setor: PRODUÇÃO – Célula de Fundidos Descrição do Setor: O setor de Célula de Fundidos está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. Junto aos tornos são utilizados mangueiras de ar comprimido para a limpeza das peças.

6 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 87.1.97 - TWA dB(A) 59.14 - Tempo Medição (horas) 00:10 - Dose (%) 2.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Produção – Cel. De Fundidos Atenuação SETOR / ÁREA Produção – Cel. De Fundidos AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 1187 183 1063 1091 807 1005 687 1070 821 NBR-5413 Ambiente Pico Ar Comprimido Ambiente c/ ruído do ar comprimido Tipo De Exposição Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente - Tempo De dB(A) Exposição (horas) Média para 08:00 81 86 02:00 96 84 84 - Dose 1.8 08 15 88 81 - LOCAL EKM 4 torno Bancada EKM 0069 gerador EKM 013 EKM 05 torno EKM 006 torno EKM 059 torno EKM 0072 torno EKM 0071 300 300 300 300 300 300 300 300 300 Rebarbeação LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 46 .8 08 69.11.8 15 72.PPR A .

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Produção – Cel.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.11. De Fundidos AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 505 443 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL EKM 0045 EKM 0068 300 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 47 .PPR A .1.

deverá ser realizada nova avaliação em período do ano com temperatura ambiente mais elevada. sem adoção de medidas adequadas de controle.5º C Segundo o quadro 1.2.IBUTG Máximo = 30.IBUTG 22. com alguma movimentação. No entanto. Taxa de Metabolismo para a Atividade: Valores das Medições Termômetro de Globo (TG) – (ºC) 22. AVALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE TEMPERATURA SETOR : Tipo de Atividade: CÉLULA DE FUNDIDOS De pé. trabalho moderado em máquina ou bancada.84 Conclusão Metabolismo = 175 kcal/h . 175 Kcal/h Data de Avaliação: 06 de Junho de 2007.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. 48 .9 ÍNDICE DE BULBO ÚMIDO E TERMÔMETRO DE GLOBO . NR-15. anexo 3.7 Termômetro de Bulbo Úmido Natural (TBN) .84 ºC.(ºC) 22.PPR A . para atividade Moderada e IBUTG = 22.11. principalmente com os braços. é permitido trabalho contínuo.

11.4 STEL 3 (mg/m ) NE RESULTADOS (mg/m ) 3 Óleo de Corte utilizado no processo de usinagem das peças. NE < 0.4 NE 0.PPR A .3. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS AG ENTES QUÍMICOS FONTE GERADORA AGENTE QUÍMICO Névoas de Óleo Mineral (Torno NARDINI modelo EKM 053) Névoas de Óleo Mineral (Torno ROMI MACH-9) LIMITES DE TOLERÂNCIA NR-15 ACGIH Anexo 11 3 (mg/m ) TWA 3 (mg/m ) 4.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.10 49 .1 NE 4.

Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. Posto de Trabalho: Máquinas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.o de Funcionários Expostos: 02 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Ferramenteiro Construir e desenvolver ferramentas e dispositivos de usinagem. cortar. torno. torno e esmeril. esmeril e bancada. TIPO DE EXPOSIÇÃO Intermitente Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. Torneiro Mecânico Aparelhar. diminuição da audição. Químicos ou Biológicos) Descrição do Setor: O setor de Ferramentaria está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. 50 . modelos de moldes metálicos para fundição. de rotação da peça e de avanço da ferramenta e utilizando instrumentos de medição e controle. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. aumento da pressão arterial. para desbastar. estampos de corte. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. dobra. atuando nos comandos de partida. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais. irritação. fazer controle de produtos e peças usinadas. taquicardia.0 12 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. problemas do aparelho digestivo. dor de cabeça. de parada. FONTE GERADORA Fresa.PPR A .Ferramentaria metros. O setor possui fresa. ventilação artificial através de ventiladores. roscar ou executar outras operações de torneamento em peças de metal. alisar. planejar o processo de construção de produtos ou protótipos. pé direito de aproximadamente 4.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. regular e manejar um torno mecânico convencional.12 Setor: PRODUÇÃO . à limpeza e higienização dos protetores auriculares. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. instalando as ferramentas apropriadas. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. piso de concreto regular. repuxo e corte fino.

telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Qualitativa VALORES ENCONTRADOS Não Mensurado FONTE GERADORA Óleo de Corte utilizado no processo. piso de concreto regular.o de Funcionários Expostos: 02 Descrição do Setor: O setor de Ferramentaria está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. torno. O óleo de corte contém um potente cancerígeno. O setor possui fresa.0 12 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e orientar os funcionários quanto ao uso de EPI’s.12 Setor: PRODUÇÃO . ventilação artificial através de ventiladores.Ferramentaria metros. pé direito de aproximadamente 4. ou luvas de látex ou de algodão. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional/ Intermitente Contato com Óleo de Corte MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de creme protetor para as mãos. Causa lesão na pele conhecida como "elaioconiose". 51 . RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. esmeril e bancada. sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais. que são as nitrosaminas.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Posto de Trabalho: Máquinas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.PPR A . CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Irritação nos olhos e nas vias aéreas superiores.

O setor possui fresa. Posto de Trabalho: Máquinas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.A 3732 5674 8602 ND OBSERVAÇÕES Lesão de Membros (uso de calçado de proteção com biqueira e óculos de proteção.A 27/06/2008 05/07/2011 06/03/2008 ND EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Creme Protetor de Segurança para as mãos.12 Setor: PRODUÇÃO . Luvas de látex ou algodão. pé direito de aproximadamente 4. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. sistema de exaustão através de exaustores eólicos naturais.0 12 Validade do C. GFIP 1 ou 5 52 .o de Funcionários Expostos: 02 Descrição do Setor: O setor de Ferramentaria está localizado em construção de alvenaria e concreto armado.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. piso de concreto regular. ventilação artificial através de ventiladores. Número do C. esmeril e bancada. RECOMENDAÇÕES Fornecer e tornar obrigatório o uso de proteção facial (viseira) no uso do torno.PPR A . totno.Ferramentaria metros.

7 Atenuação SETOR / ÁREA Produção Ferramentaria AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 715 1163 1143 1637 421 NBR-5413 0.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.2 60.2 - LOCAL Fresa Torno Bancada Ajuste Bancada Central Esmeril 500 300 300 300 500 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 53 . PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro Tipo De Exposição Produção Ocasional/ Ferramentaria Intermitente Ambiente Ocasional/ Intermitente Torno Ocasional/ Intermitente Ruído Ocasional/ Intermitente LEQ (Nível Ocasional/ equivalente) Intermitente LEGENDA: SETOR / ÁREA Tempo De dB(A) Exposição (horas) Média para 08:00 81 05:00 02:00 Média para 08:00 83 85 75.9 08 15 08 15 08 15 75 67 77 70 67.28 TWA dB(A) 57.12.25 0.2 Dose Tempo Medição (horas) 00:10 Dose (%) 2.25 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 85.9 08 77.1.9 15 72.PPR A .

PPR A . limpeza com thinner e óleo diesel imergindo a peça na cuba e secando-a com ar comprimido. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. pistola de pintura. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído.o de Funcionários Expostos: 04 Cabine de Pintura e Bancadas. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional / Intermitente Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. 54 . ventilação e iluminação natural através de portas. para protegê-los e decorá-los. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. O setor possui cabine de pintura com cortina d’água. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. ar comprimido. piso de cimento alisado.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. jateamento. Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Pintor Pintar peças de metal. Junto ao setor estão localizadas duas máquinas para realizar jateamento através de micro esfera de vidro e óxido de alumínio. As máquinas são fechadas impedindo o contato do funcionário.13 Setor: PRODUÇÃO . bancadas com cubas para a lavagem de peças. taquicardia. realizar o jateamento de peças com micro esfera de vidro e óxido de alumínio. Fazer rebarbação de carcaças. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. aumento da pressão arterial. FONTE GERADORA Cortina d’água. pulverizando camadas de tinta com uma pistola. irritação. diminuição da audição. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. O ambiente possui sistema de ar comprimido usado para limpeza das peças e pintura à pistola. 13 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras. pé direito de aproximadamente 4.Pintura Descrição do Setor: O setor de Pintura está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. ventilação artificial através de ventiladores. Posto de Trabalho: Máquinas de Jateamento.0 metros. problemas do aparelho digestivo. dor de cabeça.

avental. bancadas com cubas para a lavagem de peças. FORMA DE AVALIAÇÃO Qualitativa VALORES ENCONTRADOS Não Mensurado FONTE GERADORA Óleo Diesel e thinner no processo de limpeza das peças. ou luvas de látex. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional/ Intermitente. As máquinas são fechadas impedindo o contato do funcionário. MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de máscara simples descartável. ventilação artificial através de ventiladores.Pintura Descrição do Setor: O setor de Pintura está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. creme protetor para as mãos. piso de cimento alisado. O ambiente possui sistema de ar comprimido usado para limpeza das peças e pintura à pistola. O pó pode provocar irritação nos olhos. Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Irritação nos olhos e nas vias aéreas superiores.13 Setor: PRODUÇÃO . ou de algodão. O setor possui cabine de pintura com cortina d’água. Névoas de Óleo Pó Qualitativa Não Mensurado Partículas sólidas em suspensão no ar provenientes de jateamento de peças com micro esfera de vidro e óxido de alumínio. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. enfisema ou fibrose pulmonar.PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.0 metros. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. ventilação e iluminação natural através de portas.o de Funcionários Expostos: 04 Cabine de Pintura e Bancadas. Causa lesão na pele conhecida como "elaioconiose". Químicos ou Biológicos) 13 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Fornecer respirador semi-facial com filtro para névoas. Ocasional/ Intermitente. Fornecer respirador semi-facial com filtro para poeiras P-2. Junto ao setor estão localizadas duas máquinas para realizar jateamento através de micro esfera de vidro e óxido de alumínio. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. pé direito de aproximadamente 4. Uso de máscara simples descartável CE 0121 55 . Posto de Trabalho: Máquinas de Jateamento.

FONTE GERADORA Partículas líquidas em suspensão derivadas de pintura à pistola. O ambiente possui sistema de ar comprimido usado para limpeza das peças e pintura à pistola.o de Funcionários Expostos: 04 Cabine de Pintura e Bancadas. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. ventilação e iluminação natural através de portas. Posto de Trabalho: Máquinas de Jateamento.13 Setor: PRODUÇÃO . As máquinas são fechadas impedindo o contato do funcionário. TIPO DE EXPOSIÇÃO Intermitente Névoas de Tintas MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Cabine de pintura com cortina d’água. piso de cimento alisado. bancadas com cubas para a lavagem de peças.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. pé direito de aproximadamente 4. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Irritação nos olhos e nas vias aéreas superiores ou outras complicações. 56 .Pintura Descrição do Setor: O setor de Pintura está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Junto ao setor estão localizadas duas máquinas para realizar jateamento através de micro esfera de vidro e óxido de alumínio. O setor possui cabine de pintura com cortina d’água. luvas de látex e avental de PVC. 13 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e orientar os funcionários quanto ao uso de EPI’s.0 metros.PPR A . Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação quantitativa de produtos químicos. Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. ventilação artificial através de ventiladores. Uso de máscara semi-facial com filtro de carvão ativado.

Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. Creme Protetor de Segurança para as mãos.3 da NR-17. bancadas com cubas para a lavagem de peças.5. Deverão ser adotados os demais EPI’s mencionados no campo “Meio de Controle Proposto” e realizar treinamentos para orientar e conscientizar os funcionários quanto ao uso adequado dos equipamentos de proteção. O ambiente possui sistema de ar comprimido usado para limpeza das peças e pintura à pistola. ou luvas de látex ou de algodão) Iluminação Deficiente Postura inadequada (muito tempo em pé). ventilação artificial através de ventiladores. Posto de Trabalho: Máquinas de Jateamento.3.3.0 metros. Calçado de proteção com biqueira Óculos de proteção OBSERVAÇÕES Lesão de Membros (uso de calçado de proteção com biqueira CA 8962. As máquinas são fechadas impedindo o contato do funcionário.5. GFIP 1 ou 5 57 .5. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.3.A 3732 5674 NA 8602 11794 1713 8962 10346 RECOMENDAÇÕES Tornar obrigatório o uso de óculos de proteção amplavisão no uso do ar comprimido e no Jateamento. O setor possui cabine de pintura com cortina d’água. Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Máscara simples descartável. Número do C.o de Funcionários Expostos: 04 Cabine de Pintura e Bancadas.Pintura Descrição do Setor: O setor de Pintura está localizado em construção de alvenaria e concreto armado.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. piso de cimento alisado. creme protetor para as mãos. Realizar exercícios de alongamento. Junto ao setor estão localizadas duas máquinas para realizar jateamento através de micro esfera de vidro e óxido de alumínio. 17. Luvas de Segurança. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. A empresa deverá diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras e fornecer protetor auricular com atenuação mínima de 13 decibéis.PPR A . ventilação e iluminação natural através de portas. Avental de Segurança em PVC.5. Horário de Trabalho: 07:30 às 17:15 horas N. 13 Validade do C. pé direito de aproximadamente 4.A 27/06/2008 05/07/2011 NA 06/03/2008 05/10/2006 04/05/2011 31/05/2009 28/10/2009 EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas.3.1. 17. óculos de proteção CA 10346.13 Setor: PRODUÇÃO .2 e 17.

PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.5 0.7 15 73.6 Atenuação SETOR / ÁREA Pintura AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 653 124 123 721 184 187 NBR-5413 0. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Jateamento Ar Comprimido Pistola de Pintura Retífica Manual Pintura Tipo De Exposição Ocasional/ Intermitente Ocasional/ Intermitente Ocasional/ Intermitente Ocasional/ Intermitente Ocasional/ Intermitente LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 93 01:00 01:00 03:00 00:40 Média para 08:00 95 90 92 Dose Tempo Medição (horas) 00:05 Dose (%) 1.1.7 08 80.37 0.75 0.13.69 TWA dB(A) 55.7 - LOCAL Cabine de Pintura Bancada Ínicio Bancada Fim Bancada de Lavagem Jateamento 01 Jateamento 02 500 300 300 300 300 300 Jateamento - - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 58 .13 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 08 85 15 78 08 87 15 80 08 82 15 75 08 84 15 77 88.

1 0.5 Xileno Benzeno 78 1(VRT) 100 0.14.05 NE 0.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS AG ENTES QUÍMICOS FONTE GERADORA AGENTE QUÍMICO LIMITES DE TOLERÂNCIA NR-15 ACGIH Anexo 11 3 (mg/m ) TWA 3 (mg/m ) 0.2.002 Chumbo 0.5 2.PPR A .007 AGENTE QUÍMICO LIMITES DE TOLERÂNCIA NR-15 (ACGIH-2003) Anexo 11 (ppm) TWA (ppm) 50 STEL (ppm) NE RESULTADOS (ppm) Vapores OrgânicosPartículas líquidas em suspensão derivadas de pintura à pistola Tolueno 78 11.5 STEL 3 (mg/m ) NE RESULTADOS (mg/m ) 3 Névoas de Tinta Partículas líquidas em suspensão derivadas de pintura à pistola FONTE GERADORA Cromo NE 0.5 150 2.7 ND 59 .

máquinas e equipamentos TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. parafusadeira. diminuição da audição.0 metros. Ruído 60 . traseiras. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. à limpeza e higienização dos protetores auriculares. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. FONTE GERADORA Ruído da produção. dor de cabeça. Auxiliar de Montagem Realizar a montagem manual de peças para freio de caminhões: tampas dianteiras. coroas. pé direito de aproximadamente 4. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. 14 RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. utiliza torquímetro. Posto de Trabalho: Bancadas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.o de Funcionários Expostos: 18 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Líder de Montagem Liderar a área de montagem e auxiliar os montadores. parafusadeira. chave da tampa dianteira. ventilação artificial através de ventiladores. Químicos ou Biológicos) CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. O setor possui bancada. torquímetro.14 Setor: PRODUÇÃO / MONTAGEM Descrição do Setor: O setor de Produção / Montagem está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. morsa e realizar regulagem de pressão. Colocar a peça na presa. sem fim com mancal.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. problemas do aparelho digestivo. aumento da pressão arterial. morsa. irritação. piso de concreto regular revestido com cerâmicas.PPR A . Montador. aparelho de regulagem de pressão. taquicardia. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes.

61 . ventilação artificial através de ventiladores. torquímetro. parafusadeira. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. morsa. O setor possui bancada. aparelho de regulagem de pressão. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional. piso de concreto regular revestido com cerâmicas. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. pé direito de aproximadamente 4.0 metros.PPR A . orientar e tornar obrigatório o uso de creme protetor hidrossolúvel. Posto de Trabalho: Bancadas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.14 Setor: PRODUÇÃO / MONTAGEM Descrição do Setor: O setor de Produção / Montagem está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Qualitativa VALORES ENCONTRADOS Não Mensurável FONTE GERADORA Graxa CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Lesões e doenças de pele. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Contato com Graxa MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de creme protetor para as mãos.o de Funcionários Expostos: 18 14 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar.

GFIP 1 ou 5 62 . EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis. Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Creme Protetor de Segurança para as mãos. pé direito de aproximadamente 4. O setor possui bancada.0 metros. A empresa deverá fornecer protetor auricular com atenuação mínima de 13 decibéis.14 Setor: PRODUÇÃO / MONTAGEM Descrição do Setor: O setor de Produção / Montagem está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. ventilação artificial através de ventiladores. Realizar pausas ou rodízios.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Treinar e conscientizar os funcionários quanto aos riscos e ao uso de EPI’s. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. Viabilizar exercícios preventivos. Posto de Trabalho: Bancadas e Equipamentos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. piso de concreto regular revestido com cerâmicas. morsa.o de Funcionários Expostos: 18 14 Validade do C. parafusadeira.A 3732 5674 8602 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. aparelho de regulagem de pressão.PPR A . torquímetro.A 27/06/2008 05/07/2011 06/03/2008 OBSERVAÇÕES Esforço Físico com o Braço (manuseio da “chave de pito”) Movimentos Repetitivos (os funcionários realizam revezamento das atividades) Lesão de Membros (uso de calçados de proteção com biqueira e óculos de proteção) RECOMENDAÇÕES Orientar os funcionários a não realizarem a atividade de forma contínua. Número do C. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes.

PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Montagem 01 Ambiente Morsa Tipo De Exposição Tempo De dB(A) Exposição (horas) 02:00 02:00 01:00 Média para 08:00 75 74 76 87 85 83 90 83.14.25 0.9 15 68.1.9 - LOCAL Bancada Início Bancada Meio Bancada Fim Regulador Parafusadeira Engraxadeira 300 300 300 300 300 300 300 300 - Bancada Prensa Ambiente LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 63 .29 TWA dB(A) 42.83 - Ocasional/ Intermitente Engraxadeira Ocasional/ Intermitente Rebitadeira Ocasional/ Intermitente Parafusadeira Ocasional/ Intermitente Engraxadeira Pico Torque LEQ(Nível Equivalente) Pico Ocasional/ Intermitente - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 69.25 0.4 08 61.4 15 54.4 08 66 15 59 08 58 15 61 08 81 15 72 08 77 15 80 08 76 15 69 08 82 15 75 08 75.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.9 Atenuação SETOR / ÁREA Montagem AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 672 522 436 610 481 584 624 516 NBR-5413 0.PPR A .33 0.9 Dose Tempo Medição (horas) 00:12 Dose (%) 0.

14. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 1181 837 444 NBR-5413 NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Bancada Início Bancada Meio Bancada Fim - 300 300 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 64 .1.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .1.14.66 0. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Produção – Montagem 02 Atenuação SETOR / ÁREA Produção – Montagem 02 AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 622 574 438 NBR-5413 Tipo De Exposição Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente Ocasional / Intermitente - Tempo De dB(A) Exposição (horas) 02:00 Média para 08:00 77 80 92 82 - Dose 0.66 - Tempo Medição (horas) - Dose (%) - TWA dB(A) - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 08 15 08 15 08 15 08 15 69 62 72 65 84 77 74 67 - LOCAL Bancada Início Bancada Meio Bancada Fim 300 300 300 - Ambiente Furadeira Prensa Pneumática LEQ(Nível Equivalente) LEGENDA: TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 65 .

taquicardia. emitir ordem de expedição. piso de concreto regular revestido com cerâmicas. dor de cabeça. 15 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Sugerimos o uso preventivo de protetor auricular tipo plugue com atenuação (NRRsf) de 13 dB. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. receber ordem de expedição de vendas. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. diminuição da audição.0 metros. estantes com material e balança.15 Setor: EXPEDIÇÃO Descrição do Setor: O setor de Expedição está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. máquinas e equipamentos CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. ventilação natural através de portas. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - OBSERVAÇÕES Movimentos repetitivos (digitação) RECOMENDAÇÕES Adotar pausas de dez minutos para cada cinqüenta minutos trabalhados. FONTE GERADORA Ruído da produção. GFIP 1 ou 5 66 .o de Funcionários Expostos: 02 07:30 às 17:30 horas Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Expedidora de Material Realizar a consulta e separação do material acabado. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho.PPR A . iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 08:00 às 18:00 N. emitir ordem de expedição e fazer contato com transportadoras para pegar o material. pé direito de aproximadamente 4. aumento da pressão arterial. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. computador. problemas do aparelho digestivo. O setor possui mesa.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. irritação.

15.1. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Expedição Pico Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 71 79 Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Expedição AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 1311 917 885 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Ambiente Mesa Teclado 300 500 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 67 .PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.

ventilação artificial por ventilador móvel. fazer a qualificação dos fornecedores no computador e operar a empilhadeira eventualmente. paredes com divisórias em eucatex e vidraça.16 Setor: RECEBIMENTO Descrição do Setor: O setor de Recebimento está localizado no interior do barracão em construção de alvenaria e concreto armado. 16 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.3.2 e 17.3. GFIP 0 ou 5 68 .5.3.1. Posto de Trabalho: Mesa e Computador Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.5. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado MEIO DE CONTROLE EXISTENTE - OBSERVAÇÕES Movimentos repetitivos ( digitação) Iluminação Deficiente RECOMENDAÇÕES Adotar pausas de dez minutos para cada cinqüenta minutos trabalhados. 17. Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho. O setor possui mesa e computador. pé direito de aproximadamente 2.3. forro em blocos de isopor.o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Recebedor de Material Receber o material da empresa.PPR A .5. arquivar ordem de compra.5.3 da NR-17. piso revestido com cerâmica. 17.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.0 metros. ventilação e iluminação natural através de porta. iluminação artificial através de luminárias com lâmpadas fluorescentes.

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A .16.1. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Recebimento Pico Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 66 78 Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Recebimento AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 334 297 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Mesa Teclado 500 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 69 .

Realizar manutenção periódica dos equipamentos. piso de concreto regular revestido com cerâmicas. diminuição da audição. embalagem de coroas. O setor possui bancada de montagem de Kit. dor de cabeça. aumento da pressão arterial. bancada parra linha de reparo.0 metros. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis.PPR A . Auxiliar de Montagem RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. pé direito de 17 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. 70 . TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional. ajustador e outras peças em pacotes plásticos. Químicos ou Biológicos) Descrição do Setor: O setor de Montagem de Kit/Embalagem está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. taquicardia. iluminação e ventilação natural por porta. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção e do setor de Montagem.17 Setor: PRODUÇÃO – Montagem de Kit / Embalagem aproximadamente 4.o de Funcionários Expostos: 04 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Montador Realizar a montagem de kits. máquina seladora. à limpeza e higienização dos protetores auriculares. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. Ruído MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído. problemas do aparelho digestivo. irritação. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Posto de Trabalho: Bancadas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.

iluminação e ventilação natural por porta. piso de concreto regular revestido com cerâmicas.A 27/06/2008 05/07/2011 OBSERVAÇÕES Lesão de Membros (uso de calçados de segurança com biqueira) Movimentos Repetitivos (os funcionários realizam revezamento das atividades) RECOMENDAÇÕES Treinar e conscientizar os funcionários quanto aos riscos e ao uso de EPI’s. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis.17 Setor: PRODUÇÃO – Montagem de Kit / Embalagem aproximadamente 4. bancada parra linha de reparo. Realizar Análise Ergonômica do Trabalho.o de Funcionários Expostos: 04 Descrição do Setor: O setor de Montagem de Kit/Embalagem está localizado em construção de alvenaria e concreto armado. pé direito de 17 Validade do C.A 3732 5674 LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. O setor possui bancada de montagem de Kit. Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Número do C.0 metros. Posto de Trabalho: Bancadas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.PPR A . GFIP 1 ou 5 71 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. Viabilizar exercícios preventivos. máquina seladora.

PPR A . PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Produção Ambiente Pico da Produção Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 69 83 Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Produção AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 369 784 518 443 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 08 15 08 15 61 52 75 68 - LOCAL Ambiente Bancada – Embalagem Kit Montagem Bancada 300 300 300 300 - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 72 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.17.1.

reparando ou substituindo peças e fazendo os ajustes. aumento da pressão arterial. lixadeira manual e furadeira. ventilação e iluminação natural através de portas. taquicardia.0 metros. MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional/ Intermitente. Tornar obrigatório o uso de creme protetor hidrossolúvel. FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS De acordo com a planilha de avaliação de ruído da Produção (Usinagem). 73 . Ocasional/ Intermitente. dor de cabeça.o de Funcionários Expostos: 03 Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Supervisor de Manutenção Executar a programação das Máquinas e supervisionar o setor. diminuição da audição. Uso de creme protetor para as mãos. FONTE GERADORA Máquinas da Produção. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. irritação. utilizando ferramentas manuais ou mecânicas e instrumentos de medição e de controle. paredes de alvenaria e concreto armado. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas.18 Setor: MANUTENÇÃO Descrição do Setor: A Manutenção é realizada em diversos ambientes da empresa. lixadeira.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. pneumática e elétrica). iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. regulagem e lubrificação convenientes. Utiliza solda elétrica. Possui uma pequena sala para a guarda dos materiais localizada em ambiente próximo à Produção. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. Químicos ou Biológicos) 18 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Tornar obrigatório o uso do protetor auricular durante as atividades realizadas na produção e no uso do ar comprimido. pé direito de aproximadamente 4. Realizar manutenção predial (hidráulica. Os equipamentos utilizados são: máquina de solda. Ruído Manuseio de Óleo e Graxa Qualitativa Não Mensurável Óleo e Graxa Lesões e doenças de pele. problemas do aparelho digestivo. Posto de Trabalho: Bancadas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. furadeira e esmeril. piso de concreto regular revestido com cerâmica.PPR A . Mecânico de Manutenção Executar a manutenção preventiva e corretiva de máquinas-ferramentas que usinam metais.

- 74 .o de Funcionários Expostos: 03 18 MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Providenciar a implantação de barreiras protetoras (biombos). intoxicação de acordo com o metal e acidentes. lesões nos olhos. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos. paredes de alvenaria e concreto armado. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes. febre de fumo.0 metros. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas. Posto de Trabalho: Bancadas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.PPR A . lixadeira. TIPO DE EXPOSIÇÃO Ocasional Radiação Não Ionizante Fumos de Solda Qualitativa Não Mensurado Solda Doença pulmonar. Possui uma pequena sala para a guarda dos materiais localizada em ambiente próximo à Produção. Os equipamentos utilizados são: máquina de solda. furadeira e esmeril. pele e nos órgãos internos. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Qualitativa VALORES ENCONTRADOS Não Mensurado FONTE GERADORA Solda CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Queimaduras. pé direito de aproximadamente 4. Fornecer e tornar obrigatório o uso de respirador semi-facial para fumos. piso de concreto regular revestido com cerâmica. Ocasional MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de máscara celeron. conjunto de raspa e calçado de proteção. ventilação e iluminação natural através de portas.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.18 Setor: MANUTENÇÃO Descrição do Setor: A Manutenção é realizada em diversos ambientes da empresa.

manuseio de solda (uso de luvas e avental de raspa. Os equipamentos utilizados são: máquina de solda. lixadeira.3 da NR-17.A 3732 5674 8602 5964 ND ND LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.5. Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Creme Protetor de Segurança para as mãos.3. furadeira e esmeril.A 27/06/2008 05/07/2011 06/03/2008 10/10/2010 ND ND OBSERVAÇÕES Choques Elétricos (manutenção elétrica Queimaduras .1.18 Setor: MANUTENÇÃO Descrição do Setor: A Manutenção é realizada em diversos ambientes da empresa. telhado de zinco com algumas telhas translúcidas.0 metros. Máscara de Solda de Segurança Conjunto de Raspa Calçado de proteção Número do C. Possui uma pequena sala para a guarda dos materiais localizada em ambiente próximo à Produção. Iluminação Deficiente RECOMENDAÇÕES Fornecer luvas de eletricista Tornar obrigatório o uso dos EPI.3. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis. ventilação e iluminação natural através de portas.o de Funcionários Expostos: 03 18 Validade do C.5. 17. piso de concreto regular revestido com cerâmica.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.3. paredes de alvenaria e concreto armado. pé direito de aproximadamente 4. 17.2 e 17. GFIP 1 ou 5 75 .3.5.5. Posto de Trabalho: Bancadas Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.’s Adequar a iluminação de acordo com os itens 17. iluminação artificial através de luminárias rebaixadas com lâmpadas fluorescentes.PPR A .

18. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Manutenção Sala 01 Supervisão Sala 02 Manutenção Tipo De Exposição Pico Pico LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 76 68 68 Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA Manutenção AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA 428 357 288 213 485 371 NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL Ambiente Bancada 300 300 500 300 500 300 - Sala 01 Mesa Ambiente Sala 02 Mesa Ambiente TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 76 .1.PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.

19 Setor: TRANSPORTE Descrição do Setor: O setor de Transporte engloba os trabalhadores que utilizam veículo para o transporte de mercadorias. Posto de Trabalho: Veículo Furgão Função Motorista Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.PPR A . Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO - VALORES ENCONTRADOS - FONTE GERADORA - CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS - TIPO DE EXPOSIÇÃO - Não Detectado OBSERVAÇÕES Propensão à Acidentes de Trânsito RECOMENDAÇÕES Realizar reciclagem do curso de Direção Defensiva.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. 19 MEIO DE CONTROLE EXISTENTE MEIO DE CONTROLE PROPOSTO - RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Dirigir veículo da empresa para transportar mercadorias. GFIP 0 ou 5 77 .

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.PPR A . PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Transporte Fiorino Acelerado Tipo De Exposição LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) 60 71 Dose Tempo Medição (horas) Dose (%) TWA dB(A) Atenuação SETOR / ÁREA AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) - LOCAL TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 78 .1.19.

Produtos diversos de limpeza comum. Químicos ou Biológicos) FORMA DE AVALIAÇÃO Quantitativa VALORES ENCONTRADOS Diversos. Ocasional Produtos Químicos de Limpeza sem Limite de Tolerância na NR15 e ACGIH Qualitativa Não Mensurado. à limpeza e higienização dos protetores auriculares. diminuição da audição. Ocasional 79 . limpeza da fábrica e banheiros. Doenças de pele. taquicardia. Uso de protetor auricular tipo inserção CA 5674 com atenuação (NRRsf) de 15 decibéis. CONSEQÜÊNCIAS POSSÍVEIS Cansaço. alergias. MEIO DE CONTROLE PROPOSTO Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso.o de Funcionários Expostos: 01 Descrição da Função de Acordo com : ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Executar trabalho rotineiro de limpeza em geral. TIPO DE EXPOSIÇÃO Intermitente Ruído Umidade Qualitativa Não Mensurável Lavagem de pisos e banheiros. FONTE GERADORA Ruído proveniente da produção. 20 MEIO DE CONTROLE EXISTENTE Uso de Protetor Auricular tipo plugue CA 3732 com atenuação (NRRsf) de 08 decibéis. aumento da pressão arterial. Posto de Trabalho: Diversos Função Auxiliar de Serviços Gerais Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N. de acordo com os índices dos outros setores. Uso de luvas de látex e calçado de segurança com biqueira.20 Setor: LIMPEZA DA PRODUÇÃO Descrição do Setor: A Limpeza é realizada em todos os setores de produção da empresa.PPR A . problemas do aparelho digestivo. irritação. Uso de luvas de látex e calçado de segurança com biqueira. Doenças ocupacionais. RISCOS OCUPACIONAIS IDENTIFICADOS (Físicos.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2. dor de cabeça. Treinar e conscientizar os funcionários quanto ao uso de EPI’s. Treinar e conscientizar os funcionários quanto ao uso de EPI’s.

GFIP 1 ou 5 80 .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.A LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – PARECER TÉCNICO SOBRE APOSENTADORIA ESPECIAL CONCLUSÃO De acordo com a avaliação realizada não foram detectados riscos em condições de enquadrar as atividades para concessão à Aposentadoria Especial.PPR A .20 Setor: LIMPEZA DA PRODUÇÃO Descrição do Setor: A Limpeza é realizada em todos os setores de produção da empresa. Posto de Trabalho: Diversos Horário de Trabalho: 07:30 às 17:30 horas N.o de Funcionários Expostos: 01 20 Validade do C. Protetor Auricular tipo inserção com atenuação NRRsf de 15 decibéis Luvas de látex Calçado de Segurança com biqueira Número do C.A 27/06/2008 05/07/2011 ND ND 3732 5674 ND ND EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS Descrição do EPI Protetor Auricular tipo plugue com atenuação NRRsf de 8 decibéis.

1.57 TWA dB(A) 47.5 08 67.5 - LOCAL - TWA: Nível Médio Ponderado(projetado) para 8 horas de trabalho NEQ: Nível Equivalente de Ruído para 8 horas de trabalho NRRsf: Nível de Redução do Ruído NPSc: Nível de Pressão Sonora com protetor 81 .7 Atenuação SETOR / ÁREA AVALIAÇÃO DE ILUMINAÇÃO MEDIDO EXIGIDO (lux) DIA NBR-5413 - NEQ NRRsf NPSc dB(A) dB(A) dB(A) (8 hs) 75. PLANILHA DE AV ALIAÇÃO DOS ÍNDICES DE RUÍDO E ILUMINAÇÃO AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (RUÍDO) Exposição Decibelímetro Dosímetro SETOR / ÁREA Limpeza da Produção Tipo De Exposição Ocasional/ Intermitente LEGENDA: Tempo De dB(A) Exposição (horas) Média para 08:00 Dose Tempo Medição (horas) 00:10 Dose (%) 0.PPR A .5 15 60.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.20.

Posto de Trabalho: Diversos Função Servente (Terceirizada) Horário de Trabalho: 6:45 às 15:45 horas N. PCMSO do setor e cópias das fichas de controle de EPI’s. 82 .21 Setor: LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO Descrição do Setor: A Limpeza é realizada em todos os setores de produção da empresa. tais como: cópias do PPRA.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.o de Funcionários Expostos: 01(terceirizado) Descrição da Função de Acordo com : ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Limpeza na área Administrativa e Portaria. 21 OBSERVAÇÕES A empresa LISECKI INDÚSTRIA DE PEÇAS METALMECÂNICA LTDA-ME deverá solicitar à empresa Launder Prestadora de Serviços que apresente as documentações necessárias para o cumprimento das Normas Regulamentadoras – NR’s.PPR A .

O setor possui mesa. Posto de Trabalho: Guarita Horário de Trabalho: 06:15 às 14:15 horas N. visitantes e fornecedores e preenchimento de planilhas. pé direito de aproximadamente 3. iluminação artificial através de luminárias fixadas no teto com lâmpadas fluorescentes.PPR A . cadeira e telefone. 22 OBSERVAÇÕES A empresa LISECKI INDÚSTRIA DE PEÇAS METALMECÂNICA LTDA-ME deverá solicitar à empresa Launder Prestadora de Serviços que apresente as documentações necessárias para o cumprimento das Normas Regulamentadoras – NR’s. piso de concreto regular revestido com cerâmica.0 metros.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 2.o de Funcionários Expostos: 03 (terceirizado) 14:10 às 20:15 horas 22:15 às 06:15 horas Descrição da Função de Acordo com : Função ( ) Classificação Brasileira de Ocupações ( X ) Descrição Fornecida pela Empresa Porteiro Realizar atendimento aos clientes. teto com forro de madeira. 83 . ventilação e iluminação natural através de portas e janelas grandes.22 Setor: PORTARIA Descrição do Setor: A Portaria está localizada em guarita de alvenaria e concreto armado. tais como: cópias do PPRA e PCMSO do setor.

NHO-06. Anexo à tabulação apresentamos os valores médios.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 3. mínimos exigidos.75m (setenta e cinco centímetros) do piso.Avaliação dos Níveis de Temperatura A metodologia empregada foi baseada na NR-15.3. modelo DOS-450.2.PPR A .O equipamento utilizado foi: a) Medidor de leitura instantânea. O nível de pressão sonora equivalente (Neq). na Norma de Higiene Ocupacional – NHO 01 – Avaliação da Exposição Ocupacional ao Ruído. 84 . Decibelímetro Digital. Metodologia 3. de acordo com a metodologia e os procedimentos de avaliação estabelecidos pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho – FUNDACENTRO. que mensura o IBUTG (Índice de Bulbo Úmido e Termômetro de Globo). e circuito de resposta lenta “slow”.As medições foram realizadas à altura do ouvido dos trabalhadores. em plano horizontal. com Nível de Critério (Lc) de 85 dB e Limiar de integração (Lt) de 80 dB. constantes da NBR-5413 da ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas). para período de 8 horas de trabalho calculado de acordo com as instruções do dosímetro. A avaliação foi realizada utilizando-se da árvore de Bender. 3. marca ICEL MANAUS – DL 4050 operando no circuito de ponderação “A” e circuito de resposta lenta “slow”. Anexo nº 3 e Norma de Higiene Ocupacional da Fundacentro.1 .Avaliação dos Níveis de Ruído . operando em circuito de compensação “A”. 3. b) Dosímetro Digital. O equipamento utilizado foi um Luxímetro Digital marca ICEL – LD 500. com incidência de luz natural e artificial.Avaliação dos Níveis de Iluminâncias As medições dos níveis de iluminâncias foram realizadas a uma altura de 0. . será o mesmo que Level Average (Lavg) utilizando os seguintes parâmetros: Limite de 85 dB(A) e fator duplicativo de dose (q = 3).

marca MSA.As concentrações de agentes químicos constantes deste Laudo foram baseadas No relatório de Avaliação da Exposição Ocupacional aos Agentes Químicos realizado pelo SENAI CIC/CETSAM. Calibrador digital. HT-3003.Avaliação de Agentes Químicos . OVM 3500. 85 . modelo OPTIFLOW. mod.4. marca MAS. Os equipamentos utilizados foram: Bomba de sucção. através do Laboratório de Higiene Industrial e Riscos Tecnológicos (LHIRT). modelo Escort ELF.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 3. Termohigrômetro Marca Lutron. Filtro monitor passivo.PPR A .

laudos técnicos de avaliações quantitativas dos agentes ambientais. quando existente na empresa.2. o documento-base e suas alterações deverão ser apresentados e discutidos na CIPA. registros de treinamentos entre outros..2. Registro e Divulgação dos Dados Consideramos registro de dados dos Riscos existentes.2.1 da NR-9.2 da NR-9. De acordo com o item 9. O documento-base e suas alterações deverão estar disponíveis de modo a proporcionar o imediato acesso às autoridades competentes. conforme o item 9. sendo sua cópia anexada ao livro de atas desta Comissão.8. Os dados deverão ser mantidos por um período mínimo de 20 anos. de acordo com a NR-5.2.3.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 4.2 da NR-9. conforme determina o item 9. as avaliações contidas neste documento denominado Programa de Prevenção de Riscos Ambientais .PPRA.PPR A . 86 .

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 5. 87 .PPR A . Implantação de Medidas de Controle e Avaliação de sua Eficácia A implantação de medidas de controle dos Riscos Ambientais detectados na Avaliação de Riscos será implementada pela empresa através do Cronograma de Ações para o Desenvolvimento de Etapas e Acompanhamento das Medidas de Controle.

Planejamento Anual de Prevenção dos Riscos Ambientais .PPRA Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 7.

Ministrar treinamento para os componentes da Cipa. Compor a Comissão Eleitoral e comunicar o sindicato da categoria. Calendário anual das reuniões ordinárias e protocolar no MTE. Elaborar Atas de Eleição. 2 Geral empresa 3 89 .PPR A . nas planilhas de Procedimento Médico constantes do PCMSO. Lançar o Edital de Inscrição de candidatos. conforme definido pelo Médico Coordenador. Geral empresa 1 Agendar e encaminhar os funcionários para a realização dos exames. Realizar a Eleição da Cipa dando apoio à Comissão Eleitoral. riscos e periodicidade. antes da data de vencimento.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE ETAPAS E ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS DE CONTROLE Ago2007 Nov2007 Dez2007 Mar2008 Jun2007 Abr2008 Fev2008 Jan2008 Out2007 Mai2008 Set2007 Jul2007 Concluído em : METAS SETORES PROVIDÊNCIAS RESPONSÁVEL Controle dos exames médicos de acordo com a função. Dar posse a nova Cipa. Instalação e Posse. Geral empresa Dar início ao processo eleitoral da CIPA. Realizar treinamentos e orientar os funcionários quanto à prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. Treinamento dos funcionários quanto aos assuntos de Segurança e Medicina do Trabalho. atividade.

Geral empresa Ruído 5 Digitar. Montagem. imprimir e montar novo relatório com base nas reavaliações do PPRA 6 Sala da Produção. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. Almoxarifado. imprimir e montar novo relatório.PPR A . Controle de Qualidade. 4 Elaborar o Monitoramento Anual do PCMSO. Ferramentaria. Treinar e conscientizar os funcionários quanto à obrigatoriedade do uso. 90 . Digitar. Segurança do Trabalho. à limpeza e higienização dos protetores auriculares.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE ETAPAS E ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS DE CONTROLE Ago2007 Nov2007 Dez2007 Mar2008 Jun2007 Abr2008 Jan2008 Fev2008 Out2007 Mai2008 Set2007 Jul2007 Concluído em : METAS SETORES PROVIDÊNCIAS RESPONSÁVEL Elaborar o Monitoramento Anual do PPRA Geral empresa Fazer a reavaliação dos agentes. Estampagem.

Célula de Fundidos. Realizar manutenção periódica dos equipamentos. 91 . Providenciar local adequado com sistema de exaustão local. Pintura.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE ETAPAS E ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS DE CONTROLE Ago2007 Nov2007 Dez2007 Mar2008 Jun2007 Abr2008 Jan2008 Fev2008 Out2007 Mai2008 Set2007 Jul2007 Concluído em : METAS SETORES PROVIDÊNCIAS RESPONSÁVEL Contato com óleo de corte Ferramentaria 7 Ruído Treinar e orientar os funcionários quanto ao uso de EPI’s. Célula de Fundidos. Estamparia. Célula de Fundidos. Treinar e orientar os funcionários quanto ao uso de EPI’s.PPR A . 8 Calor Névoas de óleo e Corte 9 10 Célula de Aço. Diminuir o ruído do ar comprimido instalando silenciadores nos bicos das mangueiras.

92 . orientar e tornar obrigatório o uso de creme protetor hidrossolúvel.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE ETAPAS E ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS DE CONTROLE Ago2007 Nov2007 Dez2007 Mar2008 Jun2007 Abr2008 Jan2008 Fev2008 Out2007 Mai2008 Set2007 Jul2007 Concluído em : METAS SETORES PROVIDÊNCIAS RESPONSÁVEL Névoas de Tinta Pintura 11 Névoas de óleo Pintura Treinar e orientar os funcionários quanto ao uso de EPI’s.PPR A . 14 Treinar. 13 Contato com graxa Montagem Fornecer respirador semi-facial com filtro para poeiras P-2. 12 Pó Pintura Fornecer respirador semi-facial com filtro para névoas.

16 Manuseio de Óleo e Graxa Manutenção Fornecer e tornar obrigatório o uso de respirador semi-facial para fumos.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE ETAPAS E ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS DE CONTROLE Ago2007 Nov2007 Dez2007 Mar2008 Jun2007 Abr2008 Jan2008 Fev2008 Out2007 Mai2008 Set2007 Jul2007 Concluído em : METAS SETORES PROVIDÊNCIAS RESPONSÁVEL Radiação Não Ionizante Manutenção 15 Fumos de solda Manutenção Providenciar a implantação de barreiras protetoras (biombos). 18 Tornar obrigatório o uso do protetor auricular durante as atividades realizadas na produção e no uso do ar comprimido. 17 Ruído Manutenção Tornar obrigatório o uso de creme protetor hidrossolúvel. 93 .PPR A .

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 7. 94 .PPR A . Monitoramento da Exposição aos Riscos O monitoramento dos riscos a que estão expostos os funcionários será realizado com a confrontação de dados do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 8. dependendo do agente. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 20 anos de serviço). informar os códigos abaixo: 5. Para os trabalhadores com apenas um vínculo empregatício. conforme o caso: 1. 95 . físicos ou biológicos ou a exposição à associação desses agentes.048. 8. Não exposição a agente nocivo. de maneira habitual e permanente. 3. Para os trabalhadores com mais de um vínculo empregatício. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 20 anos de serviço). Aposentadoria Especial São consideradas condições especiais que prejudicam a saúde ou a integridade física. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 15 anos de serviço). 2. de 6 de maio de 1999. Nos setores onde houver necessidade de realizar avaliações específicas e na finalização deste relatório não tiverem sido concluídas irão constar (ND – Não Detectado) no campo “GFIP”. 7. 4. a exposição a agentes nocivos químicos. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 25 anos de serviço).1 Códigos de Ocorrência da GFIP Tem como objetivo identificar a exposição ou não do trabalhador a agentes nocivos. 8. conforme o Anexo IV do Regulamento de Benefícios da Previdência Social. Para trabalhadores sem exposição a agente nocivo deverá constar o número 0. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 15 anos de serviço). aprovado pelo Decreto nº 3. levando-se em conta o número de vínculos empregatícios. Exposição a agente nocivo (aposentadoria especial aos 25 anos de serviço). torne a simples exposição em condição especial prejudicial à saúde. serão informados os códigos abaixo.PPR A . Esteve e deixou de estar exposto a agente nocivo. em concentração ou intensidade e tempo de exposição que ultrapasse os limites de tolerância ou que. 6.

O PPRA é parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da empresa. Tendo também por objetivo avaliar as atividades desenvolvidas pelos empregados no exercício de todas as suas funções e ou atividades. Considerações Finais O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais tem como objetivo a preservação da saúde e a integridade física dos trabalhadores. e realizadas através de inspeção nos locais de trabalho do empregado considerando os dados constantes nos diversos documentos apresentados pela empresa. determinando se os mesmos estiveram expostos a agentes nocivos. em conformidade com os parâmetros estabelecidos na legislação previdenciária vigente. levando-se sempre em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais. avaliação e conseqüentemente o controle da ocorrência dos riscos ambientais existentes ou que venham a existir nos locais de trabalho.PPR A . 96 . no campo da preservação da saúde e da integridade física dos trabalhadores. A caracterização da exposição deve ser realizada em conformidade com os parâmetros estabelecidos na legislação trabalhista e previdenciária vigentes. estando articulado com o disposto nas demais Normas Regulamentadoras e Legislações Previdenciárias.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais 9. reconhecimento. com potencialidade de causar prejuízo à saúde ou a sua integridade física. através do desenvolvimento das etapas de antecipação.

’s. tornando seu uso obrigatório nos locais e funções que o necessitem. 97 .’s) entregue aos funcionários.I.P. cuja cópia deverá ser fixada junto ao equipamento ou máquina a ser operada e quanto aos Riscos Ambientais a que estão expostos.PPR A .P. detectados e contidos nesta avaliação.I. .Orientar e treinar os funcionários para o desempenho de suas funções através de ordens de segurança.’s a qual deve constar o nome. principalmente para os cargos de chefia. .Seguir as orientações contidas nos quadros “MEIOS DE CONTROLE EXISTENTE” e “MEIOS DE CONTROLE PROPOSTO” das Planilhas de Avaliação Setorial. estes deverão obrigatoriamente possuir C. bem como ao adequado uso do E. .P.P.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais Sugerimos que a Empresa observe as seguintes medidas visando a melhoria da qualidade dos ambientes de trabalho: . número de matrícula do funcionário e o tipo de E.I. .Certificado de Aprovação devendo a empresa criar a Ficha de Entrega de E. entregue.Realizar treinamento de conscientização em Segurança do Trabalho para todos os funcionários.A.I. a data do recebimento e assinatura do funcionário.Quanto aos Equipamentos de Proteção Individual (E.

ou seja. 98 . ficando sob inteira responsabilidade da Empresa a implantação.º 25 de 29/12/1994 do MTE. restringe-se exclusivamente as avaliações e recomendações realizadas pelos profissionais que as realizaram.MPS e do Instituto Nacional do Seguro Social . A utilização deste documento denominado Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) da empresa “EMPRESA MODELO LTDA.”. da Portaria n.º 9.PPR A . implementação e acompanhamento das medidas de correção nos ambientes de trabalho.INSS. restringe-se tão somente à finalidade a que se destina. . através da Premium Saúde Ocupacional.A responsabilidade técnica do presente PPRA.A Empresa deverá procurar adequar-se as Normas Regulamentadoras (NR’s) aprovadas pela Portaria 3214/78 do Ministério do Trabalho.Programa de Prevenção de Riscos Ambientais . o atendimento ao que prescreve a NR-9 – Norma Regulamentadora n. e Instruções Normativas do Ministério da Previdência Social .

MTE . __ de ________de 2010.º PR/000000.PPR A .Programa de Prevenção de Riscos Ambientais De igual forma fica vedada a atuação do Engenheiro de Segurança do Trabalho como Perito Assistente em qualquer tipo de relação seja Trabalhista. Curitiba. ______________________ Nome Técnico de Segurança do Trabalho Responsável pelo Levantamento MTE – N.000 99 . empresa contratada. O presente documento restringe-se a responsabilidade da Premium Saúde Ocupacional.º 00000-D/UF Registro na SSMT . Judicial ou Criminal sem nossa prévia autorização por escrito e com firma reconhecida em cartório.N. única e exclusivamente ao conteúdo deste.0 ______________________ Nome Engenheiro de Segurança do Trabalho Responsável Técnico CREA N.o 00.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful