Você está na página 1de 2

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

Gabinete do Deputado Iolando - Gab 21

PROJETO DE LEI Nº , DE 2021


(Autoria: Deputado Iolando - Gab 21)
Proíbe o uso de “linguagem neutra”
ou “linguagem não-binária” nas
instituições especificadas.

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta:

Art.1° Fica proibido o uso de “linguagem neutra” ou “linguagem não-binária” nas


prescrições indutoras das políticas educacionais e curriculares, bem como nos materiais
didáticos utilizados nas instituições de ensino públicas e privadas.

Parágrafo Único. A proibição de que trata o caput se estende aos editais e exames de
processos seletivos públicos.

Art.2° Para efeitos desta Lei, entende-se por “linguagem neutra ou não-binária”
qualquer expressão referente a gênero que não observe a norma culta da Língua Portuguesa.

Art. 3° O descumprimento do dispositivo nesta Lei importará multa de R$ 5.000,00


(cinco mil reais) à instituição infratora, que será revertida à Secretaria de Educação do Distrito
Federal.

Art. 4° Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação.

Art. 5° Revogam-se as disposições em contrário.

JUSTIFICAÇÃO

O presente projeto de lei busca coibir o uso de linguagem neutra nas prescrições
indutoras das políticas educacionais e curriculares, bem como nos materiais didáticos
utilizados nas instituições de ensino públicas e privadas do Distrito Federal. A regra estende-
se também aos editais e exames de processos seletivos públicos.

Para efeito desta proibição, entende-se por linguagem neutra qualquer expressão a
gênero que não observe a norma culta da língua portuguesa. Em resumo, de modo geral, a
linguagem neutra consiste em não determinar gênero masculino ou feminino para incluir
pessoas não-binárias (aquelas que não se identificam como homens ou mulheres).

PL 2303/2021 - Projeto de Lei 2303/2021 - GAB DEP IOLANDO - (15723) pg.1


A adoção de uma linguagem neutra a ser ensinada a crianças é o princípio de uma
tragédia histérica: a ideologia de gênero sendo propagada em escolas. A linguagem neutra,
além de ser um português ensinado errado, suprime as diferenças entre homens e mulheres,
impõe uma assepsia de gênero que destrói o princípio de separação entre meninos e
meninas.
Anular as diferenças de pronomes de tratamento em nome de uma eventual disforia
de gênero de uma pequena minoria de pessoas que se sintam desconfortáveis dentro do seu
próprio sexo para criar uma linguagem e um comportamento não binário, é uma ignorância
calculada dentro do escopo de uma guerra cultural, isso significa perverter e confundir algo
natural e ensinar isto a crianças é um crime monstruoso.

Um princípio linguístico, a supressão de pronomes masculino e feminino, é o começo


da ação da destruição de uma percepção natural, biológica dos sexos, pois começa a mudar
a percepção da realidade através da linguagem. Se uma palavra é proibida, impede-se o
pensamento e a conceituação que aquela palavra enseja. Se um pronome de tratamento é
proibido, as diferenças biológicas naturais entre homem e mulher começa a ser suprimida
pelo ensino foçado da ideologia de gênero. A ideologia de gênero suprime as diferenças,
estas é o que tornam ricas as experiências humanas culturalmente, socialmente,
humanamente reunidos. Pelas diferenças, numa pela subtração imposta e autoritária das
diferenças. Pelas diferenças, nunca pela subtração imposta e autoritária das diferenças.

O objetivo desta proposição é o de valorizar a aprendizagem da norma da língua


portuguesa, evitando a imposição, no ambiente escolar, de expressões que reflitam diferentes
preferências e comportamentos sexuais.

Em vista do exposto, peço apoio para que o presente projeto de lei seja aprovado.

Sala das Sessões,

IOLANDO
Deputado Distrital
Praça Municipal, Quadra 2, Lote 5, 4º Andar, Gab 21 - CEP: 70094902 - Brasília - DF - Tel.: (61)3348-8212
www.cl.df.gov.br - dep.iolando@cl.df.gov.br

Documento assinado eletronicamente por IOLANDO ALMEIDA DE SOUZA - Matr. Nº 00149,


Deputado(a) Distrital, em 20/09/2021, às 16:31:33 , conforme Ato do Vice-Presidente e da
Terceira Secretária nº 02, de 2020, publicado no Diário da Câmara Legislativa do Distrito Federal
nº 284, de 27 de novembo de 2020.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site


https://ple.cl.df.gov.br/#/autenticidade
Código Verificador: 15723 , Código CRC: 0ceee9d5

PL 2303/2021 - Projeto de Lei 2303/2021 - GAB DEP IOLANDO - (15723) pg.2