Você está na página 1de 3

PROCESSO PREPARO DE CANA O processo do preparo da cana, começa com o descarregamento da cana contida no caminhão, o operador do Hillo libera

a entrada do caminhão, pelo acionamento de um sinaleiro, o operador aciona o sinal verde para que o motorista possa avançar e alinhar o caminhão com a mesa alimentadora, quando o caminhão se encontrar alinhado com a mesa, o operador do Hillo aciona o sinal vermelho, avisando ao motorista que o alinhamento foi feito corretamente, então é feito o encaixe dos ganchos com as correntes do caminhão, esse encaixe pode ser feito em cinco ou seis pontos existentes na carroceria do caminhão, variando conforme a carroceria, então é feito a suspenção da carga até que haja um derrame total da cana na mesa alimentadora, após o derramamento total da cana, o operador abaixa a carroceria do caminhão, outro operador desengata a carroceria do caminhão, então o sinal verde é acionado para que o motorista possa avançar e possa ser feito outro alinhamentocom reboque e a mesa alimentadora, repete-se o processo de derramamento da cana na mesa alimentadora, e após o derrame da carga o motorista recebe o sinal verde para que possa avançar e que outro caminhão possa alinhar com a mesa. A usina possui dois Hillos, pois este equipamento é considerado crítico, pois sem o funcionamento deste é impossível dar continuidade ao processo, o outroHillo sempre fica emstandbay, no caso de uma emergência ele sempre estará apto a dar continuidade ao processo. O Hillo é constituído por quatro cabos de aços, dois responsáveis pela suspenção e abaixamento de cargas, e dois responsáveis pelo avanço e recuo do balanção. É acionado por um motor elétrico, que pode atuar no sentido horário ou anti-horário, possui sistema de freio acionado por motor elétrico. Sua manutenção é feita geralmente a cada dois meses, mas a cada troca de turno é verificado o estado dos cabos de aços, se for constatado qualquer irregularidade nos cabos ou pontos de encaixe, o processo de descarregamento de cana é transferido para o Hillo reserva até que se faça a manutenção adequada no Hillo que parou, é necessário verificar regularmente a lubrificação dos cabos, que é feita por graxa. Mesa alimentadora A mesa alimentadora tem a função de receber a cana para alimentar o processo, a unidade possui duas mesas alimentadoras, pois elas são consideradas equipamentos críticos sem seu funcionamento a usina para,a usina mantém o funcionamento de apenas uma mesa,porém a outra sempre deve se manter carregada, para que em uma eventual parada não falte abastecimento de cana no processo. A mesa alimentadora não possui rotação fixa ela pode variar conforme a demanda de fibra necessária para o processo, se tiver mais fibra do que o difusor consiga extrair o caldo, é necessário reduzir a velocidade da mesa, e se tiver pouca fibra no difusor, é necessário aumentar a velocidade da mesa, para que chegue mais fibra para o difusor, a mesa é composta por 8 esteiras de taliscas, essas esteiras direcionam a cana para o esteirão.

Esteira separadora de palha cushcush

Acionamento: Seu acionamento é feito por uma turbina que converte energia térmica em energia mecânica. Picador2 Tem a função de fazer uma segunda picagem da cana.0 kgf/cm². o sistema de desfibrilação é constituído por 174 martelos que martelam a cana já picada em vários sentidos. caso a pressão seja inferior a isso deve ser feita uma manobra de substituição de filtro.0 kgf/cm². A esteira é composta de 25 taliscas. assim desfibrilando a cana. a cana e levada pela esteira separadora de palha e devolvida ao esteirão que dará continuidade ao processo. a rotação das facas varia entre 4000 a 6500 rpm. Acionamento: Seu acionamento é feito por uma turbina que converte energia térmica em energia mecânica. caso a pressão seja inferior a isso deve ser feita uma manobra de substituição de filtro. dependendo da demanda de fibra necessária no difusor. é composto por 93 facas. passando o fluxo de óleo para o filtro reserva. Desfibrador Tema função de desfibrilar a cana que vem dos picadores.Tem a função de separar a cana da palha que cai da mesa alimentadora. e a pressão mínima 8. A unidade possui uma esteira separadora de palha para cada mesa alimentadora. para o funcionamento perfeito da turbina o óleo deve ter uma temperatura variando entre 38 a 45°C. passando o fluxo de óleo para o filtro reserva. para o funcionamento perfeito da turbina o óleo deve ter uma temperatura variando entre 38 a 45°C. é controlada pelo operador de COI. a rotação do martelo varia entre 4000 a 6500 rpm. .0 kgf/cm². Acionamento: Seu acionamento é feito por uma turbina que converte energia térmica em energia mecânica. a rotação das facas varia entre 4000 a 6500 rpm. passando o fluxo de óleo para o filtro reserva. Picador1 Tem a função de picar a cana. caso a pressão seja inferior a isso deve ser feita uma manobra de substituição de filtro. é composto por 68 facas. Sua rotação é variável. e a pressão mínima 8. Esteirão Metálico O Esteirão é uma esteira metálica que tem a função de levar a cana para os picadores. e a pressão mínima 8. para o funcionamento perfeito da turbina o óleo deve ter uma temperatura variando entre 38 a 45°C.

PLANOS DE LUBRIFICAÇÃO Lubrificação Diária Tombador de cana ( Hilo ): .