Você está na página 1de 13

Bem Aventuranças

• “Bem-aventurados os humildes de
espírito, porque deles é o reino dos céus”
- Mt 5.3
• . Explicação
• Humildade é difícil de definir ou explicar. Poucas virtudes cristãs são
tão mal compreendidas como a humildade. Temos a tendência de
comparar a humildade com timidez, personalidade ou expressão. Uma
pessoa que se anula pode querer se considerar humilde, quando na
realidade pode estar demonstrando uma forma sutil de orgulho: está
pensando só em si.
• Definição de Webster (dicionário): “Modesto, que não se impõe”. Uma
pessoa dinâmica, sadiamente agressiva como Paulo, era também
humilde. A uma pessoa pode faltar dinamismo por lhe faltar humildade.
• Outra definição de Webster: “posição sem destaque “. Uma posição
social ou hierárquica baixa, necessariamente não tem nada que ver
com humildade. Uma pessoa de elevada posição social pode
humildemente usar sua posição para servir outros.
. Explicação

Humildade é difícil de definir ou explicar. Poucas virtudes cristãs são tão mal
compreendidas como a humildade. Temos a tendência de comparar a humildade
com timidez, personalidade ou expressão. Uma pessoa que se anula pode querer
se considerar humilde, quando na realidade pode estar demonstrando uma forma
sutil de orgulho: está pensando só em si.

Definição de Webster (dicionário): “Modesto, que não se impõe”. Uma pessoa


dinâmica, sadiamente agressiva como Paulo, era também humilde. A uma pessoa
pode faltar dinamismo por lhe faltar humildade.

Outra definição de Webster: “posição sem destaque “. Uma posição social ou


hierárquica baixa, necessariamente não tem nada que ver com humildade. Uma
pessoa de elevada posição social pode humildemente usar sua posição para servir
outros.
Termos gregos: “penês” e “ptochos”
Podemos compreender um pouco melhor o que é humildade se
analisarmos as palavras gregas que descrevem o que é “humilde ou
pobre de espírito”.
“penês” = termo usado para descrever uma pessoa pobre, mas que
tem o suficiente para as necessidades básicas de sobrevivência.

“ptochos”= termo usado para descrever uma pessoa pobre, mas


que não tem absolutamente nada, completamente desprovido de
tudo, sem influência, sem prestígio e explorada pelos ricos.
A importância da humildade :
1. Humildade e mansidão são as duas virtudes
básicas do caráter de Cristo - Mt 11.28-30.
2. Assim como o amor está ligado a cada um dos frutos do
Espírito (Gl 5.22,23), da mesma forma cada traço do caráter de
Cristo começa com humildade.
3. Toda bênção espiritual começa com humildade:
• Para nascer de novo preciso me humilhar - Mt 18.3,4.
• Para vencer o diabo preciso primeiro me humilhar diante de
Deus - Tg 4.7-10
• Todo jejum proveitoso deve começar com humildade -
Esdras 8.21; Is 58.4
• O próprio Jesus foi declarado SENHOR porque se humilhou - Fp
2.5-11.
2) Exemplos de Cristo:
a) Fp 2.5-9 - Jesus deu o maior exemplo de
humildade.
b) João 17 - Na oração sacerdotal de Cristo:

• Fez tudo em obediência ao Pai;

• Deu toda glória ao Pai.


3) Exemplos de fieis :
a) Centurião de Cafarnaum (Lc 7.1-10).
b) João Batista (Jo 1.19-28).
4) Atitudes positivas em quem é humilde:
a) A pessoa humilde vive sempre consciente e agradecida de quem ela hoje é
em Cristo diante de Deus - alguém que por si só nada tinha e nada era; agora
em Cristo tudo é e tudo pode - Ef 1.3; Fp 4.13.
b) Rende graças a Deus quando leva a cabo uma obra.
c) Presta honras a quem o merece.
d) Para a pessoa humilde a reputação de Cristo é mais importante do que a
dela.
e) A pessoa humilde encara seus defeitos físicos como provas de ser
propriedade peculiar de Deus - Sl 139.14.
5) Atitudes negativas em que não é humilde:
a) Não assume seus erros. Vive culpando os outros.
b) Tem grande dificuldade para dizer: “Estou errado; me perdoa”.
c) Interrompe o outro enquanto o outro está expressando sua opinião,
para dar a dele que julga ser sempre a melhor. Os planos e idéias dele
são sempre melhores do que as dos outros.
d) Tem inveja dos outros que estão recebendo louvores.
e) Guarda ressentimentos contra Deus por suas deficiências físicas.
f) Vive sempre à espera de elogios e aplausos; e quando os recebe,
encabula.
g) Espera que os outros o cumprimentem primeiro.
h) Tem espírito crítico: Pv 13.10; Pv 29.23.
i) Sente alienação diante de Deus - Salmo 19.13:
j) Julga-se mais espiritual do que os outros e por isso com mais “cartaz”
diante de Deus pelo simples fato de evitar certas comidas, não cortar cabelo,
ou não ter certos vícios.
6) Auto exame :
Quantas vezes já disse: “Por favor, me perdoa; eu estava errado”?
a) Estou contente com os dons que Deus me deu?
b) Meus íntimos me consideram humilde?
c) Aceito tarefas que são difíceis porque desejo aprender a confiar em Deus,
ou recuo logo por me julgar incapaz de realizá-la?
d) Desejo o sucesso para todos os meus irmãos, mesmo que recebam mais
louvor do que eu?
7) Bênçãos na vida de quem é humilde:
1. Passo básico para receber a Cristo como Salvador, bem como
para continuar obedecendo a Cristo sempre.
2. Felicidade, descanso e paz. Por ser humilde, Deus o exaltará
aprovando sua vida.
3. Terá atitudes maduras na compreensão de si mesmo do ponto
de vista de Deus.
4. Será cada vez mais forte em seu íntimo o único propósito que
Deus estabeleceu para o homem: glorificar a Deus por sua vida,
por seus atos e por suas palavras.
5. A humildade é a virtude básica para compreender e praticar o
princípio da autoridade.
• O orgulho é a base da rebeldia.
• A humildade é a base da obediência.
7) Passos básicos para me tornar humilde:
“Deus opera em vós tanto o querer como o realizar”(Fp 2.12). Deus
também prometeu por meio do profeta Jeremias: “Nas suas mentes
imprimirei as minhas leis, também sobre os seus corações as
inscreverei, e eles serão o meu povo” - Jr 31.33.
1. Satisfazer diariamente as condições para viver cheio do E.Santo (At
1.8; 2.38; Ef 4.30-32; Ef 5.18-21).
2. Lembrar-me diariamente do significado do batismo com água: por
arrependimento diário afogar o velho homem e ressuscitar para andar
“em novidade de vida” (Rm 6.4).
3. Preparar-se para participar constantemente da Santa Ceia de
maneira digna (1 Co 11.28).
5. Aplicando diariamente os princípios bíblicos para educar os filhos no
temor do Senhor. O orgulho, a arrogância e o egoísmo se manifestam e se
desenvolvem em repetidos atos de desobediência (Pv 22.15). Quando os pais,
humildes e tementes a Deus, com o seu bom exemplo e palavras sábias,
levam os seus filhos a obedecer aos princípios da Palavra de Deus desde
pequenos, e a voltar atrás em atitudes erradas - esses pais estarão incutindo
humildade na criança. Muitos adultos tem dificuldade para se humilhar e
pedir perdão quando erram, porque não aprenderam a fazer isso desde
pequenos (Pv 22.6).
CONCLUSÃO:
O cristão que encarar todas as dificuldades da vida do ponto de vista de
Deus, vai perceber que por trás de cada uma delas está a mão amorosa de
Deus, desejando nos humilhar para poder nos exaltar: Rm 5.3,4; 1 Pe 5.5,6.