Você está na página 1de 43

A Nova Aliança

Aula 6
Aliança de sangue
Aliança de sangue

 Deus projetou criar na terra alguém que fosse uma expressão de


si mesmo.
 Ele disse: “Façamos o homem conforme a nossa imagem e
semelhança” (Gn 1:26).
 Deus então coloca esse homem na terra para expressar a sua
autoridade e refletir a sua natureza e sua glória.
Aliança de sangue

 Este homem, porém, comete alta traição contra Deus e vende-se


à escravidão do pecado, tornando-se escravo de Satanás.
 Mas Deus, por causa do seu grande amor, não desiste do
homem e declara o seu plano ao inimigo em Gênesis 3:15
Aliança de sangue

 “Tu fizeste uma aliança com o homem, usando a mulher e, pelo


engano, entraste na Terra. Pois eu te digo: eu usarei a mulher e
colocarei dentro dela a minha semente. Eu trarei à Terra um outro
filho. Este filho será gerado da minha semente, não da semente do
homem, porquanto a semente do homem foi corrompida; mas eu
colocarei a minha semente dentro da mulher e esta semente virá,
será um homem, porque eu dei a Terra aos filhos dos homens, esta
semente vai destruir o seu poder” (Gn. 3:15).
Aliança de sangue

 Dois mil anos se passam sobre a Terra, e Deus começa a pôr em


operação o seu plano. É um plano que virá através de uma
aliança de sangue.
 O primeiro sangue derramado na Bíblia foi no próprio jardim do
Éden. Foi Deus mesmo quem imolou o primeiro cordeiro, e fez
cair o seu sangue sobre a terra.
Aliança de sangue

 Por quê? Existia uma aliança entre Deus e Adão. Como o homem
quebrou a aliança ele deveria morrer, mas o cordeiro morreu no
seu lugar.
Aliança de sangue

 Uma aliança é diferente de um contrato. Num contrato existem


cláusulas de rescisão, mas uma aliança não pode ser quebrada.
 A pena para aquele que quebra a aliança é a morte. Adão,
porém, não morreu, mas Deus matou o cordeiro no seu lugar e
com a sua pele fez roupas para o homem e sua mulher.
Aliança de sangue

 A marca daquele sangue no Éden percorre toda a Bíblia até ao


Apocalipse; onde, por vinte e oito vezes Jesus Cristo é chamado
o cordeiro de Deus.
 A vida está no sangue. Onde há derramamento de sangue,
significa que houve derramamento de vida.
 A aliança de sangue que existia entre os povos antigos, nasceu
no coração de Deus.
Aliança de sangue

 O que é uma aliança de sangue?


 Uma Aliança de sangue é um contrato entre duas pessoas, tão
sagrado que jamais poderá ser quebrado, sob pena de morte.
 Por esse contrato, todas as coisas se tornam em comum: o que é
meu se torna seu; o que é seu se torna meu. Meus bens são seus,
seus bens são meus; minhas dívidas são suas, suas dívidas são
minhas. Eu não preciso lhe pedir coisa alguma, posso chegar e
pegar, são minhas.
Aliança de sangue

 Todos os povos da antiguidade conheciam a aliança de sangue.


 Satanás sabe do poder que existe atrás de uma aliança de
sangue (ou pacto) e ele também faz alianças de sangue.
 Mas, aliança de sangue nasceu em Deus.
Aliança de sangue

 Várias eram as cerimônias que os judeus, os hebreus, seguiam,


quando faziam uma aliança com uma pessoa.
 A primeira delas era a troca da túnica. A túnica simboliza a vida e
quando eu tiro a túnica e lhe dou, isso significa que estou lhe
dando a minha vida.
Aliança de sangue

 Outra forma era a troca do cinto, que servia para ajustar a arma e
fala de segurança, e, quando trocavam o cinto, estavam dizendo:
dou-lhe a minha defesa e a minha proteção. Quem luta contra
você, luta contra mim.
Aliança de sangue

 Uma terceira cerimônia era o sacrifício do cordeiro.


 O animal era morto e cortado em metades, então uma metade
era colocada de frente a outra; e os dois parceiros de aliança
caminhavam por entre as partes, formando a figura de um oito,
que representa o infinito.
 O símbolo é este: eu morri e você também morreu; e agora
começamos uma nova vida como parceiros de aliança; e esta
aliança é eterna.
Aliança de sangue

 Outra cerimônia era o corte da mão ou do pulso. As duas


pessoas misturavam o sangue declarando que a vida de ambos
agora estava misturada.
 Ele também faziam um refeição cerimonial. Eles partiam o pão e
bebiam do cálice.
 Ao comerem juntos estavam dizendo: a minha vida está entrando
na sua e a sua vida está entrando na minha; somos irmãos de
sangue, irmãos de aliança.
Aliança de sangue

 Por fim eles trocavam os nomes. Eu recebo o seu nome e você


passa a usar o meu, significando que eu tenho direito a tudo
quanto o seu nome tem direito.
 Então, os termos da aliança eram escritos, e em todos eles
existiam duas partes: as bênçãos da aliança e as maldições da
aliança.
Aliança de sangue

 Só um filho do homem pode agir legalmente na terra


 Quando Deus veio ao encontro do homem, ele não veio pelo
engano, veio pela aliança de sangue.
 A palavra aliança em hebraico é “berite”, que significa cortar com
derramamento de sangue e caminhar por entre as partes.
Aliança de sangue

 Deus tinha um plano de trazer a sua semente à terra.


 O Salmo 115:16 diz que “Os céus são os céus do SENHOR, mas
a terra, deu-a ele aos filhos dos homens.” Isso significa que
somente o homem tem direito legal de agir na terra.
 Isso significa que sendo a terra dos homens, um homem teria de
ser o instrumento da redenção.
Aliança de sangue

 Mas este homem não poderia ser filho de Adão, porque a


semente de Adão estava contaminada pelo pecado, e cada
semente produz de acordo com a sua espécie.
 Mas tinha de ser homem. E é aqui que está a sabedoria de Deus,
que não viola a sua palavra, de entrar legalmente no planeta
Terra, pela porta.
Aliança de sangue

 Em João 10:1, Jesus fala de duas portas. Ele diz que o ladrão
não entra pela porta: “O que não entra pela porta no aprisco das
ovelhas, mas sobe por outra parte, esse é ladrão e salteador”.
 Jesus está falando de Satanás aqui. O aprisco é a Terra, as
ovelhas são os filhos dos homens e a porta de entrada na terra é
o nascimento físico. Satanás não nasceu aqui. Ele não é filho do
homem; entrou por outra porta, tomou emprestado o corpo da
serpente.
Aliança de sangue

 O Senhor, porém, diz no verso 3: “O Pastor, esse entra pela porta


e o porteiro lhe abre a porta”. O porteiro é o Espírito Santo de
Deus. Jesus entrou na terra pela porta.
Aliança de sangue

 A partir de Gênesis 12 Deus chama Abraão com a intenção de


fazer uma aliança com ele. Por meio dessa aliança Deus vai abrir
uma avenida legal de entrada, pela porta, no planeta Terra.
 Deus tem em vista a sua semente. E, a partir de agora, tudo o
quanto Deus fizer na terra, terá em vista a sua semente, o Cristo.
Aliança de sangue

 A nova aliança procede da aliança abraâmica


 Em Gênesis 12 Deus chama a Abraão e lhe diz:
 Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para
a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te
abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!
Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te
amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Aliança de sangue

 Ao chamar Abrão, Deus não tem em vista a sua


descendência física, mas ele tem em vista a sua
própria semente, que viria através de Abrão.
 “Irmãos, falo como homem. Ainda que uma
aliança seja meramente humana, uma vez
ratificada, ninguém a revoga ou lhe acrescenta
alguma coisa. Ora, as promessas foram feitas a
Abraão e ao seu descendente. Não diz: E aos
descendentes, como se falando de muitos,
porém como de um só: E ao teu descendente,
que é Cristo (Gl. 3:15-16).
Aliança de sangue

 Quando Deus olha para Abrão, ele está vendo a sua semente,
que será homem e que esmagará a cabeça da serpente.
 Deus então faz uma aliança com Abrão e segue todos os rituais
que mencionei anteriormente.
Aliança de sangue

 Primeiro Deus chega para Abrão, e ao invés de dar-lhe a túnica,


diz: “eu sou o teu escudo, quem luta contra ti, luta contra mim”
(Gn 15:1).
 Depois Deus manda que Abraão sacrifique os animais. Abraão
parte os animais ao meio e coloca as metades, uma defronte a
outra (Gn. 15:9,10 e 17).
Aliança de sangue

 Enquanto Abrão dorme, Deus estabelece uma aliança.


 Quando Abrão acorda ele vê que há duas pessoas caminhando
por entre as partes; mas o que ele vê? Um fogareiro fumegante e
uma tocha de fogo.
 O fogareiro fumegante é Deus-Pai, é assim que Ele se apresenta
no Sinai, e a tocha é Jesus.
Aliança de sangue

 Jesus toma o lugar de Abrão, para fazer uma aliança com Deus.
 Por que Deus não poderia caminhar por entre as partes, com
Abrão? Porque, numa aliança, tudo que é seu se torna meu;
Abrão era pecador, e Deus não pode se misturar com o pecado.
 Mas o Senhor Jesus toma o lugar do homem e é assim que a
aliança se torna entre Deus e o homem, mas, ao mesmo tempo,
entre Deus e Deus.
Aliança de sangue

 Deus também ordena que Abrão se circuncide na carne do seu


prepúcio, como um sinal de aliança perpétua entre ele e suas
gerações.
 Deus também muda o nome de Abrão como sinal da aliança.
 Ele retira parte do seu próprio nome e acrescenta no nome de
Abrão. No hebraico, o nome de Deus tem quatro consoantes –
YHWH, é o impronunciável.
Aliança de sangue

 Dentre estas quatro letras do nome de Deus, o “H” que


corresponde ao “H” do nosso alfabeto, aparece duas vezes. É
exatamente aquela letra aspirada “Ah”. E agora no meio de
Abrão, Deus coloca o “Ah”. E Abrão passa a ser Abrahão.
 Tudo isso foi feito para que a bênção de Abrahão chegasse até
aos gentios e recebêssemos o “Ah”, pela fé. Esse “Ah” é o sopro
de Deus, o Espírito de Deus, a vida de Deus.
Aliança de sangue

 Deus também acrescenta ao seu nome o nome de Abraão.


 Deus passa a assinar “Deus de Abraão”, esse é o seu sobrenome
e significa que tudo o que é de Abraão é meu; e Abrahão
significa: Tudo o que é de Deus é meu.
 Essa é a aliança de sangue!
Aliança de sangue

 Deus nada negará a Abraão, mas será que Abraão nada


negará a Deus?
 Os dois se tornam cabeça de aliança. Deus agora tem um homem
na terra.
 Ele está entrando legalmente no planeta terra, via aliança de
sangue. Os filhos de Abraão serão filhos de Deus.
Aliança de sangue

 É por isso que Deus, ao destruir Sodoma e Gomorra, diz: “Posso


ocultar o que estou para fazer, a Abraão? De modo algum. Nada
faço na terra sem antes conversar com o meu parceiro de
aliança”.
Aliança de sangue

 Está claro que Abraão terá tudo de Deus na Terra, mas perante o
tribunal eterno poderia surgir uma dúvida para questionar a
validade da aliança: será que Deus teria tudo de Abraão? Se
Deus não pudesse ter tudo de Abraão, a aliança não seria válida.
Aliança de sangue

 É aí que vem a prova da aliança, do capítulo 22 de Gênesis.


 Deus deu a Abraão um filho. Que filho foi esse? Um filho gerado
da promessa – da Palavra viva. A palavra é a semente, e a
Palavra produz exatamente o que ela diz.
Aliança de sangue

 Quando Sara tinha oitenta e nove anos, e Abraão noventa e


nove, o útero de Sara estava morto, envelhecido, mas o Anjo do
Senhor libera a Palavra e diz: “dentro de um ano, tu darás à luz
um filho” (Gn 18:70).
Aliança de sangue

 E a Palavra, que é vida, penetra no útero morto de Sara, e o filho


da promessa vem: Isaque. Ele é único. Ele é amado. Lembre-se
que tudo o que Deus faz tem em vista sua própria semente.
 Um dia, Deus mandará um anjo do céu a uma filha de Abraão;
seu útero será virgem, mas o anjo trará a Palavra e dirá: “darás à
luz um filho” (Is 7:14; Mt 1:23).
Aliança de sangue

 Jesus viria da semente da mulher, semente de Deus, não de


Abraão, porque a semente de Abraão está corrompida.
 A aliança lhe permitirá fazer isso porque se Abraão recebeu
alguma coisa, Deus também pode receber.
Aliança de sangue

 De acordo com as regras da aliança Deus diz: “Abraão, dá-me


teu filho. Ele não hesita, porque é homem de aliança.
 Essa é a ratificação da aliança. Terá Deus tudo do homem, como
o homem tem tudo de Deus?
 Abraão toma o seu filho, seu único filho e por três dias eles vão
em direção ao monte do sacrifício (Gn 22:1-4). E durante aqueles
três dias a sentença de morte está sobre a cabeça de Isaque.
Aliança de sangue

 Mas, quando chegou ao pé do monte, Abraão se dirige para os


seus servos e diz: “ficai aqui, (Gn 22:5) enquanto eu e o rapaz
iremos adorar e depois de termos adorado, voltaremos para vós”.
 Como voltará com ele?
Aliança de sangue

 O autor aos Hebreus diz que, quando Abraão foi posto à prova,
não hesitou em dar o seu único filho, porque sabia que Deus era
poderoso até para ressuscitá-lo dentre os mortos (Hb 11:17-19).
 Diz a escritura que “Abraão creu em Deus e isso lhe foi imputado
como justiça” (Rm 4:3).
Aliança de sangue

 Abraão levanta a mão, está pronto para imolar Isaque. Mas


Isaque pergunta: “Pai, onde está o cordeiro para o holocausto?”
(Gn 22:7).
 E Abraão então profetiza: “Deus proverá para si mesmo o
cordeiro, meu filho” (Gn 22:8).
 O homem da aliança profetiza: “meu filho, chegará o momento
em que Deus proverá o seu próprio cordeiro. O Filho de Deus
será o seu cordeiro.
Aliança de sangue

 Eu estou dando o meu filho e Deus dará o dele”. E coloca


naquele monte o nome “Jeová Jireh”: o Senhor proverá. Proverá
o quê? O cordeiro.
 Quando Abraão levanta a mão para imolar o cordeiro, brada a
voz do Senhor, do céu dizendo: “Abraão, não faças nada ao
menino, porque agora sei que temes a Deus” (Gn 22:12).
Aliança de sangue

 No reino do Espírito está comprovado: Deus terá tudo o que


quiser de Abraão. Deus tem tudo do homem, a aliança está
selada. O homem terá tudo de Deus