Você está na página 1de 22

Planejamento e Controle da

Produção
Análise SWOT
Pontos Fortes (Strenghts) Pontos Fracos (Weaknesses)

• Que vantagens detemos? • O que podemos fazer melhor?


• O que fazemos bem? • O que não fazemos tão bem quanto
• A que recursos temos acesso? gostaríamos?
• Que aspectos positivos os outros destacam • O que devemos evitar?
em nós? • Que aspectos os nossos Clientes
• O que os Clientes valorizam em nós? gostariam que melhorássemos?

Oportunidades (Opportunities) Ameaças (Threaths)

• Que oportunidades temos à nossa frente? • Que obstáculos enfrentamos?


• A que tendências devemos estar atentos? • O que a concorrência está fazendo?
• O que está a mudar no negócio? • Temos dificuldades em atingir os
• O que as empresas líderes estão fazendo? resultados e porquê?
5W2H
O 5W2H, basicamente, é um checklist de determinadas atividades que precisam ser
desenvolvidas com o máximo de clareza possível por parte dos colaboradores da empresa.
Ele funciona como um mapeamento destas atividades, onde ficará estabelecido o que será
feito, quem fará o quê, em qual período de tempo, em qual área da empresa e todos os
motivos pelos quais esta atividade deve ser feita.

What – O que será feito (etapas)


Why – Por que será feito (justificativa)
Where – Onde será feito (local)
When – Quando será feito (tempo)
Who – Por quem será feito (responsabilidade)
How – Como será feito (método)
How much – Quanto custará fazer (custo)
ANÁLISE PEST
Pest é acrônimo para Política (P), Economia (E), Social (S) e Tecnologia (T). Sendo assim,
a Análise Pest é utilizada para analisar mudanças políticas, econômicas, socioculturais e
tecnológicas no ambiente de negócios. Ela ajuda a trazer uma visão mais macro das
ameaças e oportunidades externas a que empresas estão expostas, sendo amplamente
utilizada para esse fim.
Trabalhando com cada um de seus pontos-chave (Política, Economia, Social e
Tecnologia), ela dá um direcionamento na avaliação de estratégias e dos melhores
caminhos a serem seguidos.
Análise PEST
Fatores políticos referem-se a questões regulamentares que afetam a empresa como
regras regulamentares, aspectos legais ou apenas o ambiente político.

Fatores econômicos referem-se às forças financeiras atuais que agem no seu mercado-
alvo. Avalia aspectos como recessão ou mercado de ações.

Fatores sociais referem-se a mudanças nas tendências sociais, modismos ou grupos


demográficos que afetam o seu mercado-alvo e suas opiniões atuais.

Fatores tecnológicos incluem todas as mudanças tecnológicas que afetam seu produto,
seu mercado ou seus esforços de coleta de informações sobre esse mercado.
Exemplo
Forças de Porter
As “Forças de Porter” podem ser entendidas como uma técnica que auxilia a definição de
estratégia da empresa e leva em conta tanto seu ambiente externo como seu ambiente
interno.
O desenho das forças apresenta cinco influências externas que atuam na empresa:

◦ Poder de negociação dos fornecedores


◦ Ameaça de novos entrantes
◦ Poder de negociação dos compradores
◦ Ameaça de serviços ou produtos substitutos
◦ Competição entre as empresas existentes
Modelo de cinco forças de ameaças ambientais
Estrutura de 5 Forças de Porter
Desenvolvida por Michael Porter, identifica as 5 ameaças mais comuns que as
empresas enfrentam em seus ambientes competitivos locais.

Ameaças de
Entrada/ Novos Ameaça de
Ameaça de entrantes Rivalidade
Fornecedores

Nível de ameaças em um setor

Ameaça de Ameaça de
Substitutos Compradores
Ameaças de
Entrada/ Novos
entrantes

Ameaça de
Rivalidade
Ameaça de
Substitutos

Os substitutos impõem um teto aos produtos que as empresas de um


setor podem cobrar e os lucros que podem auferir.

Ameaça de
Fornecedores

Fornecedores – Disponibilizam matérias-primas, mão de obra e bens


intermediários.
Ameaça de
Compradores
Medir é importante?

“O que não é medido não


é gerenciado”.

“Também não se pode medir o


que não se descreve”.
Robert S. Kaplan & David P. Norton
Mapas Estratégicos, 2004
O Desafio é Traduzir a Estratégia em Ação

“Menos de 10% das estratégias


efetivamente formuladas são
eficientemente executadas”
Revista Fortune
“Na maioria das falhas - em
torno de 70% - o problema
real não é estratégia ruim....
É execução ruim.”
Revista Fortune
O que é o Balanced Scorecard (BSC)?
O Balanced Scorecard ou Painel de Desempenho Balanceado é um modelo de gestão que
auxilia as organizações a traduzir a estratégia em ações operacionais que direcionam o
comportamento e o desempenho.

O principal objetivo do balanced scorecard é alcançar o alinhamento entre o planejamento


estratégico da empresa e as atividades operacionais que ela exerce.
Ele traduz a missão e a estratégia em objetivos e medidas, organizados através de
indicadores que irão informar os funcionários sobre os vetores do sucesso atual e futuro.
Ao articularem os resultados desejados pela empresa, os executivos esperam canalizar a
energia, a habilidade e o conhecimento de todos os colaboradores da organização para
alcançar os objetivos de longo prazo.
Para isso é preciso analisar a estratégia da empresa sob 4 perspectivas;
Perspectivas
do Balanced
ScoreCard
Perspectiva Financeira
Se pergunte: Como nos vemos e como os acionistas nos veem?
Essa perspectiva tem o objetivo de analisar os impactos das decisões estratégicas
nas metas estabelecidas. É necessário esclarecer os objetivos financeiros a longo
prazo, ligando eles a um plano de ação que esteja atrelado aos processos
financeiros, aos clientes, aos processos internos e também aos funcionários e
sistemas para se chegar num resultado satisfatório.

Perspectiva dos Clientes: Se pergunta: Como o cliente enxerga a organização?


É onde é verificada a participação da empresa no mercado e a satisfação dos
clientes. Sua proposta é monitorar a maneira pela qual a empresa entrega valor
ao cliente, definindo indicadores de satisfação e trabalhando em cima dos
resultados relacionados ao mesmo.
Perspectiva dos Processos Internos
Se pergunta: Como podemos melhorar?
Aqui, é importante focar na qualidade dos processos realizados, assim como no
grau de inovação inserido neles. A produtividade, tecnologia, custo e tempo de
desenvolvimento devem ser analisados com foco na constante reparação de danos,
melhoria e excelência dos processos.

Perspectiva do Aprendizado e Crescimento


Se pergunta: Como podemos crescer e criar valor?
Essa perspectiva é a responsável por avaliar a satisfação interna dos colaboradores.
Procure pautar os ativos intangíveis conquistados, ou seja, aqueles que não são
financeiros, mas fazem parte do desenvolvimento da organização ao pensar em um
futuro de sucesso.
Os objetivos e medidas de infraestrutura necessários para atingir com sucesso os
objetivos também entram nesse aspecto. É preciso questionar constantemente a
capacidade da empresa de crescimento e melhoria.
Lógica Natural de Causa e Efeito
E atingir
a Visão

Financeira Para agregar valor e sucesso financeiro...

Cliente Visando atender as necessidades dos clientes...

Interna Para construir competências e obter


excelência nos processos internos...

Aprendizado e
Desenvolver as pessoas...
Crescimento
Perspectivas Mapa da Objetivos Indicadore Metas Ações
Estratégia Estratégic s
os
Lucros Crescimento Lucro Aumento de Aumento do
do Negócio operacional 20% no lucro pontos de
Financeira Participação Crescimento Aumento de vendas
Receitas no Mercado do negócio 12% no Expansão do
faturamento crédito
Satisfação do % de Aumento de Intensificação
cliente retenção de 50% na da propaganda
Fidelização do clientes retenção Ampliação de
Clientes Qualidade do cliente % satisfação Aumento de vendedores
Produto de clientes 15% na satisf. Implantação
Crescimento Aumento de do atendimento
vendas/ano 12% nas ao cliente
vendas
Melhoria da % de Melhoria de Programa de
qualidade da produtos 30% na qualidade total
Processos Excelência na
fabricação fabricados sem qualidade Programa de
Internos Produção defeitos
Maior Aumento de produtividade
eficiência 10% na
eficiência
Competências Treinar e Produtividade Aumento de Implantação
Pessoais equipar o do pessoal 10% na da Universidade
Aprendizado e
pessoal Melhoria do produtividade Corporativa
Crescimento
Maior clima Melhoria do Aumento do
Capacitação motivação do organizacional clima treinamento
das Pessoas pessoal organizacional
Exemplo BSC - Informações
 Objetivo Executivo
• aumentar faturamento em 10% (meta) em 1 ano (período para controle)
• Indicador: Medida de crescimento das vendas
 Objetivo Estratégico (ação)
• Aumentar Pontos de Venda (PV) de 2 para 3
• Indicador: Volume de Faturamento por PV
 Processos envolvidos
• Comercial
• Corporativo: planejamento dos novos pontos
• PV: gerente (contato clientes) e o caixa (fechamento de vendas diárias)
• Financeiro (Desembolso para novo ponto e controle da Rentabilidade e Lucratividade do PVs)
 Informação necessária
• Relatório do fechamento do caixa (valor do faturamento diário/PV)
Exemplo – monitoramento

 Evolução das vendas por PV (1, 2 e 3), mensal


Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Total Meta
PV1 1042 1000 1300 900 4242 4170
PV2 1250 1200 1200 1250 4900 5000
PV3 1042 1300 1000 900 4242 4170
Total 3334 3500 3500 3050 13384 13340

Evolução Mensal / PV

15000

10000
Previsto
5000 Realizado

0
PV1 PV2 PV3 Total