Você está na página 1de 17

BIOMAS BRASILEIROS

Prof. Airton
BIOMA
Definição:

Bioma, ou formação planta - animal,
deve ser entendido como a unidade
biótica de maior extensão geográfica,
compreendendo varias comunidades
em diferentes estágios de evolução,
porém denominada de acordo com o
tipo de vegetação dominante.

 Sistema de classificar as comunidades


biológicas e ecossistemas com base
em semelhanças de suas
características vegetais (Ricklefs,
Economia da Natureza)
Paisagens naturais brasileiras

Florestais Variedade vegetal resulta:


- clima
campestres - altitude
complexas - forma do relevo

litorâneas
Área dos Biomas Brasileiros
Floresta Amazônica
O BIOMA AMAZÔNIA estende-se do oceano Atlântico às encostas
orientais da Cordilheira dos Andes, até aproximadamente 600 m de
altitude, contendo parte de nove países da América do Sul, sendo 69%
dessa área pertencente ao Brasil (Ab'Saber, 1977). Esse bioma abrange
os estados da Região Norte, além de Mato Grosso e maranhão
totalizando 4.871.000 km2 e uma população em torno de vinte milhões
de habitantes, 60% dela vivendo em áreas urbanas (Inpe, 2004).
A floresta abriga 2.500 espécies de árvores (um terço da madeira tropical
do planeta) e 30 mil das 100 mil espécies de plantas que existem em
toda a América Latina.
Apresenta diversos estratos ou andares formados pelas copas das
árvores (o mais alto, em geral, entre 30 e 40m acima do solo)
É rica em epífitas (orquídeas e bromélias)
Precipitações pluviométricas chegam a 1.800mm/ano
Temperatura estável no decorre do ano (média entre 25º e 28º C)
Muitas espécies endêmicas (que ocorrem em apenas determinado local)
Vasta diversidade de fauna
Desmatamento na Amazônia
Mata Atlântica
A Mata Atlântica (floresta pluvial
costeira) está situada entre o R.N e o
R.S.
É um dos hotspots mais valiosos da
Terra.
Composto por uma série de
fitofisionomias bastante diversificadas
Abriga uma parcela significativa da
biodiversidade do Brasil.
Possui cerca de 20.000 espécies de
plantas, sendo muitas endêmicas e
epífitas
As folhas são largas (latifoliadas) e
perenes (perenifólias).
Entre aves, mamíferos, répteis e
anfíbios são 1.361 espécies de animais
das quais 567 são endêmicas.
Cerrado
Cerrado é o nome regional
dado às savanas brasileiras e
se localiza no grande platô que
ocupa o planalto central
brasileiro.
O clima do cerrado é quente,
semi-úmido, com verão
chuvoso e inverno seco.
67% da vegetação nativa
modificada
 Vegetação pseudo-xerófita, com galhos retorcidos e cascas grossas
 O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. Ocupa uma área de 200
milhões de km2, o que corresponde a 25 % do território nacional.
nacional
 Apresenta aproximadamente 10 mil espécies de plantas diferentes
(muitas de uso medicinal). Isso sem contar as 759 espécies de aves que se
reproduzem na região, 180 espécies de répteis, 195 de mamíferos,. O
número de insetos é surpreendente: apenas na área do Distrito Federal há
90 espécies de cupins, mil espécies de borboletas e 500 tipos diferentes de
abelhas e vespas.
Caatinga
O bioma Caatinga abrange cerca de 850.000 km2 (10%
do território brasileiro), dos quais 200.000 km2 foram
reconhecidos em 2001 como Reserva da Biosfera.
Ocupa 10% do território nacional.
Climas semi-árido, com chuvas irregulares
Vegetação de aspecto xerófito, arbustivo, com plantas
que apresentam modificações para sobrevivência à
escassez de água: espinhos, folhas caducas (que
caem), armazenamento de água, raízes compridas.
Fauna: abundância de répteis, roedores e insetos.
Pampas
O Pampa é a única grande
área natural restrita a um
único estado brasileiro,o Rio
Grande do Sul.
O bioma avança para o
Uruguai e a Argentina. É
exclusivo do sul da América
do Sul.
O Pampa ocupa pouco mais
de dois por cento do
território nacional, de
acordo com o Mapa de
Biomas do Brasil, do IBGE.
Pampa
O Pampa inclui outros ecossistemas, além do campo propriamente
dito.
Os Banhados, áreas alagadas, protegidas por lei porque são
fundamentais para a reprodução da vida e para a regulagem dos
ciclos da água.
As Matas Ciliares ou de Galeria, que acompanham o curso dos rios
e servem de refúgio para a fauna.
Pantanal
O bioma Pantanal com seus 250.000 km2 é considerado a maior
superfície inundável do mundo, dividido entre o Brasil, o Paraguai e a
Bolívia.
A parte brasileira se localiza na Bacia do Rio Paraguai, na Região
Centro - Oeste
Fauna e flora exuberantes, rica em biodiversidade
Poucas espécies endêmicas
São 3 tipos de comunidades vegetais (províncias): Província do
Cerrado (70%), Florestas de transição ou Amazônica (21%) e
Província Chaquenha (9%).
Planície cobre uma área de quase 210 mil quilômetros quadrados,
dos quais 70% estão no Brasil (nos Estados do Mato Grosso e Mato
Grosso do Sul), 20% na Bolívia e 10% no Paraguai.
Muitas vezes encontramos a denominação "pantanais", pois a
planície pode ser dividida em onze sub-regiões distintas, cada qual
com especificidades quanto ao regime de inundação, drenagem,
vegetação e relevo.
Existem mais espécies de aves no Pantanal (656 espécies) do que
na América do Norte (cerca de 500) e mais espécies de peixes do
que na Europa (263 no Pantanal contra aproximadamente 200 em
rios europeus).
O Pantanal apresenta grande diversidade de espécies de plantas
superiores, como árvores e arbustos (1.647 espécies) e alta
diversidade de fauna: 263 espécies de peixes, 122 espécies de
mamíferos, 93 espécies de répteis, 1.132 espécies de borboletas e
656 espécies de aves.
Mata de Araucárias

 “Mata dos Pinhais’ - Gimnospermas (Araucaria angustifolia)


 Clima subtropical
 Homogênea
 10% da mata original