Ano Letivo 2011 - Língua Portuguesa, 8ºAno Professora: Ana Siqueira

O Texto Dramático

A Representação Teatral

1

na representação do real através da imitação de gestos expressões. atitudes e situações . 2 . sentimentos.ATOS DE FALA relacionados com um determinado CONTEXTO SITUACIONAL. através de linguagem não verbal e linguagem verbal oral. entre outros aspectos.O que é o Teatro? Uma arte que consiste.

AS CARACTERÍSTICAS DO TEXTO DRAMÁTICO 3 .

à sonoplastia e à luminotécnica.CARACTERÍSTICAS DO TEXTO DRAMÁTICO O texto dramático é um tipo de texto que é escrito para ser representado. 4 . Normalmente não tem narrador e nele predomina o discurso na segunda pessoa (tu/vós). Além deste tipo de discurso. o texto dramático pressupõe o recurso à linguagem gestual.

FORMAS DO GÉNERO DRAMÁTICO O texto dramático pode surgir sob a forma de: • Tragédia • Comédia • Drama • Teatro Épico • Teatro moderno 5 .

 pelas indicações sobre a movimentação das personagens em palco. Composto por:  pela listagem inicial das personagens.  Apartes – comentários de uma personagem para o público. expõe perante o público os seus pensamentos e/ou sentimentos. os gestos que devem fazer ou a entoação de voz com que devem proferir as palavras… 6 . falando consigo mesma. ou indicações cénicas) destina-se ao leitor. ao encenador ou aos atores.  pelas informações sobre a estrutura externa da peça (divisão em atos. pressupondo que não são ouvidos pelo seu interlocutor.  Diálogo – falas entre duas ou mais personagens.  pelas indicações sobre o cenário e guarda-roupa das personagens.  pela indicação do nome das personagens no início de cada fala.O texto dramático é composto por dois tipos de texto: Texto principal (as falas dos atores) Constituído por:  Monólogo – uma personagem. as atitudes que devem tomar. cenas ou quadros). Texto secundário (ou didascálias.

põe de parte estas regras tradicionais de divisão na estrutura externa Estrutura interna – uma peça de teatro divide-se em: * Exposição – apresentação das personagens e dos antecedentes da acção * Conflito – conjunto de peripécias que fazem a acção progredir * Desenlace – desfecho da acção dramática 7 .correspondentes à mudança de cenários * cenas . narrativo ou épico.ESTRUTURA INTERNA E EXTERNA Estrutura externa – o teatro tradicional e clássico pressupunha divisões em : * atos .equivalentes à mudança de personagens em cena O teatro moderno.

CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO RELEVO: * PROTAGONISTA OU PERSONAGEM PRINCIPAL SECUNDÁRIAS * PERSONAGENS * FIGURANTES 8 . PROFISSIONAL OU OU PERSONAGENS-TIPO – NÃO ALTERAM O SEU REPRESENTAM PSICOLÓGICO) UM * MODELADAS OU REDONDAS – EVOLUEM AO LONGO DA AÇÃO. GRUPO SOCIAL.PERSONAGENS CLASSIFICAÇÃO QUANTO À SUA CONCEPÇÃO: * PLANAS COMPORTAMENTO AO LONGO DA ACÇÃO. PODEM SURPREENDER O ESPECTADOR. AS SUAS ATITUDES E COMPORTAMENTOS VÃO-SE ALTERANDO E. POR ISSO MESMO.

DAS PALAVRAS DE OUTRAS PERSONAGENS. * INDIRETA – A PARTIR DOS COMPORTAMENTOS. DAS PALAVRAS DA PERSONAGEM A PROPÓSITO DE SI PRÓPRIA.PERSONAGENS TIPOS DE CARACTERIZAÇÃO: * DIRETA – A PARTIR DOS ELEMENTOS PRESENTES NAS DIDASCÁLIAS. DA DESCRIÇÃO DE ASPECTOS FÍSICOS E PSICOLÓGICOS. ATITUDES E GESTOS QUE LEVAM O ESPECTADOR A TIRAR AS SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DAS PERSONAGENS. 9 .

COEXISTEM NORMALMENTE DOIS TIPOS DE ESPAÇO: * ESPAÇO REPRESENTADO – CONSTITUÍDO PELOS CENÁRIOS ONDE SE DESENROLA A AÇÃO E QUE EQUIVALEM AO ESPAÇO FÍSICO QUE SE PRETENDE RECRIAR EM PALCO * ESPAÇO ALUDIDO – CORRESPONDE ÀS REFERÊNCIAS A OUTROS ESPAÇOS QUE NÃO O REPRESENTADO.ESPAÇO ESPAÇO – O ESPAÇO CÉNICO É CARACTERIZADO NAS DIDASCÁLIAS. ONDE SURGEM INDICAÇÕES SOBRE PORMENORES DO CENÁRIO. 10 . EFEITOS DE LUZ E SOM.

TEMPO * Tempo da representação – duração do conflito em palco * Tempo da ação ou da história – o(s) ano(s) ou a época em que se desenrola o conflito dramático * Tempo da escrita ou da produção da obra – altura em que o autor concebeu a peça 11 .

para mostrar que o bem vence sempre * Lúdica ou de evasão .transmitir um ensinamento 12 .de entretenimento.distinguir o Bem do Mal. de riso * Crítica em relação à sociedade do seu tempo * Didáctica . de diversão. o dramaturgo pode ter uma intenção * Moralizadora .INTENÇÕES DO AUTOR Quando escreve uma peça de teatro.

mas é na Grécia antiga que assume o seu caráter literário. da colheita e da fertilidade). 13 . Era representado em honra de DIONÍSIO (Deus grego do vinho.Origens do Teatro A representação teatral tem origem em rituais e danças.

14 . Durante os festivais e representações. Sófocles. O teatro era considerado parte da educação de um grego. a vida parava em Atenas. Alguns autores gregos: • Ésquilo. Eurípides e Aristófanes.O Teatro Grego Os teatros eram auditórios ao ar livre.

Gil Vicente (1465? .1537?) Dramaturgo que é considerado por alguns o pai do Teatro Português – autor de autos e farsas. (Auto da Barca do Inferno – 1517) Professora Ana Siqueira 15 .

.70.84 /00397090320394 /0 /.9.484..0802570 /.3/408.0/.50.0784 /0784 7J9.9:74 54/0907:2.76:04-02.974 4/7.0:2.2.7.38297:20383.. 24897./0/480:90254 /E./47.4:/00.39034 47..20394  . 5.0270.03. /893:7402/4.%@ $ &% # ":../090. 97.

– °¾ @ f  ½ ¾ °fsj  ff ¯– ¯ ¯f¾  f°sf¾  ¯f¾x°fxnf f°–f f¾¾¯  ¾ nfh  h  f ½ ¾ °f  ¯ °f - % ¾– – °  fn f  f €  f %  .

@ f – ¾ f¾ f¯f ¾f f   f fn°¾ f  ½f  f nfsj ¯ – –  f° ¾€ ¾f¾   ½ ¾ °fsµ ¾ f f ½fff ¯ °f¾  –°¾f ¾– –¾ W ¾ €n ¾  €n ¾ ½ ¾ ¾€f° ¾   .

In ° %" "% f¯f– x n°¾ f ½ f–°¾½f @ f 9–y¾ f  f¾ €f¾f¾ % f fnf  °€ ° % 9€ ¾¾f°f f  .