Você está na página 1de 34

MÚSCULOS DA FACE

Prof. Me Tomaszewski Moura


OCCIPITOFRONTAL –
ventre frontal

Origem na
aponeurose
epicrânica.

Inserção –
Pele e tecido
subcutâneo
dos supercílios
e da fronte
OCCIPITOFRONTAL – ventre frontal

Principal ação anatômica: eleva os supercílios e


enruga a pele da fronte; Protai o couro cabeludo
(indicando surpresa ou curiosidade).
OCCIPITOFRONTAL – ventre occipital

Tem origem em
dois terços laterais
da linha nucal
superior.

E inserção na
aponeurose
epicrânica.
OCCIPITOFRONTAL – ventre frontal

Principal ação
anatômica: retrai o
couro cabeludo,
aumentando a eficácia do
ventre frontal.
ORBICULAR DO
OLHO

Tem origem na
margem orbital
medial;
ligamento
palpebral
medial; osso
lacrimal.

E inserção na
pele ao redor
da margem
da órbita;
lâminas
tarsais
superiores e
inferiores.
ORBICULAR DO OLHO

Principal ação anatômica: fecha as pálpebras: a


parte palpebral o faz com suavidade; a parte orbital
com firmeza.
CORRUGADOR DO
SUPERCÍLIO

em origem extremidade medial do arco superciliar

E se insere na pele superior ao meio da


margem supra-orbital e arco superciliar.
CORRUGADOR DO
SUPERCÍLIO
Principal ação anatômica: dirige o supercílio medial e
inferiormente, criando rugas verticais acima do nariz
(demonstrando interesse ou preocupação).
PRÓCERO + PARTE TRANSVERSA DO NASAL

Tem origem fáscia aponeurótica que cobre o osso nasal e a cartilagem nasal

E inserção na pele da fronte,


entre os supercílios.
Principal ação anatômica: abaixa a
extremidade medial do supercílio; enruga a
pele sobre o dorso do nariz (transmitindo
desdém ou aversão).
ASAL + LEVANTADOR DO LÁBIO SUPERIOR

Tem origem no processo frontal da maxila


(margem ínfero-medial da órbita).

E se insere cartilagem alar maior.


Principal ação anatômica: abaixa a asa lateralmente,
dilatando a abertura nasal anterior (alargando as
narinas), como durante a raiva ou o esforço.
ORBICULAR DA BOCA (esfíncter oral)

Tem origem na maxila e


mandíbula mediais; superfície
profunda da pele perioral;
ângulo da boca

E se insere mucosa dos lábios.


Principal ação anatômica: o tônus fecha a rima
da boca; a contração fásica comprime e protai os
lábios. Resiste a distenção ao soprar
LEVANTADOR DO LÁBIO SUPERIOR

Tem origem na margem infra-orbital (maxila).

E se insere na pele do lábio superior.


Principal ação anatômica: parte dos dilatadores da boca;
retraem (elevam) e/ou evertem o lábio superior; aprofundam o
sulco nasolabial (mostrando tristeza).
ZIGOMÁTICO MENOR

Tem origem na face anterior, osso zigomático.

E inserção pele do lábio superior.


ZIGOMÁTICO MAIOR

Tem origem na face lateral do osso zigomático e inserção no ângulo da


Principal ações anatômica: dilatação da
boca; elevam a comissura labial –
bilateralmente para sorrir (felicidade);
unilateralmente para zombar (desdém).
BUCINADOR (músculo da bochecha)

Tem origem na mandíbula, processos


alveolares da maxila e mandíbula.

E inserção no ângulo da boca; orbicular da boca.


Principais ações anatômicas: pressiona a bochecha contra os
dentes; atua na língua para manter o alimento entre as superfícies
oclusais e fora do vestíbulo da boca.
LEVANTADOR DO ÂNGULO DA BOCA

em origem na maxila infra-orbital e inserção no ângulo da boca.


Principal ação anatômica: dilatação da boca;
elevam a comissura labial – bilateralmente para
sorrir (felicidade); unilateralmente para zombar
(desdém).
RISÓRIO

Tem origem na fáscia parotídea e pele da boca


(altamente variável) e se insere ângulo da boca.
Principal ação anatômica: dilatador da boca; alarga a rima da
boca, como no sorriso com os dentes à mostra ou careta.
ABAIXADOR DO ÂNGULO DA BOCA

Tem origem base ântero-lateral na mandíbula e se insere no ângulo da


Principal ação anatômica: dilatador da boca;
abaixa a comissura labial bilateralmente para franzir
a testa (tristeza).
ABAIXADOR DO LÁBIO INFERIOR

Tem origem no platisma e parte ântero-lateral do corpo


da mandíbula. E inserção na pele do lábio inferior.
Principal ação anatômica: dilatador da
boca; retrai (abaixa) e/ou everte o lábio
inferior (tristeza, “fazer beicinho”)
MENTUAL

Tem origem no corpo da mandíbula (anterior às raízes


dos incisivos inferiores), e inserção na pele do queixo
(sulco mentolabial).
Principal ação anatômica: eleva e protai o lábio
inferior; eleva a pele do queixo (mostrando dúvida).
PLATISMA

Tem origem no tecido subcutâneo das regiões


infraclavicular e supracalvicular e se insere na base
da mandíbula, pele da bochecha e do lábio inferior;
ângulo da boca; orbicular da boca.
Principal ação anatômica: abaixa a mandíbula (contra a
resistência) tensiona a pele da região inferior da face e do
pescoço (transmitindo tensão e estresse)