Você está na página 1de 10

TUTORIAL CIVIL 3D

PLATÔS COM BANQUETAS

Outro dia me deparei com a seguinte situação, fazer um platô com banquetas. Bom
depois de quebrar muito a cabeça acho que achei a solução

Tendo já uma superfície criada (primitivo), começaremos a modelar o platô.

Para fazer o platô usamos uma polilinha fechada depois executei o comando fillet e
arredondei os vértices.
Vale salientar que já defini que meu platô terá altura media de 15 metros tendo um
talude máximo de 7,5m e uma banqueta de 3m de largura com declividade de 2%, o
platô será todo de aterro, pois se trata de um projeto de bota-fora, os taludes serão de
1.5:1 em aterro e vamos colocar 1:1 para corte isso se houver (que não é nosso caso).

Vamos criar 3 tipos de critério para o nosso platô, isso no menu > Grading > Creat
Grading, aparecerá o menu flutuante:
Clique como mostra a figura anterior, para criar o novo critério, configure como mostra
a figura a seguir:

Na aba information, dê o nome “1.5:1 para elevação”, isso para tornar mais fácil a
identificação, onde o 1.5:1 é a rampa do talude e o “para elevação” é que o nosso alvo
será a elevação que vamos indicar na aba “Criteria”.
Observe que na aba “Criteria” em:
“Target” escolhi “Level”
“Level” escolhi a cota ate aonde o meu primeiro talude ira chegar. A cota do platô é
1025 e a cota do pé do talude é 1017.5, sendo assim o meu talude terá altura de 7.5m
“Projection” Cut/fill Slope = rampa de corte/aterro

Vamos agora criar um critério para a banqueta, novamente clique em “create new” no
menu flutuante do Grading e configure como a figura a seguir:

.
Em Target note que escolhi “distance”
Em Distance = 3.00m no caso escolha a largura da sua banqueta.
Slope Projection :
Format Gradiente – com isso você escolhe a inclinação por porcentagem
Gradiente: 2% a porcentagem da inclinação da banqueta
Observe que:

Agora o critério para que o próximo talude tangencie a superfície primitiva:

Em target escolha surface, dessa maneira o nosso talude tocara a superfície primitivo,
note que o restante da configuração é igual ao do primeiro talude, dê o nome “1.5:1 para
superfície”
Pronto agora vamos criar nosso platô propriamente dito, transfome a polilinha em
featurelines isso em : “menu Grading” > “Create featurelines from objects” e selecione
a polininha.
Aparecerá uma janela flutuante, aceite a configuração padrão clicando em “OK”
Vamos colocar a base do platô na elevação do projeto para isso clique como mostra a
figura abaixo:

Selecione a featurelines do platô. Em seguida a janela panorâmica aparece


Siga os passos na ordem como mostra a figura:

1- ativa a janela para alterar a elevação


2- altera a elevação
3- aplica a elevação a todos os vértices (se clicar mais de 1 vez ele dobra a elevação
e assim sucessivamente, se quiser voltar a elevação clique na setinha para baixo)
Agora criaremos os taludes:
Escolha o primeiro critério que criamos e clique em Create Grading no menu Flutuante
para criar os taludes do plator.

Aparecerá uma janela para criar a superfície que será dos taludes do platô configure
como mostra a figura:

Clique em “OK” e novamente em ok na janela de criação de surfaces.


Selecione a featureline e observe as orientações que o programa nos dá!
Clicando na linha ele nos pede para informar qual lado será taludado, clique no lado de
fora da featureline. Aceite as configurações dando ENTER.
Ficara assim:

Repita o mesmo procedimento para as “Banquetas”e o “1.5:1 para superfície” ficará


algo assim.

Note que para cria a banqueta e o outro talude selecione sempre a linha mais externa.

Criaremos agora uma superfície com o nome de Platô, pois a que temos até agora é só a
dos taludes.
Na superfície do platô vamos colocar a superfície dos taludes siga os passos da figura a
seguir

Note que a triangulação abrange, tanto o talude como o platô.

Na surface do platô, crie uma breakline, selecionando a parte mais interna, a mesa do
platô
Aba Prospector expanda a surface do platô, expanda definition, botão direito do mouse
em Breaklines, ADD, clique em ok na janela que aparece, e selecione a parte mais
interna do nosso platô.

Ok vamos agora calcular o volume.


No menu Surface > utilities > Volumes, aparece a janela panorama

Clique no primeiro ícone da esquerda para a direita (Creat New Volume Enty)
Em Base Surface Escolha a Superfície do primitivo ( no meu caso o nome é surface 1)
Em Comparation Surface escolha a superfície do Platô
O programa automaticamente nos informa qual os volume de corte e aterro no nosso
casso só tem aterro , observe a barra verde do lado direito, isso é poque o volume de
aterro é maior do que o de corte, se o volume de corte fosse maior do que o de aterro a
barra seria vermelha .

Só que geralmente alguns clientes não se contentam apenas com esse volume expresso
dessa forma, ele quer ver as seções e a tabela de volumes. Então vamos lá!!

Crie um alinhamento cortando o platô ao meio

Vamos criar as “Simples Lines” para que possamos visualizar as seções.


Menu:
Sections > Creat SimpleLine, botão direito para escolher o alinhamento depois clique
em ok,
Aparecerá a janela a seguir:
Note que as 3 superfícies estão selecionadas, pois as 3 aparecerão na seção.
Clique ok.
Aparecera o menu flutuante das Simple Lines.

Escolha At a Chainage (ou At a station), pois não temos nenhum corredor criado,
escolha cada estação clicando na mesma no alinhamento. O programa nos pede para
informar qual o comprimento para cada lado. O ideal é que informe uma distancia maior
do que a abrangida pelo platô, no caso do nosso tutorial foi de 100m para cada lado o
resultado segue abaixo:

Agora vamos criar as seções:


Menu sections create multiple section views
A janela de criação das seções aparecerá clique em OK quantas vezes necessário e por
ultimo em create section view. Clique em um ponto vazio na tela e pronto as seções
foram criadas

Agora vamos calcular o volume através das seções:

Menu Sections > Computer materials aparecera uma janela, clique em ok.

Na janela de “Compute Materials” configure como mostra a figura a seguir:

Lembrando que a minha surface1 é a superfície do terreno (primitivo)


Clique em Ok

O volume de corte e aterro foi computado.


Vamos criar a tabela de volumes agora:
Menu: “Sections” > add tables > total Volume.
Aparecera a janela “Create Total Volume Table” clique em ok para aceitar a
configuração padrão, em seguida clique em um lugar vazio na tela.

A tabela de volumes foi inserida:


Note que tem uma pequena diferença entre os métodos de cálculos de volumes.
A primeira calcula a sobreposição das superfícies (o volume é mais próximo da
realidade)
A segunda através das seções ele calcula pelo método de soma das áreas X a semi-
distancia.

Visualização 3D:

Anderson Santos de Oliveira


Téc. em Agrimensura
Estudande de Eng de Agrimensura
andersonagrimensura@yahoo.com.br