P. 1
PRIMARIA_7_34604

PRIMARIA_7_34604

|Views: 7.194|Likes:
Publicado porMagna Negreiros

More info:

Published by: Magna Negreiros on Mar 29, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/21/2013

pdf

text

original

Propósito

Ajudar todas as crianças a compreenderem que podemos sobrepujar as
provações e dificuldades indo a Cristo.

Preparação

1.Em espírito de oração, estude João 9. Depois, estude a lição e decida como
deseja ensinar a história das escrituras às crianças. (Ver “Preparação das
Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Observação: Se em sua
classe houver alguma criança que tenha deficiência visual, tenha tato ao
preparar e apresentar esta lição.

2.Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que envolvam
as crianças e melhor as ajudem a alcançar o propósito da aula.

3.Material necessário:

a.Uma Bíblia ou um Novo Testamento para cada criança.
b.Um pedaço de tecido para servir de venda.
c.Gravura 7–14: Jesus Cura o Cego [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730
059) – 215].

Sugestões para o
Desenvolvimento
da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade

Vende uma criança e peça a ela que desenhe, no quadro, uma parte de um

Motivadora

objeto, como, por exemplo, um automóvel. Chame outra criança para ser vendada
e peça-lhe que desenhe uma outra parte do mesmo objeto. Continue com isso até
que várias crianças tenham desenhado uma parte do objeto. Discuta com as
crianças o por quê de ser difícil fazer isso.

•Em que o fato de não poder ver dificultou que se desenhasse a figura?

•Como vocês se sentiriam se nunca mais pudessem ver?

Diga às crianças que vocês falarão a respeito de dois tipos de cegueira. Peça-
lhes que prestem atenção na história das escrituras que você irá contar, para
descobrir quais são os tipos diferentes de cegueira.

História das

Mostre a gravura “Jesus Cura o Cego”. Ensine a história de quando Jesus curou

Escrituras

um cego de nascença, de acordo com João 9. (Para sugestões de como ensinar
as histórias das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Enquanto
estiver contando a história, ajude as crianças a compreenderem que os fariseus
(que eram os líderes religiosos dos judeus) estavam preocupados com a
possibilidade de perderem a popularidade se o povo acreditasse em Jesus Cristo.
Por isso, eles sempre tentavam fazer com que o povo duvidasse de Jesus e das
coisas que Ele fazia e ensinava. Eles não reconheciam as verdades do evangelho
que Jesus ensinava; portanto, eram espiritualmente cegos. Diga que quando
deixamos nossos interesses egoístas atrapalhar-nos de seguir o Salvador,
podemos tornar-nos cegos espiritualmente.

60

Lição

18

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escritura.
Utilize as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e
aplicar os princípios em sua vida. Ler as passagens de escritura indicadas
durante a aula ajudará as crianças a passarem a compreender as escrituras.

•O que os discípulos perguntaram a Jesus a respeito do homem que nascera
cego? (João 9:2) Por que as pessoas às vezes pensam que as doenças e
adversidades são conseqüência do pecado de alguém? De acordo com o que
Jesus disse, por que o homem era cego? (João 9:3)

•Em que sentido pode-se dizer que os fariseus eram cegos espiritualmente?
(João 9:16) Que acusação fizeram contra Jesus? Em sua opinião, por que não
reconheceram Jesus como sendo o Filho de Deus?

•Da primeira vez que os fariseus perguntaram ao cego de nascença o que havia
acontecido, de que forma ele referiu-se a Jesus? (João 9:11) Da segunda vez
que lhe perguntaram, quem ele disse que Jesus era? (João 9:17)

•O que estava acontecendo com a visão espiritual e física desse homem? O que
ele disse da terceira vez que o interrogaram a respeito de Jesus? (João
9:30–33)

•O que aconteceu ao homem por ter prestado testemunho de Jesus? (João 9:22,
34) O que Jesus fez quando ficou sabendo que o homem havia sido expulso da
sinagoga (que é um tipo de capela judaica)? (João 9:35) O que vocês acham
que o homem sentiu quando Jesus foi procurá-lo? Qual foi o último testemunho
que esse homem prestou a respeito de Jesus? (João 9:35–38) O que aconteceu
com a visão espiritual dele?

•Em sua opinião, por que o Pai Celestial e Jesus permitem que tenhamos
problemas e provações na vida? Como esses problemas e provações poderiam
nos ajudar a curar nossa cegueira espiritual? De que forma o Pai Celestial e
Jesus nos ajudam em nossos problemas e provações? (Ver a atividade
complementar 4.)

•De que forma as provações já serviram de bênção para vocês e sua família?
Incentive as crianças a discutirem essa questão, mas veja que elas não contem
problemas de família que não devam ser comentados em público.

Atividades
Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da
aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

1.Divida a turma em dois grupos. Dê uma das seguintes escrituras para cada
grupo ler. Peça-lhes que conversem entre si e, depois, contem à turma como a
pessoa ou as pessoas citadas na escritura lidaram com as provações.
Daniel 3:17–18, 23–25, 28
1 Néfi 18:16, 20–22
Mosias 24:13–16
Alma 14:8–11

2.Ajude as crianças a compreenderem a importância de estarmos atentos às
pessoas que tenham deficiências. Sugere-se que você peça a um adulto que
seja deficiente físico (ou a um dos pais de uma criança deficiente) que venha à
sala de aula e fale sobre como ser bondoso com os deficientes. Saliente que
provocar pessoas que tenham deficiências, zombar delas e fazer piadas a seu

61

Lição 18

respeito é coisa que não se faz. Podemos ajudá-las se precisarem, chamá-las
para brincar conosco e ser amigos delas. Devemos incluí-las em nosso grupo e
permitir que tomem parte de nossas atividades.

3.Cante ou leia “Eu Andarei Contigo” (Músicas para Crianças,p.78.)

4.Leia e discuta esta afirmação do Presidente Spencer W. Kimball:

“Se todas as orações fossem atendidas imediatamente (…) quase não haveria,
se houvesse, sofrimentos, tristezas, decepções e mesmo mortes e, se não
houvesse isso, também não haveria alegria, sucesso, ressurreição nem vida
eterna e divindade.” [Faith Precedes the Miracle(A Fé Precede o Milagre) p.
97.]

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho de que o Senhor nos abençoará e ajudará com nossos
problemas e provações, se obedecermos Seus mandamentos, tivermos fé em
Jesus Cristo e tentarmos ser mais semelhantes a Ele.

Designação de

Sugira às crianças que estudem, em casa, João 9:1–38 para recapitularem a lição.

Leitura Sugerida

Convide uma criança para fazer a última oração.

62

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->