Você está na página 1de 6

EXERCÍCIOS DE GASES – PROFº JEANNE D’ ARC MONTEIRO

1) (ITA-SP) 80 litros de gás hidrogênio a uma pressão P são submetidos à transformação


isotérmica, até que a pressão final seja igual a 1/4 da inicial. O volume ocupado pelo gás no
estado final é:
a) 40 litros.
b) 20 litros.
c) 84 litros.
d) 100 litros.
e) 320 litros.

2) (UFAC-AC) Considere o gráfico a seguir:

O gráfico acima representa um comportamento típico de um gás submetido à lei de Boyle –


Mariotte (P.V = K). Com relação à curva pode-se afirmar que:
a) É uma isocórica e o valor de K é igual a 2,0.
b) É uma isoterma e o valor de K é igual a 12,0.
c) É uma isocórica e o valor de K é igual a 12,0.
d) É uma isoterma e o valor de K é igual a 2,0.
e) É uma isobárica e o valor de K é igual a 2,0.

3) (UECE) Nas mesmas condições de pressão e temperatura, um gás X atravessa um pequeno


orifício com velocidade três vezes menor que a do hélio. A massa molar de X é:
dado: He = 4 g/mol.
a) 30 g/mol.
b) 32 g/mol.
c) 36 g/mol.
d) 40 g/mol.
e) 45 g/mol.

4) (UFPE-90) Nas mesmas condições de temperatura e pressão, a densidade do gás


hidrogênio é 0,082 g/L e a densidade de um gás desconhecido é 1,15g/L. Assinale a resposta
que corresponde à massa molar do gás desconhecido.
Dado: massa molar do átomo de hidrogênio = 1 g/mol.
a) 14 g/mol.
b) 16 g/mol.
c) 28 g/mol.
d) 32 g/mol.
e) 56 g/mol.

5) (UPE-2004-Q1) A velocidade de efusão de um gás “X” é duas vezes maior que a do anidrido
sulfuroso nas mesmas condições de temperatura e pressão. Em relação ao gás “X”, é correto
afirmar que:
Dados: S = 32 u; O = 16 u; He 4 u; nº de Avogadro = 6,02 x 1023.
a) sua massa molar é 32 g/mol.
b) 64g/6,02 x 1023 corresponde à massa em gramas de uma molécula do gás.
c) as moléculas do gás hélio são duas vezes mais rápidas que as moléculas do gás “X”, à
mesma temperatura e pressão.
d) o gás “X” é 8 vezes mais denso que o gás hélio.
e) 1,505 x 1023 moléculas de gás “X” têm massa igual a 3,01 x 1023 moléculas de He.
6) (UEG-GO) Quando se abre um frasco de perfume, este se vaporiza, e as moléculas no
estado gasoso se difundem através as moléculas do ar atmosférico, penetram nas fossas
nasais, atingem as células do aparelho olfativo, produzindo ma sensação agradável. Sobre a
difusão e a efusão julgue as afirmativas abaixo:
I. Difusão é a propriedade de duas ou mais substâncias se misturarem espontaneamente,
quando colocadas em presença uma da outra, dando misturas homogêneas.
II. A passagem de um gás por uma parede porosa é um fenômeno de efusão.
III. A uma mesma pressão e temperatura, a velocidade de efusão do H2(g) é quatro vezes maior
que a do O2(g).
Assinale a afirmativa CORRETA:
a) Apenas a proposição II é correta.
b) Apenas as proposições I e II são corretas.
c) Apenas as proposições II e III são corretas.
d) Apenas as proposições I e III são corretas.
e) Todas as proposições são corretas.

7) (ITA-SP) Comprimindo-se um gás sob temperatura constante, resulta que:

a densidade do gás a energia cinética

a) aumenta aumenta.
b) aumenta permanece constante.
c) aumenta diminui.
d) permanece constante permanece constante.
e) permanece constante aumenta.

8) (UFPE-2009) Gases, líquidos e sólidos exemplificam estados físicos da matéria e o


conhecimento adequado das propriedades destes estados, permite afirmar que:
0 0 um gás tende a ocupar o volume total do recipiente que o contém.
1 1 a solubilidade de um gás em um líquido depende da pressão parcial exercida por esse
gás sobre o líquido.
2 2 bolhas de gás tendem a elevar-se no interior de um líquido e crescem à medida que se
deslocam para alcançar a superfície.
3 3 substâncias no estado sólido sempre têm densidade maior do que no estado líquido.
4 4 em um sistema constituído por dois gases, o gás com maior massa molar exerce a maior
pressão parcial.

9) (UFPE-99) Dois recipientes encontram-se ligados por uma válvula, inicialmente fechada. No
recipiente menor, com volume de 1 L, encontra-se gás carbônico na pressão de 1,0 atm. No
recipiente maior, com volume de 3 L, encontra-se gás oxigênio na pressão de 6,0 atm.
Considerando que a válvula é aberta e os dois gases se misturam, ocupando o volume dos
dois recipientes, podemos afirmar que:
0 0 a pressão parcial do gás carbônico será 0,25 atm.
1 1 a pressão parcial do gás oxigênio será de 4,5 atm.
2 2 a pressão total no interior dos recipientes será de 7,0 atm.
3 3 a pressão total no interior dos recipientes será de 4,75 atm.
4 4 a pressão no interior do recipiente maior será menor que a pressão no interior do menor.

10) A expressão "estado de um gás" designa a situação em que esse gás se encontra, que é
expressa através da sua pressão (P), da sua temperatura (T) e de seu volume (V). Sobre as
características dos gases, assinale o que for correto:
Dados: H=1; C=12; O=16
0 0 2g de H2 a 0oC e 1 atm ocupam um volume de 22,4 litros.
1 1 Sob pressão constante, se a temperatura de um gás for diminuída, haverá uma contração
do volume.
2 2 Mantendo-se a temperatura constante, o volume de um gás será reduzido pela metade
quando a pressão for duplicada.
3 3 Se um gás estiver confinado em um recipiente indeformável, aumentando-se a temperatura,
a pressão aumentará de forma diretamente proporcional.
4 4 Um recipiente com 22g de gás carbônico contém 6,02 x 1023 moléculas de CO2.
11) (UPE-2007 – Q2) A variação de pressão interna constatada em um botijão de gás de
cozinha, a 27ºC, por ocasião da preparação de uma dobradinha por uma dona de casa, é igual
a 2,46 atm.
(Admita que a temperatura e a capacidade do botijão permanecem constantes e que todo calor
produzido pela combustão do butano foi utilizado na preparação da dobradinha)
Dados: ma(C) = 12u, ma (H) = 1u, R = 0,082L.atm/mol.K
Calor de combustão do butano = - 693 kcal/mol
Sabendo-se que a capacidade do botijão é 20,0L e que o gás nele contido é o butano, é correto
afirmar que:
a) a preparação da dobradinha consumiu 174,0g de gás butano.
b) a quantidade de calor necessária para a preparação da dobradinha é igual a 2.079kcal.
c) a massa do butano utilizada na combustão para a preparação da dobradinha é igual a
116,0g.
d) foram queimadas 1,806 x 1024 moléculas de butano para a preparação da dobradinha.
e) apenas 0,25 mol de butano foi necessário para a preparação da dobradinha.

12) (UPE-2004-Q2) Um tanque, contendo gás butano a 227°C com capacidade de 4,10 m 3,
sofre um vazamento ocasionado por defeito em uma das válvulas de segurança.
Procedimentos posteriores confirmaram uma variação de pressão na ordem de 1,5 atm.
Admitindo-se que a temperatura do tanque não variou, pode-se afirmar que a massa perdida de
butano, em kg, foi:
Dados: C = 12 u; H = 1 u; R = 0,082 atm L / mol K.
a) 8,7 kg.
b) 2,9 kg.
c) 15,0 kg.
d) 0,33 kg.
e) 30,3 kg.

13) (UPE-2006-Q1) Uma mistura gasosa é formada pelo mesmo número de mols de metano e
butano. A massa total da mistura é igual a 22,2g. Queimando-se essa mistura com oxigênio em
excesso e recolhendo-se todo dióxido de carbono formado a uma temperatura de 127ºC e 3,0
atm de pressão, pode-se afirmar, como correto, que o volume ocupado pelo dióxido de carbono
é:
ma (C) = 12u, ma (H) = 1u, R = 0,082 L . atm / mol . K
a) 16,4L
b) 3,28L
c) 13,12L
d) 0,328L
e) 131,2L

14) (ITA-SP) Temos um frasco aberto, contendo um gás a temperatura de 127°C. Querendo
expulsar do frasco 1/3 do número de moléculas desse gás, devemos aquecê-lo a:
a) 42,5°C.
b) 377 K.
c) 447°C.
d) 42,5 K.
e) 600 K.

15) (UFPE-98) Em determinadas condições de temperatura e pressão, 10 litros de hidrogênio


gasoso, H2, pesam 1g. Qual seria o peso de 10 litros de hélio, He, nas mesmas condições?
Dados: H = 1g / mol; He = 4 g / mol
Resp: 02g

16) (UFPE-2009) As propriedades físicas de um gás ideal são descritas por quatro parâmetros
(quantidade de matéria, n; temperatura, T; pressão, P; volume, V). Estes quatro parâmetros
não são independentes, e as relações entre eles estão explicitadas na equação de estado do
gás ideal, PV = nRT. Qual das afirmações a seguir, relacionadas à equação citada, é
incorreta?
a) Um gás ideal é definido como aquele que obedeceria rigorosamente à equação de estado
PV = nRT.
b) Em certas circunstâncias, gases reais comportam-se, aproximadamente, segundo o modelo
de um gás ideal.
c) O valor numérico da constante R depende das unidades de P, V, n e T.
d) O parâmetro P, na equação PV = nRT, é definido necessariamente pela pressão externa
exercida sobre o sistema.
e) A pressão osmótica de uma solução diluída – ideal, π, é calculada com o uso de uma
equação análoga a PV = nRT.

17) (UFAM-AM) Um gás perfeito encontra-se inicialmente em um estado A, sofre uma


transformação isotérmica e atinge o estado B, que por sua vez sofre uma transformação
isocórica e atinge o estado C, conforme o esquema abaixo:

Os valores de VB, TB, VC e TC, em relação ao estado A, são, respectivamente:


a) ½VA, TA, ½VA, 4TA
b) 2VA, TA, 2VA, ¼TA
c) 2VB, TB, 2VA, ¼TB
d) 2VA, TB, 2VA, ¼TB
e) ½VA, TB, ½VB, 4TC

18) (UFPE-2000) Um vendedor de balões de gás na Praia de Boa Viagem, em Recife, utiliza
um cilindro de 60L de Hélio a 5 atm de pressão, para encher os balões. A temperatura do ar é
30ºC e o cilindro está em um local bem ventilado na sombra. No momento em que o vendedor
não conseguir mais encher nenhum balão, qual o volume e a pressão do gás Hélio restante no
cilindro?
a) V = 0 L; P = 0 atm
b) V = 22,4 L; P = 1 atm
c) V = 60 L; P = 1 atm
d) V = 10 L; P = 5 atm
e) V = 60 L e P = 0 atm

19) (UFPE-99) Uma lata de um spray qualquer foi utilizada até não mais liberar seu conteúdo.
Neste momento, podemos dizer:
0 0 a pressão de gases no interior da lata é zero.
1 1 a pressão de gases no interior da lata é igual à pressão atmosférica.
2 2 existe vácuo no interior da lata.
3 3 ao aquecermos a lata, a pressão no interior da lata não varia.
4 4 ao aquecermos a lata e pressionarmos a válvula, gases sairão novamente.

20) (UFPE-95/F) Durante o inverno do Alasca, quando a temperatura é de – 23°C, um esquimó


enche um balão até que seu volume seja de 30 L. Quando chega o verão a temperatura chega
a 27°C. Qual o inteiro mais próximo que representa o volume do balão, no verão, supondo que
o balão não perdeu gás, que a pressão dentro e fora do balão não muda, e que o gás é ideal?
Resp: 36 L.

21) (Fuvest) A efervescência observada, ao se abrir uma garrafa de champanhe, deve-se à


rápida liberação, na forma de bolhas, do gás carbônico dissolvido no líquido. Nesse líquido, a
concentração de gás carbônico é proporcional à pressão parcial desse gás, aprisionado entre o
líquido e a rolha. Para um champanhe de determinada marca, a constante de
proporcionalidade (K) varia com a temperatura, conforme mostrado no gráfico.
Uma garrafa desse champanhe, resfriada a 12 ºC, foi aberta à pressão ambiente e 0,10L de
seu conteúdo foram despejados em um copo. Nessa temperatura, 20% do gás dissolvido
escapou sob a forma de bolhas. O número de bolhas liberadas, no copo, será da ordem de:

a) 102 b) 104 c) 105 d) 106 e) 108

Dados:

22) (UFJF-MG) Em um laboratório de Química (pressão = 600 mmHg e temperatura = 300 K)


foi realizada uma reação entre magnésio metálico e ácido clorídrico, na qual foram produzidos
30 mL de gás hidrogênio. Se aumentássemos a pressão para 800 mmHg e aquecêssemos o
sistema a uma temperatura de 400 K, o volume de hidrogênio produzido corresponderia a:

a) 30 mL. b) 60 mL. c) 120 mL. d) 40 mL. e) 20 mL.

23) (UNICAMP-SP) Um balão contém 1,31g de oxigênio gasoso (O2) e outro balão, de mesmo
volume, contém 1,72g de hidrocarboneto gasoso, ambos a mesma temperatura e pressão. A
massa molecular do hidrocarboneto é:
Dado: O = 16 u.
a) 16 u.
b) 32 u.
c) 36 u.
d) 38 u.
e) 42 u.

24) Em laboratórios de síntese orgânica, um dos métodos convencionais para a transformação


de ácidos carboxílicos em seus respectivos cloretos de ácido é o seu tratamento com cloreto de
tionila (SOCl2), conforme o esquema abaixo.
Sabendo-se que nessa reação empregou-se 30,5 g de ácido benzóico, obtendo-se o
correspondente cloreto de ácido em 90% de rendimento, e que o dióxido de enxofre (SO2) foi
quantitativamente recolhido para o balão B da figura ao lado, responda ao que se pede.

Dados: MM(Ácido Benzóico) = 122 g mol–1


a) Calcule, em número de mols, a quantidade do cloreto de ácido obtido ao final da reação.
b) Considerando que no balão A existe gás nitrogênio a uma pressão de 3 atm, calcule a
pressão final do
sistema após a abertura da torneira. O produto entre a constante dos gases ideais e a
temperatura no
sistema de balões vale RT = 30 atm L mol –1.

Resp: a) 0,225 mol de cloreto de ácido.

b) 1,45 atm.