CRONOLOGIA DOS IMPÉRIOS MUNDIAIS

Houve até hoje seis impérios de âmbito mundial. Damos abaixo o resumo de cada um deles. 1º) Egito: 1600-1200 a.C. Este império mundial ia da Etiópia ao Eufrates. Nas dinastias XVIII e XIX, Israel estava no Egito. Canaã era província egípcia. O Egito foi fundado por Mizraim, filho de Cão, logo após o Dilúvio (Gn 10.6,13). Houve 31 dinastias de reis egípcios, de 3500 a 332 a.C, quando o país foi conquistado por Alexandre. De 332 a 30 a.C, o Egito foi governado pelos reis Ptolomeus (I a XIV), sendo seu último governante a rainha Cleópatra VII (ano 30 a.C.) Daí em diante ele foi província romana até 640 d.C Algumas dinastias egípcias de maior interesse para o estudante da Bíblia: IV Dinastia - Construção das famosas pirâmides em Gizé. (2900 - 2750 a.C.). XII Dinastia - Abraão vai ao Egito (Gn cap. 12) (cerca de 2000 a.C.) XV-XVII Dinastia - Os Hicsos dominam. José pertence a XVI dinastia. XVIII-XIX Dinastia - O Egito como império mundial. O nascimento de Moisés deuse na XVIII. O êxodo dos judeus deu-se na XIX (1600 - 1200 a.C.). XXI Dinastia - Época de Davi (1100-950 a.C.). XXVII-XXXI Dinastia - São as chamadas dinastias pérsicas (525 - 332 a.C.). 2º) Assíria: 900-607 a.C. Levado o Reino do Norte (Israel) em cativeiro (734-721 a.C). Os assírios eram muito cruéis. Não poupavam a ninguém. Nínive era a capital. O nome deriva de Nina,um dos nomes da deusa lua de Ur. (Seu nome mais comum era Istar.) A Assíria fez-se à custa de pirataria. Para inspirar terror aos povos vizinhos, eles costumavam fazer montes de caveiras dos seus prisioneiros. Foi fundada por Assur (Gn 10). Teve reis famosos como Tiglate-Pileser I (1120-1100 a.C), mais ou menos contemporâneo de Samuel. Como império mundial, a Assíria tem mais relação com o Reino do Norte (Israel). Alguns reis desse império mundial: - Salmaneser II (885-860 a.C.) Foi o primeiro rei assírio a hostilizar Israel. Acabe fez-lhe frente. Jeú pagou-lhe pesado tributo. - Tiglate-Pileser III (747-727 a.C.) Também chamado Pul, na Bíblia. Levou para o cativeiro habitantes do Norte de Israel, em 734. - Salmaneser IV (727-722 a.C.) Sitiou Samaria, morrendo no sítio (2 Rs 17.5). - Sargão II (722-705 a.C.) Consumou o cativeiro do Reino de Israel (2 Rs 17.6). - Senaqueribe (705-681 a.C.) O mais famoso rei assírio. Invadiu Judá, sendo derrotado por um anjo diante de Jerusalém (2 Rs 19.35). - Em 607 a.C, assediado pelos citas, medos e babilônicos, o feroz e brutal império caiu! - Jonas, profeta do reino de Israel, foi enviado como missionário a Nínive, capital da Assíria (!), provavelmente durante o reinado de Adade-Ninari (808-783 a.C.) 3º) Babilônia: (606-536 a.C.) Destruiu Jerusalém e o templo de Salomão. Levou Judá em cativeiro. Foi império mundial durante o tempo em que Israel esteve cativo: 70 anos! Babilônia foi o berço da raça humana. Aí ficava o Éden. Adão, Noé e Abraão viveram em seu território. Cerca de 2000 a.C. Babilônia foi potência dominadora mundial. Houve em seguida um longo período de declínio, ficando a supremacia com os assírios. Depois de quase dois mil anos, Babilônia ressurgiu como império mundial (606-536 a.C.) Nesta condição, teve 6 reis. Nabucodonosor - o 2? rei - foi o maior deles. Esse rei levou os judeus ao cativeiro. Daniel foi um dos cativos. A ele afeiçoou-se o rei e fê-lo um dos seus conselheiros. A influência de Daniel sobre esse rei, sem dúvida, minorou a condição dos cativos judeus. O último rei de Babilônia foi Belsazar. Ele iniciou o seu reinado associado ao pai, Nabonido. Em Daniel 8.1, o "terceiro ano do reinado de Belsazar" é a partir de seu reino associado com seu pai. Em 5.7,29, assim se compreende o "terceiro no reino": l 9 Nabonido; 2? Belsazar; 3? Daniel. Em 5.2,11, Belsazar é chamado "filho de Nabucodonosor", porém, no sentido de descendente (Jr 27.7). (Ver também Romanos 9.10 e 2 Reis 14.3, onde "pai" está no sentido de ancestral.). Daniel serviu no palácio com todos os reis babilônicos, a partir de Nabucodonosor. Foi uma testemunha fiel de Deus no palácio do império que dominou o mundo: Daniel viveu em Babilônia da elevação à queda do império. 4º) Pérsia: 536-331 a.C. Em 536, Ciro o Grande, venceu Babilônia e decretou a volta dos judeus, os quais novamente se organizaram como nação. Lista dos reis persas, dos quais, vários estão mencionados nos livros de Esdras, Neemias e Ester: • Ciro. 538-529 a.C. (Ed 1.1; Is 45.1; Dn 1.21). Deus chamou-o pelo nome 150 anos antes de seu nascimento (Is 45.1). Só Deus pode fazer isto! Ciro conquistou Babilônia em 536 a.C. • Assuero. . "Assuero" corresponde à palavra grega "Xerxes" que significa - Persa - “Ksathra, que significa guia, príncipe real”. 529-522 a.C. (Ed 4.6). É chamado na História por Cambises II, filho de Ciro. É ainda conhecido por Xerxes I. Dario o Medo. Também chamado Dario I, e Dario filho de Assuero (Dn 5.31; 6.1,28; 9.1). Esse monarca foi, por Ciro, constituído rei, interinamente, sobre a Caldéia, enquanto Ciro completava suas conquistas (Dn 9.1). Ciro, ao terminar suas conquistas, ocupou o trono do império (Dn 6.28). O Assuero, pai deste Dario, não é o mesmo mencionado em Ester 1.1. • Artaxerxes I – “que reina com justiça, que tem arte”. 522-521 a.C. (Ed 4.7-11). Determinou a suspensão das obras do templo, conforme Esdras 4.21-24. A História chama-o Smeredis. • Dario II. 521-485 a.C. (Ed 4.5; 5.6; 6.1). É filho de Smeredis. Conhecido na História por Histaspes. É o Dario da Pedra de Behistum perto de Hamadã. Ordenou a conclusão do templo. É o famoso Dario da Batalha de Maratona, Grécia, onde ele foi vencido pelos gregos (490 a.C.) É o pai de Assuero, marido de Ester (Et 1.1).

Seu vasto império foi pouco depois dividido entre 4 de seus generais. Galba (Sérvio Sulpício Galba). 69 d. Tornou-se império em 31 a. Não é mencionado na Bíblia.C. Depois. Oto (Marcos Sálvio Oto). No seu reinado. O nome César foi herdado do grande general Caio Júlio César.C.000 habitantes. Não é mencionado na Bíblia. Kaiser (alemão). Quanto à religião. seu filho.C. População total: 120. Passou a república em 509 a. Não é mencionado na Bíblia. Não confundir este com o Assuero de Esdras 4. 7.C. Este integrou o primeiro triunvirato romano em 59 a. em Babilônia. (Lc 2. 13.500. Levou a cultura grega a toda parte. Seu prazer era assistir a agonia de morte de suas vítimas. 11. com Pompeu e Crasso.32. "Augusto" foi título conferido pelo Senado em 27 a. 3.200km de norte a sul. na batalha de Arbela. Fp 4. A História chama-o Xerxes II. Não é mencionado na Bíblia. lançando a culpa sobre os cristãos. Foi derrotado pela esquadra grega. da Literatura.C.C. a capital.C. 2 Tm 4. 31 a. 79-81. após conquistar toda a Itália. 14-37 d. Assíria. Foi tolerante e benevolente para com os judeus. Cláudio (Tibério Cláudio Druso Nero). Em seus dias. Não é mencionado na Bíblia.C.C. após seis anos de conquista.C. Dentre os imperadores romanos. Foi o mais poderoso e o mais rico rei persa. César governou sozinho como ditador. Foi um dos maiores monstros da História. o Ocus. OS DOZE CÉSARES 1.C. Filho de Vespasiano.C. Calígula (Caio Júlio César Germânico Calígula).C. Incendiou Roma em 64 d.C. em 331 a. 5º) Grécia: 331-146 a. por Tito.Tibério (Tibério Cláudio Nero). Czar (russo). Vitélio (Aulo Vitélio). 68-69 d.17). Foi esposo de Ester.1 é contado a partir de 11 d. Não é mencionado na Bíblia. aos 33 anos de idade. em 480 a.C. no istmo de Corinto. Em 146 a. 26. Em 330 Alexandre o Grande. Chipre. A Palestina foi por ele conquistada em 63 a. • Artaxerxes IV.C. (Lc 3. os gregos eram idolatras por excelência.476 d. e. Não é mencionado na Bíblia. 6. tinha o mundo a seus pés.6. também a Igreja foi fundada. 404-359 a. O ministério de Jesus e o começo da Igreja ocorreram em seu reinado. Vencido por Alexandre o Grande.000.C.11. Domiciano (Tito Flávio Domiciano). Filho do rei anterior.C. É de grande valor para o estudante da Bíblia o conhecimento da história do Império Romano sob vários aspectos. Cometeu os maiores desvarios. 8. A História chama-o Longímano. • Dario III. No seu reinado. 41-54 d. Ne 2.C. Augusto (Caio Júlio César Otávio Augusto). Nerva (Marcos Cócio Nerva). 2.• Assuero. (At 25. 12. e significa sublime. mencionaremos apenas os 12 Césares. Roma. Mencionado na Bíblia em Neemias 12. Caiu então o grande império persa. (Ed 7. Os limites do império compreendiam 4. A Grécia foi o centro da Filosofia. (At 11. 4.C. das Ciências e da Arte.17. Isto explica sua magnanimidade para com os judeus. Vespasiano (Tito Flávio Vespasiano). veio a ser senhora do mundo. 81-96 d. seu filho adotivo.) 9. por Bruto.1).C.C. Jesus nasceu quando esse poderoso império dominava o mundo conhecido. em 323.1. em 67 d. Nero(Nero) (Cláudio César Augusto Germânico).1). 37-41 d. Em 332 invadiu a Palestina. 359-338 a. Certamente a rainha influiu muito na formação de seu caráter. Foi assassinado em 44 a.C. . Era lugar de encontro das classes cultas do mundo. a 14 d. 1 Pe 2.800km de leste a oeste.22. 69-79 d. 54-68 d. É o mesmo que Kurios (grego). 5. No seu reinado Jesus nasceu. • Artaxerxes III. 424-404 a.C. Reinou com Augusto de 11 a 14 d. o Mnémon. 6º) Roma: 146 a. (Os anos 68 e 69 foram de grandes rebeliões internas. Nos dias do NT. Milhares deles foram queimados vivos ou jogados na arena para serem comidos por animais famintos.C Filho de Vespasiano. (Et 1. o Notus.C .22.C. A história chama-o Codómano. Foi enteado da rainha Ester. Ia do Atlântico ao Eufrates. Tremendo perseguidor dos cristãos.C. Não é mencionado na Bíblia. Morreu.C.C. venerando.C. Seu "ano 15" de Lc 3.000 de habitantes.1. Jerusalém foi destruída no ano 70 d. em Salamina.C. Roma venceu a Grécia na Batalha de Leucópetra. que então comandava os exércitos romanos no Oriente. 465-424 a. O nome césar significa senhor. • Artaxerxes II. Venceu os britânicos em 4 d. e 3. 485-465 a. o apóstolo João foi banido para Patmos. tinha 1. Não é citado na Bíblia. • Dario IV.1). 96-98 d. do mar do Norte ao Deserto Africano. e.C.6). Executou o apóstolo Paulo.C. • Arses.C. Não é citado na Bíblia. 335-331 a. 69 d.C. sendo a metade constituída de escravos.C.C. Tito (Tito Flávio Sabino Vespasiano). 338-335 a. Autorizou seu ministro Neemias a reedificar Jerusalém. 10.28). na região do Lácio. A cidade-reino de Roma foi fundada em 753 a.

é permitida a volta dos cativos para Jerusalém.1-14 . Dt 17. indo sacrificar em Jerusalém. pede que Ele faça a Sua vontade.. o Templo destruído.26 .42 # SÓ JUDÁ. uns 6 meses depois: início da reconstrução do Templo. eles podiam manter sua identidade. como predito por Deus..1-3 ii) 597 aC .. inclusive Ezequiel. com Josua.897(!) pessoas.Ed 3.. Dn 5. capital Nínive.2 –19 P Como o homem tem livre arbítrio. do norte. que se desvia do Senhor # o rei não confiou que Deus que lhe dera o trono. na volta do cativeiro iii) na Cronologia dos reis persas. CERCA DE 280 ANOS.4 / Salomão. Nabuco. Ali. leva cativos: entre eles Daniel e amigos.Completados os 70 anos de cativeiro. para que Eu não a destruísse. Por isso.8-10. cf promessa de Deus: 1Cr 22. *Caído o império babilônico pela conquista do império medo-persa. no 2o. o reino de Israel durou 210 anos (HHH pg 182) -Em 734 – 721 aC Israel.OS FIÉIS de todas as tribos. 1Rs 12. sob Dario.Introdução: Lendo ESDRAS e NEEMIAS convém dar uma olhada. e avisa de terríveis juízos se insistirem em andar após outros deuses. ao norte. Jerusalém é invadida. em João 4. Profetas são enviados para chamálos de volta ao Senhor. 45. 2Rs 24. a inimizade entre judeus e samaritanos e o dilema da mulher. é levado pela Assíria. o persa. 14 iii) 589 aC . Como Judá não que pagar os tributos. Em 535 aC. 12. o povo quisesse juntar-se a Judá novamente. edificam o altar e oferecem sacrifícios.30-31 i) 606 aC .mas é interrompida por inimigos.30-31 . 2Cr 36.4 *1 e 2 Reis contam as concomitantes sucessões dos reis de Israel (norte) e Judá (sul) . Ed cap 2 EM 536aC.8.Por causa do pecado de Salomão: cavalos do Egito e mulheres. capital Samaria. Judá(reino do sul) continua com sua apostasia. sobe contra Judá.21 / Davi . e Ciro. 2Sm 5. em vão.10 tribos formam o reino de Israel.28. Sl 115. no Apocalipse é possível achar representantes das 12 tribos! Ap 7.11-12 Tempo contado desde a primeira investida dos caldeus.1 Em 536aC.estivesse perante Mim por esta terra.. ao norte. Cumpra a Sua Palavra: ‘busquei um homem que.28-40. cai o império caldeu. Babilônia é destruída. sob Nabucodonozor que tinha outro sistema de tratar os cativos: deixava-os juntos em regiões fechadas. ocupa o trono enquanto * Ciro.36 . i) na cronologia da época dos cativeiros de Israel e Judá. Lc 1.10. o medo. tudo queimado. Interessante: Daniel ora pedindo que Deus cumpra Sua Palavra. vindo o tal povo a desaparecer. 1 Rs 11. Jr 19.. 13-18 # Mesmo rebeldes.Começa o império medo-persa. em que mães vieram a comer seus filhos. * Autorizada a volta dos cativos judeus. 24.6-7.Saul At 13. # Os judeus ficam 70 anos na Babilônia.. mas a ninguém achei’ Ez 22.. O tempo dos Reis (120 + 280) perfaz 400 anos # O cativeiro se dá em etapas: num período de 20 anos. vão para Judá.34-37.26-30 . Ficam apenas os pobres. Por recusar pagar impostos.1-7. cultura e culto. Jerusalém é sitiada por três anos (Tempo terrível. como guetos. Não deram ouvidos às palavras do Senhor pelos profetas. a língua e os costumes se diluíam. o que é uma abominação ao Senhor: por isso. e são levados cativos.. Is 44.. iii) CRONOLOGIA DA RESTAURAÇÃO. 1Rs 11.16 Deus age quando alguém na terra quer. seria Suficiente para mantê-lo: temeu que.897 judeus 49..Uma tribo e meia ao sul. sacerdote. quando Daniel foi levado. Exige pagamento de tributos.10) *Até que. Zorobabel. 14.20 # Só por causa da promessa de Deus a Davi. e a Terra for dada aos homens.Por causa da descarada idolatria.32. a raça .. e 49. Deus mantém a linhagem de Judá no trono. Ed 1.16-17 1 Rs 4. Dn 1.. Por isso os judeus (os de Judá) puderam voltar do cativeiro e dar continuidade ao povo escolhido para trazer o Messias ao mundo. 1Rs 11. há nova investida. # Os assírios tinham o costume de espalhar os cativos entre outros povos. Sl 89. o medo.. 2 Rs 17. # O REINO UNIDO DURARA 120 ANOS.11 Todos são levados.30-31 * Dario. Deus envia os profetas: chama Seu povo de volta a Si. depois do cativeiro! *Cronologia dos cativeiros de Israel e Judá . com casamentos mistos. pelo ocorrido com Israel.26. Foi o que aconteceu com os israelitas # Os outros povos que os assírios mandaram habitar m Samaria. continua lutando por mais dois anos. * No sétimo mês. os vasos da casa do Senhor e muitos animais.4.. líder político.. mês. quando percebem a apostasia de Israel.. .16-19 . Dn 9. Ed cap 4 . Em 586 aC Judá é levado cativo pelos caldeus. não tiveram problema de acrescentar o culto a Jeová aos seus outros cultos.9-20 -Não se dando por avisado. Jr 25. e ii) na Cronologia do tempo da restauração.1.. povo da Babilônia.O reino foi dividido: 1Rs 11. e para dar continuidade à linhagem da promessa do Descendente. forma o reino de Judá. capital Jerusalém 1Rs 12. em 586 aC. três reinos de 40 anos cada: .9 Lm 4. o persa..

14 anos depois de destruída Jerusalém.. 7. # feita de acordo com planta dada pelo Senhor a Ezequiel. Neemias volta para a Babilônia.. 6.. império dominante ( 444aC) # iiii) Cronologia dos reis persas: * Manual HHH. Ed 4. favorável aos judeus. pára a obra (Artaxerxes.1..13 Em 516 aC. Ed 7 Em 444 aC .6 Assim se completa a obra de restauração de Jerusalém. Ez 40 a 48 56 anos antes de seu término. persa.7) Ed 4.24 Dario I 521 . Ester torna-se rainha da Pérsia (ver livro de Ester) Em 457 aC... a obra é completada em 52 dias.6-12 Xerxes(Assuero) 485 .. nova autorização Ed 6. Ed 1 a 3 Não sem oposição.. o Templo é concluído. 15 anos depois. que ainda guerreava ao norte) . ao término do Templo( 516aC) e estabelecida como Nação reconhecida pelos persas.. 13 anos depois. Ed 5-6.425aC : enteado de Éster. 538-529aC Ed 1.Cambises 529-522aC. Retornando a Jerusalém pouco tempo depois.Em 520 aC..485aC. reencetada a obra por Ageu e Zacarias. não sem oposições. pg 231/ ed 61 Império medo-persa: . 12 anos depois. Em 478 aC. 21 anos depois. Em 572 aC. Ne 13. quando é conquistado pelo grego Alexandre. Em 457aC autoriza Esdras a voltar para Jerusalém Em 444aC autoriza Neemias reedificar os muros -O império persa vai até 331aC.1 (reina 2 anos antes de Ciro.... 38 anos depois. o Grande..Dario. Ed 4.465aC marido de Éster Artaxerxes 465 . A obra demorou 4 anos.15. Esdras vem da Babilônia a Jerusalém. medo. # já no período inter-bíblico (tem artigo sobre esse período) FIM . que durou 92 anos:iniciada com a restauração do culto (536aC) reafirmada a aliança com Deus. Em 432 aC . Neemias vem para reconstruir os muros.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful