P. 1
História do RX

História do RX

|Views: 26|Likes:
Publicado porRodrigo Rezende

More info:

Published by: Rodrigo Rezende on Jul 09, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/25/2012

pdf

text

original

História do RX

08/11/1985 Wilhelm Conrad Röntgen, físico alemão descobriu radiação electromagnética nos comprimentos de onda correspondentes aos atualmente chamados raiosX. 28/12/1985 – Röntgen entregou seu relatório preliminar ao presidente da Sociedade de Física Médica de Würzburg, acompanhado por radiografias experimentais e pela imagem da mão de sua esposa. • 23/01/1986 – Foi a primeira radiografia em público, sendo tirada da mão do famoso anatomista Albert Von Kölliker.

Em Abril de 1896, um relatório médico apresentado no “Medical Record” descreve um caso no qual um carcinoma gástrico teve uma surpreendente resposta quando irradiado com raios-X. • Em 1898, o casal Curie (Pierre e Marie Curie) anunciou, na Academia de Ciências de Paris, a descoberta do rádio. Naquela mesma época, Madame Curie demonstrava que as radiações, descobertas por Becquerel (a atividade radioativa dos sais de Urânio) poderiam ser medidas usando técnicas baseadas no efeito da ionização.

um método rápido de cadastramento de pacientes para se fazer radiografias do tórax. Hounsfield desenvolveu a Tomografia Computadorizada. a substância cinzenta e a substância branca. cirurgias extracorpóreas para desobstrução de artérias (famosas pontes de safena).• Em 1900. Até essa época. • • Em julho de 1927. Irene e Fréderic Joliot Curie . Até então as densidades conhecidas nos Raios X eram ossos. o tecido cerebral demonstrando-se o líquor. Com esse método. simplesmente passando-os pela artéria femoral do paciente. depois a Politomografia onde os tubos de Raios X realizavam movimentos complexos enquanto eram emitidos. o acelerador de partículas. No Brasil. gorduras. usam-se catéteres que dilatam e desobstruem até coronárias. Lackett e Stenvard descobriram ar nos Ventrículos ocasionados por uma fratura do crânio. • Em 1920. • Em novembro de 1912. Egaz Moniz desenvolveu a angiografia cerebral pela introdução de contraste na artéria carótida com punção cervical. Assim surgiu a Planigrafia linear. Assim. A evolução dos equipamentos trouxe novos métodos. em 1934. descobrem a radioatividade em elementos artificiais impulsionando as aplicações médicas com a obtenção de isótopos radioativos. evitando nesses casos. surgiu à idéia de usar a tensão alternada para acelerar partículas carregadas originando. J. começou-se a ocluir os vasos tumorais surgindo assim a radiologia intervencionista e terapêutica. Ele ganhou o prêmio Nobel de Física e Medicina. Wallace Johnson e Walter Merril publicaram um artigo descrevendo os resultados positivos obtidos em câncer de pele pela aplicação de raios-X. um engenheiro inglês. líquidos e partes moles. com anestesia local. as imagens do nosso corpo eram obtidas pela passagem do • • • • . Manuel de Abreu desenvolveu a Abreugrafia. acoplando o aparelho de Raios-X a um computador. Por volta de 1970 através de catéteres para angiografia. No final da década de 40. mais tarde. • Também na década de 1970. devido a sua alta sensibilidade foi possível separar as partes moles assim visualizando sem agredir o paciente. tendo sido reconhecida mundialmente. nos dias de hoje. iniciaram-se os estudos relativos à aplicação dos raios-X na inspeção de materiais dando origem à radiologia industrial.

.feixe de Raios X pelo corpo. Essas diferenças eram então analisadas pelo computador que fornecia uma imagem do corpo humano em fatias transversais em um monitor e depois passada para um filme radiográfico. só que com mais vantagens adicionais. Com essa nova técnica.  Atualmente sabe-se que os chassis e filmes radiográficos em muitos centros Radiológicos já não são mais utilizados. Ela obtém imagens do nosso corpo similares às da tomografia computadorizada. pois a técnica de Radiologia Digital já é uma realidade. Essa nova técnica melhora a qualidade da imagem e facilita o seu processamento. Não utiliza radiação ionizante e raramente necessita uso de contraste. o feixe de Raios X atenuado pelo corpo sensibilizava de maneiras diferentes os detectores de radiação.  O homem. não satisfeito ainda. descobriu e colocou em aplicação clínica a Ressonância Nuclear Magnética por volta de 1980. que sofria atenuação e precipitava os sais de prata numa película chamada filme radiográfico que era então processada.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->