Renovação Carismática Católica Pau dos Ferros - RN Ministério de Intercessão Formação Básica- Módulo I 1.

1 - Princípios Básicos: O que é o Ministério de Intercessão? “Tenho procurado entre eles alguém que construísse o muro e se detivesse sobre a brecha diante de mim, em favor da terra, a fim de prevenir a sua destruição, mas não encontrei ninguém.” (Ez 22,30) Estava havendo grandes pecados, na cidade de Jerusalém, crimes tomava de conta de todo lugar, profanações nos Santuários do Senhor, e com tudo isso a Sua ira crescia a cada vez mais. Por isso ele chama o Profeta Ezequiel, e diz: “Eu quero alguém que se ponha na brecha”. Deus queria alguém para aplacar sua ira. E essa é a missão deste ministério, através de três princípios o que devemos viver: Adoração, Intercessão e Testemunho, para acalmar o coração de Deus. Quem é o Intercessor? Ser intercessor é se colocar entre aquele que deseja dar e aquele que deseja receber. É também se colocar entre satanás e sua força e aquele que precisa receber a libertação. É se colocar entre Deus e o irmão que precisa de uma graça. O intercessor fala a Deus em nome dos homens, da mesma forma que os profetas falavam em nome de Deus. Mais o intercessor por si só não consegue nada, se não for aberto à graça do Espírito Santo. O intercessor é aquele que dedica boa parte do seu tempo para oração depreciativa (pedido). Ele conhece o coração de Deus, ama a Deus de forma diferente, e sabe que é amado por Ele. E tudo o que é pedido é por graça de uma humilde oração de amor. 2.1 - O ministério Intercessor de Jesus: Jesus é “O Intercessor” por excelência. Através de Sua morte de Cruz, nos tornamos participantes da Nova Aliança. “Quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu, ou melhor, que ressuscitou, que está à mão direita de Deus, é quem intercede por nós!” (Rm 8,34). Jesus veio e “fechou a brecha”, ficando agora entre o céu e a terra, intercedendo por nós incessantemente, para que nos enraizemos n’Ele (Cf. Cl 2,6-8). Jesus não deseja esse ministério só para si, Ele entrega a seus discípulos dizendo: “Em verdade, em verdade vos: aquele que crê em mim fará também as obras que faço, e fará ainda maiores que estas: porque eu vou para junto do Pai. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo darei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Qualquer coisa que pedirdes em meu nome, vo-lo darei” (Jo 14,12-14). É por Jesus, só por Jesus que o Pai atende os Intercessores. 2.2 - Maria, a Intercessora: A Bendita Entre todas as Gerações. “Deus Pai ajuntou todas as águas e denominou-as mar; reuniu todas as graças e chamou-as Maria10. Este grande Deus tem um tesouro, um depósito riquíssimo, onde encerrou tudo que há de belo, brilhante, raro e precioso, até seu próprio Filho; e este tesouro imenso é Maria, que os anjos chamam o tesouro do Senhor, e de cuja plenitude os homens se enriquecem.” (T.V. D Capitulo I §23). Ela é o tesouro de Deus, Rainha dos Anjos. Nossa Senhora era e é a intercessora do silêncio. Nunca quis aparecer e nem ser exaltada mais do que o Seu Filho, logo quando chegou trouxe a Santificação ao Profeta João Batista no ventre de Santa Isabel. Tomemos a Palavra em João 2,112, fala das bodas de Caná. Foi ao humilde pedido de Maria, que ele, nas núpcias de Caná,

18). Ela como Mãe e mestra. e por Maria os continuará até ao fim dos séculos (T. O mais belo é que os profetas conquistavam o Coração de Deus pela humildade. pela viagem de Acab (Cf. Estevão: Ora por aqueles que lhes apredegavam (Cf. Capazes de ficar face a face com o Senhor. e não desistiam de orar pelo povo (Cf. 17. Todos nós somos chamados a sermos intercessores. mais quando partimos por nossos méritos os nossos pedidos chegam em bandejas de latão. mais existem pessoas escolhidas por Deus para assumir esse ou outro ministério. Elias: Adora e se entrega em oração a Deus. Js 3.1-30).f Ex 32. sobretudo.16-33) Moisés: Ora pela Batalha que se travou entre o povo de Amalec e Israel. assim que se reconhece um intercessor de verdade.33-16).I. nos ensina e educa como devemos fazer. Ele é "capaz de salvar de modo definitivo aqueles que por meio dele se aproximam de Deus. Jo 17). Ela como Mãe insiste e diz para fazer tudo o que Ele nos disser. “Interceder.4). e se tornaram amigos íntimos de Deus (Cf. Jo 2) Jesus: Oração Sacerdotal (Cf. O próprio Espírito Santo "intercede por nós. 2 Cr 20. Ef 3. desde Abraão. interceder pela Igreja e na Igreja (Cf. Ela leva os nossos pedidos de oração em bandejas de ouro. O relacionamento com Deus é indispensável. e todos puderam passar o sobre o leito do rio Jordão a pé enxuto (Cf. Ex 33. .8-13). 41-46).17). IPd 2. clamando pelo povo de Judá e Jerusalém (Cf..I. Josué: Se colocou em adoração a Arca da aliança pelo povo.1. C § 2635). Todos os pedidos feitos por Nossa Senhora vão até Jesus e Ele é quem decide o que fazer. Ele se entrega por nós na Cruz como intercessão.1 Intercessores na Bíblia: Profetas da História Primeiro Testamento: Abraão: Intercede por Sodoma (C. D Capitulo I §19). 4. 3. sendo este seu primeiro milagre sobre a natureza. se nos deixarmos moldar na forma da Santíssima Mãe. Jer 1. IRs 18. é próprio de um coração que está em consonância com a misericórdia de Deus” (C.mudou água em vinho.25). At 7. Paulo: Orava em todas as circunstâncias (Cf. A Devoção a Santíssima Virgem Maria é essencial para o nosso ministério. Quando pedimos a Sua ajuda. antes do nascimento Deus já tinha um plano para a nossa vida (Cf.” (C. capazes de alcançar rapidamente o coração de Jesus.14ss. Ele começou e continuou seus milagres por Maria.26-27).Características De Um Intercessor “A intercessão é uma oração de pedido que nos conforma de perto com a oração de Jesus. Ex 18.5). Josafá: Coloca se diante do Senhor. e nada melhor do que contar com a valorosa Intercessão da Mãe e Mestra deste ministério. A característica fundamental do intercessor é ter o coração puro. pois conhece o coração do seu Filho.V. Os grandes intercessores da Bíblia. 6. E ainda mais. se conformaram na forma de Deus. Segundo Testamento Nossa Senhora: Bodas de Caná (Cf.54-60). Pois é segundo Deus que ele intercede pelos santos" (Rm 8. Intercede pelo povo Israelita que caminhava rumo à terra prometida (C. tornaremos as nossas orações vivas e eficazes.. dos pecadores.11). oração e perdão. os profetas. Ele é o único Intercessor junto do Pai em favor de todos os homens.f Gn 18. pedir em favor de outro. visto que Ele vive para sempre para interceder por eles" (Hb 7. e a batalha é vencida graças à oração de Moisés (Cf. C §2634). 33-34).

por conseguinte. que ela constitui sustentáculo e vigor para a Igreja. uma restituição da dignidade e dos bens da vida dos filhos de Deus. sacramento de nossa salvação realizada por Cristo na cruz. C §1468). e. em relação a si mesmo. Jejum: A penitência interior do cristão pode ter expressões muito variadas. (C. a finalidade e o efeito deste sacramento é a reconciliação com Deus.32) (C. 8). No sacrifício eucarístico. Confissão: Os efeitos deste sacramento "Toda a força da Penitência reside no fato de ela nos reconstituir na graça de Deus e de nos unir a Ele com a máxima amizade. os esforços realizados para se reconciliar com o próximo. porque ela Lhe presta a homenagem perfeita de tudo a quanto Ele tem direito (C." "É preciso que o acesso à Sagrada Escritura seja amplamente aberto aos fiéis” (C. que Maria é atendida como a Mulher. sobretudo em três formas: o jejum.I. sinal dum outro banquete. no seio do corpo de Cristo que formamos. para seus filhos. C §2703). as lágrimas de penitência. é também um sacrifício de louvor em ação de graças pela obra da criação. de belo e de justo na criação e na humanidade. firmeza da fé." Portanto. Os que recebem o sacramento da Penitência com coração contrito e disposição religiosa "podem usufruir a paz e a tranqüilidade da consciência. como meios de obter o perdão dos pecados. oração e doutrina se conjugam com a graça de Cristo. a Igreja pode oferecer o sacrifício de louvor em ação de graças por tudo o que Deus fez de bom. Mas também quer a expressão exterior que associe o corpo à oração interior.C §2618). a oração e a esmola que exprimem a conversão. A Intercessão na RCC. Por Cristo.C §2031). "Oferecemos nossos corpos como hóstia viva. ao pé da cruz (90).I. a intercessão dos santos e a prática da caridade «que cobre uma multidão de pecados» (1 Pe4. uma oração que suba viva das profundezas da alma. entre os quais o mais precioso é a amizade de Deus (Cf. a nova Eva. A Escritura e os Padres insistem. Oração Pessoal: Esta necessidade corresponde também a uma exigência divina. pura e perene fonte da vida espiritual. (C. Devoção Mariana: O Evangelho revela-nos como é que Maria ora e intercede na fé: em Caná (89).I. a Deus e aos outros. a verdadeira «mãe dos vivos». santa e agradável a Deus". para iluminar e alimentar o agir cristão. da mesma forma a vida moral encontra sua fonte e seu ponto culminante no sacrifício eucarístico. Palavra de Deus: "É tão grande o poder e a eficácia encerrados na Palavra de Deus. alimento da alma. E é na hora da Nova Aliança. Lc 15. a Mãe de Jesus roga a seu Filho pelas necessidades dum banquete de bodas. a preocupação com a salvação do próximo (27). o das bodas do Cordeiro que dá o seu corpo e o seu sangue a pedido da Igreja. Com efeito. Na Liturgia e na celebração dos sacramentos.I. C §131). sua esposa. Diego Tales Ministério de Intercessão Bibliografia: Sagrada Escritura Edição Ave Maria. Como o conjunto da vida cristã. que vem acompanhada de uma intensa consolação espiritual".I. toda a criação amada por Deus é apresentada ao Pai por meio da Morte e da Ressurreição de Cristo. citam.A consonância com a misericórdia de Deus Para se alcançar essa harmonia e contato com o Senhor são necessários os seguintes passos: Eucaristia: A Eucaristia. (C. e em comunhão com a oferta de sua Eucaristia. O que é o Ministério de Intercessão(Comunidade Shalom). A par da purificação radical operada pelo Batismo ou pelo martírio. C §1359). o sacramento da Reconciliação com Deus traz consigo uma verdadeira "ressurreição espiritual". Deus procura quem O adore em espírito e verdade e. Catecismo da Igreja Católica. Oferta: A vida moral é um culto espiritual. .I.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful