ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAMBAI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL JULIO MANVAILER

PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA – 2012
ENSINO FUNDAMENTAL – 9º ANO Professor: Reinaldo Francisco dos Santos “Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender.” Paulo Freire

OBJETIVOS GERAIS 1. Identificar relações sociais no seu próprio grupo de convívio, na localidade, na região e no país, e outras manifestações estabelecidas em outros tempos e espaços; 2. Situar acontecimentos históricos e localizá-los em uma multiplicidade de tempos; 3. Reconhecer que o conhecimento histórico é parte de um conhecimento interdisciplinar; 4. Compreender que as histórias individuais são partes integrantes de histórias coletivas; 5. Conhecer e respeitar o modo de vida de diferentes grupos, em diversos tempos e espaços, em suas manifestações culturais, econômicas, políticas e sociais, reconhecendo semelhanças e diferenças entre eles, continuidades e descontinuidades, conflitos e contradições sociais; 6. Questionar sua realidade, identificando problemas e possíveis soluções, conhecendo formas político-institucionais e organizações da sociedade civil que possibilitem modos de atuação; 7. Dominar procedimentos de pesquisa escolar e de produção de texto, aprendendo a observar e colher informações de diferentes paisagens e registros escritos, iconográficos, sonoros e materiais; 8. Valorizar o patrimônio sociocultural e respeitar a diversidade social, considerando critérios éticos; 9. Valorizar o direito de cidadania dos indivíduos, dos grupos e dos povos como condição de efetivo fortalecimento da democracia, mantendo-se o respeito às diferenças e a luta contra as desigualdades.

Analisar os motivos que levaram a Primeira República brasileira a ser conhecida também como República do café-com-leite. A Primeira Guerra Mundial. 2 . Entender a importância de Karl Marx para a Revolução Russa. Entre duas guerras: a ascenção dos regimes totalitários de direita. A guerra em marcha. A era Vargas. A implantação de regimes totalitários na Europa. Explicar como surgiram os movimentos operários e as revoltas tenentistas no país. A ideologia do espaço vital. A Revolução de 30. Os movimentos tenentistas. comparando-a à situação do trabalhador brasileiro na atualidade. O poder dos coronéis. Caracterizar o processo de transição da monarquia para a República no Brasil. A Guerra de Canudos e o cangaço. A guerra entre 1914 e 1918. O mundo pós-guerra. Revoltas sociais. No Brasil. Os militares no poder. Identificar o episódio que representou o estopim da Primeira Guerra Mundial. A guerra no mundo. A Segunda Guerra Mundial. destacando os principais fatores da crise do regime monárquico. A consolidação da Revolução Russa. Caracterizar as ideologias do nazismo na Alemanha e do fascismo na Itália. Comunistas e integralistas. Descrever a situação dos habitantes do sertão nordestino no final do século XIX. Sertanejos contra coronéis. Analisar sobre as condições de vida e de trabalho da população russa antes de 1917. Perceber que a guerra foi caracterizada pela participação de quase todos os países do planeta. A proclamação da República. Identificar quais foram as primeiras medidas adotados pelo governo revolucionário russo. Estabelecer a relação entre os cangaceiros e os pobres.CONTEÚDO 1º BIMESTRE OBJETIVOS ESPECÍFICOS CONTEÚDO 2º BIMESTRE 9º ANO A República brasileira. Os cangaceiros. O movimento republicano. A tomada do poder. a Primeira República. A Revolução Russa.

Identificar o que consistia na doutrina do espaço vital formulada pelos nazistas. A democratização política do Brasil. mulheres. Brasil: 1945-1954. O início da abertura política. Analisar os acontecimentos que transformaram a guerra europeia em uma Guerra Mundial. sociais e de gênero. Após 21 anos de governos militares. Contextualizar os movimentos que derrubaram governos em várias partes do planeta e instalaram regimes comunistas: China. Analisar as fobias étnicas. 3 CONTEÚDO 3º BIMESTRE . A corrida armamentista. identificando a construção de conceitos etnocêntricos e de cultura “superior” e cultura “inferior”. O fim da guerra fria. Os militares colocam fim à liberdade. Perceber os motivos que desencadearam a corrida armamentista pós Segunda Guerra Mundial. em países que supostamente apresentavam tendências à implantação do socialismo. A Guerra da Coréia.Consequências da guerra. Cuba. A volta de Getúlio ao poder. O fim do Estado Novo. O governo de João Goulart. judeus. O governo Juscelino Kubstcheck. Identificar a interferência dos Estados Unidos. outros). etc.. Caracterizar e ordenar os principais acontecimentos políticos do Brasil de 1945 a 1988. Planos. Compreender a importância da Constituição de 1946 para a democracia brasileira. O governo de Jânio Quadros. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Identificar as principais características do contexto histórico que possibilitou o movimento e a Revolução de 1930. Compreender o mundo a partir de um olhar diferenciado. o presidente volta a ser um civil. Perceber as consequências da Segunda Guerra Mundial. analisando e interpretando a alteridade. Brasil: 1964-1985. A Guerra Fria. O golpe de 1964. ciganos. conselhos e alianças militares. de Getúlio Vargas a João Goulart. Compreender a trajetória dos presidentes civis e as suas participações. homossexual. Analisar os fatos que consistiram em manifestações de oposição à ditadura de Getúlio Vargas. Preconceito Discriminação a grupos sociais e étnicos (negros.

terrorismo. A Revolução Cubana. Itamar e o Plano Real. Comparar a “liberdade” de que o povo brasileiro dispõe na atualidade. Identificar a interferência dos Estados Unidos. em países que supostamente apresentavam tendências à implantação do socialismo. Compreender as relações de trabalho presentes no seu grupo e em outros grupos. Analisar as mudanças e permanências nas relações de trabalho na 4 . A Revolução Chinesa. O governo de Fernando Henrique Cardoso. Identificar o milenar conflito entre alguns países do Oriente Médio e as interferências do Ocidente. Identificar o processo de ocupação e expansão do Mato Grosso. Apartheid. Collor”. Comparar as relações de trabalho estabelecidas com industrialização de nações européias. Cuba. brasileira e dos povos americano devido o advento do capitalismo. pós Guerra do Paraguai e do projeto nacional Marcha para o Oeste. na era Vargas. Socialismo: teoria e prática. Contextualizar os movimentos que derrubaram governos em várias partes do planeta e instalaram regimes comunistas: China. Movimento Divisionista de Mato Grosso Relações. Comparar as diferentes formas históricas da economia dos modos de produção capitalista e socialista. A Constituição de 1988. com o modo de vida na época do regime militar. crises. Sustentabilidade planetária. Oriente Médio Religião e Conflitos Movimentos e revoluções socialistas. etc. Perceber o processo de transição do regime militar até a posse do presidente Lula em 2003. A Nicarágua. Analisar a participação do estado de Mato Grosso no contexto nacional e os interesses políticos e econômicos regionais. Explicar como se deu o golpe militar de 1964 no Brasil e as consequências negativas para a democracia. “Fora.. composição de poder e conflitos sociais. Perceber e identificar os fatores que culminaram com a divisão e criação do estado de Mato Grosso do Sul. Blocos econômicos.OBJETIVOS ESPECÍFICOS CONTEÚDO 4º BIMESTRE OBJETIVOS ESPECÍFICOS Governo Sarney: muitos planos e poucos resultados. Avanços sociais no planeta. As eleições de 2002. Analisar as relações de trabalho em diferentes momentos da História regional. A Guerra do Vietnã.

participação e comportamento. de forma que permita a reorientação das ações pedagógicas. Somativa: duas avaliações bimestrais. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. práticas e propostas. Projeto Político Pedagógico. procurando inserir os temas abordados no contexto do aluno. Leandro (org.198). Porto Alegre: 1997. 2ª Ed. Qualitativa: com base nos critérios de assiduidade. Demonstrar atitude crítica diante dos problemas contemporâneos. MCLAREM. p. desde a elaboração à execução. Formular comparações e conclusões próprias frente aos problemas atuais. 2006. São Paulo: Contexto. Ministério da Educação. METODOLOGIA A disciplina será ministrada através de aulas expositivas e debates. Peter. 1996.atualidade. Também se fará a construção de projetos. Ministério da Educação. MATO GROSSO DO SUL. Referencial Curricular para o Ensino Fundamental: História. Lei nº 9394/96. 199-230). BIBLIOGRAFIA AMAMBAI. 3ª Ed. Brasília. Como dispositivo para auxílio às aulas serão adotadas as tecnologias de informação e comunicação. KARNAL. de E RECURSOS forma que a disciplina se apresente próxima à realidade deste. Parâmetros Curriculares Nacionais: História. 191-230. Secretaria Municipal de Educação. 191. BRASIL. Campo Grande. Escola Municipal Maria Bataglin Machado. Pedagogia crítica: um exame dos conceitos principais (p. a critério do professor e compreendendo os conteúdos apresentados e o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos. Secretaria de Educação Fundamental. com a participação integral dos alunos no processo. História na Sala de Aula: conceitos. 2005. A vida nas escolas. conforme as recomendações do MEC: Formativa: o acompanhamento do desenvolvimento dos alunos DE AVALIAÇÃO será realizado ao longo de todo o ano.). O surgimento da pedagogia crítica (p. BRASIL. CRITÉRIOS A Avaliação será. 5 . Brasília:2001. Secretaria do Estado de Educação. pois através destas observa-se maior dinamismo e motivação que conduz o aluno a descobertas dependendo do uso e quais os parâmetros que se quer alcançar.