Você está na página 1de 12

Bernoulli Resolve

Filosofia
2V Volume 1

Módulo A Sumário .Filosofia 01 02 3 4 O pensamento filosófico O nascimento da Filosofia 03 5 Sócrates e os sofistas 04 6 Platão e Aristóteles 05 7 Helenismo 06 8 Filosofia cristã: a relação entre fé e razão 07 9 A Patrística e Santo Agostinho 08 10 A Escolástica e São Tomás .

Apesar de tudo o que nos humano à medida que aprende a ser pessoa. não pode ser livre. deve-se atentar ao fato de que deuses. ser livre é ilusão. Até o modo de pensar humano é resultado de um conjunto de atividades biológicas. Ao contrário. É muito proveitoso que física e. sem possibilidades de escolhas. sendo um ser racional e cultural. Por ter uma influencia. os demais animais que. à sua natureza. É muito válido suas ações. seguindo apenas seus instintos ditados por textos de caráter filosófico e científico. os demais animais. dos demais animais. Vale ressaltar ao sua natureza. culturais. É importante ter em mente que o ser humano é um ser de possibilidades. estudante compreenda que uma mesma palavra pode ter mais de um sentido. com isso. O estudante deve compreender sobre suas afecções e. sabendo diferenciar tais conceitos. O professor deve não está preso aos seus instintos. resultado de determinismos. os conceitos principais a serem estudante que a Ciência também pode assumir tal autoridade trabalhados nessa questão são o de liberdade e o de racionalidade. biológicos e internos. condicionantes internos e externos. diferentemente da condição por meio do cálculo racional e da mudança de nossas afecções. porque realizar aquela ação de compreendeu a ideia de liberdade de Espinosa. ver onde deve operar que a essência do filosofar é exatamente a busca pela crítica. a mente humana pode tentar influenciar as Comentário: A ideia central da questão se refere à afecções humanas a fim de mudar o direcionamento delas. Questão 02 Deve-se atentar também à forma como o estudante explica Comentário: O objetivo dessa questão é trabalhar a interpretação os conceitos de liberdade e determinismo e a sua capacidade de um trecho teórico. também não o buscam. escolher suas ações. Além do mais. O pensamento filosófico não podendo sair dos campos de operação mental. uma determinada forma está em sua natureza. uma mudança de direcionamento. de natureza (comum aos seres humanos e demais animais e relacionada aos instintos) e cultura (característica restrita ao ser Questão 03 humano. atitude filosófica de busca do conhecimento. os quais são determinados e não podem. somos capazes de superar tais determinações e de dimensão cultural. pois é racional Questão 04 e livre. Portanto. vivem em um mundo fechado. Questão 01 A favor: A vida do ser humano ultrapassa os determinantes Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o sociais. criar projetos. Para Espinosa. que as pessoas Questão 05 ignoram. é frágil devido à sua constituição superar as determinações naturais. apesar de trabalhar o conceito de que o ser humano. de modo a Os demais animais. por outro lado. Exercícios Propostos Questão 02 Questão 01 Comentário: A ideia central a ser trabalhada nessa questão Comentário: O foco dessa questão é trabalhar a dimensão é a de que o ser humano. segundo nossa liberdade e autonomia de escolha. o questionamento. a pessoa que não procura ter um conhecimento fundamental da Filosofia. humana em suas duas características. seus valores. por ele a sustente por meio de argumentos bem fundamentados. MÓDULO – A 01 é advindo da natureza. que acreditam ter o conhecimento e. tal como todos os outros seres. mas sim que nem nos ignorantes. Porém. o que não se verifica nos Na parte de argumentação. pois tem a capacidade de tomar consciência de a Filosofia se apoia na força do argumento. determinando a consciência das pessoas. devido à sua capacidade de ter consciência de suas Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o ações). portanto. que o estudante tenha contato com textos religiosos em que imaginar e colocar em prática aquilo que ele imagina. não basta que o estudante adote uma posição. característica FILOSOFIA Assim. COMENTÁRIO E RESOLUÇÃO DE QUESTÕES Contra: O ser humano. que já têm o conhecimento e por isso não o buscam. que pode outros seres da natureza. que funciona de forma acertada. a investigação. o Comentário: Para Marx. como menciona Pascal. as pessoas acreditam serem livres por terem consciência de suas ações. a autoridade prevaleça sobre a argumentação. o ser humano vive em um mundo aberto nos construir. em relação aos também possuir esse aspecto. a personalidade do indivíduo. por estarem presos à sua natureza. Compreendendo a concepção de Filosofia como Questão 04 oposta à ideia de discurso religioso ou de senso comum. Pensando nisso. apenas o ser humano pode estudante deve notar que. O ser humano trabalha modificando a natureza. Editora Bernoulli 3 . mas elas são. O ser humano pode estudante tenha clareza da dimensão natural e cultural do superar os limites ditados pelos determinantes por meio de sua ser humano. trabalhar. realiza uma Comentário: O objetivo dessa questão é notar se o estudante tarefa aparentemente perfeita. no caso a aranha. quando se apoia em argumentos de autoridade. que sua capacidade pensar o torna o professor explore a diferença entre os seres humanos e “melhor” ou mais digno. agem sem tomar consciência perceber essa característica no texto e a contrapô-lo a outros daquilo que fazem. isso. de possibilidades de escolhas. por outro lado. relacionando-o aos conceitos estudados de diferenciação de conceitos. sua maneira Exercícios de Fixação de ser e de pensar são tão somente a interiorização daquilo que o mundo lhe dita através da cultura. a qual é produto tanto de sua herança biológica razão e pode encontrar outras alternativas para sua própria vida (espécie humana) quanto da cultura pela qual ele se torna e para a sociedade como um todo. podendo projetar antes o que será feito posteriormente. podendo refletir antes de agir. na verdade. ao contrário do discurso religioso.

Nesse sentido. que o filósofo é aquele que reconhece sua ignorância e que por isso Questão 02 busca a verdade. as revelações o reconhecimento da ignorância é o princípio da atitude de possuíam uma natureza sobrenatural e eram transmitidas busca pelo conhecimento. sentimentos e imaginação. na ficção. o qual aparece como resposta do Questão 04 ser humano diante da nova realidade que impôs a necessidade de explicações diferentes da dos mitos para a origem e Comentário: A ideia central dessa questão é trabalhar funcionamento do cosmos. é representante dos sentimentos e afetos das pessoas que os criam. É exatamente essa em busca de respostas para o mundo pelo próprio pensamento transformação que representa a “guinada de atitude” a que humano. Dessa forma. não dependendo desses aspectos. o mito goza de Filosofia (logos) e o conhecimento de base imaginária do mito. O mito se baseia na imaginação. mas sim humana. ele não busca o conhecimento. como ocorre nos mitos. uma vez que ele é uma forma diferente de explicar O estudante deve ser capaz de identificar que o logos se baseia na argumentação e que seu contrário é a contradição as coisas. Se o sujeito não acredita que o conhecimento mítico foge à lógica racional do mundo não saber. dignidade. Questão 07 Questão 04 Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que Comentário: O objetivo dessa questão é notar se o estudante o estudante tenha clareza do que é o verdadeiro filósofo. mas na autoridade daquele que o enuncia. que não tem compromisso com a verdade racional. refere à diferença entre conhecimento de base racional da tal como os outros tipos de conhecimento. MÓDULO – A 02 Questão 03 O nascimento da Filosofia Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o estudante perceba a importância dos mitos para a cultura Exercícios de Fixação grega como forma de explicar o mundo. Questão 06 Questão 03 Comentário: O objetivo dessa questão é trabalhar o Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que os nascimento da Filosofia como tentativa de explicar o real a estudantes compreendam a diferença entre as características partir da razão e não mais da imaginação. Na Grécia Antiga. principalmente do mito grego. de Questão 01 – Letra C forma que as pessoas não inspiradas se apaziguavam diante Eixo cognitivo: I do desconhecido e se contentavam com as verdades míticas. a função do mito e sua importância para a vida humana. A alternativa B é incorreta. Coleção Estudo 4 . o ser humano e todas as transformações. tal como a que a Ciência e a Filosofia pois a sua justificação encontra-se arte. Tais revelações explicavam todo o Universo conhecido e a própria natureza. pois estudante entenda o contexto do surgimento da Filosofia. A alternativa D é incorreta. Competência de área: 1 Habilidade: 2 Exercícios Propostos Comentário: A alternativa correta (C) traz a ideia de que o conhecimento filosófico se caracteriza pela falta. levou o ser humano a procurar uma nova forma de explicação da realidade baseada no logos e na razão. valendo-se da força de quem diz e da tradição. A alternativa A é incorreta. e a perceber que houve uma transformação na mentalidade e na FILOSOFIA Filosofia. O foco principal é compreender como o mito se baseia vida das pessoas da Grécia Antiga. humano. indivíduos a colocarem em questão o conhecimento obtido por porque o conhecimento da Filosofia não visa à posse do saber. que deu origem a esse tipo de pensamento. transformação que fez na fantasia. se refere o texto.C. O estudante deve compreender que Questão 01 o mito. apesar de sua origem imaginária. pois a Filosofia não consequente encontro com pessoas de outras culturas levou os tem origem divina. ou seja. a Ciência é insuficiente para racional em busca de respostas sobre o mundo. do pensamento sistemático que antes era explicado pela mitologia. muitas vezes. histórico da Grécia dos séculos VI e VII a. Já a Filosofia caracteriza-se pela força com que elas buscassem uma nova forma de explicar aquilo do argumento. não podendo ser classificado como falso ou pior do ou o sofisma. científico e filosófico. que representa o reconhecimento da ignorância para a busca do conhecimento. mas sim de uma postura crítica. pois. Constituído de razão. às pessoas por videntes ou poetas rapsodos. compreendeu o modo como os relatos míticos eram recebidos representado por Sócrates e por sua frase “Só sei que dentro do contexto da Grécia Antiga. foi fundamental Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que os para a constituição do pensamento dos gregos e ainda hoje é estudantes trabalhem o processo histórico que deu origem fundamental para confortar e apaziguar o ser humano diante do à Filosofia como modo de pensar e caminho de investigação desconhecido. que recebiam Seção Enem essas mensagens diretamente dos deuses. Essa mudança de posicionamento sendo que tal atitude contraria a própria essência crítica filosófica. o ser humano Questão 02 não consegue tranquilizar-se somente pela razão. da racionalidade. sem apelar aos deuses. na autoridade. É importante explicar nada sei”. Dizer que a Filosofia é filha da pólis significa dizer que foi o contexto explicar os fatos da realidade. o conhecimento filosófico não está ligado à prática e ao senso atentando ao fato de que as navegações marítimas e o comum. porque a Filosofia Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o não trata de um saber técnico. O estudante deve do conhecimento mítico. sendo o mito Comentário: O conceito a ser trabalhado nessa questão se uma explicação sem provas para a realidade. A alternativa E é incorreta. meio das narrativas míticas.

havendo. a ideia de medo não se refere a nada de determinado. mas tão somente sua crença de que Competência de área: 1 não existe verdade absoluta e que a única instância de decisão Habilidade: 1 é o discurso convincente. consequentemente. à medida que o povo participava do poder. o estudante deve compreender ciência moderna. mas devo reconhecer que a teoria moderna permite prever os eclipses da Lua e Questão 02 até desembarcar na Lua”. sendo que esse elemento compõe tudo o que existe são os de conhecimento e educação segundo Sócrates. o conhecimento é único e deve ser alcançado por todos socráticos. reconhecimento da ignorância como princípio do saber. no universo. Os valores 736 quilômetros. o mítico e o científico. irmã de Hélios. Habilidade: 1 do conceito das coisas. criticando os filósofos pré. Editora Bernoulli 5 . dentre os quais. explicando-o. Na questão. de Comentário: O objetivo dessa questão é avaliar a capacidade modo que quem rege sua existência é Deus. Assim.” Esse tipo de conhecimento fundamenta-se aristocráticos foram dando lugar aos valores democráticos. não havendo de compreensão dos conceitos de ironia. cuja distância mínima do nosso suas consequências para a mudança do pensamento das planeta é cerca de 360 mil quilômetros. não mais baseada na na observação e experimentação da realidade empírica para. pode-se verificar a liberdade do ser ser capaz de identificar. que não acreditavam que as a Deus. aparece em “Para a Comentário: Nessa questão.Questão 08 Comentário: O objetivo da questão é analisar a capacidade MÓDULO – A 03 de o estudante diferenciar tipos de conhecimento. e percorria o céu numa carruagem de prata. poderia ter as suas. de determinismo como oposto ao conceito de liberdade. é fundamental que o estudante tipo de conhecimento melhor que o outro. É fundamental que o estudante perceba que tal princípio não significava uma Eixo cognitivo: III deslealdade dos sofistas. a Lua é um satélite que descreve uma órbita as transformações históricas pelas quais a Grécia passou e elíptica em torno da Terra. Seção Enem Questão 03 Questão 01 – Letra B Comentário: Nessa questão. o que fez surgir uma nova educação. em seu orgulho. indicando sua liberdade de ser o que quiser. os quais defendiam ser a arché um ou alguns por meio da dialética. que quer satisfazer às suas necessidades. para o filósofo. defendia que a causa O estudante deve compreender que. o estudante deverá trabalhar uma das ideias mais importantes do pensamento socrático Eixo cognitivo: I e. O método de Competência de área: 1 análise conceitual socrático se baseia na busca da essência. Comentário: Tanto Anaxímenes quanto Basílio buscavam explicar a origem de todas as coisas por meio de um princípio Questão 02 FILOSOFIA ordenador. na discussão entre como o filósofo faz no trecho da questão “tenho mais pessoas consideradas iguais. a frase de Agostinho representa a ausência da Questão 04 participação humana nas decisões de sua própria vida. Na alternativa C. caracterizem um desses conceitos. Questão 01 O conhecimento científico. e que tem raio de 1 pessoas. simpatia pela explicação dos gregos. pois ideias eram absolutas e. o que não se encaixa na ideia de determinismo. no trecho da questão. Enquanto professores de serve a um determinado objetivo. mas baseada. que não se deve considerar um Comentário: Nessa questão. Comentário: O conceito central trabalhado por essa questão A alternativa E diz que o ser humano. por outro lado. da filosofia antiga: a investigação filosófica. Sócrates e os sofistas filha de Hyprion. pregavam que cada pessoa o ato de criação pressupõe liberdade. É importante ressaltar. retórica. Exercícios Propostos Na alternativa D. podendo defendê-las por meio do discurso. como a Lua. Na alternativa A. sendo que eles possa compreender o papel dos sofistas para a formação e são distintas formas de compreender a realidade e cada um consolidação da democracia grega. eles ensinavam às pessoas a arte do discurso. por outro lado. criou é o de relativismo dos sofistas. Tal pensamento se baseia no princípio do Homo mensura Questão 02 – Letra D (o ser humano como medida de todas as coisas). linhagem de sangue e em suas preocupações. o que caracteriza a busca pela verdade Comentário: O estudante deve compreender o conceito na Antiguidade e a própria função da Filosofia.” Tal conhecimento Exercícios de Fixação está marcado pelo uso de elementos sobrenaturais para explicar fatos da realidade empírica. por isso. era Selene. amante de Endymion e Pan. Basílio. a participação de sua vontade. elementos que humano. portanto. mas verifica-se uma atitude do indivíduo diante de uma situação. que busca o conhecimento verdadeiro. o que levou ao surgimento da Filosofia. chegar a uma teoria. fonte primeira e central para a democracia ateniense. que traz consigo a necessidade do elementos da natureza. a partir disso. com a frase “Para os gregos. O conhecimento mítico está descrito. aporia ou maiêutica no contexto da filosofia socrática. de tudo o que existe é Deus. o estudante deve liberdade. a pessoa tem a atitude de se opor a qualquer Questão 01 questionamento. por exemplo. Anaxímenes considerava que a arché do cosmos Comentário: Os conceitos a serem trabalhados na questão era o ar.

por fundamental na história da Filosofia. acreditarem que não existe verdade absoluta. feita de cópias e. temos uma relação de dependência que o ser humano quer ser feliz. Por outro lado. Feito isso. nas ações do indivíduo. os sofistas se conhecer verdadeiramente é conhecer a verdade em si por baseavam na ideia de que cada pessoa podia ter suas próprias meio da razão e não as sombras por meio da experiência. maiêutica compreenda as diferenças entre o conhecimento que ou aporia. por isso. a verdade do inteligível. ele pode Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante explicar os principais conceitos socráticos de ironia. sendo que a educação não consiste em pelo melhor discurso. tradicionalmente atribuida aos aristotélico para encontrar a verdade ou essência dos seres sofistas. uma vez que a felicidade entre esses dois conceitos. O estudante deve compreender que o caminho de mentirosos e enganadores. A alternativa A é o ser humano tem em si. fonte do conhecimento um texto explicativo. por ser humano. uma vez que o ser humano é a medida são os seres da realidade sensível. são importantes papel a razão e as Questão 01 – Letra B experiências. mas simplesmente em redirecionar que somente o parto das ideias é decisório para se chegar à o olhar da pessoa para que ela veja o que deve ser visto. O estudante deve ter clareza de que. o que é radicalmente contrário ao pensamento socrático. O estudante deve compreender que. e a própria sociedade existe devido à natureza humana. porque diz que a verdade é decidida em que eles olham. já foi superada e seu papel é hoje reconhecido como é o próprio ser. de todas as coisas. inteligível para Platão. não há justificativa para a pergunta sobre por isso. uma vez que as leis é que deveriam refletir as verdades. O estudante deve compreender que. portanto. A para Platão. defendendo. Coleção Estudo 6 . Questão 03 Questão 07 Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o Comentário: Essa questão se refere à crítica aristotélica estudante compreenda que o fato de os sofistas ensinarem ao dualismo platônico da divisão entre sensível e inteligível. A alternativa E é incorreta. A realidade inteligível é eterna e vivendo em sociedade. uma vez que não se pode comprovar a ligação instância decisória seria ao discurso bem elaborado e convincente. artificial. ele deve avaliar se essa perspectiva descreve a natureza ou a sua essência (ciência teorética) do socrática poderia ser aplicada à sociedade atual. o estudante deve perceber caminho de construção da felicidade do ser humano (o FILOSOFIA a diferença das naturezas da esfera sensível e da esfera bem). a subjetividade Seção Enem e a racionalidade avaliadora. não Platão e Aristóteles sendo. sendo que o pensamento socrático caminha inversamente. Para tanto. o ser humano nasceu para viver em sociedade. Assim. Sendo a felicidade o fim último do imutável e origem da esfera sensível. Por verdadeiro. o estudante deve compreender e explicar a concepção ética socrática. de modo a representar objetivamente o que as coisas são. porque diz que a verdade é decidida pelas pessoas. o qual somente se torna feliz sendo um bom cidadão. imperfeita. verdades são retiradas das leis. Questão 01 O estudante deve compreender a ética aristotélica como Comentário: Nessa questão. entre sensível e inteligível e onde essas duas realidades se A ideia principal dessa questão é a compreensão de que a ideia encontram. Para isso. uma vez que tudo o que existe no é a própria realização da causa final humana efetivando-se sensível não passa de cópia do inteligível. conhecimento que é obtivo por meio de uma avaliação do por meio de argumentos bem fundamentados. para Platão. que ideias ou verdades. o qual deve ser observado na realidade. encontrar a verdade. A alternativa D é incorreta. sua posição. a capacidade de incorreta. ou verdade. porque afirma que as seja. para Aristóteles. naturalmente. sujeito (ciência prática). para a sua produção. a retórica como caminho de decisão não significa que eles O estudante deve compreender que Aristóteles critica a simplesmente ensinavam a enganar. conceitos platônicos que designam a interpretação de um trecho filosófico com a composição de origem de tudo o que existe e. No conhecimento da ciência prática. Questão 04 Questão 02 Comentário: Os termos em questão se referem diretamente Comentário: O objetivo dessa questão é trabalhar a às formas inteligíveis. no conhecimento da ciência teorética. o estudante deve notar que o conceito dessa questão é o de relativismo dos sofistas. porque afirma ensinar nada a ninguém. Eixo cognitivo: I Competência de área: 1 Exercícios Propostos Habilidade: 4 Comentário: A alternativa correta nos remete à ideia socrática Questão 01 de que existe uma mesma verdade para todos e que esta Comentário: A ideia fundamental dessa questão é a de que deve ser encontrada por todas as pessoas. têm papel significativo. Questão 06 Comentário: O conceito trabalhado nessa questão é o de MÓDULO – A 04 animal político. o que diferencia os seres humanos é a direção alternativa C é incorreta. Exercícios de Fixação Questão 07 Comentário: Essa questão trata da ética aristotélica. mas sim que não ideia de que existe um mundo superior e eterno se mostra acreditavam que existia uma só verdade e que por isso a única intangível. meio da experimentação sensível (uso dos cinco sentidos). Questão 10 Questão 04 Comentário: Nessa questão.

que Comentário: De acordo com o trecho. Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante compreenda a alegoria da caverna como uma referência Questão 02 clara à epistemologia platônica. intimamente ligadas. fazendo referência o obtido pela experiência. porque afirma que o conhecimento nasce das experiências. o que está encontrando-o nas escolas filosóficas. deve-se privilegiar a trariam como consequência a vida feliz. sem a segurança da pólis Habilidade: 5 e sem a liberdade política. FILOSOFIA diversidade de conhecimentos possíveis. o texto demonstra a as alternativas C e E. de modo que ele poderia se perceber de conhecimento conceitual. na qual o filósofo faz uso Comentário: O estudante deve compreender o conceito de de imagens metafóricas para se referir àquilo que. Assim. Isso não significa que tal fato fosse positivo. contrapor afirmações opostas sobre a realidade e. Editora Bernoulli 7 . sendo que o indivíduo grego. o que alargou os horizontes do daquilo que anteriormente foi experimentado em um indivíduo grego. Comentário: O texto do estudante deve abranger o Arte – conhecimento mais abrangente e geral do que contexto histórico do início do helenismo. a qual só pode ser alcançada por um exercício Comentário: O estudante deve perceber os traços que racional. alcançar uma ideia geral. mas globalmente. Na teoria das ideias de Platão. a Filosofia é o caminho que leva à felicidade. maneira não mais restrita à sua cidade. e o prazer. uma vez que. verdadeiro só pode ser obtido por meio de um exercício racional e não por meio da sensação. considerando-os cópia Questão 01 da verdade. de maneira que não para Parmênides. diante se à ideia de que se deve estabelecer um abismo entre elas. o filósofo rejeita os conhecimentos obtidos pelos sentidos. o que não corresponde à de Filosofia presente nele. a escolher com prudência os bens superiores. porque subordina o conhecimento Questão 04 às experiências sensíveis. o ser humano precisava de um novo caminho para ser feliz. após se ver teoria. Os conceitos a serem trabalhados são: Helenismo Experiência – experimentação dos seres particulares sem. Ao colocar em xeque as diferentes percepções material para a obtenção do conhecimento. Comentário: Essa questão trabalha a epistemologia platônica. passa a ser um cidadão do do conhecimento. Nesse sentido. não escolher nenhuma delas. são conceitos relacionados à possibilidade de obtenção sem a segurança de sua pólis. A arte leva à generalização às invasões macedônicas. o estudante deve relacionar a ideia de Filosofia à de felicidade. Habilidade: 1 ou seja. A alternativa A está incorreta. estando ambas filosofia platônica. único caminho para a felicidade. da plausibilidade de ambas. no entanto. estudo principal passou a ser a Ética. Segundo o trecho. Não há mais um lugar com o qual ele se identifique. Além disso. Tal ideia tornou possível a propagação da cultura grega. livrando-a do medo da razão em relação à sensação para o processo de obtenção do morte e dos deuses. nas quais o objeto de expresso na alternativa E. A alternativa B está incorreta. o papel de remédio contra os males da alma e do Competência de área: 1 corpo. a esfera racional é mais importante que a esfera questão. mundo. A Filosofia. conhecimento. somente a reflexão filosófica levaria a pessoa a bem escolher. como diz o ceticismo. pois afirma que os objetos em si são a fonte do conhecimento. caminho terapêutico para a felicidade. causa da felicidade na cidade. em sua cosmopolitismo. porque afirma que o ser humano estudante interprete o trecho filosófico analisando o conceito pensa naquilo que experimentou. Essa é uma característica do ceticismo: relação entre essas duas esferas (racional e sensível) opõe. o que invalida a alternativa A. o que invalida das pessoas sobre os mesmo objetos. uma só verdade objeto racional e objeto sensível”. como instrumento Questão 02 – Letra D de discussão política e investigação acerca da verdade. tanto para Platão quanto para caracterizam o ceticismo como expressos na citação da Parmênides. suspendendo o juízo sobre a questão colocada. Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o A alternativa D está incorreta.Questão 08 Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que MÓDULO – A 05 o estudante trabalhe a explicação e a contraposição de conceitos. Questão 01 – Letra E Eixo cognitivo: III Questão 03 Competência de área: 1 Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o estudante possa compreender que. para Epicuro. “era preciso estabelecer uma relação entre há como defender. que diz que o caminho para a verdade é a razão. uma vez que a segurança trazida Questão 09 pela pólis foi perdida. Platão não privilegia os sentidos no processo de obtenção do conhecimento como Exercícios Propostos afirma a alternativa B. Eixo cognitivo: III para Epicuro. assume. pelo contrário. o ato de fazer uma sobre as coisas. A alternativa C está incorreta. Seção Enem uma vez que não se pensava mais localmente. o conhecimento afastando-a da dor do corpo e da alma. de acordo com o trecho. Em sua explicação. É a simples verificação Exercícios de Fixação de acontecimentos ou fatos de maneira individual a partir da Questão 01 observação da realidade.

da fé. trata de verdades inquestionáveis. o modelo de vida igual ao do cão é a afirmação de uma vida simples e Questão 04 desapegada dos bens e valores artificiais criadas pelas pessoas. e não à escolha do prazer como satisfação imoderada dos desejos. A alternativa A é incorreta. Assim. que não são simples “achismos” para que convença e se posicione também por meio da sem sistematização. ao ceticismo. para o cinismo. Questão 05 Filosofia cristã: a relação Comentário: O estudante deve. pois não é censurando então o uso da Filosofia como instrumento de possível alcançar a verdade. porque afirmar que “envolveu-os na mesma dúvida. que está na base da formação da moral cristã. plausíveis sobre um mesmo assunto. ele leva. de autocontrole. mas que se estruturam em uma racionalidade em seus argumentos. sobre o ceticismo. A alternativa E é incorreta. autor se refere. As ideias de austeridade. também. de desapego. para o ceticismo há mais espaço para busca de verdades ou explicações. a um sofrimento maior. Em uma leitura completa da questão. uma vez que as coisas se transformam cuidadosamente selecionados. Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o estudante possa compreender as influências da filosofia Questão 08 helenística. após contrapor afirmações antagônicas e tudo o que deveria ser conhecido já fora revelado às pessoas. adotar posições de outras correntes filosóficas. nada afirmar. Questão 02 Questão 06 Comentário: O estudante deve compreender com clareza que a fé. argumentação consistente e coerente. o estudante deve perceber que o passam a ser instrumentos de explicação das verdades da fé. Desse que é o de utilizar argumentos racionais para defender a fé. é Assim. porque entendimento da própria fé. o texto traz a ideia mais importante do ceticismo. Desse modo. ele defende que não deve haver qualquer relação entre fé e Eixo cognitivo: III razão. porque afirma que as coisas são apreendidas pelos Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que sentidos que as veem como são. necessário Questão 01 para escolher um prazer e negar outro de acordo com as consequências que essa escolha pode trazer para a Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o pessoa. Questão 01 – Letra D Sendo um pensador do período dos Padres Apologistas. A alternativa C é incorreta. antes de se posicionar. Ao seria suspensão dos juízos. Coleção Estudo 8 . no contexto medieval. uma vez que o caminho da Filosofia é o da dúvida. segundo de disciplina. no título da obra. principalmente a estoica. tão caras ao cristianismo. Seguindo perdendo sua função primordial de questionamento e crítica. A alternativa B é incorreta. O estudante deve compreender que. o estudante deve explicar. modo. e logo depois em afirma que é possível conhecer por meio dos sentidos. desde que sustente Questão 03 suas posições com argumentos bem fundamentados. não é prudente escolher um prazer se estudante compreenda a origem do pensamento medieval. para que a Filosofia fosse utilizada como instrumento possível afirmar que não há conhecimento verdadeiro e para justificação da fé. o estudante aplique ao texto literário seus conhecimentos porque afirma que o sujeito pode se opor a algo. O estudante pode. para o cristianismo. pois ou pirronismo. deixa claro em seu texto seu posicionamento Seção Enem sobre a superioridade da religião. Questão 04 afirma que o ser humano pode emitir juízos. uma só negação total”. Comentário: Nessa questão. continuamente. partindo do trecho. pensador cristão do início do cristianismo. a negação da possibilidade do conhecimento MÓDULO – A 06 verdadeiro sobre o mundo como princípio dessa corrente filosófica. Comentário: Tertuliano. o contexto histórico do início de modo a apresentar sua opinião fundamentada em da Patrística exige que a crença seja pelo menos explicada. compreender o princípio da ética epicurista de felicidade entre fé e razão ligada ao prazer. a ética da corrente filosófica cínica. à Filosofia. a razão ou a Filosofia conhecimento verdadeiro sobre a realidade. e tal posicionamento não deve afetar a fé. pois foram instituídas por Deus. mais especificamente. uma vez que as verdades da fé e da revelação não podem Habilidade: 5 ser colocadas em dúvida. a via da corrente cética para responder à pergunta. é. o que Tertuliano defende é que não compreender que a atitude do ser humano. É interessante que o estudante Exercícios de Fixação se refira ao conceito de phronesis (prudência). de modo que o estudante deve Cristo e do Evangelho. estoicismo. são heranças do a qual o indivíduo deve viver de acordo com a natureza. É necessário que ele compreenda que a ideia de prazer se refere à satisfação daquilo que é natural e necessário. Comentário: O objetivo da questão é fazer o estudante ocupando lugar central na busca pela explicação do ser se perguntar sobre a possibilidade de encontrar um humano e do mundo. posteriormente. argumentos filosóficos. Competência de área: 1 da investigação. ele poderá se posicionar em relação a essa questão Se a fé não precisa ser justificada. os quais acabam por afastá-lo de sua natureza original. Ao FILOSOFIA Comentário: A alternativa correta traz o conceito de dizer que não há mais curiosidade ou investigação depois de suspensão dos juízos. o que não filosóficos. à razão. os textos filosóficos utilizados eram certo sobre nada.

houve uma aproximação entre fé e razão. fundamentada nas influências de forma dogmática. durante a Idade Média. Além disso. relacionada não construídas pelo ser humano. caracterísrticas por meio da razão. Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o estudante tenha clareza de que fé e razão. uma clara influência da filosofia grega na formação da reflexão Questão 09 filosófica do mundo cristão ocidental. Com isso. e verdade. o estudante terá a ideia de compreenda as características fundamentais da filosofia que. Com sua institucionalização. e visando defender o cristianismo dos hereges. lançaram que se preocupa apenas em satisfazer as necessidades da carne. porque o cristianismo começa de acordo com a visão dos Padres Apologistas. FILOSOFIA tais verdades. e nunca negá-la. para o filósofo. XV. Desse modo. Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante é superior à razão. questionar ou criticar. A Patrística e Santo Agostinho o chamado platonismo cristão. como verdade revelada. Segundo essa é importante notar que esta se refere a verdades reveladas e perspectiva. irrefutáveis. Dessa maneira. Assim. doutrinas cristãs. por meio dela. durante todo esse período. as a qual se aproximaria mais da perfeição divina. de modo Habilidade: 2 que as pessoas pudessem compreender os princípios que guiavam o novo modo de viver e pensar. e não no fim da Idade Media. A alternativa B Comentário: A ideia principal tratada nessa questão é a de está incorreta. Comentário: A alternativa correta se refere a uma demarcação de tempo tendo como base os dados apresentados na questão. Apesar de a ser propagado na Europa já no século II e III. porque a peregrinações de Paulo tiveram início já não há como afirmar que ambos têm a mesma dignidade no séc. a verdade era determinada pela medieval que traz em sua essência a relação. A alternativa C está incorreta. às 15 horas. começando no séc. estamos falando não de verdades construídas pelo Comentário: Para responder a essa questão. cabendo às pessoas acreditarem nelas partir de uma perspectiva dualista. assim. sendo. a pessoa autoridades da Igreja. porque as universidades. que Santo Agostinho trouxe do Maniqueísmo. retirados de Platão. durante a Idade Questão 07 Média. portanto. ora próxima. de modo que elas não estivessem apenas baseadas na autoridade da religião católica. estão claramente expressos no dualismo Exercícios de Fixação agostiniano. A alternativa E está incorreta. que representam o fim do monopólio da educação dos mosteiros. para. o estudante deve estar atendo ao fato de que o objetivo a vontade de ser bom não basta. Mas há de se deixar de modo que os conceitos utilizados por Agostinho muitas claro que a existência da fé não depende da razão. O estudante contra todo e qualquer argumento contrário. mão da Filosofia dos gregos antigos. Os conceitos de corpo e alma. a de que os filósofos cristãos se preocuparam em defender a Comentário: Essa questão deve levar o estudante à verdade cristã.Exercícios Propostos Seção Enem Questão 04 Questão 01 – Letra A Comentário: O estudante deverá perceber que o Eixo cognitivo: II desenvolvimento da filosofia medieval se deveu ao contexto histórico do início do cristianismo. a Filosofia foi utilizada como uma compreensão de que religião e Filosofia não são campos de ferramenta de explicação da fé para que ela fosse defendida conhecimento que se opõem ou se excluem. XI. Assim. o estudante deve ser humano. tiveram início no séc. Na busca de compreender a um aspecto negativo. tiveram início. Editora Bernoulli 9 . porque a Modernidade teve início no séc. se aproximaram. Questão 02 Comentário: O objetivo dessa questão é trabalhar uma das Questão 08 principais ideias que permeiam toda a filosofia medieval. mas de verdades reveladas por Deus. O estudante deve perceber que. se aproximaria o cristianismo. em oposição à esfera imaterial da alma. Comentário: Essa questão trata das influências da filosofia de uma vez que o ser humano tenta compreender também Platão na filosofia Patrística. estar vinculado à Filosofia. o ser humano tem uma esfera corpórea. vezes têm origem na filosofia platônica. principalmente em relação à filosofia cristã de Santo Agostinho e a de Platão. entre fé e razão. XV. explicar esquecendo-se de trabalhar aspectos da alma. quando se fala em filosofia Questão 04 medieval. sendo que a fé. A alternativa D haver pontos convergentes entre o cristianismo e a Filosofia. autoridade da Igreja Católica. de explicar a fé cristã autonomia de investigar. Questão 05 As navegações europeias em busca do Novo Mundo. e a Filosofia era utilizada somente ora distante. ter em mente a concepção agostiniana de ser humano pensado a portanto. quando diz sobre a superioridade do corpo em Questão 01 relação à alma. está incorreta. em alguma medida. na medida em que as Questão 03 verdades da fé não podem prescindir do entendimento. Questão 06 Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o estudante perceba a interação e mesmo a dependência da MÓDULO – A 07 filosofia medieval em relação à filosofia clássica. principalmente Santo Agostinho. constituindo. às 15 que a fé é mais importante e superior à razão e à Filosofia horas. mais do diabo do que de Deus. iluminação divina. I. apenas Contudo. não tendo a necessidade. O estudante deve compreender como instrumento de explicação dessas verdades. racionalmente alguns princípios da fé. construindo argumentos filosóficos para as que caracterizam a sua essência. principalmente na de Agostinho. sendo necessária a graça ou do uso da razão é justificar a verdade revelada. Competência de área: 1 foi necessária a explicação da fé através da razão. deverá perceber que o conhecimento da fé deve. ao se referir à filosofia medieval.

alcançada apenas por algumas pessoas escolhidas por Deus. porque retoma a independência do ser que o conhecimento. e assim sucessivamente. desacordo com as verdades da fé. Exercícios de Fixação Questão 05 Questão 01 Comentário: O conceito trabalhado nessa questão é o de submissão da razão à fé cristã. Tal conhecimento só é possível de ser acessado por um caminho de interioridade auxiliado pela revelação divina. criado por nada. teria existido sempre. de Aquino deve-se perceber que essa autonomia contrasta com a filosofia agostiniana. A alternativa D está incorreta. dispondo da possibilidade de se definir da maneira que quiser. Agostinho faz referência a uma Agostinho. Segundo o filósofo. fonte do pecado. vez que os astros se movimentam e são medidos com o tempo. à ausência de A Escolástica e São Tomás submissão a tudo e a todos. porque vai contra a concepção antropológica de uma causa primordial. o estudante deve qualquer verdade por sua própria conta. Contudo. É muito Comentário: O estudante deve compreender nessa questão importante que o estudante compreenda que a filosofia o conceito de tempo para Agostinho. pela mesma razão da alternativa A. e não encontrar qualquer outra por si mesma. estando tais verdades e princípios racionais não possam estar em a Verdade divina no interior do indivíduo. algo que a gerou. gerador de todas as Agostinho. tal como na Patrística. A alternativa Comentário: Nessa questão o estudante deve compreender E está incorreta. porque foge do tema da questão e ainda afirma Questão 01 a autonomia humana em relação a Deus. principalmente em sua concepção antropológica. sendo exterior a ele. para o filósofo. Assim. e constitui ideias que por si são autônomas e perfeitas. medieval gira em torno dessa relação e da superioridade da o conceito de tempo está além do movimento dos astros.. Tal Se para Agostinho o ser humano não pode alcançar voz interior refere-se à graça divina. É interessante que o professor discuta com seus alunos a ideia do senso comum segundo a qual nada foi Comentário: O conceito trabalhado nessa questão é o de ser produzido de relevante durante a Idade Média. criadas também durante a sendo esta boa e o corpo mau. por Tomás de Aquino. deve compreender que. humano em relação a Deus para encontrar a verdade. mas de dentro para fora. mostrando humano segundo Agostinho. embora do exterior para o interior. que é dividido em corpo e alma. ainda durante a Idade Média. precederam às universidades. o papel da Filosofia é explicar essa verdade. por isso. A seguir. segundo a qual o ser humano não pode alcançar coisas existentes. já está presente no interior do ser humano que não está de acordo com a antropologia agostiniana. o termo é a localização histórica da Renascença Carolíngia e a sua refere-se à verdade revelada por Deus e nada mais. da existência da relação de causa e efeito. Desse modo. na Idade Média. mas Questão 03 ultrapassa o movimento. o estudante Competência de área: 1 deve estar atento à defesa. Exercícios Propostos sem a ajuda de Deus. para Tomás de compreender que. Comentário: A ideia fundamental a ser tratada nessa questão é a de que. Tal conceito se refere à autonomia. O estudante deve ter clareza Comentário: A ideia central a ser trabalhada nessa questão de que. Coleção Estudo 10 . quando se fala em verdade. por sua vez. para a qual o conceito de liberdade refere-se à submissão à vontade divina. buscando a causa de um efeito que o leva ao conhecimento por sua graça. sentido. que seria Deus. A alternativa B está incorreta. tal medida não depende desse movimento. fundação das escolas Palatinas. o baseada em Platão. A alternativa A está tem uma causa e um efeito e etc. Seção Enem no entanto. ela teve que ser gerada por algo. na Idade Média. quando O estudante deve compreender o momento histórico da for possível. nenhuma verdade por meio de seu próprio intelecto não sendo. segundo a epistemologia agostiniana. Assim. O estudante Idade Média. para não como o próprio Deus que está dentro do ser humano e que cair num ciclo infinito. o filósofo defende haver incorreta. assim como esse FILOSOFIA Comentário: A alternativa correta se refere à luz natural. o conhecimento não vem Aquino é necessário um esforço racional para isso. Deus. e sua importância para o desenvolvimento do Questão 07 ensino. Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o Questão 09 estudante compreenda a mudança de perspectiva filosófica representada pela filosofia tomista em relação à de Comentário: No trecho. uma fé sobre a razão humana. O filósofo tem uma concepção que as escolas foram fundadas nessa época e ainda maniqueísta de ser humano. O professor deve deixar clara a diferença entre Agostinho e Tomás de Aquino. se esquecer de reafirmar o compromisso de ambas filosofias com o cristianismo. essa dicotomia corpo e alma é fundamental para a compreensão das ideias de pecado e de graça como possibilidades de realização da Questão 02 vida humana. o problema filosófico da Questão 08 escolástica gira em torno da relação entre fé e razão. ser dono de si. para que alguma coisa Habilidade: 1 exista. Nesse importância para o desenvolvimento do ensino formal. Questão 01 – Letra C Questão 04 Eixo cognitivo: II Comentário: Para responder a essa questão. espécie de voz interior que “preside a própria mente”. sem. Questão 03 MÓDULO – A 08 Comentário: O primeiro passo para compreender essa questão é definir o conceito de liberdade que aparece na citação.

também. Aristóteles. ainda que ambos do conhecimento dado por Deus. notando de ato. Por isso é impossível lhe adicionar algo mais. sendo interpretação do trecho filosófico aliada à relação com os perfeito. aceitando seu princípio. porque humano de Tomás de Aquino em relação ao de Agostinho. O professor pode. Para isso. divina. não pode mudar. porque Agostinho. O professor o ser humano não se contenta com a simples passividade. A ideia de potência se refere Comentário: Para responder a essa questão. desse modo. reafirmando seu compromisso com a religião. Competência de área: 1 Habilidade: 1 Questão 08 Comentário: A alternativa C está correta. mas tem papel atuante. de Aquino. em estudantes em grupos e desenvolver uma discussão sobre Tomás de Aquino. elas se Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante tornam quase irrefutáveis. este ser que é Deus é de tal condição. enquanto Santo Agostinho o ser humano totalmente independente de Deus. buscando em seu conhecimento as verdades Questão 07 dos seres por meio da observação empírica. acerca do ser humano e da verdade. A alternativa A está incorreta. compreenda as influências do pensamento de Aristóteles na são. Comentário: O texto deixa clara a intenção da filosofia tomista. nota-se a o assunto. A alternativa D está incorreta. se refere à realização da potência. As coisas particulares. manifestações em ato de uma parte daquilo formação do pensamento de Tomás de Aquino. porque o ser Comentário: O objetivo dessa questão é fazer com que o humano. Desse modo. inclusive. medieval. inspirado na filosofia aristotélica. importância da utilização dos sentidos para o conhecimento do mundo terreno. contudo. A alternativa E está incorreta. Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante concentrando em si todas as coisas. o estudante à possibilidade: tudo aquilo que determinada coisa pode deve ter compreendido as ideias aristotélicas de ato e potência ser (em potência).Questão 05 Questão 09 Comentário: O objetivo dessa questão é que o estudante Comentário: O objetivo dessa questão é trabalhar a compreenda que. São Tomás de Aquino se refere à ideia de que Deus é ato Exercícios Propostos puro. abrir mão da sua fé Questão 11 cristã. Comentário: O estudante deverá ter conhecimento profundo das provas da existência de Deus construídas por Tomás de Questão 12 Aquino para perceber que. pode ser notada devido ao papel fundamental da utilização dos sentidos como caminho de obtenção do conhecimento na Questão 06 filosofia tomista. pode compreender as verdades estudante compreenda a novidade do pensamento tomista racionalmente. mas ainda não o é (em ato). o estudante deve compreender que a filosofia tomista não revolucionou Questão 01 – Letra C nada nem tampuco negou as verdades da religião. Essa ideia de Questão 05 ato puro se refere às ideias provenientes da filosofia de Aristóteles de ato e potência. ele relaciona Deus à ideia de pura potência. pode fazer no quadro uma comparação entre os dois. Deus. sendo este um dos pilares da inovação tomista em relação ao pensamento anterior. São Tomás de Aquino defendia a capacidade humana porque o conhecimento da Ciência nunca pode estar acima para encontrar as verdades sobre o mundo. inclusive acreditava ser possível conhecer somente pela iluminação para encontrar verdades da fé. Vale aqui uma discussão sobre compreenda que. Ao Seção Enem explicar que Tomás de Aquino não é um Galileu. mesmo pecador. segundo a filosofia tomista. Editora Bernoulli 11 . contradiz o princípio da participação da razão humana no O ponto central de diferenciação entre esses dois filósofos conhecimento. principalmente o de na filosofia medieval. Ao afirmar que "Com efeito. separar os realidade metafísica na qual se buscava a verdade. mantivessem seu compromisso com a religião e com a fé. conhecimentos adquiridos sobre a filosofia de São Tomás que remete a Aristóteles. Essa influência que está concentrado em Deus. Tomás de Aquino busca compreender racionalmente as coisas da natureza sem. segundo Tomás de Aquino. porque reúne em si todas as coisas existentes. porque torna FILOSOFIA encontra-se no fato de que. encerra em si a perfeição divina. A alternativa B está incorreta. o conceito de ato puro. a concordância ou não desses argumentos como prova da as preocupações filosóficas voltavam-se apenas para uma existência de Deus. que nada se lhe pode adicionar". por outro lado. mas somente apresentou um nova maneira de explicar a fé Eixo cognitivo: II baseando-se na perspectiva filosófica de Aristóteles. como a filosofia da Grécia Antiga influenciou na filosofia cristã a potência em exercício. assim como defende. enquanto em Platão e em Agostinho. A ideia para relacioná-las à filosofia de Tomás de Aquino. na deixando clara a mudança no tocante à valorização do ser busca da verdade.

Rua Juiz de Fora.: (31) 3029-4949 www.Barro Preto Belo Horizonte .editorabernoulli. 991 .com.br .MG Tel.