Você está na página 1de 9

1

Inclusão de protocolos de comunicação em


produtos NEOCONTROL

Santos Gonçalves, Alline Paula, Aluno, PUC Minas; Girundi, Artur Alves, Aluno, PUC Minas

 Existem inúmeras tecnologias e formas de comunicação de


WHA, porém o artigo citado retrata das comunicações que são
Resumo - Este trabalho de conclusão de curso foi mais comuns no ambiente da domótica, como: ZigBee, ZWave,
desenvolvido com o objetivo de desenvolver uma solução para Bluetooth, 6LoWPAN, Insteon, Wavenis, UWB, Wi-Fi e
EnOcean.(Rathnayaka, Potdar, 2011) faz um estudo entre os
agregação de protocolos de comunicação voltados para a domótica mais variados tipos de protocolos e fez uma comparação
a ser incorporada nos produtos da empresa Neocontrol. Foram conforme apresentado na figura 1:
estudados vários tipos de protocolos e suas principais Figura 1Comparação das Soluções Wireless-
características, de forma que fosse possível determinar a topologia
de rede mais adequada para o funcionamento da solução e a
correta transmissão de informações. Também foi estudada a
melhor forma de estabelecer uma comunicação serial entre o
microcontrolador, a central Neocontrol e os periféricos
comandados. Após as pesquisas, foi projetada e construída uma
placa de circuito impresso (PCI) que tem capacidade de
funcionamento com qualquer protocolo, utilizando-se um
protocolo por vez.

Palavras-chave: Zigbee, protocolo de comunicação,


comunicação serial, topologia de rede, placa de circuito impresso, Fonte: (Rathnayaka, Potdar, 2011)
microcontrolador MCF51QE128.
As observações feitas mostraram que possuem diversos tipos
de parâmetros a serem analisados neste projeto. Os principais
I. INTRODUÇÃO pontos são a frequência de banda, taxa de transmissão e
Domótica se tornou uma inspiração para novos projetos consumo do dispositivo.

A residenciais pelo fato de trazer diversos benefícios para


a população, como qualidade de vida, conforto,
Normalmente os dispositivos apresentam frequências que se
caracterizam pelas frequências 800 a 915MHz (Mega-Hertz) e
simultaneamente, sustentabilidade e economia no consumo de a frequência mais conhecida como de 2.4GHz (Giga-Hertz) que
energia. As aplicações da automação residencial são inúmeras. se utiliza no Wi-Fi. A exigência para operar em cada região do
Os exemplos são: controle de luminosidade, HVAC Control, mundo trouxe a necessidade de implementar estas frequências.
segurança, controle de consumo de energia, entre outros. Sendo É importante observar também que os protocolos que operam
que o Controle de consumo de energia vem sendo muito a 2.4GHz tem a mesma frequência que muitos aparelhos
utilizado ultimamente devido ao monitoramento do consumo domésticos, como: micro-ondas, telefones sem fio, e internet
dos aparelhos durante o dia, sendo possível se programar para local (roteadores). Portanto há possibilidade de interferência
usar aparelhos em horários sem pico de consumo, o que ajuda entre os módulos fabricados para esses protocolos com tais
na economia do consumidor. De acordo com o (Rathnayaka, aparelhos e isto pode causar uma interferência de sinais entre os
Potdar, 2011), “o sistema wireless é denominado formalmente dispositivos.
conhecido como WHA (Wireless Home Automation) ”.
2

Ainda de acordo com (Rathnayaka, Potdar ,2011) existem roteamento na rede. É uma arquitetura pouco difundida, apesar
maneiras para otimizar este fato: “Dispositivo deve ter a função de oferecer redundância é mais confiável, porém, na questão de
de Sleep Mode (em que a maioria das funcionalidades do roteamento pode causar congestionamentos indesejáveis na
dispositivo são inativas, reduzindo assim o consumo). Deixar rede”. Nesta rede, é possível dois tipos responsáveis por envio
em Low Duty Cycle visando uma diminuição da proporção de de informações pelos nós, pode ser o roteador mesh ou cliente
tempo em que um sistema estará em operação. mesh. A diferença de cada é a forma que o cada um será
configurado. O cliente não pode ser visto como um gateway e a
configuração ele é mais simples. Já o roteador como pode ser
II. PEOTOCOLOS ESTUDADOS observado, tem a função de rotear, levando informações para
Protocolo Zigbee possui as características de baixo consumo, outros pontos das redes do sistema.
baixo custo e uma ampla frequência de atuação. É regido pelo A rede mesh possui mobilidade pelo fato de possuir diversos
padrão IEEE 802.15.4-2003. Este padrão é definido por duas enlaces e poder conectar em diversas redes. Como cada ponto
camadas: A camada física e a camada de MAC (Medium da rede funciona como roteador, a reconfiguração em casos de
Access Control). A IEEE 802.15.4-2003 possui dois layers que expansão tornou-se desnecessária. É possível observar na figura
operam nas duas frequências: 868/915 MHz e a de 2.4GHz. As 2 que cada ponto é visto como gateway para a rede.
frequências sub GHz são necessárias para atuarem em países da Esse caso é um exemplo dos roteadores da rede mesh formar
Europa como nos Estados Unidos e Austrália. A de maior o backbone. A figura 2 pode ser observada a seguir:
frequência pode ser usada no mundo inteiro. Este protocolo Figura 2: Rede mesh sem fio formando backbone
pode usar três topologias: estrela, árvore, mesh.
A tecnologia EnOcean é baseada em alguns fatores como:
possui sistema Energy Harvesting que são células solares,
termo conversores, e acelerômetro. Tais hardwares podem
produzir energia para que alimente o sistema de uma forma
limpa e sem uso de baterias ou fonte externa. Baixo consumo
na transmissão de dados. Fornece um modo versátil e de baixa
complexidade para o usuário. Uma grande vantagem para este
protocolo é que ele é totalmente ecológico e módulo EnOcean
captura 50uW/s, e por esta taxa ele transmite num alcance de
300m.
Significa um protocolo de Long Range Area (Área de longo
Alcance). Uma das suas principais características é o alcance
que os dispositivos deste protocolo possuem. Este protocolo Fonte: (AKYILDIZ, 2005)
fornece a possibilidade de alterar o tamanho a transmissão de
dados e o tamanho da banda. Logo este protocolo é o início para Rede Estrela
o futuro do IoT (Internet das Coisas). Ele utiliza a topologia
Estrela-Estrela referenciado como LPWAN – Low Power Wide A Rede estrela por sua vez é mais simples que a Mesh, porém
Area Network. este processo é mais propenso a falhas. O funcionamento ocorre
De acordo com (MARCO CENTENARO), o alcance de um da seguinte maneira: Existe apenas um dispositivo, que
sistema LPWAN é de “ 10–15 km em áreas rurais e 2–5 km em funciona como um switch, que irá transmitir e receber
áreas urbanas”. Frequência de banda 902–928 MHz [EUA] informações dos outros dispositivos da rede. O dispositivo
863– 870 MHz [Europa] 433 MHz e 169 MHz o tamanho da mestre irá supervisionar o sistema e informar falhas de
rede: 10000 dispositivos. comunicação caso se torne necessário. Nesse sistema, o
gerenciamento centralizado otimiza o processo. Pois não é
III. TOPOLOGIA DE COMUNICAÇÃO necessário a interrupção para codificar ou acrescentar novos
Uma comunicação de rede é composta por nós, nos quais eles dispositivos de envio e recebimento de informações. Na figura
comutam energia e podem enviar e receber mensagens através 4 é possível observar a estrutura da topologia estrela:
do link de comunicação. Tais links podem ser cabeados ou
wireless. Neste capitulo iremos compor as topologias mais
usuais atualmente, elas são as: estrela, anel, bus e mesh.

Rede Mesh

A rede mesh é dinâmica, portanto esta determina a melhor


rota e se adapta a mudanças caso haja alteração em pontos da
rede, ou seja, caso um roteador é inserido ou retirado. De acordo
com (OLIVEIRA, 2009), “A arquitetura mesh possui uma
particularidade onde cada nó ou cada cliente efetua o
3

Figura 3: Topologia Estrela Figura 5: Topologia bus

Fonte: Topologia de Redes de Comunicação. Pinheiro, 2006.

IV. PLACA DE CIRCUITOS IMPRESSO (PCI)


Antigamente os circuitos usados para controle dos sistemas
Fonte: Topologias de Redes de Comunição Pinhero, 2006. eram feitos com válvulas e isto deixava a área do processo
Rede Anel maior e com mais equipamentos. Com o passar do tempo, os
circuitos foram trocando de cara e passaram a
A rede em anel funciona com o princípio do mestre escravo. usar sistemas eletrônicos e o menor espaço possível,
Apenas um dispositivo fala por vez e a mensagem pode ser deixando as válvulas de lado. A primeira vez que um circuito
transmitida em qualquer sentido até chegar objetivo. Este impresso foi implementado de uma forma considerável foi em
método também não aceita falha, pois caso um ponto da rede 1943. Atualmente, as PCIs são utilizadas em várias áreas e
entre em pane, a mensagem não consegue ser transmitida até o podem ser bastante uteis quando se trata de performance
ponto final, logo, todos os outros pontos também são e economia de espaço.
prejudicados, causando a interrupção do processo. Outro ponto Para o processo de produção da placa, é necessário seguir
indesejável é a interrupção do processo caso seja necessário alguns passos. Primeiramente, é necessário imprimir o circuito
acrescentar ou configurar mais algum outro ponto na rede. A impresso com as trilhas desenvolvidas por softwares
figura 5, mostrada abaixo, exemplifica como é montada a específicos. É possível observar na figura 8, um modelo de
estrutura da topologia em anel: circuito que será aplicado em uma placa:
Figura 4: Topologia anel
Figura 6: Modelo de circuito impresso

Fonte: Topologia de Redes de Comunicação. Pinheiro, 2006.

Rede Bus

Neste sistema, as informações são enviadas através de


barramento. É necessário determinar a frequência ou tempo
para que as mensagens possam ser enviadas e recebidas por
todos os dispositivos, caso contrário, o sistema não terá um
desempenho satisfatório.
Diferente da topologia anel, a mensagem não precisa passar
por todos os dispositivos para ser entregue ao objetivo, neste
Fonte: Clasta, Confecção de Placas de Ciruito Impresso
caso, apenas o computador que tiver o endereço especifico que
foi informado no cabeçalho da mensagem.
O processo de transferência da imagem para a placa pode ser
descrito por ((MEHL, CONCEITOS FUNDAMENTAIS
SOBRE PLACAS DE CIRCUITO IMPRESSO) no trecho: “O
processo de deposição do cobre sobre as placas isolantes inicia-
se pela aplicação de uma tinta à base de grafite. Em seguida as
placas são ligadas ao polo negativo de uma fonte de corrente
contínua e mergulhadas em uma solução saturada com sais de
cobre, sendo tal solução ligada ao polo negativo da fonte.
4

Ocorre então um processo eletroquímico chamado VI. PERIFÉRICO


galvanoplastia, obtendo-se a deposição de uma fina camada de O módulo Zigbee Connected Lighting Kit foi projetado
cobre metálico sobre a placa”.
Por fim, a última etapa é a inserção dos componentes para demonstrar as funcionalidades para iluminação
eletrônicos para placa já galvanizada. É de extrema importância trabalhadas no protocolo ZigBee com os módulos EFR32MG
que toda a trilha seja seguida e nenhum componente seja
anexado fora do caminho, por isso, antes de desenvolver o ou EM3585 ZigBee.
modelo da trilha, é necessário ter em mãos as distancias entre Figura 8: ZigBee Lighting Reference Design moduleand
cada terminal do componente. demonstration board

V. COMUNICAÇÃO SERIAL
A comunicação dos módulos de automação residencial com
os microcontroladores são através de um protocolo de
comunicação serial. Esta comunicação pode ser síncrona ou
assíncrona.
A comunicação síncrona necessita de um sinal de clock para
sincronizar a comunicação, já a assíncrona não necessita. As
comunicações assíncronas são RS232, SCI (Serial
Comunication Interface) e Uart (Universal Asynchronous
Receiver Transmiter). As síncronas são SPI (Serial Pheripheral
Interface) e I2C (Inter-Integrated Circuit). Fonte: Datasheet, UG252: ZigBee® Lighting Reference
Design Demo Board Kit User's Guide.
VI MICROCONTROLADOR
No trabalho, para inserir o kit de iluminação em nossa rede
Os microcontroladores estão em todos os lugares, de uma de comunicação, e necessário acionar o botão de interrupção da
forma sutil, porém de grande significância. Hoje em dia em toda fonte de alimentação da placa rapidamente por 10 vezes. Após
sua presença já é real, nos vemos como no simples fato de ir ao este comando, o LED da placa irá piscar por 10 vezes e
Supermercado em caixas registradoras, balanças digitais ao consequentemente kit estará disponível para ser habilitado em
pesar os alimentos até mesmo em sistemas mais complexos nosso sistema.
como celulares, notebooks e etc. Seu sistema é chamado de “
Sistema embarcado” e o que vamos abordar neste tema é o seu VII. METODOLOGIA
funcionamento.
Devido ao avanço da tecnologia os controladores foram Ao completar o processo de criação do firmware inicia-se o
ficando menores e ocupando menos espaços nas placas logicas. processo de criação de cada rotina, fazendo um debug no
De acordo com o autor (A. K. Singh,2008). Com o avanço do microcontrolador e verificando a mensagem de retorno pela
processo de minimização, todos os componentes foram criados serial do computador, é necessária uma constatação para
especificamente para tal chip. Esta é a definição de validação do produto. Assim serão feitos testes como o
microprocessador, uma CPU criado com um único VSLI chip. acionamento do dispositivo com um atuador Neocontrol,
Como na figura abaixo: alcance entre o dispositivo e a central, inclusão e remoção do
Figura 7: Diagrama do microcontrolador dispositivo a rede, validação no modo MQTT e Wi-fi.
Figura 9: Fluxograma com as etapas do desenvolvimento do
trabalho de conclusão de curso

Fonte: Microcontroller and Em’bedded System, A.K. Singh

Fonte: Elaborada pelos autores


5

Para construirmos a placa devemos analisar não só o módulo AT para ele “ATI”. Este é um comando usual para verificar se a
que compramos, mas sim, a maioria dos tipos que já existem no
comunicação está estabelecida corretamente. Então ao mandar,
mercado, para então, criarmos uma placa que consiga integrar
todos os tipos. Para isto, será esquematizado no software aparece a mensagem da versão de firmware e dados do modulo
Altium Designer. Conforme mostrado na figura 13 abaixo: no RealTerm.
Figura 10: Circuito impresso para o trabalho de conclusão de
curso Para entendermos melhor o comando AT, usamos o
datasheet ETRX3 Series ZigBee Module AT-Command
Dictionary, para ver quais comandos é aceitável pelo módulo e
a função de cada um. Por exemplo o ATI é para verificar a
versão do módulo.
Verificando isto, partimos para os datasheets para o
entendimento do protocolo Zigbee e a forma de configuração
para nosso modulo para que ele se comporte como um gateway
para automação residencial.
No nosso módulo, contém a stack Zigbee Pro, que é
descrito na imagem abaixo.
Figura 12: Stack Zigbee Pro
Fonte: Elaborada pelos autores

No software Altium Designer v16.0 temos a


possibilidade da simulação também em 3D, isto é muito útil
pois podemos analisar melhor o processo final da placa.
Figura 11: Comparação entre a placa em 3D e a placa real

Fonte: Elaborada pelos autores

A rede zigbee possui diversos perfis de aplicação,


como Zigbee Home Automation, Zigbee Lightning ZigBee
Fonte: Elaborada pelos autores
Input Device ZigBee Telecom Services dentre outros.
O módulo que funciona como um gateway é o
No nosso projeto foi usado o Zigbee Home
ETRX357-LRS. Este modulo possui já um firmware integrado
Automation. Por isso devemos configurar o módulo para este
pré-programado que é o R309.
objetivo. A configuração é para deixá-lo como Zigbee
Para estabelecermos a comunicação do módulo, é
Coordinador (ZCO).
necessário alimentá-lo com 3 Volts, GND e ligar o TX do
Partindo deste pressuposto, seguimos o protocolo para
computador ou da central no RX do módulo e o TX do
ajustar os registradores S do modulo que permitem a
periférico no RX do módulo.
configuração da forma mostrada abaixo:
Depois devemos selecionar o baud rate de
AT+DASSL Disassociate from previous network if desired
comunicação para a taxa de 19200 bps. Feito isto pelo AT&F Restore to a known state if desired
RealTerm, ao abrir a conexão da porta serial do computador AT+N Check network status
com o módulo nesta taxa selecionada, enviamos um comando +N=NoPAN
6

ATS00=6319 Home Automation channel mask possibilita a mudança de cor, liga e desliga do LED e canais
ATS0A=0114;password Use predefined Link Key para a dimerização de cargas. De acordo com o fabricante do
ATS09=5A6967426565416C6C69616E63653039;password
Dispositivo kit de iluminação, devemos apertar o Botão S1 10
Define HA Link Key
AT+EN Establish network vezes para que este dispositivo entre na rede disponível.
. Usando o comando
O comando AT+DASSL é o inicial para remover
AT+SIMPLEDESC:000B57FFFE46F7DB,776B,01,
qualquer rede que o módulo se encontre, depois disso fazemos
verificamos se quais funcionalidades o Dispositivo tem. A
um Reset para voltar as configurações de fábrica, comando
resposta foi a seguinte:
AT&F. Feito isso verificamos se ainda há alguma rede criada
no módulo utilizando o comando AT+N caso não tenha rede, irá SimpleDesc:776B,00
aparecer a mensagem +N=NoPAN. EP:01
ProfileID:0104
Consequentemente o módulo foi configurado para a
DeviceID:0102v00
máscara home automation, ou seja, só dispositivos com o byte InCluster:0000,0003,0004,0005,0006,0008,0300,0B05,FC0
de home automation deverão ser aceitos pela central 1,FC02
(ATS00=6319 Home Automation channel mask) OutCluster:0019
Vemos que a resposta dos clusters internos é
Depois uma senha foi criada para que outros usuários
compatível com a tabela do Fabricante. Estabelecido a conexão
não entrem em nossa rede criada, a senha foi ajustada usando o
da rede, iremos comandar o dispositivo apagando e acendendo
comando:
o seu LED RGB.
ATS0A=0114;password Use predefined Link Key
ATS09=5A6967426565416C6C69616E63653039;password Para isso, usamos a mensagem AT+SENDUCAST,
este comando possibilita de enviarmos uma mensagem cast
Feito isso é necessário a habilitação para criar a rede: para os dispositivos. Seus parâmetros de acordo com o
AT+EN Establish network Datasheet ETRX3 Series ZigBee Module AT-Command
Dictionary são:
Ao fazer estes procedimentos e ao criar a rede,
Figura 14: Parâmetros +SENDUCAST
automaticamente viramos o Coordenador. Na JPAN está toda
informação da rede criada. Logo depois, adicionamos o nosso
dispositivo Kit de iluminação na rede.
Figura 13:Kit de iluminação Zigbee

Fonte: Elaborada pelos autores

Este dispositivo é um kit de desenvolvimento voltado Fonte: Elaborada pelos autores


para Zigbee Home Automation, ele possui um LED RGB que
7

Ou seja, seus parâmetros são separados por vírgula. O Figura 16: Diagrama da central Neocontrol
Address é o endereço do nó, SourceEP é o endereço do módulo,
ou seja 00, Dest Ep é endpoint do dispositivo no caso 01,
ProfileID é o perfil onde definimos qual aplicativo é da rede,
neste caso é o 0104, este valor significa que ele é da máscara da
rede Home Automation. Depois temos ClusterID é qual
comando queremos mandar, no caso é o 0006 Comando Liga e
Desliga. E Data é onde se encontra o protocolo Zigbee.
Depois da compreensão total da comunicação e
realização o acionamento do dispositivo periférico, usamos tais
conhecimentos e implementamos dentro do Firmware da Fonte: Elaborada pelos autores

central NeoControl no caso foi feito no Box101 da própria


empresa. Ou seja, a central recebe uma mensagem UDP é
tratada no radio Wi-fi ESP8266, logo a central envia a
Figura 15: Box101 NeoControl mensagem via UART para o microcontrolador e dentro dele
ocorre a implementação da lógica para fazer o tratamento da
mensagem UDP para comandar dispositivos Zigbee através do
Modulo ETRX357. Esta função faz exatamente o procedimento
em que usamos no protótipo para comunicação via computador
com o módulo.
Porém nesta função verificamos se tem alguma rede já
existente, então iniciamos a comunicação serial do
Microcontrolador com o módulo e os demais tratamentos.
A função do módulo Wi-Fi e tratamento da mensagem
UDP não pode ser descrita pois são informações sigilosas da
empresa. Portanto serão mostradas somente as informações
Fonte: Elaborada pelos autores sobre o acionamento do dispositivo End User.

Para desenvolver o firmware da central é usado a IDE


VIII. CONCLUSÃO
CODEWARIOR. A central apresenta o microcontrolador
Os sistemas de comunicação são basicamente
MCF51QE128 do fabricante Freescale, um modulo Wi-Fi que
compostos por cinco elementos que são: transmissor, receptor,
funciona como um Access point, ou seja, para funcionamento
meio de comunicação, protocolo de comunicação e mensagem.
necessitamos que ele entre na rede do Wi-Fi local da sua
No caso deste trabalho, foram utilizados todos os componentes.
residência para recebermos mensagem UDP e mandar via
Os protocolos de comunicação são fundamentais para
broadcast para os dispositivos Neocontrol.
estabelecer o envio e recebimento de informações em
O funcionamento da central funciona como este
determinada rede de compartilhamento, visto que as faltas dos
diagrama de blocos mostrado abaixo:
protocolos podem trazer erro e desentendimento na distribuição
da mensagem, além de não possibilitar a agilidade em certos
sistemas que precisam de presteza e não podem depender de
falhas.
8

Sabendo-se as informações suficientes do nosso a-sheets/MCF51QE128.pdf>. Acesso em: 20 abril


sistema e todos os dispositivos que seriam usados, foi possível 2017.
DATASHEET, ETRX35x ZIGBEE MODULES. Disponível
obter maior sucesso no resultado, pois foi necessário estudar os em: <https://www.mouser.com/ds/2/368/tg-pm-0516-etrx35x-
tipos de protocolos mais utilizados mundialmente e conhecer 957725.pdf>. Acesso em 03 dezembro 2017
cada dinâmica e peculiaridade. DATASHEET, UG252: ZigBee® Lighting Reference Design
Neste trabalho, foi projetado uma placa de circuito Demo Board Kit User's Guide (RD-0085-0401, RD-0035-
0601). Disponível em: <
impresso que pode receber qualquer tipo de protocolo, mas foi https://www.silabs.com/documents/public/user-
definido que neste trabalho seria utilizado apenas o protocolo guides/UG252.pdf>. Acesso em 03 dezembro 2017.
Zigbee para desenvolvimento. DATASHEET, ZigBee Cluster Library Specification.
Desta maneira, entendemos que, o projeto é bastante Disponível em: < http://www.zigbee.org/wp-
content/uploads/2014/10/07-5123-06-zigbee-cluster-library-
prático quando se trata de troca de informações e comandos specification.pdf>. Acesso em 03 dezembro 2017.
entre dispositivos, e pode ser aplicado para qualquer tipo de
protocolo, porém é necessário realizar o mesmo estudo em
MARCO CENTENARO, L. V. A. Z. M. Z. Long-
Range Communications in Unlicensed Bands: the
datasheets e viabilização de dados que foi feito para este projeto
Rising Stars in the IoT and Smart City Scenarios.
usando o Zigbee. E com o aumento da demanda por tecnologias Disponivel em: <https://arxiv.org/abs/1510.00620>.
voltadas par automação residencial, a soluções mais cômodas Acesso em: 19 abril 2017.
darão espaço para soluções versáteis e práticas.
OLIVEIRA, E. P. D. Gerência de Redes BWA
Como visto, este trabalho é um tanto através de Framework e Métricas de Avaliação de
vantajoso para a empresa e para o aluno. Como o Desempenho, Campinas, 2009. Disponivel em:
<http://pt.scribd.com/doc/60092727/22/>. Acesso
projeto é voltado para um trabalho de conclusão de curso e está em: 11 set. 2012.
sendo apresentado dentro da faculdade vimos que ela
POOLE, I. Microcontroller Embedded Systems.
abrange, basicamente, quase todos os núcleos Disponivel em: <http://www.radio-
ofertados pelo nosso currículo. electronics.com/info/processing-
embedded/embedded-systems/microcontroller-mcu-
systems.php>. Acesso em: 16 abril 2017.
REFERÊNCIAS
A. J. DINUSHA RATHNAYAKA, V. M. P. SANTOS, P. J. M. Pinheiro José Mauricio Santos.
Introdution of Wireless Home Automation. Disponivel em:
<http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_t
AKYLDIZ, I. F. A Survey On Wireless Mesh opologias_de_rede.php>. Acesso em: 10 abril 2017.
Network. Disponivel em: SERIAL Data Transmission. Disponivel em:
<http://www.ece.gatech.edu/research/labs/bwn/pape <https://www.samson.de/pdf_en/l153en.pdf>.
rs/2005/j4.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2017 Acesso em: 19 abril 2017.
.
COUTINHO, J. O guia básico da topologia de SINGH, A. K. Microcontroller and Embedded
rede. Disponivel em: System. Disponivel em:
<http://www.administradores.com.br/artigos/tecnol <https://books.google.com.br/books?hl=pt-
ogia/o-guia-basico-da-topologia-de-rede/91093/>. BR&lr=&id=E5BluKnE5XsC&oi=fnd&pg=PA1&d
Acesso em: 10 abril 2017. q=microcontroller+and+embedded+system&ots=Xf
cQYjHhzX&sig=8ErJZz2e4nUOFVACwxOAzLLb
DATASHEET, MCF51QE128 Series. Disponível w98#v=onepage&q&f=false >. Acesso em: 16 abril
em: 2017.
<http://www.nxp.com/assets/documents/data/en/dat
9

DATASHEET, UG252: ZigBee® Lighting Reference Design


Demo Board Kit User's Guide. Disponível em:
<http://www.mouser.com/ds/2/368/UG252-1016971.pdf>.
Acesso em: 15/11/2017