Você está na página 1de 10

Porto Velho, 03 de janeiro de 2018.

Ofício FKR 002/2018

Aos Presidentes e Responsáveis dos clubes filiados e vinculados à FKR

Senhores Presidentes e/ou Responsáveis,

Em 2017 iniciamos um processo de regularização das entidades ligadas a Federação


de Karate de Rondônia - FKR, visando assim sanar de uma vez por todas, as
pendências documentais de todas as entidades que promovem o karate em nosso
Estado, ato que visa fortalecer nossa Federação, a CBK e o Karate do Brasil.

Num primeiro momento chamamos todas as entidades para que complementassem


sua documentação, apresentando documentos, atos constitutivos, declarações, enfim,
a documentação que o estatuto social prevê para que os clubes estejam regulares
junto a Federação. Esse primeiro movimento nos permitiu traçar um perfil e identificar
quais entidades são efetivamente filiadas e aqueles que por pendências documentais,
possuíam a condição de vinculadas.

Uma vez concluída essa etapa, novos procedimentos foram adotados, contatos e
solicitações foram realizados junto às entidades vinculadas, para que, nos prazos
previstos no estatuto, regularizassem suas respectivas situações. Essa segunda etapa
visou transformar as entidades inicialmente enquadradas como "vinculadas", em
entidades "filiadas", ou seja, aqueles que passam a ter plenamente o direito de voz e
voto junto a Federação. Para nossa felicidade, muitas entidades até então "vinculadas",
cumpriram todas as exigências estatutárias e passaram a condição de "filiadas".

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
Diante do cenário definido, tendo portanto, devidamente identificadas e regularizadas
as entidades filiadas a FKR, algumas entidades mantiveram a condição de
"vinculadas", mantendo ainda as pendências documentais, não nos restando outra
alternativa que não fosse o arquivamento do processo de pedido de vinculação. Essas
entidades, a partir de 2018, poderão, caso tenham interesse, formalizar novo pedido de
vinculação, ou mesmo de filiação, caso estejam de posse de toda documentação
exigida para tal, ocasião em que deverão juntar os respectivos documentos.

Na certeza de que estamos fielmente cumprindo os termos de nosso estatuto social, e


que visamos exclusivamente fortalecer a Federação de Karate de Rondônia, essas
foram as medidas administrativas adotadas em 2017.

Atenciosamente,

Ronaldo Seraphico de Souza Patricio


Presidente

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
Parecer DIJUR/FKR No. 003/2017

Assunto: FEDERAÇÃO DE KARATÊ DE RONDÔNIA – DIREITO


ADMINISTRATIVO. VINCULAÇÃO DE ENTIDADES –
FUNDADORAS, FILIADAS E VINCULADAS. ANÁLISE JURÍDICA.

1. O Presidente da Federação de Karatê de Rondônia – FKR, após cumpridas as orientações e procedimentos


sugeridos pelo Parecer DIJUR/FKR No. 001/2017, em consulta a Diretoria Jurídica acerca do melhor
entendimento no que tange aos desdobramentos administrativos que envolvem o processo de regularização
dos clubes e entidades ligadas a Federação, solicita posicionamento jurídico no que tange aos procedimentos
a serem adotados pela Federação com os clubes e entidades, após o regular cumprimento de prazos e
devidas manifestações das entidades.

2. A Federação de Karatê de Rondônia – FKR é uma instituição com personalidade jurídica de direito privado,
na forma de uma associação civil, sem fins lucrativos, com Estatuto Social e Regimento Interno próprios,
regida por esses instrumentos jurídicos e pelo disposto na Lei No. 10.406, de 10 de Janeiro de 2002, que
instituiu o Código Civil Brasileiro.

3. O Parecer DIJUR No. 001/2017 já nos tratou do assunto, conforme abaixo subscrevemos:

..........
3. O Estatuto Social da FKR em seu art. 5º, define o perfil das Entidades que a compõem,
conforme abaixo descrito:

......
Art. 5º - A FKR é constituída pelas Entidades de prática da modalidade de Karatê, as quais
não respondem solidariamente pelas obrigações contraídas por esta entidade, e
obedecerão, obrigatoriamente, o presente Estatuto, Normas e Regulamentos estaduais e
nacionais, além da legislação desportiva nacional vigente

......
4. Nesse sentido, nos termos do artigo supra descrito, necessário de faz que as entidades
vinculadas a FKR declarem expressamente a prática da modalidade de karatê, dando assim
cumprimento ao requisito primário para sua participação na Entidade.

5. O Estatuto Social da FKR, no Título II – DAS ASSOCIAÇÕES FILIADAS, em seu Capítulo I –


DAS CATEGORIAS, prevê, no art. 12, as categorias das entidades que estarão fazendo parte
da Federação, senão vejamos:

.....
Art. 12 – São 03 (três) as Categorias:
I – Fundadoras;
II – Filiadas;
III – Vinculadas.
.....

6. O art. 13 especifica a característica que define a entidade como “Fundadora”, conforme


trazemos à baila:

.....
Art. 13 – São consideradas Fundadoras, as Entidades de Prática de Karatê que assinaram a
Ata de Fundação da FKR.
.....

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
7. Nesse sentido, todas as entidades que assinaram a Ata de Fundação da FKR, fazem parte
das Entidades Fundadoras da Instituição, uma característica permanente, porém, sem
qualquer outro direito ou obrigação perante o Estatuto ou Regimento Interno da Federação
de Karatê de Rondônia, cabendo a tais entidades, para manter sua regularidade junto a
FKR, atender a todos os requisitos e obrigações financeiras com a Instituição, sob pena de
desfiliação ou desvinculação, conforme o caso.

8. O art. 14 do Estatuto Social da FKR define as características das entidades Filiadas, senão
vejamos:

.....
Art. 14 – São consideradas Filiadas, as Entidades de Prática de Karatê que estiverem
rigorosamente em dia com suas obrigações administrativas, técnicas e financeiras com a
FKR, perdendo esta condição, quando da não renovação destas obrigações no exercício
seguinte ao da validade do último alvará expedido, readquirindo a mesma condição de
filiado, a partir do momento que sanar todas as pendências.
.....

9. Nos termos do artigo 14, extraímos o entendimento que a condição de entidade filiada
está condicionada a regularidade administrativa, técnica e financeira da Entidade, sendo,
portanto uma condição temporária, enquanto a Entidade cumprir tais exigências.

10. Com base no Estatuto Social, a Entidade deverá comprovar sua regularidade para
solicitar filiação, e manter tal condição para assim permanecer, ou seja, filiada, o que
deverá fazê-lo a cada renovação anual do respectivo alvará, a ser expedido pela Federação.

11. A comprovação anual da regularidade administrativa se dará pela apresentação do


regular alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura da cidade de sua sede, a
regularidade técnica, pela comprovação da manutenção da responsabilidade técnica da
Entidade pelo profissional respectivo, nos termos do Estatuto Social da FKR, e, a
regularidade financeira, através da comprovação do pagamento da anuidade respectiva.

12. O art. 15 do Estatuto Social define o que são as entidades “vinculadas” a Federação,
conforme abaixo:

.....
Art. 15 – São consideradas Vinculadas, as Entidades de Prática de Karatê que estiverem em
processo de regularização de suas obrigações administrativas (grifo nosso), com suas
obrigações técnicas e financeiras regularmente em dias com a FKR, esta não terá direito a
voto nas Assembleias Gerais da FKR, tendo apenas direito à voz.
.....

13. Nos termos do artigo 14, extraímos o entendimento que a condição de Entidade
Vinculada é decorrente da ausência de regularidade de Entidade Filiada, ou seja, uma
Entidade Vinculada é de caráter temporário, de acordo com a regularidade de suas
obrigações administrativas, mantidas porém, em todos os casos, suas obrigações técnicas e
financeiras. Nesse sentido, não há que se admitir, em nenhuma hipótese, uma entidade sem
regularidade técnica e financeira.

14. Uma Entidade, no ato da solicitação de sua Filiação, deverá comprovar sua regularidade
administrativa, o que se dará nos termos do art. 23 do Estatuto Social da FKR, abaixo
descrito:

.....
Art. 23 – O pedido de filiação deve ser firmado pelo presidente da Entidade de Prática,
acompanhado do que se seguir:

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
I – Um exemplar do Estatuto, contrato ou assemelhado, devidamente registrado no
Registro Civil de pessoas jurídicas;
II – Ata de Fundação;
III – Ata da última eleição;
IV – Relação da Diretoria;
V – Cópia do CNPJ;
VI – Cópia colorida do modelo de seu emblema;
VII – Comprovante de endereço do local de funcionamento;
VIII – Comprovante de pagamento da taxa de Filiação, conforme tabela de custas da FKR;
IX – Comprovante de pagamento da anuidade, correspondente a (1/2) meio salário mínimo
vigente na data do pagamento;
.....

15. De acordo com o artigo 23, uma entidade constituída na forma de uma associação civil,
com ou sem fins lucrativos, bem como uma Empresa Priva com fins lucrativos, podem
compor o quaro de entidades da FKR, ambas na condição de FILIADAS, uma vez que o
Estatuto prevê como forma de constituição um Estatuto, um Contrato ou Instrumento
Assemelhado. Nesse sentido, associações civis, com ou sem fins lucrativos, que são
constituídas através de Estatutos Sociais, ou Empresas Privadas, Sociedades,
Microempresas ou mesmo Microempreendedores Individuais – MEIs, que são constituídos
através de contratos, ou instrumentos assemelhados, podem compor o quadro de
ENTIDADES FILIADAS a FKR, com direito a VOTO e VOZ.

16. No caso de Entidades Privadas, aquelas constituídas com contratos ou assemelhados,


Sociedades, MEs ou MEIs, não se aplicam as exigências dos itens II, III e IV do art. 23, para
sua filiação, sendo necessária apenas a comprovação dos itens I, V, VI, VII, VIII e IX, além
dos demais comprovantes de suas respectivas regularidades técnicas e financeiras.

17. Uma Entidade que não possui a documentação descrita no art. 23, no que lhe couber,
exceto com relação à regularidade técnica e financeira, que são obrigatórias para todos os
casos, PODERÁ solicitar sua VINCULAÇÃO ao quadro da FKR, e manterá a condição de
entidade vinculada até que conclua seu processo de REGULARIZAÇÃO ADMINISTRATIVA,
que seja através da constituição de seu Estatuto Social, Contrato ou Assemelhado, com a
emissão do respectivo CNPJ.

18. O art. 24 do Estatuto Social apresenta uma condição adicional para os pedidos de
VINCULAÇÃO, ou seja, no caso da Entidade desejar fazer parte do quadro da FKR, mas ainda
não possui sua regularidade administrativa, senão vejamos:

.....
Art. 24 – O pedido de vinculação será firmado pelo responsável pela entidade de Prática,
acompanhado dos seguintes documentos:
I – Declaração de que cumpre as normas da FKR, e responsabilizando-se pelo
encaminhamento dos documentos para filiação NO PRAZO DE 90 (NOVENTA) dias;
.....

19. Observa-se que mesmo uma entidade que ainda não possui Estatuto Social, Contrato ou
Assemelhado, e, consequentemente um CNPJ, poderá fazer parte da FKR, porém, na
condição de ENTIDADE VINCULADA. Essa condição é temporária, ou seja, terá duração de
90 (noventa dias), e, findo esse prazo, deixará de fazer parte do quadro da FKR, uma vez
que não cumpriu o prazo fixado para regularizar sua constituição jurídica.

20. Durante os 90 (noventa) dias em que estiver na condição de Entidade Vinculada, no caso
de ocorrer Assembleias ou outras reuniões da Federação, a entidade poderá participar,
porém apenas com direito a VOZ, ou seja, SEM DIREITO A VOTO.

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
21. No caso de regularização da situação administrativa, uma vez constatado pela FKR, a
Entidade passará a condição de Entidade Filiada. Essa regularização poderá ocorrer a
qualquer tempo dentro do prazo de 90 (noventa) dias fixado no Estatuto Social da
Federação.

22. O art. 1º do Regimento Interno da FKR apresenta o rol de documentos necessários para
o pedido de filiação definitiva aos quadros da Federação, devendo ser aplicado, o que
couber, as entidades nos termos de sua constituição – Associação Civil sem fins lucrativos,
Sociedades, MEs, MEIs, e demais formas de constituição.

23. A FKR, através de sua Secretaria, deverá fazer detalhada verificação das Entidades que
compõem a Federação, a fim de identificar aqueles que nos termos do Estatuto Social da
Federação, possuem a condição de entidades Filiadas ou de Vinculadas.

24. As Entidades que possuem regularidade administrativa, técnica e financeira, se


cumpridas as demais exigências do Estatuto e Regimento Interno, poderão ter seu
respectivo alvará emitido, COMO ENTIDADE FILIADA.

25. As Entidades que NÃO possuem regularidade administrativa, mas que possuem
regularidade técnica e financeira, se cumpridas as demais exigências do Estatuto e
Regimento Interno, poderão ter seu respectivo alvará emitido, COMO ENTIDADE
VINCULADA, devendo informar a data de validade de tal condição, ou seja, de 90 (noventa)
dias a contar da emissão do respectivo alvará. Se a regularizar ocorrer no prazo de 90
(noventa) dias, terá o alvará emitido como ENTIDADE FILIADA, com vigência até o final do
ano em curso.

26. Caso a documentação existente no acervo documental da Federação não seja suficiente,
poderá a FKR emitir Ofício Circular a todas as Entidades que compõem a Federação, fixando
prazo de 15 (quinze) dias para que encaminhem sua documentação, juntamente com
pedido de FILIAÇÃO, no caso da Entidade entender que cumpre todos os requisitos
normativos, ou pedido de VINCULAÇÃO, caso ainda não apresente toda documentação
exigida no Estatuto e Regimento Interno da Federação.

27. Decorrido o prazo de 15 (quinze) dias fixado no Ofício Circular, a FKR fará análise da
documentação de cada entidade, comunicando a cada uma sua condição, de filiada ou
vinculada, e fixando o prazo para as vinculadas regularizarem a situação (90 dias).

28. Decorrido o prazo de 90 dias para as entidades vinculadas, no caso de permanecer a


condição de não-conformidade administrativa, a FKR poderá emitir ofício “desvinculando” a
entidade do quadro da Federação.

29. Uma Entidade que detém o título de “FUNDADORA”, poderá perder a condição de
entidade filiada ou de entidade vinculada, caso não se regularize nos termos do Estatuto
Social e do Regimento Interno da Federação, sendo mantido o TÍTULO DE ENTIDADE
FUNDADORA, uma vez que não tal condição não lhe assegura sua condição de FILIADA ou
de VINCULADA a Federação.

É o parecer, S.M.J.

Porto Velho – RO, 14 de Março de 2017.

Luiz Paulo S F Neto


Diretor Jurídico da FKR
OAB-RO 7719

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
4. Diante dos termos do citado parecer, a Federação de Karatê de Rondônia, através de sua Secretaria,
adotou os seguintes procedimentos:

a) Em 20/03/2017 – Envio de Ofício Circular FKR No. 003/2017 para os clubes filiados e vinculados,
informando os procedimentos para regularização documental das entidades ligadas a FKR e fixando
os prazos para que providenciassem suas respectivas documentações;
b) Fixou a data de 03.04.2017 para o envio da documentação complementar das entidades filiadas, a
fim de proceder a verificação da condição de entidades “filiadas e vinculadas”;
c) Após 03.04.2017 foi realizado levantamento e conferência documental de todas as entidades ligadas
a Federação, tendo contatos sido promovidos com seus responsáveis, ocasião em que foram
cientificados de suas respectivas pendências;
d) No período de 06 a 13.11.2017 as entidades receberam novo comunicado da Federação, sendo
repassado, naquela ocasião, o detalhamento das pendências administrativas e financeiras de cada
entidade e de seus atletas.

5. Com base na previsão estatutária da Federação, aliado a todos os procedimentos administrativos adotados
no sentido de identificar e corrigir eventuais pendências das entidades, resta comprovada condição de cada
clube junto a FKR, sendo possível estabelecer a condição de entidade “vinculada” e de entidade “filiada”;

6. Diante dos fatos, procedimentos adotados e documentados analisados pela Secretaria da FKR e pelo
departamento jurídico da Federação, as entidades constantes no ANEXO I, do presente parecer, são
consideradas ENTIDADES FILIADAS, gozando de todas as prerrogativas, direitos e obrigações constantes de
seu estatuto social;

7. Diante dos fatos, procedimentos adotados e documentados analisados pela Secretaria da FKR e pelo
departamento jurídico da Federação, as entidades constantes no ANEXO II, do presente parecer, são
consideradas ENTIDADES VINCULADAS, gozando de todas as prerrogativas, direitos e obrigações constantes
de seu estatuto social;

8. Considerando ainda os prazos concedidos pela Federação para que as entidades “vinculadas”
apresentassem seus documentos, a fim de que passassem a condição de entidades “filiadas”, e decorridos
mais de 90 (noventa) dias sem que os requisitos fossem plenamente cumpridos pelas entidades enquadradas
como “vinculadas”, nos termos do estatuto social da Federação, as entidades constantes no ANEXO II –
ENTIDADES VINCULADAS, perdem o “status” de vinculadas por descumprimento das obrigações assumidas,
senão vejamos:

......................................
“Art. 24 – O pedido de vinculação será firmado pelo responsável pela entidade de
Prática, acompanhado dos seguintes documentos:
I – Declaração de que cumpre as normas da FKR, e responsabilizando-se pelo
encaminhamento dos documentos para filiação no prazo de 90 (noventa) dias;
(grifo nosso)
.......................................

9. Nesse sentido, uma vez descumprindo os termos previstos no estatuto social da federação, decorridos o
prazo de 90 (noventa) dias sem que as exigências documentais fossem integralmente cumpridas, o pedido e
a condição de vinculação deixam de existir, devendo a entidade, no exercício seguinte, protocolar novo
pedido de filiação, caso tenha todos os documentos exigidos para tal, ou, se for o caso, novo pedido de
vinculação, caso necessite de tempo para providenciar os documentos exigidos no estatuto social, o que para
tanto, terá novo prazo de 90 (noventa) dias para regularização.

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
10. As entidades que perderam a condição de vinculadas, terão seu processo arquivado pela Federação, em
caráter permanente, e um novo pedido de vinculação deverá ser instruído nos termos do estatuto social da
FKR;

11. Fica a orientação para que a Presidência da Federação comunique oficialmente as entidades que se
enquadram na condição descrita no item 8 do presente parecer.

É o parecer, S.M.J.

Porto Velho, RO, 28 de Dezembro de 2017.

ORIGINAL ASSINADO
Luiz Paulo S F Neto
Diretor Jurídico da FKR
OAB-RO 7719

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
ANEXO I

De acordo com os procedimentos adotados e documentados analisados pela Secretaria da


FKR e pelo departamento jurídico da Federação, as entidades consideradas ENTIDADES
FILIADAS, gozando de todas as prerrogativas, direitos e obrigações constantes de seu estatuto
social são as seguintes:

 Corpus e Cia;
 Fênix;
 Hien Kan;
 Nakamura;
 O Caminho da Escola;
 Shindokan;
 Stillus;
 Team Capistrano;
 Umahikan.

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637
ANEXO II

De acordo com os procedimentos adotados e documentados analisados pela Secretaria da


FKR e pelo departamento jurídico da Federação, as entidades consideradas ENTIDADES
VINCULADAS, gozando de todas as prerrogativas, direitos e obrigações constantes de seu
estatuto social são as seguintes:

 ABIK;
 Acosta;
 AGK;
 Budokan;
 Dojo Cavalcante;
 Goju Athenas;
 Kebukan;
 LIRKA;
 Rikkokai;
 Shidokan;
 Shotokan.

E-mail: federacaokaraterondonia@gmail.com Blog: http://fkrondonia.blogspot.com.br/


CNPJ: 20.551.108/0001-80 Telefones: (69) 3223-2637