Você está na página 1de 1

Domínio Educação Literária

Ficha 7 · Rimas de Camões


Lê com atenção o poema de Luís de Camões.

Aqueles claros olhos que, chorando


ficavam quando deles me partia,
agora que farão? Quem mo diria?
Se porventura estarão em mim cuidando?

5
Se terão na memória, como ou quando
deles me vim tão longe de alegria?
Ou s’ estarão aquele alegre dia
que torne a vê-los, n’ alma figurando?

Se contarão as horas e os momentos?


10
Se acharão num momento muitos anos?
Se falarão co as aves e cos ventos?

Oh! bem-aventurados fingimentos,


que nesta ausência tão doces enganos
sabeis fazer aos tristes pensamentos!
CAMOES, Luís de, 1994. Rimas (texto estabelecido, revisto e prefaciado
por Álvaro J. da Costa Pimpão). Coimbra: Almedina (p. 174) (1.ª ed.: 1595)

Apresenta, de forma bem estruturada, as tuas respostas ao questionário.

1. Identifica o tema do poema, justificando devidamente a tua resposta.


2. Descreve a situação emocional do sujeito poético e a respetiva causa.
3. Destaca o valor expressivo do recurso à anáfora e à interrogação retórica nas três primeiras
estrofes.
4. Explicita a função do segundo terceto na estrutura interna da composição.
5. Justifica a classificação do poema como soneto, partindo das suas características formais
(estrofes, métrica e rima).