Você está na página 1de 11

Exercícios da lei 9.455/97 - lei de tortura. Prof. Davi Ferraz 01- A prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes, o terrorismo e os crimes definidos como hediondos podem ser imputados, com base na Constituição Federal:

A) aos mandantes e executores.

B) apenas aos executores.

C) aos mandantes, executores e aos que justificadamente tenham

se omitido de evitá- los.

D) aos mandantes, executores e aos que injustificadamente tenham

se omitido de evitá- los.

02- Segundo dispõe a lei nº 9.455/97, é correto afirmar que constitui crime de tortura, EXCETO:

A) constranger alguém, com emprego de violência ou grave ameaça,

causando lhe sofrimento físico ou mental, em razão de discriminação racial ou religiosa.

B) submeter pessoa presa ou sujeita a medida de segurança a

sofrimento físico ou mental, por intermédio da prática de ato

resultante de medida legal.

C) submeter alguém sob sua guarda, poder ou autoridade, a

intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar medida de caráter preventivo.

D) constranger alguém, com emprego de violência ou grave ameaça,

causando-lhe sofrimento físico ou mental, com o fim de obter

informação, confissão ou declaração de terceira pessoa.

03 - Nos termos da lei 9.455/97, a prática do crime de tortura,

acarreta as seguintes medidas EXCETO:

A) pena de detenção, para aquele que se omitiu, quando tinha o

dever de evitá –las ou apurá- las.

B) pena aumentada de um sexto até um terço se o autor for agente

público. C)início do cumprimento de pena em regime fechado, qualquer que tenha sido o autor da ação ou omissão.

D)perda do cargo, função ou emprego público e interdição para seu exercício.

04 - NÃO é responsável pela prática do crime de tortura,

previsto na lei 9.455/97:

A) quem submete pessoa presa ou sujeita a medida de segurança a

sofrimento físico ou mental.

B) aquele que se omite em face de prática do crime de tortura,

quando não tinha o dever de evitá-lo ou apurá-la.

C) quem submete pessoa presa a sofrimento físico ou mental.

D) aquele que se omite em face da prática do crime de tortura,

quando tinha o dever de evitá-la ou apurá-la.

05 - Marque a alternativa CORRETA de acordo com o que prescreve

a Constituição da República Federativa do Brasil, trata-se de crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei, a prática de:

e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei, a prática de: Monster Concursos

A)

racismo.

B)

tortura.

C)

tráfico ilícito de drogas .

D)

seqüestro.

06

- Analise as afirmativas abaixo e a assinale a opção que

corresponde à resposta CORRETA, de acordo com a lei 9.455 de 07

de abril de 1997 (Lei de Tortura ):

I- constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando – lhe sofrimento físico ou mental, com o fim de obter declaração de terceira pessoa. II- obter por meio violento informação, declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa. III- submeter alguém, sob sua guarda, poder ou autoridade, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo pessoal ou medida de caráter preventivo. IV- provocar ação ou omissão de natureza criminosa através de constrangimento ou grave ameaça. A)todas as afirmativas estão corretas.

B)

Apenas as afirmativas I, III e IV estão corretas.

C)

Apenas as afirmativas II,III e IV estão corretas.

D)

Apenas as afirmativas I e III estão corretas.

07

- Nos crimes elencados na Lei 9.455/97 - Crimes de Tortura, é

correto dizer que:

a) o início de cumprimento da pena de tortura poderá se dar

somente em regime semi-aberto.

b) a condenação acarretará a perda da função, cargo ou emprego

público.

c) Todos os crimes de tortura somente podem ser aplicados quando

ocorridos em território nacional, devido ao princípio da

soberania das nações.

d)

O crime de tortura é afiançável.

08

- Com relação ao crime de tortura é correto dizer que:

a)

Somente se aplica o disposto na Lei 9455/97 quando ocorrer o

crime de seqüestro.

b) Nos crimes abarcados pela Lei de Tortura somente existem

penas de reclusão.

c) O referido crime somente pode ser cometido por agente

público.

d) A pessoa que se omite quando tinha o dever de evitar a

conduta criminosa é apenada com detenção.

09 - Trata-se de delito inafiançável e insuscetível de graça

ou anistia:

a)

crime de tortura.

b)

abuso de autoridade.

c)

tráfico de drogas.

d)

porte ilegal de arma de uso privativo das forças armadas.

10

- A aplicação de dispositivo pertinente à

uso privativo das forças armadas. 10 - A aplicação de dispositivo pertinente à Monster Concursos Página

extraterritorialidade da denominada Lei de Tortura, sob o nº 9.455/97, se dá nas seguintes hipóteses:

a) vítima estrangeira e autor brasileiro.

b) vítima brasileira e autor da tortura encontrado em

local em que a legislação pátria seja aplicável.

c)

vítima brasileira e autor estrangeiro.

d)

vítima e autor brasileiros.

11

- A definição dos “Crimes de Tortura” está inserta na Lei nº

9.455, de 07 de abril de 1997, e sobre o seu conteúdo é CORRETO afirmar:

A. constitui crime de tortura constranger alguém com emprego de

violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou

mental, para provocar ação ou omissão de natureza criminosa.

B. a condenação por crime de tortura acarretará a perda de

cargo, função ou emprego público e a suspensão para seu exercício pelo dobro do prazo da pena aplicada.

C. o crime de tortura é afiançável e suscetível de graça ou

anistia.

D. o disposto na Lei nº 9.455/97 aplica-se apenas para crimes

cometidos em território nacional.

12 - Sobre o crime de tortura e suas formas de garantia da não

impunidade é possível afirmar que:

A) é inafiançável e insuscetível de graça ou anistia e

prescritível.

B) é afiançável e insuscetível de graça ou anistia e

prescritível.

C) é inafiançável e suscetível de graça ou anistia e

imprescritível D) é afiançável e suscetível de graça ou anistia e prescritível.

13 - De acordo com a Lei Federal n.º 9.455, de 07Abr97 – Crimes

de Tortura – a pena é aumentada quando o crime é cometido contra

criança, gestante, portador de deficiência, adolescente ou maior de 60 (sessenta) anos na seguinte proporção:

A) de um terço até um sexto.

B) apenas a metade.

C)o dobro. D)de um sexto até um terço.

14 - Comete o crime de tortura previsto na Lei Federal Lei nº

9.455, de 07 de abril de 1997:

A) Aquele que comete violência desnecessária durante uma busca

pessoal.

B) Somente o servidor público ou militar no exercício de sua

função.

C) Aquele que constrange alguém com emprego de violência ou

grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental, para provocar ação ou omissão de natureza criminosa.

D) Aquele que constrange alguém com o emprego de violência ou

de natureza criminosa. D) Aquele que constrange alguém com o emprego de violência ou Monster Concursos

grave ameaça com o fim de obter vantagem pecuniária.

15 - Sobre a Lei Federal Lei nº 9455, de 07 de abril de 1997, é

CORRETO

afirmar:

A) O cumprimento da pena será integralmente no regime fechado.

B) A condenação no crime de tortura acarretará somente a perda

do emprego público.

C) Haverá aumento de pena de 1/6 até 1/3 se o crime for cometido

mediante cárcere privado.

D) O crime de tortura é inafiançável e insuscetível de graça ou

anistia.

16 - Assinale a alternativa CORRETA. São causas de aumento de

pena nos crimes de tortura, previstos na Lei 9.455, de

07/04/1997:

A) Crime cometido contra portador de deficiência, adolescente; e

maior de 50 anos.

B) Crime cometido mediante seqüestro; contra portador de

deficiência e por agente público.

C) Crime cometido contra a gestante; por agente do povo e contra

adolescente.

D) Crime cometido contra maior de 70 anos; contra criança; e

contra agente

público.

17 - Nos termos da Lei nº 9.455/97, a prática do crime de

tortura, por ação ou omissão, acarreta as seguintes medidas,

EXCETO:

A) pena de detenção, para aquele que se omitiu, quando tinha

o dever de evitá-lo ou apurá-lo;

B) pena aumentada de um sexto até um terço se o autor for

agente público;

C) início do cumprimento de pena em regime fechado, qualquer

que tenha sido o autor da ação ou omissão;

D)

o crime é inafiançável e insuscetível de graça ou anistia.

18

- Julgue os itens a seguir e marque a opção CORRETA:

A)

A prática de crime de tortura contra maiores de 50 anos tem

previsão de aumento de pena. B)A aplicação de dispositivo pertinente à extraterritorialidade da Lei 9.455/97 se dá nas hipóteses de ser a vítima brasileira e autor da tortura encontrado em local em que a legislação pátria seja aplicável. C)A prática do crime de tortura, por ação ou omissão, implica no início do cumprimento de pena em regime fechado, qualquer que tenha sido o autor da ação ou omissão. D)A prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes, o terrorismo e os crimes definidos como hediondos podem ser imputados, com base na legislação específica aos mandantes, executores apenas.

podem ser imputados, com base na legislação específica aos mandantes, executores apenas. Monster Concursos Página 4

19 - Ao se debater sobre os crimes de tortura, conforme o

previsto na Lei nº 9.455, de 07/04/97, é CORRETO afirmar que:

A) o condenado por omissão em relação a uma das condutas

previstas nessa Lei, quando tinha o dever de evitá-las, iniciará

o cumprimento da pena em regime fechado.

B) somente nos casos em que o crime for cometido contra criança

ou maior de 60 anos é que o condenado iniciará o cumprimento da pena em regime fechado.

C) é caso de aumento de pena cometer o crime mediante sequestro.

D) não há previsão na Lei de outro tipo de pena diferente da

reclusão.

20 - A definição dos “Crimes de Tortura” está inserta na Lei nº

9.455, de 07 de abril de 1997, e sobre o seu conteúdo é CORRETO

afirmar:

A) constitui crime de tortura constranger alguém com emprego de

violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental, para provocar ação ou omissão de natureza criminosa.

B) a condenação por crime de tortura acarretará a perda de

cargo, função ou emprego público e a interdição para seu

exercício pelo dobro do prazo da pena aplicada além de penalidade administrativa prevista na respectiva legislação.

C) o crime de tortura é afiançável e suscetível de graça ou

anistia.

D) o disposto na Lei nº 9.455/97 aplica-se apenas para crimes

cometidos em território nacional.

21 - Sobre o crime de tortura e suas formas de garantia da não

impunidade é possível afirmar que:

A) é inafiançável e insuscetível de graça ou anistia e o seu

autor sempre será condenado a cumprir a pena no regime inicialmente fechado.

B) é inafiançável e insuscetível de graça ou anistia e o seu

autor poderá cumprir a pena no regime fechado.

C) é inafiançável e suscetível de graça ou anistia a depender da

modalidade de tortura.

D) é afiançável e insuscetível de graça ou anistia, mas a

prescrição dessa conduta será igual a do crime de racismo.

22 - De acordo com a Lei Federal n.º 9.455, de 07Abr97 – Crimes

de Tortura – é correto afirmar que:

a) se cometido contra criança, gestante, portador de

deficiência, adolescente ou maior de 60 (sessenta) anos na seguinte proporção de um sexto até um terço.

B) Se resulta a morte da vítima a pena será de dois a oito anos

de pena de reclusão.

C) Se o crime é cometido no território nacional a pena sempre

será aumentada.

D) a pena acessória na tortura constitui no pagamento de

serviços alternativos conforme previsto no código penal

brasileiro.

no pagamento de serviços alternativos conforme previsto no código penal brasileiro. Monster Concursos Página 5

23 – De acordo com o previsto na Lei Federal Lei nº 9.455, de

07 de abril de 1997:

A) Por tratar-se de crime próprio será julgado sempre pela

justiça comum.

B) Toda vez que praticado por servidor público acarretará o

aumento de pena .

C) Aquele que constrange alguém com emprego de violência ou

grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental, para

provocar ação ou omissão de natureza criminosa, será apenado com pena de detenção de 1 a 4 anos por cometer a chamada tortura imprópria.

D) Aquele que constrange alguém com o emprego de violência ou

grave ameaça com o fim de obter vantagem pecuniária.

24 - De acordo com a Lei nº 9.455, de 07 de abril de 1997, e o

princípio da extraterritorialidade é CORRETO afirmar:

A) Toda vez que o crime for cometido fora do território nacional

por brasileiro é do Brasil a competência para processar e julgar

o crime

B) Se o crime é cometido fora do território nacional a

competência para processo e julgamento do crime é do país onde ocorreu o delito, por respeito ao princípio da Soberania das Nações.

C) Se o crime é cometido por brasileiro em território nacional

sendo a vítima estrangeira será a competente para o julgamento do crime o país desta .

D) Sendo a vítima e autor brasileiros e o crime cometido em

território estrangeiro o Brasil não poderá julgar esse caso por

expressa vedação legal.

25 – Assinale a alternativa CORRETA. Em relação ao crime de

tortura, previstos na Lei 9455, de 07/04/1997:

A) Crime cometido contra portador de deficiência, adolescente; e

maior de 50 anos é causa de aumento de pena

B) Crime cometido mediante cárcere privado; contra portador de

deficiência e por

agente público é circunstância especial de aumento de pena.

C) Se o crime de tortura é cometido contra criança e adolescente

será regulada pela legislação especial destes porque nesse caso tal legislação é mais benéfica para eles.

D) Crime cometido contra maior de 60 anos; contra criança; e por

agente público tem previsão de aumento de pena.

26–A aplicação de dispositivo pertinente à extraterritorialidade da denominada Lei de Tortura, sob o nº 9.455/97, se dá nas seguintes hipóteses:

A) Vítima brasileira e autor brasileiro em qualquer lugar que

esteja.

B) Vítima brasileira e autor também brasileiro encontrado em

local em que seja aplicável a legislação brasileira.

C) Vítima estrangeira e autor da tortura encontrado em

a legislação brasileira. C) Vítima estrangeira e autor da tortura encontrado em Monster Concursos Página 6

local em que a legislação pátria seja aplicável.

D) Vítima brasileira e autor estrangeiro desde que ambos

encontrados em solo brasileiro.

27 – Nos termos da Lei nº 9.455/97, a prática do crime de

tortura, por ação ou omissão, acarreta as seguintes medidas.

A) pena de reclusão, para aquele que se omitiu, quando tinha o

dever de evitá-lo ou apurá-lo;

B) pena aumentada de um terço até um sexto se o autor for agente

público;

C) início do cumprimento de pena em regime fechado, qualquer que

tenha sido o autor da ação ou omissão;

D) o crime é inafiançável e insuscetível de graça ou anistia e

será sempre julgado pela justiça comum independente do autor.

28 – Julgue os itens a seguir e marque a opção INCORRETA:

A) A prática de crime de tortura contra maiores de 60 anos tem

previsão de aumento de pena.

B) A aplicação de dispositivo pertinente à extraterritorialidade

da Lei 9.455/97 se dá nas hipóteses de ser a vítima brasileira e autor da tortura encontrado em local em que a legislação pátria seja aplicável.

C) A prática do crime de tortura, por ação ou omissão, implica no

início do cumprimento de pena em regime fechado, qualquer que tenha sido o autor da ação ou omissão.

D) A prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes, o

terrorismo e os crimes definidos como hediondos podem ser imputados, com base na legislação específica aos mandantes, executores e aos que injustificadamente tenham se omitido de evitá-los.

29 – Analisando a lei 9.455/97 que trata dos crimes de tortura,

é INCORRETO afirmar que:

A) o condenado por omissão em relação a uma das condutas

previstas

nessa Lei, quando tinha o dever de evitá-las, não iniciará o cumprimento da pena em regime fechado.

B) somente nos casos em que o crime for cometido contra criança

ou adolescente, gestante, portador de deficiência , maior de 60 anos, mediante seqüestro ou por agente público é que ocorre o aumento de pena.

C) é caso de aumento de pena cometer o crime mediante cárcere

privado. D)há previsão na Lei de outro tipo de pena diferente da reclusão.

30 - Com relação ás assertivas abaixo,que se referem à lei

9.455/97 lei de tortura e a lei 4.898/65 lei do abuso de autoridade, assinale a resposta correta:

a)o disposto na lei de crimes de tortura aplica-se ao crime cometido fora do território nacional, encontrando-se o agente em

aplica-se ao crime cometido fora do território nacional, encontrando-se o agente em Monster Concursos Página 7

local sob jurisdição brasileira; na lei de abuso de autoridade as sanções penais podem ser aplicadas autônoma ou cumulativamente.

b) Na lei de crimes de tortura, admite-se a progressão de regime

de cumprimento da pena; na lei do abuso de autoridade poderá

ocorrer sanção de natureza administrativa como a de pagamento do valor do dano, se possível calcular. c) Admite-se fiança nos crimes de tortura; admite-se multa nos crimes de abuso de autoridade.

d) Não é previsto pena acessória na aludida legislação

brasileira de tortura e tampouco na lei de abuso de autoridade.

31- A respeito da lei 9.455/97, que define os crimes de tortura, marque a alternativa CORRETA. A)A Omissão daquele que tinha o dever de evitar ou apurar as condutas tipificadas como tortura não acarretará em pena prevista nesta lei,estando sujeito apenas ás cominações do Código Penal.

B) Todo ato de violência arbitrária ou desnecessária praticados

por agentes da lei será caracterizado como crime de tortura.

C) A condenação por crime tipificado nesta lei acarretará a

perda do cargo,função ou emprego público e a interdição do seu exercício pelo dobro da pena aplicada.

D) A lei de tortura atinge apenas os agentes públicos das forças

de segurança, não estando o cidadão comum sujeito ás suas

cominações.

32 - Com base nos enunciados previstos na lei que define crimes de tortura, é CORRETO afirmar que:

A) somente o policial militar poderá cometer crime de tortura.

B) qualquer cidadão que submete alguém, sob sua guarda, poder ou

autoridade, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental,como forma de aplicar castigo pessoal ou medida de caráter preventivo, estará cometendo o crime de tortura.

C) somente o funcionário público poderá cometer o crime de

tortura.

D) Aquele que se omite em face dessas condutas, quando tinha o

dever de evitá-las ou apurá-las não comete o crime de tortura.

33 - Nos termos da lei 9.455/97 a prática do crime de tortura, por ação omissão, acarreta as seguintes medidas.

A) Pena de detenção ou de reclusão para aquele que se omitiu,

quando tinha o dever de apurá-las dependendo da modalidade de tortura.

B) Pena aumentada de um terço até um sexto se o autor for agente

público.

C) Cumprimento de pena em regime inicialmente fechado, qualquer

que tenha sido o autor da ação.

D) Afastamento do município da culpa pelo prazo de 1 a 5 anos e

a interdição para o exercício de qualquer função pública pelo

prazo de até 3 anos.

e a interdição para o exercício de qualquer função pública pelo prazo de até 3 anos.

34 - A Lei nº 9.455/97 define os crimes de tortura, pelo que é CORRETO a firmar que:

A) O crime de tortura pode ser cometido por qualquer pessoa do

povo, pois trata-se de crime "comum".

B) O crime de tortura só pode ser cometido por funcionário

público, pois trata-se de crime "próprio".

C) O crime de tortura só pode ser cometido por funcionários da

área de segurança pública, pois trata-se de crime "próprio".

D) O crime de tortura só pode ser cometido por policiais, pois

trata-se de crime "próprio".

35) Segundo dispõe a legislação Brasileira acerca do crime de Tortura tipificado na lei 9.455/97 podemos afirmar que:

a) O crime de tortura é imprescritível , inafiançável e

insuscetível de graça ou anistia.

b) Uma das penas possíveis no crime de tortura é a demissão.

c) O autor do crime de tortura será condenado a cumprir a pena

no regime inicialmente fechado.

d) O condenado por crime de tortura não poderá apelar em

liberdade visto ser o crime equiparado aos crimes hediondos.

36) Segundo o disposto nas leis 9.455/97 ( lei de tortura) e lei 4.898/65( abuso de autoridade) podemos afirmar como INCORRETA:

a) Tanto na lei de tortura como na lei de abuso de autoridade os

autores estarão sujeitos a penas acessórias.

b) O crime de tortura e o crime de abuso de autoridades são

considerados crimes próprios.

c) O cometimento do crime de abuso de autoridade sujeita o autor

a pena de demissão aplicada pela autoridade administrativa competente.

d) A lei de tortura tem previsão de aumento de pena para o

cometimento de crime contra criança e adolescente, não se aplicando nesse caso o estatuto da criança e do adolescente.

37) De acordo com o previsto na lei 9455/97 ( tortura ) podemos afirmar como correto o seguinte:

a) Aplica-se o princípio da Extraterritorialidade quando o crime

é cometido por estrangeiro em território nacional.

b) Sendo o crime cometido por agente público poderá ocorrer

perdão judicial com conseqüente extinção da punibilidade se a

tortura for praticada por motivo justo.

c) No caso de tortura agravada pela morte a pena será cumprida

em regime integralmente fechado.

d) O crime de tortura é prescritível embora seja também

inafiançável e se aplique a progressão de regime.

38) Pelo entendimento da lei 9.455/97 conhecida como lei de tortura podemos afirmar como correto:

a) De acordo com previsão legal é considerado tortura qualquer

ação ou omissão que cause sofrimento físico ou mental a vítima.

b) A pena acessória na tortura consiste em retirar do município

ou mental a vítima. b) A pena acessória na tortura consiste em retirar do município Monster

da culpa a autoridade culpada por prazo do dobro da pena.

c) Se o crime de tortura é praticado por brasileiro fora do

país, aplica-se também o princípio da extraterritorialidade.

d) na condenação por crime de tortura qualquer omissão de quem

tem o dever legal também é tipificada como crime.

39) Constitui crime de tortura constranger alguém com emprego de

violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental com o fim de obter informação, declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa; para provocar ação ou omissão de natureza criminosa; em razão de discriminação racial ou religiosa; submeter alguém, sob sua guarda, poder ou autoridade, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo pessoal ou medida de caráter preventivo. Crime punido com pena de reclusão, de dois a oito anos. Com relação ao crime de tortura é correto afirmar que:

A) incorre na pena de detenção de um a quatro anos aquele que se

omite em face dessas condutas, quando não tinha o dever de

evitá-las ou apurá-las.

B) se resulta lesão corporal de natureza leve ou grave, a pena é

de reclusão de quatro a dez anos; se resulta morte, a reclusão é de oito a dezesseis anos.

C) na mesma pena incorre quem submete pessoa presa ou sujeita a

medida de segurança a sofrimento físico ou mental, por

intermédio da prática de ato não previsto em lei ou não resultante de medida legal.

D) a condenação acarretará a perda do cargo, função ou emprego

público e a interdição para seu exercício pelo mesmo do prazo da

pena aplicada.

E) o crime de tortura é inafiançável, mas suscetível de graça ou

anistia.

40) Sobre as disposições legais referentes ao crime de tortura, é CORRETO afirmar:

a) é possível a concessão de anistia aos condenados pela prática

de tortura; entretanto, é vedada a concessão da graça.

b) as disposições da Lei de Tortura não se aplicam ao agente,

quando o crime tenha sido praticado fora do território nacional

contra vítima brasileira.

c) o condenado por crime previsto na Lei n. 9455/97 (Lei de

Tortura), salvo na hipótese da figura omissiva, iniciará o cumprimento de pena em regime fechado.

d) as disposições relativas ao prazo diferenciado para obtenção

do livramento condicional, introduzidas no Código Penal pela Lei

de Crimes Hediondos (Lei n. 8072/90), não se aplicam aos condenados pela prática de tortura.

41) Em relação ao crime de tortura é possível afirmar:

(A) Passou a ser previsto como crime autônomo a partir da entrada em vigor da Constituição Federal de 1988 que, no art. 5o, inciso III afirma que ninguém será submetido a tortura, nem

de 1988 que, no art. 5o, inciso III afirma que ninguém será submetido a tortura, nem

a tratamento desumano e degradante e que a prática de tortura será considerada crime inafiançável e insuscetível de graça ou anistia.

(B) É praticado por qualquer pessoa que causa constrangimento

físico ou mental à pessoa presa ou em medida de segurança, pelo

uso de instrumentos cortantes, perfurantes, queimantes ou que produzam stress, angústia, como prisão em cela escura, solitária, submissão a regime de fome etc.

(C) É cometido por quem constrange outrem, por meio de violência

física, com o fim de obter informação ou confissão da vítima ou de terceira pessoa, desde que do emprego da violência resulte lesão corporal.

(D) Os bens jurídicos protegidos pela tortura discriminatória’

são a dignidade da pessoa humana, a igualdade, a liberdade política e de crença apenas.

(E) É praticado por quem se omite diante do dever de evitar a

ocorrência ou continuidade da ação ou de apurar a responsabilidade do torturador pelas condutas de constrangimento ou submissão levadas a efeito mediante violência ou grave ameaça.

Gabarito 01- D 09- A 17-C 25- D 33-C 41-E 02- B 10- B 18-B 26- B 34-A 42-F 03- C 11- A 19- C 27-D 35-C 43-F 04- D 12- A 20- D 28-D 36-C 44-F 05- A 13- D 21- A 29-C 37-D 45-V 06- A 14- C 22- A 30-A 38-D 46-F 07- B 15- D 23- B 31-C 39-C 47-F 08- D 16- B 24- B 32-B 40-C

A 14- C 22- A 30-A 38-D 46-F 07- B 15- D 23- B 31-C 39-C