Você está na página 1de 76

COMPLETE AS PALAVRAS COM AS VOGAIS:

__NC__R__ G__RF__

B__X__G__ M__CH__L__

C __L__L__R S__P__T__

C__ST__L__
C__D__ __R__

CH__L__ __ R__ G__ __RD__ - CH__V__

T__L__F__N__
R__G__D__R
ESCOLA___________________________________________________DATA___________
ALUNO: _________________________________________________________________
PROFESSOR(A):________________________________________________, 1º ANO

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA – AUTO DITADO


ESCREVA OS NOMES DOS ANIMAIS

___________________ _________________________

_______________ ______________________

____________________ ______________________

_____________________ _______________________

_______________________ _____________________

_________________ _____________________
ESCREVA NAS DUA LISTAS OS BRINQUEDOS QUE GOSTARIA DE
GANHAR DE PRESENTE NO NATAL
____________________________ __________________________ _

__________________________ _ ____________________________

___________________________ ____________________________

____________________________ ____________________________

____________________________ ____________________________
____________________________
ESCOLA___________________________________________________DATA___________
ALUNO: _________________________________________________________________
PROFESSOR(A):________________________________________________, 1/2/3º ANO

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA – INTERPRETAÇÃO DE TIRINHAS

LEIA A TIRINHA E RESPONDA AS QUESTÕES:


1) QUAL É O TÍTULO DO TEXTO?
_______________________________________________________________________
2) QUEM SÃO OS PERSONAGENS?
_______________________________________________________________________
3) O QUE O CEBOLINHA PEDIU AOS AMIGOS?
_______________________________________________________________________
4) NO PRIMEIRO QUADRINHO, COMO OS AMIGOS REAGIRAM AO CONVITE DO
CEBOLINHA? POR QUE?
_____________________________________________________________________________
_________________________________________________________________
5) POR QUE OS AMIGUINHOS DO CEBOLINHA FICARAM BRAVOS NO FINAL DA HISTÓRIA?
_____________________________________________________________________________
_________________________________________________________________
6) QUAL É O MEIO DE TRANSPORTE QUE APARECE NA TIRINHA?
_____________________________________________________________________________
_________________________________________________________________
7) QUE TIPO DE ANIMAL PUXA O TRENÓ NA NOITE DE NATAL , CONDUZIDO PELO PAPAI
NOEL?
_____________________________________________________________________
8) O CEBOLINHA ESTÁ VESTIDO DE QUAL PERSONAGEM?
_____________________________________________________________________________
________________________________________________________________
9) O CEBOLINHA FALA ERRADO. QUAL LETRA ELE TROCA?
______________________________________________________________________
10) ESCREVA CORRETAMENTE AS PALAVRAS UTILIZADAS PELO CEBOLINHA;
TULMA- ____________________ QUELEM _______________________
CALAS- _____________________ TLENÓ _______________________
11) O QUE VOCÊ ACHOU DA ATITUDE DO CEBOLINHA?
________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
ESCOLA___________________________________________________DATA___________
ALUNO: _________________________________________________________________
PROFESSOR(A):________________________________________________, 1º ANO

PRODUÇÃO TEXTUAL

ESCREVA UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL


PEDINDO SEU PRESENTE DE NATAL.

QUERIDO PAPAI NOEL

________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_________________________________
ASSINADO
ESCOLA: _____________________________________________ DATA____/____/_____
NOME: __________________________________________________________, _____ Ano
AVALIAÇÃO DE
PORTUGUÊS

1-LEIA O TEXTO E MARQUE QUE GÊNERO TEXTUAL SE TRATA:


( ) UMA PIADA ( ) UMA TIRINHA ( ) UMA FÁBULA ( ) UM BILHETE

LEIA O BILHETE E RESPONDA.

PAULO,
AVISE AO JOÃO E AO PEDRO QUE HOJE NÃO VOU JOGAR BOLA COM VOCÊS
PORQUE MINHA MÃE VAI ME LEVAR AO DENTISTA.
TIAGO

2-DE ACORDO COM O TEXTO, QUEM VAI AO


DENTISTA?
( ) JOÃO ( ) PAULO ( ) TIAGO ( ) MINHA MÃE
3-LEIA A TIRINHA

A) O OBJETIVO DO TEXTO É:
( ) INFORMAR ( ) ENSINAR ( ) DIVERTIR ( )MAGOAR
B) NO TEXTO APARECE APENAS UMA PERSONAGEM SUA PRINCIPAL
CARACTERÍSTIC A (ADJETIVO) É SER:
( ) COMILONA ( ) SUJA ( ) FORTE ( ) DORMINHO
Escola _________________________________________________Data:_____/_____/_____
Prof:___________________________________________________Turma:______________
Nome:______________________________________________________________________
ATIVIDADE DE PORTUGUÊS – 1º ANO

1) ESCREVA A PRIMEIRA LETRA DA PALAVRA CACHORRO:

R: ______

2) ESCREVA A ULTIMA LETRA DA PALAVRA CACHORRO:

R: ______

3) ESCREVA A LETRA QUE VEM ANTES E DEPOIS:

_______ B _______ _______ P _______

_______ R _______ _______ U _______

_______ H _______ _______ E _______

_______ F _______ _______ O _______

_______ D _______ _______ M _______

4) ESCREVA AS PALAVRAS DO QUADRO ABAIXO EM ORDEM ALFABÉTICA

BOLACHA – SANDUICHE– REFRIGERANTE – MAMÃO- PIRULITO

___________________________________________________________________________________

5) ESCREVA OS NOMES DOS ANIMAIS ABAIXO:

___________________________ ______________________________

___________________________ ___________________________________

___________________________ ___________________________

___________________________

6- ESCOLHE UM ANIMAL E INVENTE UMA FRASE.

__________________________________________________________________________________________
Escola _________________________________________________Data:_____/_____/_____
Prof:___________________________________________________Turma:______________
Nome:______________________________________________________________________
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA- LEITURA

FAÇA SUA LISTA DE COMPRAS, SEPARANDO AS COISAS.

MAÇÃ SABONETE ARROZ SABÃO EM PÓ BATATA


LÁPIS ESPONJA PASTA DE DENTES RÉGUA PÃO
BORRACHA PAPEL HIGIÊNICO CANETA CARNE CADERNO
FEIJÃO COLA MAMÃO AMACIANTE APONTADOR
FRANGO GUACHE ÁGUA SANITÁRIA ÁLCOOL
BANANA PINCEL BOLACHA DETERGENTE OVOS

ALIMENTOS MATERIAL DE LIMPEZA MATERIAIS ESCOLARES


ESCOLA_____________________________________________________________________
PROFESSORA:_____________________________________________________________
ALUNO:___________________________________________________________1º ANO
:

1. ESCREVA SEU NOME COMPLETO NO ESPAÇO ABAIXO:

2. ASSINALE COM UM X AS LETRAS QUE A PROFESSORA DITAR:

a. ( ) M Z L C
b. ( ) F V N J
c. ( ) H Z J T
d. ( ) T N V D

3. FAÇA UM X NA PALAVRA QUE APARECE A LETRA P:

a. ( ) SAPO
b. ( ) ONÇA
c. ( ) JABUTI
d. ( ) MACACO
4. FAÇA UM X ONDE APARECEM SOMENTE LETRAS:

( ) ( )

( ) ( )

5. FAÇA UM X NO QUADRINHO ONDE ESTÁ ESCRITO O NOME DO


DESENHO:

a. ( ) AIO
b. ( ) APTO
c. ( ) APIO
d. ( ) APITO
6. ESCREVA OS NOMES DOS DESENHOS:

7. LEIA AS PALAVRAS E PINTE AS FICHAS CORRESPONDENTES


AOS NOMES DOS DESENHOS:

SÍTIO AVIÃO MOTO

SINO CAMINHÃO MOLA


8. OBSERVE OS DESENHOS, FAÇA UM X NO QUADRO COM O
NOME DE CADA UM DELES:

COELHO BANANA MOEDA

BONECA PETECA CAVALO

MACACO MALA NAVIO

9. LEIA A FRASE E RESPONDA A PERGUNTA:

CAMILA COME PIPOCA NA PANELA.


FAÇA UM X NO QUADRINHO QUE MOSTRA O QUE CAMILA FAZ:

a. ( ) PEGA A PIPOCA.
b. ( ) PEGA A PANELA.
c. ( ) LAVA A PANELA.
d. ( ) COME A PIPOCA.

10. ESCREVA, ABAIXO A FRASE QUE A PROFESSORA VAI


DITAR:
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
11. LEIA O TEXTO COM ATENÇÃO E RESPONDA A QUESTÃO
ABAIXO:

O SAPO NÃO LAVA O PÉ


NÃO LAVA PORQUE NÃO QUER
ELE MORA NA LAGOA
NÃO LAVA O PÉ
PORQUE NÃO QUER
MAS, QUE CHULÉ!

O PERSONAGEM DO TEXTO É:
a. ( ) PATO
b. ( ) RATO
c. ( ) SAPO
d. ( ) GATO

12. LEIA O TEXTO E MARQUE A RESPOSTA CORRETA:

EU SOU O PIRATA
DE PERNA DE PAU,
DO OLHO DE VIDRO
E DE CARA DE MAU.

O PIRATA TEM:

a. ( ) CARA DE MAU.
b. ( ) CARA DE VIDRO.
c. ( ) CARA DE PAU.
d. ( ) CARA DE PICA PAU
13. RESPONDA MARCANDO COM UM X A RESPOSTA CORRETA:

FUI À FEIRA

FUI À FEIRA COMPRAR UVA,


ENCONTREI UMA CORUJA.
EU PISEI NO RABO DELA,
ME CHAMOU DE CARA SUJA.

ONDE O MENINO FOI?

a. ( ) AO MERCADO
b. ( ) À PRAIA
c. ( ) À SALA
d. ( ) À FEIRA

14. REESCREVA A FRASE SUBSTITUINDO OS DESENHOS:

O É DE .

________________________________________________________________

A DÁ AO .
________________________________________________________________
15. MAMÃE FOI AO SUPERMERCADO COMPRAR FRUTAS. FAÇA
UMA LISTA DE FRUTAS QUE VOCÊ GOSTA PARA MAMÃE COMPRAR:
ESCOLA DATA:_
NOME: ___________________________________________________1/2º ANO

AVALIAÇÃO DE PORT UGUÊS - 4º BIMEST RE

NAT AL

O DIA DE NATAL
BEM DEPRESSA VAI
CHEGAR E O SININHO
MUITO ALEGRE NÃO SE
CANSA DE TOCAR. MEUS
SAPATOS PEQUENINOS NA
JANELA VOU DEIXAR
UM BRINQUEDO BEM
BONITO COM CERTEZA
VOU ACHAR!
POEMA ADAPTADO DE OL GA B. POHLMAN

1- PI NTE AS PALAVRAS QUE O PROFESSOR DI TAR, COM CORES


DIFERENTES.

2- QUAL É O NOME DO TEXTO?


____________________________________________________________________
3- DO QUE SE TRATA O TEXTO?

( ) PÁSCOA ( ) FESTA JUNI NA ( ) NATAL

4- COLOQUE OS NOMES, SENDO UMA LETRA EM CADA QUADRADINHO


5- ENCONTRE NO CAÇA PALAVRAS:

NASCIMENTO - PINHEIRO –
PAZ- FAMÍLIA- CEIA

Resposta: Natal: nascimento de Jesus


7- ESCREVA UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL DIZENDO O QUE VOCÊ
GOSTARIA DE GANHAR NESTE NATAL:
ESCOLA___________________________________________________DATA___________
ALUNO: _________________________________________________________________
PROFESSOR(A):________________________________________________, 1/2/3º ANOS

A BORBOLETA

A BORBOLETA É O MAIS BELO DOS INSETOS. AS BORBOLETAS VOAM DE FLOR


EM FLOR, BEBENDO SEU LÍQUIDO DOCE, O NÉCTAR. AO MESMO TEMPO, AJUDAM AS
FLORES A SE TRANSFORMAR EM FRUTOS, PORQUE CARREGAM PÓLEN DE UMA FLOR
À OUTRA.
AS BORBOLETAS BOTAM OS OVOS QUE SE TRANSFORMAM EM LAGARTAS. AS
LAGARTAS COMEM FOLHAS E TROCAM DE PELE VÁRIAS VEZES E FICAM DE CABEÇA
PARA BAIXO, DEPOIS SE TRANSFORMAM EM CASULOS OU PUPAS. UMA OU DUAS
SEMANAS DEPOIS, O CASULO SE ABRE E SAI UMA LINDA BORBOLETA.
ALGUMAS ESPÉCIES VIVEM APENAS ALGUMAS SEMANAS, OUTRAS CHEGAM A
VIVER QUASE UM ANO.

ASSINALE COM UM X A RESPOSTA CORRETA EM CADA QUESTÃO

1- AS BORBOLETAS SÃO INSETOS QUE


( ) NASCEM DIRETO DO OVO
( ) NASCEM DO CASULO
( ) NASCEM DENTRO DA LAGARTA

2- AS BORBOLETAS SE ALIMENTAM
( ) DO NÉCTAR DAS FLORES
( ) DA ÁGUA PARADA DAS FLORES
( ) DAS PÉTALAS DAS FLORES

3- AS BORBOLETAS AJUDAM AS FLORES A SE TRANSFORMAREM EM FRUTOS POR


QUE
( ) MORAM DENTRO DOS FRUTOS
( ) SE ALIMENTAM DO PÓLEN
( ) CARREGAM O PÓLEN

4- O TEXTO A BORBOLETA É:

( ) POESIA
( ) FÁBULA
( ) INFORMATIVO
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:__________________________________________________________, 1º ANO

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA – 4º BIMESTRE

PINTE O QUADRO QUE CONTÉM APENAS LETRAS. (D1, D2)

1. ESCREVA O NOME DAS FIGURAS. (D3, DEP)

_______________ ___________________ _________________ _____________


2. MARQUE UM (X) NO QUADRADINHO QUE INDICA A QUANTIDADE PALAVRAS DA
FRASE. (D4)

PAULO JOGA BOLA NA PRAÇA

3 5 6 7
3. MARQUE UM (X) NOS QUADRADINHOS QUE ESTÁ ESCRITO O NOME DA FIGURA.
(D5)

CADEIRA camelo
CAMELO
cadeira
Camaleão
4. LIGUE AS PALAVRAS QUE RIMAM. (D6)

BOLA ANÃO
BILA FILA
PAVÃO BALINHA
CASINHA COLA
MULA PULA

5. CIRCULE A PALAVRA QUE TEM 3(TRÊS) SÍLABAS. (D7, D8, D9)


BALÃO MALETA BORBOLETA MESA

6. MARQUE UM (X) NA PALAVRA QUE SE INICIA IGUAL AO NOME DO DESENHO. (D10)

FAZENDA VACA

BALA BOTA

FOCA MULA

7. ESCREVA UMA FRASE COM A PALAVRA QUE VOCÊ MARCOU.

_____________________________________________________________

8. VEJA A FIGURA: (D17)

A MENINA BRINCA DE BONECA.

A MENINA ANDA DE BICICLETA.

A MENINA COME CHOCOLATE.

A MENINA COLHE FLORES


9. LEIA O TEXTO: (D14)

O BEIJA-FLOR QUAL O ASSUNTO DESSE TEXTO?

A VIDA DO BEIJA FLOR.


O TRABALHO DO BEIJA-FLOR É
UM DOS MAIS BELOS DO MUNDO. O BICO DO BEIJA FLOR
ESTE PÁSSARO FICA ENCARREGADO
DE LEVAR A CADA FLOR UM BEIJO A VIDA DOS PÁSSAROS
DE OUTRA FLOR E PARA FAZÊ-LAS
SORRIR, FAZ CÓCEGAS EM SUAS O TRABALHO DO BEIJA FLOR
PÉTALAS COM UM RÁPIDO
MOVIMENTO DE ASAS.

10. LEIA A TIRINHA E RESPONDA A QUESTÃO. (D17)

A MÃE AVISA O MENINO POR QUE:


ELE PODE ESCORREGAR.

PORQUE ELA LIMPOU E NÃO QUER QUE SUJE

ELE CHEGOU ATRASADO.

11. LIGUE CADA DESENHO À PALAVRA QUE REPRESENTA SEU NOME.(D10,


D11)

BORBOLETA COBRA SORVETE CAS


12. REPRESENTE A FRASE ABAIXO COM DESENHO E DEPOIS CRIE UMA PEQUENA HISTÓRIA
A PARTIR DELA. (D12, DEP)

O MENINO SOLTA PIPA


_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________
_____________________________

11. LEIA O BILHETE ABAIXO E RESPONDA


_____________________________
MAMÃE, ONDE OS_____
MENINOS FORAM BRINCAR:
_________________
EU E A RITA FOMOS BRINCAR NO
PARQUE. ( ) NA RUA.
JÁ FIZEMOS O DEVER DE CASA.

BRUNO, 16/06/2012
( ) NA PRAÇA.

12. ACOMPANHE A LEITURA DO TEXTO ABAIXO E RESPONDA. (D22)


( ) NO PARQUE
RECEITA DE PIPOCA
INGREDIENTES: Para que serve este texto:

( ) NA CASA DO AMIGO
4 xícaras de pipoca
2 colheres de óleo ( ) vender pipoca
sal a gosto ( ) ensinar a fazer pipoca

MODO DE FAZER ( ) para informar o que é pipoca


Esquente o óleo depois acrescente a pipoca, fazendo
( ) para comer pipoca
movimentos circulares. Coloque sal a gosto.

13. AGORA OBSERVE:


 OUÇA A LEITURA DA POESIA FEITA PELA PROFESSORA:

GENTE TEM SOBRENOME


CHICO BUARQUE
TODAS AS COISAS TÊM NOME
CASA, JANELA E JARDIM
COISAS NÃO TEM SOBRENOME
MAS A GENTE SIM!
TODAS AS FLORES TÊM NOME

ROSA, CAMÉLIA E JASMIM


FLORES NÃO TÊM

SOBRENOME
MAS A GENTE SIM!

1) AGORA, ESCREVA SEU NOME NO QUADRO COM LETRA BONITA


E CAPRICHADA!
2) OBSERVE O SEU NOME E ESCREVA:

A) NÚMERO DE LETRAS:

B) QUAIS SÃO AS VOGAIS?

C) E AS CONSOANTES?

D) QUAL É A LETRA INICIAL

E) E A FINAL?

_________________________________________________________________

3) ESCREVA 3 (TRÊS) PALAVRAS QUE VOCÊ JÁ SABE:

4) QUANTAS VEZES VOCÊ ABRE A BOCA PARA FALAR ESTAS PALAVRAS?


FAÇA UM RISQUINHO PARA CADA VEZ (DENTRO DO QUADRO):

PIPOCA PRESENTE CHOCOLATE


5) FAÇA UM X NO QUADRINHO ONDE ESTÁ ESCRITO O NOME DO
DESENHO:

PATO GALO

GATO RATO

____________________________________________________________________________

6)MARQUE COM UM X , O QUADRADINHO QUE ESTÁ ESCRITO O


NOME DOD DESENHO

BOCA BOLO

BOLA BOTA

____________________________________________________________________________

7) FAÇA UM X NO NOME QUE COMEÇA COM A LETRA D:

TATIANA PATRÍCIA

DANIELA MADALENA

____________________________________________________________________________
8) MARQUE UM X NO QUADRINHO ONDE TEM AS LETRAS
QUE A PROFESSORA VAI DITAR:

U T V D F O

T V U O F D

____________________________________________________________________________

9) COMPLETE A SEQUÊNCIA DAS LETRAS DO ALFABETO:

A B H K

N Q W

10) FAÇA UM X NO QUADRINHO ONDE APARECEM SOMENTE


LETRAS:

____________________________________________________________________________
11) OUÇA AS PALAVRAS QUE A PROFESSORA VAI DITAR E
ESCREVA-AS NOS LUGARES CERTOS:

A) B)

C) D)

E) F)
12) ESCREVA OS NOMES DAS FIGURAS
ESCOLA:_____________________________________________DATA___/____/____
NOME: _____________________________________________________, 2/3º ANOS
PROFESSOR (A) _________________________________ NOTA______________

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE PORTUGUÊS – TEXTO NÃO VERBAL

OBSERVE A IMAGEM ABAIXO COM ATENÇÃO E RESPONDA AS QUESTÕES COM


RESPOSTAS COMPLETAS.

1) O que você vê no texto acima? Descreva a cena com detalhes.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
2) Quem são os personagens, desse texto?
______________________________________________________________________
3) Onde essa história se passa?
_______________________________________________________________________
4) Em sua opinião, o que acha que aconteceu ao homem que estava deitado no chão?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5) O que o urso está fazendo?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
6) Por que um dos homens subiu na árvore?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
7) Você acha que o homem que subiu na árvore agiu certo? Por que?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
8) Na sua opinião o urso irá fazer alguma coisa com o homem que está deitado no chão?
Explique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
AVALIAÇÃO DE Produção textual – 3º ANO

A imagem abaixo se refere a uma fábula muito conhecida, se você já conhece conte-a
com suas próprias palavras. Caso não conheça , invente sua própria história. Não
esqueça de colocar título, fazer o uso correto dos parágrafos , pontuações e fazer uma
moral.

___________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
ESCOLA:_____________________________________________DATA___/____/____
NOME: ___________________________________________________, _____ ANO
PROFESSOR (A) _________________________________ NOTA______________

Avaliação diagnóstica – Texto informativo


Tamanduá Bandeira
O tamanduá –bandeira (nome científico: Myrmecophaga tridactyla) é um mamífero que
vive nos campos e cerrados das Américas Central e do Sul, florestas, savanas e cerrados da
Américas do Sul e Central.
Este animal normalmente vive no chão, mas consegue subir bem em árvores e é capaz
de nadar.
Este tipo de tamanduá se alimenta de insetos, como formigas, cupins e larvas. Ele é
desdentado e é capaz de comer cerca de 300 mil insetos por dia. Nos zoológicos não existem
tantos insetos e o tamanduá não come o que não gosta, por isso quase toas as espécies
criadas em zoológicos morrem antes de ter filhotes.
O tamanduá bandeira pode viver cerca de 25 anos e atingir até 120 centímetros, com
uma cauda de até 90 centímetros.
Sua fêmea sempre reproduz na primavera, após uma gestação de 190 dias, dando um
filhote de cada vez.
Esse animal atualmente, está em vias de extinção devido as caçadas e a destruição do
meio ambiente e queimadas.
Descobertas textuais
1) Onde o tamanduá bandeira pode ser encontrado?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
2) Do que ele se alimenta?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
3) Por que o tamanduá está em vias de extinção?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
4) O que acontece aos tamanduás que vivem nos zoológicos? Por que isso acontece?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5) Quanto tempo pode viver um Tamanduá bandeira?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
6) Escreva um você sabia bem interessante sobre o Tamanduá Bandeira.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
7) Em sua opinião por que ele tem esse nome?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
Produção textual – 3º ANO
Preencha a ficha técnica abaixo, de acordo com as informações lida

Nome popular : ________________________________________________________


Nome cientifico: ________________________________________________________
Tamanho: _____________________________________________________________
Peso: ________________________________________________________________
Alimentação: __________________________________________________________
______________________________________________________________________
Reprodução: _________________________________________________________
_____________________________________________________________________
Onde vive: ___________________________________________________________
____________________________________________________________________
Hábitos: ____________________________________________________________
Situação atual: _______________________________________________________
___________________________________________________________________
Curiosidade: ________________________________________________________
__________________________________________________________________
ESCOLA:_____________________________________________DATA___/____/____
NOME: ___________________________________________________, 4ANO
PROFESSOR (A) ___________________________________________________
________________________________ NOTA______________

Avaliação diagnóstica de Português

O cão e o osso

Era uma vez um cão, que ia atravessando um rio.


Levava na boca um suculento pedaço de carne. Porém, viu na água do rio a
sombra da carne, que era muito maior.
Prontamente ele largou seu pedaço de carne e mergulhou no rio para
pegar o maior.
Nadou, nadou e não achou nada, e ainda perdeu o pedaço que levava.
Moral da história: Nunca deixes o certo pelo duvidoso. De todas as
fraquezas humanas, a cobiça é a mais comum, e é todavia a mais castigada.

Assinale com um x as respostas corretas

01- O personagem principal da história é:


A) o cão B) a carne;
C) o rio D) a cobiça
02 - Há uma marca temporal que nos indica quando o fato aconteceu. Assinale essa
marca.
A) porém B) era uma vez;
C) todavia D) prontamente.
03 – Podemos afirmar, observando os verbos, que a história está escrita no:
A) presente; B) passado;
C) futuro; D) nenhuma das alternativas.
04 – Que motivo levou o cão a deixar seu pedaço de carne e se jogar na água em busca
de outro pedaço?
A) queria dar um mergulho;
B) achou que sua carne estava grande e quis pegar uma menor
C) viu na água o retrato de um cão amigo;
D) a gula e a cobiça.
05 – Assinale a alternativa onde todos os verbos estejam no passado.
A) mergulhou, nadou, achou; B) pedaço, carne, rio;
C) cão, ele, fraquezas; D) duvidoso, história, suculento.

06 – Há no texto adjetivos, ou seja, palavras que exercem a função de atribuir qualidades


boas ou ruins. Assinale a alternativa que contém apenas qualidades.
A) pedaço, cobiça, fraqueza; B) suculento, maior, duvidoso;
C) cão, levava, atravessando; D) duvidoso, história, rio.
07. Não deixes o certo pelo duvidoso.” Que outro ditado popular poderia substituir o da
história? Assinale a alternativa correta.
A) Mais vale um pássaro na mão do que dois voando;
B) Antes pingar do que secar;
C) Quem tudo quer tudo perde;
D) Todas as alternativas estão corretas.
08 – O texto lido possui:
A) personagem;
B) espaço (lugar onde acontece o fato);
C) conflito (motivo que desencadeia a história, caracterizando-a como narrativa);
D) Todas as alternativas estão corretas.
09 – Podemos afirmar que o conflito, o problema que desencadeia toda a narrativa é:
A) a carne suculenta que o cão tinha;
B) a gulodice, o desejo de conseguir um pedaço maior de carne;
C) o cão estava com calor e quis dar um mergulho;
D) o desejo de perder tudo que tinha
10 – Observe os pares de antônimos que há no texto. Assinale a alternativa correta.
A) perdeu – achou; B) maior – menor;
C) certo – duvidoso; D) Todas as alternativas estão corretas.
11 – “... Nadou, nadou e não achou nada, e ainda perdeu o pedaço que levava...”Esse
trecho do texto expressa:
A) desânimo; B) alegria;
C) fracasso; D) As alternativas A e C estão corretas.
12 – “Cobiça” significa:
A) desejar; B) mentir;
C) enganar; D) respeitar.
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:__________________________________________________________, 3º ANO

Leia o texto com atenção.

O último dia de aulas é sempre o


primeiro dia de férias.

Os professores já não dão lição, e


andam tão atarefados como os alunos a
prepararem a festa que se aproxima. Dentro
da escola o movimento é maior, e reina a
confusão: enfeitam-se as paredes, fazem-se
os últimos ensaios, experimentam-se os fatos
e, quando chega a hora, toda a gente está
cheia de nervos à espera de finalmente entrar
em cena. Mas afinal acabou tudo por correr às
mil maravilhas.

O auto do Natal, muito simples, saiu uma beleza.

Vestidas de anjos, a Isa e a Lisa, gémeas, tão iguais uma à outra como uma cara a ver-se
ao espelho, cantaram canções de Natal, emolduradas pela Cassandra, a Celina, o Norberto e o
Isaías, risonhos e cor de chocolate (quem é que disse que não havia anjinhos pretos?).

E cantaram afinadíssimos, apesar do susto da professora que, com tão poucos ensaios
estava à espera de que no dia da festa as vozes puxassem cada qual para seu lado.

No final, toda a gente bateu muitas palmas, e houve a seguir um lanche com bolos, sumos
e rebuçados.

Uma linda festa!


Mª Isabel Mendonça Soares
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
1. A festa referida no texto, assinala o fim das aulas do:

1º Período 2º Período 3º Período

2. Onde se realizou essa festa?

_________________________________________________________________________
3. Qual é o grau de parentesco entre a Isa e a Lisa? Qual o papel desempenhado pelas duas
no auto de Natal?
_________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

4. Qual era o medo da professora?

________________________________________________________________________
5. Como é que os meninos cantaram?

________________________________________________________________________
6. O texto acima é
Noticia Poesia Narrativa

7. Ordena alfabeticamente o nome dos meninos.

Isaías, Celina, Norberto, Isa, Cassandra, Lisa

_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

8. Copie do texto uma palavra:


Monossílaba_ _____________________ Dissílaba -_________________________
Trissílaba- _______________________ Polissílaba-_________________________
9. Escreva o antónimo ( contrário) de:

último _______________ afinados _______________

simples _______________ linda _______________


ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:__________________________________________________________, 3º ANO

1. Leia este poema:


A Chuva
- Mamãe! Que chuvinha enjoada!
Me deixou toda molhada,
Sapato, roupa e chapéu!
Não serve mesmo pra nada
Esta água que cai d céu....

- Não digas assim, minha filha!


A chuva é uma maravilha
Pois ela molhando o chão,
Faz crescer a couve, a ervilha
O arroz, o milho e o feijão.

A chuva molhando a terra,


Cobre as flores, a serra,
Amadurece o pomar,
E a semente que se enterra
A chuva é que faz brotar.

Por isso é que a chuva é boa


E a terra seca a abençoa...
- Sim, mamãe, compreendendo bem
Mas por que é que a chuva, à toa,
Cai nas calçadas também?
Manoel Tigre
Interpretação textual

1) Quantas estrofes possui o poema?


_________________________________________________________________________
2) Quantos versos o poema possui?

_________________________________________________________________________
3) Que elementos da natureza aparecem no poema?
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
3) Quem são os personagens do poema?
______________________________________________________________________
4) Por que a menina acha a chuva enjoada?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5) A mãe não concorda com a opinião da filha. Copie alguns exemplos que ela citou.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
6) De acordo com o texto, o que a terra seca faz quando a chuva cai?
_______________________________________________________________________

Ortografia e Gramática
1) Retire do texto
a) Uma frase que tenha o ponto de interrogação:
_________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
b) ) Retire do texto uma frase que tenha o ponto de exclamação:
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
c) Retire do texto uma frase que tenha o travessão.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
2. Circule a silaba tônica das palavras abaixo:

C chuva - semente – calçadas – amadurece – milho - ervilha – maravilha –


mamãe -couve – enjoada – chuvinha – sapato – chapéu – compreendendo-
feijão – crescer – arroz .

3. Separe em sílabas as palavras abaixo e classifique em: Oxítona, paroxítona e

proparoxítona.

Flores – _________________________________________________________________

Enterra - _________________________________________________________________
Também - ________________________________________________________________
Chão - _____________________________________________________________________
Compreendo- ________________________________________________________________
Amadurece - ________________________________________________________________
Informática -________________________________________________________________
Parabólica - _________________________________________________________________
4. Vamos juntar os pedaços e descobrir as palavras.

a) B4 + C1 + C3 + B1__________________________________

b) A1 + B2 + D2 ______________________________________

c) A4 + C2 + D4_______________________________________

d) A2 + B1___________________________________________

e) B4 + C1 + C2 + D4__________________________________

f) A3 + D3___________________________________________

g) C4 + B3 + D1______________________________________

h) B1 + C1_________________________________________

5. Vamos pontuar o diálogo entre a lebre e a tartaruga.

Ponto de interrrogação ?
Ponto de exclamação !
Ponto final .
Travessão ---
O sono da lebre
Como você conseguiu vencer a corrida, Dona Tartaruga molenga

Você que é tão rápida, tão esperta e ainda não sabe É que a senhorita estava tão
confiante na vitória que parou para descansar e acabou dormindo

É mesmo Foi o sono que me atrapalhou Caso contrário, eu teria vencido você
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:__________________________________________________________, 3º ANO

Avaliação Diagnóstica

Papai Noel na minha casa

Era noite de Natal e todo mundo estava dormindo.


Eu, que não havia dormido, notei alguma coisa estranha.
Era na chaminé, notei que havia alguém lá. E eu conhecendo a história, pensei:
“Será papai Noel?”
Com medo de ser algum ladrão, me escondi atrás do sofá.
Depois que tudo acabou e a pessoa que havia decido a chaminé foi embora, dei uma
olhada no que aconteceu. Que surpresa!
Era mesmo papai Noel que havia descido a chaminé e deixado vários presentes.
Encheu todas as meias e deixou um belo cartão escrito, “feliz natal para todos, rô, rô,
rô, rô, Rô!”
Muito feliz, fui para cama dormir.
Amanheceu e todos se surpreenderam, até eu, que já havia visto tudo. Só não havia aberto os
presentes.
Mas chegou a hora e todos abriram seus presentes, felizes e contentes.
MARTINS, Itamar Martins – Coronel Fabriciano/MG

 Leia o texto com atenção e responda às questões:

a) Qual é o título da história?


_______________________________________________________________________________

b) Qual o seu autor?


_______________________________________________________________________________

c) Em que época se passa a história?


_______________________________________________________________________________

d) Quem desceu pela chaminé?


_______________________________________________________________________________

e) O que ele deixou dentro das meias?


_______________________________________________________________________________

2) Retire do texto:

a) Uma palavra com acento agudo: _________________________________________________


b) Uma palavra com acento circunflexo:______________________________________________
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

A LEITEIRA E O BALDE DE LEITE

Joana, carregando na cabeça um balde de leite, dirigia-se rapidamente para a aldeia. A


fim de andar mais depressa, tinha posto uma roupinha ligeira e sapatos bem cômodos.
Ia leve como o vento. Em seu pensamento, já estava vendendo o leite e empregando o
dinheiro.
– Compro cem ovos e ponho a chocar. Posso muito bem criar pintos ao redor da casa.
Quando crescerem, vendo todos e tenho um bom lucro. Com esse dinheiro, compro um
leitãozinho. Em pouco tempo, terei um porco bem gordo, pois só comprarei se o leitão já for
gordinho. Cobro um bom preço pelo porco e compro uma vaca. Terá que vir acompanhada de
seu bezerrinho. Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal.
Joana entusiasmada, saltou também. O balde caiu da sua cabeça, e o leite derramou-se
no chão. Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!
A pobre Joana voltou para casa, com medo que o marido brigasse com ela.
– É fácil fazer castelos no ar, pensava. Nada mais gostoso. Na minha imaginação posso
virar rainha, usar uma coroa de diamantes e ter súditos que me adorem. Nada disso dura
muito: uma coisa à-toa acontece, e volto a ser Joana Leiteira.
(GÄRTNER, Hans & ZWERGER, Lisbeth. 12 fábulas de Esopo. Trad. ALMEIDA, Fernanda Lopes de. 7. ed. Rio de Janeiro: Ática, 2003).
ASSINALE A RESPOSTA CORRETA
01. Em “Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal”, o termo sublinhado refere-se ao
(A) bezerro. (B) porco. (C) pinto. (D) leitão.

02. Em “ – Compro cem ovos e ponho para chocar”, o travessão indica


(A) o fim da expressão do pensamento de Joana.
(B) o início da expressão do pensamento da leiteira.
(C) a continuidade do pensamento da mulher.
(D) a interrupção do pensamento da personagem.

03. Os sonhos de Joana se desfazem quando,


(A) ao planejar a venda do leite, ela apressou muito o passo.
(B) ao voltar para casa, o marido brigou muito com ela.
(C) ao saltar, ela deixa o balde cair e derrama todo o leite no chão.
(D) ao carregar o balde de leite, ela se deu conta do trabalho que teria.

04. Ao planejar o seu futuro, a imaginação de Joana é marcada


(A) pela ousadia. (B) pelo pessimismo. (C) pela timidez. (D) pelo otimismo.

05. Em “Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!”, a pontuação que encerra essa
frase indica uma
(A) triste constatação. (B) extrema satisfação.
(C) reflexão duvidosa. (D) lembrança desagradável.

06. Para Joana, “fazer castelos no ar...” significa o mesmo que fazer
(A) planos com base concreta. (B) projetos sem base na realidade.
(C) suposições com dados comprováveis. (D) propostas sem dados comprováveis.
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

O VERDADEIRO BRILHO DO NATAL

Dona Bolinha nasceu na fábrica que vendia brilhos para o Natal.


Bolinha era amarela, redondinha, de vidro e com um ponto bem formado, que
se dizia ser seu umbigo.
Como todo enfeite, foi colocada numa caixa de papelão, junto com outras
bolinhas, e sacolejou por um caminho muito longe (de caminhão), até chegar à loja,
onde ficou na vitrina enfeitando uma árvore de plástico branco.
Por lá ficou algum tempo, até que a levaram para enfeitar outra árvore. Desta
vez era um pinheiro verde, que começava no chão e chegava quase no forro da
casa.
Muito conversadeira, Dona Bolinha fez amizade com todos os enfeites que já
estavam por lá. Conversou com o Papai Noel de plástico e encantado ouviu
histórias lá do céu, contadas pelos anjos cor de alface.
Foi quase no dia de Natal que a gata, espreguiçando perto da árvore, com
seu rabo irresponsável jogou Bolinha no chão.
E ela se fez em mil cacos que ficaram chorando brilho no tapete.
A dona da casa rapidamente fez um montinho de Bolinha e jogou tudo no
latão de lixo.
Os cacos dourados fizeram brilhar uma lata de cerveja e a lata ficou contente
por brilhar. Um resto de enfeite também ganhou vida nova com o caco de Bolinha.
E até um laço de fitas, esquecido, se sentiu importante,
novamente, por estar brilhando.
E foi ali que Dona Bolinha passou o Natal.
Alegre, porque ainda era brilho.
Mais alegre, porque enfeitava um lado esquecido
da vida.
E toda alegre, porque Bolinha trazia o brilho do
Natal, bem dentro do seu coração.
Interpretação textual
1) Quem era dona Bolinha e onde ela nasceu?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
2) Descreva a dona Bolinha, de acordo com o texto.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
3) Onde ela foi colocada e onde ela chegou?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
4) Como eram as arvores que ela enfeitou?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5) Com quem ela fez amizade quando estava no pinheiro verde?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
6) O que aconteceu com dona Bolinha na noite do Natal?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
7) O que a dona de casa fez com os cacos da Bolinha?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
8) Quem os cacos de Dona Bolinha passaram a enfeitar?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
9) Por que a dona Bolinha ficou feliz no Natal, apesar do acidente que sofreu e transformou-
a em cacos?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

10) Desenhe o final da história.


ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

Alegrias do natal

Natal, pra mim, tem sabor de alegria e surpresas, sabe por quê? Porque em minha casa
cada um preparava uma surpresa para o outro.
Naquele natal, porem, havíamos combinado que ninguém ia dar presente, por causa das
despesas com a chegada do nenê (mamãe estava esperando nenê). Eu já havia me conformado
em não dar nem receber surpresas.
Mas quando acordei no dia 25, quase morri de alegria, sabe o que havia no meu quarto?
Uma cadeirinha de balanço de madeira com uma almofada de retalhos bem coloridos. Papai
havia feito a cadeira e mamãe havia feto a almofada, nem precisa dizer que fiquei muito contente.
Papai e mamãe ainda dormiam, então chegou a minha vez de fazer minha surpresa, eu
havia preparado uma, e estava escondido no meu guarda-roupa.
A surpresa é que meu presente era para o nenê, que ia nascer. Como eu não podia gastar
dinheiro escolhi um calçãozinho da Madalena, a minha boneca, lavei bem lavadinho, passei bem
direitinho, dobrei e coloquei numa sacola. Embrulhei com um papel bem bonitinho e escondi.
Peguei então o pacotinho, entrei bem quietinha no quarto dos meus pais e coloquei o
presentinho sabe onde? Bem em cima da barriga da mamãe, depois voltei para o meu quarto.
Quando eles levantaram, foram até a minha cama e me deram um beijo com gosto
diferente, sabe? Eu também dei um beijo diferente neles, não precisamos falar mais nada,
porque já havíamos entendido tudo.
Cristina Porto.

Questões
1) Qual é o titulo do texto?

R: _________________________________________________________________________
2) Quem é o autor do texto?

R: ______________________________________________________________________
3) Quantos parágrafos há no texto?

R: _________________________________________________________________________

4) Qual é o tema principal do texto?

R___________________________________________________________________________
5) O que a família combinou para aquele natal? Por quê?

R:__________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
6) Segundo o texto o que era bom no natal?

R:__________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
7) Que surpresa o personagem principal ganhou?

R:__________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
8) Qual foi o presente que o personagem principal deu?

R:
____________________________________________________________________________
9) O que aconteceu quando os pais viram o presente em cima da barriga da mamãe?

R:__________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
10) Faça uma ilustração da história.
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATÁ___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

01- Leia o texto abaixo com atenção.

O PRESENTE DE NATAL

Ele abraçou o pacotão feito com papel colorido e enfeitado de fita cheirosa.
Desceu a rua com seus passinhos curtos arrastando o chinelo surrado e foi
enfeitando o caminho com seu sorriso de criança contente.
Entrou em casa gritando pela mãe e sacudindo o
pacote pelos ares. A mãe veio ver. Os irmãos também.
Abriu a caixa. Tinha ganho um jogo do
padrinho. Um jogo colorido, cheio de desenhos bonitos, com dados, fichas e bolinhas.
Sentiu-se senhor importante, dono de um brinquedo. E poderia convidar os amigos
para jogar. E convidou mesmo, mas fez um por um lavar as mãos e enxugarem direitinho, antes.
O Natal passou. E lá foi ele capinar junto com o pai. De vez em quando no suor da
tarde, vinha-lhe a ideia do brinquedo e os suores do cansaço eram esquecidos.
Nas noites gostosas de dezembro ficava jogando, até quando o sono vinha pedir
ordem para chegar.
Jogou por muito tempo e nem percebia que o brinquedo ficava velho, os desenhos
perdiam as cores e o encantamento, e o cheiro da novidade não existia mais. Mesmo assim era
o importante dono do brinquedo que divertia as crianças da vizinhança.
Uma tarde chegou com o corpo pedindo banho e teve o rosto banhado de lágrimas.
Viu o irmão (o menor de todos) rasgando seu precioso brinquedo lá no fundo do quintal. Berrou,
bateu os pés, e a mãe no desespero de não saber para que lado acudir, quase lhe jogou o tacho
de sabão na cabeça.
Nesse dia foi o mais infeliz dos meninos. Deitou cedo e as últimas lágrimas molharam
seu travesseiro.
Isso faz um tempão que aconteceu. Não sei se ele já esqueceu de tudo. Acho que
não.

Mas seja lá como for, tomara que nesse Natal ganhe novamente um brinquedo,
porque quando a gente é criança, é muito importante ter um brinquedo. E mais importante ainda
é ser feliz.

( Tenê de Casa Branca )

46
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL

02- Complete a ficha de acordo com o texto lido:

a- Título do texto:__________________________________ Parágrafos:________________

b- Autor(a):_______________________________________________________________________________________________

03- Marque no texto cada ideia que aparece nas frases e depois numere o fatos na ordem em
que aparecem no texto:

( ) O relacionamento do menino e a vizinhança.

( ) O menino recebe um pacote colorido

( ) O desespero da mãe.

( ) O trabalho do menino.

( ) A esperança para o próximo Natal.

( ) O brinquedo destruído

04- Explique com suas palavras o significado de cada frase abaixo, que aparece no texto.

a) “... o corpo pedindo banho...”

____________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

b) “... foi o mais infeliz dos meninos.”

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

05 – Observe a frase: “ ... ficava jogando , até quando o sono vinha pedir para chegar.”

Marque as frases que estão corretas de acordo com a sentido da frase acima:

a( ) O menino , todas as noites, esperava ordem da mãe para dormir.

b( ) O menino dormia depois de muito brincar.

c( ) O menino trabalhava o dia inteiro por isso não aguentava ficar acordado até muito tarde.

d( ) O menino não podia dormir quando sentia sono.

e( ) Quando o sono chegava, o menino deixava o brinquedo de lado e ia dormir.

47
06- Marque a alternativa correta de acordo com o texto:

O menino sentiu-se importante porque:

a( ) Era muito pobre e um brinquedo representava muito para ele.

b( ) Seu brinquedo era mais bonito que o dos outros meninos da vizinhança.

c( ) Era um brinquedo muito caro.

d( ) Era um brinquedo grande e bonito

INSTRUMENTAL LINGUÍSTICO

07- Leia as palavras com atenção e depois numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª observando o
significado de cada uma delas.

1- surrado ( ) magia

2- encantamento ( ) vasilha de metal ou barro, largo e pouco fundo

3- berrou ( ) velho

4- divertia ( ) gritou muito alto

5- tacho ( ) alegrava

08- Passe as frases para o plural:

a) Viu o irmão rasgando seu precioso brinquedo.

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

b) Jogou por muito tempo e nem percebia que o brinquedo ficava velho.

____________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________

09- Leia a frase e marque a alternativa que indica o tempo verbal usado.

O meu amigo ganhará vários brinquedos e me deixará brincar com eles.

( ) presente

( ) futuro

( ) passado

48
10- Complete corretamente o texto, colocando a pontuação ( , . ? ! ) adequada nos tracinhos.

Que tipo de coisas penduram em mim __

Na Lituânia__ penduram círculos quadrados e triângulos de palha__

Na Alemanha__ decoram-me com bolinhos _ maçãs e laranjas___

No Brasil__sou decorada com objetos de diversos países__ porque o

povo brasileiro valoriza o que vem de todas as partes do mundo ___

Você ainda não sabe quem sou__

Eu sou a Árvore de Natal__

11- Retire do texto anterior o que se pede:

a- Dois substantivos próprios:__________________ ____________________

b- Dois substantivos comuns:___________________ ____________________

c- Um substantivo masculino, plural, diminutivo:______________________

e- Um adjetivo que indique um lugar de origem:______________________

12- Siga a legenda e numere as palavras abaixo de acordo com sua classificação.

1- Palavras proparoxítonas 2- Palavras paroxítonas 3- Palavras oxítonas

( ) história ( ) nasceu ( ) menino ( ) estábulo ( ) céu

( ) escutou ( ) árvore ( ) pinheiro ( ) modesto ( ) iluminado

( ) pobre ( ) infeliz ( ) véspera ( ) razão ( ) médico

13-Complete a cruzadinha natalina.

49
14 – DITADO

1-__________________________ 2-__________________________ 3-____________________________

4-__________________________ 5-__________________________ 6-____________________________

7-__________________________ 8-__________________________ 9-____________________________

10-_________________________ 11-_________________________ 12-___________________________

13-_________________________ 14-_________________________ 15-___________________________

DITADO DE TEXTO:

_______________________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________________________

16- Produção de texto: Observe as cenas com atenção, elabore frases interessantes, criativas e
inteligentes e forme uma história com sequência. Não se esqueça do título.

_______________________________________

_____________________________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________50
___________________________________________
Escola: ______________________________________________________ data___/____/___
Nome: _____________________________________________________________, 4/5º anos

Avaliação diagnóstica
A ÁRVORE DE BETO
Lá na minha rua tem um menino chamado Beto. O Beto é amigo de todo mundo.
Não é amigo só dos meninos não. Ele é amigo do dono da padaria,
seu Júlio... Toda manhã o Beto entrega o pão na nossa rua.
É amigo do sapateiro, seu Bertoldo... Ele até está aprendendo a
consertar sapatos.
É amigo do seu Nicolau, um velho engraçado, que faz pipocas para
a gente. É o Beto quem faz as compras para ele.
O Beto tinha muita vontade de ter uma árvore de Natal. Era o sonho
dele. Uma árvore grande, como a da casa do Caloca. Mas o pai de Beto
não podia comprar. Todo ano ele prometia, mas todo ano acontecia
alguma coisa e ele nunca podia dar a árvore para Beto.
Um dia, o Beto teve uma ideia.
Lá na nossa rua tem um terreno vazio, um terreno baldio. O Beto resolveu plantar uma árvore lá e
esperar até que ela crescesse.
Limpou um pedaço do terreno... arranjou um pouco de adubo com seu Alexandre, o jardineiro.
Comprou uma muda pequenininha de pinheiro... E plantou no terreno.
Todos os dias, o Beto regava a mudinha dele.
Revolvia a terra em volta, tirava os galhos secos. Vigiava para não subir formiga. Cuidava da
plantinha como se fosse uma gentinha. E a plantinha foi crescendo, forte e bonita.
Eu não sei quanto tempo o Beto cuidou daquela planta. Foi muito tempo.... Até que a árvore de
Beto ficou grande, cheia de galhos, uma beleza! Prontinha para virar árvore de Natal.
Na véspera do Natal, o Beto pediu para seu Nicolau ajudar. Ele ia levar a árvore para casa. Seu
Nicolau veio, com um serrote e uma lata.
- Pra que este serrote, seu Nicolau? ̶ Beto perguntou.
- Ué, é pra serrar a árvore, você não quer pôr a árvore na lata, pra levar pra casa?
- Ah, mas assim vai matar a árvore!
-Bem, é assim que todo mundo faz. Serra o tronco da árvore e enterra numa lata.
- Ah, mas isso eu não quero.
- Minha árvore deu tanto trabalho... Eu gosto muito dela. Não quero matar; Deus me livre...
-Bom, a gente pode desenterrar com cuidado, serrar as raízes...
Adaptação: ROCHA, Ruth. A árvore de Beto. São Paulo: Editora FTD, 2004.

51
Interpretação Textual

1) Responda marcando X, de acordo com o texto que você acabou de ler:

a) Qual era o sonho de Beto?


( ) Plantar uma árvore.
( ) Ter uma árvore maior que a do Carlinhos.
( ) Ter uma árvore de Natal.

b) Por que o menino não realizava seu sonho?


( ) Porque ele se esquecia de pedir.
( ) Porque seu pai não tinha dinheiro para comprar.
( ) Porque ele não cuidava da árvore direito.

c) O que Beto fez para realizar seu sonho?


( ) Comprou uma mudinha de pinheiro e plantou num terreno baldio.
( ) Pediu ao seu pai uma árvore de Natal.
( ) Pediu ao Carlinhos a árvore de Natal da casa dele.

2) Quais os cuidados que Beto tinha com a mudinha todos os dias?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
3) Encontre no texto e pinte a parte que mostra que Beto conseguiu realizar seu sonho. Copie
aqui:
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

4) Retire do texto:
a) O nome do sapateiro. ____________________________
b) O nome do jardineiro.___________________________
c) Apelido do amigos que tinha uma árvore ____________________________
d) Duas palavras no diminutivo: _____________________________________________

52
GRAMÁTICA
1) Reescreva as frases abaixo substituindo corretamente os nomes sublinhados
por pronomes: ELE, ELA

a) Beto sonhava em ter uma árvore de Natal.


_______________________________________________________________________
b) A formiga era vigiada para não cortar as folhas da árvore.
_______________________________________________________________________
c) O galho seco era cortado por Beto.
______________________________________________________________________
d) A árvore ficou grande e cheia de galhos, uma beleza!
_____________________________________________________________________
2) Reescreva as frases substituindo as palavras repetidas por pronomes:

a) O pai de Beto não podia comprar uma árvore. Todo ano o pai prometia, mas acontecia
alguma coisa e nunca podia dar a árvore para Beto.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

b) Um dia, Beto teve uma ideia. O Beto resolveu plantar uma árvore no terreno baldio da
rua e esperar até que ela crescesse.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

2) Circule os substantivos e sublinhe os adjetivos da frase:

a) Uma árvore grande de Natal.


b) Comprou um pinheiro pequenininho.
c) Todo o dia tirava os galhos secos.
d) E a plantinha foi crescendo forte e bonita.

Boa Sorte
53
Escola: ______________________________________________________ data___/____/___
Nome: _____________________________________________________________, 4/5º anos
Avaliação diagnóstica – Português
A árvore de Beto ( 2ª opção)
1 - No primeiro parágrafo, há uma indicação do lugar onde a história se passa. Retire do texto
o trecho em que isso ocorre.
____________________________________________________________________________
2 - Chamamos de protagonista o personagem principal da história. Quem é ele?
____________________________________________________________________________

3 - No primeiro parágrafo do texto há informações sobre Beto. Qual é sua principal característica?

___________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
4 - O narrador demonstra uma certa intimidade com o protagonista.
“Lá na minha rua tem um menino

chamado Beto.”

a) No trecho acima, como o narrador chama o protagonista?


_________________________________________________________________________

b) Esse é o nome dele ou é um apelido do protagonista?

_________________________________________________________________________
5 - No texto, notamos que há outro personagem que é identificado por seu apelido.
Quem é ele?
_________________________________________________________________________
6 - O pai de Beto não podia comprar a árvore para ele. De que forma Beto solucionou
este problema?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
8 - Explique, com suas palavras, o que significa a expressão “terreno baldio”.
____________________________________________________________________________

9 – Retire do texto o trecho que mostra como Beto cuidou do pinheirinho.


_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

10 – Observe a frase ““Cuidava da plantinha como se fosse uma gentinha.” Que palavra
demonstra que Beto não olhava a árvore como uma planta sem vida? Justifique sua resposta.
_______________________________________________________________________
11 - O narrador inicia a 1ª parte do texto dizendo “Lá na minha rua tem um menino chamado Beto.
O Beto é amigo de todo mundo.” O trecho destacado revela a opinião do narrador .
Em que momento da história fica evidente que Beto tem muitos amigos?
____________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
12 -Circule, no texto, as palavras que demonstram as ações realizadas por Beto. Ele
praticou a ação de plantar a árvore. Quais foram as ações que ele realizou para que a
árvore crescesse bonita e sadia? Copie essas ações do texto
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________

54
ESCOLA:_____________________________________________DATA___/____/____
NOME: ___________________________________________________, _____ ANO
PROFESSOR (A) _________________________________ NOTA______________

Produção textual

Escreva um pequeno texto, narrando o que poderia ter acontecido se Beto tivesse
cortado a árvore.

“Na véspera do Natal, o Beto pediu para seu Nicolau ajuda. Ele ia levar a árvore para casa.
Seu Nicolau veio, com um serrote e uma lata.”

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________

55
ESCOLA:___________________________________________DATA___/____/____
NOME: ___________________________________________________, 4/5º ANOS
PROFESSOR (A) _________________________________ NOTA______________

A MENINA QUE ERA QUASE MÁGICA

Roberto tinha um terreno baldio, que ficava ao lado de sua casa. Ele dizia que o terreno
era dele porque ninguém mais brincava lá. Nunca. Só Roberto, sozinho.

O terreno não era inteiramente vazio. Havia uma árvore onde ele podia subir. Havia
grama bem alta onde ele podia se esconder e brincar de animal selvagem. Havia areia para
seu caminhão basculante, e havia muitos, muitos caminhos, todos cheios de curvas.

Não havia ninguém para brincar com Roberto em toda a vizinhança. Nenhuma criança,
nenhuma. Só Roberto. Mas ele tinha um terreno dele e isto bastava.

Uma vez, Roberto foi passar uns dias com sua avó. Quando voltou, descobriu que
alguma coisa tinha acontecido no terreno dele. Uma coisa incrível! Havia uma casa dentro do
terreno! Devia ser uma casa mágica, pois só mesmo com mágica podiam construir uma casa
tão depressa. Ele correu para contar ao pai, e o pai explicou que a casa não era mágica. Era
um tipo de casa que se constrói bem depressa.

Mas Roberto gostava muito daquela ideia de mágica. Se alguma coisa tinha que estar
no terreno dele, ela tinha que ser mágica. Se a casa não era mágica, então uma coisa era
certa: as pessoas da casa eram todas mágicas. Roberto não tinha dúvida alguma.

Mais conformado, ele foi sentar na cerca e lá ficou olhando a casa vizinha.

Depois de algum tempo, o novo vizinho saiu pela porta da frente, pronto para ir trabalhar.
Ele não parecia mágico, parecia um vizinho normal. A nova
vizinha saiu pela porta de trás, ainda de roupão e chinelos. Ela
pegou uma garrafa de leite e deu uma olhada para o céu. Ela
também não parecia mágica, parecia uma vizinha normal.
Daí, saiu uma menininha. Mas não saiu andando, saiu
pulando corda. Bem, ela, sim! Ela parecia mágica! Ela tinha
cabelos cor do limão maduro que balançavam de cá para lá

56
quando a menininha pulava. Ela pulava tão depressa que Roberto não podia ver os seus
pezinhos. Eles desapareciam no ar.

Então, ela parou de pular, olhou para cima e viu Roberto sentado na cerca.
- Meu nome é Alice – disse ela. – Desça daí e venha brincar comigo!
- Alice... Ela tinha que ter um nome mágico! – pensou Roberto, feliz.
- Venha! – disse ela. – Tem muita coisa para fazer!
- Você está no meu terreno! – disse Roberto.
- Tem lugar para nós dois – falou Alice. – Venha!
- Não! – teimou Roberto.
- Então, vou fazer você vir – disse Alice.
- Se você conseguir, você é mágica! – disse Roberto.
Cristina Porto

Interpretação textual

1) Marque as alternativas verdadeiras sobre Roberto, de acordo com o texto:

( ) Roberto tinha muitos amigos para brincar.

( ) O menino só brincava dentro de casa.

( ) Roberto tinha um terreno onde só ele brincava.

( ) Ele sempre brincava de videogame.

2)Preencha o quadro contando como era o terreno ao lado da casa de Roberto.

Antes de Pedro ir para casa de sua avó. Depois que Pedro voltou da casa de sua avó.

___________________________________ ________________________________________
_____________________________________ _______________________________________
_____________________________________ _______________________________________
_______________________________________ _______________________________________

______________________________________ ________________________________________
______________________________________ _______________________________________
_____________________________________ ________________________________________

57
3) Depois que o pai de Roberto explicou-lhe que a casa não era mágica, o menino foi sentar
na cerca e lá ficou olhando a casa vizinha. Por que Roberto fez isso?

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

4) Para Roberto, quem parecia mágico?

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

5) De que Roberto brincava antes de Alice chegar?

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

6) Com a chegada de Alice, Roberto já não precisava brincar sozinho. Dê três exemplos de
brincadeiras que só podem ser feitas com outra criança.
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

7) Marque as alternativas verdadeiras sobre a Alice:

( ) Não queria brincar com Roberto.( ) Ela tinha os cabelos pretos.

( ) Alice saiu de casa andando bem devagar. ( ) A menina vivia com seu pai e sua mãe.

8) Pinte com a mesma cor as palavras que são sinônimas:

CARREGAR MAU

INDAGAR FICAR

PERGUNTAR TRANSPORTAR

RECEIO MEDO

RUIM PERMANECER

58
8) Complete as palavras abaixo com M ou N:

ca___ pina vale___te tro___co


ci___ tura i___posto ma___so
li___peza e___brulhar pime___ta
mora___go e___baixo te___pestade

9) Escreva, novamente, as frases abaixo substituindo as palavras grifadas pelo seu


antônimo:

a) O maior dos animais é o último da fila.

___________________________________________________

b) Os bichos eram mansos.

___________________________________________________

c) O magro Papai Noel está de pijama._

___________________________________________________

10) Complete a cruzadinha com os nomes dos desenhos. Dica: Todas terminam com M:

59
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

AVALIAÇÃO – 4º BIMESTRE
O Lobo e o Cordeiro
Estava o cordeiro a beber água num córrego, quando apareceu um
lobo esfaimado, de horrendo aspecto.
─ Que desaforo é esse de turvar a água que venho beber? ─ disse
o monstro, arreganhando os dentes.
─ Espere que vou castigar tamanha má-criação!...
O cordeirinho, trêmulo de medo, respondeu com inocência:
─ Como posso turvar a água que o senhor vai beber se ela corre do
senhor para mim?
Era verdade aquilo e o lobo atrapalhou-se com a resposta, mas não deu o rabo a torcer.
─ Além disso ─ inventou ele ─ sei que você andou falando mal de mim no ano passado.
─ Como poderia falar mal do senhor o ano passado, se nasci este ano?
Novamente confundido pela voz da inocência, o lobo insistiu:
─ Se não foi você foi seu irmão mais velho, o que dá no mesmo.
─ Como poderia ser seu irmão mais velho, se sou filho único?
O lobo, furioso, vendo que com razões claras não venceria o pobrezinho, veio com razão de lobo
faminto:
─ Pois se não foi seu irmão, foi seu pai ou seu avô!
E ─ nhoque ─ sangrou-o no pescoço.
Contra a força não há argumentos.
Monteiro Lobato

VOCABULÁRIO

ESFAIMADO: esfomeado, faminto


HORRENDO: horrível
TURVAR: nublar, escurecer
ARGUMENTOS: justificativas, explicações

60
Interpretação do texto
1. Quais são os personagens do texto?
____________________________________________________________________________
2. Por que o lobo e o cordeiro, sendo animais, são personagens do texto?
( ) Porque antigamente os animais falavam.
( ) Porque, na história, eles agem, falam e raciocinam como se fossem pessoas.
( ) Porque o texto fala sobre eles.
3. Como o autor caracteriza o lobo?
( ) O lobo aparece caracterizado como um animal carnívoro e que, portanto, se alimenta de
outros animais para sobreviver.
( ) Como um animal de aspecto horrível, cruel, ruim, injusto.
( ) Apenas como um animal muito faminto.
4. Como o autor caracteriza o cordeiro?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
5. As respostas e os argumentos que o cordeiro apresentou ao lobo:
( ) eram sem fundamento e injustas.
( ) foram reposta com fundamento, válidas e justas.
( ) eram resposta que o lobo não conseguia entender.
6. Observando as resposta que o cordeiro deu ao lobo, podemos perceber que ele tratou bem ao
lobo. Que palavra aparece repetida nas resposta do cordeiro, provando esse bom tratamento?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
7. O lobo e o cordeiro foram ao mesmo córrego.Com que finalidade cada um se dirigiu para lá?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
8. O que o autor quis sugerir no final da história, quando o cordeirinho foi devorado pelo lobo?
( ) Quis sugerir que a força sempre vence a razão.
( ) Nem sempre quem razão a melhor .
( ) Podemos explorar os mais fracos.
9. Explique com suas palavras; a moral da história (a última linha do texto).
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

61
Gramática
1. Faça um círculo em torno dos encontros consonantais:

Ficção- técnico- adjetivo- pneu

2.Faça um círculo em torno dos dígrafos:

Passarinho- guerra- chocalho – qual

3. Relacione as colunas e forme substantivos compostos:


a. flor- de ( ) leão e. olho- de ( ) moça
b. boca- de ( ) ló f. baba- de ( ) sogra
c. pé- de ( ) maio g. ama- de ( ) sol
d. pão- de ( ) cabra h. chapéu- de ( ) leite

4. Relacione as colunas e descubra o coletivo das palavras:

a. mapas ( ) álbum g. animais ( ) elenco


b. bananas ( ) alcatéia h. pessoas ( ) enxame
c. fotografias ( ) atlas i. atores ( ) fauna
d. disco ( ) banda j. soldados ( ) flora
e. lobos ( ) cacho l. plantas ( ) multidão
f. músicos ( ) discoteca m. abelhas ( ) pelotão

5. Pinte e copie os adjetivos da frase abaixo:


O Zé Eduardo era pequeno, feio, desmazelado, olhos marotos, barriga muito grande e pernas
muito finas.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
15. Pense nas qualidades que os substantivos abaixo podem ter e atribua-lhe dois adjetivos:
Rosto __________________________________Rio ________________________________
Estrada ________________________________Mãos ______________________________
Casa ________________________________Olhar ______________________________
Sala ___________________________________Noite ______________________________

62
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

O LOBO E O BURRO

Um burro estava comendo quando viu um lobo escondido espiando tudo o que ele fazia.
Percebendo que estava em perigo, o burro imaginou um plano para salvar a pele.
Fingiu que era aleijado e saiu mancando com a maior dificuldade. Quando o lobo apareceu,
o burro, todo choroso, contou que tinha pisado num espinho pontudo.
__ Ai, ai, ai! Por favor, tire o espinho de minha pata! – implorou – Se você não tirar, ele vai espetar
sua garganta quando você me engolir.
O lobo não queria se engasgar na hora de comer seu almoço, por isso quando o burro levantou
a pata ele começou a procurar o espinho com todo o cuidado. Nesse momento o burro deu o maior
coice de sua vida e acabou com a alegria do lobo. Enquanto o lobo se levantava todo dolorido, o burro
galopava satisfeito para longe dali.

Moral da história: Tenha cuidado com os favores inesperados, pois eles podem esconder segundas
intenções
Fonte: ‘Fábulas de Esopo’ .
Responda as questões abaixo com atenção
1. Escolha abaixo a frase que melhor resume a história:
a. ( ) O burro aleijado. b. ( ) A amizade dos animais.
c. ( ) A esperteza do burro. d. ( ) O lobo faminto.

2. O lobo estava escondido espiando o burro porque queria:


a. ( ) assustá-lo. b. ( ) comê-lo.
c. ( ) conhecê-lo. d. ( ) machucá-lo.

63
3. “O burro imaginou um plano”. Imaginou um plano quer dizer que o burro:
a. ( ) teve uma ideia. b. ( ) queria fugir.
c. ( ) viu o lobo. d. ( ) se escondeu.

4. Qual foi a ideia que o burro teve para salvar a pele?


__________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
5. Leia novamente o seguinte trecho da fábula:
‘Ai, ai, ai! Por favor, tire o espinho de minha pata! – implorou - Se você não tirar, ele vai
espetar sua garganta quando você me engolir’.
O que a palavra “implorou” quer dizer?
a. ( ) pediu. b. ( ) falou.
c. ( ) sorriu. d. ( ) pensou.

6. “Se você não tirar, ele vai espetar sua garganta quando você me engolir”.
Nesse trecho a palavra ele se refere:
a. ( ) ao lobo.
b. ( ) ao burro.
c. ( ) ao coice.
d. ( ) ao espinho.

7. Releia o trecho:
‘O lobo não queria se engasgar na hora de comer seu almoço’.
O “almoço” do lobo, nesse caso, seria:
a. ( ) o burro. b. ( ) um coelho. ( ) uma carne. d. ( ) um espinho.

8. O lobo se levantou todo dolorido porquê :


a. ( ) tinha pisado num espinho.
b. ( ) levou um coice do burro.
c. ( ) caiu em cima de um espinho.
d. ( ) acabou sua alegria.
9- Explique a moral da fábula.
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

64
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

Objetivo: interpretar narrativas, perceber partes de um texto e emitir opinião.

A árvore que dava dinheiro

Vendo-se apertado com a falta de dinheiro e não querendo ter arenga com o dono da
pensão, Malasartes saiu bem cedo naquela manhã, para ganhar a vida. Arranjou com o
vendedor de mel de jataí um bocado de cera; trocou na mercearia de Seu Joaquim a única
nota de dinheiro que lhe sobrara, por algumas de moedas de vintém e caiu na estrada.

Caminhou por obra de uma légua ou mais, quando avistou uma árvore na beira da estrada.
Chegando ao pé da árvore, parou e pôs-se a pregar os vinténs à folhagem com a cera que
arranjara.

Não demorou muito, deu de aparecer na estrada um boiadeiro que vinha tocando uns
boizinhos para vender na vila. E como já ia levantando um solão esparramado, a cera ia
derretendo e fazendo cair às moedas. Malasarte, fazendo festas, as apanhava. O boiadeiro
acercou-se, curioso, perguntou-lhe o que fazia, e Malasarte explicou:

— Esta árvore é deveras encantada, patrão. As suas frutas são moedas legítimas. Estou
colhendo todas, porque vou me bandear pra outra terra e tô pensando em levar a árvore,
apesar de todo o trabalho que vai me dar.

— Não me diga isto, sô!

— É o que eu lhe digo, patrão!

— Diacho! Se lhe vai dar tanto trabalho...

E o boiadeiro propôs comprar a árvore encantada. Malasarte, depois de muitas negaças,


fechou negócio trocando a árvore pelos boizinhos; em seguida, bateu pé na estrada, vendendo-
os na vila por um bom preço.

O boiadeiro mandou alguns de seus peões retirarem, com todo o cuidado, a árvore encantada
e a replantou no pomar do seu sítio. Daquele ano até hoje, está esperando ela dar moedas de
vinténs.__

( Conto Popular )

65
Refletindo sobre o texto

1. Complete o resumo abaixo, feito a partir do conto “A árvore que dava dinheiro”.

Pedro Malasarte estava com pouco _________________ e não conseguiria pagar a pensão
onde ficava, então decidiu partir.

Em seu trajeto, conseguiu pegar __________ de um vendedor de mel de _____________ e


trocou sua última nota de dinheiro por ______________.

Foi até uma ______________ na estrada e grudou o ______________ com a


______________ na ______________. Tempos depois, passou um ________________ que viu
Malasartes pegando as ___________ que caíam da ________________.

Malasartes não perdeu tempo e convenceu o boiadeiro que aquela era uma ____________
que dava ____________ e o homem a trocou por uns _____________, que Malasartes
____________ na vila.

Até hoje, o _______________ espera que nasça ______________ de sua árvore.

____________________________________________________________________________

2. “Vendo-se apertado com a falta de dinheiro e não querendo ter arenga com o dono da
pensão, Malasartes saiu bem cedo naquela manhã”. Há uma palavra em destaque neste trecho
do texto. O que ela quer dizer? Se preciso, procure no dicionário.
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

3. Por qual motivo Malasartes trocou sua última nota de dinheiro por moedas?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

4. Depois que Malasartes grudou as moedas na árvore, elas começaram a cair, como
frutas que caem do pé. Na verdade, a cera estava derretendo. Por que isso aconteceu?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

66
5. Como foi que Malasartes propôs ao boiadeiro que trocasse a árvore por seus bois sem que ele
percebesse sua artimanha?
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________

Produção textual

Invente um novo final para história, continuando o parágrafo abaixo:

O boiadeiro mandou alguns de seus peões retirarem, com todo o cuidado, a árvore encantada e
replantou-a em seu sitio, até que um dia...
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________

67
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

Chapeuzinho Amarelo

Era a Chapeuzinho Amarelo


Amarelada de medo.
Tinha medo de tudo, aquela Chapeuzinho.
Já não ria.
Em festa não aparecia.
Não subia escada
nem descia.
Não estava resfriada,
mas tossia.
Ouvia conto de fada e estremecia.
Não brincava mais de nada,
nem de amarelinha.
Tinha medo de trovão.
Minhoca, pra ela, era cobra.
E nunca apanhava sol,
porque tinha medo de sombra.
Não ia pra fora pra não se sujar.
Não tomava banho pra não descolar.
Não falava nada pra não engasgar.
Não ficava em pé com medo de cair.
Então vivia parada,
Deitada, mas sem dormir,
Com medo de pesadelo.

HOLLANDA, Chico Buarque de. In:


Literatura comentada. São Paulo:
Abril Cultural, 1980.

68
Leia o texto e as questões com muita atenção e assinale com um x as respostas corretas

1 - O texto acima é do gênero:


a) carta
b) convite
c) anúncio
d) poético

2 – Ele pode ser encontrado em:


a) festas
b) livros
c) caixas de remédio
d) revistas de histórias em quadrinhos

3 – Chapeuzinho Amarelo tinha muito medo. Assinale a alternativa em que todos os itens fazem parte
de seu medo.
a) Minhoca, sorvete, trovão
b) Sonho, pesadelo, bicicleta
c) Minhoca, trovão, pesadelo
d) Bicicleta, trovão, sorvete

4 – O texto trata de uma menina que:


a) brincava de amarelinha
b) gostava de festas
c) subia e descia escadas
d) tinha medo de tudo

5 – Chapeuzinho Amarelo está com letra maiúscula porque:


a) é um substantivo primitivo b) é um substantivo comum
c) é um substantivo derivado d) é um substantivo próprio

6 – Chapeuzinho Amarelo ouvia conto de fada e estremecia. A palavra estremecia indica que
Chapeuzinho Amarelo:
a) ficava resfriada com a história
b) não dormia pra não fazer xixi na cama
c) tremia de medo com a história
d) dormia a noite inteira porque a história era boa

7 - Hollanda, Chico Buarque de é:


a) o pai da Chapeuzinho Amarelo b) o avô da Chapeuzinho Amarelo
c) o autor do texto d) o leitor do texto

8 – O livro em que foi publicado este texto é o:


a) de contos que Chapeuzinho conheceu
b) Literatura comentada
c) Abril Cultural
d) Chico Buarque de Hollanda

9 – A função deste texto é:


a) informar ao leitor sobre uma notícia
b) promover um momento de lazer através da leitura
c) ensinar como vencer seus medos
d) ensinar como se deve deitar e dormir
fonte: http://paraisodosprofessores.blogspot.com.br/2011/10/chapeuzinho-amarelo-interpretacao-de.html

69
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

UM JOGO QUE É UMA VERGONHA


Imagina um jogo deste jeito: o campo é de pedra bem pontuda e acontece num dia muito frio.
Num time, os jogadores têm tênis e camisa de manga comprida e, no outro, os caras jogam
descalços e só de calção.
O time que tem tênis e camisa ganha fácil, dá aquela goleada! O outro fica a maior parte do
tempo tomando cuidado pra não cortar os pés ou então esfregando o braço arrepiado de frio.
Times iguais
Pra mim, a diferença da vida entre nós, que temos escola e casa e as crianças que não têm é
um jogo assim. Quem não tem, perde sempre.
Não acho que todo mundo que tem as coisas é culpado por causa dos outros que não têm, mas
isso não quer dizer que a gente não possa fazer nada. Porque pode.
Porque, se a gente quiser jogar um jogo justo, pode exigir que os dois times sejam iguais,
para começar. Casa e escola
Não acredito que as crianças de rua viveriam na rua se tivessem outro lugar melhor pra
escolher. Se a gente não exigir que todo mundo tenha casa e escola, vai sempre ficar jogando esse
jogo besta.
Ganhando de dez a zero de um time tão fácil, mas tão fácil, que não vai mais ter o gosto da
vitória, vai ter só vergonha.
Fernando Bonassi
Fonte: (In Vida da gente – crônicas publicadas no Suplemento Folhinha de S. Paulo) - 07/02/97.

QUESTÕES
1. O texto “Um jogo que é uma vergonha” é uma crônica. Foi escrito a partir de uma situação da
vida real, com o objetivo de fazer uma crítica a essa situação. Se o autor teve esse objetivo ao
escrever, que objetivo tem em relação ao leitor?
a. ( ) que aceite suas ideias. b. ( ) que rejeite suas ideias.
c. ( ) que reflita sobre o assunto. d. ( ) que se divirta com o assunto.

2. O trecho:
“Num time, os jogadores têm tênis e camisa de manga comprida” e, no outro, os caras jogam
descalços e só de calção”.significa que:
a. ( ) um time toma cuidado para não cortar os pés, o outro time sente muito calor.
b. ( ) um time têm tênis e o outro time tem camisa.
c. ( ) um time é formado por jogadores bem equipados, o outro time por jogadores mal equipados.
d. ( ) um time tem jogadores ganhadores, o outro têm jogadores que usam tênis e camisa comprida.

3. Esta crônica, de fato, compara:


a. ( ) a vida de pessoas que têm escola e casa com a vida de crianças que não têm escola e casa.
b. ( ) vida de crianças que têm casa com a vida de crianças que têm escola.
c. ( ) crianças que são culpadas com crianças que são inocentes.
d. ( ) crianças que podem fazer tudo com crianças que não fazem nada.
70
4. Quando o autor diz:
“nós que temos escola e casa”
e“isto não quer dizer que a gente não possa fazer nada”,

As palavras “nós” e “a gente” ocupam o lugar:


a. ( ) do autor e de todos os leitores.
b. ( ) dos leitores que são conhecidos do autor.
c. ( ) dos ricos.
d. ( ) do leitor.

5. De acordo com o autor da crônica, diante da situação que é discutida:


a. ( ) “a gente” não pode fazer nada.
b. ( ) “a gente” pode fazer uma aposta.
c. ( ) “a gente” pode jogar.
d. ( ) “a gente” pode jogar um jogo justo.

6. Quando o autor fala sobre “jogo justo”, ele quer dizer que:
a. ( ) as pessoas podem jogar mesmo sem saber.
b. ( ) as pessoas justas às vezes perdem.
c. ( ) as pessoas jogam um jogo besta.;
d. ( ) as pessoas podem ajudar a fazer justiça.

7. O tema central da crônica é:


a. ( ) desigualdade.
b. ( ) miséria.
c. ( ) futebol.
d. ( ) crianças de rua

Boa Prova!!!

71
72
73
74
ESCOLA__________________________________________________________________
PROFESSORA:____________________________________________ DATA___________
ALUNO:_________________________________________________________, 4/5º ANOS

Papai Noel e os Anjinhos

Papai Noel estava muito cansado. Já trabalhara


tanto! Na sua oficina ainda havia diversos brinquedos
para terminar.
Certa noite o bom velhinho serrava madeira e de
repente adormeceu... Roncava tanto tão alto que as
nuvens estremeciam ao passarem à porta de sua
casinha.
Três anjinhos, que dormiam nessas nuvens, acordaram com aquele barulhão.
Resolveram espiar pela janelinha da casa de Papai Noel.
- Coitado! Está dormindo... – disse Querubim e logo os outros anjinhos falaram:
- Não terminou os brinquedos...
- E amanhã é véspera de Natal!
- Vamos ajudá-lo?
Depressa os anjinhos concordaram com a ideia de Querubim.
Entraram na oficina dos brinquedos, bem devagarzinho e, sem fazer barulho,
começaram a trabalhar. Um anjo serrou, outro pintou e outro pregou... E os
brinquedos foram surgindo, cada qual mais bonito!
Quando Papai Noel acordou, que surpresa!
Bonecas, soldadinhos, aviões, carrinhos, bolas, bichinhos, estavam todos prontos
para a grande viagem.
( Autor desconhecido )
Agora , responda as questões com
atenção

a) Por que Papai Noel estava cansado?

b) O que ele fazia quando pegou no sono?

__

75
c) De que eram feitas às camas dos anjinhos?

d) Como os anjinhos ajudaram o Papai Noel?

e) O que você achou da ideia dos anjinhos?

2) Escreva o que se pede:

a) Nome de um dos anjinhos _


b) Lugar onde Papai Noel trabalhava –
c) Nome de dois brinquedos que os anjinhos produziram –

3) Coloque ( V ) se for verdadeiro ou ( F ) se for falso:


( ) Querubim achou que Papai Noel ia conseguir acaba os brinquedos sozinho.
( ) Quem acabou de fazer os brinquedos foram os anjinhos.
( ) Entre os brinquedos havia alguns que imitavam meios de transportes.
( ) Papai Noel acordou com o barulho das ferramentas.

4) Numere as frases em 1, 2, 3, 4 de acordo com a sequência do texto:


( ) Já era véspera de Natal.
( ) Papai Noel estava muito cansado.
( ) Papai Noel ficou surpreso quando acordou.
( ) Os brinquedos já estavam prontos e todos fizeram a grande viagem.

5) Marque com um ( X ) a resposta certa:

a) Os anjinhos acordaram porque:


( ) Estava na hora de tomar café.
( ) Papai Noel roncava alto.
( ) Começou a chover.

b) Os objetos que os anjinhos usavam para trabalhar eram:


( ) pincel, tesoura e lápis.
( ) alicate, papel e tesoura.
( ) serrote, pincel e martelo.

76
Promessas – Pedro Bandeira

Primeiro dia de aula,


como é bom recomeçar!Mala nova,tudo novo
caderno,lápis no estojo,
tudo encapado,
tudo ajeitado,
tudo arrumado,
tudo prontinho.Não conheço a professora,
também ela vai ser nova.
Sei que dela vou gostar,
e ela vai gostar de mim.Prometo estudar bastante,
vou ser o primeiro da classe.
Não vou ficar de castigo,
nem vou brigar no recreio.
Tudo novo, vida nova
Novos colegas também.
Mas eu prometo: este ano,
eu não vou emprestar a minha borracha.

INTERPRETAÇÃO DO TEXTO
1- Qual o título do texto?
2-Quem é o autor do texto?
3-Retire do texto a parte que mostra o entusiasmo da criança pelo primeiro dia de aula.
4-Quais os materiais escolares que a criança irá levar para a escola?
5-Como esses materiais estão?
6-O que a criança espera da sua professora?
7-E, você o que espera da sua professora?
8- O que você pretende fazer nas aulas durante o ano? Quais as suas promessas?

77

Interesses relacionados