Você está na página 1de 6

 Coliformes totais

Os coliformes são definidos como bactérias aeróbias ou anaeróbias facultativas, gram-negativas, não
formadoras de endósporos, em forma de bastonete, que fermentam a lactose, formando gás dentro
de 48 horas após serem colocadas em caldo lactosado a 35°C.

 Os coliformes fecais (coliformes termotolerantes)

Bactérias pertencentes ao grupo dos coliformes totais. suportarem uma temperatura


superior à 40°C

Têm limitações: Um dos problemas é o crescimento das bactérias coliformes incorporadas

em biofilmes nas superfícies internas das tubulações de água.

 Objetivos do tratamento de esgoto doméstico:

Remover sólidos suspensos, reduzir DBO e nutrientes, e se possível

microrganismos patogênicos;

Tratamento biológico: reproduz os fenômenos observados na natureza:

Ação de microrganismos presentes no esgoto - decomposição da matéria

orgânica;

ETEs: projetadas para garantir condições necessárias ao crescimento dos

microrganismos

Oxigênio pode ser introduzido no sistema

 Tratamento primário do esgoto

Métodos físicos para a separação dos sólidos eparticulados orgânicos e inorgânicos:

Efluente atravessa uma série de grades; mantido em repouso,ocorre sedimentação dos sólidos. Os
sólidos sedimentados no fundo são chamados de lodo – neste estágio, lodo primário.

A DBO é determinada pela medida da quantidade de oxigênio que as bactérias necessitam para
degradar a matéria orgânica. Efluentes com alta DBO, presença de patógenos.

 Tratamento secundário:

Digestão microbiana aeróbia e anaeróbia para redução dos nutrientes orgânicos.

-Degradação aeróbia

A degradação aeróbia da matéria orgânica ocorre predominantemente pela ação de bactérias


heterotróficas aeróbias

 Biomassa de crescimento disperso:

Biomassa livre: microrganismos dispersos no meio líquido


Biomassa associada: microrganismos associados formando estrutura biológica(grânulo e floco). Ex:
SISTEMAS DE LODOS ATIVADOS

 Biomassa de crescimento aderido:

Biofilmes: microrganismos aderidos a um material suporte - mantidos no reator (alta

concentração de biomassa, sistemas mais compactos, alta atividade metabólica altas taxas de
aplicação em menores tempos de detenção hidráulica, melhorqualidade do lodo). Vantagens para a
Engenharia:

✓ Elevada concentração de biomassa, que pode ser retida por elevados períodos de

tempo;

✓ Alta diversidade de contaminantes que podem ser removidos – micronichos;

• Vantagem para o microrganismo:

✓ Disponibilidade de substrato;

✓ Proteção contra predadores e substâncias tóxicas.

 CICLO DO NITROGÊNIO

A desnitrificação é energeticamente mais favorável que redução dissimilatória a amônia. Em


ambiente com carbono limitado e rico em aceptor final de elétrons, a desnitrificação é
favorecida, enquanto que em ambientes ricos em carbono, a amônia é o produto dominante
da redução dissimilatória.

- Degradação ANAERÓBIA da matéria orgânica

Hidrólise – degradação da celulose

Acidogênica – Fermentação com produção de ácidos

Acetogênica – Conversão do ácidos em acetato, hidrogênio e gás Carbônico

Metanogênica – Consumos dos produtos da fase anterior para a

produção de metano

- Lagoas de maturação

Remoção de microrganismos patogênicos

 Tratamento terciário
É normalmente empregado para reduzir o teor de nutrientes e para reduzir o

número mais provável de coliformes. Principais mecanismos: temperatura, elevado pH, alta radiação
solar. Cloração – eficiente na remoção de bactérias e Filtração lenta.
Compostagem

Fatores que interferem no processo de compostagem:

• Umidade

• Temperatura

• Relação C/N

• Qualidade da matéria orgânica

 Excesso de água

• Falta de aeração

• Estabilização incompleta

– Contaminação por patógenos

Compostagem natural x Compostagem acelerada

• Natural- necessidade de grandes áreas para a formação das leiras e

Revolvimento. Longo tempo requerido para a estabilização da matérias orgânica

• Acelerada – utilização de reatores ou baias de aeração fechadas com o

propósito de acelerar o processo.

Aterro sanitário

São construídos em locais afastados das cidades em razão do mau cheiro e da possibilidade de
contaminação do solo e das águas subterrâneas.

Algumas das formas de se reduzir a quantidade de resíduos sólidos destinados aos

aterros sanitários são: reciclagem, a compostagem, a reutilização e a redução.

Cuidados:

- a implantação de mantas impermeabilizantes que evitem essa infiltração do chorume.

- retirada desse líquido, por sistemas de drenagem eficientes, com posterior

- tratamento dos efluentes sem que agrida o meio ambiente.

- coleta dos gases gerados, sendo o principal o metano, que devem ser

queimados ou podem ser aproveitados como combustíveis, o que pode trazer

Etapas

Período de aclimatação

Consumo do oxigêncio
Fase anaeróbia

– Hidrólise – degradação da celulose

– Acidogênica – Fermentação com produção de ácidos

– Acetogênica – Conversão do ácidos em acetato, hidrogênio e gás

carbônico

– Metanogênica – Consumos dos produtos da fase anterior para a

produção de metano

Decomposição em aterros

Física - quebra de partículas

Química- oxidação, redução, hidrólise, etc.

Biológica - ação de microorganismos

 Aeróbia

Formação de ácidos reduz Ph, Temperatura aumenta, Chorume produzido em pequena quantidade
e ainda não agressivo, massa de resíduos não atinge capacidade de campo.

 Anaeróbia ácida(acetanogênica)
oxigênio praticamente acaba, temperatura diminui, chorume muito agressivo

 Anaeróbia metanogênica
- mais longa
sem oxigênio, chorume menos agressivo
- produção de CO2 diminui
- aumenta produção de CH4 (metano)

Exercicios
1- Os organismos a seguir têm um papel importante como simbiontes com plantas e
fungos; descreva a relação simbiótica de cada organismo com o seu hospedeiro:
cianobactérias, micorrizas, Rhizobium, Frankia.

Cianobactérias: com os fungos, as cianobactérias atuam como o parceiro fotoautotrófico


em um líquen; elas também podem fixar o nitrogênio no líquen. Com Azolla, elas fixam
nitrogênio.
Micorrizas: fungos que crescem dentro e sobre as raízes de plantas su-
periores; aumentam a absorção de nutrientes.
Rhizobium: nos nódulos radiculares de legumes; fixam nitrogênio.
Frankia: nos nódulos radiculares de amieiros, roseiras, e outras plantas;
fixam nitrogênio.
2- Faça um resumo do processo de tratamento da água para consumo.
Os processos a seguir são utilizados no tratamento de águas
residuais. Associe o estágio do tratamento com os processos. Cada
opção pode ser usada uma vez, mais de uma vez, ou não ser usada.
rocessos Estágios do tratamento
a. Campo de lixiviação 2 1. Primário
b. Remoção de sólidos 1 2. Secundário
c. Degradação biológica 2 3. Terciário
d. Sistema de lodo ativado 2
e. Precipitação química do fósforo 3
f. Filtro biológico 2
g. Resultados na água de consumo 3

3- Biorremediação refere-se ao uso de microrganismos vivos para a remoção de poluentes.


Descreva três exemplos de biorremediação.

Biodegradação do esgoto, herbicidas, óleo ou bifenilos policlorados

4- NOMEIE Estes procariotos fixadores de nitrogênio fornecem a substância para


plantações de arroz; eles vivem simbioticamente em células da planta h2O doce Azolla.

Cianobactérias (Anabaena).

5- Para as questões de 1 a 4, responda se:


a. o processo ocorre em condições aeróbias.
b. o processo ocorre em condições anaeróbias.
c. a quantidade de oxigênio não faz nenhuma diferença.
1. Sistema de lodo ativado. A
2. Desnitrificação. B
3. Fixação de nitrogênio. B
4. Produção de metano. B

6- A água utilizada para preparar soluções intravenosas em um


hospital contém endotoxinas. O responsável pelo controle de
infecções realiza contagens em placa para encontrar a fonte das
bactérias. Os resultados são os seguintes:
Bactérias/100 mL
Encanamento de água municipal 0
Caldeira 0
Linha de água quente 300
Todas as conclusões seguintes sobre as bactérias podem ser verdadeiras,
exceto qual?
a. Estavam presentes em biofilmes no encanamento.
b. São gram-negativas.
c. São provenientes de contaminação fecal.
d. São provenientes do abastecimento de água da cidade.
e. Nenhuma das alternativas

7- Todas as alternativas a seguir são efeitos da poluição da água, exceto:

a. a disseminação de doenças infecciosas.


b. aumento da eutrofização.
c. aumento da DBO.
d. aumento do crescimento de algas.
e. nenhuma das alternativas.

10. Os coliformes são utilizados como organismos indicadores da poluição de esgotos


porque:
a. são patógenos.
b. fermentam a lactose.
c. são abundantes no intestino humano.
d. se desenvolvem em 48 horas.
e. todas as alternativas.

Explique o efeito do descarte de esgoto não tratado na eutrofização de uma lagoa. Que efeito o
esgoto tem sobre o tratamento primário? Que efeito o esgoto tem sobre o tratamento secundário?
Contraste suas respostas anteriores com o efeito que cada tipo de esgoto tem sobre a movimentação
rápida de um rio.

O processo de biorremediação mostrado na fotografia é usado para remover benzeno e outros


hidrocarbonetos de solos contaminados por petróleo. Os canos são utilizados para adicionar nitratos,
fosfatos, oxigênio ou água. Por que cada um deles é adicionado? Por que nem sempre é necessária a
adição de bactérias?

Os microorganismos, da mesma forma que os seres humanos, comem e digerem


substâncias orgânicas, das quais obtêm nutrientes e energia. Eles digerem substâncias
orgânicas presentes no solo ou na água subterrânea, transformando-as principalmente em
dióxido de carbono e água”, acrescenta. “Eles devem estar ativos e saudáveis para
poderem desempenhar sua tarefa de remediação. Para isso, fatores como temperatura,
quantidade de nutrientes e oxigênio, devem estar em condições ideais para possibilitar o
seu desenvolvimento. Por que podemos utilizar fungos ou plantas que degradam ou reduzem a
toxicidade das substâncias a remover do ambiente.

Você também pode gostar