Você está na página 1de 57

AULA – 5

DESENHANDO
ESCADAS E RAMPAS

Livro Didático - DA2


Pag 71 a 77
ESCADA

•Referência desenho: Material didático - aula


escada. Autor desconhecido.
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :

Equipamentos de construção:

Tipos de escadas:

Reta Santos Dumont Sotão


Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :

Equipamentos de construção:

Tipos de escadas:

Caracol Semi-circular Circular


Figura: Escada Circular - Guartel
Polícia Militar Borges de Melo
Foto: Clélia Monasterio
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Componentes da escada

•Referência desenho: Material didático - aula


escada. Autor desconhecido.
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Degrau
Uma sequência de três degraus ou mais é
considerada escada.

A Seta sinaliza a direção ao degrau mais alto


da escada ou da rampa.
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
OBS:
REPRESENTAÇÃO DE LAJES E PAREDES EM CORTE:
São representadas de acordo com suas espessuras e com simbologia relacionada ao
material que as constitui.
Paredes de alvenaria são normalmente desenhadas com 25cm ou 15cm, contudo,
estas podem variar conforme a intenção e necessidade arquitetônica.

PAREDES EM CORTE

ESCADA EM CORTE

LAJES EM CORTE
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
Indicação de Nível:
Nível
Nível em
em vista: vista/corte:

Nível
Nível em planta:
em planta:

OBS1: O nível tem sempre uma referência,


dependendo de sua posição pode ser (+)
positivo ou (-) negativo.

OBS2: O diâmetro do circulo-representação


em planta, pode ser adotado para o
triângulo-representação em corte.
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Degrau
Uma sequência de três degraus ou mais é considerada escada.
Representação de projetos – NBR- 6492 e Acessibilidade – NBR - 9050:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Equipamentos de construção:

Escada - Degrau

Obs 1: As escadas externas


deverão ter espelho com 0,15 m
de altura.

Obs 2: Quando houver bocel ou


espelho inclinado, a projeção da
aresta pode avançar no máximo
1,5 cm
sobre o piso abaixo

Obs 3: Essas medidas podem


variar de acordo com o Código
de Obras e de Posturas do
Município.
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Nas escadas com mais de 19 (dezenove) degraus, será obrigatório intercalar um
patamar, com a profundidade mínima igual à largura da escada.

As escadas deverão ter as seguintes larguras mínimas úteis:


0,90 m em edifícios residenciais unifamiliares;
1,20 m em edifícios residenciais com até três pavimentos;
1,50 m em edifícios de mais de três pavimentos, destinados a locais de reunião
com capacidade de até 150 (cento e cinquenta) pessoas.

Em caso de uso secundário


ou eventual, será permitida a
redução de sua largura até o
mínimo de 60 cm (sessenta
centímetros).

A largura das escadas deve ser estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas,
conforme ABNT NBR 9077
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Patamares
As escadas devem ter no mínimo um
patamar a cada 3,20 m de desnível e
sempre que houver mudança de
direção.

Entre os lances da escada devem ser


previstos patamares com dimensão
longitudinal mínima de 1,20 m. Os
patamares situados em mudanças de
direção devem ter dimensões iguais à
largura da escada.

Em construções novas, o primeiro e o último degraus de um lance de escada devem


distar no mínimo 0,30 m da área de circulação adjacente
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 6492:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :

Equipamentos de construção:

Escada:
ESCADA EX:

ESPELHO – 18,5cm
FÓRMULA PISO – 28,5cm
2x18,5+28,5= X
37+28,5= X
65,5=X

ESPELHO – 18cm
PISO – 28cm
2x18+28= X
36+28= X
64=X

ESPELHO – 17,5cm
PISO – 27,5cm
2x17,5+27,5= X
35+27,5= X
62,5=X

ESPELHO – 17cm
PISO – 27cm
2x17+27= X
34+27= X
61=X
ESCADA
As escadas e as rampas de uso comum ou coletivo e as escadas de incêndio
devem ser dotadas de corrimão e obedecer às exigências contidas nas NBR
9050 e NBR 9077.
RAMPA

Comparativo entre uma rampa e uma escada. Disponível em: <http://


ensinandodesenho.blogspot.com.br/2012/10/escada-rampa-elevador.html>.
RAMPA
NBR 9050:2015 / NBR 9077/1993

São consideradas rampas às superfícies de piso com declividade igual ou superior a 5 %.

Para garantir que uma rampa seja acessível, são definidos: os limites máximos de inclinação, os desníveis a
serem vencidos e o número máximo de segmentos.

A inclinação das rampas deve ser calculada conforme a seguinte equação:

Ex: Se h=3 m
8% x C = 3m x 100%,
C= 300/8
Comprimento = 37,50m

Aos 37,50metros somam-se os patamares de, no


mínimo,1,2m (cada).
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 9050/2015:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Rampa

As escadas devem ter no mínimo um patamar a cada


3,20 m de desnível e sempre que houver mudança de
direção.

No início e no término da rampa devem ser


previstos patamares com dimensão
longitudinal mínima recomendável de 1,50
m, sendo o mínimo admissível 1,20 m, além
da área de circulação adjacente
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 9050/2015:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Rampa
As rampas devem ter inclinação de acordo com os limites estabelecidos.
Para inclinação entre 6,25 % e 8,33 %, é recomendado criar áreas de descanso nos patamares, a
cada 50 m de percurso.

Em reformas, quando esgotadas as possibilidades de soluções, podem ser utilizadas inclinações


superiores a 8,33 % até 12,5 %
Representação de projetos de arquitetura – NBR- 9050/2015:
REPRESENTAÇÃO DE ELEMENTOS CONSTRUTIVOS :
Escada - Rampa
Para rampas em curva, a inclinação máxima admissível é de 8,33 % (1:12) e o raio mínimo
de 3,00 m, medido no perímetro interno à curva,

A inclinação transversal não pode exceder 2 % em rampas internas e 3 % em rampas


externas.

A largura das rampas (L) deve ser estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas.
A largura livre mínima recomendável para as rampas em rotas acessíveis é de 1,50 m, sendo o
mínimo admissível de 1,20 m.
ESCADA
DESENHO DE ARQUITETURA 2 - EXERCÍCIO 1

CALCULANDO OS DEGRAUS

Desenhe uma escada (circulação vertical), que leva da sala ao


mezanino de uma casa. Para calcular a escada em “U”, parta dos
dados a seguir:

Pé direito = 3.00m
Laje = 15cm

1º - Sabendo a altura a alcançar, calcule a quantidade de espelhos;


2º - opte pela altura dos espelhos obedecendo a formula dada;
3º - defina o tamanho do piso;
4º - inicie o desenho da planta considerando 1(um) patamar;
5º - A seguir construa uma vista lateral desta escada, utilizando a tecnica
de divisão de segmentos.

-Desenhar em Formato A3
- Escala 1/25.
ESCADA
DESENHO DE ARQUITETURA 2 - EXERCÍCIO 2

LEVANTAMENTO E REPRESENTAÇÃO DE ESCADA EXISTENTE

Escolha uma escada qualquer e realize seu levantamento, analise-


a, verificando se as medidas adotadas cumprem as regras de
conforto estudada (2E+P=X, onde 60 ≤ X ≤ 65). Represente a
escada em suas vistas superior e frontal.

Dados necessários:

Altura do Pé direito = ?
Espessura da Laje = ?
Altura dos espelhos = ?
Profundidade dos pisos = ?

Fotografe a escada do levantamento e desenhe em Formato A3


- Escala 1/25.
LEMBRETE

O USO DOS ESQUADROS:


Os esquadros são usados para traçar retas perpendiculares, paralelas e
retas em ângulos definidos. Por exemplo:
•Traçar retas ligando dois pontos quaisquer;
•Traçar retas verticais com o auxílio de régua paralela;
•Traçar retas com ângulos definidos com o auxílio da régua paralela ou com
outro esquadro;
•Traçar retas perpendiculares em qualquer direção;
•Traçar retas paralelas em qualquer direção;
Lembrando
Divisão de segmentos
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
5 PARTES IGUAIS

5 PARTES IGUAIS

10 PARTES IGUAIS
EM PRANCHA A3

EXEMPLO 1 - PLANTA:
EM PRANCHA A2
EM PRANCHA A3

EXEMPLO 1 - CORTE:
Escada RETA
.15

Laje
3.15

3.00

Pé direito

3,15/18,5=17
Pé direito + Laje=3,15
3,15 dividido por degrus com 18,5 de espelho= 17 espelhos

A altura a alcançar, Altura a alcançar, Pisos escolhidos, desenhar


dividida pelo espelho dividida contorno dos degraus a
desejado dará o geometricamente pelo cada altura de espelho
número de espelhos número de espelhos
Escada com 2 lances

.15
.15
3.15

3.15
3.00

3.00

3,15/0,175=18 3,15/0,175=18 ADOTANDO PISO 28cm

A altura a alcançar, Altura a alcançar, Pisos escolhidos, desenhar


dividida pelo espelho dividida contorno dos degraus a
desejado dará o geometricamente pelo cada altura de espelho
número de espelhos número de espelhos
Escada com 2 lances

ADOTANDO PISO 28cm ADOTANDO PISO 28cm

.10
.10
A altura a alcançar,

.10
18 17 16 15 14 13 12 11 10
dividida pelo espelho
desejado dará o
número de espelhos
1 2 3 4 5 6 7 8 9
Escada com 2 lances

Finalizar desenho com


simbologias, níveis,
corte, setas, números,
e materiais

ADOTANDO PISO 28cm ADOTANDO PISO 28cm

18 17 16 15 14 13 12 11 10 18 17 16 15 14 13 12 11 10

1 2 3 4 5 6 7 8 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Escada com 2 lances

•Atenção para representação de planta.

•A mesma escada terá representação


diferenciada, dependendo do pavimento
em planta baixa.

•Cada desenho será de acordo com sua


disposição em planta.
3 CORTE
ESCALA:. 1:25
ESCADA

18 17 16 15 14 13 12 11 10 18 17 16 15 14 13 12 11 10

3 3 3 3
1 2 3 4 5 6 7 8 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9

1 PLANTA
ESCALA:. 1:25
ESCADA-TERREO 2 PLANTA
ESCALA:. 1:25
ESCADA-SUPERIOR
Escada de caracol ou Helicoidal

Degraus que são ligados e


apoiados ao seu centro

•Eixo é quase sempre vertical;

•Degraus dispostos em espiral


ao longo do eixo.
.15 Escada Helicoidal
3.15

3.00

3,15/0,18=17
A altura a alcançar, Altura a alcançar,
dividida pelo espelho dividida
desejado dará o geometricamente pelo
número de espelhos número de espelhos
Escada Helicoidal

Círculo dividido em
número de pisos.
Lembrando que o
número de pisos é
menor que o número
de espelhos.
3,15/0,18=17

5 4 5 4
6 3 6 3
7 7
2 2
Levantar os degraus na 8 8
1 1
altura de cada espelho. 9 9
16 16
10 10
15 15
11 14 11 14
12 13 12 13
Escada Helicoidal
17
16
15
14
13
12
11
10
Circulo dividido em

3.15
9

2.39
8
número de pisos. 7

1.79
6
Lembrando que o 5
4
número de pisos é 3
2
menor que o número 1
de espelhos.
3,15/17 espelhos=0,185

5 4
6 3
7
Levantar os degraus na 2
8
altura de cada espelho. 1
9
16
10
15
11 14
12 13
Escada Helicoidal
17 17
16 16
15 15
14 14
13 13
12 12
Desenhe os montantes 10
11
10
11

do corrimão e levante 9
8
9
8
linhas auxiliares para 7
6
7
6
encontrar as vistas do 5
4
5
4
3 3
mesmo. 2 2
1 1

Inicie dos degraus mais


baixos e acompanhe 5 4 5 4
6 3 6 3
sua evolução 7
2
7
2
crescente. 8
1
8
1
9 9
16 16
10 10
15 15
11 14 11 14
12 13 12 13
Escada Helicoidal
17 17
16 16
15 15
14 14
13 13
12 12
11 11
Considere a altura do 9
10 10
9
corrimão entre 80cm e 7 7
100cm, ligando os 6
5
6
5
4 4
montantes em 3 3
2 2
sequência numérica. 1 1

Este corrimão tem 90cm


5 4 5 4
de altura. 6 3 6 3
7 7
2 2
8 8
1 1
9 9
16 16
10 10
15 15
11 14 11 14
12 13 12 13
Escada Helicoidal

Considere a altura do
corrimão entre 80cm e
100cm, ligando os
montantes em
sequência numérica.

Este corrimão tem 90cm


de altura.
Escada Helicoidal

Considere a altura do
corrimão entre 80cm e
17 17
100cm, ligando os 16 16
15 15
montantes em 14 14

sequência numérica. 13
12
13
12
11 11
10 10
9 9
8 8
7 7
Este corrimão tem 90cm 6
5
6
5
de altura. 4
3
4
3
2 2
1 1

VISTA ESCADA VISTA ESCADA


2 2
ESCALA:. 1:25 ESCALA:. 1:25
Escada Helicoidal

5 4
6 3
7 5
2 6
8 7
1
8
17
9 16
10 15
11 14
12 13

2 2

1 PLANTA ESCADA-TERREO
ESCALA:. 1:25 1 PLANTA ESCADA-SUPERIOR
ESCALA:. 1:25

Atenção para diferenças entre as plantas da escada que devem


variar de acordo com o pavimento a ser representado.
Considerando o corte horizontal da planta a 1,50m.
Escada Helicoidal
6
7
•Atenção para 8
9 18
representação de 17
10
planta. 11 16 3 VISTA
ESCALA:. 1:25
ESCADA
12 13 14 15

•A mesma escada 8
7
6

terá representação 3 9 18
17
2 PLANTA ESCADA-SUPERIOR 10
diferenciada, ESCALA:. 1:25 11
12 13 14 15
16

dependendo do 3
6 5 4
pavimento em planta 7 3 PLANTA ESCADA-SUPERIOR
2 ESCALA:. 1:25
8 2
baixa. 6 5 4
1 7 3
8 2
1
•Cada desenho será
de acordo com sua
disposição em 3
3 VISTA ESCADA PLANTA ESCADA-TERREO
1 ESCALA:. 1:25
planta. 3
1 PLANTA ESCADA-TERREO ESCALA:. 1:25
ESCALA:. 1:25
Escada de CIRCULAR

Degraus não são ligados ao


eixo central.

•Eixo central livre;


•Degraus apoiados à viga helicoidal;
ESCADA
DESENHO DE ARQUITETURA 2 - EXERCÍCIO 8

DESAFIO-OPCIONAL (PONTO SUBSTITUTIVO)

Realize desenho de uma escada helicoidal circular, com raio


interno de 0,80m. Degrau 1,0m. Plantas 1º e 2º pavimento.

- Representar:
• As plantas baixas e vista frontal

Pé direito = 3.00m
Laje = 15cm

-Desenhar em Formato A3
- Escala 1/25.
POLÍGONOS: E A

F D

ENEÁGONO
(9 lados)
REGULAR