Você está na página 1de 7

Dinâmica 01 - DINÂMICA CANTADA

1-Quando pensei no primeiro dia de aula, o que aconteceu?


2- Ao encontrar meus amigos desanimados, o que disse?
3- Quando um colega me magoou, o que pensei?
4- Mas quando começou minha aula, qual a sensação?
5- Quando os estamos desanimados, pelos problemas do dia-a-dia, o que digo?
6- Como reajo às inovações?
7- Ser aluno é?
8- E quando quero descobrir se estou no caminho certo...

Respostas: (cantadas pelos professores)

1- Os sonhos mais lindos sonhei! De quimeras mil, um castelo ergui.


2- Levanta, sacode a poeira e dá volta por cima.
3- Ainda vai levar um tempo pra fechar o que feriu por dentro. É natural que seja assim, tanto pra você
quanto pra mim.
4- Quando eu estou aqui, eu vivo este momento lindo. Olhando pra você e as mesmas emoções sentindo.
5- Canta, canta minha gente deixa a tristeza pra lá. Canta forte canta alto que a vida vai melhorar.
6- Tudo que se vê não é, igual ao que a gente viu a um segundo. Tudo muda o tempo todo no mundo. Não
adianta fugir, nem mentir pra si mesmo, agora, há tanta vida lá fora. Aqui dentro sempre como uma onda
no mar...
7- Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar, cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz. Eu
sei que a vida devia ser bem melhor s será. Mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é
bonita.
8- Olho pro céu e vejo uma nuvem branca que vai passando, olho pra terra e vejo uma multidão que vai
caminhando. Como essa nuvem branca essa gente não sabe aonde vai. Quem poderá dizer o caminho
certo é você MEU PAI. Jesus Cristo, Jesus Cristo, Jesus Cristo eu estou aqui.
6º ano 6º ano

Algarismo do olhar Algarismo do olhar

Um dia por acaso Um dia por acaso


dois olhos se encontraram dois olhos se encontraram
três vezes piscaram três vezes piscaram
quatro brilhos formaram quatro brilhos formaram
cinco lágrimas derramaram cinco lágrimas derramaram
seis sonhos sonharam seis sonhos sonharam
sete maravilhas avistaram sete maravilhas avistaram
oito segundos pararam oito segundos pararam
nove dias acabaram nove dias acabaram
zero se tornaram. zero se tornaram.

Andréa Monteiro Andréa Monteiro

6º ano 6º ano

Algarismo do olhar Algarismo do olhar

Um dia por acaso Um dia por acaso


dois olhos se encontraram dois olhos se encontraram
três vezes piscaram três vezes piscaram
quatro brilhos formaram quatro brilhos formaram
cinco lágrimas derramaram cinco lágrimas derramaram
seis sonhos sonharam seis sonhos sonharam
sete maravilhas avistaram sete maravilhas avistaram
oito segundos pararam oito segundos pararam
nove dias acabaram nove dias acabaram
zero se tornaram. zero se tornaram.

Andréa Monteiro Andréa Monteiro

6º ano 6º ano

Algarismo do olhar Algarismo do olhar

Um dia por acaso Um dia por acaso


dois olhos se encontraram dois olhos se encontraram
três vezes piscaram três vezes piscaram
quatro brilhos formaram quatro brilhos formaram
cinco lágrimas derramaram cinco lágrimas derramaram
seis sonhos sonharam seis sonhos sonharam
sete maravilhas avistaram sete maravilhas avistaram
oito segundos pararam oito segundos pararam
nove dias acabaram nove dias acabaram
zero se tornaram. zero se tornaram.

Andréa Monteiro Andréa Monteiro


7º ano 7º ano
Os números naturais e suas operações Os números naturais e suas operações

Iniciando com zero e seguindo em frente Iniciando com zero e seguindo em frente
1,2,3 e assim sucessivamente 1,2,3 e assim sucessivamente
Temos o Conjunto dos Números Naturais Temos o Conjunto dos Números Naturais
Não tem fim, é infinito certamente. Não tem fim, é infinito certamente.

Nesse conjunto, adição, subtração, multiplicação e divisão Nesse conjunto, adição, subtração, multiplicação e divisão
São quatro operações fundamentais São quatro operações fundamentais
Na pára aí não, a potenciação e a radiciação Na pára aí não, a potenciação e a radiciação
Também são operações usuais. Também são operações usuais.

Na adição vamos as parcelas "juntar" Na adição vamos as parcelas "juntar"


Um soma ou total encontrar Um soma ou total encontrar
Na subtração uma parte de outra tirar Na subtração uma parte de outra tirar
Só diferença ou resto sobrará. Só diferença ou resto sobrará.

Na multiplicação fatores vamos multiplicar Na multiplicação fatores vamos multiplicar


O resultado de produto chamar O resultado de produto chamar
Enquanto na divisão vamos dividir para compartilhar Enquanto na divisão vamos dividir para compartilhar
Dividendo, divisor, quociente e resto considerar. Dividendo, divisor, quociente e resto considerar.

Na potenciação temos base e expoente Na potenciação temos base e expoente


A base é o termo que fica repetidamente A base é o termo que fica repetidamente
Multiplicando-se por ele mesmo constantemente Multiplicando-se por ele mesmo constantemente
Quantas vezes indica o expoente. Quantas vezes indica o expoente.

Na radiciação temos radical, índice e radicando Na radiciação temos radical, índice e radicando
É a operação inversa da potenciação como estou pensando É a operação inversa da potenciação como estou pensando
Sendo assim, para numa raiz "não ficar sapecando" Sendo assim, para numa raiz "não ficar sapecando"
Procure um número que elevado ao índice "dê o radicando". Procure um número que elevado ao índice "dê o radicando".

Waldex Santos Waldex Santos


1º EM

Enigmas do universo
Enigmas do universo
Muitas voltas o sol e a lua dão
Vezes mil vejo as estrelas Muitas voltas o sol e a lua dão
Entrelaçarem entre si Vezes mil vejo as estrelas
E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio. Entrelaçarem entre si
Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio.
meu ser Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do
Nada interrompe esse torpor que invade meu coração meu ser
E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha Nada interrompe esse torpor que invade meu coração
alma se funde com os enigmas do Universo. E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha
Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução alma se funde com os enigmas do Universo.
deste mistério desconhecido. Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução
Elisabete Malafatti deste mistério desconhecido.
Elisabete Malafatti

Enigmas do universo
Enigmas do universo
Muitas voltas o sol e a lua dão
Vezes mil vejo as estrelas Muitas voltas o sol e a lua dão
Entrelaçarem entre si Vezes mil vejo as estrelas
E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio. Entrelaçarem entre si
Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio.
meu ser Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do
Nada interrompe esse torpor que invade meu coração meu ser
E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha Nada interrompe esse torpor que invade meu coração
alma se funde com os enigmas do Universo. E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha
Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução alma se funde com os enigmas do Universo.
deste mistério desconhecido. Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução
Elisabete Malafatti deste mistério desconhecido.
Elisabete Malafatti

Enigmas do universo

Muitas voltas o sol e a lua dão Enigmas do universo


Vezes mil vejo as estrelas
Entrelaçarem entre si Muitas voltas o sol e a lua dão
E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio. Vezes mil vejo as estrelas
Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do Entrelaçarem entre si
meu ser E ao fechar meus olhos, sinto o aroma do vazio.
Nada interrompe esse torpor que invade meu coração Olho para o céu e uma estonteante sensação toma conta do
E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha meu ser
alma se funde com os enigmas do Universo. Nada interrompe esse torpor que invade meu coração
Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução E num vai e vem, entre paralelas, retas e sinuosas, minha
deste mistério desconhecido. alma se funde com os enigmas do Universo.
Elisabete Malafatti Fico a vagar na imensidão, procurando encontrar a solução
deste mistério desconhecido.
Elisabete Malafatti
2º ano EM

Sob a luz dos holofotes


Eu sou o foco
E tem objetos em cima de mim Sob a luz dos holofotes
Que emitem luz Eu sou o foco
E tem objetos em cima de mim
A platéia é virtual Que emitem luz
Uma imagem da minha cabeça
Que funciona A platéia é virtual
Como um computador de mesa Uma imagem da minha cabeça
Que funciona
A luz é brilhante Como um computador de mesa
Porém escura
Danço saltitante A luz é brilhante
Um espetáculo para a lua Porém escura
Danço saltitante
Que está lá no alto Um espetáculo para a lua
E daqui não vejo
O céu nos reflete Que está lá no alto
Para mim ele é um espelho. E daqui não vejo
O céu nos reflete
Guilherme Brescia Para mim ele é um espelho.

Guilherme Brescia

Sob a luz dos holofotes


Eu sou o foco
E tem objetos em cima de mim Sob a luz dos holofotes
Que emitem luz Eu sou o foco
E tem objetos em cima de mim
A platéia é virtual Que emitem luz
Uma imagem da minha cabeça
Que funciona A platéia é virtual
Como um computador de mesa Uma imagem da minha cabeça
Que funciona
A luz é brilhante Como um computador de mesa
Porém escura
Danço saltitante A luz é brilhante
Um espetáculo para a lua Porém escura
Danço saltitante
Que está lá no alto Um espetáculo para a lua
E daqui não vejo
O céu nos reflete Que está lá no alto
Para mim ele é um espelho. E daqui não vejo
O céu nos reflete
Guilherme Brescia Para mim ele é um espelho.

Guilherme Brescia
3º EM

Matematicamente solucionado

Para alcançar um objetivo,


Tenha em mente uma meta.
Não vacile nas curvas 3º EM
Siga sempre em linha reta.
Matematicamente solucionado
Antes de traçar seu caminho
Analise todos os ângulos Para alcançar um objetivo,
Pois em uma fração de segundo Tenha em mente uma meta.
Você pode se vir sozinho Não vacile nas curvas
Siga sempre em linha reta.
Para resolver um problema, eis o
x da questão Antes de traçar seu caminho
Procure ser quociente, nem sempre Analise todos os ângulos
Terás razão Pois em uma fração de segundo
Você pode se vir sozinho
Jamais tente se dividir,
Nem tão pouco se multiplicar Para resolver um problema, eis o
Lembre-se, você é impar, não par x da questão
Procure ser quociente, nem sempre
Em alguns momentos você será radical, Terás razão
Se elevando ao quadrado
Se achando o tal. Jamais tente se dividir,
Você não é uma potência Nem tão pouco se multiplicar
Procure ser racional Lembre-se, você é impar, não par
Em um determinado ponto da sua vida,
Você vai querer parar. Em alguns momentos você será radical,
Jamais desista do seu plano, Se elevando ao quadrado
Continue a sonhar Se achando o tal.
Você não é uma potência
A vida é uma incógnita Procure ser racional
Difícil de entender Em um determinado ponto da sua vida,
Parece Matemática, embora exata Você vai querer parar.
Não é fácil resolver Jamais desista do seu plano,
Continue a sonhar
Mas se você quer mesmo a vitoria alcançar
Preste muita atenção na fórmula que vou te dar A vida é uma incógnita
Difícil de entender
Existem fatores determinantes Parece Matemática, embora exata
Que você precisa saber Não é fácil resolver
Um deles é saber calcular
Você não pode esquecer Mas se você quer mesmo a vitoria alcançar
Preste muita atenção na fórmula que vou te dar
Dividir os problemas é reduzi-los à metade
Esta dica serve para qualquer idade Existem fatores determinantes
No final das contas; Que você precisa saber
O resultado será relativo se você somar fatores positivos Um deles é saber calcular
E subtrair os negativos. Você não pode esquecer

Enviado por Aurea E.R.G. Teles Dividir os problemas é reduzi-los à metade


Esta dica serve para qualquer idade
No final das contas;
O resultado será relativo se você somar fatores positivos
E subtrair os negativos.
Enviado por Aurea E.R.G. Teles