Você está na página 1de 12

Prova-modelo 1 de Química

10.o e 11.o anos


Duração + Tolerância: 60 + 15 minutos

O Exame Nacional de Física e de Química A tem duração


de 120 min (+ 30 min de tolerância) e contempla conteú-
dos de Física (10.o e 11.o anos) e Química (10.o e 11.o anos)
em igual proporção. Esta prova-modelo tem a mesma
estrutura do Exame Nacional mas contempla apenas a
componente de Química, razão pela qual foi pensada para
60 min de duração.

É permitida a utilização de régua e calculadora


gráfica.
A prova inclui uma tabela de constantes, um
formulário e uma Tabela Periódica.
As cotações dos itens encontram-se no final
do enunciado da prova.
Os critérios de classificação encontram-se
nas últimas páginas.

1 / 12
Prova-modelo 1 — Química

TABELA DE CONSTANTES
Constante de Avogadro NA = 6,02 * 1023 mol–1

Produto iónico da água (a 25 oC) Kw = 1,00 * 10–14

Volume molar de um gás (PTN) Vm = 22,4 dm3 mol–1

FORMULÁRIO

Grupos funcionais

H OH
OH C C N C O
O O

Quantidades, massas e volumes


m
m = nM N = n NA V = n Vm ρ=
V

Soluções e dispersões
n nA mA VA
c= xA = %(m/m) = * 102 %(V/V) = * 102
V ntotal mtotal Vtotal
mA VA
ppm = * 106 ppmV = * 106
mtotal Vtotal

Reações químicas

pH = –log {[H3O+] / mol dm–3}

2 / 12
TABELA PERIÓDICA
1 18
1
2
H
He
1,01
2 13 14 15 16 17 4,00

Número atómico
3 4 5 6 7 8 9 10
Li Be Elemento B C N O F Ne
6,94 9,01 10,81 12,01 14,01 16,00 19,00 20,18
Massa atómica relativa

11 12 13 14 15 16 17 18
Na Mg Aᐍ Si P S Cᐍ Ar
22,99 24,31 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 26,98 28,09 30,97 32,07 35,45 39,95

19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36
K Ca Sc Ti V Cr Mn Fe Co Ni Cu Zn Ga Ge As Se Br Kr
39,10 40,08 44,96 47,87 50,94 52,00 54,94 55,85 58,93 58,69 63,55 65,39 69,72 72,64 74,92 78,96 79,90 83,80

37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54
Rb Sr Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe
85,47 87,62 88,91 91,22 92,91 95,96 98 101,07 102,91 106,42 107,87 112,41 114,82 118,71 121,76 127,60 126,90 131,29

55 56 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86
57-71
Cs Ba Hf Ta W Re Os Ir Pt Au Hg Tᐍ Pb Bi Po At Rn
Lantanídeos
132,91 137,33 178,49 180,95 183,84 186,21 190,23 192,22 195,08 196,97 200,59 204,38 207,21 208,98 [209] [210] [222]

87 88 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118
89-103
Fr Ra Rf Db Sg Bh Hs Mt Ds Rg Cn Uut Fᐍ Uup Lv Uus Uuo
Actinídeos
[223] [226] [265] [268] [271] [272] [277] [276] [281] [280] [285] [284] [289] [288] [293] [291] [294]

57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71
La Ce Pr Nd Pm Sm Eu Gd Tb Dy Ho Er Tm Yb Lu
138,91 140,12 140,91 144,24 [145] 150,36 151,96 157,25 158,93 162,50 164,93 167,26 168,93 173,05 174,97

89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103


Ac Th Pa U Np Pu Am Cm Bk Cf Es Fm Md No Lr
227 232,04 231,04 238,03 [237] [244] [243] [247] [247] [251] [252] [257] [258] [259] [262]
Prova-modelo 1 — Química

3 / 12
Prova-modelo 1 de Química
10.o e 11.o anos
Duração + Tolerância: 60 + 15 minutos

Nas respostas aos itens de escolha múltipla, selecione a opção correta.


Nas respostas aos itens em que é pedida a apresentação de todas as etapas de resolução,
explicite todos os cálculos efetuados e apresente todas as justificações ou conclusões
solicitadas.
Utilize unicamente valores numéricos das grandezas referidas na prova (no enunciado
dos itens, na tabela de constantes e na Tabela Periódica).

GRUPO I

A troposfera, a camada da atmosfera terrestre que nos envolve à superfície da Terra, é essencialmente
constituída por oxigénio, O2, e nitrogénio, N2, como se pode verificar pelos valores da percentagem em
volume, %(V/V), registados na Figura 1.

nitrogénio, N2: 78
ar seco: 100

oxigénio, O2: 21
árgon, Ar : 0,9
outros: 0,07
dióxido de carbono, CO2: 0,03
Figura 1

1. Na troposfera, a fração…
(A) mássica do nitrogénio é 0,78 e a fração mássica do oxigénio é 0,21.
(B) mássica do nitrogénio é 0,78 e a fração molar do oxigénio é 0,21.
(C) molar do nitrogénio é 0,78 e a fração mássica do oxigénio é 0,21.
(D) molar do nitrogénio é 0,78 e a fração molar do oxigénio é 0,21.

4 / 12
Prova-modelo 1 — Química

2. Um dos gases referidos na Figura 1 é uma substância composta.

2.1 Escreva a fórmula de estrutura das moléculas desse gás, explicitando todos os pares de eletrões
de valência.

2.2 As moléculas desse gás têm geometria:


(A) angular e são polares.
(B) angular e são apolares.
(C) linear e são apolares.
(D) linear e são polares.

GRUPO II

O nitrogénio, N2, e o oxigénio, O2, são dois gases essenciais à vida. Contudo, o dióxido de nitrogénio, NO2,
é um gás responsável pela formação de ácido nítrico, HNO3, um ácido forte, e ácido nitroso, HNO2, um
ácido fraco, na atmosfera, provocando chuvas ácidas.
Em Portugal, no dia 3 de janeiro de 2016, o maior valor de concentração em massa de NO2, na troposfe-
ra, foi atingido na cidade de Lisboa: 111 μg m–3.

1. Determine o número de átomos por litro que estavam presentes na troposfera da cidade de Lisboa,
devido apenas à presença de NO2.
Apresente todas as etapas de resolução.

2. Para a mesma temperatura, a relação entre as constantes de basicidade, Kb, de NO–3 e NO–2 é:
(A) Kb (NO–3) = Kb (NO–2)
(B) Kb (NO–3) > Kb (NO–2)
(C) Kb (NO–3) < Kb (NO–2)
(D) Kb (NO–3) = 1,5 × Kb (NO–2)

3. Escreva a configuração eletrónica de valência do átomo de nitrogénio, no estado fundamental, evi-


denciando a aplicação do Princípio de Construção (ou Princípio de Aufbau).

5 / 12
Prova-modelo 1 — Química

GRUPO III

A reação de decomposição do tetróxido de nitrogénio, N2O4, em dióxido de nitrogénio, NO2, tem uma
variação de entalpia positiva, ΔH > 0, e é traduzida pela equação química

N2O4 (g) — NO2 (g) + NO2 (g)

O gráfico seguinte traduz a evolução da concentração, c, de cada gás, no sistema reacional, no intervalo
de tempo de 0 a t3, à temperatura de 298 K.
c / mol dm−3

1,2

1,0

0,8

0,6

0,4
[N2O4]
0,2
[NO2]

0 t1 t2 t3 Tempo

1. A partir de dados do gráfico, explique como é que a variação das concentrações dos gases N2O4 e
NO2, entre o instante inicial e o instante de tempo t2, se relaciona com a estequiometria da reação.

2. A energia envolvida na rutura de ligações no reagente, N2O4, é…


(A) superior à energia envolvida na rutura de ligações nos produtos da reação, NO2, e a reação
direta é endotérmica.
(B) superior à energia envolvida na rutura de ligações nos produtos da reação, NO2, e a reação direta
é exotérmica.
(C) inferior à energia envolvida na rutura de ligações nos produtos da reação, NO2, e a reação
direta é exotérmica.
(D) inferior à energia envolvida na rutura de ligações nos produtos da reação, NO2, e a reação direta
é endotérmica.

3. No instante t3 introduziu-se NO2 no recipiente, sem alteração de temperatura, o que provocou um


aumento imediato da sua concentração para 0,70 mol dm–3 e, consequentemente, a evolução do
sistema reacional para um novo estado de equilíbrio.

3.1 Devido à introdução de NO2, o quociente da reação no instante t3 é…


(A) inferior ao quociente da reação no instante t1 e é favorecida a reação endotérmica.
(B) inferior ao quociente da reação no instante t2 e é favorecida a reação exotérmica.
(C) superior ao quociente da reação no instante t1 e é favorecida a reação exotérmica.
(D) superior ao quociente da reação no instante t2 e é favorecida a reação endotérmica.

3.2 Ao atingir um novo estado de equilíbrio a constante de equilíbrio é superior, inferior ou igual à
constante de equilíbrio à temperatura de 298 K?

6 / 12
Prova-modelo 1 — Química

GRUPO IV

Na atividade laboratorial Reação fotoquímica, preparou-se uma amostra de um sal branco de cloreto de
prata, AgCS. Parte da amostra foi colocada num recipiente protegido da luz e outra parte ficou exposta
à luz.
Após certo tempo, verificou-se que a amostra exposta à luz apresentava uma cor enegrecida, ao contrá-
rio da amostra guardada ao abrigo da luz.

1. O enegrecimento do sal deve-se à formação de prata metálica, Ag, com libertação de cloro, CS2,
gasoso.
Escreva a equação química que traduz a reação que ocorreu, incluindo os estados físicos das várias
substâncias.

2. Justifique, no contexto da atividade, o procedimento de guardar parte da amostra ao abrigo da luz.

3. A reação que teve lugar é uma oxidação-redução na qual ocorre uma oxidação envolvendo o
elemento…
(A) prata, traduzida pela equação química Ag+ + e– → Ag.
(B) prata, traduzida pela equação química Ag → Ag+ + e–.
(C) cloro, traduzida pela equação química 2 CS– → CS2 + 2 e–.
(D) cloro, traduzida pela equação química CS2 + 2 e– → 2 CS–.

4. A maioria dos sais de prata são pouco solúveis em água. O produto de solubilidade do sulfato de
prata, Ag2SO4, é 1,20 × 10–5, a 25 oC.

4.1 Determine a concentração de iões prata numa solução saturada de sulfato de prata, a 25 oC.
Apresente todas as etapas de resolução.

4.2 Compare a solubilidade do sulfato de prata em água com a sua solubilidade numa solução
aquosa de cloreto de prata e identifique o fator que afeta a solubilidade do sal.

FIM

7 / 12
Prova-modelo 1 — Química

COTAÇÕES

GRUPO I GRUPO III


1. ............................................................... 10 pontos 1. ............................................................... 30 pontos
2. 2. ............................................................... 10 pontos
2.1 ........................................................ 10 pontos 3.
2.2 ....................................................... 10 pontos 3.1 ........................................................ 10 pontos
________________ 3.2 ....................................................... 10 pontos
30 pontos ________________
60 pontos

GRUPO II GRUPO IV
1. ............................................................... 20 pontos 1. ............................................................... 10 pontos
2. ............................................................... 10 pontos 2. ............................................................... 10 pontos
3. ............................................................... 10 pontos 3. ............................................................... 10 pontos
________________ 4.
40 pontos 4.1 ........................................................ 20 pontos
4.2 ....................................................... 20 pontos
________________
70 pontos
________________
TOTAL ............................ 200 pontos

8 / 12
Prova-modelo 1 — Química

Critérios de classificação
Prova-modelo 1

CRITÉRIOS GERAIS DE CLASSIFICAÇÃO


• Nos itens de cálculo em que o resultado final não tenha significado físico, no contexto das situa-
ções em exploração, devido a erros de raciocínio/interpretação em etapas prévias, ou que decor-
ram diretamente do não respeito pelas instruções do item, a classificação a atribuir é zero pontos.
• Nos itens de construção de texto em que exista correspondência direta entre o estabelecido nos
vários elementos de resposta, a incoerência no estabelecimento dessa correspondência implica
a anulação dos elementos envolvidos, ou daquele em que essa incoerência é manifestada, de
acordo com os critérios específicos.
• Nos itens de construção de texto a apresentação de uma resposta que seja apenas a compilação
de frases independentes, sem o estabelecimento de relações/articulação entre os vários elemen-
tos de resposta a explorar, será desvalorizada.

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO

GRUPO I

1. (D) molar do nitrogénio é 0,78 e a fração molar do oxigénio é 0,21. ....................................... 10 pontos

2.1 .............................................................................................................................................................. 10 pontos


O C O O C O
ou
2.2 (C) linear e são apolares. ............................................................................................................... 10 pontos

GRUPO II

1. ............................................................................................................................................................... 20 pontos

Etapas de resolução:
A) Cálculo da massa molar:
M(NO2) = 14,01 + 2 × 16,00 = 46,01 g mol–1 ....................................................... 3 pontos
B) Cálculo da quantidade de matéria de NO2 em 1 m3 de ar:
n(NO2) = 111 × 10–6 / 46,01 = 2,413 × 10–6 mol ................................................ 4 pontos
C) Cálculo do número de moléculas de NO2 em 1 m3 de ar:
N(NO2)= 2,413 × 10–6 × 6,02 × 1023 = 1,452 × 1018 moléculas ....................... 6 pontos

D) Cálculo do número de átomos por litro:


N(átomos) = 3N(NO )/103 L = 4,36 × 1015 átomos L–1 ................................... 7 pontos
Var 2

9 / 12
Prova-modelo 1 — Química

2. (C) Kb(NO–3) < Kb(NO–2) ...................................................................................................................... 10 pontos

3. 2s2 2p1x 2py1 2p1z ................................................................................................................................... 10 pontos

GRUPO III

1. Elementos de resposta .................................................................................................................... 30 pontos


A) No instante inicial, [N2O4] = 1,0 mol dm–3 e [NO2] = 0,0 mol dm–3 e no instante de
tempo t2, [N2O4] = 0,75 mol dm–3 e [NO2] = 0,5 mol dm–3 (Nota 1 e Nota 2)
B) Pela estequiometria da reação verifica-se que por cada mole de N2O4 que se decom-
põe formam-se duas moles de NO2 (1 N2O4 : 2 NO2) OU a quantidade de matéria de
NO2 que se forma é dupla da quantidade de matéria de N2O4 que se decompõe (Nota 3)
C) Até ao instante de tempo t2, reagiram 1,0 – 0,75 = 0,25 mol por litro de N2O4 e
formaram-se (simultaneamente) 0,5 mol por litro de NO2, ou seja, a quantidade de
matéria de NO2 que se formou é dupla da quantidade de matéria de N2O4 que reagiu,
conforme o previsto pela estequiometria da reação (Nota 4)

Níveis Elementos de resposta Pontuação

Três elementos de resposta com organização coerente dos conteúdos


5 30
e linguagem científica adequada.

Três elementos de resposta com falhas na organização dos conteúdos


4 20
e/ou na utilização da linguagem científica adequada.

3 Dois elementos de resposta, A) e B), sem falhas. 10

2 Dois dos elementos de resposta, A) e B), com falhas. 6

1 Um elemento de resposta, A) ou B), sem falhas. 3

Nota 1: A não explicitação de informações gráficas que sustentam a explicação implica a atribuição de zero
pontos.
Nota 2: Penalização por leitura incorreta da escala: 10 pontos.
Nota 3: A não explicitação da relação estequiométrica implica a perda de B) e de C).
Nota 4: Tópico válido apenas na sequência de A) e B).

2. (A) superior à energia envolvida na rutura de ligações nos produtos da reação, NO2, e a reação
direta é endotérmica. ................................................................................................................. 10 pontos

3.1 (C) superior ao quociente da reação no instante t1 e é favorecida


a reação exotérmica. ................................................................................................................ 10 pontos

3.2 Igual. ................................................................................................................................................. 10 pontos

GRUPO IV

1. 2 AgCS (s) → 2 Ag (s) + CS2 (g) ..................................................................................................... 10 pontos

2. Para servir de amostra de controlo, necessária à comparação dos resultados


obtidos por exposição à luz. ............................................................................................................ 10 pontos

10 / 12
Prova-modelo 1 — Química

3. (C) cloro, traduzida pela equação química 2 CS– → CS2 + 2 e–. ............................................... 10 pontos

4.1 ............................................................................................................................................................. 20 pontos

Etapas de resolução:
A) Relação entre s e Ks: s = 冑 K4
3 s
........................................................................ 7 pontos
B) Cálculo de s: = 1,442 × 10–2 mol/L ................................................................ 5 pontos
C) Cálculo de [Ag+]: (igual a 2 s) 2,88 × 10–2 mol/L ........................................ 8 pontos

4.2 ............................................................................................................................................................. 20 pontos

Elementos de resposta:
A) A solubilidade em água é superior à solubilidade do sal numa
solução aquosa de cloreto de prata (Nota 5)
B) Fator: efeito do ião comum Ag+

Nota 5: A indicação de inferior, em vez de superior, invalida A) e B).

11 / 12
Prova-modelo 1 — Química

12 / 12 Para o aluno, esta prova fará parte integrante


do Caderno de Exercícios e Problemas Novo 11 Q, 11.o Ano.