Você está na página 1de 1

ESTUDOS PARA GRUPOS FAMILIARES – IPB BETEL

UMA NOVA HUMANIDADE - TEXTO BÍBLICO BASE: Efésios 2.11-22


INTRODUÇÃO
Hostilidade entre seres humanos não é uma invenção dos últimos séculos. Já
tem se alastrado desde a queda da humanidade, quando escolhemos ser hostis a
Deus. A alienação entre indivíduos, nações, raças, e mesmo a hostilidade entre
cristãos não nos é desconhecida. A Bíblia fala de alienação humana – alienação de
Deus nosso Criador e alienação um do outro. Nada é mais cruel do que esse colapso
nos relacionamentos humanos.
Compartilhando:
a) Você pode citar algum exemplo de hostilidade entre grupos?
DESENVOLVIMENTO DO ESTUDO
O apóstolo Paulo está tratando da hostilidade que havia entre judeus e gentios.
Os judeus tinham um imenso desprezo pelos gentios. Os judeus diziam que os
gentios foram criados por Deus como combustível para o fogo do inferno. Diziam que
Deus amava somente a Israel, de todas as nações que Ele fez.
Compartilhando: Quem são os gentios e qual situação espiritual deles sem
Cristo? O que Jesus fez por eles? (R. Gentios são todas aquelas pessoas que não
pertenciam ao povo judeu. A situação espiritual deles se encontra nos versos 11 e 12
(incircuncisos, sem Cristo, separados de Israel, estranhos à aliança, sem esperança e
sem Deus) e o que Jesus fez por eles está no verso 13 (aproximados pelo sangue de
Jesus ou seja foram salvos, reconciliados com Deus, passaram a fazer parte da
aliança e das promessas de Deus).
Como Jesus aproximou os Judeus e os gentios? (Resposta nos versos 14-18:
pela cruz Jesus destruiu a parede de separação, a inimizade que existia entre judeus
e gentios e reconciliou ambos em um só corpo com Deus)
O status dos gentios mudou dramaticamente. Em vez de refugiados, agora
tinham um lar. Leia Efésios 2.19-22. Qual o resultado final de Cristo ter destruído a
parede de hostilidade? (R. Judeus e gentios passaram a fazer parte da mesma
família: a família de Deus)
Aplicando à vida:
Seria difícil exagerar a grandiosidade desta visão da nova sociedade que Deus
fez existir. Mas, quando nos voltamos do ideal retratado na Escritura às realidades
concretas vivenciadas na igreja de hoje, a história é muito diferente e muito trágica.
Mesmo na igreja muitas vezes há alienação, desunião e discórdia. Hoje, os cristãos
levantam novas barreiras em lugar das velhas que Cristo demoliu; ora o racismo; ora
as animosidades pessoais engendradas por arrogância, preconceito, inveja e espírito
rancoroso; ora um sistema divisório de castas ou classes; ora uma separação entre
pastores e leigos como se fossem espécies distintas de seres humanos, etc.
Oração:
Louve a Deus por levá-lo para tão perto dele e de outros crentes quando você,
em certo tempo, esteve tão distante. Peça que ele trabalhe em você a graça dele para
que você viva a verdade de já ter sido derrubado o muro divisório da hostilidade entre
todos os cristãos.
Estudo retirado do livro: Estudos Bíblicos John Stott

Interesses relacionados