Você está na página 1de 34

Universidade Federal de Rio Grande do Norte

Centro de Tecnologia
Departamento de Engenharia Elétrica

Circuitos trifásicos desequilibrados


Sistema assimétrico e desequilibrado

• Gerador gera tensões assimétricas;

• Impedâncias da carga são diferentes.


Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
• São conhecidos:
a. Tensões de fase no gerador;
b. Impedâncias por fase na carga.
• Deseja-se obter:
a. Correntes nas três fases;
b. Tensões de linha e fase na carga.
Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
• Explicitando as correntes, tem-se:
Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
• Sabendo que IA + IB + IC = 0, obtém-se uma
expressão para VNN’:
Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
• Correntes nas três fases:
Carga em estrela sem fio de retorno
(neutro)
• Tensões de fase na carga

• Tensões de linha na carga


Carga em estrela com fio neutro de
impedância nula
• São conhecidos:
a. Tensões de fase no gerador;
b. Impedâncias da carga e da linha.
• Deseja-se obter:
a. Correntes nas três fases e no neutro;
b. Tensões de linha e fase na carga.
Carga em estrela com fio neutro de
impedância nula
Carga em estrela com fio neutro de
impedância nula
• Explicitando as correntes de fase:

• Corrente no neutro:
Carga em estrela com fio neutro de
impedância nula
• Tensões de fase na carga

• Tensões de linha na carga


Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
• São conhecidos:
a. Tensões de fase no gerador;
b. Impedâncias da carga e da linha.
• Deseja-se obter:
a. Correntes nas três fases e no neutro;
b. Tensões de linha e fase na carga.
Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
• Explicitando as correntes de linha, tem-se:
Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
• Sabendo que IN = IA + IB + IC, realizam-se as
devidas substituições.
Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
• Conhecida IN, calculam-se as demais
grandezas desconhecidas.
1. Correntes nas três fases

2. Tensão entre os neutros.


Carga em estrela com fio neutro de
impedância não nula
3. Tensões de fase na carga

4. Tensões de linha na carga:


Conversão Δ para Y
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
• Solução
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
• Um sistema trifásico simétrico, sem impedância
de linha, com tensão entre fases 220 V,
frequência 60 Hz, sequência de fases ABC,
alimenta uma carga trifásica em Y com as
seguintes impedâncias: 𝑍𝐴′ 𝑁′ = 10 Ω , 𝑍𝐵′ 𝑁′ =
2 + 𝑗10 Ω e 𝑍𝐶 ′𝑁′ = −𝑗10. Considere que nesse
sistema não há fio Neutro e determine:
a) Correntes de linha e de fase;
b) Tensões de fase na carga;
c) Tensões de linha na carga.
Cargas trifásicas desequilibradas -
exemplos
• Considere um sistema Y – Y com 4 fios, no
qual: 𝑍𝐿 = 𝑍𝑁 = 0,5 + 𝑗2 Ω , 𝑍𝐴′𝑁′ = 20Ω ,
𝑍𝐵′ 𝑁′ = 𝑗10Ω e 𝑍𝐶′ 𝑁′ = −𝑗10Ω, tensão de
linha na fonte 380 V, sequência de fases ABC.
Considere referência a tensão VAN e
determine:
a) Tensões de fase e linha na carga;
b) Tensão entre os fios neutro;
c) Correntes na carga e no neutro.
Sistema trifásico Y a 3 fios –
rompimento de uma das fases
Sistema trifásico Y a 3 fios –
rompimento de uma das fases
• Qual a corrente elétrica no sistema?
𝐼𝐴 = −𝐼𝐵
𝐼𝐶 = 0

• Desenvolvendo, obtém-se a seguinte


expressão para a corrente:
𝑉𝐴𝑁 − 𝑉𝐵𝑁 𝑉𝐴𝐵
𝐼𝐴 = ⇒
𝑍𝐴 + 𝑍𝐵 𝑍𝐴 + 𝑍𝐵
Sistema trifásico Y a 3 fios –
rompimento de uma das fases
• Tensões de fase na carga:
𝑉𝐴′ 𝑁 ′ = 𝑍𝐴 ∗ 𝐼𝐴
𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′ = −𝑍𝐵 ∗ 𝐼𝐴
𝑉𝐶 ′ 𝑁 ′ = 0

• Tensões de linha na carga


𝑉𝐴′ 𝐵 ′ = 𝑉𝐴′ 𝑁 ′ − 𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′
𝑉𝐵 ′ 𝐶 ′ = 𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′
𝑉𝐶 ′ 𝐴′ = −𝑉𝐴′ 𝑁 ′
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de uma das fases
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de uma das fases

• Qual a corrente elétrica no sistema?

𝑉𝐴𝑁
𝐼𝐴 =
𝑍𝐴 + 𝑍𝐿
𝑉𝐵𝑁
𝐼𝐵 =
𝑍𝐵 + 𝑍𝐿
𝐼𝐶 = 0
𝐼𝑁 = 𝐼𝐴 + 𝐼𝐵
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de uma das fases

• Tensões de fase na carga:


𝑉𝐴′ 𝑁 ′ = 𝑍𝐴 ∗ 𝐼𝐴
𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′ = 𝑍𝐵 ∗ 𝐼𝐵
𝑉𝐶 ′ 𝑁 ′ = 0

• Tensões de linha na carga


𝑉𝐴′ 𝐵 ′ = 𝑉𝐴′ 𝑁 ′ − 𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′
𝑉𝐵 ′ 𝐶 ′ = 𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′
𝑉𝐶 ′ 𝐴′ = −𝑉𝐴′ 𝑁 ′
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de duas fases
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de duas fases
• Qual a corrente elétrica no sistema?

𝑉𝐴𝑁
𝐼𝐴 =
𝑍𝐴 + 𝑍𝐿
𝐼𝐵 = 0
𝐼𝐶 = 0
𝐼𝑁 = 𝐼𝐴
Sistema trifásico Y a 4 fios com fio neutro de
impedância nula – rompimento de duas fases
• Tensões de fase na carga:
𝑉𝐴′ 𝑁 ′ = 𝑍𝐴 ∗ 𝐼𝐴
𝑉𝐵 ′ 𝑁 ′ = 0
𝑉𝐶 ′ 𝑁 ′ = 0

• Tensões de linha na carga


𝑉𝐴′ 𝐵 ′ = 𝑉𝐴′ 𝑁 ′
𝑉𝐵 ′ 𝐶 ′ = 0
𝑉𝐶 ′ 𝐴′ = −𝑉𝐴′ 𝑁 ′