Você está na página 1de 161

Manual de Operação da

modernização do CCAM - Terminal


de Assinantes

C.G.000.091.D.TV.635.AT.G21.MO.002.02

ATECH SA.535.13.00002/C

OSTENSIVO

www.atech.com.br
OSTENSIVO

Título

Manual de Operação da modernização do CCAM


- Terminal de Assinantes

Código Atech Código do cliente

ATECH SA.535.13.00002/C C.G.000.091.D.TV.635.AT.G21.MO.002.02

Elaborado Verificado Liberado para emissão externa

Erich de Araujo Furlan Alfredo Roberto Junior


Sérgio Lampert Filho

Mariana Panzarini
Marques Corino Conti Neto

Observações
Alteração do código ATECH para ATECH SA.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página i/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

REGISTRO DE REVISÕES
REVISÃO DATA RESPONSÁVEIS SEÇÕES ATINGIDAS / DESCRIÇÃO
A 28/10/2008 Elaborado Emissão inicial
Kléusner Ricardo Roque
Verificado
Sergio Reis Matos
Liberado para emissão externa
Jocirene N. das Chagas
B 23/3/2011 Elaborado Correções e alterações necessárias
Erich de Araujo Furlan realizadas em:
Verificado
- Item 3;
Alfredo Roberto Junior
Liberado para emissão externa - Item 9;
Vinicius Augusto Meng - Item 9.2.1 e
- Itens 9.5.1 a 9.5.16.
C 07/05/2012 Elaborado Atualização para Emenda 1.
Erich de Araujo Furlan
Mariana Panzarini Marques
Verificado
Emissão em versão definitiva,
Alfredo Roberto Junior conforme Carta nº 333/DO, de
Corino Conti Neto 03/08/2012.
Liberado para emissão externa
Sérgio Lampert Filho

Arquivos eletrônicos
utilizados para a
ATECH_SA_535_13_00002_MOP_AMHS_Term_Assinantes
composição da revisão
atual deste documento

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página ii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

SUMÁRIO

LISTA DE FIGURAS .............................................................................................................................. VII

LISTA DE TABELAS ............................................................................................................................ XIII

1 INTRODUÇÃO.............................................................................................................................. 1-1

1.1 Identificação.............................................................................................................................. 1-1

1.2 Visão Geral do Sistema ............................................................................................................ 1-2


1.2.1 Introdução ......................................................................................................................... 1-2
1.2.2 Diagrama de Contexto ...................................................................................................... 1-3

1.3 Visão Geral do Documento ...................................................................................................... 1-4

2 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA ............................................................................................. 2-1

3 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS ............................... 3-1

4 CONFIGURAÇÃO DO PROGRAMA DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS ........................ 4-1

4.1 Acesso inicial ao Sistema ......................................................................................................... 4-1

4.2 Parâmetros para configuração de conexão do Terminal ......................................................... 4-3

4.3 Configuração da conexão do Terminal de Assinantes AMHS ................................................. 4-1


4.3.1 Configuração da conexão com o DSA ............................................................................. 4-2
4.3.2 Configurando os parâmetros para acesso ao DSA .......................................................... 4-2
4.3.3 Testando a Conexão com o DSA ..................................................................................... 4-3
4.3.4 Atualizando Catálogo Local de Destinatários ................................................................... 4-3
4.3.5 Configuração para conexão com o MTA/MS ................................................................... 4-4
4.3.6 Configurando os parâmetros para acessar o MS/MTA .................................................... 4-4
4.3.7 Testando a Conexão com o MTA/MS .............................................................................. 4-5
4.3.8 Tela Principal após configuração do acesso ao DSA e do MTA/MS ............................... 4-7

4.4 Configuração de preferências – Outras Opções ...................................................................... 4-8


4.4.1 Forma de impressão ......................................................................................................... 4-9
4.4.2 Comprovação de endereços de destinatários .................................................................. 4-9
4.4.3 Valores padrões para mensagens.................................................................................. 4-10
4.4.4 Tamanho de mensagem ................................................................................................. 4-11
4.4.5 Limpeza do registro de eventos ..................................................................................... 4-11
4.4.6 Nome da impressora principal ........................................................................................ 4-11
4.4.7 Emenda1 Documento-4444 ............................................................................................ 4-12
4.4.8 Endereço de supervisão ................................................................................................. 4-12
4.4.9 Informações para assinatura digital................................................................................ 4-13

4.5 Configuração de tarefas periódicas ........................................................................................ 4-14


4.5.1 Monitoração da conexão ................................................................................................ 4-15
4.5.2 Transmissão e recepção ................................................................................................ 4-15
4.5.3 Manutenção .................................................................................................................... 4-15

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página iii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.5.4 Configuração de notificações de atraso/cancelamento ................................................. 4-16

4.6 Configuração de alarmes ....................................................................................................... 4-17

5 OPERADOR X USUÁRIO ............................................................................................................ 5-1

6 CATÁLOGO DE USUÁRIOS ........................................................................................................ 6-1

6.1 Configuração de múltiplos usuários – Catálogo Pessoal de Originadores .............................. 6-1


6.1.1 Adicionando Usuário no Catálogo Pessoal de Originadores ........................................... 6-2
6.1.2 Excluindo Usuário no Catálogo Pessoal de Originadores ............................................... 6-5

6.2 Configuração do Catálogo Pessoal de Destinatários ............................................................... 6-6

6.3 Configuração do Catálogo Local de Destinatários ................................................................... 6-7

7 TABELAS AUXILIARES ............................................................................................................... 7-1


7.1.1 Localidade ........................................................................................................................ 7-2
7.1.2 Indicador geográfico ......................................................................................................... 7-3
7.1.3 Identificação de aeronave ................................................................................................ 7-4
7.1.4 Formulários ....................................................................................................................... 7-5

7.2 Gerenciamento de Operadores ................................................................................................ 7-6

8 ESTADOS OPERACIONAIS ........................................................................................................ 8-1

9 FORMULÁRIOS DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS ........................................................ 9-1

9.1 Descrição das telas de formulários .......................................................................................... 9-4


9.1.1 Originador, destinatário e assuntos da mensagem. ......................................................... 9-5
9.1.2 Controle da mensagem .................................................................................................... 9-8

9.2 Mensagens AMHS .................................................................................................................... 9-9


9.2.1 Mensagem IPM................................................................................................................. 9-9
9.2.2 Mensagem de Sonda ..................................................................................................... 9-10

9.3 Mensagens ATS ..................................................................................................................... 9-10


9.3.1 ACP ................................................................................................................................ 9-10
9.3.2 ALR ................................................................................................................................. 9-11
9.3.3 ARR ................................................................................................................................ 9-13
9.3.4 CDN ................................................................................................................................ 9-14
9.3.5 CHG ................................................................................................................................ 9-15
9.3.5.1 CAMPO 18 – OUTROS DADOS DA MENSAGEM CHG ........................................... 9-17
9.3.5.2 CAMPO 22 – EMENDA .............................................................................................. 9-18
9.3.6 CNL ................................................................................................................................. 9-19
9.3.7 CPL ................................................................................................................................. 9-21
9.3.8 DEP ................................................................................................................................ 9-23
9.3.9 DLA ................................................................................................................................. 9-25
9.3.10 EST ................................................................................................................................. 9-27
9.3.11 FPL ................................................................................................................................. 9-28
9.3.12 Campo 10-EQUIPAMENTO ........................................................................................... 9-30
9.3.13 Campo 18-OUTROS DADOS......................................................................................... 9-32
9.3.14 LAM ................................................................................................................................ 9-33

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página iv/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.15 RCF ................................................................................................................................ 9-33


9.3.16 RQP ................................................................................................................................ 9-34
9.3.17 RQS ................................................................................................................................ 9-36
9.3.18 SPL ................................................................................................................................. 9-38
9.3.19 VOCOM .......................................................................................................................... 9-40
9.3.20 FPL SIMPLIFICADO ....................................................................................................... 9-41

9.4 Mensagens AIS ...................................................................................................................... 9-43


9.4.1 NOTAM ........................................................................................................................... 9-43
9.4.2 SNOWTAM ..................................................................................................................... 9-43
9.4.3 ASHTAM ......................................................................................................................... 9-44
9.4.4 PRENOTAM ................................................................................................................... 9-44
9.4.5 CONFAC ......................................................................................................................... 9-45
9.4.6 BLOCO CONFAC ........................................................................................................... 9-45

9.5 Mensagens MET .................................................................................................................... 9-46


9.5.1 METAR ........................................................................................................................... 9-46
9.5.2 SPECI ............................................................................................................................. 9-46
9.5.3 TAF ................................................................................................................................. 9-47
9.5.4 AVISO DE AERÓDROMO .............................................................................................. 9-47
9.5.5 CORTANTE DE VENTO ................................................................................................ 9-48
9.5.6 GAMET ........................................................................................................................... 9-48
9.5.7 SIGMET .......................................................................................................................... 9-49
9.5.8 AIRMET .......................................................................................................................... 9-49
9.5.9 AIREP ............................................................................................................................. 9-50
9.5.10 SYNOP ........................................................................................................................... 9-50
9.5.11 TEMP .............................................................................................................................. 9-51
9.5.12 PILOT ............................................................................................................................. 9-51
9.5.13 AREA FCST.................................................................................................................... 9-52
9.5.14 WINTEM ......................................................................................................................... 9-52
9.5.15 CLIMAT ........................................................................................................................... 9-53
9.5.16 CLIMAT TEMP................................................................................................................ 9-53
9.5.17 SOLICITAÇÃO DE OPMET ............................................................................................ 9-54

10 GERENCIAMENTO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS ............................................. 10-1

10.1 Arquivo Morto ......................................................................................................................... 10-1


10.1.1 Criar Arquivo Morto......................................................................................................... 10-1
10.1.2 Excluir Arquivo Morto ..................................................................................................... 10-3
10.1.3 Abrir Arquivo Morto ......................................................................................................... 10-5
10.1.4 Fechar Arquivo Morto ..................................................................................................... 10-8
10.1.5 Copiar Arquivo Morto ...................................................................................................... 10-9

10.2 Cópia de Segurança ............................................................................................................. 10-14


10.2.1 Criar Cópia de Segurança ............................................................................................ 10-14
10.2.2 Restaurar Cópia de Segurança .................................................................................... 10-16

10.3 Recuperação de Mensagens................................................................................................ 10-17

10.4 Consulta de Mensagens ....................................................................................................... 10-18

10.5 Estatística ............................................................................................................................. 10-19

10.6 Atualização do Programa ..................................................................................................... 10-20

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página v/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

11 NOTAS ................................................................................................................................... 11-1

11.1 Abreviaturas............................................................................................................................ 11-1

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página vi/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

LISTA DE FIGURAS
FIGURA 1-1 – DIAGRAMA DE CONTEXTO DO TERMINAL DE ASSINANTES 1-3
FIGURA 3-1 – ÍCONE DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS 3-1
FIGURA 3-2 – TELA INICIAL DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE
ASSINANTES AMHS 3-2
FIGURA 3-3 – OPÇÃO PARA CRIAÇÃO DE ÍCONE NA ÁREA DE TRABALHO DO
PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS 3-3
FIGURA 3-4 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE
INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS 3-4
FIGURA 3-5 – TELA DE EXECUÇÃO DA INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO
DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS 3-5
FIGURA 3-6 – TELA PARA INSTALAÇÃO DA API DA ISODE 3-6
FIGURA 3-7 – TELA DE LICENCIAMENTO DAS API DA ISODE 3-7
FIGURA 3-8 – TELA PARA SELEÇÃO DO TIPO DE INSTALAÇÃO DAS APIS DA ISODE 3-8
FIGURA 3-9 – TELA PARA ATIVAÇÃO DA INSTALAÇÃO DAS APIS DA ISODE 3-9
FIGURA 3-10 – TELA INDICANDO FINALIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO DAS APIS DA ISODE 3-10
FIGURA 3-11 – TELA INICIAL DE INSTALAÇÃO DO NETTIME 3-10
FIGURA 3-12 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO NETTIME 3-11
FIGURA 3-13 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DA PASTA DA INSTALAÇÃO DO NETTIME 3-12
FIGURA 3-14 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DO GRUPO DE APLICATIVOS NO MENU INICIAR 3-13
FIGURA 3-15 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO NETTIME 3-14
FIGURA 3-16 – TELA PARA INSTALAÇÃO DO NETTIME COMO SERVIÇO DO WINDOWS 3-15
FIGURA 3-17 – TELA PARA INICIAR CONFIGURAÇÃO DO NETTIME 3-15
FIGURA 3-18 – TELA PARA INICIAR CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR DE HORÁRIO DO
NETTIME 3-16
FIGURA 3-19 – TELA FINAL DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR DE HORÁRIO DO NETTIME 3-17
FIGURA 3-20 – TELA INICIAL PARA SELEÇÃO DE LINGUAGEM DO PROGRAMA DE
INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-18
FIGURA 3-21 – TELA DE PREPARAÇÃO DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE
INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-18
FIGURA 3-22 – TELA DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO
BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-19
FIGURA 3-23 – TELA COM INFORMAÇÕES DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE
INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-20
FIGURA 3-24 – TELA COM OPÇÕES DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE
INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-21
FIGURA 3-25 – TELA COM OPÇÕES PARA CONFIGURAÇÃO DO SERVIÇO DO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página vii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-22


FIGURA 3-26 – TELA DE SOLICITAÇÃO DE CRIAÇÃO DA CONTA DO SERVIÇO DO
PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-23
FIGURA 3-27 – TELA DE SOLICITAÇÃO DE AJUSTE DA SENHA DA CONTA DO
SERVIÇO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-23
FIGURA 3-28 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DE AGRUPAMENTO DO BANCO DE DADOS 3-24
FIGURA 3-29 – TELA PARA ATIVAR INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-25
FIGURA 3-30 – TELA EXECUÇÃO DA INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO
BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-26
FIGURA 3-31 – TELA DE INSTALAÇÂO DO STACK-BUILDER DO BANCO DE
DADOS POSTGRESQL 3-26
FIGURA 3-32 – TELA DE CONFIRMAÇÃO DA NÃO INSTALAÇÂO DO STACK-BUILDER DO
BANCO DE DADOS POSTGRESQL 3-27
FIGURA 3-33 – TELA DE FINALIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES
AMHS 3-27
FIGURA 3-34 – TELA INICIAL DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS 3-28
FIGURA 4-1 – TELA PARA AUTENTICAÇÃO DE OPERADORES DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-1
FIGURA 4-2 – TELA PARA TROCA DE SENHA DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-2
FIGURA 4-3 – TELA PRINCIPAL DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-2
FIGURA 4-4 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-1
FIGURA 4-5 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-3
FIGURA 4-6 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DE ACESSO AO DSA 4-3
FIGURA 4-7 – MENSAGEM DE FALHA DE ACESSO AO DSA 4-3
FIGURA 4-8 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DA ATUALIZAÇÃO DO CATÁLOGO
LOCAL DE ENDEREÇOS 4-4
FIGURA 4-9 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES 4-5
FIGURA 4-10 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DE CONEXÃO COM O MTA/MS 4-6
FIGURA 4-11 – MENSAGEM DE FALHA DE CONEXÃO COM O MTA/MS 4-6
FIGURA 4-12 – TELA PRINCIPAL DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS APÓS
CONFIGURAÇÃO 4-7
FIGURA 4-13 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – OUTRAS OPÇÕES 4-8
FIGURA 4-14 – CAMPO DE CONFIGURAÇÃO: EMENDA 1 DOCUMENTO-4444 4-12
FIGURA 4-15 – FORMULÁRIO DE MENSAGEM CONFIGURADO PARA SOMENTE
FORMATO EMENDA1/DOC4444 4-12
FIGURA 4-16 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – TAREFAS PERIÓDICAS 4-15
FIGURA 4-17 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – ALERTAS 4-17
FIGURA 6-1 – BOTÃO PARA ACESSO RÁPIDO AO CATÁLOGO 6-1

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página viii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 6-2 – TELA PARA CADASTRO PESSOAL DE ORIGINADORES 6-2


FIGURA 6-3 – EXEMPLO DE ENTRADA DE USUÁRIO ORIGINADOR NO CADASTRO 6-2
FIGURA 6-4 – TELA PARA ENTRADA DE ENDEREÇOS CAAS 6-3
FIGURA 6-5 – TELA INDICANDO FALHA DO ENDEREÇO DO ORIGINADOR 6-3
FIGURA 6-6 – TELA INDICANDO FALHA DO ENDEREÇO DO ORIGINADOR 6-4
FIGURA 6-7 – TELA INDICANDO INCLUSÃO DE NOVO ENDEREÇO DE ORIGINADOR 6-4
FIGURA 6-8 – ESTRUTURA DE PASTAS INDICANDO INCLUSÃO DE NOVO ENDEREÇO
DE ORIGINADOR 6-5
FIGURA 6-9 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DE EXCLUSÃO DE USUÁRIO ORIGINADOR 6-5
FIGURA 6-10 – TELA DO CATÁLOGO PESSOAL DE DESTINATÁRIOS 6-6
FIGURA 6-11 – TELA DO CATÁLOGO LOCAL DE DESTINATÁRIOS 6-7
FIGURA 7-1 – OPÇÕES NAS TELAS DE CADASTRO 7-1
FIGURA 7-2 – CADASTRO DE LOCALIDADES 7-2
FIGURA 7-3 – CADASTRO DE IDENTIFICADORES GEOGRÁFICOS 7-3
FIGURA 7-4 – CADASTRO DE AERONAVES 7-4
FIGURA 7-5 – CADASTRO DE CONFIGURAÇÃO DE FORMULÁRIOS 7-5
FIGURA 7-6 – CADASTRO DE OPERADORES 7-6
FIGURA 9-1 – FORMULÁRIO 9-4
FIGURA 9-2 – TELA DE ENTRADA DE ORIGINADOR E DESTINATÁRIO 9-5
FIGURA 9-3 – BUSCA RÁPIDA DE ORIGINADORES 9-5
FIGURA 9-4 – BUSCA RAPIDA DE DESTINATARIOS 9-6
FIGURA 9-5 – SELEÇÃO DE DESTINATÁRIOS 9-7
FIGURA 9-6 – OPÇÕES DE CONTROLE DE TRANSMISSÃO 9-8
FIGURA 9-7 – FORMULÁRIO IPM 9-9
FIGURA 9-8 – FORMULÁRIO IPM: IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO 9-9
FIGURA 9-9 – MENSAGEM DE SONDA 9-10
FIGURA 9-10 – FORMULÁRIO ACP 9-10
FIGURA 9-11 – FORMULÁRIO ALR FORMATO ATUAL 9-11
FIGURA 9-12 – FORMULÁRIO ALR FORMATO EMENDA 1-DOC4444 9-12
FIGURA 9-13 – FORMULÁRIO ARR ATUAL 9-13
FIGURA 9-14 – FORMULÁRIO ARR FORMATO EMENDA1-DOC4444 9-13
FIGURA 9-15 – FORMULÁRIO CDN 9-14
FIGURA 9-16 – FORMULÁRIO CHG 9-15
FIGURA 9-17 – FORMULÁRIO CHG EMENDA1-DOC4444 9-16
FIGURA 9-18 – CAMPO 18-OUTROS DADOS DAMENSAGEM CHG FORMATO
EMENDA1-DOC4444 9-17
FIGURA 9-19 – TELA DO CAMPO 22-EMENDA 9-18

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página ix/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 9-20 – FORMULÁRIO CNL FORMATO ATUAL 9-19


FIGURA 9-21 – FORMULÁRIO CNL FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-20
FIGURA 9-22 – FORMULÁRIO CPL FORMATO ATUAL 9-21
FIGURA 9-23 – FORMULÁRIO CPL FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-22
FIGURA 9-24 – FORMULÁRIO DEP FORMATO ATUAL 9-23
FIGURA 9-25 – FORMULÁRIO FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-24
FIGURA 9-26 – FORMULÁRIO DLA FORMATO ATUAL 9-25
FIGURA 9-27 – FORMULÁRIO DLA FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-26
FIGURA 9-28 – FORMULÁRIO EST 9-27
FIGURA 9-29 – FORMULÁRIO FPL FORMATO ATUAL 9-28
FIGURA 9-30 – FORMULÁRIO FPL FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-29
FIGURA 9-31 – TELA DO CAMPO 10-EQUIPAMENTO 9-30
FIGURA 9-32 – TELA DO CAMPO 10-EQUIPAMENTO (VIGILÂNCIA) 9-31
FIGURA 9-33 – FORMULÁRIO DE PREENCHIMENTO DO CAMPO 18-OUTROS DADOS 9-32
FIGURA 9-34 – FORMULÁRIO LAM 9-33
FIGURA 9-35 – FORMULÁRIO RCF 9-33
FIGURA 9-36 – FORMULÁRIO RQP FORMATO ATUAL 9-34
FIGURA 9-37 – FORMULÁRIO RQP FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-35
FIGURA 9-38 – FORMULÁRIO RQS FORMATO ATUAL 9-36
FIGURA 9-39 – FORMULÁRIO RQS FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-37
FIGURA 9-40 – FORMULÁRIO SPL FORMATO ATUAL 9-38
FIGURA 9-41 – FORMULÁRIO SPL FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-39
FIGURA 9-42 – FORMULÁRIO VOCOM 9-40
FIGURA 9-43 – FORMULÁRIO FPL SIMPLIFICADO FORMATO ATUAL 9-41
FIGURA 9-44 – FORMULÁRIO NTV FORMATO EMENDA1/DOC4444 9-42
FIGURA 9-45 – FORMULÁRIO NOTAM 9-43
FIGURA 9-46 – FORMULÁRIO SNOWTAM 9-43
FIGURA 9-47 – FORMULÁRIO ASHTAM 9-44
FIGURA 9-48 – FORMULÁRIO PRENOTAM 9-44
FIGURA 9-49 – FORMULÁRIO CONFAC 9-45
FIGURA 9-50 – FORMULÁRIO BLOCO CONFAC 9-45
FIGURA 9-51 – FORMULÁRIO METAR 9-46
FIGURA 9-52 – FORMULÁRIO SPECI 9-46
FIGURA 9-53 – FORMULÁRIO TAF 9-47
FIGURA 9-54 – FORMULÁRIO AVISO DE AERÓDROMO 9-47
FIGURA 9-55 – FORMULÁRIO CORTANTE DE VENTO 9-48
FIGURA 9-56 – FORMULÁRIO GAMET 9-48

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página x/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 9-57 – FORMULÁRIO SIGMET 9-49


FIGURA 9-58 – FORMULÁRIO AIRMET 9-49
FIGURA 9-59 – FORMULÁRIO AIREP 9-50
FIGURA 9-60 – FORMULÁRIO SYNOP 9-50
FIGURA 9-61 – FORMULÁRIO TEMP 9-51
FIGURA 9-62 – FORMULÁRIO PILOT 9-51
FIGURA 9-63 – FORMULÁRIO AREA FCST 9-52
FIGURA 9-64 – FORMULÁRIO WINTEM 9-52
FIGURA 9-65 – FORMULÁRIO CLIMAT 9-53
FIGURA 9-66 – FORMULÁRIO CLIMAT TEMP 9-53
FIGURA 9-67 – FORMULÁRIO OPMET 9-54
FIGURA 10-1 – TELA DE CRIAÇÃO DE ARQUIVO MORTO 10-2
FIGURA 10-2 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO 10-2
FIGURA 10-3 – TELA DE CONFIRMAÇÃO DE GERAÇÃO DO ARQUIVO MORTO 10-3
FIGURA 10-4 – TELA INICIAL PARA EXCLUSÃO DE ARQUIVO MORTO 10-3
FIGURA 10-5 – APRESENTAÇÃO DAS INFORMAÇOES DO ARQUIVO MORTO 10-4
FIGURA 10-6 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO 10-4
FIGURA 10-7 – TELA INICIAL DE ABERTURA DO ARQUIVO MORTO 10-5
FIGURA 10-8 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO 10-6
FIGURA 10-9 – INCLUSÃO DE PASTA COM ARQUIVO MORTO 10-7
FIGURA 10-10 – TELA APÓS FECHAR ARQUIVO MORTO 10-8
FIGURA 10-11 – TELA INICIAL DE CÓPIA DE ARQUIVO MORTO 10-9
FIGURA 10-12 – TELA PARA SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO A COPIAR 10-10
FIGURA 10-13 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DO ARQUIVO MORTO A COPIAR 10-10
FIGURA 10-14 – SELEÇÃO DO DESTINO DA CÓPIA 10-11
FIGURA 10-15 – INDICAÇÃO DE REINSTALAÇÃO DO PENDRIVE 10-11
FIGURA 10-16 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DO PENDRIVE 10-12
FIGURA 10-17 – SELEÇÃO DA PASTA NO PENDRIVE 10-12
FIGURA 10-18 – SOLICITAÇÃO DA CONFIRMAÇÃO DE CÓPIA 10-13
FIGURA 10-19 – INFORMAÇÃO DE CÓPIA COM SUCESSO 10-13
FIGURA 10-20 – TELA INICIAL DE CRIAÇÃO DE CÓPIA DE SEGURANÇA 10-14
FIGURA 10-21 – ENTRADA DO NOME DO ARQUIVO DE SEGURANÇA 10-15
FIGURA 10-22 – ENTRADA DE INFORMAÇÕES DO ARQUIVO DE SEGURANÇA 10-15
FIGURA 10-23 – INDICAÇÃO DE EXITO NA GERAÇÃO DO ARQUIVO DE SEGURANÇA 10-15
FIGURA 10-24 – TELA INICIAL PARA RESTAURAÇÃO DE CÓPIA DE SEGURANÇA 10-16
FIGURA 10-25 – SELEÇÃO DA CÓPIA DE SEGURANÇA A RECUPERAR 10-17
FIGURA 10-26 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DA CÓPIA DE SEGURANÇA 10-17

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página xi/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-27 – TELA DE CONSULTA DE MENSAGENS 10-18


FIGURA 10-28 – CONSULTA SALVA EM DISCO 10-19
FIGURA 10-29 – TELA PARA SELEÇÃO DE MENSAGENS PARA ESTATISTICA 10-19
FIGURA 10-30 – TELA PARA DOWNLOAD DE ATUALIZAÇÃO 10-20
FIGURA 10-31 – INDICAÇÃO DE DOWNLOAD DE VERSAO 10-20
FIGURA 10-32 – TELA DE INDICAÇÃO DE FALHA DE ACESSO AO FTP 10-21

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página xii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

LISTA DE TABELAS
TABELA 4-1 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO 4-3
TABELA 4-2 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO PARA ACESSO AO DSA 4-2
TABELA 4-3 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO PARA ACESSO AO MS/MTA 4-4

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página xiii/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

1 INTRODUÇÃO

1.1 Identificação

Este documento tem como principal objetivo descrever o Terminal de Assinantes AMHS,
permitindo aos operadores conhecer as funcionalidades deste aplicativo de uma forma
rápida e prática.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 1-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

1.2 Visão Geral do Sistema

1.2.1 Introdução

O Sistema de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas (STMA) realizará a modernização


necessária ao sistema CCAM, atualmente instalado em Brasília e em Manaus, como no
AFTN no Brasil. É objetivo desta modernização implementar as recomendações
estabelecidas pela ICAO no Documento 9705-AN/956 – “Manual of Technical Provisions for
the Aeronautical Telecommunication Network (ATN)”, sub-volume III, 3° Edição, para um
serviço AMHS (ATS Message Handling System) estendido.

O atual CCAM foi concebido segundo as especificações do Anexo 10 – Volume II


(Communication Procedures) da ICAO e atende aos requisitos apresentados neste
documento para a implementação de uma rede no padrão AFTN. Na solução apresentada
no documento mencionado, as comunicações entre os diferentes envolvidos se fazem
basicamente por meio de conexões ponto a ponto, do tipo síncrono ou assíncrono, orientada
a caractere.

Com a evolução da rede AFTN, foi concebida uma nova infraestrutura para o
estabelecimento de conexão entre os diferentes agentes envolvidos com as atividades ATS,
com a inclusão de novas tecnologias e meios mais rápidos e eficazes para a comunicação
entre eles. Assim, a rede ATN foi concebida como uma rede de comunicações aberta,
segundo os padrões da ISO (International Organization for Standardization) para o modelo
OSI (Open Systems Interconnection). Essa concepção é apresentada no documento ICAO
9705-AN/956.

O STMA deverá se tornar um componente usuário da infraestrutura da rede ATN,


aproveitando-se dos novos recursos, flexibilidades e capacidade oferecidas. Ele está
definido particularmente dentro da concepção geral da ATN pela sigla AMHS e prevê uma
implementação própria e independente, a qual se inserirá dentro do contexto geral da ATN.

Mais especificamente, o AMHS implementa um “Message Handling System” sobre o


“Internet Communication Services” da rede ATN, conforme o protocolo definido pelas
recomendações 10021 da ISO/IEC (International Organization for Standardization/
International Electrotechnical Commission) e X.400 da CCITT (Consultative Committee of
International Telegraph and Telephone) ou ITU-T (International Telecommunication Union -
Telecommunications Standards). São usados os sub-protocolos P1, P2, P3 e P7, conforme
o caso. Algumas adaptações no protocolo são previstas no documento ICAO 9705-AN/956.
A solução proposta implementa as especificações contidas na versão de 1999 das
recomendações, a qual resulta em um “Extended ATS Message Service”.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 1-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

1.2.2 Diagrama de Contexto

O Terminal de Assinantes é o software que implementa um Agente Usuário AMHS (UA) e


deverá ser utilizado por todos os usuários que se conectarão ao STMA de maneira direta ou
indireta.

Funcionalmente, o relacionamento do Terminal de Assinantes com entidades externas pode


ser observado no diagrama de contexto apresentado na Figura 1-1.

FIGURA 1-1 – DIAGRAMA DE CONTEXTO DO TERMINAL DE ASSINANTES

1.2.3 Entidades Externas ao Terminal de Assinantes

A seguir, são apresentadas as entidades externas do Terminal de Assinantes e as


informações básicas trocadas entre elas:

a) STMA:

Sistema de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas que gerencia e mantém a caixa


de mensagens do Terminal de Assinantes.

b) Operador do Terminal de Assinantes:

Profissional de comunicações que utiliza do Terminal de Assinantes, sendo


responsável pela elaboração, envio e recebimento de mensagens, bem como pela
manutenção local da configuração do Terminal.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 1-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

1.3 Visão Geral do Documento

Este documento está organizado da seguinte forma:

• Introdução: apresenta a descrição do objetivo do documento, bem como a


organização do mesmo.

• Documentos Referenciados: corresponde à descrição dos documentos referenciados


neste documento.

• Princípios Operacionais: descrição dos componentes básicos para a operação do


sistema como: organização da tela, apresentação das pistas, apresentação das
strips, trackball e teclado.

• Sequências Operacionais: descrição dos comandos disponíveis aos operadores.

• Causas de Recusa das Ordens: descrição das mensagens de recusa aos comandos
do operador.

• Abreviaturas: descrição das abreviações utilizadas ao longo do documento.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 1-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

2 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

[SSS] C.G.000.091.D.TV.635.AT.K00.EP.003.01 – Especificação de Requisitos do


Sistema da modernização do CCAM - Terminal de Assinante (SSS) –
ATECH.535.03.00003/B.

[SRS] C.G.000.091.D.TV.637.AT.S15.EP.001.00 – Especificação dos Requisitos do


Software da modernização do CCAM - Terminal de Assinante (SRS) –
ATECH SA.535.06.00001/A.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 2-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

3 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

A instalação do Terminal de Assinantes AMHS é realizada através do aplicativo de


instalação SETUP-TAAMHS.exe, fornecido através de CD ou DVD. Esse aplicativo efetua a
instalação dos seguintes aplicativos:

• APIs de comunicação no protocolo X.4000 da Isode;

• Programas do Terminal de Assinantes AMHS; e

• Banco de Dados PostgreSQL.

A Figura 3-1 apresenta o ícone do aplicativo de instalação SETUP-TAAMHS:

FIGURA 3-1 – ÍCONE DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE


ASSINANTES AMHS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

ETAPAS DE INSTALAÇÃO:

• Primeiramente, ative o programa de instalação SETUP-TAAMHS, clicando sobre o


ícone.

Após a ativação do programa de instalação, será mostrada uma tela de apresentação,


indicada na Figura 3-2, a qual fornece informações sobre a versão do programa que está
sendo instalado.

Nesta tela, é solicitado que o Terminal de Assinantes, que porventura tenha sido instalado
anteriormente, esteja desativado.

FIGURA 3-2 – TELA INICIAL DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE


ASSINANTES AMHS

• Clique em <Avançar> para prosseguir com a instalação do Terminal de Assinantes


AMHS.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A próxima tela apresenta as seguintes opções:

o Criar um ícone na Área de Trabalho – ao selecionar esta opção, será criado


um atalho na Área de Trabalho para ativação do Terminal de Assinantes.
Ative esta opção para facilitar o acesso à execução do Terminal de
Assinantes.

o Criar um ícone na Barra de Inicialização Rápida – ao selecionar esta


opção, será criado um atalho na Barra de Inicialização Rápida para ativação
do Terminal de Assinantes. Não é necessário ativar esta opção.

A Figura 3-3 apresenta esta tela de opções:

FIGURA 3-3 – OPÇÃO PARA CRIAÇÃO DE ÍCONE NA ÁREA DE TRABALHO DO


PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

• Clique em <Avançar> para continuar com a instalação.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Após a seleção das opções da tela apresentada na Figura 3-3, o programa está pronto para
iniciar a instalação dos programas para execução do Terminal de Assinantes AMHS, bem
como das APIs de comunicação da Isode. Assim que esses itens forem instalados, serão
solicitadas opções para instalação do Banco de Dados PostgreSQL.

• Para prosseguir com a instalação, clique em <Instalar>, conforme apresentado na


tela da Figura 3-4.

FIGURA 3-4 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

O programa iniciará a transferência dos arquivos necessários para instalação dos aplicativos
no computador.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Na figura abaixo, pode-se visualizar a realização desse processo.

FIGURA 3-5 – TELA DE EXECUÇÃO DA INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Ao final do processo de transferência de arquivos para instalação dos programas, será


ativada uma tela para instalação das API da Isode, necessárias para comunicação X 400
com o CTMA. Em seguida, clique em <Next>.

A Figura 3-6 apresenta a tela para ativar esta instalação:

FIGURA 3-6 – TELA PARA INSTALAÇÃO DA API DA ISODE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Para continuar com a instalação das APIs da Isode, concorde com os termos de
licenciamento do software marcando a opção “I accept the terms in the License Agreement”
e clique em <Next>, como apresentado na Figura 3-7:

FIGURA 3-7 – TELA DE LICENCIAMENTO DAS API DA ISODE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-7/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Selecione a opção de instalação típica, clicando em <Typical>, conforme a Figura 3-8, e


clique em <Next>:

FIGURA 3-8 – TELA PARA SELEÇÃO DO TIPO DE INSTALAÇÃO DAS APIS DA ISODE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-8/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Finalmente, na tela apresentada, confirme a instalação das APIs clicando em <Install>,


conforme a Figura 3-9:

FIGURA 3-9 – TELA PARA ATIVAÇÃO DA INSTALAÇÃO DAS APIS DA ISODE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-9/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Assim que a instalação das APIs da Isode estiver concluída, será apresentada a tela abaixo.
Clique em <Finish>.

FIGURA 3-10 – TELA INDICANDO FINALIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO DAS APIS DA


ISODE

Ao final da instalação das APIs da Isode, será iniciada a instalação do aplicativo NetTime
que é um cliente para configuração do horário do computador ao qual o TA-AMHS irá
operar. O NetTime sincroniza o relógio do computador com o servidor de horário do CTMA.

Para iniciar a instalação, clique em <Sim> na tela de instalação:

FIGURA 3-11 – TELA INICIAL DE INSTALAÇÃO DO NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-10/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Continue com o procedimento de instalação, clicando em <Next>, conforme a Figura 3-12:

FIGURA 3-12 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-11/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Selecione o diretório onde o NetTime deverá ser instalado, conforme a tela apresentada na
Figura 3-13. De preferência, mantenha a sugestão do local de instalação e clique em
<Next>:

FIGURA 3-13 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DA PASTA DA INSTALAÇÃO DO


NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-12/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

É possível indicar o grupo de programas no menu “Iniciar” onde o NetTime será instalado,
conforme apresentado na Figura 3-14. Mantenha a informação que criará o grupo NetTime e
clique em <Next>:

FIGURA 3-14 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DO GRUPO DE APLICATIVOS NO MENU


INICIAR

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-13/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Finalmente, confirme a instalação do NetTime, clicando em <Install>, conforme apresentado


a seguir:

FIGURA 3-15 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-14/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Ao ser questionado sobre o tipo de instalação, como apresentado na Figura 3-16, instale o
NetTime como serviço do Windows, clicando em <Install Service>:

FIGURA 3-16 – TELA PARA INSTALAÇÃO DO NETTIME COMO SERVIÇO DO


WINDOWS

Configure o NetTime, clicando em <Configure>, como solicitado na tela da Figura 3-17:

FIGURA 3-17 – TELA PARA INICIAR CONFIGURAÇÃO DO NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-15/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Consulte o administrador do CTMA para obter o endereço de rede que está instalado o
servidor de horário do CTMA e preencha a tela, conforme a Figura 3-18. Neste caso, o
servidor foi configurado com o endereço IP “10.228.12.222”:

FIGURA 3-18 – TELA PARA INICIAR CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR DE HORÁRIO DO


NETTIME

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-16/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Ao finalizar, será apresentada a tela da Figura 3-19. Clique em <Finish> para conclusão da
instalação do NetTime.

FIGURA 3-19 – TELA FINAL DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR DE HORÁRIO DO


NETTIME

A seguir, será iniciada a instalação do Banco de Dados PostgreSQL.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-17/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Selecione a linguagem que será utilizada no processo de instalação, conforme apresentado


na Figura 3-20:

FIGURA 3-20 – TELA INICIAL PARA SELEÇÃO DE LINGUAGEM DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Marque a opção “Brazilian Portuguese / Português Brasil” e, logo em seguida, clique em


<Start>.

Durante a preparação da linguagem de instalação do Banco de Dados PostgreSQL, será


apresentada a tela da Figura 3-21.

FIGURA 3-21 – TELA DE PREPARAÇÃO DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-18/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A tela de apresentação da instalação do Banco de Dados PostgreSQL será configurada na


língua selecionada anteriormente.

A figura abaixo mostra a tela de apresentação de instalação do PostgreSQL.

• Clique em <Próximo> para continuar com o processo de instalação do PostgreSQL.

FIGURA 3-22 – TELA DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO


BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-19/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A próxima tela, apresentada na Figura 3-23, mostra informações de instalação do Banco de


Dados PostgreSQL, cuja tela será utilizada como referência para busca de informações se
houver problemas de instalação deste produto no computador.

• Clique em <Próximo> para continuar a instalação.

FIGURA 3-23 – TELA COM INFORMAÇÕES DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-20/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A próxima tela, apresentada na Figura 3-24, permite selecionar opções, aplicativos


adicionais relacionados ao Banco de Dados PostgreSQL e o local onde o programa será
instalado.

• Não altere nenhuma das opções apresentadas e clique em <Próximo> para


continuar com a instalação do programa.

FIGURA 3-24 – TELA COM OPÇÕES DE INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE


INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-21/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O Banco de Dados PostgreSQL deve ser instalado como um serviço do Sistema


Operacional.

A tela apresentada na Figura 3-25 permite configurar esse serviço:

FIGURA 3-25 – TELA COM OPÇÕES PARA CONFIGURAÇÃO DO SERVIÇO DO


PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Procedimentos:

1. Inicialmente, marque a opção “Instalar como serviço”. Esta opção instala o


Banco de Dados como um serviço do Sistema Operacional;

2. Em seguida, mantenha o nome do serviço, ou seja, “PostgreSQL Database


Server 8.3”;

3. Mantenha o nome da Conta para “postgre”. Este é o nome do usuário da conta


que gerenciará o serviço;

4. Mantenha a informação de “Domínio” apresentada na tela, ela será obtida


automaticamente da configuração do computador;

5. Informe uma senha para a conta “postgres”;

6. Clique em <Próximo> para continuar com a instalação.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-22/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Se a conta do usuário “postgres” selecionada na tela, conforme a Figura 3-25, não existir, o
programa de instalação irá criá-la após confirmação na tela, conforme a Figura 3-26. Caso
isso ocorra, clique em <Sim>.

FIGURA 3-26 – TELA DE SOLICITAÇÃO DE CRIAÇÃO DA CONTA DO SERVIÇO DO


PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Se o programa de instalação do Banco de Dados PostgreSQL considerar a senha informada


de fácil identificação (fraca), será apresentada uma opção para trocá-la por uma gerada
aleatoriamente. Não aceite essa opção e continue com a instalação, clicando em <Não>.

FIGURA 3-27 – TELA DE SOLICITAÇÃO DE AJUSTE DA SENHA DA CONTA DO


SERVIÇO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-23/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Remova a marcação de “Inicializar o agrupamento do Banco de Dados”, conforme


apresentada na Figura 3-28, e clique em <Próximo>:

FIGURA 3-28 – TELA PARA CONFIGURAÇÃO DE AGRUPAMENTO DO BANCO DE


DADOS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-24/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Inicie a instalação clicando em <Próximo> da tela, conforme apresentada pela Figura 3-29:

FIGURA 3-29 – TELA PARA ATIVAR INSTALAÇÃO DO BANCO DE DADOS


POSTGRESQL

Após esses procedimentos, o programa de instalação do Banco de Dados PostgreSQL


ativará o processo de instalação do programa.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-25/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A seguir, é apresentada a tela de execução da instalação.

FIGURA 3-30 – TELA EXECUÇÃO DA INSTALAÇÃO DO PROGRAMA DE INSTALAÇÃO


DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Ao finalizar a instalação do Banco de Dados PostgreSQL, a tela da Figura 3-31 será


apresentada. Como não é necessário instalar o Stack Builder, clique em <Cancel>:

FIGURA 3-31 – TELA DE INSTALAÇÂO DO STACK-BUILDER DO BANCO DE DADOS


POSTGRESQL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-26/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Confirme que não deseja instalar o Stack Builder clicando em <Sim>, conforme Figura 3-32:

FIGURA 3-32 – TELA DE CONFIRMAÇÃO DA NÃO INSTALAÇÂO DO STACK-BUILDER


DO BANCO DE DADOS POSTGRESQL

Automaticamente, a instalação do Banco de Dados PostgreSQL será finalizada.

Durante ou até mesmo antes da finalização da instalação do Banco de Dados PostgreSQL,


a tela de finalização de instalação do Terminal de Assinantes AMHS, mostrada na Figura
3-33, poderá ser apresentada.

Somente clique em <Concluir> quando a instalação do Banco de Dados PostgreSQL


estiver finalizada, ou seja, quando a tela da Figura 3-33 for apresentada.

A Finalização do Assistente de Instalação do Terminal de Assinantes AMHS irá reinicializar


o computador.

FIGURA 3-33 – TELA DE FINALIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO DO TERMINAL DE


ASSINANTES AMHS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-27/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Após a finalização da instalação e reinicialização, a tela inicial do Terminal de Assinantes


AMHS deve ser apresentada, conforme a figura a seguir:

FIGURA 3-34 – TELA INICIAL DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

Isso indica que a instalação foi concluída com sucesso.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 3-28/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4 CONFIGURAÇÃO DO PROGRAMA DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

A função de Configuração realiza consistências e armazena as informações necessárias


para o funcionamento esperado do TA. Na configuração do TA, as opções são
disponibilizadas e um operador com perfil Administrador pode realizar alterações conforme o
comportamento desejado para o aplicativo.

4.1 Acesso inicial ao Sistema

Após instalação do Terminal de Assinantes AMHS, será habilitado um único operador com
direito de Administrador para que ele possa realizar a configuração do sistema:

Operador: admin

Senha: amhs

Será exibida a tela apresentada na Figura 4-1, na qual devem ser digitados o nome do
operador e sua senha. Em seguida, clique em <Entrar>.

FIGURA 4-1 – TELA PARA AUTENTICAÇÃO DE OPERADORES DO TERMINAL DE


ASSINANTES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O primeiro acesso do operador obriga a troca de senha. Sendo assim, informe a nova e
confirmá-la, conforme apresentado na tela abaixo.

FIGURA 4-2 – TELA PARA TROCA DE SENHA DO TERMINAL DE ASSINANTES

Após autenticação correta do operador “admin”, será apresentada a tela principal do


Terminal de Assinantes AMHS, representado na Figura 4-3. Como o Terminal de Assinantes
AMHS não está configurado, serão apresentados alertas de conexão ao Message Store
(MS) e ao Servidor de Diretórios (DSA).

Clique em <OK> da tela de Alerta e efetuar a configuração do Terminal de Assinantes


AMHS.

FIGURA 4-3 – TELA PRINCIPAL DO TERMINAL DE ASSINANTES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.2 Parâmetros para configuração de conexão do Terminal

Para configurar os parâmetros de conexão do Terminal de Assinantes AMHS, são


necessárias as informações da tabela abaixo:

TABELA 4-1 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO

1 Endereço IP primário do Servidor CTMA

2 Endereço IP secundário do Servidor CTMA

3 Endereço CAAS do originador do terminal

4 Número da porta para o protocolo P3

5 Número da porta para o protocolo P7

6 Senha do endereço CAAS do originador do terminal para protocolo P3

7 Senha do endereço CAAS do originador do terminal para protocolo P7

8 Endereço IP do serviço de diretório (DSA)

9 DN de ligação com diretório

10 Catálogo do Diretório

11 Porta para o protocolo LDAP

12 Senha para o protocolo LDAP

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.3 Configuração da conexão do Terminal de Assinantes AMHS

Após instalação do Terminal de Assinantes AMHS, é necessário efetuar sua configuração, a


qual é realizada através da opção: Terminal -> Configuração.

Após a instalação do Terminal de Assinantes AMHS pelo programa de SETUP-


TAAMHS.exe, é apresentada a tela de configuração, conforme figura abaixo.

FIGURA 4-4 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.3.1 Configuração da conexão com o DSA

Para configuração da conexão com o DAS, são necessários os seguintes parâmetros:

TABELA 4-2 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO PARA ACESSO AO DSA

8 Endereço IP do serviço de diretório (DSA)

9 DN de ligação com diretório

10 Catálogo do Diretório

11 Porta para o protocolo LDAP

12 Senha para o protocolo LDAP

4.3.2 Configurando os parâmetros para acesso ao DSA

Para configurar o acesso ao Serviço de Diretórios do CTMA, serão utilizados os seguintes


parâmetros fictícios como exemplo:

• Endereço IP do serviço de diretórios (DSA): 201.20.202.25

• DN de ligação com diretório: cn=das manager, cn=das, c=BR

• Catálogo: o=Address Book, c=BR

• Porta LDAP: 19389

• Senha LDAP: secret

Esses parâmetros devem ser preenchidos no bloco “Serviço de Diretório (DSA)”


representado na Figura 4-5.

Observe que, ao iniciar o preenchimento dos parâmetros, o botão <Gravar> ficará ativado
para confirmar as alterações.

Após preenchimento dos parâmetros do Serviço de Diretório (DSA), clique em <Gravar>


para confirmar as informações.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 4-5 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES

4.3.3 Testando a Conexão com o DSA

Para testar se os parâmetros informados estão corretos, clique em <Testar DSA>, conforme
Figura 4-5.

Se as informações de acesso ao Serviço de Diretório estiverem corretas, a tela da Figura


4-6 será apresentada:

FIGURA 4-6 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DE ACESSO AO DSA

Caso contrário, será apresentado um Alerta de Erros, indicando que não foi possível
acessar o Serviço de Diretórios do CTMA (Figura 4-7). Neste caso, será necessário verificar
se os parâmetros estão corretos e repetir os procedimentos a partir do item 4.3.2.

FIGURA 4-7 – MENSAGEM DE FALHA DE ACESSO AO DSA

4.3.4 Atualizando Catálogo Local de Destinatários

Com a confirmação do acesso ao Serviço de Diretórios, pode-se realizar a atualização do


catálogo local de destinatários. Para efetuar esse procedimento, clique em <Atualizar

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Catálogo Local de Destinatários>, localizado na barra inferior do menu da tela de


configuração, conforme Figura 4-5.

Em seguida, clique em <OK> para confirmação do carregamento do catálogo de endereços,


conforme Figura 4-8:

FIGURA 4-8 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DA ATUALIZAÇÃO DO CATÁLOGO


LOCAL DE ENDEREÇOS

4.3.5 Configuração para conexão com o MTA/MS

Para configuração da conexão com o MS/MTA, são necessários os seguintes parâmetros:

TABELA 4-3 – REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO PARA ACESSO AO MS/MTA

1 Endereço IP primário do Servidor CTMA

2 Endereço IP secundário do Servidor CTMA

3 Endereço CAAS do originador do terminal

4 Número da porta para o protocolo P3

5 Número da porta para o protocolo P7

6 Senha do endereço CAAS do originador do terminal para protocolo P3

7 Senha do endereço CAAS do originador do terminal para protocolo P7

4.3.6 Configurando os parâmetros para acessar o MS/MTA

Para configurar o acesso do Terminal para o MS/MTA, serão utilizados os seguintes


parâmetros fictícios como exemplo:

• Endereço IP primário do Servidor CTMA: 201.20.202.25

• Endereço IP secundário do Servidor CTMA: 201.20.202.26

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• Endereço CAAS do originador do terminal:


/CN=SBGAXXYY/OU=SBGA/O=SBGA/PRMD=SB/ADMD=ICAO/C=XX/

• Porta P3: 3001

• Porta P7: 593

• Senha P3: secret

• Senha P7: secret

Esses parâmetros devem ser preenchidos no bloco “Servidores CTMA” e “Transferência


e Armazenamento de Mensagens (MTA/MS)” mostrados na Figura 4-9.

Observe que, ao iniciar o preenchimento dos parâmetros, o botão <Gravar> ficará ativado.
Após preenchê-los, clique em <Gravar> para confirmar as informações.

FIGURA 4-9 – TELA DE CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL DE ASSINANTES

4.3.7 Testando a Conexão com o MTA/MS

Para testar se os parâmetros informados estão corretos, clique em <Testar MTA/MS>,


conforme Figura 4-9.

Se as informações de acesso ao Serviço de Diretório estiverem corretas, será apresentada


a tela da Figura 4-10. Clique em <OK>.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 4-10 – MENSAGEM DE CONFIRMAÇÃO DE CONEXÃO COM O MTA/MS

Caso contrário, será apresentado um Alerta de Erros, indicando que não foi possível
acessar o MTA/MS (Figura 4-11). Neste caso, será necessário verificar se os parâmetros
estão corretos e repetir os procedimentos a partir do item 4.3.5.

FIGURA 4-11 – MENSAGEM DE FALHA DE CONEXÃO COM O MTA/MS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.3.8 Tela Principal após configuração do acesso ao DSA e do MTA/MS

Após configuração do acesso ao DAS, MTA e MS, a tela principal do Terminal de


Assinantes AMHS é apresentada, conforme abaixo.

FIGURA 4-12 – TELA PRINCIPAL DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS APÓS


CONFIGURAÇÃO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-7/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.4 Configuração de preferências – Outras Opções

FIGURA 4-13 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – OUTRAS OPÇÕES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-8/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.4.1 Forma de impressão

O Terminal de Assinantes AMHS permite a configuração da impressão segundo as opções


listadas a seguir:

• Manual;

• Automática;

• Apenas mensagens enviadas;

• Apenas mensagens recebidas;

• Mensagens enviadas e recebidas.

4.4.2 Comprovação de endereços de destinatários

Outra característica importante é a validação do endereço de destinatário no envio de uma


mensagem, podendo o Terminal de Assinantes ser configurado para verificar a existência
dos destinatários fornecidos nas entradas de seu catálogo local de endereços.

O Terminal permite, através da funcionalidade de configuração, habilitar a comprovação do


endereço de destinatário antes do envio de mensagem, através das seguintes opções:

• Não comprovar: quando não há verificação de destinatários;

• Comprovar apenas endereços nacionais: quando apenas endereços com


PRDM=SB são verificados;

• Comprovar qualquer endereço: quando qualquer endereço nacional ou


internacional é verificado.

A comprovação de endereço de destinatários é realizada junto ao catálogo local de


destinatários mantido pelo TA. Esse catálogo é uma cópia local do Address Book do DSA.

Após o pedido de envio de mensagem, a comprovação de endereço de destinatários


habilitada e o endereço de destinatário informado pode não ser considerado válido. Nesse
caso, é apresentada a mensagem “Destinatário Inválido” e o envio da mensagem é
cancelado.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-9/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.4.3 Valores padrões para mensagens

Para que o operador possa confirmar se a mensagem enviada foi ou não entregue ao
destinatário, o MTA pode enviar relatórios de entrega ou não entrega. Para isso, o operador
poderá optar, no envio da mensagem, se receberá notificações de não entrega, notificações
de entrega ou nenhuma notificação.

O Terminal de Assinantes AMHS permite a configuração padrão de requerimento de


relatórios de notificação ao enviar cada mensagem. As opções possíveis para a
configuração são:

• Relatórios de entrega; ou

• Relatórios de não entrega; ou

• Todos os relatórios; ou

• Nenhum relatório.

Alguns atributos da mensagem podem ser configurados para apresentar valores padrão em
seu formulário de composição. A função de configuração, para agilizar o trabalho de
composição, permite a configuração de valor padrão para os atributos “Importância”,
“Prioridade” e “Sensibilidade”.

O Terminal de Assinantes AMHS permite selecionar um valor padrão para o atributo


“Importância” da mensagem IPM.

Opções:

• Baixa;

• Normal; e/ou

• Alta.

O Terminal de Assinantes AMHS permite selecionar um valor padrão para o atributo


“Prioridade” da mensagem IPM.

Opções:

• Não urgente;

• Normal; e/ou

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-10/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• Urgente.

O Terminal de Assinantes AMHS permite selecionar um valor padrão para o atributo


“Sensibilidade” da mensagem IPM.

Opções:

• Nenhuma;

• Pessoal;

• Privada;

• Confidencial; e/ou

• Normal.

4.4.4 Tamanho de mensagem

Como diferencial do serviço estendido AMHS, uma mensagem IPM pode trafegar no
sistema de tratamento de mensagens com um arquivo em anexo. A função de anexar
arquivos pode, devido a critérios operacionais, ser bloqueada através desta função por
operadores com perfil administrador.

O tamanho máximo do anexo é configurado na aplicação por um operador com perfil


administrador. Esse tamanho é especificado em MB.

4.4.5 Limpeza do registro de eventos

O Terminal de Assinantes grava os principais eventos realizados automaticamente e pelo


operador.

Utilize esta opção do Terminal de assinantes para configurar a periodicidade de limpeza do


registro de eventos.

4.4.6 Nome da impressora principal

A impressora selecionada será apresentada na primeira opção, localizada nas telas de


seleção de impressora do Terminal de Assinantes.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-11/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.4.7 Emenda1 Documento-4444

FIGURA 4-14 – CAMPO DE CONFIGURAÇÃO: EMENDA 1 DOCUMENTO-4444

Opções:

• Somente formulário com formato Emenda1/Doc-4444: habilita o envio e recebimento


de mensagem somente no formulário emenda1/doc4444;

Após a configuração para apenas formulário no formato


emenda1/doc4444, há algumas alterações na tela.

FIGURA 4-15 – FORMULÁRIO DE MENSAGEM CONFIGURADO PARA SOMENTE


FORMATO EMENDA1/DOC4444

• Tradutor ativado: mensagens de planos de voo com endereços internacionais serão


tratadas pelo tradutor.

4.4.8 Endereço de supervisão

O Endereço de Supervisão deve ser configurado para permitir que o Terminal de Assinantes
seja configurado para “Retransmissão de Mensagens”. Ao configurar a retransmissão de
mensagens no Terminal de Assinantes, uma mensagem informativa é enviada para o
supervisor.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-12/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.4.9 Informações para assinatura digital

As mensagens transmitidas e recebidas pelo Terminal de Assinantes podem conter


assinaturas digitais. Uma assinatura digital permite a comprovação de quem originou a
mensagem.

Para habilitar esta função, instale um arquivo contendo certificado e uma chave digital.
Esses arquivos são instalados no computador e os parâmetros DN e Senha na tela de
configuração do Certificado, os quais devem ser atualizados.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-13/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.5 Configuração de tarefas periódicas

O Terminal de Assinantes AMHS armazena as mensagens transmitidas e recebidas


localmente.

O acesso às mensagens é realizado através de uma estrutura de pastas para as quais as


mensagens serão movidas de forma automática (pastas Entrada, Saída, Enviadas e
Excluídas) ou ainda de forma manual pelo operador (pastas criadas conforme necessidade
do operador).

O terminal permite que o operador com perfil administrador possa configurar a periodicidade
da limpeza das pastas Enviadas e Excluídas. Isso é possível através da configuração da
periodicidade de limpeza, podendo ser: diária, semanal ou mensal e o horário da limpeza
tem o formato HH:MM.

Para a troca de mensagens junto ao MS, o Terminal de Assinantes AMHS poderá manter
uma conexão sempre estendida e periódica, podendo realizar o envio e recebimento dessas
mensagens. Uma segunda opção para esse processo é o uso do botão “Enviar e Receber”.
Nesta opção, o Terminal de Assinantes AMHS realiza a abertura de conexão com o MS,
busca e envia mensagens e finalmente termina o processo com o fechamento da conexão.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-14/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 4-16 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – TAREFAS PERIÓDICAS

4.5.1 Monitoração da conexão

Nesta opção, pode-se informar a periodicidade desejada para que o Terminal de Assinantes
verifique a situação de conexão com o Serviço de Diretórios (DSA) e com o Servidor de
Mensagens (MTA/MS).

4.5.2 Transmissão e recepção

Nesta opção, pode-se informe a periodicidade desejada para que o Terminal de Assinantes
efetue a transmissão de mensagens na caixa de saída e verifique mensagens recebidas no
Servidor.

4.5.3 Manutenção

Neste item, têm-se as seguintes opções:

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-15/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• Atualização do catálogo de destinatários: atualiza automaticamente a Lista de


Destinatários no Serviço de Diretório (DSA), sendo possível habilitar e programar a
periodicidade dessa tarefa em minutos;

• Limpeza da pasta de mensagens enviadas: nesta opção, informe a periodicidade


e o horário em que a pasta de mensagens enviadas será limpa. As mensagens desta
pasta serão transferidas para a pasta de mensagens excluídas;

• Limpeza da pasta de mensagens excluídas: nesta opção, informe a periodicidade


e o horário em que a pasta de mensagens excluídas será limpa. As mensagens
serão excluídas permanentemente. Informe o número mínimo de dias que o Terminal
deve manter ao executar esta opção;

• Verificação do processo de ajuste do relógio do computador (NTP): habilita e


programa a periodicidade de verificação do processo NTP de programação do
relógio do computador.

4.5.4 Configuração de notificações de atraso/cancelamento

Quando um operador administrador estiver utilizando o terminal, é possível efetuar o atraso


ou cancelamento de uma tarefa periódica no momento de sua execução. Para que isso
ocorra, as opções apresentadas no Bloco “Configuração de notificações de
atraso/cancelamento” devem ser indicadas.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-16/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4.6 Configuração de alarmes

FIGURA 4-17 – TELA DE CONFIGURAÇÃO – ALERTAS

O Terminal de Assinantes AMHS é capaz de emitir os seguintes tipos de alerta:

• Sonoro intermitente;

• Sonoro; e/ou

• Visual: apresentação de janelas de diálogo e/ou balões de notificação.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-17/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O Terminal de Assinantes AMHS emite alertas para os seguintes eventos:

• Indisponibilidade da conexão com servidores AMHS: o TA não consegue acessar


os serviços do MTA/MS ou do Diretório;

• Falha na validação da mensagem: a mensagem não pode ser enviada por falha na
validação;

• Limite do armazenamento local: não há espaço para armazenar uma mensagem,


um elemento de uma tabela ou o catálogo local de destinatários (White Pages).

• Falha de sincronização: a TA perde comunicação com o serviço cliente de NTP.

O Terminal de Assinantes AMHS emite alerta para os seguintes eventos, segundo as


preferências do terminal definidas na configuração:

• Restabelecimento da conexão com MS/MTA e/ou DSA;

• Chegada de novas mensagens, podendo o operador configurar os níveis de alerta de


acordo com a prioridade da mensagem;

• Presença de mensagens pendentes na caixa de saída por período acima do


esperado;

• Envio de mensagens de entrega postergada (deferred delivery);

• Recebimento de notificações; e/ou

• Falha ou restabelecimento do serviço cliente NTP.

Devem-se configurar as opções de Alerta na Tela de Configuração do Terminal,


representada pela Figura 4-17.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 4-18/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

5 OPERADOR X USUÁRIO

“Operador” corresponde ao profissional que, através do aplicativo Terminal de Assinantes,


desempenha suas funções manuseando as mensagens enviadas e recebidas.

“Usuário”, a rigor, é uma entrada no serviço de diretório em nível CN – Common Name.


Trata-se do endereço CAAS que corresponde a um serviço específico no contexto do
Gerenciamento do Tráfego Aéreo.

De posse dessas duas definições, é importante ainda perceber que um operador poderá
responder a mensagens enviadas a um conjunto de usuários (destinatários) ou ainda
submeter mensagens com diferentes usuários (originadores).

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 5-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

6 CATÁLOGO DE USUÁRIOS

Mantém o cadastro de endereços de usuários LOCAL, Pessoal e de Originadores. Utilize a


opção de acesso rápido indicado abaixo para ativar o catálogo.

FIGURA 6-1 – BOTÃO PARA ACESSO RÁPIDO AO CATÁLOGO

6.1 Configuração de múltiplos usuários – Catálogo Pessoal de Originadores

O Terminal de Assinantes AMHS fornece a funcionalidade de cadastro de vários endereços


CAAS originadores de mensagens. Esta funcionalidade permite a inclusão, alteração e
exclusão de entradas em um catálogo pessoal de originadores.

Somente um operador com perfil administrador tem acesso às transações de inclusão,


alteração ou exclusão no catálogo pessoal de originadores.

Os originadores DEVEM ser ALIASES do usuário principal cadastrado no Terminal de


Assinantes AMHS.

Na tela de Catálogo, selecione a pasta Pessoal de Originadores, como apresentado na


Figura 6-2.

O registro no catálogo pessoal de originadores é composto pelos seguintes atributos:

• Apelido do endereço;

• Endereço CAAS.

O endereço do usuário originador principal é apresentado na cor azul para diferenciá-lo dos
outros usuários originadores configurados no Terminal.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 6-2 – TELA PARA CADASTRO PESSOAL DE ORIGINADORES

6.1.1 Adicionando Usuário no Catálogo Pessoal de Originadores

Para adicionar um usuário no Catálogo Pessoal de Originadores, selecione a Pasta “Pessoal


de Originadores” no catálogo e clique em <Novo>.

Em seguida, preencha o apelido, sobrenome e endereço CAAS do usuário que se deseja


inserir no catálogo, conforme exemplo da Figura 6-3.

FIGURA 6-3 – EXEMPLO DE ENTRADA DE USUÁRIO ORIGINADOR NO CADASTRO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Para preencher o endereço CAAS, clique no botão ao lado do campo de preenchimento.


Esse procedimento ativa a tela da Figura 6-4, que facilita o preenchimento de endereços
CAAS.

FIGURA 6-4 – TELA PARA ENTRADA DE ENDEREÇOS CAAS

Para confirmar a entrada do usuário originador, clique em <Gravar>. O Terminal de


Assinantes verificará se o endereço é válido e se é um ALIAS para o endereço principal
configurado no Terminal de Assinantes AMHS.

Caso esse endereço não seja válido, serão apresentadas mensagens de erro no Terminal
de Assinantes.

Podem ocorrer erros indicando que o endereço do originador não foi localizado no Diretório
(Figura 6-5) ou que o endereço de originador não está associado ao endereço principal do
originador no terminal (ALIAS), conforme a Figura 6-6.

FIGURA 6-5 – TELA INDICANDO FALHA DO ENDEREÇO DO ORIGINADOR

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 6-6 – TELA INDICANDO FALHA DO ENDEREÇO DO ORIGINADOR

A Configuração correta do novo endereço do originador é indicada pela mensagem


“Registro incluído com sucesso”, conforme apresentado a seguir:

FIGURA 6-7 – TELA INDICANDO INCLUSÃO DE NOVO ENDEREÇO DE ORIGINADOR

Após inclusão de um novo endereço de originador, será criada uma pasta adicional para
controle das mensagens transmitidas e recebidas por este usuário adicional.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A Figura 6-8 apresenta a atualização da estrutura de pastas do Terminal.

FIGURA 6-8 – ESTRUTURA DE PASTAS INDICANDO INCLUSÃO DE NOVO ENDEREÇO


DE ORIGINADOR

6.1.2 Excluindo Usuário no Catálogo Pessoal de Originadores

Para remover um usuário no Catálogo Pessoal de Originadores, clique em <Excluir>. O


Terminal solicitará uma confirmação para excluir o usuário de origem selecionado, conforme
tela abaixo.

FIGURA 6-9 – TELA PARA CONFIRMAÇÃO DE EXCLUSÃO DE USUÁRIO ORIGINADOR

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

6.2 Configuração do Catálogo Pessoal de Destinatários

Para facilitar o trabalho de preenchimento de endereços destinatários, que por algum motivo
não façam parte do catálogo local de destinatários, o operador pode cadastrar endereços no
catálogo pessoal de destinatários. Esse catálogo pessoal não é utilizado para validação,
sendo considerado apenas uma facilidade para o preenchimento dos destinatários de uma
mensagem.

O registro no catálogo pessoal de destinatários é composto pelos seguintes atributos:

• Apelido do endereço;

• Endereço CAAS.

FIGURA 6-10 – TELA DO CATÁLOGO PESSOAL DE DESTINATÁRIOS

Devem-se utilizar o mesmo procedimento para inclusão e exclusão de usuários no catálogo


pessoal de destinatários, indicados no tratamento do catálogo pessoal de originadores.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

6.3 Configuração do Catálogo Local de Destinatários

O Terminal de Assinantes mantém um Catálogo Local de Destinatários. Para atualizar a


cópia da Árvore de Endereços do DAS, clique no botão “Atualizar Catalogo Local de
Destinatários”, conforme apresentado abaixo:

FIGURA 6-11 – TELA DO CATÁLOGO LOCAL DE DESTINATÁRIOS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 6-7/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7 TABELAS AUXILIARES

O Terminal de Assinantes AMHS possui tabelas auxiliares utilizadas para o preenchimento


de formulários que permitem a inclusão, alteração, consulta e impressão de registros. As
tabelas gerenciadas pelo Terminal são:

• Localidade;

• Indicador geográfico;

• Identificação de aeronave.

As transações de inclusão, alteração e exclusão de registros nas tabelas auxiliares são


realizadas apenas por operadores com perfil administrador.

FIGURA 7-1 – OPÇÕES NAS TELAS DE CADASTRO

• Novo – inclui um registro novo na Tabela;

• Gravar – confirma a inclusão do registro “NOVO” ou “ALTERAÇÃO” de um registro;

• Excluir – remove um registro da Tabela;

• Imprime – imprime os registros da Tabela.

Utilize a opção ‘Terminal -> Cadastro’ para acessar essas tabelas:

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7.1.1 Localidade

A aba “Localidade” contém uma lista de indicadores de localidade que podem ser inseridos
como localidades no texto de uma mensagem meteorológica. Cada registro dessa tabela
deve conter o campo “Indicador de localidade” cadastrado.

FIGURA 7-2 – CADASTRO DE LOCALIDADES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7.1.2 Indicador geográfico

A tabela “Indicador geográfico” contém uma lista de indicadores geográficos que podem
ser inseridos no texto de uma mensagem meteorológica. Cada registro dessa tabela deve
conter o campo “Indicador geográfico” cadastrado.

FIGURA 7-3 – CADASTRO DE IDENTIFICADORES GEOGRÁFICOS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7.1.3 Identificação de aeronave

A tabela “Identificação de aeronave” contém os dados referentes a aeronaves a serem


inseridas no texto de uma mensagem de plano de voo. Cada registro dessa tabela deve
conter os seguintes campos:

• Indicador da Aeronave;

• Tipo de Aeronave;

• Esteira de turbulência.

FIGURA 7-4 – CADASTRO DE AERONAVES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7.1.4 Formulários

Configura e limita as opções para os Formulários de mensagens como: endereços de


destino da mensagem, prioridade, etc.

FIGURA 7-5 – CADASTRO DE CONFIGURAÇÃO DE FORMULÁRIOS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

7.2 Gerenciamento de Operadores

A função de Gerenciamento de Operadores controla o cadastro dos operadores, suas


senhas e demais informações pertinentes ao controle de acesso ao aplicativo. Neste
cadastro, a informação de perfil também é disponibilizada para que as funcionalidades
sejam corretamente apresentadas para o operador quando ele se autenticar no TA.

O cadastro de novos operadores do Terminal de Assinantes é realizado apenas por um


operador com perfil administrador.

Para cadastrá-los, são necessárias as seguintes informações:

• Nome: nome do operador usado na IHM de controle de acesso;

• Senha: senha necessária para acessar os serviços do TA; e

• Perfil: comum ou administrador.

FIGURA 7-6 – CADASTRO DE OPERADORES

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 7-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

8 ESTADOS OPERACIONAIS

O Terminal de Assinantes (TA) pode operar nos estados ONLINE ou OFFLINE.

O estado ONLINE representa a situação em que há comunicação normal com o


Armazenamento de Mensagens (MS) e com o Agente de Transferência de Mensagens
(MTA). Neste estado, o Terminal de Assinantes AMHS permite o envio e recebimento
normal de mensagens.

No estado OFFLINE, o Terminal de Assinantes AMHS não terá acesso ao MS e/ou MTA
não podendo, portanto, enviar ou receber mensagens. Neste estado, todas as
funcionalidades locais do TA que não requeiram comunicação com os componentes
funcionais MS e MTA poderão ser executadas.

A comunicação com Agente de Serviço de Diretório (DSA) pode ser realizada em ambos os
modos operacionais. A falha de comunicação com o DSA não é impeditivo para o envio e
recebimento de mensagens e, portanto, não caracteriza a mudança para o modo OFFLINE.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 8-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9 FORMULÁRIOS DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

Para a criação de mensagens, o Terminal de Assinantes AMHS possui formulários


normalizados definidos em diferentes documentos da ICAO e WMO. O preenchimento de
campos dos formulários, quando conveniente, é realizado através da seleção de entradas
em tabelas incorporadas auxiliando a validação das mensagens e acelerando o processo de
composição das mesmas.

Os seguintes tipos de formulário são disponibilizados pelo Terminal de Assinantes:

a) Mensagens AMHS;

b) Mensagens ATS;

c) Mensagens AIS;

d) Mensagens MET.

Os menus de formulários possuem a seguinte estrutura:

a) AMHS
• IPM;
• Sonda.

b) ATS
• ACP (ACEITAÇÃO);
• ALR (ALERTA);
• ARR (CHEGADA);
• CDN (COORDENAÇÃO);
• CHG (MODIFICAÇÃO);
• CNL (CANCELAMENTO);
• CPL (PLANO DE VÔO ATUALIZADO);
• DEP (SAÍDA);
• DLA (ATRASO);
• EST (ESTIMATIVA);
• FPL (PLANO DE VÔO);
• LAM (CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO LÓGICO);

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• RCF (FALHA DE COMUNICAÇÕES);


• RQP (SOLICITAÇÃO DE PLANO DE VÔO);
• RQS (SOLICITAÇÃO DE PLANO DE VÔO SUPLEMENTAR);
• SPL (PLANO DE VÔO SUPLEMENTAR);
• VOCOM (PLANO DE VÔO); e
• NTV (NOTIFICAÇÃO DE VOO).

c) AIS

• NOTAM;

• SNOWTAM;

• ASHTAM;

• PRENOTAM;

• CONFAC; e

• Bloco CONFAC.

d) MET

• METAR (informe meteorológico de rotina);

• SPECI (informe de uma observação especial);

• TAF (prognósticos de aeródromos e emendas);

• AVISO DE AERÓDROMO (Possib. De Ocor. De um Fenômeno Significativo no


aeroporto);

• AVISO DE CORTANTE DE VENTO (Observação de mudanças bruscas de vento


na pista);

• GAMET (Previsão de área de baixa altitude)

• SIGMET (possibilidade de ocorrência de um fenômeno significativo para a


aeronavegação);

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• AIRMET (possibilidade de ocorrência de um fenômeno significativo para a


aeronavegação em baixa altitude);

• AIREP (observação enviada por um piloto durante o voo);

• SYNOP (informação de superfície);

• TEMP (informação de alta atmosfera);

• PILOT (endereço e velocidade do vento em altitude);

• AREA FCST (Previsão de Área);

• WINTEM

• CLIMAT (dados de valores médios mensais); e

• CLIMAT TEMP (idem ao formulário CLIMAT, para a alta atmosfera).

• Solicitação ao OPMET.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.1 Descrição das telas de formulários

Os formulários de mensagens estão divididos em três blocos de informações, indicados na


Figura 9-1.

1 - Informação de endereçamento, 2 - Opções de controle da mensagem: prioridade,


assunto e data da mensagem. confirmações de entrega e recebimento e agendamento.

4-Caixa de ativação do formulário formato


EMENDA1/DOC4444
3-Campos para preenchimento do
FIGURA 9-1 – FORMULÁRIO formulário

1. Informações de endereçamento: neste campo, informe o endereço do


originador, destinatários e assunto da mensagem.

2. Controle da mensagem: neste campo, indique a prioridade, confirmação de


entrega e leitura, bem como agendamento do horário de transmissão da
mensagem.

3. Corpo da mensagem: campo destinado para preenchimento da mensagem.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

4. Caixa de seleção: habilita formulários para formato Emenda1/Doc4444.

9.1.1 Originador, destinatário e assuntos da mensagem.

O preenchimento do originador, destinatário e assunto da mensagem é realizado no bloco


de entrada representado na Figura 9-2.

FIGURA 9-2 – TELA DE ENTRADA DE ORIGINADOR E DESTINATÁRIO

• Seleção de originador: utilize o botão de acesso rápido ao lado do campo


para preenchimento do originador. Ele habilita uma tela de busca rápida com
a relação dos originadores configurados no sistema conforme Figura 9-3.
Selecione um dos originadores e clique em <Aceitar>.

FIGURA 9-3 – BUSCA RÁPIDA DE ORIGINADORES

• Seleção de destinatário da mensagem: a seleção do destinatário pode ser


realizado através de busca rápida ou seleção no catálogo. Para ativar uma
busca rápida, digite as iniciais do destinatário que deseja e clique no botão
<Enter>, localizado no campo de busca de destinatário. Este procedimento

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

dispara uma tela para seleção rápida dos destinatários, conforme tela a
seguir:

FIGURA 9-4 – BUSCA RAPIDA DE DESTINATARIOS

Outra opção é o uso do botão do lado direito do campo de preenchimento da


busca rápida de destinatário. Neste caso, é utilizado o catálogo de endereços
para selecionar os destinatários de mensagens desejadas. A Figura 9-5
apresenta a tela para seleção de destinatários. Utilize os botões com a
indicação “PARA”, “CC” e “CCO” para enviar, copiar e copiar oculto uma
mensagem.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 9-5 – SELEÇÃO DE DESTINATÁRIOS

• Assunto da mensagem: preencha o assunto diretamente no campo. A


maior parte dos formulários de mensagens aeronáuticas possui
preenchimento automático do campo assunto.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-7/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.1.2 Controle da mensagem

A Figura 9-6 apresenta o bloco utilizado para configurar a mensagem. Os seguintes itens
podem ser configurados na transmissão de uma mensagem:

FIGURA 9-6 – OPÇÕES DE CONTROLE DE TRANSMISSÃO

• Relatório de Entrega/ Não Entrega da mensagem;

• Prioridade da Mensagem;

• Importância da Mensagem;

• Sensibilidade da Mensagem;

• Confirmação da Leitura pelo Destinatário;

• Inserção de Assinatura Digital;

• Agendamento da transmissão da mensagem;

• Configuração da data máxima para entrega da mensagem.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-8/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.2 Mensagens AMHS

9.2.1 Mensagem IPM

A mensagem IPM ou Mensagem Interpessoal não possui formatação. Sendo assim, digite,
diretamente na tela de mensagem, o texto a ser transmitido

FIGURA 9-7 – FORMULÁRIO IPM

O botão “Importa” permite a seleção de um arquivo para preenchimento do corpo da


mensagem. A Figura 9-8 apresenta a tela para seleção do arquivo para importação:

FIGURA 9-8 – FORMULÁRIO IPM: IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-9/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.2.2 Mensagem de Sonda

Neste item, preencha o tamanho do arquivo de sonda. Este campo é obrigatório.

FIGURA 9-9 – MENSAGEM DE SONDA

9.3 Mensagens ATS

9.3.1 ACP

O formulário ACP tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• Informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-10 – FORMULÁRIO ACP

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-10/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.2 ALR

O formulário ALR tem a seguinte característica:

• Informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-11 – FORMULÁRIO ALR FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-11/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário formato emenda1/Doc4444 possui as seguintes características.

• O campo 18-OUTROS DADOS possui uma tela própria.

Ver campo 18-OUTROS DADOS

FIGURA 9-12 – FORMULÁRIO ALR FORMATO EMENDA 1-DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-12/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.3 ARR

O formulário ARR tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-13 – FORMULÁRIO ARR ATUAL

O formulário ARR formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares;

FIGURA 9-14 – FORMULÁRIO ARR FORMATO EMENDA1-DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-13/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.4 CDN

O formulário CDN tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-15 – FORMULÁRIO CDN

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-14/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.5 CHG

O formulário CHG tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares;

FIGURA 9-16 – FORMULÁRIO CHG

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-15/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário CHG formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares;

Campo 18 - OUTROS DADOS

Campo 22 – EMENDA: Alteração de FPL.

FIGURA 9-17 – FORMULÁRIO CHG EMENDA1-DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-16/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.5.1 CAMPO 18 – OUTROS DADOS DA MENSAGEM CHG

• Campo 18-OUTROS DADOS da mensagem CHG.(Obs.: O campo 18-OUTROS DADOS das


mensagem CNL, DLA , ARR, RQP, RQS E DEP tem o mesmo uso.)

FIGURA 9-18 – CAMPO 18-OUTROS DADOS DAMENSAGEM CHG FORMATO


EMENDA1-DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-17/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.5.2 CAMPO 22 – EMENDA

• Tela de alteração de mensagens FPL (campo 22-emenda).

Campo 18-OUTROS DADOS:

FIGURA 9-19 – TELA DO CAMPO 22-EMENDA Ver campo 10-EQUIPAMENTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-18/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.6 CNL

O formulário CNL tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-20 – FORMULÁRIO CNL FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-19/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário CNL formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios, exceto campo 18-OUTROS DADOS;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 18 - OUTROS DADOS

FIGURA 9-21 – FORMULÁRIO CNL FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-20/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.7 CPL

O formulário CPL tem as seguintes características:

• Informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-22 – FORMULÁRIO CPL FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-21/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário CPL formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 10-EQUIPAMENTO

Ver campo18-OUTROS DADOS

FIGURA 9-23 – FORMULÁRIO CPL FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-22/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.8 DEP

O formulário DEP tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-24 – FORMULÁRIO DEP FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-23/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário DEP formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios, exceto campo 18-OUTROS DADOS;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 18- OUTROS DADOS

FIGURA 9-25 – FORMULÁRIO FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-24/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.9 DLA

O formulário DLA tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-26 – FORMULÁRIO DLA FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-25/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário DLA formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios, exceto campo 18-OUTROS DADOS;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 18 - OUTROS DADOS

FIGURA 9-27 – FORMULÁRIO DLA FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-26/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.10 EST

O formulário EST tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-28 – FORMULÁRIO EST

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-27/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.11 FPL

O formulário FPL tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares

FIGURA 9-29 – FORMULÁRIO FPL FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-28/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário FPL formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares;

Ver campo 10-EQUIPAMENTO

Campo 18-OUTROS DADOS:

FIGURA 9-30 – FORMULÁRIO FPL FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-29/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.12 Campo 10-EQUIPAMENTO

As Figuras 9-31 e 9-32 apresentam os formulários correspondentes ao campo 10-


equipamento e suas características:

• Radio, Navegação e Auxilio de Aproximação;

FIGURA 9-31 – TELA DO CAMPO 10-EQUIPAMENTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-30/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

• Vigilância.

FIGURA 9-32 – TELA DO CAMPO 10-EQUIPAMENTO (VIGILÂNCIA)

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-31/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.13 Campo 18-OUTROS DADOS

O formulário do campo 18-OUTROS DADOS tem as seguintes características:

FIGURA 9-33 – FORMULÁRIO DE PREENCHIMENTO DO CAMPO 18-OUTROS DADOS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-32/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.14 LAM

O formulário LAM tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-34 – FORMULÁRIO LAM

9.3.15 RCF

O formulário RCF tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-35 – FORMULÁRIO RCF

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-33/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.16 RQP

O formulário RQP tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-36 – FORMULÁRIO RQP FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-34/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário RQP formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios, exceto o campo 18-OUTROS DADOS;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 18 - OUTROS DADOS

FIGURA 9-37 – FORMULÁRIO RQP FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-35/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.17 RQS

O formulário RQS tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-38 – FORMULÁRIO RQS FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-36/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário RQS formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• Todos os campos são obrigatórios, exceto o campo 18-OUTROS DADOS;

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas auxiliares.

Ver campo 18 - OUTROS DADOS

FIGURA 9-39 – FORMULÁRIO RQS FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-37/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.18 SPL

O formulário SPL tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-40 – FORMULÁRIO SPL FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-38/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário SPL formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Campo 18-OUTROS DADOS:

FIGURA 9-41 – FORMULÁRIO SPL FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-39/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.19 VOCOM

O formulário VOCOM tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares;

FIGURA 9-42 – FORMULÁRIO VOCOM

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-40/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.3.20 FPL SIMPLIFICADO

O formulário FPL SIMPLIFICADO tem as seguintes características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

FIGURA 9-43 – FORMULÁRIO FPL SIMPLIFICADO FORMATO ATUAL

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-41/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

O formulário FPL SIMPLIFICADO formato EMENDA1/DOC4444 tem as seguintes


características:

• As informações da aeronave e aeródromos podem ser obtidas das tabelas


auxiliares.

Ver campo 10-EQUIPAMENTO

Campo 18-OUTROS DADOS:

FIGURA 9-44 – FORMULÁRIO NTV FORMATO EMENDA1/DOC4444

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-42/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.4 Mensagens AIS

9.4.1 NOTAM

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de NOTAM.

FIGURA 9-45 – FORMULÁRIO NOTAM

9.4.2 SNOWTAM

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de SNOWTAM.

FIGURA 9-46 – FORMULÁRIO SNOWTAM

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-43/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.4.3 ASHTAM

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de ASHTAM.

FIGURA 9-47 – FORMULÁRIO ASHTAM

9.4.4 PRENOTAM

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de PRENOTAM.

FIGURA 9-48 – FORMULÁRIO PRENOTAM

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-44/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.4.5 CONFAC

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de CONFAC.

FIGURA 9-49 – FORMULÁRIO CONFAC

9.4.6 BLOCO CONFAC

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de BLOCO de CONFAC.

FIGURA 9-50 – FORMULÁRIO BLOCO CONFAC

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-45/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5 Mensagens MET

9.5.1 METAR

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de METAR.

FIGURA 9-51 – FORMULÁRIO METAR

9.5.2 SPECI

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de SPECI.

FIGURA 9-52 – FORMULÁRIO SPECI

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-46/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.3 TAF

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de TAF.

FIGURA 9-53 – FORMULÁRIO TAF

9.5.4 AVISO DE AERÓDROMO

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de AVISO DE AERÓDROMO.

FIGURA 9-54 – FORMULÁRIO AVISO DE AERÓDROMO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-47/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.5 CORTANTE DE VENTO

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de CORTANTE DE VENTO.

FIGURA 9-55 – FORMULÁRIO CORTANTE DE VENTO

9.5.6 GAMET

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de GAMET.

FIGURA 9-56 – FORMULÁRIO GAMET

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-48/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.7 SIGMET

A figura abaixo apresenta o formato do formulário SIGMET:

FIGURA 9-57 – FORMULÁRIO SIGMET

9.5.8 AIRMET

A figura abaixo apresenta o formato do formulário AIRMET:

FIGURA 9-58 – FORMULÁRIO AIRMET

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-49/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.9 AIREP

A figura abaixo apresenta o formato do formulário AIREP:

FIGURA 9-59 – FORMULÁRIO AIREP

9.5.10 SYNOP

A figura abaixo apresenta o formato do formulário SYNOP:

FIGURA 9-60 – FORMULÁRIO SYNOP

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-50/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.11 TEMP

A figura abaixo apresenta o formato do formulário TEMP:

FIGURA 9-61 – FORMULÁRIO TEMP

9.5.12 PILOT

A figura abaixo apresenta o formato do formulário PILOT:

FIGURA 9-62 – FORMULÁRIO PILOT

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-51/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.13 AREA FCST

A figura abaixo apresenta o formato do formulário AREA FCST:

FIGURA 9-63 – FORMULÁRIO AREA FCST

9.5.14 WINTEM

A figura abaixo apresenta o formato do formulário de entrada de WINTEM.

FIGURA 9-64 – FORMULÁRIO WINTEM

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-52/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.15 CLIMAT

A figura abaixo apresenta o formato do formulário CLIMAT:

FIGURA 9-65 – FORMULÁRIO CLIMAT

9.5.16 CLIMAT TEMP

A figura abaixo apresenta o formato do formulário CLIMAT TEMP:

FIGURA 9-66 – FORMULÁRIO CLIMAT TEMP

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-53/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

9.5.17 SOLICITAÇÃO DE OPMET

A figura abaixo apresenta o formato do formulário SOLICITAÇÃO DE OPMET:

FIGURA 9-67 – FORMULÁRIO OPMET

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 9-54/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10 GERENCIAMENTO DO TERMINAL DE ASSINANTES AMHS

10.1 Arquivo Morto

Com o tempo de uso, um número significativo de mensagens poderá estar localizado nas
pastas locais do TA, o que pode comprometer a operação do aplicativo, visto que o
operador terá que manusear muitas mensagens. A quantidade elevada de mensagens
localmente armazenadas também pode comprometer o desempenho da aplicação,
causando certa demora na navegação entre pastas que contenham muitas mensagens.
Visando solucionar este tipo de incômodo, o Terminal de Assinantes implementa uma
funcionalidade que possibilita ao operador com privilégios mover as mensagens locais para
um arquivo morto, o qual pode ser manuseado de forma isolada.

10.1.1 Criar Arquivo Morto

Para criar um arquivo morto, entre com a opção Terminal -> Arquivo Morto -> Criar Arquivo
Morto e informe:

• Pastas que serão arquivadas;

• Período de arquivamento;

• Nome do arquivo morto.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

A Figura 10-1, Figura 10-2 e Figura 10-3 apresentam a sequência de telas utilizadas para
criação do Arquivo Morto.

FIGURA 10-1 – TELA DE CRIAÇÃO DE ARQUIVO MORTO

FIGURA 10-2 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-3 – TELA DE CONFIRMAÇÃO DE GERAÇÃO DO ARQUIVO MORTO

10.1.2 Excluir Arquivo Morto

Esta opção elimina o arquivo morto do computador. Para utilizar esta facilidade, selecione a
opção Terminal->Arquivo Morto->Excluir Arquivo morto.

A Figura 10-4 apresenta a tela inicial para exclusão do arquivo morto.

FIGURA 10-4 – TELA INICIAL PARA EXCLUSÃO DE ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-3/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

Informe o nome do arquivo morto que será eliminado do computador.

FIGURA 10-5 – APRESENTAÇÃO DAS INFORMAÇOES DO ARQUIVO MORTO

FIGURA 10-6 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO

Por fim, selecione o arquivo morto que se deseja excluir e clique em <Excluir>.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-4/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.1.3 Abrir Arquivo Morto

A opção Abrir Arquivo Morto transfere um arquivo morto na estrutura de pastas do


Terminal de Assinantes, permitindo que essas mensagens possam ser consultadas.

Para isso, utilize a opção Terminal -> Arquivo Morto -> Abrir Arquivo Morto.

FIGURA 10-7 – TELA INICIAL DE ABERTURA DO ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-5/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-8 – SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO

Em seguida, selecione o nome do arquivo morto que se deseja abrir. Em seguida, clique na
opção <Abrir>.

A estrutura de pastas gravadas no arquivo morto será transferida para a pasta Arquivo
morto do terminal, como indicado na Figura 10-9.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-6/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-9 – INCLUSÃO DE PASTA COM ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-7/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.1.4 Fechar Arquivo Morto

Esta opção remove da estrutura de pastas do Terminal a pasta arquivo morto carregada
anteriormente.

FIGURA 10-10 – TELA APÓS FECHAR ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-8/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.1.5 Copiar Arquivo Morto

Esta opção permite que um arquivo morto seja transferido para uma mídia removível como
CD-R, CDRW, DVDR e Pendrive.

Para isso, selecione o arquivo que se deseja copiar e o dispositivo de destino do arquivo.

Em seguida, confirme clicando em <Copiar>.

FIGURA 10-11 – TELA INICIAL DE CÓPIA DE ARQUIVO MORTO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-9/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-12 – TELA PARA SELEÇÃO DO ARQUIVO MORTO A COPIAR

FIGURA 10-13 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DO ARQUIVO MORTO A COPIAR

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-10/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-14 – SELEÇÃO DO DESTINO DA CÓPIA

FIGURA 10-15 – INDICAÇÃO DE REINSTALAÇÃO DO PENDRIVE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-11/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-16 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DO PENDRIVE

FIGURA 10-17 – SELEÇÃO DA PASTA NO PENDRIVE

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-12/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-18 – SOLICITAÇÃO DA CONFIRMAÇÃO DE CÓPIA

FIGURA 10-19 – INFORMAÇÃO DE CÓPIA COM SUCESSO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-13/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.2 Cópia de Segurança

10.2.1 Criar Cópia de Segurança

Periodicamente, as mensagens e todas as configurações locais do Terminal de Assinantes


podem ser salvas em um arquivo de cópia de segurança, o qual pode ser enviado para um
dispositivo de armazenamento ou ainda para uma mídia ótica. As facilidades de cópia de
segurança e restauração desta cópia somente podem ser disparadas por operadores
configurados com privilégio para esta atividade.

O Terminal de Assinantes disponibiliza uma função para criação de uma cópia de segurança
do Terminal de Assinantes, composta por todas as mensagens armazenadas no MS local e
pelas informações de configuração e catálogos mantidos pelo aplicativo.

Ative a cópia de segurança através da opção Terminal->Cópia de Segurança->Criar Cópia


de segurança.

FIGURA 10-20 – TELA INICIAL DE CRIAÇÃO DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-14/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-21 – ENTRADA DO NOME DO ARQUIVO DE SEGURANÇA

FIGURA 10-22 – ENTRADA DE INFORMAÇÕES DO ARQUIVO DE SEGURANÇA

FIGURA 10-23 – INDICAÇÃO DE EXITO NA GERAÇÃO DO ARQUIVO DE SEGURANÇA

Em seguida, informe o nome do arquivo de segurança que se deseja criar e clique em


<Criar>.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-15/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.2.2 Restaurar Cópia de Segurança

Para restaurar uma cópia de segurança, clique na opção Cópia de Segurança -> Restaurar
Cópia de Segurança.

Em seguida, selecione o nome do arquivo que se deseja recuperar, conforme a sequência


de figuras abaixo.

FIGURA 10-24 – TELA INICIAL PARA RESTAURAÇÃO DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-16/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.3 Recuperação de Mensagens

FIGURA 10-25 – SELEÇÃO DA CÓPIA DE SEGURANÇA A RECUPERAR

FIGURA 10-26 – APRESENTAÇÃO DOS DADOS DA CÓPIA DE SEGURANÇA

Em seguida, indique se deseja recuperar a configuração do sistema, as mensagens ou


catálogos pessoais que foram transferidos para a cópia de segurança.

Por fim, clique em <Restaurar> para ativar a restauração da cópia de segurança.

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-17/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.4 Consulta de Mensagens

Em um universo de muitas mensagens localmente armazenadas, seja na estrutura de


pastas locais do TA ou nos arquivos morto periodicamente gerados, a tarefa de se encontrar
uma mensagem específica pode ser árdua. Para facilitar a busca de mensagens, uma
funcionalidade de busca inteligente de mensagens é pelo TA ao operador. Para isso, o
operador fornece um critério de pesquisa baseado em informações da mensagem (assunto,
prioridade, data de recebimento/envio, destinatário, remetente, etc.), o qual então é utilizado
para a consulta ao banco de dados local. As mensagens que atenderem o critério de
pesquisa informado são apresentadas em uma lista organizada, na qual o operador pode
selecionar e abrir qualquer mensagem.

A consulta de mensagens permite criar critérios para busca de mensagens recebidas ou


transmitidas pelo Terminal de Assinantes através de relacionamento de atributos das
mensagens.

A Figura 10-27 apresenta a tela para criação da condição de busca de mensagem.

O critério de pesquisa deve ser armazenado em disco para utilização posterior.

FIGURA 10-27 – TELA DE CONSULTA DE MENSAGENS

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-18/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-28 – CONSULTA SALVA EM DISCO

10.5 Estatística

Esta opção apresenta o total de mensagens transmitidas e recebidas pelo terminal por tipo
de mensagem.

Selecione o tipo de mensagem que se deseja consultar e clique em <Criar Relatório>.

FIGURA 10-29 – TELA PARA SELEÇÃO DE MENSAGENS PARA ESTATISTICA

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-19/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

10.6 Atualização do Programa

A atualização do programa do Terminal é realizada por download de aplicativo de


instalação.

Clique na opção Terminal->Atualiza Versão do terminal. Automaticamente, a tela abaixo


será apresentada.

FIGURA 10-30 – TELA PARA DOWNLOAD DE ATUALIZAÇÃO

Os arquivos de atualização são transferidos para o terminal e executados sob comando do


operador.

FIGURA 10-31 – INDICAÇÃO DE DOWNLOAD DE VERSAO

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-20/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

FIGURA 10-32 – TELA DE INDICAÇÃO DE FALHA DE ACESSO AO FTP

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 10-21/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

11 NOTAS

11.1 Abreviaturas

Rede Fixa de Telecomunicações Aeronáuticas (Aeronautical Fixed


AFTN
Telecomunication Network)

AMHS Sistema de Tratamento de Mensagens ATS (ATS Message Handling System)

Atech Atech Negócios em Tecnologias S/A

ATC Controle de Tráfego Aéreo (Air Traffic Control)

Rede de Telecomunicações Aeronáuticas (Aeronautical Telecomunication


ATN
Network)

ATS Serviço de Tráfego Aéreo (Air Traffic Service)

AU Access Unit

CAAS Common AMHS Address Schema

CCAM Centro de Comutação Automática de Mensagens

CCAM-BR Centro de Comutação Automática de Mensagens de Brasília

CCAM-MN Centro de Comutação Automática de Mensagens de Manaus

CINDACTA Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo

CISCEA Comissão para Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo

CN Common Name

COTS Item Comercial (Commercial Off The Shelf).

CTMA Centro de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas

CTMA-BR Centro de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas de Brasília

CTMA-MN Centro de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas de Manaus

DAP Directory Access Protocol

DECEA Departamento de Controle do Espaço Aéreo

DIT Directory Information Tree

DISP Directory Information Shadowing Protocol

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 11-1/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

DN Distinguished Name

DSA Directory Server Agent

DSP Directory System Protocol

ECM Estação de Comunicações

HW Hardware

IA-5 Alfabeto Internacional Nº. 5

Organização de Aviação Civil Internacional (International Civil Aviation


ICAO
Organization)

Comissão Eletrotécnica Internacional (International Electrotechnical


IEC
Commission)

INTRAER Intranet da Aeronáutica

IP Protocolo Internet (Internet Protocol)

Organização Internacional de Padrões (International Organization for


ISSO
Standardization)

ITA-2 Alfabeto Telegráfico Internacional Nº. 2

União Internacional de Telecomunicações – Padrões de Telecomunicação


ITU-T
(International Telecommunication Union - Telecommunications Standards)

KB Kilo Bytes

LAN Local Area Network

MB Mega Bytes

MS Message Store

MTA Message Transfer Agent

MTS Message Transfer System

OCD Descrição dos Conceitos Operacionais (Operational Concepts Description).

OSI Interconexão de Sistemas Abertos (Open Systems Interconnection)

Declaração de Conformidade de Implementação de Protocolo (Protocol


PICS
Implementation Conformance Statement)

PRMD Private Management Domain

SFA Serviço Fixo Aeronáutico

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 11-2/C

OSTENSIVO
OSTENSIVO

SICD Descrição de Interfaces Externas (System Interface Control Document).

SISCEAB Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro

SSS Especificação de Requisitos de Sistema (System/Subsystem Specification).

STMA Sistema de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas

SW Software

TA Terminal de Assinantes

TCP/IP Transfer Control Protocol / Internet Protocol

UA User Agent

USB Universal Serial Bus

WAN Wide Area Network

WMO World Meteorological Organization

Atech Negócios em Tecnologias S/A ATECH SA.535.13.00002/C


Página 11-3/C

OSTENSIVO