Você está na página 1de 54

1º BIMESTRE

MATERIAL DO PROFESSOR
MATERIAL DO PROFESSOR

1º BIMESTRE
INFANTIL II

MOGI DAS CRUZES, 2018


AUTORES
Andréa Cristina Mendes Geraldo Garcia
Bruna Rocha de Siqueira
Bruna Rodrigues Pereira
Crislane Marques de Lima Lago
Débora Batista Laranjeira
Este material está protegido pela Lei Nº 9610/98 e foi impresso pela
Fernanda Ubaldo Milani Urbano Secretaria Municipal de Educação de Mogi das Cruzes, para uso da Rede
Municipal de Ensino. É proibida sua reprodução parcial ou total sem a
autorização do Editor. O infrator estará sujeito às penalidades previstas na Lei.
Heliana Pereira Pimentel Fernandes
Luciana Rosa Fernandes Abib
Maria Angélica Jesus de Mello Macedo
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Marta Keiko Kaku (Câmara do Livro, SP, Brasil)

Mitch Rodrigo Prado de Almeida


Nádia Espíndola Fernandes

COLABORAÇÃO
Angélica Lucas Bezerra

PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO,
CAPA E ILUSTRAÇÕES
Alexandre Roberto Rodrigues Tiragem: 0000 exemplares

Mogi das Cruzes Administração


PREZADA PROFESSORA, PREZADO PROFESSOR
A  LEI  DE  DIRETRIZES  E  BASES  DA  EDUCAÇÃO  DETERMINA  A  FINALIDADE  DA  EDUCAÇÃO  INFANTIL: 
DESENVOLVER  DE  MANEIRA  INTEGRAL  OS  ASPECTOS  FÍSICO,  PSICOLÓGICO,  INTELECTUAL  E  SOCIAL  DE 
NOSSAS CRIANÇAS.

DIANTE DE TAMANHA RESPONSABILIDADE E CONSIDERANDO A EXTREMA IMPORTÂNCIA DESSA ETAPA DA 
EDUCAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DO “     – INTERAGIR, BRINCAR E APRENDER”, MATERIAL DIDÁTICO 
VOLTADO  PARA  CRIANÇAS  COM  IDADE  DE  3  A  5  ANOS  E  PARA  OS  PROFESSORES  QUE  ATUAM  COM 
TURMAS  DESSA  MESMA  FAIXA  ETÁRIA,  OBJETIVA  AUXILIÁ­LO  NO  PLANEJAMENTO  DE  BOAS  SITUAÇÕES 
DIDÁTICAS E NA GARANTIA DOS DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE NOSSAS CRIANÇAS. 

INSPIRADOS NAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA EDUCAÇÃO INFANTIL, O IBA IMPRIME EM 
SEU NOME E CONTEÚDO UMA CONCEPÇÃO DE PRÁTICA PEDAGÓGICA MEDIADORA DE APRENDIZAGENS E 
DO DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS, POR MEIO DE DOIS EIXOS, AS INTERAÇÕES E A BRINCADEIRA.

PENSANDO  NA  PRATICIDADE  E  FUNCIONALIDADE,  AS  PÁGINAS  DO  MATERIAL  DO  ALUNO  FORAM 
REPRODUZIDAS NO CADERNO DO PROFESSOR QUE CONTA COM ORIENTAÇÕES E ENCAMINHAMENTOS A 
FIM  DE  POTENCIALIZAR  AS  ATIVIDADES  SUGERIDAS  NO  MATERIAL.  OBSERVAMOS,  AINDA,  QUE  NESTA 
PROPOSTA  O  PROTAGONISMO  DOCENTE  É  IMPRESCINDÍVEL,  POIS  CONSIDERAMOS  NECESSÁRIA  A 
INCORPORAÇÃO  DE  NOVOS  ELEMENTOS  ÀS  ATIVIDADES  JÁ  PROPOSTAS  E  NA  REALIZAÇÃO  DE  OUTRAS, 
CONSIDERANDO O CONTEXTO E AS REAIS NECESSIDADES DE SUAS CRIANÇAS.

ESPERAMOS  QUE  O  “        –  INTERAGIR,  BRINCAR  E  APRENDER”  SE  CONSTITUA  NUM  MATERIAL 


ORIENTADOR  DE  SEU  TRABALHO  DIDÁTICO­PEDAGÓGICO,  NUM  INSTRUMENTO  DE  REFLEXÃO,  ESTUDO  E 
APROFUNDAMENTO.

BOM TRABALHO!

JULIANA DE PAULA GUEDES DE MELO SANTOS
SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE MOGI DAS CRUZES
SUMÁRIO

PROCEDIMENTOS E ATIVIDADES 5

ANEXOS 47
OBJETIVO: Promover a familiarização com a escrita por meio do gênero discursivo canção.

MATERIAIS: CD/DVD com a música e o clipe, papel kraft ou cartolina.

PROCEDIMENTOS: - Aprecie com as crianças a música e/ou o clipe “Carnaval da Minhoca”, da Palavra Cantada. Ouça e brinque mais de uma vez, explore
movimentos diversos como arrastar, sacolejar, pular, dançar...
- Realize a leitura da letra da música na página 7 (Material do Aluno) e possibilite que a criança acompanhe a leitura em seu material;
- Faça uma roda de conversa sobre a música e proponha algumas questões norteadoras, como:
Quais animais aparecem na música?
O que eles estão fazendo?
Todos estão participando da festa?
A festa está incomodando alguém?
Por que eles estão usando fantasias?
Quais fantasias são usadas?
Você já foi a uma festa à fantasia?
Proponha outras perguntas que considerar pertinente;
- Transcreva a letra da música para um cartaz em papel kraft ou cartolina, relembrando seus trechos com as crianças.

IMPORTANTE: Permita que as crianças conversem, entre si, garantindo que de fato estabeleçam uma conversa sobre o assunto e não apenas um “jogo
de perguntas e respostas”.
VOCÊ E SUA TURMA SABEM MUITAS COISAS SOBRE OS ANIMAIS. 
AGORA, VAMOS CONHECER MAIS SOBRE AS MINHOCAS. PARA COMEÇAR QUE TAL OUVIRMOS 
UMA MÚSICA?

CARNAVAL DA MINHOCA
(PALAVRA CANTADA)
MINHOCO E A MINHOQUINHA A MELHOR DAS FANTASIAS
RESOLVERAM SE CASAR ERA DO MANO MINHOCÃO
E AFOFARAM O TERRENO QUE SE VESTIU DE BANANA
PRA MINHOCADA DANÇAR COM VESTIDO DE ALGODÃO
O MAESTRO MINHOQUEIRO VIROU UMA MINHOCARIA
COMEÇOU A BATUCAR A GRANDE FESTA LÁ NO CHÃO
E JUSTAMENTE E JUSTAMENTE
NAQUELA HORA NAQUELA HORA
QUE EU IA ESTUDAR QUE EU IA FAZER LIÇÃO

SENHOR MINHOCO SENHOR MINHOCO


DONA MINHOCA DONA MINHOCA
O CARNAVAL DE VOCÊS TÁ LEGAL O CARNAVAL DE VOCÊS TÁ LEGAL
MAS POR FAVOR MAS POR FAVOR
MINHAS MINHOCAS MINHAS MINHOCAS
VÃO MINHOCAR EM UM OUTRO VÃO MINHOCAR EM UM OUTRO
QUINTAL QUINTAL.

NOME: DATA:

6
OBJETIVO: Possibilitar a ampliação da cultura corporal de movimento e possibilidades de expressão com diferentes materiais.

MATERIAIS: Tinta, caneta hidrocor/permanente ou almofada para carimbo.

PROCEDIMENTOS: - Incentive a exploração do movimento de arrastar da minhoca com o corpo em diferentes ambientes;
- Pergunte às crianças quais outras músicas elas conhecem com o tema proposto.

Sugestão: “Uma minhoquinha faz ginastiquinha” e “Minhoca, minhoca me dá uma beijoca”. Cante com elas.

- Reproduza a minhoca com tinta, caneta hidrocor/permanente ou carimbo utilizando o dedo das crianças, explorando as músicas;
- Proporcione que a criança faça o caminho da minhoca na terra, areia, lousa, parede e no chão com diversas partes do corpo;
- Explore as características do corpo da minhoca, com objetivo de levantar hipóteses (mole, duro, quente, frio, fino, grosso, seco,
molhado...);
- Retome o cartaz realizado anteriormente e permita que as crianças ilustrem com seus dedos molhados de tinta as minhocas;
- Peça para as crianças pintarem as minhocas na página 8 (Material do Aluno), com o dedo molhado de tinta.

Música: Uma minhoquinha faz ginastiquinha Música: Minhoca me dá uma beijoca


Uma minhoquinha faz ginastiquinha Minhoca, minhoca
Duas minhoquinhas fazem ginastiquinha Me dá uma beijoca
Três minhoquinhas fazem ginastiquinha Não dou, não dou
Quatro minhoquinhas fazem ginastiquinha Então eu vou roubar
Cinco minhoquinhas fazem ginastiquinha Minhoco, minhoco
Um minhocão faz ginasticão Você é mesmo louco
Um minhocão faz ginasticão Beijou do lado errado
(Composição: Milton Neves/Robertinho) A boca é do outro lado!
(Composição: Aline Romeiro/Wlad Mattos)
AGORA QUE JÁ DANÇAMOS E BRINCAMOS COM A MÚSICA “CARNAVAL DAS MINHOCAS”, 
DESENHE COM O DEDO MOLHADO DE TINTA AS MINHOCAS NESTE ESPAÇO:

NOME: DATA:

8
OBJETIVO: Estimular o interesse pela leitura por meio do gênero receita;
Estabelecer aproximação às noções matemáticas presentes no cotidiano.

MATERIAIS: Livro “O Minhoco Apaixonado”, de Alessandra Pontes Roscoe – Editora Canguru, livros de receita, ingredientes para a receita da massa de
modelar, giz, lápis, tinta, caneta hidrocor, dentre outros.

PROCEDIMENTOS: - Realize a leitura do livro “O Minhoco Apaixonado”, de Alessandra Pontes Roscoe – Editora Canguru, contemplando as ilustrações e destacando o
material com que foram produzidas (massa de modelar);
- Possibilite o reconto pelas crianças;
- Contextualize com a turma o gênero receita. Pergunte:
Quem já viu uma receita?
Para que utilizamos?
Quais receitas conhecem?
- Disponibilize livros de receitas para as crianças, para que se familiarizem com o gênero.

Sugestão: “O livro de receitas do Menino Maluquinho”, de Ziraldo; “Coleção Comidinhas da Diana” – de Fernanda Fontoura; “Sabores da Merenda” –
vol. 1 e 2, elaborados pelos ADE da Rede Municipal de Educação de Mogi das Cruzes.

- Previamente, separe os ingredientes e utensílios necessários para o preparo da massa de modelar. Disponibilize os ingredientes de maneira que
facilite a visualização das crianças;
- Realize a leitura da receita ilustrada na página 9 (Material do Aluno). Possibilite que as crianças acompanhem a leitura;
- Apresente os ingredientes contidos nesta receita;
- Prepare a massa junto com as crianças, seguindo a sequência proposta. Oportunize a participação de todos os alunos;
- Permita ações como: experimentar os ingredientes da massa um a um, adicionar e mexer os ingredientes, manipular a massa pronta...
- Converse sobre as cores disponíveis e explore a mistura de cores primárias para formação de novas cores, ampliando o repertório de escolha das
crianças.

Azul + Amarelo = Verde Vermelho + Azul = Roxo Amarelo + Vermelho = Laranja

- Distribua pedaços de massa para que as crianças possam colori-la com a cor escolhida. Sugira a modelagem de uma minhoca com a massa e
proporcione brincadeiras com este material;
- Incentive o registro livre da cor escolhida na página 9 (Material do Aluno) com material de colorir (giz, lápis, tinta, caneta hidrocor, dentre outros).
RECEITA ILUSTRADA 
MASSA DE MODELAR CASEIRA

QUE LEGAL! A NOSSA TURMA FEZ SUA PRÓPRIA MASSINHA PARA


MODELAR AS MINHOCAS. QUAL COR VOCÊ ESCOLHEU PARA
COLORIR A SUA?
PINTE DO SEU JEITO O ESPAÇO ABAIXO:

NOME: DATA:

10
OBJETIVO: Ampliar o repertório de informações por meio de dados, aproximando sua vivência às noções matemáticas.

MATERIAIS: Pedaços de papel branco (10x10cm), papel kraft, palitos de sorvete, tinta, caneta hidrocor, giz de cera e de lousa.

PROCEDIMENTOS: - Possibilite a observação das cores que foram utilizadas no preparo da massa de modelar e esquematize na lousa, de maneira linear, por
meio de cartazes ou outra maneira que considerar mais adequada;
- Conte coletivamente cada cor escolhida e registre não convencionalmente (com riscos, bolinhas, X ou qualquer outro tipo de marcação);
- Oportunize a marcação não convencional pela criança na areia, na lousa, no azulejo, sendo o professor orientador das marcações;
- Para montar um gráfico de colunas, entregue pedaços de papel branco (10x10cm) a cada uma das crianças. Solicite que pintem o
quadrado de papel com a cor que escolheram para colorir sua massa de modelar;
-Disponibilize o papel kraft na lousa com a base (eixo horizontal). Chame as crianças que pintaram o quadrado de cores iguais e oriente-as
a colar um quadrado acima do outro (se considerar necessário, desenhe a lápis uma linha orientadora vertical), construindo assim o
gráfico;
- Distribua palitos para realizarem o registro da cor escolhida pela turma;
- Auxilie as crianças para que cada uma cole seus palitos na página 10 (Material do Aluno) da maneira que quiserem. Posteriormente,
disponibilize material da cor escolhida (tinta, caneta hidrocor, giz de cera e de lousa) para que pintem os palitos.

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
CADA CRIANÇA DA NOSSA TURMA ESCOLHEU A COR DA SUA MASSINHA.
VAMOS REPRESENTAR A COR MAIS ESCOLHIDA PELA TURMA E A QUANTIDADE DE ALUNOS QUE A 
ESCOLHEU?

A MINHOCA TEM
O CORPO 
AVERMELHADO.

NOME: DATA:

12
OBJETIVO: Ampliar o repertório de conhecimento a respeito do mundo social e natural, interagindo com o animal.

MATERIAIS: Bacia, terra, minhocas, folha sulfite, lupa e luvas de procedimento.

PROCEDIMENTOS: - Organize previamente o material a ser observado, conforme descrito abaixo:


Em uma bacia grande, adicione terra até que metade dela esteja preenchida. Depois, coloque nesta terra o pote com minhocas. Repita o
mesmo processo em uma segunda bacia;
- Distribua às crianças luvas de procedimento (se julgar necessário) e diga que agora todos serão “Caçadores de Minhoca”. Explique que
neste momento observaremos o animal e algumas características como: cor, formato do corpo e locomoção. Auxilie as crianças a
desenvolverem uma observação ativa e investigativa;
- No parque (ou em outro ambiente que julgue melhor), forme duas rodas para facilitar a observação e coloque a bacia previamente
preparada no centro de cada uma das rodas;
- Incentive a observarem a terra, depois a colocarem a mão e tentarem encontrar o animal. Ressalte o cuidado que devemos ter neste
momento para “não machucar o animal”;
- Ao perceber que as crianças encontraram as minhocas, distribua uma folha de sulfite, para que coloquem o animal sobre a folha e
possam observá-lo com a lupa;
- Ao término da observação, as minhocas devem voltar para a bacia com terra;
- Estimule as crianças a registrar as experiências vividas no caça as minhocas, na página 11 (Material do Aluno).

Sugestões: A terra com as minhocas podem ser colocadas no jardim ou horta da escola.
Aproveite para enfatizar a necessidade e importância dos cuidados de higiene ao explorar diferentes materiais como a terra,
utilizando o vídeo “Sid Cientista” – episódio Lavar as mãos.

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
UAU! PASSAMOS POR MOMENTOS INTERESSANTES QUANDO OBSERVAMOS AS MINHOCAS.
DESENHE COMO FOI O NOSSO “CAÇA AS MINHOCAS”.

A MINHOCA NÃO 
NOS FAZ MAL, ELA É 
MUITO IMPORTANTE 
PORQUE FICA 
DENTRO DA TERRA E 
FAZ BURAQUINHOS 
QUE DEIXAM O AR E 
A ÁGUA DA CHUVA 
ENTRAR, ATÉ CHEGAR 
A RAIZ DAS PLANTAS.

NOME: DATA:

14
OBJETIVO: Explorar a descoberta das possibilidades dos materiais e objetos sonoros.

MATERIAIS: Instrumentos musicais e materiais não estruturados.

PROCEDIMENTOS: - Prepare o ambiente com os instrumentos musicais disponíveis na escola. Motive as crianças a experimentá-los livremente;
- Faça uma roda para que conversem sobre os instrumentos experimentados, mostre o instrumento, diga o nome e passe para que todos
possam manuseá-los;
- Separe os instrumentos por grupo de famílias (corda, madeira, metais e percussão). Estabeleça alguns combinados, como: tocar o
instrumento somente ao sinal do professor e deixar o instrumento “dormir” no chão, enquanto não houver o sinal combinado. Permita que
as crianças escolham o instrumento que irão tocar. Sentadas em roda tocarão o instrumento. Converse com os alunos sobre o som e
também sobre o silêncio (momento em que todos os instrumentos estão “dormindo”);
- Apresente os materiais não estruturados disponíveis para confecção dos instrumentos e permita o manuseio livre destes materiais;
- Motive as crianças na construção de instrumentos como chocalho e tambor, utilizando latas de leite, potes de iogurte, tinta, grãos, fitas
coloridas, areia e outros materiais;
- Oportunize a experimentação e a troca entre as crianças dos instrumentos confeccionados;
- Utilize os instrumentos da página 28 (Material do Aluno) e junto com as crianças os nomeiem. Oriente a colar os instrumentos de
percussão que foram utilizados na aula, na página 12 (Material do Aluno).

Sugestão: Vídeos “Tu toca o quê?” e “Boi”, ambos do Grupo Tiquequê e “Carcará”, grupo musical Barbatuques.

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
NO BAILE DA MINHOCARIA O MAESTRO MINHOQUEIRO COMEÇOU A BATUCAR. AQUI TAMBÉM FIZEMOS UMA BATUCADA. 
DEPOIS DE TODA A EXPERIMENTAÇÃO VAMOS COLAR OS ADESIVOS DOS INSTRUMENTOS DE PERCUSSÃO QUE 
EXPLORAMOS.

A MINHOCA NÃO 
TEM ORELHAS, NEM 
NARIZ, NEM OLHOS, 
NEM PERNAS E NEM 
DENTES.

NOME: DATA:

16
OBJETIVO: Ampliar o conhecimento de si e do mundo, das possibilidades de expressão, de modo a favorecer a produção de marcas gráficas.

MATERIAIS: Instrumentos musicais, caneta hidrocor, tinta, giz de cera e giz de lousa.

PROCEDIMENTOS: - Em roda de conversa, fale sobre a experiência de explorar os instrumentos;


- Incentive as crianças a falarem sobre suas preferências. Durante a roda, nomeie os instrumentos para que se apropriem desses nomes;
- Disponibilize em uma mesa os instrumentos de maneira que as crianças escolham o seu preferido e registre na página 13 (Material do
Aluno).
- Estimule as crianças e desenvolva em outros momentos atividades de registro do som.
VAMOS DESENHAR O INSTRUMENTO QUE VOCÊ MAIS GOSTOU.

NOME: DATA:

18
OBJETIVO: Vivenciar a organização do som e silêncio em linguagem musical.

MATERIAIS: CD “Meu pé meu querido pé”, de Hélio Ziskind, instrumentos musicais, caneta hidrocor, tinta, giz de cera e giz de lousa.

PROCEDIMENTOS: - Aprecie do CD “Meu pé meu querido pé”, de Hélio Ziskind, as faixas musicais de 19 a 46 (“Passarinho que som é esse?”) e explore os
instrumentos que considere significativos para sua turma. Incentive a participação das crianças na música utilizando estratégias como a
mímica;
- Permita que as crianças dancem e vivenciem ao som dos instrumentos;
- Divida a sala em dois grupos de maneira que um esteja com os instrumentos confeccionados por eles e o outro com o material na página
14 (Material do Aluno). O grupo dos instrumentos tocará e o outro fará o registro com diversos materiais, a partir da escuta dos sons.
Posteriormente realize a atividade invertendo os grupos, garantindo que todas as crianças participem;
- O professor poderá previamente combinar com os alunos alguns sinais de indicação para os parâmetros do som: intensidade (fortes e
fracos), altura (graves, médios e agudos), duração (longos e curtos) e timbre (origem do som, exemplo identificar um gato miando, um
celular tocando ou uma pessoa falando utilizando somente a percepção sonora).
FIZEMOS NOSSOS INSTRUMENTOS PARA O BAILE DA MINHOCARIA, CHEGOU A HORA DE REGISTRAR O SOM 
QUE ELES PRODUZEM, ENQUANTO SEUS AMIGOS TOCAM, VOCÊ DESENHA:

NOME: DATA:

20
OBJETIVO: Ampliar o conhecimento de si e do mundo, interagindo com imagens diversas, criando e explorando possibilidades.

MATERIAIS: Fantasias, jornais, caixas, TNT, EVA, papel crepom, papel kraft, fitas de cetim, fitas crepe e coloridas, fitilhos entre outros materiais.

PROCEDIMENTOS: - Previamente, prepare um acervo de fantasias para que em momento oportuno as crianças explorem-nas de forma livre;
- Proponha um desfile envolvendo outras turmas em ambientes externos à sala;
- Disponibilize materiais como: jornais, caixas, TNT, EVA, papel crepom, papel kraft, fitas de cetim, fitas crepe e coloridas, fitilhos entre
outros materiais que julgue necessário para confecção das fantasias;
- Estimule que cada criança confeccione sua própria fantasia. Esta criação/confecção pode se estende por alguns dias;
- Reserve a fantasia confeccionada para ser usada posteriormente;
- Oriente que destaquem o material da página 29 (Material do Aluno) e explore diversas possibilidades de novas fantasias.
- Solicite que as crianças colem a fantansia maluca que criaram, na página 13 (Material do Aluno).
NA MÚSICA, A MELHOR DAS FANTASIAS FOI A DO MANO MINHOCÃO.
CRIE FANTASIAS MALUCAS, USANDO AS FIGURAS DO MATERIAL DE APOIO.

NOME: DATA:

22
OBJETIVO: Proporcionar a familiarização com a escrita e ampliar a cultura corporal de movimento.

MATERIAIS: CDs, convites diversos e fantasias confeccionadas pelas crianças.

PROCEDIMENTOS: - Em roda de conversa fale sobre o “Baile da Minhocaria” que as crianças irão participar, pergunte:
Como organizamos um ambiente para um baile?
O que precisamos para fazer um baile?
- Problematize, identificando as características de um baile (reunião festiva cuja finalidade principal é a dança) e de uma festa (reunião de
pessoas com fins recreativos, geralmente acompanhadas de música, bebidas e comidas);
- Na página 16 (Material do Aluno), direcione as crianças para a leitura coletiva da estrutura de um convite, exponha diferentes modelos e
explique que há convites para diferentes eventos (casamento, aniversário, encontros, palestras, cursos, reuniões...);
Sugestão: Solicite aos alunos que tragam convites que tiverem em casa para esta aula.
- Peça para as crianças assinarem o convite do “Baile da Minhocaria” e destaque para que seja entregue a um colega de outra turma;
- No dia seguinte a entrega do convite, realize o “Baile da Minhocaria” com as crianças, utilizando as fantasias confeccionadas
anteriormente, dançando e explorando movimentos diversos.

Sugestão: “Baladinha”, da Palavra Cantada.


VAMOS FAZER UM “BAILE DA MINHOCARIA”?
PARA A FESTA FICAR ANIMADA, CONVIDAREMOS NOSSOS AMIGOS. COLOQUE SEU NOME NO CONVITE E ENTREGUE A UMA 
CRIANÇA DE OUTRA TURMA.

NOME: DATA:

24
OBJETIVO: Possibilitar a familiarização com a escrita, reconhecer os animais e suas características e estimular deslocamentos no espaço com
autonomia.

MATERIAIS: Papel kraft, materiais não estruturados (garrafas PET e jornal) e fita crepe.

PROCEDIMENTOS: - Converse com as crianças sobre quais animais rastejam como a minhoca;
- Realize coletivamente com as crianças uma lista de animais que rastejam e registre no papel kraft (professor escriba);
- Brinque com as crianças por meio das músicas da cultura popular: “A cobra não tem pé” e “A história da serpente”;
Sugestão: Brinque de “Boliche das cores” com as crianças. Os pinos podem ser produzidos com materiais não estruturados (garrafas PET),
rotulados com cores diferentes e a bola pode ser feita com jornal ou papel amassado, preso por fita crepe. Um dos objetivos desta
brincadeira é que a criança lance a bola de maneira rasteira para derrubar os pinos. Faça a contagem de pontos com a marcação não
convencional realizada pela criança na lousa ou em papel Kraft;
- A partir da página 17 (Material do Aluno), converse coletivamente com as crianças identificando o nome dos animais ilustrados e as
formas como eles se locomovem. Possibilite que imitem estes animais. Peça para as crianças pintarem somente os animais que rastejam.

A Cobra A História da Serpente


A cobra não tem pé, a cobra não tem mão Esta é a história da serpente
como é que a cobra sobe no pezinho de limão? Que desceu do morro
como é que a cobra sobe no pezinho de limão? Para procurar um pedaço do seu rabo
Vocetambem,vocetambem,
A cobra vai subindo, vai, vai, vai Faz parte do seu rabão
Vai se enrolando, vai, vai, vai
Esta é a história da serpente
A cobra não tem pé, a cobra não tem mão Que desceu do morro
Como é que a cobra desce do pezinho de limão? Para procurar um pedaço do seu rabo
Como é que a cobra desce do pezinho de limão? Vocetambem,vocetambem,
Explore as informações contidas Faz parte do seu rabão
no “Você sabia?” registradas no A cobra vai descendo, vai, vai, vai
material do aluno. Vai desenrolando, vai, vai, vai.
OBSERVAMOS QUE AS MINHOCAS RASTEJAM. VAMOS COLORIR OS ANIMAIS QUE 
RASTEJAM COMO ELAS:

A MINHOCA PERCEBE 
TUDO PELA SUA PELE: 
O CALOR DO SOL, O 
BARULHO E A LUZ.

NOME: DATA:

26
OBJETIVO: Explorar formas de deslocamento no espaço, manuseando diferentes objetos e suas características.

MATERIAIS: Túnel Centopéia, materiais concretos (caixas, cadeiras, bancos e mesas), fita crepe, pedaços de papel crepom (2 cm), CD com a música
“Carnaval da minhoca”, da Palavra Cantada), corda e barbante (60cm).

PROCEDIMENTOS: - Utilize o Túnel Centopéia (material utilizado para atividades de movimento) e incentive que as crianças passem por dentro dele;
- Monte um caminho sinuoso com materiais concretos (caixas, cadeiras, bancos e mesas), para que as crianças percorram esse caminho
de maneira a compreender o movimento da cobra;
- Monte um caminho sinuoso plano com fita crepe no chão para que as crianças caminhem sobre ele;
- Forme uma coluna (mantendo as crianças uma atrás da outra) e caminhe pelo ambiente escolar simulando movimentos da cobra;
- Corte pedaços de papel crepom (2cm) ainda enrolados, distribua os pedaços para as crianças e coloque a música “Carnaval da Minhoca”,
da Palavra Cantada. Dance com elas desenrolando a fita de papel crepom;
- Em um ambiente adequado utilize a corda: possibilite que as crianças saltem com a corda parada, faça movimentos simulando o rastejar
de uma cobra com a corda para que as crianças saltem com ela em movimento...
- Na página 18 (Material do Aluno), aplique com pincel a cola branca em toda extensão da folha, entregue o pedaço de barbante (60cm)
para que as crianças reproduzam o movimento da cobra livremente. Movimentos experienciados nas atividades anteriores.
ASSIM COMO A MINHOCA, A COBRA TAMBÉM RASTEJA. REGISTRE O MOVIMENTO DA 
COBRA COM O BARBANTE:

NOME: DATA:

28
OBJETIVO: Identificar características dos animais ampliando o repertório de conhecimento a respeito do mundo social e natural.

MATERIAIS: Revistas (materiais impressos), papel kraft ou cartolina, CD com a música “Ciranda dos Bichos”, da Palavra Cantada e cola.

PROCEDIMENTOS: - Pesquise com as crianças como os animais se locomovem. Disponibilize revistas para que busquem imagens de animais e usem como
referência;
- Monte um cartaz coletivo, considerando o modo de locomoção do animal com as imagens pesquisadas. Previamente no cartaz desenhe
os ambientes: céu, terra e água;
- Cante e dance a música “Ciranda dos bichos”, da Palavra Cantada;
- Destaque os animais da página 30 (Material do Aluno) e oriente as crianças para posicioná-los na paisagem da página 19 (Material do
Aluno), aproveite para explorar as hipóteses levantadas pelas crianças. Disponibilize cola para que as crianças colem os animais em seus
espaços.

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
OS ANIMAIS SE LOCOMOVEM EM LUGARES DIFERENTES. COLE­OS 
COMPLETANDO A PAISAGEM:

30
OBJETIVO: Classificar considerando determinado atributo (tamanho), identificar relações espaciais, utilizar diversos materiais para grafar e explorar
formas de deslocamento no espaço.

MATERIAIS: Papel kraft e diversos materiais (tampas de garrafa, rolha, carimbos de formas diversas, batata, beterraba, hastes flexíveis, pincel, tintas de
diversas cores).

PROCEDIMENTOS: - Realize uma roda de conversa a fim de que as crianças relatem algumas diferenças e similaridades dos animais, dentre elas o tipo e o
tamanho das suas pegadas ou dos seus rastros;
- Permita que as crianças registrem estas pegadas em um papel kraft com utilização de diversos materiais (tampas de garrafa, rolha,
carimbos de formas diversas, batata, beterraba, hastes flexíveis, pincel, tintas de diversas cores);
- Registre na página 20 (Material do Aluno) a pegada da formiga e do elefante ressaltando suas características próprias.

Sugestões: Brincadeira “Passo de Animal” – as crianças devem percorrer um caminho realizando os comandos dados pelo professor
(exemplo passos de elefante – grandes, passos de formiga – pequenos, passos de sapo – saltos...)
Registrar os passos da formiga com as marcas dos dedos das crianças, hastes flexíveis. As marcas do elefante por meio do uso
da beterraba, batata...
OS ANIMAIS QUANDO ANDAM DEIXAM MARCAS. QUEM IRÁ PASSEAR AGORA SÃO AS FORMIGAS E 
OS ELEFANTES. CARIMBE AS SUAS PEGADAS:

NOME: DATA:

32
OBJETIVO: Classificar considerando determinado atributo (tamanho) e ampliar o conhecimento das características dos animais.
Explorar e descrever semelhanças e diferenças entre as características e propriedades.

MATERIAIS: Revistas (materiais impressos) e adesivos do anexo 4

PROCEDIMENTOS: - Brinque com as crianças de imitar os animais, evidenciando suas características, principalmente o tamanho (pequeno e grande). Em
alguns momentos enfatize a comparação entre menor e maior.
- Pesquise em revistas (materiais impressos) imagens de animais.

Sugestão: Esse é um bom momento para que as crianças pesquisem, em casa, junto com seus familiares, imagens de animais para serem
utilizados em aula.

- Possibilite que as crianças relatem todas as informações que já sabem sobre as imagens, acrescentem também outras informações
pertinentes ampliando assim o seu conhecimento. Com o uso destas imagens e informações, produza um cartaz para ser exposto em sala
de aula, mural da escola...
- Na página 21 (Material do Aluno) proponha que as crianças completem a silhueta da figura humana. Permita que tenham acesso aos
adesivos da página 31 (Material do Aluno) e colem os animais pequenos, comparados ao tamanho da criança representada na atividade.

Sugestão: Música “O Quati e sua casa”, do Grupo Tiquequê.


COMO VOCÊ ESTÁ GRANDE!
EM RELAÇÃO AO SEU TAMANHO, UTILIZE AS FIGURAS DO MATERIAL DE APOIO E COLE OS ANIMAIS 
PEQUENOS:

NOME: DATA:

34
OBJETIVO: Explorar e descrever semelhanças e diferenças entre as características e propriedades.

MATERIAIS: Adesivos do anexo 4

PROCEDIMENTOS: - Realize atividades que enfatizem o grande, conte histórias de gigantes e animais grandes;
- Possibilite que as crianças explorem utensílios maiores que elas;
- Oriente a partir da página 22, a realizarem os detalhes da silhueta da figura humana e posteriormente permita que elas tenham acesso
aos adesivos da página 31 (Material do Aluno) e colem os animais grandes, comparados ao tamanho da criança representada na atividade.

Sugestão: Música “O Gigante”, do Grupo Tiquequê.


EXISTEM ANIMAIS ENORMES!
PENSANDO NO SEU TAMANHO, UTILIZE AS FIGURAS DO MATERIAL DE APOIO E COLE OS ANIMAIS 
GRANDES:

NOME: DATA:

36
OBJETIVO: Desenvolver progressivamente habilidades manuais, adquirindo controle motor;
Explorar a extensão do seu corpo, os movimento e efeitos do seu gesto.

MATERIAIS: Meias e lãs, TNT marrom e barbante (60cm).

PROCEDIMENTOS: - Possibilite atividades em que as crianças possam visualizar o caminho realizado pela minhoca;
- Confeccione, com meias e lãs, junto com as crianças, uma minhoca. Com TNT marrom faça um painel com buracos simbolizando a terra
e oportunize um teatro para que explorem o painel com suas minhocas de meia;
- Assista aos vídeos “A minhoca Encantada” e “Inseturminha”, ambos da Turma da Mônica e “A minhoca medrosa”, do Quintal da Cultura;
- Na página 23 (Material do Aluno) estimule que as crianças alinhavem com barbante a imagem ilustrativa da terra, imitando assim o
caminho da minhoca.

Sugestão: Alinhave um barbante em diversos materiais (macarrão, rolos de papel cortados em tiras, contas de madeira, entre outros)
formando uma minhoca. Importante! Acompanhe atentamente o manuseio dos materiais pelas crianças!

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
A MINHOCA FOI MINHOCAR EM OUTRO QUINTAL, OLHE OS FUROS QUE ELA DEIXOU!
IMITE O SEU MOVIMENTO PASSANDO O BARBANTE NOS BURAQUINHOS:

A MINHOCA BOTA 
OVOS.

NOME: DATA:

38
OBJETIVO: Ampliar o conhecimento de si e do mundo manuseando diferentes materiais, explorando suas características, de modo a favorecer a
produção de marcas gráficas.

MATERIAIS: Rolo de papel higiênico e tinta.

PROCEDIMENTOS: - Selecione previamente imagens reais de minhocas, mostre para as crianças e relembre todas as atividades já realizadas ao longo deste
período, focando suas características;
- Observem juntos, como o corpo da minhoca parece ser formado por vários anéis interligados;
- Distribua um rolo de papel higiênico vazio para cada criança e alguns pratos com tintas de diferentes cores. Em seguida, oriente para que
as crianças molhem a borda do rolinho na tinta e carimbem na página 24 (Material do Aluno), para assim formar o corpo da minhoca.

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
O CORPO DA MINHOCA É FORMADO POR ANÉIS.
UTILIZANDO ROLINHOS DO PAPEL HIGIÊNICO COMO CARIMBO, VAMOS REPRESENTAR O 
SEU CORPO.

O CORPO DA 
MINHOCA É MOLE, 
TEM PELINHOS, É 
FORMADO POR ANÉIS 
E CADA UM DELES 
TEM DOIS 
CORAÇÕES.

NOME: DATA:

40
OBJETIVO: Possibilitar a familiarização com a escrita por meio do gênero poesia;
Proporcionar o diálogo e registro de relatos de vivencias, desejos e necessidades comunicando-se com o outro.

MATERIAIS: Máquina fotográfica e papel kraft.

PROCEDIMENTOS: - Leia a poesia para as crianças;


- Promova uma conversa sobre o tema da poesia, enfatizando a função importante que o animal tem para o solo.
- Entreviste alguém da comunidade ou da própria escola que plante alimentos ou goste de cuidar de jardins. Para este momento, organize
antecipadamente com as crianças as perguntas mais relevantes.

Sugestão: Porque é importante cuidar da terra? Quais ferramentas são utilizadas para este cuidado?

- Ao final tire uma foto da turma com o entrevistado e a exponha na sala de aula;
- Em outro momento, cole a foto tirada no papel kraft e transcreva abaixo a entrevista realizada. Relembre com a turma as perguntas feitas
e as respostas do entrevistado;
- Retome a poesia e motive as crianças a ilustra-la na página 25 (Material do Aluno).

Explore as informações contidas


no “Você sabia?” registradas no
material do aluno.
A MINHOCA
MARCIANO VASQUES

A MINHOCA
QUEM DIRIA!
FAZ A TERRA RESPIRAR
JARDIM QUE NÃO TEM
MINHOCA O COCÔ DA 
MINHOCA SE 
TRANSFORMA EM 
PODE TER FALTA DE AR. HUMUS E AJUDA AS 
PLANTAS 
CRESCEREM.

NOME: DATA:

42
OBJETIVO: Demostrar interesse e atenção ao ouvir a leitura de histórias;
Ampliar o conhecimento de si e do mundo explorando diversas formas de marcas gráficas;
Valorizar a diversidade, respeitar regras básicas de convívio social;
Produzir marcas gráficas em espaço determinado.

MATERIAIS: Livro “O Minhoco Apaixonado”, de Alessandra Pontes Roscoe – Editora Canguru, massa de modelar, máquina fotográfica, lápis de cor, giz
de cera, lápis grafite...

PROCEDIMENTOS: - Retome a leitura do livro “O Minhoco Apaixonado”, de Alessandra Pontes Roscoe – Editora Canguru;
- Explore a cenas do livro e com massa de modelar permita que as crianças brinquem e criem cenários inspirados pela história;
- Relembre junto com as crianças os momentos de brincadeiras vivenciados anteriormente, a partir da história;
- Estimule as crianças a descreverem o acessório que o Minhoco necessita para melhorar a sua visão. Momento para explorar as
características e diferenças existentes entre as crianças e entre as pessoas de maneira geral;
- Na página 32 (Material do Aluno), as crianças devem escolher um modelo de óculos para colar no Minhoco que se encontra na página
26 (Material do Aluno);
- Na página 33 (Material do Aluno), elas devem também escolher um modelo de óculos para brincarem.

Sugestão: Reproduzir cenas dos livros com massa de modelar, mantendo a narrativa, fotografe a elaboração das crianças e execute um
livro coletivo da sala.
OUVIMOS A HISTÓRIA DO MINHOCO APAIXONADO, DE ALESSANDRA PONTES. NELA DESCOBRIMOS QUE O MINHOCO NÃO ENXERGAVA MUITO BEM... 
ESCOLHA NO MATERIAL DE APOIO O ÓCULOS QUE VOCÊ MAIS GOSTAR E COLE NO MINHOCO.

NOME: DATA:

44
OBJETIVO: Ampliar a familiarização com a escrita;
Relatar experiências e fatos acontecidos e aprendidos;
Formular e responder perguntas sobre fatos e acontecimentos.

MATERIAIS: Lousa, papel kraft, giz de lousa e pincel atômico.

PROCEDIMENTOS: - Retomando todo o contexto apresentado ao longo do bimestre, todos os questionamentos e aprendizados, todas as experiências
vivenciadas e construídas, elabore coletivamente com as crianças uma lista com todas as informações aprendidas sobre as minhocas
(professor escriba);
- Utilize a lousa ou um cartaz para registrar a produção;
- Ao finalizar a lista, transcreva o e cole-a na página 27 (Material do Aluno).
APRENDEMOS MUITO SOBRE AS MINHOCAS!
VAMOS ESCREVER COLETIVAMENTE UMA LISTA COM AS NOSSAS DESCOBERTAS.

NOME: DATA:

46
ANEXO 1

47
ANEXO 2

48
ANEXO 3

49
ANEXO 4

50
ANEXO 5

51
ANEXO 6

52