Você está na página 1de 4

EBD – A CHAMADA PROFÉTICA DE SAMUEL – 20 DE

OUTUBRO DE 2019

Início da Chamada – Comentário do Cap. 3.1-10.

 Era uma época em que não se tinha a revelação de Deus,


conforme cap. 3.1

 Samuel teve uma experiência/chamado auditivo. Algumas


pessoas teve experiências auditivas, visão (como Pedro
vendo os lençóis), presencial, em sonhos, etc.

 Veja que o chamado foi certo, visto que Deus chamou


Samuel por quatro vezes, vs. 4, 6, 8 e 10.

 Tudo indica que Eli tinha por costume chamar Samuel


durante a noite, de modo que sua primeira reação foi
comparecer até ele para saber porque o chamaste.

 Samuel, Samuel, vs. 10 – Chama por duas vezes, que


segundo a tradição judaica significa afinidade. Exemplos
Abraão, Jacó, Moisés, Paulo, etc.

 “Jovem”, vs. 1. O texto não fala da idade. O historiador


Flávio Josefo diz que Samuel poderia ter 12 anos.
Antiguidades V 10.4. Ele diz que era com 12 anos que o
menino se tornava filho da Lei Torá, passando a ser
pessoalmente responsável em obedecê-la.

 Samuel não conhecia ao Senhor, vs. 7. Ele servia a Deus,


adorava a Deus, porém não conhecida a mensagem
revelada de Deus.

 Depois da terceira vez que chamou, Eli finalmente entendeu


que o Senhor estava chamando Samuel. Veja, Eli estava
tão perto do lugar santo, porém distante
espiritualmente. Samuel estava distante do lugar santo,
mas perto espiritualmente.

 A instrução de Eli demonstra um amplo conhecimento


de seu ministério, de suas experiências. “Fala Senhor,
porque o teu servo ouve”. Eli percebeu que Deus queria falar
algo para Samuel. Deus fala conosco de diferentes
formas, Hb.1.1, porém nem sempre percebemos porque
achamos que Ele se manifesta apenas de uma ou outra
forma. Estamos engessados no ouvir a Deus. A religiosidade
tem esfriado a espiritualidade de muitos “servos” de Deus.

 A primeira mensagem que Samuel ouviu foi: “Vou fazer


uma coisa em Israel, a qual todo que ouvir lhe tinirão ambas
as orelhas”. A segunda foi “suscitarei contra Eli tudo quanto
tenho falado contra a sua casa”.

TÍTULO 1 CAP. 2 e 3 – DEFINIÇÃO DE PROFETA

1) O que é um profeta? Aquele que traz a verdadeira


mensagem de Deus. Dividem-se em profetas maiores e
profetas menores.

 Da palavra hebraica “nabi”, que significa anunciador,


declarador.

 Primeiro profeta foi Abraão, Gn. 20.7.

 Moisés foi o primeiro profeta nacional em Israel.

 Ofício de profeta: predição do futuro seja a nível nacional


como individual, exortação, ensino, pastoreio e liderança
espiritual. Eram tidos como homens de Deus, intérpretes da
mensagem de Deus.
 Moisés desejou que todo o povo de Deus fosse profeta,
Nm.11.29.

 Percebemos que cada profeta da bíblia são de épocas


distintas e que tiveram concepções diferentes de Deus.

 No tempo de Samuel, iniciou-se a escola dos profetas, 1


Sm.19.18-20.

 O Espírito Santo é quem inspira os profetas, 1 Sm.10.6,


19.20.

TÍTULO 2 CAP. 1 e 2 – A ENTREGA DE SAMUEL

 Samuel nasceu em razão do voto de Ana ao Senhor, 1


Sm.1.11.

 A importância do Voto e a responsabilidade de cumpri-


lo. Ec.5.4. Deve ser feitos votos, porém como moderação e
sabendo que poderá cumpri-lo.

Também ocorre tudo aquilo que sair da nossa boca, de


acordo com Dt. 23.23.

 Nos ensina que “grandes missões requerem grandes


sacrifícios”. Ver exemplo de Abraão, Davi, etc. Mesmas
condutas, mesmos resultados, condutas diferentes,
resultados diferentes. Deus não fará a nossa parte.

 Mentor Espiritual: Samuel aprendeu com Eli, Paulo


aprendeu com Gamaliel (Atos 22.3), Timóteo aprendeu com
Paulo (2 tm.3.10), Davi aprendeu com Saul.

Fazei discípulos, Mt.28.19. A palavra “disciplina” vêm do


latim “disciplina” que significava “educação que um discípulo
recebia do seu mestre”. A palavra disciplina vêm de
“discipulus”, aquele que aprende.
“Nunca faça promessas quando estiveres feliz”.