Você está na página 1de 1

A FORMAÇÃO DAS ÁREAS METROPOLITANAS DE LISBOA E DO PORTO

a crescente … fenómeno que traduz o crescimento


horizontal das cidades.
cidades. É consequência da
descentralização/desconcentração da
Suburbanização população, da indústria e dos serviços das
áreas centrais da cidade para a sua periferia e
do desenvolvimento dos transportes. Este
originando--se, assim,
originando processo leva ao crescimento dos subúrbios

Extensas áreas Crescimento demográfico e das


urbanizadas actividades económicas em
algumas aglomerações

é um fenómeno que atinge dimensão particular em torno das duas maiores cidades portuguesas, levando à formação das

Lei n.º 44/91,


de 2 de Agosto Áreas metropolitanas de Lisboa e Porto por definição

… extensa área urbanizada que


em 1991, considerou-
considerou-se importante a criação de
resulta do crescimento e
coalescência de vários
aglomerados próximos, unidos
Unidades autárquicas particulares, entre si por um complexo sistema
de âmbito supramunicipal de inter-
inter-relações
(complementaridades) e que se
caracteriza por uma elevada
sendo--lhes conferidas as seguintes atribuições (Lei n.º 10/03, de 13 de Maio)
sendo concentração de população e
actividades económicas
• coordenar os investimentos municipais de âmbito supramunicipal
• articular políticas, serviços e infra
infra--estruturas básicas, e
• acompanhar a elaboração e execução dos planos de ordenamento
municipal e regional (por exemplo, o metropolitano)

______ ______
Doc. 1 - Área Doc. 1 - Área
metropolitana metropolitana
de Lisboa do Porto

http://geoclick.blogspot.com/
prof.geo.fernando@sapo.pt