Você está na página 1de 14

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DO ESTADO

DE SÃO PAULO
GABRIEL TEIXEIRA DE ANDRADE

A IMPORTÂNCIA DA AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL NA LINHA


DE PRODUÇÃO PARA AS EMPRESAS NA ATUALIDADE

CRUZEIRO-SP
2029
GABRIEL TEIXEIRA DE ANDRADE

A IMPORTÂNCIA DA AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL NA LINHA


DE PRODUÇÃO PARA AS EMPRESAS NA ATUALIDADE

Trabalho de Conclusão de Curso


apresentado ao Curso de Engenharia de
Produção da Faculdade de Ciências
Humanas do Estado de São Paulo, em
cumprimento à exigência parcial para
obtenção do título de Bacharel em
Engenharia de Produção, sob orientação do
Prof. Clébio da Rosa Silva.

CRUZEIRO-SP
2020
GABRIEL TEIXEIRA DE ANDRADE

A IMPORTÂNCIA DA AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL NA LINHA


DE PRODUÇÃO PARA AS EMPRESAS NA ATUALIDADE

Trabalho de Conclusão de Curso aprovado em de __ de ___ 2020, como requisito


parcial para a obtenção do título de Bacharel em Engenharia de Produção da
Faculdade de Ciências Humanas do Estado de São Paulo, pelos professores:

Banca Examinadora:

___________________________________________

___________________________________________

___________________________________________

___________________________________________
Orientador: Prof. Clébio da Rosa Silva

CRUZEIRO-SP
2020

Aos meus pais, que espero um dia poder


corresponder ainda mais todo o amor,
respeito, cuidado e paciência que me
ofertaram durante toda vida.
AGRADECIMENTOS

À Deus, pela minha vida, e por me ajudar a ultrapassar todos os obstáculos


encontrados ao longo do curso.

Ao meu orientador Prof. Clébio da Rosa Silva pela: orientação, apoio e atenção que
me ajudaram a concluir este trabalho.

À Faculdade de Ciências Humanas do Estado de São Paulo e ao Diretor Robson


Bento Coutinho, pelas inúmeras oportunidades concedidas, sem as quais eu não
chegaria até aqui.

A minha família e amigos que me incentivaram nos momentos difíceis e


compreenderam minha ausência enquanto me dedicava na realização desta grande
etapa da minha vida.

Aos professores pelas correções e ensinamentos que me permitiram apresentar um


melhor desempenho no meu processo de formação profissional.

.
“Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar.
Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota” (CALCUTÁ, 1982, p. 1).
RESUMO

O presente trabalho tem como tema a automação industrial na linha de produção.


Automação industrial é o uso de sistemas de controle, como computadores ou
robôs, e tecnologias da informação para lidar com diferentes processos e máquinas
em uma indústria para substituir um ser humano. É o segundo passo além da
mecanização no âmbito da industrialização. O objetivo geral do trabalho foi, por
conseguinte, demonstrar a importância da automação industrial, proporcionando
mudanças nas funções básicas, que incentivam e fomentam a produção industrial. A
metodologia de pesquisa utilizada foi a bibliográfica. Anteriormente, o objetivo da
automação era aumentar a produtividade (já que os sistemas automatizados podem
funcionar 24 horas por dia) e reduzir o custo associado aos operadores humanos
(isto é, salários e benefícios). No entanto, hoje, o foco da automação mudou para
aumentar a qualidade e a flexibilidade em um processo de fabricação. A automação
industrial encontrou recentemente uma aceitação cada vez maior de várias
indústrias devido aos seus enormes benefícios, como aumento da produtividade,
qualidade e segurança a baixos custos, apresentando assim a sua importância.
Palavras-chave: Automação industrial. Linha de produção. Otimização.
Produtividade.
ABSTRACT

The present work has as its theme industrial automation in the production line.
Industrial automation is the use of control systems, such as computers or robots, and
information technologies to deal with different processes and machines in an industry
to replace a human being. It is the second step beyond mechanization in the context
of industrialization. The general objective of the work was, therefore, to demonstrate
the importance of industrial automation, providing changes in basic functions, which
encourage and foster industrial production. The research methodology used was
bibliographic. Previously, the goal of self-sufficiency was to increase productivity
(since automated systems can operate 24 hours a day) and to reduce the cost
associated with human operators (ie, wages and benefits). However, today, the focus
of automation has shifted to increase quality and flexibility in a manufacturing
process. Industrial automation has recently found an increasing acceptance of
various industries due to its enormous benefits, such as increased productivity,
quality and safety at low costs, thus showing its importance.
Keywords: Industrial automation. Production line. Optimization. Productivity.
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..........................................................................................................9

1 EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS LINHAS DE


PRODUÇÃO..........................

1.1 O QUE É AUTOMAÇÃO


INDUSTRIAL?.............................................................
1.2 SEGMENTOS DA AUTOMAÇÃO
INDUSTRIAL.................................................
1.3 A AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL E A INDÚSTRIA
4.0...........................................

2 DESCRIÇÃO DOS SISTEMAS


AUTOMATIZADOS..........................................

2.1 CARACTERÍTISCAS E COMPONENTES DE SISTEMA DE


AUTOMAÇÃO......
2.2 CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL (HISTÓRICO, PRINCÍPIO,
ARQUITETURA FÍSICA, FONTE DE ALIMENTAÇÃO, UNIDADE CENTRAL,
INTERFACE DE ENTRADA E SAÍDA E LINGUAGENS DE
PROGRAMAÇÃO......
2.3 REDES DE COMUNICAÇÃO E
SENSORES......................................................
2.4 INTERFACE HOMEM-MÁQUINA.......................................................................

3 DA IMPORTÂNCIA PARA A LINHA DE


PRODUÇÃO.......................................

3.1 OS OBJETIVOS DA AUTOMAÇÃO


INDUSTRIAL..............................................
3.2 OS BENEFÍCIOS DA AUTOMAÇÃO
INDUSTRIAL............................................
3.3 PORQUE INVESTIR EM AUTOMAÇÃO
INDUSTRIAL?.....................................

CONCLUSÃO.............................................................................................................
REFERÊNCIAS..........................................................................................................
9

INTRODUÇÃO

Por automação industrial entende-se à aplicação de tecnologias orientadas


para o controle e monitoramento de um processo, dispositivo ou máquina que, em
geral, executa tarefas repetitivas fazendo com que, tal sequenciamento, funcione
automaticamente, diminuindo ao máximo a intervenção das pessoas.
Luzzi (2014, p. 312), relata que a automação da linha de produção na
atualidade, se deve a Revolução Industrial, com o capital humano passando a ser
dedicado à supervisão e manutenção do equipamento, além do trabalho manual
direto em determinadas áreas que requerem maior cuidado.
Outrossim, o principal objetivo da automação de processos industriais é
fabricar o maior número de produtos no menor tempo possível, reduzindo custos e
garantindo a qualidade. Em outras palavras: aumentando a produtividade.
À luz da constatação o trabalho teve como tema: “A importância da
automação industrial na linha de produção para as empresas na atualidade”.
O presente trabalho teve como problema de pesquisa: Qual a real importância
da automação industrial na linha de produção em conjunto com suas funções
básicas?
Aventou-se como hipótese que o processo de automação exige grande
empenho por parte de pesquisadores e engenheiros. O tempo de estudos e
preparação são, então, um valor agregado, uma vez que, quanto maior o tempo de
uma linha de produção, desde a primeira ideia até o produto final, maior é a gama de
variáveis de trabalho. Nesse sentido, a automação auxilia na aceleração do mercado
de trabalho proporcionando mudanças nas funções mais básicas que incentivam e
fomentam a produção industrial de maneira bastante completa.
Defendeu-se, também, a hipótese de que em cada setor onde a automação
industrial é iniciada, existe um aumento de velocidade de produção. Além disso, a
automação tem como objetivo principal a diminuição no número de falhas no
processo causadas pela ação humana. Dennis (2017, p. 114), afirma que a cada
ano, pelo menos seis novas funções passam a existir, como parte da automação.
Dessa forma, existe um aumento anual contínuo nas capacidades de adaptação
tecnológica, para que as máquinas consigam realizar tarefas específicas.
O objetivo geral do trabalho foi, por conseguinte, demonstrar a importância da
automação industrial, proporcionando mudanças nas funções básicas, que
10

incentivam e fomentam a produção industrial. Pretendeu-se para tanto, apresentar a


evolução da otimização de processos, e identificar as vantagens da automação
industrial como a redução de erros, de custos, a melhora da qualidade final do
produto e o aumento da produtividade.
A relevância da pesquisa possui tripla dimensão: científica, social e pessoal.
No que concerne à contribuição ao conhecimento científico, qualquer estudo que se
preocupe em colocar em relevo novas abordagens sobre a automação industrial na
linha de produção, ou que ampliem as abordagens já existentes, é pertinente, uma
vez que no cenário atual da produtividade industrial, busca-se a excelência
operacional e a segurança nas operações.
Em razão das complexidades ainda existentes em um amplo processo de
aperfeiçoamento das linhas de produção, a presente pesquisa objetiva contribuir
com os estudos afim de assegurar a qualidade por meio de uma abordagem
metodológica qualitativa, sem que se despendam muitos recursos financeiros,
atendo a uma parcela maior da população, uma vez que a automação
industrial estabelece papel de relevância, pois é tida como uma ferramenta que
mede, controla e promove melhoria contínua nos processos produtivos.
Como o pesquisador é estudante de engenharia e trabalha atualmente em
uma empresa do segmento industrial, encontrou identificação com o tema. Assim
sendo, a pesquisa contribuirá com informações úteis para o mesmo.
Como metodologia, foi adotada a pesquisa bibliográfica. Foi realizada ainda a
leitura crítica, a redação de resumos e paráfrases das obras pertinentes ao
enfrentamento do tema e à comprovação das hipóteses. Além da leitura de livros
pertinentes ao objeto de pesquisa (automação industrial na linha de produção),
foram consultados documentos disponíveis online, devidamente relacionados na
Bibliografia.
A pesquisa se fundamentou em Dennis (2014); e Luzzi (2014) para o conceito
teórico da linha de produção. No tocante a automação industrial, Alves (2017);
Bruciapaglia, Farinzes e Cury (2015); Costa (2011); Nogueira (2009); Rosa (2014); e
Zarifian (2016) foram consultados por serem referência na temática. Ballestro-
Alvarez (2015) deu sua contribuição no que se refere a gestão da qualidade. Moreira
(2019) foi consultado por sua relevância acadêmica da Indústria 4.0
11

Estruturalmente o trabalho encontra-se dividido em três capítulos. O primeiro


capítulo abordou a evolutiva da automação industrial, sua segmentação e correlação
com a Industria 4.0.
O segundo capítulo discorreu acerca dos sistemas automatizados, seus
controladores, formas de comunicação e relacionamento do homem com a máquina.
O terceiro capítulo encerra o trabalho ao tratar da importância da automação
para a linha de produção.
Por fim, seguem a conclusão e as Referências.
12

REFERÊNCIAS

ALVES, T. Automação industrial I. São Paulo: Atlas, 2017.

BALLESTRO-ALVAREZ, M. E. Gestão da qualidade, produção e operações. Rio


de Janeiro: Juruá, 2015.

BRUCIAPAGLIA, A. H.; FARINZES, J.M.; CURY, J. E. R. A automação no


processo produtivo: desafios e perspectivas. Rio de Janeiro: Juruá, 2015.

CALCUTÁ, M. T. Frases. 1982. Disponível em:


<https://www.pensador.com/frase/MTIxOQ/>. Acesso em: 10 de mar. 2020.

COSTA, C.A. A aplicação da linguagem de modelagem unificada (UML) para o


suporte ao projeto de sistemas computacionais dentro de um modelo de referência.
Revista Gestão & Produção. São Paulo, v.8, n. 1, p. 19-36, 2011.

DENNIS, R. Linha de produção simplificada. São Paulo: Atlas, 2017.

LUZZI, A. A. Uma abordagem para projetos de layout industrial em sistemas de


produção: um estudo de caso. Dissertação de mestrado, UFRGS. Porto Alegre,
2014.

MOREIRA, L. D. Indústria 4.0: estudo da cadeia produtiva. 2019. Disponível em:


<http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/8493/1/CT>. Acesso em 10 de
mar. 2020.

NOGUEIRA, R. A. Redes de comunicação para sistemas de automação


industrial. Monografia de graduação em Engenharia de Controle e Automação,
Universidade Federal de Ouro Preto, 2009.

ROSA, A. S. Projeto de automação industrial em linha de produção de


alimentos. 2014. Disponível em:
<http://www.tcc.sc.usp.br/tce/disponiveis/18/180450/tce-17012018-171658/>. Acesso
em 10 de mar. 2020.

ZARIFIAN, P. Trabalho e comunicação nas indústrias automatizadas. Tempo Social.


Revista de Sociologia da Universidade de São Paulo. São Paulo. v. 31, n. 12, p.
119-130, 2016.