Você está na página 1de 92

Oferecimento:

DASI – USP
Diretório Acadêmico de Sistemas
de Informação
Gestão Mitos
ÍNDICE
TOMO 1 A RECEPÇÃO
1. SEJAM BEM VINDOS
2. KIT BIXO
3. ADOÇÃO
4. MANDALA
5. OS 12 DESAFIOS
TOMO 2 AS NECESSIDADES

6. DICAS DE ESTUDO
7. ONDE ESTUDAR
8. ORIENTAÇÕES INICIAIS
9. ACESSO
10. ALIMENTAÇÃO
11. MORADIA
12. OUTRAS NECESSIDADES

TOMO 3 O CURSO

13. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO


14. CICLO BÁSICO
15. CICLO ESPECÍFICO
16. CORPO DOCENTE E ÁREAS DE PESQUISA
17. INICIAÇÃO CIENTÍFICA
18. GRUPOS DE PESQUISA – PET
TOMO 4 A USP
19. CONTE COM A USP
20. ÓRGÃOS ADMINISTRATIVOS I
21. ÓRGAOS ADMINISTRATIVOS II
22. OUTROS SERVIÇOS NA EACH
23. ORGÃOS ESTUDANTIS

TOMO 5 O DASI

24. DASI
25. ENTRETERIMENTO
26. SI IN SPORTS
27. HOOLIGANS
28. ARTIGOS
29. ENCERRAMENTO E CONTATO
30. AGRADECIMENTOS E EQUIPE
SOMOS MAIS QUE BITS:
UM PROFISSIONAL DE HUMANAS

Somos 0 e 1 e se somarmos somos 1


Mas se binários, somos 2...
Se ser 0 é absoluto extremo do 1
O que fazer com os "um e meio", ou até mesmo com
o "meio"?
Somos mais que 0 e 1
Um coração poeta que pausa, e bate
Músculos atletas, derrota ou vitória
Mentes criativas e brilhantes, fracasso e sucesso
Emoção é zero, Razão é um? Não! Não há extremo, se
complementam
Podemos ser uma cadeia de zeros
Ou um conjunto de uns
O que sei é que isolados não somos nada
E juntos podemos ser o que quisermos
Nos basta somar, dividir, multiplicar
E assim formar
A economia, a onda, tecnologia, a arte
Formar a vida, via informação.

Flávia Servidone 5º ano – noturno


Rodolfo Marques 6º ano – manhã
TOMO 1. RECEPÇÃO DE BIXOS 2011
1.SEJAM BEM VINDOS!!!

<AXEL> Olá bixos e bixetes!!! Sejam bem vindos ao Manual


para bixos de Sistemas de Informação versão 2011.

<BOCA> Agora vem o bixo todo pimpão e pergunta “Ué, mas e


aquele manual que eu recebi no dia da matrícula? É
inútil?”. Deixa de ser virgem bixo!!! Claro que não, mas
péra que a gente explica.

<LANA> Nosso Manual é uma produção independente da USP,


focada na galera de SI. A idéia é sanar suas principais
dúvidas de um jeito mais light.

<YUMI> Esse manual é um presente de nós do DASI, para vocês


que chegam agora.

<JUNINHO> Esse exemplar que vocês têm em mãos pode ser


considerado um complemento ou apêndice do manual criado
pela USP. Creio que devem ter notado que o manual USP
continha informações gerais da universidade como um todo,
mas nada que referenciasse a EACH diretamente, muito menos
algo específico para SI.

<LANA> Puxa vida Juninho, você já está formado desde 2009.


Por que não vai embora do nosso manual? Ainda bem que o
time de desenvolvimento criou mais de um personagem, cada
qual representando uma classe do povo de SI. Se não fosse
isso, esse manual poderia ficar sonolento. Bom, vamos
apresentar os personagens que ajudarão a apresentar o
manual:
=> Sou o Axel, mais conhecido
como "o mito". Curto esportes,
fazer social com a geral e
principalmente sair de balada
pra curtir. Tenho boa presença
e amizade com gente de outros
cursos. Aulas? Bom, assisto as
essenciais e obrigatórias, mas
intercalo com jogos de fut e
suecas. Trabalho em um banco
onde entrei como estagiário e
fui efetivado. Sou do período
noturno e estou no sexto ano,
ou seja cumprindo algumas
depezinhas. Mas esse querendo
ou não é meu último ano de
EACH.

=> Me chamo Juninho, venho aqui


representando a classe dos alunos
esforçados e batalhadores, que sabem
que conhecimento é poder e estudar é o
melhor caminho. Leio por lazer, sou fã
assumido de Star Wars e Mangá. Vou
tentar esclarecer ao máximo as dúvidas
dos calouros e calouras. Como a Lana
falou estou formado desde de 2009, mas
estou encabeçando com alguns colegas o
projeto da Associação de Ex-alunos de
SI o que mantém firme e forte meu
vínculo com a EACH.

=> Oi, sou a Lana. Adoro meus


amigos, compras e curtir a vida
sempre equilibrando estudo e
farras. Por ser de exatas sou
bem focada, mas isso não me
impede de ser vaidosa. Com o
tempo, aprendi a conviver em
meio a tantos homens. Sou uma
das representantes femininas no
manual. Esou no quinto ano e
pretendo ingressar na Pós
Graduação em Sistemas
Complexos da EACH.
=> E aew manow! Sou o Boca. Boca de
que? Só Boca oras. Aliás, bixarada,
meus amigos me chamam de Boca,
vocês podem me chamar de Sr.
Veterano. Entrei ano passado, mas
fuck it! Sou mais velho de facul do
que vocês. Há rumores de que eu
seja marrento, fanfarrão e vagal,
mas e daew? Aqui é cada um no seu
quadrado.
Turma? Sou de quase todas. Passei
de manhã, mas agora to matriculado
em matérias tanto da manhã quanto
da noite.

=> Muito prazer, meu nome é Yumi.


Assim como o Boca ingressei na Each
ano passado. Sou a segunda
representante feminina no manual,
prova de que somos uma classe em
crescimento. Sou tímida e reservada,
tenho paixão por bichinhos de
pelúcia e por coisas fofas. Sou do
período diurno e como amei a
experiência de protagonizar o manual
no ano passado, cá estou eu de novo.

<YUMI> Todos os anos o DASI se organiza para elaborar a


recepção de bixos, orça e monta o kit bixo, planeja as
atividades na Semana de Recepção dos Calouros, enfim,
tudo para que nossos mais novos USPianos se sintam bem
recebidos.

<LANA> Esse ano montamos uma estrutura especial, um


Comissão de Recepção para que os veteranos que não são
DASI pudessem colaborar com os preparativos. Nos próximos
capítulos daremos a vocês, bixos e bixetes de SI, uma
breve noção do que os aguarda para a Semana de Recepção
dos Bixos.
2. Kit Bixo
<JUNINHO> Um dos itens mais tradicionais da recepção de
calouros é o chamado Kit Bixo. Como o próprio nome já
diz, trata-se de um conjunto de itens exclusivos voltados
aos calouros.

<LANA> Lógico que tem kits e KITS, em SI procuramos ano a


ano renovar o kit bixo e os itens que o compõem. Afinal
de contas nada nessa vida é estático, nem a faculdade,
nem o dia a dia dos alunos, por que o kit pra receber os
calouros seria?

<BOCA> Malandro... pega o Kit Bixo desse ano então, cada


item mais fera que o outro.

3. Adoção
<AXEL> Quem é que não gosta de ser bem recebido quando
chega em um lugar novo? Ter um mano que apresente e
explique os esquemas todos?

<LANA> Pensando nisso o pessoal do DASI montou um esquema


de adoção. Sim bixos, é isso mesmo vocês serão
ADOTADOS!!!

<JUNINHO> No dia da Matrícula e depois no primeiro dia da


Semana de Recepção os bixos interessados em ser adotados
devem procurar as "Madrinhas da Adoção" (veteranas que
durante esse período serão responsáveis por gerir a
adoção de vocês bixos).

<BOCA> Nossa, isso é a cara da Lana ¬¬'

<YUMI> O bixo interessado deve procurar as madrinhas e


passar seus dados para que elas atualizem seus registros
e sortear os nomes dos seus padrinhos, tanto o da manhã
quanto o da noite.

<JUNINHO> Todos os bixos sejam do matutino quanto do


noturno deverão possuir 1 padrinho de cada período, isso
garantirá mais de um ponto de vista sobre qualquer
dúvida que o mesmo tenha além de garantir uma integração
entre alunos de diferentes períodos.

<BOCA> Mais algumas informações sobre a adoção ae galera:


São direitos dos apadrinhados:
1. Esclarecer suas dúvidas com relação a qualquer coisa
no que cerne a vivência universitária seja sobre o curso,
área de trabalho, etc;
2. Além dos seus padrinhos do matutino e do noturno
poderão se aconselhar com os padrinhos curingas
disponibilizados pelo DASI para que os Bixos possam
contar com suporte sempre que preciso;
3. Procurar as Madrinhas da Adoção em caso de quaisquer
problemas com relação aos padrinhos;

São deveres dos apadrinhados:


1. Respeitar seus veteranos, sobretudo seus padrinhos que
estão se dedicando a tornar sua chegada mais fácil;
2. Serem patriotas e leais defendendo e representando ao
curso de Sistemas, ao DASI, aos seus padrinhos, aos seus
veteranos e aos colegas bixos;
3. Compartilhar com outros bixos todo e qualquer
conhecimento útil que seja adquirido com algum dos
padrinhos sempre dando crédito aos mesmos;
4. Aproveitar esse momento para se integrar e conhecer
melhor tudo que puder.

<YUMI> Caso você bixo, queira ser apadrinhado e não


conseguiu encontrar uma das Madrinhas da Adoção mande
email para contato@dasiusp.com com o Assunto "Quero ser
adotado" informando os seguintes dados:

Nome Completo:
Idade:
Período:
Número USP:
Email :
Celular:
Msn:
Orkut:

<BOCA> Ahhh e não se esqueça de pagar brejas, carregar a


mochila e todo esse tipo de favores para seus padrinhos.

<AXEL> Afinal de contas quem deve comprar a briga caso


algum veterano folgado de outro curso venha abusar são
eles.
4. Mandala
<AXEL> A mandala será sua identidade durante seu período
como bixo. Trata-se de ao mesmo tempo uma forma de
identificação com outros bixos e veteranos de SI e uma
forma de atestar sua participação nas atividades
preparadas para vocês.

<LANA> Trata-se de um crachá onde na parte frontal


constará seu Nome de Guerra (Apelido recebido dos
veteranos) e na parte posterior lacunas com os nomes de
diversas atividades.

<YUMI> Conforme você, bixo, for participando das


atividades vai recebendo em suas lacunas atestados de
participação em sua mandala. A cada nova atividade
completa um novo comprovante será colocado em sua
mandala.

<JUNINHO> Sua mandala será portanto um dos mais, se não


o mais, importantes itens em sua fase de bixo.

<BOCA> E a melhor parte, pra dar um incentivo para a


bixarada, os bixos que tenham 10, 11 e 12 comprovantes na
mandala poderão trocar por recompensas em produtos do
DASI.

<LANA> As mandalas poderão ser retiradas na Semana de


Recepção dos Bixos, durante as atividades "CEABS" e
"Batismo" junto aos "Coordenadores da Mandala".

<JUNINHO> Os Coordenadores de Mandala serão figuras


importantes no decorrer das suas atividades como bixo,
pois eles são as pessoas responsáveis por registrar sua
participação nas atividades e manter atualizada a
documentação a seu respeito.

<AXEL> Também serão eles os responsáveis por apurar


irregularidades e auxiliar em caso de problemas em alguma
atividade.

<YUMI> Caso você bixo, queira receber sua mandala e não


conseguiu encontrar um dos Coordenadores de Mandala mande
email para contato@dasiusp.com com o Assunto "Quero minha
Mandala" informando os seguintes dados:
Nome Completo:
Idade:
Período:
Número USP:
Email :
Celular:
Msn:
Orkut:

<LANA> Dessa forma os Coordenadores de Mandala poderão


entrar em contato com você.

<AXEL> Sei que seria desnecessário comentar isso com a


maioria dos nossos bixos, mas em virtude de uma minoria
que possa se sentir tentada a trapacear. Todo e qualquer
tipo de trapaça será punido com a exclusão sumária do
envolvido da possibilidade de recompensas, afinal de
contas o mais importante tem de ser a lembrança dos bons
momentos passados em cada atividade com os novos amigos e
não o foco em uma premiação.

<BOCA> Enfim a mandala é mais uma das vantagens


exclusivas aos bixos de SI ;]

5. Os 12 desafios de um
verdadeiro SI
<LANA> Seguindo a linha de "Os 12 Desafios de Hércules"
onde pra mostrar seu valor e merecimento o mesmo teve de
realizar 12 tarefas das mais variadas, é a sorte dos
bixos 2011 que está lançada com os 12 Desafios de um
Verdadeiro SI.

<AXEL> São provas de habilidade, concentração,


sociabilidade, raça e muita integração.

<JUNINHO> Todos os bixos de SI poderão participar dos


desafios, mas para ter seu progresso registrado e poder
resgatar sua premiação no final do processo cada bixos
deve possuir sua Mandala (para maiores informações leia o
Capítulo sobre a Mandala)

<YUMI> Nesse manual daremos aos bixos uma noção geral dos
Desafios que se seguirão na Semana.
Desafio 1. Batismo
<BOCA> Ahhh, a minha parte favorita!!

<AXEL> O batismo é sem dúvida uma das partes mais firmeza


da recepção, é o momento onde cada Bixo Burro tem a
oportunidade de sair do anonimato e se tornar alguém.

<JUNINHO> Como o batismo original, o batismo de bixos é


uma cerimônia com suas solenidades próprias culminando na
nomeação e preenchimento do apelido na Mandala.

<YUMI> Ao final dessa tarefa os bixos que já possuem


Mandala podem retirar o seu atestado do segundo desafio,
nesse desafio a parte de apelido da Mandala será
preenchida.

<LANA> Bixos sem Mandala ou retardatários podem se


regularizar durante essa atividade.

<BOCA> Ihh... quanto blablabla, na real bixo? É onde tu


vai ganhar aqueeele apelido pro resto da faculdade e se
integrar com a galera. Favor não perder essa.

Desafio 2. Pedágio
<BOCA> O pedágio é aquela parte que os bixos burros
garantem nossa pinga procede?

<AXEL> Também.. rsrs Mas vamos explicar pra bixarada.


Seguinte, o pedágio é uma tradição dos trotes em diversas
faculdades. É onde levamos vocês para uma rua movimentada
e vocês pedem dinheiro no farol.

<LANA> Isso mesmo bixo, e ainda todo sujinho de tinta


hahaha Mas não se sinta envergonhado, o pedágio é bem
legal e garante várias histórias.

<YUMI> É verdade, é muito engraçado a reação das pessoas.


Já vi até bixete que estava passando de carro com a mãe,
descer e ficar pro pedágio com a gente hehe

<JUNINHO> Enfim, para participar do pedágio você deve


encontrar com seus veteranos na faculdade e lá serão
encaminhados para o local escolhido. Lembrando para
tomarem os devidos cuidados de estarem sempre próximos
aos veteranos.

<BOCA> E depois vem a melhor parte, o bar com a galera!!!


Ai é só aproveitar e garantir o seu comprovante de
participação no pedágio.

Desafio 3. CEAB – (Cadastro


Esportivo-Acadêmico de Bixos)
<AXEL> O CEAB é o CENSO que nós do DASI realizamos com
nossos bixos para conhecê-los melhor. Esse primeiro
desafio é na verdade um meio de coletarmos informações a
respeito de vocês Bixos 2011, visando melhor atendê-los.

<LANA> São informações a respeito de diversos temas que


giram em nosso curso: Esportes, Cursos, Festas, Produtos
e muito mais.

<JUNINHO> Todos os bixos que realizarem seu CEAB já


receberão sua Mandala com o atestado do primeiro desafio
OK.

Desafio 4. Apresentação do DASI


<LANA> A apresentação do DASI é outra atividade que não
dá pra perder bixo!

<BOCA> Claro que não, e perder a chance de ver os


brothers lá na frente pagando mico?

<AXEL> Brincadeiras a parte, é bem legal comparecer


bixarada, pois é a chance de conhecer a entidade e ter um
primeiro contato com o pessoal que trabalha pelo curso.

<YUMI> É importante prestar atenção na apresentação dos


setores e ver em qual deles vocês se interessam em
ajudar. Aí é só falar com o pessoal no fim da palestra e
dizer que tem vontade de ajudar, eles são bem receptivos
e vão adorar a iniciativa.

<JUNINHO> No fim da palestra, será distribuído o


comprovante de participação.
Desafio 5. Adoção
<AXEL> Bom, o sistemas da adoção já explicamos agora
pouco né bixo?

<BOCA> É bixo, prova que não é bixo burro e confere no


capítulo da adoção as maiores informações.

<JUNINHO> O importante é que saibam que essa atividade


além de te integrar com seus veteranos, ainda conta ponto
na mandala.

Desafio 6. Trote Solidário


<AXEL> É galera, nem só de farra é feito o trote! Temos
também que pensar na responsabilidade social.

<LANA> O trote solidário é o dia da semana em que vocês


devem levar para faculdade roupas, brinquedos, livros e
alimentos não perecíveis para doação.

<JUNINHO> Basta levar e entregar no posto do doação que o


pessoal do DASI se encarrega do transporte até a
instituição. São disponibilizados os dados da instituição
que recebeu as doações e as fotos também, é só conferir
no site depois!

Desafio 7. Calourada Unificada


<JUNINHO> A Calourada Unificada é o dia da Semana de
Recepção em que vamos para a Cidade Universitária
confraternizar com as demais unidades da USP.

<LANA> Existe um ônibus que sai da EACH todos os anos de


manhã e leva o pessoal pra lá. Isso deve estar explicado
na programação da USP que receberam na matrícula.

<BOCA> Masss... vocês podem também tirar esse dia pra um


cochilinho até mais tarde e ir pra lá a noite, que é
quando a maioria dos veteranos vão também.

<YUMI> Durante o dia são atividades guiadas pelas


unidades, e a noite tem a tradicional festa da Praça do
Relógio, que é onde vocês deverão encontrar os
Coordenadores da Mandala para garantir o seu comprovante
deste dia.
Desafio 8. Dia Esportivo
<LANA> Adeus sedentarismo!!! Já que nosso futuro é
trabalhar com TI, e provavelmente passaremos grande parte
de nossas vidas sentados em frente ao computador
desenvolvendo aquela pançinha, vamos levantar do sofá e
fazer alguma coisa pra melhorar a situação né??

<AXEL> O dia esportivo é um dia de atividades esportivas


diversas organizadas pelo DASI na EACH. É uma ótima
oportunidade pra bater uma bolinha com os veteranos e já
garantir seu espaço nos times.

<JUNINHO> E se você, assim como eu, não possui muito


talento para atividades com bola, fiquei sabendo que os
bixos são bem vindos para jogar xadrez e truco também !!
<BOCA> Mas se nem isso você curte jogar bixo, aparecer
pra pelo menos assistir e trocar uma idéia com a galera.
Além de garantir seu comprovante de participação pra
mandala.

Desafio 9. Balada de Recepção


<AXEL> Não precisa explicar muito né bixo? O nome já diz
tudo! É a balada de integração dos bixos, entre vocês
mesmos, e com os veteranos também.

<BOCA> Resumindo, é onde os bixos começam a se revelar!


Só se conhece um bixo depois da primeira balada hahaha

<LANA> E não esquece de pegar seu comprovante, afinal, a


balada também vale ponto pra mandala!!

Desafio 10. CEPE no domingo


<YUMI> Ihhh bixo, perdeu uma das atividades? Não
conseguiu juntar os 10 adesivos durante a semana?

<BOCA> Perdeu playboy …

<LANA> Na verdade não, ainda tem o ponto de compensação.


Caso o bixo perca uma das atividades, pode comparecer na
atividade de compensação no domingo.
<AXEL> Trata-se de um dia no CEPE, com atividades
esportivas.

<JUNINHO> Pra quem não sabe, o CEPE é o Centro de


Práticas Esportivas da USP, e fica localizado na cidade
universitária. O endereço e outras informações sobre o
CEPE está mais abaixo na seção Conte com a USP.

<YUMI> Lembrando que essa atividade é de compensação,


portanto, só ganhará comprovante de participação o bixo
que perdeu uma das atividades durante a semana.

<LANA> Mas se você não se enquadra nesse caso... DEIXA DE


SER PREGUIÇOSO E VAMOS MESMO ASSIM BIXO!

Desafios 11 e 12. Pós Recepção


<JUNINHO> As 10 atividades citadas até agora ocorrem
durante a semana de recepção e já te garantem o direito
de trocar seus 10 comprovantes por uma recompensa em
produto do DASI.

<AXEL> Mas, pra garantir que você não suma e continue


participando das atividades do curso, os últimos dois
comprovantes são garantidos em atividades durante o
primeiro semestre.

<LANA> Então, você pode escolher entre trocar seus 10


comprovantes ao fim da semana de recepção, ou esperar pra
conseguir mais um ou dois para trocar por recompensas
melhores.

<YUMI> O primeiro deles, é na primeira palestra oferecida


pelo DASI. O tema e a empresa ainda estão sendo
definidos, mas será divulgado com antecedência que essa
será a atividade do 11º comprovante.

<BOCA> E o último, pra fechar com chave de ouro, é o


comprovante do InterComp! Ahhhh, o InterComp...

<LANA> Ihh.. Nem começa a falar do InterComp aqui Boca,


se não você não para mais. Vai ter um merecido capítulo
só pra isso mais adiante. Bora continuar com o manual!

<AXEL> Enfim, entendeu o recado né bixo? Enjoy it!!!


Participe, se integre, conheça gente nova, enfim VIVA A
SUA RECEPÇÃO, POIS ELA É ÚNICA!!!
TOMO 2. AS NECESSIDADES
6. Dicas de Estudo – Entrar na USP é
fácil, difícil é sair
(formado)!
<BOCA> Puta tema chato mano, quem quer estudar??? Alguém
aí vai pagar a depê??? Ah beleza, beleza... Só pra
constar.

<JUNINHO *olha com desprezo pro BOCA> Não é a toa que


alguns alunos estão no terceiro ano de EACH fazendo Ciclo
Básico ainda.

DP’s
<BOCA> Então bixo, DP é quando você é burro ou vagabundo
o suficiente para ficar com menos de 5 em uma determinada
disciplina que você está cursando. É muito fácil adquirir
uma. Eu mesmo tenho várias. Ainda não sei se culpo os
botecos, as festas ou a sueca com o pessoal. Ah, também
pode ter sido por causa do tempo que perdi jogando CS e
vendo o orkut nos labs exclusivos de SI, ou por ter
ficado jogando truco no gigabyte ou ter ido nas chopadas
da vida, ou então... *se confundindo com seus próprios
pensamentos* Ahhhhh, na verdade não sei...deve ter sido
tudo isso junto.

<LANA> Ou simplesmente por você ser preguiçoso e não


saber a hora certa de parar e estudar, né Boca? Porque
você pode fazer tudo isso e ainda por cima passar em
todas as materias. É só não exagerar.Mas você não
explicou direito o que acontece se o bixo pega uma DP!
Bixo, como o Boca disse, você pega uma DP se você tira
menos de 5 na média final de uma determinada matéria. Se
isso ocorrer, você terá que fazer essa matéria novamente
no ano seguinte. Portanto, vale a pena dar uma
estudadinha, né?

<JUNINHO> Bixos, não precisam se preocupar com DP, é só


estudar, prestar atenção em todas as aulas que você
consegue passar com 10 em todas as matérias.

<BOCA> Lá vem esse nerd de novo. Fácil assim é só pra


você, né?
<LANA> Fácil não é mesmo, mas não é impossível passar em
todas. A USP dá umas oportunidades de recuperar a nota
caso a gente vá mal em alguma prova. Geralmente, você
terá duas provas, a P1 e a P2, caso você perca uma delas
terá a chance de fazer uma outra prova, a Sub, que irá
substituir a menor nota (vale lembrar que a existência ou
não da Sub depende da boa vontade do professor da
matéria, se ele falar nada de Sub, nada de Sub...).

<AXEL> Mas uma coisa é


garantida, existe uma outra
forma de você se livrar da DP, a
famosa: REC. A REC é uma
avaliação que pode ser em forma
de prova ou em forma de
trabalho. A REC é marcada para o
final das férias seja ela do fim
do ano ou do meio do ano. Eu
entendo bem do assunto, pego REC
todo semestre, e uma coisa te
digo bixo, se você conseguir
aproveitar a vida na faculdade e
estudar um pouco mais para as
primeiras provas, como a Lana falou, faça isso. A REC é
bem mais difícil e acabamos perdendo nossas férias
estudando para elas. Sem contar que tem uns professores
malucos que inauguraram um negócio chamado REC do mal,
funciona da seguinte maneira você soma o resultado da sua
prova REC com sua média final até então e divide por 2,
nada do esquema bacana de substituir a nota final pela
nota da REC.

<LANA> Caso nem a REC te ajude, a DP poderá ser feita


quando você quiser. Lembrando:
Se você tirar 5 ou mais na média final e tiver 70% de
freqüência, ta aprovado;
Se você tirar entre 3 e 5 na média final cai de REC;
Se você fechar o semestre com menos de 3 ou menos do que
70% de freqüência é DP direto.

<AXEL> No ano seguinte, quando chegar a época de se


matricular no JúpiterWeb, você terá a opção de fazer ou
não suas DPs. Se você não quiser é só ignorar a matéria e
deixar ela como pendente, mas se ela for pré-requisito
para outra matéria é melhor que você faça a matéria o
quanto antes, pois a mesma pode impedir que você se forme
no curso no tempo ideal. Explicaremos melhor sobre os
pré-requisitos também.
<YUMI> Vale lembrar que o oferecimento das matérias
geralmente é semestral, ou seja, temos matérias de
semestre par e de semestre ímpar, logo se você pegar DP
no 1 semestre, você provavelmente só poderá cumprir essa
matéria no 3 semestre. Existe caso de matérias em que
devido ao alto número de alunos com DP e a coordenação
acaba abrindo turmas extras.

REQUISITOS
<JUNINHO> Existem 2 tipos de pré-requisito, o fraco e o
forte.

<YUMI> O pré-requisito fraco é quando você precisa fechar


com a média acima de 3 para poder fazer a matéria que vem
em seqüência dessa. Acho que com exemplo essa explicação
ficará melhor: como notou em seu horário, uma das suas
matérias no primeiro semestre é Cálculo1, no segundo
semestre você terá a continuação dessa matéria, Cálculo2.
Para você poder fazer Cálculo2, você precisa tirar no
mínimo 3 em Cálculo1. Se a matéria tem um pré-requisito
fraco, tirando 3 você poderá fazer a outra matéria, mas
isso não significava que você não pegará DP da matéria
que tirou nota baixa, usando o exemplo, você poderá fazer
Cálculo2 no segundo semestre, mas no ano seguinte ou
quando quiser, terá que fazer Cálculo1 de novo.

<AXEL> Já o pré-requisito forte é quando não tem jeito,


você precisa passar na matéria para fazer a continuação
da mesma. Passar quer dizer que você precisa tirar 5 ou
mais de média final.

<LANA> Caso você reprove em uma matéria que é pré-


requisito, com menos de 3, você pode tentar fazer a
matéria que vem em seqüência utilizando de um
requerimento, retirado na seção de graduação ou feito via
internet pelo JúpiterWeb, mas lógico que o mesmo vai ser
analisado. Se você provar que tem condições de cursar a
matéria requerida e tem conhecimento para acompanhar a
turma você poderá cursar a matéria, mas se for
considerado que você não tem, o requerimento será
rejeitado.
CRÉDITOS
<AXEL> Créditos é mais ou menos como o hora/aula da
Faculdade. Uma matéria de 4 créditos quer dizer que você
vai ficar quase 4 horas dentro da sala de aula por semana
,ou tecnicamente você deveria ficar.

<BOCA> Muiiiito tecnicamente né??? hauhauhauaha

<LANA> O mínimo de créditos por semestre é de 12. O


crédito é muito importante na hora de você conseguir um
estágio, já que tem um limite mínimo de créditos cursados
para que se possa estagiar com autorização da faculdade
(pré-requisito para boa parte das grande empresas).

GRADE HORÁRIA
<JUNINHO> Logo que você ingressa a Faculdade surgem
algumas dúvidas em relação a grade horária, certo?

<AXEL> Em primeiro lugar, logo que você faz a matricula


você recebe o número das suas turmas. Nesse mesmo papel
que você encontra suas turmas, você encontra todas as
matérias e todos horários escolhidos pela própria
faculdade no primeiro semestre.

<LANA> Geralmente essas turmas são mantidas para o


segundo semestre e partir do segundo ano você tem a
liberdade de escolher a sua turma.

<JUNINHO> Com opções de cursar matérias num horário


diferente do seu, você pode adiantar matérias de outros
anos que não tem pré-requisito e tem vagas na sala, mas
lógico se a mesma estiver disponível para matrícula no
JúpiterWeb.

<BOCA> Ou então, fazer suas DP´s em outro período. Eu


mesmo tenho matérias especificas de manhã e a noite e
umas porqueiras do ciclo básico de tarde... XD

<JUNINHO> Na hora de fazer a matrícula no segundo


semestre ou nos próximos, você entrará no JúpiterWeb e
escolherá a sua turma (02 para manhã, 04 e 94 para
noite).

<AXEL> No ano de 2009 implementaram um sistema de mérito


e matrícula por período ideal, ou seja no portal júpiter
(responsável por registrar nossa vida acadêmica:
matrícula, notas, etc) no momento da matrícula o critério
de eliminação na concorrência por vagas em uma
determinada turma não é mais ordem de inscrição na mesma
e sim média ponderada. Dessa forma se tivermos uma turma
de uma matéria com 50 vagas, por mais que um aluno com
média ponderada 5 seja o primeiro a se matricular se
tivermos matriculados depois dele +60 alunos com média
ponderada acima de 5 ele está fora da turma.

<BOCA> Você tem 6 anos no total pra completar o seu


curso. E há diversos modos de aumentar esse número. A
despeito desse tempo existem diversas lendas urbanas a
respeito de como aumentar esse tempo de permanência na
USP. Tem gente que fala que você pode casar (aumentando
em um ano o seu limite) ou fazer um filho (aumenta também
em um ano) ou fazer parte do Diretório Acadêmico (mais um
ano também). Eu já estou pensando nessas hipóteses... rs

<AXEL> Contudo gostaríamos de deixar bem claro que


nenhuma dessas hipóteses é confirmada oficialmente pela
seção de graduação da EACH, responsável por esses
assuntos. Há quem jure que existe uma forma de driblar o
jubilamento, mas até o fechamento desse manual não chegou
ao nosso conhecimento nenhum caso de aluno que tenha tido
direito a “anos extras” na EACH valendo-se de
requerimentos na Graduação.

<JUNINHO> Espero que tenhamos conseguido tirar suas


maiores dúvidas. E lembre-se, qualquer dúvida pergunte
para um veterano.
7. Onde Estudar???
Locais que te
ajudarão (ou não)
a render melhor

<AXEL> Bixo, aposto que você ta lendo todo esse manual, e


está super preocupado pra começar a estudar, né? Ainda
mais depois de te colocarmos um medinho falando sobre as
DPs. Sem contar que você prometeu a si mesmo que esse ano
ia começar a se esforçar mais, né?

<BOCA> Eu sei como é, mas logo essa vontade toda passa,


te dou uma semana para isso! O cara ou a mina vai lá e
fica todo pimpão na primeira semana, não num vou cabular
nenhuma palestra mesmo que ela tenha como tema:
Apresentação dos terrenos ao redor da USP Leste... Logo
essa vontade de estudar passa.

<LANA>Mas antes dela passar, vamos dar as melhores dicas


para seus estudos.

<JUNINHO> Como assim “logo essa vontade toda passa”?


Lógico que não, você está muito enganado, BOCA. Tenho
certeza que os bixos desse ano não serão corrompidos por
você e irão dar continuidade a promessa deles. Afinal,
estudar é muito bom! Ainda mais na nossa faculdade! E
aprender nunca é demais...

<YUMI> Acho que essa discussão pode ir longe, mas


independente se os bixos vão querer estudar muito ou não,
uma coisa não temos dúvidas, na hora do desespero, pelo
menos algumas horas antes da prova, eles vão querer saber
onde é o melhor lugar para aprender pelo menos alguma
coisa. Por isso, essas informações serão úteis:
BIBLIOTECA
<BOCA> Isso é verdade Yumi, e quando chega o fim do
semestre e a água está batendo na bunda, o local mais
indicado para tentar recuperar todo semestre é a
biblioteca. Sempre tem um chegado lá pra tentar dar uma
ajuda.

<JUNINHO> Nossa, não me conformo do jeito dele falar...


Bom, a mesma se localiza entre o famoso prédio do
“TITANIC” e a estação USP Leste. Ao chegar você troca
temporariamente sua carteirinha pela chave do armário
para guardar suas coisas.

<LANA> Com certeza você irá para lá na época da prova de


Cálculo, procurando pelo livro do Stewart, que
provavelmente não terá mais, sendo obrigado a escolher um
semelhante.

<JUNINHO> No local você encontrará mesas para duas


pessoas, ideais para estudar sozinho, e as mesas
redondas, que cabem mais cadeiras. Porém, para estudar
com seus amigos, o melhor seriam as salas para estudos em
grupo, que são (normalmente) mais silenciosas, mas que
sempre estão ocupadas em época de provas.

<BOCA> Essas são as salas que eu vou, minutos antes das


provas. Sempre tem um nerd legal para me ensinar alguma
coisa, né Juninho? *dando um sorriso falso para Juninho*

LABORATORIOS
<AXEL> É, bixo... você é um bixo muuuuito sortudo! “Por
quê?” Não, não é sortudo por ser bixo! E sim por ser um
BIXO DE SI!!!

<JUNINHO> O que o Axel está querendo dizer, é que somos


os únicos que temos laboratórios de informática
exclusivos. A restrição é feita pelo login e senha que
vocês receberão. Por isso, também é bom saber que não se
deve emprestá-lo para outras pessoas, senão poderão ser
bloqueados.

<LANA> E talvez você esteja se perguntando: "Mas por que


temos esse privilegio?"...
<AXEL *interrompendo Lana*> Fácil, porque nosso curso é o
mais foda da EACH!

<LANA *rindo*> Não Axel, hehehe. Isso também, rs. Mas na


verdade, somos o curso que mais precisa do computador.
Diferente dos outros cursos que usam o computador para
ver seus e-mails e fazer algum trabalho, nós temos que
utilizá-los para nossos estudos. E se os labs fossem
comuns a todos, o barulho seria maior, atrapalhando nossa
concentração.

<JUNINHO> Exato, por isso os nossos laboratórios acabam


sendo mais um ótimo lugar para estudar, mesmo sabendo que
em época de prova é difícil de achar um computador e uma
cadeira vazia. Os labs ficam no primeiro andar do prédio
didático, o prédio de vocês.

<LANA> Vale lembrar, que além de termos nossos


laboratórios, podemos usar os outros, mas temos certeza
que você não fará isso!

<BOCA> Volte e meia tem um filho-da-mãe de outro curso lá


pagando de bonitão com o login e senha que algum pau-mole
passou pra ele... Se encontrar algum caso desse peça pra
pessoa sair que você quer usar o pc, caso contrário dedão
no botão Reset, nunca falha... XD

<JUNINHO> Quem deixou esse marginal entrar como


personagem na apresentação do manual?

SALAS DE RP
<YUMI> Essas são as salas usadas para as aulas de RP
(Resoluções de Problemas).

<BOCA> Nossa, É sério???...Dããã.

<JUNINHO> Dá para deixar ela continuar? Bom o que a yumi


estava dizendo, essas são as salas usadas nas aulas de
RP, porém, podemos utilizá-las para estudos quando
estiverem vagas. Para isso, você deverá pedir a um
segurança que abra a sala pra você.

MESAS NO GIGABYTE
<LANA> Agora, se você quer estudar, mas sabe que fará um
pouco mais de barulho, atrapalhando as pessoas que estão
estudando na Biblioteca, e não consegue uma das salas de
RP, a solução é estudar na frente da lanchonete mesmo. Em
horários de aula é mais silencioso e por ser ao ar livre,
não fecha.

<AXEL> Mas tem alguns probleminhas: o grande fluxo de


pessoas no local pode facilmente distraí-lo,
principalmente se você é como eu e conhece quase toda a
faculdade.

<LANA> E à noite enche de insetos, além da iluminação não


ser das melhores. Sem contar que, às vezes, venta
bastante e é ruim para estudar com folhas avulsas.

<BOCA> Vocês tão esquecendo de falar dos cachorros


porqueiros que ficam tentando se roçar em você e chamar
sua atenção.

<AXEL> Fora quando está rolando umas partidas de truco e


ouvimos frases gritadas como “MEIOOOOOOOOO
PAAAAAAAAAAAAUU!”.

SUA CASA
<LANA> Bixo, se você mora em uma república com o pessoal
da sua turma, vá fundo e estude em casa. Caso more
sozinho ou com outras pessoas, mas se concentra bem em
casa, também o faça.

<JUNINHO> Exato, caso contrário, estude na USP. É muito


fácil se distrair em casa.

<LANA> É, você sempre vai à geladeira, mexe no


computador, lê outra coisa, deita na cama e dorme, entre
outras coisas. Qualquer coisa é mais interessante que o
estudo. Portanto, prefira estudar na USP.

<AXEL> Outra coisa, não seja egoísta como muitos nerds


que eu conheço. Lembre-se que você não está mais no
cursinho, quando tiver oportunidade de estudar em grupo,
prefira essa alternativa. Se você manja da matéria ajude
seu colega de sala e se você estiver com dificuldades
(normal porque bixo é burro) tenho certeza que encontrará
alguém para ajudar.

<YUMI> Como, por exemplo, seus veteranos, que já


aprenderam o que você está aprendendo no momento. Sempre
terá um veterano bonzinho naquela hora que você mais
precisa.

<AXEL> Por isso é valido lembrar: Sempre que tiver


oportunidade agrade seu veterano, algumas brejas serão
bem-vindas! Quem sabe assim a gente não te empresta as
nossas listas de Cálculo e te ajudamos a programar.

8. Orientações Iniciais – Passos


fundamentais para sua
sobrevivência na USP
<BOCA> Esse ano começaram mal heim? Puta tema chato mano,
nesse capítulo não vou ajudar a explicar porcaria
nenhuma.

<YUMI> Mas Boca o objetivo do Manual não é estar sempre


em evolução? O pessoal da criação está em constante
evolução do mesmo, para não deixar que o mesmo se torne
maçante ou repetitivo. Para esse ano a novidade são os
TOMOS, que são blocos de macro-temas aonde estão alocados
os capítulos que compõem esse manual.

<BOCA> To ligado, to ligado. Mas esse primeiro TOMO é só


mimimi pra tirar dúvida de necessidades, que coisa chata.

COL – CURSOS ONLINE


<JUNINHO> Bixo, o CoL é um sistema de gerenciamento de
conteúdo didático. Ele é desenvolvido pelo Laboratório de
Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) da Escola
Politécnica da USP. Lá, você encontrará todos os
materiais digitais postados pelos seus professores para
poder estudar e, com bastante esforço e dedicação, ir bem
nas provas.

<YUMI> Além disso, o CoL conta com ferramentas dinâmicas


como o Chat, no qual você poderá ter aulas virtuais; o
Fórum, onde poderá postar informações relevantes à
matéria e trocar informações com os demais alunos da
disciplina. Poderá, também, receber informações do seu
professor por meio do Correio do CoL e ainda contará com
uma Agenda para não se esquecer das provas e trabalhos!

<AXEL *com cara de meio incrédulo*> Então bixo, você ouve


mil e uma histórias sobre a função do Col ,mas no fim das
contas o Col é mais usado pelos professores para postar
notas e atividades além de material de estudo.Até que é
maroto, pois em muitos casos você não precisa ir até a
faculdade para ver suas notas, ou ficar pagando por
muitas xerox, pois muitos textos que temos que ler são
postados lá. Para se cadastrar no Col, entre no site do
sistema CoL e clique em CADASTRO!.E finalmente para
utilizar desse esquema maroto basta entrar em
http://col.USP.br

JÚPITER WEB
<LANA> Bom, esse sistema aí é muito útil em algumas
ocasiões e quase sempre odiado. Pois bem, é no JúpiterWeb
que você vai saber tudo sobre você na USP. Lá, estarão
registradas suas notas de todas as matérias, seus dados
pessoais, a grade horária da sua turma, suas pendências
(leia-se DP's).
Ahhh se papai descobre o JúpiterWeb...

<YUMI> Na ferramenta, você também poderá emitir


documentos como atestado de matrícula, acompanhar a sua
evolução no curso, entre outras coisas.É também no
Júpiter também que você irá se matricular,
semestralmente, nas disciplinas que irá cursar. Isso é
você irá se matricular e/ou montar a sua grade a partir
do terceiro semestre, antes disso você deve ir na seção
de graduação sempre no começo de cada semestre para
escolher suas optativas e confirmar sua matrícula. É um
sistema muito útil e muito fofo.

<AXEL> É no Júpiter que eu olho quais matérias posso ou


não pegar dp´s sem comprometer o próximo semestre(Poxa,
com tantas festas e baladas, não dá para passar em tudo
né).
Maiores informações acesse o portal através do endereço:
<http://sistemas.USP.br/jupiterweb > (sem acento hein,
bixo burro!)

WEBMAIL
<LANA> Quando entramos na
USP, todos falam sobre o
email, a conta de acesso e
tudo mais. O problema é que
leva muito tempo até a gente
entender qual o papel de
cada entidade e onde podemos resolver aquilo que
precisamos logo.

<JUNINHO> Dentre os diversos veículos de comunicação que


a universidade e o nosso curso mantêm conosco, alunos de
SI, podemos citar o Webmail. Vital para recebimento de
notas, encaminhamento de trabalhos, recebimento de
ofertas de estágios e todos os tipos de notícias da USP.

<AXEL> É né bixo, ta todo cheio de pressa para usar o


email. Muita calma, pois apressado come crú e iremos
explicar como utilizar esse esquema.

<YUMI> Eis abaixo, algumas das dúvidas mais freqüentes de


quem acaba de ingressar na faculdade:

1.Para quem é oferecido o serviço de correio-eletrônico


da USP?
O serviço de email da USP é oferecido para docentes,
funcionários, graduandos e pós-graduação.

2.Como faço para ter um endereço eletrônico da USP?


Docentes, funcionários, alunos de graduação e pós-
graduação podem se cadastrar pelo site
<http://www.pedidoemail.USP.br>

3.Como acessar o correio-eletrônico via webmail?


O correio-eletrônico pode ser acessado através do site:
<http://www.webmail.USP.br >

4.É possível configurar redirecionamento da conta de e-


mail @USP.br para outra conta?
A solicitação deverá ser encaminhada a partir da conta
@USP.br para consulta@USP.br. É possível criar o
redirecionamento mantendo cópia ou não no servidor da
USP.

<JUNINHO> Outras dúvidas e explicações mais minuciosas


em: <http://www.cce.USP.br/atendimento/faq.htm#2>

LOGIN E SENHA PARA ACESSO AO LABORATÓRIO


<AXEL> Bixo, o login e a senha para acesso aos (marotos,
diga-se de passagem) computadores da EACH devem ser
retirados na Seção de Informática, na primeira semana de
aula!
<LANA> Sem isso, você não terá direito de utilizar os
computadores. E lembre-se de que a sua conta de acesso dá
direito a uso exclusivo nos laboratórios de SI. Portanto,
NÃO PASSE SEU ACESSO PARA NENHUM ESTUDANTE DE OUTRO CURSO
DA EACH!

<BOCA> Qualquer dúvida, novamente, procure um veterano, e


espere pra ver se o mesmo terá boa vontade em ajudá-lo!
Esta é sua melhor opção!Entendeu Bixo Burro???

<LANA> Ué não ia ficar quieto nesse capítulo?

<BOCA> Ah mas agora já acabou... rsrsrs


9. Acesso – Como se
chega na EACH?
<BOCA> Você achou difícil de
chegar na EACH, bixo? Pare
de reclamar!!! Mas é uma
bixinha mesmo...

<LANA> Vocês não sabem o


quanto a gente sofreu antes
de ter a nossa estação!
Aquilo sim era demora.
Dependíamos de um circular
que nos deixava na estação
de trem Eng. Goulart para
podermos prosseguir.

<JUNINHO> Pra mim a EACH não tem nada de desolada e


longínqua...

<AXEL> Claro né mano, você que tem república na Zona Lost


é um pulinho, agora eu que venho lá da Zona Oeste dou um
rolê heim, mesmo de carro.

<BOCA> Rolê??? Algum de vocês vem de fretado de São


Caetano pra EACH??? Isso sim é osso...

<LANA> Mas vamos ao que interessa: Qual a melhor opção


para cada um? Bom, para quem vem de trem a opção mais
prática com certeza:

TREM METROPOLITANO:
Bem iluminado, sempre com seguranças e acesso ao campus
atrás da biblioteca.

Linha F - Leste Variante Brás - Calmon Viana


Horário de funcionamento das estações: 04:00h - 00:00h

Estações: Brás, Tatuapé, Eng. Goulart, USP Leste, C.


Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Itaim Paulista,
Eng. Manoel Feio, Itaquaquecetuba, Aracaré, Calmon Viana.

Intervalos: Cerca de 15 minutos nos horários de pico e 20


minutos nos horários de menor movimento.
Integração com metrô: Brás, Tatuapé
Integração com ônibus: Tatuapé, Eng. Manoel Feio

<YUMI> A opção do trem é até viável e relativamente


tranqüila. Mas dependerá do horário, porque num horário
ruim você poderá encontrar o trem em uma situação
caótica, com gente feia, fedida e que fica toda hora
pisando no seu pé ou tentando coisa pior.

<JUNINHO> O trem é complicado mas é sem dúvida a opção


mais rápida pra chegar na EACH. Saiu do Brás, em 20
minutos ta na USP.

<LANA> Eu prefiro ir de metrô até a Penha e de lá pegar a


perua Jardim Keralux. A vantagem é que por ser o terminal
Penha o ponto de partida da lotação, geralmente dá para
ir sentada, ideal para quem anda de salto e não quer
levar pisões nos dedos. Já a desvantagem é que poderá
demorar um pouco mais, por parar em semáforos e às vezes
pegar trânsito. A lotação demora mais do que o trem cerca
de 15~30 minutos dependendo da hora do dia.

LOTAÇÃO JARDIM KERALUX:


METRO - Linha 3 Vermelha
<Corinthians-Itaquera – Barra
Funda> Estação Penha
Pegar na estação Metro Penha a
lotação Jd. keralux, ela para em
frente à USP Leste.

<BOCA> Mora na região do ABC???


Sim, é osso ir e voltar pra EACH,
eu fechei esquema de fretado com
uma galera de lá também, basta conversar, sempre tem
alguém querendo ir pra pelo menos perto de aonde você
vai.

<YUMI> Se você é dos mais corajosos, tem a opção dos


ônibus também. O que você tem que fazer é o seguinte: vê
de onde ele parte e pesquisa o ponto mais em conta pra
você no seguinte endereço
(http://200.99.150.164/PlanOperWeb/), seguem as linhas
que passam na Assis Ribeiro na altura da EACH.
<BOCA> Vale lembrar aos simpáticos e BURROS dos bixos que
tem um ponto de ônibus do outro lado da rua da estação
USP Leste. Acesso garantido pra faculdade.

ÔNIBUS:
Av. Dr. Assis Ribeiro (altura da estação de trem USP
leste)
271P - Estação da Luz/Cangaiba
1180 - Praça Princesa Isabel/ Vila Dr. Eiras
2076 - Penha/Jd. Das Oliveiras
2551 - Terminal Parque Dom Pedro II/Terminal A.E.
Carvalho
2582 - Terminal Parque Dom Pedro II/Vila Nova Curuçá
2041 - Terminal Penha/Vila Nova Silvia
2590 - Terminal Dom Pedro II/União de Vila Nova
2718 - Metro Penha/Vila Silvia
2762 - Metrô Tatuapé/Ermelino Matarazzo

<AXEL> Agora, se você se empolgou e perdeu a hora na EACH


e não tem como ir embora ou pior, acha que não vai dar
tempo de chegar na EACH de trem ou ônibus pra fazer
aquela prova importante, tem como dar uma apelada:

TÁXI:

Leste-Táxi
Avenida Assis Ribeiro,540
Fone – 60936599 – 46164984
ou
Guarucop
Aeroporto Guarulhos
Fone – 64453552

<AXEL> Já sei, já sei. Tá bonito(a) na fita heim


bixo/bixete??? Chegar na EACH de carro pode ser bem
complicado, uma vez que os caminhos são muitos, dessa
forma pegue os dados da EACH aí e lança no apontador <
http://www.apontador.com.br/> ou no Google Earth <http://
earth.google.com/intl/pt/>:

Rua Arlindo Béttio, 1000


Ermelino Matarazzo
CEP: 03828-000

<BOCA> Só vê se não esquece de dar carona pros seus


veteranos heim bixarada nó-cega...
<LANA> Ah!! E mais uma dica. Independente de como você
vai fazer pra ir para a EACH, lembre-se de que o clima
que prevalece lá é exótico, aleatório, randômico, ou
qualquer outro nome que queira dar, certifique-se de
sempre andar com um guarda chuva e uma blusa na mochila.
Assim, aquela chuvinha chata ou vento gélido não vão te
pegar desprevenido e nem estragar nossos belos cabelos,
né bixetes?

10. Alimentação – Quais as opções na


EACH e arredores ?

<AXEL> É bixo, um dos momentos de glória do dia de um futuro


analista é 'O Bandejão'. Essa é a hora de intensas e indiscutíveis
emoções. Caso sua salada corra sobre a mesa, mantenha-se calmo,
pegue o garfo e a espete!

<LANA> Evite discussões, jamais tente descobrir o sabor do suco; o


“suco de amarelo” é indefinido. E uma dica de veterana: para cortar
o bife faça muita força e quando começar a amolecer pare, você
chegou na bandeja. Com o tempo você acostuma... ou não!

<JUNINHO> 'O Bandejão' é o Restaurante Universitário que apesar


de receber sempre questionamentos sobre a variedade das comidas,
salva muita gente. Ele se encontra no bloco didático dos veteranos
(vulgo TITANIC) e fica aberto durante o almoço das 11h00 às 14h00 e
durante a janta das 18h00 às 20h00. Seu preço para alunos é super
acessível, custa apenas <checar>R$1,90, com direito á arroz e
feijão, salada, 2 misturas, suco e sobremesa. Seu cardápio pode ser
encontrado no site da EACH: (http://www.USPleste.USP.br/)

<YUMI> Vale lembrar que para acessar o bandejão é preciso antes


comprar o ticket no guichê próximo a entrada do restaurante. Ele
costuma ficar aberto das 10h00 às 12h00 no período da manhã e das
17h00 às 19h00 no período da noite.

<AXEL> O site com o cardápio raramente está atualizado, a galera


reclama pacas e fica de “mimimis” na hora de bandejar, mas falo com
conhecimento de causa que é gratificante chegar na EACH depois de
um dia de estágio corrido e encontrar comida de verdade ao invés de
coxinha ou outros trecos que a galera come pra enganar o estômago.
Eu recomendo o ‘bandex’ sim e as atendentes costumam ser
simpáticas, o que é muito raro hoje em dia.

<LANA *cara de incrédula*> Sei não viu... Ainda prefiro uma


coxinha... rsrsrs... Por sorte não temos apenas o Bandejão. Para
quem perdeu o horário dele ou não quiser comer lá (está sem seguro
de vida, rs), mas sem sair da faculdade, existe a cantina.
Localizada no bloco do ciclo básico é também conhecida como
“Gigabyte oferece lanches, salgados, refrigerantes, doces e etc.

<BOCA> E aí bixarada vocês curtem uma lingüiça??? Não??? Vão


acabar aprendendo a gostar. Uma grande parte dos bares na região
tem o nome relacionado a lingüiça, sim a criatividade é pouca para
os nomes, mas é como dizia um cartaz que eu li outro dia: "Preço de
caviar, qualidade de lingüiça".

<AXEL> Realmente tem uma galera que tem reclamado muito por causa
do aumento nos preços dos bares e lanchonetes da região, sendo que
os mesmos muita vezes, matem o mesmo padrão e nível de "boteco da
vila". Bom, prefiro não entrar muito no mérito da questão, afinal
sabe como é né na hora da necessidade são os barzinhos da região
que quebram o galho.

<BOCA> Antes da listagem full, vale a pena listar 2 bares que


foram os tops de 2010. Responsáveis por grande parte das cervejadas
do ano, afinal na EACH tava proibido cervejada. Tem o Panelas e o
Bar do Baixinho. Ambos são vizinhos da Estação Usp Leste do trem e
compensam a passada.

<LANA> Por serem tantas as opções resolvemos por bem listar


algumas:

Baby Beef Penha


AV. Condessa Elisabeth de Robiano 5500 - Penha
Fone: (11) 66423964
A lacarte, massas e rodízios

Bar da Lingüiça
Av. Dr. Assis Ribeiro, n.º 3390
Bom restaurante com preços médios. Oferece lanches, bebidas
variadas e ótimas refeições. Aceita cartão de crédito, mas não
aceita cheque.

Casa da Lingüiça
Av. Dr. Assis Ribeiro, n.º 3400
Ótimo restaurante com preços médios também.
Possui diversas refeições, como churrasco e feijoada. Também
oferece porções, lanches, pizzas e sorvetes, além de bebidas em
geral. Não aceitam cheques, mas aceitam cartão de crédito.

Bar da Lingüiça
Av. Dr. Assis Ribeiro, nº 3356a
Pequeno bar que oferece lanches e porções, além de bebidas. A
porção de calabresa é recomendada.

Salim, o rei da feijoada


Av. Dr. Assis Ribeiro, nº 3420
Ótimo restaurante com preços altos. Também oferece refeições,
porções, sopas, pizzas. Sorvetes, além de bebidas em geral. Todos
os cartões de crédito são aceitos, menos cheques.

1º Bar da Lingüiça
Av. Dr. Assis Ribeiro, nº 3496
Ótimo bar com um ambiente muito animado. Serve lanches e porções
com bons preços, além de diversas bebidas. Não trabalha com
cartões, mas aceita cheques.

<LANA *olhinhos brilhantes*> Doces!!! Contamos com padarias e


confeitarias na região. Nada como um apetitoso sonho ou uma bomba
de chocolate gigante... Eis locais bacanas onde conseguir algo no
quesito. “Padarias, Docerias & Afins”:

Padaria Nova USP


Se encontra muito próximo da USP, então já se pode imaginar que o
ambiente não é dos melhores, mas a falta de opções no local e o
preço agradável te faz esquecer desse detalhe. Você pode ir no
almoço ou na janta (salve dias de peixe no bandejão!!)e aproveitar
para comer AQUELE pão com mortadela com AQUELA tubaína de 2 litros.
E de sobremesa nada melhor que “O” sonho gigante ou “A” bomba de
chocolate.
Rua Arlindo Béttio, 1800 (ao menos da primeira vez, ou em todas,
procure um veterano para ir contigo, por segurança e garantia de ir
ao local certo.)

Padaria Santo Onofre


Av. Alfredo Ribeiro de Castro, nº 539
Preços caros, contudo boa qualidade.

Padaria Big To
Rua dos Horticultores, nº 429
Ótimo sanduíche de mortadela, preços médios. Não aceita cartões.

Padaria Giselle
Av. Dr. Assis Ribeiro, nº 3050
Bom café da manhã e pequeno mercadinho. Possui uma banca de jornal
ao seu lado. Não trabalha Com cartões.
11. Moradia –
Escolha bem
onde se
instalar
<JUNINHO> É bixo, depois de
tanto esforço e dedicação (ou
não), você finalmente passou na
USP! Parabéns! Agora é só
aproveitar ao máximo o que a universidade tem a te
oferecer. Será uma das melhores fases da sua vida e
morando em uma república, vai sentir isto mais
intensamente. Podendo se aplicar de maneira mais intensa
na sua vida acadêmica.

<LANA *olha com cara de dó para Juninho*> Na EACH, a


diversificação é grande; pessoas que tem como terra natal
diversos lugares. Seja bairros, cidades e até estados
diferentes e distantes da EACH. Sendo assim, existem
algumas repúblicas e pensionatos na região e arredores.
Viver numa república não requer apenas muita vontade de
curtir a vida: é preciso, também, um tanto quanto
vontade, paciência e compreensão. Para evitar qualquer
tipo de problema, procure morar num ambiente em que você
se identifique e sinta segurança.

<BOCA> Repúblicas tem festas fodonas! A galera costuma


ser muito liberal, vivendo ao melhor estilo “American
Pie”. Mas também fica aew, bixarada, uma DICA PRECIOSA:
não se preocupe em acertar logo de cara, pois conhecer
pessoas de confiança e que irão ser seus amigos é um
pouco trabalhoso. Afinal você precisa de um pessoal de
responsa pra poder dar aquelas festas homéricas e não
roubarem sua havainas no dia seguinte.

<JUNINHO *olha Boca em reprovação*> Embora não partilhe


do entusiasmo fanfarrão do vagal ali, a dica dele é boa.
Procure arrumar um abrigo temporário antes de fechar
qualquer negócio, pois assim fica mais fácil de arrumar o
melhor lugar, sem arrependimentos.

<YUMI> O legal mesmo seria se possível fazer um test-


drive nas repúblicas que estão adotando um bixo durante
algum tempo. Assim, você se familiariza e tem mais
segurança na hora de escolher a sua. Procure nos jornais
e converse com outros alunos, principalmente veteranos,
sobre o assunto. Sempre tem alguém procurando gente pra
dividir moradia.

<AXEL> Claro que durante esse período de adaptação, pague


cervejas para seus veteranos em troca de valiosas dicas e
conselhos sobre esta sua nova jornada. Até você se
acostumar, vá pensando sobre o quão longe da faculdade
você prefere morar. Perto ou longe, ambos têm suas
vantagens.

<LANA> A minha parte, aceito em doces ou tickets do


bandejão, obrigada. Com a abertura da estação USP-LESTE,
Ermelino Matarazzo rouba o título do bairro mais próximo
do fim do mun... ops, da faculdade. Infelizmente, o
bairro carece de infra-estrutura comercial e de
entretenimento; porém, oferece a comodidade de morar
“encostado” na EACH, sendo necessário apenas atravessar a
estação de trem da USP. Se você tem espírito aventureiro,
torne-se um dos primeiros a morar e/ou abrir uma
república!

<BOCA> Isso aew ta parecendo mais convocação pra um


safari, ou pra virar colonizador da região... Acho que
nenhuma das duas opções está 100% errada. hauauhauauha

<AXEL> Engenheiro Goulart é o bairro que foi passado para


trás pelo Matarazzo (Leste X Leste, todos se matando para
conseguir os alunos da EACH como clientes; cobiçados nós,
não?). Seu título do bairro mais próximo foi roubado, e o
que lhe resta são as repúblicas já existentes.

<JUNINHO> A comodidade que o Circular (micro-ônibus


fretado integrador EACH - Eng.Goulart que foi abolido
após abertura da estação USP Leste) trazia, ainda está
sendo debatida; sendo assim, a grande vantagem do bairro
deixa de existir. Sobrando apenas os bares e repúblicas
já consagradas na região.

<YUMI> Ou seja, tirando as repúblicas, não fica quase


nada por lá. Há também outras alternativas de moradia,
como o bairro da Penha e do Tatuapé, que oferecem
melhores estruturas em termos de entretenimento, lazer e
estrutura comercial (ambos os bairros possuem shoppings
centers que levam o nome dos mesmos). Morando perto do
Metrô Tatuapé ou do Metrô Penha, você só ira usar uma
condução (de trem ou de lotação, respectivamente).
<AXEL *faz cara de comercial*> Agora, caso você, bixo,
esteja motorizado, os empecilhos de distância da
faculdade não terão tanta importância. É sua obrigação
morar perto de alguns veteranos e lhes oferecerem
caronas. ;)

12. Outras necessidades

<LANA> Quem disse que não temos nada além de pântano


próximo a EACH??? *Boca ergue o braço* Pois estão muito
enganados, contamos com diversos serviços dos quais foram
filtrados os que se mostraram mais convenientes.

<BOCA> Bateu a mão no bolso, não achou um puto pra dar um


pulo no bar ou sair com a galera pela região e agora???

<LANA> Na EACH temos os caixas do Banco Real e do


Santander, eles são ligados a rede 24 horas. Além disso,
temos uma agência da Nossa Caixa dentro da faculdade. Mas
se isso não é suficiente pra você nada melhor que um guia
de bancos:

BANCOS

 Banco do Brasil – Av Paranaguá, 1814 - Ermelino


Matarazzo
 Banco do Brasil - Pça Silvio Romero, 50 – Tatuapé -
217.6199
 Banco do Brasil- Av Penha de França, 549 -Penha -
6642.9933
 Bradesco –Av. Campanella, 122 – Itaquera - 6141.5015
 Bradesco- Av Paranaguá, 1814 - Ermelino Matarazzo-
6943.6855
 Caixa Econômica Federal - Av Paranaguá, 1953 -
Ermelino Matarazzo - 6943.0127
 HSBC - Av Paranaguá, 1705 - Ermelino Matarazzo -
6546.4622
 NOSSA CAIXA NOSSO BANCO Rua Dr João Ribeiro, 433 -
Penha - 294.9858
 ITAÚ - Av Paranaguá, 1705 - Ermelino Matarazzo
 Real - Av Paranaguá, 1752 - Ermelino Matarazzo -
6546.3900

<JUNINHO> Não quer dormir em quarto de pensão, nem em


república de ninguém, bixo??? Prefere algo mais
reservado??? Um Hotel talvez:

HOTEL

HOTEL Meliá Confort – Guarulhos – 64757500

<YUMI> Um amigo seu encheu a cara e esta passando muito


mal? Alguém foi atropelado? Um acidente mais grave? Não
importa a situação, na EACH temos o ambulatório que fica
do lado do prédio dos CA´s. Fora isso existe na região o
hospital:

HOSPITAL

HOSPITAL Municipal - Ermelino Matarazzo – 69439944


TOMO 3. O CURSO
13. Sistemas de Informação da EACH USP
<LANA> Pois é Bixo, agora que você já sabe um pouco mais
sobre a EACH que tal saber um pouco mais sobre o curso?

<YUMI> Primeiramente falemos da carreira. O analista de


sistemas usa criativamente a tecnologia da informação
para aquisição de dados, comunicação, coordenação,
análise e apoio às decisões gerenciais. Seus
conhecimentos são usados em funções organizacionais,
como: contabilidade, finanças, vendas e produção. Seu
papel pode ser definido na articulação entre recursos
humanos e computacionais que inter-relacionam a coleta, o
armazenamento, a recuperação, a distribuição e o uso de
dados com o objetivo de eficiência gerencial
(planejamento, controle, comunicação e tomada de decisão)
nas organizações).

<AXEL> O profissional deverá atuar principalmente em


empresas que usam o computador para apoio a seus
processos administrativos e de negócios, como, por
exemplo: empresas do setor de comércio ou de prestação de
serviços, indústrias, bancos, seguradoras, operadoras de
telecomunicação, organizações governamentais, escolas e
hospitais. Ou seja, desempregados não ficaremos pois o
mercado está ansioso para absorver profissionais de
Sistemas de Informação, ainda mais da USP né galera.

<BOCA> Não é a toa que somos o melhor curso da EACH.

<JUNINHO> Alguns dados relevantes do curso:

Vagas Anuais: 60 vagas (Matutino) e 120 vagas (Noturno)

Coordenador do Curso:Profa. Dra. Patrícia Rufino Oliveira


Suplente: Prof. Dr. Luciano Antonio Digiampietri

Supervisores:
Supervisor de Estágios: Profa. Dra. Sarajane Peres
Supervisor de Ciclo Básico: Prof. Dr. Esteban Fernandez
Supervisor de Laboratórios: Prof. Dr. Helton H. Biscaro

Comissão de Eventos:
Prof. Dr. José Alcazar Perez
Prof. Dr. Marcelo Fantinato
Prof. Dr. Marcelo Lauretto
Profa. Dra. Sarajane Peres

Contato: (11) 3091 - 1008 (Secretaria do Curso)

14. Ciclo Básico – Integrando os


calouros

<LANA> Aposto que você achou estranho quando pegou seu


horário de aula e notou que existiam duas turmas.

<AXEL> Não esquenta a cabeça, agora você entenderá o


porquê:
=> Uma dessas turmas será das suas matérias
específicas do curso de Sistemas de Informação (turma
12,04 ou 94);
=> A outra será das suas turmas do Ciclo Básico.

<JUNINHO> Pensando em um modo de se assegurar uma


abordagem multidisciplinar na USP LESTE, os currículos
foram planejados com base em temas e atividades
integrados e não exclusivamente a partir de disciplinas
especializadas. Buscando correspondência entre os novos
paradigmas da ciência e da cultura e as exigências
sociais cada vez mais complexas, o primeiro ano funciona
com um Ciclo Básico, comum aos alunos de todos os cursos.

<LANA *olhando reprovadoramente*> Apertando a tecla SAP.


O que o enciclopédia-ambulante ali quis dizer é o
seguinte: Além de Cálculo e Introdução a Ciências da
Computação (famoso ICC), suas matérias específicas no
primeiro e segundo semestre, vocês terão umas matérias
alternativas nesse tal de Ciclo Básico.
<JUNINHO *ignorando os comentários de LANA> O ciclo
básico está planejado para promover a iniciação acadêmica
dos novos estudantes, mediante uma abordagem mais
interdisciplinar, de questões abrangentes e fundamentais
ao conhecimento científico e social. Ao mesmo tempo,
oferece um ambiente de estudos e debates sobre a
realidade contemporânea e, em particular, sobre o
contexto sócio-cultural da região metropolitana de São
Paulo.

<YUMI> Sim, temos matérias que no papel parecem legais,


mas que na prática acabam sendo meio estranhas, leia-se
Sociedade Multiculturalismo e Direito (SMD) entre algumas
outras, mas temos que cumprir todas elas, logo tentem se
esforçar no Ciclo Básico também.

<BOCA> O ciclo básico com certeza é muito útil... Só se


for pra servir de matéria base pro truco. Sempre será
mais fácil e simples cabular uma aula inútil feito essas
do ciclo básico do que alguma outra. Ahhh tem alguém aí
que gosta do ciclo básico? Me processe!!! hauahuhaa

<AXEL> Mas nem tudo são espinhos no Ciclo Básico, tem a


parte boa da parada toda: As turmas são mistas, isso
mesmo, composta por alunos e "ALUNAS" de diversos cursos.

<JUNINHO *viajando com olhos baços*> Turmas mistas...

<AXEL *com olhar sonhador*> Sim,


prepare-se você verá duas turmas
completamente diferentes: uma
com toda aquela macharada que já
é habitual em cursos de exatas e
outra com todas aquelas garotas
prontinhas pra se integrar, só
esperando e dizendo " Venha
mocinho simpático de SI, eu
quero me integrar."

<BOCA> Fala sério mano...


Integrar com uma mina dentro da
sala??? Pega o contato da
safadets fora da sala, ou você acha que você vai ter uma
chance de pegar a mina na aula???

<AXEL> Mas na aula pegamos o contato para quando a


encontrarmos em uma das festas, chopadas e afins da EACH
soltar já alguma brincadeirinha, puxar um papinho e tals,
daew é GOL...

<LANA *com cara de inconformada*> Como pode? Vocês só


pensam em mulher? Para a informação dos senhores e dos
bixos que estiverem lendo, também terão mulheres na sua
sala específica...

<BOCA> Quem gosta de bigode é barbeiro e fabricante da


Prestobarba!!! hauauhuahuaha

<LANA> Como é que é???

<JUNINHO *interrompendo Lana*> Turmas mistas...

<AXEL> É cara era tão bom, né??? Uma sala com muitas minas...

<LANA> Agora já
chega!!! Para
começo de
conversa de que
adianta uma sala
com um monte de
garotas e você
ser um pau-mole
de SI???

<AXEL *passando
a mão no galo*> Calma aew Lana, a gente sabe que tem mina
em SI e, aliás, entram todos os anos algumas gatinhas, o
problema é que a proporção homemXmulher é muito tensa e
normalmente elas já entram comprometidas, mas tem vários
brothers nossos que namoram mina do próprio curso.

<YUMI *sai de onde estava escondida enquanto o pau


quebrava*> Nós meninas de SI estamos em amplo crescimento
numérico e somos meninas como qualquer outras, esse papo
de bigode e essas besteiras são só esteriótipos pregados
pra tentar desmoralizar. O importante de tudo é que SI é
rico na sua diversidade, temos de parar com essas zoeiras
internas sem fundamento.

<BOCA> Beleza, vocês não tem bigode e nós não somos pau-
mole OK??? Mas os marketeiros...

<Juninho *alisando o cocuruto*> Bom basicamente é isso


gente, maiores informações sobre o Ciclo Básico vocês
encontram em:
SITE http://www.EACH.USP.br/cursos.php?pagina=ciclo-
basico

SEÇÃO CICLO BÁSICO - (11) 3091-1020

15. Ciclo Específico - Agora é


pra valer
<AXEL> Pois é bixão, enquanto no ciclo básico tudo são
flores quando chegam as matérias específicas a coisa
tende a apertar mais. Por isso não vacile, dê raça nas
matérias específicas do primeiro ano Calculo e ICC tanto
I quanto II pois elas servem de base e pré-requisito para
que você curse as matérias dos semestres seguintes.

<JUNINHO> O ciclo específico é composto por uma coletânea


de disciplinas comum ao dia-a-dia da informática, dadas
pelo enfoque acadêmico. Preparem-se para estudar desde
Gestão de Projetos á Redes Neurais Artificiais. E é
exatamente essa miscelânea que torna o curso de Sistemas
de Informação da EACH tão rico. Nossos profissionais saem
completos, com uma visão abrangente obtida conforme vai
avançando no curso.

<LANA> Procure seus veteranos, não deixe a matéria passar


para pegar depois. No ciclo específico dificilmente dá
pra se salvar sem se dedicar.

<BOCA> Bobagem. Galera “Plano de Estudos Jack Bauer –


salvem seu semestre em 24 horas” !!!

<JUNINHO *com cara de desdém*> Não é a toa que foi


jubilado né Boca?

<BOCA *fechando os punhos em uma atitude claramente


agressiva*> Jubilado não!!! Eu saí da EACH por escolha
própria.

<LANA> Enquanto as moçoilas se acalmam aqui vai mais uma


dica de ouro: Procurem os monitores das disciplinas!!! Os
professores gastam tempo selecionando alunos para
monitorias de suas matérias, para que quando o consigam
apenas pouquíssimos alunos se valham de tal recurso. Os
monitores são as pessoas mais indicadas para dar aquela
força quando vocês ameaçarem patinar, descubram o horário
dos monitores de suas matérias, não deixem tudo para a
última hora.

16. Corpo Docente e áreas de pesquisa


<YUMI> A USP é voltada para produzir conhecimento, tanto
que grande parte de seus professores são pesquisadores de
sucesso. Pensando nisso estamos divulgando a vocês tanto
os nomes dos nossos docentes para 2011 quanto suas áreas
de pesquisa, notem que há professores com área de
pesquisa em branco, mas isso não implica que ele não o
faça apenas que não encontramos informações a respeito.

<JUNINHO> As pesquisas são fundamentais para ganho de


know-how da Universidade e além disso para grandes
descobertas que ajudarão a sociedade.

<LANA> Por isso é fundamental que haja respeito e bom


entendimento entre nós alunos e eles professores, afinal
de contas para ele estar ali lecionando pela USP deve ter
passado por muita coisa. Antes de criticarem e tomarem
atitudes negativas, procurem colaborar com as aulas e
torná-las mais produtivas. Sei que isso parece bastante
piegas mas é o respeito e a consideração de alguém que se
formou na USP porque eles estavam lá para lecionar.

<BOCA> Ounnn que meigooo...

<LANA> Calado Boca!!!

<BOCA *esfregando o olho direito*> Mancada aew!!! Antes


que a minazinha ali engrosse mais, melhor apresentarmos
os professores e suas áreas.
Docente
e-mail (no domínio usp.br) Áreas de pesquisa
Alexandre Ferreira Ramos
e-mail: alex.ramos
Ana Amelia Benedito Silva
Desenvolvimento de metodologias utilizadas em pesquisas de ritmos
e-mail: aamelia biológicos, sono, trabalho em turnos.
André Cavalcanti Rocha Martins
e-mail: amartins Dinâmica de Opiniões, Física e Estatística.
Ariane Machado Lima
e-mail: ariane.machado Reconhecimento de Padrões; Gramáticas Estocásticas e Bioinformática
Camilo Rodrigues Neto
Sistemas Complexos, Modelagem por agentes, Dinâmica Estocástica,
e-mail: camiloneto Econofísica, Análise e modelagem multifractal de sinais.
Candido Ferreira Xavier de Combinatória e Teoria dos Grafos: Desenho de Grafos, Complexidade de
Mendonça Neto Algoritmos.Visualização de Estruturas Topológicas; Suporte Computacional
para Saúde Ambiental e Crescimento Sustentável: Simulaçao, Otimização e
Formulação de problemas por meio de Autômatos Celulares e sua
integração com Sistemas de Gerenciadores de Banco de Dados e
e-mail: cfxavier Arquiteturas Paralelas.
Claudia Inés Garcia
Matemática Aplicada, Analise Numérica, Métodos de previsão Numérica do
e-mail: claudiag tempo.
Inteligência Artificial, Aprendizado de Máquina, Ensemble, Mistura de
especialista, Mineração de dados, Análise e Predição de Séries Temporais
Clodoaldo Aparecido de Moraes Financeiras e Biomédicas.
Edmir Parada Vasques Prado Governança e Gestão de Tecnologia da Informação - Sistemas de
Informação Organizacionais e Interorganizacionais - Aspectos Sociais,
e-mail: eprado Culturais e Comportamentais dos Sistemas de Informação.
Esteban Fernandez Tuesta
e-mail: tuesta Modelos de Seguros, Estatística Aplicada.
Fabio Nakano
e-mail: fabionakano
Fátima de Lourdes dos Santos
Nunes Marques
Processamento de Imagens, Realidade Virtual, Banco de Dados, Aplicações
e-mail: fatima.nunes para a Área da Saúde.
Fernando Auil
Análise Funcional, Teoria Espectral, Teoria da Medida, Mecânica Quântica,
e-mail: auil Mecânica Estatística.
Complexidade Computacional, Sistemas Complexos, Econofísica, Análise
Fernando Fagundes Ferreira de Dados.
Gisele da Silva Craveiro
Programação Paralela e Distribuída, Sistemas de Alto Desempenho, Acesso
e-mail: giselesc ao Conhecimento, Cultura Digital e Livre
Helton Hideraldo Bíscaro
Computação Gráfica, Modelagem geométrica, Geometria e Topologia
E-mail: heltonhb Computacional
Ivandré Paraboni
Inteligência Artificial / Tecnologia da língua humana / Processamento de
Linguagem Natural. Aplicações de geração de documentos a partir de bases
e-mail: ivandre de dados, recuperação de informações da Web, tradução automática etc.
José de Jesús Pérez Alcázar
e-mail: jperez Planejamento em Inteligência Artificial, Web Semântica e Serviços Web.
Karina Valdivia Delgado Inteligência Artificial, Planejamento Clássico e Probabilístico em Inteligência
Artificial, Processos de Decisão Markovianos e Jogos Markovianos.
e-mail: kvd Diagnóstico Automático, Sistemas Tutores Inteligentes.
Luciane Meneguin Ortega
Inovação, Empreendedorismo, Alianças Estratégicas, Pequenas e Médias
e-mail: luciane.ortega Empresas.
Luciano Antonio Digiampietri Biologia Computacional, Workflows Científicos, Bancos de
Dados, Inteligência Artificial, Informática na Educação e Análise de Redes
e-mail: digiampietri Sociais
Luciano Vieira de Araujo
e-mail: lvaraujo
Marcelo de Souza Lauretto
Análise de riscos, bioestatística, bioinformática, estatística computacional,
e-mail: marcelolauretto inteligência artificial, machine learning e métodos de Monte Carlo.
Marcelo Fantinato
Gestão de Processos de Negócio / Arquitetura Orientada por Serviços /
e-mail: m.fantinato Teste de Software / Linha de Produto de Software
Marcelo Morandini
e-mail: m.morandini Usabilidade de Sistemas Interativos
Marcone Correa Pereira
e-mail: marcone Espaços de Banach / Análise - Equações Diferenciais
Marcos Lordello Chaim
Teste, depuração e metodologias de desenvolvimento de software;
e-mail: chaim Linguagens de programação.
Masayuki Hase Física Teórica: 1) Resultados exatos em Mecânica Estatística de equilíbrio
(Sistemas desordenados; Vidros de spin) & não-equilíbrio (Universalidade de
sistemas fora do equilíbrio; Teorema flutuaçăo-dissipaçăo; Técnicas de teoria
e-mail: mhase@if.usp.br de campos em Física Estatística). 2) Redes Complexas ("Complex
Norton Trevisan Roman
e-mail: norton Inteligência Artificial e Lingüística Computacional.
Patrícia Rufino Oliveira
e-mail: proliveira Inteligência Artificial / Redes Neurais Artificiais / Visão Computacional.
Renato Vicente Física Estatística de Sistemas que Processam Informação.
Roberto Vatan dos Santos
e-mail: vatan

Combinatória, Teoria dos Grafos, Complexidade de Algoritmos, Rearranjos


Rodrigo de Alencar Hausen de Genomas, Ferramentas Computacionais para Ensino de Matemática.
Rubens Janny Teixeira

Sarajane Marques Peres


Inteligência Artificial / Soft Computing e Computação Bio-Inspirada / Análise
e-mail: sarajane de Dados / Tecnologias Assistivas - Deficiência Auditiva / Educação em

<JUNINHO> Para conhecer as atividades de pesquisa da


Universidade de São Paulo, acesse o site da Pró-reitoria
de Pesquisa: http://www.USP.br/prp/

17. INICIAÇÃO
CIENTÍFICA
<YUMI> A formação dos alunos de
graduação à pesquisa é
continuada nas atividades de
Iniciação Científica, que podem
ser desenvolvidas com bolsas
(PIBIC - CNPq, FAPESP e Bolsas
Institucionais - USP) e sem
bolsas.

<BOCA> Opaaa... falou em receber bolsa???? É comigo


mesmo.

<JUNINHO> Saliento que normalmente as vagas para


trabalhar com iniciação científica são bem disputadas em
sua maioria e que a preferência é dada para alunos com
grande garra e boas notas.

<BOCA> Lascou então, afinal de contas 5 é 10.

<JUNINHO> Não para os rigorosos pesquisadores, os


projetos costumam exigir garra e responsabilidade.
Excetuando-se para a FAPESP, é necessária a submissão de
projeto de pesquisa e documentação complementar à
Comissão de Iniciação Científica da EACH, para
prosseguimento do processo e oficialização do estágio de
IC pela Universidade de São Paulo.

18. GRUPOS DE PESQUISA


<LANA> O grupo PET foi formado no ano de 2010 e foi uma
grande conquista para SI. Abaixo, algumas informações:

PET - SI
APRESENTAÇÃO

PET-SI: Programa de Educação Tutorial do Curso de Sistemas de


Informação

O PET-SI, implantado em dezembro de 2010, é um grupo


atualmente formado por 12 alunos do curso de Sistemas de
Informação, que tem como objetivo realizar atividades
acadêmicas extracurriculares, que integrem ensino, pesquisa e
extensão, propiciando aos alunos participantes, sob a
orientação de um professor tutor, um ambiente adequado para a
realização de atividades extracurriculares, que complementem a
sua formação acadêmica, procurando atender plenamente às
necessidades do próprio curso de graduação.

Este grupo é regido localmente por um projeto idealizado no


curso de Sistemas de Informação e faz parte de um programa
nacional chamado Programa de Educação Tutorial, um dos
programas especiais do Ministério da Educação (MEC). Estando
sob a gestão do Departamento de Modernização e Programas da
Educação Superior (DEPEM) da Secretaria de Educação Superior
do MEC, este programa tem como objetivo apoiar atividades
acadêmicas que integram ensino, pesquisa e extensão e
contribuam para a melhoria dos cursos de graduação aos quais
estão ligados.

Trata-se de um programa bastante tradicional no contexto das


universidades brasileiras, criado em 1979 pela Coordenação de
Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) com o
nome Programa Especial de Treinamento (PET) e transferido no
final de 1999 para a Secretaria de Educação Superior do
Ministério da Educação, Em 2004, o PET passou a ser
identificado como Programa de Educação Tutorial (Manual de
Orientações Básicas - PET, 2011).

INTEGRANTES DO PET

Os componentes de um grupo PET são: um professor tutor,


doze alunos bolsistas, seis colaboradores (sem bolsa) e os
amigos do PET. Os bolsistas recebem apoio financeiro de acordo
com a Política Nacional de Iniciação Científica e por isso não
podem de maneira alguma estar vinculados a outros projetos
remunerados (com bolsa) ou com relações empregatícias. Os
colaboradores são alunos que participam do grupo PET, com as
mesmas responsabilidades que os alunos bolsistas possuem,
porém não recebem bolsa e, caso algum dos alunos bolsistas se
desligue do programa, este pode vir a integrar o quadro de
bolsistas e assim inicia-se um novo processo de seleção para
um novo colaborador. Os alunos, bolsistas ou colaboradores,
recebem um certificado de participação após permanecer no
programa, pelo menos, por um período mínimo de 2 anos, no caso
dos alunos, e de 3 anos, no caso do tutor. Por fim, os amigos
do PET são aqueles que esporadicamente auxiliam, de maneira
voluntária, em alguma das atividades e projetos coordenados ou
organizados pelo PET, recebendo declarações de participação
com a assinatura do PET ao qual prestou ajuda.

Requisitos para entrar no grupo PET

Mediante abertura de seleção, os alunos que estão no


segundo, terceiro ou quarto semestre de curso, que tenham bom
desempenho acadêmico e disposição para comprometimento com os
objetivos e exigências do programa.

ATIVIDADES DO PET

Algumas das atividades pretendidas pelo PET-SI são:


 Organização de mesas-redondas, palestras, visitas
técnicas, exibição de filmes.
 Apoio a projetos de ensino, pesquisa e extensão
promovidos por professores da USP
 Auxílio na organização de eventos acadêmicos como, por
exemplo, a Semana de SI.

<JUNINHO> A homepage do grupo PET-SI está em construção e


em breve será divulgada à comunidade acadêmica e então, todos
poderão conhecer melhor o grupo e as atividades realizadas e
planejadas.
TOMO 4. A USP

19. Conte com a USP


<BOCA> Acha que as aulas em si são os únicos benefícios
que a USP disponibiliza pra você??? Claro que não ô
pastel, segue aqui uma lista de alguns dos benefícios que
alunos da USP podem curtir.

CINEMA

<LANA> Você já foi ao cinema


hoje? Então não perca tempo o
CINUSP Paulo Emílio realiza
sessões regulares, de segunda a
sexta, às 16h e 19h, além de
seminários, cursos e co-realização
de mostras e eventos ligados à
atividade cinematográfica. E isso
tudo de graça:
A programação se encontra no site:
http://www.USP.br/cinUSP
Rua do Anfiteatro, 181 – Colméia –
Favos 4/37 - Butantã - São Paulo.
Tel: (11)3091 3540

MUSEUS

<YUMI> Prefere algo mais


cultural? Quem sabe uma
volta num museu? A USP
conta com vários museus e
a grande maioria é de
graça para nós.
Como exemplo temos:
 Museu de Arqueologia
e Etnologia – MAE:
www.mae.USP.br
 Museu de Zoologia /
MZ: www.mz.USP.br
 Museu de Arte
Contemporânea / MAC:
www.macvirtual.USP.br
 Estação Ciência / EST CIENC: www.eciencia.USP.br
 Museu Paulista / MP (Museu do Ipiranga):
www.mp.USP.br
 Para saber sobre outros museus, procure no próprio
site: http://www4.usp.br/index.php/museus

CURSO DE LÍNGUAS

<JUNINHO> O Centro de Línguas da FFLCH nos oferece alguns


cursos gratuitos (somente o material é pago), como o de
inglês, e alguns que possuem pequenas taxas.
Endereço: Rua do Lago, 717, Sala 126 - Butantã
São Paulo – SP CEP 05508-900
Site: http://www.fflch.USP.br/sce/
Telefone: (11) 3818-4645

CEPEUSP

<AXEL> Prefere a vibe dos esportes e vida saudável??? O


Centro de Práticas Esportivas da USP é um complexo
poliesportivo, um clube que podemos utilizar mesmo não se
encontrando no nosso Campus, e sim na Cidade
Universitária. Lá podemos encontrar campos de
futebol,quadras de vários esportes, piscina, academia e
muitas outras coisas, como por exemplo, sala de xadrez
pra quem prefere esportes mais intelectuais. Também
podemos fazer reservas. Há alguns cursos durante o ano.
Fique ligado no site do CEPE.

O CEPE funciona de segunda a sexta-feira das 6h45 às


21h30, de sábado das 8h às 18h e de domingo das 8h às
16h.
Endereço: Praça 2, Prof. Rubião Meira, 61 - Butantã
São Paulo – SP - CEP 05508-900
Tel: (11) 3091-3565
Site: http://www.cepe.USP.br

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

<LANA> O aluno da USP também pode utilizar o Hospital


Universitário. O HU atua em áreas gerais como Clínica
Médica, Cirurgia, Obstetrícia e Ginecologia,Ortopedia e
Pediatria, com o apoio da Oftalmologia e
Otorrinolaringologia e, das áreas de apoio diagnóstico e
terapêutico como Anestesiologia, Endoscopia, Patologia e
Radiologia. Além do Pronto Atendimento, os alunos podem
passar por consultas médicas em diversas especialidades e
realizar exames médicos no Hospital Universitário. Para
fazer sua carteirinha do HU, é só ir até lá e apresentar
a sua carteirinha da USP, RG e comprovante de endereço.
Endereço: Av. Prof. Lineu Prestes, 2565 - Butantã
São Paulo – SP CEP 05508-900
Site: http://www.hu.USP.br - Tel: (11) 212-7711

CLÍNICA ODONTOLÓGICA

<AXEL> Quem disse que alunos da USP não tem plano


odontológico? Alunos da USP têm o direito a tratamento
odontológico gratuito. A Faculdade de Odontologia da USP
presta assistência nos horários: de 2a. à 6a., das 07h00
às 23h00 e aos sábados, das 07h00 às 12h00.

Endereço: Avenida Prof. Lineu Prestes, 2227 – Butantã


São Paulo – SP CEP 05508-000
Tel: 3091.7418
Mais informações:
http://www.fo.USP.br/clinica/index.html

20. Órgãos USP Administrativos I -


Seções Básicas
<AXEL> Bom bixarada, sabemos que todo bixo é burro e
desinformado. Faz bagunça com siglas e tudo mais, dessa
forma separamos as principais seções administrativas da
EACH em 3 tópicos nomeados como órgãos USP
administrativos I, II e
III.

SEÇÃO DE GRADUAÇÃO

<YUMI> O primeiro deles é


o "Setor de Graduação", é
lá que vocês farão a
confirmação de matrícula
logo nos primeiros dias
de aula e também é a eles
que recorrerá quando
precisar de algum
comprovante de matrícula
ou trancar matérias.

<JUNINHO> O Serviço de Graduação é o setor responsável


pela aplicação das regras estatutárias e regimentais,
emanadas dos Órgãos superiores, referentes ao ensino de
graduação. É o Serviço de Graduação que realiza toda a
operacionalização dos procedimentos desde o ingresso do
aluno até a entrega de seu diploma.
<BOCA> Blabla... Você tem sempre de fazer firula na hora
de falar???

<LANA *cara desgostosa encarando os dois*> Homens... tsc


tsc... Incluem-se nas atividades da seção de graduação
etapas como:

 Recepção, atendimento a alunos e ao público em geral


sobre procedimentos acadêmicos;
 Implementação de rotina da vida acadêmica do aluno,
expedição e arquivamento da documentação do aluno ao
longo de seu vínculo com a unidade, distribuição
didática e horária de aula, alocação de salas de
aula;
 Além disso, dar atendimento aos alunos quanto a
elaboração de requerimentos, fazer consultas e
lançamentos no sistema júpiter;
 Receber e tomar providências necessárias de
documentação encaminhada ao Serviço de Graduação;
 Executar processos de transferências internas e
externas;
 Elaborar e fornecer diplomas, certificados, atestados
e históricos de alunos e ex-alunos.

Maiores informações:
http://www.USPleste.USP.br/concepcao-geral.php
e-mail: graduacaoleste@USP.br
telefone: (11) 3091-1004
Horário de Atendimento: das 9h30 às 14h e das 17h
às 21h.

SEÇÃO DE ESTÁGIOS

<AXEL> Quer coisa mais complicada do que conseguir


assinar seu contrato de estágio na USP??? Sim, acontecem
diversos desencontros de informação e são cobrados
diversos documentos, fora que a regra é clara, SI só pode
estagiar 6 horas e a partir do segundo ano. Isso é
imutável, quantos e quantos colegas já não perderam
oportunidades excelentes por conta dessa burocracia, bom
fica a dica aproveitem o primeiro ano pra se habituar com
a USP e seu ritmo, saia bastante com os amigos e mais
importante de tudo: quando estiver em processos de
estágio tire qualquer dúvida por telefone antes de dar
aquela senhora viagem a toa. O setor de estágios é o
setor responsável pela análise, e tramitação dos pedidos
de estágios curriculares obrigatórios e não obrigatórios
da EACH.

<YUMI> Mas antes de passar mal e atacar os funcionários


da seção de estágio caso seu pedido seja declinado,
procure entender que a aprovação ou não do estágio se dá
através do professor supervisor de estágios, que analisa
o plano de estágio e conforme for dá ou não seu aval.
Tudo o que o pessoal da seção de estágios faz é checar se
você preenche os requisitos para poder ter seu plano de
estágio encaminhado para o professor responsável.

Roteiro de perguntas e respostas sobre estágios


http://www.USPleste.USP.br/download/estagios/faq-
estagios.pdf

Normas de Estágio para SI


http://www.USPleste.USP.br/download/estagios/normas-
estagio-si.pdf

e-mail: estagio-EACH@USP.br telefone: (11) 3091-1001


Site da usp com regras sobre os estágios. Incluindo a
nova lei
http://www.uspleste.usp.br/estagios.php

COSEAS

<BOCA> Já fez a confirmação da matrícula??? Já sei agora


você quer saber como conseguir umas bolsas de auxílio
(sim, dinheiro) e também como descolar o seu bilhete
único afinal pagar inteira mata do coração né??? Bom pra
isso, podemos contar com o COSEAS:

BOLSA-ALIMENTAÇÃO

Inscrições previstas para Março/2010.


Nos restaurantes pertencentes à COSEAS, as refeições são
subsidiadas pela Universidade e custam <checar>R$1,90
para qualquer aluno.
A Bolsa de Alimentação é destinada a alunos
comprovadamente carentes e consiste na isenção do
pagamento da refeição.

BOLSA-TRABALHO

Destina-se a alunos de graduação vinculados a projetos de


extensão de serviços à coletividade.
Os projetos são selecionados anualmente, de acordo com
sua relevância para as finalidades da universidade
pública e os estudantes vinculam-se por afinidade
acadêmica ou científica.
Cada bolsa é de 1 (hum) salário mínimo por 40 horas de
trabalho mensais. Além da seleção socioeconômica feita
pela DPS (Divisão de Promoção Social), há uma seleção
técnica feita pelos supervisores dos projetos.

BILHETE UNICO ESTUDANTIL

Os alunos de graduação deverão solicitar o envio dos


documentos para a SPTRANS, comparecendo ao COSEAS depois
da confirmação da matrícula. Acompanhe sempre o site
www.sptrans.com.br até que seus dados sejam cadastrados
lá, imprima e pague o boleto.
Caso você já tenha um Bilhete Único Estudantil e escolha
a opção de reutilizá-lo, já poderá fazer recargas em 7
dias.
Caso prefira um Bilhete Único novo, basta enviar uma foto
3x4 para a SPTRANS (também poderá aproveitar a do ano
passado, caso já tenha cadastro na SPTRANS) e aguardar a
chegada do seu cartão dentro de mais ou menos 1 mês.

Maiores informações:
http://www.USP.br/coseas/
email: coseas-EACH@USP.br
tel (11) 3091-1007
21. Órgãos USP Administrativos II -
Instalações
BIBLIOTECA

<JUNINHO> Ae! Adoro esse


assunto!!

<BOCA> Aff... só você mesmo, né?


Se quiser pode falar desse tópico
sozinho! Não faço questão de
falar sobre ele. Na verdade, nem
sei o que falar. Se entrei lá
umas duas vezes foi muito, e com
certeza foi minutos antes da
prova de Cálculo.

<JUNINHO> Como você consegue, heim? Mas pode deixar que


posso falar. Queridos bixos, o prédio definitivo da
biblioteca foi inaugurado há pouco tempo, cerca de 2
anos, e mesmo assim se mantem tão perfeito! Novinho,
feito para nós, alunos aplicados! E para os vagais
também... em dias de provas.

<LANA> Isso mesmo, durante a semana de provas a


biblioteca fica lotada. Nem parece a mesma.

<YUMI> Isso porque os alunos possuem acesso a consultas e


a empréstimos de todo o acervo do sistema de bibliotecas
da USP, composto por mais de 5 milhões de obras.

<LANA> Para conhecer o sistema de bibliotecas da


Universidade de São Paulo acesse o site:
http://www.USP.br/sibi/

LABORATÓRIOS

<AXEL> Ah, esse assunto já me agrada mais! Apesar de


preferir ficar na quadra, quando chego na faculdade mais
cedo e não encontro meus amigos, passo no laboratório
para ver meus e-mails e sites que me interesso.

<LANA> Também faço isso, Axel. Gosto muito de ir lá,


ainda mais sabendo que temos laboratórios exclusivos!
Sempre acabo encontrando alguém para conversar por lá.
<JUNINHO> Isso mesmo, Lana. Há 7 laboratórios de
Informática na EACH, sendo que desses 8, 2 são de uso
exclusivo para alunos de SI o que não nos impede de
usufruir dos outros laboratórios se assim desejarmos.

<BOCA *se achando*> Caramba! Somos fodas mesmo, né? Com


certeza o melhor curso da EACH merecia isso!

<YUMI> É, e além disso, a gente conta com impressoras,


mas isso para todos os cursos. Cada aluno tem uma cota de
impressão de páginas por mês (não acumulativas, ou seja,
se você não usar a sua cota em um mês, não pense que no
próximo você terá o dobro!). As impressoras normalmente
se situam nos laboratórios 3 e 4 do conjunto didático
amarelo.

22. Outros Serviços na EACH


<JUNINHO> Na EACH contamos com algumas opções de serviços
terceirizados, eles servem para dar suporte em algo que a
universidade não o tenha feito ou mesmo abrir novas
opções para quem já as tem.

LANCHONETES

<LANA> São 2 as lanchonetes, mas dificilmente você notará


alguma diferença significativa de preço entre elas. Até
mesmo porque segundo as más línguas ambas são do mesmo
dono.

<AXEL> Uma delas, mais badalada e melhor situada, é


apelidada de Gigabyte fica no vulgo Bloco dos bixos,
próximo aos anfiteatros. A segunda bem mais escondida,
fica no prédio dos veteranos, vulgo TITANIC, perto do
bandejão.

XEROX

<YUMI> A loja de xerox, é a maior, a melhor e também a


única dentro da EACH (e dizem que já está pleiteando
conquistar espaço no TITANIC também, local onde
futuramente abrirá uma nova loja de xerox). A xerox fica
no segundo andar do bloco laranja no prédio dos bixos.
Materiais extras e de apoio que os professores não
queiram postar no COL serão deixados por lá na xerox para
os alunos, apenas escolherem a pasta com o nome do
professor e a matéria.
BANCO 24HRS

<AXEL> Sim, a EACH tem um caixa da rede "banco 24 horas",


marotamente localizado no segundo andar próximo ao
conjunto vermelho.

BANCO DO BRASIL

<JUNINHO> O banco da EACH, temos uma mini-agencia dentro


da facul, contudo como todo bom banco funciona apenas das
11-16hrs. Localiza-se também no segundo andar próximo ao
bloco vermelho.
23. Órgãos Estudantis CA X Atlética X DA X DCE

<AXEL> É bixo, essa deve ser a parte mais confusa pra


você no momento. Tudo novidade pra quem acaba de entrar
na facul.

<BOCA> Tentaremos explicar melhor, mas como bixo é burro,


sei que você só vai entender direito sobre isso no
decorrer do ano, rs.

CA (CENTRO ACADÊMICO)

<LANA> Iremos explicar quatro das grandes dúvidas dos


bixos.
Primeira dúvida: O que é um CA ou Centro Acadêmico???

<JUNINHO> Um centro acadêmico no Brasil é uma entidade


estudantil que representa, normalmente, os estudantes de
um curso de nível superior, podendo representar
estudantes de diversos cursos de uma mesma faculdade.
Suas funções podem ser e em geral são diversas. Algumas
delas são: a organização de atividades acadêmicas
extracurriculares como debates, discussões, palestras,
semanas temáticas, recepção de calouros e realização de
projetos de extensão; encaminhamento, mobilização e
organização de reivindicações e ações políticas dos
estudantes; mediação de negociações e conflitos
individuais e coletivos entre estudantes e a faculdade;
realização de atividades culturais como festas, feira de
livros, festivais diversos, entre outros.

<YUMI> Os centros acadêmicos são formados, de maneira


geral, a partir da associação de estudantes, o que faz
com que possam ser classificados, do ponto de vista
jurídico, como associações civis.

<JUNINHO> A relação que o Centro Acadêmico estabelece com


as instâncias burocráticas da instituição pode se dar de
forma direta, sendo este parte desta estrutura, ou de
forma independente, sendo a entidade estudantil livre de
qualquer tipo de interferência institucional.

<AXEL> Na EACH não existe um Centro Acadêmico unificado


em virtude das nossas grandes diferenças acadêmicas. Um
tema de extrema relevância para determinado curso, pode
ser totalmente dispensável para outro. Dessa forma cada
curso optou por ter seu CA. Em SI já tivemos um Centro
Acadêmico, chamava-se CASIMAO. Por problemas estruturais
essa entidade foi descontinuada e suas atribuições
transferidas ao DASI, Diretório Acadêmico de Sistemas de
Informação.

ATLÉTICA

<YUMI> Segunda dúvida: O que é a Atlética???

<JUNINHO> Atlética é a entidade estudantil que tende a


cuidar de atividades diferenciadas tais como:
 Promover e difundir a prática do desporto entre os
alunos do curso proporcionando os meios necessários;
 Representar o curso no desporto universitário e
comunitário;
 Promover competições e intercâmbio com entidades
congêneres do estado, país e exterior;
 Colaborar para o desenvolvimento do esporte
universitário, segundo as diretrizes traçadas pela
FUPE e pela CBDU.
 Promover a integração dos alunos.

<AXEL> Houve um tempo em que a maioria dos cursos tinha


atlética e SI era um desses, AAASI era o nome da nossa
atlética. O tempo passou e uma série de mudanças
ocorreram na EACH, essas atléticas se juntaram para criar
uma Liga, a Liga das Atléticas da EACH que mais tarde
culminou na Atlética EACH, uma entidade independente.
Nossa atlética AAASI durou aproximadamente o mesmo tempo
que o CASIMAO, sendo que acabou também sendo
descontinuada e tendo suas atribuições transferidas ao
DASI.

DIRETÓRIO ACADÊMICO

<LANA> O que raios viria a ser um diretório acadêmico?

<JUNINHO> Um diretório acadêmico no Brasil é uma


entidade estudantil que representa, normalmente, os
estudantes de um curso de nível superior, podendo
representar estudantes de diversos cursos de uma mesma
faculdade. Suas funções podem ser e em geral são
diversas.
Valendo elencar:
 Organização de atividades acadêmicas
extracurriculares como debates, discussões,
palestras, semanas temáticas, recepção de calouros e
realização de projetos de extensão;
 Encaminhamento, mobilização e organização de
reivindicações e ações políticas dos estudantes;
 Mediação de negociações e conflitos individuais e
coletivos entre estudantes e a faculdade;
 Promover e difundir a prática do desporto entre os
alunos do curso proporcionando os meios necessários;
 Representar o curso no desporto universitário e
comunitário;
 Promover competições e intercâmbio com entidades
congêneres do estado, país e exterior;
 Colaborar para o desenvolvimento do esporte
universitário, segundo as diretrizes traçadas pela
FUPE e pela CBDU.
 Promover a integração dos alunos.
 Realização de atividades culturais como festas, feira
de livros, festivais diversos, entre outros.

<AXEL> Na EACH até o fechamento desse manual existe


apenas 1 diretório acadêmico, o DASI. DASI é a sigla para
Diretório Acadêmico de Sistemas da Informação, uma
entidade que seria a fusão das duas entidades citadas
anteriormente (Centro Acadêmico e Atlética). Daremos
maiores detalhes sobre o DASI no TOMO 5 – O DASI.

DCE

<LANA> Terceira dúvida: O que é o DCE, Diretório Central


dos Estudantes???

<JUNINHO> O Diretório Central dos Estudantes (DCE) é uma


entidade estudantil que representa todos os estudantes de
uma instituição de ensino superior, sejam elas
universidades, faculdades ou centros universitários.

<LANA> A eleição de seus membros é definida pelo


Movimento Estudantil da instituição no qual está inserido
e costuma se dar de forma direta. A composição da
diretoria (ou coordenação) pode ser na forma majoritária
ou na forma proporcional.

<JUNINHO> Assim como os mecanismos eleitorais, a atuação


da entidade é definida pelo conjunto do movimento
estudantil da instituição, sendo que suas áreas de
atuação mais comuns dizem respeito aos interesses dos
estudantes perante à administração da instituição
superior, às questões de política educacional e de
política nacional. Além disso, o DCE pode manter relações
com outras entidades representativas dos estudantes, como
a União Nacional dos Estudantes (UNE), União Estadual dos
Estudantes (UEEs) ou a Coordenação Nacional de Luta dos
Estudantes (CONLUTE), além de outras entidades estudantis
existentes no Brasil. A existência de uma relação entre
os DCEs e outras entidades (nacionais, de maior
abrangência) é opcional e a opção fica a cargo das
dirigências dos diretórios, fundamentados por assembléias
gerais estudantis que devem discutir os prós e contras da
existência da relação em questão.

<AXEL> Na EACH estamos atrelados ao DCE da USP, sendo que


participamos normalmente do calendário e eleições do DCE
ao fim do segundo semestre. A prova de que várias chapas
já reconhecem a EACH como unidade da USP e um potencial a
ser considerado, é a presença crescente ano a ano de
alunos da EACH e inclusive de SI nas chapas que concorrem
ao DCE.

<BOCA> E agora bixo burro, ficou mais claro? Talvez você


não esteja entendo muito bem, mas no decorrer do ano você
ouvirá falar muito sobre isso, e aprenderá por osmose.
TOMO 5. O DASI
24.DASI

<JUNINHO> O Diretório Acadêmico de Sistemas de Informação, foi


fundado em 2009, e desde então é a entidade estudantil
representativa dos alunos do nosso curso.Como já explicamos, por
envolver atividade de CA e de Atlética, o DA trabalha em 3 frentes:
Acadêmico, Esportivo e Administrativo.

<AXEL> Ou seja, o que ele quer dizer, é que o DASI é o responsável


pelas atividades do nosso curso. Vocês vão ouvir muito falar em DA
durante seus anos aqui na EACH.

<BOCA> Com certeza, quando bate aquela vontade de jogar um fut pra
valer, é o DASI que sempre lança as inscrições pros campeonatos,
pros treinos e tudo mais.

<AXEL> E além de gerir as equipes mais convencionais em SI, como o


futsal, por exemplo, em 2009 ainda conseguiram montar times para
futebol de campo, atletismo e até baseball.

<YUMI> Ahh... Como se isso fosse impressionante.. incrível mesmo


foi terem conseguido montar e unir um time feminino em SI. Isso sim
é coisa rara.

<JUNINHO> Pra mim coisa rara, foi terem criado o time de


cheerleaders.. pena que não foi pra frente.

<LANA> Bem feito! Foram confiar em meninas de outros cursos..


hahaha. Mas isso é outra história... FOCOO!
<AXEL> Bom, todo esse lado esportista da galera você vai conhecer
melhor no capítulo SI in Sports.

<BOCA *inconformado*> Como assim, você tá deixando o INTERCOMP pra


falar depois? Não dá pra falar do setor esportivo do DASI sem falar
do InterComp né..

<AXEL> Relaxa Boca.. tem detalhes do InterComp mais pra frente.


Segura a onda ae.

<BOCA> Tá, tá.. mais um recado eu tenho que dar: Bixo, não deixe
de ir ao InterComp. É de lá que vão surgir as histórias que você
vai ouvir pelo ano todo.

<LANA> Nesse ponto tenho que concordar com o Boca, é uma


experiência única participar de um grande evento universitário como
esse.

<YUMI> E a bata dos anos passado era tããão linda! Me deu até
vontade de ir com vocês.

<JUNINHO> Não é possível, vocês não levam nada a sério mesmo né?
Qualquer coisa já desvirtuam do assunto. Bora continuar falando do
DASI vai.

<LANA> Ok, ok .. mas não vêm querer falar do acadêmico ainda não..
Vamos falar do setor administrativo porque é de lá que saem as
festinhaaas!

<AXEL> Sim, o DASI também é o responsável pelo eventos do curso.

<BOCA> E 2011 promete! Me chamaram até pra trampa no bar em umas


das festas... quer serviço melhor que esse? Ficar dando goró pras
menininhas? Maravilhaaa rapaz..

<YUMI> E não só de festas é feito o adm, são eles também os


responsáveis pelos produtos de SI, que diga-se de passagem, são os
mais bonitos da EACH.

<JUNINHO> Isso é verdade, temos camisetas, canecas, adesivos, e


tudo que temos direito.

<AXEL> E além disso, fofocas quentinhas do Tio Axel.. parece que


em 2011, tá pra sair o site de SI. Será que rola uma vaga de
colunista esportivo lá pra mim?

<JUNINHO> Nossa, bem legal o lançamento do sitte. Assim dá pra


acompanhar melhor as novidades acadêmicas!

<BOCA> Ihh.. lá vem ele com esse papo de acadêmico..


<LANA> Ah, deixa ele ser feliz logo Boca.. Vai Juninho, pode
iniciar a parte sobre o setor Acadêmico.

<JUNINHO> O DASI é quem cuida de nos trazer cursos e palestras


interessantes. Nosso maior problema, é que o custo disso é muito
elevado. E dentro do campus não se pode cobrar por nenhum tipo de
aula.

<YUMI> Por isso bixo, se você é bom em alguma coisa, ou conhece


alguém que tope dar uma palestra legal, procure o DA e colabore.
Suas idéias vão ser muito bem vindas lá, garanto.

<AXEL> E não só
academicamente falando, se
você acha que pode ajudar
em qualquer um desses 3
setores, manda um email pra
contato@dasiusp.com e
conversa com a galera.

<BOCA> É isso ae, o DASI


tem lá os seus diretores,
mas acima de tudo, é uma
entidade dos alunos. Por
isso, sem erro galera,
participe!

<LANA> E aí, podemos


partir pro capítulo das
festinhas agora???
25.ENTRETENIMENTO
SERIAM FESTAS???

<AXEL *cara de comercial*> Cansado de ter que


aturar matérias totalmente inúteis do Ciclo
Básico a semana inteira? Não está entendendo
nada de Cálculo e/ou as linhas de comando de
Java está te deixando louco???

<Lana *rindo com cara de incrédula*> Lá vem


ele com a mesma história de sempre... E
engraçado que ele sempre consegue mais seguidores...

<JUNINHO *cara de decepcionado*> Ahhh não... não basta a turma de


bixos do último ano que você corrompeu. Nesse ano eu não vou deixar
você fazer isso!

<BOCA> Essa parte é loca...

<AXEL *ignorando os apelos do nerds*> Não se preocupe! Compareça em


nossas áreas para desfrutar de nossas atrações. Costumávamos ter no
prédio das atléticas mais opções como ping-pong ou sinuca, contudo
esse ano a União Soviética dos outros cursos resolveu perrenhar e
perdemos alguns dos nossos lazeres, mesmo assim curta conosco num
relaxante futebas na quadra ou relax em uma partida de truco no
Giga.

<LANA> Boa Mito! O Giga ou a quadra são os melhores lugares para


as aulas vagas e para aqueles dias que você não agüenta mais ouvir
a voz daquela professora chata de Ciências da Natureza.

<JUNINHO *com cara de irado tentando retomar o controle*> Bixos e


bixetes, não escutem eles. Não vão pelo exemplo do Axel, ele mata
aulas para farrear pela faculdade... E a Lana, mesmo sendo
responsável nos seus estudos, já acabou perdendo algumas listas de
chamada por causa dele... O Boca já se perdeu completamente...

<BOCA> Me perdi??? hauhauhaua Eu nasci perdido fio...

<LANA> Calma Juninho! Deixem os bixos aproveitarem a vida de


universitário! Viver só com a cara
nos livros, que nem você faz, também
não dá! É só saber dosar...

<AXEL *continuando a seqüência de


propagandas*> Mesmo assim seu
estresse não foi embora? Não se
preocupe! Pois as sextas-feiras
estão aí para isso! Nada melhor que
tomar aquela breja gelada, virar
aquele copo de tequila e curtir a
noitada USPiana! Porque afinal, universidade é isso! Muita balada e
curtição.

<LANA *preocupada*> Ei, mas pera aí Axel, vai com calma! Eu não
quero sair com vocês e ver um monte de bixo passando mal de tanto
beber.

<BOCA> Ah Lana, SI que é SI bebe até cair! A gente é foda!!!

<LANA *olha incrédula*> Sei...sei... Bom, bebendo ou não, ai vão as


dicas os eventos programados pelo DASI em 2011!

<AXEL> Como os Eventos e Festas previstos para 2011


dependem de vários fatores estratégicos como estar em uma
data boa, não perto de uma festa grande interna ou
externa à EACH e alguns outros imprevistos, nosso
planejamento contempla ao menos por ora os seguintes
eventos:

 Recepção de Bixos 2011;


 Balada de Integração de
Bixos 2011;
 Intercomp;
 InterAtléticas;
 InterEACH ;
 Baladas com outras
Atléticas
 Churras Solidário II;
 Bota Fora Integrado
2011.

<YUMI> Lembrando que essa


programação é preliminar e pode sofrer alterações com o
decorrer do tempo.

<BOCA> Existe uma comunidade no orkut sobre essas famosas ‘Baladas


na USP’, onde todas as mais fervorosas noites são listadas pelos
nossos companheiros. Sempre confira esse link:

Baladas da USP:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=118782

<AXEL> Temos também uma outra opção, sempre vale a pena acessar a
comunidade de ‘Sistemas de Informação USP’
<http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=929606> e a comunidade da
EACH, geralmente tem tópicos falando sobre festas e curtição.
<JUNINHO *suspira com cara de vencido*> Vejam as fotos desses e de
muitos outros eventos no perfil do DASI no orkut : DASI USP
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6105929652490618001

<LANA> Além do site, que vai centralizar tudo isso daqui pra
frente.

<BOCA> Hey fala alguma coisa também minazinha.

<YUMI> Eu não tenho experiência a respeito eu não fui em nenhuma


festa da EACH ainda.

<BOCA> Qualéquié??? Você é doida minazinha?

<YUMI> Não, é que eu namoro mesmo. E meu namorado é de fora da


facu.

<BOCA> Ah relax, sabe como é né. É como dizem: O que a vida


constrói a USP destrói.

<LANA> Que coisa horrível para se dizer Boca!!!

<JUNINHO> Mas Lana isso que o Boca ta falando é uma meio que
verdade universal, eu entrei na USP namorando e cá estou. A grande
maioria das pessoas que entram namorando na USP podem ater sair
dela namorando, mas dificilmente será com a mesma pessoa com que
entrou namorando.

<YUMI> MAs eu tenho conseguido equilibrar e meu namoro está ainda


firme e forte.

<BOCA> Veremos até quando. Fica a dica pros bixos/bixetes saiu seu
nome na lista de convocação pra matrícula já termina pra não dar
problema.

<LANA> Claro que não BOCA, bixarada não façam isso, as


dificuldades são maiores sim, mas não vão pelas cabeças dos outros
façam o que acharem correto e pronto.
26.SI in Sports

<AXEL> Esportes Man, Oh yeah... Esse tema me agrada demais.È a


prova viva de que não somos apenas só um rostinho inteligente no
mercado e que será patrão no futuro, mas que também podemos ter
aptidões esportivas.

<JUNINHO> Sim, adoro praticar esportes,


trabalhar a mente e coisas assim.

<BOCA> Tamo falando de esportes de


verdade não damas e gamão, vai jogar
bocha, cansado.

<JUNINHO> Não preciso ser um troglodita


para praticar esportes, posso muito bem me
destacar em alguma área diferente da de
vocês.

<LANA> Nesse caso eu concordo com o


Juninho, meninos, a diversidade é um dos maiores prêmios que
podemos ter.
O ano de 2009 foi consagrado com a aparição de diversas equipes e a
participação em vários campeonatos. Dentre os quais vale citar:

* Atletismo – DASI Running Team

O time de atletismo do DASI foi montado a partir da junção de


corredores ocasionais individuais, alguns já correram
profissionalmente, outros entraram nessa por curiosidade, mas o
fato é que depois da primeira corrida ninguém mais quer largar esse
esporte. A equipe convoca tanto homens quanto mulheres, afinal
atletismo é um esporte que dá pra treinar os 2 gêneros em conjunto.
Já correu alguma vez? Já quis correr alguma vez? Tem curiosidade?
Esperamos sua visita.
* Baseball – DASI Hawks

O time de baseball do DASI foi montado a partir da iniciativa


própria dos atletas e pela paixão que possuem pelo esporte. Trata-
se de uma equipe do DASI, mas que em comum acordo deixa as portas
abertas para alunos de outros cursos virem treinar.
Venha você também fazer parte dessa família.

* Futebol de Campo

O time de futebol de campo iniciou suas atividades em Junho de 2009


em virtude da participação no Intercomp e desde então emplacou
treinos regulares mesmo após o Intercomp, mas que serviram como
preparação para a Copa Futsol, campeonato universitário de futebol
de campo organizado por um de nossos patrocinadores, a cerveja SOL.
O time está de portas abertas e preparando seu plantel para a
temporada 2011. Gosta de futebol? Tem vontade de jogar campo?
Compareça.

* Futsal Feminino - Lendas

O time de futsal feminino se reuniu em meados de Abril de 2009 e de


lá praça vem treinando e ganhando performance, a grande competição
disputada por essa equipe no ano de 2009 foi o Intercomp, mas para
2010 devemos ter muitas novidades. O plantel de meninas
interessadas em futsal tem crescido não só em SI, não só na EACH,
mas no Brasil como um todo. Conheça você também a equipe e se
tornar uma Lenda.

* Futsal Masculino

O time de futsal masculino se reuniu de vez em Junho às vésperas do


Intercomp, contudo sempre houve um consenso em SI sobre nossa ampla
capacidade de montar um time de futsal masculino muito forte. Por
ano entra pelo menos 100 homens no curso, o que nos dá bastante
material humano com que contar. Além das competições externas, como
o InterComp, o JUP, e os Jogos da Cidade, ainda contamos com dois
campeonatos internos: o InterSI e a SI-Cup.

* Bateria Infinita

A idéia da bateria infinita surgiu no Intercomp de 2009, quando


tivemos a necessidade de ter uma bateria para nos acompanhar nos
campeonatos. A partir daí começamos uma corrida para desenvolver
uma bateria que atendesse nossas necessidades. No segundo semestre
de 2009, participamos da Copa Futsol, onde havia também um
campeonato de baterias, ao qual compareceríamos com a bateria da
EACH, a Bandida. No primeiro dia do campeonato não pudemos contar
com a presença da bateria da EACH e nem em nenhum outro momento.
Decidimos transformar em realidade nosso projeto de bateria, assim
nasceu a Infinita. Contudo a Infinita embora tenha material e
treinadores, ela carece de material humano e estamos fazendo nossas
apostas em vocês, Bixos de 2011, para completar nosso time. Venha
fazer parte dessa equipe e colocar seus nomes na história do curso.
<AXEL> No geral, as modalidades previstas para 2011são:

Futsal Masculino
Futsal Feminino
Volei Masculino
Volei Feminino
Futebol de Campo
Atletismo
Natação

<LANA> Lembrando que essas são as equipes contempladas em


um primeiro momento, uma vez que encontremos alunos
interessados podemos estudar a criação de novas equipes.

<JUNINHO> Essas são as equipes geridas pelo DASI e que


são compostas por alunos de SI para representar SISTEMAS
DE INFORMAÇÃO nos campeonatos externos, todo aluno do
curso que queira ser um atleta, indiferente do
conhecimento, habilidade ou aptidão, pode e deve procurar
o DASI. O legal de uma entidade do curso é isso, estamos
aqui para atendê-los e trabalhar juntos.

<BOCA> Agora um pouco sobre os principais eventos


esportivos:

* SI Cup

Campeonato de Futsal Masculino que acontece no primeiro semestre do


ano letivo e em 2011 entrará em sua terceira edição. As equipes são
formadas pelos alunos de SI de qualquer período ou ano sem nenhuma
restrição. Trata-se de um primeiro contato entre os bixos e o resto
da faculdade. Uma ótima oportunidade para integração e conhecer
outras pessoas.

* InterSI

Campeonato de Futsal Masculino extremamente tradicional que


acontece no segundo semestre do ano letivo e em 2011 entrará em sua
sétima edição. As equipes são formadas pelos alunos de SI que devem
formar seus times em conjunto com as pessoas da sua sala. Trata-se
de uma competição extremamente acirrada e popular entre os
veteranos de SI.

* Intercomp

O Intercomp éum torneio inter-universidades em que competem


faculdades com cursos de computação ao melhor estilo Olimpíadas.
Os dias são recheados de jogos e as noites de balada. Trata-se de
uma viagem extremamente procurada entre os universitários e o
curso de SI da USP faz parte das seletas que pode participar de
um Inter. Isso porque nem todos os cursos da USP pertencem à uma
classe que possua uma campeonato congênere. Em 2009 trouxemos a
medalha de ouro do Truco e um respeitável 7 lugar dentre 12
grandes faculdades. Em 2010 trouxemos um ouro e alguns bronzes na
natação. Além, do ouro no truco, que é nosa especialidade! O
Intercomp é sem dúvida uma experiência única na vida.

O Intercomp é um evento que tem 4 dias de duração e é realizado


durante um feriado. Geralmente o evento é organizado no meio do
ano e conta com mais de 12 faculdades.
Esse ano será a sua 23º edição e já rodou diversas cidades do
interior paulista. Entre outras Faculdades o Intercomp conta com
a participação de Unicamp, Unifesp, USP São Carlos, USP Ribeirão,
Federal de São Carlos e Federal do ABC, e também conta com
algumas faculdades menos importante tipo o Mackenzie (CHUPA
MACK!).

Alem de diversas modalidades esportivas durante o dia (Futebol,


Basquete, Vôlei, Natação), ainda rola uma tenda diurna dentro do
ginásio pra tomar aquela cerveja gelada enquanto você assiste os
Atletas de SI arregaçando (ou sendo arregaçados hehehehe) na
quadra. A Noite 3 baladas open bar com muita breja, jurupinga,
vodka, catuaba e refrigerante pra quem não bebe, alem de grandes
bandas de sertanejo, micareta, samba, e DJ´s tocando eletrônico.

Por ultimo e não menos importante uma das grandes atrações do


intercomp são os jogos alternativos, na qual os alunos de SI
sempre conseguem um brilhante desempenho. Temos modalidades como
4X100 roupa, o vira 5 masculino, vira 3 feminino, e a maratomba.
IMPERDIVEL !

<AXEL> E você, caro bixo, será um agente ativo nesse processo


todo? Estamos com a EACH completa, temos 6 anos de SI e estamos
organizando/fortalecendo equipes de muitas das modalidades,
interagindo, inovando, enfim fazendo história. O que começarmos a
partir de então ficará gravado na história do curso pra sempre,
pensem nisso.

<JUNINHO> E mais uma vez saliento que você não precisa ser um
troglodita para que possa ser um bom atleta, afinal um esportista
de modalidades intelectuais e diferenciadas pode se dar muito bem
também.

<AXEL> Ahhh é??? E como alguém como você pode se dar bem???

<JUNINHO> Você ficaria surpreso se eu te contasse...

<BOCA> Então não perca tempo bixo, levante desse sofá, feche esse
counter-strike, saia da frente desse notebook, mexa essa bunda
gorda e venha você também participar e ajudar SI a se destacar cada
vez mais nos esportes.
20.HOOLIGANS
RIVALIDADES COM OUTROS CURSOS

<BOCA> A essa altura do campeonato você, mulecão ou paquitona, já


deve ter percebido a reponsa que é ser um bixo, não só um bixo da
USP, mas um bixo de SISTEMAS!!!

<AXEL> Sim, a responsa é grande e não é nada fácil, mas quem disse
que era pra ser??? Aqui na EACH você irá perceber que muitas
pessoas de outros cursos encaram SI como se fosse os EUA da EACH.
De nossa parte nós só podemos lamentar por eles, afinal a culpa é
única e exclusiva deles por se comportarem como países de Terceiro
Mundo que precisam ser explorados por uma grande potência...rsrs

<JUNINHO> É bem legal essa iniciativa de rivalidade e tudo mais,


acredito eu que gera um clima competitivo saudável, contudo devo
salientar que não percamos o limite.

<AXEL> Ahhh qualé nerds... Vai dizer que está com medinho dos
caras de outros cursos???

<JUNINHO> Medo não, apenas respeito. Como vocês bem sabem, eu


faço matérias optativas no Campus Butantã e lá temos rixas que
foram muito além do dito saudável. Um exemplo clássico está na
Poli. Dizer que você é da Poli significa ao mesmo tempo duas
coisas, uma você é super inteligente e duas você deve ser
arrogante. No dia a dia é vista essa afastabilidade, dizer que você
faz poli pra pessoas de outros cursos muitas vezes é igual a dizer
que você tem alguma doença contagiosa que propaga pelo contato.
Tamanha é a fama de arrogância e prepotência da POLI. Não queremos
isso.

<YUMI> Agora que você falou, Juninho, realmente lembro de uma


amiga minha que faz Farmácia comentando o quanto o Butantã é cheio
de panelinhas e rivalidades bestas que hoje em dia as pessoas
muitas vezes não sabem nem como começou, mas como toda intolerância
segue de geração em geração sem explicação. Um exemplo que ela me
deu é dentro do próprio curso: Farmácia e Química são cursos
fisicamente vizinhos, muitas vezes durante as aulas compartilham
mesmos prédios, mesmos laboratórios e por vezes mesmos professores,
mas existe no ar algo de pesado, panelinhas fechadas, pessoas de
cursos diferentes sequer se cumprimentam.

<AXEL> Ahh se sua amiga estiver infeliz chama ela pra EACH de
preferência para SI, Deus sabe o quanto tenho rezado pelo aumento
do número de mulheres no curso e venho sendo atendido cada vez mais
ano a ano.... rsrsrs... Mas voltando ao foco, realmente a EACH é um
paraíso, temos a possibilidade de interagir e nos integrar com
pessoas de outros cursos graças ao ciclo básico e nossas vivências
em comum, aqui não encaramos esteriótipos ou pelo menos lutamos
contra eles.

<LANA> E o que você me diz dos ditos esteriótipos de SI???

<AXEL> Você quer dizer o Nerds de óculos, o vagabundo que cabula,


o esportista inveterado, a japonezinha kawaii e a mulher
temperamental??? O que você acha que somos, além de personagens
brilhantes??? Esteriótipos sempre existirão, cabe a você bixo
aceita-los ou não.Isso é algo que gostaria de deixar bem claro, uma
mensagem que gostaria de deixar para os bixos:

“ Você é aquilo que você acredita ser, não aceite rótulos, nem ser
estereotipado, logo que chegamos na EACH tentaram fazer isso
conosco SI = nerds, SI=bobao e coisas assim, mas nós mostramos por
A+B que somos muito mais do que um rostinho inteligente no mercado.
Mostramos que somos pessoas legais, que curtimos balada tanto ou
mais do que eles, mostramos que rótulos só servem para pessoas
vazias, mostramos que podemos ser músicos( não só de rock ou
eletronica),mostramos que podemos saber dançar e até quem sabe dar
aulas... rsrs.
Aqui fica a missão para você, bixo, pense sinceramente em que tipo
de profissional, mas acima de tudo que tipo de pessoa você pretende
ser no futuro, uma que vai atrás daquilo que quer ou uma que se
acomoda com um rótulo que receba???“
Fica dado o recado.
28.ARTIGOS
ARTIGO I:
Universidade X Cursinho
O QUE MUDA???

Por Aline Lira Mignella


Formada em 2010
Você teve que decorar “for mulinhas”, como: “Minha terra tem
palmeiras, onde canta o sabiá, seno A coseno B, seno B coseno A”?
Passou horas estudando e mesmo assim achava que não tinha sido o
suficiente? Escutou varias piadas sem graça e pior, você riu delas
e contou para mais pessoas? Acabou pegando varias manias, como
algumas falas famosas de algum professor seu? Cansou de escutar as
pessoas dizerem que você está sumido, pois quase não saia e quando
saia ficava com a consciência pesada?
É, o cursinho também mexeu com você!

Um ano de cursinho não é fácil, mas é inesquecível. Ano em que


nossos sentimentos se misturam a toda hora (alegria, tristeza,
raiva, ansiedade...). Em que aprendemos a lidar com a pressão da
família, dos amigos e a nossa mesma. Em que ganhamos grandes
amizades, elas se tornam muito forte, pois conhecemos pessoas que
estão sofrendo como nós, as únicas que sabem o que estamos
passando. Ou talvez não, talvez se isolar do mundo seja melhor,
assim não corre o risco de se distrair, porque esse ano você
decidiu estudar de verdade, não é mesmo?

Só quem fez cursinho entende como algo pode ser bom e ruim ao mesmo
tempo. Ruim, porque temos medo, medo do vestibular que mais parece
um bicho de sete cabeças, mas que agora você vê que não é tudo
isso, afinal, até VOCÊ passou! Agora você sabe que com algum
objetivo em mente, você poderá alcançá-lo com muito esforço, porque
percebeu que isso vale a pena! A pressão foi grande, é horrível
ouvir aquelas famosas frases “Calma, seu irmão/primo/vizinho
passou, você também vai conseguir” “Você está estudando muito, é
lógico que vai passar”, as pessoas tentam ajudar, e você só fica
mais nervoso e com medo de decepcioná-los, não é? “Mas eu não sou
eles” “Estou estudando, mas e se não for suficiente?”. Dúvidas e
mais dúvidas, e já não bastavam aquelas sobre o exercício de física
que você não conseguiu resolver ontem.
Mas o cursinho também tem seu lado bom, tenho certeza de que você
aprendeu muito, não só as matérias para a FUVEST, mas aposto que
evoluiu como pessoa! Além do mais, é uma fase complicada, estamos
tomando uma decisão como adultos, você tem certeza que escolheu o
curso certo? Não somos mais tratados como crianças, mas aí que vem
as responsabilidades também. Por isso, quem fez cursinho já estará
bem encaminhado para a faculdade, pois verão que as
responsabilidades tendem a piorar.
Agora é diferente, as suas responsabilidades dobraram. Não terá
pressão de ninguém, você será o único responsável por seus atos.
Agora você está livre, poderá entrar e sair da aula quando quiser,
poderá jogar truco ao invés de estar na aula, poderá deixar pra
estudar no dia da prova ou nem estudar, mas terá que arcar com as
conseqüências. Com o tempo, aprenderá a respeitar seus próprios
limites, como por exemplo, saber quanto tempo antes da prova você
precisa estudar para receber a nota desejada, ou perceber que é um
gênio, e que não precisa estudar para ir bem.

As mudanças virão, e mais uma vez terá que por sua maturidade em
jogo. E convivendo com pessoas com mais experiência (os seus
veteranos maravilhosos), talvez não seja tão complicado. Sim,
porque nós veteranos podemos até ser um pouco chatos no começo (ou
o ano todo), mas garanto que a maioria irá ajudá-lo quando puder.
Assim você se acostuma com o novo ambiente que antes era apenas um
sonho: a USP!
Com o tempo vai perceber que o vocativo “bixo burro” não é apenas
uma fala legal de se dizer, com boa sonoridade, com sua aliteração
e assonância (ainda não esqueceu o significado dessas palavras, né?
Mas poderá esquecer daqui pra frente) Vai perceber que os bixos
realmente são burros! Na verdade, desinformados, mas para nós
veteranos, essas palavras são sinônimos.

Mas calma, você se acostumará e vai adorar essa sua nova fase.
Portanto, PARABÉNS BIXO/BIXETE! Seja bem vindo a esse novo mundo!

ARTIGO II:
Esteriotipos, Bigodes, e porque nós somos
melhores que os marketeiros.
Por:Felipe Intasqui
1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 6º anos da manhã, da tarde, e da
noite =)

“SI ??? Credo, só tem nerd e mina de bigode nesse curso”.

É, caros bixos, essa foi a primeira frase que eu ouvi de uma


veterana de CAF quando entrei na USP em 2006. Naquela época era o
segundo ano desde que a EACH foi inaugurada, nós éramos a primeira
turma de bixos a entrar na faculdade, e hoje em dia olhando pra
trás, só me vem uma frase na minha cabeça ... FUCK THIS BITCH MAN !

Bom, 3 anos depois eu tenho certeza que a gente conseguiu mudar


essa imagem, mostramos pra todo mundo que nós somos mais festeiros,
mais bêbados, mais pegadores e melhor no futebol e em todos os
esportes (cof cof) do que qualquer outro curso da each (CHUPA MKT !
=D)

Agora deixando o ego de lado e sendo um pouco mais humilde (cof,


cof [2]) . Falando sério, se ater aos esteriótipos é a maior
burrada que nós e todas as pessoas da each , e digo mais, do mundo
inteiro (ÓÓHHH) podem fazer.

Não, esteriótipos não são de todo o ruim, e também não estão


totalmente errados, afinal pelo menos a maioria das pessoas que eu
conheço dentro do curso é um pouco nerd, e todas as minas do curso
tem um pouco de bigode (É brincadeira meninas, calma =D), o grande
problema é quando os esteriótipos se tornam uma generalização burra
e um rótulo imutável.

Sim, obviamente que nós temos aqueles nerds americanos da TV que


não bebem, não fumam e não fodem, e é claro que nós também temos
meninas que parecem o Pancho Villa, mas isso todos os cursos tem
também. Não dá para Generalizar

Nem todo mundo que faz Gestão Ambiental é maconheiro, nem todo
mundo que faz Têxtil é estranho, nem todo aluno de Gestão de
Políticas Publicas é um socialista fétido.

TODO marketeiro é mala, mas eles não contam.

Claro que você pode entrar na facu sendo um nerd pau mole (alias a
maioria de vocês bixos é um nerd pau mole, se conformem com isso),
mas o importante é que a universidade muda as pessoas. Você vai
conhecer gente nova, fazer coisas novas, tomar um ou dois porres,
fazer uma ou duas insanidades, e quando você ver você é uma pessoa
totalmente diferente do que você era quando entrou. E você vai ver
que valeu a pena.

Como você pode perceber por esse manual que você segura em mãos
agora, até internamente dentro de SI temos esteriótipos. O nerd, o
Atleta, o Vagabundo, a menina tímida, e a mulher temperamental..
Esteriótipos sempre vão estar por ae para tentar nos rotular, basta
você decidir se vai abaixar a cabeça para eles.

ARTIGO III:
O que você espera levar da USP?

Por: Tommy Bagues


5º ano - noturno

É bixo/bixete... Passou na USP hein?! Meus parabéns, agora


você será o assunto nas rodas de conversa da sua família, o orgulho
dos pais, o fuxico entre os amigos: “Sabe o Joãozinho? Então, ele
passou na USP!!!”, agora quando você passar por qualquer lugar com
a camisa da USP, você notará alguns claros olhares na sua direção,
uns de espanto, outros de respeito, e até alguns de inveja e uma
certa raiva viu, se acostume.
Nesse momento, parece que todos esses anos de escola, acordar
cedo, guerras de bolinhas de papel, apelidinhos engraçados,
professores mal amados, boladas na educação física, musiquinhas pra
decorar fórmulas no cursinho, a expectativa pela lista de
aprovados, e tudo mais, realmente valeram a pena, né?! E todos
esses anos, que por vezes, você passou mais tempo na
escola/cursinho do que com a família, eu lhe pergunto, quantos
amigos você fez?
Eu já passei por cinco "escolas" diferentes, e acho que a
escola que mais me deu aprendizado foi a própria vida. Em cada uma
delas fiz melhores amigos, pseudo-amigos, colegas, companheiros,
flertes, mas o que realmente levei desses mais de quinze anos de
estudos foram os irmãos. Porque irmão não é só aquele que nasce da
mesma barriga da sua mãe.
Várias vezes eu me perguntei: "Caralho, esse maluco sabe
exatamente o que to pensando, ou meu pai pulou a cerca, ou o pai
dele, num é possível". Parafraseando e adaptando um pouco o que a
Jú Uemura disse: "Pra quantos "irmãos" você ligaria se precisasse
de ajuda? Quantos "irmãos" te ligariam se precisassem de ajuda?",
você só percebe quem realmente é seu irmão, seu brother de verdade
em momentos de dificuldade, é nos momentos mais difíceis que alguns
que você considerava amigo mesmo, pula fora e te deixa sozinho, mas
também são nesses momentos que pessoas que você considerava apenas
colega, se não te ajudam, pelo menos te dão aquela força que você
tanto precisa.
Quantos "amigos" você pode abraçar sem represálias? Quantos
"amigos" você pode ligar a qualquer hora do dia ou da noite só pra
perguntar "Eae, como foi seu dia?", Quantos "amigos" já brigaram
com você? Está aí outro ponto importante, nós como meros humanos
somos passíveis de erros, sem nem sequer percebermos. Amigo não é
aquele que deixa você errar pra aprender, amigo é aquele que te
mostra o caminho certo, que nem sempre é o mais fácil, amigo não é
aquele que seca tua lágrima, é aquele que não te deixa chorar.
Nos tempos de escola, ensino médio e tal's, todos éramos muito
imaturos, brigávamos por causa de um apontador, de uma paquerinha
que vimos primeiro, por causa do lanchinho que vinha na nossa
lancheira, eu mesmo acho que só conquistei uma certa maturidade
depois de fazer dois anos de cursinho, porque no cursinho que
realmente percebi que se eu não me virasse, ninguém ia fazer isso
por mim. Eu sempre dei um jeito na escola de alguém me passar as
respostas, de alguém fazer meus trabalhos, mas no cursinho, ninguém
faria minhas "lições", e mesmo que fizessem, eu não ia aprender
nada, e não ia entrar na USP. Foi então no cursinho que conheci
algumas pessoas que sofriam comigo, que passaram algumas noites em
claro, que sabiam mais do que meus familiares pelo o que eu estava
passando, a pressão que eu estava sentindo, então alguns deles
entraram no grupo dos "irmãos".
Uma vez na USP, tudo isso era um paraíso, eu me sentia o
“fodão”: "Chuuupa UNIP, boleto é o caralho, eu to na USP
manééé...". Acho que por vezes me senti até um pouco convencido
quando desfilava pelo metrô estufando o peito pra todos lerem os
dizeres: "Universidade de São Paulo – USP" na minha camisa, mas
depois de algum tempo eu percebi que esse rótulo de "USPiano" só me
servia fora do ambiente universitário mesmo, lá dentro, era mais
um, eu não era mais o “fodão”. Em algumas aulas eu nem sequer
entendia o que o professor dizia: "A cotangente hiperbólica é uma
função obtida a partir da razão entre cosseno hiperbólico e o seno
hiperbólico", “É o que???? Tua mãe que é isso daí!!!”.
Então, mais uma vez encontrei pessoas que estavam passando
exatamente pelo que eu estava passando, encontrei pessoas que
sabiam exatamente o quão difícil é se concentrar na aula e entender
tudo que o professor disse, como é difícil entregar os benditos
trabalhos a tempo, encontrei pessoas tão desesperadas quanto eu!
Foi então ao lado dessas pessoas que passei por alguns
momentos bons, e não tão bons assim da minha vida ao longo desses
três anos. Passei mais tempo com alguns deles do que com minha
própria mãe. Em certo momento de dificuldade da minha vida esse
ano, uma grande amiga minha me disse: "Não se preocupa Tommy, por
falta de família, eu te empresto a minha se quiser", foi nesse
momento que percebi que realmente alguns irmãos não precisam ter
nascido na mesma barriga, eu não tenho uma família, tenho várias
famílias, tenho vários "irmãos", que estão comigo dia após dias,
tenho algumas "mães" que me aconselham, me mostram caminhos certos
a serem seguidos, tenho alguns "pais" que sentam comigo pra me
ensinar aquela coisa que parece impossível de ser feita, pra me
ajudar a dar os primeiros passos em algo, tenho algumas "irmãs" que
tenho ciúmes, que melhor me entendem, melhor até do que meus "pais"
e "mães".
Daqui a alguns poucos anos eu me formarei, sei que levarei
várias coisas da USP, como um diploma, um bom emprego, uma namorada
(ou noiva), muito conhecimento e algumas coisas mais, mas o que
mais espero conseguir levar daqui são algumas boas amizades. Sei
que de mil pessoas que passarem pela minha vida na facu, cinco
serão realmente importantes pra mim daqui a dez anos, mas tudo bem,
não quero quantidade, quero qualidade, quero levar daqui amigos que
poderei contar em qualquer momento, pessoas que saberão de onde vim
e pra onde possivelmente irei, quero levar daqui algumas pessoas
que estarão comigo em todos os momentos da minha vida. Pois, com
alguns desses amigos que tomei os maiores porres da minha vida, com
alguns deles que passei a noite fazendo trabalho, com alguns deles
que simplesmente fiquei jogando papo pro alto ao invés de entrar
pra aula, e como disse o Alemão: “Vocês acham que eu sou doido o
suficiente pra cruzar São Paulo, vir aqui pra esse fim de mundo pra
não entrar na aula? Sim, pois meus amigos fazem essa viagem valer a
pena”. Viajei, curti, fiquei bêbado, joguei futebol, joguei vôlei,
joguei tênis, chorei, sorri, gargalhei, rebolei no chão de tanto
rir, joguei truco, joguei poker, joguei CS nos laboratórios, acho
que já fiz de tudo um pouco com esse povo super gente boa da facu,
mas sinto que ainda não é o suficiente, ainda quero mais, muito
mais, e com os amigos que ganhei na facu, eu sei que posso
realmente muito mais.
Agora que você realmente sabe o que é um amigo, eu lhe
pergunto: quantos amigos você fez ao longo desses anos? E agora,
quantos amigos você fará na USP? O que você espera levar da USP?
ARTIGO IV:
Ciclo sem fim

Por: Bruno M. Terakado


6º ano - noturno

Fala galera,
Meu nome é Bruno Medeiros Terakado, mas sou mais
conhecido pelo apelido que ganhei em SI nos meus tempos
de bixo “Alemão”.
Nossa parece que faz tanto tempo, que as vezes me
pergunto se não foi mesmo em outra vida?
Vocês, bixos de 2011, tem uma EACH muito diferente da que
eu tive em 2006.
Eu literalmente assisti a EACH “brotar do nada” e a cada
nova conquista nossa vida melhorava, a estação de trem, o
bandejão maior, as quadras externas, o ginásio.
Sempre que pensei a respeito da minha saída da faculdade
me pareceu uma coisa distante, mas não por quantidade de
Depês ou qualquer outra coisa e sim porque eu não
conseguia realmente vislumbrar o que aconteceria quando
chegasse a hora.
Há gente que entra e sai da faculdade sem de fato viver a
mesma, sendo que a faculdade é muito mais do que uma
extensão do colegial.
A faculdade são seus amigos com quem você viverá grandes
momentos e com quem poderá contar para a vida inteira;
A faculdade são seus professores que embora você desista
de uma matéria simplesmente não desistem de você e
teimarão em ensinar quantas vezes forem necessárias.
A faculdade são as piadas, os intervalos, os jogos de
bola, as viagens com a galera, os estudos de última hora,
as festas memoráveis, as noites em claro por causa de EP
´s.
Enfim a faculdade é muito mais do que o lugar onde você
estuda, ela é um marco, um sentimento, que divisará sua
vida pessoal e profissional.
Um dia lá na frente quando você fechar os olhos e lembrar
dessa época inevitavelmente terá uma nostalgia gostosa
dessa fase incrível de sua vida.
Por isso curta, viva, participe de sua faculdade!!!
Entre em um grupo de pesquisa, participe to time de
futsal do DASI, faça iniciação científica, vá nas festas
e cervejadas, publique um artigo, viaje pro Intercomp,
colabore com a SI Jr, faça parte da equipe do DASI.
O limite é sua imaginação, a USP abre milhares de portas,
mas quem escolhe por qual delas seguir somos nós.
Há alguns anos atrás me convenceram a participar do
projeto do Diretório Acadêmico e hoje eu vejo que não há
outro lugar onde eu queria estar.
Sinto que nunca agradeci como deveria às pessoas que me
convenceram a entrar nesse barco primeiramente Falcão e
Shiroma e tempos depois para retornar a essa vida Alex,
Brasília, Juiz, Mack e Gates.
Sem a influência dessas pessoas primeiro eu não teria
ingressado na vida política do meu curso e segundo eu não
teria retornado e montado a chapa que viria a estar em
posse no DASI.
Agradeço de coração também ao pessoal da primeira gestão,
Day, Tommy, Nathan, Fast, JP, Intasqui e tantos outros
que abraçaram a causa comigo e contribuíram para que
fossem instalados os alicerces de tudo que temos hoje em
dia. Na companhia dessas pessoas vivi diversas situações
e aprendi muito.
Depois da primeira teve o pessoal da segunda gestão que
pegou o barco andando mas que vestiu a camisa e abraçou
com dedicação ímpar Aninha, PH, Paulinho, Claudião, Rapha
e tantas outras pessoas que abraçaram essa causa e tem
ajudado a fortalecê-la desde então.
Desde que comecei minha jornada na EACH fiz muitos
amigos, alguns com quem falo todo dia, outros que vejo
mais esporadicamente, tem aqueles que não completaram o
percurso e não estão mais conosco na EACH, há ainda
aqueles que já abriram suas empresas e se tornaram bem
sucedidos, tem os que se formaram e os que estudam em
outros períodos.
E a lição mais importante que aprendi na faculdade é que
todos eles fazem parte, em maior ou menor grau, do que eu
sou hoje.
“Quando duas pessoas interagem, elas simultaneamente
influenciam e são influenciadas. Somos hoje nada mais,
nada menos do que a somatória de nossas experiências
trocadas e vividas.” – Freud.
Por isso bixo, viva a sua faculdade, construa a sua
identidade, escolha que tipo de pessoa você será após sua
graduação, vivencie todas as experiências que puder e
torne você também os seus tempos de faculdade tão
memoráveis, quanto eu considero os meus.
E quando chegar um dia lá no futuro quando vocês
estiverem pra se formar, que vocês olhem pra trás e
tenham a certeza de que acima de tudo foram felizes nessa
mágica época de faculdade.
E mais, quando chegar o momento de sair você possa
transmitir aos bixos da época esse mesmo saudosismo, essa
mesma paixão e ao fazer isso se dará conta (e se pegará
rindo eu garanto) que você também fez a sua parte e
contribuiu para a continuidade desse ciclo sem fim que é
a faculdade.
A todos vocês que gastaram esse tantinho de tempo lendo
as palavras desse veterano nada convencional, o meu
sincero agradecimento.
Grande abraço a todos
Bruno M. Terakado – Alemão
29.ENCERRAMENTO
E
CONTATO
<LANA> É pessoal, é triste, mas estamos chegando ao fim.

<AXEL> Ahhh, mas já está no final? Passou tão rápido, pelo menos
pra gente, pois acho que para os nossos criadores nem tanto...

<YUMI> Não gosto de despedidas, mesmo sendo apenas uma personagem


fictícia, despedidas me emocionam.

<BOCA> Porra, quando me falaram pra trabalhar no manual achei que


seria demorado pra cacete, mas passou rápidão man.

<JUNINHO> É mesmo. Mas antes precisamos dar as últimas


informações importantes. Com elas nós poderemos manter um contato
melhor e ter mais noticias sobre tudo que acontece no nosso curso.
Quer dizer, “poderemos” não! Mas VOCÊS poderão manter contato com
seus verdadeiros veteranos e outros bixos.

<AXEL> Sobre o q você ta falando Juninho?

<JUNINHO> Estou falando dos canais de comunicação relacionados ao


nosso curso. Como você pôde esquecer, Axel? Foi por lá que nos
conhecemos, lembra?

<AXEL> É verdade, melhor lugar para conhecer você, né seu nerd?

<LANA> Ah, bem lembrado! Lembro também de ter conhecido vocês por
lá primeiro, o que me deixou mais tranqüila na primeira semana.

<YUMI> Sim, foi lá que tive um primeiro contato com o pessoal da


faculdade e foi onde ganhei mais segurança com relação ao curso.

<JUNINHO> Isso mesmo, Yumi.


Então vamos deixar os bixos
melhor interados sobre isso
também.

SITES RECOMENDADOS
USP: http://www2.USP.br

EACH:
http://www.USPleste.USP.br/

DASI :
http://www.dasiusp.com
Fotos: DASI USP (o perfil do DASI no orkut)
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6105929652490618001

Forum : www.dasiusp.com/forum.aspx

COMUNIDADES RECOMENDADAS
Sistemas de Informação USP http://www.orkut.com/Community.aspx?
cmm=929606
(Como assim? Você ainda não entrou numa das comunidades mais
ativas? É uma das melhores fontes de tudo sobre o melhor curso da
EACH)

EACH USP – USP Leste http://www.orkut.com/Community.aspx?


cmm=1310973

<AXEL> Bom, acho que é isso, bixos! Espero que a gente tenha
conseguido alcançar nosso objetivo quase impossível: tornar um bixo
burro em um bixo informado!Um salve pros manos um beijo pras gatas
e Hasta la vista!!!

<LANA> Foi um grande prazer poder tirar as dúvidas de todos vocês!


Mas ficamos por aqui!Grande beijoooo!!!

<YUMI * limpa uma lágrima*> Se cuidem bixos e bixetes, foi um


prazer enorme compartilhar esse tempo com vocês.

<BOCA> Poxa galera, enfim o fim. Mals aew por alguma brincadeira
ou zueira que possa ter pegado mal com alguém, sou um fanfarrão
incorrigível, mas nunca quis ofender ninguém. Curti ter
compartilhado essa experiência com vocês. Falou ae.

<JUNINHO> Esperamos ter elucidado pelo menos um degrau na sua


jornada bixo e que a força esteja com vocês!!!

<LANA, YUMI, BOCA, AXEL,JUNINHO> SEJAM BEM VINDOS, BIXOS E


BIXETES!!
30.Agradecimentos
E
Equipe
Quarto ano de manual, quem diria que essa idéia chegaria
tão longe?
Quando olho pra trás e lembro da idealização desse
projeto, me orgulho demais.
Lembro das horas gastas no Msn para escolher os temas e
as seções, na criação de cada personagem baseando-se nos
perfis de gente conhecida, na elaboração das falas
procurando adequar o texto à personalidade da nossa
criação, da preocupação em manter o manual light com um
texto explicativo e bem humorado, de cada pessoa que já
participou desse projeto, seja com uma fala ou com um
artigo.

Enfim sinto como se esse manual fosse realmente um filho,


um filho que hoje tem quatro anos, mas que se tudo correr
bem deve continuar ajudando gerações e gerações de bixos
e bixetes.

A cada novo ano de manual são novas experiências, afinal


de contas revisamos o mesmo, reescrevemos novas seções
trazemos o manual pra realidade do curso ou seja, embora
haja material bom e aproveitável, há muita coisa que é
alterada.

E nada disso seria possível sem todas as pessoas que já


contribuíram com esse projeto:

 começo agradecendo à minha irmã Stefanie com sua


paciência e talento que imortalizaram Axel, Lana,
Juninho, Boca e Yumi, sem dúvida alguma sem a
contribuição dela nosso manual seria muito mais
cinza;
 agradeço à Aline por ter me ajudado a pensar nos
personagens iniciais e nas suas características;
 agradeço à Flavinha e à Fast que ajudaram na
coloração desse manual, paintzando muito dando mais
vida aos desenhos;
 agradeço ao Tommy Fucking Stars, pela sua
prestatividade, pró-atividade e solicitude em tudo
que foi pedido, afora sua excepcional criatividade.
Um dia veremos um iToomy oun um TommyTable por aí pra
vender nas lojas confiem em mim;
 um agradecimento ao grande Intasqui, graças a esse
“Hell Bitch man” os bixos puderam contar mais uma
vez com uma versão impressa desse manual, além disso
o artigo dele está muito bacana;
 agradeço a minha linda, Day por compartilhar, por
puxar a orelha, por cobrar o prazo, por dar suporte e
por ser um ótimo braço direito nesse e em outros
projetos;
 agradeço a esses e a tantos outros que porventura
colaboraram em alguma fase desse manual, tenham a
certeza de que fizeram um bom trabalho e que sua
colaboração com certeza fez uma diferença no mundo de
muita gente.

Acima de tudo, agradeço a você, que leu e gastou pelo


menos um bocadinho do seu tempo para saber o que andamos
preparando nesse manual. É muitíssimo gratificante saber
que seu trabalho não foi em vão.

Bom é isso gente, mais um ano, mais um dever cumprido.


Precisando de maiores dicas ou orientações podem
procurar a gente do DASI, blz?

Muito obrigado,

Bruno Medeiros Terakado, "Alemão"

Colaboradores de SI:

 Bruno Medeiros Terakado ´Alemao´ - Roteiro, criação e


redação
 Dayane Divino Saura ´Day´ - Fontes, Revisão e
diagramação do manual
 Flavia Servidone ´Flavucha´ - Coloração da Arte
 Tommy Bagues Fucking Stars – Artigos e Redação
 Intasqui El zagueirón – Coloração da Arte, Artigos e
Redação
 Vanessa Alsberg fast - Coloração da Arte

Colaboradores de Outros Cursos:

 Stefanie Medeiros Terakado ´Tefs´ (Química) – Artes e


parte gráfica

Interesses relacionados