Você está na página 1de 9

TEMA: ELE ACREDITA EM VOCÊ

Repita pro seu irmão: Jesus acredita em você, O Espírito Santo acredita em você, o
Pai acredita em você...
Pergunte: E você, acredita em você mesmo? !

DEUTERONÔMIO 7:6-8. “Porque povo santo és ao SENHOR teu Deus; o SENHOR


teu Deus te escolheu, para que lhe fosses o seu povo especial, de todos os povos
que há sobre a terra. 8- Mas, porque o SENHOR vos amava, e para guardar o
juramento que fizera a vossos pais, o SENHOR vos tirou com mão forte e vos
resgatou da casa da servidão, da mão de Faraó, rei do Egito.

João 15:16 - “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos
nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo
quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.”

“Lutas sempre cercam um nascimento de milagres”

“A crise na minha vida é um convite de Deus para viver um milagre”

“Antes de Deus lhe entregar um milagre Ele ti dar ensinamento”

“No período de escassez precede sempre uma palavra profética para viver-mos
fartura”

INTRODUÇÃO

Estou certo de que as razões pelas quais a grande maioria das pessoas não são mais
usadas por Deus é por que elas não acreditam em si mesmas, ou seja, elas acreditam
muito pouco em si, pois, tem sido enganadas pelo maligno.

Porque o Senhor nos fez gestores (Mordomos) desde o começo? quando criou Adão e
Eva e colocou-os no jardim do Éden. Gestão (às vezes chamamos de Mordomia).

Tudo que é administrado (Relacionamento com Deus, Família, ministério, financias)


adequadamente estará protegido.

Por que acreditamos tão pouco em nós mesmos?

É porque nós não sabemos o tanto que Deus acredita em nós! É interessante, pois, a
Bíblia fala que nós deveríamos amar o próximo como a nós mesmos!
Por que é que muitas vezes as pessoas não amam o seu próximo como se deveria
amar? Porque ela mesma não se ama!

Como é que podemos entender o nosso real valor na presença de Deus?

“A evidência da presença de Deus é muito maior que a prova de sua ausência”

Quando nós percebermos o seu amor para conosco. A Bíblia fala que nós O amamos
porque Ele nos amou primeiro. Por isso, quando nós acreditamos o tanto que Ele acredita
em nós, o tanto que Ele nos ama; então, não é uma tarefa difícil, discipular pessoas, e ser
discipulado; não é difícil envolver-se na grande comissão. Não! Não é difícil.
Na realidade, meus irmãos, eu creio que todo cristão tem chamado para a obra de
Deus; cada um do seu jeito. Nem todos são chamados para a obra em tempo integral,
porém são financiados por tempo integral.

Independente de qual seja a tua profissão você deve exercê-la. Seja de advogado, seja
de médico, mas você tem cumprir o chamado de Deus integralmente. Seja qual for a sua
profissão, isso é só um instrumento que Deus quer usar para cumprir algo muito maior,
muito mais consistente, muito mais sublime, que são os propósitos dEle pra sua vida...
Nós não vivemos para nós mesmos, mas para Deus.

A Bíblia fala que antes de Jesus subir aos céus, Ele disse à aquela grande comissão:
“Ide e fazei discípulos de todas as nações”. Esse chamado não é só para alguns
cristãos; esse chamado é para todos! Todos nós podemos nos envolver
profundamente nesse chamado. Uns vão exercer isso lá no seu local de trabalho,
outros, Deus vai chamar, talvez, para deixar o seu emprego e fazer a obra dEle em outro
lugar, em outro estado, país, ou mesmo ser um Pastor aqui em Manaus.

Mas, o mais importante não é necessariamente que a pessoa seja Pastor ou


Missionário, ou se ela continua ou não no seu emprego; o mais importante é que ela
esteja cumprindo com o chamado de Deus. E Qual é o chamado de Deus?! FAZER
DISCÍPULO DE TODAS AS NAÇÕES.

Agora, como cumprir com esse chamado, especificamente na sua vida, na medida
em que você vai crescendo na intimidade com Deus?

Amados, é muito interessante quando nós começamos a estudar o conceito bíblico


de discipulado, você fica muito encantado, muito entusiasmado, muito maravilhado,
muito rendido nesse processo!... Deus já tem revolucionado a nossa igreja em Manaus
através do discipulado!

Por muitos anos, vínhamos entendendo que discipulado era apenas uma reunião
sem muita responsabilidade... Hoje não... Nós entendemos que discipular é transmitir
vida, conhecimento e amor... Agora nossa ficha começou a cair!... Jesus nunca disse:
“Vá e faça convertidos!” Ele disse o quê irmãos?! “Vá e faça discípulos!”

“O espírito é o que vivifica a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são
espírito e vida.” (Jo 6:63)

“Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?


Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras
da vida eterna.
“E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente.” ( Jo 6:68-70)

A vida envolve uma coleção de leis e princípios. Descobrir essas leis muda radicalmente o
curso de sua vida para sempre.

1- A lei da promoção ensina que: “Você somente poderá promovido por alguém
cujas instruções você seguiu.”
2- A lei da reprodução indica que: “Você somente poderá reproduzir algo que você
é.”
3- A lei das palavras indica que: “A palavra transforma o futuro.”
4- A lei da semeadura revela que: “Nos colhemos somente aquilo que plantamos.”
5- A lei de reconhecimento ensina que: “aquilo que é mais importante para nossas
vidas já está a nossa disposição, simplesmente aguardando seu reconhecimento.”

Se existe algo que não estamos enxergando em nossas vidas hoje, isto pode
resultar em percas fatais, para nossas vidas:

• Os fariseus não reconheceram a divindade de Jesus e não receberam os seus milagres.


• Um dos ladrões lá da cruz que não reconheceu Jesus como Rei dos Reis se perdeu por
toda a eternidade.
• Zaqueu reconheceu Jesus como cristo e recebeu a visita de Jesus em sua casa e
mudou a sua vida para sempre.

Lá na CEIA, os irmãos estão muito interessados por esta visão, por isso, é importante
nós entendermos as raízes desta visão! E sabe qual a raiz desta visão?

Todas as raízes se concentram nesta frase: Diga a você mesmo agora: “ELE ACREDITA
EM MIM”. Vire-se para o seu visinho; dê um sorriso e diga: ELE ACREDITA EM VOCÊ!

VAMOS ENTÃO ESTUDAR AS RAÍZES POR QUE QUE ELE ACREDITA EM VOCÊ

1. Quando uma criança hebréia estava sendo criada, tinha 4 e 6 anos, entre os
rabinos, já se discutiam para saber em que idade ela deveria ser treinada. Alguns
achavam importante que já nos primeiros anos elas ficassem com os pais e realmente é
muito importante que as crianças fiquem no início com os pais... Quero encorajar você
mãe, Pai, a investir no seu filho, no cuidado, no discipulado....

Por isso os rabinos não aceitavam as crianças antes dos seis anos de idade para o
treinamento. Que treinamento era este?! Era o treinamento da Torá! O que é a Torá?!
É o conjunto dos livros do Antigo testamento: Era à base de todo o povo judaico para
aplicar em suas vidas... Essa também deve ser a base que todo cristão deve acreditar,
que Moises, no Monte de Deus, recebeu a Palavra! Os Judeus acreditavam que Deus
havia falado a Moisés.

Amados naquela época não havia a Bíblia a imprensa. Ela só foi criada 1400 anos
depois. A Bíblia deles era o Velho Testamento e a parte mais importante pra eles era a
Torá. O rabino, que era o homem mais respeitado da cidade, começava a investir nas
crianças entre seis e dez anos de idade, agora quando chegavam aos dez anos, em
geral, todas elas já sabiam de cor.

A. Este primeiro estágio de educação dado às crianças era chamado de Beit Sêfer,
“casa do livro”, E consiste em eles decorarem as palavras ministradas pelos seus
rabinos; depois elas iriam voltar para casa e estudar com os pais, caso eles fossem
instruídos nas escrituras sagradas. E era passar a tradição moral dos hebreus; os
princípios da Palavra de Deus e o restante da Bíblia sagrada para os seus filhos.

Enquanto os pais continuavam fazendo isso como se fossem cultos domésticos em


Koinonia Grego (Comunhão) Oikois, ao levantar, ao comer, ao dormir... Eles também
ensinavam aos seus filhos a sua profissão, ou seja, ensinava a mesma profissão que ele
exercia (pedreiro, carpinteiro).

“E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo
caminho, e deitando-te e levantando-te.
Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.” (Dt 6:7-9)
B- Porém os melhores alunos podiam ir para o segundo estágio; a maioria já
ficava em casa e continuavam dali em diante. Este segundo estagio era para os
alunos que se destacavam, e entravam na Escola chamada de Beit Talmude
“casa de aprender”, para alunos entre 10 a 14 anos, e estes aprendiam todo o
restante da Bíblia dos judeus, que era o Velho Testamento de cor, de Gênesis até
Malaquias. Nesse estágio Eles respondiam e faziam perguntas.

Mas era muito mais do que só aprender de có; nestes anos eles, aprendiam também
como os rabinos entendiam e interpretavam todos os textos; eles aprendiam a discutir
sobre estes textos a como dialogar sobre cada texto; para você ter uma idéia, os rabinos
não respondiam as perguntas. Quando os alunos faziam uma pergunta, os rabinos
respondiam com outra pergunta! Você pode ver como Jesus já tinha este costume aos
12 anos de idade, pois Ele já havia aprendido na escola, e Ele fazia isso; quando
estudamos os textos vemos claramente.

São varias as passagens que vemos Jesus respondendo algumas perguntas com
outras perguntas! Porque foi assim que foram instruídos todos os sábios e rabinos. Eles já
instruíam assim para que o menino aprendesse mesmo. Não adiantava o menino apenas
decorar não! Tinha que ser feito perguntas profundas... Por isso, meus irmãos, quando
uma criança fizer uma pergunta, não respondam, mas faça outra pergunta a ela, que é
para ela assimilar bem e raciocinar com a pergunta dela...

Você lembra quando Jesus tinha 12 anos?! Os rabinos perguntavam e ele respondia
profundamente os questionamentos... e todos ficaram maravilhados com as respostas de
Jesus... Ele deu uma lição aos Rabinos daquela época... Ele fez e respondeu perguntas
profundas a eles. Todos acreditavam que ele seria um rabino importante no futuro...

C- Agora, o terceiro estágio era somente para os melhores dos melhores! Dos 14
anos em diante, ia para a Beit Midrash, que quer dizer “casa de estudo”; era para
os que se achavam em condições de se tornar um discípulo daqueles rabinos
famosos! Aquele Adolescente ia atrás do Rabino, e dizia àquele rabino famoso,
que queria ser seu (Talmid ) discípulo... Aqui surge o conceito de discipulado.
Ele dizia: “Quero ser um dos seus Talmidim (discípulos)!”. Mas não era fácil!

Aquele rabino ia pesquisar, se aquele garoto de 14 anos, teria condições essenciais


para ser um rabino. E ele perguntava tudo sobre vários assuntos. Ele ia saber das raízes
dele; fazia uma sabatina de perguntas; e aquele garoto tinha que responder inúmeras
perguntas sobre a Torá; sobre a tradição, até sobre o posicionamento de outros rabinos!
Ele perguntava sobre os profetas; sábios; sobre a lei oral; os rabinos também faziam
perguntas sobre a interpretação e legislação! Era um vestibular de altíssimo nível!

Pra ser um Talmidi, era algo profundo. Não era pra qualquer um. E o rabino, mesmo
querendo o melhor pra todos os alunos, não deixava qualquer um ser Talmidi não!... Só
aquele que era muito especial... Lembre-se: Esse Talmidi já tinha passado por todas as
outras fazes, e estava lá em cima selecionado, entre os poucos adolescentes; esses eram
poucos, mas mesmo assim, não podia qualquer um ser Talmid. Eles tinham que passar
por toda essa sabatina de perguntas!!! ... Ai rabino tinha que pensar: “será que esse
menino terá condições de ser um dia um Rabino igualzinho a mim?! Fazer tudo o
que eu faço pensar como eu penso agir como eu ajo?!

Se ele chegasse a alguma conclusão, eu já digo o que ele fazia... Mas se ele
concluísse que não, então, ele dizia: “Olha garoto, você conhece a Torá muito bem,
você é uma grande bênção, você é muito legal, mas infelizmente, não passou em
todos os exames, em todos os testes; então chegou à hora de você voltar para toda
a sua família, e crescer na profissão do seu pai, e ser um hebreu exemplar povo de
Deus!”... Então, meus amados, poucos passavam para esse terceiro estágio, o Beit
Midrash, que era dos 14 anos em diante...

Agora preste atenção, por favor! Se no menino houvesse o que o rabino achasse que
fosse necessário, então, o Rabino dizia assim pra ele: “Venha! Siga-me!” Essa frase,
significava o passaporte, o selo de aprovação! Significava que o rabino estava
dizendo, “Venha, você será meu Talmid!” E aquele menino sabia que se tornaria um
grande rabino. Daquele dia em diante ele deixava tudo e começava a seguir o rabino por
onde quer que fosse.

Uma das grandes tradições judaicas diz o seguinte: “cubram-se com as poeiras dos
pés de seu rabino”. O que é isso? Você deve estar andando tão pertinho do seu
rabino, tão próximo dele, que na medida em que as sandálias dele levantarem as
poeiras durante o dia, e ao final da jornada, vocês tem que estar cobertos por
poeiras.

Amados, Eles deveriam se tornar idênticos aos seus mestres. Deveriam estar
colados neles para aprender tudo. E aqueles Talmidi, se sentiam tão honrados por seguir
o rabino, que eles comiam, dormiam, andavam, brincavam juntos com eles; iam para
aniversários, festas de casamentos... E a toda hora, aproveitavam para instruir seus
Talmidins, em como responder, interpretar a Bíblia, a palavra de Deus!

Após serem plenamente treinados, aos 30 anos de idade começava a formação pública
deles, tornavam-se eles próprios mestres e faziam seus próprios Talmidim (discípulos). A
tarefa principal de um Talmidi (discípulo) era se tornar como seu mestre. Por isto,
encontramos a seguinte frase no evangelho de Lucas: “... mas todo o que for bem
instruído será como o seu rabino." (Lucas 6:40), ou seja, quando um Talmidi (discípulo) é
completamente treinado, torna-se um rabino e forma seus próprios Talmidim (discípulos),
os quais também devem ser treinados para serem plenamente como o seu rabino, e
depois também formarem seus próprios Talmidim (discípulos).

“Da idade de trinta anos para cima até aos cinqüenta anos, será todo aquele que entrar
neste serviço, para fazer o trabalho na tenda da congregação.” Nm 4:3

“Este é o ofício dos levitas: Da idade de vinte e cinco anos para cima entrarão, para
fazerem o serviço no ministério da tenda da congregação; Mas desde a idade de
cinqüenta anos sairão do serviço deste ministério, e nunca mais servirão;” Nm 8:24

Preste atenção agora: Aos 30 anos, o Rabino Jesus entra em cena e quebra todos
os paradigmas. Algo impressionante! Jesus sai e revoluciona esse conceito. Sabe por
quê?! Porque Ele pára a beira da praia, se aproxima de Simão e André que eram irmãos,
e que estavam trabalhando na pescaria... E Por que estavam trabalhando na pescaria??!
Porque eles não tinham sido aprovados para passarem para os estágios superiores.
Então, eles tinham sido mandados de volta para seus pais, e como já vimos os
Talmidim moravam com o rabino, mas Simão e André tinham sido mandados de volta
para os pais, porque não tinham sido aprovados para os estágios superiores... Agora
Jesus, fala algo que já estava fora de qualquer contexto na vida desses jovens... Jesus
como Rabino se aproxima deles e diz a frase que eles jamais ouviriam de qualquer outro
rabino. Ele a Eles: “Simão,
Simão, André! Venham! Sigam-me!!” Oh amados, Eles jamais
imaginaram que isso um dia fosse possível... Era um sonho morto!

Agora veja que coisa fantástica. Jesus passa e diz para eles o que um rabino diria
somente para alguns pouquíssimos super qualificados. E lá estão dois pescadores...
Que idade eles tinham?! Isso porque Jesus fez isso com mais dois irmãos; Tiago e
João... Que idade eles tinham? Quando se fala em pescadores, se tem a impressão que
eram mais velhos, mas não! Às vezes eles tinham 14, 16, 18 ou 20 anos de idade, já
pensou nisso? A Bíblia não fala na idade deles.
É Bem provável que João fosse o mais novo com aproximadamente 15 anos de
idade... De qualquer forma, quando Jesus passa como um rabino e diz: “Venham!
Sigam-me!”... Ohhhhhhhh! Que privilégio, amados! Que coisa fenomenal! Eles, que
nunca tinham sido qualificados para se tornar Talmidim, que quer dizer discípulos...
Meu Deus! Que maravilha! ... Agora era a oportunidade da vida deles. Eles iam poder
se tornar Talmidim.

Quando o rabino dizia venha, siga-me...


siga-me Eles deixavam tudo na hora! E os pais eram os
primeiros a concordar! Os pais vibravam de alegria! Era a alegria da vida deles! Lembra o
que está escrito em Salmos 127:4 que disse que os filhos são flechas e os pais
arqueiros? Os Pais desses rapazes vibravam e diziam: “Que honra! Meu filho é um
Talmidi”. E os filhos deixavam os pais, os trabalhos, os barcos... A família ia se virar,
porque, meu irmão, não era qualquer um que tinha um filho Talmid, como seu filho!

2- E Jesus então chamou as pessoas que não eram nada, pelos conceitos dos outros
rabinos, que não eram qualificados, que não eram suficientemente bons, que não
preenchiam os requisitos; e Jesus pegou esses rapazes simples e mudou a história
do mundo... Já pensou que coisa linda??!

E olha só que coisa notória: Ele pega essa turma de Talmidins dEle, e vai por lugares
que nenhum rabino iria. Por exemplo: Um dos lugares que ele foi a 40 km de distância lá
da Galiléia, onde eles moravam, foi Cesárea de Filipe; que era uma Colônia Romana. E
ali, era um lugar de gente muito pagã.

E quando o mestre, o rabino os levou para lá, aqueles Talmidim devem ter pensado:
“Meu Deus, o que nossos pais vão dizer que o rabino está nos levando para um
lugar cheio de paganismo!”... Aquele lugar era cheio de altares de deuses falsos, onde
o principal deus falso principal era pagão... Aquele lugar era o centro mundial de
adoração a pagão. Para você ter uma idéia, as pessoas do mundo todo se
encaminhavam para essa Colônia para adorar esse falso deus! E esse deus pagão, era
um deus bode: Em cima era um homem e embaixo era um bode...

Então, Jesus com seus Talmidim chegam naquele lugar idólatra, cheio de
imoralidade e fala assim: “Olha Pedro” - Porque Pedro um dia respondeu que “Jesus era
o filho do deus vivo...” E Jesus disse: “Tu és Pedro e sobre esta Rocha edificarei a
minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra a minha igreja!! Eles
estava dizendo pra eles! Através de vocês, meus Talmidim, eu vou edificar minha
igreja!”

Sabe o qual é o conceito dos Judeus sobre o que Ele estava falando??! - Isso é que é
forte pra nós - Ele estava falando para nós que somos discípulos! Ele disse: “Meus
Talmidim, juntos, nó iremos conquistar a terra de tal forma, que quando chegar às
portas do inferno, elas não vão agüentar, elas vão ceder elas vão cair! Então, até
esses aqui, estes imorais; esses pagãos que vocês estão vendo aí, praticando sexo
com os bodes, vão se converter!!!! Porque as próprias portas do inferno, não irão
nos deter! Nós vamos avançar e iremos ganhar os piores adoradores de satanás
para o reino do Pai!!!” Aleluia!!!!

Jesus estava dizendo para esses seus Talmidim, seus discípulos: “Talmidim, são
vocês que irão fazer tudo isso! São vocês que serão usados para fazer essa mudança!!!”

Sabe por que Jesus falou isso?! Por Jesus acreditava neles! Sabe por que eles eram
apaixonados por Jesus?! Porque desde o início Jesus acreditou neles! Porque ninguém
mais tinha acreditado; e eles também já tinham se convencido que não eram acreditados!
Então Jesus falou para eles: “Não! Vocês são Talmidim sim! Quem disse que vocês
não são??! Vocês são meus Talmidins e pronto! Venham e sigam-me! Vocês
poderão ser grandemente usados. E tem mais! Vocês podem ser iguais a mim!”

Preste bem atenção: O Rabino só escolhia alguém para ser Talmidim, se ele acreditasse
que aquele adolescente pudesse ser igual a ele! Quanto mais milagre Jesus fazia, os
discípulos diziam: “Meu Deus! Ele realmente acredita que eu posso ser Talmidim
dEle?! Vou poder ser igual à Ele?!” E Jesus disse: “Sim! Vocês podem! As obras que
eu faço vocês poderão fazer, e ainda maiores do que essa, porque eu vou para
junto do Pai!!! Aleluia!!!

Agora você começa a entender porque que a Palavra de Deus diz certas frases. Veja
por exemplo, Jo. 15! Olha que coisa fenomenal... João 15:16 “....”. Olha só o que ele
está falando: “Vocês estão lembrados, meus Talmidim, fui eu quem escolheu
vocês, não foram vocês que me escolheram não. Eu que designei vocês a darem
muitos frutos.”

Meus amados, nesta noite, Jesus está dizendo, que você ainda vai dar muitos frutos,
porque Jesus acredita em você! Por isso amados, que vocês podem notar, por
exemplo, quando Jesus estava andando sobre as águas, no meio de uma
tempestade, e Pedro e os discípulos estavam lá olhando, e de repente eles viram um
vulto e deram um grito “Ai, meu Deus, é um fantasma!”. E lá de longe Jesus Gritou: Não!
Não sou um fantasma não! Sou eu! Sou eu mesmo que estou andando aqui sobre as
águas!”

Agora preste atenção: O raciocínio de Pedro é correto. Talmidim é para seguir o mestre
e fazer tudo que o Rabino faz! Sim ou não?! Ele pensou: “Este é meu rabino; eu sou
Talmidim DELE. É pra mim fazer tudo o que ele faz!” Então, era automático e correto
Pedro dizer “Esse é meu Rabino! Eu sou Talmidim dele. É pra mim fazer tudo o que
ele Faz.” E Pedro disse: “Rabino, se é o Senhor, me manda que eu vou andar em
cima das água também, que é pra mim fazer tudo o que o Senhor Faz! Então Jesus
falou: “pode vir sim! Claro! Você dá conta. Venha!”Aí, Pedro começa a andar em cima
das águas!

Meus irmãos, daqui a pouco Pedro começa a fundar, e Jesus fala “Homem de pequena
fé...”. Faltou fé em Jesus?! Não!! Pedro continuou acreditando 100% em Jesus! Faltou
fé em quem então?! Em Pedro! Ele começou a desacreditar em si mesmo! Naquela
hora ele pensou: “Não posso fazer tudo o que Jesus pode... não posso! Eu não dou
conta de ser o homem que Jesus disse que eu vou ser... Meu Deus, eu não dou
conta!” E Jesus o repreende dizendo: “Para com isso! Tudo o que eu faço você vai
fazer, e maiores ainda; homem de pequena fé! Acredite! Acredite! Porque eu
acredito em você! Você vai ser grandemente usado Pedro!” Aleluia!

Que coisa fenomenal! Quando a gente lê a Bíblia por essa ótica, é que percebemos
porque que Jesus fala certas coisas para os discípulos. A frustração dEle era o seguinte,
é que os discípulos não acreditavam em si mesmo!!. E Jesus queria fazê-los entender,
impregnar no coração deles o seguinte: “Vocês são meus Talmidim de Verdade! Eu
escolhi vocês! Vocês são capazes!

ILUSTRAÇÃO: Conta-se uma historia que, assim que Jesus chegou aos céus, e todos os
anjos, serafins e querubins ficam ao redor dele e o adoram, e dizem: Mestre nos conta
como foi tudo lá na terra... Jesus conta a história toda, e diz: Daqueles 12 Talmidim que
investi neles, um me traiu, outro me negou três vezes, e todos fugiram na hora que eu
mais precisava deles; mas isso foi depois de três anos e meio que eu investi na vida
deles; depois eu morri, ressuscitei e eu chamei os 11 restantes e disse à eles: Ide por
todo....” depois disse à eles que iria ser assunto aos céus, assentar-me a direita do Pai e
aguardar, até que todos os meus inimigos fossem feitos por estrados dos meus
pés!...Houve-se um silencio entre os anjos (eles não tem revelação 100% como
Deus), Aí Gabriel (penso eu) criou coragem, e disse: Jesus o Senhor confiou a tarefa
de ganhar o mundo todo para o teu reino, com aqueles seus discípulos ?!” E Jesus
disse; “Sim!” Ainda houve um grande silencio... E talvez Miguel, teve mais coragem
ainda, e disse: “E, Mestre, Qual é o Plano B se o plano A falhar??!” E Jesus olhou para
os anjos e falou: “NÃO tem plano B, EU tenho certeza que eles vão conseguir, EU
tenho certeza!” Aleluia!

Veja bem, o que os anjos não sabiam, e que também muitos seguidores de Jesus não
sabem, é o tanto que Ele já nos capacitou e o tanto que nós temos que entender!

Meu filho, minha filha! Jesus já te deu capacitação sobrenatural! O problema é que o
diabo quer nos enganar, para que não vejamos a realidade! Por isso, que a Bíblia fala: “E
conhecereis a verdade...” “Meu povo perece por falta...” Paulo olhava pela dimensão
espiritual e dizia coisas poderosas: “E em todas essas coisas somos mais...” Rm 8:37...
“vocês tem habilidade sobrenatural” Rm 15:14.

Diga: Eu tenho o sobrenatural. Deus me capacitou. Não é por nada que ele acredita
em mim! Ele me capacitou sobrenaturalmente!

Quando você tomar posse dessa realidade ela vai se materializar na sua vida.
Enxergue essa realidade! Declare essa realidade. Creia! Acredite na fé que Deus tem
em você! Porque é o que nos inunda de alegria, é que Ele crê em nós. Ele acredita em
você!

Porque Deus crê no sobrenatural que já foi feito na sua vida! Você é predestinado para
ser a imagem de Cristo! Ele é o primogênito. Nós também somos filhos de Deus por
causa do sangue de Jesus. No mundo espiritual, isso já é uma realidade. Eu creio nisso!
Assim como Ele é, eu já sou!

Abra sua bíblia em Rm. 8: 15 a 16... Somos filho por adoção. Na cultura romana, Aba
PAI (Gl 4) o sistema de Leis, se o filho fosse rebelde, possibilitava deserdar o filho e
adotar um escravo leal. Uma vez adotado, jamais poderia ser deserdado. Por isso Paulo
diz que não somos escravos, porque o Pai acredita em você e ele recebeu você por
adoção e você nunca mais perderá sua herança...

Mas aqui está a coisa mais espantosa: Jesus não só se identificou 100% com a cultura
judaica por ser um cordeiro d Deus que tira o pecado do mundo, mas Jesus se identificou
também com a cultura vigente da época do império Romano. Jesus, em santa
cumplicidade com o pai é claro, foi o filho deserdado, para que o Pai pudesse adotar a
mim e adotar a você como filhos... Que coisa fabulosa! “Por isso ele gritou na Cruz:
Eloí, Eloí, lama sabactani...” Ele não estava enganando e nem estava mentindo ou
exagerando; Ele estava dizendo: “Meu Deus, meu Deus, por que me
desamparastes?!” Se nota que nem chamou de Pai naquele momento. Ele foi aquele
filho deserdado, provisoriamente, para que eu e você pudéssemos ser adotados
eternamente. Aleluia!!

E ai, claro, depois de pagar preço pelos nossos pecados Ele herdou um nome que é
sobre todos os nomes, para que todo joelhos, nos céus....

Queridos, Temos que entender o grande amor de Deus por nós. Ele te ama tanto/// Ele
olhou para os seus discípulos e disse: Tudo o que eu faço vocês vão fazer maior... Ele
acredita em nós!
Diga ao seu irmão: “Seja bem vindo Talmidim! Ele acredita em você Talmidim. O que
Jesus fez você vai fazer mais ainda.Ele te escolheu pra ser grandemente usado,
que você pode ser Talmidim dele. Você foi escolhido! Foi ele quem te escolheu.”

Se hoje você está aqui ouvindo a Palavra de Deus, pode ter certeza, que você foi
escolhido por Ele... Nosso Rabino diz que faremos coisas maiores que Ele, porque o
Espírito Santo está conosco... Aleluia!

CONCLUSÃO:

Ilustração: Derek Redmond...

Na Corrida Barcelona de 1992, o corredor Derek Redmond... Rompeu o tendão... Cai...


Chora... Eles inesperadamente levantam e saem se arrastando para completar a corrida...
O Pai enfrenta os seguranças e o acolhe... E juntos seguem o final da corrida... Ninguém
lembra quem ganhou, mas ninguém esquece Derek Redmond...

Mostrar o Vídeo!

Após o Vídeo...

Depois disso, o Médico disse que nunca mais ele correria... Mas ele se torna o atleta mais
brilhante da Inglaterra... Tira foto e manda para o medico... Hoje ele trabalha em
modalidades esportivas e viaja muito. Mas o fato mais importante da vida dele foi à cena
do Pai dele ajudando... O que impressiona é que Ele se tornou ainda um jogador de
basquete maravilhoso, porque por trás dele tinha um Pai que motiva que apostava tudo
nele, que quebrava barreiras e corria junto com o filho...

Oh, amados! Você também tem um pai que acredita em você!