Você está na página 1de 10

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM

SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS


CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

PLANO DE AÇÃO CRAS 2020.


PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Reunião ampliada para capacitação da Capacitar e integrar a rede de serviços na perspectiva de Equipe técnica geral Mensal
rede sócioassistencial e intersetorial. ampliação e acesso aos direitos sociais. SEMTEPS.
Grupo de estudo para nivelamento das Capacitar, treinar, informar a equipe do cras, através de Equipe técnica do CRAS. Mensal
informações; formação continuada, para melhorar a qualidade da atuação
profissional e o atendimento aos usuários.
Mapeamento dos serviços Referenciar e contra referenciar as famílias acompanhadas Coordenação, Equipe Anual
socioassistenciais e da rede de serviço pela equipe do CRAS, inserindo o usuário em serviços, técnica local e volante.
municipal; benefícios, programas ou projetos;
Realização de campanhas Prevenir situações de risco à população CRAS, CREAS e  Maio
socioeducativas. ( Combate ao abuso SEMTEPS  Junho
e exploração de crianças e CONSELHO TUTELAR  Setembro
adolescentes, trabalho infantil, MP, SAÚDE, EDUCAÇÃO  Outubro
violência contra a mulher, pessoa E DEMAIS
 Novembro
idosa e deficiente.) SECRETARIAS.

SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL A FAMÍLIA – PAIF


AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Acolhida Oferecer orientações primordiais para o acesso aos direitos e Equipe técnica local e De janeiro á dezembro

1
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

serviços ofertados pelo CRAS e outras unidades da rede volante.


socioassistencial local.
Encaminhamentos Orientar e direcionar as famílias , ou algum de seus membros Equipe técnica local e De janeiro á dezembro
para serviços e/ou benefícios socioassistenciais ou da rede volante.
setorial de politicas públicas.
Atendimento psicossocial Executar procedimentos profissionais de escuta qualificada Equipe técnica local e De janeiro á dezembro
individual e em grupo identificando as necessidades pessoais, volante.
familiares e sociais, proporcionando o acesso e usufruto dos
direitos e o empoderamento familiar.
Visita domiciliar Conhecer, registrar e analisar o cotidiano do usuário, sua vida Equipe técnica local e De janeiro á dezembro
familiar, suas vulnerabilidades e, especialmente, suas volante.
potencialidades.
Estudos de casos das famílias em Conhecer a realidade das famílias a fim de dar continuidade Equipe técnica do CRAS De janeiro á dezembro
acompanhamento pelo PAIF ou realizar o possível desligamento das famílias em
acompanhamento;

Definir e elaborar cronograma de Otimizar e atualizar o acompanhamento das famílias. Equipe técnica do CRAS De janeiro á dezembro
visitas domiciliares na sede.
Verificar cadastros dos usuários dos Fortalecer a articulação entre PAIF e os SCFV; Técnico de referência do Janeiro e fevereiro.
SCFV e, se necessário, incluir no SCFV e Equipe do PAIF
cadastro familiar do CRAS.
Visitas domiciliares do Dar continuidade ou realizar o possível desligamento das Equipe Técnica do PAIF De janeiro á dezembro
acompanhamento do PAIF- Sede famílias em acompanhamento. fixa.
Visitas domiciliares do Dar continuidade ou realizar o possível desligamento das Equipe Técnica do PAIF De janeiro á dezembro
2
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

acompanhamento do PAIF – Zona famílias em acompanhamento. volante.


Rural
Realizar atividades direcionadas àsSuscitar a reflexão sobre temas de interesse das famílias, Equipe Técnica do CRAS. Mensal
famílias do PAIF – oficinas com sobre vulnerabilidades e riscos, ou potencialidades,
famílias; reuniões; palestras; identificado no território, contribuindo para o acesso aos
(Plano de trabalho, em anexo) direitos, fortalecimento de laços comunitários, o
protagonismo e a prevenção de riscos.
Inclusões de famílias no Intervenção técnica mediante as fragilidades apresentadas Equipe Fixa e Equipe De janeiro á dezembro
acompanhamento pelo PAIF pela família e que necessitem de acompanhamento Volante
sistemático.
Desligamentos de famílias em Finalizar o Plano de Acompanhamento da Família - PAF
Equipe Fixa e Equipe De janeiro á dezembro
acompanhamento pelo PAIF Volante
BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA – BPC
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Orientação e agendamento de BPC; Informar e esclarecer ao usuário sobre o perfil e Equipe técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
documentação necessária para o recebimento do beneficio,
agendamento através do site ou telefone (135) e
encaminhamento para o INSS.
Visitas Domiciliares; Reconhecer o ambiente da pcd e suas relaçoes familiares e Equipe técnica do CRAS De janeiro á dezembro
sociais;
Inclusão ou atualização no cadunico Garantir a inclusão de todos os beneficiários no cadunico e Equipe técnica do CRAS De janeiro á dezembro
dos beneficiários de BPC. inclusão no acompanhamento do PAIF para aqueles que
necessitarem.
BENEFÍCIOS EVENTUAIS
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
 Suplemento alimentar; Garantir o atendimento emergencial para famílias em Equipe Técnica do CRAS. De janeiro á dezembro

3
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

 Auxilio Funeral; situação de vulnerabilidade e risco social, considerando sua Não regulamentado no
 Auxilio natalidade; eventualidade. Município.

 Calamidade pública;
 Garantir o acesso aos
documentos civis das pessoas
em situação de
vulnerabilidade social.
CADUNICO
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Avaliação técnica do perfil de Garantir o acesso ao público alvo dos programas, serviços, Equipe técnica CRAS. De janeiro á dezembro
elegibilidade para os programas, projetos e benefícios do SUAS.
serviços, projetos e benefícios do
SUAS.
Encaminhamentos para inclusões, Possibilitar o atendimento de acordo com a demanda do Equipe técnica CRAS. De janeiro á dezembro
atualizações e desligamentos usuário; E garantir que as informações das damílias estejam
voluntários, entre outros; atualizadas.
Inclusões/desligamentos de famílias Intervenção técnica nas vulnerabilidades das famílias, desta Equipe Fixa e Volante do De janeiro á dezembro
em descumprimento do PBF no PAIF. forma, garantindo sua autonomia e acesso ao usufruto de CRAS.
direitos.
Acesso ao SICON para justificativas Identificar situações de risco que tem impactado Equipe Fixa e Volante do De janeiro á dezembro
dos descumprimentos e negativamente no desenvolviemnto familiar através do CRAS.
4
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

acompanhamentos das famílias. acompanhamento via sicon e PAIF.


Inserção dos beneficiários do BPC e Contribuir para a qualificação das informações e agilidade na Equipe Técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
futuros requerentes deste benefício. concessão de novos requerimentos, atendendo a condição
obrigatória estabelecida pelo Decreto 8.805, publicado no dia
7 de julho de 2016, e portaria conjunta nº1 de 3 de janeiro
2017.
Visita domiciliar Averiguação de informações e orientações pertinentes a Equipe técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
demanda apresentada. Apreensão em lócus dos determinantes
que a família apresenta para posterior intervenção adequada.

Atividades socioeducativas com os Maior publicização dos serviços socioassistenciais e Equipe Fixa e Volante do De janeiro á dezembro
usuários do SUAS. aproximação destes com os serviços. CRAS.

SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL NO DOMICÍLIO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E IDOSO.


AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Serviço de Proteção Social no Prevenir agravos que possam provocar o rompimento de Equipe Técnica do CRAS. Execução informal e
Domicílio para Pessoas com vínculos familiares e sociais dos usuários, visando à garantia esporádica (sem co-
Deficiência e Idoso. de direitos e inclusão social. financiamento)
SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULOS- SCFV - GESTANTES
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Encontro de famílias (reuniões, Trabalhar questões pertinentes à família, saúde da gestante, Técnica de Referência; Bimestral
5
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

palestras, oficinas) lactação, compromissos e direitos da Gestante. Parto, pós


parto, fortalecer vinculo materno, dentre outros temas
relevantes.
Plano de atividade do SCFV (em Planejar as atividades e oficinas dos encontros. Técnica de Referência; Anual
anexo)
Avaliação e entrega de frequência Registrar e encaminhar as beneficiárias que necessitarem de Técnica de Referência; Bimestral
acompanhamento pelo PAIF ou a rede de serviços
intersetoriais.
Entrega de enxoval para as gestantes Incentivar a participação e complementar o enxoval da Técnica de Referência; Bimestral
criança.
SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULOS- SCFV (3 A 06 ANOS)
AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Busca ativa do público alvo e Garantir acesso ao SCFV ao público que faz jus a Orientadores Sociais. Semestral.
inclusões do público prioritário. participação. Suprir as metas dos grupos no SCFV.
Encontro de famílias (reuniões, Trabalhar questões pertinentes ao protagonismo e Técnica de Referência, Última quinta-feira do
palestras, oficinas) desenvolvimento de família.
parceiros e orientadores mês no período da
sociais. tarde.
Aniversariantes do mês Proporcionar a criança a valorização de sua vida através da Orientadores Sociais Última quinta-feira do
comemoração de seu aniversário.
mês no horário da
manhã.
Planejamento das atividades do SCFV Planejar as atividades, eventos e oficinas dos encontros. Coordenação, Técnica de Anual, podendo ser
( documento em anexo).
Referência e orientadores alterado por
sociais. necessidade.

6
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

Avaliação e entrega de frequência Acompanhar a assiduidade e desenvolvimento dos usuarios Coorenação, Orientador Mensal ( 10º dia)
dos serviços e informar ao SISC.
Social, Técnico de
Referência.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO E VINCULOS- SCFV ( 06 A 15 ANOS)


AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Busca ativa do público alvo e Garantir acesso ao SCFV ao público que faz jus a Orientadores Sociais. Semestral
inclusões do publico prioritário. participação. Suprir as metas dos grupos no SCFV.

Encontro de famílias (reuniões, Trabalhar questões pertinentes ao protagonismo e Técnica de Referência e Última quinta-feira do
palestras, oficinas) desenvolvimento de família.
orientadores sociais. mês no período da
tarde.

Aniversariantes do mês Proporcionar a criança a valorização de sua vida através da Orientadores Sociais Última quinta-feira do
comemoração de seu aniversário.
mês.
Plano de atividades do SCFV (em Planejar as atividades e oficinas dos encontros. Técnica de Referência e Anual, podendo ser
anexo).
orientadores sociais. alterado por
necessidade.

7
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

Avaliação e entrega de frequência Acompanhar a assiduidade e desenvolvimento dos usuarios Orientador Social, Técnico Mensal (10º dia)
dos serviços e informar ao SISC
de Referência e coodenação.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS- SCFV ( 15 A 17 ANOS)


AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Busca ativa do público alvo e Garantir acesso ao SCFV ao público que faz jus a Orientadores Sociais. Semestral
inclusões do publico prioritário. participação. Suprir as metas dos grupos no SCFV.

Encontro de famílias (reuniões, Trabalhar questões pertinentes ao protagonismo do Técnica de Referência e Última quinta-feira do
palestras, oficinas) adolescente/jovem e desenvolvimento de família.
orientadores sociais. mês no período da
tarde.

Aniversariantes do mês Proporcionar a criança a valorização de sua vida através da Orientadores Sociais Última quinta-feira do
comemoração de seu aniversário.
mês.

Plano de atividades do SCFV (em Planejar as atividades e oficinas dos encontros. Técnica de Referência e Anual, podendo ser
anexo).
orientadores sociais. alterado por
necessidade.
Avaliação e entrega de frequência Acompanhar a assiduidade e desenvolvimento dos usuários Orientador Social, Técnico Mensal (10° dia)
dos serviços e informar ao SISC
de Referência e coodenação.

8
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS- SCFV ( 18 a 59 ANOS)


AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO
Grupo intergeracional Integrar e desenvolver potencialidades aquisições das Técnica de Referência e 3ª e 5ª feira/semanal
famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e orientadora social. No
comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, momento, a faixa etária a
protetivo e proativo. partir dos 50 anos estão
juntos com os idosos.

Atividades e encontros que fortaleçam Promover a comunicação, a troca de experiência e a Equipe técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
o desenvolvimento Familiar; mediação para famílias em situação de conflitos que
fragilizam seus vínculos.

Reuniões, palestras no âmbito Dialogar com as famílias sobre os programas, serviços e Equipe técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
socioeducativo familiar; projetos.

Oficinas de desenvolvimento de renda Potencializar o desenvolvimento de aptidões dos Equipe técnica do CRAS. De janeiro á dezembro
e aptidões (em anexo, o orçamento). beneficiários, assim como possível autonomia de renda;

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULOS – SCFV – IDOSOS

9
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPANIM
SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E PROMOÇÃO SOCIAL - SEMTEPS
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

AÇÕES/SERVIÇOS/ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEL PERÍODO


Busca ativa do Público alvo e Suprir as metas dos grupos no SCFV. Orientadores Sociais. Uma semana antes do
inclusões do público prioritário. inicio do serviço.

Reuniões, palestras, oficinas Trabalhar questões pertinentes ao protagonismo e Técnica de Referência e Última quinta-feira do
desenvolvimento do idoso.
orientadores sociais. mês no período da
tarde.

Aniversariantes do mês Proporcionar ao idoso a valorização de sua vida através da Orientadores Sociais Última quinta-feira do
comemoração de seu aniversário.
mês.

Plano de atividades do SCFV (em Planejar as atividades e oficinas dos encontros. Técnica de Referência e Anual, podendo ser
anexo).
orientadores sociais. alterado por
necessidade.
Avaliação e entrega de frequência Acompanhar a assiduidade e desenvolvimento dos usuarios Orientador Social, Técnico Mensal (10º dia)
para inserção no SISC. dos serviços e informar ao SISC
de Referência e coodenação.

10