Você está na página 1de 23
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo, Memória e História

Jornalismo, Memória e História

Oral

Oral

Margareth de Oliveira MICHEL Jerusa de Oliveira MICHEL

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo, Memória e História Oral [1]

Margareth de Oliveira MICHEL [2] Jerusa de Oliveira MICHEL [3] Universidade Católica de Pelotas – UCPEL, Pelotas - RS

[1] Trabalho apresentado no DT 1 – Jornalismo do XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul, realizado de 4 a 6 de junho de 2015.

[2] Professora dos Programa de Pós-Graduação em Comunicação curso de Comunicação Social da UCPEL, Pelotas/ RS, Mestre em Desenvolvimento Econômico e Social e Mestre em Lingüística Aplicada pela UCPEL, Graduada em Comunicação Social – Habilitações Relações Públicas e Jornalismo, e graduada em Psicologuia, pela Universidade Católica de Pelotas, email: margareth.michel@gmail.com.

[3] Doutoranda no Programa Memória Social e Patrimônio Cultural, pela Universidade Federal de Pelotas, Mestre em Memória Social e Cultural pela UFPEL, especialista em Gestão de Eventos - Ênfase Organizacional e Institucional pela Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas. Graduada em Comunicação

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/20

RESUMO

Em um cenário onde os veículos de comunicação passam a operar na produção de memórias sociais este artigo tem como objetivo apresentar reflexão sobre a relação jornalismo, memória e história oral. O trabalho aborda primeiramente o fazer jornalístico – em especial o comunitário, a seguir estão as concepções de memória e de hitória oral, e finaliza com uma relação entre esses campos do conhecimento, com o estudo de caso do jornal comunitário “O Pescador” elaborado pelos alunos de Jornalismo da Universidade Católica de Pelotas em parceria com a comunidade de pescadores Z3, por meio de análise de seu conteúdo, gêneros jornalísticos presentes no jornal mostrando que existe sim uma relação entre a produção jornalística comunitária e construção e preservação de memória, especialmente por meios de narrativas orais representadas pelos depoimentos dos moradores em suas páginas.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

M

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figuras 1 e 2 – Colônia de Pescadores Z3

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figura 3 – Matéria publicada na segunda edição do jornal “O Pescador” Fonte: Acervo da autora

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figura 4 - Capa da primeira edição do jornal “O Pescador”

Fonte:

Acervo da Autora

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Jornalismo e jornalismo

comunitário

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figura 5 - Matéria publicada no jornal "O Pescador" na edição de setembro de 2007. Fonte: Acervo da Autora

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

A Memória

M

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

História Oral

M

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

História Oral

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figura 6 - Matéria publicada na segunda edição do jornal “O Pescador” Fonte: Acervo da autora

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

O Jornal “O Pescador” e a produção de memória a partir das histórias orais contidas nos relatos jornalísticos

M

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

O Jornal “O Pescador” e a produção de memória a partir das histórias orais contidas nos relatos jornalísticos

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figura 7 – Exemplo de entrevista publicada no jornal “O Pescador”

Figura 8 – Capa da Edição número 07, de agosto de 2001. Fonte: Acervo da Autora

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

O Jornal “O Pescador” e a produção de memória a partir das histórias orais contidas nos relatos jornalísticos

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

O Jornal “O Pescador” e a produção de memória a partir das histórias orais contidas nos relatos jornalísticos

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Figuras 9 – 13 Capas do Jornal O Pescador

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Considerações acerca dos

resultados

Feitas

as

considerações

sobre

a Comunicação, o

Jornalismo, o Jornalismo Comunitário, a Memória e a

Hitória Oral, nos voltaremos agora para suas interrelações. O jornalista, ao realizar entrevistas com o

método da história oral, poderá descortinar novos campos de investigação, além de ter acesso a materiais que não são públicos (THOMPSON, 1992), isto, em um país que não tem uma política pública eficaz de acervo como o Brasil, pode representar um importante aspecto na diversidade das informações e da comunicação. Medina (1986), Piza (2003), Marques de Melo (1994, 2003), entre outros, afirmam que os textos jornalísticos

têm

como funções informar, explicar ou orientar os

leitores, e se enquadram em três categorias básicas; a primeira caracterizada pelo jornalismo informativo; a segunda em que se enquadra o jornalismo interpretativo; e, por fim, aquela que contém o jornalismo opinativo.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Considerações acerca dos

resultados

Mas é também no conteúdo que é possível verificar uma alteração de enfoque surpreendente. O historiador Paul Thompson, ao discutir a importância da história oral levanta uma questão que é passível de se correlacionar com a produção jornalística: “A colaboração da História Oral na produção jornalística pode se dar não só no aspecto da recuperação do passado, mas também na forma da abordagem. É possível então levantar em quais tipos de entrevistas a utilização desta metodologia é recomendável.”

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Considerações acerca dos

resultados

Ao produzir um jornal comunitário, cuja realidade é bem diferente da dos meios de comunicação de massa, e portanto do jornalismo tradicional, o processo de fechamento é considerado lento e muitas vezes os participantes da comunidade tem acesso aos textos (entrevistas, relatos, etc) antes da publicação, que busca estar em consonância com a forma de vida e a cultura do grupo social, geralmente existe e é valorizada a tradição/ história oral. Para eles, a fala, mais que um meio de comunicação, é uma forma de preservação da sabedoria, um testemunho de uma geração para

outra que pode ser preservada pelo jornalismo.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Considerações acerca dos

resultados

Conforme o referencial teório, na perspectiva de Pollak (1992), os acontecimentos históricos são auxiliares na nossa memória; não desempenham outro papel, senão as divisões do tempo assinaladas em relógio ou determinadas pelo calendário. É o que se percebe nos conteúdos do jornal comunitário em estudo. Um indivíduo para lembrar seu passado tem que se remeter às lembranças dos outros, que se constituem em pontos de referência, onde estão fixados pela sociedade. Desta forma, a memória coletiva envolve sentimentos de pertença e identidade, já que ela é sempre dependente das interações e dos grupos sociais, em que a história oral desempenha relevante função.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Considerações acerca dos

resultados

A história oral presente nos gêneros jornalísticos mencionados, depoimentos, narrativas, perfis, é registrada e privilegia os acontecimentos vividos, as pessoas e os lugares, elementos não só responsáveis pelo estabelecimento de laços afetivos na comunidade, mas que servem de apoio à memória. Assim, por meio do referencial teórico estudado e observando a produção das matérias jornalísticas pode-se inferir que a memória é uma construção social, produzida pelos homens e grupos sociais a partir de suas relações, de seus valores e de suas experiências vividas. Tal fato pode ser constatado nos relatos feitos pelos pescadores e moradores da Colônia de Pescadores Z3 nas páginas do jornal comunitário, mesmo em seus diferentes gêneros jornalísticos: jornalismo, memória e história oral estão totalmente imbricados.

REFERÊNCIAS

BELTRÃO, Luiz; QUIRINO, Newton de Oliveira. Subsídios para uma teoria da comunicação de massa. São Paulo: Summus,

1986.

BOSI, Ecleia. Memória e Sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CAMPOS, Pedro Celso. <Entrevista concedida em 20 set. 2006>. In: SEQUEIRA, Cleofe; BICUDO, Francisco. 2006. Jornalismo comunitário importância, conceitos e desafios contempor³neos. Disponivel em:

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp cod 405DAC004>. Acesso em: maio 2009

CARNICEL, Amarildo. Jornal comunitário e história oral: correlações em trabalho realizado na periferia de Campinas. REBEJ – Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo. Ponta Grossa, v.1, n. 6, p. 33-57, dez. 2009/mai. 2010.

CLAVAL, Paul. A geografia cultural. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2001.

DEOLINDO, J.S. Jacqueline da Silva Jornalismo e memória local: no registro do cotidiano, o resgate da história. Trabalho apresentado na Sessão de Temas Livres In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28°, 05-09, setembro, 2005. Rio de Janeiro. Anais. São Paulo: Intercom, 2005. CD-ROM.

FERREIRA, Marieta; AMADO, Janaina. Usos & abusos da história oral. Rio de Janeiro:

Fundação Getúlio Vargas, 1998

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

IZQUIERDO, Ivan. Memórias. Estud. av. vol.3 no.6 São Paulo May/Aug. 1989, disponível em http://www.scielo.br/pdf/ea/v3n6/v3n6a06.pdf, acesso em 05.07.2011.

JODELET, D. (2001). Representações sociais: um domínio em expansão. IN: D. JODELET (Org.) As representações sociais. Rio de Janeiro: UERJ.

KUNCZIK, Michael. Conceitos de Jornalismo. São Paulo: Edusp, 1997.

MARQUES DE MELO, José. (1994) A opinião no jornalismo brasileiro. 2.ed. Petrópolis: Vozes.

(2003). Jornalismo opinativo: gêneros opinativos no jornalismo brasileiro. 3.ed. revista e ampliada. Campos do Jordão: Mantiqueira.

KOSSOY, Bóris. (2007). Os Tempos da Fotografia: O Efêmero e o Perpétuo. Cotia/SP: Ateliê Editorial.

(2005). Mídia: imagens, ideologia e memória. In: BRAGANÇA, Aníbal e Moreira, Sonia Virginia (Org.) Comunicação, Acontecimento e Memória. São Paulo: Intercom.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. Variações sobre a técnica de gravador no registro da informação viva. São Paulo: T. A Queiroz Editor, 1991

POLLAK, Michael.(1992) Memória e Identidade Social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, Vol. 5, n. 10.

THOMPSON, P. A Voz do passado: história oral. Rio de Janeiro, Paz e Terra: 1992.

RABAÇA, Carlos Alberto; BARBOSA, Gustavo Guimarães. Dicionário de comunicação. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

RICOEUR, Paul. A Memória, a história, o esquecimento. Campinas, Unicamp, 2007.

ROUCHOU, Joëlle – História Oral: Entrevista-Reportagem X Entrevista História. In: Revista Brasileira de estudos da Comunicação – São Paulo, volume 23, n o 1, janeiro-junho de 2000.

ROZÁRIO, Claudia Cerqueira do. O Lugar Mítico da memória. Morpheus - Revista Eletrônica em Ciências Humanas - Ano 01, número 01, 2002, disponível em http://www.unirio.br/ morpheusonline/Numero01-2000/claudiarosario.htm, acesso em 05.07.2011.

RÜDIGER, Francisco. Tendências do jornalismo. 2ª ed. Porto Alegre: Editora da Universidade (UFRGS), 1998.

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Joinville - SC – 04 a 06/06/2015

Muito Obrigada!