Você está na página 1de 32

Auxiliar de Farmácia

Eloi e Vasconcelos
SISTEMA DIGESTÓRIO
SISTEMA DIGESTIVO
Mastigação: Desintegração parcial dos alimentos, processo
mecânico e químico.

Deglutição: Condução dos alimentos através da faringe para o


esôfago.

Ingestão: Introdução do alimento no estômago.

Digestão: Desdobramento do alimento em moléculas mais


simples.

Absorção: Processo realizado pelos intestinos.

Defecação: Eliminação de substâncias não digeridas do trato


gastro intestinal.
FUNÇÕES
1- Destina-se ao aproveitamento pelo organismo, de substâncias
estranhas ditas alimentares, que asseguram a manutenção de seus
processos vitais.

2- Transformação mecânica e química das macromóléculas


alimentares ingeridas (proteínas, carbohidratos, etc.) em moléculas
de tamanhos e formas adequadas para serem absorvidas pelo
intestino.

3- Transporte de alimentos digeridos, água e sais minerais da luz


intestinal para os capilares sangüíneos da mucosa do intestino.

4- Eliminação de resíduos alimentares não digeridos e não


absorvidos juntamente com restos de células descamadas da parte
do trato gastro intestinal e substâncias secretadas na luz do
intestino.
ONDE COMEÇA A
DIGESTÃO?
BOCA
• Primeiro segmento do aparelho digestivo.
• Função: abrigar a língua, os dentes, a úvula e as glândulas
salivares.
LÍNGUA
• Órgão muscular ímpar de forma cônica,
revestido por mucosa, situado na cavidade bucal
entre as arcadas dentárias.
• Função: indução à salivação, formação e
movimentação do bolo alimentar. Inicia a quebra
e processa a deglutição dos alimentos.
LÍNGUA
DENTES
• São órgãos duros constituído de cálcio (ossos);

• Função: Os dentes misturam, com auxilio da


língua, o alimento e a saliva, sendo que os
dentes incisivos cortam, os caninos rasgam e os
pré-molares e molares trituram.
FARINGE
• É um órgão comum ao sistema digestório e ao
sistema respiratório.
• Função: através da válvula epiglote a faringe
impede que líquidos e sólidos sejam desviados
para os pulmões.
FARINGE
ESÔFAGO
• É um canal que une a faringe ao estômago. Possui, em
suas paredes, glândulas que secretam substâncias
lubrificantes, facilitando o deslocamento do alimento até
o estômago.
• Função: serve como um condutor de passagem dos
alimentos.
ESTOMAGO
• É um órgão cavitário, uma espécie de bolsa,
lembrando um “J”. O estômago tem três zonas
distintas: a cárdia, que o separa do esôfago; o
fundo, onde se encontram as glândulas
produtoras de suco gástrico; e o piloro, que o
separa do duodeno.
• Função: receber os alimentos já insalivados,
decompô-los em substâncias mais simples e
encaminhá-lo para os intestinos.
ESTÔMAGO
INTESTINO
• É uma porção do aparelho digestivo situada
entre o estômago e o ânus.
• O intestino é formado por uma camada mucosa
envolta por uma parede muscular .
INTESTINO
INTESTINO
• FUNÇÃO:
• Receber o alimento parcialmente digerido
(quimo) e dar prosseguimento à decomposição
das proteínas, hidratos de carbono e gorduras.
No intestino delgado, as moléculas que
compõem essa massa são transformadas em
substâncias mais simples e absorvidas pelo
sangue e linfa através das vilosidades intestinais.
INTESTINO DELGADO
INTESTINO GROSSO
ORGÃO ANEXOS
FÍGADO
• É a maior glândula do corpo e está localizado na
parte superior da cavidade abdominal. Tem
funções múltiplas, indispensáveis à vida do
organismo, como: produção de bile, colesterol e
inúmeras proteínas; depósito de glicogênio,
gorduras (fonte de energia). Realiza a
desintoxicação do organimo.
FÍGADO
VESÍCULA BILIAR
• Pequeno saco com formato de pêra, localizado
posteriormente e na parede inferior do fígado.
PÂNCREAS
O pâncreas produz através de uma secreção
exócrina o suco pancreático que entra no duodeno
através dos ductos pancreáticos, uma secreção
endócrina produz glucagon e insulina que entram
no sangue.
PÂNCREAS
DIABETES
PÂNCREAS
COMO OCORRE A
DISGESTÃO?
O QUE NOS
SERVE DE
ALIMENTO?
•Glicose /açucar - Energia
•Gorduras – Reserva de
energia/proteção
•Proteínas - Estrutura